Você está na página 1de 13

Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

International Federation of Medical Students’ Associations of Brazil –


IFMSA Brazil – CNPJ: 02.300.156/0001-13
Federação Internacional das Associações dos Estudantes de Medicina do Brasil

Estatuto
Conteúdo

1. Nome, Sede e Prazo ........................................................................................................ 2


2. Princípios .......................................................................................................................... 2

3. Objetivos ........................................................................................................................... 2

4. Missão............................................................................................................................... 3

5. Visão ................................................................................................................................. 3

6. Valores .............................................................................................................................. 3

7. Cargos, Direitos e Obrigações.......................................................................................... 3

8. Organização ..................................................................................................................... 7

9. Assembleia Geral ............................................................................................................. 9

10. Da Administração ........................................................................................................... 10

11. Do Patrimônio Social e sua Destinação ......................................................................... 11


12. Da Qualificação da IFMSA Brazil como Organização da Sociedade Civil de Interesse
Público de Acordo Com a Lei nº 9.790, de 23 de Março de 1999 .................................. 11

13. Emenda ao Estatuto ....................................................................................................... 12

14. Regimento Interno .......................................................................................................... 12

15. Dissolução ...................................................................................................................... 13

Página | 1
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

8ª Edição: Como aprovado pela 54ª Assembleia Geral da IFMSA Brazil no dia 15 de outubro de
2018 em Cuiabá/Mato Grosso – Brasil.

www.ifmsabrazil.org

1. Nome, Sede e Prazo

1.1 O nome oficial da organização é International Federation of Medical Students’ Associations of


Brazil – IFMSA Brazil.
1.2 A única tradução oficial reconhecida para este nome é FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DAS
ASSOCIAÇÕES DOS ESTUDANTES DE MEDICINA DO BRASIL.
1.3 A única abreviação aceitável é IFMSA Brazil, que será utilizada neste documento para se
referir a organização.
1.4 A sede da IFMSA Brazil esta localizada na Cidade de São Paulo/SP, Brasil na Alameda
Santos, nº 1800-8º andar – CJ 8032 – Bairro Cerqueira César, CEP: 01428-200.
1.5 O prazo de duração da IFMSA Brazil é indeterminado.

2 Princípios

2.1 A IFMSA Brazil é uma instituição independente, suprapartidária e sem fins lucrativos,
filiada à International Federation of Medical Students’ Associations – IFMSA.
2.2 A Federação promove ideias humanitárias entre estudantes de medicina e por isso
procura contribuir para a formação de futuros médicos responsáveis.
2.3 A Federação representa seus coordenadores locais e alumni filiados e se posiciona a
partir de deliberação dos mesmos.
2.4 A Federação respeita a autonomia dos seus Comitês Locais, contanto que não
contradigam o presente Regimento.
2.5 A IFMSA Brazil não remunera, sob qualquer forma, nenhum de seus membros, bem como
não distribui lucros ou dividendos a qualquer título ou sob nenhum pretexto, sendo que eventuais
excedentes operacionais serão integralmente aplicados no desenvolvimento dos objetivos da
instituição.

3 Objetivos
3.1 São os objetivos da IFMSA Brazil:

a) Promover os programas da International Federation of Medical Students’ Associations,


IFMSA, às faculdades de medicina do Brasil através dos Comitês Locais criados junto às
instituições de ensino;
b) Funcionar como elo entre os estudantes de medicina do Brasil e a IFMSA;
c) Promover a cooperação entre faculdades de medicina nacional e internacionalmente;
d) Promover o intercâmbio de estudantes de medicina entre os comitês da IFMSA Brazil e
com os países associados à IFMSA;
e) Trabalhar com projetos de auxílio à comunidade e aos estudantes de medicina: nas áreas
de Saúde Pública, Saúde Reprodutiva e Doenças Sexualmente Transmissíveis, Direitos
Humanos e Paz, bem como Educação Médica;
f) Representar os projetos desenvolvidos por estudantes de medicina e faculdades de
medicina do Brasil vinculadas à IFMSA Brazil perante a IFMSA.
g) Dialogar e ocupar espaços junto aos órgãos públicos e associações médicas, a fim de
defender os entendimentos estabelecidos por seus membros.

Página | 2
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

4 Missão:
4.1 Promover um impacto positivo na sociedade, ao viabilizar que estudantes de medicina
descubram e desenvolvam seus potenciais, para que liderem ações e realizem intercâmbios, nos
quais poderão vivenciar a Medicina praticada ao redor do mundo.

5 Visão:
5.1 Ser referência na formação de estudantes de medicina mais humanizados, com o objetivo de
promover saúde e melhoria social.

6 Valores:
1. Humanização;
2. União;
3. Ética;
4. Equidade;
5. Cidadania.

7 Cargos, Direitos e Obrigações


7.1 A IFMSA Brazil é composta pelos membros da Diretoria Executiva, Coordenadores Locais
(CLs) e Alumni.
7.2. A Diretoria Executiva da IFMSA Brazil é composta pelos seguintes cargos:

I.Presidente Nacional
II.Vice Presidente para Assuntos Internos (VPI)
III.Vice Presidente para Assuntos Externos (VPE)
IV.Diretor Financeiro Interno (DFI)
V.Diretor Financeiro Externo (DFE)
VI.Secretário Geral (SG)
VII.National Exchange Officer for Incomings (NEO In)
VIII.National Exchange Officer for Outgoings (NEO Out)
IX.National Officer on Research Exchangefor Incomings (NORE In)
X.National Officer on Research Exchange for Outgoings (NORE Out)
XI.National Officer on National Exchange for Internal Affairs (NONE In)
XII.National Officer on National Exchange for External Affairs (NONE Ex)
XIII.National Officer on Public Health (NPO)
XIV.National Officer on Sexual and Reproductive Health including HIV/AIDS (NORA)
XV.National Officer on Human Rights and Peace (NORP)
XVI.National Officer on Medical Education (NOME)
XVII.Alumni Support Director (AS-D)
XVIII.Publications and Research Director (PR-D)
XIX.Programs and Activities Director (PA-D)
XX.Capacity Building Director (CB-D)
XXI.Communication and Marketing Director (CM-D)

7.2.1 Os cargos listados no item 7.2 serão ocupados através de eleições realizadas por intermédio
de Assembleias Gerais Ordinárias e/ou Extraordinárias, convocadas para o devido fim.

Página | 3
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

7.2.2 Requisitos necessários para a candidatura do membro em um dos cargos listados nos itens
7.2:

a) Estar comprovadamente filiado à IFMSA Brazil através de um Comitê Local Pleno;


b) Ser Coordenador local em atividade;
c) Mesmo após o término de seu mandato, ainda possua pelo menos o prazo de 06 (seis)
meses para se graduar;
d) Ter participado de pelo menos 01 Assembleia Geral.

7.2.3 Possíveis requisitos suplementares inerentes a um cargo específico serão regulados através
dos Regimentos Internos da IFMSA Brazil que obrigam a todos os seus membros.

7.2.4 São os deveres do Presidente Nacional:

a. Administrar a IFMSA Brazil e suas atividades;


b. Representar a IFMSA Brazil ativa e passivamente, judicial e extrajudicialmente;
c. Representar a IFMSA Brazil perante as Assembleias Gerais;
d. Prestar contas de todos os seus atos aos demais membros da IFMSA Brazil;
e. Convocar e presidir as reuniões da Diretoria Executiva , regulando seus trabalhos;
f. Realizar estudos para a reforma total ou parcial do Estatuto e Regimentos Internos quando
necessário e apresentá-lo à Assembleia Geral;
g. Cumprir e fazer cumprir o disposto no Estatuto e Regimentos Internos da IFMSA Brazil;
h. Assinar, após aprovação da Diretoria Executiva, todos os atos, contratos e documentos
que representem obrigações para a IFMSA Brazil;
i. Assinar, juntamente com o Diretor Financeiro Interno, cheques e outros títulos, que
importem em movimento de fundos da IFMSA Brazil;
j. Decidir sobre todos os assuntos que demandem pronta solução, dando conhecimento à
Diretoria Executiva em sua primeira reunião ou via e-mail logo após o ato;
k. Comparecer obrigatoriamente, salvo por motivo de força maior discutido e aprovado pelos
demais membros da Diretoria Executiva, a todas as Assembleias Gerais e reuniões da
Diretoria executiva da IFMSA Brazil;
l. Supervisionar a divulgação da IFMSA Brazil e de suas atividades;
m. Expandir, dentro do possível, a zona de atuação da IFMSA Brazil sempre com a
formulação de um contrato bilateral junto à instituição em questão;
n. Comparecer às Assembleias Gerais da IFMSA (General Assembly), nas quais ficará
responsável pela representação da IFMSA Brazil perante à IFMSA, além de representar,
quando necessário e possível, as atividades desenvolvidas pela IFMSA Brazil;
o. Convocar Assembleia Geral Eleitoral da IFMSA Brazil, a ser realizada no segundo
semestre após a segunda General Assembly do ano da IFMSA;
p. Elaborar, em conjunto com a Diretoria Financeira, projeção financeira ao final da gestão, a
ser apresentada em Assembleia Geral, a fim de auxiliar no processo deliberativo e
constitucional da próxima gestão;
q. Coordenar, em conjunto com a Diretoria Financeira, a política de patrocínios da IFMSA
Brazil.

7.2.5 São os deveres do Vice Presidente para Assuntos Internos:

a) Contato com os novos Comitês Locais Plenos, com o fornecimento de informações sobre
a IFMSA Brazil e sobre a estruturação do Comitê Local, bem como da legislação ideal na
faculdade em questão;
b) Cobrança de agenda e metas definidas a serem cumpridas pelos Comitês Locais Plenos,
decisões de Assembleia Geral e lista eletrônica de e-mails;

Página | 4
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

c) Manter em constante atualização a situação dos Comitês Locais Plenos, tanto ativos
quanto inativos e envidar todos os esforços para resolução de situações emergentes,
quando necessário;
d) Manter atualizada a situação dos Comitês Locais se preciso, e fazer o repasse para a
Diretoria Executiva;
e) Controlar, via sistema online, o registro de filiação e desfiliação de Coordenadores Locais,
mantendo atualizada a base de dados de membros da IFMSA Brazil;
f) Controlar e organizar, via site e em lista geral de e-mails da IFMSA Brazil, o registro de
filiação e desfiliação de Coordenadores Locais, Alumni e bem como de instituições
parceiras e Comitês Locais;
g) Entende-se por registro de filiação e desfiliação de Coordenadores Locais e Alumni, bem
como de instituições parceiras e comitês locais neste inciso, o cadastro devidamente
preenchido no site e contatos de e-mails adicionados na lista geral de e-mails da IFMSA
Brazil;
h) Organização (estrutura e agenda) das Assembleias Gerais junto ao comitê organizador, de
acordo com as necessidades locais;
i) Gerenciar as atividades de reformas e elaboração de documentos;
j) Emitir com no mínimo um mês de antecedência à Assembleia Geral Eleitoral uma
convocação aos interessados em se candidatar aos cargos elegíveis. Tal convocação
deve ser em lista geral;
k) No caso do Presidente Nacional estar ausente em algum de seus compromissos, fica o
Vice Presidente para assuntos internos responsável por substituí-lo e representá-lo
perante as Assembleias Nacionais e Internacionais, assim como nos demais
compromissos oficiais, estando atribuídas ao segundo as mesmas funções e obrigações
do primeiro enquanto tal.

7.2.6 São deveres de todos os cargos listados no item 7.2:

a) Ler, observar, acatar e cumprir fielmente o presente Estatuto, os Regimentos Internos, as


deliberações da Diretoria e as deliberações da Assembleia Geral, bem como todas as
decisões constadas em ata;
b) Satisfazer pontualmente todas as suas obrigações para com a IFMSA Brazil;
c) Divulgar a IFMSA Brazil;
d) Administrar a IFMSA Brazil de acordo com suas competências;
e) Acompanhar e participar ativamente da lista eletrônica de discussão da IFMSA Brazil;
f) Aprovar e submeter à Assembleia Geral o plano de ação e o orçamento anuais da
associação, acompanhando sua execução;
g) Periodicamente, conforme previsão estatutária, convocar Assembleia Geral Ordinária;
h) Deliberar sobre custos, despesas e encargos significativos não previstos no orçamento
anual;
i) Convocar Assembleia Geral Extraordinária, a qualquer tempo, quando julgar necessário;
j) Responsabilizar-se por todos os atos praticados no exercício de seu cargo;
k) Comunicar, por escrito, seu desejo de desligar-se da IFMSA Brazil antes do fim de seu
mandato; caso contrário, continuará sendo responsável pelo cargo que ocupa;
l) Zelar por todos os patrimônios da IFMSA Brazil que lhes forem confiados, entregando-os,
nas mesmas condições em que os receberam para seus respectivos sucessores ao
término de seus mandatos;
m) Transferir os bens da IFMSA Brazil em sua posse ao seu sucessor quando da Assembleia
Eleitoral;
n) Buscar novas fontes de renda para a IFMSA Brazil seja com parcerias, convênios,
patrocínios e outros, conforme a política de patrocínio.

Página | 5
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

7.2.9 Caso não tenha frequência mínima de 70% em seus compromissos com a IFMSA Brazil, o
Membro perderá seu cargo automaticamente.

7.2.10 Os possíveis direitos e deveres suplementares dos cargos existentes no item. 7.2 ou em
qualquer item deste Estatuto que aqui não estejam dispostos serão regulados através dos
Regimentos Internos da IFMSA Brazil que obrigam a todos os seus membros.

7.3 Coordenadores locais: são os cargos ocupados por qualquer estudante de medicina afiliado
a IFMSA Brazil. Estes, não são cargos passíveis de eleição, bastante apenas e tão somente que a
pessoa seja filiada a IFMSA Brazil e seja estudante de medicina.

7.3.1 Requisitos necessários para a admissão e exclusão dos Coordenadores Locais:

I. Admissão:
a) Estar matriculado em curso de medicina de instituição de ensino superior filiada à IFMSA
Brazil;
b) Preenchimento de ficha de filiação comunicando sua intenção de fazer parte da IFMSA
Brazil.

II. Exclusão:
a) Infringência a qualquer preceito do item 7.3.2 deste Estatuto;
b) Decisão tomada por, pelo menos, a maioria simples dos membros da Diretoria Executiva;
c) Por livre e espontânea vontade - demissão.

Parágrafo único. Qualquer associado, quando excluído da IFMSA Brazil, tem direito de defesa e
recurso na justiça.

7.3.2 São deveres dos Coordenadores Locais:

a) Serem representantes da IFMSA Brazil em sua faculdade e região;


b) Representarem suas faculdades de medicina perante a IFMSA Brazil;
c) Serem responsáveis pela divulgação e promoção dos programas da IFMSA e da IFMSA
Brazil em suas respectivas faculdades e região – quanto a Intercâmbio Estudantil, Saúde
Pública, Saúde Reprodutiva e Doenças Sexualmente Transmissíveis, Direitos Humanos e
Paz, bem como Educação Médica;
d) Coordenar os Comitês Locais;
e) Obedecer e satisfazer pontualmente os critérios impostos pela Diretoria Executiva e
manter contato frequentemente com a mesma;
f) Acompanhar e participar ativamente da lista eletrônica de discussão da IFMSA Brazil;
g) Observar, acatar e cumprir o presente Estatuto, as deliberações da Diretoria, bem como
todas as decisões constadas em ata;
h) Responsabilizar-se por todos os atos praticados no exercício de seu cargo;
i) Zelar por todos os patrimônios da IFMSA Brazil que lhes forem confiados, entregando-os,
nas mesmas condições em que os receberam para seus respectivos sucessores ou
quando solicitado pela Diretoria Executiva;
j) Comunicar por escrito à Diretoria seu desejo de desligar-se da IFMSA Brazil, sem o que
continuará sendo responsável pelo cargo que ocupa até o final de seu mandato;
k) Capacitar um sucessor até seu efetivo desligamento da IFMSA Brazil, de forma que haja
continuidade das atividades desta em seu Comitê Local.

7.3.3 São Direitos dos Coordenadores Locais:

Página | 6
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

a) Votar na condição de representante de seu Comitê, quando constituído para tanto,


representando a vontade da maioria;
b) Apresentar propostas e/ou indicações;
c) Participar das Assembleias Gerais;
d) Assistir as reuniões da Diretoria Executiva, podendo intervir pela ordem nos debates e
apresentar proposta ou comunicação, tomar parte nas discussões e prestar informações
que o assunto comportar;
e) Apresentar por escrito à Diretoria Executiva pedido de intervenção em defesa de seus
direitos constantes neste Estatuto.

7.4 Alumni: são os cargos ocupados por qualquer ex-aluno de medicina que tenha colado grau e
que continue filiado a IFMSA Brazil. Estes, não são cargos passíveis de eleição.

7.4.1 Requisitos necessários para a admissão e exclusão de Alumni:

I. Admissão:
a) Ser Graduado em Medicina;
b) Ter sido Coordenador Local da IFMSA Brazil;
c) Preenchimento de ficha de filiação de Alumni.

II. Exclusão:
a) Infringência a qualquer preceito do item 7.4.2 deste Estatuto;
b) Decisão tomada por, pelo menos, a maioria simples dos membros da Diretoria Executiva;
c) Por livre e espontânea vontade - demissão.

7.4.2 São deveres dos Alumni:

a) Promover integração dos Alumni e Coordenadores Locais;


b) Promover integração entre os Alumni;
c) Dar suporte para os membros da Diretoria Executiva e Coordenadores Locais a partir das
experiências prévias adquiridas na IFMSA Brazil;
d) Serem responsáveis pela divulgação e promoção dos programas da IFMSA e da IFMSA
Brazil perante a comunidade médica – quanto a intercâmbio estudantil, saúde pública,
saúde reprodutiva e AIDS, direitos humanos e paz, educação médica e outras áreas que
forem abordadas;
e) Manter contato frequente com a Diretoria Executiva;
f) Observar, acatar e cumprir o presente Estatuto, as deliberações da Diretoria Executiva,
bem como todas as decisões constantes nas Atas de Assembleias;
g) Responsabilizar-se por todos os atos praticados no exercício do seu cargo;
h) Comunicar por escrito a Diretoria Executiva seu desejo de desligar-se da IFMSA Brazil,
perdendo, doravante, os direitos e deveres perante o presente Estatuto.

7.4.3 São Direitos dos Alumni:

a) Participar das Assembleias Gerais da IFMSA Brazil.


b) Ter direito a voz durante as Assembleias Gerais.

8 Organização

8.1 A IFMSA Brazil é composta pela Diretoria Executiva e Comitês Locais.

Página | 7
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

8.2 Os membros da IFMSA Brazil (Diretoria Executiva, Coordenadores Locais e Alumini’s) são
filiados a Comitês Locais espalhados por todo o Brasil.

8.3 Os Comitês Locais são os órgãos que representam a IFMSA Brazil a nível local, nas
faculdades de medicina filiadas a esta.

8.4 É competência dos Comitês Locais desenvolver e organizar as atividades exercidas


localmente.
Parágrafo único: Os Comitês Locais filiados à IFMSA Brazil podem assumir dois níveis de filiação:
Comitê Local Pleno e Comitê Local Não Pleno.

8.5 São direitos dos Comitês Locais Plenos:

a) Implantar e organizar nas faculdades de medicina os intercâmbios promovidos pela IFMSA


Brazil;
b) Implantar e organizar nas faculdades de medicina projetos de auxílio à comunidade e aos
estudantes de medicina nas áreas de Saúde Pública, Saúde Reprodutiva e Doenças
Sexualmente Transmissíveis, Direitos Humanos e Paz, bem como Educação Médica;
c) Votar nas Assembleias Gerais, desde que representado por pelo menos um Coordenador
Local presente nesta, ou em outras deliberações que sejam realizadas fora das
Assembleias Gerais ou conforme este Estatuto. O voto será sempre representado por
intermédio de manifestação de vontade da maioria simples dos membros do Comitê;
d) Solicitar a interferência da IFMSA Brazil junto aos Poderes Públicos, em caráter e
interesse coletivo, desde que a interferência ou reivindicação em apreço seja enquadrada
nas finalidades da IFMSA Brazil e aprovada pela Diretoria Executiva;
e) Apresentar por escrito à Diretoria Executiva pedido de intervenção em defesa de seus
direitos constantes neste estatuto.

8.6 São deveres dos Comitês Locais Plenos:

a) Ler, observar, acatar e cumprir o presente Estatuto, as deliberações da Diretoria


Executiva, bem como todas as decisões constadas em Atas de Assembleias;
b) Satisfazer pontualmente todas as suas obrigações para com a IFMSA Brazil;
c) Implantar, organizar e desenvolver nas faculdades de medicina as atividades relacionadas
aos Intercâmbios da IFMSA Brazil, tendo para isso, auxílio dos Diretores Executivos;
d) Implantar, organizar e desenvolver nas faculdades de medicina as atividades nas áreas de
Saúde Pública, Saúde Reprodutiva e Doenças Sexualmente Transmissíveis, Direitos
Humanos e Paz, bem como Educação Médica;
e) Disponibilizar pelo menos um representante do Comitê Local para cada Assembleia Geral
da IFMSA Brazil;
f) Votar, sempre que solicitado, em deliberações que ocorram durante as Assembleias
Gerais ou fora destas. O voto será sempre representado por intermédio de manifestação
de vontade da maioria simples dos membros do Comitê;
g) Ter pelo menos um Coordenador Local presente nas reuniões on-line, convocadas pelos
membros da Diretoria Executiva;
h) Manter relação atualizada dos membros dos Comitês Locais junto aos Diretores
Executivos.

Página | 8
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

8.7 Os Comitês Locais Não Plenos gozam de todos os direitos previstos no item 8.5, exceto os
descritos nas linhas “a” e “c”, do item 8.5.

8.8 Os Comitês Locais Não Plenos possuem os mesmos deveres previstos no item 8.6, porém,
exceto os constantes nos nas linhas “c” I e “f”.

8.9 Cabe à Assembleia Geral Ordinária e/ou Extraordinária decidir sobre a filiação e a desfiliação
dos Comitês Locais vinculados a IFMSA Brasil. A decisão será tomada por intermédio de maioria
simples dos votos.

8.10 A Diretoria Executiva é o órgão administrativo eleito pela Assembleia Geral, responsável pela
representação institucional da IFMSA Brazil.

8.11 O trabalho desenvolvido pelos membros integrantes da Diretoria Executiva é gratuito, por
livre e consciente disposição da vontade de cada membro, não implicando em vínculo
empregatício ou obrigacional de qualquer natureza.

8.12 São expressamente vedados, sendo nulos e inoperantes, os atos de qualquer membro da
Diretoria Executiva que envolva a IFMSA Brazil em obrigações ou negócios estranhos aos seus
objetivos, finalidades e atividades.

8.13 A Diretoria Executiva pode delegar funções aos Coordenadores Locais, no entanto,
continuará a ser responsável por elas em qualquer momento.

9 Assembleia Geral

9.1 As Assembleias Gerais podem ser do tipo ordinária ou extraordinária.

9.2 As Assembleias Gerais Ordinárias ocorrerão sempre em duas ocasiões, sendo uma por
semestre, após a Assembleia Geral da IFMSA correspondente.

9.3 As Assembleias Gerais Extraordinárias ocorrerão sempre mediante convocação do Presidente


Nacional ou seu representante, seguindo o Regimento Interno Geral da IFMSA Brazil.

9.4 A Assembleia Geral será constituída pelos membros da Diretoria Executiva, Coordenadores
Locais e Alumni em pleno gozo de seus direitos, convocados previamente pelo Presidente por
telefone, correio eletrônico ou correspondência, com antecedência mínima de 20 (vinte) dias. A
Assembleia Geral realizar-se-á na forma do Regimento Interno. Para isso, deve haver um quorum
mínimo de 3/5 de seus membros com direito a voto, devendo estar presentes pelo menos os
seguintes membros:

a) 01 (um) represente dentre os seguintes cargos:


• National Exchange Officer for Outgoings;
• National Exchange Officer for Incomings;
• National Officer on Research Exchange for Incomings;
• National Officer on Research Exchange for Outgoings;
• National Officer on National Exchange for Internal Affairs;
• National Officer on National Exchange for External Affairs.

b) 01 (um) representante dentre os cargos:

Página | 9
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

• National Officer on National Exchange;


• National Officer on Public Health;
• National Officer on Sexual and Reproductive Health including HIV/AIDS;
• National Officer on Human Rights and Peace;
• Diretor Nacional de Programas e Atividades.

c) 03 (três) representantes dentre os cargos:


• Presidente Nacional;
• Diretor Financeiro Interno;
• Diretor Financeiro Externo;
• Vice Presidente para Assuntos Internos;
• Vice Presidente para Assuntos Externos;
• Secretário Geral;
• Diretor Nacional de Alumni;
• Diretor Nacional de Publicação, Pesquisa e Extensão;
• Diretor Nacional de Capacity Building;
• Diretor Nacional de Comunicação e Marketing.

9.5 Terão direito a voto nas Assembleias:


i. membros da Diretoria Executiva
ii. Comitês Locais Plenos representados por um de seus Coordenadores Locais, que expressará a
vontade da maioria simples de seus membros.

9.6 As Assembleias Grais irão deliberar sobre os seguintes temas:

a) Apreciar, discutir e aprovar contas da Diretoria e Resoluções Gerais da IFMSA Brazil;


b) Modificar o Estatuto e os Regimentos Internos;
c) Eleger e destituir membros da Diretoria Executiva;
d) Deliberar sobre casos omissos presentes no Estatuto e nos Regimentos Internos;
e) Deliberar sobre a extinção da IFMSA Brazil e a destinação do patrimônio social;

9.7 As Assembleias serão compostas pelos representantes dos Comitês Locais filiados à IFMSA
Brazil, sua Diretoria Executiva e Alumni, sendo necessária a presença de mais de 50% dos
membros votantes para qualquer deliberação e o atendimento ao disposto no item 9.4.

10 Da Administração

10.1 A IFMSA Brazil será dirigida pela Diretoria Executiva eleita em Assembleia Geral, pelo
período de hum (01) ano, podendo ou não ser reeleita.

10.2 A administração caberá ao Presidente em exercício o qual representará a IFMSA Brazil em


Juízo ou fora dele, ativa e passivamente, bem como perante terceiros em geral, podendo nomear
procuradores em nome da IFMSA Brazil, com poderes específicos e mandato em prazo
determinado, o qual nunca ultrapassará a data de extinção do mandato do Presidente que
outorgou a procuração.

10.3 No exercício da referida administração, o Presidente fica adstrito aos seus direitos e deveres,
de acordo com o Estatuto vigente.

Página | 10
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

11 Do Patrimônio Social e sua Destinação

11.1 A fonte dos recursos para manutenção da IFMSA Brazil será composta por auxílios,
contribuições e subvenções de entidades públicas e privadas, nacionais ou estrangeiras; doações
ou legados; valores recebidos de terceiros em pagamento de serviços ou produtos.

11.2 O patrimônio social da IFMSA Brazil é constituído pelos bens que o integram atualmente e
pelos que, a - qualquer título, venha a adquirir.

Parágrafo único. A compra de bens móveis e imóveis é de livre arbítrio da Diretoria Executiva.

11.3 O dinheiro deverá ser recolhido em estabelecimento bancário, a critério da Diretoria


Executiva, e movimentado através de cheques.
§ 1º: A conta bancária da IFMSA Brazil deverá ser movimentada de forma conjunta pelo
Presidente Nacional e o Diretor Financeiro Interno em exercício, sendo os dois responsáveis por
assinarem os cheques conjuntamente e viabilizarem quaisquer outras movimentações financeiras.

§ 2º: É dever do Presidente Nacional e Diretor Financeiro Interno apresentarem o balaço


financeiro anual da IFMSA Brazil a cada Assembleia Geral para apreciação de seus membros.

11.4 O patrimônio social da IFMSA Brazil não poderá ser alienado, vendido ou de qualquer forma,
meio ou modo, onerado a qualquer título, sem expressa autorização que será conferida através de
Assembleia Geral Ordinária e/ou Extraordinária por maioria simples de votos.

A IFMSA Brazil não distribuirá qualquer parcela de seu patrimônio ou de suas receitas a título de
lucro ou participação dos resultados sociais.

11.5 Caberá ao Diretor(a) Financeiro(a) Interno apresentar nas Assembleias Gerais, quando
solicitado e ao final de seu mandato, um balancete da receita e despesa da IFMSA Brazil durante
o período no qual desempenhou as funções do seu cargo ou em questão para todos os membros,
comprovando com o livro caixa e todos os recibos;

11.6 A Diretoria Executiva é responsável por todas as ações financeiras da federação.

12 Da Qualificação da IFMSA Brazil como Organização da Sociedade Civil de Interesse


Público de Acordo Com a Lei nº 9.790, de 23 de Março de 1999.

12.1 A IFMSA Brazil não distribuirá, entre qualquer um de seus membros, empregados ou
doadores, eventuais excedentes operacionais, brutos ou líquidos, dividendos, bonificações,
participações ou parcelas do seu patrimônio.

12.2 A IFMSA Brazil aplicará integralmente suas rendas, recursos e eventual resultado
operacional na manutenção e desenvolvimento dos objetivos institucionais no território nacional.

12.3 No caso de dissolução, aprovada a extinção pela Assembleia Geral, convocada


especialmente para este fim, nos termos deste Estatuto, proceder-se-á o levantamento do seu
patrimônio, que obrigatoriamente será destinado a outras instituições legalmente constituídas,
qualificadas como organização da sociedade civil de interesse público e sem fins lucrativos, que
tenham objetivos sociais semelhantes.

Página | 11
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

12.4 A IFMSA Brazil, em observância dos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade,


publicidade, economicidade e da eficiência, adotará práticas de gestão administrativa, necessárias
e suficientes a coibir a obtenção, de forma individual ou coletiva, de benefícios ou vantagens
pessoais, em decorrência da participação no respectivo processo decisório.

12.5 A Diretoria Financeira ou órgão equivalente, terá competência para opinar sobre os
relatórios de desempenho financeiro e contábil, e sobre as operações patrimoniais realizadas,
emitindo pareceres quando necessário.

12.6 Na hipótese da IFMSA Brazil perder a qualificação instituída pela Lei nº 9.790, de 23 de
março de 1999, o respectivo acervo patrimonial disponível, adquirido com recursos públicos
durante o período em que perdurou aquela qualificação, será transferido a outra pessoa jurídica
qualificada nos termos desta Lei, preferencialmente que tenha o mesmo objeto social.

12.7 Não haverá a possibilidade de se instituir remuneração para os dirigentes da entidade.

12.8 A IFMSA Brazil observará as normas de prestação de contas, que determinarão, no mínimo:

a) a observância dos princípios fundamentais de contabilidade e das Normas Brasileiras de


Contabilidade;
b) que se dê publicidade por qualquer meio eficaz, no encerramento do exercício fiscal, ao
relatório de atividades e das demonstrações financeiras da entidade, incluindo-se as
certidões negativas de débitos junto ao INSS e ao FGTS, colocando-os à disposição para
exame de qualquer cidadão;
c) a realização de auditoria, inclusive por auditores externos independentes se for o caso, da
aplicação dos eventuais recursos objeto do termo de parceria conforme previsto em
regulamento;
d) a prestação de contas de todos os recursos e bens de origem pública recebidos pelas
Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público será feita conforme determina o
parágrafo único do art. 70 da Constituição Federal.

12.9 É vedada à IFMSA Brazil, como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, a
participação em campanhas de interesse político-partidário ou eleitorais, sob quaisquer meios ou
formas.

13 Emenda ao Estatuto

13.1 Qualquer alteração ao Estatuto deve ser realizada através de votação em Assembleia Geral,
sendo necessária presença de maioria absoluta (mais de 50%) dos membros votantes e voto
concorde de 2/3 (dois terços) dos presentes.

14 Regimento Interno

14.1 A IFMSA Brazil poderá emitir Regimentos Internos para regularizar as situações que por
ventura não estejam previstas neste Estatuto, devendo estas ser aprovadas em Assembleias
Gerais, através de 2/3 (dois terços) dos votos.
Parágrafo único. Qualquer Regimento Interno que esteja em desacordo com este Estatuto será
considerado nulo.

14.2 Os Regimentos internos obrigam a todos os Membros da IFMSA Brazil.

Página | 12
Estatuto da IFMSA Brazil | 8º Edição, 54º AG – Cuiabá/MT

15 Dissolução

15.1 A IFMSA Brazil somente poderá ser dissolvida em Assembleia Geral Extraordinária e pelo
consenso unânime de todos os membros da IFMSA Brazil, decidindo-se neste caso, qual o destino
a ser dado ao patrimônio social.

Estatuto da IFMSA Brazil

1ª Edição: 04 de Novembro de 2012


2ª Edição: 31 de Março de 2013
3ª Edicão: 21 de Novembro de 2014
4ª Edição: 19 de Outubro de 2015
5ª Edição: 21 de Abril de 2016
6ª Edição: 14 de Novembro de 2016
7ª Edição: 5 de Novembro de 2017
8° Edição: 15 de Outubro de 2018

As definições aqui expostas substituem todas as outras anteriores.


International Federation of Medical Students’ Associations of Brazil – IFMSA BRAZIL

Presidente Nacional

Página | 13