Você está na página 1de 2

Ministério da Educação

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ


Campus Curitiba

PLANO DE ENSINO

CURSO Engenharia Industrial Elétrica – Ênfase Eletrônica/Telecomunicações MATRIZ 616

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Portaria de Reconhecimento nº 756 – MEC 03/09/2007

DISCIPLINA/UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO CARGA HORÁRIA (horas)


Teórica Prática Total
Empreendedorismo EL69C
15 30 45

PRÉ-REQUISITO TCC 1
EQUIVALÊNCIA D8D490 (406)

OBJETIVO
Capacitar o aluno a compreender e avaliar oportunidades e riscos do empreendedorismo.

EMENTA
O empreendedor e a economia de mercado; O mercado e as oportunidades de negócios; O empreendedor e os fatores de sucesso
empresarial; Plano de negócio; Marketing pessoal do gerente empreendedor e medidas de qualidade.

ITEM EMENTA CONTEÚDO


1.1. Conceito de empreendedorismo
1.2. O que é ser empreendedor
1.3. Perfil empreendedor e autoavaliação de competências
O empreendedor e os fatores de sucesso
1 1.4. Empreendedor de negócios e de empresas
empresarial
1.5. Fatores de sucesso
1.6. Depoimento de um empreendedor
1.7. Estudos de caso de empreendedores
2.1. Ambiente de estímulo ao empreendedorismo
2.2. Cultura empreendedora
2 Marketing do gerente empreendedor
2.3. Intraempreendedorismo nas empresas
2.4. O gerente e o colaborador empreendedor
3.1. O caso das MPEs, seus números e importância, informalidade
3.2. Aspectos do mercado brasileiro e global
3 O empreendedor e a economia de mercado 3.3. Análise de cenários
3.4. Importância das relações com o mercado
3.5. Formulação de redes
4.1. Oportunidades em mercados inovadores e tradicionais
4.2. Oportunidades em negócios inovadores e tradicionais
4.3. Estímulos do governo e de outros órgãos ao empreendedorismo
4 O mercado e as oportunidades de negócios
4.4. Leis voltadas às MPEs, nova Lei Geral
4.5. Empreendedorismo Social
4.6. Estudos de caso de empresas
5.1. Prospecção de oportunidades
5.2. Etapas de um Plano de Negócios
5.3. Aspectos do Marketing
5 Plano de negócios 5.4. Aspectos da Produção
5.5. Aspectos da Gestão Financeira
5.6. Aspectos e medidas da Qualidade
5.7. Simulação de um Plano de Negócios

REFERÊNCIAS
Referências Básicas:
1. DRUCKER, P. Inovação e Espírito Empreendedor. 1ª. ed. São Paulo: Thomsom Pioneira, 2001.
2. DEGEN, R. O Empreendedor. 8ª. ed. São Paulo: Makron Books, 1989.
3. DOLABELA, F. Oficina do Empreendedor. São Paulo: Cultura Editores Associados, 1999.

Referências Complementares:
1. RAY, M.; MYERS, R. Criatividade nos Negócios. Rio de Janeiro: Record, 1996.
2. DOLABELA, F. O Segredo de Luísa. São Paulo: Cultura, 1999.
HBR – Harvard Business Review. Empreendedorismo e Estratégia: Rio de Janeiro, 2002.

Revisado por: Instrucao Data: XXX/2009


Aprovado por: Coordenacao de Curso Vigora a partir de: Semestre ou ano
FORMULÁRIO UNIFICADO / GERÊNCIA DE ENSINO
Sistema de Avaliação:
As avaliações consistirão de: uma avaliação escrita individual, atividades individuais e em grupo que comporão a nota P1; e do
desenvolvimento escrito e de uma apresentação (PPT) de Plano de Negócio em grupo, que comporão a nota P2. A nota final será
calculada pela média das notas P1 e P2.
Ao final do semestre será realizada prova de segunda chamada que substituirá eventual avaliação faltante, sendo que o aluno deverá
requerer, via secretaria, a avaliação de segunda chamada, apresentando justificativa, para análise conforme o regulamento do curso. A
segunda chamada e o exame final versarão sobre todo o conteúdo da disciplina. Casos omissos deverão ser analisados pelo
coordenador do curso.

Revisado por: Instrucao Data: XXX/2009


Aprovado por: Coordenacao de Curso Vigora a partir de: Semestre ou ano
FORMULÁRIO UNIFICADO / GERÊNCIA DE ENSINO

Você também pode gostar