Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

DIRETORIA DE POLÍTICAS DE GRADUAÇÃO

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO DE PROPOSTA DE PROJETO DE


MONITORIA UFFS
DESCRIÇÃO DO PROJETO
Título do Projeto : Iniciação à prática científica em história: relações interdisciplinares, ensino e pesquisa
científica.
Proponente: Fernando Vojniak Colaborador(se houver): Ricardo Machado
Período de execução do projeto: 2016/2 (segundo semestre de 2016)
Curso(s): História Campus: Chapecó

Componente(s) Curricular(es): Iniciação


à Prática Científica; Teoria e Metodologia da História (I, II e III);
Modernidades, Vanguardas e o Fim da História da Arte (optativa).
Resumo do Projeto:

Este projeto de monitoria consiste de uma proposta de realização de trabalho de apoio aos estudantes dos
componentes curriculares Iniciação à Prática Científica (IPC), Teoria e Metodologia da História (I, II e III)
e Modernidades, Vanguardas e o Fim da História da Arte (optativa) e de produção de materiais didáticos
referente aos conteúdos da prática científica em história. Este apoio será oferecido com o auxílio de um
monitor bolsista relativamente às atividades de estudo e prática de técnicas e métodos de pesquisa e de
estudo da história do pensamento científico produzindo, organizando e disponibilizando materiais
didáticos com o intuito de promover não apenas o reforço e a qualificação no estudo e na prática da
pesquisa em geral como também da pesquisa em história, ressaltando a importância da pesquisa
historiográfica.
Texto limitado em 450 palavras
Palavras-chave: Métodos; Pesquisa; Teoria da História; Pensamento Científico; Modernidades, Vanguardas e o Fim da História
da Arte.
De 03 a 05 palavras

( X) 01 (um) monitor remunerado (marque com um x caso o projeto preveja bolsista)Número de monitor(es) não remunerados
(se houver):_01___

Justificativa para solicitação de monitor(es):

Este projeto de monitoria pretende contribuir na formação da docência articulando a teoria, a pesquisa e a
produção de recursos didáticos para o ensino. Atualmente, um dos desafios do ensino é justamente a
capacidade de produzir e utilizar da melhor forma os recursos didáticos e os meios virtuais e visuais,
garantido o debate e a problematização necessária para o ensino das teorias e métodos de pesquisa e de
pesquisa em história. Diante disso, ao longo do projeto desenvolveremos um conjunto de atividades
visando a utilização de materiais já disponíveis na rede, a produção de vídeos e apresentações de slides que
serão reunidos na homepages “A casa dos pequenos cubos” (Sítio virtual que visa disponibilizar e
compartilhar materiais referentes a disciplina de Introdução aos Estudos Históricos, Teoria e Metodologia
da História e Iniciação à Prática Científica da Universidade Federal da Fronteira Sul – Campus Chapecó –
UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

DIRETORIA DE POLÍTICAS DE GRADUAÇÃO


SC) - http://teoriadahistoriauffs.wix.com/disciplinas - que foi desenvolvida nos projetos de monitoria
anteriores, e “LEMA” (Sítio virtual que visa disponibilizar e compartilhar materiais relacionados às
práticas e políticas da escrita, à memória, à arte e à escrita da história na Universidade Federal da Fronteira
Sul – Campus Chapecó – SC) - http://lemauffschapeco.wix.com/lema - que foi desenvolvida pelo projeto
de extensão do Laboratório Escrita, Memória e Arte, coordenado pelo proponente e colaborador deste
projeto. Neste, será feita uma atualização e uma ampliação dos conteúdos e da abordagem dos sítios que
posteriormente poderão continuar servindo de apoio aos estudantes dos componentes curriculares que já
vinham sendo beneficiados e ter seu conteúdo ampliado disponibilizado agora a outros componentes
curriculares como Iniciação à Prática Científica e Modernidades, Vanguardas e o Fim da História da Arte
(optativa), na medida que pretendo lecionar este primeiro no curso de História em 2016.2 e poder aplicar
também os conhecimentos da teoria e da prática da pesquisa em história. O conteúdo será disponibilizado
também para a comunidade em geral.
Acredita-se que com esse direcionamento à particularidade da pesquisa em história em um componente
curricular do domínio comum que promove a iniciação à prática científica de modo geral, será promovida
uma importante conexão com os conteúdos dos componentes Introdução aos Estudos Históricos e Teoria e
Metodologia da História (I, II e III), privilegiados no estudo e na pesquisa em História e que são
normalmente ministrados pelo colaborador desta proposta, assim como o proposto componente optativo a
ser ministrado por este no segundo semestre de 2016.
Considerando essas exigências de apoio aos estudantes, de produção de material didático e de ampliação
do escopo de estudo com a investida nos temas da história do pensamento científico, da teoria da história e
modernidades, vanguardas e o fim da história da arte, justifica-se a importância do auxílio de um monitor.
Texto limitado em 450 palavras

Objetivo geral:
Realizar trabalho de apoio aos estudantes dos componentes curriculares de Iniciação à Prática Científica,
Teoria e Metodologia da História e Modernidades, Vanguardas e o Fim da História da Arte, na produção de
materiais didáticos, organização e disponibilização de conteúdos sobre às atividades de estudo e prática de
técnicas e métodos de pesquisa juntamente com o estudo da história do pensamento científico promovendo
não apenas o reforço e a qualificação nos estudos da prática da pesquisa em geral como também da prática
de pesquisa em história e a atualização continua das homepages “A casa dos pequenos cubos” e “LEMA”.

Objetivos específicos:
- Produzir material audio-visual abordando temas, conceitos e autores trabalhados nas disciplinas;
- Produzir apresentações de slides utilizando o programa Prezi ou Power Point;
- Pesquisar na internet recursos audio-visuais que possam colaborar com os conteúdos;
- Atualizar e manter as páginas “A casa dos pequenos cubos” e “LEMA” na internet com o objetivo de
socializar toda a produção discente e docente das disciplinas.

Fundamentação teórico-metodológica:

O principal fundamento teórico deste projeto é a interdisciplinaridade. O aparecimento dos novos


conceitos de transdisciplinaridade, pluri ou multidisciplinaridade e interdisciplinaridade, fazem parte de
um esforço para superar a fragmentação do conhecimento e construir a integração dos componentes
curriculares, pois, como afirmou Olga Pombo, “a interdisciplinaridade é o lugar onde se pensa hoje a
UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

DIRETORIA DE POLÍTICAS DE GRADUAÇÃO


condição fragmentada das ciências e onde, simultaneamente, se exprime a nossa nostalgia de um saber
unificado” (POMBO, 2004, p. 6). Na universidade, nos últimos tempos, quer na pesquisa, quer no ensino,
estamos sempre diante do desafio da transdisciplinaridade, da multidisciplinaridade e da
interdisciplinaridade, isto é, diante do desavio de lutar contra esta nostalgia do saber unificado para tentar
ir além da justaposição de diferentes conhecimentos e romper com a organização estanque das disciplinas,
buscando a articulação e a relação entre os conhecimentos.
Assim, este projeto situa a prática científica como o ponto de articulação entre um saber introdutório que é
apresentado no componente Introdução aos Estudos Históricos, um saber mais aprofundado nos
componentes de Teoria e Metodologia da História e finalmente um saber aplicado no componente optativo
Modernidades, Vanguardas e o Fim da História da Arte. Muitas vezes o componente IPC, como parte de
um domínio comum, concentra-se no estudo da prática de pesquisa em geral, pouco relacionando-se com a
pesquisa em história, no caso do curso de História. Neste sentido, este projeto procura estabelecer um
caminho que vai da prática científica em geral em direção à história do pensamento científico e à prática de
pesquisa em história.

Até 450 palavras


Atribuições do monitor (respeitando a carga horária de 12hs semanais):

- Participar das reuniões com o coordenador e o colaborador do projeto realizadas semanalmente onde será
avaliado o andamento do projeto e planejadas as atividades.
- Pesquisar textos e recursos audio-visuais na internet visando a disponibilização para os discentes e
colaboração com o andamento das aulas;
- Assessorar os discentes na produção e edição de recursos audio-visuais que tratem dos temas abordados
nas disciplinas;
- Colaborar com a produção de apresentações utilizando o programa Prezi e/ou PowerPoint;
- Garantir a manutenção e atualização das páginas das disciplinas onde os recursos serão disponibilizados.

Referências bibliográficas da proposta:

ADORNO. T. Educação e emancipação. São Paulo/ Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.
CERTEAU, Michel. A escrita da história. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.
DEMO, Pedro. Metodologia do conhecimento científico. São Paulo: Atlas, 2000.
DOSSE, François. A história em migalhas. Tradução Dulce A. Silva Ramos. São Paulo: Ensaio,
Campinas, SP: Editora Universidade Estadual de Campinas, 1992.
HENRY, J. A Revolução Científica: origens da ciência moderna. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.
KOYRÉ, Alexandre. Estudos de história do pensamento científico. Trad. Márcio Ramalho. 3 ed. Rio de
Janeiro: Forense Universitária, 2011.
KOYRÉ, Alexandre. Filosofia da história. In: SALOMON, Marlon. Alexandre Koyré: historiador do
pensamento. Goiânia: Almeida & Clement, 2010, p. 49-61.
POMBO, Olga. Interdisciplinaridade e integração dos saberes. Congresso Luso-Brasileiro sobre
Epistemologia e Interdisciplinaridade na Pós-Graduação. Porto Alegre: Pontifícia Universidade
Católica do Rio Grande do Sul, Junho de 2004.
SALOMON, Marlon. Alexandre Koyré e o nascimenoto da ciência moderna. Alexandre Koyré:
historiador do pensamento. Goiânia: Almeida & Clement, 2010, p. 75-95.
UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

DIRETORIA DE POLÍTICAS DE GRADUAÇÃO


VEYNE, Paul. Como se escreve a história; Foucault revoluciona a história. Trad. Alda Baltar e Maria
Auxiliadora Kneipp. 4 ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1998.
Até 10 referências

Parecer(es) do(s) Colegiado(s) de Curso(s) ao qual o Ciência da Coordenação Acadêmica do campus ao qual o
Componente Curricular é vinculado (carimbo e assinatura do proponente é vinculado (carimbo e assinatura do servidor):
servidor):

Você também pode gostar