Você está na página 1de 10

W W W . C U R A N D E I R A S D E S I . C O M .

B R

MEDICINA DO ALHO
O GUIA PRÁTICO DO OB DE ALHO
Introdução
A Ginecologia Natural é um movimento que vem crescendo cada dia mais.
Muito mais do que se tratar com plantas, a Ginecologia Natural é reconectar-
se com você mesma e com a sabedoria ancestral.

Ela permite que a mulher retome seu poder pessoal, seja dona de todas as
decisões sobre o seu corpo e seja especialista de si mesma. É um trabalho de
autopercepção, de auto entendimento e de muito autoconhecimento. Nosso
corpo é nossa maior ferramenta nessa jornada de cura e conscientização.

Traz de volta o conhecimento ancestral das bruxas, das mulheres sábias que
tinham em sua menstruação um momento sagrado de recolhimento e
conexão. Das mulheres que se reuniam e sabiam de sua força. Fortalece a
conexão com nós mesmas, com nossos ciclos internos, com nosso sangue e
com nossas ancestrais. É uma forma de ver a mulher como um todo. Não se
trata os sintomas apenas, mas a pessoa por completo. É uma terapia que vai
tratar os corpos sutis e os chakras também.

As ervas, os chás e as tinturas são um complemento num tratamento natural


que antes de tudo pede auto observação, amor próprio e um cuidado consigo
mesma. Um complemento muito importante para nos ajudar nessa jornada
de autocura. Dessa maneira a Mãe Terra em toda sua perfeição e
generosidade nos forneceu milhares de ervas. Afim de nos beneficiar
fisiologicamente e energeticamente.
Demanda paciência, os resultados não são imediatos, mas vão
direto na raíz.

Se conhecer, se cuidar, se respeitar, se


tratar e se curar esta é a verdadeira
Ginecologia Natural.
O ALHO E SUAS
PROPRIEDADES MEDICINAIS
Conhecido há séculos como um alimento medicinal, o Alho é uma raiz
multifuncional. Sua utilidade vai desde temperar alimentos até compor
ornamentos para espantar vampiros. É utilizado há pelo menos 3.000 anos
pelos sumérios, Homero registrou a utilização por médicos gregos para
assepsia de feridas de guerra e ainda foi citado no papiro de Ebers do antigo
Egito.

Na tradição ayurvédica, o uso do Alho é feito com parcimônia por pessoas


que trilham o caminho espiritual, pois é dito que ele pode embotar a mente e
estimular a paixão sexual. Trabalhadores que construíram as pirâmides
egípcias eram assíduos no uso da raiz, pois acreditava-se que ela dava força
e os mantinha mais produtivos.

A fama do A. sativum (Alho) como “afastadora de maus espíritos” se manteve


ao longo do séculos. Acredita que o Rei Henry VI da França foi batizado em
água contento Alho para protegê-lo dos maus espíritos e, possivelmente, de
doenças.

Dentre as diversas propriedades do Alho, podemos citar:

Antimicrobiana
Antifúngica
Anti-hipertensiva
Anti-inflamatória
Imunoestimulante 
Redutor de pressão arterial 
Inibidor de acumulo de gordura
Desintoxicadora 
Antioxidante 
O ALHO E SUAS
PROPRIEDADES MEDICINAIS
Na Fitoenergética, estudo sobre as propriedades energéticas das plantas, o
Alho é conhecido por suas erva extremamente protetora. Além do seu forte
poder de espantar energias negativas, ele devolve calma e discernimento em
momentos de infortúnios. No que se refere a energias negativas, a raiz tem o
duplo efeito de sugar o que fixado na pessoa e previnir que novas a envolvam,
fato que associa a planta a um poderoso aliado a abertura de caminhos.

Na Ginecologia Natural, o Alho atua liberando as memórias uterinas


negativadas e ligadas à relacionamentos desequilibrados. Frequentemente
nos relacionamos com pessoas que sugam nossas energias e, em
determinadas situações, nós que ocupamos o papel de sugadores. Por isso, a
raiz é utilizada para cortar vínculos em desequilíbrio, não se restringindo
apenas a relacionamentos afetivos, mas também toda forma de
relacionamento como amizade, profissional, e até com nós mesmas.

A troca da energia sexual deixa vestígios e, muitas vezes, a conexão se


mantém mesmo quando não existe mais a relação física. A limpeza com o
Alho rompe com esses laços limpando o canal vaginal e o útero de parasitas e
fungos energéticos e físicos.

Propriedades fitoenergéticas do OB de alho:

Eliminar vínculos energéticos negativos.


Limpar memórias uterinas ligadas à abusos, abortos e medos.
Proteger o campo energético de energias densas.
Limpar o útero de resquícios energéticos relacionados à troca de energia
sexual. 
OB DE ALHO
COMO E QUANDO USAR
A medicina do alho pode ser usada de várias formas, desde na culinária até
nos chás. Dentre os métodos mais utilizados, na Ginecologia Natural é o OB de
Alho.

INDICAÇÕES
Candidiase 
Tricomoníase 
Vaginose bacteriana 
Coceira vaginal
Herpes 
Limpeza energética do útero 

CONTRAINDICAÇÕES
Se estiver menstruada 
Se estiver grávida
Em casos de feridas abertas na vagina

INGREDIENTES
7 dentes de alho
1 agulha grande
Fio dental

MODO DE PREPARO
Descasque 1 dente de alho para ser usado naquela noite. Passe o fio dental
com a ajuda da agulha no meio do dente de alho para que ele assuma o
formato de um OB e retire a agulha.
OB DE ALHO
COMO E QUANDO USAR

MODO DE USO
Antes de dormir, insira o OB de Alho no canal vaginal com o dedo deixando o
cordão de fio dental para fora. Caso não queira usar o fio dental, basta inserir
o OB com o dedo. A melhor posição para a inserção é de cócoras ou se
apoiando com uma das pernas em cima do vaso sanitário, por exemplo. Na
manhã seguinte, retire o OB de Alho. Faça esse procedimento por 7 noites
seguidas. 

DICAS
É comum ter sonhos durante a semana da limpeza. Talvez seja interessante
manter um diário dos sonhos, assim você poderá mapear e identificar alguns
padrões emocionais e mentais que serão trabalhados durante a limpeza. 

INGREDIENTES

7 dentes de alho
1 agulha grande
Fio dental

MODO DE PREPARO
Descasque 1 dente de alho para ser usado naquela noite. Passe o fio dental
com a ajuda da agulha no meio do dente de alho para que ele assuma o
formato de um OB e retire a agulha.
PERGUNTAS FREQUENTES

Como colocar?
Insira o suficiente para dentro do canal de forma que o OB fique acomodado e
não saia com facilidade.

A região íntima dicará com o cheiro do alho?


Sim, mas some rapidamente. Não só apenas fica com o cheiro, como você
pode sentir o gosto de alho na boca. A mucosa do nosso corpo se comunica,
então é comum sentir o gosto de alho, mas normalmente não é tão forte e
nem todas as mulheres sentem.

Como retirar o OB de Alho?

Se você optou por usar o OB com o fio dental, basta puxar o cordão de fio
dental que fica para fora. Caso tenha optado por não usar ou o fio dental
arrebentou, fique na posição de  cócoras, faça um pouco de força com o
assoalho pélvico e puxe como dedo o OB para fora. 

O que faço se o OB de Alho ficar preso?

Se você tiver dificuldade em retirar o OB, primeiro fique calma. Confie no seu
corpo e na sabedoria da erva. Ficar com o alho algumas horas a mais no
canal vaginal não vai lhe causar nenhum dano. Com calma e tranquilidade,
tente retirar o OB. Não há motivo nenhum para desespero, tocar e conhecer o
seu canal vaginal é muito empoderador e fundamental para o bom
relacionamento com o seu corpo fisico. Pegue um espelhinho e desbrave a
sua intimidade!
PERGUNTAS FREQUENTES

De quanto em quanto tempo posso fazer o procedimento?


A limpeza com o OB de Alho pode ser feita para tratar corrimentos ou como
limpeza de memórias uterinas. A sugestão é usar novamente com um
intervalo mínimo de 21 dias entre um procedimento e outro. Sinta o seu corpo
e a necessidade real de realmente fazer uma limpeza com o alho.

Quem pode fazer?

Tirando as contraindicações, qualquer mulher pode fazer a limpeza. Inclusive


mulheres que não menstruam mais ou que não tem mais o útero. Lembrando
que o útero existe em energia nos nossos corpos sutis. 

Posso fazer sexo durante o período de limpeza?


Durante o período da limpeza não é recomendado fazer sexo. É um momento
íntimo e de limpeza profunda.

IMPORTANTE
As limpezas agem de forma profunda em nosso inconsciente, podendo
desencadear crises de choro, sonhos, melancolia, raiva, sensações e
pensamentos. No fisico, podem desencadear cólicas, corrimentos, intestino
solto, entre outros desconfortos.

Isso é totalmente comum, mas deve ser levado em consideração que após
três dias esses sintomas começam a amenizar. Faça anotações dos sonhos e
do que sentir durante o período da limpeza. Isso faz parte do processo, essa
auto-observação, assim você terá maior consciência do que está sendo limpo.

Muitas vezes a limpeza pode influenciar o ciclo menstrual, dando a sensação


de que desregulou. É normal que ele atrase ou adiante após uma limpeza
uterina, mas não se preocupe, é apenas o seu corpo se realinhando ao novo
padrão energético. 
AVISO LEGAL

Este Ebook NÃO SUBSTITUI o atendimento médico.


Estimula a autonomia e autorresponsabilidade por
meio de informações que buscam conscientizar e
ampliar as opções que antecedem o atendimento
médico especializado.

Sobre qualquer hipótese este material substitui o


atendimento médico. 

Conheça também

Manual Prático da Ginecologia Natural

Autonomia e Liberdade do Ser Mulher


O treinamento online que gerou saúde a mais
de 1000 mulheres de forma prática e 100%
natural e você pode ter o mesmo!

www.curandeirasdesi.com.br/manual-pratico-ginecologia-natural/
Curandeiras de Si
O Projeto Curandeiras de Si por Carolina Lana surgiu através da própria
busca pela cura do Feminino Sagrado. Cada mulher é uma curandeira e
possui dentro de seu próprio corpo o poder de curar a si mesma e suas
irmãs. Nós estamos conectadas através da energia do Sagrado Feminino,
somos uma e todas ao mesmo tempo. Nesta corrente de amor e união
podemos juntas nos curar.

Carolina Lana é Doula, Terapeuta  em Homeopatia, Iridologia Orgânica,


comportamental e identificação de eventos traumáticos na Íris, Aromaterapia
para Mulheres, Master Reiki no Sistema Usuí,
Orixá Reiki Magnificado, Cromoterapia,
Tarô terapêutico, Terapia Xamânica,
Massoterapia, iniciada em Magia Divina do Fogo
e Ervas, Terapeuta Sistêmica Fenomenológica
(Consteladora Familiar Xamânica)
e Womb Keeper Registrada.

Cada mulher é uma curandeira e possui dentro de seu


próprio corpo o Poder de curar a si mesma e suas irmãs.
Nós estamos conectadas através da energia do Sagrado
Feminino, somos uma e todas ao mesmo tempo.

O útero de uma é o útero de todas!