Você está na página 1de 2

A Timóteo,

Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que está
em Cristo Jesus, a Timóteo, meu amado filho: Graça, misericórdia, e paz da parte de Deus Pai, e da de
Cristo Jesus, Senhor nosso.
Dou graças a Deus, a quem desde os meus antepassados sirvo com uma consciência pura, de
que sem cessar faço memória de ti nas minhas orações noite e dia; desejando muito ver-te, lembrando-
me das tuas lágrimas, para me encher de gozo; trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a
qual habitou primeiro em tua avó Lóide, e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também habita em
ti.
Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. E o que de mim, entre
muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os
outros. Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que
maneja bem a palavra da verdade.
Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade. O Senhor conhece os
que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade. Sabe, porém, isto: que
nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos,
avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem
afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de
piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
Tu, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de viver, intenção, fé, longanimidade, amor,
paciência, perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio, e em Listra;
quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou; e também todos os que piamente querem
viver em Cristo Jesus padecerão perseguições.
Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados.
Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens
aprendido, e que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a
salvação, pela fé que há em Cristo Jesus.
Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para
corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído
para toda a boa obra.
Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os
mortos, na sua vinda e no seu reino, que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas,
repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a
sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias
concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.
Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu
ministério. Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida
está próximo. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça
me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também
a todos os que amarem a sua vinda.
O Senhor Jesus Cristo seja com o teu espírito. A graça seja convosco. Amém.
Paulo, Apóstolo de Jesus Cristo.
A Timóteo,
Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que está
em Cristo Jesus, a Timóteo, meu amado filho: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de
Cristo Jesus, nosso Senhor.
Dou graças a Deus, a quem sirvo com a consciência limpa, como o serviram os meus
antepassados, ao lembrar-me constantemente de você noite e dia em minhas orações. Lembro-me das
suas lágrimas e desejo muito vê-lo, para que a minha alegria seja completa. Recordo-me da sua fé não
fingida, que primeiro habitou em sua avó Lóide e em sua mãe Eunice, e estou convencido de que
também habita em você.
Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus. E as coisas que me
ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie a homens fiéis que sejam também capazes de
ensinar a outros. Continue a lembrar essas coisas a todos, advertindo-os solenemente diante de Deus,
para que não se envolvam em discussões acerca de palavras; isso não tem proveito, e serve apenas
para perverter os ouvintes. Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que
se envergonhar, que maneja corretamente a palavra da verdade. Evite as conversas inúteis e profanas,
pois os que se dão a isso prosseguem cada vez mais para a impiedade.
"O Senhor conhece quem lhe pertence" e "afaste-se da iniquidade todo aquele que confessa o
nome do Senhor". Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas,
avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor
pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem,
traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência
de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se também destes.
Mas você tem seguido de perto o meu ensino, a minha conduta, o meu propósito, a minha fé,
a minha paciência, o meu amor, a minha perseverança, as perseguições e os sofrimentos que enfrentei,
coisas que me aconteceram em Antioquia, Icônio e Listra. Quanta perseguição suportei! Mas, de todas
essas coisas o Senhor me livrou! De fato, todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus
serão perseguidos.
Contudo, os perversos e impostores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados.
Quanto a você, porém, permaneça nas coisas que aprendeu e das quais tem convicção, pois você sabe
de quem o aprendeu. Porque desde criança você conhece as sagradas letras, que são capazes de torná-
lo sábio para a salvação mediante a fé em Cristo Jesus.
Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção
e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda
boa obra.
Na presença de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos por sua
manifestação e por seu Reino, eu o exorto solenemente: Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e
fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina. Pois virá o tempo em que
não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, sentindo coceira nos ouvidos, segundo os seus próprios
desejos juntarão mestres para si mesmos. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para
os mitos.
Você, porém, seja sóbrio em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista,
cumpra plenamente o seu ministério. Eu já estou sendo derramado como uma oferta de bebida. Está
próximo o tempo da minha partida. Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora
me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a
mim, mas também a todos os que amam a sua vinda.
O Senhor seja com o seu espírito. A graça seja com vocês.
Paulo, Apóstolo de Jesus Cristo.