Você está na página 1de 8

NORMA ABNT NBR

BRASILEIRA 17505-2

EMENDA 1
13.07.2015

Válida a partir de
13.08.2015

Armazenamento de líquidos inamáveis e


combustíveis
Parte 2: Armazenamento em tanques, em vasos
e em recipientes portáteis com capacidade
superior a 3 000 L
Storage of ammable and combustible liquids
Part 2: Storage tanks, recipient and portable containers with a capacity
of 3 000 L

   )
   7
   1
   0
   2
   /
   7
   0
   /
   1
   3
  :
  o
  s
  s
  e
  r
  p
  m
   I
   0
  o
   d
   i
   d
  e
   P
   (
  -
  o
  v
   i ICS 75.200
  s
  u
   l
  c
  x
  e
  o
  s
  u
  a
  r Número de referência
  a
  p  ABNT NBR 17505-2:20
17505-2:2013/Em1:20
13/Em1:2015
15
  r
  a
   l 4 páginas
  p
  m
  e
  x
   E

© ABNT 2015
ABNT NBR 17505-2:2013/Em1:2015

   )
   7
   1
   0
   2
   /
   7
   0
   /
   1
   3
  :
  o
  s
  s © ABNT 2015
  e
  r
  p Todos os direitos reservados. A menos que especicado de outro modo, nenhuma parte desta publicação pode ser
  m
   I reproduzida ou utilizada por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia e microlme, sem permissão por
   0 escrito da ABNT.
  o
   d
   i
   d
  e  ABNT
   P
   (  Av.Treze de Maio, 13 - 28º andar 
  -
  o 20031-901 - Rio de Janeiro - RJ
  v
   i Tel.: + 55 21 3974-2300
  s
  u
   l Fax: + 55 21 3974-2346
  c
  x abnt@abnt.org.br 
  e
  o
  s
www.abnt.org.br 
  u
  a
  r
  a
  p
  r
  a
   l
  p
  m
  e
  x
   E
ii © ABNT 2015 - Todos os direitos reservados
ABNT NBR 17505-2:2013/Em1:2015

Prefácio

 A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o Foro Nacional de Normalização. As Normas


Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB), dos Organismos
de Normalização Setorial (ABNT/ONS) e das Comissões de Estudo Especiais (ABNT/CEE), são
elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas pelas partes interessadas no tema objeto
da normalização.

Os Documentos Técnicos ABNT são elaborados conforme as regras da Diretiva ABNT, Parte 2.

 A ABNT chama a atenção para que, apesar de ter sido solicitada manifestação sobre eventuais direitos
de patentes durante a Consulta Nacional, estes podem ocorrer e devem ser comunicados à ABNT a
qualquer momento (Lei nº 9.279, de 14 de maio de 1996).

Ressalta-se que Normas Brasileiras podem ser objeto de citação em Regulamentos Técnicos. Nestes
casos, os Órgãos responsáveis pelos Regulamentos Técnicos podem determinar outras datas para
exigência dos requisitos desta Norma, independentemente de sua data de entrada em vigor.

Esta Emenda 1 da ABNT NBR 17505-2 foi elaborada pelo Organismo de Normalização Setorial de
Petróleo (ABNT/CB-34), pela Comissão de Estudo de Distribuição e Armazenamento de Combustíveis
(CE-34:000.04). O Projeto circulou em Consulta Nacional conforme Edital nº 03, de 20.03.2015
a 18.05.2015, com o número de Projeto de Emenda ABNT NBR 17505-2.

Esta Emenda 1 de 13.07.2015, em conjunto com a ABNT NBR 17505-2:2013, equivale


à ABNT NBR 17505-2:2015.

   )
   7
   1
   0
   2
   /
   7
   0
   /
   1
   3
  :
  o
  s
  s
  e
  r
  p
  m
   I
   0
  o
   d
   i
   d
  e
   P
   (
  -
  o
  v
   i
  s
  u
   l
  c
  x
  e
  o
  s
  u
  a
  r
  a
  p
  r
  a
   l
  p
  m
  e
  x
   E
© ABNT 2015 - Todos os direitos reservados iii
   )
   7
   1
   0
   2
   /
   7
   0
   /
   1
   3
  :
  o
  s
  s
  e
  r
  p
  m
   I
   0
  o
   d
   i
   d
  e
   P
   (
  -
  o
  v
   i
  s
  u
   l
  c
  x
  e
  o
  s
  u
  a
  r
  a
  p
  r
  a
   l
  p
  m
  e
  x
   E
ABNT NBR 17505-2:2013/Em1:2015

Armazenamento de líquidos inamáveis e combustíveis


Parte 2: Armazenamento em tanques, em vasos e em recipientes portáteis
com capacidade superior a 3 000 L

EMENDA 1

Página 4, subseção 4.2.2.1.2 e 4.2.2.1.3

Substituir por:

Substituir a referência à “ABNT NBR 7821:1983, Anexo F” por “ABNT NBR 7821”.

Página 15, subseção 4.5.4.3.8 

Substituir por:

4.5.4.3.8 Reutilização de tanques de armazenamento subterrâneos

Tanques subterrâneos não podem ser reutilizados, salvo se utilizados como tanques aéreos
de superfície ou elevados e atenderem aos requisitos da ABNT NBR 17505 nas partes aplicáveis
e também à legislação vigente.

Página 21, subseção 5.5.3.4, equação

Substituir por:
3109 × V 
   )
   7
VA =
   1 L × M 1 2
   0
   2
   /
   7
   0
   /
   1 Página 26, subseção 5.9.2.7, alíneas a) e c)
   3
  :
  o
  s
  s Substituir por:
  e
  r
  p
  m
   I a) onde a altura média das paredes do dique no interior da bacia exceder 1,80 m em bacias com
   0
  o
   d
tanques armazenando líquidos de classe I, ou onde a distância entre qualquer tanque e a parede
   i
   d
  e
do dique for inferior à altura do dique (medida do piso da bacia ao topo do dique), devem ser
   P
   ( previstos meios para operar válvulas ou para acessar o topo do tanque sem que o operador
  -
  o circule pelo piso da bacia. Tais meios podem ser a utilização de válvulas de acionamento remoto,
  v
   i
  s
  u
passarelas elevadas ou outros arranjos que garantam a segurança;
   l
  c
  x
  e
  o
c) a distância mínima entre os costados dos tanques e a base interna do dique deve ser no mínimo
  s
  u de 1,5 m, independentemente do material de construção do dique.
  a
  r
  a
  p
  r
  a
   l
  p
  m
  e
  x
   E
© ABNT 2015 - Todos os direitos reservados 1
ABNT NBR 17505-2:2013/Em1:2015

Página 27, subseção 5.9.2.11.2 

Substituir por:

5.9.2.11.2  A altura dos diques intermediários deve ser entre 0,30 m e 0,45 m.

Página 27, subseção 5.9.2.11.3.5 

Substituir por:

5.9.2.11.3.5 Quando dois ou mais tanques armazenando líquidos de classe I, um deles possuindo
diâmetro superior a 45 m, estiverem localizados em uma mesma bacia de contenção, devem ser
previstos diques intermediários entre os tanques adjacentes, de forma a conter pelo menos 10 %
da capacidade individual de cada tanque, não incluindo o volume deslocado pelo tanque.

Página 31, subseção 6.1.2 

Substituir por:

6.1.2 Instalação

Todos os tanques subterrâneos devem ser instalados de acordo com a ABNT NBR 16161
e as instruções do fabricante.

Página 32, subseção 6.2.1

Substituir por:

6.2.1 Os tanques subterrâneos, bem como os tanques sob edicações, devem ser localizados
respeitando-se as fundações e colunas das edicações, para que as cargas sustentadas por estas
não sejam transferidas para o tanque.
   )
   7
   1 Os tanques subterrâneos podem ser instalados em área externa ou no interior de edicações.
   0
   2
   /
   7
   0
   /
   1 Página 32, subseção 6.2.2 
   3
  :
  o
  s
  s
  e
  r Substituir por:
  p
  m
   I
   0 6.2.2  A distância de qualquer parte do tanque subterrâneo armazenando líquidos de classe I, em
  o
   d
   i relação à parede mais próxima de qualquer construção abaixo do solo ou poço, não pode ser inferior
   d
  e
   P
a 0,6 m, e a distância a qualquer limite de propriedade onde haja ou possa haver construção não pode
   (
  - ser inferior a 1 m.
  o
  v
   i
  s
  u
   l
  c
  x Página 32, subseção 6.2.3
  e
  o
  s
  u
  a
Substituir por:
  r
  a
  p
  r
  a 6.2.3  A distância de qualquer parte de um tanque subterrâneo armazenando líquidos de classe II
   l
  p
  m
ou de classe III ,em relação à parede mais próxima de qualquer construção abaixo do solo ou poço,
  e
  x
   E
2 © ABNT 2015 - Todos os direitos reservados
ABNT NBR 17505-2:2013/Em1:2015

não pode ser inferior a 0,3 m, e a distância a qualquer limite de propriedade onde haja ou possa haver
construção não pode ser inferior a 1 m.

Página 51, Tabela A.10 

Substituir por:

Tanques verticais com teto xo ou


Diâmetro do Tanques com teto horizontais
tanque utuante ou selo utuante Líquidos classe I
Líquidos classe IIIA
ou II
1/6 da soma dos 1/6 da soma dos
1/6 da soma dos diâmetros
Todos os tanques diâmetros do tanque diâmetros do tanque
do tanque principal e do
com diâmetro principal e do seu principal e do seu
seu adjacente, mas não
≤ 45 m adjacente, mas não adjacente, mas não
inferior a 1,0 m
inferior a 1,0 m inferior a 1,0 m
Tanques com 1/6 da soma dos diâmetros 1/4 da soma dos 1/6 da soma dos
diâmetro > dos tanques adjacentes diâmetros dos diâmetros dos
45 m, se for tanques adjacentes tanques adjacentes
prevista bacia
de contenção
à distância, de
acordo com 5.9.1
Tanques com 1/4 da soma dos diâmetros 1/3 da soma dos 1/4 da soma dos
diâmetro > 45 m, dos tanques adjacentes diâmetros dos diâmetros dos
se for previsto tanques adjacentes tanques adjacentes
dique, de acordo
com 5.9.2
NOTA A “soma dos diâmetros dos tanques adjacentes” signica a soma dos diâmetros de cada par
de tanques que são adjacentes uns aos outros.
   )
   7
   1
   0
   2
   /
   7
   0
   /
   1
   3
  :
  o
  s
  s
  e
  r
  p
  m
   I
   0
  o
   d
   i
   d
  e
   P
   (
  -
  o
  v
   i
  s
  u
   l
  c
  x
  e
  o
  s
  u
  a
  r
  a
  p
  r
  a
   l
  p
  m
  e
  x
   E
© ABNT 2015 - Todos os direitos reservados 3
ABNT NBR 17505-2:2013/Em1:2015

Página 58, Figura C.1

Substituir por:

Solda frágil entre o teto e o costado

Solda frágil

Teto

Costado

   )
   7
   1
   0
   2
   /
   7
   0
   /
   1
   3 Solda entre o fundo e o costado
  :
  o
  s
  s
  e
  r
  p
  m
   I
   0
  o
Costado
   d
   i
   d
  e
   P
   (
  -
  o Solda de 9,5
  v
   i
  s
  u
   l
  c
  x
  e
  o Fundo
  s
  u
  a
  r
  a
  p
  r
  a
   l
  p
  m
  e
  x
   E
4 © ABNT 2015 - Todos os direitos reservados