Você está na página 1de 3

A empresa “CARPIDECO, LDA”, com o NIPC 500111222 e sede em Barcelos e com um Volume de

Negócios de 700.000 €, possui três ramos de actividade: fabricação de mobiliário; comércio de


mobiliário e artigos de decoração e serviço de transporte para particulares e empresas. Possui
uma frota própria de camiões para o transporte dos bens produzidos e comercializado s.

Em Janeiro de 2011, a empresa “CARPIDECO, LDA” realizou as seguintes operações:

(se nada se disser em contrário, todos os intervenientes são sujeitos passivos devidamente
identificados em IVA nos respectivos países, e os montantes apresentados não incluem o valor
do IVA)

Dia 4 – Recebimento de 20.000 € de adiantamento referente a 10% de uma encomenda de


mobiliário de escritório efectuada por uma empresa de Vigo.

Dia 8 – Venda do mobiliário de escritório à empresa de Vigo (Espanha) que tinha efectuado o
adiantamento no dia 4. O mobiliário saiu de Portugal para Espanha, acompanhado da respectiva
factura. Valor total da venda: 200.000 € (este valor não inclui o serviço de transporte).

Dia 10 – Aquisição de uma viatura ligeira de passageiros no valor de 25.000 € e gasóleo para a
mesma no valor de 100 €.

Dia 12 – Facturação a uma empresa da Tunísia do serviço de colocação de pessoal especializado


à disposição. Os Engenheiros deslocaram-se à Tunísia para trabalharem no desenvolviment o de
um projecto de novos métodos de tratamento das madeiras. Valor do serviço prestado – 35.000

Dia 13 – Aquisição de artigos de decoração a uma empresa das Ilhas Canárias (Espanha). Os
artigos foram expedidos para o porto de Leixões e encontram-se em livre prática quando entram
em Portugal. O valor aduaneiro fixado pelas Alfândegas é de 56.000 €.

Dia 16 – Recebimento de 10.000 € relativos a uma encomenda de fabricação de mobiliário de


escritório para a empresa “Tábua, Lda” situada em Braga. A empresa “Tábua, Lda” vai fornecer a
totalidade da madeira para o fabrico.

Dia 18 – Aquisição de 12.000 € de cadeirões estilo francês a uma empresa francesa . Os


cadeirões vieram de França para Portugal, chegando cá dia 22 de Janeiro. Segundo indicação do
fornecedor, a factura será remetida oportunamente.

Dia 19 – Aquisição do serviço de transporte efectuado no dia anterior (de França para Portugal),
sendo o transportador uma empresa espanhola, no valor de 500 € (foi necessário contratar um
transportador pois neste dia nenhum camião da frota própria estava disponível). Facturou ainda
à empresa de Vigo, o serviço de transporte efectuado no dia 8, no valor de 3.000 €.

Dia 24 – Venda à empresa “Tábua, Lda” o mobiliário de escritório encomendado, no valor de


50.000 € e para o qual já tinha efectuado um adiantamento no dia 16. Uma vez que efectuou de
imediato o pagamento, foi efectuado um desconto de 5% sobre o valor em dívida neste dia.

Dia 25 – Aquisição a uma empresa inglesa de uma máquina de corte de madeira. A empresa
inglesa procederá ao seu transporte do Reino Unido para Portugal, onde efectuará a sua
instalação e montagem. O valor da máquina é de 60.000 €.

Dia 26 – O cliente “Tábua, Lda” devolveu 1.000 € em estantes, por se encontrarem com defeito.
Foi nesta data emitida a respectiva nota de crédito que seguirá via CTT para o cliente.

Dia 27 – Aquisição de 250 € de gasóleo para as caldeiras de aquecimento das lojas, de 300 € de
gasolina para as viaturas ligeiras de passageiros e de 1.000 € em bilhetes para um concerto de
uma banda de música famosa.

1.1 - Enquadre resumidamente as operações em sede de IVA e indique o montante de IVA a


pagar ou a recuperar referente ao mês de Janeiro de 2011, que seria apurado na correspondente
Declaração Periódica.

1.2 – Diga qual o prazo de que dispõe a CARPIDECO para o envio da Declaração Periódica relativa
a Janeiro de 2011.

1 - “CONSULFORMA, LDA” é uma empresa que, simultaneament e exerce a actividade de


consultadoria e de formação profissional (não tendo efectuado a renúncia à isenção nesta
actividade).

Sendo um sujeito passivo misto, esta empresa adopta, para efeitos do exercício do direito à
dedução, o método previsto no art. 23º n.º 1 b) do CIVA.

Este sujeito passivo registava na sua contabilidade, em 31 de Dezembro de 2010, os seguintes


dados (valores sem IVA):

Ano 2010

Prestação de serviços de consultadoria e auditoria a empresas nacionais 150.000

Prestação de serviços de formação profissional a empresas nacionais 25.000

Venda de mobiliário usado 10.500

Juros de depósitos a prazo 1.250


Venda a uma empresa Angolana de Manuais de Procedimento elaborados pelos Consultores
30.000

1.1. - Calcule a percentagem de dedução a utilizar por este sujeito passivo durante o ano 2011.

1.2. - Sabendo que o IVA suportado em 2010 foi de € 22.000,00 (do qual fazem parte: € 1.500 se
referem a despesas de viagens de negócios, € 3.500 à reparação de uma viatura mista com 7
lugares e € 1.000 à aquisição de gasóleo para a referida viatura), e que em 2010 a empresa
deduziu o IVA, ao longo do ano, com base numa percentagem de 62%, proceda à
correspondente regularização efectuada no final de 2010. (1,25 valores)

1.3. Sabendo que a empresa adquiriu em 2008 um edifício comercial, por € 80.000 (+ IVA 23%);
que o prorata definitivo desse ano foi de 70%; proceda à correspondente regularização de IVA no
ano de 2010, caso haja lugar à mesma. (1,25 valores)