Você está na página 1de 1

Tipos de pesquisa

Quanto à abordagem
1. Pesquisa qualitativa – estudos em que os dados coletados da realidade estão em um formato textual,
com significados marcados pela expressão subjetiva dos sujeitos da pesquisa
2. Pesquisa quantitativa – estudos em que os dados coletados da realidade estão em um formato
numérico, com significados marcados pela expressão objetiva da análise dos próprios dados
Quanto à natureza
1. Pesquisa básica – estudos com foco na formulação de teoria para a compreensão dos fenômenos
2. Pesquisa aplicada – estudos com foco na aplicação das teorias para uma intervenção de qualidade
na realidade
Quanto aos objetivos
1. Pesquisa exploratória – estudos direcionados para compreensão inicial das possibilidades de
interação existente entre as variáveis que caracterizam um fenômeno
2. Pesquisa descritiva – estudos que medem o comportamento quantitativo das variáveis de uma
realidade e analisam as associações existentes entre elas
3. Pesquisa explicativa – estudos que registram as propriedades qualitativas de uma realidade e
explicam as alternativas de compreensão dos seus significados
Quanto aos procedimentos
1. Pesquisa experimental – estudos que manipulam uma ou mais variáveis independentes para verificar
os efeitos gerados sobre uma ou mais variáveis dependentes
2. Pesquisa bibliográfica – estudos de revisão da literatura científica sobre uma determinada situação
problema
3. Pesquisa documental – estudos que analisam documentos (textuais, orais, visuais, etc.) como a
fonte para a coleta de dados sobre a realidade
4. Pesquisa de campo – estudos que coletam dados diretos da realidade em uma perspectiva ecológica
5. Pesquisa ex-post-facto – estudos sobre situações que já ocorreram, que analisam os documentos
existentes ou se dedicam a produzir novos documentos retrospectivos sobre ela
6. Pesquisa de levantamento – estudos de recenseamento que fazem uma análise descritiva de um
determinado aspecto da realidade
7. Pesquisa com survey – estudos que coletam dados a partir da aplicação de questionários,
normalmente com amostras com grande número de sujeitos
8. Estudo de caso – estudos sobre um sujeito ou um caso específico, normalmente, atípico ou raro,
com poucos estudos anteriores, ou de caráter exploratório
9. Pesquisa participante – estudos em que o pesquisador se envolve com a realidade estudada,
manipula pessoalmente a variável dependente e mensura a dependente
10. Pesquisa-ação – estudos sobre a dinâmica de ação social e política de um grupo no qual o
pesquisador se envolve e acompanha a construção de conhecimentos e a compreensão da realidade
social
11. Pesquisa etnográfica – estudos em que o pesquisador convive com um grupo étnico específico para
entender a cultura do grupo, seus valores e significados a partir do ponto de vista do próprio grupo
12. Pesquisa etnometodológica – estudos que utilizam os princípios chaves da proposta etnográfica,
mas, não necessariamente para o estudo da cultura, como metodologia para o acesso a outros
aspectos da realidade
Quanto à delimitação temporal
1. Estudos transversais – estudos que coletam dados sobre a realidade em um momento específico e
comparam os diversos subgrupos da amostra com diferentes sujeitos
2. Estudos longitudinais – estudos que coletam dados sobre os mesmos sujeitos ao longo do tempo,
para verificar os efeitos relacionados com o desenvolvimento ou com a exposição contínua às
variáveis de estudo
3. Estudos retrospectivos – estudos que analisam situações problemas que já ocorreram (analisam o
passado)
4. Estudos prospectivos – estudos que analisam as situações problemas em uma perspectiva hipotética
(analisam um possível desdobramento dos fenômenos no futuro)