Você está na página 1de 4

UNIVERSEDADE ESTADUAL DO MARANHÃO – UEMA

CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE TIMON – CESTI


CURSO: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA

PLANO DE CURSO

I. IDENTIFICAÇÃO

1. CURSO: Licenciatura em Pedagogia

2. DISCIPLINA: Prática Curricular na Dimensão Político-social

3. PROFESSOR: Me. Aldo Vieira Ribeiro

4. CARGA HORÁRIA: 135h

5. ANO LETIVO: 2018 SEMESTRE LETIVO: II

II. EMENTA

Atividade investigativa, no contexto educacional, de articulação entre os demais componentes


curriculares, as diversas disciplinas e áreas específicas de interesse do estudante à dimensão
político social da Educação, proporcionando a compreensão das funções social e política da escola,
envolta por problemáticas sociais, culturais e educacionais, em uma visão interdisciplinar e
multidisciplinar.

III. OBJETIVOS DA DISCIPLINA

- Introduzir o licenciando no universo da prática educativa escolar, oportunizando lhe um ambiente de


aprendizagem propício ao desenvolvimento do espírito investigativo, capacidade de observação,
análise e reflexão;
- Discutir a dimensão político-social da educação com ênfase no papel do professor e de sua prática
educativa;
- Refletir o político e o social na educação à luz das problemáticas sociais, culturais e educacionais
contemporâneas, tendo como referência de análise a localidade e o locus onde as ações práticas da
disciplina serão realizadas.

IV. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

Durante a disciplina, espera-se que os licenciandos sejam capazes de mobilizar os recursos teórico-
metodológicos abordados ao longo das aulas teóricas numa perspectiva inter e multidisciplinar para:

- Identificar variáveis internas e externas da prática educativa investigada in loco, relacionando


elementos relevantes para a compreensão dessa prática;
- Comparar elementos empíricos encontrados na realidade investigada com as concepções prévias
subjetivamente internalizadas, estabelecendo relações, realizando análises e extraindo conclusões
acerca da investigação realizada;
- Planejar e executar uma proposta de intervenção na realidade, selecionando estratégias e recursos
adequados aos objetivos da intervenção a ser executada;
- Analisar a vivência no âmbito da disciplina, avaliando criticamente o planejado e o executado;
- Visualizar possibilidades e alternativas de investigação futura no âmbito do trabalho de conclusão
de curso.
V. DETALHAMENTO DO EMENTÁRIO

Unidade I – Educação, Sociedade e Cultura


1.1 O que é educação?
1.2 Educação e culturas
1.3 Educação e democracia
1.4 Função social da escola
1.5 O papel do professor na sociedade contemporânea
Unidade II – Prática educativa, formação docente e compromisso político
2.1 Prática educativa no cotidiano escolar: o quê, para quê, quem e como?
2.1.1 Cursos de formação inicial e prática reflexiva
2.1.2 O sentido da reflexão no cotidiano escolar
2.2 Profissão docente: dimensões técnica, política e social da ação educativa
2.2.1 Prática docente: competência técnica e compromisso político
2.2.2 Profissão docente: construção do próprio saber e de sua identidade
2.2.3 Relação teoria e pratica pedagógica: ação crítica e transformadora do homem
2.3 Saberes necessários à prática educativa
2.4 Prática educativa, interdisciplinaridade e multidisciplinaridade
Unidade III – Prática educativa, investigação e intervenção na realidade
3.1 A observação: noções preliminares
3.1.1 Observação assistemática
3.1.2 Observação sistemática
3.1.3 Observação documental
3.1.4 O que observar na escola?
3.1.5 Elaborando um roteiro de observação da escola
3.1.6 Como elaborar o diagnóstico da escola
3.2 Intervindo na realidade da escola
3.2.1 Trabalho com projetos na escola
3.2.2 Orientações para elaboração de um projeto de intervenção na escola

VI. METODOLOGIA

A disciplina será ministrada com o envolvimento dos acadêmicos na construção do conhecimento


relacionando teoria e prática. Para o alcance desse mister e dos objetivos propostos, contemplará os
seguintes momentos didáticos:

1) Encontros teóricos (24h) e de orientação (21h) – abordagem do conteúdo programático do


ementário e orientação do licenciando após o início das atividades de natureza prática da disciplina;
Em relação aos conteúdos de natureza teórica, estes serão apresentados por meio de aulas
expositivas, leituras de imagem, de texto (dialogada e silenciosa), vídeos específicos, debates,
problematizações e estudos de caso pertinentes a cada tema em estudo.

2) Imersão do licenciando em campo (60h) – ida do licenciando a campo com atividades de


observação/diagnóstico e intervenção. Em síntese, nesse momento didático, o licenciando procederá
da seguinte maneira: 1) elegerá uma escola-campo e nela fará observações/diagnóstico; 2) Com base
no diagnóstico realizado, elaborará e executará um projeto de intervenção que promova melhorias na
escola-campo eleita. Durante esse percurso prático do licenciando serão realizados encontros de
orientação para discussão de dúvidas e direcionamentos, correspondentes às 21h informadas no item
anterior;

3) Produção científica (30h) – este momento didático integralizará a carga horária da disciplina (135h)
e culminará com a Semana de Pedagogia do Campus a ser realizada pelo Departamento do curso
nos dias 27, 28 e 29 de novembro de 2018. Neste momento didático, o licenciando terá a
oportunidade de teorizar a prática, sobre ela refletindo. Produzirá um relato de experiência em
conformidade com as regras da ABNT para trabalhos científicos e procederá à exposição oral na
Semana de Pedagogia nas datas informadas.
VII. METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO

A avaliação do desempenho dos discentes na disciplina de prática curricular será integral, processual
e qualitativa, conforme critérios previamente definidos pelo professor no Programa da disciplina e em
conformidade com os critérios do Anexo C – Avaliação da Prática Curricular (anexo) do Manual da
Dimensão Prática nos cursos de Licenciatura da UEMA (2011), que será discutido com os
licenciandos previamente. A distribuição das notas considerando os momentos didáticos descritos no
item anterior (metodologia) e o calendário acadêmico, ocorrerá conforme o quadro abaixo:

ETAPA OU PRODUÇÃO PONTUAÇÃO TOTAL


MOMENTO NOTA SUBETAPA ACADÊMICA
DIDÁTICO
Observação/diagnóstico Relatório 10,0 10,0
1ª** da escola-campo
IMERSÃO DO 28/09
LICENCIANDO Elaboração de um Projeto Projeto 5,0
EM CAMPO de Intervenção na escola-
2ª** campo 10,0
10/11 Execução do projeto de Registro da 5,0
intervenção execução*
Produção escrita conforme Relato de 5,0
PRODUÇÃO ABNT Experiência
CINTÍFICA 3ª** Produção oral Exposição 5,0 10,0
29/11 oral na
semana
pedagógica

Às notas dispostas no quadro acima será acrescentada uma 4ª nota, totalizando 10,0 (dez) pontos,
considerando-se como critérios avaliativos frequência e participação do acadêmico nas aulas e
atividades da disciplina. A média aritmética das referidas notas corresponderá ao desempenho final
do acadêmico na disciplina.

* Para receber a nota desta subetapa (5,0 pontos) além de apresentar o registro da execução da
mesma (fotos, vídeos, declarações etc.), o licenciando deverá apresentar uma declaração de
execução do projeto de intervenção expedida pela Direção da escola-campo certificando a execução
e a(s) data(s) de culminância do projeto executado. Recomenda-se que o licenciando faça o registro
das atividades mediante fotos e vídeos, desde que previamente autorizado pela Direção da escola
campo, a fim de enriquecer a exposição na Semana Pedagógica.
** Datas limites para entrega das atividades avaliativas.

VIII. BIBLIOGRAFIA

Básica:

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é educação. São Paulo: Brasiliense, 2000.

CHARLOT, Bernard. Relação com o saber, formação dos professores e globalização: questões
para a educação hoje. – Porto Alegre, Artmed, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. – São Paulo:
Paz e Terra, 1996.
GIESTA, Nágila Caporlíngua. Cotidiano escolar e formação reflexiva do professor: moda ou
valorização do saber docente? 2. ed. Araraquara: Junqueira e Marin editores, 2005.

LIBÂNEO, José Carlos. Adeus professor, adeus professora: novas exigências educacionais e
profissão docente. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

MARQUES, Mário Osório. Escola, aprendizagem e docência: imaginário social e intencionalidade


política. In: VEIGA, Ilma P. Alencastro (org.). Projeto Político-pedagógico da Escola: uma construção
possível. – 29. ed. – Campinas, SP: Papirus, 2013. P. 143 – 156.

MEKSENAS, Paulo. Sociologia da Educação: uma introdução ao estudo da escola no processo de


transformação social. – 16. ed. – São Paulo: Edições Loyola, 2012.

NOGUEIRA, Nilbo Ribeiro. Pedagogia dos projetos: etapas, papéis e atores. – 4. ed. – São Paulo:
Érica, 2008.

VITOR, Paro. Implicações do caráter político da educação para a administração da escola


pública. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.28, n.2, p. 11-23, jul./dez. 2002.

PRESTES, Maria L. Mesquita. A pesquisa e a construção do conhecimento científico:


do planejamento aos textos, da escola à academia. São Paulo: Editora Respel, 2008.

RUDIO, Franz Victor. Introdução ao Projeto de Pesquisa Científica. 43. ed. – Petrópolis, RJ:
Vozes, 2015.

SONIA, Regina Albano de Lima. Mais reflexão, menos informação! In: FAZENDA, Ivani (Org.). O
Que é interdisciplinaridade? — São Paulo: Cortez, 2008. P. 185 – 199.

Complementar:

LUDWIG, Antonio Carlos Will. Fundamentos e prática de Metodologia Científica. 3. ed. –


Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

SOARES, Ademilson de Sousa. A autoridade do professor e a função da escola. Educ. Real.,


Porto Alegre, v. 37, n. 3, p. 841-861, set./dez. 2012.

FREIRE, Paulo. Política e educação. – 5. ed - São Paulo, Cortez, 2001.

GONZAGA et al. A articulação das dimensões política, ética e técnica como fomentadora da
formação docente crítico-transformadora. Leitura: teoria e prática – ABL – v. 29, n. 56, p. 20-26,
junho, 2011. Disponível em: < https://ltp.emnuvens.com.br/ltp/issue/view/5>. Acesso em: 08 de agosto
de 2018.

PIMENTA, Selma Garrido. O estágio na Formação de professores: unidade teoria e prática? 4. ed.
São Paulo: Cortez, 2001.

RESENDE, Lúcia Maria Gonçalves de. Paradigma e Trabalho Pedagógico: construindo a unidade
teórico-prática. In: TACCA, Maria Carmen Villela Rosa (Org.). Aprendizagem e Trabalho pedagógico.
– 2. ed. – Campinas, SP: Editora Alínea, 2008.