Você está na página 1de 17

Biomecânica

Movimentos Artrocinemáticos

Angélica Almeida - Fisioterapeuta, Osteopata


D.O.
Movimentos Artrocinemáticos
 São movimentos que ocorrem no interior
da articulação e descrevem a
distensibildade da cápsula articular
permitindo que os movimentos fisiológicos
ocorram ao longo da amplitude de
movimento sem lesar as estruturas
ligamentares
Movimentos Artrocinemáticos
 O movimento artrocinemático ocorre em
consequência da morfologia das
superfícies articulares, pela presença das
forças geradas pelo comprimento,
resistência elástica e direcção das fibras
dos ligamentos, tendões e cápsula e
outras estruturas fibrocartilaginosas que
compõem a articulação
Movimentos Artrocinemáticos
 Os movimentos artrocinemáticos são
influenciados pela forma das
superfícies articulares, as quais
determinam as articulações em ovóide
e selar.

- Ovoide – superfície convexa e uma


superfície côncava
- Selar – esta articulação é formada
por uma superfície côncava e outra
convexa numa dada direcção, com
uma superficie oposta
semelhante(côncava e convexa)
Movimentos Artrocinemáticos
 Giro
 Rolamento
 Tracção
 Compressão
 Deslizamento
Movimentos Artrocinemáticos
 Rolamento
 Durante o rolamento um osso rola sobre o outro com as seguintes
características:
- as superfícies são incongruentes
- novos pontos de uma superfície encontram novos pontos na superfície
oposta

- Nas articulações com a biomecânica normal o rolamento só ocorre em


combinação com os movimentos de deslizamento e giro.Quando o
rolamento ocorre sozinho causa compressão nas superfícies do lado para o
qual o osso se move o que pode levar a lesão articular

- O Rolamento é sempre na mesma direção que o


movimento ósseo angular, sendo a superfície côncava
ou convexa
Movimentos Artrocinemáticos
 Rolamento
Movimentos Artrocinemáticos
Movimentos Artrocinemáticos
 Deslizamento
 Durante este movimento um osso desliza sobre o outro
com as seguintes características:
- as superficies articulares são congruentes
- o mesmo ponto numa superficie faz contacto com
novos pontos na superficie oposta

- o deslizamento não ocorre sozinho devido às


superficies articulares não serem totalmente planas, ou
seja totalmente congruentes
- Ao contrario do Rolamento a superfície articular que se
move influência a direcção do movimento o que é
chamado de regra convexo-côncavo
Movimentos Artrocinemáticos
 Deslizamento
 Regra Côncavo- Convexo
 Quando a superfície articular que se move é
convexa o deslizamento ocorre na direcção
oposta à do movimento angular do osso
Movimentos Artrocinemáticos
 Deslizamento
 Regra Côncavo- Convexo
 Quando a superfície articular que se move é
côncava o deslizamento ocorre na mesma
direcção do movimento angular do osso
Movimentos Artrocinemáticos
 Giro

 Durante o giro um osso gira sobre o


outro com as seguintes características:
- o osso faz uma rotação sobre um eixo
mecânico estacionário
- o ponto na superfície que se move, faz
um circulo à medida em que o osso gira

- O giro dificilmente ocorre sozinho,


geralmente em combinação com o
deslizamento
Movimentos Artrocinemáticos
 Giro
Movimentos Artrocinemáticos
 Compressão
- É a diminuição no espaço articular entre as partes ósseas.

- Ocorre compressão nos membros inferiores e articulações da


Coluna, durante a sustentação do corpo

- Alguma Compressão ocorre à medida que o músculo se


contrai; isso proporciona estabilidade para as articulações

- Cargas compressivas intermitentes normais ajudam a mover o


líquido sinovial ajudando assim a manter saudável a cartilagem

- Cargas compressivas altas de maneira anormal podem levar a


alterações nas cartilagens articulares e deteriorização.
Movimentos Artrocinemáticos
 Tracção
 É a separação das superfícies articulares.
 Para ocorrer a separação dentro de uma
articulação, as superfícies precisam ser
puxadas distalmente da outra.
 O movimento não é sempre o mesmo que
puxar o eixo longo de um osso. Por exemplo,
se a tração é feita no corpo do úmero, isso
resultará em um deslizamento da superfície
articular
Movimentos Artrocinemáticos
 Tracção
 A separação da articulação gleno-umeral requer que
se puxe em ângulo reto na fossa glenóide
Efeitos fisiológicos da mobilização
articular
 Os movimentos artrocinemáticos são utilizados no
tratamento das disfunções articulares, além de restaurar
a biomecânica articular proporcionam efeitos fisiológicos
benéficos no tecido articular e nas estruturas
periarticulares tais como:

 Movimenta o liquido sinovial levando nutrientes para


as partes avasculares da articulação
 Mantém a extensibilidade e a força de tensão nos
tecidos articulares e periarticulares
 Inibe a acção dos nociceptores profundos e
superficiais através de estímulos dos
mecanoreceptores articulares

Você também pode gostar