Você está na página 1de 56

2017

Lorde Grimm

05/02/2017
1
Lorde Grimm
2
Conteúdo

MAGIA 5

BRUXOS, FEITICEIROS E MAGOS 5

DICAS DE COMO ENCONTRA SEU CAMINHO NA MAGIA 8

ENERGIA ESPIRITUAL? 14

ENERGIA RESIDUAL 14

MÉTODOS DE PERCEPÇÃO ENERGÉTICA 15

ENTIDADE 17

ANJOS E DEMÔNIOS? 18

CLASSIFICAÇÃO DE ESPÍRITOS 18

DESLOCAÇÃO CORPORAL 19

LIMITADOR ESPIRITUAL 20

PRÁTICA 36

INICIAÇÃO 37

O PENTAGRAMA REPRESENTA 39

RITUAIS 43

INVOCAÇÃO E EVOCAÇÃO 45

CONSAGRAÇÃO 45

3
INICIANDO A CONSAGRAÇÃO 46

CONSAGRANDO INSTRUMENTOS ( MÉTODO 2) 47

FEITIÇOS POPULARES 49

4
Magia

É a arte de produzir mudanças internas que refletem em mudanças externas através dos desejos e
vontades. É comum associarem a magia com algo maligno e oculto com o proibido, nos estudos
mais remotos a prática esotérica era vista como privilégio da realeza, como a leitura era pra poucos,
as doutrinas esotéricas se limitava á determinada população. Rituais e magia estão em toda a parte,
inclusive na igreja católica. Acender velas e orar continuamente tem o mesmíssimo efeito de um
encantamento, na maioria das vezes é uma oração com um ritmo demarcado por um rito. Não há,
portanto profundidade em se afirmar que toda magia e maligna, do contrário, para não se cair em
hipocrisia deveria então abandonar todo tipo de ritual, inclusive orações.

Quanto ao satanismo e as missas satânicas devemos nos ater as relevâncias históricas que nos
fazem crer que na idade média muitos dos grimórios de magia negra foram escritos por membros
da igreja católica, desligados ou não. Isso, aliás, e tão evidente que consta em muitos grimórios de
invocações ao demônio em nome de Deus ou Jesus Cristo, cito como exemplo O grimório do Papa
Honório, onde pode se encontrar inclusive um ritual de exorcismo.

Como alguém que estuda ocultismo e religiões exóticas há mais de dez anos posso afirmar por
experiência que a magia acontece sempre quando se faz um ritual com um objetivo claro, e
independente do rito ser dedicado a Deus ou ao Demônio a magia será sempre magia e estará-la.
Também e evidente que não o há religião eficaz sem ritos, portanto faz a religião também o uso da
magia. Fora isso o que mais nos torna responsáveis por nossos atos são nossas intenções, e verdade
sim que o mal maior por vezes se apodera do coração do homem e disso concluímos que a magia
em si e um método nem bom nem mal e ainda o homem o determinante e responsável por suas
ações.

Vamos juntos quebrar esse preconceito, dizendo quando perguntar que religião você pertence? -
Sou bruxo (a), minha religião é aquilo que confio e sei que vai estar ao meu lado.
A magia é aquilo que pode interferir na matéria apenas com o desejo, então desejamos nesse grande
dia que o mundo abra os olhos, pois a magia não e ruim são as pessoas.

Quando cultuamos e celebramos um Deus, divindade, somos acusados de fazer pactos com
demônios, com esses pensamentos preconceituosos somos obrigados a ficarmos calados e forçados
a seguir uma religião que só por causa da família, seguimos.

Bruxos, feiticeiros e Magos

Bruxos (as) são pessoas que buscam sabedoria no mundo espiritual normalmente nascem sobre a
velha tradição ou velha religião como muitos denominam. No dicionário informal encontramos
essa definição: "Nome que se atribui a pessoas do povo, entendidas em arrumação de fraturas,
luxações e outros traumatismos."
5
Os curadores também são uma espécie de bruxo, como a magia não existe uma definição exata pra
explicar o que é um bruxo, mas à mais relevante é: buscadores de sabedoria, não sabem tudo,
buscam um pouco de cada, infelizmente a ignorância transformou essa palavra em sinônimo de
algo ruim, na verdade sabemos que não é bem assim. Os primeiros bruxos surgiram na antiguidade,
pessoas que buscavam estudar o sobrenatural como um aliado, apoiando sobre técnicas milenares
com fins terapêuticos e medicinais.

Os bruxos são dotados de faculdades mediúnicas, exercem sua missão através de uma aliança com
forças espirituais. Feiticeiro é um termo designado pra pessoas que praticam feitiços que são
intenções direcionadas a um objeto (situações, desejo), o feiticeiro são mais práticos enquanto os
bruxos estudam afundo os feiticeiros se concentram na prática e preparação de porções, fórmulas,
objetos, são mais ligados á parte material invés dos bruxos que almejam o espiritual. Sinceramente
não tem como classificar de forma exata, pois existem feiticeiros que estudam afundo, trabalham
bem os dois lados. Feiticeiro é considerado sinônimo de bruxo, ao meu vê possuem papéis
diferentes, você pode se tornar feiticeiro, mas um bruxo nasce bruxo.

Não é uma forma de menosprezar os feiticeiros, entretanto Bruxos conhecem a tradição, seguem
um rito específico não necessitam de uma iniciação pra despertar seus dons, automaticamente
quando chega a hora seus dons são despertados aos poucos. Claro ter uma ajuda de um mentor
espiritual é muito importante no início. Quando sentir que a magia é sua casa, não seu refúgio isso
mostra que o(á) bruxo(a) interior está acordando então será a hora de escolher seu caminho. O que
é um mago? Não é alguém que simplesmente pode fazer mágicas, mas alguém capaz de causar
transformações. Um mago pode transformar o medo em alegria, a frustração em realização.

Um mago pode transformar o temporal no intemporal. O mago pode levá-lo além das limitações em
direção ao ilimitado. Magos são sábios, olhando assim podemos dizer que um mago é um bruxo de
grau elevado que já possui a sabedoria da vivencia, já passou por muitas experiências espirituais.
Ser mago não é pertencer uma religião, mas sim ser um sábio, podendo existir um mago católico,
politeísta e umbandista. Resumindo tudo: bruxos, feiticeiros e magos são sacerdotes. Missão do
sacerdote consiste em: Divulgar as palavras de sua crença, assim como servi de ponte entre este
mundo e o mundo dos espíritos e das dinvidades.

A mediunidade é muito relativa, cada pessoa possui de uma forma, nem sempre aceita pelos
familiares. O despertar espiritual é uma fase de transição em que o ser humano nota a presença
energética, podendo ocorrer na infância ou mesmo na fase adulta. Ser bruxo, mago ou feiticeiro
não é um rotulo, mas sim uma grande honra.

6
Julgam a magia como algo maligno por causa de alguns que a usam como desculpas para
praticarem atos horrendos e lamentáveis. Vamos acabar com esse fanatismo, não podemos crê que
só nossa religião salva, parar de culpar o sobrenatural, pois não percebemos que tudo é a lei da
ação e reação, toda ação tem conseqüências. Devemos respeitar as individualidades, das quais nos
tornam únicos e especiais. Sou BRUXO, não sei de tudo, mas procuro um pouco de tudo, honre
esse nome : BRUXO(a) que significa buscadores da sabedoria.

Relembramos a Inquisição, uma cicatriz na bruxaria, foram muitos bruxos e bruxas de 40 a 80


anos que foram torturados, mas ainda a história não conta que também morrem crianças, mesmo
assim não faz dos mais velhos menos importantes, eles já foram crianças um dia, imagina a dor,
trauma da rejeição pelas pessoas só por serem bruxos.

Achamos lindo as crianças fantasiadas de bruxas e bruxinhos é até fofo, mas caso eles queiram se
tornar bruxos (as), vocês os olharam com o mesmo amor? Talvez, seria a resposta mais comum,
mas não podemos deixar as escolhas interferirem na nossa relação, o amor e o respeito não está na
opção sexual ou na religião, e nem na mente de um grupo, mas sim no coração de cada um.

7
Queria agradecer os iniciados, os amigos que fiz nesse caminho, aos adeptos e praticantes ativos.
Não tenham vergonha de dizer:_ eu sou um buscador da sabedoria essa é a minha religião.
Busquem se conhecer e a evolução espiritual, não poder, mas compreensão e amor ao próximo.

Dicas de como encontra seu caminho na magia

Passo1:

Escolha um tipo de magia, podendo escolher um sistema mágico como cabala, GOÉTIA,
enochiano e outros.
8
Magia branca ou mão direita, considero mais como do meio (simpatias, proteção, ajuda
financeira, podemos considerar magia enochiana como magia branca) . As magias de proteção
alguns consideram magia branca, só são se for apenas pra se proteger, as que punem são
consideradas negras defensivas, pois protege atacando.

Magia negra ou mão esquerda (invocação, evocação, sigilos, pactos, magia agressiva). A magia
negra também pode ser usada pra proteger, mas funcionam como magia agressiva pois protege
o indivíduo afetando outro. Nem sempre magia negra precisa de sangue, são consideradas
negras por influenciar outra magia, podendo quebrar uma proteção e seu uso exagerado pode
acarreta em acúmulo de energia negativa como ódio, raiva e sentimentos vingativos. Buscada
em momentos em que a pessoa sente a necessidade de tirar algo do caminho, mas ela não tem
nada haver com maldade humana como é citada em muitos casos religiosos, pessoas usam o
nome da magia pra praticar atos desumanos.

9
Na GOÉTIA as pessoas chamam os 72 gênios de Daimons, mas são como qualquer entidade, se
você o tratar bem ele te tratará, mas caso for desrespeitado ele também ficará irritado, possuem
personalidades diferentes, se houver o respeito poderá te proteger e ajudar.

Magia verde ou mão direita (porções ervas medicinais, cura aparti da natureza, magia pra
prosperidade, saúde). A magia verde tem esse nome porque está ligada a natureza, usamos a
energia natural e o que a mãe natureza nos proporciona de bom, usamos ervas medicinais pra
curar machucados, doenças e transtorno do organismo. Ela é mais vista na Wicca, que faz jus o
nome da Deusa mãe, encontramos nas tribos indígenas e culturas populares como as receitas da
vovó. No Rei ki também é empregada, que é a cura por imposição das mãos. Ajuda muito no
equilíbrio do organismo com técnicas de relaxamentos e chás que ajudam a tratar e prevenir
doenças.

Outros tipos de magias são variações como magia vermelha que é a magia direcionada pra
parte amorosa e sexual, ela pode ser boa ou ruim depende pra que feita, pra você pode ser boa,
mas pra sua concorrente pode ser ruim.

Passo2:

Escolha um ser pra cultuar, contemplar e recorrer suas preces. Necessariamente precisamos de
algum ser pra recorrer, devemos evitar cultuar misturando os Deuses e seres sobrenaturais de
outras culturas, isso enfraquece nossa ligação, pois entidades gostam de suas tradições e

10
culturas, imagina você cultuar um anjo na segunda e na sexta um Daimons, entraram em
conflito de energia, ocasionado a falha ou mesmo ineficácia do trabalho.

Deuses wiccanos.

Deuses celtas.

Deuses Nórdicos.

Exus (umbanda, candomblé).

Cultuar a natureza como um Deus.

Entidades ciganas.

Angelicais.

Daimons (GOÉTIA)

Passo3:

11
Escolha um oráculo para se desenvolver. Bom escolher um oráculo pode ser difícil, podendo ser
de difícil acesso ou mesmo falta de grana. O ideal e você pesquisar os tipos de oráculos e vê o
melhor que você se encaixa que tem mais facilidade. Se é bom em interpretações de fatos e
cenas recomendo tarot, caso gosta de coisa mais intuitiva pode optar por leituras por borra de
café. Se pertence à Umbanda ou mesmo o candomblé pode escolher o Búzio que parecido com
Runas. Se for uma pessoa muito ligada à astrologia pode optar por mapas astrais ou
significados ou interpretação pra cada signo. O importante é você encontrar ou mesmo pode
fazer seu oráculo que tenha mais facilidade e domínio.

Podendo optar por:

Tarô.

Búzios (umbanda).

Quiromancia.

Leitura de borra ou de resto de cera de vela.

Mapas astrais.

Runas.

Passo4:

Faça uma seleção dos conteúdos q te interesse e pesquise, leia pdfs. Busque assuntos variados
da matéria que mais gosta, não busque um ponto de vista ideal, seja mente aberta! Veja alguns

12
vídeos, procure um mentor pra ajudar ou faça o caminho do bruxo solitário que busca por si
mesmo.

Passo5:

Faça seus rituais, feitiço de acordo com a entidade que cultua para melhores resultados. Faça
seus rituais conforme o tipo de entidade que escolheu pra cultuar, só for wiccanas faça da
forma wiccana, entidades gostam que os rituais sejam preparados pra elas, não um ritual que

serve pra qualquer entidade, mas se não encontrar tais rituais específicos coloquem algo que
remeta a entidade a ser cultuada.

O B S : Evite usar dois tipos de magia, pois depende se for magias opostas podem anular o
trabalho.

Tente seguir os rituais de acordo com a cultura que os criou.

Passo 6

Após ter escolhido seu caminho comece seu grimório, um grimório é um livro de
conhecimentos mágicos, com anotações de práticas pessoais, ou seja, um diário mágico.
Escreva as suas experiências, feitiços, símbolos e sigilos. Confeccione o seu grimório, com
materiais baratos ou se quiser pode deixá-lo mais bonito, o que importa é intenção não o valor
gasto! Deixe nele sua marca, observações que achar mais relevantes, podendo imprimir e colar.
Não compartilhe a não ser se for pra coven.

13
OBS: Podem alterar o modelo, fazendo o seu, mas seguindo as dicas facilita muito.

Energia espiritual?

Energia espiritual tem vários nomes de acordo com distintas religiões e culturas. Na mitologia
japonesa é conhecida como ki e Chakra. E mana denominada pelos kahunas e energia vital
pelos hindus.

Eu prefiro chamar de energia espiritual que se encaixa melhor. O conceito de energia espiritual
é a vibração que cada ser produz, sendo orgânicos ou não. Pois sabemos que cada corpo produz
vibrações é essas vibrações são captadas por certas pessoas denominadas espíritas e sensitiveis.
A capacidade de percepção dos humanos são inferiores comparadas ao dos animais que
conseguem sentir a presença do sobrenatural.

A energia espiritual é uma característica única de cada ser, ela funciona como uma digital
fazendo o seu reconhecimento por pessoas sensíveis. Com certo tempo essas pessoas especiais,
talvez por falta de conhecimento e apoio se escondem atrás de uma face normal por receio do
preconceito. As habilidades normalmente são: visões que acontecem, pressentimentos de
perigo, sonhos que parecem reais, vê vultos, ouvir vozes, acerta pensamentos do nada e
desenhar símbolos e escritas estranhas do habitual. Por não controlar bem a energia as pessoas
começam com dores de cabeça, vista cansada e princípio de desmaio. Isso é uma pequena
introdução e espero que lhe possa ser útil!

Energia residual

A energia está presente em todos os lugares, cada qual de cada um, isso mesmo a energia
residual e aquela energia deixada por alguém ou ser.

Essa energia contém os sentimentos e características da pessoa, quando uma pessoa usa
muito aquele objeto nele fica a energia que denominamos energia residual. Quanto mais o
objeto for usado mais forte fica a energia impregnada, ficará mais difícil distinguir de quem
era

objeto e o que a pessoa estava fazendo no momento se várias pessoas usarem o objeto ,a
energia ficará misturada.

14
É comum pessoas paranormais usarem a energia residual pra descobrir coisas, usando por
meio de objetos de quem se pretende descobrir . No ambiente também encontramos o
resíduo deixado pela pessoa, por esse motivo sentimos sensações da presença daquele
indivíduo em certos locais.

As pessoas mais sensíveis ao tocar um objeto da outra sentem os mesmo


sentimos,sensações e até lembranças. Alguns casos a pessoa em si não sabe sobre
determinada coisa, mas ao tocar conseguem entender e descrever parecendo que esteve
presente e participou. Em caso raro o individuo consegue ler e traduzir linguagens que nunca
tenha visto ou lhe ensinado. Nesse caso possuem uma faculdade mental elevada e domínio
sobre as formas de energia. O erro mais comum se dá quando a pessoa tenta sentir o
objeto mas deixa seus sentimentos pessoais se sobressaírem sobre esse.

MÉTODOS DE PERCEPÇÃO ENERGÉTICA

Muito comum as pessoas procurarem formas de tentar desenvolver as habilidades


sobrenaturais, mas erram no momento que buscam entender as teorias invés de senti-las
e aplicá-las.

Ao longo do tempo observei que pra compreender a parte espiritual devemos identificar o
que é físico. Assim criei um método simples, mas essencial para quem ainda não sabe é
até paras as pessoas que já convive com a paranormalidade. São passos simples que
podem ser feitos por qualquer pessoa independentemente se é praticante de esoterismo
ou não. Vamos começar? Se disser sim então boa sorte, caso diga não só termine de lê.

1 passo: Pegue um objeto qualquer, que caiba na palma da sua mão ( objetos metálicos é
mais aconselhável pra iniciantes).

2 passo: com o objeto na palma da mão tente senti-lo, senti fisicamente ( sinta a textura,
a forma é a temperatura).

3 passo: Após senti-lo fisicamente guarde essas sensações e tente memorizá-las.

4 passo: Com as sensações memorizadas retire o objeto da mão e tente senti-lo como se
ainda estivesse na palma da sua mão.

Essa técnica deve ser praticada para que se adquira a percepção da energia. Comumente
as pessoas que a usa dizem sentir um calozinho, o peso do objeto, arrepios e
formigamentos como algo subisse na pele, caso sinta isso é normal também vale lembrar
que no caso de não sentir nada não desista.
15
Certas pessoas têm mais facili ilidade e outras não, depende do nível de co
ompromisso com
a técnica são fatores distintos: Paranormalidade, religiosidade e genética..

Método 2

Todos sabem a existência do o Chakra que é a nossa energia vital, mass nesse método
falaremos de um específico que a coronária que se localiza acima da cabe
eça.

Em uma posição confortável cruze as pernas em posição de meditaç


ção e relaxe os
músculos para podemos iniciarr.

1 passo: Após relaxar os mús


sculos comece a respirar lentamente sem
em pressa, respire
ouvindo a pulsação.

2 passo: Agora com os olhos fechados tente imaginar um sol sobre sua ua cabeça se não
tiver boa imaginação vá ao sol de verdade pra senti-lo e memorizar a senssação

3 passo: após imagina o sol ten


ente imaginar os raios do sol tocando sua caabeça, descendo
pelo seu corpo. ( sinta cada parrte do seu corpo respirando lentamente ).

4 passo: Agora tente sentir o calor do sol e tente ouvir sua respiração, iimagine os raios
descendo de acordo com a suaua respiração.

5 passo: Sinta o fluxo de energ


gia se concentrando na palma da mão, coloq
que as mãos uma
em direção a outra mantendo um espaço de mais ou menos 2cm entre ela as.

Para iniciantes é recomendad


dado ouvir um mantra quando está tentand
do sentir, após o
domínio não precisará ouvi-lo,, será opcional.

Os sintomas mais comuns que ocorrem ao sentir a energia são: cal calor excessivo,
sensação de presença de alg
go, suor frio e corpo estranho podendo aparecer outros
sintomas diversos.

16
Entidade

Entidade” vem do Latim ENTITAS, “aquilo que existe na essência”, de ENS, “ente, aquele que
existe”.É comum as pessoas associarem entidades com Deuses, também não está errada tanto
podemos denominar entidades como santidade, Divindade são apenas nomes. Prefiro me referir
a entidade à todos espíritos, formas não corpóreas que podem possuir intelectos e variantes,
podendo ser na aparência ou mesmo nas circunstâncias.

Uso uma catalogação mais simples, pois imagina explicar cada ser espiritual de acordo com
cada cultura, religião vocês ficariam perdidos. Uma forma simples e fazer uma pirâmide
espiritual onde no topo existem um Ser(s) Supremo o Deus, Deusa mãe -Deus cornifero,
Krishina. As entidades malignas catalogamos como demônios (são consideradas se forem de
alto nível), os espíritos impuros também podemos considerar demônios, mas vamos deixar
como espíritos impuros mesmo. Um anjo está no mesmo nível de um demônio, então eles
ficam lado a lado na pirâmide.

Um anjo é um ser puro, mas caso muda de lado se torna anjo caído. Mas só podemos
considerar demônio ou até mesmo anjo aqueles que nasceram assim e não querem mudar,
possuem a consciência do que são e preferem continuar assim. Um espírito impuro pode ser
purificado, se aceitar ajuda, também somos impuros de uma forma, mas só consideramos
espíritos impuros seres que praticam ou promovem o mal, que não possuem corpos físicos.
Após entendemos que "à todos espíritos, formas não corpóreas que podem possuir intelectos e
variantes, podendo ser na aparência ou mesmo nas circunstâncias."Partimos pra a pirâmide
espiritual, ressalto foi um forma minha pra explicar de forma simples.

17
Anjos e demônios?

Ao falarmos de anjos se criam várias imagens, desde seres vestidos em mantos brancos e até
com asas longas que cobrem as costas.

Não e diferente de demônios mesmo que em livros, contos que os retratam como seres de
junção entre humanos e animais. Monstros medonhos com dois chifres e uma cada de largado,
isso foi uma forma de explicar as suas virtudes. Os chifres representam a força e selvageria, tal
como a calda que representa os pensamentos de trapaças e maldades, aliás fazendo uma
ligação com as serpentes que são animais espertos e sorrateiros. Talvez as serpentes ficaram com
essa fama por causa da história de Adão e Eva.

Até da pra entender, mas de fato tudo gira em torno de espíritos e energia espiritual. Um anjo é
um espírito que já nasceu especial com habilidades de fazer o bem, desde pequeno já traz
consigo a bondade e a leveza de espírito.

Podendo apresentar habilidades de transmitir a tranqüilidade e a cura, sendo sempre bondoso e


até concedendo milagres. Após sua morte mantém suas características, sua energia espiritual e
tão radiante que emana para todas as direções , assim as pessoas sensíveis o vê como um ser
que emana energia assim se criaram aparti das energias emitidas uma asa, desse modo
surgiram pessoas com asas denominadas anjos. Para um espírito se torna anjo ele deve ser puro
de natureza, que dizer um coração limpo e passar por provações e se esquecer da matéria . isso
tudo demora séculos .

Demônios são espíritos que quando vivos gostavam ou praticavam a maldade, se encontravam
na energia negra, naturalmente nascem assim, suas capacidades eram para o lado negro. São
espíritos agarrados a matéria e ao desejo, após morrerem ficam vagando no local da morte .
Com o passar dos anos se tornam violentos por só se alimentarem de sentimentos negativos,
acabam adotando uma identidade . Essa identidade pode ser um animal que caracterizava a
personalidade e até atender por uma entidade, lenda ou um deus pagão para saciar sua sede por
sangue e dor. Esses processos levam a séculos e até milênios, nesse tempo adquirem
habilidades e conhecimentos. Sua aparência depende do medo e dor das pessoas, usam os
desejos dos humanos para influenciá-los.

Classificação de espíritos

Obssessores: São espíritos desencarnados que possuem fortes ligações com as vibrações dos encarnados,
quando estamos com a vibração negativa acabamos por atrair-los pois deixamos nossas vibrações se
sintonizarem com as deles, aparti desse momento começamos a ter alguns sintomas espirituais,
acreditamos que é algo físico, mas na realidade nunca foi. Imaginem que nossas vibrações é uma onda de
rádio e os espíritos são estações. Ao deixarmos nossas vibrações negativas sintonizamos com um espírito

18
negativo, por ser assim ele só vai nos transmitir essa freqüência, desse modo começamos a ficar stressados
, qualquer coisa é motivo para que emoções fortes surjam, como choro, angustia e tristeza, mesmo com
motivos sem importância. Aparecimento de dores sem explicação, Muitas pessoas podem sentir essas
sensações por motivos diversos os quais não tem qualquer relação com a obsessão espiritual, portanto
tenha cuidado ao fazer a análise.

Vampiros espirituais ou parasitismo: espíritos desencarnados, portanto livres da matéria, que se nutrem
das energias dos encarnados; a única diferença dos “vampiros tradicionais”é que eles podem praticar este
ato a qualquer momento da escala temporal, não somente no período noturno. São prisioneiros dos
desejos e caprichos humanos, dos recursos materiais e de seus pensamentos inferiores, são atraídos pela
constituição física dos vivos e também por outras criaturas já mortas, dos quais eles extraem a essência
vital. Mas uma condição é necessária para que essa relação se estabeleça a existência de uma sintonia
entre as mentes que se conjugam, ou seja, a pessoa precisa oferecer abrigo a estes seres em sua própria
mente.

Poltergeist: são espíritos que produzem fenômenos metafísicos, conseguem desencadear desde
movimentos cinéticos com objetos inanimados quanto eletromagnéticos como interfências em
eletrônicos, luzez que piscam e até ruídos indectaveis. São espíritos travessos que querem atenção,
normalmente centrar-se em um indivíduo específico, chamado de "agente". Já um poltergeist é mais
intenso que uma aparição, vai fazer o objeto voar violentamente contra uma parede ou contra uma
pessoa. E essas coisas acabam sempre acontecendo ao redor desse "agente". Essas pessoas são escolhidas
por ter um ligação com a entidade ou está na hora errada e no local errado.

Espíritos impuros: È aquele ser desencarnado que após a morte continua com seu habito e “vicio”, ele não
poderá desfrutar, mas freqüentará os locais que tinha costume de ir, podendo perturbar as pessoas e
influenciar. Ainda está muito ligado a matéria.

Deslocação corporal

Após um dia cansativo chegamos até ao nosso repouso, em uma cama arrumada ou em um sofá
próximo. Acomodamos de forma desengonçada e deixamos o peso das pálpebras cerrar os
olhos. Os batimentos acalmam se ritmando suspiros que variam de pessoa a pessoa, levando
em conta o estado de stress e relaxamento dos músculos.

Algumas pessoas ficam ligadas 24 por dia, dormem mas com um simples vento na janela se
levantam. Outras relaxam bem até demais , não conseguindo levantar pois o corpo fica
molenga.

19
Um fato que acontecem com algumas pessoas e a chamada paralisia do sono ou deslocação
corporal. Ela ocorre pelo menos duas vezes na vida de um indivíduo, possuem casos que
pessoas são atormentadas três ou mais dias por semana por esse fenômeno. No momento do
desperta a ansiedade ou a agitação do sono provoca um quadro de proteção. Ex :1 quando um
burro fica imóvel dizemos que ele empacou de teimosia mas na verdade ele sentiu o perigo e
empacou, pode ser hilário pois se fosse nossa situação correríamos como loucos .

No nosso caso tentamos acorda, sabemos que estamos acordados, mas nosso corpo não
responde ao nosso cérebro. Forçamos movimentos mas nada responde, aqueles segundos nos
tortura. Desesperados tentamos gritar mas a voz não sai e tudo não responde ao nossos
estímulos. Em pessoas mais calmas essa paralisia é mais leve fazendo com que ela acorda
rapidamente sem euforia. Para amenizar essa paralisia e recomendado não praticar ou
consumir inibidores de sono como cafeína, exercício físico antes de dormir, chá , etc.

A deslocação corporal vem da tradição japonesa no qual se diz que no momento do sono o
espírito sai pelo corpo e caminha pelo seu trajeto rotineiro, mas por um motivo seja pelo medo
ou outro sentimento forte não consegue retornar ao corpo corretamente ocasionando um
descontrole cerebral. Desse descontrole vem as fadigas que são: não resposta dos comandos e
exaustão excessiva.

Limitador espiritual

Quando iniciamos os estudos esotéricos ficamos entusiasmados e fascinados com o lado oculto,
talvez a curiosidade extrema nos colocam em maus lençóis. As influências energéticas podem
alterar nossa personalidade, normalmente quando começamos as práticas nos arriscamos. Para
um uso edequado dos instintos e dons ocultos devemos entender e praticar o básico que é a
percepção de energia vital (mana, ki, energia espiritual, Chakra e etc..) e a canalização e
dissipação de energia. Canalizar é concentrar energia em certo ponto.

Cada chakra domina uma área:


CHAKRA DA BASE ou 1º CHAKRA: Ele é chamado pelos hindus de Muladhara, e em sânscrito
significa suporte. Está na base da coluna (no último osso, cóccix), mais exatamente na região do
períneo. Responsável pelo equilíbrio, pois está relacionado a estruturas ósseas, dá estabilidade e
firmeza nos movimentos, sua dominação é ideal pra quem utiliza de força física no trabalho, faz a

20
conexão da energia da terra com o corpo. Da cor vermelha . Para não exercemos força que possa
prejudicar a coluna, necessitamos de deixar os pés firmes no solo e promover movimentos que ao
usar força física não sobrecarregue esse ponto. Uma dica boa é ao tentar levantar um peso
concentrar e sentir os tendões das mãos, músculos dos braços (caso faça força e não sinta
contração na área dos bíceps você está realocando todo o impacto da força nas vértebras, mais
tarde sentirá dores musculares severas principalmente na região da lombar.

Para podemos sentir todos os tendões uma prática simples ajuda que é segurar uma bolinha
daquelas de fisioterapia, sentar em um lugar calmo e começar a apertar com toda a força, alguns
sentem dor no início na região dos pulsos, caso acorra o mesmo aperte inicialmente devagar ao
longo do tempo aumente a pressão. Reconhecer cada tendão é importante pra aproveitá-lo ao
máximo e evita sobrecarregá-la futuramente.

21
A força é medida pela pressão sobre a área então quando for fazer esforço não se esqueça de
manter os joelhos contraídos, assim o impulso compensará na força.

Método de ativação
1 passo: escolha um lugar, onde possa colocar os pés no chão. (dê preferência em solo sem
pavimentação, pra pode sentir a energia natural).

2 passos: retire qualquer calcado, após, fique em uma posição reta, com o pé direito tocando no
solo, fique imóvel por alguns segundos.

3 passos: levante a perna esquerda e a mantenha levantada por 5 segundos.

4 passos: escolha um baralho ou algo que possa montar uma pilha. ( lembrando
lembrando apoiado em uma
perna, para
ara evitar acidentes faça os exercícios apoiada em uma parede até sentir que está
pronta).

5 passos: segure a perna esquerda com a mão esquerda, apoiada sobre a perna direita inicie o
empilhamento das cartas. Isso ajuda na estabilidade e equilíbrio, conseguir
conseguir empilhar as cartas é
uma forma de controlar a força e ao mesmo tempo ter delicadeza nos movimentos.

CHAKRA SEXUAL ou 2º CHAKRA: Para os hindus, é o Swadhisthana (ou cidade do prazer, em


sânscrito) e encontra-se
se na região do baixo ventre. É fisicamente
fisicament ligado às gônadas – testículos
(homem) e ovários (mulher) – e à energia feminina, ao útero materno, à procriação (à criação de
22
outras coisas também, como projetos pessoais, profissionais), à gravidez. Sua canalização é ideal
pra assuntos carnais, como relacionamento e atração, ao concentra libera fluidos sexuais,
podendo ser usados em práticas de magia vermelha (magia sexual). Seu uso exagerado pode
ocasionar tensão muscular, deve ser usado com fins de estabilidade hormonal, sendo assim
benéfico na diminuição das cólicas menstruais e problemas hormonais. Apresenta a cor laranja,
roxa ou vermelha.

Método de ativação

1 após um banho refrescante comece a tocar a planta do pé, inicie com toques suaves.

2 pegue uma imagem de uma chama, visualize a.

3 passe os dedos no início do dedão do pé, subindo em movimentos delicados, sinta cada toque.

23
4 imagine essa chama o envolvendo, queimando cada parte. (deixe a chama o envolver,
libertando seus desejos carnais, sinta cada parte a ser tocada).

5 não há necessidade de tocar as partes intimas, mas vai de cada um (ela pode ser estimulada por
pensamentos eróticos).

UMBILICAL OU 3º CHAKRA: Chamado de Manipura pelos hindus (em sânscrito, cidade das jóias),
fica um ou dois dedos acima do umbigo, e está ligado ao pâncreas. Neste Chakra ficam retidas
emoções densas como raiva, mágoa, medo, tristeza, angústia, rancor, ansiedade. Ele é
responsável por absorver a energia dos alimentos e distribuí-la para todo o corpo. É um dos
chakras mais suscetíveis a nossa rotina. Ele ajuda no controle do organismo, seu domínio ajuda na
prevenção de doenças intestinais, gástricas. Quando entendemos a linguagem do chakra
umbilical podemos nos auto diagnosticar , assim evitar futuras preocupações com a saúde. Esse
chakra apresenta cor amarela, verde-forte e vermelha.

Método de ativação
1 passo: sente em uma posição confortável que possa relaxar, mas mantendo a coluna reta.

2 passos: deixe o abdome exposto ao ar, coloque a palma que usa mais normalmente sobre o
abdome, abaixo do estômago.
24
3 passos: comece com uma massagem em forma circular, faça até esquentar o local.

4 passos: Respire compassadamente enquanto faça os movimentos, concentre toda a atenção


nesse ponto.

5 passos: Para fechar é só fazer o movimento em sentido anti-horário. Essa maneira ajuda a aliviar
congestão, problemas gástricos intestinais e dores abdominais.

CHACRA CARDÍACO OU 4º CHAKRA:Os hindus deram o nome de Anahata (Câmara secreta do


coração), e, pela tradução do sânscrito, fica fácil de saber onde ele está ? Na região do coração,
no centro do peito. Responsável pela circulação e distribuição da adrenalina, ao entender esse
chakra conseguimos controlar as pulsações e ficar em estado de quase morte, onde os órgãos
vitais funcionam em ritmo lento, em caso de risco de venenamento o controle é algo de vida ou
morte. manipulá-lo é um requisito pra quem pretende prática regressão e projeção astral. Cor
verde e amarelo-ouro.

25
Método de ativação
1 passo: Sabemos que o chakra cardíaco está ligado também à respiração e sistema circulatório. O
controle das pulsações favorece no equilíbrio térmico, pulsações aceleradas aumenta a
adrenalina e liberação de líquidos, por esse motivo temos aquela vontade de ir ao banheiro e
suadeira que incomoda. Uma alimentação adequada é um fator que promove a boa circulação,
alimentos ricos em lipídios são prejudiciais, pois ao passar pela corrente sanguínea acabam se
alojando nas paredes das artérias, responsáveis pelo entupimento que causa o infarto. Depois de
conhecer um pouco passamos pros exercícios: Em sua casa prepare um chá da preferência,
escolha um que relaxe e acalme como: erva-doce, capim-cidreira, camomila e hortelã.

2 passos: Para estimular o chakra cardíaco começamos com uma respiração, inspirando (sugando
o ar pelas focas nasais e expirando (liberando o ar pela boca) em um ritmo contínuo, repare no
som da sua respiração e tente diminuir, usar o mínimo dos esforços: como pensar e fazer algum
movimento (basicamente devemos ficar vegetando por um tempo). Ao sentir que as pulsações
diminuíram deite, permita que o corpo descanse suavemente.

3 passo: Deitada com olhos fechados escute a batida do coração, tente diminuí-la lentamente,
mantenha a mente consciente não durma. Cada batida respire só o necessário sem emitir ruídos,
imagine que está fazendo frio, sua pele está gélida e sua mente está sobre seu domínio.

4 passos: lentamente você vai estabilizando sua temperatura respire normalmente e comece
abrindo os olhos, depois retorne na posição de meditação e se levante.

CHACRA LARÍNGEO OU 5º CHAKRA: Batizado como Vishuddha (O purificador do sangue, em


sânscrito). Esse nome já nos dá algumas pistas da glândula à qual se vincula: a tireóide (e
paratireóides). A tireóide tem como função filtrar o sangue, regular os ciclos menstruais, nas
mulheres. Esse chakra é importante pra podemos conversar, cantar e produzir vibrações de
ressonância podemos dizer que o morcego domina perfeitamente, e de muita ajuda na hora de
recitar os mantras, mantendo uma vibração harmoniosa. Fisicamente, cuida da boca, garganta e
vias respiratórias. As mãos e os braços são extensões físicas do chakra da garganta, pois são com
eles que trazemos as idéias para o plano material, colocando a mão na massa. Cor azul-celeste,
lilás, branco prateado ou rosa.

26
27
Método de ativação
1 passo: Esse chakra é responsável pela emissão sonora, da fala e comunicações bucais. Nos
homens vemos visivelmente a glândula tireóide, responsável pela transição da voz. A forma mais
simples de estimular é produzir sons com as pregas vocais, pronúncia sons longos como: aaaaaah,
eeeeeeh, iiiiiiii, ooooooh, uuuuuuuuuuuuh.

2 passos: Após vibrar as cordas vocais devemos ingerir líquidos, fazendo um gargarejo por alguns
segundo, sempre buscando
cando prolongar as palavras, sem exagerar pra não causar danos nas pregas
vocais.

3 passos: Tente gritar sem produzir sons alto iguais quando baforamos o espelho do banheiro,
isso ajuda na pronúncia dos mantras sânscritos. Cantar também favorece a ativaçã
ativação do chakra
laringeneo, as ressonâncias produzidas por cada timbre transmite seu estado emocional.

4 passos: Mantenha seu tom suave, diminua gradativamente até entrar em repouso (para fechar
o chakra).

CHACRA FRONTAL OU 6º CHAKRA:O Ajna (Centro de controle,


controle, em sânscrito) é mais conhecido do
como terceiro olho. Isso quer dizer que ele está na testa, entre as sobrancelhas, e vinculado à
glândula pituitária ou hipófise. Representa a nossa porção lógica, nossos ideais, raciocínio e
pensamentos, nossa capacidade de de aprendizagem, observação e intuição. Ele comanda todas as
nossas ações. Conhecido como o terceiro olho, que abre os portões da sabedoria, visão além da
matéria, concede um olhar evoluído da matéria. Ao colocar o polegar no ponto do ajna e fazer
movimentos
entos circulatórios em sentido horário e anti-horário
anti horário conseguimos diminuir ou mesmo
acabar com as dores de cabeça. Também é responsável pelos cincos sentidos que são visão, tato,
paladar, olfato e audição. Muito recomendado a canalização pra fins de ter vvisões, percepções
pouco visíveis e equilíbrio emocional. Apresenta cor índigo, branco-azulado
azulado, amarelo ou
esverdeado.

28
Método de ativação
1passo: Reconhecer a localização do ponto, com o dedo indicador aperte no meio das
sobrancelhas, sinta bem essa área com os olhos fechados.

2 passos: Nessa fase iremos praticar o despertar dos cincos sentidos que são tato, olfato, visão,
audição e paladar.

29
3 passos: O tato faz parte da sensibilidade cutânea, para isso recorrermos ao toque, escolha um
objeto áspero, maciço e firme. Sinta cada toque com olhos fechado, sinta algo a mais em cada
objeto invés de sua textura. (faça o exercício de sentir objeto).

4 passos: Dê atenção aos cheiros ao redor, identifique cada aroma, separando cheiros de odores.
Feche os olhos e cheire um objeto e o coloque na sua frente junto com outros , faça a
identificação pelo olfato sem abrir os olhos. Dica: prepare alguns objetos e os coloque na sua
frente, escolha um e o cheire, com olhos fechados jogue o objeto no meio dos outro, ainda com
olhos fechados tente encontrar o objeto pelo cheiro (não vale usar objetos com odores fortes).

5 passos: Para melhorar a visão temos que treinar a intuição, crie um ponto de visão, imagine um
ponto imaginário na sua frente, faça a mentalização e faça a análise do local, hipótese e as
relações seguindo a lógica do assunto. Deixe as imagens descrever os relatos, repare nas sombras,
manchas ou mesmo no que parece representar. Em um local escuro inicie a adaptação a
escuridão , acalme as pálpebras, evite exercer pressão nos olhos, dilate as pupilas de acordo com
a necessidade. Caso sinta as vistas cansadas feche os olhos ao mesmo tempo em que inspira,
esse movimento controla os globos oculares.

6 passos: coloque um mantra pra reproduzir no volume mínimo, escute o mantra e aumente o
volume em sua cabeça, mantendo o volume reproduzido no mínimo. Essa técnica serve pra
aumentar a audição então evite sons altos.

CHACRA CORONÁRIO OU 7º: O CHAKRA:Sahashara (Lótus das mil pétalas, em sânscrito) possui
exatamente 972 pétalas. Está no topo da cabeça, ligado à pineal ou epífise, que é a glândula que
fica no centro da cabeça e se encontra sobre todas as outras glândulas no corpo. O Chakra forma
uma coroa de luz, por isso também é conhecido como Chakra da coroa, pois está voltado para
cima. É por ele que nos conectamos com o plano espiritual, com o Eu Superior, com Deus e o
divino em todas as coisas; está ligado à nossa forma de professar nossa fé e evoluir
espiritualmente.

Quando ele é trabalhado e desenvolvido, facilita a lembrança e a conscientização das projeções


da consciência. Tem muita importância na telepatia, no desenvolvimento da mediunidade, nas
expansões da consciência e na recepção de temas elevados. Ele faz a conexão da entidade com o
médium, utilizado nos passes espíritas (quando uma entidade transmite suas intenções, energia
através do médium) .Cor violeta, branco-fluorescente ou dourado.

30
Método de ativação
1 passo: Com o corpo na postura de meditação inicie os relaxamentos dos músculos da base (pés,
perna).

2 passos: sinta cada órgão e membro nessa seqüência: pés (mova os dedos),pernas, panturrilhas ,
quadril, abdômen (sinta o diafragma contrair enquanto respira), pulmões (encha os pulmões e
solte lentamente) , mãos, braços, pescoço (gire um pouco a cabeça em movimentos suaves pra
não ter lesão), movimente os músculos da face: boca, nariz e sobrancelhas .

31
3passo: Após fazer esse exercício feche os olhos, imagine uma esfera de fogo no topo da sua
cabeça, sinta essa esfera, o calor e note o ambiente que está, perceba a temperatura, os ruídos e
qualquer presença viva ou não.

Após ter aberto cada chakraa chegamos a meta final que é o limitador que é o controle total dos
chakras, nessa parte escolhemos qual chakra vamos liberar para cada coisa que iremo
iremos realizar,
sabemos quando abrirmos os chakras ficamos desprotegidos das energia negativas, esse limitador
ajuda a nos proteger de tais energias e manifestações sensoriais.

Habilidade e catalogação

Sensorial

É a habilidade de um indivíduo de
d reconhecer características, humor e persoonalidade pela
energia. Um sensorial vai além de
d sentir energia, mas também sofre influênciia do ambiente. A

32
sensibilidade pode ocorrer por vários motivo desde algo transmitido de geração, um trauma
ocasionado por um acidente que abre uma porta entre o mundo dos vivos e os dos mortos.
Dentre da capacidade sensorial são divididos em neutros, receptáculos e banshe.

Neutros: são pessoas com a capacidade de aprender qualquer tipo de magia, mas só conseguem
dominar um tipo específico. A energia do ambiente não interferem no humor da pessoas, não sente
muito a energia e então não passam muito mal por fatores energéticos.

Receptáculos: São pessoas muito sensíveis, são de natureza bipolar, seu humor muda constantemente.
Qualquer tipo de energia a afeta, se seus amigos próximos estão tristes fica também, tem vez que nem
ela mesma sabe o porque estava assim. Possuem o corpo aberto, tem facilidade pra incorpora, são de
natureza carente. São chamadas de receptáculos pela peculiaridades de serem usadas nos rituais de
evocação. No espiritismo fazem uma roda com algumas pessoas que dão as mãos e canalizam no
receptáculo, que fica com a responsabilidade de incorporar a entidade. Podendo transmitir em voz ou
mesmo em psicografia.

Banshe: Nas mitologias e lendas são caracterizadas por um ser medonho quando grita alguém morre.
Dizem quem ouve o grito de uma banshe não passa daquela noite. As Banshes são relacionadas com a
morte, de fato possuem uma ligação por terem visões fúnebres, normalmente essas visões surgem nos
sonhos, sonhos muito reais. Na verdade as Banshes ou bruxas da morte não matam com o grito, por
terem muitos pesadelos que se tornam realidade acabam sempre gritando a noite, todos que a
conhecem percebem que quando elas gritam assustadas a noite é uma visão que ela teve. Muitas
Banshes evitam de tocar no assunto, pois as pessoas as culpam por jogarem pragas, mas só tem o azar
de ter visões de mortes e acidentes. As Banshe são normalmente mulheres, a cada geração só nasce
duas banshes, sempre mãe e filha, podem surgir banshes homens que acontece raramente, isso ocorre
na hora que é transmitido da mãe pra um casal de gêmeos. Não existe um padrão de nascimento de
banshes.

Método de desenvolver a parte sensorial

1-Pegue um objeto qualquer podendo ser um livro, anel ou qualquer objeto de outra pessoa.

2- relaxe o corpo e a mente( se quiser faça ouvindo um som que te deixa concentrado). Após
pegar o objeto tente senti-lo evite sentir coisas lógicas como textura e temperatura e o
formato.

33
3- Tente sentir o objeto, busque sentir o que ele transmiti, não dê importância pra o que
aparenta e nem o valor sentimental que ele representava. Busque a energia residual que
está nele, não deixe que seus sentimentos sobressaíam sobre o objeto.

4- tentem senti-lo, descrever o gosto, aroma, sensações e sentimentos que está emitindo,
não deixe que a aparência seja a energia do objeto. Exemplo: um cordão com um escudo
mostra proteção, mas ele pode conter energia destrutiva e o mesmo com uma faca nela
podia conter energia de uma cozinheira amorosa e não de algo ruim.

5- sinta a essência, a forma que foi feita e o sentimentos de quem o usava, não dê muita
importância pra lógica, mas evite que coisas pessoais mascare a energia residual .

6- sinta o objeto e imagine ele como um esfera branca sem cor sem textura, olhe pro objeto e
imagine esse sem forma, esqueça a aparência só dê atenção pra sua energia residual.

7- sinta de olhos fechados para melhor interpretação, não use qualquer objeto metálico e
não misture a sensação do ambiente e do seu estado emocional.

Visões
Visões: É a capacidade de uma pessoa de prevê e lê o tempo espaço, podendo ocorrer visões
futuras, do passado e aleatória. As banshe também são catalogadas como um tipo de visões,
a visão fúnebre. Cada ser consegue prevê algo, mas não é constantemente e nem é muito
notado e associado como “dejá vu” que é a sensação de ter vivido aquele momento, visto
aquele local. Um vidente costuma usar um oráculo pra confirmar suas visões, mas tem
aquelas pessoas que não precisam de oráculo pra prevê. Falarei um pouco de cada visão.

Visão pela energia:: Esse tipo de visões o sensitivo consegue só pela energia identificar,
reconhecer e descrever a vida de outras pessoas, sua personalidade e até algumas
características que o indivíduo esconde, podendo descobrir segredos. Nesse tipo de visão não
necessita de um oráculo como tarot, búzios usado especificamente na umbanda e outros.

Visão residual ou visão de terceira: É uma visão que a pessoa se vê na situação, mas
futuramente e outra pessoa que vai viver, pelo contado com a energia residual o sensitivo
34
consegue ter essa visão, basicamente ele vê algo que vai acontecer ou aconteceu no passado,
pensa que é com ele, mas são coisas de outra pessoa. Exemplo: você tem uma visão (
podendo ser em sonhos ) que estava beijando a amiga do seu irmão , mas futuramente seu
irmão vai beijar sua amiga. Esse foi um exemplo de visão de terceira.

Visão aleatória ou premonições: São visões que ocorrem minutos antes de acontecer o fato,
podendo o destino ser mudado se a pessoa notar. Ocorrendo um colapso de visão, as visões
não são claras são apoiadas por pressentimentos, angústia e sensação de mal estar ( em
situações de perigo, risco a saúde). É mais intuitiva, se tratando de coisas boas não são
levadas em consideração por muitos pensarem que é bobagem.

Visão logística: É uma visão que não está muito ligada a intuição, mas a uma ligação de pistas
que o destino deixa que revela o futuro, passado e presente. Muitas vezes pedimos a
resposta é olhamos pra um cartaz, número de uma porta e após ligar as conexões e com isso
conseguimos uma resposta e até uma previsão. De acordo que trabalhamos isso podemos
fazer um leitura do passado e do futuro da pessoa seguindo a lógica e definindo o seu futuro.

Entre outras habilidades temos:

Psicografia: que é a capacidade de psicografar mensagens de espíritos desencarnados,


podendo ser de forma consciente em que escreve o que o espírito fala ou também na
forma involuntária em que o médiun o incorpora. È comum que as letras sejam
idênticas ao do espírito, ainda mais quando é psicografia involuntária.

No Brasil, em alguns casos, a psicografia foi utilizada como prova em tribunal. Um dos casos mais
recentes registrou-se em maio de 2006, em Porto Alegre (RS), tendo a ré, Iara Marques Barcelos
sido inocentada do assassinato do ex-amante, Ercy da Silva Cardoso, graças a uma carta que teria
sido ditada pelo falecido. Mais recentemente, em 17 de maio de 2007, o julgamento do réu,
Milton dos Santos, pelo assassinato de Paulo Roberto Pires (o "Paulinho do Estacionamento") em
abril de 1997, foi suspenso devido a uma carta recebida pelo médium Rogério Leite em uma
sessão espírita realizada em 2004, na qual Paulinho inocenta o acusado. Fotografias da sessão
espírita foram anexadas aos autos do processo.

No entanto, o advogado Roberto Selva da Silva Maia indicou em um artigo[2] que os documentos
psicografados podem ser aceitos no tribunal como documento particular, mas não como prova
judicial. Isso se dá porque a lei estabelece que a morte extingue a personalidade humana, logo
um morto não poderia gerar documento legal. Segundo, a psicografia depende da aceitação de
premissas religiosas, e o judiciário não é religioso visto que nosso estado é laico e, por fim, não
haveria forma de se usufruir do princípio do contraditório e da ampla defesa .

Trecho retirado: WWW.espiritualismo.info

35
Prática

Após uma pequena introdução iniciaremos com os trabalhos práticos, á pratica é algo de cada,
pra iniciar os trabalhos precisaremos de ter respeito á arte sagrada. Não é obrigatório e nem
precisamos jogar nossas crenças, ideologias no ralo. Pegaremos o caminho que acharmos correto,
evitando sempre conclusões precipitadas como confundir magia com “macumba”.

No sentido original da palavra, “macumba” é apenas um instrumento de percussão de origem


africana, semelhante a um reco-reco. Um “macumbeiro” era o indivíduo que tocava este
instrumento. Entretanto, o termo hoje é geralmente relacionado a rituais religiosos sincréticos de
matriz africana, e começou a ser usado dessa forma a partir da primeira metade do século XX,
quando igrejas neopentecostais e alguns outros grupos cristãos consideravam profana a prática
de religiões como a Umbanda e o Candomblé (onde o instrumento musical era muito usado). Com
o tempo, quaisquer manifestações dessas religiões passaram a ser tratadas como “macumba”.(
trecho retirado do site UTRA CURIOSO).

Magia é universal não tem nada haver com religião, muitas casas de pais e mães de santos
também confundem essa parte. Hoje pelo fato de terem acessos as informações pelo meio da
internet muitas pessoas constroem centros umbandistas com intuito de lucrar a custa de leigos.
Vou fornecer algumas dicas para detectar falsos pais e mães de santos:

Um pai ou mãe de santo tem o dever de saber a cultura africana, conhecer as origens do rituais e
celebrações, pois se praticam deve no mínimo conhecer a origem.

Se fazem leituras com oráculos, não podem fazer leituras generalizadas tipo:_ você precisa de
ajuda, pois vejo que tem algo que te amarra e te aflige. Evidentemente quando chegamos ao
ponto de procurar um centro estamos aflitos em busca de solução.Quando for fazer esse tipo de
consultas só pergunte pela solução, deixe quem faz a leitura descobrir sem dá pistas. Mais da
metade das consultas á própria pessoa entrega a consulta, pelo motivo do uso generalizado dos
termos o encarregado da leitura engana a pessoa parecendo que está vendo a situação, mas na
verdade ele jogou verde então a pessoa liga os pontos e acaba revelando a hipótese, restando ao
responsável do oráculo concordar e assim seguindo a lógica fazendo uma previsão e indicando
uma receitinha, vendendo seu produto.

Precauções

Magia é algo sério então não brinque, pois as coisas podem ficar feias!

36
Nunca deixe um trabalho pela metade, se não vai conseguir ou mesmo ter coragem pra isso não
comece. Quando iniciamos algo abrimos as portas pro sobrenatural, ao parar no meio deixamos
essa porta encostada, eventualmente pode se abrir. Dando inicio a vários fenômenos estranhos e
inexplicáveis.

Iniciação

Iniciar na magia é a forma de dizer pra si mesmo que aceita, compreende sua base. Os leigos
assimilam iniciar como ato de renegar Deus ou algo do tipo, criando conspirações ligando magia a
SATÂ, denominando essas pessoas de satânicas, absolutamente errados, pois magia não é religião
e nem sociedade.

Desde o surgimento do sacerdócio as pessoas buscavam formas pra representar suas crenças,
costurando suas vestimentas de forma artesanal com pele e pena animal. Acreditar não era o
bastante tinham que demonstra sua dedicação aos deuses foi aparti desse momento que
iniciaram os rituais, que são gestos simbólicos que representam as virtudes e o credo em um ser
grandioso, eram preparados banquetes e festivais em celebração. Os que compartilhavam as
ordens divinas se tornaram sacerdotes , ao logo dos anos os sacerdotes foram encarregados de
37
fazer o intermédio entre as pessoas ao divino, com isso as oferendas se tornaram trocas em
que se pedia algo ao divino em respeito oferecia algum sacrifício.

Duvidas mais recorrente: Por acaso tenho que fazer algum pacto? Não, fazer pactos ou não vai
depender das suas escolhas, dependendo da religião que você escolheu, do tipo de magia que
pretende realizar e por qual razão quer fazer. Os pactos de sangue precisamente não fazem parte
da iniciação, podendo sim ocorrer em algumas religiões, mas isso não é algo ligado diretamente
com a magia, simplesmente cultural.

Pactos de sangue na história

Tanto na história como em lendas da mitologia, há exemplos de ocorrência deste ritual


misterioso. Os citas, por exemplo, um povo indo-europeu que viveu nas margens norte do Mar
Cáspio, por volta do século 7 a.C., faziam o procedimento. Em seu ritual, dois membros faziam
cortes na mão esquerda e deixavam escorrer o sangue dentro de um copo feito do chifre de um
animal. Depois, o líquido era misturado ao vinho para que ambos os homens molhassem a ponta
de suas espadas antes de bebê-lo. O vínculo era considerado tão forte que era permitido ter
apenas até três irmãos de sangue, que deveriam manter um longo período de amizade.

Os húngaros tinham um ritual semelhante, mas ao invés do vinho, utilizavam o leite para que o
sangue ficasse visível. Os Bálcãs também o faziam, mas apenas entre soldados, para simbolizar
um vínculo mais familiar entre eles.

38
Em culturas asiáticas, por outro lado, o pacto de sangue era feito entre tribos e Genghis Khan, um
imperador mongol. Nas montanhas do Cáucaso, os rituais tinham códigos muito mais estritos,
tanto que, se um irmão de sangue morria, o outro deveria vingar sua morte.

Na Uganda, para o ritual, o corte deveria ser feito com um grão de café. Na Síria, até o século 18,

ele era realizado a partir da assinatura de um contrato com testemunhas


testemunhas e selado com o sangue

misturado dos dois participantes.. Merelyn Cerqueira do jornalciência

Tenho que largar minha religião, mas me sinto bem nela? Ao iniciar você ganha uma visão mais
abrangente
ente do ocultismo, podendo optar por outra religião, que combina com sua ideologia ou
permanecer na mesma. Aderir ao ocultismo é agregar valores não remover.

Quais elementos serão mais importantes


importante nesse momento único? Como toda ini iniciação a pureza é
o ponto fundamental, jáá que iniciar na magia é renascer pra outro mundo. DeveDevemos marca um
dia pra da inicio á cerimônia, nesse período a abstinência de sexo e álcool e drogas são de maior
importância, no caso das drogas a referência são as ilícitas. Recomendo
endo que dentre esse tempo
evite carnes vermelhas também.

Os instrumentos variam de acordo com a vertente que escolher, os mais comuns são os 5
elementos, pentagrama, circulo mágico, algo pra ser o altar cerimonial, liquido de coloração
avermelhado, um cálice ou taça e as simbologias.
simbologias Explicarei cada em seguida:

5 elementos: Ar, Fogo, Água e Terra são os quatro elementos


elementos básicos que se encontram
comumente
mente em vários sistemas de magia, e que se encontra muito no misticismo Ocidental, por
exemplo na Astrologia.a. Em Alguns sistemas o numero de elementos varia entre os quatro, cinco,
sete, nove, dez, onze, etc.

Na Magia ocidental para além destes quatro elementos básicos também temos o Quinto
Elemento Nobre: o Éter ou Espírito.
Espírito

O pentagrama representa

39
• A Humanidade ou o corpo humano, representando dois braços não desenhados, os dois pés e a
cabeça;
• Os cinco sentidos físicos: visão, audição, tacto, cheiro e gosto;
• Os cinco elementos: espírito, fogo, ar, água e terra.
• Os Cinco ciclos da vida

Os ciclos da vida:

Nascimento: o início de tudo

Infância: momento onde o indivíduo cria suas próprias bases

Maturidade: fase da comunhão com as outras pessoas.

Velhice: fase de reflexão, momento de maior sabedoria.

Morte: tempo do término para um novo início.

O Pentagrama é o símbolo da Bruxaria. Os Bruxos usam um Pentagrama para representar a sua fé


e para se reconhecerem. O Pentagrama é tão importante para um Wiccaniano, assim como uma
cruz é importante para um cristão, ou como um Selo de Salomão é importante para um judeu. O
Pentagrama representa o homem dentro do círculo, o mais alto símbolo da comunhão total com
os Deuses. É o mais alto símbolo da Arte, pois mostra o homem reverenciando a Deusa, já que é a
estilização de uma estrela (homem) assentada no círculo da Lua Cheia (Deusa). Cada uma das
pontas possui um significado particular:

PONTA 1 - ESPÍRITO: representa os criadores, a Deusa e o Deus, pois eles guiam a nossa vida e
nos ajudam na realização dos ritos e trabalhos mágicos. O Deus e a Deusa são detentores dos 4
elementos e estes elementos são as outras 4 pontas.

PONTA 2 - TERRA: representa as forças telúricas e os poderes dos elementais da terra, os


Gnomos. É a ponta que simboliza os mistérios, o lado invisível da vida, a força da fertilização e do
crescimento.

PONTA 3 - AR: representa as forças aéreas e os poderes dos Silfos. Corresponde à inteligência , ao
40
poder do saber, a força da comunicação e da criatividade.

PONTA 4 - FOGO: representa a energia, a vontade e o poder das Salamandras. Corresponde às


mudanças, às transformações. É a força da ativação e da agilidade.

PONTA 5 - ÁGUA: representa as forças aquáticas e aos poderes das Ondinas. Está ligada às
emoções, ao entardecer, ao inconsciente. Corresponde às forças da mobilidade e adaptabilidade.
Portanto, o Bruxo que detém conhecimento sobre os elementos usa o Pentagrama como símbolo
de domínio e poder sobre os mesmos.

Representa também as 5 cores

vermelho para o Fogo, amarelo para o Ar, azul para a Águar, preto para a Terra e branco para
espírito.

Cada elemento junto com o espírito forma a exitência, vamos entender: A união do elemento
água com o espírito forma a vida marinha, aquática. O elemento fogo, calor junto com outros
elementos formam á química, alquimia. Elemento ar com espírito e fogo formam gás e vida
aérea. Terra e espírito criam a vida terrestre, plantas, animais e junto com outros elementos dão
origem aos minerais e substâncias.

E os cinco elementos da filosofia Chinesa

(Terra, Metal, Água, Madeira e Fogo).

Orientação do Pentagrama

O Pentagrama com dois pontos para cima representa Satan como a cabra do Sabbath; quando um
ponto está para cima é o sinal do Saviour.

A união dos opostos

O pentagrama representa, por vezes, a união dos opostos, expressada geralmente como o macho
e a fêmea, a fim gerar um inteiro maior. Por exemplo, os Wiccas vêem, por vezes, o pentagrama
como a representação do Triple Goddess (como três dos pontos) e do Horned God (com os dois
41
pontos restantes a representar os seus dois chifres ou as suas naturezas claras e escuras).
Cornelius Agrippa fala do número cinco que representa geralmente a união do macho e da fêmea
como a soma de dois e de três, como os dois que representam a mãe e os três que representam o
pai.

Círculo mágico

Ele é usado nas práticas ritualisticas, tem a finalidade de manter toda a energia que você usa no
interior do círculo, também fornece um limite aos planos espirituais, um lugar " entre os
mundos", onde a magia ganha forma e vida.

O círculo protege de quaisquer entidades nocivas ou seres de energia negativa. Dentro de seu
círculo é santo, seu solo sagrado, onde entidades ou deuses/ deusas que você convidar podem
entrar.

O círculo serve também pra manter e concentrar as energias que você invoca enquanto faz os
rituais. Os círculos traçados podem ser feitos sem ou com pentagrama, os sem pentagrama são
mais cerimoniais, já os feitos com pentagrama são mais forte pra magia, comumente usado em
feitiços. Os com pentagrama são os verdadeiros círculos das bruxas, por assim dizer. É nele que as
bruxas fazem invocações e evocações, realizam rituais mágicos e feitiços. São traçados nos
Esbbats e dias especiais . Através do círculo com o pentagrama, é possível invocar espíritos,
elementais e energias que se quer de alguém ( como o amor de alguém, por exemplo). Já os
círculos de evocação são utilizados para afastar e banir o que não se quer, como doenças, ataques
mágicos, dor sentimental, etc. Ambos são poderosíssimo e devem ser traçados corretamente.

Pra traçar o bruxo ou bruxa deve respeitar, pois o círculo não é apenas um rabisco é um templo
de magia

Iniciando o circulo

Faça um circulo que caiba você e seu altar, podendo ser feito de pedras, folhas e simplesmente
com giz ou dedo sobre a terra( faça em sentido horário pra abrir).

Após terminar o circulo caminhe três vezes em volta Ande ao redor do círculo três vezes dizendo
"Círculo três vezes traçado, manterá os espíritos do mal afastados."

Eu te conjuro, Ó Círculo de Poder, para que sejas um lugar de encontro do amor, da alegria e da
verdade, um escudo contra todos os males, uma fronteira entre os homens e o reino dos Seres
Divinos. um baluarte de proteção que deverá preservar e conter todo o poder que erigimos para
ti.

Em seguida comece com a evocação ou invocação da entidade e divindade com as quais quer
trabalhar.
42
Lembre-se” sem mal a ninguém causar, faça o que desejar”. Se você precisa sair do círculo antes
de acabar, corte uma porta (literalmente, visualize uma porta sendo cortada de uma borda do
círculo, para cima, para o lado e para baixo). Feche o círculo novamente quando estiver de volta.

Preste homenagem a qualquer divindade que você convidou, agradeça aos elementos antes de
remover seus objetos representativos e finalmente desfaça o lançamento na ordem inversa (
desfaça o circulo no sentido anti-horário).

Altar

Será um local destinado ao culto da divindade ou divindades, um espaço destinado pra entrar em

sintonia com o astral, não precisando ser algo extravagante, mas sim um local de intenções e fé. Uma

pequena mesa e alguns instrumentos como uma imagem, athame, um cálice ou uma taça pra

representar os fluidos da vida e das virtudes requeridas. Todos os instrumentos devem ser

consagrados pra poder usá-los nas práticas e rituais.

Rituais
Como disse anteriormente os rituais são formas de agradecer e evocar virtudes das “entidades”.

Existem várias formas ritualísticas como orar, cantar, dançar e contracenar mitos e lendas. Dando a

iniciação na magia como exemplo, podemos citar alguns padrões nos rituais: pureza do corpo na

prática deles, sendo relembrado que essa pureza dá se de abstinência sexual, drogas, mas varia de

ritual pra ritual. O dia do ritual a ser feito seguindo uma fase lunar ou até mesmo um fenômeno

astrológico.

Fazer uma limpeza dos instrumentos antes do rito, deixando-os dentro do circulo de proteção que

deve ser feito antes da cerimônia. Sempre iniciar cultuamente as falas, com tons sutis e voz passiva.

O resto e proceder de acordo com o ritual a ser feito. A segunda modalidade ritualística é conhecida

como Ritual Psíquico, na qual se desenvolve principalmente através da psique e do intelecto do

praticante. É uma forma de Magia Natural; é uma projeção mental (visualização) enviada ao Universo

43
com o objetivo de efetuar mudanças no campo físico. Esse tipo de ritual é, geralmente, praticado

individualmente por aqueles que iniciam os estudos ocultistas sem fazerem parte de um grupo (seita,

coven, etc.).

De qualquer forma, os rituais são poderosas e importantes ferramentas que devem ser utilizadas com

responsabilidade e consciência. Os Rituais acionam e interferem em energias naturais; criam, alteram

ou desencadeiam forças no campo físico, espiritual e astral. Portanto, é aconselhável que o praticante

tenha um conhecimento prévio do que irá executar. Apesar das técnicas parecerem muito simples,

são eficientes. Mas para que a magia funcione, alguns fatores devem ser observados:

 As simbologias utilizadas: Se por algum motivo desenhar um simbologia incorreta, não funcionará
ou até mesmo surtirá em outra coisa.

 Mentalização: A concentração no que será feito é algo indispensável , deve ser um momento de
respeito as regras, alterar o foco tira a egrégora do rito.

Egrégora é uma forma pensamento que é criada por pensamentos e sentimentos, que adquire vida e
que é alimentada pelas mentalizações e energias psíquicas. É uma entidade autônoma que se forma pela
persistência e intensidade de correntes emocionais e mentais. Pensamentos e sentimentos fracos criam
egrégoras mal definidos e de pouca vida ou duração, porém pensamentos e sentimentos fortes criam
egrégoras poderosíssimos e de longa duração.

Existem egrégoras positivos que protegem, atraem boas energias e afastam cargas negativas,
e egrégoras negativos que fortalecem o mal, canalizam forças negativas e repelem forças
positivas. O egrégora pode ser coletivo ou pessoal.

Riscos:

Uma cerimônia feita sem preparação pode resultar em distúrbio energético, que o desequilíbrio
dos chakras( desalinhamento) causando mal-estar e desconforto. Se não consegue ser educado e
comportado nem pense em fazer, entidades são boas quando você a trata cordialmente.

44
Invocação e evocação

Invocação basicamente significa chamar para o interior. Invocar é chamar uma divindade para
participar de um ritual no corpo de uma pessoa responsável dentro do espaço sagrado.

Muitas vezes, quando isso acontece, a voz do operador pode mudar, tornando-se mais profunda,
grossa, ou diferente de alguma forma. Durante Sessões Espíritas, muitas vezes, o médium é capaz
de produzir uma substância chamada "ectoplasma" para fornecer um material luminescente, para
que o espírito evocado se manifeste visivelmente. Esta é uma forma de invocação, dado que
existe uma ligação direta com o espírito e o médium. Utilizada chamar um espírito específico, é
comum pensar em invocação igual à possessão, mas não é a possessão é a permanência não
autorizada de um espírito ou divindade em algum corpo ou material, o que se caracteriza por uma
forma imperialista de estar entre nós, pois a possessão tira o “dono” do corpo de qualquer
autonomia e liberdade sobre suas ações, dando total direito ao ser que o possuí.

Uma invocação indevida pode se torna possessão, mas a possessão só ocorreram quando o
indivíduo está fraco de espírito, nesse momento dizem o tão clamado sim que faz toda a
diferença. Ao batizamos fechamos os nossos corpo de interferência espirituais, longo do tempo
por ganhamos autonomia da nossa consciência quebramos esse selo então eventualmente
teremos uma experiência sobrenatural, alguns mais que os outros.

Evocação significa convidar uma divindade á comparecer no ritual em matéria física ou astral, fora
do corpo da pessoa. Quando evocamos podemos ter contato desde com seres superiores ou
inferiores.

Alguns definem a diferença entre invocação e evoca como ao evocar convidamos, podendo
aparecer ou não entidades e a outra que é invocação obrigamos a entidade a se manifestar,
nunca recomendado quando abrimos o corpo uma vez estará sempre aberto, facilitando
incorporações inconscientes.

Consagração

Consagrar é a ação de dá um sentido, virtudes a certos objetos, dedicados aos Deuses ou a uma
prática. Nessa primeira consagração é destinada a um objeto de proteção individual, as proteções
individuais ou pentáculos serve pra lidar diretamente com a energia usada na prática.

Tem a função de limitar que a energia interaja diretamente com a pessoa, no caso da magia negra
quando ela é realizadas ocorre uma grande carga de energia pesada, ao ficar muito tempo
exposto a esse tipo de energia o praticante pode sofrer danos na saúde. A proteção individual

45
tem a função de filtrar esses tipos de energias, mas ao longo do tempo ela pode sobrecarregar
quando isso acontecer devemos fazer a limpeza. Como dito essa proteção não pode ser passada
por diante, caso isso aconteça não fará bem quem a usar além do dono.

Materiais

# uma folha branca com desenho de um pentagrama.

# um recipiente com água (elemento água)

# um objeto pra ser a proteção ( anel, cordão. ..)

# algo q simbolize o fogo ( incenso, vela) pois você tem q passar o objeto pelo elemento, não precisa
queimar só uma passada de leve.

# Não se masturbar no dia ou praticar qualquer ato sexual.

# um lugar pra enterrar ( podendo ser vaso de planta, no jardim, onde tem terra)

Iniciando a consagração

Agora faça o sigilo, pega o objeto ouça o mantra pra ajudar a relaxar, coloque o objeto no
pentagrama. Pegue um copo com água, com a mão apontada pra água

Fiat firmamentum in medio aquarum et separet aquas ab aquis, quae superius sicut quae inferius, et
quae inferiur sicut quae superius, ad perpetranda miracula rei unius. Sol ejus pater est, luna mater et
ventus hunc gestavit in utero suo, ascendit a terrae ad coelum et rursus a coeluo in terram descendit.
Exorcizote, creatura aquae, ut sis mihi Speculum Dei vivi in operibus et fons vitae, et ablutio
peccatorum. Amén…

Quando respirar imagine que a energia está se encontrando no sigilo, olhe a ponta do dedo e faça um
pentagrama na testa dizendo:_ Eu faço um contrato com você guardião que entre no meu corpo mas
que deixe minha carne intacta e os que mais amo. Tu sairá conforme meu desejo!

Depois passe água no objeto e depois a beba, diga que a água me dê as virtudes da vida e da
prosperidade.

46
Agora aponta pro fogo que o fogo da purificação me da a luz e suas chamas queime todo mal q tocar,
passe o objeto na vela rápido, sem queimar. Sopre a vela que o vento da liberdade seja meu aliado e
o meu véu.

Canalize no objeto seus desejos e diga: Eu vos conjuro , grande Adonai, Eloim, Ariel, e Jeova que me
sejam propícios nesta hora, concedendo as virtudes. Que os anjos ouçam em favor das minhas
virtudes, em nome de tetragramatom que os espíritos coloque-me o escudo e empunha minha espada.
Eu te consagro como: Meu escudo,Minha força, Meu laço com o guardião.

Atah gueburá le olaom adonai (pronúncia)

Que assim seja! que aqui esteja!

Agora coloque o objeto embrulhado na terra, canalize e respire, peça um sinal pra mostra que o
contrato foi aceito. Aquela água se tornou purificada, agora recolha os materiais.

CONSAGRANDO

INSTRUMENTOS ( método 2)

Consagrando seus instrumentos

É importante consagrar para purificarmos os instrumentos e para que possamos energizá-lo com

a nossa própria energia. Há um quinto elemento além dos quatro que conhecemos - água, fogo, terra

e ar - que seria a akasha, ou espírito. Isto é, o espírito é também um elemento que está presente em

todas as coisas. O registro akástico funcionaria mais ou menos como se tudo, todos os

acontecimentos, fatos, palavras, ações, enfim tudo, pudesse ficar gravado no ambiente, nas pessoas

e nas coisas, como se fossem fitas magnéticas.

47
Como se todos fôssemos fitas k-7, onde tudo que fizemos, falamos, sentimos, pensamos, ficasse

gravado para todo o sempre. (E se a viagem no tempo fosse possível, nós poderíamos ver, ouvir,

sentir, enfim, viver tudo de novo.) Inclusive as coisas ruins. Daí a necessidade de neutralizar esses

instrumentos que utilizamos na magia para que eles funcionem de acordo com a nossa vontade,

onde a nossa própria energia e poder possam fluir livremente.

Para o ritual de consagração, você vai precisar de: Água, sal, terra,incenso e vela de preferência
branca. Trace o circulo e acenda a vela.

Olhe pro prato com terra e diga:

Eu planto este (diga o nome do instrumento) na terra, que é o ventre da Grande Mãe. Eu te purifico,
consagro e abençoou pela força do elemento Terra

para que obtenha a virtude da resistência e firmeza. Que este (diga novamente o nome do

instrumento) tenha o poder de fertilizar e direcionar as energias que serão invocadas. Passe

o instrumento na fumaça do incenso e diga:

Eu te purifico, consagro e abençoou

pela força do elemento Ar, para que obtenha força, poder da mente e domínio da magia.

Sopre o instrumento, dizendo:

Que através deste sopro, eu sopre a vida neste (diga o nome do instrumento). Que minha

própria energia esteja presente em ti e que, a partir de hoje, você seja parte de mim,

responda só a mim, me ajude e me proteja.

Passe o instrumento pelo fogo e diga:

Pelo fogo purificador, seu passado e presente são apagados. Eu te purifico, consagro e abençoou pela
força do elemento Fogo para que obtenha a energia e o vigor da luz.
48
Respingue a água com o sal sobre o instrumento e diga:

Pela água da transmutação, seu passado e presente são apagados. Eu te purifico, consagro e abençôo
pela força do elemento

Água, para que obtenhas o poder do Amor, compreensão e entendimento.

Coloque agora suas mãos sobre o instrumento, como se o estivesse abençoando, e imagine uma

forte luz branca que entra pelo centro da sua cabeça e sai, como um feixe luminoso, pelas suas

mãos, envolvendo todo o instrumento. Diga:

Que este instrumento tenha a virtude necessária para meus

trabalhos mágicos. Que ele seja consagrado através do Seu poder. Que ele sirva ao

propósito (diga o propósito).

Que assim seja e que assim se faça!

Os objetos consagrados só devem ser tocados pelo dono para que outra energia não mude ou anule as
virtudes.

Feitiços populares

Feitiço de amor : a magia da conquista para ambos os sexos

Para este feitiço do amor você vai precisar dos seguintes ingredientes:
49
Mel

Uma maçã

Uma rosa vermelha

Um pratinho de papelão

Uma vela cor de rosa

Dois pedaços de fita cor de rosa com mais ou menos 30 cm cada

Um lenço branco

Fósforo

Você pode realizar este feitiço do amor em um dia qualquer à sua escolha,
preferencialmente às seis horas da manhã ou às seis horas da tarde. Além dos
ingredientes já citados, você deverá escrever à mão em uma folha de papel branca a letra
da sua música de amor favorita.

Pegue a rosa vermelha e tire dela duas pétalas, e escreva a lápis o seu nome em uma e o
nome da pessoa que você quer conquistar na outra.

Corte a maçã ao meio e retire as sementes com uma colher, formando uma pequena
cavidade no interior da fruta. Preencha este espaço com o mel e as duas pétalas de rosa, e
em seguida refaça a maçã juntando suas duas metades e as amarrando firme com um dos
pedaços de fita cor de rosa.

Coloque a letra da música dobrada no pratinho de papelão, e sobre ela a maçã. Acenda a
vela cor de rosa e coloque-a junto ao pratinho, e então dance e cante a letra da música
pensando na pessoa que você quer conquistar e imaginando um encontro entre vocês
dois.

Quando terminar, apague a vela falando o nome da pessoa e junte tudo dentro do lenço
branco, amarrando com o outro pedaço de fita rosa e formando uma espécie de
trouxinha, e a coloque em um belo jardim ou em uma bela praia. Leve a rosa vermelha da
qual você tirou duas pétalas para casa e guarde-a próxima da sua cama.

50
Com estes dois poderosos feitiços do amor você finalmente terá a pessoa amada ao seu
lado, mas será que você está preparado(a) para ser feliz em um relacionamento
duradouro e um compromisso sério?

Amansar e trazer de volta

Pelos poderes de SÃO CIPRIANO e das três malhas que vigiam SÃO CIPRIANO, (Fulano = nome da
pessoa amada) virá agora e imediatamente atrás de mim. (Fulano = nome da pessoa amada) vais
vir de rastos, apaixonado, cheio de amor, de tesão por mim, vais voltar para mim e pedires-me
perdão (ex: por tudo o que me fizeste passar, por me teres mentido...) e para (fazer o seu pedido
– ex.: me pedir em noivado, em casamento) o mais rápido possível.
SÃO CIPRIANO, fazei com que (Fulano = nome da pessoa amada) esqueça e deixe de vez qualquer
outra mulher ( se for um homem a rezar substitui por homens, esta regra Serve para gays,
lésbicas e afins) que só eu ( fulano de tal= seu nome) possa estar em seu pensamento, só a mim
amando. SÃO CIPRIANO afastai de (fulano= nome da pessoa amada) qualquer mulher, que ele me
procure a todo momento, hoje e agora,desejando estar ao meu lado, que ele tenha a certeza de
que sou a única mulher da vida dele.

São Cipriano, fazei com que (fulano= nome da pessoa amada) não possa viver sem mim, que não
possa sossegar nem descansar, em parte alguma consiga estar, sem que tenha sempre a minha
imagem em seu pensamento e em seu coração, em todos os momentos.

Que ao deitar, comigo tenha de sonhar, que ao acordar, imediatamente em mim tenha de pensar,
só a mim possa desejar e apenas comigo queira estar.
São Cipriano, que (Fulano.nome da pessoa amada) pense em mim em todos os momentos de sua
vida.Que (fulano.nome da pessoa amada) queira me abraçar,me beijar,cuidar de mim,me
proteger,me amar todos os minutos,todos os segundos,de todos os dias de sua vida.Que me ame
a cada dia mais e que sinta prazer somente comigo.
SÃO CIPRIANO faça (Fulano.nome da pessoa amada)sentir por mim amor, carinho e desejo,como
nunca sentiu por nenhuma outra mulher e nunca sentirá.
Que tenha prazer apenas comigo,que tenha tesão somente por mim e que seu corpo só a mim
pertença,que só tenha paz e descanso se estiver comigo.
Agradeço-te SÃO CIPRIANO por trabalhares a meu favor e divulgarei teu nome em troca de
amansar (Fulano.nome da pessoa amada) e trazê-lo apaixonado,dedicado,fiel e cheio de amor e
desejo aos meus braços. Peço-te meu glorioso São Cipriano para que (Fulano.nome da pessoa
amada)volte para mim,para o nosso namoro/ nosso amor/ nosso casamento,o mais breve
possível.
Peço isso do fundo do meu coração,aos poderes das três malhas pretas que vigiam SÃO
CIPRIANO.
51
Leia esta oração por três dias seguidos.

Oração a São Cipriano para abrir os caminhos urgentemente

São Cipriano saiu eu saí.


São Cipriano andou eu andei,
São Cipriano achou eu achei.

Assim como à Nossa Senhora não


faltou leite para o seu bento filho,
pois a mim não faltará o que eu
quero arranjar.

Pelo sangue que São Cipriano derramou no


calvário e pelas lágrimas que vós
derramastes ao pé da cruz,
não há de faltar o que sair a procurar.

Logo ao término desta oração, rezam-se um Pai-Nosso, uma Avé-Maria.

Feitiço na Lua Minguante: Limpeza

Itens necessários:

1 recipiente com spray

1 bacia ou pote

1 ônix

1 cristal transparente

Água

Cravo da índia

Essência de lavanda

Pétalas de rosa branca

Folhas de hortelã

52
Preparando o feitiço:

Pegue o pote ou bacia e coloque água suficiente para encher o recipiente com spray. Vá colocando o
restante dos itens, a pedra ônix, o cristal transparente, 3 cravos, 3 gotas de essência de lavanda, algumas
pétalas de rosa branca e algumas folhas de hortelã. Essa mistura deve ficar ao sol durante o dia todo,
sendo recolhida e peneirada ao entardecer. Após peneirar a poção, coloque no recipiente com spray e
feche, ela deve ser usava quando você sentir que um ambiente ou alguém esteja “carregado demais”. Para
usar em um ambiente basta espirrar no ar em 4 direções opostas. Para usar em uma pessoa, deve-se
espirrar sobre a cabeça e os ombros dela.

Feitiço na Lua Minguante: Banimento

Itens necessários:

1 garrafa com rolha

2 grãos de café

2 folhas de arruda

Um pedacinho de folha de espada de São Jorge

Folhas de alfazema

Pétalas de rosa branca

Cascas de alho

Alfinetes

Pedaço de carvão

Sal grosso

Água do mar (opcional)

Vela preta

Coloque todos os itens dentro da garrafa sem substituir nenhum. Leve a garrafa destampada à
Lua Minguante e a consagre à Deusa, invocando as forças de cada item que colocou lá dentro.

53
Peça para a Deusa banir toda a energia negativa que tenta invadir sua casa. Coloque a rolha e sele
a garrafa com a cera da vela preta. Deixe a garrafa escondida onde ninguém vá mexer, esse feitiço
deve ser usado somente quando a situação estiver insuportável.

Feitiço na Lua Minguante: Purificação


O símbolo do problema

Fogo

Esse é um ritual simples, mas poderoso. Ele pode ser feito caso queira se livrar de um hábito,
pensamento ou ideia, de culpa ou bloqueios com acontecimentos passados. Pegue o símbolo do
problema e, durante o luar, atire-o a um fogo constante e forte, o fogo consumirá o símbolo
juntamente com a influência que ele tinha sobre você.

Para encontrar o símbolo basta pensar um pouco, se o problema for comer demais, atire um
pouco da sua comida favorita ao fogo; se quiser parar de fumar, atire cigarros; e assim por diante.
Se o problema não resultar de um objeto concreto pode desenhar a sua representação do
símbolo em um papel para atirar ao fogo.

Feitiços de Proteção total e Banimento....

Para afastar o mal, feitiço muito forte!

Para afastar um mal que nos incomoda escreva as palavras-chaves desse problema em uma vela
branca, de preferência com mais de 20cm. Acenda a vela e peça aos seres do fogo que queimem
esse mal que você quer destruir. Quando a vela acabar, seus problemas terminarão. Assim conta
uma antiga tradição da bruxaria galesa.

Feitiço Neutralizador.

Esse é um feitiço que se destina a quebrar feitiços mandados por outra pessoa. Deve ser sempre
realizado pela pessoa atingida. Você vai precisar de um vidro com tampa de metal, um pouco de
água de fonte, doze agulhas de aço virgens e um pequeno fogareiro. Encha o vidro com a água,
coloque dentro todas as agulhas e tampe-o muito bem. Deposite p vidro sobre as brasas do
fogareiro e deixe-o esquecer até que o vidro exploda. Quando colocar o vidro no fogareiro, repita
54
o seguinte encantamento: Que minha vida a água purifique, Que todo pesar vá embora, Que forte
como aço eu fique, E que o bem retorne agora! E que assim seja, E assim se faça! Nunca realize
esse feitiço dentro de casa, nem próximo a ninguém, pois, com a explosão, as agulhas e os cacos
de vidro voarão. portanto, nem você deverá estar perto. Depois de explodido o vidro, recolha
tudo, embrulhe num pequeno pano branco e enterre na mata.

Afastar Pessoas Indesejáveis.

É preciso esclarecer que esse feitiço de forma alguma irá causar qualquer tipo de dano a pessoa que se
quer longe de nossa vida; apenas a afastará de nosso caminho. Compre um bife e retire toda e qualquer
gordura. Escreva numa folha pequena de papel o nome da pessoa que quer afastada de sua vida. Coloque
o pequeno papel sobre o bife e enrole a carne, ocultando o papel. Amarre com linha preta. À noite, saia de
casa levando o bife e procure o primeiro cachorro de rua que seja completamente preto. Dê a carne para
ele e pense que o cão está agora levando embora essa pessoa. Volte para casa sem olhar para trás.

O uso da Pimenta na magia.

A força da pimenta Mais do que um tempero, elas ajudam a harmonizar ambientes e atraem
prosperidade e sorte A natureza mantém um arsenal de instrumentos mágicos que muitas
pessoas desconhecem e que podem ser utilizados para dar uma força no destino, solucionar
alguns problemas e ajudar na concretização de nossos sonhos. Sálvia, manjericão branco,
eucalipto, sândalo, e inúmeras plantas e essências que estimulam partes do organismo e da
mente. Uma das plantas muito utilizadas na magia é a pimenta. Malagueta, dedo de moça, cumari e mais
de milhares de denominações, aromas, cores e sabores, a pimenta é considerada como símbolo de tudo
que dá um pouco de sabor e é excitante e quente. Ela desperta vigor e impulso criativo e faz uma barreira
contra coisas negativas. Conta os historiadores que a pimenta na Europa dos séculos XV e XIX valia ouro.
Era considerada uma da mais caras especiarias, utilizada não só para temperar pratos, mas até utilizadas
em drinques quentes e tropicais. Es e tornava cada vez mais cara pois foi se tornando famoso e só brotava
em terras tropicais, o que veio ao encontro dentre outros motivos de expedições em busca de riquezas em
terras desconhecidas. Mas e na magia?A pimenta vermelha, aquela maior, pode ser utilizada para afastar
situações e problemas que estão atravancando a vida da gente.

Uma boa dica é escrever o problema num papel, cavar um buraco em um jardim e colocar três
pimentas em cima do papel, enterrando. Os magos ainda ensinam a fazer arranjos para se colocar
dentro de nossas casas, evitando a entrada de energias negativas. Basta colocar as pimentas num
vasinho ou num arranjo, mesmo que secas, num canto estratégico próximo à porta de entrada de
sua casa. Contam ainda os bruxos que a pimenta é ótima para se carregar na carteira ou na bolsa
como forma de amuleto. Ela ajuda nas mudanças de trabalho, adaptação de novos ambientes,
início de negócios, questões financeiras e de herança, pois atrai prosperidade e sorte.

55
Bibliografias e referências utilizadas

O Livro das Sombras Autor: Scott Cunningham

Federação espírita brasileira-http://www.febnet.org.br/

FEB Editora-O envagelho segundo o espiritismo, o livro dos espíritos e o livro dos médiuns.

LIVROPOSTAL EDITORA: São Cipriano- O gigante e verdadeiro capa de aço.

SARAIVA EDITORA: São Cipriano Capa preta.

http://www.jornalciencia.com/como-os-pactos-de-sangue-eram-feitos-no-passado/ de Merelyn
Cerqueira .

Livro de Eliphas Levi- Ritual de alta magia.

http://luadochacal.blogspot.com.br

http://feiticos.santuariolunar.com.br

Criado e idealizado por: Lorde Grimm, imagens retirada do Google e do Lorde Grimm.

Esse pequeno livro é uma forma simples de explicar o mundo da magia para os adeptos e
simpatizantes da arte. Qualquer sugestão ou reclamação entre em contato:
lordegrimm07@gmail.co

56

Você também pode gostar