Você está na página 1de 49

CURSO DE

ENGENHARIA CIVIL

RELATÓRIO DE ESTÁGIO
CURRICULAR SUPERVISIONADO

Estagiário: Luiz Felipe Dominelli Silles


Número de Matrícula: 315100519
Professora Coordenadora: Paula Janaina Souza Farto
Professor Coordenador: Weslley Silva Oliveira

Sinop – MT
2019
IDENTIFICAÇÃO
DADOS DO ESTÁGIO

NOME DO ALUNO: Luiz Felipe Dominelli Silles


RG: 1852738-8
CPF: 051.028.111-77
DATA DE NASCIMENTO: 02/04/1993
ENDEREÇO: Rua Lima, Nº 1789, Centro, Vera - MT
TELEFONE: (66) 99976-8576
MATRÍCULA: 315100519
SEMESTRE: 9º

IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA ONDE REALIZA ESTÁGIO

EMPRESA: Prefeitura Municipal de Vera


CNPJ: 00.179.531/0001-93
ENDEREÇO: Avenida Otawa, Nº 1651, Centro, Vera - MT
TELEFONE: (66) 3583-3100
ÁREA DE ATUAÇÃO DA EMPRESA: Engenharia civil – Construção Civil

IDENTIFICAÇÃO DO ESTÁGIO:

SETOR DA EMPRESA: Engenharia Civil


ÁREA DE ESTÁGIO: Construção civil
SUPERVISORES DO ESTÁGIO: Rhaissa Estevão
DATA DE INÍCIO: 25/02/2018
DATA DE TÉRMINO: 20/03/2019
FOLHA DE APROVAÇÃO

_____________________________________________
Luiz Felipe Dominelli Silles

_____________________________________________
Rhaissa Estevão

_____________________________________________
Profª Paula Janaina Souza Farto
Coordenadora de Estágio

______________________
Profº Weslley Silva Oliveira
Coordenador de Estágio
Figura 1: Planta Baixa Área de Vivência ............................................................................................. 8
Figura 2: Planta de Paisagismo .......................................................................................................... 11
Figura 3: Planta Baixa do Centro de Reabilitação Vitor Valendolf .................................................. 13
Figura 4: Ponto de Ônibus com acessibilidade................................................................................... 15
Figura 5: Projeto de Reforma da Secretaria de Agricultura ............................................................. 18
Figura 6: Projeto de Moveis Planejados para o Refeitório da Prefeitura Municipal de Vera .......... 20
Figura 7: Obra Jardim Bougainville .................................................................................................. 22
Figura 8: Estrutura do Forro ............................................................................................................. 22
Figura 9: Fossa Séptica e Sumidouro ................................................................................................. 22
Figura 10: Planta do Empreendimento .............................................................................................. 24
Figura 11: Escoramento das Lajes ..................................................................................................... 24
Figura 12: Concretagem da caixa d’água .......................................................................................... 25
Figura 13: Pavimento (3º Andar) ....................................................................................................... 25
Figura 14: Fabrica de Blocos de Concreto (Bloco Norte) .................................................................. 27
Figura 15: Baias de Separação de Insumos ........................................................................................ 27
Figura 16: Linha de Produção de blocos de Concreto ....................................................................... 28
Figura 17: Bloco de Concreto Pronto ................................................................................................. 28
Figura 18: Gradeamento .................................................................................................................... 30
Figura 19: Dejetos Sólidos Grosseiros ................................................................................................ 30
Figura 20: Base Elevatória UASB ...................................................................................................... 31
Figura 21: Adição de Cloro Para Posterior envio ao Rio Curupy ..................................................... 31
Figura 22: Planta da Edificação ......................................................................................................... 33
Figura 23: Fosso de Iluminação e Ventilação..................................................................................... 33
Figura 24: Tesouras de sustentação ................................................................................................... 34
Figura 25: Produção de Bloco Intertravado ...................................................................................... 34
Figura 26: Fachada com Telhado Duas Águas................................................................................... 36
Figura 27: Estrutura do Telhado ....................................................................................................... 36
Figura 28: Fossa Séptica e Sumidouro ............................................................................................... 37
Figura 29: Fachada da Construção .................................................................................................... 39
Figura 30: Estrutura do Telhado ....................................................................................................... 39
Figura 31: Eletrodutos Instalados ...................................................................................................... 40
Figura 32: Fachada da Construção .................................................................................................... 42
Figura 33: Assentamento de Pocelanato ............................................................................................ 42
Figura 34: Revestimento Cerâmico do Banheiro da Área de Festa ................................................... 43
Figura 35: Execução das Vigas Baldrames ........................................................................................ 45
Figura 36: Ferragens da Fundação .................................................................................................... 45
SUMÁRIO

1 PLANO DE ATIVIDADES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO ..................................................... 4


1.1 INTRODUÇÃO ................................................................................................................................... 4
1.2 OBJETIVOS ........................................................................................................................................ 4
1.2.1 Objetivo Geral ....................................................................................................................................... 4
1.2.2 Objetivo Específico ............................................................................................................................... 4
1.3 ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS E CRONOGRAMA ..................................................... 5
2 RELATÓRIO DE ESTÁGIO .............................................................................................................. 6
2.1 Primeiro Dia de Estagio ....................................................................................................................... 6
2.2 Segundo Dia de Estagio ....................................................................................................................... 6
2.3 Terceiro Dia de Estagio ....................................................................................................................... 7
2.4 Quarto Dia de Estagio.......................................................................................................................... 7
2.5 Quinto Dia de Estagio .......................................................................................................................... 9
2.6 Sexto Dia de Estagio ............................................................................................................................ 9
2.7 Sétimo Dia de Estagio .........................................................................................................................10
2.8 Oitavo Dia de Estagio .........................................................................................................................12
2.9 Nono Dia de Estagio............................................................................................................................14
2.10 Décimo Dia de Estagio ........................................................................................................................14
2.11 Décimo Primeiro Dia de Estagio.........................................................................................................16
2.12 Décimo Segundo Dia de Estagio .........................................................................................................17
2.13 Primeiro Dia de Estagio ......................................................................................................................17
2.14 Décimo Quarto Dia de Estagio ...........................................................................................................19
2.15 Décimo Quinto Dia de Estagio ............................................................................................................19
3 RELATÓRIO DE VISITAS TÉCNICAS ..............................................................................................21
3.1 Primeira Visita Técnica ......................................................................................................................21
3.1.1 Boungaiville .........................................................................................................................................21
3.2 Segunda Visita Técnica .......................................................................................................................23
3.2.1 Hotel Transamerica...............................................................................................................................23
3.3 Terceira Visita Técnica .......................................................................................................................26
3.3.1 Bloco Norte ..........................................................................................................................................26
3.4 Quarta Visita Técnica .........................................................................................................................29
3.4.1 Estação de Tratamento de Esgoto ..........................................................................................................29
3.5 Quinta Visita Técnica .........................................................................................................................32
3.5.1 Edifício Residencial (Seu Ari)...............................................................................................................32
3.6 Sexta Visita Técnica ............................................................................................................................35
3.6.1 Proprietário Valdir Pereira Junior ..........................................................................................................35
3.7 Sétima Visita Técnica..........................................................................................................................38
3.7.1 Proprietário Juliano Pretto.....................................................................................................................38
3.8 Oitava Visita Técnica ..........................................................................................................................41
3.8.1 Proprietário Gabriel Batista Godoi ........................................................................................................41
3.9 Nona Visita Técnica ............................................................................................................................44
3.9.1 Churrascaria Boi na Brasa .....................................................................................................................44
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS ..............................................................................................................46
5 ANEXOS .............................................................................................................................................47
4

1 PLANO DE ATIVIDADES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

1.1 INTRODUÇÃO
O estágio é uma etapa importante para o desenvolvimento da carreira de todo
profissional. Mais do que ganhar experiência, ele possibilita para os estudantes
conhecimento, competências e uma relação prática da teoria vista em sala de aula. Além
disso, o estágio facilita a entrada no mercado de trabalho e garante que o aluno aprenda
de maneira mais utilitária os campos de atuação da sua profissão.
A realização do estágio ocorrerá na Prefeitura Municipal de Vera, com sede na
Avenida Otawa, Nº 1651, Centro, Vera - MT. A administração municipal é dirigida pelo
Prefeito Municipal Moacir Luiz Giacomelli, juntamente com mais 30 servidores
públicos, que são responsáveis pelos diversos departamentos existentes na instituição,
entre eles podemos citar o setor de engenharia chefiado pela Engenheira Civil Rhaissa
Estevão.

1.2 OBJETIVOS

1.2.1 Objetivo Geral


Aprender sobre as competências da atividade do engenheiro civil, assimilando
a teoria com a prática.

1.2.2 Objetivo Específico


- Elaborar projetos utilizando os softwares AutoCad E QiBilder;
- Analisar a documentação complementar para emissão do termo de aprovação
de projetos;
- Acompanhar à fiscalização de obras.
5

1.3 ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS E CRONOGRAMA


As atividades a serem desenvolvidas durante o período de estágio serão:
elaboração de projetos utilizando os softwares AutoCad E QiBilder, análise de
documentação complementar para emissão do termo de aprovação de projetos junto à
prefeitura, acompanhamento de fiscalização de obras. Entre as construções que serão
supervisionadas durante o período, destacaremos a execução de uma unidade básica de
saúde (UBS), ampliação da farmácia municipal, reforma do centro de fisioterapia do
município.

Data Atividades
Análise de Elaboração de Fiscalização de Medição de
Documentação Projetos Obras Obras
25/02/2019 X X
26/02/2019 X X
27/02/2019 X X
28/02/2019 X
01/03/2019 X
07/03/2019 X
08/03/2019 X
11/03/2019 X
12/03/2019 X
13/03/2019 X
14/03/2019 X
15/03/2019 X X X
18/03/2019 X
19/03/2019 X
20/03/2019 X
6

2 RELATÓRIO DE ESTÁGIO

2.1 Primeiro Dia de Estagio


25/02/2019 – 07:00 às 13:00
Na presente data, foram iniciadas as atividades praticas referentes ao estagio
supervisionado. A princípio a engenharia Rhaissa Estevão fez um breve resumo a cerca
das atribuições legais do engenheiro civil, em seguida, demos inicio a elaboração de um
projeto arquitetônico, a fim de formalizar uma proposta de convênio a cerca de uma
área de vivência, a qual ficara situada em anexo a Escola Municipal Aluizio Jacob
Weber, localizada na Rua Guatemala, Nº 2772. A área de vivência contará com
academia ao ar livre e uma edificação para o desenvolvimento de atividades físicas.
Posteriormente, juntamente com a supervisora de estagio, foi realizada uma
vistoria técnica na Unidade Básica de Saúde Sol Nascente, localizada na Rua Chile,
com a finalidade de se verificar o andamento da obra, sem indícios de irregularidade,
retornamos a instituição.
Em seguida, foi dado continuidade ao desenho técnico, por falta de experiência
com o software AutoCad, foi entregue somente a planta baixa da edificação, ficando o
restante dos desenhos complementares (cortes, cobertura, fachada e locação), para as
datas subsequentes.

2.2 Segundo Dia de Estagio


26/02/2019 – 07:00 às 13:00
Nessa data, deu-se segmento a elaboração do projeto arquitetônico, sendo esse
sobre uma área de vivência, a qual ficara localizada em anexo a Escola Municipal
Aluizio Jacob Weber. Sendo entregue na presente data os Cortes AA e BB.
Em seguida, juntamente com a supervisora de estagio, foram realizadas
medições em um imóvel publico, o qual passará por reformas e será utilizado como
Centro de Fisioterapia Municipal, o mesmo encontra-se endereçado na Rua 1, SN,
Bairro Vida Nova. Posteriormente as medições, retornamos a instituição.
Antes de encerrar o expediente, a engenheira civil me incumbiu à
responsabilidade de analisar os documentos complementares, os quais servem como
exigência para emissão do termo de aprovação de projetos junto à prefeitura.
7

2.3 Terceiro Dia de Estagio


27/02/2019 – 07:00 às 13:00
Na presente data, a supervisora de estagio solicitou que fosse instalado no
notebook os softwares QiBuilder 2017 e Eberick V10, o quais servirão como base para
a elaboração dos projetos complementares.
Enquanto transcorria a instalação dos softwares, visitamos o imóvel publico
denominado UBS Sol Nascente, o mesmo encontra-se localizado na Rua Chile, SN,
Centro. A construção encontra-se em fase de acabamento, por esse motivo, o Prefeito
Municipal Moacir Luiz Giacomelli, solicitou que o setor de Engenharia, desenvolvesse
um projeto de paisagismo dos arredores do imóvel, depois de retiradas as medidas
necessárias, retornamos as instalações da prefeitura e começamos a desenvolver esse
projeto, tendo como o foco principal do mesmo a acessibilidade e a segurança desse
imóvel.
Depois de desenvolvido o esboço do projeto, foi dado inicio ao mesmo
utilizando o software AutoCad, entretanto em virtude do encerramento do expediente,
sua conclusão ocorrera em outra data.

2.4 Quarto Dia de Estagio


28/02/2019 – 07:00 às 13:00
Nesta data, acabou-se optando em dar continuidade ao projeto arquitetônico da
área de vivência, a qual ficara situada em anexo a Escola Municipal Aluizio Jacob
Weber, localizada na Rua Guatemala, Nº 2772. Nas datas anteriores, já haviam sido
elaboradas à planta baixa da edificação, Corte AA e BB e planta de cobertura, devido ao
bom andamento da elaboração do projeto na presente data, foi entregue o projeto
arquitetônico completo, o qual se encontra anexado a esse relatório.
8

Figura 1: Planta Baixa Área de Vivência

Fonte: Própria
9

2.5 Quinto Dia de Estagio


01/03/2019 – 07:00 às 13:00
Na presente data, a supervisora Rhaissa Estevão solicitou que fossem
analisados os documentos complementares de diversos projetos, os quais aguardavam
pela emissão do termo de aprovação junto à prefeitura. Sendo esses: Escritura do
imóvel, documentos do proprietário (RG, CPF), certidão de IPTU, ART (Atestado de
Responsabilidade Técnica) e planta (Estrutural, Elétrica, Hidráulica, Telhado e etc).
Posteriormente as análises, a engenheira civil explicou a cerca das penalizações caso um
munícipe decida construir sem a devida regularização junto à prefeitura e ao CREA,
podendo esse, sofrer as sanções de embargo de sua obra e ainda receber uma multa que
pode variar seu valor conforme a infração.

2.6 Sexto Dia de Estagio


07/03/2019 – 07:00 às 13:00
Nesta data, acabou-se optando em dar continuidade ao projeto de paisagismo
da UBS Sol Nascente, a mesma encontra-se localizada na Rua Chile, SN, Centro. O
mesmo já havia sido inicializado na data de 27/02/2019, entretanto, não foi possível sua
conclusão nesse dia.
Transcorrido o expediente, deu-se conclusão ao projeto, posteriormente
solicitou-se que o Secretario de Obras Edson Bormann desse seu aval sobre o mesmo,
porem, foram apontadas ressalvas em virtude da onerosidade do projeto. Em virtude
desta, voltou-se a fase de planejamento, buscando soluções pra diminuir o custo total do
mesmo, entretanto em virtude do encerramento do expediente, sua conclusão ocorrerá
em outra data.
10

2.7 Sétimo Dia de Estagio


08/03/2019 – 07:00 às 13:00
Na presente data, deu-se continuidade ao projeto de paisagismo da UBS Sol
Nascente. Após as ressalvas apontadas pelo Secretario de obras Edson Bormann, optou-
se pela substituição da grama, por pedra brita em certos pontos do terreno, sendo que o
mesmo possui em torno de 2000 m².
A fim de se evitar enormes gastos com esse projeto, o secretario de obras
sugeriu que a prefeitura de Vera fabrica-se seus próprios pavers, reduzindo assim os
custos deste projeto, após o estudo e aprovação por parte do secretario de finanças, deu-
se inicio ao processo de aquisição das fôrmas para a confecção dos pavers, e também
iniciou-se o projeto de fabricação de uma mesa vibratória, afim de se adensar o
concreto, sendo esse elaborado pelos mecânicos do município. Após todas as ressalvas
apontadas serem solucionadas, o projeto de paisagismo pode então ser concluído, o
mesmo se encontra anexado a esse relatório.
11

Figura 2: Planta de Paisagismo

Fonte: Própria
12

2.8 Oitavo Dia de Estagio


11/03/2019 – 07:00 às 13:00
Nesta data, demos inicio a elaboração do projeto de reforma de um imóvel
publico, o qual passará por reformas e será utilizado como o Centro de Fisioterapia
Municipal, o mesmo encontra-se endereçado na Rua 1, SN, Bairro Vida Nova. Além do
Projeto Arquitetônico, solicitou-se a elaboração de um orçamento financeiro do mesmo,
a fim de formalizar um processo de dispensa de licitação. Compreende dispensa de
licitação como sendo uma Contratação de Pequeno Valor: Materiais, produtos, serviços,
obras de pequeno valor, que não ultrapassem o valor estimado por lei para esta
modalidade de licitação, sendo esse valor até 18 mil reais.
Devido ao bom andamento do projeto, na presente data foram entregues o
projeto arquitetônico e o orçamento financeiro, os quais se encontram anexados a esse
relatório.

Planilha 1: Orçamento de Prestação de Serviços de Execução de Gesso Acartonado

Fonte: Própria
13

Figura 3: Planta Baixa do Centro de Reabilitação Vitor Valendolf

Fonte: Própria
14

2.9 Nono Dia de Estagio


12/03/2019 – 07:00 às 13:00
Na presente data, foi realizada uma visita à UBS Sol Nascente, a fim de
elaborar uma medição de pagamento referente aos serviços de instalação elétrica, De
maneira geral, o objetivo da medição de obras é verificar a compatibilidade entre o que
foi executado e o que está previsto no projeto. Além de ser uma ferramenta fundamental
de controle, facilita os pagamentos e desembolsos às empreiteiras.
Devido à enorme complexidade em desenvolver esse tipo de medição, a mesma
foi concluída próxima ao final do expediente, ficando a Engenheira Civil Rhaissa
Estevão responsável pela elaboração da planilha de medição após o horário de trabalho,
para tal, foi utilizado como ferramenta o software Excel.

2.10 Décimo Dia de Estagio


13/03/2019 – 07:00 às 13:00
Nesta data, o vereador Gilmar Luiz Moro, popularmente conhecido como “Juca
Moro”, solicitou ao setor de engenharia, que fosse desenvolvido um projeto de ponto de
ônibus com acessibilidade, entre as solicitações, além de acessibilidade, o mesmo
deveria ser fabricado todo em estrutura metálica.
Após a fase de planejamento, deu-se inicio a elaboração do projeto, dando
conclusão ao mesmo na data em questão, posteriormente solicitou-se que o vereador
Juca Moro analisasse o projeto, sem nenhum apontamento do mesmo. O projeto agora
irá à votação no plenário da Câmara Municipal de Vera, para aprovação ou reprovação
pela bancada dos vereadores. O projeto se encontra anexado a esse relatório.
15

Figura 4: Ponto de Ônibus com acessibilidade

Fonte: Própria
16

2.11 Décimo Primeiro Dia de Estagio


14/03/2019 – 07:00 às 13:00
Na presente data, foi realizada uma visita ao Centro de Referência de
Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência dos Idosos Viva a Vida, a fim de
elaborar uma medição de pagamento referente à prestação de serviços de Pinturas em
imóveis públicos, De maneira geral, o objetivo da medição de obras é verificar a
compatibilidade entre o que foi executado e o que está previsto no projeto. Além de ser
uma ferramenta fundamental de controle, facilita os pagamentos e desembolsos às
empreiteiras.
Posteriormente a visita in loco, foram elaboradas as planilhas de medição, para
tal, utilizou-se o software Excel. A planilha se encontra anexada a esse relatório.

Planilha 2: Prestação de Serviços de Pinturas em Prédios Públicos

Fonte: Própria
17

2.12 Décimo Segundo Dia de Estagio


15/03/2019 – 07:00 às 13:00
Nesta data, a supervisora Rhaissa Estevão solicitou que fossem analisados os
documentos complementares de diversos projetos, os quais aguardavam pela emissão do
termo de aprovação junto à prefeitura. Sendo esses: Escritura do imóvel, documentos do
proprietário (RG, CPF), certidão de IPTU, ART (Atestado de Responsabilidade
Técnica) e planta (Estrutural, Elétrica, Hidráulica, Telhado e etc). Posteriormente as
análises, foram realizadas medições em um imóvel publico, o qual passará por reformas
e será utilizado como secretaria de agricultura, o mesmo encontra-se endereçado na Rua
Chile, Nº 1601, Bairro Esperança. Posteriormente as medições, retornamos a instituição.
Depois de desenvolvido o esboço do projeto, foi dado inicio ao mesmo
utilizando o software AutoCad, entretanto em virtude do encerramento do expediente,
sua conclusão ocorrera em outra data..

2.13 Primeiro Dia de Estagio


18/03/2019 – 07:00 às 13:00
Na presente data, acabou-se optando em dar continuidade ao projeto de
reforma da secretaria de agricultura, a qual ficara situada Rua Chile, Nº 1601, Bairro
Esperança. Na data anterior, já havia sido iniciada à mesma, entretanto, não foi possível
sua conclusão nesse dia. Compreende como reforma, obra executada numa edificação,
sem que haja acréscimo na sua Área Total Construída, sendo indispensável diferenciar,
com nitidez, aquilo que existe do que será demolido, assim como do que será
construído. Devido ao bom andamento da elaboração do projeto na presente data, foi
entregue a planta baixa, o qual se encontra anexado a esse relatório.
18

Figura 5: Projeto de Reforma da Secretaria de Agricultura

Fonte: Própria
19

2.14 Décimo Quarto Dia de Estagio


19/03/2019 – 07:00 às 13:00
Nesta data, juntamente com a supervisora de estagio Rhaissa Estevão, foram
realizadas diversas vistorias técnicas nas obras do município, com o intuito de se
verificar o andamento das mesmas, sendo essas: construção da unidade Básica de Saúde
Sol Nascente, Reforma do Centro de Fisioterapia Vitor Valendolf, Ampliação da
Farmácia Municipal, Revitalização da Praça 13 de Maio. Em todas as obras não foram
encontradas indícios de irregularidade.
Posteriormente, próximo ao fim do expediente, a Engenheira Civil Rhaissa
Estevão solicitou a conferencia de um cronograma físico financeiro, a fim de encontrar
possíveis erros, referentes a inclusão de códigos SINAPI e preço incorretos. Esse
cronograma será encaminhado à Caixa Econômica Federal para formalização de um
convênio de Ampliação do Centro de Referencia Social (CRAS).

2.15 Décimo Quinto Dia de Estagio


20/03/2019 – 07:00 às 13:00
Na presente data, a Engenheira Rhaissa Estevão, solicitou ao que fosse
desenvolvido um projeto de moveis planejados, o qual será destinado ao refeitório da
Prefeitura Municipal de Vera, sendo um balcão de pia, armário aéreo e um armário
paneleiro.
Após a fase de planejamento, deu-se inicio a elaboração do projeto, dando
conclusão ao mesmo na data em questão. O projeto se encontra anexado a esse relatório
Próximo ao fim do expediente, agradeci a supervisora de estagio Rhaissa
Estevão, por todo o ensinamento adquirido e encerraram-se assim as atividades praticas
referentes ao estagio supervisionado.
20

Figura 6: Projeto de Moveis Planejados para o Refeitório da Prefeitura Municipal de


Vera

Fonte: Própria
21

3 RELATÓRIO DE VISITAS TÉCNICAS


3.1 Primeira Visita Técnica
3.1.1 Boungaiville
Obra Bougainville
Data da visita 16 de Fevereiro de 2019
Local Jardim Bougainville
Objetivos Proporcionar uma visão técnica sobre a profissão do Engenheiro
Civil.

Relatos sobre a visita técnica


No dia 16 de Fevereiro de 2019, foi realizada a visita técnica no local
denominado Jardim Bougainville, na cidade de Sinop – MT, no qual nos foi apresentado
à execução de uma construção do sistema construtivo convencional em concreto armado
com vedação em alvenaria de aproximadamente 80 m².
A residência contará com sala, cozinha, banheiro e uma suíte, a fachada é
composta por platibanda e tem altura aproximada de 4,3 m, serão utilizadas telhas
termoacústicas para a cobertura da obra.
A mesma possuí a fundação composta por sapatas isoladas de 80 x 80 cm. Os
componentes estruturais foram todos fabricados em concreto armado. A alvenaria é
constituída por blocos cerâmicos de 12 furos, sendo esses unidos por argamassa de
ligação.
O pé direito da edificação apresenta cerca de 3 metros de altura. O material a
ser utilizado como forro será o PVC. A estrutura do telhado será feita em madeira,
posteriormente às telhas termoacústicas serão parafusadas nesta estrutura com auxílio de
parafusos auto brocantes. Na parte externa da construção, encontra-se uma fossa séptica
que será ligada a rede de esgoto.
A obra encontra-se em ritmo acelerado, estando à mesma quase toda
chapiscada e já com todos os eletrodutos instalados, sendo estimado um prazo de 45
dias para a sua conclusão.
Tomou-se nota de que não havia locais para destinação dos resíduos
construtivos.
22

Figura 7: Obra Jardim Bougainville

Fonte: Própria

Figura 8: Estrutura do Forro

Fonte: Própria

Figura 9: Fossa Séptica e Sumidouro

Fonte: Própria
23

3.2 Segunda Visita Técnica


3.2.1 Hotel Transamerica
Obra Hotel Transamerica
Data da visita 23 de Fevereiro de 2019
Local Avenida dos Jacarandás
Objetivos Proporcionar uma visão técnica sobre a profissão do Engenheiro
Civil.

Relatos sobre a visita técnica


No dia 23 de Fevereiro de 2019, foi realizada a visita técnica no local
denominado Hotel Transamerica, na cidade de Sinop – MT, no qual nos foi apresentado
à execução de uma construção com 6 pavimentos com aproximadamente 580 m² por
andar.
O empreendimento contará com recepção, restaurante e área de serviço no
térreo, e nos andares subsequentes serão cerca de 115 apartamentos para hospedagem,
as divisórias entre os mesmos serão todas executadas em gesso. O revestimento de todos
os pavimentos será em piso vinílico. A passagem das tubulações hidrossanitárias,
elétricas e de climatização será realizada através de shafts.
Os componentes estruturais foram todos fabricados em concreto armado e
moldados in loco. A alvenaria é constituída por blocos cerâmicos de 12 furos, sendo
esses unidos por argamassa de ligação. As escadas foram todas produzidas em concreto
armado e moldadas na própria construção, assim como o poço do elevador.
O pé direito de cada pavimento é de aproximadamente 3 metros de altura,
entretanto nos banheiros e corredores, o mesmo apresenta altura de 2,70 m, devido ao
rebaixamento do forro para as passagens hidrossanitárias, elétricas e de climatização. O
material utilizado como divisão para os andares do empreendimento é a laje com 17 cm
de espessura. O material a ser utilizado para revestimento das lajes será o gesso.
A obra encontra-se em ritmo acelerado, estando à mesma com prazo estimado
de conclusão para 2021.
24

Figura 10: Planta do Empreendimento

Fonte: Própria

Figura 11: Escoramento das Lajes

Fonte: Própria
25

Figura 12: Concretagem da caixa d’água

Fonte: Própria

Figura 13: Pavimento (3º Andar)

Fonte: Própria
26

3.3 Terceira Visita Técnica


3.3.1 Bloco Norte
Obra Bloco Norte
Data da visita 02 de Março de 2019
Local Estrada Silvana
Objetivos Proporcionar uma visão técnica sobre a profissão do Engenheiro
Civil.

Relatos sobre a visita técnica


No dia 02 de Março de 2019, foi realizada a visita técnica no local denominado
Bloco Norte, na cidade de Sinop – MT, no qual nos foi apresentado uma fábrica que
produz 27 tipos de blocos de concreto.
A indústria dispõe de 3 baias localizadas na área externa da fabrica, destinadas
à separação dos insumos, sendo eles areia media, pedrisco e pó de pedra. Os insumos
são transportados e armazenados em outras 3 baias, entretanto, estas se apresentam no
formato de funil, os materiais nelas contidos, são despejados em balanças que tem como
função a pesagem dos mesmos, afim de se obter o traço do concreto desejado.
Posteriormente, os insumos são dispostos em esteiras rolantes que levam o material ate
o misturador, esse dispõe da capacidade de até 800 kg, o processo de adição de água é
totalmente automatizado, sendo o cimento e os aditivos inseridos de forma
manualmente.
Em seguida, a mistura é levada até a prensa hidráulica que tem a função de
prensar e modelar o objeto no formato pretendido. Posteriormente, os blocos passam por
uma avaliação visual, no qual as peças avariadas são descartadas. Subsequente estes são
encaminhados até a uma estufa que precisa estar com o chão umedecido para se obter
uma cura satisfatória. Na última etapa os blocos são paletizados e embalados.
São produzidos cerca de 480 a 500 blocos por hora, sendo esses sucedidos a
constantes ensaios junto a instituição do Senai Cuiabá, a fim de se comprovar sua
características quanto a resistência. Todo o material que por algum motivo seja
considerado inapto é reaproveitado, o mesmo passa por um processo de trituração e
posteriormente é devolvido a linha de produção, se tornando um ponto positivo tanto
para o fornecedor, quanto para o meio ambiente, pois não há desperdício de matéria-
prima.
27

Figura 14: Fabrica de Blocos de Concreto (Bloco Norte)

Fonte: Própria

Figura 15: Baias de Separação de Insumos

Fonte: Própria
28

Figura 16: Linha de Produção de blocos de Concreto

Fonte: Própria

Figura 17: Bloco de Concreto Pronto

Fonte: Própria
29

3.4 Quarta Visita Técnica


3.4.1 Estação de Tratamento de Esgoto
Obra Estação de Tratamento de Esgoto
Data da visita 09 de Março de 2019
Local Estrada Ana com Estrada Áurea
Objetivos Proporcionar uma visão técnica sobre a profissão do Engenheiro
Civil.

Relatos sobre a visita técnica


No dia 09 de março de 2019, foi realizada a visita na unidade de tratamento de
esgoto da empresa Águas de Sinop – MT. Os resíduos são coletados por uma faixa onde
são retirados os dejetos sólidos grosseiros. Esses resíduos saem do drenador e vão para
uma calha onde passam por duas bases elevatórias UASB, ambas compostas em
estrutura inox, a fim de se evitar a corrosão das mesmas.
A parte elevatória é composta por reatores que separam o material orgânico
sólido da água através de sedimentação por gravidade. Cerca de 60% do tratamento de
esgoto acontece na UASB, onde 650m³ de resíduo são tratados, nesse mesmo processo é
utilizado um produto químico chamado embrauni, o mesmo tem a função de conter a
produção de espuma.
Posteriormente, a mistura vai para o reator biológico com capacidade de
1.200.000,00 m³ de resíduos, o mesmo é composto por tanques de aeração. A
quantidade de oxigênio introduzido na mistura propicia o desenvolvimento de bactérias
aeróbias que irão digerir a matéria orgânica. Depois a mesma por um decantador, a fim
de se retirar o lodo remanescente e em seguida esse é devolvido novamente na UASB.
Na última faixa de tratamento é aplicado o cloro e depois a mistura é enviada
para o Rio Curupy, onde a vazão máxima permitida é de 60 l/s. Todo mês é retirada
uma amostra da água do rio e mandando para Cuiabá, onde são realizadas análises da
água verificando se a mesma é potável ou não.
Cerca de 20% do esgoto da cidade é tratado nessa unidade. A Águas de Sinop
estuda uma forma de ampliar essa rede de tratamento de esgoto a fim de atender 100%
da demanda até 2025.
30

Figura 18: Gradeamento

Fonte: Própria

Figura 19: Dejetos Sólidos Grosseiros

Fonte: Própria
31

Figura 20: Base Elevatória UASB

Fonte: Própria

Figura 21: Adição de Cloro Para Posterior envio ao Rio Curupy

Fonte: Própria
32

3.5 Quinta Visita Técnica


3.5.1 Edifício Residencial (Seu Ari)
Obra Edifício Residencial (Seu Ari)
Data da visita 23 de Março de 2019
Local Rua dos Manacás
Objetivos Proporcionar uma visão técnica sobre a profissão do Engenheiro
Civil.

Relatos sobre a visita técnica


No dia 23 de Março de 2019, foi realizada a visita em um edifício residencial
localizado próximo a Transterra, na cidade de Sinop – MT, no qual nos foi apresentado
à execução de uma construção com 4 pavimentos com aproximadamente 1500 m², para
a fundação da mesma, foram executadas cerca de 180 estacas de 60 cm de diâmetro
cada, através do processo de hélice contínua.
O empreendimento contará com térreo no primeiro pavimento, e nos andares
subsequentes serão cerca de 21 apartamentos residenciais, sendo 6 apartamentos com 3
quartos com cerca de 86 m² cada e 15 apartamentos com 2 quartos de 67 m² cada. No
centro do mesmo existe um enorme fosso aberto, o qual servira tanto para iluminação,
quanto para ventilação. O revestimento dos pavimentos será uma mescla entre piso
porcelanato e revestimento cerâmico. As tubulações hidrossanitárias, elétricas e de
climatização ficarão escondidas por meio de forro de gesso acartonado.
Os componentes estruturais foram todos fabricados em concreto armado e
moldados in loco. A alvenaria é constituída por blocos cerâmicos, sendo esses unidos
por argamassa de ligação. As escadas foram todas produzidas em concreto armado e
moldadas na própria construção. O elevador do empreendimento será com visão
panorâmica.
O material utilizado como divisão para os andares do empreendimento é a laje
treliçada com IPC. A construção contara com sistema de gás encanado e sistema de
proteção contra incêndio.
A estrutura do telhado foi executada toda em estrutura metálica, posteriormente
serão parafusadas telhas termoacústicas na mesma. A alimentação predial de água será
realizada através de 6 reservatórios de água com 2500L cada, na parte da cobertura,
também será instalado um briser de aproximadamente 1,20 m, o qual servira para a
proteção contra a chuva dos condôminos.
Na construção ainda existe uma fabrica para produção de calçadas
intertravadas do modelo “ossão de 8 cm”, as quais serão utilizadas para a concepção das
calçadas. A previsão estimada para conclusão da obra é em novembro de 2019.
33

Figura 22: Planta da Edificação

Fonte: Própria

Figura 23: Fosso de Iluminação e Ventilação

Fonte: Própria
34

Figura 24: Tesouras de sustentação

Fonte: Própria

Figura 25: Produção de Bloco Intertravado

Fonte: Própria
35

3.6 Sexta Visita Técnica


3.6.1 Proprietário Valdir Pereira Junior
Obra Proprietário Valdir Pereira Junior
Data da visita 28 de Março de 2019
Local Avenida Nicarágua, SN, Setor Industrial
Objetivos Proporcionar uma visão técnica sobre a profissão do Engenheiro
Civil.

Relatos sobre a visita técnica


No dia 28 de Março de 2019, foi realizada a visita técnica na obra do
proprietário Valdir Pereira Junior, localizada na Avenida Nicarágua, SN, Setor
Industrial, na cidade de Vera – MT, no qual foi apresentado à execução de uma
construção do sistema construtivo convencional em concreto armado com vedação em
alvenaria de aproximadamente 70 m².
A residência contará com sala e cozinha conjugada, banheiro e dois quartos, a
fachada é composta por telhado duas águas e tem altura aproximada de 4,5 m, serão
utilizadas telhas de concreto para a cobertura da obra.
A mesma possuí a fundação composta por sapatas isoladas de 70 x 70 cm. Os
componentes estruturais foram todos fabricados em concreto armado. A alvenaria é
constituída por blocos cerâmicos de 8 furos, sendo esses unidos por argamassa de
ligação.
O pé direito da edificação apresenta cerca de 3 metros de altura. O material a
ser utilizado como forro será o PVC. A estrutura do telhado será feita em madeira,
posteriormente às telhas de concreto serão dispostas nesta estrutura. Na parte externa da
construção, encontra-se uma fossa séptica que será ligada a rede de esgoto.
No dia da visita, a obra encontrava-se em fase de execução da alvenaria, tendo
um prazo estimado para entrega da mesma de aproximadamente 90 dias.
36

Figura 26: Fachada com Telhado Duas Águas

Fonte: Própria

Figura 27: Estrutura do Telhado

Fonte: Própria
37

Figura 28: Fossa Séptica e Sumidouro

Fonte: Própria
38

3.7 Sétima Visita Técnica


3.7.1 Proprietário Juliano Pretto
Obra Proprietário Juliano Pretto
Data da visita 11 de Abril de 2019
Local Avenida Manágua, 1364, Centro
Objetivos Proporcionar uma visão técnica sobre a profissão do Engenheiro
Civil.

Relatos sobre a visita técnica


No dia 11 de Abril de 2019, foi realizada a visita técnica na obra do
proprietário Juliano Pretto, localizada na Avenida Manágua, 1364, Centro, na cidade de
Vera – MT, no qual foi apresentado à execução de uma construção com estrutura de
concreto armado e vedação em alvenaria cerâmica de aproximadamente 150 m².
A obra contará com sala, cozinha, banheiro, quarto, suíte e varanda. A fachada
é composta por telhado duas águas e tem altura aproximada de 4,5 m, serão utilizadas
telhas de concreto para a cobertura da obra. O revestimento dos pisos e paredes será
uma mescla entre piso porcelanato e revestimento cerâmico.
A mesma possuí a fundação composta por sapatas isoladas de 70 x 70 cm. Os
componentes estruturais são em concreto armado. A alvenaria de vedação é constituída
por blocos cerâmicos de 8 furos, sendo esses unidos por argamassa de ligação.
O pé direito da edificação apresenta cerca de 3,0 metros de altura. O material a
ser utilizado como forro será o gesso. A estrutura do telhado será feita em madeira,
posteriormente às telhas de concreto serão dispostas nesta estrutura. A alimentação
predial de água será realizada através de reservatório de água com 1000L de capacidade.
No dia da visita, a obra encontrava-se em fase final de execução da alvenaria,
estando à mesma com todos os eletrodutos instalados, sendo estimado um prazo de 90
dias para a sua conclusão.
39

Figura 29: Fachada da Construção

Fonte: Própria

Figura 30: Estrutura do Telhado

Fonte: Própria
40

Figura 31: Eletrodutos Instalados

Fonte: Própria
41

3.8 Oitava Visita Técnica


3.8.1 Proprietário Gabriel Batista Godoi
Obra Proprietário Gabriel Batista Godoi
Data da visita 15 de Abril de 2019
Local Rua Lima, 1805, Centro
Objetivos Proporcionar uma visão técnica sobre a profissão do Engenheiro
Civil.

Relatos sobre a visita técnica


No dia 15 de Abril de 2019, foi realizada a visita técnica na obra do
proprietário Gabriel Batista Godoi, localizada na Rua Lima, 1805, Centro, na cidade de
Vera – MT, no qual foi apresentado à execução de uma construção com estrutura de
concreto armado e vedação em alvenaria cerâmica de aproximadamente 250 m².
A obra contará com sala, cozinha, três suítes, varanda e área de festa. A
fachada é composta por telhado quatro águas e tem altura aproximada de 6 m, as telhas
utilizadas são cerâmicas do modelo americana. O revestimento dos pisos e paredes será
uma mescla entre de piso porcelanato e revestimento cerâmico.
A mesma possuí a fundação composta por sapatas isoladas de 80 x 80 cm. Os
componentes estruturais são em concreto armado. A alvenaria de vedação é constituída
por blocos cerâmicos de 8 furos, sendo esses unidos por argamassa de ligação.
O pé direito da edificação apresenta cerca de 4,0 metros de altura. Foi utilizada
a madeira de cedro como forro. A estrutura do telhado foi executada toda em madeira.
A alimentação predial de água será realizada através de reservatório de água com 1000L
de capacidade.
No dia da visita, a obra encontrava-se em fase inicial de acabamento, sendo
realizado o assentamento do porcelanato na data em questão. O prazo estimado de
conclusão é de 60 dias.
42

Figura 32: Fachada da Construção

Fonte: Própria

Figura 33: Assentamento de Pocelanato

Fonte: Própria
43

Figura 34: Revestimento Cerâmico do Banheiro da Área de Festa

Fonte: Própria
44

3.9 Nona Visita Técnica


3.9.1 Churrascaria Boi na Brasa
Obra Churrascaria Boi na Brasa
Data da visita 22 de Abril de 2019
Local Avenida Nicarágua, SN, Setor Industrial
Objetivos Proporcionar uma visão técnica sobre a profissão do Engenheiro
Civil.

Relatos sobre a visita técnica


No dia 22 de Abril de 2019, foi realizada a visita técnica na obra denominada
Churrascaria Boi na Brasa, localizada na Avenida Nicarágua, SN, Setor Industrial, na
cidade de Vera – MT, no qual foi apresentado à execução de uma construção com
estrutura pré-moldada e vedação em alvenaria cerâmica de aproximadamente 275 m².
O empreendimento contará com recepção, amplo salão destinado a churrascaria
e dois banheiros, ambos adaptados para portadores de necessidades especiais. A fachada
é composta por Platibanda e tem altura aproximada de 8,0 m, serão utilizadas telhas
termoacústicas para a cobertura da obra. O revestimento dos pisos e paredes será uma
mescla entre piso porcelanato e revestimento cerâmico.
A mesma possuí a fundação composta por sapatas isoladas de 80 x 80 cm. Os
componentes estruturais são pré-fabricados. A alvenaria de vedação é constituída por
blocos cerâmicos de 8 furos, sendo esses unidos por argamassa de ligação.
O pé direito da edificação apresenta cerca de 6,0 metros de altura. O material a
ser utilizado como forro será o gesso. A estrutura do telhado foi feita em estrutura
metálica, posteriormente às telhas termoacústicas serão parafusadas nesta estrutura. A
alimentação predial de água será realizada através de reservatório de água com 1000L
de capacidade.
No dia da visita, a obra encontrava-se em fase inicial de execução da fundação,
tendo um prazo estimado para entrega da mesma de aproximadamente 150 dias.
45

Figura 35: Execução das Vigas Baldrames

Fonte: Própria

Figura 36: Ferragens da Fundação

Fonte: Própria
46

4 CONSIDERAÇÕES FINAIS
Pode-se concluir que a realização do estagio e as visitas técnicas, são essenciais
na vida acadêmica, pois proporciona a oportunidade de envolver-se em atividades
práticas e aplicar o conhecimento teórico obtido em sala de aula.
Entretanto, verificou-se que existe diferença entre o que é visto na teoria e na
prática. Como exemplo, podemos mencionar os imprevistos, como: chuvas,
equipamentos defeituosos, funcionários que não comparecem ao serviço, ou materiais
entregues com atrasos.
Outro ponto observado é quanto à utilização dos equipamentos de segurança,
que em muitos casos estão presentes no local de trabalho, porém os colaboradores se
recusam a utilizar. Sendo necessária uma fiscalização constante e mais severa, no intuito
de evitar prejuízos financeiros para as empresas e zelando pela integridade dos
colaboradores.
Além do conhecimento técnico, o estágio e as visitas técnicas propiciam varias
experiências, como interação com diferentes classes sociais, liderança de grupo, e a
própria gestão e administração da obra.
47

5 ANEXOS