Você está na página 1de 8

Liceu Domingos Ramos comemora 50 anos de existência

DESTAQUES
Entrevista com a Directora do Liceu Domingos Ramos DGEBS realiza prova de Avaliação Aferida nas Esco-
............................................................................ pág. 2 e 3 las Básicas do país .............................................. pág. 6

Iª Edição das Olimpíadas de Matemática já tem ven- Jovens de Nossa Senhora da Luz recebem materiais
cedores ................................................................... pág. 4 desportivos ............................................................. pág. 7

Programa “Mundu Novu” já tem site ................ pág. 5 Escolas de Porto Novo mais bem apetrechadas . pág. 8

Boletim Educação em Noticias 8.indd 1 28-06-2010 14:18:16


Educação em Notícias

Entrevista - 50 anos
com um conjunto de actividades, mas instituições, nomeadamente A
nomeadamente exposição e feira PONTE e ACRIDES.
gastronómica com alunos da disci-
plina da Cultura Cabo-verdiana. Liceu Domingos Ramos pre-
O programa central das come- tende publicar uma monografia
morações, segundo Rosa Silva, co- sobre a sua história, com depoi-
meça a 5 de Junho, com a “Língua mentos da comunidade acadé-
de Camões em Movimento”. Esta mica que por este liceu passa-
actividade promovida em conjunto ram, e pessoas que estiveram
Rosa Silva, Directora com o Instituto Camões vai reunir envolvidas na construção deste
Liceu Domingos Ramos professores de Língua Portuguesa, edifício.
Comunicação e Expressão, alguns

O emblemático e o mais antigo escritores e alunos para uma sessão À frente deste liceu há cerca de
liceu do país vai assinalar no de declamação de poesias. seis anos, Rosa Silva afirmou que
dia 10 de Junho, 50 anos sobre a No âmbito destas comemora- se sente orgulhosa por estar na di-
data da sua inauguração. Situado ções, o liceu vai realizar ainda uma recção deste liceu, no momento dos
na cidade da Praia, o liceu Domin- semana de actividades diversas, seus 50 anos de inauguração.
gos Ramos (LDR), antes conhecido como a “lusofonia cantada e docu- “Como directora, mulher, aluna,
por Adriano Moreira, foi inaugu- mentada”, exposição de fotogra- e professora, penso ser gratificante
rado a 10 de Junho de 1960, no fias do liceu, desde os anos 60 a o facto de estar nesta direcção no
âmbito das comemorações do V esta data, apresentação de gale- momento em que o liceu celebra 50
centenário da morte do Infante rias de fotos dos ex-reitores e di- anos de vida”.
D. Henrique e do meio milénio do rectores do liceu.
achamento de Cabo Verde. Para preservar o património his-
“O liceu pretende convidar al- tórico e cultural da cidade da Praia
Os 50 anos do liceu é um marco guns cantores e personalidades e também permitir melhores condi-
histórico que merece ser comemora- ligadas à música cabo-verdiana ções de ensi no, o LDR recebeu da
do com toda a pompa e circunstân- para um momento de ‘lusofonia cooperação portuguesa um mon-
cia, daí que, segundo a directora, cantada e documentada’. Vamos tante de trezentos mil euros para a
esta data começou a ser assinala- fazer a apresentação de um docu- sua reabilitação.
da desde o início do ano com vá- mentário e uma mesa redonda so-
rias actividades que vão culminar bre a lusofonia onde participam os Segundo Rosa Silva, as obras de
no mês de Dezembro. professores, alunos e convidados”, reabilitação vão ter início no final
acrescentou a directora. deste ano lectivo com as interven-
“No mês de Janeiro comemora-
ções a nível do telhado do edifício
mos a data alusiva à morte de Ami- Rosa Silva adiantou ainda, que central. Posteriormente serão feitas
lcar Cabral e o dia da Democracia. estarão em Cabo Verde alguns es- obras nos restantes compartimentos
No mês de Fevereiro, organizamos critores da CPLP, que em conjunto do liceu.
um desfile de carnaval e no mês de debaterão a questão da literatura
Março, mês da mulher, assinalamos dos países desta comunidade.
esta data com palestras, jornais de Os projectos do LDR
Mas o ponto alto das comemo-
parede, etc.”
rações, de acordo com a directora,
As comemorações dos 50 anos acontece a 10 de Junho. Nesse dia, Relativamente aos projectos do
do liceu não terminam aqui. O dia para além de haver um acto solene, liceu, Rosa Silva, explica que aque-
do professor cabo-verdiano e o dia o liceu pretende assinar algumas le estabelecimento de ensino tem
do liceu foram também assinalados, parcerias e protocolos com algu- trabalhado com diversos projectos

2 NCI

Boletim Educação em Noticias 8.indd 2 28-06-2010 14:18:17


Maio/Junho 2010 - Ano IV, Edição 8

os do Liceu Domingos Ramos


culturais, académicos e sociais, com O futuro e os desafios do liceu Mensagem
o objectivo de reunir a comunidade
académica e ajudar os alunos mais
Para os próximos tempos, Rosa Porque estamos numa altura de
carenciados.
Silva espera ver o liceu Domingos festa do liceu, Rosa Silva, aproveitou
“Um dos projectos sociais já im- Ramos inovado e especializado a ocasião para deixar uma mensa-
plementado é o serviço de refeição para trabalhar apenas com os alu- gem aos professores, alunos, pais e
quente aos alunos carenciados que nos do terceiro ciclo, respondendo encarregados de educação. “Nes-
frequentam o liceu diariamente. assim, o desafio lançado pelo Mi- tes 50 anos do Liceu Domingos Ra-
“Este serviço contempla 10% des- nistério da Educação e Desporto. mos, a mensagem que deixo para
ses alunos, mas a nossa intenção é os professores é que continuem no
A transmissão de conhecimen-
que isso abarque muito mais alunos seu desenvolvimento e na sua pres-
tos, a prestação de um serviço de
e tal só é possível com o apoio da tação, que continuem a ser bons
qualidade, é, segundo a directora,
ACRIDES, e de várias associações professores, professores dedicados,
um dos grandes desafios do liceu.
e de casas comerciais”, frisou Rosa professores inovadores. Para os
Silva acrescenta ainda, que os pro-
Silva. nossos alunos que continuem a ser
fessores devem ter como desafios a
Projectos em carteira transmissão de valores e de cida- alunos estudiosos, respeitadores, e
dania aos alunos. que aproveitem de tudo que a sua
• A criação de uma creche na escola tem para lhes oferecer. Nós
escola em parceria com outros esta- O Liceu Domingos Ramos tem um gostaríamos de dirigir uma mensa-
belecimentos de ensino da capital, corpo docente relativamente está- gem aos nossos pais e encarregados
é um outro grande projecto que a vel constituído por 120 professores de educação, que venham mais vezes
escola pretende levar a cabo, com dos quais cerca de 90% têm for- à escola que estejam connosco, que
o propósito de ajudar alunas mães mação específica para o ensino: dêem as mãos à escola e que ajudem
no período de regresso à escola. bacharéis, licenciados e mestres. a formar cidadãos para o futuro”.

O site é um outro projecto do


liceu em que todas as informa-
ções sobre a história deste es-
tabelecimento do ensino serão
publicadas, colmatando assim
a carência de informações a res-
peito deste liceu.

• Restauração dos espaços físicos,


• Construção de uma Biblioteca
com equipamentos e materiais que
podem ser emprestados aos alunos
e devolvidos no final do ano lectivo;
• Restauração dos bebedouros
e fornecimento de água potável à
Comunidade Educativa;
• Equipamento de um CiberLDR
para os alunos, etc.

NCI 3

Boletim Educação em Noticias 8.indd 3 28-06-2010 14:18:17


Educação em Notícias

Iª Edição das Olimpíadas de Matemática já tem vencedores

Neryvaldo Pereira, estudante preso com a classificação. “Estou a mento do seu professor de Mate-
do 10º ano do Liceu Amílcar Ca- sentir muita alegria e surpreso ao mática. A vencedora do 7ºano disse
bral, Assomada, e Anna Nascimen- mesmo tempo, pois apesar de nun- que quando o seu nome foi pronun-
to, do 7º ano, da Escola Secundá- ca ter problemas com a disciplina ciado como a 1ªclassificada sentiu-se
ria Abílio Duarte, do Palmarejo, de matemática e de me ter prepa- radiante de felicidade e surpresa.
foram os vencedores da Iª edição rado muito, a prova final contava Anna dedica a sua vitória a to-
das Olimpíadas de Matemática com bons concorrentes”. dos os professores desde o primei-
das escolas secundárias públicas, O campeão das Olimpíadas ro ano, que sempre a motivaram.
promovida pelo Ministério da Edu- do 10ºano deixa para os compa- Para os alunos que vêem a ma-
cação e Desporto. Os primeiros nheiros esta mensagem de encora- temática como uma disciplina difí-
classificados receberam como pré- jamento: “A matemática pode pa- cil, a vencedora deixa uma men-
mio um computador portátil e me- recer difícil mas é preciso esforço sagem: “Desejo muita força para
dalhas de ouro. para se conseguir bons resultados. eles, devem tentar gostar da ma-
Os segundos e terceiros classi- Neryvaldo Pereira dedica a temática porque ela não é difícil”.
ficados de cada nível receberam sua vitória ao seu actual professor De referir que todas as escolas,
medalhas de prata e bronze, e kits de Matemática, aos que o acom- cujos alunos ficaram classificados
escolares, contendo manuais de panharam desde o ensino básico, nos três primeiros lugares recebe-
Matemática do 8º ao 10ºano de à sua tia, irmã e colegas. ram também kits escolares, com
escolaridade. Por sua vez, Anna Nascimento, manuais de Matemática do 7º ao
Neryvaldo Pereira, visivelmente afirmou que a sua participação 12ºano de escolaridades.
emocionado disse que ficou sur- no concurso deveu-se ao encoraja-

Campanas de Cima dispõe de duas Salas reabilitadas


A comunidade educativa de professores do EBI. CVTelecom, oferece aos beneficia-
Campanas de Cima, na ilha do dos, melhores condições no proces-
Fogo, no extremo norte do Mu- Esta acção levada a cabo pela so ensino – aprendizagem.
nicípio de São Filipe, ganhou duas
salas de aulas reabilitadas, e in- Esta parceria com Campanas
auguradas no passado dia 29 de de Cima iniciou no ano passado,
Abril. no quadro de uma actividade
desenvolvida pela CV Telecom
O projecto de remodelação das denominado “regresso à escola”,
duas salas inclui a construção de tendo a mesma apoiado este esta-
casas de banho, o que vai propor- belecimento de ensino com um con-
cionar mais conforto aos seus 210 junto de materiais e equipamentos
alunos do 1º ao 6º ano, e quatro escolares.

4 NCI

Boletim Educação em Noticias 8.indd 4 28-06-2010 14:18:17


Maio/Junho 2010 - Ano IV, Edição 8

Programa “Mundu Novu” já tem site


programa e a sua “O investimento na formação de
implementação. professores, na aquisição de compu-
O evento que foi tadores, na conectividade, objectiva
presidido pelo mi- melhorar o desempenho do sistema
nistro da Educação educativo que se traduzirá na me-
e Desporto, Octá- lhor formação das crianças e dos
vio Tavares, serviu jovens”, salientou Tavares.
também para a Segundo o titular da pasta, o
entrega de certifi- programa “Mundu Novu” está a ga-
cados Intel Tech e nhar força e a ter uma grande ade-
computadores por- são dos professores.
táteis a alguns pro- “Esta é a primeira grande vitó-
fessores, escolas e ria, era necessário que os profes-
delegações da ilha sores acreditassem no programa,
de Santiago. e, neste momento, o Ministério da
Durante a sua Educação e Desporto está a ser con-
intervenção Octá- frontado com o desafio de alargar
vio Tavares, infor- o mais rápido possível, com forma-
mou que está em ção a todas as escolas e a todos os

O Ministério da Educação e
Desporto, em parceria com o
NOSI lançou no passado dia 28 de
curso a criação de um centro de base
de dados o “Data Center” e a ins-
talação de equipamentos em todos
professores, porque este é o desejo
manifestado pelos professores”. De-
clarou Octávio Tavares.
Maio, na Escola de Achada Grande, os concelhos para que todas as esco- De acordo com o ministro, o ob-
o site do Programa Mundu Novu. las secundárias possam ter acesso a jectivo do MED é formar cerca de
www.mundunovu.gov.cv é o en- rede da internet no sistema wireless 1.500 professores, de todo o país,
dereço do site onde se pode encon- gratuito para as escolas secundárias até o final de 2010.
trar informações diversas sobre o e básicas.

Escolas do Porto Novo mais bem apetrechadas


variado de cerca de 30.000 mil Patas, Internato, Biblioteca da
livros técnicos e pedagógicos, en- Delegação, Centro Concelhio da
tre outros materiais didácticos, que Educação e Formação de Adultos,
abrangem várias áreas. Centro Juvenil Paroquial, Centro
Com esta doação bibliográfica de Recursos Multifuncional, Escola
as salas de leitura de todos os ní- Secundária Privada Progresso.
veis de ensino do concelho de Por-
to Novo ficaram bem apetrecha-
das, o que contribui, deste modo,
para a melhoria da qualidade do
ensino-aprendizagem, como tam-
bém no rendimento da comunida-
de educativa.

A Associação Nacional dos Bom-


beiros Profissionais de Portu-
gal -ANBP- ofereceu à Delegação
As instituições beneficiárias fo-
ram as seguintes: Jardins de Infân-
cia; 31 escolas do EBI; Escola Técni-
do Ministério da Educação e Des- ca João Varela, Escola Secundária
porto, em Porto Novo, um leque António Silva Pinto da Ribeira das

NCI 5

Boletim Educação em Noticias 8.indd 5 28-06-2010 14:18:18


Educação em Notícias

DGEBS realiza prova de Avaliação


Aferida nas EB Aconteceu
A Direc- Ensino Básico
ção Geral do deve tam- • MED promoveu nos dias 6 e 7
Ensino Básico bém, contri- de Maio, na Praia, o Conselho
e Secundário buir para a Nacional de Desporto.
realizou, de consolidação
26 a 28 de de condições • Conceitos de Empreendedoris-
Maio, provas de instala- mo e Estratégias de Implemen-
de aferição ção do Siste- tação foi tema de um workshop,
no Sistema E ma Nacional promovido pelo MED, no dia 14
ducativo. Es- de Avaliação de Maio, na cidade da Praia.
tas provas ti- das Apren-
veram como dizagens • Técnicos da Sala de recursos da
público-alvo os alunos do 6º ano (SNAA), a partir dos dados re- Delegação de S. Vicente rece-
de escolaridade, sendo este ano, colhidos, a fim de disponibilizar bem formação sobre informática
terminal no subsistema do Ensino um conjunto de informações para em Braile.
Básico. As provas foram aplicadas, acompanhar a evolução do de-
por amostragem, em todos os Con- sempenho e dos diversos factores • Delegação do MED do Porto
celhos do País. associados à qualidade e à efec- Novo arrecada verbas no valor
tividade do ensino ministrado nas de seis milhões e meio de escudos
Com esta avaliação pretendeu- escolas. para construções e reabilitações
se aferir o nível de competências escolares.
académicas atingidos pelos alunos As provas Aferidas foram or-
deste subsistema. ganizadas pela Unidade de Ava- • DGEFA celebrou o mês da mãe
liação das Aprendizagens da Di- e da família, com actividades di-
Segundo a Técnica da DGEBS, recção Geral do Ensino Básico e versas, como encontros de refle-
Lídia Rocha, o processo de imple- Secundário, com o apoio técnico xão e debates.
mentação das provas aferidas no da Universidade da Beira Interior.

Pólo Educativo de Calhau em S.Vicente vai ter cara nova


O Pólo Educativo de Calhau, ção Ambiental”. Para além deste
em S.Vicente está sendo alvo de tema, foram realçados a impor-
uma intervenção que vai desde tância do horto como ferramenta
a reabilitação física, construção de integração social, a partir de
de casas de banho, à  criação de uma abordagem ecológica, va-
horto escolar. Esta acção abran- lorização do trabalho e cultura
ge todas as escolas desse pólo do homem do campo, etc.
através de uma parceria entre Esta formação teve como
a Associação para o Desenvolvi- objectivos gerais contribuir para
mento do  Calhau  e duas ONGs a formação dos docentes nas
estrangeiras, a Cooperação e áreas de educação ambiental
Intercâmbio Cultural de Portugal e manutenção de hortos escola-
e o Centro de Estudos Rurais de Ainda enquadrada nessas acções res, tendo em vista a melhoria
Agricultura Internacional de Espanha, foi levado a cabo uma formação des- da qualidade de alimentação e do
bem como, a parceira local da Dele- tinada aos professores desse pólo, sob meio ambiente. A formação decorreu
gação do Ministério da Agricultura e o tema central “Horto escolar como em três dias e terminou no dia 21 de
Ambiente. ferramenta multidisciplinar de Educa- Maio.

6 NCI

Boletim Educação em Noticias 8.indd 6 28-06-2010 14:18:18


Maio/Junho 2010 - Ano IV, Edição 8

Jovens de Nossa Senhora


PROFESSORA EM FOCO da Luz com melhores
Núcleo Comunicação e Imagem
Deolinda Lopes condições desportivas
Professora mais
(NCI) - Quando começou a traba- antiga do
lhar no Liceu Domingos Ramos? LDR em exercício

Deolinda Lopes - Comecei a NCI: Sendo uma professora com


trabalhar neste liceu no ano de uma longa passagem pelo LDR,
1980, todavia, devo realçar que poderia nos fazer uma compara-
iniciei a minha carreira em Novem- ção entre o antigamente e o agora,
bro de 1974, no então Liceu Gil apontando as mudanças em relação
Eanes, em S. Vicente. aos profissionais e aos alunos?
NCI - Qual é o seu sentimento em Deolinda Lopes - Penso que ago-
trabalhar no liceu mais antigo da
ilha de Santiago?
ra os tempos são outros e não é fácil
fazer comparações. Todavia, pos-
so dizer que antes os alunos eram
O ministro da Educação e Des-
porto, Octávio Tavares, pro-
cedeu no passado dia 29 de Maio,
Deolinda Lopes - Sinto-me bem
mais acompanhados pelos pais ao à entrega de materiais de despor-
em poder trabalhar num liceu por
longo da sua vida escolar. Hoje as to aos líderes desportivos e a uma
onde passaram professores com-
mães trabalham fora de casa e nem escola de iniciação desportiva da
petentes, que formaram jovens e
sempre podem estar presentes em Freguesia de Nossa Senhora da
que hoje são cidadãos responsá-
todos os momentos importantes da Luz.
veis. A relação que mantenho com
os meus colegas é boa, damo-nos vida dos filhos. A escola e as famí-
lias têm que estar unidas, pois assim O acto teve lugar na Escola Bá-
bem, trocamos impressões. Com os
conseguem muito mais. Quanto aos sica de Praia Baixo e contou com
alunos a minha relação é excelente.
professores, penso que todos traba- a presença de alunos, represen-
NCI - O Liceu Domingos Ramos lham tendo em vista a melhor for- tantes das equipas beneficiadas,
(LDR) é um estabelecimento de mação dos alunos, só que alguns são professores e comunidade local.
ensino dinâmico e bem visto. Na mais exigentes e rigorosos. Outros Na sua intervenção, Octávio
sua opinião estas características aspectos que agora começam a vir Tavares mostrou a disponibilidade
devem-se a quem ou a quê? ao de cima, são o espírito de exi- do Ministério em ajudar no desen-
Deolinda Lopes - Estas caracte- gência, qualidade, produtividade e volvimento do desporto naquela
rísticas devem-se ao engajamento, disciplina, sem os quais é mais difícil localidade, e no país de um modo
dedicação e ao bom nome daque- desenvolver Cabo Verde. geral. O ministro relembrou ainda
les que por cá passaram e soube- que através do desporto pode-se
NCI: Quais seriam, a seu ver, os maio- promover os valores sociais, par-
ram dar o seu melhor na formação res desafios dos professores perante
incondicional dos jovens. ticularmente, entre os jovens. Por
os alunos que aqui estudam? isso, o ministério será um parceiro
NCI - Como professora que já tra- Deolinda Lopes - Esses desafios nesta caminhada para o desenvol-
balha aqui há vários anos, quais os seriam com os recursos que temos, vimento do desporto federado e
momentos mais marcantes para si? conseguir que os jovens saiam daqui escolar em Cabo Verde.
Deolinda Lopes - Para mim, com uma boa formação, tanto moral
efectivamente, os momentos mais como académica. Nós, como edu- “Nós entendemos que uma das
marcantes são aqueles que passo cadores que somos, devemos estar melhores práticas de ocupação de
ao lado dos meus alunos, ensinando- sempre presente, devemos acompa- tempo útil de jovens, é praticar
os, dando o melhor de mim, escu- nhar os alunos e ajudá-los a resolver desporto”. “O Desporto é uma das
tando os seus problemas e anseios, os seus problemas, como uma pessoa actividades mais importantes para
ajudando na medida do possível a amiga e que tem mais experiência. a promoção da saúde, mas tam-
resolvê-los. Entretanto, poderei re- Para os professores mais jovens, que bém na promoção de talentos des-
alçar o hastear da Bandeira Nacio- tenham muita calma, que tratem os portivos e de valores como a soli-
nal, pela primeira vez e a mudança alunos com carinho e exigindo sem- dariedade, o cultivo da tolerância
para o actual nome do liceu. pre que sejam verdadeiros amigos. e da paz”, disse Tavares.

NCI 7

Boletim Educação em Noticias 8.indd 7 28-06-2010 14:18:18


Educação em Notícias

Octávio Tavares continua a visitar ES “Teixeira de Sousa”


estruturas educativas e desportivas do país recebe materiais de
O ministro da Educação e Des- manteve sempre encontros com os
laboratório
porto, Octávio Tavares, continua o dirigentes educativos e desporti- A Escola Secundária Dr. Teixei-
seu périplo pelas estruturas edu- vos e reuniu-se com os professores ra de Sousa, em São Filipe (ilha
cativas e desportivas do país. En- dos vários níveis de ensino, com o do Fogo), foi contemplada com um
quanto titular da pasta da Educa- propósito de ouvir as suas preocu- donativo de uma organização não
ção e Desporto, Octávio Tavares pações e dúvidas relativamente a governamental Alemã para apoiar
iniciou a sua primeira visita minis- algumas questões, como a reclassi- o funcionamento do laboratório de
terial, no passado mês de Março, ficação e a promoção. Física e Química do referido esta-
à Escola Secundária de Achada Recentemente, o ministro da belecimento de ensino.
Grande e ao Liceu Domingos Ra- Educação e Desporto deslocou-se
mos. à ilha de Santo Antão para uma Dos equipamentos de laborató-
Desde então, o ministro já efec- visita de 5 dias. Durante a sua es- rio constam, entre outros, materiais
tuou deslocações a várias ilhas e tadia, Tavares visitou as estruturas ópticos, mármore, produtos quími-
concelhos do interior de Santia- educativas e desportivas dos três cos, balanças para física, recipien-
go, com o objectivo de conhecer concelhos da ilha das montanhas. tes para experiências químicas,
o funcionamento e o desempenho De referir que, de 14 a 19 de estantes, quadros eléctricos, mesas,
das estruturas de ensino do país. Junho, o ministro vai visitar as ilhas etc.
Nessas visitas, o titular da pasta do Fogo e da Brava.

Delegação MED Ribeira Grande Santo Antão entrega Escola Básica electrificada
à comunidade de Manta Velha da Garça
A Delegação do MED em Ribei- das as condições para que a escola tão, pelo Fundo de Investimento para
ra Grande, Santo Antão, procedeu, possa receber o Programa “Mundu o Desenvolvimento de África (FIDA),
no passado dia 6 de Maio, à entre- Novu”, proporcionando aos profes- pela Delegação do MED e outros par-
ga da Escola Básica de Manta Velha sores e alunos melhores condições de ceiros, nomeadamente a Electra.
da Garça à comunidade educativa e trabalho e, deste modo, o contacto É de salientar que, mesmo sem
local, após uma reforma efectuada com o mundo globalizado. electrificação, a escola funcionou, an-
àquele estabelecimento de ensino. O projecto orçado em 534.211 es- teriormente, como uma extensão do
Segundo refere a nota da Delega- cudos foi co-financiado pelo Conselho ex-ciclo preparatório.
ção, com a electrificação, ficam cria- Regional de Parceiros de Santo An-
FOTO REPORTER

Homenagem aos professores


Alunos e júris da 1ªOlimpíada de
pelo Primeiro Ministro
Matemática
Entrega de medalha de ouro ao
MED, pela Embaixada do Brasil

Comemoração do Dia do Professor Visita do Minsitro da Educação


Cabo-verdiano, em S. Miguel à ES Cónego Jacinto

FICHA TÉCNICA
Propriedade: Ministério da Educação e Desporto Equipa do Jornal: Dulcelina Tavares e Djamila Lopes (Textos e Imagens)
Colaboração: Maria dos Reis Impressão: Tipografia Santos Tiragem: 1000 exemplares

Boletim Educação em Noticias 8.indd 8 28-06-2010 14:18:18