Você está na página 1de 25

O Sermão do Monte

UM NOVO REINO VIRÁ EM BREVE

“E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo....”


Marcos 1:15

• Jesus trás até os israelitas, a realidade do reino dos céus

• Um reino que deveria ser inaugurado, a partir da restauração


espiritual do homem

• Um reino de verdadeira comunhão entre Deus e o homem

• Um reino com um código de ética e moral, não como regra para se


ganhar ou perder algo, mas como manifestação do caráter do
próprio Deus.
UM NOVO REINO VIRÁ EM BREVE

“...Ouvistes que foi dito aos antigos.... Eu porém


vos digo...”

• Mas como todo reino e nação tem suas leis,


Jesus começa a apresentar aos homens quais
são as regras e as leis deste novo reino

• Jesus vai trazer uma nova forma de


compreensão a respeito de Deus, do homem e
da realidade que nos cerca.
UM NOVO REINO VIRÁ EM BREVE

• É um reino espiritual. Jesus em sua primeira vinda


nunca prometeu estabelecer um reino político. Ele
afirmou: “O meu reino não é deste mundo....o meu reino
não é daqui...” (João 18.36)

• Então, os cidadãos deste reino também não são deste


mundo

• Onde quer que Cristo se encontre entronizado na


posição de Rei, até aí já chegou o reino de Deus.
O que é o Sermão do Monte?
• É a forma como Jesus enxerga a criação restaurada, é a
forma como devemos ser e agir

• É uma lista de atitudes tangíveis:

▪ Pela graça
▪ Pelo mover do Espírito Santo
▪ Pela ajuda que recebemos do próprio Jesus Cristo

• O alvo do sermão é a perfeição que reflete a santidade


de Deus.
O que é o Sermão do Monte?

“O teólogo inglês John Stott chama o


Sermão do Monte de “Contracultura cristã”
– de fato, esta é a proposta de Jesus: um
outro jeito de viver, de ser gente e de ser
sociedade. Os discípulos de Jesus andam
na contramão do mundo.”
Ed René Kivitz
As Bem-aventuranças

• Quando Jesus chama para Si a Sua Igreja, Ele


nos dá uma Lei.

• As Bem-aventuranças são o padrão ético que


deve permear o comportamento de todos os
cristãos”

• Oito sinais da conduta e do caráter Cristão.


Acompanhados das bênçãos divinas.
As Bem-aventuranças
“As bem-aventuranças resumem e destilam as
qualidades que Deus conclama seus filhos a
porem em prática na vida, na comunidade e no
mundo” Russel Shedd

“As 8 Bem-Aventuranças não descrevem cristãos


diferentes que possuem uma ou outra dessas
características. Pelo contrário,visam caracterizar
todos os genuínos seguidores de Cristo. O
cristão que possui uma das bem-aventuranças
deve possuir todas elas.” John Sttot
“ Bem – aventurados
os pobres de espírito,
porque deles é o reino dos
céus...”
Mateus 5.3
Pobres de Espírito
• A pobreza de espírito descreve a pessoa
pobre que não tem méritos nem obras que
satisfaçam ao próprio “eu” e que possam
ser oferecidos em troca de benefícios que
deseja da parte de Deus.
• Tudo o que a pessoa possa considerar
como crédito está destituído de valor aos
olhos de Deus.Não há nada que eu possa
fazer para merecer a Deus.
Pobres de Espírito
• Quando me esvazio do meu “eu” é que,
diante de Deus percebo minha pobreza e
tomo consciência da minha real condição
de pecador
• Ninguém pode entrar no reino de Deus, a
menos que seja pobre de espírito, é desta
virtude que fluem as outras
“Bem-aventurados os que
choram, porque serão
consolados”
Mateus 5:4
O que é chorar?
Definição
• Chorar – derramar lágrima; exprimir dor, tristeza
e etc.,com choro;afligir-se; sentir remorsos ou
arrependimento; lamentar a perda de ; prantear.

• Lamentar – chorar ou prantear com gritos e


gemidos; sentir ou dizer que sente grande pesar
por algo; lastimar

• Choro é consequência de algo


Concepção do Mundo
• Aquilo que o mundo mais procura evitar é a
necessidade de chorar,isto é algo que tem que
ser evitado a todo custo

• Chorar é para os fracos e oprimidos, temos que


nos exaltar e ter poder a qualquer custo

• Felizes os homens que choram! Para o mundo,


essa afirmação de Jesus é ridícula.
Concepção segundo a Bíblia

“Afligi-vos, lamentai e chorai. Converta-


se o vosso riso em pranto, e vossa
alegria, em tristeza. Humilhai-vos na
presença do Senhor e Ele vos
exaltará.” Tiago 4:9-10
Concepção segundo a Bíblia
• Jesus não está dizendo que chorar por
algum motivo de tristeza nos fará feliz

• O que está em pauta é a tristeza


espiritualmente provocada

• Essa tristeza é resultado da


conscientização do meu pecado, através
do Espírito Santo
“Quando contemplo Deus e Sua
Santidade e em seguida contemplo a vida
que se espera que eu viva, é que vejo a
mim mesmo, o meu total desamparo e
desesperança, pois isso desvenda para
mim a minha qualidade de espírito e isso
me entristece. E aí lamento o fato de que
sou assim.”

D.Martyn Lloyd-Jones
Paulo e seu exemplo
• O crente sabe o que significa sentir-se totalmente
desesperançado consigo mesmo, o que é dizer, a
exemplo de Paulo:

• “... em mim, isto é, na minha carne, não habita bem


nenhum...”

• “ não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero,
esse faço”

• Desventurado homem que sou! Quem me livrará do


corpo desta morte?

Romanos 7:18-24
O exemplo de Jesus
• Jesus chorou à entrada do sepulcro de
Lázaro(João 11:35)

• Chorou também defronte de Jerusalém,


ao contemplar a cidade pouco antes de
Sua morte(Lucas 19:41-44)
O exemplo de Jesus
• Aquele que é crente de verdade também
chora pelos pecados alheios. Preocupa-se
com o estado da sociedade e do mundo

• Sabe que toda essa condição infeliz e


doente se deve ao pecado, e frente a
frente com esse quadro o crente chora
O exemplo de Jesus
• Esse foi o motivo que levou Jesus a chorar
diante do túmulo de Lázaro. Jesus contemplou
aquela coisa horrenda, feia e imunda chamada
pecado, a qual invadiu nossas vidas trazendo a
morte consigo, perturbando e infelicitando
nossas vidas.

• Jerusalém O havia repelido, tornando-se


passível de condenação, por isso Jesus chorou
ao contempla-la
...porque serão consolados...
• Definição de consolar – aliviar o padecimento
de; dar sensação agradável; dar alívio,conforto.

• O crente enxerga a si mesmo como alguém


culpado de pecado e lamenta-se, por sua vez,
isso o faz voltar-se novamente para Cristo e
neste momento sua paz e felicidade retornam e
ele é consolado.
...porque serão consolados...
• O crente não é bem-aventurado porque chora e
sim porque será consolado por Deus através da
pessoa de Jesus,que será nosso advogado
mediante nosso arrependimento e
quebrantamento

• Mas há também o consolo da bendita


esperança, que virá quando Cristo retornar e o
pecado for banido da face da terra
Conclusão
O crente chora por haver recebido certo
entendimento acerca do que o pecado
significa para Deus e do quanto Deus se
aborrece e repele o pecado, a tal ponto de
que se pudesse, feriria ao Senhor Deus
no próprio coração, isso entristece ao
crente e por isso ele chora.