Você está na página 1de 20

Minha Casa

Minha Vida Moradia digna é um direito de todo brasileiro

Cartilha_minhacasa.indd 1 17/8/2009 15:38:41


Cartilha_minhacasa.indd 2 17/8/2009 15:38:41
FICOU MAIS FÁCIL REGULARIZAR
Com a Lei “Minha Casa, Minha Vida”,
escritura na mão vai virar realidade.

Em julho de 2009, o presidente Lula aprovou a Lei 11.977/09 que cria


o programa “Minha Casa, Minha Vida”, aumentando as possibilidades de
regularização fundiária em todo o País.
Você já sabe como é difícil tocar em frente os processos da regularização
de favelas e loteamentos. Existem muitos obstáculos que atrapalham a
nomeação do terreno em favor da população de baixa renda. Por isso, a
nova lei foi elaborada para enfrentar esse desafio e facilitar os processos de
legalização das moradias.
Essa política urbana desenvolvida pelo governo Lula pretende integrar
totalmente as favelas à cidade, por meio da melhoria das condições de
habitação e urbanização, acesso aos serviços públicos e prevenção de riscos
à sua vida.
Para você se informar melhor sobre o assunto, esta cartilha pretende
esclarecer as principais dúvidas e mostrar as irregularidades mais comuns nos
lotes do Estado de São Paulo. Afinal, acreditamos que oferecer moradia é muito
mais que construir casas, fazer calçamentos e pavimentar ruas e avenidas. É
assegurar definitivamente a propriedade da terra com suas escrituras.
Assim, o ocupante passa a ser o dono do seu terreno.

Rui Falcão
Deputado Estadual
3

Cartilha_minhacasa.indd 3 17/8/2009 15:38:41


Tire suas dúvidas com
esta cartilha e faça valer
seus direitos.

ÍNDICE
O que é regularização fundiária?........... 05 O que é Plano Diretor?.......................... 11
Pra que serve a regularização fundiária?..... 06 O que são ZEIS?.................................... 11
Regularizar a moradia é garantir Quais irregularidades poderão
a igualdade de direitos.......................... 06 ser corrigidas?...................................... 12
Quem poderá ser beneficiado Como provar que o terreno foi
pela nova lei de regularização?............. 07 ocupado por mais de 5 anos?............... 14
Quem poderá realizar a regularização?...... 07 O que é usucapião?............................... 15
Quem participa?.................................... 08 O que é termo de concessão?............... 15
O que fazer se o prefeito não resolver?....... 08 O que é demarcação urbanística?.......... 16
Ministério das Cidades......................... 09 Posso registrar um termo
de concessão no cartório?.................... 17
Defensoria Pública de São Paulo.......... 09
Qual é o tamanho mínimo do
Ministério Público................................ 09
lote para regularizar?............................. 17
O que é Estatuto da cidade?.................. 10
Todas as casas construídas no mesmo
O que é Função Social da Propriedade?..... 11 lote poderão ser regularizadas?............. 17

Cartilha_minhacasa.indd 4 17/8/2009 15:38:42


O QUE É REGULARIZAÇÃO
FUNDIÁRIA?
A regularização fundiária é o conjunto de medidas jurídicas, urbanísticas,
ambientais e sociais que busca regularizar assentamentos ou partes do solo
informal e a titulação de seus ocupantes, garantindo o direito à moradia,
todas as funções sociais da propriedade urbana e o direito ao meio ambiente
ecologicamente equilibrado.
Regularização é inclusão social porque reconhece, legaliza e integra o
assentamento à cidade e garante seu direito de morar com dignidade.
É o processo para transformar o ocupante em dono do terreno.

Cartilha_minhacasa.indd 5 17/8/2009 15:38:43


PARA QUE SERVE A
REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA?
Reconhece ao dono o direito de posse ou propriedade da terra. É importante para
proteger os moradores contra qualquer ameaça de despejo ou reintegração de posse.
Além disso, a moradia regularizada facilita o acesso a programas de financiamento
habitacional para reforma da casa e empréstimos;
Legaliza a permanência de pessoas moradoras de áreas urbanas ocupadas que
não estejam de acordo com a lei, desde que sejam áreas apropriadas para habitação;
Integra os assentamentos à malha urbana, facilitando e promovendo o acesso a
serviços, equipamentos urbanos e comunitários como Transporte, Educação e Saúde;
Garante às comunidades a reivindicação de seus direitos.

REGULARIZAR A
MORADIA É GARANTIR A
IGUALDADE DE DIREITOS
É importante registrar o terreno onde moramos em nosso nome, no
cartório de registro geral de imóveis. O presidente Lula aprovou no Congresso
Nacional a lei que garante, gratuitamente, o primeiro registro do imóvel no cartório,
quando for o único imóvel da família e localizado em ZEIS (Zonas Especiais de
Interesse social).

SE A PREFEITURA NÃO GARANTIR


SEU DIRETO DE MORAR COM
DIGNIDADE, PROCURE O MINISTÉRIO
PÚBLICO E A DEFENSORIA PÚBLICA.

Cartilha_minhacasa.indd 6 17/8/2009 15:38:43


QUEM PODERÁ SER BENEFICIADO
PELA NOVA LEI DE REGULARIZAÇÃO?

Pessoas que ocupam terrenos públicos ou particulares, com no máximo 250m²,


apenas para moradia e que não sejam donas de outro imóvel urbano ou rural.
Nem tudo poderá ser regularizado. Quem mora em áreas de risco corre perigo
de vida ou de saúde. Por isso, precisa pedir à Prefeitura que realize obras para
conter o risco antes de regularizar sua moradia. Se não for possível acabar com
o risco da área ocupada, a Prefeitura deverá tranferir o morador para uma área

QUEM PODERÁ REALIZAR


A REGULARIZAÇÃO?
O governo federal, estadual, municipal, o Distrito
Federal, as cooperativas habitacionais, associações de
moradores, fundações, organizações sociais, organizações
de interesse público, organizações da sociedade civil e
beneficiários individual ou coletivo.

Cartilha_minhacasa.indd 7 17/8/2009 15:38:47


QUEM PARTICIPA?

Comunidade – A participação permanente da comunidade é fundamental para


garantir a posse e melhorias em sua moradia.
Prefeitura – É a grande responsável pela política urbana e habitacional que
inclui a regularização fundiária. Com a nova lei, as prefeituras terão mais autoridade
para regularizar as áreas de interesse social. O presidente Lula, por meio do
Ministério das Cidades, tem ajudado as prefeituras resolverem questões das áreas
públicas e particulares ocupadas pela população de baixa renda.

O QUE FAZER SE O
PREFEITO NÃO RESOLVER?
É preciso convencê-lo. Organize uma associação no seu bairro ou
cidade e peça ajuda ao Ministério Público, à Defensoria Pública ou aos
vereadores e deputados.
8

Cartilha_minhacasa.indd 8 17/8/2009 15:38:50


MINISTÉRIO DAS CIDADES
Foi criado pelo presidente Lula. Este ministério cuida
do programa “Regularização e Integração de Assentamentos
Precários”. Nesse programa existe um projeto dirigido à
regularização fundiária sustentável urbana chamado “Papel
Passado”, que é apoiado pelo Fundo Nacional de Habitação
de Interesse Social (Lei Federal 11.124/05) e pelo Programa
de Aceleração do Crescimento (PAC). Os investimentos vão
para saneamento básico e ambiental, e para a urbanização de favelas.

Acesse
www.cidades.gov.br

DEFENSORIA PÚBLICA
DE SÃO PAULO
Atua com ações individuais ou coletivas, oferecendo serviços jurídicos gratuitos aos
cidadãos que não possuem recursos financeiros para contratar advogados. Atualmente,
existem 400 defensores em São Paulo, atuando em 22 cidades. Quer saber mais?

Acesse
www.defensoria.sp.gov.br/dpesp

MINISTÉRIO PÚBLICO
É uma instituição que defende, cobra e fiscaliza o cumprimento e a aplicação
das leis, representando o interesse da sociedade. Você pode ir até o Ministério
Público local e fazer uma reclamação por escrito. Aí, é só marcar uma reunião com
o promotor, sem a necessidade de um advogado. O promotor poderá exigir que o
poder público regularize a sua área ou então defender a população, nos casos de
reintegração de posse.
9

Cartilha_minhacasa.indd 9 17/8/2009 15:38:50


TENHA SEMPRE EM
MÃOS TODOS OS DOCUMENTOS
D0 IMÓVEL

O QUE É O ESTATUTO DA CIDADE?


O Estatuto da Cidade (Lei Federal 10.257/01) diz como deve ser feita a política
urbana em todo o País. Ele garante a todos o direito à cidade e define a maneira como os
municípios deverão respeitar a função social da propriedade.
10

Cartilha_minhacasa.indd 10 17/8/2009 15:38:51


O QUE É FUNÇÃO SOCIAL
DA PROPRIEDADE?
Na Constituição Federal de 1988, a lei maior do País, o
artigo 182 estabelece a “Função Social da Propriedade”, ou seja,
uma propriedade tem que ser usada para morar ou trabalhar.
Assim, um terreno que fica anos sem ser utilizado não
cumpre função social. Se ele for ocupado por famílias que
não têm onde morar, e elas lá permanecem por mais de 5 anos,
a Constituição, em seu artigo 183, estabelece que essas famílias
têm o direito à propriedade.
A nova lei aprovada pelo presidente Lula facilita os processos
de regularização das áreas, deixando claro o direito à moradia
digna. As terras do governo federal, ocupadas por favelas, poderão
ser regularizadas em nome das famílias que já estão lá.

O QUE É PLANO DIRETOR?


É uma lei municipal que deve ser elaborada com a participação de toda a
comunidade. Organiza o crescimento e planeja o futuro para o município, com base no
interesse de todos.

O QUE SÃO ZEIS?


São Zonas Especiais de Interesse Social. Elas são áreas da
cidade destinadas pelo plano diretor para abrigar moradias populares.
Quando uma área ocupada vira ZEIS, seus moradores conseguem
regularizar sua moradia de forma mais rápida e também fica mais fácil
lutar por melhorias para aquela região.

11

Cartilha_minhacasa.indd 11 17/8/2009 15:38:54


QUAIS IRREGULARIDADES
PODERÃO SER CORRIGIDAS?
1 - Loteamento clandestino: foi implantado sem o conhecimento da
Prefeitura e muitas vezes a população comprou o lote de um grileiro;

ANTES DE COMPRAR UM IMÓVEL,


VERIFIQUE SE O MESMO ESTÁ
REGULARIZADO JUNTO AOS ÓRGÃOS
COMPETENTES NO SEU MUNICÍPIO.

12

Cartilha_minhacasa.indd 12 17/8/2009 15:38:56


2- Loteamento irregular: foi implantado em desacordo com a lei; a população
comprou o lote do proprietário da gleba;

3 - Ocupação em área pública, da Prefeitura, do Estado ou da União:


ocupar uma área de até 250m², utilizada apenas para morar. Além disso, você não pode
ser proprietário e nem ter o termo de concessão de outro imóvel urbano ou rural;

4 - Ocupação em Áreas de Preservação Permanente (APP): ocupadas


até 31 de dezembro de 2007, com estudo técnico e intervenções que melhorem
as condições ambientais anteriores, poderão ser regularizadas. Com a nova lei do
presidente Lula, será possível regularizar áreas de preservação, atendendo medidas
indicadas pelos planos diretores dos municípios;

13

Cartilha_minhacasa.indd 13 17/8/2009 15:38:57


5 - Ocupação em área particular: ocupar uma área de até 250m², por mais de 5
anos, utilizada apenas para morar. Além disso, você não pode ser proprietário, nem ter o
termo de concessão de outro imóvel urbano ou rural, e não enfrentar nenhuma ação de
reintegração de posse.

COMO PROVAR QUE O TERRENO FOI


OCUPADO POR MAIS DE 5 ANOS?
Apresente documentos que comprovem o tempo que o terreno foi ocupado. Eles
podem ser: carteira de vacinação, envelopes de cartas, crediário ou até contas de água ou
luz. Se você comprou o terreno de outra pessoa, poderá apresentar o contrato de compra
e venda, e os documentos do antigo proprietário.

14

Cartilha_minhacasa.indd 14 17/8/2009 15:38:59


O QUE É USUCAPIÃO?
É o instrumento jurídico usado para conseguir a propriedade no nome do ocupante.
Para regularizar o terreno, é importante provar que mora no local há mais de 5 anos e
que nunca sofreu ação de despejo. A ação de usucapião deverá ser realizada por um
advogado. A usucapião poderá ser concedida de forma individual ou coletiva; de forma
coletiva facilita o processo.

O QUE É TERMO DE CONCESSÃO?


O termo de concessão é um instrumento jurídico que garante a permanência
do ocupante nos terrenos públicos. Esse direito é formalizado através de um título
registrado em um cartório de registro de imóveis. O termo de concessão é transferível
em caso de herança. A Prefeitura é responsável pela regularização.

TERMO DE CONCESSÃO É
UM INSTRUMENTO JURÍDICO
USADO NA REGULARIZAÇÃO
DE ÁREAS PÚBLICAS QUE
RECONHECE O DIREITO DA
POSSE. A USUCAPIÃO, EM ÁREAS
PARTICULARES, RECONHECE O
DIREITO DA PROPRIEDADE.

15

Cartilha_minhacasa.indd 15 17/8/2009 15:39:01


O QUE É DEMARCAÇÃO
URBANÍSTICA?
É uma planta que apresenta o desenho da área total que será
regularizada, indicando os confrontantes (vizinhos do terreno) e com o
número da matrícula do imóvel.

*Xavier, LF

Modelo de planta de parcelamento

O poder público poderá regularizar as áreas de interesse social, encaminhando


a autodemarcação urbanística da área ao cartório de registro de imóveis.
O oficial do cartório notificará o proprietário da área pessoalmente. Não
acontecendo manifestação contrária do proprietário, o poder público concederá
título de legitimação de posse aos ocupantes cadastrados; após cinco anos os
ocupantes terão direito à escritura.

16

Cartilha_minhacasa.indd 16 17/8/2009 15:39:02


POSSO REGISTRAR UM TERMO
DE CONCESSÃO NO CARTÓRIO?
Sim. Com a lei aprovada por Lula, além de não precisar do reconhecimento de
firma, o primeiro registro é gratuito.

QUAL É O TAMANHO MÍNIMO


DO LOTE PARA REGULARIZAR?
A lei permite a regularização de lotes menores que 125m2 até 250m2.

TODAS AS CASAS CONSTRUÍDAS


NO MESMO LOTE PODERÃO
SER REGULARIZADAS?
Cada família moradora do mesmo lote receberá a escritura ou termo de
concessão da parte do lote que ocupa.

17

Cartilha_minhacasa.indd 17 17/8/2009 15:39:04


REGISTRE SEU TERMO DE
CONCESSÃO OU ESCRITURA
Com a Lei “Minha Casa, Minha Vida”, o
registro é gratuito. Não deixe de registrar.

PARA REGULARIZAR, ORGANIZE UMA


ASSOCIAÇÃO NO SEU BAIRRO OU CIDADE,
PROCURE A PREFEITURA E PEÇA AJUDA AO
MINISTÉRIO PÚBLICO, À DEFENSORIA PÚBLICA
OU AOS VEREADORES E DEPUTADOS.

Cartilha_minhacasa.indd 18 17/8/2009 15:39:06


Cartilha_minhacasa.indd 19 17/8/2009 15:39:06
Av. Pedro Álvares Cabral, 201, sala T 09, São Paulo, SP,
cep: 04097-900 Telefone (11) 3886-6776
www.ruifalcao.com.br

Cartilha_minhacasa.indd 20 17/8/2009 15:39:06