Você está na página 1de 6

Pró-Reitoria de Graduação

Plano de Ensino – 2º Quadrimestre de 2017

Caracterização da disciplina
Código da disciplina: NH5118 Nome da disciplina: PENSAMENTO NIETZSCHEANO E SEUS DESDOBRAMENTOS CONTEMPORÂNEOS
Créditos (T-P-I): ( - - ) Carga horária: 48 horas Aula prática: Câmpus:
horas São
Bernardo
Código da turma: Turma: Turno: noturno Quadrimestre: Ano: 2017
Docente(s) responsável(is): Carlos Eduardo Ribeiro / Luciana Zaterka

Alocação da turma
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
8:00 - 9:00
9:00 - 10:00
10:00 - 11:00 Atendimento
Profa. Luciana
Zaterka
11:00 - 12:00 Atendimento
Profa. Luciana
Zaterka
12:00 - 13:00 Atendimento Prof.
Carlos Eduardo
13:00 - 14:00 Atendimento Prof.
Carlos Eduardo
14:00 - 15:00 X
15:00 - 16:00 X
16:00 - 17:00 X
17:00 - 18:00 X
18:00 - 19:00
19:00 - 20:00
20:00 - 21:00
21:00 - 22:00
22:00 - 23:00
Pró-Reitoria de Graduação

Plano de Ensino – 2º Quadrimestre de 2017

Planejamento da disciplina
Objetivos gerais

Objetivamos com a disciplina apresentar, num primeiro momento, alguns conceitos centrais da filosofia nietzschiana cuja finalidade é familiarizar o
estudante com este pensamento tão singular, sobretudo, com a denominada vertente positiva dessa filosofia. Num segundo momento, será trazido
um desdobramento contemporâneo do pensamento de Nietzsche segundo a leitura do filósofo francês Michel Foucault conforme os principais
trabalhos nos quais este filósofo se dedicou a ler o pensador alemão.

O plano de aula exibe os principais conceitos a serem estudados tanto na obra de Nietzsche quando no desdobramento a ser estudado.

Objetivos específicos

Estudar temas específicos do pensamento nietzschianos tais como: genealogia; vontade de verdade; interpretação; dogmatismo; experimentalismo,
crítica do sujeito, consciência, ressentimento, vontade de potência entre outros e seu legado na filosofia de Foucault.

Ementa

Considerando os conceitos centrais da filosofia de Nietzsche e a leitura de Foucault, a disciplina é uma introdução ao pensamento do filósofo alemão,
considerando de modo enfático a perspectiva da recepção francesa do autor.

Conteúdo programático (está descrito no cronograma de aulas em anexo)


Aula Conteúdo Estratégias didáticas Avaliação

As aulas são dialogadas e participativas,


contando com apoio didático da leitura de
textos básicos e complementares.

Descrição dos instrumentos e critérios de avaliação qualitativa

1. Realização de um seminário (50% da nota) – Prof. Carlos Eduardo


2. Realização de um trabalho em sala (50% da nota) – Profa. Luciana Zaterka

A participação em aula é considerada parte fundamental do processo de avaliação.

Referências bibliográficas básicas


1. NIETZSCHE, F. Além do bem e do mal. Prelúdio de uma filosofia do futuro. (Tradução de Paulo César de Souza). São Paulo: Companhia das Letras,
2002.
2. NIETZSCHE, F. Genealogia da moral. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.
3. __________. Obras incompletas, trad. de Rubens Rodrigues Torres, São Paulo, Abril Cultural, várias edições (col. Os Pensadores);
Pró-Reitoria de Graduação

Plano de Ensino – 2º Quadrimestre de 2017

4. __________. O Nascimento da Tragédia, Companhia das Letras, São Paulo, 2007.


5. __________. Ecce Homo, Companhia das Letras, São Paulo, 2008.

Referências bibliográficas complementares


DELEUZE, G. "Nietzsche e a Filosofia". Rio de Janeiro: Ed. Rio, 1976.

FOUCAULT, História da Sexualidade I: a vontade de saber. Trad. Maria Thereza da Costa Albuquerque e J.A. Guilhon Albuquerque. 15ª. ed. Rio de
Janeiro: Graal, 1988.

_________. “Nietzsche, a genealogia, a história”. In: Ditos e Escritos II – Arqueologia das Ciências e História dos Sistemas de Pensamento. Rio de
Janeiro: Forense Universitária, 2005.

GIACOIA, J. O., Nietzsche como psicólogo, Porto Alegre, Unisinos, 2006.

HAAR, M., “A crítica nietzschiana da subjetividade” in Revista Famecos, Porto Alegre, 13, dezembro de 2000.

HALEVY, D. Nietzsche uma autobiografia, São Paulo, Campus, 1990;

MARTON, Scarlett (Org.). Nietzsche, um “francês” entre franceses. São Paulo: Barcarolla; Discurso Editorial, 2009.

SAFRANSKI, R. Nietzsche – biografia de uma tragédia, São Paulo, Geração, 2002.


Pró-Reitoria de Graduação

Plano de Ensino – 2º Quadrimestre de 2017

CRONOGRAMA DAS AULAS


AULA DATA BIBLIOGRAFIA DA AULA

1ª 07/06 1ª. Parte

Vida e Obra; Nietzsche e a morte de Deus (§GC125), Nietzsche crítico de Platão (Prefácio BM).

2ª 14/06 Eduardo Nasser (Nietzsche e a crítica ao sujeito moderno – BM §16, §17, §20 e §54).

3ª 21/06 O problema da consciência, a questão do ressentimento (GM I e II dissertações, GC §354).

4ª 28/06 Vontade de potência e o corpo como novo paradigma, Perspectivismo e Interpretação (Za, Da superação de si, Dos
Desprezadores do Corpo, Póstumos)

5ª 05/07 Além do homem e eterno retorno (GC § 341 e Za do convalescente e Da visão e do Enigma)

6ª 12/07 Exercício em classe

7ª 19/07 2ª. Parte

Nietzsche na França dos anos 60.

WORMS, Frédéric. La philosophie en France au XXe. siècle. Moments. Paris: Édition Gallimard, 2009.

LE RIDER, Jacques. Nietzsche en France: de la fin du XIXe. siècle au temps présent. Paris: Presses universitaires de
France, 1999.

MARTON, Scarlett (Org.). Nietzsche, um “francês” entre franceses. São Paulo: Barcarolla; Discurso Editorial, 2009.

8ª 26/07 Foucault e Nietzsche: o trágico e a morte do sujeito (sobre o problema das Ciências Humanas)

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas. Trad. Salma Tannus Muchail. 8. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999 (IX. O
homem e seus duplos e passagens dos seguintes dos seguintes capítulos: VII. Os limites da representação; VIII. Trabalho,
vida, linguagem]

9ª. 02/08 A “leitura” foucaultiana da genealogia de Nietzsche

NIETZSCHE, F. Genealogia da moral. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2001 [Prólogo].

FOUCAULT, M. “Nietzsche, a genealogia, a história”. In: Ditos e Escritos II – Arqueologia das Ciências e História dos
Sistemas de Pensamento. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005.

10ª. 09/08 Vontade de verdade e vontade de saber

NIETZSCHE, F. Além do bem e do mal. Prelúdio de uma filosofia do futuro. Tradução, notas e posfácio de Paulo César de
Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2002 [Dos preconceitos dos filósofos].

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade I: a vontade de saber. Trad. Maria Thereza da Costa Albuquerque e J.A.
Guilhon Albuquerque. 15ª. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1988 [Nós, vitorianos]
Pró-Reitoria de Graduação

Plano de Ensino – 2º Quadrimestre de 2017

11ª. 16/08 Dogmatismo e Experimentalismo

NIETZSCHE, F. Além do bem e do mal. Prelúdio de uma filosofia do futuro. Tradução, notas e posfácio de Paulo César de
Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2002 [Prólogo; aforismo 296]
12ª. 23/08 Tópico especial: recepção de Nietzsche no Brasil
Pró-Reitoria de Graduação

Plano de Ensino – 2º Quadrimestre de 2017