Você está na página 1de 2

DESDOBRAMENTOS DA PROPOSTA LABLACHIANA

Annales de Geographie – Revista Criada por La Blache

Discípulos:

E. Demartonne – escreveu sobre Geo. Física.


J. Brunhes – Geo. Humana – propõe uma classificação positiva dos
fatos geográficos: fatos da ocupação improdutiva do solo, fatos da
conquista vegetal e animal e fatos da ocupação destrutiva.
A. Demangeon – ênfase para as instalações humanas em relação às
atividades produtivas.
C. Vallaux – A Geo. deveria estudar as construções humanas e assim
discutir “a transformação aparente das coisas da superfície realizada
pelo homem”.
Outros: Bauling, Blanchard e Sion.

Geografia Universal: obra coletiva idealizada por de La Blache


Conceito central: A REGIÃO – esta pode ser entendida como uma
unidade de análise geográfica, que exprimiria a própria forma de os
homens organizarem o espaço terrestre.
As regiões existiriam de fato, e caberia ao geógrafo delimitá-las,
descrevê-las e explicá-las. Pela observação, seria possível
estabelecer a dimensão territorial de uma região. Localizá-la e
traçar seus limites. Os traços diferenciadores conferiram um caráter
individual à região.

Com Vidal o conceito de região foi humanizado e a região foi


sendo compreendida como um produto histórico, que expressaria a
relação dos homens com a natureza.

Os estudos obedeciam a um modelo:

Introdução: localização da área estudada, projeções cartográficas,


enquadramento zonal e pelas coordenadas geográfica.
Bases Físicas: características naturais
Povoamento ou fases da ocupação: histórico
Estrutura Agrária: pop. Rural, tipo de produção, cultivos...
Estrutura Urbana: rede de cidades, hierarquia de cidades,
equipamentos...
Estrutura Industrial: destinação da produção, técnicas
empregadas...
Conclusão: Conjunto de cartas referentes cada uma a um tópico
(capítulo), as quais sobrepostas dariam relações entre os elementos
da vida regional.

Críticas: receituário descritivo que levou ao aparecimentos de


especializações.

Da proposta Vidalina surge também uma Geo. Histórica, Lucien


Febvre é um exemplo. Foi ele que criou os termos determinismo e
possibilismo.

Autores que avançaram a partir das formulações vidalinas: MAX


SORRE – desenvolve um conceito central para os estudos geo. o de
HABITAT. Uma porção do planeta vivenciada por uma comunidade
que o organiza. O habitat é assim uma construção humana,
humanização do meio, que expressa as múltiplas relações entre o
homem e o ambiente que o envolve. O espaço para Sorre é
sobreposição ( o físico, o econômico, o social e o cultural) e
interrelção.
Após Sorre temos M. de LANNOU – objeto de estudo: o homem
habitante. E, A. CHOLLEY – Geo. ciência de complexos que
estuda combinações.