Você está na página 1de 18

Questionário – Comunicação & Expressão – Unip

Pergunta 1

A ilustração é do site “Tsunami: des images pour le Japon” em solidariedade aos japoneses.
Explica-se que no centro do peito da personagem o círculo está na cor vermelha.

inlineImageLabel CE_II-2012-5.JPG

Resposta

Resposta Selecionada: C. Por causa dos elementos formadores da imagem, o texto não
exige um leitor com conhecimento sócio-histórico sobre tsunami para a construção de
sentido do discurso.

Pergunta 2

A pressuposição faz parte dos fenômenos linguísticos a respeito da construção dos


sentidos na linguagem. Marque a alternativa abaixo que traz um enunciado com
pressuposição.

Resposta

Resposta Selecionada: B. “Pedro não parou de bater na mulher.”

Pergunta 3

Abaixo temos uma charge do famoso Angeli. Observe-a e indique a alternativa incorreta.
inlineImageLabel CE_II-2012-1.JPG
Resposta

Resposta Selecionada: A. O leitor reconhece nessa charge o contexto imediato, pois é fácil
recuperar a notícia à qual a charge se vincula.

Pergunta 4

Leia o texto abaixo:

Aquecimento global pode acabar com o pão francês: Débora Spitzcovsky, 16 de maio de 2011

Já pensou em ter que tirar, para sempre, da sua dieta o delicioso pão francês? Pois um estudo
realizado pelos pesquisadores da Science concluiu que, por culpa do aquecimento global,
estamos cada dia mais perto dessa realidade.
A pesquisa analisou o impacto das mudanças climáticas nas quatro principais culturas
consumidas pela população mundial – trigo, arroz, milho e soja – e concluiu que a produção do
trigo é a mais afetada pelo aumento da temperatura: atualmente, ela está 5,5% menor do
que se os termômetros não tivessem subido e a tendência é essa porcentagem aumentar junto
com a temperatura global.
Sendo assim, a produção de todos os alimentos à base de trigo – como pães, massas e bolachas
– sofrerá redução, mas a maior ameaça é à fabricação do pão francês. Isso porque, de acordo
com os pesquisadores, a iguaria – também conhecida como cacetinho, média e carioquinha,
entre outros nomes, pelo Brasil afora – é uma das que possui maior teor de glúten: uma
proteína encontrada na semente do trigo.
Ainda segundo os cientistas, por enquanto os avanços nas tecnologias de produção estão
dando conta de combater os efeitos da natureza e manter o ritmo de fabricação da iguaria,
mas, quanto mais a temperatura subir, mais difícil será evitar o desaparecimento do pãozinho
francês. Será que, com essa notícia, mais pessoas se animam a lutar contra o aquecimento
global?
Texto disponível em: http://super.abril.com.br/blogs/planeta/aquecimento-global-pode-
acabar-com-o-pao-frances/

O texto acima apresenta discurso de divulgação científica. Ele é constituído a partir de


dois discursos, que são:

Resposta

Resposta Selecionada: E. O discurso da ciência e do jornalismo.

Pergunta 5
Leia o texto abaixo:

Aquecimento global pode acabar com o pão francês: Débora Spitzcovsky, 16 de maio de
2011

Já pensou em ter que tirar, para sempre, da sua dieta o delicioso pão francês? Pois um
estudo realizado pelos pesquisadores da Science concluiu que, por culpa do aquecimento
global, estamos cada dia mais perto dessa realidade.
A pesquisa analisou o impacto das mudanças climáticas nas quatro principais culturas
consumidas pela população mundial – trigo, arroz, milho e soja – e concluiu que a produção
do trigo é a mais afetada pelo aumento da temperatura: atualmente, ela está 5,5% menor
do que se os termômetros não tivessem subido e a tendência é essa porcentagem aumentar
junto com a temperatura global.
Sendo assim, a produção de todos os alimentos à base de trigo – como pães, massas e
bolachas – sofrerá redução, mas a maior ameaça é à fabricação do pão francês. Isso
porque, de acordo com os pesquisadores, a iguaria – também conhecida como cacetinho,
média e carioquinha, entre outros nomes, pelo Brasil afora – é uma das que possui maior
teor de glúten: uma proteína encontrada na semente do trigo.
Ainda segundo os cientistas, por enquanto os avanços nas tecnologias de produção estão
dando conta de combater os efeitos da natureza e manter o ritmo de fabricação da iguaria,
mas, quanto mais a temperatura subir, mais difícil será evitar o desaparecimento do
pãozinho francês. Será que, com essa notícia, mais pessoas se animam a lutar contra o
aquecimento global?
Texto disponível em: http://super.abril.com.br/blogs/planeta/aquecimento-global-pode-
acabar-com-o-pao-frances/

O gênero textual divulgação científica utiliza-se de elementos didáticos. No final do


terceiro parágrafo do texto, percebemos um desses elementos (“é uma das que possui
maior teor de glúten: uma proteína encontrada na semente do trigo.”). O elemento
utilizado aqui seria a:

Resposta

Resposta Selecionada: A. Definição.

Pergunta 6

Na tirinha a seguir, a personagem faz referência a uma das mais conhecidas figuras de
linguagem para:

inlineImageLabel CE_II-2012-10.JPG
Resposta
Resposta Selecionada: E. criticar a falta de perspectiva do pai.

Pergunta 7

O gênero textual divulgação científica:

Resposta

Resposta Selecionada: B. Tem função essencialmente socioeducativa.

Pergunta 8

O que não podemos pressupor com a frase “Julinha foi minha primeira filha.”

Resposta

Resposta Selecionada: E. Eu tenho filhos.

Pergunta 9

Para entender a fala do pinheiro na tira abaixo, é preciso que o leitor deduza que:

inlineImageLabel CE_II-2012-6.JPG
Resposta

Resposta Selecionada: C. Pelos cortes dos pinheiros, o pinheiro que fala está aliviado por
não ter sido cortado para se tornar árvore de Natal.

Pergunta 10

Qual é a informação implícita – o subentendido – no cartum abaixo?


inlineImageLabel CE_II-2012-3.JPG
Resposta

Resposta Selecionada: A. No mundo dos negócios, o predomínio é masculino. Nesse universo


dá-se à mulher um papel inferior, o de buscar um “cafezinho”.

Pergunta 11

Leia os poemas abaixo para indicar a resposta correta.

Quadrilha
João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.
ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, 1980.
Quadrilha da sujeira
João joga um palitinho de sorvete na
rua de Teresa que joga uma latinha de
refrigerante na rua de Raimundo que
joga um saquinho plástico na rua de
Joaquim que joga uma garrafinha
velha na rua de Lili.
Lili joga um pedacinho de isopor na
rua de João que joga uma embalagenzinha
de não sei o que na rua de Teresa que
joga um lencinho de papel na rua de
Raimundo que joga uma tampinha de
refrigerante na rua de Joaquim que joga
um papelzinho de bala na rua de J. Pinto
Fernandes que ainda nem tinha
entrado na história.
AZEVEDO, Ricardo. Você diz que sabe muito, borboleta sabe mais! São Paulo: Moderna,
2007.
I. Apesar do título e dos nomes semelhantes, não existe intertextualidade na relação
entre os dois poemas, uma vez que o texto de Azevedo não recupera tematicamente o
poema de Drummond.
II. Azevedo trata de uma problemática da nossa sociedade: a falta de cuidado com o
planeta ao criarmos muito lixo.
III. Ambos os poemas têm a mesma estrutura na distribuição das frases.

Resposta

Resposta Selecionada: E. A II e a III estão corretas.

Pergunta 12

Analise a figura abaixo e assinale a alternativa correta:

Resposta

Resposta B. Trata-se de um texto, porque é uma unidade de sentido com


Selecionada: linguagem e permite, aos indivíduos, a comunicação.

Pergunta 13

Para ler e produzir um texto, são necessários alguns conhecimentos, tais como:

I. Conhecimento linguístico, que é saber ouvir/falar, ler/escrever com base em uma


língua;
II. Conhecimento de mundo, que consiste em saber assuntos que nos rodeiam;
III. Conhecimento interacional, que consiste em saber como e em que situação um texto
pode ser veiculado.
Resposta

Resposta Selecionada: A. Todas as afirmações estão corretas.

Pergunta 14

Dentro do conhecimento da língua, há o conhecimento do léxico. Indique a expressão em


que o numeral indica quantidade:

Resposta

Resposta Selecionada: C. Dois litros.

Pergunta 15

Em uma situação formal de comunicação, o conhecimento linguístico é estabelecido pela


padronização culta da língua. Assim, em qual das expressões abaixo o nível morfológico
atende ao padrão culto da língua?

Resposta

Resposta Selecionada: D. Os relatórios estão complexos e completos.

Pergunta 16

Leia o poema:

Cidadezinha qualquer

Casas entre bananeiras | mulheres entre laranjeiras | pomar amor cantar.


Um homem vai devagar. | Um cachorro vai devagar. | Um burro vai devagar.
Devagar... as janelas olham. | Eta vida besta, meu Deus.
ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, 1980.

Sobre a segunda estrofe do poema, consideramos correta a seguinte afirmação:

Resposta

Resposta Selecionada: B. A estrutura sintática é repetida três vezes (“Um homem vai
devagar/Um cachorro vai devagar/Um burro vai devagar”), mostrando a mesmice da
cidade.

Pergunta 17

A tirinha abaixo é de autoria do paulistano Salvador. Sobre ela, afirmamos:


Resposta

Resposta Selecionada: B. Apenas a II é correta.

Pergunta 18

Para a semântica, quando alguém enuncia uma sentença, nós sabemos em que situações a
sentença seria verdadeira. Essa relação da referência a situações externas à língua
sugere que os significados estão, de alguma forma, ligados ao mundo. Diante dessa
concepção, identifique a sentença falsa com base no mapa:

Respostas

Resposta Selecionada: E. Entre os nomes de ruas da Lapa, não existe referência à


religiosidade do povo local.

Pergunta 19

Assinale a alternativa em que não ocorre polissemia:

Resposta

Resposta Selecionada: e.
Pergunta 20

A seguir, temos o início do Hino Nacional na versão original e na ordem direta:

A versão no original...

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante, E o


sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante

... e na ordem direta

As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heroico, e,


nesse instante, o sol da Liberdade brilhou, em raios fúlgidos, no céu da Pátria.
Sobre as duas versões acima, podemos considerar:

Resposta

Resposta Selecionada: C. A ordem indireta é um recurso poético e causa dificuldade


para o entendimento do texto.

Pergunta 21

Na interpretação do texto, o leitor faz um conjunto de suposições. Assim, baseado em


nossos saberes, qual a alternativa sugere informações adequadas ao texto? O texto é um
anuncio da série “Pode imaginar. Aqui tem”, do site de vendas submarino:

Resposta
Resposta Selecionada: B ... RELÓGIO, UISQUE, CHUVEIRO, ROUPAS, BRINCOS,
APARELHO, APARELHO, CELULAR
Pergunta 22

Durante o desenvolvimento do texto, o produtor lança um referente e, para evitar


repetição, retoma o referente, substituindo-o por outros termos da língua. Identifique os
termos que retoma, respectivamente, os referentes grifados:

“Entre os hebreus há relatos com suspeita da ocorrência do diabetes ... ”

Resposta
Resposta selecionada: E ... Aquele problema silencioso; Areteu

Pergunta 23

Leia o texto a seguir:

NÓS, OS BRASILEIROS- LYA LUFT


Uma editora europeia me pede que traduza poemas de autores estrangeiros sobre o Brasil. Como sempre, eles
falam da floresta Amazônica, uma floresta muito pouco real, aliás. Um bosque poético, com “mulheres de corpos
alvíssimos espreitando entre os troncos das árvores, [...]”. Não faltam flores azuis, rios cristalinos e tigres mágicos.
(...)

Assinale a alternativa que confirma a alegação da autora: a imagem do Brasil, exótico e


folclórico, é exportada pelos próprios brasileiros:

Resposta

Resposta selecionada: D ... (...) Muita caipirinha na mesa e televisão mostrando carnaval,
futebol e mato

Pergunta 24

Leia o texto a seguir:

NÓS, OS BRASILEIROS- LYA LUFT


Uma editora europeia me pede que traduza poemas de autores estrangeiros sobre o Brasil. Como sempre, eles
falam da floresta Amazônica, uma floresta muito pouco real, aliás. Um bosque poético, com “mulheres de corpos
alvíssimos espreitando entre os troncos das árvores, [...]”. Não faltam flores azuis, rios cristalinos e tigres mágicos.
(...)

Assinale a alternativa em que a palavra em destaque está interpretada de forma Incorreta:

Resposta

Resposta selecionada: B ... Pois o que mais exportamos de nós é o exótico e o folclórico”
(PRIMITIVO)

Pergunta 25

Dados os textos 1 e 2 a seguir, considere as afirmações sobre ambos:


Texto 1
“Robert Recorde, matemático inglês, terá sempre seu nome apontado na história ...”
Texto 2
(Texto em Russo)
Resposta

Resposta selecionada: A – Apenas a afirmativa I é a verdadeira ... A compreensão dos


textos exige do leitor conhecimento mínimo em língua português e língua russa.

Pergunta 26

Leia o texto abaixo e assinale a alternativa correta:


“ A massa é bem violeta depois de assada, ela fica marrom, só a parte de cima continua um
pouco
colorida, lá no fundo, bem lá no fundo, ainda há um pouco de gosto de
beterraba, mas dificilmente alguém adivinhará qual o ingrediente secreto
do bolo (...)

Resposta

Resposta selecionada: E ... A expressão “preferi usar formas de muffins” leva-nos a


deduzir que a forma recomendada na receita não é a de muffins

Pergunta 27

Assinale a alternativa em que não ocorre a linguagem metafórica:


IMAGENS:
A- Grand es áreas de preservação no Brasil;
B- Bomba: Lula lança Ciro sobre São Paulo
C- Parlamentares
D- Lavo, enxugo, tá nova
E- Univercidade

Resposta

Resposta selecionada: E ... Univercidade (“ Como errado?! Vai me dizer que se escreve com
dois esses”).

Pergunta 28

Nos acessamos a internet constantemente e fazemos leitura de diversos textos e, como


leitores experientes, sabemos reconhecer os objetivos de produtor do texto.

Assinale o único texto cujo objetivo é informar e não vender algum produto.

Resposta

Resposta selecionada: E... “O bulário eletrônico é um banco de dados de consulta às bulas


de medicamentos que podem ser acessados tanto por profissionais de saúde como pela
população em geral e fim de obter informações sobre medicamentos registrados e
comercializados no Brasil.
Pergunta 29

Leia o poema a seguir e responda:

Eu nada entendo Mario Quintana

“Eu nada entendo da questão social.


Eu faço parte dela, simplesmente...
E sei apenas do meu próprio mal,
Que não é bem o mal de toda a gente, (...)"

No ultimo verso da primeiro estrofe, a palavra “bem” poderia ser substituída, sem prejuízo
do sentido, por:

Resposta

Resposta selecionada: B... Que não é exatamente o mal de toda gente

Pergunta 30

Em textos acadêmicos, como monografia, artigo, resenha, faz-se uso de verbos que
mostram a finalidade de pesquisa. Da lista de verbos a seguir, qual não demostra finalidade
cientifica?

Resposta

Resposta selecionada: D... Apreciar, lembrar, ver, envolver.

Pergunta 31

O fragmento a seguir é do texto A vaguidao específica, de Millor Fernandes

“- Maria, ponha isso lá fora em qualquer parte - Junto com as outras? - Não ponha junto
com as outras, não. Senão pode vir alguém e querer fazer coisas com elas. Ponha no lugar do
outro dia.”
Leia as considerações seguintes sobre a conversa e assinale a alternativa Incorreta:

Resposta

Resposta selecionada: D... O texto de Millor Fernandes não tem coerência, pois o leitor não
pode saber se ele é de ficção ou não; se tem humor ou não, fatores (Ficçao e humor) que
dariam coerência a ele.

Pergunta 32

Segundo Ernani: “Numa situação de caráter informal, como num bate-papo descontraído
entre amigos, é “certo”, isto é, é adequado que se utilize a língua de maneira espontânea,
em seu nível coloquial, portanto. Já numa situação formal, como num discurso de formatura,
por exemplo, não seria “certo”, isto é, não seria adequado utilizar-se a língua em sua forma
coloquial. Tal situação exige não somente uma vestimenta, mas também uma linguagem
adequada (TERRA, 1997, p. 70). (...)

Assinale a alternativa que NÃO cumpre essa necessidade de adequar a língua a uma
determinada situação:

Resposta

Resposta selecionada: D... Sou seu pai, por isso perdoarte-lhe ei – O pai em conversa com o
filho.

Pergunta 33

O texto a seguir é um fragmento da pesquisa realizada por Tania Maas :

“Estresse é definido por Smeltzer e Bare (1998, p. 93) como "um estado produzido por uma
mudança no ambiente que é percebido como desafiador, ameaçador ou perigoso para o
balanço ou equilíbrio dinâmico da pessoa". Há um desequilíbrio real ou percebido na
capacidade da pessoa de atender às demandas da nova situação. Nesse caso, o estressor é
o que gera a mudança, a
doença crônica e as sucessivas hospitalizações”.

Com base no texto, podemos afirmar:

Resposta

Resposta selecionada: A... Apenas a afirmativa I é a verdadeira - No tocante à


intertextualidade, há referência explícita de outro texto por meio de aspas.

Pergunta 34

As frases a seguir são da famosa escritora Raquel de Queiroz:

As frases a seguir são da famosa escritora Rachel de Queiroz, em cuja linguagem impera a
metáfora. Assim, nós encontramos inúmeros pensamentos metafóricos e raros não
metafóricos.
Assinale a opção que não apresenta metáfora:
Resposta

Resposta selecionada: D... “Mas voltando ao assunto da vocação literária: para escrever,
tem que haver o dom da escrita, tal como para o cantor é preciso o dom da voz
(Raquel de Queiroz)”

Pergunta 35

Certas frases são ambíguas e nem o contexto permite uma interpretação


inequívoca. Nas frases abaixo, qual pode ser entendida pelo contexto,
apesar de ambígua?

Resposta

Resposta selecionada: A... Ao chegar a cidade, a jovem dirigiu-se a um banco, pois precisava
de dinheiro.

Pergunta 36

Quando falamos de coerência depende também de conhecimento linguístico, especificamos


que esse conhecimento:

Resposta

Resposta selecionada: D... Abrange conhecimentos ortográfico; gramatical e lexical da


língua.

Pergunta 37

Em uma resenha crítica, constatamos elementos essenciais que formam o texto, exceto:

Resposta

Resposta selecionada: B... Apresentaçao da obra lida, detalhando seu conteúdo.


Pergunta 38

No primeiro quadrinho o garoto diz que nao se casaria com a menina da tira a menos que ela
fosse a última garota da terra.
CONVERSA:

Menino: eu nao casaria contigo a menos que vc fosse a ultima garota na terra

Menina: voce disse se ou a menos que

Menino: eu disse a menos que

Menina; Esperança

De acordo com a continuidade da conversa entre eles nao podemos considerar:

Resposta

Resposta selecionada: E... O termo “Esperança” no ultimo quadrinho, torna o texto


incoerente, porque não tem ligação com o restante da história.

Pergunta 39

Quanto ao tema do texto À moda concretista, que conhecimento de mundo prévio o leitor
precisa ter para entender o texto?
PT
CUECA
PT
ECA
PETECA
TE
PECA
CLOACA

Resposta

Resposta selecionada: E... O leitor precisa conhecer a história da corrupção política e os


escândalos advindos da corrupção, tal como o escândalo do político que escondeu dinheiro
não declarado na cueca.
Pergunta 40

O anúncio publicitário a seguir foi publicado na folha de SP em Setembro de 2005, e é


sobre uma famosa marca de cerveja. Leia:

"Olé é deixar nossos adversários vendo estrelas.


Seis, de preferencia
Brahma, patrocinadora oficial da seleção, parabeniza o Brasil pela classificação "

O enunciado "Seis, de preferencia " é compreendido pelo leitor:

Resposta

Resposta selecionada: B... Porque o leitor relaciona o enunciado com o conhecimento que
tem sobre a copa do mundo de futebol e a chance de o brasil obter o sexto título de
campeão.

Pergunta 41

Leia o texto a seguir:

conversinha mineira

É bom mesmo o cafezinho daqui, meu amigo?


-- Sei dizer não senhor: não tomo café.
-- Você é dono do café, não sabe dizer?
-- Ninguém tem reclamado dele não senhor.
-- Então me dá café com leite, pão e manteiga.
-- Café com leite só se for sem leite.
-- Não tem leite?
-- Hoje, não senhor. (...)
A caracterização de um personagem, muitas vezes, não é feita explicitamente pelo autor.
Cabe ao leitor fazer inferencia, perceber os implícitos. Tal ocorrência é encontrada na
crônica acima, do respeitado cronista Fernando Sabino. Pode-se afirmar com base no texto,
que o autor traça um perfil do mineiro.
Assinale a alternativa que determina qual seria este perfil:

Resposta

Resposta selecionada: A... Um sujeito astucioso, pois prefere não dizer algo que o
comprometa, ou que possa ser interpretado como uma tomada de posição.
Pergunta 42

Pode-se afirmar que, com base no texto conversinha mineira, de Fernando Sabino, que o
dono da leiteria se encaixa perfeitamente na expressão “como bom mineiro que é”, pois
respondeu a quase todas as perguntas de modo:

Resposta

Resposta selecionada: D... Evasivo

Pergunta 43

O operador de coesão grifado (e) no texto abaixo pode ser substituído por qual outro do
mesmo sentido?
Em um lugar do Oriente, onde o clima é ameno (e) não são necessárias muitas roupas, havia
um homem que resolveu desistir de todas as questões materiais (e) retirou-se para a
floresta, onde construiu uma choça para morar.

Resposta

Resposta selecionada: C... como também

Pergunta 44

No breve diálogo entre colegas do curso de Letras:


- A faculdade comprará Patativa do Assaré?
- Está no provão.

Qual é a informação implícita contida na conversa?

Resposta

Resposta selecionada: C... O livro de Assaré será comprado, pois consta na bibliografia do
provão.

Pergunta 45

A intertextualidade é a presença de um texto dentro do outro. No texto de Reinaldo


Azevedo há referencias a outro texto. Veja:

Qual, dos textos a seguir, serviu de base para Reinaldo Azevedo?

TEXTO/IMAGENS:
A) Presente
passado,
futuro
outrora (...)

B) LIXO

C) beba
Babe beba (...)
D) Artigo 6 – LEI
E) Destino sem vida.... (Ponto de interrogaçao)

Resposta

Resposta selecionada: C... beba Babe beba (...)