Você está na página 1de 1162

Patriot 250

Pulverizador

Manual de Reparações

Código No. 84592954


1ª Edição
Português (Brasil) 03/13
CNH LATIN AMERICA LTDA.
Av. José Coelho Prates Junior, nº 1.020
Distrito Industrial Unileste - CEP 13422-020
Piracicaba - SP - Brasil
CNPJ: 60.850.617/0010-19

Central de Atendimento: 0800 500 5000


http://www.caseih.com
conexão@caseih.com
Manual de Reparações

Patriot 250

Código No. 84592954


1ª Edição
Português (Brasil) 03/13
MANUAL DE SERVIÇO

Patriot 250

84592954
PT-BR
Link para produto/motor

Produto Mercado do Motor


produto
Patriot 250 International F4HE0484D*B101
Region
Patriot 250 North America F4HE0484D*B101
Patriot 250 Europe F4HE0484D*B101
Patriot 250 Latin America F4HE0484D*B101

ATENÇAO
PARA SERVIÇOS DE REPAROS NO MOTOR F4HE0484D*B101 CONSULTE O eTIM OU MANUAL PN # 47515463
VERSÃO PORTUGUÊS DISPONÍVEL ATRAVÉS DO CID.
Conteúdo

INTRODUÇÃO
Motor ........................................................................................ 10
[10.001] Motor e cárter . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1

[10.206] Filtros de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.2

[10.216] Tanques de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3

Sistema do eixo dianteiro............................................................. 25


[25.108] Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos. . . . . . . . . . . . . . . . 25.1

[25.310] Acionamentos finais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25.2

[25.122] Controle de suspensão do eixo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25.3

Acionamento hidrostático............................................................. 29
[29.100] Controle hidrostático da transmissão e direção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29.1

[29.218] Bomba e componentes do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29.2

[29.202] Transmissão hidrostática. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29.3

Freios e controles ....................................................................... 33


[33.202] Freios de serviço hidráulicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33.1

Sistemas hidráulicos ................................................................... 35


[35.000] Sistemas hidráulicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.1

[35.106] Bomba de deslocamento variável. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.2

Direção ..................................................................................... 41
[41.200] Componentes de controle hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41.1

Controle de clima da cabine ......................................................... 50


[50.100] Aquecedor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50.1

[50.200] Ar-condicionado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50.2

Sistemas elétricos....................................................................... 55
[55.100] Chicotes e conectores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.1

[55.635] Controles da função de pulverização . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.2


[55.426] Sistema de controle de fluxo do material de colheita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.3

[55.000] Sistema elétrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.4

[55.302] Bateria. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.5

[55.DTC] CÓDIGOS DE FALHA. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.6

Pulverização .............................................................................. 78
[78.110] Pulverização de produto químico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 78.1

[78.111] Bomba de pulverização . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 78.2


INTRODUÇÃO

1
Conteúdo

INTRODUÇÃO

Orientação Instruções gerais - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3


Patriot 250 LA

Orientação – Índice de diagnósticos de falhas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4


Patriot 250 LA

Orientação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Patriot 250 LA

Símbolos internacionais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Patriot 250 LA

Regras de segurança Precauções de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7


Patriot 250 LA

Regras de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Patriot 250 LA

Torque . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Torque . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
Patriot 250 LA

Torque - Específico para Motor variável M46 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - Programa de lubrificação e manutenção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - 10 horas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - 50 horas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - 300 horas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - 450 horas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - 600 horas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - 900 horas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - 1200 horas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - 2000 horas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - 2400 horas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24


Patriot 250 LA

Gráfico de Manutenção - Conforme necessário . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25


Patriot 250 LA

Ferramentas especiais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
Patriot 250 LA

Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36
Patriot 250 LA

Consumíveis . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Patriot 250 LA

2
INTRODUÇÃO

Orientação Instruções gerais - (Bomba variável em tandem)


Patriot 250 LA

Siga estes procedimentos gerais ao reparar bombas de circuito fechado de deslocamento variável em tandem da
série 40 M46.

Remova a unidade
Antes de realizar grandes reparos, remova a unidade do veículo/máquina. Calce as rodas do veículo ou trave o
mecanismo para inibir o movimento. Esteja ciente de que o fluido hidráulico pode estar sob pressão alta e/ou quente.
Inspecione a parte externa da bomba e os encaixes para ver se há danos. Tampe as mangueiras após a remoção
para evitar a contaminação.

Mantenha-a limpa
A limpeza é essencial para garantir uma vida útil satisfatória da bomba em unidades novas ou já reparadas. Limpe
a parte externa da bomba completamente antes da desmontagem. Tome cuidado para evitar a contaminação das
portas do sistema. Normalmente, o tipo de limpeza adequado para as peças é lavar com solvente limpo e deixar
secar ao ar livre.

Como em qualquer equipamento de precisão, todas as peças devem ser mantidas livres de material estranho e
produtos químicos. Proteja todas as superfícies de vedação expostas e as cavidades abertas contra danos e material
estranho. Se deixada sozinha, tampe a bomba com uma camada protetora de plástico.

Substitua todos os anéis O-ring e as gaxetas.


Substitua todos os anéis O-ring, as gaxetas e as vedações. Lubrifique levemente todos os anéis O-ring com fluido
hidráulico limpo ou vaselina limpa antes da montagem.

3
INTRODUÇÃO

Orientação – Índice de diagnósticos de falhas


Patriot 250 LA

(1) Sistemas hidráulicos - Índice de códigos de falha (35.000)


(2) Sistema elétrico - Índice de códigos de falha (55.000)
(3)Bomba Tandem de Fluxo Variável (Transmissão) Transmissão hidrostática - Índice de códigos de falha —
(Bomba variável em tandem) (29.202)

4
INTRODUÇÃO

Orientação
Patriot 250 LA

Instruções gerais
Siga estes procedimentos gerais ao reparar motores de circuito fechado de deslocamento variável da série 40 M46.

Remova a unidade
Antes de realizar grandes reparos, remova a unidade do veículo/máquina. Calce as rodas do veículo ou trave o
mecanismo para inibir o movimento. Esteja ciente de que o fluido hidráulico pode estar sob pressão alta e/ou quente.
Inspecione a parte externa da bomba e os encaixes para ver se há danos. Tampe as mangueiras após a remoção
para evitar a contaminação.

Mantenha-a limpa
A limpeza é essencial para garantir uma vida útil satisfatória da bomba em unidades novas ou já reparadas. Limpe
a parte externa da bomba completamente antes da desmontagem. Tome cuidado para evitar a contaminação das
portas do sistema. Normalmente, o tipo de limpeza adequado para as peças é lavar com solvente limpo e deixar
secar ao ar livre.

Como em qualquer equipamento de precisão, todas as peças devem ser mantidas livres de material estranho e
produtos químicos. Proteja todas as superfícies de vedação expostas e as cavidades abertas contra danos e material
estranho. Se deixada sozinha, tampe o motor com uma camada protetora de plástico.

Substitua todos os anéis O-ring e as gaxetas


Recomenda-se que todos os anéis O-ring sejam substituídos. Lubrifique levemente todos os anéis O-ring com va-
selina limpa antes da montagem.

Prenda a unidade
Para grandes reparos, coloque a unidade em uma posição estável com o eixo apontando para baixo. Será necessário
prender o motor durante a remoção e ao aplicar torque nos controles e válvulas.

5
INTRODUÇÃO

Símbolos internacionais
Patriot 250 LA

Símbolos usados para bombas e motores hidráulicos

ADVERTÊNCIA pode resultar em Cabeça sextavada interna


ferimentos

CUIDADO pode resultar em danos


Cabeça Torx
ao produto ou à propriedade

Peça não reutilizável, use uma peça


Lubrifique com fluido hidráulico
nova

Cabeça sextavada externa Verifique se há desgaste ou danos

Os símbolos acima são exibidos nas ilustrações e no texto deste manual. Eles se destinam a comunicar informações
úteis no ponto em que ele é mais útil ao leitor. Na maioria dos casos, o próprio símbolo indica seu significado. A
legenda acima define cada símbolo e explica sua finalidade.

6
INTRODUÇÃO

Regras de segurança Precauções de segurança


Patriot 250 LA

Precauções de segurança
Sempre considere as precauções de segurança antes de iniciar um procedimento de manutenção. Proteja você e
demais pessoas de lesões. Tome as seguintes precauções gerais sempre que estiver fazendo a manutenção de um
sistema hidráulico.

Movimento involuntário da máquina


IMPORTANTE: O movimento involuntário da máquina ou do mecanismo pode causar lesões ao técnico ou pessoas
próximas. Para se proteger contra movimentos involuntários, prenda a máquina ou desative/desconecte o meca-
nismo durante a manutenção.

Solventes de limpeza inflamáveis


IMPORTANTE: Alguns solventes de limpeza são inflamáveis. Para evitar possíveis incêndios, não use solventes de
limpeza em uma área onde uma fonte de ignição pode estar presente.

Fluido sob pressão


CUIDADO
Saída de fluido.
O vazamento de fluido hidráulico ou combustível diesel sob pressão pode penetrar na pele e causar
infecção ou outros ferimentos. Para evitar ferimentos, alivie toda a pressão antes de desconectar os
tubos dos fluidos ou realizar trabalhos no sistema hidráulico. Antes de aplicar pressão, verifique se
todas as conexões estão apertadas e os componentes estão em boas condições. Nunca use as mãos
para verificar vazamentos suspeitos sob pressão. Use um pedaço de papelão ou madeira para esse
fim. Em caso de ferimentos provocados por vazamento de fluidos, consulte o médico imediatamente.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W0178A

Segurança pessoal
CUIDADO
A instalação exige equipamentos cuja utilização inadequada pode causar a queda de componentes
da estrutura.
Siga todas as instruções de instalação. Certifique-se de que toda a equipe que usa empilhadeiras,
guindastes de corrente de suspensão, cavaletes etc. leia e entenda todos os manuais de segurança
e instrução, e receba o treinamento adequado.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W0078A

Material perigoso
IMPORTANTE: Fluido hidráulico contém material perigoso. Evite o contato com fluido hidráulico. Sempre descarte
o fluido hidráulico usado de acordo com as normas ambientais estaduais e federais.

7
INTRODUÇÃO

Regras de segurança
Patriot 250 LA

Precauções de segurança
Sempre considere as precauções de segurança antes de iniciar um procedimento de manutenção. Proteja você e
demais pessoas de lesões. Tome as seguintes precauções gerais sempre que estiver fazendo a manutenção de um
sistema hidráulico.

Movimento involuntário da máquina


IMPORTANTE: O movimento involuntário da máquina ou do mecanismo pode causar lesões ao técnico ou pessoas
próximas. Para se proteger contra movimentos involuntários, prenda a máquina ou desative/desconecte o meca-
nismo durante a manutenção.

Solventes de limpeza inflamáveis


IMPORTANTE: Alguns solventes de limpeza são inflamáveis. Para evitar possíveis incêndios, não use solventes de
limpeza em uma área onde uma fonte de ignição pode estar presente.

Fluido sob pressão


IMPORTANTE: O fluido hidráulico que escapa sob pressão pode ter força suficiente para penetrar na pele, causando
lesões graves e/ou infecções. Este fluido também pode ser quente o suficiente para causar queimaduras. Tome cui-
dado ao lidar com fluido hidráulico sob pressão. Alivie a pressão no sistema antes de remover mangueiras, encaixes,
indicadores ou componentes. Nunca use as mãos ou qualquer outra parte do corpo para verificar se há vazamentos
em uma linha pressurizada. Procure cuidados médicos imediatamente se você se cortar com um fluido hidráulico.

Segurança pessoal
IMPORTANTE: Proteger-se de ferimentos. Use equipamentos de segurança adequados, incluindo óculos de segu-
rança, o tempo todo.

Material perigoso
IMPORTANTE: Fluido hidráulico contém material perigoso. Evite o contato com fluido hidráulico. Sempre descarte
o fluido hidráulico usado de acordo com as normas ambientais estaduais e federais.

8
INTRODUÇÃO

Torque
Use os torques indicados nesta tabela quando não houver especificação de torque. Esses torques aplicam-se a
fixadores com roscas UNC e UNF, conforme recebidas secas dos fornecedores ou quando lubrificadas com óleo do
motor. Não são aplicáveis caso sejam usados lubrificantes especiais de grafite, graxas de dissulfeto de molibdênio
ou outros lubrificantes de pressão extrema.

Ferragem em unidades decimais


Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 5
Tamanho Nm lb/pol - lb/pé
1/4 in 12 - 15 Nm 108 - 132 lb in
5/16 in 23 - 28 Nm 204 - 252 lb in
3/8 in 48 - 57 Nm 420 - 504 lb in
7/16 in 73 - 87 Nm 54 - 64 lb ft
1/2 in 109 - 130 Nm 80 - 96 lb ft
9/16 in 149 - 179 Nm 110 - 132 lb ft
5/8 in 203 - 244 Nm 150 - 180 lb ft
3/4 in 366 - 439 Nm 270 - 324 lb ft
7/8 in 542 - 651 Nm 400 - 480 lb ft
1 in 787 - 944 Nm 580 - 696 lb ft
1-1/8 in 1085 - 1193 Nm 800 - 880 lb ft
1-1/4 in 1519 - 1681 Nm 1120 - 1240 lb ft
1-3/8 in 1980 - 2278 Nm 1460 - 1680 lb ft
1-1/2 in 2631 - 2983 Nm 1940 - 2200 lb ft
Marcas para ferragem de classe 5

Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 8


Tamanho Nm lb/pol - lb/pé
1/4 in 16 - 20 Nm 144 - 180 lb in
5/16 in 33 - 39 Nm 288 - 348 lb in
3/8 in 61 - 73 Nm 540 - 648 lb in
7/16 in 95 - 114 Nm 70 - 84 lb ft
1/2 in 149 - 179 Nm 110 - 132 lb ft
9/16 in 217 - 260 Nm 160 - 192 lb ft
5/8 in 298 - 358 Nm 220 - 264 lb ft
3/4 in 515 - 618 Nm 380 - 456 lb ft
7/8 in 814 - 976 Nm 600 - 720 lb ft
1 in 1220 - 1465 Nm 900 - 1080 lb ft
1-1/8 in 1736 - 1953 Nm 1280 - 1440 lb ft
1-1/4 in 2468 - 2712 Nm 1820 - 2000 lb ft
1-3/8 in 3227 - 3688 Nm 2380 - 2720 lb ft
1-1/2 in 4285 - 4827 Nm 3160 - 3560 lb ft
Marcas para ferragem de classe 8

NOTA: Usar porcas grossas com parafusos de Grau 8.

9
INTRODUÇÃO

Ferragem em unidades métricas


Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 8.8
Tamanho Nm lb/pol - lb/pé
4 mm 3 - 4 Nm 24 - 36 lb in
5 mm 7 - 8 Nm 60 - 72 lb in
6 mm 11 - 12 Nm 96 - 108 lb in
8 mm 26 - 31 Nm 228 - 276 lb in
10 mm 52 - 61 Nm 456 - 540 lb in
12 mm 90 - 107 Nm 66 - 79 lb ft
14 mm 144 - 172 Nm 106 - 127 lb ft
16 mm 217 - 271 Nm 160 - 200 lb ft
20 mm 434 - 515 Nm 320 - 380 lb ft
24 mm 675 - 815 Nm 500 - 600 lb ft
30 mm 1250 - 1500 Nm 920 - 1100 lb ft
36 mm 2175 - 2600 Nm 1600 - 1950 lb ft
Marcas para ferragem de classe 8.8

Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 10.9


Tamanho Nm lb/pol - lb/pé
4 mm 4 - 5 Nm 36 - 48 lb in
5 mm 9 - 11 Nm 84 - 96 lb in
6 mm 15 - 18 Nm 132 - 156 lb in
8 mm 37 - 43 Nm 324 - 384 lb in
10 mm 73 - 87 Nm 54 - 64 lb ft
12 mm 125 - 150 Nm 93 - 112 lb ft
14 mm 200 - 245 Nm 149 - 179 lb ft
16 mm 310 - 380 Nm 230 - 280 lb ft
20 mm 610 - 730 Nm 450 - 540 lb ft
24 mm 1050 - 1275 Nm 780 - 940 lb ft
30 mm 2000 - 2400 Nm 1470 - 1770 lb ft
36 mm 3500 - 4200 Nm 2580 - 3090 lb ft
Marcas para ferragem de classe 10.9

Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 12.9


Tamanho Nm lb/pol - lb/pé
Geralmente os valores de torque especificados para a ferragem de classe 10.9 podem ser usados sem problemas
nas ferragens de classe 12.9.
Marcas para ferragem de classe 12.9

10
INTRODUÇÃO

Encaixes hidráulicos de aço


Encaixe de dilatação de 37°
Diâmetro externo do tubo/Diâmetro Tamanho da rosca Nm lb/pol - lb/pé
interno da mangueira
mm polegada
6.4 mm 1/4 in 7/16-20 in 8 - 16 Nm 72 - 144 lb in
7.9 mm 5/16 in 1/2-20 in 11 - 22 Nm 96 - 192 lb in
9.5 mm 3/8 in 9/16-18 in 14 - 34 Nm 120 - 300 lb in
12.7 mm 1/2 in 3/4-16 in 20 - 57 Nm 180 - 504 lb in
15.9 mm 5/6 in 7/8-14 in 34 - 79 Nm 300 - 696 lb in
19.0 mm 3/4 in 1-1/16-12 in 54 - 108 Nm 40 - 80 lb ft
22.2 mm 7/8 in 1-3/16-12 in 81 - 135 Nm 60 - 100 lb ft
25.4 mm 1 in 1-5/16-12 in 102 - 158 Nm 75 - 117 lb ft
31.8 mm 1-1/4 in 1-5/8-12 in 169 - 223 Nm 125 - 165 lb ft
38.1 mm 1-1/2 in 1-7/8-12 in 285 - 338 Nm 210 - 250 lb ft

Roscas retas com anel O-ring


Diâmetro externo do tubo/Diâmetro Tamanho da rosca Nm lb/pol - lb/pé
interno da mangueira
mm polegada
6.4 mm 1/4 in 7/16-20 in 16 - 26 Nm 144 - 228 lb in
7.9 mm 5/16 in 1/2-20 in 22 - 34 Nm 192 - 300 lb in
9.5 mm 3/8 in 9/16-18 in 34 - 54 Nm 300 - 480 lb in
12.7 mm 1/2 in 3/4-16 in 57 - 91 Nm 540 - 804 lb in
15.9 mm 5/6 in 7/8-14 in 79 - 124 Nm 58 - 92 lb ft
19.0 mm 3/4 in 1-1/16-12 in 108 - 174 Nm 80 - 128 lb ft
22.2 mm 7/8 in 1-3/16-12 in 136 - 216 Nm 100 - 160 lb ft
25.4 mm 1 in 1-5/16-12 in 159 - 253 Nm 117 - 187 lb ft
31.8 mm 1-1/4 in 1-5/8-12 in 224 - 357 Nm 165 - 264 lb ft
38.1 mm 1-1/2 in 1-7/8-12 in 339 - 542 Nm 250 - 400 lb ft

Parafusos de montagem com flange fendido


Tamanho Nm lb/pol - lb/pé
5/16-18 in 20 - 27 Nm 180 - 240 lb in
3/8-16 in 27 - 34 Nm 240 - 300 lb in
7/16-14 in 47 - 61 Nm 420 - 540 lb in
1/2-13 in 74 - 88 Nm 55 - 65 lb ft
5/8-11 in 190 - 203 Nm 140 - 150 lb ft

Extremidade da vedação da face do anel O-ring


Tamanho do Diâmetro externo do tubo Tamanho da Nm lb/pol - lb/pé
traço SAE mm pol. rosca
nominal
-4 6.4 mm 1/4 in 9/16-18 in 14 - 16 Nm 120 - 144 lb in
-6 9.5 mm 3/8 in 11/16-16 in 24 - 27 Nm 216 - 240 lb in
-8 12.7 mm 1/2 in 13/16-16 in 43 - 54 Nm 384 - 480 lb in
-10 15.9 mm 5/8 in 1-14 in 62 - 76 Nm 552 - 672 lb in
-12 19.0 mm 3/4 in 1-3/16-12 in 90 - 110 Nm 65 - 80 lb ft
-14 22.2 mm 7/8 in 1-3/16-12 in 90 - 110 Nm 65 - 80 lb ft
-16 25.41 mm 1.0 in 1-7/16-12 in 125 - 140 Nm 92 - 105 lb ft
-20 31.8 mm 1-1/4 in 1-11/16-12 in 170 - 190 Nm 125 - 140 lb ft
-24 38.1 mm 1-1/2 in 2-12 in 200 - 254 Nm 150 - 180 lb ft

11
INTRODUÇÃO

Encaixe da extremidade do ressalto do anel O-ring ou porca de pressão


Tamanho do Diâmetro externo do tubo Tamanho da Nm lb/pol - lb/pé
traço SAE mm pol. rosca
nominal
-4 6.4 mm 1/4 in 7/16-20 in 23 - 27 Nm 204 - 240 lb in
-6 9.5 mm 3/8 in 9/16-18 in 34 - 41 Nm 300 - 360 lb in
-8 12.7 mm 1/2 in 3/4-16 in 61 - 68 Nm 540 - 600 lb in
-10 15.9 mm 5/8 in 7/8-14 in 81 - 88 Nm 60 - 65 lb ft
-12 19.0 mm 3/4 in 1-1/16-12 in 115 - 122 Nm 85 - 90 lb ft
-14 22.2 mm 7/8 in 1-13/16-12 in 129 - 136 Nm 95 - 100 lb ft
-16 25.41 mm 1.0 in 1-5/16-12 in 156 - 169 Nm 115 - 125 lb ft
-20 31.8 mm 1-1/4 in 1`-5/6-12 in 201 - 217 Nm 150 - 160 lb ft
-24 38.1 mm 1-1/2 in 1-7/8-12 in 258 - 271 Nm 190 - 200 lb ft

12
INTRODUÇÃO

Torque
Patriot 250 LA

Aperto e torque dos parafusos


Se uma chave de impacto a ar for usada para apertar
os parafusos, é necessário ter extremo cuidado para as-
segurar que os parafusos não sejam apertados além de
suas especificações de torque. As etapas a seguir de-
screvem como apertar e aplicar o torque nos parafusos
ou parafusos com cabeça allen em um círculo de parafu-
sos.

1. Aperte (mas sem aplicar torque) (1) até encaixar.


2. Vá para o lado oposto do circulo de parafusos e aperte
(2) até encaixar igualmente.
3. Em um movimento cruzado em torno do círculo de
parafusos, aperte os parafusos restantes.
4. Use uma chave de torque para aplicar o torque espe-
cificado de (1).
5. Usando a mesma sequência, repita o movimento cru-
zado em torno do círculo de parafusos, aplicando o
mesmo torque nos parafusos restantes.

1. Parafuso "A"
2. Parafuso "B"

BRIL12SP0029B0A 1

13
INTRODUÇÃO

Torque - Específico para Motor variável M46


Patriot 250 LA

Tabela de torques

Tabela de tamanho e torque do elemento de fixação


Item Elemento de fixação Tamanho da chave Torque
6 Parafusos da tampa do Sextavada de 7/16 in 15 N·m (11 lb ft)
servo pistão
1 Parafuso da tampa dianteira T50 Torx 58 N·m (43 lb ft)
7 Parafusos da tampa Torx T55 91 N·m (67 lb ft)
dianteira
26 Adaptador do sensor de Sextavada de 1 in 100 N·m (74 lb ft)
velocidade
27 Porca do sensor de Sextavada de 11/16 in 13 N·m (10 lb ft)
velocidade

Tabela de tamanho e torque do bujão


Item Bujão do anel O-ring Tamanho da chave Torque
5 1-1/16 in 12 SAE Sextavada interna de 9/16 115 N·m (85 lb ft)
in
12 9/16 in 18 SAE Sextavada de 11/16 in 37 N·m (27 lb ft)
18 9/16 in 18 UNF Sextavada interna de 1/4 in 24 N·m (18 lb ft)
19 1-1/16 in 12 SAE Sextavada de 1-1/4 in 170 N·m (125 lb ft)
20 9/16 in 18 UNF Sextavada de 11/16 in 37 N·m (27 lb ft)
25 7/8 in 18 UNF Sextavada de 1 in 108 N·m (80 lb ft)

Localização da ferragem

BRIL12SP0053F0A 1

14
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - Programa de lubrificação e manutenção


Patriot 250 LA

Usando o horímetro como guia, executar serviços nos intervalos horários indicados nas páginas a seguir. Acompa-
nhar os serviços executados na seção de Lubrificação e Hidráulica. Os intervalos de serviço recomendados são para
condições médias de operação. Executar manutenção na unidade com mais frequência se operada sob condições
adversas.

ADVERTÊNCIA: Proceder primeiramente com as verificações de segurança utilizando os EPI´s (Luva, óculos, sapa-
tos e roupas apropriadas). Somente pessoas treinadas devem efetuar trabalhos de operação e manutenção nesse
pulverizador. Seguir as recomendações de segurança contidas nesse manual.

Manutenção inicial recomendada


A seguinte manutenção só é recomendada como manutenção inicial necessária. A manutenção regular programada
ainda é necessária, além da manutenção inicial.

Horas Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
10 Porcas da roda X
50 Cabo e Terminais da
X
bateria
50 Lubrificante do cubo X X
50 Correia da ventoinha X
50 Correia do compressor
X
A/C

15
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - 10 horas


Patriot 250 LA

Programação recomendada de manutenção


O seguinte programa de manutenção só é recomendado nos intervalos definidos a seguir. No apêndice consta um
quadro onde é possível registrar toda a manutenção programada após terminada.

Manutenção 10 horas
Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
Cuidados com a máquina X
Tanque de produto X
Pivô da lança de
X X
estabilização
Cabine X
Tanque de combustível X
Nível de óleo do motor X
Nível de óleo hidráulico X
Nível do líquido de
X
arrefecimento do motor
Indicadores, interruptores e
X
luzes
Porcas da roda X
Sincronização dos cilindros
X
da direção
Equipamento de segurança X
Montagem da escora e do
X
eixo
Apoio do centro da barra X
Pivô da barra X
Liberação da barra X
Limpeza do sistema de
X
aplicação do produto

16
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - 50 horas


Patriot 250 LA

Todas as manutenções contidas neste relatório devem se repetir em intervalos de cada 50 horas, inclusas as de 10
horas, exceto para item TROCAR, referindo-se ao manual do fabricante/operador.

Manutenção 50 horas
Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
Nível de óleo do motor X
Nível de óleo hidráulico X
Nível de eletrólito e
X
conexões da bateria
Nível do líquido de
X
arrefecimento do motor
Tensão da correia do motor X
Tensão da correia da bomba
X
de produto
Tensão da correia do
X
alternador
Tensão da correia
do compressor do ar X
condicionado
Filtro de carvão ativado da
X
cabine
Pressão dos pneus X
Torque dos parafusos de
X
roda
Verificar fixação de
mangueiras hidráulicas X
e de produto
Verificar funcionamento dos
X
faróis
Verificar fixação dos porta
X
bicos
Lubrificante dos cubos de
X
roda *
Dreno de água do filtro de
X
combustível
Dreno de água do
X
reservatório de combustível
Telas e grades do radiador X
Condensador do ar
condicionado (limpar c/ X
ar comprimido)
Sujeira acumulada na
X
estrutura da máquina
Lavar a máquina completa X
Cilindros hidráulicos das
X
barras
Cilindros hidráulicos da
X
direção
Cilindros hidráulicos de
X
abertura da bitola (opcional)
Suspensão X
Quadro central X

* Primeiras 50 horas de uso, demais conforme programação.

17
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - 300 horas


Patriot 250 LA

Todas as manutenções contidas neste relatório devem se repetir em intervalos de cada 300 horas, inclusas as de 10
e 50 horas, referindo-se ao manual do fabricante/operador.

Manutenção 300 horas


Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
Mangueiras de admissão de
X
ar do motor
Mangueiras do sistema de
X
arrefecimento do motor
Verificar os filtros de ar
X
primário e secundário
Óleo dos cubos das rodas X
Filtro hidráulico de linha de
X
pressão
Filtro e óleo do motor X
Filtro de óleo diesel do
X
motor e filtro decantador
Correia do compressor do
X
ar condicionado

18
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - 450 horas


Patriot 250 LA

Todas as manutenções contidas neste relatório devem se repetir em intervalos de cada 450 horas, inclusas as de
10, 50 e 300, exceto para item “Trocar”, referindo-se ao manual do fabricante/operador.

Manutenção 450 horas


Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
Filtro de carvão ativado da
X
cabine
Respirador do tanque
X
hidráulico

19
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - 600 horas


Patriot 250 LA

Todas as manutenções contidas neste relatório devem se repetir em intervalos de cada 600 horas, inclusas as de
10,50,300 e 450 (exceto trocar 450) referindo-se ao manual do fabricante/operador.

Manutenção 600 horas


Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
Óleo dos cubos das rodas X
Filtros hidráulicos (sucção e
X
linha de pressão)
Filtro e óleo do motor X
Filtro de óleo diesel do
X
motor e filtro decantador

20
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - 900 horas


Patriot 250 LA

Todas as manutenções contidas neste relatório devem se repetir em intervalos de cada 900 horas, inclusas as de
10, 50, 300, 450 e 600, referindo-se ao manual do fabricante/operador.

Manutenção 900 horas


Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
Nível do líquido de
X
arrefecimento do motor
Óleo dos cubos das rodas X
Filtros hidráulicos X
Elemento do filtro hidráulico
X
de retorno
Filtro e óleo do motor X
Filtro de óleo diesel do
X
motor e filtro decantador
Filtro de carvão ativado da
X
cabine
Respirador do tanque
X
hidráulico
Óleo hidráulico X

21
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - 1200 horas


Patriot 250 LA

Todas as manutenções contidas neste relatório devem se repetir em intervalos de cada 1200 horas, inclusas as de
10,50,300, 450, 600 e 900 horas referindo-se ao manual do fabricante/operador.

Manutenção 1200 horas


Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
Óleo dos cubos das rodas X
Filtros hidráulicos (sucção e
X
linha de pressão)
Filtro e óleo do motor X
Filtro de óleo diesel do
X
motor e filtro decantador
Óleo hidráulico X
Correia do motor X
Filtros de ar da cabine X

22
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - 2000 horas


Patriot 250 LA

Todas as manutenções contidas neste relatório devem se repetir em intervalos de cada 2000 horas, inclusas as de
10,50,300, 450, 600, 900 e 1200 horas referindo-se ao manual do fabricante/operador.

Manutenção 2000 horas


Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
Líquido de arrefecimento do
X
motor

23
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - 2400 horas


Patriot 250 LA

Todas as manutenções contidas neste relatório devem se repetir em intervalos de cada 2400 horas, inclusas as de
10,50,300, 600 e 2000 horas referindo-se ao manual do fabricante/operador.

Manutenção 2400 horas


Pontos de serviço Engraxar Drenar Verificar Limpar Trocar Encher Torque
Folga de válvulas do motor X

24
INTRODUÇÃO

Gráfico de Manutenção - Conforme necessário


Patriot 250 LA

A seguinte manutenção só precisa ser feita se nenecessário. Ler toda a seção e ficar ciente de que os seguintes
itens podem precisar de manutenção.

Horas Pontos de serviço


X Fuso e pino de articulação
X Articulação da direção
X Sistema de ar condicionado
X Liberações da barra
X Filtros de tela da barra
X Fluxômetro
X Articulações de controle – bomba hidrostática
X Bomba hidrostática
X Bomba auxiliar e motores das rodas
X Falha da bomba hidráulica ou do motor

25
INTRODUÇÃO

Ferramentas especiais
Patriot 250 LA

Chave de torque
Código atual: 380000158

Código Anterior: 296200

Forn.: 1

Uso: 3

BRAG12PUALL024 1

Gancho para levantar o motor


Código atual: 380000216

Código Anterior: 290740

Forn.: 5

Uso: 3

BRAG12PUALL002 2

Braçadeira do anel do pistão ( 60 - 125 mm)


vigente
Código atual: 380000220

Código Anterior: 291048

Forn.: 1

Uso: 1

BRAG12PUALL003 3

26
INTRODUÇÃO

Alicate para amontagem dos anéis dos pis-


tões
Código atual: 380000221

Código Anterior: 291160

Forn.: 5

Uso: 3

380000221 4

Cavalete giratório para revisão do motor


Código atual: 380000301

Código Anterior: 290090

Forn.: S/F

Uso: 3

380000301 5

Compressor para as molas das válvulas


Código atual: 380000302

Código Anterior: 291050

Forn.: -

Uso: -

BRAG12PUALL05 6

27
INTRODUÇÃO

Dispositivo para levantar o virabrequim


Código atual: 380000362

Código Anterior: 99360500

Forn.: 1

Uso: 3

380000362 7

Base do relógio comparador


Código atual: 380000364

Código Anterior: 99370415

Forn.: 1

Uso: 3

380000364_3A 8

Extrator da vedação traseira do virabrequim


Código atual: 380000663

Código Anterior: -

Forn.: 5

Uso: 3

BRAG12PUALL006 9

28
INTRODUÇÃO

Instalador da vedação traseira do virabre-


quim
Código atual: 380000664

Código Anterior: -

Forn.: 5

Uso: 3

BRAG12PUALL007 10

Extrator da vedação frontal do virabrequim


Código atual: 380000665

Código Anterior: -

Forn.: 5

Uso: 3

BRAG12PUALL012 11

Instalador da vedação frontal do virabre-


quim
Código atual: 380000666

Código Anterior: -

Forn.: 5

Uso: 3

BRAG12PUALL013 12

29
INTRODUÇÃO

Instalador/removedor de bucha do eixo de


cames
Código atual: 380000667

Código Anterior: 75301788

Forn.: S/F

Uso: 3

380000667 13

Batedor manual para motores


Código atual: 380000668

Código Anterior: 75301788

Forn.: 5

Uso: 1

380000668 14

Ferramenta para desmontagem do filtro dos


motores
Código atual: 380000670

Código Anterior: - 75301788

Forn.: 5

Uso: 1

BRAG12PUALL023 15

30
INTRODUÇÃO

Dispositivo para girar o motor NEF 4


Código atual: 380000988

Código Anterior: -

Forn.: 1

Uso: 1

380000988_3 16

Motor NEF – Vide anexo vigente


Código atual: 380001004

Código Anterior: 99395603

Forn.: -

Uso: 1

380001004 17

Extrator do injetor
Código atual: 380001099

Código Anterior: -

Forn.: 5

Uso: 3

BRAG12PUALL014 18

31
INTRODUÇÃO

Fluxômetro importado
Código atual: 380001731

Código Anterior: OEM1239; 380001806; CNH350044

Forn.: 5

Uso: 2

BRAG12PU0005LUE 19

Extrator do corpo do redutor – Bonfiglioli


Código atual: 380003122

Código Anterior: ECS 10009

Forn.: 1

Uso: 2

BRAG12PUALL015 20

Extrator da porca trava do rolamento (so-


mente LAR)
Código atual: 380003312

Código Anterior: PNH - 371

Forn.: 1

Uso: 1

BRAG12PUALL025 21

32
INTRODUÇÃO

Instalador da porca trava do rolamento (so-


mente LAR)
Código atual: 380003313

Código Anterior: PNH - 370

Forn.: 1

Uso: 2

BRAG12PUALL026 22

Instalador do retentor (somente LAR)


Código atual: 380003314

Código Anterior: PNH - 372

Forn.: 1

Uso: 2

BRAG12PUALL027 23

Kit de conexão ( Eletronic Service Tool)


Código atual: 380040220

Código Anterior: CAS40048B, CAS40048A; 380001216

Forn.: 5

Uso: 2

BRAG12PUALL019 24

Cabo universal
Código atual: 380200170

Código Anterior: 9X20 500 206; NHT-0014; NHC- 0081;


CNH000007

Forn.: 1

Uso: 2

BRAG12PUALL028 25

33
INTRODUÇÃO

Kit extrator de terminal Deutsch


Código atual: 380500061

Código Anterior: CNH550001; 84074681

Forn.: 6

Uso: 1

BRAG12PUALL021 26

Saca pino
Código atual: 84271107

Código Anterior: -

Forn.: 1

Uso: 1

LAIL11SP0082A0A 27

Ferramenta de retração Deutsch


Código atual: 84400046

Código Anterior: CNH550002

Forn.: 5

Uso: 3

LAIL11SP0083A0A 28

Maleta de teste de pressão


Código atual: CAS1803

Código Anterior: CNH350038; CAS10108; CAS10109

Forn.: 5

Uso: 2

LAIL11SP0115A0A 29

34
INTRODUÇÃO

Kit teste de fluxo


Código atual: CAS1807

Código Anterior: CNH350039; CAS10103; CAS10104

Forn.: 5

Uso: 2

LAIL11SP0116A0A 30

35
INTRODUÇÃO

Especificações gerais
Patriot 250 LA

Informações sobre lubrificação

Propriedades gerais
O lubrificante usado na maioria dos acionamentos Torque-Hub® deve ser um fluido de engrenagem à base de pe-
tróleo, contendo aditivos antioxidação, antiespuma e de pressão extrema. O lubrificante deve ter um índice de
viscosidade mínimo de 95 cst e deve manter uma viscosidade mínima de 40 cst em condições normais de operação.
Algumas aplicações exigem considerações especiais; consulte o fabricante da máquina e Oerlikon Fairfield para ob-
ter outras informações adicionais.

A tabela abaixo apresenta as diversas viscosidades recomendadas para várias temperaturas operacionais ambien-
tes. Essas recomendações são baseadas na elevação da temperatura em 50 - 100 °F em condições normais de
operação.

Planetário do diferencial Planetário simples


Temperatura Índice ISO Número do lubrificante Índice ISO Número do lubrificante
Ambiente AGMA AGMA
-40 - -5 °F (1) VG100 3EP VG100 3EP
-5 - 40 °F VG150 4EP VG100 3EP
40 - 105 °F VG220/VG320 5EP/6EP VG150/VG220 4EP/5EP
105 - 150 °F (2) VG460 7EP VG320 6EP

Notas
1. Para operação nesta faixa de temperatura ambiente, óleo sintético é recomendado com um ponto de fluidez de
10 °F menor que a temperatura ambiente mínima.
2. Para operação nesta faixa de temperatura ambiente, óleo sintético é recomendado para a vida útil do lubrificante
correto em temperaturas elevadas.

Manutenção
As quantidades de óleo de cada série dos acionamentos Torque-Hub® são indicadas na literatura das respectivas
séries. Uma troca de óleo inicial deverá ser feita após as primeiras 50 h de operação. Trocas de óleo subsequentes
devem ser feitas em intervalos de 1000 h ou anualmente, o que ocorrer primeiro.

As temperaturas de óleo não devem ser superiores a 71.1 - 82.2 °C (160.0 - 180.0 °F) em operação contínua, nem
superiores a 93.3 °C (200.0 °F) em operação intermitente. Para aplicações especiais, alta potência, altas velocidades
ou grandes mudanças de temperatura, consulte seu revendedor CASE IH AGRICULTURE.

Nível de enchimento de óleo


Quando a unidade Torque-Hub® está montada horizontalmente, a menos que especificado de outra forma, a caixa
de câmbio deve ser abastecida pela metade de óleo. Consulte a literatura da respectiva série para obter os volumes
de enchimento aproximados. Unidades Torque-Hub® montadas verticalmente podem exigir procedimentos especiais
de lubrificação. Entre em contato com Oerlikon Fairfield para aplicações montadas verticalmente.

36
INTRODUÇÃO

Consumíveis
Patriot 250 LA

Especificações de fluídos e capacidades


Sistema Especificação de óleo Quantidade Observações
O uso de óleos lubrificantes
de qualidade, combinado
CASE IH AKCELA NO. 1™ com trocas de óleo e filtros
ENGINE OIL SAE 15W-40 Sem troca de filtro: 9.6 l em intervalos adequados é
Motor
(1030190) API CI4/ API Com troca de filtro: 10 l fator de suma importância
CH-4 na manutenção do
desempenho e durabilidade
do motor
50% AGUA + 50% CASE
Sistema de arrefecimento IH AKCELA PREMIUM 40 l —
ANTI-FREEZE (1060077)
Tipo de combustível: Diesel
Tanque de combustível 182 l —
N°. 2
Capacidade do reservatório
142 l
Capacidade total: 190 l Óleo hidráulico de base pe-
(sem opcional Controle trolífera, contendo aditivos
CASE IH AKCELA AW100 antiferrugem, antioxidantes,
Sistema hidráulico Automático de Altura das
HYDRAULIC FLUID antidesgaste, antiespuman-
Barras - Smartboom) / 195
l (com opcional Controle tes e de melhoria do índice
Automático de Altura das de viscosidade
Barras - Smartboom)
CASE IH AKCELA GEAR
Cubo dianteiro (individual):
Cubo das rodas 135 H EP 85W-140, API —
1.1 l
GL-5
CASE IH AKCELA GEAR
Óleo de engrenagem 135 H EP 85W-140 e API — —
GL-5
Uma graxa multiuso à base
Recomenda-se: CASE de lítio com número de
IH AKCELA MOLY GREASE consistência NLGI NO. 2
1070173 (251 H EP-M; MULTI-PURPOSE LITHIUM
NLGI 2; Bissulfeto de EP GREASE, que também
Graxa Molibdênio) ou CASE — contenha aditivos de
IH AKCELA 251H EP extrema pressão, inibidores
MULTI-PURPOSE GREASE de oxidação e inibidores
1070172 (251 H EP; NLGI de corrosão (por exemplo,
2) Estearato de Hidróxido de
Lítio)

Ar-condicionado
Todas as máquinas possuem compressores A/C projetados para o uso de refrigerante R134A e lubrificante Sanden
P.A.G. SP20.
• Refrigerante R134A (Tetrafluoroetane - CH2FCF3).

O R134A é um gás estável, incolor, atóxico, não inflamável, liquefeito com leve odor de éter. É um item HFC e
portanto não contém o elemento clorado de destruição da camada de ozônio, por ter ODP (Potencial de Destruição
do Ozônio) zero. Apresenta um potencial de efeito estufa menor que 10% com relação ao R12.

37
INTRODUÇÃO

38
MANUAL DE SERVIÇO
Motor

Patriot 250

10
Conteúdo

Motor - 10

[10.001] Motor e cárter . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1


Patriot 250

[10.206] Filtros de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.2


Patriot 250

[10.216] Tanques de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3


Patriot 250

10
Motor - 10

Motor e cárter - 001

Patriot 250

10.1 [10.001] / 1
Conteúdo

Motor - 10

Motor e cárter - 001

DADOS TÉCNICOS

Motor
Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Patriot 250 LA

DADOS FUNCIONAIS

Motor
Descrição dinâmica - Redução de desempenho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9

SERVIÇO

Motor
Instalar – Motor na estrutura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10

DIAGNÓSTICO

Motor
Detecção e solução de problemas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12

10.1 [10.001] / 2
Motor - Motor e cárter

Motor - Especificações gerais


Motor
Marca FPT - Fiat Powertrain Technologies
Modelo NEF 4
Injeção direta com alta pressão Sistema Common Rail,
Tipo
Turbo intercooler
Potência 101 kW (137 Hp)
Número de cilindros 4 em linha
Diâmetro do cilindro 104 mm
Curso 132 mm
Taxa de compressão 17:1
Ordem de injeção 1-3-4-2
Cilindrada 4.48 l
Rotação de marcha lenta 900 RPM
Rotação sem carga 2290 RPM
Rotação nominal 2200 RPM
Folga das válvulas Admissão/Escape (motor frio) 0.254 mm/ 0.508 mm
Sentido da rotação (visto da frente do motor) Sentido horário
Peso aproximado do motor 410 - 440 kg
Capacidade de óleo
Com troca de filtro 10 l (2.6 US gal)
Sem troca de filtro 9.6 l (2.5 US gal)
Temperatura de trabalho do motor 83 - 99 °C
Bomba injetora BOSCH CP 3.3

Sistema de arrefecimento
Tipo de termostato Jiggle
A água deve ser limpa e livre de contaminação com um
Qualidade da água
pH de 6 a 9
Capacidade do líquido de arrefecimento, motor somente 14.5 l
Volume total de líquido de arrefecimento 40 l

Sistema de combustível
Tipo de combustível Diesel
Combustível alternativo Diesel com 5% de biodiesel
Capacidade máxima 182 l

Motor - Especificações gerais


Patriot 250 LA

10.1 [10.001] / 3
Motor - Motor e cárter

F4HECOMPLETE 1

Os motores NEF F4HFE são caracterizados por serem motores diesel de ciclo de quatro cursos, com turbocompres-
sor, com 4 ou 6 cilindros e 4 válvulas por cilindro.

Tem abastecimento de injeção de alta pressão (trilhos comuns) e é totalmente acionado eletronicamente para aperfei-
çoar o processo de trabalho de acordo com a operação, limitando as emissões de poluentes e o consumo o máximo
possível.
NOTA: Os dados, os recursos e o desempenho são válidos apenas se o ajustador cumprir todas as ordens de ins-
talação fornecidas pelo FPT.
Além disso, o uso da unidade após a revisão deve estar em conformidade com a potência original especificada e a
RPM do motor projetadas para o motor.

10.1 [10.001] / 4
Motor - Motor e cárter

Especificações gerais
Tipo de Motor 4 Cilindros 6 Cilindros
Ciclo Motor diesel de quatro cursos
Energia Com turbocompressor e intercooler
Injeção Direta
Número de cilindros 4 6
Diâmetro interno 104 mm (4 in)
Curso 132 mm (5 in)
Deslocamento total 4485 cm³ 6728 cm³
Sincronismo
Início antes do T.D.C. 18.5 °
Término após o B.D.C. 29.5 °
Início antes do B.D.C. 67 °
Término após o T.D.C. 35 °
Folga da válvula
Admissão 0.20 - 0.30 mm (0.008 - 0.012 in)
Escape 0.45 - 0.55 mm (0.018 - 0.022 in)
Alimentação de Combustível
Tipo de injeção Trilho comum de alta pressão Bosch
Controle EDC7 UC31
Injetor CRIN 2
Tipo de bico DLLA
Sequência de injeção 1-3-4-2 1-5-3-6-2-4
Pressão da injeção 250 - 1600 bar (3625 - 23200 psi)
Aspiração
Turbocompressor Com intercooler
Tipo turbocompressor Honeywell GT25 Holset HX35
Lubrificação
Pressão de óleo @ Marcha lenta 0.7 bar (10 psi)
baixa
Pressão de óleo @ Marcha lenta 3.5 bar (51 psi)
alta
Capacidade da bandeja de óleo 15 l (15.85 US qt)
Capacidade do filtro de óleo 1 l (1.06 US qt)
Arrefecimento
Bomba de água Acionado por correia
Termostato 79 - 83 °C (174 - 181 °F)

10.1 [10.001] / 5
Motor - Motor e cárter

Dados de folga
Bloco do cilindro e Componentes do virabrequim
Tambores do cilindro 104.000 - 104.024 mm (4.094 - 4.095 in)
Extragrande 0.4 mm (0.016 in)
Pistões 103.739 - 103.757 mm (4.084 - 4.085 in) (*)
Altura da saia 49.5 mm (1.949 in) (*)
Alojamento do pino 38.010 - 38.016 mm (1.496 - 1.497 in)
Pistão (extragrande) 0.4 mm (0.016 in)
Projeção 0.28 - 0.52 mm (0.011 - 0.020 in)
Pino 37.994 - 38.000 mm (1.496 - 1.496 in)
Pino do pistão - Alojamento
0.01 - 0.022 mm (0.0004 - 0.001 in)
do pino
Descansos do anel do pistão
Combustão 2.705 - 2.735 mm (0.106 - 0.108 in)
Intermediário 2.420 - 2.440 mm (0.095 - 0.096 in) (*)
Controle de óleo 4.030 - 4.050 mm (0.159 - 0.159 in)
Anéis do pistão
Combustão 2.560 - 2.605 mm (0.101 - 0.103 in)
Intermediário 2.350 - 2.380 mm (0.093 - 0.094 in)
Controle de óleo 3.970 - 3.990 mm (0.156 - 0.157 in)
Anel do pistão e folga de descanso do anel
Combustão 0.100 - 0.175 mm (0.004 - 0.007 in)
Intermediário 0.060 - 0.110 mm (0.002 - 0.004 in)/ 0.040 - 0.090 mm (0.002 - 0.004 in) (*)
Controle de óleo 0.040 - 0.080 mm (0.002 - 0.003 in)
Espaço da extremidade do anel do pistão
Combustão 0.30 - 0.40 mm (0.012 - 0.016 in)
Intermediário 0.60 - 0.80 mm (0.024 - 0.031 in)
Controle de óleo 0.30 - 0.55 mm (0.012 - 0.022 in)
Biela
Alojamento de extremidade
40.987 - 41.013 mm (1.614 - 1.615 in)
pequena
Alojamento de extremidade
72.987 - 73.013 mm (2.874 - 2.875 in)
grande
Diâmetro interno da bucha
38.019 - 38.033 mm (1.497 - 1.497 in)
de extremidade pequena
Espessura da cobertura do
rolamento de extremidade 1.955 - 1.968 mm (0.077 - 0.077 in)
grande
Pino do pistão e folga da
0.019 - 0.039 mm (0.001 - 0.002 in)
bucha
Cobertura do rolamento
extragrande de extremidade 0.250 mm (0.010 in); 0.500 mm (0.020 in)
grande
Virabrequim
Mancais principais 82.99 - 83.01 mm (3.267 - 3.268 in)
Pinos de biela 68.987 - 69.013 mm (2.716 - 2.717 in)
Espessura da cobertura do
2.456 - 2.464 mm (0.097 - 0.098 in)
rolamento principal
Espessura da cobertura do
rolamento de extremidade 1.955 - 1.968 mm (0.077 - 0.078 in)
grande
Orifício do rolamento principal
Nº 1,5 / 1,7 87.982 - 88.008 mm (3.464 - 3.465 in)
Nº 2,3,4 / 2,3,4,5,6 87.977 - 88.013 mm (3.464 - 3.465 in)
Cobertura do rolamento e folga do mancal

10.1 [10.001] / 6
Motor - Motor e cárter

Dados de folga
Nº 1,5 / 1,7 0.041 - 0.119 mm (0.002 - 0.005 in)
Nº 2,3,4 / 2,3,4,5,6 0.041 - 0.103 mm (0.002 - 0.004 in)
Cobertura do rolamento e
0.033 - 0.041 mm (0.001 - 0.002 in)
Folga do pino da biela
Mancal de encosto 37.475 - 37.545 mm (1.475 - 1.478 in)
Orifício do rolamento de
32.180 - 32.280 mm (1.267 - 1.271 in)
encosto
Rolamento de encosto 37.28 - 37.38 mm (1.468 - 1.472 in)
Folga axial do virabrequim 0.095 - 0.265 mm (0.004 - 0.010 in)
Cabeça do cilindro e componentes
Orifício da guia da válvula 7.042 - 7.062 mm (0.277 - 0.278 in)
Válvulas de admissão
Diâmetro da haste 6.970 - 6.990 mm (0.274 - 0.275 in)
Ângulo da face 59.75 - 60.25 °
Válvulas de escape
Diâmetro da haste 6.970 - 6.990 mm (0.274 - 0.275 in)
Ângulo da face 44.75 - 44.25 °
Haste da válvula e Folga da
0.052 - 0.092 mm (0.002 - 0.004 in)
guia
Orifício do assento da válvula
Admissão 34.837 - 34.863 mm (1.372 - 1.373 in)
Escape 34.837 - 34.863 mm (1.372 - 1.373 in)
Diâmetro externo do assento da válvula
Admissão 34.917 - 34.931 mm (1.375 - 1.375 in)
Escape 34.917 - 34.931 mm (1.375 - 1.375 in)
Ângulo do assento da válvula
Admissão 60 °
Escape 45 °
Dissipador da válvula
Admissão 0.59 - 1.11 mm (0.023 - 0.044 in)
Escape 0.96 - 1.48 mm (0.038 - 0.058 in)
Interferência entre o assento da válvula e o cabeçote do cilindro
Admissão 0.054 - 0.094 mm (0.002 - 0.004 in)
Escape 0.054 - 0.094 mm (0.002 - 0.004 in)
Altura da mola da válvula
Livre 47.75 mm (1.880 in)
Sob uma carga igual a:
330.8 - 348.8 N (74.4 - 78.4
35.33 mm (1.391 in)
lb)
Sob uma carga igual a:
702 - 780 N (157.8 - 175.4 lb) 25.2 mm (0.992 in)
Orifício do eixo de comando
Nº 1 (lado do volante) 59.222 - 59.248 mm (2.332 - 2.333 in)
Nº 2,3,4,5 / 2,3,4,5,6,7 54.089 - 54.139 mm (2.129 - 2.131 in)
Mancais do eixo de comando
1-5 / 1-7 53.995 - 54.045 mm (2.126 - 2.128 in)
Diâmetro interno da bucha 54.083 - 54.147 mm (2.129 - 2.132 in)
Bucha e folga do mancal 0.038 - 0.162 mm (0.001 - 0.006 in)
Elevação do came
Admissão 7.582 mm (0.299 in)
Escape 6.045 mm (0.238 in)
Orifício do platinado 16.000 - 16.030 mm (0.630 - 0.631 in)
Diâmetro externo do platinado

10.1 [10.001] / 7
Motor - Motor e cárter

Dados de folga
Topo 15.924 - 15.954 mm (0.627 - 0.628 in)
Meio 15.960 - 15.975 mm (0.628 - 0.629 in)
Parte inferior 15.924 - 15.954 mm (0.627 - 0.628 in)
Platinados e Folga do orifício 0.025 - 0.070 mm (0.001 - 0.003 in)
Eixo do balancim 21.965 - 21.977 mm (0.865 - 0.865 in)
Balancins 22.001 - 22.027 mm (0.866 - 0.867 in)
Balancins e folga do eixo 0.024 - 0.162 mm (0.001 - 0.006 in)

10.1 [10.001] / 8
Motor - Motor e cárter

Motor - Descrição dinâmica - Redução de desempenho


A curva de torque nominal é corrigida de acordo com os planejamentos da ECU

Redução da temperatura do líquido de arrefecimento e advertências


Temperatura do líquido de
Redução Condição
arrefecimento
Lâmpada de advertência da
temperatura do líquido de
Pré-advertência arrefecimento (cor âmbar) acesa. 103.0 °C (217.4 °F)
Mostrador indica "Engine Temp High"
(Temperatura do motor alta)
Lâmpada de advertência da
temperatura do líquido de
arrefecimento (cor vermelha)
Início da redução 106.0 °C (222.8 °F)
acesa. Mostrador indica "Engine
Temp Very High" (Temperatura do
motor muito alta)
A redução máxima ocorre; a lâmpada
Redução máxima (65%) permanecerá acesa e o mostrador 112.0 °C (233.6 °F)
indicando "Engine Temp Very High"
Redução inicia em 106.0 °C (222.8 °F), redução máxima em 112.0 °C
Aprovação Status Observações
(233.6 °F)

Redução da temperatura do ar de admissão do turbo e advertências


Redução Condição Arrefecedor do Ar de Admissão
Lâmpada de advertência da
temperatura (cor âmbar) acesa.
Início da redução Mostrador indica "Engine Intake Air 88.0 °C (190.4 °F)
Temp High" (Temperatura alta do ar
de admissão do motor)
Lâmpada de temperatura alta (cor
vermelha) acesa. Mostrador indica
Redução máxima (50%) "Engine Intake Air Temp Very High" 120.0 °C (248.0 °F)
(Temperatura muito alta do ar de
admissão do motor)

Redução da pressão do óleo do motor e advertências


Redução Condição Pressão do Óleo
Advertência de PRESSÃO BAIXA - Advertência somente quando muito
NENHUM
nível 2 baixa
Advertência de PRESSÃO MUITO
BAIXA - nível 1; mostrador indica
NENHUM "Engine Oil Pressure Very Low" 336.0 kPa (48.7 psi) a 2264 RPM
(Pressão do óleo do motor muito
baixa)

10.1 [10.001] / 9
Motor - Motor e cárter

Motor - Instalar – Motor na estrutura


Suportes no motor
1. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (3).
2. Instale os suportes (2) e fixe através das arruelas (4)
e parafusos (3).
3. Aplique torque 145 N·m +/- 13.

SOIL13SP00115AB 1

SOIL13SP00116AB 2

4. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (7).


5. Instale o suporte do lado direito (5) e suporte do lado
esquerdo (6) e fixe através das arruelas (8) e para-
fusos (7).
6. Aplique torque 145 N·m +/- 13.

SOIL13SP00117AB 3

10.1 [10.001] / 10
Motor - Motor e cárter

Motor na estrutura
1. Instale os suportes do conjunto do motor na estrutura
do chassi e fixe através dos parafusos (1) , arruelas
(2) e porcas (3).

SOIL13SP00118AB 4

SOIL13SP00119AB 5

SOIL13SP00120AB 6

10.1 [10.001] / 11
Motor - Motor e cárter

Motor - Detecção e solução de problemas


Problema Causa possível Correção
O motor não atinge a Limpador de ar obstruído Inspecione e substitua o purificador de ar,
potência total se necessário
Linha de combustível obstruída Verifique se a linha de combustível está
amassada. Verifique se o elevador de
combustível está limpo.
Sincronismo incorreto da injeção Repare/substitua os componentes, con-
forme necessário.
Ângulo e pressão da injeção do bocal in- Verifique o sincronismo da injeção; verifi-
corretos que se o ângulo e a pressão da injeção es-
tão corretos
Baixa compressão do cilindro Verifique a compressão do motor
Injeção de combustível insuficiente Efetue os reparos em uma oficina autori-
zada
Ajuste incorreto da folga da válvula Ajuste as válvulas para corrigir as tolerân-
cias
Válvulas queimadas, gastas ou emperra- Inspecione e substitua, conforme necessá-
das rio.
Gaxeta de cabeçote queimada Substitua a gaxeta do cabeçote
Anéis do pistão gastos ou emperrados Faça a revisão, conforme necessário
Falha no solenoide de parada do motor Substitua o solenoide de parada
Baixa pressão de óleo Baixo nível de óleo do motor Abasteça até o nível adequado
Grau do óleo incorreto Substitua por óleo de grau correto
Filtro da bomba de óleo entupido Troque o óleo e o filtro
Válvula de alívio de pressão de óleo com Substitua a válvula de alívio
defeito
Engrenagens do eixo propulsor da bomba Inspecione o sistema de óleo e os com-
de óleo desgastadas ou tubo de óleo que- ponentes. Substitua os componentes com
brado defeito
Muita folga no rolamento principal ou no Substitua os rolamentos ou o eixo, caso
rolamento da biela necessário
A folga axial da bomba de óleo não está Verifique o folga e o calço da bomba de
ajustada corretamente acordo com a tolerância correta, conforme
necessário.
Motor não para Falha no solenoide de parada do motor Substitua o solenoide de parada
Falha no interruptor do motor de partida Substitua o interruptor do motor de partida
Baixa compressão do Válvulas queimadas, gastas ou emperra- Substitua as válvulas
cilindro das
Haste da válvula dobrada Substitua as válvulas
Mola da válvula rompida ou sem força Substitua a mola da válvula
Gaxeta do cabeçote do cilindro queimada Substitua a gaxeta do cabeçote
Anéis do pistão gastos ou emperrados Substitua os anéis do pistão
Pistão marcado Substitua o pistão
Marcha lenta do motor Sincronismo incorreto da injeção Corrija o sincronismo da injeção
fraca
Ar na bomba da injeção Retire o ar do sistema.
Ajuste incorreto do regulador Ajuste o regulador
A luz de advertência da Lâmpada queimada Troque o bulbo
pressão de óleo opera
com falha
Sensor de pressão de óleo com defeito Substitua o sensor de pressão de óleo
Circuito da luz de advertência com defeito
Substitua o circuito da luz de advertência
O motor bate Óleo diluído ou fino Troque o óleo do motor e o filtro
Fornecimento insuficiente de óleo Verifique o nível de óleo do motor
Baixa pressão de óleo Verifique se o sistema de lubrificação pos-
sui restrições
Rolamento de encosto do virabrequim des- Substitua o rolamento de encosto
gastado
Desvio excessivo do volante Substitua o volante

10.1 [10.001] / 12
Motor - Motor e cárter

Problema Causa possível Correção


Folga excessiva da biela ou do rolamento Substitua as pistas dos
principal
Rolamento emperrado Substitua o rolamento e o componente afe-
tado, caso necessário
Passagem de óleo entupido Limpe as passagens de óleo
Biela torta ou torcida Substitua a biela
Mancais do virabrequim fora de centro Repare ou substitua o virabrequim
Folga excessiva do pistão no orifício do ci- Substitua o pistão por um pistão dimensio-
lindro nado corretamente
Folga excessiva da lateral do anel do pis- Substitua os anéis do pistão
tão
Anel quebrado ou danificado Substitua o anel do pistão
Folga excessiva do pino do pistão Substitua o pino do pistão ou a bucha
Pistão emperrado Substitua o pistão e, caso necessário, o
bloco do motor
Retentor do pino do pistão frouxo ou au- Substitua o retentor
sente
Ajuste incorreto da folga da válvula Ajuste a folga da válvula de acordo com a
especificação
Elevador da válvula desgastado Substitua o elevador da válvula
Folga excessiva da engrenagem de sincro- Substitua todas as engrenagens de sincro-
nismo nismo
Excesso no consumo de Nível do óleo do motor muito alto Remova o excesso de óleo
óleo
Vazamento na gaxeta do cabeçote do cilin- Substitua a gaxeta do cabeçote
dro
Perda de óleo depois dos pistões e anéis Substitua os anéis do pistão
Anéis do pistão gastos, quebrados ou em- Substitua os anéis do pistão
perrados
Orifício de retorno do anel de óleo entupido Desobstrua o orifício de óleo de retorno e
substitua os anéis
Válvulas, guias ou vedações desgastadas Substitua as válvulas, as guias ou as veda-
ções
Vazamento após as vedações de óleo e as Substitua as vedações e as gaxetas com
gaxetas vazamento
Óleo externo vazando do motor Localize e repare os vazamentos
O motor superaquece Quantidade insuficiente de líquido de arre- Abasteça o líquido de arrefecimento até o
fecimento no radiador nível adequado
Vazamento na conexão da mangueira ou Aperte a conexão da mangueira ou substi-
mangueira contraída tua a mangueira.
Vazamento do radiador Localize o vazamento e repare ou substitua
o radiador
Correia em V frouxa, desgastada ou par- Ajuste a tensão da correia em V ou substi-
tida. tua a correia.
Aletas do radiador dobradas ou entupidas Endireite e limpe as aletas
Sem vedação na tampa do radiador Substitua a tampa do radiador
Operação incorreta do termostato Substitua a cobertura do termostato
Quantidade insuficiente de óleo Abasteça até o nível adequado
Operação incorreta da bomba de água Substitua a bomba de água
Folga inadequada da válvula Ajuste a folga da válvula conforme a espe-
cificação
Restrição no sistema de escape Remova a restrição
Gaxeta do cabeçote do cilindro instalada Reinstale a gaxeta do cabeçote na posição
incorretamente correta
Porta de água obstruída por crosta e/ou Reversão de fluxo no sistema de resfria-
ferrugem mento
Motor em marcha lenta por períodos pro- Desligue o motor durante longos períodos
longados em marcha lenta

10.1 [10.001] / 13
Motor - Motor e cárter

Problema Causa possível Correção


O medidor de temperatura Emissor de temperatura com defeito Substitua o interruptor de temperatura
não consegue atingir a
temperatura operacional
normal
Termostato com defeito Substituir o termostato
Medidor de temperatura com defeito Substitua o medidor de temperatura
Motor não dá a partida Falha no interruptor do motor de partida Substitua o interruptor
Bateria com carga insuficiente ou total- Verifique a bateria e o sistema de carga
mente descarregada
Falta de combustível Abasteça o tanque de combustível
Ar misturado no sistema de combustível Inspecione se o sistema de combustível
está bem tensionado.
Filtro de combustível entupido Substituir o filtro de combustível
Fornecimento de combustível irregular ou Substitua o fornecimento de combustível
com defeito
O bujão de resistência elétrica não aquece Substitua o bujão de resistência elétrica
Viscosidade incorreta do óleo lubrificante Substitua o óleo de lubrificação
Limpador de ar obstruído Substitua o purificador de ar
Falha no solenoide de parada do motor Substitua o solenoide
Fusível queimado Substitua o fusível
Excesso de fumaça de Purificador de ar sujo ou restrito Substitua o purificador de ar
escape
Fornecimento excessivo de combustível Ajuste o fornecimento de combustível
Motor para durante a Falta de combustível no tanque de com- Abasteça o tanque de combustível
operação bustível
Filtro de combustível entupido Substitua o filtro
Ar misturado no sistema de combustível Examine se há vazamentos de ar
Falha no solenoide de parada do motor Substitua o solenoide
Fusível queimado Substitua o fusível
Cor indesejável do escape Combustível inadequado Substitua o combustível
(preto ou cinza claro)
Injeção em excesso Substitua a bomba da injeção
Componente do motor com defeito Substitua conforme necessário.
Sobrecarga Diminua a carga
Filtro de ar obstruído Substitua o filtro
Fumaça de escape Óleo do motor em excesso Drenar o óleo até o nível de óleo correto
indesejável (branca ou
clara)
Viscosidade incorreta do óleo lubrificante Substitua óleo com a viscosidade especifi-
cada
Sincronização da injeção com defeito Substituir a bomba da injeção

10.1 [10.001] / 14
Índice

Motor - 10

Motor e cárter - 001


Motor - Descrição dinâmica - Redução de desempenho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Motor - Detecção e solução de problemas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Motor - Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Motor - Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Patriot 250 LA
Motor - Instalar – Motor na estrutura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10

10.1 [10.001] / 15
10.1 [10.001] / 16
Motor - 10

Filtros de combustível - 206

Patriot 250

10.2 [10.206] / 1
Conteúdo

Motor - 10

Filtros de combustível - 206

SERVIÇO

Filtros de combustível
Instalar - Mangueiras Do Circuito Do Combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

10.2 [10.206] / 2
Motor - Filtros de combustível

Filtros de combustível - Instalar - Mangueiras Do Circuito Do


Combustível
1. Instale a bomba manual de combustível no suporte
fixo ao chassi.
(A) = Conexão entrada da mangueira do tanque de
combustível
(B) = Conexão saída da mangueira para motor

SOIL13SP00098AB 1

2. Instale a mangueira na conexão de saída da válvula


do tanque de combustível.
3. Direcione e conecte a mangueira na conexão de en-
trada na bomba manual.

SOIL13SP00100AA 2

4. Instale a mangueira na conexão de saída da bomba


manual.
5. Direcione a mangueira junto ao chassi e motor.
6. Conecte a mangueira ao filtro separador de combus-
tível na lateral do chassi.

SOIL13SP00101AA 3

7. Instale a mangueira na conexão de saída do filtro


separador de combustível.
8. Direcione a mangueira junto ao chassi até a correta
conexão de entrada de combustível no motor.

SOIL13SP00131AA 4

10.2 [10.206] / 3
Motor - Filtros de combustível

9. Instale a mangueira na conexão de entrada do com-


bustível no motor.

SOIL13SP00102AA 5

10. Instale a outra mangueira no tanque de combustível.


Use abraçadeira ara fixar, conforme ilustrado.

SOIL13SP00103AA 6

11. Direcione a mangueira junto a lateral do chassi até


a conexão no motor, conforme ilustrado.

SOIL13SP00132AB 7

12. Direcione e fixe a mangueira vinda diretamente do


tanque no motor através de abraçadeira, conforme
ilustrado.

SOIL13SP00104AA 8

10.2 [10.206] / 4
Motor - Filtros de combustível

13. Instale a mangueira vinda do tanque na correta co-


nexão, conforme ilustrado.

SOIL13SP00105AA 9

10.2 [10.206] / 5
Índice

Motor - 10

Filtros de combustível - 206


Filtros de combustível - Instalar - Mangueiras Do Circuito Do Combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

10.2 [10.206] / 6
Motor - 10

Tanques de combustível - 216

Patriot 250

10.3 [10.216] / 1
Conteúdo

Motor - 10

Tanques de combustível - 216

SERVIÇO

Tanque de combustível
Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

10.3 [10.216] / 2
Motor - Tanques de combustível

Tanque de combustível - Instalar


1. Separe e limpe o tanque de combustível (1).

SOIL13SP00044AB 1

2. Aplique Loctite® 570 na rosca do adaptador (2).


3. Instale o adaptador (2) no tanque (1).

SOIL13SP00045AB 2

4. Aplique Loctite® 570 na rosca da conexão (3).


5. Instale a conexão (3), válvula (4) e adaptador (5) no
tanque (1).

SOIL13SP00046AB 3

10.3 [10.216] / 3
Motor - Tanques de combustível

6. Instale o sensor de nível (1) no tanque (1).


7. Fixe o sensor (1) através dos parafusos (7).

SOIL13SP00052BB 4

8. Instale o tanque (1) na estrutura do chassi e fixe


através dos parafusos (8), espaçadores (9), (10) ,
bucha (11), arruela (12) e porca (13).

SOIL13SP00047AB 5

SOIL13SP00037AA 6

10.3 [10.216] / 4
Índice

Motor - 10

Tanques de combustível - 216


Tanque de combustível - Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

10.3 [10.216] / 5
MANUAL DE SERVIÇO
Sistema do eixo dianteiro

Patriot 250

25
Conteúdo

Sistema do eixo dianteiro - 25

[25.108] Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos. . . . . . . . . . . . . . . . . . 25.1


Patriot 250

[25.310] Acionamentos finais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25.2


Patriot 250

[25.122] Controle de suspensão do eixo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25.3


Patriot 250

25
Sistema do eixo dianteiro - 25

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


108

Patriot 250

25.1 [25.108] / 1
Conteúdo

Sistema do eixo dianteiro - 25

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - 108

SERVIÇO

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos


Teste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24

25.1 [25.108] / 2
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos


- Teste
Teste de giro e vazamento
Os testes de giro e de vazamento devem sempre ser exe-
cutados nas unidades Torque-Hub® antes da desmonta-
gem (se possível) e após a montagem, para certificar-se
de que as engrenagens, os rolamentos e as vedações da
unidade estão funcionando adequadamente. As informa-
ções a seguir descrevem brevemente o que deve ser pro-
curado ao executar esses testes.

O teste de giro
A finalidade do teste de giro é determinar se as engre-
nagens da unidade estão girando consistentemente, facil-
mente e adequadamente. Solte o freio aplicando 400 psi
na porta do freio. Para executar um teste de giro, use a
ferramenta recomendada na tabela a seguir (ou uma equi-
valente) para aplicar uma força rotacional constante na en-
trada da caixa de câmbio. Se mais arrasto for sentido nas
engrenagens somente em determinados pontos, as engre-
nagens não estão girando consistentemente e facilmente,
e devem ser examinadas quanto à instalação ou defeitos.
Alguns conjuntos de engrenagens giram com maior dificul-
dade que outros. Não se preocupe se as engrenagens na
unidade parecem difíceis de girar, contanto que girem com
consistência. Gire a caixa de câmbio no sentido horário e BRIL12SP0027A0A 1
no sentido anti-horário o mesmo número de voltas, con-
forme a relação da unidade. A relação da caixa de câmbio
tem o mesmo número que os três últimos números na eti-
queta de identificação.
(1) Ferramenta de verificação de giro

Código do modelo Ferramenta de teste de giro


11HBx0xx3xxxxxx T195650
11HB00xx3xxxxxx T195650
11HCx0xx4xxxxxx T198122
11HBx0xx8xxxxxx T163056
11HB00xx8xxxxxx T163056
11HBx0xxHxxxxxx T163056
11HB00xxHxxxxxx T163056
11HPx1xx8xxxxxx T179918
11HPx2xx8xxxxxx T179918

25.1 [25.108] / 3
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

O teste de vazamento
A finalidade de um teste de vazamento é se certificar de
que a unidade está hermeticamente fechada. Para reali-
zar um teste de vazamento, use o acessório de teste de
vazamento da tabela abaixo. Se a ferramenta não esti-
ver disponível, a caixa de câmbio deve ser vedada para
executar o teste. Isso pode ser obtido montando o dis-
positivo de entrada vedada na caixa de câmbio, na extre-
midade de entrada, e substituindo um dos bujões de óleo
por um mandril de ar. NÃO EXCEDA A PRESSÃO DE 10
psi DURANTE O TESTE DE VAZAMENTO. Uma pressão
maior irá criar um falso efeito de vedação nos conjuntos
com vedações de borda. A unidade tem um vazamento
se a leitura do manômetro em seu encaixe de verificação
de vazamento começar a cair depois que a caixa de câm- BRIL12SP0028A0A 2
bio foi pressurizada e permitida equalizar. Os vazamentos
ocorrerão provavelmente nos bujões de tubo, na vedação
principal ou onde os anéis O-ring ou as gaxetas estiverem
localizados. O local exato de um vazamento geralmente
pode ser detectado esfregando uma solução de água e sa-
bão em torno da vedação principal e onde os anéis O-ring
ou as gaxetas se encontram, no exterior da unidade, e,
em seguida, verificando se há bolhas de ar. Se um va-
zamento for detectado em uma vedação, anel O-ring ou
gaxeta, a peça deve ser substituída e a unidade verificada
novamente. Teste de vazamento em 10 psi por 20 min.
(2) Ferramenta de verificação de vazamento

Código do modelo Ferramenta de teste de vazamento


11Hxx0xxxxxxxxx T170238
11Hxx1xxxxxxxxx T210241
11Hxx2xxxxxxxxx T210241
11Hxx3xxxxxxxxx T184729
11Hxx4xxxxxxxxx T170238
11Hxx5xxxxxxxxx T210241
11HCx0xxxxxxxxx T205708

25.1 [25.108] / 4
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Desmontar
Desmontagem principal

BRIL12SP0030F0A 1

1. Execute uma verificação de giro e uma verificação


de vazamento antes da desmontagem da unidade.
2. Retire os dois bujões de tubo magnéticos (11) e
drene o óleo da caixa de câmbio.
NOTA: Anote o estado e o volume do óleo.
3. Remova os parafusos (17) do subconjunto da tampa.
4. Levante o subconjunto da tampa para fora da uni-
dade.

25.1 [25.108] / 5
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

BRIL12SP0031F0A 2

A. Subconjunto cubo-fuso D. Subconjunto do suporte de saída


B. Subconjunto de acoplamento E. Subconjunto do eixo de entrada
C. Subconjunto do freio de entrada F. Subconjunto do suporte de entrada

5. Remova a engrenagem solar de emtrada (12) se


aplicável.
NOTA: Nas unidades com uma relação de 57:1, não ha-
verá engrenagem solar de entrada (12). Os dentes estarão
integrados no eixo de entrada (7).
6. Levante o subconjunto do suporte de entrada.
7. Se aplicável, remova a arruela de encosto (14) do
rebaixo da engrenagem solar de saída (8).
8. Remova a engrenagem solar de saída (8).
9. Se a unidade tem desengate, remova o subconjunto
do eixo de entrada e retire a desconexão (5A) para
fora do subconjunto de acoplamento.
10. Se a unidade não tem desengate, remova o eixo de
entrada (7).
11. Remova o subconjunto do suporte de saída do sub-
conjunto cubo-fuso.
12. Levante a coroa (2) para fora do subconjunto cubo-
fuso.
13. Remova o subconjunto do freio do subconjunto do
fuso (consulte a página Conjunto do cubo do acio-
namento final, juntas da direção e eixos - Des-
montar (25.108) para obter a desmontagem do freio
de entrada).

25.1 [25.108] / 6
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

14. Remova o subconjunto de acoplamento de entrada


do subconjunto cubo-fuso.

25.1 [25.108] / 7
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Desmontar
Desmontagem da tampa

BRIL12SP0032F0A 1
Desmontagem da tampa com desengate

25.1 [25.108] / 8
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

BRIL12SP0033F0A 2
Desmontagem da tampa sem desengate
1. Remova o anel O-ring (33) da ranhura na tampa (6A)
e descarte-o.
2. Remova a arruela de encosto (10) das bolsas na
tampa (6A).
3. Remova os bujões do tubo (11) da tampa (6A).

NOTA: Ignore as etapas abaixo para a desmontagem da tampa sem desengate.


4. Remova os parafusos com cabeça allen (6C) da
tampa de desengate (6B), se necessário.
5. Remova a tampa de desengate (6B) da tampa (6A).
6. Puxe a haste de desengate (6D) para fora da tampa
(6A).
7. Retire o anel O-ring (6E) da tampa (6A) e descarte-o.

25.1 [25.108] / 9
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Desmontar
Desmontagem do freio de entrada

BRIL12SP0041F0A 1

1. Coloque o fuso (1A) na bancada com o flange para


baixo.
2. Instale dois parafusos com cabeça allen de M6 (26)
através da placa de encosto (1S) e no pistão do freio
(1L) e aperte gradualmente para comprimir as molas
do freio (1R) e retirar a pressão do anel de retenção
(1T).
3. Remova o anel de retenção (1T) do rebaixo do fuso
(1A).
4. Remova os dois parafusos com cabeça allen de M6
(26) do pistão do freio (1L) gradualmente para liberar
a tensão das molas lentamente.
5. Remova a placa de encosto do freio (1S).
6. Remova as molas do freio (1R) do pistão do freio
(1L).
7. Remova o pistão do freio (1L) para fora do fuso (1A).
8. Remova o anel de reserva (1Q) e o anel O-ring (1P)
das ranhuras no pistão do freio (1L).
9. Remova o anel de reserva (1M) e o anel O-ring (1N)
das ranhuras no fuso (1A).
10. Remova os estatores (1J) e os rotores (1K) do re-
baixo do fuso.

25.1 [25.108] / 10
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

11. Remova o acoplamento (9) do fuso (1A) e remova o


anel de retenção (22) para fora do acoplamento (9).
12. Retire a arruela de encosto (20).

25.1 [25.108] / 11
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Desmontar
Desmontagem do suporte de saída

BRIL12SP0042G0A 1

1. Retire o eixo planetário (4E) dos furos do pino do


suporte, forçando o pino cilíndrico cônico (4G) para
desaparecer.
2. Segure a engrenagem planetária (4F) e pressione
o eixo planetário (4E) para fora do suporte (4A). As
arruelas de encosto (4B) irão se deslizar para fora
do eixo à medida que ele for removido.
3. Usando um martelo e um punção, retire o pino cilín-
drico (4G) do eixo planetário (4E).

25.1 [25.108] / 12
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

4. Remova os roletes da agulha (3C) e o espaçador


(4D) de dentro da engrenagem planetária (4F).
5. Repita as etapas 1- 4 para as outras três engrena-
gens planetárias (4F).
6. Remova a arruela de encosto (4J) do rebaixo do alo-
jamento do suporte (4A).

25.1 [25.108] / 13
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Desmontar
Desmontagem do suporte de entrada

BRIL12SP0043G0A 1

1. Retire o eixo planetário (3E) dos furos do pino do


suporte, forçando o pino cilíndrico cônico (3G) para
desaparecer.
2. Segure a engrenagem planetária (3F) e pressione
o eixo planetário (3E) para fora do suporte (3A). As
arruelas de encosto (3B) irão se deslizar para fora
do eixo à medida que ele for removido.
3. Usando um martelo e um punção, retire o pino cilín-
drico (3G) do eixo planetário (3E).

25.1 [25.108] / 14
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

4. Remova os rolamentos da agulha (3C) de dentro da


engrenagem planetária (3F).
5. Repita as etapas 1- 4 para as outras duas engrena-
gens planetárias (3F).

25.1 [25.108] / 15
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Montar
Subconjunto da tampa

BRIL12SP0032F0A 1
Subconjunto da tampa com desengate

25.1 [25.108] / 16
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

BRIL12SP0033F0A 2
Subconjunto da tampa sem desengate
1. Instale dois bujões de tubo (11) na tampa (6A).
2. Engraxe o anel O-ring (33) e coloque-o na ranhura
da tampa (6A).
3. Engraxe a arruela de encosto (10) e coloque no cubo
interno da tampa (6A), mantendo as duas linguetas
alinhadas com as fendas fundidas na tampa (6A).
NOTA: Ignore as etapas abaixo para o subconjunto da
tampa sem desengate.
4. Engraxe o anel O-ring (6E) e instale-o na ranhura
interna na tampa (6A).
5. Prenda a tampa de desengate (6B) na tampa (6A)
usando os parafusos com cabeça sextavada (6C).
Aperte os parafusos com torque de 65 lb in.
6. Vire a tampa (6A) e empurre a haste de desengate
(6D) até ela (6D) se assentar na tampa de desengate
(6B).

25.1 [25.108] / 17
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Montar
Subconjunto do suporte de entrada

BRIL12SP0043G0A 1

1. Aplique uma abundante camada de graxa no orifício


da engrenagem planetária (3F). Isso permitirá que
os roletes da agulha (3C) sejam mantidos no lugar
durante a montagem.
2. Instale os roletes da agulha (3C) no orifício de cada
uma das três engrenagens planetárias (3F).
NOTA: O último rolete instalado deve ser instalado nas
extremidades. Isto é, a extremidade do último rolete deve
ser colocada entre as extremidades dos dois roletes que
formam o espaço, e, em seguida, deslizada paralelamente
com os demais roletes no lugar.

25.1 [25.108] / 18
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

3. Coloque o suporte (3A) no acessório da ferramenta


de modo que um dos orifícios do pino cilíndrico es-
teja para cima.
4. Insira o eixo planetário (3E), com o primeiro furo do
pino cilíndrico na extremidade oposta, através do
orifício do eixo planetário no suporte (3A), certifi-
cando-se de que o orifício do pino cilíndrico no eixo
planetário esteja para cima.
5. Usando muita graxa para mantê-los no lugar, des-
lize duas arruelas de encosto (3B) no eixo planetário
(3E).
6. Coloque a engrenagem planetária (3F) no lugar e
empurre o eixo planetário (3E) através da engrena-
gem planetária sem atravessar todo o suporte.
7. Termine de empurrar o eixo planetário (3E) no
suporte (3F) até que os orifícios do pino cilíndrico
do eixo planetário e do suporte estejam alinhados.
Se necessário, alinhe os orifícios do pino cilíndrico
usando um punção de 1/8 in de diâmetro.
8. Insira o pino cilíndrico cônico (3G) com a extremi-
dade pequena no orifício do pino cilíndrico do su-
porte e do eixo planetário (3E), até que a extremi-
dade maior do pino cilíndrico cônico esteja nivelada
com o diâmetro externo do suporte (3F).
9. Repita as etapas 4 a 8 para as outras duas engrena-
gens planetárias (3F).

25.1 [25.108] / 19
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Montar
Subconjunto do suporte de saída

BRIL12SP0042G0A 1

1. Instale a arruela de encosto (4J) no rebaixo do alo-


jamento do suporte (4A).
2. Aplique uma abundante camada de graxa no orifício
da engrenagem planetária (4F). Isso permitirá que
os roletes da agulha (3C) sejam mantidos no lugar
durante a montagem.

25.1 [25.108] / 20
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

3. Instale uma metade da parte interna da engrenagem


planetária (4F) com 21 roletes da agulha (3C).
NOTA: O último rolete instalado deve ser instalado nas
extremidades. Isto é, a extremidade do último rolete deve
ser colocada entre as extremidades dos dois roletes que
formam o espaço, e, em seguida, deslizada paralelamente
com os demais roletes no lugar.
4. Coloque um espaçador (4D) na parte superior dos
roletes da agulha (3C), dentro da engrenagem pla-
netária (4F).
5. Instale a outra metade da engrenagem planetária
(4F) com 21 roletes da agulha (3C).
6. Coloque o suporte no acessório da ferramenta de
modo que um dos orifícios do pino cilíndrico esteja
para cima.
7. Insira o eixo planetário (4E), com o primeiro furo do
pino cilíndrico na extremidade oposta, através do
orifício do eixo planetário no suporte (4A), certifi-
cando-se de que o orifício do pino cilíndrico no eixo
planetário esteja para cima.
8. Usando muita graxa para mantê-los no lugar, des-
lize duas arruelas de encosto (4B) no eixo planetário
(4E).
9. Coloque a engrenagem planetária (4F) no lugar e
empurre o eixo planetário (4E) através da engrena-
gem planetária sem atravessar todo o suporte.
10. Usando muita graxa para mantê-los no lugar, deslize
duas arruelas de encosto (4B) entre a engrenagem
planetária (4F) e o suporte (4A).
11. Termine de empurrar o eixo planetário (4E) no su-
porte até que os orifícios do pino cilíndrico do eixo
planetário e do suporte estejam alinhados. Se ne-
cessário, alinhe os orifícios do pino cilíndrico usando
um punção de 1/8 in de diâmetro.
12. Insira o pino cilíndrico cônico (4G) com a extremi-
dade pequena no orifício do pino cilíndrico do su-
porte e do eixo planetário (4E), até que a extremi-
dade maior do pino cilíndrico cônico esteja nivelada
com o diâmetro externo do suporte (4A).
13. Repita as etapas 2 a 12 para as outras três engre-
nagens planetárias (4F).

25.1 [25.108] / 21
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Montar
Subconjunto do freio de entrada

BRIL12SP0041F0A 1

1. Coloque o fuso (1A) na bancada com o flange para


baixo.
2. Engraxe a arruela de encosto (20) e coloque no re-
baixo do fuso (1A).
3. Insira o acoplamento (9) no fuso (1A) com a extre-
midade estriada para baixo até assentar na arruela
de encosto (20).
4. Instale o anel de retenção (22) na ranhura do aco-
plamento (9).
5. Coloque o rotor do freio (1K) no fuso (1A), na ra-
nhura do acoplamento (9).
6. Coloque o estator do freio (1J) nos recortes do fuso
(1A), na parte superior do rotor do freio (1K).
NOTA: Deve sempre existir um estator na parte superior e
inferior do comando.
7. Repita as etapas 5 e 6 até que todos os estatores
(1J) e rotores (1K) estejam instalados no fuso.
8. Aplique uma fina camada de graxa no anel de re-
serva (1M) e instale o anel na ranhura do fuso (1A).
9. Aplique uma fina camada de graxa no anel O-ring
(1N) e instale o anel na ranhura do fuso (1A).

25.1 [25.108] / 22
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

10. Aplique uma fina camada de graxa no anel O-ring


(1P) e instale o anel na ranhura do pistão do freio
(1L).
11. Aplique uma fina camada de graxa no anel de re-
serva (1Q) e instale o anel na ranhura do pistão do
freio (L).
NOTA: O anel de reserva (1Q) deve ficar mais próximo à
face da extremidade grande do pistão (1L).
12. Insira cuidadosamente o pistão (1L) no fuso (1A) até
tocar o estator do freio (1J).
13. Insira a quantidade correta de molas (1R) no pistão
(1L). Quantidades mostradas abaixo.
14. Coloque a placa de pressão (1S) sobre as molas.
15. Instale dois parafusos com cabeça allen de M6 (26)
através da placa de pressão (1S) no pistão (1L).
16. Aperte os parafusos com cabeça allen M6 (26) incre-
mentalmente para comprimir uniformemente as mo-
las (1R).
NOTA: Certifique-se que o anel de retenção esteja com-
pletamente assentado.
17. Remova os dois parafusos com cabeça allen M6 (26)
do pistão do freio (1L) e descarte-os.
18. Pressurize a cavidade do freio e verifique se há va-
zamentos.

25.1 [25.108] / 23
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos -


Montar
Conjunto principal

BRIL12SP0044F0A 1

A. Subconjunto cubo-fuso E. Subconjunto do eixo de entrada


D. Subconjunto do suporte de saída F. Subconjunto do suporte de entrada

NOTA: Pulverize uma quantidade abundante de óleo nas peças do componente à medida que forem montadas.
1. Coloque o subconjunto cubo-fuso com a extremi-
dade do flange do fuso para baixo.
2. Se o suporte de saída tem orelhas, siga a etapa
abaixo para a instalação do subconjunto do suporte
de saída. Se não tem orelhas, simplesmente instale
o suporte de saída no fuso (A).

25.1 [25.108] / 24
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

3. Instale o suporte de saída (4) no fuso, alinhando as


ranhuras do fuso com as ranhuras do suporte. Asse-
gure que as fendas da porca do rolamento/parafusos
do suporte e as ranhuras do fuso estejam todas en-
gatadas.
(B) As orelhas do suporte devem coincidir com
as fendas da porca do rolamento.
(G) As ranhuras internas do suporte devem se
engatar com as ranhuras externas do fuso.
(H) Ranhuras estarão presentes somente em
conjuntos sem suportes de saída com orelhas.
BRIL12SP0045A0A 2

BRIL12SP0046A0A 3

NOTA: Podem ser necessárias diversas tentativas para instalar o suporte corretamente nas fendas da porca e nas
ranhuras do fuso.
4. Instale a coroa (2) no subconjunto do cubo-fuso, ali-
nhando os pinos-guia com seus furos.
5. Instale a desconexão (5A) ao acoplamento (9).
6. Insira o eixo de entrada (7) no acoplamento (9) até
que esteja assentado.
7. Insira a engrenagem solar de saída (8) na malha e
coloque a arruela de encosto (14) na engrenagem
solar (8).
8. Instale o subconjunto do suporte de entrada na co-
roa (2), certifique-se que as ranhuras da engrena-
gem solar (8) estejam alinhadas com as ranhuras do
subconjunto do suporte de entrada.
9. Instale a engrenagem solar de entrada (12) no eixo
de entrada.
10. Alinhe os bujões dos tubos (11) com o local ade-
quado por marca e instale o subconjunto da tampa
(6A) no alojamento (1G) usando os parafusos com
cabeça sextavada (17). Aperte os parafusos com
torque de 105 - 110 lb in.

25.1 [25.108] / 25
Sistema do eixo dianteiro - Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos

BRIL12SP0030F0A 4

11. A unidade deve estar sujeita ao teste do freio con-


forme as instruções em Freios de serviço hidráuli-
cos - Teste (33.202).
12. Após executado o teste do freio, a unidade agora
deve ser verificada quanto a vazamento e giro, con-
forme as instruções em Conjunto do cubo do acio-
namento final, juntas da direção e eixos - Teste
(25.108). O motor pode estar reinstalado na caixa
de câmbio para a verificação de vazamento vedar
ele fora, e a unidade pressurizada através de um ori-
fício de bujão do tubo na tampa.

25.1 [25.108] / 26
Índice

Sistema do eixo dianteiro - 25

Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - 108


Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Conjunto do cubo do acionamento final, juntas da direção e eixos - Teste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

25.1 [25.108] / 27
25.1 [25.108] / 28
Sistema do eixo dianteiro - 25

Acionamentos finais - 310

Patriot 250

25.2 [25.310] / 1
Conteúdo

Sistema do eixo dianteiro - 25

Acionamentos finais - 310

SERVIÇO

Alojamento do acionamento final


Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6

25.2 [25.310] / 2
Sistema do eixo dianteiro - Acionamentos finais

Alojamento do acionamento final - Desmontar


Desmontagem do fuso do alojamento

BRIL12SP0034F0A 1

1. Coloque a unidade em uma bancada de modo que


o flange do fuso (1A) fique para baixo.

BRIL12SP0035A0A 2

BRIL12SP0036A0A 3

25.2 [25.310] / 3
Sistema do eixo dianteiro - Acionamentos finais

NOTA: Ignore as etapas 2, 3, 4 e 5 se o subconjunto do suporte de saída tem orelhas.


2. Usando uma pequena broca (geralmente 1/8 in),
faça um furo da parte superior da porca do rolamento
até a parte inferior, conforme mostrado abaixo.

BRIL12SP0037A0A 4

3. Usando uma broca maior (geralmente 5/16 in), fure


a porca do rolamento de seu rebaixo até a parte in-
ferior, conforme mostrado abaixo.

BRIL12SP0038A0A 5

4. Usando um cinzel, abra a porca do rolamento atra-


vés do orifício furado maior, conforme mostrado
abaixo.

BRIL12SP0039A0A 6

5. Descarte a porca do rolamento (1E). Uma nova


porca de pressão deve ser usada durante a remon-
tagem.
6. Retire a porca do rolamento (1E) para fora do sub-
conjunto cubo-fuso.

25.2 [25.310] / 4
Sistema do eixo dianteiro - Acionamentos finais

7. Vire a unidade e coloque-a cuidadosamente em uma


base de apoio até o fuso (1A) ficar apoiado sobre
ela. Certifique-se que haja espaço suficiente para
abaixar o alojamento (1G) para baixo.

BRIL12SP0040A0A 7

8. Use um martelo antirretorno no flange do alojamento


(1G) para retirar o cone do rolamento interno (1C) do
fuso.
9. Levante o fuso (1A) para fora do alojamento (1G).
10. Se necessário, remova a vedação da tampa de pro-
teção (15).
11. Remova as metades da vedação da borda (1B) do
alojamento (1G) e, se necessário, do fuso (1A).
12. Usando um martelo e um punção, retire a pista do
rolamento (1F) do alojamento (1G). Tome cuidado
para não danificar o rebaixo no alojamento.
13. Vire o alojamento (1G) e retire a pista do rolamento
interna (1H) do alojamento. Tome cuidado para não
danificar o rebaixo no alojamento.
14. Remova o cone do arrolamento (1D) do fuso (1A).

25.2 [25.310] / 5
Sistema do eixo dianteiro - Acionamentos finais

Alojamento do acionamento final - Montar


Alojamento - Subconjunto do fuso

BRIL12SP0034F0A 1

1. Usando álcool e um pano limpo, limpe os locais do


rolamento no alojamento (1G) e no fuso (1A).
2. Pressione uma pista do rolamento (1D) no rebaixo
do rolamento da extremidade do fuso do alojamento
até ficar assentada contra o rebaixo no alojamento.
Use a ferramenta T158422.
3. Vire o alojamento (1G) e pressione uma pista do
rolamento (1C/1D) usando a ferramenta T158422/
T208780 no rebaixo do rolamento da extremidade
da tampa do alojamento (1G), certificando-se de que
esteja totalmente assentada contra o rebaixo no alo-
jamento.
4. Instale dois bujões de tubo (11) no alojamento (1G).
NOTA: Em geral, as vedações não devem ser reutilizadas.
NOTA: Siga as etapas 5 até 9, se a unidade tiver uma única
vedação de borda (1B).
5. Coloque um cone do rolamento (1C/1D) no aloja-
mento (1G) e, se necessário, pulverize uma fina ca-
mada de óleo.
6. Pulverize álcool no orifício de vedação do aloja-
mento e, em seguida, seque com um pano limpo.
Certifique-se que não sejam deixados detritos no
orifício.

25.2 [25.310] / 6
Sistema do eixo dianteiro - Acionamentos finais

7. Pulverize álcool no diâmetro externo da vedação da


borda (1B) e seque com um pano limpo. Coloque
e alinhe visualmente a vedação da borda (1B) no
orifício de vedação do alojamento (1G). Pressione
a vedação no alojamento usando a ferramenta de
prensa de vedação T183271/ T219715. Quando a
ferramenta de prensa de vedação entrar em contato
com o alojamento (1G), a vedação está totalmente
assentada.
8. Pulverize álcool no diâmetro de vedação do fuso
(1A) e seque com um pano limpo. Aplique uma ca-
mada de graxa no diâmetro da vedação do fuso (1A)
com uma escova.
9. Se usada, instale a vedação da tampa de proteção
(18) no alojamento (1G).
10. Instale o alojamento (1G) no fuso com o lado da ve-
dação para baixo. Ignore a etapa 17.
NOTA: Siga as etapas abaixo se a unidade tiver uma ve-
dação de duas partes (1B).
11. Usando álcool e um pano limpo, limpe os locais de
vedação no alojamento (1G) e no fuso (1A).
12. Coloque o fuso (1A) com o flange para baixo na
mesa de prensa.
13. Deslize a luva interna para fora do conjunto da ve-
dação (1B). Insira a luva interna (1B) na ferramenta
de prensa de vedação T219716. Tome cuidado para
não arranhar a superfície da vedação (1B). Coloque
a ferramenta de prensa de vedação com a vedação
(1B) no fuso (1A). Pressione a ferramenta de prensa
de vedação com a luva interna (1B) no fuso (1A).
Quando o flange da vedação (1B) fizer contato com o
flange do fuso (1A), a vedação (1B) está totalmente
assentada.
14. Pulverize álcool no diâmetro externo da vedação ex-
terna (1B) e seque com um pano limpo. Certifi-
que-se de não tocar o diâmetro externo da vedação
(1B) após limpá-la e secá-la. Coloque a vedação
externa (1B) no orifício de vedação do alojamento
(1G) com o lado da mola para baixo. Alinhe e co-
loque a ferramenta de instalação de vedação sobre
a vedação (B). Pressione a vedação no alojamento
(1G) usando a ferramenta de prensa de vedação
T183271. Quando a ferramenta de prensa de ve-
dação entrar em contato com o alojamento (1G), a
vedação (1B) está totalmente assentada.
15. Se usada, instale a vedação da tampa de proteção
(18) no alojamento (1G).
16. Usando álcool e um pano limpo, limpe completa-
mente a vedação interna e a externa (1B), e, em
seguida, pulverize óleo. Coloque cuidadosamente o
alojamento (1G) no fuso (1A) de modo que as duas
metades da vedação da borda (1B) se toquem. Não
permita que a vedação da borda (1B) entre em con-
tato com a bancada ou que seja danificada ao virar
o alojamento (1G).

25.2 [25.310] / 7
Sistema do eixo dianteiro - Acionamentos finais

17. Se a vedação da tampa de proteção (18) for usada,


comprima a área entre o fuso e o alojamento com
graxa, cobrindo a face da vedação da borda e a face
da vedação da tampa de proteção adjacente.
18. Coloque o outro cone do rolamento (1D) no fuso (1A)
até que esteja assentado na pista do rolamento (1D)
no alojamento (1G), e pulverize uma fina camada de
óleo. Se necessário, use a ferramenta T189310 para
pressionar o cone do rolamento (1D) no fuso (1A).
19. Instale a porca do rolamento (1E) no fuso (1A)
e aperte com uma chave de porca de pressão
T206569. Aperte a porca do rolamento (1E) com
um torque de 150 lb ft, gire o alojamento (1G) em
ambas as direções, e, em seguida, aperte a porca
do rolamento com um torque de 150 lb ft. Gire o
alojamento (1G) em ambas as direções novamente
e aperte a porca do rolamento com um torque de
150 lb ft. Repita este processo até a porca do
rolamento (1E) não se mover quando 150 lb ft de
torque for aplicado.

Verifique se há vazamento no conjunto de vedação da borda


20. Instale o subconjunto da tampa usando parafusos
com cabeça allen (17).
21. Vire a unidade para o lado e tampe a porta do freio
no fuso (1A) com o bujão de tubo (11) caso a unidade
não tenha freios.
22. Execute o TESTE DE VAZAMENTO, conforme as
instruções em Conjunto do cubo do acionamento
final, juntas da direção e eixos - Teste (25.108).
23. Vire a unidade sobre a extremidade do fuso (1A) e
remova o subconjunto da tampa.
NOTA: Ignore as etapas 24 e 25 se a unidade tiver o su-
porte de saída (4A) removido.
24. Remova a porca do rolamento (1E).
25. Aplique Loctite nas primeiras roscas do fuso (1A) e
em todas as roscas da porca do rolamento (1E), e
aparafuse a porca do rolamento (1E) no fuso (1A) de
baixo para cima do cone do rolamento. Certifique-se
de girar o cubo à medida que o torque é aplicado
para assentar corretamente o rolamento. Aperte a
porca do rolamento (1E) com um torque de 150 lb ft.
Gire o alojamento (1G) e verifique novamente o tor-
que da porca do rolamento (1E) para assegurar que
o torque de 150 lb ft seja mantido. Fixe a porca do
rolamento (1E) em três lugares igualmente espaça-
dos na ranhura. Existem 27 ranhuras, logo, deve-se
ter 9 dentes entre as balizas.

25.2 [25.310] / 8
Índice

Sistema do eixo dianteiro - 25

Acionamentos finais - 310


Alojamento do acionamento final - Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Alojamento do acionamento final - Montar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6

25.2 [25.310] / 9
25.2 [25.310] / 10
Sistema do eixo dianteiro - 25

Controle de suspensão do eixo - 122

Patriot 250

25.3 [25.122] / 1
Conteúdo

Sistema do eixo dianteiro - 25

Controle de suspensão do eixo - 122

SERVIÇO

Controle de suspensão do eixo


Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

25.3 [25.122] / 2
Sistema do eixo dianteiro - Controle de suspensão do eixo

Controle de suspensão do eixo - Instalar


braço da suspensão dianteira lado direito
1. Aplique graxa CASE IH AKCELA 251H EP MULTI-
PURPOSE GREASE na superfície das buchas (1).
2. Instale as buchas (1) na suspensão (2).

SOIL13SP00124BB 1

3. Instale os retentores (3) na suspensão (2).

SOIL13SP00125BB 2

25.3 [25.122] / 3
Sistema do eixo dianteiro - Controle de suspensão do eixo

4. Posicione o braço (4) na suspensão (2).

SOIL13SP00130FB 3

5. Instale os espaçadores (5), (6).


6. Aplique graxa CASE IH AKCELA 251H EP MULTI-
PURPOSE GREASE na superfície do pino (9).
7. Atente para a correta posição (detalhe A) e instale o
pino (9) alinhado o rasgo ao furo do parafuso (7).
8. Aplique Anti-Size 767 no parafuso (7).
9. Instale o parafuso (7) e porca (8) no braço (4).

SOIL13SP00126BB 4

25.3 [25.122] / 4
Sistema do eixo dianteiro - Controle de suspensão do eixo

10. Instale o anel-O (10).


11. Aplique uma camada de LOCTITE® 598 ULTRA
BLACK na face “AA”.

SOIL13SP00106AB 5

12. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (11).


13. Instale a tampa (12) através dos parafusos (11).
14. Instale a graxeira (13).

SOIL13SP00123AB 6

15. Instale o anel-O (10).


16. Aplique uma camada de LOCTITE® 598 ULTRA
BLACK na face “BB”.

SOIL13SP00107AB 7

17. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (14).


18. Instale a tampa (15) através dos parafusos (14).
19. Instale a graxeira (16).

SOIL13SP00108AB 8

25.3 [25.122] / 5
Sistema do eixo dianteiro - Controle de suspensão do eixo

20. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (18).


21. Instale o amortecedor (17) e fixe através dos parafu-
sos (18) e porcas (19).
Use chave de impacto e soquete 9/16”.

SOIL13SP00109AB 9

22. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (20).


23. Instale o redutor (21) e fixe o conjunto através dos
parafusos (20).
24. Aplique torque de aperto de 270 N·m nos parafusos
(20).
AVISO: Certifique de manter o correto alinhamento da en-
trada do sistema de freio do cubo com a peça fundida con-
forme indicado no detalhe “CC”.

SOIL13SP00128BB 10

SOIL13SP00110AB 11

25.3 [25.122] / 6
Sistema do eixo dianteiro - Controle de suspensão do eixo

25. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (24).


26. Instale o anel-O (22).
27. Instale o motor hidráulico (23) e fixe o conjunto atra-
vés dos parafusos (24).
28. Aplique torque de 114 N·m.

SOIL13SP00111AB 12

AVISO: Certifique do correto alinhamento de montagem


do motor com o redutor conforme detalhe “DD”.

SOIL13SP00112AB 13

29. Instale as conexões, conectores, espaçadores e co-


xins no amortecedor (25).

SOIL13SP00129BB 14

25.3 [25.122] / 7
Sistema do eixo dianteiro - Controle de suspensão do eixo

30. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (1).


31. Instale o amortecedor (7), mola (8) e fixe o conjunto
através dos parafusos (1), arruelas (2),espaçadores
(3) e (4) , buchas (5) e porcas (6). Use chave de
impacto, chave fixa 30 mm e soquete 30 mm.
32. Aplique torque de aperto de 291 - 331 N·m.

SOIL13SP00127BB 15

SOIL13SP00113AB 16

33. Aplique graxa CASE IH AKCELA 251H EP MULTI-


PURPOSE GREASE na superfície da bucha (9).
34. Instale a bucha (9).

SOIL13SP00114AB 17

25.3 [25.122] / 8
Índice

Sistema do eixo dianteiro - 25

Controle de suspensão do eixo - 122


Controle de suspensão do eixo - Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

25.3 [25.122] / 9
MANUAL DE SERVIÇO
Acionamento hidrostático

Patriot 250

29
Conteúdo

Acionamento hidrostático - 29

[29.100] Controle hidrostático da transmissão e direção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29.1


Patriot 250

[29.218] Bomba e componentes do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29.2


Patriot 250

[29.202] Transmissão hidrostática. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29.3


Patriot 250

29
Acionamento hidrostático - 29

Controle hidrostático da transmissão e direção - 100

Patriot 250

29.1 [29.100] / 1
Conteúdo

Acionamento hidrostático - 29

Controle hidrostático da transmissão e direção - 100

DADOS FUNCIONAIS

Válvulas do sistema de acionamento hidrostático


Descrição dinâmica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

29.1 [29.100] / 2
Acionamento hidrostático - Controle hidrostático da transmissão e direção

Válvulas do sistema de acionamento hidrostático - Descrição


dinâmica
As válvulas multifunção possuem quatro propósitos distintos:
1. Válvula de alívio de Alta Pressão: as bombas possuem uma válvula de alívio para altas pressões que atuam por
uma fração de segundo antes do limitador, com aproximadamente 500 psi acima da pressão do mesmo.
2. Limitador de pressão: Quando a pressão pré-ajustada é ultrapassada, uma parte do óleo flui para o servo, redu-
zindo o ângulo da placa da bomba quase a zero e conseqüentemente, a vazão do sistema, evitando com isso
que todo o óleo fique passando pela válvula de alívio. Isto reduz enormemente a geração de calor pela válvula e
alivia o motor Diesel, economizando combustível.
3. Válvula by-pass: acionando a função by-pass, é possível deslocar o óleo hidráulico pela bomba quando não é
possível acionar a mesma. Esta função é utilizada quando é necessário rebocar ou guinchar a máquina. Para
ativar a função by-pass, girar o atuador 3 voltas Esta função só pode ser utilizada para deslocamentos abaixo de
5 m.
4. Válvula de retenção (check valve): tem como função direcionar o óleo proveniente da bomba de carga sempre
para o lado de baixa pressão.

BRAG12PUALL003 1

A- Válvula de alívio (alta pressão)


B- Válvula de alívio (alta pressão)
C- Válvula de alívio (alta pressão)
D- Válvula de alívio (alta pressão)
E- Válvula by-pass
F- Válvula by-pass

29.1 [29.100] / 3
Índice

Acionamento hidrostático - 29

Controle hidrostático da transmissão e direção - 100


Válvulas do sistema de acionamento hidrostático - Descrição dinâmica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

29.1 [29.100] / 4
Acionamento hidrostático - 29

Bomba e componentes do motor - 218

Patriot 250

29.2 [29.218] / 1
Conteúdo

Acionamento hidrostático - 29

Bomba e componentes do motor - 218

DADOS FUNCIONAIS

Bomba
Diagrama hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Vista explodida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Motor
Descrição dinâmica - Auxílio a tração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Vista explodida – Motor hidráulico das rodas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18

SERVIÇO

Bomba
Teste de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Teste de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Teste de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Instalar - Bomba hidrstática e bomba hidrostática no motor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23
Instalar – Bomba hidrostática na caixa do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Instalar - Bomba dos acionamentos auxiliares na caixa do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Instalar - Bomba dos acionamentos auxiliares . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28
Motor
Teste de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
Instalar – Respiro da carcaça do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31

29.2 [29.218] / 2
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Bomba - Diagrama hidráulico

29.2 [29.218] / 3
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

29.2 [29.218] / 4
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

DIAGRAMAHIDRAUL 1

29.2 [29.218] / 5
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Bomba - Vista explodida

29.2 [29.218] / 6
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

BRIL12SP0181J0A 1

29.2 [29.218] / 7
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

29.2 [29.218] / 8
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

NOTA: O item (2309) inclui os itens (2119), (2141) e (2156).

29.2 [29.218] / 9
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

BRIL12SP0180J0A 2

29.2 [29.218] / 11
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

NOTA: O item (2308) inclui os itens (2118), (2140) e (2155).

Aplica-
Item Descrição
ção
101 Kit de calço 1
103 Anel O-ring 1
104 Mola da válvula de alívio da pressão de carga 1
105 Válvula de alívio da pressão de carga 1
106 Conjunto do bujão 1
134 Pino da mola 2
135 Pino 1
138 Pino entalhado 1
165 Mola 4
166A Anel O-ring 4
168 Rolamento 4
201 Placa oscilante variável 1
202 Mancal do rolamento 2
301 Lábio de vedação 1
302 Anel O-ring 2
303 Anel O-ring 2
802 Adaptador de filtro remoto 1
805 Vedação do adaptador de filtro remoto 1
806 Parafuso 3
901 Tampa do servo 1
902 Tampa do servo 1
905 Guia da mola 1
906 Batente do servo 1
907 Mola do servo 1
908 Parafuso 1
909 Guia da mola 1
910 Anel de retenção 1
911 Porca de pressão 1
916 Anel do pistão 2
918 Anel O-ring 4
919 Porca 1
920 Parafuso 5
921 Parafuso 5
922 Anel do pistão 2
935 Gaxeta da tampa do servo 1
936 Gaxeta da tampa do servo 1
937 Bujão 1
938 Bujão 1
1002 Anel de reserva 2
1003 Anel O-ring 2
1004 Conjunto da válvula de derivação 1
1103 Kit do SCR, 345 bar (5003 psi) 1
1104 Kit do SCR, 345 bar (5003 psi) 1
1208 Anel de reserva 2
1209 Anel de reserva 2
1210 Parafuso 2
1213 Porca 1
1214 Mola de retorno do neutro 1
1215 Alça de controle 1
1216 Suporte de retorno do neutro 1
1235 Arruela 1
1265 Conjunto do carretel 1

29.2 [29.218] / 13
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Aplica-
Item Descrição
ção
2145 Prisioneiro 1
2146 Suporte de elevação 1
2147 Parafuso 2
2148 Bujão 2
2150 Anel O-ring 1
2155 Bujão 1
2156 Bujão 1
2160 Bloco do cilindro 2
2161 Conjunto da tampa 1
2163 Parafuso 12
2169 Conjunto do servo pistão 2
2201 Eixo da bomba 1
2301 Placa da válvula - SENTIDO ANTI-HORÁRIO 1
2303 Placa da válvula - SENTIDO HORÁRIO 1
2304 Tampa do gerotor 1
2308 Conjunto do alojamento dianteiro 1
2309 Conjunto do alojamento traseiro 1
2403 Conjunto do rotor 1
2404 Pino 1
2405 Pino 1
2407 Anel O-ring 1
2408 Anel O-ring 1
2501 Eixo da bomba 1
2502 Placa de cobertura 1
2503 Vedação da pastilha A 1
2504 Parafuso 2
2507 Conjunto da tampa traseira 1
2601 Rolamento de esfera 1
2701 Kit do SCR, 345 bar (5003 psi) 1
2702 Kit do SCR, 345 bar (5003 psi) 1
2801 Bujão com orifício 1
2805 Conjunto da luva de controle 1
2819 Bujão do tubo 1
2821 Bujão do tubo 1
2910 Parafuso 2
2913 Porca 1
2914 Mola de retorno do neutro 1
2915 Alça de controle 1
2916 Suporte de retorno do neutro 1
2935 Arruela 1
2965 Conjunto do carretel 1
A Kit do bloco do cilindro 2
B Kit do anel do pistão e anel O-ring 2

Aplica-
Item Descrição
ção
1401 Bujão com orifício 1
1405 Conjunto da luva de controle 1
1419 Bujão do tubo 1
1421 Bujão do tubo 1
1701 Placa oscilante variável 1
1702 Mancal do rolamento 2
1801 Tampa do servo 1
1802 Tampa do servo 1
1805 Guia da mola 1

29.2 [29.218] / 14
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Aplica-
Item Descrição
ção
1806 Batente do servo 1
1807 Mola do servo 1
1808 Parafuso 1
1809 Guia da mola 1
1810 Anel de retenção 1
1811 Porca de pressão 1
1819 Porca 1
1820 Parafuso 5
1821 Parafuso 5
1835 Gaxeta da tampa do servo 1
1836 Gaxeta da tampa do servo 1
1837 Bujão 1
1838 Bujão 1
1904 Válvula de derivação 1
2107 Bujão 3
2110 Bujão 2
2115 Porca de vedação 2
2117 Anel de retenção 2
2118 Rolamento da agulha 1
2119 Rolamento da agulha 1
2120 Arruela 2
2121 Mola do bloco do cilindro 2
2123 Arruela 2
2124 Retentor 2
2125 Pino de retenção da sapata 6
2126 Conjunto do pistão 14
2127 Guia da sapata 2
2128 Guia do retentor 2
2129 Pino da mola 2
2130 Parafuso 2
2131 Rolamento de esfera 1
2132 Anel de retenção 3
2133 Anel 3
2134 Pino da mola 2
2135 Pino 1
2136 Luva do rolamento 2
2137 Gaxeta da tampa dianteira 2
2138 Pino entalhado 1
2140 Pino 1
2141 Pino 1
2142 Acoplamento 1
2143 Anel O-ring 2
2144 Porca 1

Item Descrição Aplicação


Kit Kit de gaxetas/vedação de revisão 1
103 Anel O-ring 1
166A Anel O-ring 4
168 Rolamento 4
301 Lábio de vedação 1
302 Anel O-ring 2
303 Anel O-ring 2
805 Vedação ao adaptador do filtro remoto 1
916 Anel do pistão 2
918 Anel O-ring 4

29.2 [29.218] / 15
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Item Descrição Aplicação


922 Anel do pistão 2
935 Gaxeta da tampa do servo 1
936 Gaxeta da tampa do servo 1
1002 Anel de reserva 2
1003 Anel O-ring 2
1208 Anel de reserva 2
1209 Anel de reserva 2
1835 Gaxeta da tampa do servo 1
1836 Gaxeta da tampa do servo 1
2115 Porca de vedação 2
2137 Gaxeta da tampa dianteira 2
2143 Anel O-ring 2
2150 Anel O-ring 1
2407 Anel O-ring 1
2408 Anel O-ring 1

29.2 [29.218] / 16
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Motor - Descrição dinâmica - Auxílio a tração


Esta função é chamada muitas vezes de “Bloqueio da
Tração”. Esta afirmação é incorreta. O Auxílio a Tração
foi desenvolvido para fornecer a melhor tração possível
para o pulverizador em difíceis situações. Em uma situa-
ção em que uma roda patina, ela cria um caminho com
menos resistência e grande parte do óleo hidráulico flui
para este motor da roda. O auxílio a tração opera de
forma que o óleo hidráulico seja distribuido proporcional-
mente nos motores de rodas, transmitindo a energia ne-
cessária para cada uma das rodas.

(1)Solenóide de acionamento do auxílio a tração

BRAG12PU0013LUE 1

O auxílio à tração é ativado quando o interruptor na ca-


bine é acionado. Enquanto o interruptor é acionado, um
sinal elétrico é enviado para o solenóide de acionamento
do Auxílio a Tração, localizado no bloco hidráulico acima
da bomba da transmissão. Uma vez ativado, a passa-
gem de óleo pela válvula é bloqueada e cada bomba ali-
menta apenas dois motores da roda (bomba mais pró-
xima do motor alimenta o motor dianteiro direito e traseiro
esquerdo e outra alimenta o motor dianteiro esquerdo e
traseiro direito).

29.2 [29.218] / 17
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Motor - Vista explodida – Motor hidráulico das rodas

BRIL12SP0174F0A 1

4117. Anel trava 4201. Suporte do retentor


4118. Anel trava do rolamento 4301. Eixo do motor
4142. Aruela de vedação

29.2 [29.218] / 18
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Bomba - Teste de pressão


Medição da pressão do sistema
A e D - Pressão de acionamento para trás, usar manôme-
tro de 10000 psi.
B e C - Pressão de acionamento para frente, usar manô-
metro de 10000 psi.
Para cada bomba hidrostática, Porta A e D, Porta B e C.
Estes são os atuais posicionamentos onde as mangueiras
estão fixadas na bomba de transmissão.
O primeiro passo para o teste da pressão de trabalho é blo-
quear a máquina de maneira que ela não se movimente.
O freio de estacionamento deve estar desbloqueado. Co-
loque o motor em funcionamento até a temperatura de fun-
cionamento, temperatura do óleo hidráulico de 49 °C. Au-
mente a rotação do motor para a rotação normal de traba-
lho de 2280 RPM. Coloque o pulverizador na velocidade
3.
Para a medição da pressão é necessário o auxílio de al-
guma pessoa para a leitura do manômetro, a não ser que
possua uma mangueira de comprimento suficiente para
chegar até a cabine. Movimente o manche sentido frente
e cheque as pressões em ambas as bombas.
O teste de pressão para sentido trás deve ser realizado da
mesma maneira apenas movendo o manche no sentido
contrário.
A especificação da pressão máxima da bomba é de 345
bar (5003 psi). A pressão de leitura do manômetro será,
a soma da pressão da bomba mais a pressão da bomba de
carga e carcaça, dando um valor total para leitura de 362
bar (5249 psi). Este valor de pressão deve ser o mesmo
para ambas as bombas e para o sentido frente e trás.
A válvula de retenção e alívio do sistema (SCR) consiste
em uma válvula de alta pressão de alívio combinada com
uma válvula de retenção. Sempre que substituir ou abrir
a válvula, a bomba deve ser operada em sua carga má-
xima de funções para assegurar a operação adequada da
máquina. As válvulas de retenção e alívio do sistema são
pré-ajustadas de fábrica, seu ajuste não é necessário. A
identificação da pressão e modelo estão demarcados na
válvula (103) Se a válvula de retenção e alívio do sistema
apresentar alguma falha, substitua a válvula e teste a ope-
ração da bomba.

29.2 [29.218] / 19
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

BRIL12SP0154G0A 1

166. Tampão 1.25 in, torque: 174 N·m (128 lb ft) 106. Anel de vedação
165. Mola 103. Válvula de alívio

29.2 [29.218] / 20
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Bomba - Teste de pressão


Pressão do servo
M4 - Pressão do servo, usar manômetro de 50 bar (725
psi).
M5 - Pressão do servo, usar manômetro de 50 bar (725
psi).
Instale dois manômetros nos pórticos M4 e M5 no co-
mando do servo. Assim que os manômetros marcarem
pressões iguais (entre 2 - 3 bar), a máquina estará no
neutro real. Com o manche na posição neutro, se existir
uma diferença de pressão entre os dois manômetros, o
pulverizador irá deslocar em uma das direções com o freio
de estacionamento desativado. A indicação de pressões
diferentes entre si sinaliza que uma das bombas (com
maior pressão) está com a alavanca de comando for a da
posição central e deverá ser ajustada.

BRIL12SP0153G0A 1

1. Pórtico M4
2. Pórtico M5

29.2 [29.218] / 21
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Bomba - Teste de pressão


Pressão de carcaça
(L1) - Pressão de carcaça, usar manômetro de 7 bar (100
psi).
(L2) - Pressão de carcaça, usar manômetro de 7 bar (100
psi).
(L3) - Pressão de carcaça, usar manômetro de 7 bar (100
psi).
A pressão de carcaça irá mostrar a pressão interna da
bomba. Na nossa aplicação, a mangueira de dreno da car-
caça esta instalada no pórtico (L1) em cada uma das bom-
bas e os pórticos (L2) são utilizados para medir a pressão
de carcaça.
A máxima pressão contínua permitida para a carcaça é de
45 psi, enquanto a máxima pressão intermitente ou com
motor frio é de 70 psi.
Pórtico (L1) para teste de pressão da carcaça.

BRIL12SP0177H0A 1

29.2 [29.218] / 22
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Bomba - Instalar - Bomba hidrstática e bomba hidrostática no


motor.
Instalação do volante do motor na caixa seca
1. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (2).
2. Instale o damper (1) no motor e fixe através dos pa-
rafusos (2).
3. Aplique Torque de 35 N·m +/- 3.
(Aperte de forma alternada entre 60-70°)

SOIL13SP00066AB 1

4. Instale os rolamentos (4) e (5) no eixo engrenagem


(3).

SOIL13SP00067AB 2

Instalaçao da base interna da caixa de engrenagem


1. Aplique uma camada fina de graxa no selo (2).
2. Instale o eixo engrenagem no selo (2) e os magnetos
(3) na caixa de engrenagem (1).

SOIL13SP00068AB 3

29.2 [29.218] / 23
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

3. Aplique UltraBlack em toda a borda de fechamento


“A” da face da caixa de engrenagem.
4. Aplique LOCTITE® 262 nos parafusos (6).
5. Instale a tampa (4) na caixa de engrenagem (1) e
fixe através dos parafusos (6) e arruelas (5).
6. Aplique torque de 65 N·m +/- 6.

SOIL13SP00069AB 4

29.2 [29.218] / 24
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Bomba - Instalar – Bomba hidrostática na caixa do motor


1. Instale o anel de retenção (2) no eixo da bomba hi-
drostática.
2. Instale a engrenagem (1) no eixo da bomba hidro-
stática.
3. Instale o outro anel de retenção (2) no eixo da bomba
hidrostática.

SOIL13SP00070AB 1

4. Posicione o anel–O (3) na face da flange da bomba


hidrostática.
5. Instale a bomba hidrostática no correto alojamento
da caixa de engrenagem do motor.
Certifique do correto alinhamento e encaixe dos es-
triados da bomba com a caixa do motor.

SOIL13SP00071AB 2

29.2 [29.218] / 25
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

6. Aplique LOCTITE® 271 nos parafusos (4).


7. Instale as arruelas (5) e parafusos (4) e fixe a flange
da bomba hidrostática na caixa do motor.
8. Aplique torque de 135 N·m +/- 4.

SOIL13SP00072AB 3

SOIL13SP00080AA 4

SOIL13SP00081AA 5

29.2 [29.218] / 26
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Bomba - Instalar - Bomba dos acionamentos auxiliares na caixa


do motor
1. Instale a engrenagem (2) no eixo da bomba PTO (1)
e fixe o conjunto através da arruela (3) e parafuso
(4).

SOIL13SP00073AB 1

2. Instale o anel-O (5), retentor de óleo (6) e anel-O (7)


na carcaça do motor.

SOIL13SP00074AB 2

3. Posicione e instale a bomba PTO (1) na carcaça do


motor.
Certifique do alinhamento para não danificar as ve-
dações.
4. Instale os parafusos (8) , aperte o conjunto e aplique
o correto torque.

SOIL13SP00075AB 3

29.2 [29.218] / 27
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Bomba - Instalar - Bomba dos acionamentos auxiliares


Mangueiras nos pórticos da bomba dos acionamentos auxiliares
1. Instale a mangueira (1) dimensões 20x597mm no
correto port da bomba PTO (2) fixando a através dos
parafusos da flange (3).

SOIL13SP00085AB 1

2. Instale a mangueira (4) dimensões 12 mm x 647 mm


no correto port da bomba PTO (2) fixando a através
dos parafusos da flange (3).

SOIL13SP00086AB 2

29.2 [29.218] / 28
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Motor - Teste de pressão


Medição da pressão do sistema
MA - Pressão acionamento para frente lado esquerdo (LE),
usar manômetro de 690 bar (10000 psi).
MB - Pressão acionamento para frente lado direito (LD),
usar manômetro de 690 bar (10000 psi).
A pressão do sistema da transmissão também pode ser
medida no pórtico (MA) para as mangueiras conectadas na
porta (A) (LE frente) e no pórtico (MB) para as mangueiras
conectadas na porta (B) (LD frente) do motor, sendo que a
pressão de alta deverá alterar de pórtico conforme o lado
medido.
Conecte o manômetro no pórtico (MA) para os motores do
lado esquerdo e (MB) para os motores do lado direito.
Para realização do teste proceder conforme procedimen-
tos descritos acima, bloqueando a máquina de maneira
que ela não se movimente. O freio de estacionamento
deve estar desbloqueado. Coloque o motor em funciona-
mento até a temperatura de funcionamento, temperatura
do óleo hidráulico de 49 °C. Aumente a rotação do motor
para a rotação normal de trabalho de 2280 RPM. Coloque
o pulverizador na velocidade 3.
Para a medição da pressão é necessário o auxílio de al-
guma pessoa para a leitura do manômetro, a não ser que
possua uma mangueira de comprimento suficiente para
chegar até a cabine. Movimente o manche sentido frente
e verifique as pressões em ambos os motores. A pres-
são marcada deve ser exatamente a pressão marcada nas
bombas.
Pórticos (MA) e (MB) para medição da pressão do sistema.
BRIL12SP0131A0B 1

29.2 [29.218] / 29
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Dreno de carcaça
L1 - Pressão de carcaça, usar manômetro de 100 psi.
L2 - Pressão de carcaça, usar manômetro de 100 psi.
A pressão do dreno de carcaça pode ser medida nos pór-
ticos (L1) e (L2). Para a medição da pressão é necessário
o auxílio de alguma pessoa para a leitura do manômetro,
a não ser que possua uma mangueira de comprimento su-
ficiente para chegar até a cabine. Movimente o manche
sentido frente e cheque as pressões em ambos os moto-
res. A pressão marcada deve ser de aproximadamente 45
psi.
Pórtico (L1) para medição da pressão da carcaça.

BRIL12SP0132A0B 2

29.2 [29.218] / 30
Acionamento hidrostático - Bomba e componentes do motor

Motor - Instalar – Respiro da carcaça do motor


1. Instale o cotovelo (1) e bujão (2) na carcaça do mo-
tor.
2. Instale o cotovelo (3).
3. Instale a mangueira (4) no cotovelo (3) e fixe através
da abraçadeira (5).

SOIL13SP00076AB 1

4. Instale o bujão de respiro (7) na mangueira (4).

SOIL13SP00077AB 2

29.2 [29.218] / 31
Índice

Acionamento hidrostático - 29

Bomba e componentes do motor - 218


Bomba - Vista explodida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Bomba - Diagrama hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Bomba - Instalar - Bomba dos acionamentos auxiliares . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28
Bomba - Instalar - Bomba dos acionamentos auxiliares na caixa do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Bomba - Instalar - Bomba hidrstática e bomba hidrostática no motor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23
Bomba - Instalar – Bomba hidrostática na caixa do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Bomba - Teste de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Bomba - Teste de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Bomba - Teste de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Motor - Descrição dinâmica - Auxílio a tração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Motor - Instalar – Respiro da carcaça do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31
Motor - Teste de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
Motor - Vista explodida – Motor hidráulico das rodas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18

29.2 [29.218] / 32
Acionamento hidrostático - 29

Transmissão hidrostática - 202

Patriot 250

29.3 [29.202] / 1
Conteúdo

Acionamento hidrostático - 29

Transmissão hidrostática - 202

DADOS TÉCNICOS

Transmissão hidrostática
Torque específico para serviço da bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

DADOS FUNCIONAIS

Transmissão hidrostática
Descrição dinâmica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Diagrama hidráulico (Diagrama da bomba) - Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Descrição estática - Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Vista seccional Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Descrição estática - Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Desenho - Pressão na localização das peças - Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Índice de códigos de falha - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Desenho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13

SERVIÇO

Transmissão hidrostática
Instrução de serviço Procedimentos da partida inicial - Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . 14
Medida Pressão - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Ajuste - (Bomba variável em tandem) (29.202-C.40.G.10) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Ajuste Função de derivação - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Ajuste - Válvulas de alívio/retenção do sistema (SCR) - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . 19
Ajuste - Limitador de deslocamento - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Ajuste - Neutro da placa oscilante - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Ajuste - Neutro do suporte do controle de deslocamento manual - (Bomba variável em tandem) . . . . . 24
Instrução de serviço - Procedimentos de remoção da bomba - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . 27
Instrução de serviço Limitador de deslocamento - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28
Instrução de serviço - Adaptador de filtragem de pressão - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . 30
Instrução de serviço - Bomba de carga - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Instrução de serviço - Vedação do eixo - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34
Instrução de serviço - Válvulas de retenção e alívio do sistema (SCR) - (Bomba variável em tandem) 35
Instrução de serviço Válvula de alívio de pressão de carga - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . 37
Instrução de serviço - Válvula de derivação - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39

29.3 [29.202] / 2
Instrução de serviço - Controle de deslocamento manual - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . 41
Instrução de serviço - Controle de deslocamento eletrônico e hidráulico - (Bomba variável em tandem) 43
Instrução de serviço - Reparo do orifício do MDC - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45
Ajuste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48

29.3 [29.202] / 3
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Torque específico para serviço da


bomba variável em tandem
Torque
Tabela de tamanho e torque do elemento de fixação
Tamanho da
Item Elemento de fixação Torque
chave
Sextavada de 3/8
920 Parafusos da tampa do servo pistão 15 N·m (11 lb ft)
in
Sextavada de 3/8
921 Parafusos da tampa do servo pistão 15 N·m (11 lb ft)
in
4115 Parafuso da tampa dianteira e traseira T50 Torx 58 N·m (43 lb ft)
4135 Parafusos da tampa dianteira e traseira Torx T55 91 N·m (67 lb ft)
Sextavada de 3/4
2504 Parafusos da tampa auxiliar 43 N·m (32 lb ft)
in
Sextavada de 1/2
806 Parafuso de tampa da filtragem 30 N·m (22 lb ft)
in
Sextavada de
927 Porca de pressão do limitador de deslocamento 12 N·m (9 lb ft)
9/16 in
Sextavada de 1/2
1213 Porca da alça de controle 15 N·m (11 lb ft)
in
1210 Parafuso 3/8 in 14 N·m (10 lb ft)
1/2 in de 12
2147 Parafuso 102 N·m (75 lb ft)
pontos
Sextavada de 3/4
2144 Porca 102 N·m (75 lb ft)
in
Sextavada de
2115 Porca de pressão do servo 37 N·m (27 lb ft)
9/16 in

Tabela de tamanho e torque do bujão


Item Elemento de fixação Tamanho da chave Torque
102 3/4 in 16 UNF Sextavada de 1 in 108 N·m (80 lb ft)
Sextavada interna de
2107 1-1/16 in 12 UNF 115 N·m (85 lb ft)
9/16 in
2148 9/16 in 18 UNF Sextavada de 11/16 in 37 N·m (27 lb ft)
2110 9/16 in 18 UNF Sextavada de 11/16 in 37 N·m (27 lb ft)
2111 9/16 in 18 UNF Sextavada de 11/16 in 37 N·m (27 lb ft)
2155 7/16 in 20 UNF Sextavada de 9/16 in 20 N·m (15 lb ft)
810 9/16 in 18 UNF Sextavada de 11/16 in 37 N·m (27 lb ft)
1001 5/8 in 18 UNF Sextavada de 5/8 in 20 N·m (15 lb ft)
166 1-5/16 in 12 UNF Sextavada de 1-1/4 in 176 N·m (130 lb ft)

Consulte a seção Transmissão hidrostática - Desenho (29.202).

29.3 [29.202] / 4
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Descrição dinâmica


Circuito hidráulico da transmissão
Para iniciar, o sistema hidrostático está no mínimo deslocamento (neutro) e os motores de rodas estão no máximo
deslocamento. Para iniciar o movimento do veículo, as bombas são progressivamente deslocadas do mínimo des-
locamento para o máximo deslocamento enquanto os motores de roda permanecem no seu deslocamento máximo.

Quando no máximo deslocamento, o volume bombeado por cada bomba é de 1,39 cm³/rev (Cubic Inch per Revolu-
tion – polegadas cúbicas por revolução) ou 22,9 cm³/rev . Isto, em rotação de trabalho, deverá gerar um volume de
48 US gpm ou 182 l/min. Para diagnósticos de falhas nas bombas de transmissão não se utiliza o check da vazão
e sim de pressão.

( 1,39 cm³/rev x 2200 RPM x 97% P.T.O) / 231 = 12,84 US gpm

Quando as bombas hidrostáticas estão no limite do deslocamento máximo, a velocidade pode ser aumentada uti-
lizando o interruptor de controle de velocidade. Acionando o interruptor de velocidade da velocidade 1 para a ve-
locidade 2, um sinal é enviado para a válvula solenóide (SV2) do bloco de controle de velocidades alterando o
deslocamento dos dois motores dianteiros, aumentando com isso a velocidade do pulverizador.

Ao selecionar a velocidade 3 no interruptor de velocidade, isto enviará um sinal para as válvulas solenóides (SV2)
e (SV3) no bloco de controle de velocidade alterando o deslocamento dos quatro motores, aumentando com isso a
velocidade do pulverizador.

Com a desaceleração do pulverizador, o processo acima resumido acontecerá ao contrário. Entretanto, o interruptor
de velocidade deve ser manualmente trocado para a velocidade 2 e para a velocidade 1, fazendo esta operação com
a máquina em neutro.
NOTA: Quando o manche é movimentado para a ré, o relé de acionamento das velocidades é desligado, cortando o
sinal dos quatro motores das rodas, mantendo o pulverizador na velocidade 1. Este procedimento ocorre por motivos
de segurança.

Para visualizar o diagrama hidráulico consulte Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico (35.000).

BRAG13PUALL005 1

SV1 Freio de estacionamento


SV2 Motores frontais
SV3 Motores traseiros

29.3 [29.202] / 5
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Diagrama hidráulico (Diagrama da


bomba) - Bomba variável em tandem
Diagrama da bomba

BRIL12SP0009F0A 1

O diagrama acima mostra a função de uma bomba de deslocamento variável de pistão axial série 40 M46.

29.3 [29.202] / 6
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Descrição estática - Bomba variável


em tandem
Projeto
A bomba do pistão de circuito fechado da bomba variável em tandem série 40 M46 converte o torque de entrada em
energia hidráulica. A força rotacional é transmitida pelo eixo de entrada para o bloco do cilindro. O eixo de entrada é
suportado pelos rolamentos na frente e atrás da bomba, e é estriado até o bloco do cilindro. A vedação com aba na
extremidade frontal da bomba impede o vazamento quando o eixo sai do alojamento da bomba. O bloco do cilindro
giratório contém sete pistões recíprocos. Cada pistão tem uma sapata de latão conectada em uma extremidade por
uma junta esférica. As sapatas são presas à placa oscilante por uma arruela de pressão e pela pressão de carga.
O movimento recíproco dos pistões ocorre à medida que as sapatas deslizam na placa oscilante inclinada durante
a rotação. Através da placa da válvula, uma metade do bloco do cilindro está conectada em baixa pressão e a outra
metade em pressão alta. Como cada pistão realiza o ciclo para dentro e para fora no orifício, o fluido é abastecido
pelo fluxo de carga e colocado na saída, transmitindo a energia hidráulica para o sistema. Permite-se que uma
pequena quantidade de fluido flua das interfaces do bloco do cilindro/placa da válvula e da sapata/placa oscilante
para lubrificação e resfriamento. O excesso de fluxo no alívio de pressão de carga também flui através da caixa e é
usado para arrefecimento. As portas de drenagem da caixa devolvem este fluido para o reservatório.

O volume do fluido deslocado para o sistema é controlado pelo ângulo da placa oscilante. A placa oscilante é forçada
para uma posição inclinada (no curso) pelo servo pistão.

O controle da bomba, pela variação da pressão no servo pistão, controla o deslocamento do fluido no circuito do
sistema.

Consulte Transmissão hidrostática - Vista seccional Bomba variável em tandem (29.202).

29.3 [29.202] / 7
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Vista seccional Bomba variável em


tandem
Vista da seção transversal

BRIL12SP0007F0A 1

1. Rolamento de esfera 7. Pino do rolamento da placa oscilante


2. Sapata 8. Servo pistão
3. Pistão 9. Controle de deslocamento manual
4. Placa da válvula 10. Placa oscilante
5. Gerotor 11. Bloco do cilindro
6. Mancal do rolamento 12. eixo

29.3 [29.202] / 8
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Descrição estática - Bomba variável


em tandem
O circuito do sistema

O circuito fechado básico


As portas principais da bomba são conectadas por linhas hidráulicas às portas principais do motor. O fluido segue,
em uma ou outra direção, da bomba ao motor e depois retorna à bomba neste circuito fechado. Uma das linhas hi-
dráulicas pode estar sob pressão alta. No modo de bombeamento, a posição da placa oscilante da bomba determina
qual linha é de pressão alta, assim como a direção do fluxo do fluido.

Dreno da caixa e trocador de calor


As linhas de drenagem da caixa do motor e da bomba removem o fluido quente do sistema. A bomba e o motor
devem ser drenados a partir da porta de drenagem mais alta para assegurar que a caixa permaneça cheia de fluido.
O dreno da caixa do motor pode ser conectado à porta de drenagem inferior no alojamento da bomba e sair na porta
mais alta, ou alimentar na linha de drenagem da caixa vindo da bomba à frente do trocador de calor. Um trocador
de calor, com uma válvula de derivação, é necessário para resfriar o fluido do dreno da caixa antes de retornar ao
reservatório.
NOTA: Um circuito em tandem contém duas bombas e motores. Cada circuito de bomba e motor é semelhante ao
circuito mostrado.

Consulte Transmissão hidrostática - Diagrama hidráulico (Diagrama de circuito do sistema) — Bomba variável
em tandem (29.202).

29.3 [29.202] / 9
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Desenho - Pressão na localização das


peças - Bomba variável em tandem

BRIL12SP0024H0A 1
Solução de problemas - Localização das portas

29.3 [29.202] / 10
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Consulte Transmissão hidrostática - Medida Pressão — (Bomba variável em tandem) (29.202).

29.3 [29.202] / 11
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Índice de códigos de falha - (Bomba


variável em tandem)
Solução de problemas

Visão geral
Esta seção fornece as etapas gerais a serem seguidas caso sejam observadas condições indesejáveis do sistema.
Siga as etapas indicadas até que o problema seja solucionado. Alguns dos itens serão específicos do sistema. Para
as áreas cobertas neste manual, uma seção é referenciada. Sempre observe as precauções de segurança relacio-
nadas em Regras de segurança Precauções de segurança () e relacionadas com seu equipamento específico.

Precauções de segurança
IMPORTANTE: Alto vácuo de entrada causa cavitação, o que pode danificar componentes internos da bomba.
IMPORTANTE: A contaminação pode danificar componentes internos e invalidar a garantia do fabricante. Tome as
precauções para assegurar a limpeza do sistema durante a remoção e reinstalação da tubulação do sistema.
Consulte: Transmissão hidrostática - Não aciona Solução de problemas — Bomba variável em tandem
(29.202),
Transmissão hidrostática - Não mantém a posição Solução de problemas — Bomba variável em tandem
(29.202),
Transmissão hidrostática - Demora na operação — Solução de problemas (Bomba variável em tandem)
(29.202),
Transmissão hidrostática - Ruido anormal — Solução de problemas (Bomba variável em tandem) (29.202),
Transmissão hidrostática - Sem operar — Solução de problemas (Bomba variável em tandem) (29.202),
Transmissão hidrostática - Quente — Solução de problemas (Bomba variável em tandem) (29.202).

29.3 [29.202] / 12
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Desenho

BRIL12SP0025H0A 1
Tabela de torque – Localização da ferragem

Consulte Transmissão hidrostática - Torque específico para serviço da bomba variável em tandem (29.202).

29.3 [29.202] / 13
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço Procedimentos da


partida inicial - Bomba variável em tandem
Procedimentos da partida inicial

Geral
Siga este procedimento ao dar a partida inicial em uma
instalação de uma bomba nova ou ao reiniciar uma insta-
lação em que a bomba foi removida e reinstalada em uma
máquina. Certifique-se que a bomba tenha sido completa-
mente testada em uma bancada de teste antes de instalar
em uma máquina.
IMPORTANTE: O movimento involuntário da máquina ou
do mecanismo pode causar lesões ao técnico ou pessoas
próximas. Para se proteger contra movimentos involuntá-
rios, prenda a máquina ou desative/desconecte o meca-
nismo durante a manutenção.

Procedimento de partida
Antes de instalar a bomba, verifique se há danos que po-
dem ter ocorrido durante o transporte.
1. Certifique-se que o óleo hidráulico da máquina e os
componentes do sistema (reservatório, mangueiras,
válvulas, encaixes e trocador de calor) estejam lim-
pos e livres de qualquer material estranho.
2. Instale novos elementos de filtro do sistema, se ne-
cessário. Verifique se os encaixes do tubo de en-
trada estão apertados adequadamente e se não há
vazamentos de ar.
3. Instale a bomba. Instale um indicador de 50 bar (725
psi) na porta M3 do manômetro de carga.
4. Encha o alojamento, adicionando óleo filtrado na
porta de drenagem da caixa superior.
5. Encha o reservatório com fluido hidráulico do tipo e
viscosidade recomendados. Use um filtro de enchi-
mento de reservatório de 10 mícrons. Certifique-se
que o tubo de entrada do reservatório à bomba es-
teja cheio.
6. Desconecte a bomba de todos os sinais de entrada
de controle.
7. Reinstale o bujão ou o encaixe removido na etapa 4.
NOTA: Após a partida, o nível de óleo no reservatório pode
cair devido ao enchimento dos componentes do sistema.
Verifique o nível no reservatório para manter um nível de
óleo cheio durante toda a partida.
IMPORTANTE: Podem ocorrer danos aos componentes
hidráulicos se o fornecimento de óleo não for mantido.

29.3 [29.202] / 14
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

8. Use um método comum de desativação do motor


para impedir sua partida. Ligue o motor de partida
durante vários segundos. Não exceda a recomen-
dação do fabricante do motor. Aguarde 30 s e, em
seguida, ligue o motor uma segunda vez conforme
indicado acima. Esta operação ajuda a remover o ar
da tubulação do sistema. Reabasteça o reservatório
com o nível de óleo cheio recomendado.
9. Quando a pressão de carga começar a ser exibida,
ative e dê a partida no motor. Deixe o motor funcio-
nando por no mínimo 30 s em posição de marcha
lenta para permitir que o ar saia sozinho do sistema.
Verifique se há vazamentos em todas as conexões
do tubo e escute se há cavitação. Verifique se o ní-
vel de fluido no reservatório está correto.
IMPORTANTE: Ar preso em óleo sob pressão alta pode
danificar os componentes hidráulicos.
IMPORTANTE: Não funcione em pressão máxima até que
o sistema esteja livre do ar e o fluido tenha sido totalmente
filtrado.
10. Logo que pressão de carga adequada for estabele-
cida (conforme indicado no código do modelo), au-
mente a velocidade do motor para a rotação normal
de operação, a fim de sangrar o ar residual do sis-
tema.
11. Desligue o motor. Conecte o sinal de controle da
bomba. Dê a partida no motor, certificando-se de
que a bomba continua em neutro. Funcione o motor
em velocidade de operação normal e verifique cui-
dadosamente a operação do controle de avanço e
marcha à ré.
12. Continue alternando entre avanço e marcha à ré por
pelo menos cinco minutos para efetuar a sangria de
todo o ar e retirar os contaminantes do sistema para
fora do circuito.
NOTA: Uma flutuação normal da pressão de carga pode
ocorrer durante a operação de avanço e marcha à ré.
13. Verifique se o reservatório está cheio. Retire o ma-
nômetro de pressão de carga. Reinstale o bujão de
pressão de carga. A bomba agora está pronta para
operação.

29.3 [29.202] / 15
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Medida Pressão - (Bomba variável em


tandem)
Medições de pressão

Ferramentas necessárias
Os procedimentos de manutenção descritos neste manual
podem ser realizados com ferramentas manuais de mecâ-
nica comum. Ferramentas especiais, se necessário, serão
mostradas. Ao testar as pressões do sistema, calibre os
manômetros frequentemente para assegurar a precisão.
Use amortecedores para proteger os medidores.

Localização das portas e instalação do indicador


As tabelas e desenhos a seguir mostram a localização das
portas e a capacidade dos indicadores necessários.

Informações da porta
Identificador da Tamanho da porta Tamanho da chave Pressão obtida Tamanho do
porta indicador
L1, L2, L3 1-1/16 in 12 SAE Sextavada interna de Dreno da caixa 10 bar (145 psi)
9/16 in
MA, MB, MC, MD 9/16 in 18 SAE Sextavada de 11/16 Pressão do sistema 600 bar (8700 psi)
in
M3 9/16 in 18 UNF Sextavada de 11/16 Pressão de carga 50 bar (725 psi)
in
M4, M5 9/16 in 18 SAE Sextavada de 11/16 Pressão servo 50 bar (725 psi)
in

Válvulas do sistema
Identificador da porta Alívio Tamanho da porta Tamanho da chave
RA Válvula de alívio de pressão 1-5/16 in 12 UNF Sextavada de 1-1/4 in
da porta A
RB Válvula de alívio de pressão 1-5/16 in 12 UNF Sextavada de 1-1/4 in
da porta B
RC Válvula de alívio de pressão 1-5/16 in 12 UNF Sextavada de 1-1/4 in
da porta C
RD Válvula de alívio de pressão 1-5/16 in 12 UNF Sextavada de 1-1/4 in
da porta D
R Válvula de alívio de pressão 3/4 in 16 UNF Sextavada de 7/8 in
de carga
BP Válvula de derivação 5/8 in 18 UNF Sextavada de 1 in

Portas do sistema
Identificador da porta Tamanho da porta
Porta de pressão do sistema A 1-5/16 in 12 SAE
Porta de pressão do sistema B 1-5/16 in 12 SAE
Porta de pressão do sistema C 1-5/16 in 12 SAE
Porta de pressão do sistema D 1-5/16 in 12 SAE
S (entrada da pressão de carga) 1-5/16 in 12 SAE

Consulte a seção Transmissão hidrostática - Desenho - Pressão na localização das peças — Bomba
variável em tandem (29.202)

29.3 [29.202] / 16
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Ajuste - (Bomba variável em tandem)


(29.202-C.40.G.10)
Procedimentos, inspeções e ajustes padrão
IMPORTANTE: A contaminação pode danificar compo-
nentes internos e invalidar a garantia do fabricante. Tome
as precauções para assegurar a limpeza do sistema du-
rante a remoção e reinstalação da tubulação do sistema.
1. Com o motor principal desligado, limpe completa-
mente a parte externa da bomba.
2. Se for remover a bomba, etiquete cada linha hidráu-
lica conectada à bomba. Se as linhas hidráulicas
estiverem desconectadas, tampe cada porta aberta
para assegurar que a sujeira e a contaminação não
entrem na bomba.
3. Certifique-se que as áreas ao redor estejam limpas e
livres de contaminantes como sujeira, por exemplo.
4. Inspecione o sistema para ver se há contaminação.
5. Observe o fluido hidráulico quanto a sinais de conta-
minação do sistema, descoloração do óleo, espuma
no óleo, lama ou pequenas partículas de metal.
6. Drene e limpe o sistema hidráulico e substitua todos
os filtros.
7. Antes de reinstalar a bomba, realize um teste de va-
zamento segundo o teste de vazamento HPP 112.

29.3 [29.202] / 17
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Ajuste Função de derivação - (Bomba


variável em tandem)
Engate da função de derivação
Teste a função de derivação com a bomba instalada na
máquina. A função de derivação é engatada soltando a
válvula de derivação. Não abra a válvula de derivação
quando a máquina estiver em funcionamento.
1. Para engatar a função de derivação, use uma chave
de boca sextavada de 5/8 in para soltar a válvula de
derivação. Gire a válvula de derivação cerca de três
voltas no sentido anti-horário. Não dê mais que três
voltas, pois girar ainda mais irá permitir vazamento
externo.
2. Para fechar a válvula de derivação, gire a válvula
de derivação no sentido horário até ficar assentada.
Aperte a um torque de 20 N·m (15 lb ft).
3. Se a máquina puder ser rebocada com a válvula de
derivação aberta três voltas, e se as rodas estiverem
travadas (não pode ser rebocada) com a válvula de
derivação fechada, a função de derivação está fun-
cionando corretamente.

IMPORTANTE: Evite excesso de velocidade e movimento prolongado do veículo/carga. Não mova a carga ou o
veículo acima de 20 % da velocidade máxima ou por mais de 3 min. É possível danificar o motor de acionamento.

Utilização da função de derivação

BRIL12SP0023G0A 1

A. Válvula de derivação 5/8 in

29.3 [29.202] / 18
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Ajuste - Válvulas de alívio/retenção do


sistema (SCR) - (Bomba variável em tandem)
Válvulas de alívio/retenção do sistema (SCR)
A válvula SCR é uma válvula de alívio de pressão alta e
uma válvula de retenção do sistema combinadas. Sempre
que uma válvula SCR for substituída ou aberta, a bomba
deve ser operada em toda sua gama de funções para as-
segurar uma operação adequada da máquina. As válvu-
las SCR são pré-ajustadas de fábrica; nenhum ajuste é
possível. O código de pressão está marcado na válvula
(14). Consulte o código do modelo quanto à designação
de pressão. Se houver suspeita de mau funcionamento de
SCR, substitua a válvula e teste a operação da bomba.
NOTA: Para ajustar a máxima pressão do sistema, substi-
tua a válvula SCR por um conjunto com o ajuste de pres-
são desejado.
O procedimento a seguir explica como substituir as válvu-
las SCR.
1. Desligue o sistema.
2. Usando uma chave de boca sextavada de 1–1/4 in,
remova o bujão da válvula de alívio (166).
3. Remova a mola (165) e a válvula de alívio (14) do
alojamento da bomba.
4. Insira a nova válvula de alívio (14) e a mola (165) no
alojamento da bomba.
5. Substitua o anel O-ring (106). Lubrifique o anel
O-ring novo antes da instalação.
6. Usando uma chave de boca sextavada de 1–1/4 in,
instale o bujão da válvula de alívio (166). Aperte a
um torque de 174 N·m (128 lb ft).

29.3 [29.202] / 19
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Ajuste das válvulas de alívio de altra pressão

BRIL12SP0011F0A 1

166. 1-1/4 in, Torque = 174 N·m (128 lb ft).

29.3 [29.202] / 20
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Ajuste - Limitador de deslocamento


- (Bomba variável em tandem)
Ajuste do limitador de deslocamento
NOTA: A bomba pode ter um limitador de deslocamento em cada lado do servo. Cada limitador pode ser ajustado
para um ajuste diferente.
1. Remova o anel elástico (928) e a luva (929).
2. Segure o parafuso de ajuste (913) no lugar usando
uma chave de fenda. Use uma chave de boca sexta-
vada de 9/16 in para soltar a porca de pressão (927).
3. Gire o limitador de deslocamento (913) baseado na
tabela abaixo. Girar o parafuso de ajuste no sentido
horário diminui o deslocamento máximo da bomba,
enquanto girar o parafuso de ajuste no sentido anti-
horário aumenta o deslocamento máximo.
4. Após estabelecer o ajuste de deslocamento máximo
desejado mantenha o limitador de deslocamento no
lugar usando uma chave de fenda e aperte a porca
de pressão com uma chave de boca sextavada de
9/16 in. Aperte a porca de pressão com um torque
de 12 N·m (9 lb ft).
5. Uma volta completa do parafuso de ajuste irá alte-
rar o deslocamento máximo aproximadamente con-
forme mostrado na tabela abaixo.

Ajuste do limitador de deslocamento

BRIL12SP0012F0A 1

927. 9/16 in

Dados de ajuste do limitador de deslocamento


Deslocamento Tamanho e torque da Tamanho do parafuso Alteração aproximada no
chave da porca de de ajuste deslocamento por revolução
pressão do parafuso de ajuste
46 cm³ 9/16 in 12 N·m (9 lb ft) Chave de fenda 4,1 cc/volta

29.3 [29.202] / 21
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Ajuste - Neutro da placa oscilante -


(Bomba variável em tandem)
Ajuste do neutro da placa oscilante
Com a bomba corretamente fixada, escorvada e montada
em um veículo ou na bancada de teste, use o procedi-
mento a seguir para ajustar a bomba para o neutro me-
cânico. Se a bomba estiver em um veículo, bloqueie as
rodas para impedir o movimento.
Dados medidos:
• Pressão do sistema em MA ou MC
• Pressão do sistema em MB ou MC
• Diferencial de pressão entre MA e MB ou MC
e MD (opcional)
Configuração da bomba:
1. Encaixe um indicador de 600 bar (8700 psi)
nas portas MA e MB ou MC e a MD do manô-
metro do sistema.
2. Usando uma linha hidráulica e encaixes, co-
necte as portas de pressão do servo (M4 e M5).
NOTA: A conexão das portas M4 e M5 do servo remove
os efeitos de qualquer pressão de controle no servo pistão,
criando um diferencial de pressão igual à zero entre os dois
lados do servo.
3. Usando uma chave de boca sextavada de 1/4
in e uma chave de boca sextavada de 9/16 in,
solte a porca de pressão do servo (4).
4. Usando uma chave de boca sextavada de 1/4
in, gire o parafuso de ajuste do neutro (908) até
que um manômetro do sistema comece a mos-
trar um aumento na pressão. Gire o parafuso
de ajuste do neutro (908) no sentido oposto até
que o outro manômetro do sistema comece a
mostrar um aumento na pressão. Gire o para-
fuso de ajuste do neutro para deixar ajustado
no meio entre as duas posições.
5. Usando uma chave de boca sextavada de 1/4
in para segurar o parafuso de ajuste do servo
no lugar, e uma chave de boca sextavada de
9/16 in, aperte a porca de pressão do servo
(4). Aperte a um torque de 37 N·m (27 lb ft).

29.3 [29.202] / 22
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Ajuste do neutro do servo

BRIL12SP0013F0A 1

A. Porta de pressão do servo


4. 9/16 in
908. 1/4 in

29.3 [29.202] / 23
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Ajuste - Neutro do suporte do controle


de deslocamento manual - (Bomba variável em tandem)
Com a bomba corretamente fixada, escorvada e montada
em um veículo ou na bancada de teste, use o procedi-
mento a seguir para ajustar o controle de deslocamento
da bomba para a posição neutra. Se a bomba estiver em
um veículo, bloqueie as rodas para impedir o movimento.
Verifique o ajuste do neutro da placa oscilante antes de
ajustar o suporte do controle. Se o neutro da placa os-
cilante estiver ajustado adequadamente e o sistema não
estiver em neutro, ajuste o suporte do MDC, conforme de-
scrito abaixo.
NOTA: Verifique o ajuste do neutro da placa oscilante
(Consulte Transmissão hidrostática - Ajuste - Neutro
da placa oscilante — (Bomba variável em tandem)
(29.202)) antes de realizar o ajuste do neutro do controle.
Dados medidos:
• Pressão do servo em M4
• Pressão do servo em M5
• Diferencial de pressão entre M4 e M5 (opcio-
nal)
Procedimento:
1. Fixe um indicador de 20 bar (290 psi) em cada
porta do manômetro do servo.
2. Usando uma chave de boca sextavada de 3/8
in, solte o parafuso (21) para permitir que o
suporte de ajuste do neutro se mova, mas não
livremente.
3. Dê a partida no motor principal e acelere len-
tamente até a rotação operacional normal.
4. Usando uma mão, pressione o suporte de
ajuste do neutro na direção do alojamento da
bomba, e gire o suporte de ajuste até que am-
bos os manômetros do servo leiam a mesma
pressão. Gire o suporte de ajuste até que
um dos manômetros do servo indique um au-
mento na pressão. Gire o suporte de ajuste na
direção oposta até que o outro manômetro do
servo indique um aumento na pressão. Gire o
suporte do neutro até deixar ajustado no meio
entre as duas posições.
5. Segurando o suporte de ajuste do neutro no
lugar, use uma chave de boca sextavada de
3/8 in para apertar o parafuso (21). Aperte a
um torque de 14 N·m (10 lb ft).

29.3 [29.202] / 24
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Ajuste do suporte do controle de deslocamento manual

BRIL12SP0014F0A 1

A. Suporte do neutro
21. 3/8 in

Ajuste do neutro do controle eletrônico de deslocamento/controle de deslocamento hidráu-


lico
Com a bomba corretamente fixada, escorvada e montada
em um veículo ou na bancada de teste, use o procedi-
mento a seguir para ajustar o controle de deslocamento
da bomba para a posição neutra. Se a bomba estiver em
um veículo, bloqueie as rodas para impedir o movimento.
NOTA: Verifique o ajuste do neutro da placa oscilante
(Consulte Transmissão hidrostática - Ajuste - Neutro
da placa oscilante — (Bomba variável em tandem)
(29.202)) antes de realizar o ajuste do neutro do controle.
Dados medidos:
• Pressão do servo em M4 (Consulte Transmis-
são hidrostática - Desenho - Pressão na lo-
calização das peças — Bomba variável em
tandem (29.202))
• Pressão do servo em M5 (Consulte Transmis-
são hidrostática - Desenho - Pressão na lo-
calização das peças — Bomba variável em
tandem (29.202))
• Diferencial de pressão entre M4 e M5 (opcio-
nal)

29.3 [29.202] / 25
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Procedimento:
1. Fixe um indicador de 20 bar (290 psi) em cada
porta do manômetro do servo.
2. Use uma chave de boca sextavada de 5/32 in
interna para manter o parafuso de ajuste no
lugar.
3. Usando uma chave de boca sextavada de 1/2
in, solte a porca de pressão.
4. Dê a partida no motor principal e acelere len-
tamente até a rotação operacional normal.
5. Gire o parafuso de ajuste até que os manôme-
tros do servo leiam a mesma pressão. Gire o
parafuso de ajuste até que um dos manôme-
tros do servo indique um aumento na pressão.
Gire o parafuso de ajuste na direção oposta até
que o outro manômetro do servo indique um
aumento na pressão. Gire o parafuso de ajuste
até deixar ajustado no meio entre as duas po-
sições.
6. Segurando o parafuso de ajuste do neutro no
lugar, aperte a porca de pressão. Aperte a um
torque de 3 N·m (27 lb in).

Ajuste do controle de EDC/HDC

BRIL12SP0005F0A 2

A. Parafuso de ajuste 5/32 in


B. Porca de pressão 1/2 in

29.3 [29.202] / 26
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Procedimentos


de remoção da bomba - (Bomba variável em tandem)
Pequeno reparo

Procedimentos padrões, remoção da bomba


Antes de trabalhar na bomba, limpe completamente a
parte externa da bomba. Se a bomba possui uma bomba
auxiliar anexada, remova todas as bombas como uma
única unidade. Etiquete todas as linhas hidráulicas à
medida que elas forem desconectadas, e tampe todas as
portas abertas para assegurar que a sujeira e a contami-
nação não entrem na bomba.
IMPORTANTE: A contaminação pode danificar compo-
nentes internos e invalidar a garantia do fabricante. Tome
as precauções para assegurar a limpeza do sistema du-
rante a remoção e reinstalação da tubulação do sistema.

Remoção
1. Com o motor principal desligado, limpe completa-
mente a parte externa da bomba.
2. Etiquete e desconecte todas as linhas hidráulicas co-
nectadas à bomba. À medida que as linhas hidráuli-
cas forem desconectadas, tampe cada porta aberta
para assegurar que a sujeira e a contaminação não
entrem na bomba.
3. Remova a bomba em tandem e sua bomba auxiliar
(se aplicável) como uma unidade única.
IMPORTANTE: Tome cuidado para não danificar os sole-
noides e as conexões elétricas ao usar cintas ou correntes
para remover a bomba da máquina.

Inspeção
4. Certifique-se que a superfície de trabalho e a área
ao redor estejam limpas e livres de contaminantes
como sujeira, por exemplo.
5. Observe o fluido hidráulico quanto a sinais de conta-
minação do sistema, descoloração do óleo, espuma
no óleo, lama ou pequenas partículas de metal.

Remontagem
6. Antes de recolocar a bomba na máquina, substitua
todos os filtros e drene o sistema hidráulico. Encha
o sistema com o fluido hidráulico correto.
7. Lave a tubulação antes de recolocar o fluido hidráu-
lico.

29.3 [29.202] / 27
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço Limitador de


deslocamento - (Bomba variável em tandem)
Pequenos reparos

Limitador de deslocamento

Remoção
1. Remova o anel elástico (928) e a luva (929). Use
uma chave de boca sextavada de 1/4 in para manter
o parafuso de ajuste do neutro no lugar. Use uma
chave de boca sextavada de 9/16 in para retirar a
porca sextavada (4).
NOTA: Marque o local dos parafusos de ajuste do desloca-
mento e de ajuste do neutro antes da desmontagem. Isso
irá economizar tempo durante a remontagem.
2. Use uma chave de fenda para manter o limitador
de deslocamento no lugar. Use uma chave de boca
sextavada de 9/16 in para retirar a porca de pressão
(927).
3. Usando uma chave de boca sextavada de 3/8 in,
remova os cinco parafusos (921) da tampa do servo
(902).
4. Gire a tampa do servo (902) no sentido anti-horário
para removê-la do parafuso de ajuste do neutro. Re-
mova e descarte a gaxeta (44).
5. Gire o limitador de deslocamento (913) para fora da
tampa do servo (902).

Inspeção
6. Inspecione todas as peças para ver se há danos.
Inspecione as superfícies de contato da tampa do
servo (902) e do alojamento do motor para ver se
há arranhões, sulcos e outros danos. Inspecione as
roscas dos parafusos e porcas para ver se há danos.
Substitua quaisquer peças danificadas.

Remontagem
7. Gire o limitador de deslocamento (913) para dentro
da tampa do servo (902). Instale uma nova gaxeta
(936) e gire a tampa do servo (902) no parafuso de
ajuste do neutro.
8. Usando uma chave de boca sextavada de 3/8 in,
instale os cinco parafusos (921). Aperte a um torque
de 15 N·m (11 lb ft).
9. Use uma chave de fenda para segurar o limitador de
deslocamento. Use uma chave de boca sextavada
de 9/16 in para instalar a porca de vedação (927)
no limitador de deslocamento (913), na posição mar-
cada durante a desmontagem. Aperte a um torque
de 12 N·m (9 lb ft). Instale a luva (929) e o anel elás-
tico (928).

29.3 [29.202] / 28
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

10. Usando uma chave de boca sextavada de 1/4 in para


segurar o parafuso de ajuste do neutro e uma chave
de boca sextavada de 9/16 in, instale a porca sexta-
vada (4) no parafuso de ajuste do neutro, na posição
marcada durante a desmontagem. Aperte a um tor-
que de 37 N·m (27 lb ft).

Remoção/instalação do limitador de deslocamento

BRIL12SP0015F0A 1

A. Parafuso de ajuste do neutro do servo 4. 9/16 in


921. 3/8 in
927. 9/16 in

29.3 [29.202] / 29
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Adaptador de


filtragem de pressão - (Bomba variável em tandem)
Pequenos reparos

Adaptador de filtragem de pressão

Remoção
1. Usando uma chave de 11/16 in, remova o bujão
(810). Retire e descarte o anel O-ring (56).
2. Usando uma chave de boca sextavada de 1/2 in,
remova os parafusos (806).
3. Remova a tampa da filtragem de pressão (801). Re-
mova e descarte a gaxeta (805).

Inspeção
4. Inspecione a superfície usinada no controle. Se fo-
rem encontrados cortes ou arranhões, substitua o
componente danificado.

Remontagem
5. Instale uma nova gaxeta (805) e a tampa do filtro
(801).
6. Usando uma chave de boca sextavada de 1/2 in,
instale os três parafusos (806). Aperte a um torque
de 30 N·m (22 lb ft).
7. Lubrifique e instale o anel O-ring (56) no bujão (810).
Usando uma chave de boca sextavada de 11/16 in,
instale o bujão (810). Aperte a um torque de 37 N·m
(27 lb ft).

29.3 [29.202] / 30
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Remoção/instalação do adaptador de filtragem de pressão

BRIL12SP0016F0A 1

806. 1/2 in
810. 11/16 in

29.3 [29.202] / 31
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Bomba de carga


- (Bomba variável em tandem)
Pequeno reparo

Bomba de carga
Se a bomba possuir uma bomba auxiliar acoplada, retire
a bomba auxiliar e o eixo de conexão antes de remover a
pastilha auxiliar.

Remoção
1. Usando uma chave de boca sextavada de 3/4 in,
remova a porca (7). Remova o suporte (9).
2. Usando uma chave de boca sextavada de 1/2 in de
12 pontos, remova os parafusos (39). Puxe para
separar os alojamentos das bombas dianteira e tra-
seira.
3. Solte o tirante (8).
4. Remova e descarte os anéis O-ring (50), (51) e (42).
5. Remova a tampa do gerotor (46) e o gerotor (47).
6. Remova o pino (48), o acoplamento (6) e o pino (49).
NOTA: Anote a localização do pino (48) para remontagem.
Ele pode ser montado para rotação da bomba à esquerda
ou à direita.

Remoção/instalação da bomba de carga

BRIL12SP0017F0A 1

29.3 [29.202] / 32
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

7. 3/4 in, Torque = 102 N·m (75 lb ft)


39. 1/2 in, Torque = 102 N·m (75 lb ft)

Inspeção
7. Inspecione o gerotor (47) e a tampa do gerotor (46)
para ver se há desgaste, arranhões ou descamação.
Se algum componente mostrar sinais de desgaste,
arranhões ou descamação, substitua todos os com-
ponentes danificados. Inspecione o pino (48) e a
chaveta (49) para ver se há danos, e substitua as
peças se necessário. Substitua o anel O-ring (50),
(51), (42) sempre que a bomba de carga for desmon-
tada.

Remontagem
8. Instale o pino (49) no acoplamento (6). Instale o aco-
plamento (6) no gerotor (47) com o pino (49) alinhado
na ranhura.
9. Instale o acoplamento no eixo da bomba dianteira.
10. Instale o pino (48) no alojamento da bomba dianteira
e a tampa do gerotor (46) no gerotor (47).
11. Lubrifique e instale os anéis O-ring (50), (51) e (42).
12. Rosqueie o tirante (8) no alojamento da bomba dian-
teira.
13. Corresponda as duas bombas juntas para instalar o
eixo da bomba traseira no acoplamento (6). Usando
uma chave de tubo ou um alicate, gire o eixo da
bomba dianteira para alinhar o acoplamento com o
eixo da bomba traseira e, em seguida, pressione os
alojamentos das duas bombas juntas. Use um bas-
tão de borracha, se necessário.
NOTA: Posicione as bombas verticalmente com o aloja-
mento dianteiro sobre o alojamento traseiro para facilitar o
alinhamento.
14. Usando uma chave de boca sextavada de 1/2 in de
12 pontos, instale os parafusos (39). Aperte a um
torque de 102 N·m (75 lb ft).
15. Instale o suporte (9). Usando uma chave de boca
sextavada de 3/4 in, instale a porca (7). Aperte a
um torque de 102 N·m (75 lb ft).

29.3 [29.202] / 33
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Vedação do eixo


- (Bomba variável em tandem)
Pequeno reparo

Vedação do eixo
O conjunto do eixo pode receber manutenção sem a re-
moção da tampa dianteira da bomba. Oriente a bomba na
superfície de trabalho para que o eixo esteja apontando
para cima.

Remoção

Conjunto do eixo
1. Usando um alicate para anéis elásticos, remova o
anel elástico (5) da tampa da bomba.
2. Usando um instrumento de ponta (como uma chave
de fenda) ou um puxador tipo martelo deslizante, re-
mova a vedação do eixo (301).
IMPORTANTE: Não danifique o orifício do alojamento, o
eixo ou o rolamento ao remover a vedação do eixo.

BRIL12SP0001A0A 1

Inspeção
3. Inspecione o eixo e o rolamento para ver se há des-
gaste, arranhões e descamações. Se houver des-
gaste, arranhões ou descamação, substitua o eixo e
o rolamento.

Remontagem
4. Pressione uma vedação nova (301) na tampa da
bomba.
5. Instale um anel elástico (5) usando um alicate para
anéis elásticos.

29.3 [29.202] / 34
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Válvulas de


retenção e alívio do sistema (SCR) - (Bomba variável em tandem)
Pequenos reparos

Válvulas SCR
As válvulas SCR são ajustadas em fábrica e não são ajus-
táveis em campo.

Remoção
1. Usando uma chave de boca sextavada de 1-1/4 in,
remova o bujão da válvula de alívio (166). Retire e
descarte o anel O-ring (106).
2. Remova a mola (165) e a válvula de alívio (14) do
alojamento da bomba.

Inspeção
3. Inspecione as superfícies de vedação da bomba
para ver se há dobras ou arranhões. Inspecione a
superfície de vedação da válvula de alívio (14) para
ver se há dobras ou arranhões. Se a válvula de
alívio (14) estiver danificada, substitua-a.

Remontagem
4. Lubrifique e insira a válvula de alívio (14) e a mola
(165) no alojamento da bomba.
5. Lubrifique e instale um novo anel O-ring (106) no
bujão (166). Usando uma chave de boca sextavada
de 1-1/4 in, instale o bujão da válvula de alívio (166).
Aperte a um torque de 174 N·m (128 lb ft).

29.3 [29.202] / 35
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Válvulas de alívio de alta pressão

BRIL12SP0018F0A 1

166. 1-1/4 in, Torque = 174 N·m (128 lb ft)

29.3 [29.202] / 36
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço Válvula de alívio


de pressão de carga - (Bomba variável em tandem)
Pequenos reparos

Válvula de alívio de pressão de carga


Substitua os componentes da válvula de alívio de pressão
de carga se estiverem danificados ou se houver suspeita
de falha. Consulte Transmissão hidrostática - Ajuste
(29.202), para obter as instruções de ajuste.

Remoção
1. Usando uma chave de boca sextavada 1 in, remova
o bujão de alívio de pressão de carga (102). Retire
e descarte o anel O-ring (103).
2. Remova os calços (101), a mola (104) e a válvula de
alívio de pressão de carga (105).

Inspeção
3. Inspecione as superfícies de vedação da bomba
para ver se há dobras ou arranhões. Inspecione
a superfície de vedação da válvula de alívio (105)
para ver se há dobras ou arranhões. Se a válvula
de alívio (105) estiver danificada, substitua-a.

Remontagem
4. Instale a válvula de alívio de pressão de carga (105),
a mola (104) e os calços (101).
5. Lubrifique e instale o anel O-ring (103) no bujão
(102). Usando uma chave de boca sextavada de 1
in, instale o bujão (102). Aperte a um torque de 108
N·m (80 lb ft).
6. Opere a bomba usando a gama completa de contro-
les para garantir uma operação adequada.

29.3 [29.202] / 37
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Válvula de alívio de pressão de carga

BRIL12SP0019F0A 1

102. 1 in

29.3 [29.202] / 38
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Válvula de


derivação - (Bomba variável em tandem)
Pequenos reparos

Válvula de derivação

Remoção
1. Usando uma chave de boca sextavada de 5/8 in,
remova a válvula de derivação (10).
2. Remova e descarte o anel O-ring (12) e a vedação
(11).

Inspeção
3. Inspecione as superfícies de vedação da bomba
para ver se há dobras ou arranhões. Inspecione
a superfície de vedação da válvula de derivação
(10) para ver se há dobras ou arranhões. Substitua
quaisquer peças danificadas.

Remontagem
4. Lubrifique e instale um novo anel O-ring (12) e veda-
ção (11) na válvula de derivação (10).
5. Usando uma chave de boca sextavada de 5/8 in,
instale a válvula de derivação (10). Aperte a um
torque de 20 N·m (15 lb ft).
6. Opere a bomba usando a gama completa de contro-
les para garantir uma operação adequada.

29.3 [29.202] / 39
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Válvula de derivação

BRIL12SP0020F0A 1

10. 5/8 in, Torque = 20 N·m (15 lb ft)

29.3 [29.202] / 40
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Controle de


deslocamento manual - (Bomba variável em tandem)
Pequenos reparos

Controle de deslocamento manual


NOTA: Marque o local do suporte de retorno do neutro (25) antes da desmontagem.

Remoção
1. Usando uma chave de boca sextavada de 3/8 in, re-
mova o parafuso (21). Remova o conjunto do carre-
tel de controle manual do alojamento da bomba.
2. Usando uma chave de boca sextavada de 1/2 in,
remova a porca de pressão (22). Remova a arruela
de pressão de dente (34), a alça (24), o suporte de
retorno do neutro (25) e a mola (23) do carretel (18).
3. Remova e descarte o anel de reserva (20) e o anel
O-ring (303) do carretel (18).
4. Retire a luva (36). Remova e descarte o anel de
reserva (19) e o anel O-ring (302).

Inspeção
5. Inspecione todas as peças do conjunto de controle.
Substitua quaisquer peças danificadas. Inspecione
os carretéis para ver se há sulcos, arranhões e ou-
tros danos. Se os carretéis estiverem danificados,
substitua-os. Inspecione o orifício da luva no aloja-
mento para ver se há danos.
NOTA: Ao instalar a luva (36), certifique-se que a ranhura
da luva engate o pino da mola na placa oscilante.

Remontagem
6. Lubrifique e instale o anel O-ring (302) e o anel de
reserva (19) na luva (36). Lubrifique e instale a luva
(36) no alojamento do motor.
7. Lubrifique e instale o anel O-ring (303) e o anel de
reserva (20) no carretel (18).
8. Instale a mola de retorno do neutro (23), o suporte
de retorno do neutro (25), a alça (24) e a arruela (34)
no carretel (18).
NOTA: Instale o carretel de controle (18) com o alinha-
mento da ranhura voltada para o servo pistão.
9. Usando uma chave de boca sextavada de 1/2 in,
instale a porca de pressão (22). Aperte a um torque
de 15 N·m (11 lb ft).
10. Lubrifique e instale o carretel (18) na luva (36).

29.3 [29.202] / 41
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

11. Usando uma chave de boca sextavada de 3/8 in,


instale o parafuso (21). Aperte a um torque de 14
N·m (10 lb ft). Consulte Transmissão hidrostática
- Ajuste - Neutro do suporte do controle de deslo-
camento manual — (Bomba variável em tandem)
(29.202), para obter o procedimento de ajuste.
(A) Ranhura de alinhamento
(B) Servo pistão

BRIL12SP0003A0A 1

Controle de deslocamento manual

BRIL12SP0021F0A 2

21. 3/8 in, Torque = 15 N·m (11 lb ft)


22. 1/2 in, Torque = 15 N·m (11 lb ft)

29.3 [29.202] / 42
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Controle de


deslocamento eletrônico e hidráulico - (Bomba variável em tandem)
Controle eletrônico de deslocamento/Controle de deslocamento hidráulico

Remoção
1. Usando uma chave de boca sextavada de 3/16 in
interna, remova os parafusos (16) e (17) ou (31) e
(29).
2. Remova o alojamento de controle (15) ou o aloja-
mento de controle (28) e o coletor (30). Remova e
descarte os anéis O-ring (27) e (304) ou (32) e (33).

Inspeção
3. Inspecione o carretel de controle para ver se há ar-
ranhões, sulcos e outros danos. Se o carretel estiver
danificado, ou se houver suspeita de que o controle
está com mau funcionamento, substitua toda a uni-
dade de controle. Inspecione o orifício da luva no
alojamento para ver se há danos.
NOTA: Se houver suspeita de falha do controle, substitua
o controle e teste a bomba para verificar se a operação
está correta. Ao instalar o controle, certifique-se e que a
ranhura da luva engate o pino da mola na placa oscilante.

Remontagem
4. Lubrifique e instale os anéis O-ring (27) e (304) no
alojamento de controle (15) ou lubrifique e instale os
anéis O-ring (32) e (33) no coletor (30) e os anéis
O-ring (55) no alojamento de controle (28). Lubrifi-
que e instale o alojamento de controle (15) ou o cole-
tor (30) no alojamento da bomba alinhando a ranhura
da luva com o pino da mola na placa oscilante.
5. Usando uma chave de boca sextavada de 3/16 in in-
terna, instale os parafusos (16) e (17) ou (31). Aperte
a um torque de 14 N·m (10 lb ft). Se necessário,
instale o alojamento de controle (28). Usando uma
chave de boca sextavada de 4 mm interna, instale
os parafusos (29). Aperte a um torque de 14 N·m
(10 lb ft).

29.3 [29.202] / 43
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Reparo do controle eletrônico de descolamento e controle de deslocamento hidráulico

BRIL12SP0022F0A 1

16. 3/16 in
17. 3/16 in
29. 4 mm
31. 3/16 in

29.3 [29.202] / 44
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Reparo do orifício


do MDC - (Bomba variável em tandem)
Reparo do orifício do controle de deslocamento manual

Remoção
1. Usando uma chave de boca sextavada de 3/16 in
interna, remova o bujão do tubo (26). Usando uma
chave de boca sextavada de 1/8 in interna, remova
o filtro ou o bujão do orifício (35).
(35) 1/8 in
(26) 3/16 in

BRIL12SP0004A0A 1

Inspeção
2. Inspecione o orifício quanto a danos, contaminação
e tamanho correto. Substitua o orifício se necessá-
rio.
NOTA: O bujão do tubo (26) precisa ser instalado com um
composto de travamento. Aplique algumas gotas de com-
posto de travamento antes da instalação.

Remontagem
3. Usando uma chave de boca sextavada de 1/8 in
interna, instale o filtro ou o bujão do orifício (35).
Aperte a um torque de 3 N·m (2 lb ft).
4. Usando uma chave de boca sextavada de 3/16 in
interna, instale o bujão do tubo (26). Aperte a um
torque de 22 N·m (16 lb ft).

29.3 [29.202] / 45
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Reparo do orifício do controle eletrônico de deslocamento e controle de deslocamento hi-


dráulico

Remoção
1. Remova as tampas do servo. Consulte Transmis-
são hidrostática - Instrução de serviço Limitador
de deslocamento — (Bomba variável em tandem)
(29.202) para obter as instruções de remoção e ins-
talação da tampa do servo.
(920) 3/8 in
(115) 9/16 in
(921) 3/8 in

BRIL12SP0006C0A 2

2. Usando uma chave de boca sextavada de 7/32 in,


remova os bujões de orifício (37) e (38).

Inspeção
3. Inspecione o orifício quanto a danos, contaminação
e tamanho correto. Substitua o orifício se necessá-
rio.

29.3 [29.202] / 46
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Remontagem
4. Usando uma chave de boca sextavada de 7/32 in,
instale os bujões de orifício (37) e (38). Aperte a um
torque de 3 N·m (2 lb ft).
5. Instale as tampas do servo.

29.3 [29.202] / 47
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Transmissão hidrostática - Ajuste


Ajuste da bomba
Esta seção oferece as instruções de inspeção e ajuste dos
componentes da bomba. Leia todo o tópico antes de ini-
ciar uma atividade de manutenção. Consulte Transmis-
são hidrostática - Medida Pressão — (Bomba variável
em tandem) (29.202) para obter a localização das portas
dos indicadores e o tamanho do indicador sugerido.

Válvula de alívio de pressão de carga


O procedimento a seguir explica como verificar e ajustar a
válvula de alívio de pressão de carga.
1. Desligue o motor principal.
2. Instale um manômetro de 50 bar (725 psi) na porta
do manômetro de carga (M3). Instale um indicador
de 10 bar (145 psi) em uma das portas de pressão
da caixa L1 ou L2. Opere o sistema com a bomba em
neutro (deslocamento zero) para medir a pressão de
carga.
NOTA: Meça a pressão de carga a 1775 RPM. A pressão
de carga é encontrada subtraindo a pressão da caixa da
pressão medida na porta do manômetro de carga (M3).
3. Para ajustar a pressão de carga, desligue o motor
principal.
4. Usando uma chave de boca sextavada 1 in, remova
o bujão de alívio de pressão de carga (102). Adi-
cione ou remova calços (101) na válvula de alívio.
Adicionar calços (101) aumenta a pressão de carga,
enquanto remover calços diminui a pressão de
carga. Consulte o código do modelo da bomba para
obter o ajuste adequado para a pressão de carga
da unidade.
5. Lubrifique e instale o anel O-ring novo (103).
6. Usando uma chave de boca sextavada de 1 in, rein-
stale o bujão (102). Aperte a um torque de 108 N·m
(80 lb ft).
7. Opere a bomba em neutro para verificar se a opera-
ção está adequada.
8. Remova os manômetros. Opere a bomba e verifique
se há vazamentos.

29.3 [29.202] / 48
Acionamento hidrostático - Transmissão hidrostática

Ajuste da pressão de carga

BRIL12SP0010F0A 1

102. 1 in
M3. Porta do manômetro de carga de 11/16 in

29.3 [29.202] / 49
Índice

Acionamento hidrostático - 29

Transmissão hidrostática - 202


Transmissão hidrostática - Ajuste - (Bomba variável em tandem) (29.202-C.40.G.10) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Transmissão hidrostática - Ajuste - Limitador de deslocamento - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . 21
Transmissão hidrostática - Ajuste - Neutro da placa oscilante - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Transmissão hidrostática - Ajuste - Neutro do suporte do controle de deslocamento manual - (Bomba variável em
tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Transmissão hidrostática - Ajuste - Válvulas de alívio/retenção do sistema (SCR) - (Bomba variável em tandem) 19
Transmissão hidrostática - Ajuste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48
Transmissão hidrostática - Ajuste Função de derivação - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Transmissão hidrostática - Descrição dinâmica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Transmissão hidrostática - Descrição estática - Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Transmissão hidrostática - Descrição estática - Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Transmissão hidrostática - Desenho - Pressão na localização das peças - Bomba variável em tandem . . . . . . . 10
Transmissão hidrostática - Desenho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
Transmissão hidrostática - Diagrama hidráulico (Diagrama da bomba) - Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . 6
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Adaptador de filtragem de pressão - (Bomba variável em tandem)
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Bomba de carga - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . 32
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Controle de deslocamento eletrônico e hidráulico - (Bomba vari-
ável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Controle de deslocamento manual - (Bomba variável em tandem)
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Procedimentos de remoção da bomba - (Bomba variável em
tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Reparo do orifício do MDC - (Bomba variável em tandem) . . 45
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Vedação do eixo - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . 34
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Válvula de derivação - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . 39
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço - Válvulas de retenção e alívio do sistema (SCR) - (Bomba variável
em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço Limitador de deslocamento - (Bomba variável em tandem) . . . 28
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço Procedimentos da partida inicial - Bomba variável em tandem 14
Transmissão hidrostática - Instrução de serviço Válvula de alívio de pressão de carga - (Bomba variável em tan-
dem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Transmissão hidrostática - Medida Pressão - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Transmissão hidrostática - Torque específico para serviço da bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Transmissão hidrostática - Vista seccional Bomba variável em tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Transmissão hidrostática - Índice de códigos de falha - (Bomba variável em tandem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12

29.3 [29.202] / 50
MANUAL DE SERVIÇO
Freios e controles

Patriot 250

33
Conteúdo

Freios e controles - 33

[33.202] Freios de serviço hidráulicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33.1


Patriot 250

33
Freios e controles - 33

Freios de serviço hidráulicos - 202

Patriot 250

33.1 [33.202] / 1
Conteúdo

Freios e controles - 33

Freios de serviço hidráulicos - 202

DADOS FUNCIONAIS

Freios de serviço hidráulicos


Vista explodida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

SERVIÇO

Freios de serviço hidráulicos


Teste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8

33.1 [33.202] / 2
Freios e controles - Freios de serviço hidráulicos

BRIL12SP0177J0A 1

33.1 [33.202] / 5
Freios e controles - Freios de serviço hidráulicos

SLC Descrição SLC Descrição


9 ACOPLAMENTO*ÍNDIA* 1P ANEL O-RING (-243, 4,109, 0,139)
22 RET, ANEL -INT (0,875, N500087) 1N ANEL O-RING (-237, 3,359, 0,139)
3 SUPORTE A/M S-A (28:1) 1Q ANEL O-RING, RESERVA (-243)
3E EIXO, PLANETÁRIO *ÍNDIA* 1M ANEL O-RING, RESERVA (-237)
3A SUPORTE 20 ARRUELA, ENCOSTO *ÍNDIA* (1,527, 0,090)
3F ENGRENAGEM, PLANETÁRIA 1E PORCA, BRG *ÍNDIA* (5,5-16)
3C BRG, AGULHA (J2430, 0,2188, 0,500) 6A TAMPA, PLACA
3G PINO, CILÍNDRICO (0,164, 1,000) 18 PLACA, ID *ÍNDIA*
PARAFUSO, ACIONAMENTO (Nº 2, 0,188)
3B ARRUELA, ENCOSTO-TGO *ÍNDIA (1,25, 0,06) 19
-TAIWAN
4 SUPORTE A/M S-A (26, 32:1) 11 BUJÃO DO TUBO, MAGN*ÍNDIA* (M18-1,5)
4E EIXO, PLANETÁRIO *ÍNDIA* 10 TAMPA DE ENCOSTO*ÍNDIA*
4A SUPORTE 7 EIXO, ENTRADA *ÍNDIA*
4F ENGRENAGEM, PLANETÁRIA 12 ENGRENAGEM, SOLAR
3C BRG, AGULHA (J2430, 0,2188, 0,500) 8 ENGRENAGEM, SOLAR
4D ESPAÇADOR, ENCOSTO *ÍNDIA* 2 ENGRENAGEM, ANEL
4G PINO, CILÍNDRICO (0,196, 1,00) 1G ALOJAMENTO *CHINA*
4B ARRUELA, ENCOSTO *ÍNDIA* (1,257, 0,059) 1B VEDAÇÃO, BORDA (63785TA-H)
4J ARRUELA, ENCOSTO*ÍNDIA (1.100.125) 1D (T4CB140) BRG, CÔNICO-CONJ
1L PISTÃO DO FREIO A/M S-A (10-SPRG) 15 VEDAÇÃO, TAMPA DE PROTEÇÃO (8,200)
1R MOLA (0,555, 1,390) 16 PINO, CAVILHA (0,3752, 0,997)
PARAFUSO SEXTAVADO-UNC (0,375-16,
1L FREIO, PISTÃO*ÍNDIA* 17
3,750GR8)
26 PARAFUSO, MÉTRICO-SKT (M6- 1X 16 mm) 33 ANEL O-RING (2-172, 8,237, 0,103)
IND
PRISIONEIRO*ÍNDIA (M22-1, 5-6G, 102.6
1S PLACA DE ENCOSTO DO FREIO*ÍNDIA* 1H
mm)
1A FUSO 21 BUJÃO, PLÁSTICO (Nº 11, 0,485 D.E.) *IND
1K FREIO, ROTOR A Saída do subconjunto do suporte
1J FREIO, ESTATOR B Entrada do subconjunto do suporte
1T RET, ANEL-INT (4,331 IN433)

33.1 [33.202] / 7
Freios e controles - Freios de serviço hidráulicos

Freios de serviço hidráulicos - Teste


Para executar uma verificação do freio, use um encaixe
métrico de M12 X 1.5. Instale uma bomba hidráulica ma-
nual com um manômetro na porta do freio, no fuso (1A)
com um encaixe de rosca métrico.
Coloque a ferramenta de TESTE DE GIRO (consulte a ta-
bela na página Conjunto do cubo do acionamento final,
juntas da direção e eixos - Teste (25.108)) no acopla-
mento de entrada.
Aplicar um torque de 10 lb in. Ao mesmo tempo em que
você tenta girar a ferramenta, bombeie a alça da bomba
hidráulica manual e aumente a pressão até o freio se li-
berar. O freio é liberado quando você conseguir girar a
ferramenta.
(1) Ferramenta de verificação de giro
Anote a pressão de liberação. Se o freio não for liberado
dentro dos limites mostrados na tabela do freio. Verifique
se ele tem o número correto de molas através do PRO-
CEDIMENTO DE VERIFICAÇÃO DA MOLA. Aumente até
a pressão máxima (consulte a tabela do freio) e mantenha
esta pressão por um minuto. Se o freio não vazar nem per-
der pressão, a unidade foi aprovada no teste do freio. Se o
BRIL12SP0027A0A 1
freio perder pressão, tente reparar o vazamento usando o
procedimento de reparo de vazamento no final deste pro-
cedimento.
Com o freio ainda liberado, verifique o giro da unidade para
uma revolução da viga de saída girando a ferramenta. Efe-
tue a sangria da pressão lentamente enquanto gira a Fer-
ramenta de TESTE DE GIRO.
Anote a pressão com a qual o freio trava. Usando um pano
limpo, retire o excesso de fluido em torno da porta do freio
e instale o bujão do tubo.

Tabela do freio
5 º dígito no Código de Número de Pressão Pressão de Pressão Torque do
código do peça do freio molas mínima e liberação total máxima (psi) freio (pol-lbs)
modelo (freio máxima de (psi)
de entrada) liberação (psi)
A 902442B 10 144 - 224 psi 261 psi 1000 psi 2259 lb in
B 902442C 8 115 - 160 psi 209 psi 1000 psi 1807 lb in
C 902442D 6 87 - 120 psi 157 psi 1000 psi 1355 lb in
D 902442F 4 58 - 80 psi 104 psi 1000 psi 904 lb in
X Sem freio

Procedimento de verificação da mola


Instale dois parafusos nos orifícios do pistão do freio.
Aperte os parafusos para assegurar que o pistão do freio
permaneça reto quando comprimido na cavidade do freio
do fuso.

33.1 [33.202] / 8
Freios e controles - Freios de serviço hidráulicos

Remova cuidadosamente o anel de retenção do fuso. Re-


mova lentamente os parafusos do freio de entrada. Re-
mova a placa de cobertura da extremidade do freio de en-
trada e conte o número de molas no freio. Se o número de
molas corresponder ao número na TABELA DO FREIO,
continue na próxima etapa. Se o número de molas não
coincidir com o número na TABELA DO FREIO acima, ins-
tale o número correto de molas.
(2) Verifique se o número de molas está correto
de acordo com a tabela do freio.

BRIL12SP0026A0A 2

Instale a placa de cobertura do freio com os dois parafu-


sos. Aperte os parafusos para assegurar que a placa de
cobertura do freio permaneça reta quando comprimida na
cavidade do freio do fuso.
Instale o anel de retenção grande na ranhura do fuso (1A),
certificando-se de que fique assentado corretamente. Re-
mova e descarte todos os parafusos restantes do pistão
do freio.
NOTA: TENHA CUIDADO AO REMOVER OS PARAFU-
SOS, POIS ELES ESTÃO SUJEITOS À PRESSÃO DA
MOLA. CERTIFIQUE-SE QUE O ANEL DE RETENÇÃO
ESTEJA SEGURO ANTES DE REMOVER OS PARAFU-
SOS.
Teste o freio de entrada novamente. Se as pressões de
liberação e/ou bloqueio ainda não coincidirem com a tabela
do freio, entre em contato com o departamento de serviço
de Oerlikon Fairfield.

Procedimento de reparo de vazamento do freio


Instale dois parafusos nos orifícios do pistão do freio.
Aperte os parafusos para assegurar que a placa de co-
bertura do freio permaneça reta quando comprimida na
cavidade do freio do fuso.
Remova cuidadosamente o anel de retenção do fuso.
Usando dois parafusos de olhal rosqueados em furos
opostos do pistão do freio, remova o pistão do freio do
fuso.
Verifique se os anéis O-ring, os anéis de reserva e a ca-
vidade do freio no fuso estão danificados. Se não houver
danos, reinstale o freio de entrada de acordo com o pro-
cedimento de instalação do freio de entrada presente no
capítulo de instruções de montagem, e realize o teste de
pressão novamente. Se o freio continuar vazando, entre
em contato com o departamento de serviço de CASE IH
AGRICULTURE

NOTA: Falhar em realizar este teste pode resultar em peças de freio danificadas ou ineficazes.

33.1 [33.202] / 9
Índice

Freios e controles - 33

Freios de serviço hidráulicos - 202


Freios de serviço hidráulicos - Teste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Freios de serviço hidráulicos - Vista explodida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

33.1 [33.202] / 10
MANUAL DE SERVIÇO
Sistemas hidráulicos

Patriot 250

35
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

[35.000] Sistemas hidráulicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.1


Patriot 250

[35.106] Bomba de deslocamento variável. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.2


Patriot 250

35
Sistemas hidráulicos - 35

Sistemas hidráulicos - 000

Patriot 250

35.1 [35.000] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Sistemas hidráulicos - 000

DADOS TÉCNICOS

Sistemas hidráulicos
Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

DADOS FUNCIONAIS

Sistemas hidráulicos
Índice de códigos de falha . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Diagrama hidráulico - Comando dos cilindros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Identificação - Comando dos cilindros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Diagrama hidráulico - Bloco de acionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Descrição estática - Bloco de acionamento da bitola . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diagrama hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Descrição estática . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Diagrama hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Descrição estática . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Diagrama hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Diagrama hidráulico - Bloco de controle de velocidades . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19

SERVIÇO

Sistemas hidráulicos
Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Ajuste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Remoção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28
Ajuste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34
Instalar - Orbitrol . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36
Instalar - Conexões do orbitrol . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Instalar - Mangueiras do orbitrol . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38

35.1 [35.000] / 2
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Especificações gerais


Fluxo da bomba de transmissão (máx.) (cada) 145 l/min
Pressão de carga da bomba da transmissão 350 psi
Rotação do motor diesel 2200 RPM
Leitura do manômetro igual a pressão da válvula de alívio da bomba de carga
375 psi
mais pressão de carcaça
Pressão do sistema da transmissão 5000 psi
Rotação do motor diesel 2200 RPM
Fluxo da bomba de engrenagem – Direção e comando (máx.) 58 l/min
Rotação do motor diesel 2200 RPM
Válvula de alívio da barra interna – Abertura 1750 psi
Válvula de alívio da barra interna – Fechamento 2350 psi
Válvula de alívio principal (nivelamento das barras) 2750 psi
Pressão mínima de acionamento dos freios 230 psi

35.1 [35.000] / 3
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Índice de códigos de falha


(1) SISTEMA HIDRÁULICO Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço (35.000)

35.1 [35.000] / 4
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico - Comando dos


cilindros

BRAG13PUALL013 1

1. Dobra da barra interna esquerda


2. Nivelamento da barra esquerda
3. Abertura da barra esquerda
4. Abertura da barra direita
5. Nivelamento da barra direita
6. Dobra da barra interna direita

35.1 [35.000] / 5
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Identificação - Comando dos cilindros


O comando de cilindros fica localizado no quadro central, à traseira. O comando recebe energia fluida da bomba de
carga auxiliar e a distribui aos diversos cilindros auxiliares através dos interruptores elétricos montados no console
de controle da cabine.

BRAG13PUALL013 1

1. Válvula solenoide responsável pelo acionamento do cilindro de dobra da barra interna esquerda.
2. Válvula solenoide responsável pelo acionamento do cilindro de nivelamento da barra esquerda.
3. Válvula solenoide responsável pelo acionamento do cilindro de abertura da barra esquerda.
4. Válvula solenoide responsável pelo acionamento do cilindro de abertura da barra direita.
5. Válvula solenoide responsável pelo acionamento do cilindro de nivelamento da barra direita.
6. Válvula solenoide responsável pelo acionamento do cilindro de dobra da barra interna direita.

35.1 [35.000] / 6
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico - Bloco de acionamento

BRAG13PUALL009 1

Legenda:

A - Válvula solenóide

B - Válvula de retenção

C - Pistão

D - Válvula de retenção

E - Tampão

F - Válvula solenóide

G - Bobinas (contém diodos)

35.1 [35.000] / 7
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Descrição estática - Bloco de acionamento


da bitola
O bloco de controle hidráulico (1) do acionamento da bitola do pulverizador localiza-se na parte traseira do chassi.

O bloco contém duas válvulas solenoids (2) e (3) responsáveis pelo acionamento dos cilindros de abertura da bitola.

BRAG13PUALL007 1

35.1 [35.000] / 8
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico

35.1 [35.000] / 10
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

BRIL12SP0048J0A 1

35.1 [35.000] / 11
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

NOTA: (**) Essa bomba do compressor de pressão está localizada no lado esquerdo do acionamento da bomba

AA. Frente AM. Conectar ao


AB. Reversão AN. Ajuste do eixo opcional
AC. Derivação 29 psi AO. Articulação paralela - Lança para cima/para baixo
AD. Dianteiros AP. Dobra da escada
AE. Traseiro AQ. Suspensão ativa opcional
AF. Máxima AR. Dobra da lança interna esquerda
AG. Mínima AS. Nível da lança esquerda
AH. Multiplicador - 1,30:1 AT. Dobra da lança externa esquerda
AI.Multiplicador - 1,44:1 AU. Dobra da lança externa direita
AJ. Pressurizado a 3 psi AV. Nível da lança direita
AK. Cilindro da direção dianteiro AW. Dobra da lança interna direita
AL. Cilindros da direção dianteiros opcionais M4. Pressão do servo, use um indicador de 1000 psi
M1. Porta de pressão do sistema A (C), use um M5. Pressão do servo, use um indicador de 1000 psi
indicador de 10000 psi
M2. Porta de pressão do sistema B (D), use um S. Vácuo de entrada da bomba de carga, use
indicador de 10000 psi indicador de vácuo
E. Pressão de carga (após filtro de pressão), L2. Pressão da caixa, use um indicador de 100 psi
indicador de 1000 psi

35.1 [35.000] / 13
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Item Descrição U/M Qtd. Tipo


1 Reservatório, óleo hidráulico 1
2 3 psi Respiro 1
3 Indicador, Visor / Indicador de temperatura, Óleo hidráulico 1
4 2 Acionamento da bomba, engrenagem 1,30:1 e 1,44:1 1
5 Remoto do conjunto do filtro, Bomba de carga 1
6 Bomba, Hidrostática - M46 em tandem 1
7 Multinível, Temperatura do óleo hidráulico - N/F 200 °F para abrir 1
8 Cubo com freio - 28,39:1 4
9
10 Dreno da válvula 1
11 Motor da roda - M46cc 14.45 min DISPL 4
12 Orifício, Ø 0.042 mm 1
13 Cilindro, Dobra da escada 1
14 Cilindro, Suspensão ativa 2
15 Válvula de controle 1
16 Válvula, solenoide 1
17 Orifício, Ø 0.075 mm 1
18
19 Bomba do compressor de pressão 1
20 Grupo da válvula 6 1
21 Cilindro, Dobra da lança interna direita e esquerda 2
22
23 Acumulador 2
24 Válvula, ajuste de equilíbrio do cilindro a 2200 psi 2
25 Cilindro, articulação paralela 2
26 Cilindro, Nível da lança direita e esquerda 2
27 Grupo da válvula 2 1
28 Interruptor de centralização 1
29 Cilindro, direção, Brasil 1
30 Unidade de controle da direção 1
31 Válvula de retenção 1
32 Conjunto completo do filtro, Fluxo auxiliar de retorno 1
33 Arrefecedor de calor, (Trocador de calor) 1
34 Filtro, Sucção 2
35 Cilindro, Dobra da lança externa 2
36 Indicador, Filtro auxiliar, Interruptor de pressão - N/F 25 psi para abrir 1
37 Unidade de controle da direção 1
38 Cilindro, direção 2
39 Válvula, Retenção, 15 psi 1
40 Válvula, Retenção em linha 1
41 Cilindro, Hidráulico, Ajuste 2 do eixo 2
42 Cilindro, Hidráulico, Ajuste 2 do eixo 2

35.1 [35.000] / 14
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Descrição estática


Projeto
Os motores de pistão de circuito fechado de motor variável série 40 M46 convertem o fluxo e a pressão hidráulica de
entrada em torque de saída e velocidade rotacional. O fluido de pressão alta entra pela porta de entrada, e o fluido de
baixa pressão sai através da porta de saída. A placa da válvula conecta uma metade do bloco do cilindro à pressão
alta e a outra metade à baixa pressão. O fluido de pressão alta se acumula nos conjuntos de pistão. Isso faz com que
os pistões movam a placa oscilante para baixo (o caminho de menor resistência). Quando o pistão sobe novamente
pela placa oscilante, o fluido pode sair pela porta de saída através da placa da válvula. Há sete pistões que se
movem em um movimento recíproco conforme o fluido passa pelo motor. Estes pistões estão alojados no conjunto
do bloco do cilindro que gira com os pistões. Este bloco do cilindro se conecta ao eixo de saída, permitindo, assim,
que o torque de saída seja aplicado a uma função mecânica. Permite-se que uma pequena quantidade de fluido flua
das interfaces do bloco do cilindro/placa da válvula e da sapata/placa oscilante para lubrificação e resfriamento. As
portas de drenagem da caixa devolvem este fluido para o reservatório.

O volume do fluido deslocado para o sistema é controlado pelo ângulo da placa oscilante. A placa oscilante é forçada
para uma posição inclinada (no curso) pelo servo pistão.

O controle do motor, pela variação da pressão no servo pistão, controla o deslocamento e, consequentemente, a
velocidade de saída do eixo.

Vista da seção transversal

BRIL12SP0054F0A 1

1. Rolamento de esfera 8. Servo pistão


2. Sapata 9. Mancal do rolamento
3. Pistão 10. Placa oscilante
4. Placa da válvula 11. Bloco do cilindro
5. Vedação do eixo 12. Rolamento da luva
6. eixo 13. Rolamento da agulha
7. Pino do rolamento da placa oscilante

35.1 [35.000] / 15
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico


Diagrama de circuito do sistema

BRIL12SP0008F0A 1

Fluxo de sucção Pressão alta


Pressão de carga Fluxo da caixa
Pressão servo

1. Alça de controle 10. Módulo de descarga do circuito


2. Válvula de controle de deslocamento 11. Eixo de saída
3. Conjunto do bloco do cilindro 12. Motor de deslocamento variável
4. Eixo de Entrada 13. Conjunto do bloco do cilindro
5. Bomba de deslocamento variável 14. Filtro
Válvulas de retenção com válvula de alívio de
6. 15. Reservatório
pressão alta
7. Válvula de alívio da pressão de carga 16. Trocador de calor
8. Bomba de carga 17. Derivação do trocador de calor
9. Válvula de derivação

35.1 [35.000] / 16
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Descrição estática


O circuito do sistema

O circuito fechado básico


As portas principais do motor são conectadas por linhas hidráulicas às portas principais da bomba. O fluido segue,
em uma ou outra direção, da bomba ao motor e depois retorna à bomba neste circuito fechado. Uma das linhas
hidráulicas pode estar sob pressão alta. No modo de bombeamento, a posição da placa oscilante das bombas de-
termina qual linha é de pressão alta, assim como a direção do fluxo do fluido.

Dreno da caixa e trocador de calor


O motor e a bomba exigem que as linhas de drenagem da caixa removam o fluido quente do sistema. A bomba e
o motor devem ser drenados a partir da porta de drenagem mais alta para assegurar que a caixa permaneça cheia
de fluido. O dreno da caixa do motor pode ser conectado à porta de drenagem inferior no alojamento da bomba e
sair na porta mais alta, ou alimentar na linha de drenagem da caixa vindo da bomba à frente do trocador de calor.
Um trocador de calor, com uma válvula de derivação, é necessário para resfriar o fluido do dreno da caixa antes de
retornar ao reservatório.

Consulte Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico (35.000) e Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico
(35.000).

35.1 [35.000] / 17
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico


Diagrama do motor

BRIL12SP0055F0A 1

* Topo
** Parte inferior

O diagrama acima mostra a função de um motor de deslocamento variável série 40 M46.

35.1 [35.000] / 18
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico - Bloco de controle


de velocidades

BRAG13PUALL006 1

Legenda
SV1 Freio de estacionamento
SV2 Motores frontais
SV3 Motores traseiros

35.1 [35.000] / 19
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço


Recomendações de filtro e fluido
Para assegurar a vida útil ideal do motor, faça a manuten-
ção regular do fluido e filtro. Fluido contaminado é a princi-
pal causa de falha da unidade. Tenha cuidado em manter
a limpeza do fluido durante a manutenção.
Verifique diariamente se o nível de fluido no reservatório
está correto, se há presença de água e de odor de fluido
rançoso. Fluido contaminado por água pode se mostrar
manchado ou leitoso, ou água livre pode assentar no fundo
do reservatório. Odor rançoso indica que o fluido foi ex-
posto a calor excessivo. Troque o fluido imediatamente se
essas condições ocorrerem. Corrija o problema imediata-
mente.
Verifique se há vazamentos no veículo diariamente.
Troque o filtro e o fluido de acordo com as recomendações
do fabricante do veículo/máquina ou nestes intervalos: pri-
meira troca de fluido recomendada em 300 h.

Intervalo de troca de fluido e filtro


Tipo de reservatório No máximo intervalo de troca de óleo
Respirador 300 h

IMPORTANTE: Altas temperaturas e pressões resultarão


em envelhecimento acelerado do fluido. Trocas mais fre-
quentes de fluido podem ser necessárias.
Troque o fluido com maior frequência se ele se for conta-
minado com corpos estranhos (sujeira, água, graxa, etc.)
ou se estiver sujeito a níveis de temperatura mais altos que
a temperatura máxima recomendada.
NOTA: Descarte o fluido hidráulico usado corretamente.
Nunca reutilize fluido hidráulico.
Troque os filtros sempre que o fluido for trocado ou quando
o indicador do filtro mostrar que a troca é necessária. Sub-
stitua todo o fluido perdido durante a troca do filtro.

Material perigoso
IMPORTANTE: Fluido hidráulico contém material peri-
goso. Evite o contato com fluido hidráulico. Sempre
descarte o fluido hidráulico usado de acordo com as
normas ambientais estaduais e federais.

35.1 [35.000] / 20
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Indicador de contaminação do filtro


A medida que o êmbolo branco se movimenta para es-
querda na faixa vermelha (1), indica que o elemento fil-
trante deverá ser substituído.

BRIL12SP0199A0A 1

35.1 [35.000] / 21
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instalar


Procedimentos da partida inicial
Siga este procedimento ao dar a partida inicial em uma
instalação de um motor novo ou ao reiniciar uma instala-
ção em que o motor foi removido e reinstalado em uma
máquina. Certifique-se que o motor tenha sido comple-
tamente testado em uma bancada de teste antes de ser
instalado em uma máquina.
IMPORTANTE: O movimento involuntário da máquina ou
do mecanismo pode causar lesões ao técnico ou pessoas
próximas. Para se proteger contra movimentos involuntá-
rios, prenda a máquina ou desative/desconecte o meca-
nismo durante a manutenção.
Antes de instalar a bomba, verifique se há danos que po-
dem ter ocorrido durante o transporte.

Procedimento de partida
1. Certifique-se que o óleo hidráulico da máquina e os
componentes do sistema (reservatório, mangueiras,
válvulas, encaixes e trocador de calor) estejam lim-
pos e livres de qualquer material estranho.
2. Instale novos elementos de filtro do sistema, se ne-
cessário. Verifique se os encaixes do tubo de en-
trada estão apertados adequadamente e se não há
vazamentos de ar.
3. Instale o motor. Instale um indicador de 50 bar (725
psi) na porta M4 do manômetro de carga.
4. Encha o alojamento, adicionando óleo filtrado na
porta de drenagem da caixa superior.
5. Encha o reservatório com fluido hidráulico do tipo e
viscosidade recomendados. Use um filtro de enchi-
mento de reservatório de 10 mícrons. Certifique-se
que o tubo de entrada do reservatório à bomba es-
teja cheio.
6. Desconecte o motor de todos os sinais de entrada
de controle.
7. Reinstale o bujão de construção removido na etapa
4.
NOTA: Após a partida, o nível de óleo no reservatório pode
cair devido ao enchimento dos componentes do sistema.
Verifique o nível no reservatório para manter um nível de
óleo cheio durante toda a partida.
IMPORTANTE: Podem ocorrer danos aos componentes
hidráulicos se o fornecimento de óleo não for mantido.
8. Use um método comum de desativação do motor
para impedir sua partida. Ligue o motor de partida
durante vários segundos. Não exceda a recomen-
dação do fabricante do motor. Aguarde 30 s e, em
seguida, ligue o motor uma segunda vez conforme
indicado acima. Esta operação ajuda a remover o ar
da tubulação do sistema. Reabasteça o reservatório
com o nível de óleo cheio recomendado.

35.1 [35.000] / 22
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

9. Quando a pressão de carga começar a ser exibida,


ative e dê a partida no motor. Deixe o motor funcio-
nando por no mínimo 30 s em posição de marcha
lenta para permitir que o ar saia sozinho do sistema.
Verifique se há vazamentos em todas as conexões
do tubo e escute se há cavitação. Verifique se o ní-
vel de fluido no reservatório está correto.
IMPORTANTE: Ar preso em óleo sob pressão alta pode
danificar os componentes hidráulicos.
IMPORTANTE: Não funcione em pressão máxima até que
o sistema esteja livre do ar e o fluido tenha sido totalmente
filtrado.
10. Logo que pressão de carga adequada for estabele-
cida (conforme indicado no código do modelo), au-
mente a velocidade do motor para a rotação normal
de operação, a fim de sangrar o ar residual do sis-
tema.
11. Desligue o motor. Conecte os sinais de controle do
motor e da bomba.
Dê a partida no motor, certificando-se de que a
bomba continua em neutro. Funcione o motor em
velocidade de operação normal e verifique cuida-
dosamente a operação do controle de avanço e
marcha à ré.
12. Continue alternando entre avanço e marcha à ré por
pelo menos 5 min para efetuar a sangria de todo o
ar e retirar os contaminantes do sistema para fora do
circuito.
NOTA: Uma flutuação normal da pressão de carga pode
ocorrer durante a operação de avanço e marcha à ré.
13. Verifique se o reservatório está cheio. Retire o ma-
nômetro de pressão de carga. O motor agora está
pronto para operação.

35.1 [35.000] / 23
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço


Medições de pressão

Ferramentas necessárias
Os procedimentos de manutenção descritos neste manual
podem ser realizados com ferramentas manuais de mecâ-
nica comum. Ferramentas especiais, se necessário, serão
mostradas. Ao testar as pressões do sistema, calibre os
manômetros frequentemente para assegurar a precisão.
Use amortecedores para proteger os medidores.

Porta e instalação do indicador


As tabelas e desenhos a seguir mostram a localização das
portas e a capacidade dos indicadores necessários.

Informações da porta
Identificador da Tamanho da porta Tamanho da chave Pressão obtida Tamanho do indicador
porta
Sextavada interna de
L1, L2 1-1/16 in 12 SAE Dreno da caixa 10 bar (145 psi)
9/16 in
MA, MB 1-1/16 in 12 SAE Sextavada de 1-1/4 in Pressão do sistema 600 bar (8700 psi)
Sextavada interna de
M4 9/16-18 in UNF Pressão de carga 50 bar (725 psi)
1/4 in
Sextavada de 11/16
M5 9/16-18 in UNF Pressão servo 50 bar (725 psi)
in

Portas do sistema
Identificador da porta Tamanho da porta
A 1-1/16 in 12 SAE
B 1-1/16 in 12 SAE

35.1 [35.000] / 24
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Localização das portas

BRIL12SP0056F0A 1

* Topo (i) Vista da extremidade


** Parte inferior (ii) Vista inferior

Solução de problemas

Visão geral
Esta seção fornece as etapas gerais a serem seguidas
caso sejam observadas condições indesejáveis do sis-
tema. Siga as etapas indicadas até que o problema seja
solucionado. Alguns dos itens serão específicos do sis-
tema. Para as áreas cobertas neste manual, uma seção
é referenciada. Sempre observe as precauções de segu-
rança listadas em Regras de segurança (), relacionadas
com seu equipamento específico.

35.1 [35.000] / 25
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Precauções de segurança
IMPORTANTE: Alto vácuo de entrada causa cavitação, o
que pode danificar componentes internos da bomba.
IMPORTANTE: O fluido hidráulico que escapa sob pres-
são pode ter força suficiente para penetrar na pele, cau-
sando lesões graves e/ou infecções. Alivie a pressão no
sistema antes de remover mangueiras, encaixes, indica-
dores ou componentes.
IMPORTANTE: O movimento involuntário da máquina ou
do mecanismo pode causar lesões ao técnico ou pessoas
próximas. Para se proteger contra movimentos involuntá-
rios, prenda a máquina ou desative/desconecte o meca-
nismo durante a manutenção.
IMPORTANTE: A contaminação pode danificar compo-
nentes internos e invalidar a garantia do fabricante. Tome
as precauções para assegurar a limpeza do sistema du-
rante a remoção e reinstalação da tubulação do sistema.
IMPORTANTE: Fluido hidráulico contém material peri-
goso. Evite o contato com fluido hidráulico. Sempre
descarte o fluido hidráulico usado de acordo com as
normas ambientais estaduais e federais.

35.1 [35.000] / 26
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Ajuste


Procedimentos, inspeções e ajustes padrão
Antes de trabalhar no motor, limpe completamente a parte
externa do motor.
IMPORTANTE: A contaminação pode danificar compo-
nentes internos e invalidar a garantia do fabricante. Tome
as precauções para assegurar a limpeza do sistema du-
rante a remoção e reinstalação da tubulação do sistema.
1. Limpe completamente toda a sujeira da parte ex-
terna do motor.
2. Se for remover o motor, etiquete cada linha hidráu-
lica conectada ao motor. Se as linhas hidráulicas
estiverem desconectadas, tampe cada porta aberta
para assegurar que a sujeira e a contaminação não
entrem no motor.
3. Certifique-se que as áreas ao redor estejam limpas e
livres de contaminantes como sujeira, por exemplo.
4. Inspecione o sistema para ver se há contaminação.
5. Observe o fluido hidráulico quanto a sinais de conta-
minação do sistema, descoloração do óleo, espuma
no óleo, lama ou pequenas partículas de metal.
6. Se houver sinais de contaminação no fluido hidráu-
lico, todos os filtros devem ser substituídos e o sis-
tema hidráulico deve ser drenado e enchido com o
fluido hidráulico correto.
7. Lave a tubulação antes de recolocar o fluido hidráu-
lico.
8. Antes de instalar a bomba, realize um teste de vaza-
mento por Sauer-Danfoss leakage test HPP 112.

35.1 [35.000] / 27
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Remoção


Serviços de pequenos reparos

Procedimentos padrões, remoção do motor


Antes de trabalhar no motor, limpe completamente a parte
externa do motor. Etiquete todas as linhas hidráulicas à
medida que elas forem desconectadas, e tampe todas as
portas abertas para assegurar que a sujeira e a contami-
nação não entrem no motor.
AVISO: A contaminação pode danificar componentes in-
ternos e invalidar a garantia do fabricante. Tome as pre-
cauções para assegurar a limpeza do sistema durante a
remoção e reinstalação da tubulação do sistema.

Remoção
1. Limpe completamente toda a sujeira da parte ex-
terna do motor.
2. Etiquete e desconecte todas as linhas hidráulicas co-
nectadas à bomba. À medida que as linhas hidráuli-
cas forem desconectadas, tampe cada porta aberta
para assegurar que a sujeira e a contaminação não
entrem no motor.
3. Remova o motor como uma única unidade.
AVISO: Tome cuidado para não danificar o motor ao usar
cintas ou correntes para remover o motor da máquina.

Inspeção
4. Certifique-se que a superfície de trabalho e a área
ao redor estejam limpas e livres de contaminantes
como sujeira, por exemplo.
5. Observe o fluido hidráulico quanto a sinais de conta-
minação do sistema, descoloração do óleo, espuma
no óleo, lama ou pequenas partículas de metal. Ins-
pecione o motor para ver se há danos.

Remontagem
6. Antes de substituir o motor na máquina, substitua
todos os filtros, drene o sistema hidráulico e encha-o
com o fluido hidráulico correto.
7. Lave a tubulação antes de recolocar o fluido hidráu-
lico.

35.1 [35.000] / 28
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Ajuste


Ajuste do motor
Esta seção oferece instruções de inspeção e ajuste dos
componentes do motor. Leia todo o tópico antes de ini-
ciar uma atividade de manutenção. Consulte Sistemas
hidráulicos - Instrução de serviço (35.000) para saber a
localização das portas do medidor e tamanho sugerido do
medidor.

Ajuste do limitador de deslocamento


NOTA: Os limitadores de deslocamento não vêm pré-ajus-
tados de fábrica, mas são instalados para minimizar a ex-
tensão do parafuso de ajuste. Ajuste o limitador de des-
locamento após a instalação até que o deslocamento má-
ximo do motor seja atingido.
1. Usando uma chave de fenda e uma chave de boca
sextavada de 9/16 in, afrouxe a porca de travamento
(16).
2. Gire o parafuso de ajuste (14) com base na tabela
a seguir. Ao girar o parafuso de ajuste no sentido
horário, o deslocamento máximo do motor diminui.
Ao girar o parafuso de ajuste no sentido anti-horário,
o deslocamento máximo do motor aumenta.
3. Após estabelecer o deslocamento desejado, use
uma chave de fenda para manter o parafuso de
ajuste no lugar e aperte a porca de travamento com
uma chave de boca sextavada de 9/16 in. Aperte a
um torque de 15 N·m (11 lb ft).
4. Uma volta do parafuso de ajuste irá alterar o desloca-
mento máximo aproximadamente da seguinte forma.
O parafuso de ajuste exige normalmente uma chave
de fenda, mas pode exigir uma chave de boca sex-
tavada ou uma chave sextavada interna.

BRIL12SP0049B0A 1

Dados de ajuste do limitador de deslocamento


Alteração aproximada
Tamanho e torque da
Tamanho do parafuso de no deslocamento por
Deslocamento chave da porca de
ajuste revolução do parafuso de
pressão
ajuste
46 9/16 in 15 N·m (11 lb ft) Chave de fenda 4.1 cm³/volta

35.1 [35.000] / 29
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço


Reparo pequeno

Carretel de limpeza do circuito


Substitua o carretel de limpeza do circuito se necessário.

Removal (Remoção)
1. Usando uma chave de boca sextavada de 11/16 in,
retire os bujões (20). Remova e descarte os anéis
O-ring (21) do bujões (20).
2. Remova as molas (22), os batentes de mola (23) e
o carretel de limpeza do circuito (24) da porta.

Inspeção
3. Inspecione o carretel de limpeza do circuito para ver
se há desgaste, arranhões e descamação. Se hou-
ver desgaste, arranhões ou descamação, substitua
o carretel de limpeza do circuito. Certifique-se que
o carretel se mova suavemente no alojamento du-
rante a instalação. Se não o fizer, certifique-se que
o alojamento está livre de contaminação. Se o aloja-
mento estiver limpo e o carretel ainda não se mover
suavemente, substitua o carretel.

Montagem
4. Lubrifique e instale o carretel de limpeza do circuito
(24) no alojamento do motor.
5. Instale os batentes da mola (23) e as molas (22).
6. Lubrifique e instale anéis O-ring (21) nos bujões (20).
7. Usando uma chave de boca sextavada de 11/16 in,
instale os bujões (20). Aperte a um torque de 37 N·m
(27 lb ft).

35.1 [35.000] / 30
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Substitua o carretel de limpeza do circuito

BRIL12SP0051F0A 1

35.1 [35.000] / 31
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço


Reparo pequeno

Limitador de deslocamento
NOTA: Marque o local do parafuso de ajuste de desloca-
mento antes da desmontagem.

Removal (Remoção)
1. Remova a tampa do batente do servo (17) e o anel
de vedação do batente do servo (15). Usando uma
chave de fenda e uma chave de boca sextavada de
9/16 in, remova a porca (16).
2. Usando uma chave de boca sextavada de 7/16 in,
remova os cinco parafusos (6) da tampa do servo
(13).
3. Remova a tampa do servo (13). Retire e descarte a
gaxeta da tampa do servo (9).
4. Desparafuse o parafuso de ajuste de deslocamento
(14) da tampa do servo (13).

Inspeção
5. Inspecione as superfícies de vedação do motor e a
tampa do servo para ver se há dobras ou arranhões.
6. Inspecione o batente do servo. Se houver dobras ou
danos, substitua o batente do servo.

Remontagem
7. Gire o batente do servo (14) na tampa do servo (13).
Instale a gaxeta da tampa do servo (9).
8. Instale a tampa do servo (13). Usando uma chave
de boca sextavada de 7/16 in, instale os cinco para-
fusos (6). Aplique torque em padrão de estrela a 15
N·m (11 lb ft).
9. Usando uma chave de fenda e uma chave de boca
sextavada de 9/16 in, ajuste o batente do servo na
posição marcada na desmontagem e instale a porca
de vedação do batente do servo (16). Aperte a um
torque de 12 N·m (9 lb ft).
10. Instale o anel de vedação do batente do servo (15)
e a tampa do batente do servo (17).

35.1 [35.000] / 32
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Repare o limitador de deslocamento

BRIL12SP0052F0A 1

35.1 [35.000] / 33
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço


Substituição da vedação do eixo, rolamento de esfera e eixo
O conjunto do eixo pode receber manutenção sem des-
montar o motor. Oriente a bomba na superfície de trabalho
para que o eixo esteja apontando para cima.

Remoção
1. Usando um alicate para anéis elásticos, remova o
anel elástico (3) do alojamento dianteiro.
2. Remova a arruela de vedação (8). Remova e des-
carte a vedação do eixo (10).
3. Usando um alicate para anéis elásticos, remova o
anel elástico (3) e use um extrator apropriado para
puxar o eixo (10) com o rolamento (2) do motor. Se
necessário, bata no eixo para deslocá-lo dos com-
ponentes internos da bomba.
AVISO: Não danifique o orifício do alojamento, o eixo ou o
rolamento ao remover a vedação do eixo e o eixo.
4. Usando um alicate para anéis elásticos, remova o
anel elástico (4). Usando um extrator de rolamen-
tos ou prensa, remova o rolamento (2) do eixo (3).
Usando um alicate para anéis elásticos, remova o
anel elástico (4).
NOTA: O conjunto do eixo e rolamento pode ser inspecio-
nado sem desmontagem. Somente desmonte o conjunto
do eixo se o eixo ou o rolamento precisar ser substituído.

BRIL12SP0050C0A 1

Inspeção
5. Inspecione o eixo e o rolamento para ver se há des-
gaste, arranhões e descamações. Se houver des-
gaste, arranhões ou descamação, ou rolamento não
girar livremente no eixo, substitua o eixo, o rola-
mento ou todo o conjunto.

35.1 [35.000] / 34
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Remontagem
6. Usando um alicate para anéis elásticos, instale o
anel elástico (4). Pressione o rolamento no eixo.
7. Usando um alicate para anéis elásticos, instale o
anel elástico (4). Lubrifique e instale o conjunto do
eixo no motor.
8. Usando um alicate para anéis elásticos, instale o
anel elástico (3).
9. Lubrifique a vedação do eixo. Usando uma prensa
de vedação apropriada, instale a vedação do eixo
(10) e a arruela de vedação (8).
10. Usando um alicate para anéis elásticos, instale o
anel elástico (3).

35.1 [35.000] / 35
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instalar - Orbitrol


1. Instale os batente de borracha (1)
Aplique LOCTITE® 262.

SOIL13SP00025AB 1

2. Instale os parafusos (2), espaçador (3) e arruelas (4).

SOIL13SP00026AB 2

3. Instale as arruelas (5) e o conjunto do orbitrol (6).


Atentar para correta posição de instalação indicada
no orbitrol.

SOIL13SP00027AB 3

35.1 [35.000] / 36
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instalar - Conexões do orbitrol


Conexões nos pórticos do orbitrol
1. Localize o orbitrol instalado na cabine.

SOIL13SP00022AA 1

2. Instale a conexão (1) , a válvula check (2) e as co-


nexões (3) no orbitrol.

SOIL13SP00028AB 2

35.1 [35.000] / 37
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instalar - Mangueiras do orbitrol


1. Instale a mangueira (1) na conexão do port A do
orbitrol para o dreno.

SOIL13SP00048AB 1

Mangueira do circuito do orbitrol ao freio


2. Instale a mangueira (2) na conexão do port B do
orbitrol para o sistema de freios.

SOIL13SP00049AB 2

Mangueira do circuito do orbitrol ao cilindro de direção esquerdo


3. Instale a mangueira (3) na conexão do port C do
orbitrol para o cilindro de direção do lado esquerdo.

SOIL13SP00050AB 3

35.1 [35.000] / 38
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Mangueira do circuito do orbitrol ao cilindro de direção direito


4. Instale a mangueira (4) na conexão do port D do
orbitrol para o cilindro de direção do lado direito.

SOIL13SP00051AB 4

35.1 [35.000] / 39
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Sistemas hidráulicos - 000


Sistemas hidráulicos - Ajuste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Sistemas hidráulicos - Ajuste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
Sistemas hidráulicos - Descrição estática - Bloco de acionamento da bitola . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Sistemas hidráulicos - Descrição estática . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Sistemas hidráulicos - Descrição estática . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico - Bloco de acionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico - Bloco de controle de velocidades . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico - Comando dos cilindros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Sistemas hidráulicos - Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Sistemas hidráulicos - Identificação - Comando dos cilindros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Sistemas hidráulicos - Instalar - Conexões do orbitrol . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Sistemas hidráulicos - Instalar - Mangueiras do orbitrol . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38
Sistemas hidráulicos - Instalar - Orbitrol . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36
Sistemas hidráulicos - Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34
Sistemas hidráulicos - Remoção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28
Sistemas hidráulicos - Índice de códigos de falha . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

35.1 [35.000] / 40
Sistemas hidráulicos - 35

Bomba de deslocamento variável - 106

Patriot 250

35.2 [35.106] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Bomba de deslocamento variável - 106

DADOS FUNCIONAIS

Bomba de deslocamento variável


Descrição dinâmica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

35.2 [35.106] / 2
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba de deslocamento variável - Descrição dinâmica


Circuito da direção, funções da barra e ajuste de bitola
As funções listadas acima são abastecidas de óleo por
uma bomba hidráulica de engrenagem (1) de volume fixo.
A bomba está montada na parte dianteira do lado es-
querdo do motor diesel.

BRIL12SP0163A0A 1

O volume bombeado pela bomba é de 1.23 cm³/rev (Cu-


bic Inch per Revolution – polegadas cúbicas por revolu-
ção) ou 16.39 cm³/rev. Isto, em rotação de trabalho, de-
verá gerar um volume de 11.36 US gpm (galões por mi-
nuto) ou 43.00 l/min.
( 1.23 cm³/rev x 2200 RPM x 97% P.T.O) / 231 = 11.36
US gpm

1. Bomba de engrenagem - Direção e comando de cilin-


dro

BRIL12SP0179A0A 2

35.2 [35.106] / 3
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Bomba de deslocamento variável - 106


Bomba de deslocamento variável - Descrição dinâmica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

35.2 [35.106] / 4
MANUAL DE SERVIÇO
Direção

Patriot 250

41
Conteúdo

Direção - 41

[41.200] Componentes de controle hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41.1


Patriot 250

41
Direção - 41

Componentes de controle hidráulico - 200

Patriot 250

41.1 [41.200] / 1
Conteúdo

Direção - 41

Componentes de controle hidráulico - 200

DADOS FUNCIONAIS

Linha da direção hidráulica


Descrição dinâmica Circuito da direção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

41.1 [41.200] / 2
Direção - Componentes de controle hidráulico

Linha da direção hidráulica - Descrição dinâmica Circuito da


direção
O orbitrol da direção é suprido de óleo proveniente da
bomba de engrenagem acoplada ao motor diesel, con-
forme descrito acima. Ao sair da bomba, o óleo segue
para uma válvula de prioridade localizada na parte tra-
seira do eixo dianteiro entrando pelo pórtico P. Esta vál-
vula monitora a demanda de óleo para o orbitrol, enviando
óleo pelo pórtico CF para os cilindros da direção quando
necessário, caso não seja acionado a direção, todo o óleo
é deslocado para o comando de cilindro pelo pórtico EF.

Quando a direção é acionada, o orbitrol envia um sinal


pelo pórtico LS, que restringe a passagem de óleo para
o comando de cilindro dando prioridade para os cilindros
da direção. BRAG12PU0020LUE 1

CIRCUITODIRECAO 2

41.1 [41.200] / 3
Direção - Componentes de controle hidráulico

O circuito da direção e funções da barra estão protegidos por uma válvula de alívio localizada no comando de cilindro.
Este alívio está regulado para 2200 psi.

Assim que o orbitrol é comandado para mudar o fluxo hidráulico, o óleo é direcionado para porta "L" ou "R", depen-
dendo em qual direção o volante foi girado.

O cilindro da direção utilizado no pulverizador é um cilindro com válvulas que libera a passagem do óleo para tanque
quando em fim de curso, sendo possível virar o volante mesmo com as rodas viradas ao máximo.

LAIL11SP0073F0A 3

41.1 [41.200] / 4
Índice

Direção - 41

Componentes de controle hidráulico - 200


Linha da direção hidráulica - Descrição dinâmica Circuito da direção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

41.1 [41.200] / 5
MANUAL DE SERVIÇO
Controle de clima da cabine

Patriot 250 LA

50
Conteúdo

Controle de clima da cabine - 50

[50.100] Aquecedor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50.1


Patriot 250 LA

[50.200] Ar-condicionado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50.2


Patriot 250 LA

50
Controle de clima da cabine - 50

Aquecedor - 100

Patriot 250 LA

50.1 [50.100] / 1
Conteúdo

Controle de clima da cabine - 50

Aquecedor - 100

SERVIÇO

Aquecedor
Teste - Sistema de aquecimento do veículo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Patriot 250 LA

Montar Sistema de aquecimento do veículo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4


Patriot 250 LA

50.1 [50.100] / 2
Controle de clima da cabine - Aquecedor

Aquecedor - Teste - Sistema de aquecimento do veículo


Patriot 250 LA

1. Este teste pode ser realizado em conjunto com


Ar-condicionado - Teste (50.200).
2. Os sistemas de aquecimento da cabine são verifica-
dos quanto a vazamento de ar pela fábrica de monta-
gem da cabine antes do envio. Esse procedimento
é para a verificação de vazamentos nas conexões
feitas com o chassi.
3. Substituir a tampa do radiador.
4. Abra a válvula do aquecedor na cabine. Ajuste o
controle de temperatura para aquecimento máximo
(posição totalmente no sentido horário).
5. Funcione o motor a 2.200 RPM por aproximada-
mente 5 minutos.
6. Usando uma lâmpada ultravioleta de inspeção e
óculos de segurança fluorescentes reforçados, ilu-
mine todas as conexões feitas na linha de montagem
do chassi. Inspecione visualmente as conexões de
fornecimento e de retorno do aquecedor em busca
de vazamentos. Anticongelante verde-fluorescente
não deve ser visível.

50.1 [50.100] / 3
Controle de clima da cabine - Aquecedor

Aquecedor - Montar Sistema de aquecimento do veículo


Patriot 250 LA

1. O sistema de aquecimento é uma parte do sistema


de resfriamento do motor que utiliza o líquido de ar-
refecimento quente do motor. O líquido de arrefeci-
mento flui do bloco do motor ao núcleo do aquecedor
na cabine e retorna para o lado de baixa pressão da
bomba de água.
2. A quantidade de fluxo de calor é controlada por uma
válvula de controle do aquecedor localizada na ex-
tremidade esquerda do núcleo acima do painel do
teto. Há uma válvula de desligamento no tubo de
fornecimento e de retorno do aquecedor localizado
no motor.
3. Conecte as mangueiras prestando atenção especial
para conectar a mangueira com a faixa branca ao
encaixe do fornecimento do aquecedor do motor e a
mangueira sem uma faixa ao encaixe do retorno do
aquecedor do motor.

50.1 [50.100] / 4
Índice

Controle de clima da cabine - 50

Aquecedor - 100
Aquecedor - Montar Sistema de aquecimento do veículo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Patriot 250 LA
Aquecedor - Teste - Sistema de aquecimento do veículo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Patriot 250 LA

50.1 [50.100] / 5
Controle de clima da cabine - 50

Ar-condicionado - 200

Patriot 250 LA

50.2 [50.200] / 1
Conteúdo

Controle de clima da cabine - 50

Ar-condicionado - 200

DADOS TÉCNICOS

Ar-condicionado
Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Patriot 250 LA

Capacidade - carga de refrigerante R134a . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4


Patriot 250 LA

Ferramentas especiais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Patriot 250 LA

Compressor do ar-condicionado
Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Patriot 250 LA

DADOS FUNCIONAIS

Ar-condicionado
Descrição dinâmica - Operação térmica do ar-condicionado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Patriot 250 LA

Descrição dinâmica - Detecção de vazamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13


Patriot 250 LA

Descrição dinâmica - Lavagem do sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16


Patriot 250 LA

Compressor do ar-condicionado
Descrição estática - Ajuste do óleo SP-20 PAG . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Patriot 250 LA

Vista explodida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Patriot 250 LA

SERVIÇO

Ar-condicionado
Teste Desempenho e vazamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Patriot 250 LA

Descontaminando - Procedimento de pós-lavagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23


Patriot 250 LA

Descontaminando - Lavagem do componente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26


Patriot 250 LA

Descontaminando - Lavagem do circuito completo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30


Patriot 250 LA

Carga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34
Patriot 250 LA

Evacuar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Patriot 250 LA

50.2 [50.200] / 2
Recuperação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
Patriot 250 LA

Teste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Patriot 250 LA

Instrução de serviço - Procedimentos de evacuação e carregamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47


Patriot 250 LA

Instrução de serviço - Evacuação e carregamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49


Patriot 250 LA

Instrução de serviço - Procedimento de carregamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50


Patriot 250 LA

Compressor do ar-condicionado
Embreagem magnética - Ajuste - Folga de ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
Patriot 250 LA

Embreagem magnética - Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 53


Patriot 250 LA

Embreagem magnética - Teste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 58


Patriot 250 LA

Embreagem magnética - Remoção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59


Patriot 250 LA

Nivelamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65
Patriot 250 LA

Teste preliminar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 67
Patriot 250 LA

Remoção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70
Patriot 250 LA

Correia de acionamento do compressor


Verificar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 71
Patriot 250 LA

Montar - Instruções . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 72
Patriot 250 LA

DIAGNÓSTICO

Ar-condicionado
Solução de problemas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73
Patriot 250 LA

50.2 [50.200] / 3
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Especificações gerais


Patriot 250 LA

Sistema de ar-condicionado Gás CNH REFRIGERANT HFC-134A


Quantidade de refrigerante HFC-134a 1600 g (56.44 oz)
Pressão do lado de fornecimento do sistema 16 - 24 bar (232.00 - 348.00 psi)
Pressão do lado de sucção do sistema (bar) 0.5 - 3 bar (7.25 - 43.50 psi)
Configuração do interruptor de pressão (alta pressão) 25 bar (362.50 psi)
Configuração do interruptor de pressão (baixa pressão) 2 bar (29.00 psi)
Temperatura do líquido refrigerante na saída do
60 - 120 °C (140.00 - 248.00 °F)
compressor
Temperatura do líquido refrigerante na saída do
40 - 60 °C (104.00 - 140.00 °F)
condensador
Temperatura do líquido refrigerante na saída do
0 - 15 °C (32.00 - 59.00 °F)
evaporador
Capacidade máxima da velocidade I, II, III do ventilador
3500 - 8500 l/min (924.60 - 2245.46 US gpm)
centrífugo elétrico

VARIAÇÕES NAS TEMPERATURAS OPERACIONAIS DO SISTEMA DE AR-CONDICIONADO


DA CABINE
Temperatura ambiente externa 20 °C 27 °C (80.6 28 °C 35 °C 36 °C 43 °C
(68.0 °F) °F) (82.4 °F) (95.0 °F) (96.8 °F) (109.4 °F)
Temperatura do ar nas saídas do respiro 4 - 8 °C (39.2 - 46.4 °F) 6 - 12 °C (42.8 - 53.6 12 - 20 °C (53.6 -
(dentro da cabine) °F) 68.0 °F)
Deve-se lembrar que a altitude afeta a pressão, como Pressão
indicado na tabela. Para obter o valor de pressão nas Altitude acima do
atmosférica Correção
diversas seções do sistema, o valor de correção relativo nível do mar.
absoluta
deve ser subtraído da leitura do manômetro. 1.029 Kg/cm² 0 Kg/cm² (0.0
0 m (0.0 ft)
(14.6 psi) psi)
0.994 Kg/cm² -0.035 Kg/cm²
300 m (984.3 ft)
(14.1 psi) (-0.5 psi)
0.959 Kg/cm² -0.070 Kg/cm²
600 m (1968.5 ft)
(13.6 psi) (-1.0 psi)
0.924 Kg/cm² -0.105 Kg/cm²
900 m (2952.8 ft)
(13.1 psi) (-1.5 psi)
1200 m (3937.0 0.889 Kg/cm² -0.140 Kg/cm²
ft) (12.6 psi) (-2.0 psi)
1500 m (4921.3 0.854 Kg/cm² -0.175 Kg/cm²
ft) (12.1 psi) (-2.5 psi)
1800 m (5905.5 0.819 Kg/cm² -0.210 Kg/cm²
ft) (11.6 psi) (-3.0 psi)
2100 m (6889.8 0.791 Kg/cm² -0.238 Kg/cm²
ft) (11.3 psi) (-3.4 psi)
2400 m (7874.0 0.763 Kg/cm² -0.268 Kg/cm²
ft) (10.9 psi) (-3.8 psi)

Ar-condicionado - Capacidade - carga de refrigerante R134a


Patriot 250 LA

Modelos R134A carga de refrigerante


Máquinas modelo Patriot 250 1600.0 - 1700.0 g (56.4 - 60.0 oz)

Ar-condicionado - Ferramentas especiais


Patriot 250 LA

50.2 [50.200] / 4
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Estação de recuperação do refrigerante - OEM1415


Essa estação é utilizada para recuperar o refrigerante
R134A, retirar o ar e a umidade do sistema de
ar-condicionado e carregar o sistema com refrigerante
R134A.

Conjunto de ferramentas do compressor - CAS10747A


Este kit de ferramentas é usado para remover e substituir
a embreagem do compressor.

Termômetro do tipo haste - CAS10248


Esta ferramenta é usada para medir a temperatura do
ar da cabine para as frestas da cabine para os testes
de desempenho do ar-condicionado e a temperatura do
ar ambiente.

50.2 [50.200] / 5
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Identificador de refrigerante – OEM4450


Essa ferramenta é usada para medir a pureza do
refrigerante R134A.

Detector eletrônico de vazamento - OEM1437


Essa ferramenta detecta vazamento de refrigerante para
solução de problemas e reparo do ar-condicionado.

Lâmpada UV de detecção de vazamento e óculos - BSL750


Essa ferramenta detecta vazamento de refrigerante com
fluorescência do corante adicionado ao refrigerante.

RCPH07SPT105AAA 6

50.2 [50.200] / 6
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Injetor do corante UV - BSL734


Conectada a uma estação de trabalho de recuperação,
essa ferramenta é usada para injetar corante UV no
refrigerante para detecção UV de vazamento.

RCPH07SPT100AAA 7

Corante de detecção de vazamento - B726012


Esse corante é adicionado ao refrigerante R134A para
permitir a detecção UV de vazamentos.

RCPH07SPT099AAA 8

Purificador de corante - B795016


Esse purificador é usado para remover o corante UV dos
componentes do sistema depois que um vazamento for
consertado para evitar relatórios falsos durante testes
futuros.

RCPH07SPT101AAA 9

50.2 [50.200] / 7
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ferramenta de injeção fácil de corante - BSL738


Essa ferramenta é usada para injetar corante UV para
detecção de vazamento no refrigerante, enquanto o
sistema está operando.

RCPH07SPT098AAA 10

Latas de carregamento fácil de corante - BSL634


Corante UV suspenso em óleo PAG para injeção em um
sistema operacional.

RCPH07SPT097AAA 11

Unidade de descarga de potência - 17550


Acionado por ar de oficina, a unidade de descarga
de potência do sistema de ar-condicionado realiza
um circuito completo e uma lavagem do componente
individual. Usa solução de lavagem BS33801.

RCPH07SPT102AAA 12

50.2 [50.200] / 8
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Pistola de limpeza - 17585


Cartucho carregado por ar de oficina usado para
limpar as mangueiras individuais ou os componentes
pequenos, como a válvula de expansão térmica.

RCPH07SPT103AAA 13

Kit adaptador de limpeza - 17582


Adaptadores de lavagem usados para conectar a
ferramenta de descarga de potência para o sistema de
ar-condicionado.

RCPH07SPT095AAA 14

50.2 [50.200] / 9
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado - Especificações gerais


Patriot 250 LA

SANDEN SD 7H15 Compressor


Número de cilindros 7
Deslocamento total 155 cm³ (9.46 in³)
Velocidade de rotação máxima 6000 RPM (6000.00 RPM)
Peso 6.5 kg (14.33 lb)
Quantidade de óleo de lubrificação 185 cm³ (11.29 in³)
Tipo de óleo de lubrificação (código) CNH PAG OIL SP20

50.2 [50.200] / 10
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Descrição dinâmica - Operação térmica do


ar-condicionado
Patriot 250 LA

O circuito do refrigerante do sistema de ar-condicionado contém cinco componentes principais:


• compressor,
• condensador,
• receptor/secador,
• válvula de expansão,
• e evaporador.

Esses componentes são conectados por tubos e mangueiras e operam como um sistema fechado. O sistema de
ar-condicionado é carregado com refrigerante HFC-134a.

O compressor recebe o refrigerante na forma de gás de pressão baixa. O compressor então comprime o refrigerante
e o envia sob a forma de gás de pressão alta ao condensador. O fluxo de ar através do condensador remove o calor
do refrigerante. À medida que o calor é removido o refrigerante é “condensado" em um líquido de pressão alta.

O líquido refrigerante em pressão alta flui do condensador para o receptor/secador. O receptor/secador é um recipi-
ente cheio de material removedor de umidade que remove qualquer umidade que possa ter entrado no sistema de
ar-condicionado para evitar corrosão dos componentes internos.
NOTA: Nem todo o refrigerante sai do condensador como líquido. Parte dele sai como gás sem afetar o desempenho
do sistema. O refrigerante líquido escorre para o fundo do receptor/secador enquanto que o gás mais leve é coletado
na parte superior. Como o tubo de captação retira o refrigerante do fundo do receptor/secador, somente o refrigerante
líquido flui para a válvula de expansão térmica.

O refrigerante, ainda na forma de líquido em pressão alta, flui do receptor/secador para a válvula de expansão. A
válvula de expansão faz uma restrição ao fluxo do refrigerante para causar uma queda de pressão que permite ao
refrigerante líquido expandir, diminuindo a sua temperatura e pressão.
NOTA: A válvula de expansão térmica é equalizada internamente: a necessidade de o refrigerante tratar da carga
térmica é balanceada pela capacidade de vaporizar totalmente o refrigerante com a válvula única.

Esse líquido ou neblina de pressão baixa e temperatura baixa flui através do evaporador. O ar quente da cabine
passa pelas aletas do evaporador, resfriando o ar e evaporando o refrigerante líquido.

O gás de pressão baixa retorna ao compressor e o ciclo recomeça.

50.2 [50.200] / 11
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

RCPH07CCH490ABC 1

Gás de pressão baixa 1. Compressor 4. Válvula de expansão


térmica
Líquido em pressão baixa 2. Condensador 5. Evaporador

Gás em pressão alta 3. Receptor/secador

Líquido em pressão alta

50.2 [50.200] / 12
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Descrição dinâmica - Detecção de vazamento


Patriot 250 LA

IMPORTANTE: Nunca faça o teste de vazamento com uma chama aberta ou um detector do tipo chama.
IMPORTANTE: Quando o líquido refrigerante entra em contato com uma chama, ele forma gás fosgênio. Esses
vapores nunca devem ser aspirados.
São recomendados dois métodos para testar o sistema
de A/C para os vazamentos de refrigerante:
1. Teste de vazamento eletrônico com 380001327
2. Detecção de vazamento fluorescente de UV

Independentemente do método utilizado, devem ser


verificados os seguintes componentes ou áreas, sempre
se buscando sinais de vazamento - resíduo oleoso,
acúmulo de poeira:
• Compressor: conexões de linha, superfícies em que as
peças são unidas, vedação do compressor na embrea-
gem. Ao verificar se existem vazamentos na vedação RCPH07CCH243ABC 1
do compressor, remova o protetor de poeira e gire o
eixo do compressor no sentido horário.
• Condensador: conexões de linha, todas as juntas sol-
dadas, qualquer dano visível.
• Conexões de linha do receptor/secador.
• Conexões da linha da válvula de expansão térmica.
Remova a fita de isolamento térmico para verificar se
há vazamentos na válvula de expansão; substitua a fita
quando concluído.
• Portas de serviço: núcleo da válvula sob as tampas.
• Interruptores de pressão baixa e alta: verifique ao redor
de todo o corpo do interruptor, onde ele é rosqueado na RCPH07CCH416ABC 2
linha.
• Mangueiras: conexões de linha em que a extremidade
da mangueira se encontra com um conector de metal,
qualquer área que mostre danos ou fricção.

50.2 [50.200] / 13
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Testes eletrônicos com 380001327


Ao realizar detecção de vazamento eletrônico com
380001327 , siga estas diretrizes gerais:
1. Deve haver refrigerante suficiente no sistema para
produzir pressões normais (pelo menos 345 kPa (50
psi)).
2. Faça o teste de vazamento em uma área livre de
vento e correntes de ar.
3. Opere a máquina por tempo suficiente para circular
o refrigerante e produzir as pressões normais do sis-
tema.
4. Desligue a máquina e o sistema ao fazer o teste de
vazamento.
5. Limpe as manchas oleosas com panos secos; os sol-
ventes podem deixar resíduos que podem confundir RCPH07CCH347ABC 3
o 380001327 .
6. Segure a sonda de detector de vazamento sob o
ponto sendo verificado, já que o refrigerante é mais
pesado do que o ar.
7. A sonda do detector de vazamento nunca deve en-
trar em contato com o componente que está sendo
verificado.
8. Se o 380001327 indicar vazamento, afaste a sonda,
limpe a área com ar de oficina limpo e verifique o
vazamento com o detector.
9. Se não for possível encontrar vazamento com o
380001327 , use o teste de vazamento fluorescente
de UV para localizar o problema.
10. Repare todos os vazamentos e recarregue o sis-
tema.

50.2 [50.200] / 14
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Detecção de vazamento fluorescente


Para realizar o teste de vazamento fluorescente de UV:
1. Opere a máquina por tempo suficiente para circular
o refrigerante e produzir as pressões normais do sis-
tema.
2. Desligue a máquina e o sistema ao fazer o teste de
vazamento.
3. Sempre use óculos de segurança fluorescentes re-
forçados ao realizar o teste de vazamento.
4. Fixe a lâmpada em uma bateria totalmente carre-
gada de 12 V ou em um fornecimento de energia al-
ternativo de 12 V para obter o melhor desempenho
da lâmpada. RCPH07CCH416ABC 4

5. Aponte a luz ultravioleta de alta intensidade para vá-


rios componentes de A/C, mangueiras e linhas para
verificar se há um trilho ou poça fluorescente bri-
lhante que identifique a localização dos vazamentos.
6. A luz ultravioleta destina-se apenas para uso intermi-
tente. A lâmpada tem um botão de pressionamento
de contato momentâneo que serve para iluminar bre-
vemente os locais suspeitos de vazamento.
7. Não trabalhe com a lâmpada acesa por mais de cinco
minutos. Se a lâmpada aquecer de forma desconfor-
tável, interrompa a operação.
8. Não exponha os olhos ou a pele à luz ultravioleta.
Não olhe fixamente para um feixe de luz ultravioleta
nem opere a lâmpada sem o filtro para lentes ultra-
violetas.
9. Na luz do sol direta ou em ambientes muito ilumina-
dos, use uma cobertura de qualquer tipo sobre a área
suspeita para reduzir essa luz.
10. Se não for possível direcionar a lâmpada diretamente
para um local suspeito de vazamento, use um espe-
lho mecânico para refletir a luz no local. Ou limpe o
local suspeito de vazamento com um pano limpo, e
aponte a luz para o pano para verificar se há traços
de corante fluorescente.
11. A localização exata de um pequeno vazamento em
um ponto de conexão ou em um ponto de vedação
pode ser ainda mais precisa ao colocar-se um filme
úmido de solução de sabão sobre a área suspeita.
Fique atento ao surgimento de bolhas para confirmar
o ponto exato do vazamento.
12. Repare todos os vazamentos e recarregue o sis-
tema.
13. Use um limpador de corante fluorescente para remo-
ver qualquer vestígio de corante ao redor do local de
vazamento, evitando um falso diagnóstico no futuro.

50.2 [50.200] / 15
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Descrição dinâmica - Lavagem do sistema


Patriot 250 LA

Quando a lavagem se fizer necessária, todos os componentes afetados deverão ser lavados para eliminar a possi-
bilidade de ainda haver contaminantes no sistema.

Existem dois métodos de lavagem do sistema de A/C: lavagem de componentes individuais e lavagem do circuito
completo. O circuito completo é o sistema menos o compressor, o receptor/secador e a válvula de expansão térmica.
O compressor, o receptor/secador e a válvula de expansão térmica são sempre ignorados (removidos) durante a
lavagem do circuito, recebendo manutenção individualmente. O receptor/secador é sempre substituído a qualquer
momento em que o sistema é lavado. A válvula de expansão, devido aos seus pequenos orifícios, é removida do
sistema e limpa (ou substituída). O compressor é substituído ou reutilizado, mas nunca é lavado.

O método preferido de lavagem do sistema é a lavagem de componentes individuais. Dados o tamanho dos equipa-
mentos Case IH e a distância entre os componentes, a lavagem dos componentes individuais vai deslocar e eliminar
mais contaminação do que a lavagem do circuito completo. Quais componentes individuais são lavados é algo que
vai depender da fonte de contaminação, ficando ao critério do técnico.

Para os sistemas "levemente" contaminados, pode-se usar a lavagem do circuito completo, em que a contaminação
são óleo refrigerante oxidado ou pequenas quantidades de dessecante do receptor/secador. A lavagem do circuito
completo requer pouca desmontagem do sistema, um número mínimo de conectores especiais e pouco tempo de
serviço.

As fontes mais prováveis de contaminação são falha do compressor e do receptor/secador.

Falha do compressor
Um compressor com falha geralmente retorna os detritos para o condensador e para o receptor/secador, em direção
à válvula de expansão térmica. Se o compressor falhar internamente, deverá ser substituído. Além disso, a lavagem
individual da mangueira entre o compressor e o condensador, da mangueira entre o condensador e o receptor/se-
cador, e do próprio condensador, e a substituição do receptor/secador são ações de serviço adequadas para a falha
do compressor.

Para a maioria dos condensadores com um caminho de fluxo único, a lavagem elimina os detritos com eficácia. Para
os condensadores com caminhos de fluxo paralelo, a substituição do condensador pode ser a única opção, já que a
lavagem toma o caminho de menor resistência em torno de qualquer bloqueio.

O receptor/secador tem uma tela de malha fina para capturar os contaminantes, mas os contaminantes podem pe-
netrar na tela. Verifique a porta de descarga do receptor/secador para ver se os contaminantes penetraram na tela.
Se for o caso, a lavagem individual da mangueira entre o receptor/secador e a válvula de expansão e a limpeza da
válvula de expansão térmica serão adequadas. Se a válvula de expansão térmica estiver danificada, substitua-a
também.

A lavagem adicional do sistema além da válvula de expansão térmica fica a critério do técnico de serviço, que pode
avaliar melhor até que ponto a contaminação se deu.

Falha no receptor/secador
Em geral, os receptores/secadores não devem falhar se forem substituídos:
1. Quando o sistema já foi aberto antes.
2. Quando o receptor/secador esteve em manutenção há dois anos ou mais.
3. Quando o sistema ficar aberto por um longo período devido a um vazamento (mangueiras rompidas, conexão
solta), isso permitirá a entrada de ar e umidade no sistema.
4. Quando o refrigerante contaminado foi recuperado do sistema.

No entanto, se a bolsa de dessecante for perfurada por detrito devido a um compressor com falha, ou se apresentar
falha por tempo de uso, as partículas do dessecante poderão retornar em direção à válvula de expansão térmica e
ao evaporador. Um indicador de falha do receptor/secador são partículas moles de cor marrom/dourada encontradas
na saída. A válvula de expansão térmica também deve ser verificada após a falha do receptor/secador.

50.2 [50.200] / 16
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Se houver falha do receptor/secador, ele deverá ser substituído. Além disso, também são apropriadas a lavagem
individual da mangueira de líquido entre o receptor/secador e a válvula de expansão térmica e a limpeza da válvula.

Verifique a linha de sucção da válvula até o compressor e a porta de sucção do compressor. Se forem encontradas
partículas de cor marrom/dourada, lave o evaporador e a linha de sucção individualmente. O compressor pode ser
reutilizado depois da remoção de todos os contaminantes:
1. Use a vareta de nível para medir o nível do óleo do compressor.
2. Drene e reabasteça o compressor com óleo PAG até que o óleo drenado esteja livre de partículas.
3. Gire o compressor no sentido horário para verificar se há emperramento causado pela presença de partículas.
4. Drene ou acrescente PAG para retornar o compressor para o nível medido da vareta de nível.
AVISO: O solvente de lavagem não pode ser usado para remover os contaminantes do compressor.

A lavagem adicional do sistema além da válvula de expansão térmica fica a critério do técnico de serviço, que pode
avaliar melhor até que ponto a contaminação se deu.

Ferramentas necessárias
As seguintes ferramentas são necessárias ao lavar um
sistema de A/C ou seus componentes:
• Power Flush 17550 ou equivalente

RCPH07CCH406ABC 1

• Flush Gun Kit 17585 ou equivalente

RCPH07CCH375ABC 2

• Solvente de lavagem do A/C


• Fonte de ar de oficina seco, use um filtro de ar/secador coalescente Não devem ser usados os secadores de ar
do tipo dessecante
• Adaptadores para conectar a unidade de lavagem para vários componentes do sistema de A/C. Esses adaptadores
podem ser adquiridos em kits ou montados na loja
• Mangueira reforçada de plástico transparente para ligar o tanque em vários componentes e em pequenos compri-
mentos para desviar dos componentes, como o receptor/secador ou a válvula de expansão térmica

Entre as ferramentas opcionais estão:

50.2 [50.200] / 17
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

• Regulador de pressão para controlar o fluxo para a unidade de lavagem; o regulador deve ser capaz de fornecer
310 - 620 kPa (45 - 90 psi) a 0,113 cm ( 4.0 cfm). Não exceda 620 kPa (90 psi)
• Indicador do manômetro (que pode ser integrado no regulador de pressão)

Precauções
O solvente de lavagem do A/C é um material perigoso. Leia todas as advertências sobre o recipiente do solvente
de lavagem antes de usar e observe as precauções de segurança:
1. O solvente de lavagem é combustível. Evite calor, faíscas e chamas.
2. Use somente em área bem ventilada. Talvez seja necessário usar exaustão mecânica e um respirador apropriado
em áreas quentes e confinadas para proteger sua segurança.
3. Evite respirar névoas e vapores.
4. Use óculos de segurança química contra respingos.
5. Use luvas de borracha e um avental de borracha ao manusear o solvente ou os componentes de lavagem.
6. Observe todas as normas locais, estaduais e federais sobre o descarte seguro do solvente de lavagem usado.

O objetivo da lavagem é remover os contaminantes do sistema de A/C. O ar de oficina deve ser devidamente filtrado
e seco com filtro coalescente, ou você simplesmente substituirá uma fonte de contaminação com outra usando ar
sujo e saturado de umidade.

O compressor, o receptor/secador e a válvula de expansão térmica devem ser desviados (removidos) durante a
lavagem do circuito. O compressor e o receptor/secador nunca podem ser lavados; a válvula de expansão térmica
pode ser lavada novamente.

Mantenha a tampa na caçamba de recuperação de lavagem fechada durante a lavagem para minimizar a circulação
dos vapores do solvente.

Nunca permita que o solvente de lavagem permaneça dentro ou nas mangueiras por um período prolongado. A
superexposição das mangueiras ao solvente, especialmente no exterior, pode causar inchaço da mangueira.

Não abra a tampa de abastecimento no reservatório de lavagem quando o reservatório estiver sob pressão. Libere
a pressão antes de retirar a tampa.

50.2 [50.200] / 18
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado - Descrição estática - Ajuste do


óleo SP-20 PAG
Patriot 250 LA

Uma vez que o refrigerante é recuperado como gás, durante uma recuperação típica, apenas cerca de 25% do óleo
no sistema A/C do veículo é recuperado e separado. Os outros 75% restantes permanecem no sistema fechado nor-
malmente no lado de baixa pressão (essas porcentagens são representativas e variam de um fabricante de unidade
de recuperação para outro). O único método confiável para determinar se o sistema A/C tem a quantidade correta
de óleo é o método da vareta de nível.

Muito óleo no sistema fechado causa pouca condensação e redução de resfriamento, já que o óleo se acumula no
evaporador e nas superfícies do condensador. Pouco óleo no sistema causa lubrificação insuficiente, que equivale
a uma circulação insatisfatória do refrigerante e redução na eficiência do compressor e altas pressões. Ambas as
condições causam mais desgaste do sistema e menor tempo de vida útil.

Essas condições não se corrigem sozinhas.

Durante a manutenção normal — recuperação, evacuação e recarga, o óleo é simplesmente reinjetado no sistema
durante o processo de recarga. Use o método da vareta de nível para verificar o nível de óleo do compressor ou
ajustar o nível de óleo quando ocorrer uma das seguintes situações:
1. Mangueira de refrigerante rompida.
2. Grande vazamento do refrigerante.
3. Vazamento no compressor.
4. Danos aos componentes do sistema ou substituição destes.
5. Novo compressor instalado.
AVISO: Se for instalado um novo compressor, seu nível de óleo deve ser ajustado para coincidir com o volume de
óleo do compressor removido.
NOTA: O óleo SP-20 PAG deve ser acrescentado sempre que um componente for substituído.

50.2 [50.200] / 19
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado - Vista explodida


Patriot 250 LA

BRIL12SP0047F0A 1

Item Descrição U/M Qtd. Tipo


1 Suporte, Compressor do A/C, pintado 1 A
2 Compressor, ranhura dupla de 12 V do A/C 1
3 Suporte, Dianteiro, Compressor do A/C, pintado 1 A
4 Parafuso, Flange M10 X 25 Total CL10,9 ZND 5
5 Arruela, 10.6 mm x 25 mm x 6 mm HTS ZND 1
6 Parafuso, M10 X 130 Classe 10,9 ZND 1
7 Porca, Flange P/T M10 X 1.5 CL 10 ZND 5
8 Arruela, 11 mm x 21 mm x 2.5 mm HTS ZND HDN 2
9 Parafuso, Flange M10 X 35 Total 10,9 ZND 2
10 LOCTITE®, 243-31 removível 8
11 Polia, AC. pintado 1 A
12 Correia em V 1
13 Suporte, Traseiro, Compressor do A/C, pintado 1 A
14 Parafuso, Flange M8 X20 Total 10,9 ZND 2
15 Parafuso, Flange M10 X 60 10,9 ZND 2
16 Adesivo por 86557154 0.16

50.2 [50.200] / 20
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Teste Desempenho e vazamento


Patriot 250 LA

Procedimento para teste do desempenho e vazamento do sistema de ar-condicionado


1. Com o botão de ventilador na posição "desligado" e
o interruptor do ar-condicionado na posição "desli-
gado", dê partida no motor e opere a 1500 RPM no
máximo durante pelo menos 30 s.
2. Gire o botão de controle da temperatura para o
ajuste mais frio possível.
3. Mova o botão de controle do ventilador para a velo-
cidade máxima.
4. Ligue o sistema de ar-condicionado.
5. Abra todas as frestas de saída de ar na cabine e
posicione o indicador de temperatura em frente a
uma das correntes de ar.
6. Abras as portas da cabine.
7. Após 10 minutos de operação a uma velocidade mí-
nima do motor de 1500 RPM, as seguintes medições
devem ser feitas:
• Temperatura ambiente
• Umidade ambiente relativa
• Temperatura do ar da fresta
• Pressão no lado baixo do compressor (sucção)
• Temperatura ambiente
8. Para definir se o sistema de ar-condicionado produz
um efeito de resfriamento mínimo satisfatório, os va-
lores registrados devem ser comparados com os va-
lores na tabela de pressão/temperatura do ar-condi-
cionado.

Umidade Umidade Pressão normal no lado Pressão normal no lado Temperatura máxima na
Tempera-
baixa alta baixo MPa.gauge alto MPa.gauge fresta em °C
tura ambi-
% do lado % do lado Umidade Umidade Umidade Umidade Umidade Umidade
ente em °C
direito direito baixa alta baixa alta baixa alta
4,2 (com- 4,9 (com-
pressor li- pressor li-
21 37 80 0,122 0,132 0,820 0,913
gando e gando e
desligando) desligando)
4,5 (com- 5,4 (com-
pressor li- pressor li-
27 30 74 0,129 0,155 0,929 1,075
gando e gando e
desligando) desligando)
4,7 (com-
pressor li-
32 22 60 0,139 0,173 1,092 1,354 5,6
gando e
desligando)
5 (com-
pressor li-
38 16 49 0,153 0,214 1,253 1,631 7,5
gando e
desligando)

50.2 [50.200] / 21
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

5,2 (com-
pressor li-
42 11 40 0,172 — 1,565 — —
gando e
desligando)

NOTA: A máquina deve ser testada quanto a vazamento com o sistema de ar-condicionado ligado e os controles
do ar-condicionado ajustados com a velocidade máxima de resfriamento e do ventilador. Usando uma lâmpada de
inspeção ultravioleta (luz negra) e óculos de proteção fluorescentes reforçados, ilumine todas as conexões feitas na
linha de montagem do chassi. Além disso, ilumine o condensador e o compressor, prestando atenção especial à
vedação do eixo do compressor. Um colorante amarelo esverdeado fluorescente não deve ser observado. Em cone-
xões próximas (por exemplo, compressor e secador do receptor), os pontos de vazamento podem ser identificados
usando água com sabão.

50.2 [50.200] / 22
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Descontaminando - Procedimento de


pós-lavagem
Patriot 250 LA

Operação anterior:
Ar-condicionado - Descontaminando - Lavagem do circuito completo (50.200)
Operação anterior:
Ar-condicionado - Descontaminando - Lavagem do componente (50.200)

1. Identifique e retire a fonte da contaminação.


2. Reconecte todos os encaixes usando os novos anéis
O-ring "ecológicos" HNBR compatíveis com HFC-
134a. Lubrifique os anéis O-ring com óleo mineral
antes da instalação.

RCPH07CCH376ABC 1

3. Instale um novo receptor/secador.


NOTA: O receptor/secador deve ser substituído pouco an-
tes de o sistema ser colocado em vácuo profundo para evi-
tar saturação com umidade.
4. Limpe ou substitua a válvula de expansão térmica.

RCPH07CCH371ABC 2

50.2 [50.200] / 23
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

5. Instale um novo compressor, se necessário.

RCPH07CCH332ABC 3

6. Ajuste o nível de óleo SP-20 PAG no sistema.


Quando cada componente foi lavado, foi retirado
óleo SP-20 PAG do sistema. Use as seguintes
diretrizes ao ajustar o óleo PAG:
• Se o compressor precisar ser substituído e
todo o sistema for lavado, o novo compressor
conterá todo o óleo SP-20 PAG, não sendo ne-
cessário nenhum outro ajuste.
• Se o compressor precisar ser substituído e
todo o sistema for lavado, drene o óleo do com-
pressor para remover os contaminantes res-
tantes. Recoloque no compressor um recipi-
ente, 250 ml (8.5 US fl oz), do novo óleo SP-20
PAG. (Ficará um pouco de óleo, aproximada-
mente 35 ml (1.2 US fl oz), no compressor
mesmo depois que ele for drenado.)
• Se o sistema não for lavado, drene o óleo do
compressor a ser instalado. Recoloque o novo
óleo SP-20 PAG, igual a 250 ml (8.5 US fl oz),
menos a quantidade de óleo nos componentes
que não foram lavados. Use a tabela abaixo.
NOTA: O óleo PAG do sistema total deve ser de 285 ml
(9.6 US fl oz) e aproximadamente 35 ml (1.2 US fl oz)
ficará em um compressor drenado.

Componente Óleo SP-20 PAG a ser


lavado acrescentado
Condensador 50 ml (1.7 US fl oz)
Evaporador 40 ml (1.4 US fl oz)
Receptor/secador 25 ml (0.85 US fl oz)
Cada mangueira 10 ml (0.34 US fl oz)

50.2 [50.200] / 24
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Verificação de óleo final do sistema


7. Depois que o sistema ficar em vácuo profundo e for
recarregado,
A. opere o sistema de A/C por 15 minutos para
circular completamente o óleo PAG em todo o
sistema.
B. Instale o conjunto do medidor e teste o sistema
de A/C para garantir uma operação adequada
referindo-se à tabela de pressão/temperatura
Ar-condicionado - Especificações gerais -
Gráfico de temperatura/pressão (50.200).
C. Recupere o refrigerante do sistema. Use o
método da vareta de nível para verificar o nível
do óleo PAG no compressor. Se necessário,
ajuste o nível do óleo.
D. Evacue e recarregue o sistema.
NOTA: Se o nível do óleo foi medido e ajustado correta-
mente de acordo com as orientações, as etapas C e D são
desnecessárias.
AVISO: Como o sistema foi aberto por um tempo prolon-
gado, é muito importante colocar o sistema em vácuo pro-
fundo para remover toda a umidade. Evacue o sistema por
pelo menos 45 minutos, com um vácuo de 749.3 mm Hg
(29.5 in Hg).

Descarte do solvente de lavagem


8. O bom tratamento de nossos recursos naturais é
preocupação de todos. O solvente de lavagem é um
material perigoso. Nunca descarte este solvente re-
tirando-o do dreno ou tratando-o como resíduo solú-
vel em água. Observe todas as normas locais, esta-
duais e federais ao descartar o solvente.
AVISO: Nunca reutilize o solvente de lavagem contami-
nado.

50.2 [50.200] / 25
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Descontaminando - Lavagem do componente


Patriot 250 LA

Operação anterior:
Ar-condicionado - Recuperação (50.200)

NOTA: A unidade de descarga de potência usa ar comprimido para atomizar o solvente de lavagem e uma ação
pulsante para eliminar o resíduo e os contaminantes dos componentes.
1. Acople os adaptadores de lavagem no componente
a ser lavado. Esses adaptadores podem ser cons-
truídos na loja, ou há um conjunto de encaixe uni-
versal de lavagem do A/C disponível.

RCPH07CCH027AAC 1

2. Encha três quartos do reservatório de lavagem, com


solvente de lavagem aprovado. Não encha demais
o reservatório, ou você restringirá a ação pulsante
da unidade.

RCPH07CCH265ABC 2

3. Feche as válvulas de ar (1) e de lavagem (2).

RCPH07CCH268ABC 3

50.2 [50.200] / 26
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

4. Retire do bujão de evaporação o acoplador rápido


da mangueira do tanque de lavagem.

RCPH07CCH022AAC 4

5. Conecte o acoplador rápido da mangueira do tanque


de lavagem em uma extensão ou um adaptador.

RCPH07CCH024AAC 5

6. Conecte o fornecimento de ar de oficina limpo e seco


no acoplador rápido na válvula de descarga.

RCPH07CCH018AAC 6

7. Acople as mangueiras de lavagem (1) e de dreno


(2) nos adaptadores de lavagem no componente que
está sendo lavado, assim o solvente de lavagem se
moverá na direção oposta do fluxo do refrigerante,
ou seja, em retrolavagem. É preferível uma man-
gueira limpa reforçada para monitorar a condição e
a remoção do solvente usado.
NOTA: A retrolavagem é feita primeiro para deslocar os
contaminantes, e depois se realiza lavagem para frente
para retirar os contaminantes.

RCPH07CCH019AAC 7

8. Fixe a tampa da caçamba de retorno para que to-


dos os vapores de lavagem passem pelo filtro da ca-
çamba.

50.2 [50.200] / 27
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

9. Abra a válvula de ar (1) de meia volta a três quartos


de volta.
AVISO: Não ultrapasse essa taxa de fornecimento de ar.
Essa taxa fornece 3,6 litros (um galão) por minuto de sol-
vente de lavagem, que é ideal para as aberturas do orifício
no componente sendo lavado.

RCPH07CCH025AAC 8

10. Gire a válvula de descarga (2) para a posição Flush


(Lavagem) e libere o componente por 30 segundos.

RCPH07CCH025AAC 9

11. Feche as válvulas de descarga e de ar. Inverta as co-


nexões da mangueira para realizar a lavagem para
frente. Abra as válvulas de lavagem e de ar e repita
a lavagem até que o solvente fique limpo.

RCPH07CCH020AAC 10

12. Gire a válvula de descarga até a posição Air (Ar).


Permita que o ar flua pelo componente até que não
saia névoa perceptível.
NOTA: A pressão de ar é o único meio de remover o sol-
vente de lavagem do sistema de A/C, e nenhum solvente
deve permanecer no sistema quando for esvaziado e re-
carregado. Vire o componente para que a gravidade possa
ajudar na remoção do solvente.

RCPH07CCH026AAC 11

50.2 [50.200] / 28
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

13. Gire a válvula de descarga até a posição Closed (Fe-


chado). Desconecte as mangueiras de lavagem e de
dreno e os adaptadores do componente.

RCPH07CCH021AAC 12

14. Instale o acoplador rápido da mangueira do tanque


de lavagem no bujão de evaporação para evitar a
evaporação do solvente restante no tanque durante
o armazenamento.

RCPH07CCH022AAC 13

Operação seguinte:
Ar-condicionado - Descontaminando - Procedimento de pós-lavagem (50.200)

50.2 [50.200] / 29
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Descontaminando - Lavagem do circuito


completo
Patriot 250 LA

Operação anterior:
Ar-condicionado - Recuperação (50.200)

NOTA: A unidade de descarga de potência usa ar comprimido para atomizar o solvente de lavagem e uma ação
pulsante para eliminar o resíduo e os contaminantes dos componentes.
1. Encha três quartos do reservatório de lavagem, com
solvente de lavagem aprovado. Não encha demais
o reservatório, ou você restringirá a ação pulsante
da unidade.

RCPH07CCH032AAC 1

2. Remova o receptor/secador e una as mangueiras


com um adaptador. Descarte o receptor/secador.

RCPH07CCH418ABC 2

3. Remova a válvula de expansão térmica e use adap-


tadores para conectar as linhas de mangueira no
evaporador.

RCPH07CCH424ABC 3

50.2 [50.200] / 30
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

4. Desacople as linhas de sucção e descarga do com-


pressor. Acople os adaptadores de lavagem nas li-
nhas.

RCPH07CCH426ABC 4

5. Feche as válvulas de ar (1) e de lavagem (2).

RCPH07CCH265ABC 5

6. Retire do bujão de evaporação o acoplador rápido


da mangueira do tanque de lavagem.

RCPH07CCH035AAC 6

7. Conecte o acoplador rápido da mangueira do tanque


de lavagem em uma extensão ou um adaptador.

RCPH07CCH036AAC 7

50.2 [50.200] / 31
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

8. Conecte o fornecimento de ar de oficina limpo e seco


no acoplador rápido na válvula de descarga.

RCPH07CCH029AAC 8

9. Conecte as mangueiras de lavagem e do dreno nos


adaptadores das linhas do compressor, de modo que
o solvente de lavagem se mova na direção oposta
ao fluxo de refrigerante, ou seja, retrolavagem. Co-
necte a mangueira do tanque de lavagem na linha de
sucção (1); conecte a mangueira na caçamba de re-
torno, até a linha de descarga (2). É preferível uma
mangueira limpa reforçada para monitorar a condi-
ção e a remoção do solvente usado.
NOTA: A retrolavagem é feita primeiro para deslocar os
contaminantes, e depois se realiza lavagem para frente
para retirar os contaminantes.
NOTA: As portas de sucção e de descarga do compressor RCPH07CCH426ABC 9

são marcadas com as letras "S" e "D", respectivamente.


10. Fixe a tampa da caçamba de retorno para que to-
dos os vapores de lavagem passem pelo filtro da ca-
çamba.
11. Abra a válvula de ar (1) de meia volta a três quartos
de volta.
AVISO: Não ultrapasse essa taxa de fornecimento de ar.
Essa taxa fornece 3,6 litros (um galão) por minuto de sol-
vente de lavagem, que é ideal para as aberturas do orifício
no circuito sendo lavado.

RCPH07CCH030AAC 10

50.2 [50.200] / 32
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

12. Gire a válvula de descarga (2) até a posição Flush


(Lavagem), e limpe o circuito até que o solvente apa-
reça limpo na mangueira de retorno para o recipiente
de resíduos do solvente.

RCPH07CCH030AAC 11

13. Feche as válvulas de descarga e de ar. Inverta as co-


nexões da mangueira para realizar a lavagem para
frente. Conecte a mangueira do tanque de lavagem
na linha de descarga (1); conecte a mangueira na
caçamba de retorno, até a linha de sucção (2). Abra
as válvulas de lavagem e de ar e repita a lavagem
até que o solvente fique limpo.

RCPH07CCH426ABC 12

14. Gire a válvula de descarga até a posição Air (Ar).


Permita que o ar flua pelo circuito até que não saia
névoa perceptível.
NOTA: A pressão de ar é o único meio de remover o sol-
vente de lavagem do sistema de A/C, e nenhum solvente
deve permanecer no sistema quando for esvaziado e re-
carregado.

RCPH07CCH031AAC 13

15. Gire a válvula de descarga até a posição Closed (Fe-


chado). Desconecte as mangueiras de lavagem e de
dreno e os adaptadores das linhas do compressor.
Instale o acoplador rápido da mangueira do tanque
de lavagem no bujão de evaporação para evitar a
evaporação do solvente restante no tanque durante
o armazenamento.

RCPH07CCH035AAC 14

Operação seguinte:
Ar-condicionado - Descontaminando - Procedimento de pós-lavagem (50.200)

50.2 [50.200] / 33
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Carga
Patriot 250 LA

Operação anterior:
Ar-condicionado - Evacuar (50.200)

1. PERIGO
Evite lesões!
Siga TODAS as precauções indicadas
abaixo ao fazer a manutenção do sistema
de ar condicionado e manusear refrige-
rante.
O descumprimento resultará em morte ou
ferimentos graves.
D0043A

CUIDADO
O escape de refrigerante pode causar ul-
ceração! RCPH07CCH014AAC 1
Sempre use óculos de proteção ao manu-
sear refrigerante. Se o refrigerante entrar
em contato com seus olhos, lave-os ime-
diatamente com água por 15 minutos.
Busque assistência médica imediata-
mente.
O descumprimento pode resultar em
morte ou ferimentos graves.
W0339A

CUIDADO
O escape de refrigerante pode causar ul-
ceração!
Se houver contato de refrigerante com
sua pele: -Aqueça a área com sua mão ou
água morna, de 32 a 38 °C (90 a 100 °F).
-Cubra a área frouxamente com uma ata-
dura para proteger a área e evitar infec-
ções. -Busque assistência médica ime-
diatamente.
O descumprimento pode resultar em
morte ou ferimentos graves.
W0341A

Pressione a Tecla Charge. O mostrador indicará


Program (programa) e Charge (carga).
2. Programe a quantidade adequada de refrigerante
para sua máquina e pressione a tecla Enter: todos
os fatores tratados neste manual de reparo usam 2.1
kg (4.63 lb) de R134A refrigerante. O mostrador pis-
cará uma vez, indicando que os dados programados
foram aceitos.

RCPH07CCH011AAC 2

50.2 [50.200] / 34
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

3. Pressione a tecla Charge (Carga) para iniciar a carga


de refrigerante. Automatic (automático) e Charge
(carga) irão aparecer no mostrador. O mostrador in-
dica a quantidade programada e começa a conta-
gem regressiva até 0 (zero) à medida que a carga
prossegue. Quando a carga estiver completa, o
mostrador indicará Cpl, de "completo".
AVISO: Verifique o manual do equipamento OEM antes de
realizar o próximo passo para evitar danos à unidade de
recuperação. A leitura de pressão deve ser obtida com as
válvulas fechadas. Poderão ocorrer danos caso a máquina
dê a partida com as válvulas acidentalmente abertas ou
se qualquer uma das válvulas, ou ambas, forem abertas
RCPH07CCH014AAC 3
enquanto o sistema A/C estiver operando.
4. Feche completamente as válvulas do coletor de alta
e baixa pressão.

RCPH07CCH007AAC 4

5. Ligue a máquina e faça o motor funcionar a 1500


RPM. Opere o sistema de condicionador de ar no
ajuste de resfriamento máximo e na velocidade má-
xima do ventilador com a porta e a porta de servi-
ços abertas. Nos sistemas de controle automático
de temperatura, ligue o interruptor de desembaça-
mento/descongelamento (1).
6. Nos sistemas padrão, ligue o interruptor de A/C (1).
NOTA: O compressor não opera se a pressão do sistema
estiver muito baixa ou muito alta porque a embreagem foi
travada pelo controlador. As unidades padrão fazem a luz
indicadora piscar no interruptor liga/desliga de A/C, indi-
cando um problema de pressão no sistema. As unidades
de controle automático de temperatura gerarão um código
de falha se a pressão de sistema estiver muito baixa ou
muito alta.
7. Observe as leituras do manômetro para determinar
se a quantidade correta de líquido refrigerante en-
trou no sistema. Consulte Ar-condicionado - Espe-
cificações gerais - Gráfico de temperatura/pres-
são (50.200) para obter as variações de temperatura
e pressão.

RCPH07CCH015AAC 5

50.2 [50.200] / 35
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

8. Verifique a temperatura nas frestas para ver se há a


refrigeração adequada nas ventilações intermediá-
rias da cabine.

BRIL12SP0252A0A 6

9. Feche todas as válvulas abertas nos acopladores e


remova cuidadosamente as mangueiras do medidor
das portas nas linhas de sucção e descarga.

RCPH10CCH596AAB 7

10. Instale as tampas das portas de serviço nas linhas


de sucção e descarga.

RCPH10CCH593AAB 8

50.2 [50.200] / 36
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Evacuar
Patriot 250 LA

Operação anterior:
Ar-condicionado - Recuperação (50.200)

1. Substitua o receptor/secador caso haja a ocorrência


de uma ou mais das seguintes condições antes de
remover o ar e a umidade do sistema:
A. O sistema foi aberto anteriormente para manu-
tenção.
B. O receptor/secador operou por dois anos ou
mais.
C. A desmontagem do compressor mostra peque-
nas partículas de material de remoção de umi-
dade (partículas douradas ou marrons).
D. Grande vazamento do sistema (mangueira
partida, secção de linha).
E. Excesso de ar ou umidade no sistema.
F. A remoção do compressor ou de qualquer ou-
tro componente fez com que o sistema ficasse
aberto (destampado) por mais de 5 minutos.
G. O teste com o identificador de refrigerante de-
monstrou contaminação.

50.2 [50.200] / 37
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

2. PERIGO
Evite lesões!
Siga TODAS as precauções indicadas
abaixo ao fazer a manutenção do sistema
de ar condicionado e manusear refrige-
rante.
O descumprimento resultará em morte ou
ferimentos graves.
D0043A

CUIDADO
O escape de refrigerante pode causar ul-
ceração!
Sempre use óculos de proteção ao manu-
sear refrigerante. Se o refrigerante entrar
em contato com seus olhos, lave-os ime-
diatamente com água por 15 minutos.
Busque assistência médica imediata-
mente.
O descumprimento pode resultar em
morte ou ferimentos graves.
W0339A

CUIDADO
O escape de refrigerante pode causar ul-
ceração!
Se houver contato de refrigerante com
sua pele: -Aqueça a área com sua mão ou
água morna, de 32 a 38 °C (90 a 100 °F).
-Cubra a área frouxamente com uma ata-
dura para proteger a área e evitar infec-
ções. -Busque assistência médica ime-
diatamente.
O descumprimento pode resultar em
morte ou ferimentos graves.
W0341A

Com as válvulas do medidor do coletor da estação


de carregamento na posição fechada, conecte as
mangueiras dos medidores de teste nas portas de
serviço, como segue:
A. Conecte a mangueira que sai do manômetro
de pressão baixa à porta na mangueira de suc-
ção (azul).
B. Conecte a mangueira que sai do manômetro
de pressão alta à porta na mangueira de suc-
ção (vermelha) .
C. Gire ambos os parafusos-borboleta para pres-
sionar as válvulas de serviço.
NOTA: A remoção do ar e da umidade do sistema se faz
necessária depois que o sistema foi aberto para manuten-
ção. Deve-se usar uma bomba a vácuo para abaixar a
pressão o suficiente para alterar a umidade para vapor,
que pode ser removido do sistema.
NOTA: Consulte o manual de usuário do fabricante de
bomba a vácuo para informações adicionais.

50.2 [50.200] / 38
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

3. Conecte o plugue de alimentação principal a uma


tomada de 115 V. Coloque a chave de alimentação
principal na posição On (ligada). Se não aparecer
"program" (programa) e "vacuum" (vácuo) na parte
superior do monitor, pressione a tecla “Vacuum”.
Programe um mínimo de 45 minutos e pressione a
tecla Enter. O mostrador piscará uma vez, indicando
que os dados programados foram aceitos.

RCPH07CCH011AAC 1

4. Abra completamente as válvulas de baixa e de alta


pressão.

RCPH07CCH007AAC 2

5. Abra as válvulas de vapor (vermelha) e de líquido


(azul) no tanque.

RCPH07CCH008AAC 3

6. Pressione a tecla Vacuum. Vai aparecer "Automatic"


(Automático) no mostrador. Vai aparecer "Vacuum"
(Vácuo) no mostrador e, após uma pequena demora,
a bomba a vácuo começará a funcionar. O monitor
indicará a quantidade de tempo programada e come-
çará a contagem regressiva até 0 (zero). Quando
o tempo programado tiver terminado, haverá uma
espera automática. Verifique o manômetro inferior
para ver se o sistema mantém vácuo de 71.1 - 74.9
cm Hg (28 - 29.5 in Hg).
NOTA: O manômetro inferior não deve aumentar mais rá-
pido do que 2.5 cm Hg (1 in Hg) em 15 minutos. Se o sis-
tema não mantiver vácuo, existe um vazamento que deve RCPH07CCH012AAC 4

ser corrigido antes da recarga do sistema.

50.2 [50.200] / 39
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

7. A 380000315 tem um sistema de injeção que retorna


o óleo novo SP-20 PAG em quantidade igual àquela
recuperada no final do processo de evacuação. Para
adicionar óleo novo:
A. Ajuste o anel O-ring (1) em volta da garrafa de
retorno de óleo até o nível de carga de óleo
exigido.
B. Abra a válvula de injeção de óleo (2) para adi-
cionar o óleo no sistema.
C. Feche a válvula quando o óleo atingir o anel
O-ring (1).
AVISO: Não injete o óleo PAG até que o sistema mantenha
o vácuo adequado. RCPH07CCH013AAC 5

AVISO: Não deixe o nível de óleo cair abaixo do tubo de


imersão no reservatório de retorno ou o ar entrará no cir-
cuito do refrigerante.
NOTA: Se houver recuperação de 71.0 ml (2.4 US fl oz)
no reservatório de óleo, deverão ser retornados 71.0 ml
(2.4 US fl oz) do novo SP-20 PAG para o sistema.

Operação seguinte:
Ar-condicionado - Carga (50.200)

50.2 [50.200] / 40
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Recuperação
Patriot 250 LA

Operação anterior:
Ar-condicionado - Teste (50.200)

1. Ligue a máquina e faça o motor funcionar a 1500


RPM. Se possível, opere o condicionador de ar por
15 minutos na refrigeração máxima e na velocidade
máxima do ventilador.
2. Pressione o interruptor de A/C (1) por 15 minutos.

BRAG12PUALL014 1

3. Limpe as superfícies externas das portas de serviço.


Remova as tampas das portas de serviço nas linhas
de sucção e de pressão (1).

RCPH10CCH593AAB 2

50.2 [50.200] / 41
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

4. PERIGO
Evite lesões!
Siga TODAS as precauções indicadas
abaixo ao fazer a manutenção do sistema
de ar condicionado e manusear refrige-
rante.
O descumprimento resultará em morte ou
ferimentos graves.
D0043A

CUIDADO
O escape de refrigerante pode causar ul-
ceração! RCPH10CCH596AAB 3
Sempre use óculos de proteção ao manu-
sear refrigerante. Se o refrigerante entrar
em contato com seus olhos, lave-os ime-
diatamente com água por 15 minutos.
Busque assistência médica imediata-
mente.
O descumprimento pode resultar em
morte ou ferimentos graves.
W0339A

CUIDADO
O escape de refrigerante pode causar ul-
ceração!
Se houver contato de refrigerante com
sua pele: -Aqueça a área com sua mão ou
água morna, de 32 a 38 °C (90 a 100 °F).
-Cubra a área frouxamente com uma ata-
dura para proteger a área e evitar infec-
ções. -Busque assistência médica ime-
diatamente.
O descumprimento pode resultar em
morte ou ferimentos graves.
W0341A

Com as válvulas do medidor do coletor da estação


de carregamento na posição fechada, conecte as
mangueiras dos medidores de teste nas portas de
serviço.
A. Conecte a mangueira que sai do manômetro
de pressão baixa à porta na mangueira de suc-
ção (1). Gire o depressor da válvula.
B. Conecte a mangueira que sai do manômetro
de pressão baixa à porta na mangueira de suc-
ção (2). Gire o depressor da válvula.
AVISO: Use o identificador de refrigerante para verificar
sua pureza. Se o refrigerante for HFC-134a com 98% de
pureza e/ou apresentar substâncias não condensáveis
como ar e umidade, continue na próxima etapa. Em caso
negativo, use uma estação especificamente projetada
para recuperar o refrigerante contaminado.

50.2 [50.200] / 42
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

5. Abra a válvula do dreno para garantir que o sepa-


rador de óleo seja drenado antes da recuperação.
Talvez o óleo seja deixado por engano na própria
unidade de recuperação do serviço anterior. Será
descarregada uma mistura oleosa se o separador ti-
ver sido drenado.

RCPH07CCH005AAC 4

6. Verifique se o reservatório de óleo foi drenado an-


tes da recuperação para evitar que óleo adicional re-
torne ao sistema.

RCPH07CCH006AAC 5

7. Abra completamente as válvulas de baixa e de alta


pressão.

RCPH07CCH007AAC 6

8. Abra as válvulas de vapor (vermelha) e de líquido


(azul) no tanque.

RCPH07CCH008AAC 7

50.2 [50.200] / 43
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

9. Conecte o plugue de alimentação principal a uma


tomada de 115 V. Coloque a chave de alimentação
principal na posição ligada e pressione o interruptor
Recovery (Recuperar).
• O compressor será desligado automatica-
mente quando a recuperação estiver completa.
• Aguarde cinco minutos e observe se há au-
mento de pressão nos manômetros de pressão
do coletor.
• Se não houver aumento de pressão, a recupe-
ração está concluída.
• Se a pressão subir acima de 0.0 bar (0
psi), pressione o interruptor Hold/Cont (Se- RCPH07CCH009AAC 8
gurar/Cont) e repita até que a pressão se
mantenha por dois minutos. Depois disso,
espere que o compressor se desligue automa-
ticamente.
NOTA: O refrigerante pode se acumular dentro do sistema
de A/C do máquina. Quando o compressor da unidade de
recuperação desligar, o refrigerante se vaporizará no calor
do ambiente, fazendo a pressão do sistema subir nova-
mente. Repita o processo de recuperação até que o sis-
tema permaneça no vácuo por pelo menos dois minutos.
10. Algumas unidades de recuperação exigem uma
purga de ar manual para remover os gases não
condensáveis do tanque de recuperação. Consulte
o manual do operador de sua unidade. A purga no
ar é automática em um 380000315 quando este
evacuar o sistema de A/C.

RCPH07CCH010AAC 9

11. Abra lentamente a válvula de drenagem do óleo e


drenar o óleo para dentro do reservatório. Quando
a drenagem de óleo parar, feche a válvula de drena-
gem do óleo completamente.

RCPH07CCH005AAC 10

50.2 [50.200] / 44
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

12. Registre a quantidade de óleo no reservatório. A


mesma quantidade de óleo novo deve ser acrescen-
tada novamente ao sistema. Descarte o óleo em
uma garrafa da forma apropriada e devolva a gar-
rafa à estação.

RCPH07CCH006AAC 11

13. Todo o refrigerante foi removido do sistema de A/C;


substitua ou faça reparos a qualquer momento.

Operação seguinte:
Ar-condicionado - Evacuar (50.200)

50.2 [50.200] / 45
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Teste
Patriot 250 LA

PERIGO
Evite lesões!
Siga TODAS as precauções indicadas abaixo ao fazer a manutenção do sistema de ar condicionado
e manusear refrigerante.
O descumprimento resultará em morte ou ferimentos graves.
D0043A

1. Use um identificador de refrigerante – 380001327 ou


equivalente – para testar a pureza do refrigerante
R134A antes de recuperar o refrigerante ou realizar
o serviço no sistema.
NOTA: Muitas estações modernas de recuperação in-
cluem um identificador de refrigerante como componente
integrado.

50.2 [50.200] / 46
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Instrução de serviço - Procedimentos de


evacuação e carregamento
Patriot 250 LA

1. O mais importante é evacuar, carregar e testar a


existência de vazamentos no sistema cuidadosa-
mente a fim de assegurar uma operação satisfatória
e eficiente do sistema. O procedimento passo a
passo detalhado a seguir é parte da operação do
conjunto a ser concluída na fábrica. Para esta ope-
ração, o equipamento deve estar preciso e limpo.
O equipamento deve ser verificado diariamente
quanto à operação correta e uma indicação precisa.

AVISO: Os operadores devem ser plenamente treinados e observados periodicamente para assegurar que os pro-
cedimentos adequados estão sendo seguidos.
2. A máquina, com a cabine montada e o sistema de
A/C instalado, é movida para o local onde o sistema
de A/C é carregado. Remova as duas tampas de ve-
dação da porta de carga das mangueiras de sucção
e de descarga conectadas ao compressor.

NOTA: As tampas da porta de carga devem ser guardadas para serem reinstaladas.
3. Para assegurar que o sistema de corte da pressão
baixa está operando corretamente, este procedi-
mento deve ser seguido:
• Gire a chave de ignição para a posição Ligado (ON).
• Gire o interruptor do A/C para a posição OFF (Desligado).
• Gire o interruptor da ventoinha para a posição ON (Li-
gado).

NOTA: A ativação e desativação do interruptor do A/C não devem engatar a embreagem do compressor do A/C;
nenhum som de clique deve ser ouvido.
4. Conexão - as duas linhas estão conectadas às res-
pectivas conexões de carregamento.
5. Enchimento de nitrogênio - o sistema de A/C é car-
regado com nitrogênio ou ar seco a uma pressão de
480 kPa ( 70 psig). Aborte o processo se 480 kPa
não for atingido em 1 min.
6. Teste bruto de vazamento - mantenha a pressão com
a fonte de ar seco ou de nitrogênio isolada do sis-
tema. Se a pressão cair 34 kPa ( 5 psi) em 5 s,
aborte o teste.
7. Liberação de nitrogênio - libere nitrogênio até que
o sistema esteja com a pressão atmosférica. Não
exponha o sistema pressurizado à bomba de vácuo.
8. Primeira evacuação – evacue o sistema de ar-con-
dicionado a 0.7 mm Hg ( 0.093 kPa). Se o nível de
vácuo não for atingido em 1.5 min, aborte.
9. Mantenha o vácuo – mantenha o vácuo com a
bomba de vácuo isolada do sistema. O aumento
máximo de pressão permitido é de 4 mm Hg ( 0.533
kPa) em 30 s.
10. Segundo enchimento de nitrogênio - o sistema de
A/C é carregado com nitrogênio ou ar seco a uma
pressão de 480 kPa ( 70 psig).

50.2 [50.200] / 47
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

11. Segunda liberação de nitrogênio - libere nitrogênio


até que o sistema esteja com a pressão atmosférica.
12. Segunda evacuação – evacue o sistema de ar-con-
dicionado até 0.7 mm Hg ( 0.093 kPa); se o nível de
vácuo não for atingido em 1.5 min, aborte.
13. Posicione corretamente as válvulas de controle da
unidade de carregamento para que o sistema de A/C
seja carregado com 1620 - 1680 g de refrigerante
HFC-134a.
14. Se o equipamento de processamento for capaz de
medir as pressões de sucção e de descarga do sis-
tema de A/C em operação, a tubulação de carga per-
manece conectada para o teste de vazamento e de-
sempenho descrito na seção 6.5. Caso contrário,
a tubulação de carregamento é desconectada das
conexões de teste. As tampas removidas anterior-
mente são reinstaladas.
15. Girar a chave de ignição para a posição Ligado (ON).
A ativação e desativação do interruptor do A/C de-
vem engatar o compressor com um som de clique
que pode ser ouvido.

50.2 [50.200] / 48
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Instrução de serviço - Evacuação e carregamento


Patriot 250 LA

1. Refrigerante:
O sistema de ar-condicionado utiliza o refrigerante
HFC-134a conforme especificado no Padrão 700 do
Instituto de ar-condicionado e refrigeração de 1993.
2. Tintura:
Tintura líquida de Soluções Brilhantes refere-se a
uma seringa (1/8 onça de tintura = 3.7 ml) e deve ser
utilizada para a detecção de vazamento no ar-con-
dicionado.
3. Evacuação, carregamento e teste de vazamento
Equipamento exigido:
• Bomba a vácuo.
• Estação de carregamento de HFC-134a com man-
gueiras e indicadores de teste.
• Fonte de nitrogênio ou gerador de nitrogênio/ar
seco se a purga de nitrogênio for realizada
• Lâmpada ultravioleta de inspeção
• Óculos de segurança fluorescentes reforçados
4. Evacuação especificada e requisitos de vazamento
permitido:
• Pressão de enchimento de nitrogênio ou ar seco de
480 kPa (70 psig) se a purga for realizada
• Queda de pressão (fonte de ar isolada do sistema)
de 7 kPa (5 psig) em 5 min
• Nível de evacuação de 0.7 mm Hg ( 0.093 kPa)
• Período mínimo de evacuação de 1.5 min por 2
ciclos ( 16 min)
• Queda de vácuo (bomba de vácuo desligada 30 s)
4 mm Hg ( 5.33 kPa)

Operação seguinte:
Ar-condicionado - Instrução de serviço (50.200)

50.2 [50.200] / 49
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Instrução de serviço - Procedimento de


carregamento
Patriot 250 LA

IMPORTANTE: Evite o contato com gases de escape. Use proteção nos olhos
NOTA: A conexão da mangueira do A/C entre a cabine e o chassi deve ser apertada com o torque especificado com
as mangueiras próximas à posição final de montagem. Apertar demais as mangueiras fora de posição pode causar
falha prematura da conexão e vazamentos.
Equipamento exigido:
Recipiente de Hélio comprimido, regulador de pressão com indicador, coletor de carregamento com mangueira, de-
tector eletrônico de vazamento de hélio.

Procedimento
1. Carregue as mangueiras do chassi com 350 - 400
kPa de hélio, mantendo a carga através da porta de
carga da mangueira de descarga. Certifique-se de
que os bujões estejam nas extremidades da man-
gueira de sucção e da mangueira de líquido. Utili-
zando um detector de hélio, calibrado em uma taxa
de vazamento de 14 gramas/ano, Verifique todas as
conexões, encaixes, tubos e componentes para ver
se há vazamento (o tempo necessário para verificar
cada possível local de vazamento é de no mínimo
3 segundos). Se vazamentos forem detectados, re-
pare e retorne o hélio, mantendo a carga em 350 -
400 kPa, e repita a taxa de vazamento.
2. Chassi mantendo carga se a cabine for montada no
chassi em até duas semanas ou se cabine e chassi
não forem enviados para outro país em forma de kit:
Equipamento exigido:
Recipiente de Hélio comprimido, regulador de pressão
com indicador, coletor de carregamento com mangueira.
Procedimento:
Carregue as mangueiras do chassi com 275 - 325 kPa
de hélio, mantendo a carga através da porta de carga da
mangueira de descarga. Certifique-se de que os bujões
estejam nas extremidades da mangueira de sucção e da
mangueira de líquido.

Operação seguinte:
Ar-condicionado - Instrução de serviço (50.200)

50.2 [50.200] / 50
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Ajuste -


Folga de ar
Patriot 250 LA

NOTA: Dois métodos podem ser usados para medir e ajustar a folga de ar entre a placa da embreagem e a polia.
Consulte a etapa 1 para saber o método de quadrante magnético. Consulte a etapa 2 para saber o método do
medidor do bujão de faíscas. Use somente um método para ajustar a folga de ar.
1. Quadrante magnético – monte um indicador de qua-
drante de base magnética na face externa da po-
lia de forma que não faça interferência na placa da
embreagem. Aplique o terra da bateria no corpo do
compressor e 12 V B+ no fio da embreagem. Posi-
cione o ponteiro do indicador de quadrante na super-
fície plana no diâmetro externo na placa da embrea-
gem na metade da distância entre quaisquer dois re-
bites externos ou na cabeça de um dos rebites ex-
ternos. A medida do deslocamento da placa da em-
breagem deve ser de 0.41 - 0.79 mm (0.016 - 0.031
in). Essa medição deve ser feita entre cada um dos
três rebites ou na cabeça de cada rebite externo para
se obter uma medição média. Se necessário, le-
vante ou empurre para baixo levemente a placa para
deixar a folga uniforme.
RCPH07CCH071AAC 1

2. Medidor do bujão de faíscas – se não houver um


indicador de quadrante disponível para verificar o
espaço da folga de ar, um medidor do bujão de fa-
íscas com 90 ° medidores de espessura podem ser
usados para verificar a folga a de ar inicial no campo.
Deslize o fio entre a placa da embreagem e a polia,
e verifique a folga nos três rebites. A folga deve ser
de 0.41 - 0.79 mm (0.016 - 0.031 in). A folga deve
ser uniforme em toda a volta da placa. Se necessá-
rio, levante ou empurre para baixo levemente a placa
para deixar a folga uniforme.
NOTA: Se a folga não atender às especificações acima,
remova a placa dianteira e acrescente ou retire calços da
embreagem conforme necessário.

RCPH07CCH072AAC 2

3. Instale o protetor de poeira da embreagem.

RCPH07CCH070AAC 3

50.2 [50.200] / 51
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

4. Instale e aperte os três parafusos Torx® que fixam a


cobertura de poeira na embreagem do compressor.
Aplique torque de 7 - 11 Nm (5 - 8 lb ft).

RCPH07CCH046AAC 4

Operação seguinte:
Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Instalar (50.200)

50.2 [50.200] / 52
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Instalar


Patriot 250 LA

1. Instale um novo conjunto da bobina da embreagem.


Alinhe a bobina para que o fio fique próximo do ori-
fício de montagem do grampo.

RCPH07CCH248ABC 1

2. Instale o grampo do fio da bobina.

RCPH07CCH058AAC 2

3. Instale o anel elástico do conjunto da bobina da em-


breagem.

RCPH07CCH059AAC 3

50.2 [50.200] / 53
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

4. Instale o rolamento na polia e o anel elástico interno.

RCPH07CCH062AAC 4

5. Coloque o conjunto da polia e do rolamento no cubo


do alojamento dianteiro. Instale um acionador no
conjunto da polia. Certifique-se de que a ferramenta
esteja na pista interna do rolamento.

RCPH07CCH067AAC 5

6. Apoie o compressor sobre as quatro orelhas de mon-


tagem no lado traseiro do compressor. Pressione o
conjunto da polia no cubo do alojamento dianteiro.
Certifique-se de que o rolamento esteja na parte in-
ferior do cubo.

RCPH07CCH067AAC 6

50.2 [50.200] / 54
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

7. Instale o anel elástico externo no cubo do alojamento


dianteiro.

RCPH07CCH054AAC 7

8. Instale a chave no eixo do rotor.

RCPH07CCH063AAC 8

9. Coloque o protetor de poeira do rolamento no orifí-


cio. Coloque o acionador do kit de ferramenta espe-
cial CAS10747A sobre o protetor de poeira.

RCPH07CCH064AAC 9

50.2 [50.200] / 55
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

10. Instale o protetor de poeira.

RCPH07CCH069AAC 10

11. Instale o(s) calço(s) no eixo do rotor.

RCPH07CCH051AAC 11

12. Instale a placa dianteira no eixo do rotor. Certifi-


que-se de que o caminho da chave da placa esteja
alinhado com a chave no eixo. Instale o acionador
sobre o eixo.

RCPH07CCH065AAC 12

50.2 [50.200] / 56
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

13. Use um martelo para bater na placa sobre o eixo.


Certifique-se de que a placa esteja contra os cal-
ços da embreagem. Ao bater na placa contra o
eixo, você poderá ouvir a diferença do som produ-
zido quando a placa é totalmente instalada.

RCPH07CCH066AAC 13

14. Instale a porca no eixo do rotor. Use a chave inglesa


do kit de ferramentas especiais CAS10747A e uma
chave de torque para apertar a porca a um toque de
15 - 20 Nm (11 - 15 lb ft).

RCPH07CCH048AAC 14

Operação seguinte:
Compressor do ar-condicionado - Teste preliminar (50.200)

50.2 [50.200] / 57
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Teste


Patriot 250 LA

Operação anterior:
Compressor do ar-condicionado - Remoção (50.200)

NOTA: Dois métodos podem ser usados para testar a bobina da embreagem. Consulte a etapa 1 para testar a saída
de amperagem da bobina com um perímetro. Consulte a etapa 2 para testar a resistência através da bobina. Apenas
um método de teste é necessário.
1. Use um amperímetro (1), voltímetro e uma 12 V ba-
teria (2) para verificar a amperagem da bobina da
embreagem. A saída de corrente deve ser 3.6 - 4.2
A a 12 V. Uma leitura superior a 4.2 A indica um
curto na bobina. Nenhuma leitura de amperagem in-
dica circuito aberto na bobina. Substitua a bobina da
embreagem se a leitura de amperagem não estiver
correta.

RCPH07CCH408ABC 1

2. Meça a resistência. A resistência deve ser 2.86 - 3.3


Ω. Substitua a bobina da embreagem se a leitura da
resistência não estiver correta.

Operação seguinte:
Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Instalar (50.200)

50.2 [50.200] / 58
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Remoção


Patriot 250 LA

Operação anterior:
Compressor do ar-condicionado - Remoção (50.200)

1. Limpe as superfícies externas do compressor antes


de fazer qualquer trabalho no compressor.

RCPH07CCH230ABC 1

2. Remova os três parafusos Torx® do protetor de po-


eira da embreagem.

RCPH07CCH046AAC 2

3. Remova o protetor de poeira da embreagem.

RCPH07CCH237ABC 3

50.2 [50.200] / 59
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

4. Remova a porca de retenção da placa dianteira. Use


a chave inglesa especial do conjunto da ferramenta
de serviço CAS10747A para evitar que a placa e o
eixo girem.

RCPH07CCH048AAC 4

5. Instale a polia especial do conjunto da ferramenta de


serviço CAS10747A na placa dianteira da embrea-
gem.

RCPH07CCH239ABC 5

6. Gire o parafuso central para puxar a placa dianteira


da embreagem.

RCPH07CCH050AAC 6

50.2 [50.200] / 60
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

7. Remova os calços do eixo.

RCPH07CCH051AAC 7

8. Remova o protetor de poeira da embreagem com


cuidado.

RCPH07CCH052AAC 8

9. Remova a chave do eixo do rotor.

RCPH07CCH053AAC 9

50.2 [50.200] / 61
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

10. Remova o anel elástico externo do conjunto do rola-


mento e da polia.

RCPH07CCH054AAC 10

11. Instale os colares internos da polia especial do con-


junto da ferramenta de serviço CAS10747A na ra-
nhura da polia. Instale a polia com o parafuso de
força no eixo. Aperte manualmente os parafusos de
montagem.

RCPH07CCH055AAC 11

12. Gire o parafuso de força na polia.

RCPH07CCH056AAC 12

50.2 [50.200] / 62
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

13. Remova o conjunto da polia e do rolamento.

RCPH07CCH057AAC 13

14. Remova o anel elástico do conjunto da bobina da


embreagem.

RCPH07CCH059AAC 14

15. Desconecte o grampo do fio.

RCPH07CCH058AAC 15

50.2 [50.200] / 63
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

16. Remova o conjunto da bobina da embreagem.

RCPH07CCH248ABC 16

17. Remova o anel elástico interno e remova o rola-


mento da polia.

RCPH07CCH062AAC 17

Operação seguinte:
Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Teste (50.200)

50.2 [50.200] / 64
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado - Nivelamento


Patriot 250 LA

Método da vareta de nível


1. Quando todo o refrigerante tiver sido recuperado, re-
tire o bujão de enchimento do óleo.

RCPH07CCH348ABC 1

2. Use um soquete Torx® para retirar os três parafusos


e retire a tampa de poeira da embreagem. Use uma
chave para girar o eixo do compressor no sentido ho-
rário, até que as partes internas estejam em posição
de permitir a inserção da vareta de nível. Ou use um
fio de ligação para fornecer 12 V à embreagem do
compressor e gire a embreagem manualmente.

RCPH07CCH318ABC 2

3. Coloque a vareta de nível no orifício de enchimento


de óleo até o batente. Certifique-se de que a vareta
de nível seja inserida inteiramente, até parar. A pa-
rada da vareta de nível deve ser lavada com o res-
salto do orifício de enchimento. Faça várias leituras
para garantir a precisão. O nível de óleo deve cobrir
as cinco linhas na vareta.
NOTA: A ilustração mostra uma vista frontal do compres-
sor com a tampa contra poeira removida e as posições
apropriadas do contrapeso para inserção da vareta.
AVISO: Quando o compressor for trocado, o óleo antigo
do compressor deve ser drenado e o volume de óleo, me-
dido. Essa quantidade de óleo novo deve ser colocada no RCPH07CCH365ABC 3

compressor de substituição depois que for drenada. Ou


use a vareta para medir e combinar o óleo do compressor
de substituição com o nível do óleo antigo de substituição.
4. Se o nível de óleo não estiver correto, acrescente
ou subtraia o óleo de acordo com o nível correto de-
scrito acima. Sempre acrescente óleo em peque-
nas quantidades para não encher demais; para reti-
rar óleo, o compressor deve ser removido e drenado.
AVISO: Use apenas óleo SP-20 PAG.

50.2 [50.200] / 65
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

5. Verifique o anel O-ring no bujão de enchimento de


óleo e substitua se necessário. Instale o bujão e
aperte com um torque de 15 - 24 Nm (11 - 18 lb ft).

RCPH07CCH349ABC 4

50.2 [50.200] / 66
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado - Teste preliminar


Patriot 250 LA

NOTA: Ao funcionar normalmente, a embreagem do compressor está sempre aterrada no chassi, e o valor comu-
tado de 12 V é fornecido por um relé ativado por controlador para energizar a bobina da embreagem e engatar o
compressor.
1. Nos sistemas de controle automático de tempera-
tura, com a chave de ignição e o interruptor ATC li-
gados, e o controle de temperatura definido em res-
friamento máximo, verifique se a embreagem está
engatada e o compressor está funcionando. Nos sis-
temas padrão, com a chave de ignição e o interrup-
tor A/C ligados, e o controle de temperatura definido
em resfriamento máximo, verifique se a embreagem
está engatada e o compressor está funcionando.

RCPH07CCH445ABC 1

2. Desconecte a embreagem no chicote. A embrea-


gem deve desengatar suavemente com pouco ruído
da polia ou dos rolamentos. Reconecte o chicote
na embreagem. A embreagem deve engatar rapida-
mente, e a operação deve ser suave e silenciosa.

RCPH07CCH445ABC 2

3. Se houver ruído na operação, verifique se há vi-


bração no compressor perto da embreagem. Se o
compressor estiver vibrando perto da embreagem
e o ruído mudar quando a embreagem desengatar,
houve falha na embreagem. Se o compressor esti-
ver vibrando, houve falha no compressor. O compo-
nente de vibração geralmente é a fonte do problema.
IMPORTANTE: NÃO tente testar a embreagem direta-
mente com sua mão. As peças giratórias podem causar
sérios danos pessoais.

RCPH07CCH445ABC 3

50.2 [50.200] / 67
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

4. Com a embreagem ainda engatada, toque momen-


taneamente nas mangueiras de sucção (2) e de des-
carga (1) no compressor para ver a diferença de tem-
peratura. A linha de sucção (2) deve estar fria o su-
ficiente para permitir o toque, e a linha de descarga
(1) deve estar quente ou muito quente.
IMPORTANTE: Este é apenas um contato momentâneo
com a mangueira.
AVISO: Pouca diferença de temperatura, ou nenhuma di-
ferença, entre as mangueiras é outra indicação de falha no
compressor: vazamento interno entre o lado da sucção e
de descarga.
NOTA: Na placa da extremidade do compressor estão gra-
vadas as letras “D” e “S” que indicam as portas de des-
RCPH07CCH447ABC 4
carga e sucção respectivamente.
5. Verifique se há problema interno quando houver sus-
peita de falha no compressor. Desligue o sistema de
A/C e a chave de ignição da máquina. Retire os três
parafusos Torx® para remover a tampa contra poeira
da embreagem.

RCPH07CCH443ABC 5

6. Use uma chave para girar lentamente o compressor


no sentido horário. A rotação do compressor deve
ser suave e não exige muito esforço. Se forem sen-
tidos pontos ásperos ou travamentos graves ao girar
o eixo, o compressor foi danificado internamente e
deve ser substituído.

RCPH07CCH318ABC 6

50.2 [50.200] / 68
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

7. Verifique se há parafusos frouxos de montagem no


compressor. Aperte os parafusos no torque correto.
NOTA: Uma estrutura frouxa pode causar um som de "ba-
tida" no compressor. A sobrecarga do refrigerante também
causa um som de batida no compressor.

RCPH07CCH444ABC 7

8. A correia propulsora da embreagem deve estar gi-


rando com suavidade e firmeza. A polia da embrea-
gem e a polia de acionamento também devem estar
alinhadas com 1.6 mm (0.063 in) uma da outra.
• Use uma régua para verificar o alinhamento da
polia. Ajuste o compressor na braçadeira de
montagem se necessário.
• A correia propulsora deve estar firmemente as-
sentada nas ranhuras da embreagem.
• Verifique se há muito desgaste da correia: ra-
chaduras, desgaste do cabo, empilhamento,
truncamento, vitrificação ou camadas separa-
das. Substitua a correia gasta ou deteriorada.

RCPH07CCH446ABC 8

Operação seguinte:
Compressor do ar-condicionado - Remoção (50.200)

50.2 [50.200] / 69
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Compressor do ar-condicionado - Remoção


Patriot 250 LA

1. Levante a tampa do motor (1).


2. Desconecte o cabo negativo da bateria.
3. Recupere o refrigerante do sistema usando a uni-
dade de controle 380000315.
4. Desconecte a conexão de energia (1) do compres-
sor.

SEZ50CAP1A-49 1

5. Remova as mangueiras de fornecimento/retorno (1)


do compressor.

SEZ50CAP1A-50 2

6. Solte os parafusos de retenção da unidade do com-


pressor (1) e, em seguida, remova o suporte da cor-
reia e dos tubos de ar-condicionado (2) e o compres-
sor.
IMPORTANTE: Se desejar usar a correia novamente,
tome muito cuidado ao retirá-la da polia. Afrouxe um
pouco os parafusos (1) (somente para ter uma folga
mínima no compressor) e, com uma mão movimentando
o ventilador, use uma chave de fenda com a outra mão
para retirar a correia da polia.

SEZ50CAP1A-51 3

50.2 [50.200] / 70
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Correia de acionamento do compressor - Verificar


Patriot 250 LA

NOTA: Verificar a tensão da correira após as primeiras 50 horas e depois utilizar o intervalo regular de verificação.

Operação seguinte:
Testar a correira do compressor do ar condicionado quanto á tensão correta utilizando um medidore de tensão de
correira.
Ajustar a correira com as seguintes especificações:

Correira nova: 422 a 516 N·m ( 95 a 115 lb )

Correira usada: 400 a 489 N·m ( 90 a 110 lb)

NOTA: Ajustar as correias novas com a especificação da correira usada após um amaciamento de 10 minutos.

50.2 [50.200] / 71
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Correia de acionamento do compressor - Montar - Instruções


Patriot 250 LA

1. Usar componentes de fixação existentes.


2. Com instrumento de medição de tração perpendicu-
lar à extensão, aplicar força de 8.1 kg (17.86 lb) no
ponto médio da correia. Deflexão deve ser entre 3 -
5 mm.
3. Procedimento de montagem para utilizar o primer e
LOCTITE®:
A. Aplicar primer nas roscas dos parafusos e fu-
ros roscados e permitir secagem.
B. Aplicar LOCTITE® nas roscas dos parafusos e
furos roscados, montar os componentes.
4. Aplicar torque no item de fixação com 38.7 - 52.3
N·m (28.54 - 38.57 lb ft).
5. Aplicar torque no item de fixação com 76.4 - 103.4
N·m (56.35 - 76.26 lb ft) conforme norma CNH
86629329 (ENS7001 – Class 2).

50.2 [50.200] / 72
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Ar-condicionado - Solução de problemas


Patriot 250 LA

Essa solução de problemas, em combinação com as medidas obtidas nos testes, deve ser usada quando for per-
ceptível que há refrigeramento insuficiente do evaporador.

OPERAÇÃO

Padrão métrico
Tempe- Pressão normal no lado baixo Pressão normal no lado alto Temperatura da Velocidade
ratura fresta* do ventila-
ambi- dor***
ente Umidade Umidade Umidade Umidade Umidade Umidade Faixa de
relativa baixa** relativa alta relativa baixa** relativa alta relativa relativa RPM
baixa** alta
21 °C 117 - 138 kPa 145 - 172 kPa 938 - 1117 kPa 1040 - 1214 kPa 13 °C 17 °C 710 - 770
RPM
27 °C 145 - 172 kPa 172 - 207 kPa 1158 - 1379 kPa 1262 - 1469 kPa 16 °C 19 °C 770 - 810
RPM
32 °C 179 - 207 kPa 207 - 234 kPa 1372 - 1641 kPa 1482 - 1724 kPa 19 °C 22 °C 820 - 860
RPM
38 °C 200 - 241 kPa 228 - 276 kPa 1593 - 1951 kPa 1662 - 2027 kPa 22 °C 25 °C 1150 - 1410
RPM
43 °C 228 - 276 kPa 255 - 319 kPa 1813 - 2213 kPa 1875 - 2289 kPa 25 °C 27 °C 1320 - 1440
RPM
49 °C 255 - 319 kPa 283 - 345 kPa 2034 - 2482 kPa 2089 - 2551 kPa 28 °C 30 °C 1460 - 1500
RPM

AMERICANO padrão
Tempe- Pressão normal no lado baixo Pressão normal no lado alto Temperatura da Velocidade
ratura fresta* do ventila-
ambi- dor***
ente Umidade Umidade Umidade Umidade Umidade Umidade Faixa de
relativa baixa** relativa alta relativa baixa** relativa alta relativa relativa RPM
baixa** alta
70 °F 17 - 20 psi 21 - 25 psi 136 - 162 psi 151 - 176 psi 55 °F 62 °F 710 - 770
RPM
80 °F 21 - 25 psi 25 - 30 psi 168 - 200 psi 183 - 213 psi 60 °F 67 °F 770 - 810
RPM
90 °F 26 - 30 psi 30 - 34 psi 199 - 238 psi 215 - 250 psi 67 °F 71 °F 820 - 860
RPM
100 °F 29 - 35 psi 33 - 40 psi 231 - 283 psi 241 - 294 psi 71 °F 76 °F 1150 - 1410
RPM
110 °F 33 - 40 psi 37 - 45 psi 263 - 321 psi 272 - 332 psi 77 °F 81 °F 1320 - 1440
RPM
120 °F 37 - 45 psi 41 - 50 psi 295 - 360 psi 303 - 370 psi 82 °F 86 °F 1460 - 1500
RPM

* As temperaturas mostradas são as temperaturas normais mais elevadas esperadas nas frestas; as
temperaturas reais podem ser mais baixas. A temperatura das frestas deve ser medida nas frestas de
frente para o operador.
** O ciclo de trabalho da embreagem do compressor pode ocorrer em condições de baixa umidade e baixa
temperatura.
*** A velocidade do ventilador afeta significativamente a pressão de descarga. Os valores são apenas para
referência.

50.2 [50.200] / 73
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

1. Ferramentas especiais
• estação de recuperação do refrigerante.
• identificador do refrigerante.
• vareta de nível do compressor.
• e um termômetro de haste para medir a temperatura do ar pelas frestas.
2. Inspeção visual
• Certifique-se de que o soprador opere corretamente em todas as velocidades.
• Verifique se há danos, desgaste extremo, cortes etc. nas mangueiras e linhas.
• Certifique-se de que a embreagem do compressor esteja engatando.
• Conecte as mangueiras azuis (baixas ou do lado da sucção) e vermelhas (altas ou de descarga) no sistema.
• Verifique as pressões do sistema. Se os dois medidores indicarem 0 kPa (0 psi), o sistema estará sem refri-
gerante; elimine e recarregue o sistema antes de operar.
• Verifique a pureza do refrigerante; se não houver R134a com pelo menos 98% de pureza, elimine e recarregue.
Não coloque em um recipiente com R134a puro.
3. Condições do teste
• Motor operando a 1500 RPM.
• Sem carga no motor.
• Controle do soprador em ajuste de velocidade mais alto.
• Portas e vidros traseiros da cabine abertos.
• Controle de temperatura do ar-condicionado ajustado para o frio máximo.
• Interruptor do ar-condicionado ajustado para On (Ativado) (controle de clima padrão) ou desembaçamento/
descongelamento (controle de temperatura automático).
• Linhas do aquecedor obstruídas ou fechadas no motor.
• Leituras no medidor feitas15 minutos após a partida.
• Tampa na posição fechada com os painéis laterais implantados.
• Todas as frestas de ar da cabine abertas.
• Filtros (recirculação e ar fresco) limpos e na posição.
4. Procedimento de teste
• Registre a temperatura ambiente (cabine), a temperatura externa da fresta e/ou do evaporador, e as pressões
baixa (sucção) e alta (descarga).
• Consulte o gráfico de solução de problemas e a tabela de temperatura/pressão para análise de sistema.
5. Reparo do sistema
• Recupere o refrigerante quando necessário para concluir os reparos.
• Ajuste o nível de óleo do compressor. Acrescente óleo para os novos componentes, se necessário.
• Substitua o receptor/secador se o sistema for aberto.
• Retire o ar e a umidade do sistema.
• Recarregue com refrigerante R134a puro.

50.2 [50.200] / 74
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Problema Causa possível Correção


Pressão lateral baixa O sistema está com pouco refrigerante. • Localize e repare o vazamento no sis-
de baixa a muito baixa; Sintomas adicionais: tema.
pressão lateral alta de - Sem refrigeração (sai ar quente das gre-
• Verifique o nível do óleo do compressor
baixa a muito baixa. lhas). e ajuste conforme necessário.
- O ar de descarga do evaporador é leve-
mente frio ou morno. • Evacue e recarregue o sistema.
- O compressor não funciona ou realiza ci-
clos rapidamente.
- Interruptor de pressão baixa ativando
Restrição de fluxo lateral alta, mais pro- • Localize a restrição.
vavelmente entre o receptor/secador e a
• Remova a restrição ou substitua a peça
válvula de expansão térmica ou no recep- com restrição.
tor/secador.
Sintomas adicionais:
- O ar de descarga do evaporador é leve-
mente frio ou quente.
- Condensação ou congelamento no recep-
tor/secador.
- A linha do líquido para o receptor/secador
congelou ou condensou.
- Interruptor de pressão baixa ativando.
Observação: forma-se gelo a jusante a
partir do ponto de restrição.
Restrição na válvula de expansão térmica • Localize e repare a restrição ou substitua
- por exemplo, umidade congelada no ori- a válvula de expansão térmica.
fício.
Falha na válvula fechada.
Sintomas adicionais:
- Ar de frio a morno saindo do evaporador.
- Entrada da válvula de expansão muito frio
e/ou coberto de gelo.
- A saída da válvula de expansão está
quente.
Falha no sensor de temperatura do evapo- • Verifique a localização do sensor de tem-
rador ou instalado em local errado. peratura do evaporador.
Evaporador sujo.
• Teste o sensor do evaporador e substi-
Fluxo de ar se desviando do evaporador.
tua, se necessário.
Sintomas adicionais:
- Pouca ou nenhuma refrigeração. • Limpe o evaporador e verifique as veda-
- Pouco fluxo de ar. ções.
A pressão lateral baixa Mau funcionamento do compressor. • Verifique a alimentação e o aterramento
está alta; a pressão lateral Sintomas adicionais: do compressor.
alta está baixa. - Não há refrigeração na cabine.
• Verifique a operação da embreagem do
- O sistema está totalmente carregado. compressor
- Ar de frio a morno saindo do evaporador.
• O compressor pode ter vazamento in-
terno: recupere o sistema, substitua o
compressor, ajuste o nível de óleo, sub-
stitua o receptor/secador, evacue e re-
carregue o sistema.
Mau funcionamento do sensor de tempera- • Teste o sensor de temperatura do eva-
tura do evaporador. porador e substitua, se necessário.
Sintomas adicionais:
• Verifique se há códigos de falhas ativos
- Não há refrigeração na cabine. relativos ao sensor, e resolva o problema
- O sistema está totalmente carregado. de fiação para o sensor.
- Código de falha ativo do sensor de tem-
peratura do evaporador.

50.2 [50.200] / 75
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Problema Causa possível Correção


A pressão lateral baixa é Não condensáveis (ar e/ou umidade) no • Recupere o refrigerante do sistema: a
baixa; a pressão lateral sistema. umidade é removida pela unidade de re-
alta é alta. Sintoma adicional: cuperação.
- Refrigeração intermitente: resfria bem du-
• Substitua o receptor/secador; evacue o
rante a parte mais fria do dia e não resfria sistema e recarregue.
bem durante a parte mais quente do dia.
Restrição de fluxo lateral alto, mais prova- • Localize e repare a restrição ou substitua
velmente entre o compressor e o recep- a peça com a restrição.
tor/secador.
Sintomas adicionais:
- Ar de frio a morno saindo do evaporador.
- Condensação ou congelamento no recep-
tor/secador.
- A linha do líquido para o receptor/secador
congelou ou condensou.
A pressão lateral baixa Válvula de controle do aquecedor vazando • Desligue o fluxo de líquido de arrefeci-
é normal a ligeiramente (não está funcionando corretamente). mento para o evaporador e verifique a di-
elevada; a pressão lateral Sintomas adicionais: ferença de temperatura do evaporador.
alta é normal. - Nenhuma refrigeração ou refrigeração
• Inspecione e repare ou substitua a vál-
deficiente na cabine.
vula de controle do aquecedor.
- As mangueiras do aquecedor da cabine
estão muito quentes - ou seja, mais quen-
tes do que a temperatura ambiente.
Ar ou umidade no sistema. • Teste de vazamento, recupere o sistema
Sintomas adicionais: e repare os vazamentos.
- A linha de sucção está quente.
• Substitua o receptor/secador; evacue e
- O ar que sai do evaporador só está um recarregue o sistema.
pouco frio.
Mau funcionamento do interruptor de tem- • Teste o interruptor de temperatura e sub-
peratura. stitua, se necessário.
Mau funcionamento do sensor de tempera-
• Teste o sensor de temperatura do eva-
tura do evaporador. porador e substitua, se necessário.
Sintomas adicionais:
– Embreagem do compressor não enga- • Verifique se há códigos de falha ativos
tando ou engatando de forma excessiva/ relacionados ao potenciômetro e ao sen-
errática. sor; e resolva o problema de fiação no
- Há refrigeração deficiente na cabine. potenciômetro ou no sensor.
– Código de falha ativo no potenciômetro
de controle de temperatura.
- Código de falha ativo do sensor de tem-
peratura do evaporador.
A pressão lateral baixa Mau funcionamento da válvula de expan- • Teste a válvula de expansão térmica e
está alta; a pressão lateral são térmica. substitua, se necessário.
alta está alta. Sintomas adicionais:
- Ar quente saindo do evaporador e das
grelhas.
- Condensação na linha de sucção.
- Condensação pesada na saída do evapo-
rador.
Fluxo de ar deficiente no condensador: • Verifique se há uma correia do ventilador
condensador obstruído com detritos. desgastada.
Sintomas adicionais:
• Verifique se há acionamento com defeito
- O motor está superaquecendo. do ventilador viscoso.
- A linha do líquido está muito quente.
- Há refrigeração deficiente na cabine. • Verifique se há restrição no fluxo de ar
- Ar de frio a morno saindo do evaporador. através do condensador (aletas obstruí-
- O interruptor de pressão alta é ativado. das ou dobradas); limpe a grade e os re-
frigeradores.

50.2 [50.200] / 76
Controle de clima da cabine - Ar-condicionado

Problema Causa possível Correção


Sistema sobrecarregado. • Recupere e recarregue o sistema com
Sintomas adicionais: 2.1 kg (4.63 lb) de R134a.
- Refrigeração suficiente ou deficiente na
cabine.
- Ar de frio a morno saindo do evaporador.
- Linha do líquido muito quente.
– Compressor batendo.
- O interruptor de pressão alta é ativado.
Ar no sistema. • Teste de vazamento, recupere o sistema
Sintomas adicionais: e repare os vazamentos.
- Linha de sucção quente.
• Substitua o receptor/secador; evacue e
- O ar que sai do evaporador está um pouco recarregue o sistema.
frio.
A pressão lateral baixa Mau funcionamento do potenciômetro do • Verifique a localização do sensor de tem-
está baixa; a pressão controle de temperatura. peratura do evaporador.
lateral alta é normal. Mau funcionamento do sensor de tempera-
• Teste o potenciômetro de controle de
tura do evaporador. temperatura e substitua, se necessário.
Fluxo de ar baixo do evaporador.
Sintomas adicionais: • Teste o sensor de temperatura do eva-
- Saída do evaporador fria ou congelada. porador e substitua, se necessário.
- Operação contínua do compressor. • Verifique a vedação do evaporador.
- O interruptor de pressão baixa é ativado.
- O código de falha no potenciômetro de
controle de temperatura está ativo.
- O código de falha do sensor de tempera-
tura do evaporador está ativo.

50.2 [50.200] / 77
Índice

Controle de clima da cabine - 50

Ar-condicionado - 200
Ar-condicionado - Capacidade - carga de refrigerante R134a . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Carga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Descontaminando - Lavagem do circuito completo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Descontaminando - Lavagem do componente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Descontaminando - Procedimento de pós-lavagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Descrição dinâmica - Detecção de vazamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Descrição dinâmica - Lavagem do sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Descrição dinâmica - Operação térmica do ar-condicionado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Evacuar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Ferramentas especiais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Instrução de serviço - Evacuação e carregamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Instrução de serviço - Procedimento de carregamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Instrução de serviço - Procedimentos de evacuação e carregamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Recuperação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Solução de problemas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Teste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Patriot 250 LA
Ar-condicionado - Teste Desempenho e vazamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado - Descrição estática - Ajuste do óleo SP-20 PAG . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado - Especificações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado - Nivelamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado - Remoção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado - Teste preliminar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 67
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado - Vista explodida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Ajuste - Folga de ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 53
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Remoção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59
Patriot 250 LA
Compressor do ar-condicionado Embreagem magnética - Teste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 58
Patriot 250 LA
Correia de acionamento do compressor - Montar - Instruções . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 72
Patriot 250 LA
Correia de acionamento do compressor - Verificar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 71
Patriot 250 LA

50.2 [50.200] / 78
MANUAL DE SERVIÇO
Sistemas elétricos

Patriot 250

55
Conteúdo

Sistemas elétricos - 55

[55.100] Chicotes e conectores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.1


Patriot 250

[55.635] Controles da função de pulverização . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.2


Patriot 250

[55.426] Sistema de controle de fluxo do material de colheita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.3


Patriot 250

[55.000] Sistema elétrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.4


Patriot 250

[55.302] Bateria. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.5


Patriot 250

[55.DTC] CÓDIGOS DE FALHA. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.6


Patriot 250

55
Sistemas elétricos - 55

Chicotes e conectores - 100

Patriot 250

55.1 [55.100] / 1
Conteúdo

Sistemas elétricos - 55

Chicotes e conectores - 100

DADOS FUNCIONAIS

Chicotes de fio
Diagrama elétrico Bomba de produto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Diagrama elétrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Conectores do fio
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Diagrama do componente 03 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Diagrama do componente 04 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Diagrama do componente 06 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Diagrama do componente 10 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Diagrama do componente 11 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
Diagrama do componente 12 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Diagrama do componente 14 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
Diagrama do componente 15 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39
Diagrama do componente 75 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
Diagrama do componente 01 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44
Diagrama do componente 03 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45
Diagrama do componente 04 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Diagrama do componente 05 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48
Diagrama do componente 72 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
Diagrama do componente 20 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55
Diagrama do componente 21 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57
Diagrama do componente 50 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
Diagrama do componente 51 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73
Diagrama do componente 52 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 83
Diagrama do componente 55 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89
Diagrama do componente 60 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 95
Diagrama do componente 75 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Diagrama do componente 04 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 102
Diagrama do componente 60 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 103
Diagrama do componente 99 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 104
Diagrama do componente 61 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 118

55.1 [55.100] / 2
Diagrama do componente 62 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 119
Diagrama do componente 64 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 120
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 121
Diagrama do componente 50 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 123
Diagrama do componente 61 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125
Diagrama do componente 62 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 128
Diagrama do componente 64 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 129
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130
Diagrama do componente 04 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 134
Diagrama do componente 41 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 136
Diagrama do componente 42 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 139
Diagrama do componente 04 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 141
Diagrama do componente 40 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 143
Diagrama do componente 41 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 153
Diagrama do componente 42 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 155
Diagrama do componente 45 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 161
Diagrama do componente 56 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165
Diagrama do componente 65 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166
Diagrama do componente 57 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167
Diagrama do componente 99 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 168
Diagrama do componente 57 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 174
Diagrama do componente 57 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 175
Diagrama do componente 99 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 176
Diagrama do componente 57 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 181
Diagrama do componente 99 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 182
Diagrama do componente 57 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 188
Diagrama do componente 99 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 189
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 194
Diagrama do componente 66 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 196
Diagrama do componente 80 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 197
Diagrama do componente 81 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 201
Diagrama do componente 83 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 206
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 207
Diagrama do componente 71 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 208
Diagrama do componente 75 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 212
Diagrama do componente 99 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 213
Diagrama do componente 99 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 219
Diagrama do componente 99 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 222
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 224
Diagrama do componente 02 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 226
Diagrama do componente 03 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 228
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 229
Diagrama do componente 00 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 230

55.1 [55.100] / 3
Diagrama do componente 04 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 235
Diagrama do componente 60 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 237
Diagrama do componente 61 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 243
Diagrama do componente 62 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 248
Diagrama do componente 63 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 254
Diagrama do componente 64 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 258
Diagrama do componente 66 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 260
Diagrama do componente 71 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 261
Diagrama do componente 80 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 262
Diagrama do componente 81 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 264
Diagrama do componente 99 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 266

SERVIÇO

Chicotes e conectores
Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 268
Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 270
Conectar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 273
Conectar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 275

55.1 [55.100] / 4
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Chicotes de fio - Diagrama elétrico Bomba de produto


O conjunto bomba de produto é composto por uma bomba centrífuga de Aço Inox que é acionado por uma correia
montada no motor diesel.

Para acionamento da bomba de produto, é necessário que o sensor (interruptor) localizado na carcaça da bomba
esteja fechado. Quando o botão da bomba de produto é acionado, a energia enviada pelo fusível de controle do
BOOM F46 alimenta o relé de controle da bomba de produto R23positivamente, porém como o sensor (interruptor)
da bomba esta aberto, não chega o terra no relé.

Com o acionamento momentâneo do interruptor da bomba de produto, é enviada energia para o solenóide localizado
no na polia do motor Diesel,, fazendo com que a bomba seja acionada. Com o acionamento da bomba é criado uma
pressão interna na mesma, fazendo com que o sensor (interruptor) feche, permitindo que o terra chegue ao relé de
controle da bomba de produto R23, acionando o mesmo e permitindo a chegada de 12 V no solenóide. Caso acabe
o produto no tanque, o sensor (interruptor) volta a abrir, desacionando o relé R23 desligando a bomba.

55.1 [55.100] / 5
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Chicotes de fio - Diagrama elétrico


Elétrico dos conectores de 6 e 12 vias da alavanca joystick

SOIL13SP00056FB 1

A Lado esquerdo
B Lado direito
1 Conector 12 pinos (via)
2 Conector 06 pinos (via)

55.1 [55.100] / 6
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 00


CONECTOR CM4M - INTERFACE HID.

CONECTOR CM4M - INTERFACE HID.


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH155D (OR) S155-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR F42 CM4M
INTERFACE HID.
3 CH503C (OR) S503-CH CM4M INTERFACE HID.
4 CH713 (GY) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
5 CH712 (WH) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
6 CH721 (GY) FK1-D CM4M INTERFACE HID.
7 CH720 (WH) FK1-D CM4M INTERFACE HID.
8 CH719 (GY) FK1-D CM4M INTERFACE HID.
9 CH718 (WH) FK1-D CM4M INTERFACE HID.
10 CH717 (GY) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
11 CH716 (WH) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
12 CH715 (WH) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
13 CH714 (GY) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
14 CH711B (WH) CM4M INTERFACE HID. S711-CH
ENTRADA EXTERNA DIREITA
15 CH710B (GY) CM4M INTERFACE HID. S710-CH
SAÍDA EXTERNA DIREITA
16 CH708B (GY) CM4M INTERFACE HID. S708-CH
SAÍDA EXTERNA ESQUERDA
17 CH709B (WH) CM4M INTERFACE HID. S709-CH
ENTRADA EXTERNA ESQUERDA
24 CH137B (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
CM4M INTERFACE HID.
25 CH883 (WH) C104F COMANDO AIM
AUMENTAR/DIMINUIR PSI CM4M
INTERFACE HID.
26 CH884 (GY) C104F COMANDO AIM
AUMENTAR/DIMINUIR PSI CM4M
INTERFACE HID.
27 CH879 (YE) C105F COMANDO AIM P1/P2 CM4M
INTERFACE HID.
28 CH138 (OR) CM4M INTERFACE HID. S138-CH
COMANDO AIM AUTO/MAN

87696945 1

55.1 [55.100] / 7
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR FK1-D - FK1-D

CONECTOR FK1-D - FK1-D


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
R2_30 CH155B (OR) S155-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR F42 FK1-D
R2_85 CH506 (WH) FK1-D C101F ALÇA DE CONTROLE
R2_86 CH006G (BK) FK1-D TERRA DO S006-CH
R2_87 CH157A (OR) FK1-D C106F SEÇÃO 1
LIGA/DESLIGA
R3_30 CH151C (OR) FK1-D FK1-D
CH151D (OR) FK1-D FK1-D
R3_85 CH511B (WH) S511-CH ENTRADA INTERNA
ESQUERDA FK1-D
R3_86 CH006B (BK) FK1-D TERRA DO S006-CH
R3_87 CH720 (WH) FK1-D CM4M INTERFACE HID.
R4_30 CH151D (OR) FK1-D FK1-D
CH151E (OR) C122F ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL
LIGA/DESLIGA FK1-D
R4_85 CH510B (GY) FK1-D S510-CH SAÍDA INTERNA
ESQUERDA
R4_86 CH006C (BK) FK1-D TERRA DO S006-CH
R4_87 CH721 (GY) FK1-D CM4M INTERFACE HID.
R5_30 CH151B (OR) FK1-D FK1-D
CH151C (OR) FK1-D FK1-D
R5_85 CH514B (WH) S514-CH ENTRADA INTERNA
DIREITA FK1-D
R5_86 CH006D (BK) FK1-D TERRA DO S006-CH
R5_87 CH718 (WH) FK1-D CM4M INTERFACE HID.
R6_30 CH151A (OR) FK1-E FK1-D
CH151B (OR) FK1-D FK1-D
R6_85 CH515B (GY) S515-CH SAÍDA INTERNA DIREITA
FK1-D
R6_86 CH006E (BK) FK1-D TERRA DO S006-CH
R6_87 CH719 (GY) FK1-D CM4M INTERFACE HID.
R7_30 CH185N (OR) FK1-D C069F INTERRUPTOR DE
PARTIDA DA BOMBA
R7_85 CH006F (BK) FK1-D TERRA DO S006-CH
R7_86 CH725A (YE) FK1-D C069F INTERRUPTOR DE
PARTIDA DA BOMBA
R7_87A CH742A (YE) C038F INTERFACE HID/PROD
FK1-D

87314762 2

55.1 [55.100] / 8
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR FK1-E - FK1-E

CONECTOR FK1-E - FK1-E


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
F34A CH127B (RD) C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A FK1-E
F34B CH152A (OR) FK1-E S152-CH FUSÍVEL F46
F35A CH111D (OR) C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A FK1-E
F35B CH154A (OR) FK1-E S154-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR F47
F36A CR264D (OR) C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A FK1-E
F36B CR170A (OR) FK1-E C103F COMANDO AIM
AUTO/MAN
R1_30 CH152H (OR) S152-CH FUSÍVEL F46 FK1-E
R1_85 CH223 (OR) C101F ALÇA DE CONTROLE FK1-E
R1_86 CH005G (BK) FK1-E TERRA DO S005-CH
R1_87 CH712 (WH) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
R2_30 CH152G (OR) S152-CH FUSÍVEL F46 FK1-E
R2_85 CH222 (OR) C101F ALÇA DE CONTROLE FK1-E
R2_86 CH005J (BK) FK1-E TERRA DO S005-CH
R2_87 CH713 (GY) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
R3_30 CH152B (OR) S152-CH FUSÍVEL F46 FK1-E
CH152C (OR) FK1-E FK1-E
R3_85 CH509 (GY) FK1-E C101F ALÇA DE CONTROLE
R3_86 CH005B (BK) FK1-E TERRA DO S005-CH
R3_87 CH714 (GY) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
R4_30 CH152C (OR) FK1-E FK1-E
R4_85 CH508 (WH) C101F ALÇA DE CONTROLE FK1-E
R4_86 CH005D (BK) FK1-E TERRA DO S005-CH
R4_87 CH715 (WH) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
R5_30 CH152D (OR) S152-CH FUSÍVEL F46 FK1-E
CH152E (OR) FK1-E FK1-E
R5_85 CH513 (WH) C101F ALÇA DE CONTROLE FK1-E
R5_86 CH005E (BK) FK1-E TERRA DO S005-CH
R5_87 CH716 (WH) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
R6_30 CH152E (OR) FK1-E FK1-E
R6_85 CH512 (GY) FK1-E C101F ALÇA DE CONTROLE
R6_86 CH005F (BK) FK1-E TERRA DO S005-CH
R6_87 CH717 (GY) FK1-E CM4M INTERFACE HID.
R7_30 CH185B (OR) S185-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR 20 MST.
ALIMENTAÇÃO FK1-E
R7_85 CH147C (YE) S147-CH FK1-E
R7_86 CH005H (BK) FK1-E TERRA DO S005-CH
R7_87A CH503A (OR) FK1-E S503-CH
R7_87 CH151A (OR) FK1-E FK1-D
R8_30 CH155E (OR) S155-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR F42 FK1-E
R8_85 CH758 (WH) C038F INTERFACE HID/PROD
FK1-E
R8_86 CH005C (BK) FK1-E TERRA DO S005-CH
R8_87 CH757 (OR) FK1-E C038F INTERFACE
HID/PROD

55.1 [55.100] / 9
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

87314762 3

55.1 [55.100] / 10
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR G1 - PRISIONEIRO M10 DO TERRA DO CHASSI

CONECTOR G1 - TERRA DO CHASSI M10 PRISIONEIRO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH005A (BK) G1 PRISIONEIRO M10 DO TERRA
CH006A (BK) DO CHASSI S005-CH TERRA
CH038A (BK) G1 PRISIONEIRO M10 DO TERRA
DO CHASSI S006-CH TERRA
S038-CH TERRA DO CHASSI G1
PRISIONEIRO M10 DO TERRA DO
CHASSI

82012917 4

55.1 [55.100] / 11
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 03


CONECTOR C035F - INTERFACE1 HID/CABINE CHAVE=A

CONECTOR C035F - INTERFACE1 HID/CABINE CHAVE=A


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH155A (OR) C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A S155-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR F42
2 CH174 (RD) C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A C148F SELEÇÃO DE
FAIXA
3 CR264D (OR) C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A FK1-E
4 CH351 (WH) C146M MARCHA À RÉ DA
ALAVANCA DE CONTROLE
HIDROSTÁTICO C035F
INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A
5 CH111D (OR) C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A FK1-E
6 CH127B (RD) C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A FK1-E
7 CH147B (YE) S147-CH C035F INTERFACE1
HID/CABINE CHAVE=A
8 CH707 (GY) C123M ENTRADA/SAÍDA DA
LARGURA DO EIXO C035F
INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A
9 CH628 (OR) C148F SELEÇÃO DE FAIXA
C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A
10 CH624 (OR) C148F SELEÇÃO DE FAIXA
C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A

87695724 1

55.1 [55.100] / 12
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C036F - INTERFACE2 HID/CABINE CHAVE=B

CONECTOR C036F - INTERFACE2 HID/CABINE CHAVE=B


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH706 (WH) C123M ENTRADA/SAÍDA DA
LARGURA DO EIXO C036F
INTERFACE2 HID/CABINE
CHAVE=B
4 CH503B (OR) C036F INTERFACE2 HID/CABINE
CHAVE=B S503-CH
7 CH153 (OR) C036F INTERFACE2 HID/CABINE
CHAVE=B C123M ENTRADA/SAÍDA
DA LARGURA DO EIXO
8 CH905 (YE) C751F INTERRUPTOR DE
ESTRADA C036F INTERFACE2
HID/CABINE CHAVE=B
9 CH404 (PK) C147M TPS C036F INTERFACE2
HID/CABINE CHAVE=B
10 CH406 (YE)
11 CH021 (BL)

87700152 2

55.1 [55.100] / 13
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C038F - INTERFACE HID/PROD

CONECTOR C038F - INTERFACE HID/PROD


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH758 (WH) C038F INTERFACE HID/PROD
FK1-E
2 CH757 (OR) FK1-E C038F INTERFACE
HID/PROD
3 CH724C (WH) S724-CH C038F INTERFACE
HID/PROD
4 CH742A (YE) C038F INTERFACE HID/PROD
FK1-D

87694153 3

55.1 [55.100] / 14
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 04


CONECTOR C040F - INTERFACE HID/PROD CHAVE=C

CONECTOR C040F - INTERFACE HID/PROD CHAVE=C


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH600 (WH) C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA C040F
INTERFACE HID/PROD CHAVE=C
2 CH601 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C106F SEÇÃO 1
LIGA/DESLIGA
3 CH602 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C107F SEÇÃO 2
LIGA/DESLIGA
4 CH603 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C108F SEÇÃO 3
LIGA/DESLIGA
5 CH604 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C109F SEÇÃO 4
LIGA/DESLIGA
6 CH605 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C110F SEÇÃO 5
LIGA/DESLIGA
7 CH606 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C111F SEÇÃO 6
LIGA/DESLIGA
8 CH608 (WH) C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA C040F
INTERFACE HID/PROD CHAVE=C
9 CH607 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C112F SEÇÃO 7
LIGA/DESLIGA
10 CH612 (GY) C120F ASPERSÃO AUMENTAR/
DIMINUIR PSI C040F INTERFACE
HID/PROD CHAVE=C
11 CH613 (WH) C120F ASPERSÃO AUMENTAR/
DIMINUIR PSI C040F INTERFACE
HID/PROD CHAVE=C

87695550 1

55.1 [55.100] / 15
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 06


CONECTOR C069F INTERRUPTOR DE PARTIDA DA BOMBA

CONECTOR C069F INTERRUPTOR DE PARTIDA DA BOMBA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH185F (OR) S185-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR 20 MST.
ALIMENTAÇÃO C069F
INTERRUPTOR DE PARTIDA
DA BOMBA
3 CH724A (YE) C069F INTERRUPTOR DE PARTIDA
DA BOMBA S724-CH
4 CH725A (YE) FK1-D C069F INTERRUPTOR DE
PARTIDA DA BOMBA
5 CH185L (OR) S185-CH FUSÍVEL DO
CH185N (OR) INTERRUPTOR 20 MST.
ALIMENTAÇÃO C069F
INTERRUPTOR DE PARTIDA
DA BOMBA
FK1-D C069F INTERRUPTOR DE
PARTIDA DA BOMBA
7 CH038J (BK) C069F INTERRUPTOR DE PARTIDA
DA BOMBA S038-CH TERRA DO
CHASSI
9 CH724B (WH) C069F INTERRUPTOR DE PARTIDA
DA BOMBA S724-CH

87475413 1

55.1 [55.100] / 16
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 10


CONECTOR C100F - ALIMENTAÇÃO DA ALÇA DE CONTROLE

CONECTOR C100F - ALIMENTAÇÃO DA ALÇA DE CONTROLE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH185K (OR) S185-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR 20 MST.
ALIMENTAÇÃO C100F
ALIMENTAÇÃO DA ALÇA DE
CONTROLE
2 CH185G (OR) S185-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR 20 MST.
ALIMENTAÇÃO C100F
ALIMENTAÇÃO DA ALÇA DE
CONTROLE
3 CH185H (OR) S185-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR 20 MST.
ALIMENTAÇÃO C100F
ALIMENTAÇÃO DA ALÇA DE
CONTROLE
6 CH185E (OR) S185-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR 20 MST.
ALIMENTAÇÃO C100F
ALIMENTAÇÃO DA ALÇA DE
CONTROLE

87694112 1

55.1 [55.100] / 17
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C101F - ALÇA DE CONTROLE

CONECTOR C101F - ALÇA DE CONTROLE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH506 (WH) FK1-D C101F ALÇA DE CONTROLE
2 CH223 (OR) C101F ALÇA DE CONTROLE FK1-E
3 CH222 (OR) C101F ALÇA DE CONTROLE FK1-E
4 CH508 (WH) C101F ALÇA DE CONTROLE FK1-E
5 CH509 (GY) FK1-E C101F ALÇA DE CONTROLE
6 CH510A (WH) C101F ALÇA DE CONTROLE
S510-CH SAÍDA INTERNA
ESQUERDA
7 CH511A (WH) C101F ALÇA DE CONTROLE
S511-CH ENTRADA INTERNA
ESQUERDA
8 CH512 (GY) FK1-E C101F ALÇA DE CONTROLE
9 CH513 (WH) C101F ALÇA DE CONTROLE FK1-E
10 CH514A (WH) C101F ALÇA DE CONTROLE
S514-CH ENTRADA INTERNA
DIREITA
11 CH515A (GY) C101F ALÇA DE CONTROLE
S515-CH SAÍDA INTERNA DIREITA

87695592 2

55.1 [55.100] / 18
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C103F - COMANDO AIM AUTO/MAN

CONECTOR C103F - COMANDO AIM AUTO/MAN


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CG138A (OR) S138-CH COMANDO AIM
AUTO/MAN C103F COMANDO
AIM AUTO/MAN
2 CH180B (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
CH180C (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
C105F COMANDO AIM P1/P2
3 CH138C (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
S138-CH COMANDO AIM
AUTO/MAN
5 CH180B (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
CR170A (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
FK1-E C103F COMANDO AIM
AUTO/MAN
6 CH137A (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
7 CH038T (BK) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
CH038U (BK) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
C105F COMANDO AIM P1/P2
C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
8 CH038T (BK) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
9 CH137A (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
CH137B (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
CM4M INTERFACE HID.
10 CH138B (OR) S138-CH COMANDO AIM
AUTO/MAN C103F COMANDO
AIM AUTO/MAN

87475413 3

55.1 [55.100] / 19
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C104F - COMANDO AIM AUMENTAR/DIMINUIR PSI

CONECTOR C104F - COMANDO AIM AUMENTAR/DIMINUIR PSI


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH884 (GY) C104F COMANDO AIM
AUMENTAR/DIMINUIR PSI CM4M
INTERFACE HID.
2 CH155C (OR) S155-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR F42 C104F
COMANDO AIM AUMENTAR/
DIMINUIR PSI
3 CH883 (WH) C104F COMANDO AIM
AUMENTAR/DIMINUIR PSI CM4M
INTERFACE HID.

87475413 4

55.1 [55.100] / 20
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C105F - COMANDO AIM P1/P2

CONECTOR C105F - COMANDO AIM P1/P2


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH180C (OR) C103F COMANDO AIM AUTO/MAN
C105F COMANDO AIM P1/P2
3 CH879 (YE) C105F COMANDO AIM P1/P2 CM4M
INTERFACE HID.
7 CH038S (BK) S038-CH ATERRAMENTO DO
CH038U (BK) CHASSI C105F COMANDO AIM
P1/P2
C105F COMANDO AIM P1/P2
C103F COMANDO AIM AUTO/MAN

87475413 5

55.1 [55.100] / 21
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C106F - SEÇÃO 1 LIGA/DESLIGA

CONECTOR C106F - SEÇÃO 1 LIGA/DESLIGA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH157A (OR) FK1-D C106F SEÇÃO 1
CH157B (OR) LIGA/DESLIGA
C106F SEÇÃO 1 LIGA/DESLIGA
C107F SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA
3 CH601 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C106F SEÇÃO 1
LIGA/DESLIGA
7 CH038D (BK) S038-CH ATERRAMENTO
CH038F (BK) DO CHASSI C106F SEÇÃO 1
LIGA/DESLIGA
C107F SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA
C106F SEÇÃO 1 LIGA/DESLIGA

87475413 6

55.1 [55.100] / 22
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C107F - SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA

CONECTOR C107F - SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH157B (OR) C106F SEÇÃO 1 LIGA/DESLIGA
CH157C (OR) C107F SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA
C107F SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA
C108F SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA
3 CH602 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C107F SEÇÃO 2
LIGA/DESLIGA
7 CH038F (BK) C107F SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA
CH038G (BK) C106F SEÇÃO 1 LIGA/DESLIGA
C108F SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA
C107F SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA

87475413 7

55.1 [55.100] / 23
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C108F - SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA

CONECTOR C108F - SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH157C (OR) C107F SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA
CH157D (OR) C108F SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA
C108F SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA
C109F SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA
3 CH603 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C108F SEÇÃO 3
LIGA/DESLIGA
7 CH038G (BK) C108F SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA
CH038H (BK) C107F SEÇÃO 2 LIGA/DESLIGA
C109F SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA
C108F SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA

87475413 8

55.1 [55.100] / 24
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C109F - SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA

CONECTOR C109F - SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH157D (OR) C108F SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA
CH157E (OR) C109F SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA
C109F SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA
C110F SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA
3 CH604 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C109F SEÇÃO 4
LIGA/DESLIGA
7 CH038H (BK) C109F SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA
CH038K (BK) C108F SEÇÃO 3 LIGA/DESLIGA
C109F SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA
C110F SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA

87475413 9

55.1 [55.100] / 25
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 11


CONECTOR C110F - SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA

CONECTOR C110F - SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH157E (OR) C109F SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA
CH157F (OR) C110F SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA
C110F SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA
C111F SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA
3 CH605 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C110F SEÇÃO 5
LIGA/DESLIGA
7 CH038K (BK) C109F SEÇÃO 4 LIGA/DESLIGA
CH038L (BK) C110F SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA
C111F SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA
C110F SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA

87475413 1

55.1 [55.100] / 26
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C111F - SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA

CONECTOR C111F - SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH157F (OR) C110F SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA
CH157G (OR) C111F SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA
C111F SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA
C112F SEÇÃO 7 LIGA/DESLIGA
3 CH606 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C111F SEÇÃO 6
LIGA/DESLIGA
7 CH038L (BK) C111F SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA
CH038M (BK) C110F SEÇÃO 5 LIGA/DESLIGA
C112F SEÇÃO 7 LIGA/DESLIGA
C111F SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA

87475413 2

55.1 [55.100] / 27
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C112F - SEÇÃO 7 LIGA/DESLIGA

CONECTOR C112F - SEÇÃO 7 LIGA/DESLIGA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH157G (OR) C111F SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA
CH157K (OR) C112F SEÇÃO 7 LIGA/DESLIGA
C112F SEÇÃO 7 LIGA/DESLIGA
C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA
3 CH607 (WH) C040F INTERFACE HID/PROD
CHAVE=C C112F SEÇÃO 7
LIGA/DESLIGA
7 CH038M (BK) C112F SEÇÃO 7 LIGA/DESLIGA
C111F SEÇÃO 6 LIGA/DESLIGA

87475413 3

55.1 [55.100] / 28
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C116F - RH/LH DO FENCEROW

CONECTOR C116F - RH/LH DO FENCEROW


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH600 (WH) C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA C040F
INTERFACE HID/PROD CHAVE=C
2 CH157K (OR) C112F SEÇÃO 7 LIGA/DESLIGA
CH157L (OR) C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA
C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA C116F LADO
DIREITO/ESQUERDO DA LINHA DE
CERCA
3 CH608 (WH) C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA C040F
INTERFACE HID/PROD CHAVE=C
5 CH157H (OR) C751F INTERRUPTOR DE
CH157L (OR) ESTRADA C116F LADO
DIREITO/ESQUERDO DA LINHA DE
CERCA
C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA C116F LADO
DIREITO/ESQUERDO DA LINHA DE
CERCA
7 CH038N (BK) S038-CH TERRA DO CHASSI C116F
CH038P (BK) LADO DIREITO/ESQUERDO DA
LINHA DE CERCA
C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA C116F LADO
DIREITO/ESQUERDO DA LINHA DE
CERCA
8 CH038P (BK) C116F LADO DIREITO/ESQUERDO
DA LINHA DE CERCA C116F LADO
DIREITO/ESQUERDO DA LINHA DE
CERCA

87475413 4

55.1 [55.100] / 29
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C117F - ELEV./ABAIX. PONTA ESQUERDA

CONECTOR C117F - ELEV./ABAIX. PONTA ESQUERDA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH709A (WH) C117F PONTA ESQUERDA PARA
CIMA/PARA BAIXO S709-CH
ENTRADA EXTERNA ESQUERDA
2 CH189C (OR) C119F PONTA DIREITA PARA
CIMA/PARA BAIXO C117F PONTA
ESQUERDA PARA CIMA/PARA
BAIXO
3 CH708A (GY) C117F PONTA ESQUERDA PARA
CIMA/PARA BAIXO S708-CH SAÍDA
EXTERNA ESQUERDA

87475413 5

55.1 [55.100] / 30
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C119F - ELEV./ABAIX. DA PONTA DIREITA

CONECTOR C119F - ELEV./ABAIX. DA PONTA DIREITA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH711A (WH) C119F PONTA DIREITA PARA
CIMA/PARA BAIXO S711-CH
ENTRADA EXTERNA DIREITA
2 CH189B (OR) S189-CH NEUTRO C119F PONTA
CH189C (OR) DIREITA PARA CIMA/PARA BAIXO
C119F PONTA DIREITA PARA
CIMA/PARA BAIXO C117F PONTA
ESQUERDA PARA CIMA/PARA
BAIXO
3 CH710A (GY) C119F PONTA DIREITA PARA
CIMA/PARA BAIXO S710-CH SAÍDA
EXTERNA DIREITA

87475413 6

55.1 [55.100] / 31
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 12


CONECTOR C120F - SPARGE PSI INC/DEC

CONECTOR C120F - SPARGE PSI INC/DEC


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH185C (OR) S185-CH FUSÍVEL DO
CH185D (OR) INTERRUPTOR 20 MST.
ALIMENTAÇÃO C120F ASPERSÃO
AUMENTAR/DIMINUIR PSI
C120F ASPERSÃO AUMENTAR/
DIMINUIR PSI C120F ASPERSÃO
AUMENTAR/DIMINUIR PSI
2 CH612 (GY) C120F ASPERSÃO AUMENTAR/
DIMINUIR PSI C040F INTERFACE
HID/PROD CHAVE=C
3 CH038B (BK) S038-CH ASPERSÃO
CH038C (BK) AUMENTAR/DIMINUIR PSI GND
C120F TERRA DO CHASSI
C120F ASPERSÃO AUMENTAR/
DIMINUIR PSI C120F ASPERSÃO
AUMENTAR/DIMINUIR PSI
4 CH038C (BK) C120F ASPERSÃO AUMENTAR/
CH038E (BK) DIMINUIR PSI C120F ASPERSÃO
AUMENTAR/DIMINUIR PSI
C122F LIGA/DESLIGA DA
ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL C120F
ASPERSÃO AUMENTAR/DIMINUIR
PSI
5 CH613 (WH) C120F ASPERSÃO AUMENTAR/
DIMINUIR PSI C040F INTERFACE
HID/PROD CHAVE=C
6 CH185D (OR) C120F ASPERSÃO AUMENTAR/
DIMINUIR PSI C120F ASPERSÃO
AUMENTAR/DIMINUIR PSI

87475413 1

55.1 [55.100] / 32
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C122F - LIGA/DESLIGA DA ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL

CONECTOR C122F - LIGA/DESLIGA DA ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CH152F (OR) S152-CH FUSÍVEL F46 C122F
LIGA/DESLIGA DA ALIMENTAÇÃO
PRINCIPAL
3 CH185A (OR) C122F LIGA/DESLIGA DA
CH185M (OR) ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL
S185-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR 20 MST.
ALIMENTAÇÃO
C122F LIGA/DESLIGA DA
ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL C122F
LIGA/DESLIGA DA ALIMENTAÇÃO
PRINCIPAL
5 CH151E (OR) C122F ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL
LIGA/DESLIGA FK1-D
6 CH182A (OR) C122F ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL
LIGA/DESLIGA S189-CH NEUTRO
7 CH038E (BK) C122F LIGA/DESLIGA DA
ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL C120F
ASPERSÃO AUMENTAR/DIMINUIR
PSI
9 CH185M (OR) C122F LIGA/DESLIGA DA
ALIMENTAÇÃO PRINCIPAL C122F
LIGA/DESLIGA DA ALIMENTAÇÃO
PRINCIPAL

87475413 2

55.1 [55.100] / 33
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C123M - ENTRADA/SAÍDA DA LARGURA DO EIXO

CONECTOR C123M - ENTRADA/SAÍDA DA LARGURA DO EIXO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A CH706 (WH) C123M ENTRADA/SAÍDA DA
LARGURA DO EIXO C036F
INTERFACE2 HID/CABINE
CHAVE=B
B CH153 (OR) C036F INTERFACE2 HID/CABINE
CHAVE=B C123M ENTRADA/SAÍDA
DA LARGURA DO EIXO
C CH707 (GY) C123M ENTRADA/SAÍDA DA
LARGURA DO EIXO C035F
INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A

87695723 3

55.1 [55.100] / 34
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 14


CONECTOR C145F - INTERRUPTOR NEUTRO DA ALAVANCA DE CONTROLE HIDROSTÁTICO

CONECTOR C145F - INTERRUPTOR NEUTRO DA ALAVANCA DE CONTROLE HIDROSTÁTICO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH154B (OR) S154-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR F47 C145F
INTERRUPTOR NEUTRO DA
ALAVANCA DE CONTROLE
HIDROSTÁTICO
2 CH147A (YE) S147-CH C145F INTERRUPTOR
NEUTRO DA ALAVANCA DE
CONTROLE HIDROSTÁTICO

87696551 1

55.1 [55.100] / 35
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C146M - MARCHA À RÉ DA ALAVANCA DE CONTROLE HIDROSTÁTICO

CONECTOR C146M - MARCHA À RÉ DA ALAVANCA DE CONTROLE HIDROSTÁTICO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A CH154C (OR) S154-CH FUSÍVEL DO
INTERRUPTOR F47 C146M
MARCHA À RÉ DA ALAVANCA DE
CONTROLE HIDROSTÁTICO
B CH351 (WH) C146M MARCHA À RÉ DA
ALAVANCA DE CONTROLE
HIDROSTÁTICO C035F
INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A
C - -

87692858 2

55.1 [55.100] / 36
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C147M - TPS

CONECTOR C147M - TPS


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A CH404 (PK) C147M TPS C036F INTERFACE2
HID/CABINE CHAVE=B
B CH406 (YE)
C CH021 (BL)

87695723 3

55.1 [55.100] / 37
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C148F - SELEÇÃO DA FAIXA

CONECTOR C148F - SELEÇÃO DA FAIXA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH628 (OR) C148F SELEÇÃO DE FAIXA
C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A
2 CH174 (RD) C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A C148F SELEÇÃO DE
FAIXA
3 CH624 (OR) C148F SELEÇÃO DE FAIXA
C035F INTERFACE1 HID/CABINE
CHAVE=A

87475413 4

55.1 [55.100] / 38
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 15


CONECTOR C155M - INTERFACE DA OPÇÃO DE UM TOQUE

CONECTOR C155M - INTERFACE DA OPÇÃO DE UM TOQUE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH189D (OR) S189-CH NEUTRO C155M
INTERFACE DA OPÇÃO DE
UM TOQUE
2 CH510C (GY) S510-CH SAÍDA INTERNA
ESQUERDA C155M INTERFACE
DA OPÇÃO DE UM TOQUE
3 CH515C (GY) S515-CH SAÍDA INTERNA DIREITA
C155M INTERFACE DA OPÇÃO DE
UM TOQUE
4 CH708C (GY) C155M INTERFACE DA OPÇÃO
DE UM TOQUE S708-CH SAÍDA
EXTERNA ESQUERDA
5 CH710C (GY) C155M INTERFACE DA OPÇÃO
DE UM TOQUE S710-CH SAÍDA
EXTERNA DIREITA
6 CH511C (WH) S511-CH ENTRADA INTERNA
ESQUERDA C155M INTERFACE
DA OPÇÃO DE UM TOQUE
7 CH514C (WH) S514-CH ENTRADA INTERNA
DIREITA C155M INTERFACE DA
OPÇÃO DE UM TOQUE
8 CH709C (WH) S709-CH ENTRADA EXTERNA
ESQUERDA C155M INTERFACE
DA OPÇÃO DE UM TOQUE
9 CH711C (WH) S711-CH ENTRADA EXTERNA
DIREITA C155M INTERFACE DA
OPÇÃO DE UM TOQUE

87695724 1

55.1 [55.100] / 39
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 75


CONECTOR C751F - INTERRUPTOR DE ESTRADA

CONECTOR C751F - INTERRUPTOR DE ESTRADA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CH905 (YE) C751F INTERRUPTOR DE
ESTRADA C036F INTERFACE2
HID/CABINE CHAVE=B
2 CH157H (OR) C751F INTERRUPTOR DE
ESTRADA C116F LADO
DIREITO/ESQUERDO DA LINHA DE
CERCA
7 CH038Z (BK) S038-CH TERRA DO CHASSI C751F
INTERRUPTOR DE ESTRADA

87475413 1

55.1 [55.100] / 40
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 00


CONECTOR CG3 - TERRA LIMPO M10

CONECTOR CG3 - TERRA LIMPO M10


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CP029A (BK/WH) CG3 TERRA LIMPO M10 S029-CP

87486319 1

55.1 [55.100] / 41
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR CM5M - INTERFACE DA CABINE/PRODUTO

CONECTOR CM5M - INTERFACE DA CABINE/PRODUTO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 CP605B (WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S605-CP
3 CP601B (WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S601-CP
4 CP602B (WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S602-CP
5 CP603B (WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S603-CP
6 CP604B (WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S604-CP
7 CP029D (BK/WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S029-CP
8 CP606B (WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S606-CP
9 CP607B (WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S607-CP
11 CP155B (OR) S155-CP CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO
15 CP742B (YE) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S742-CP
16 CP743 (YE) C054M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO CM5M
INTERFACE DO PRODUTO/CABINE
17 CP612 (GY) C040M INTERACE HID/PROD
CHAVE=C CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO
18 CP613 (WH) C040M INTERACE HID/PROD
CHAVE=C CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO
19 CP757D (OR) S757-CP CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO
20 CP600C (YE) S600-CP CM5M CM5M INTERFACE
DA CABINE/PRODUTO
21 CP608C (WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S608-CP
22 CP742A (YE) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO C038M
INTERFACE HID/PRODUTO
30 CP724B (WH) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S742-CP
32 CPAC08Y (YE)
33 CPAC08G (LG)
34 CPAC10B (BK)
35 CPAC10R (RD)

55.1 [55.100] / 42
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

87700815 2

55.1 [55.100] / 43
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 01


CONECTOR C011F - INTERFACE DE CONTROLE

CONECTOR C011F - INTERFACE DE CONTROLE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CP139 (RD) C054M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO C011F
INTERFACE DE CONTROLE
2 CP029B (BK/WH) S029-CP C011F INTERFACE DE
CONTROLE
3 CP155C (OR) S155-CP C011F INTERFACE DE
CONTROLE
4 CP758 (WH) C011F INTERFACE DE CONTROLE
C038M INTERFACE HID/PRODUTO
11 CPAG02Y (YE)
12 CPAG02G (GN)
13 CPAC05Y (YE)
15 CPAC05G (LG)
PRÓXIMO CPAC05B (BK)
A1
PRÓXIMO CPAC05R (RD)
A2

87689501 1

55.1 [55.100] / 44
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 03


CONECTOR C038M - INTERFACE HID/PROD

CONECTOR C038M - INTERFACE HID/PROD


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CP758 (WH) C011F INTERFACE DE CONTROLE
C038M INTERFACE HID/PRODUTO
2 CP757A (OR) C038M INTERFACE HID/PROD
S757-CP
3 CP724A (WH) C038M INTERFACE HID/PROD
S742-CP
4 CP742A (YE) CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO C038M
INTERFACE HID/PRODUTO

87694102 1

55.1 [55.100] / 45
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 04


CONECTOR C040M - INTERACE HID/PROD CHAVE=C

CONECTOR C040M - INTERACE HID/PROD CHAVE=C


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CP600B (YE) C040M INTERACE HID/PROD
CHAVE=C S600-CP
2 CP601C (WH) S601-CP C040M INTERACE
HID/PROD CHAVE=C
3 CP602C (WH) S602-CP C040M INTERACE
HID/PROD CHAVE=C
4 CP603C (WH) S603-CP C040M INTERACE
HID/PROD CHAVE=C
5 CP604C (WH) S604-CP C040M INTERACE
HID/PROD CHAVE=C
6 CP605C (WH) S605-CP C040M INTERACE
HID/PROD CHAVE=C
7 CP606C (WH) C040M INTERACE HID/PROD
CHAVE=C S606-CP
8 CP608B (WH) S608-CP C040M INTERACE
HID/PROD CHAVE=C
9 CP607C (WH) S607-CP C040M INTERACE
HID/PROD CHAVE=C
10 CP612 (GY) C040M INTERACE HID/PROD
CHAVE=C CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO
11 CP613 (WH) C040M INTERACE HID/PROD
CHAVE=C CM5M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO

87695721 1

55.1 [55.100] / 46
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C047F - NÓ DE VELOCIDADE CHAVE=B

CONECTOR C047F - NÓ DE VELOCIDADE CHAVE=B


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CPAC07G (LG)
2 CPAC07Y (YE)
3 CP533 (YE)
4 CP027 (BK/WH)
10 CP757B (OR) S757-CP C047F NÓ DE
VELOCIDADE CHAVE=B
PRÓXIMO CPAC07B (BK)
A1
PRÓXIMO CPAC07R (RD)
A2

87705101 2

55.1 [55.100] / 47
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 05


CONECTOR C051F - NÓ DE VELOCIDADE CHAVE=A

CONECTOR C051F - NÓ DE VELOCIDADE CHAVE=A


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CP608A (WH) C051F NÓ DE VELOCIDADE
CHAVE=A S608-CP
2 CP601A (WH) C051F NÓ DE VELOCIDADE
CHAVE=A S601-CP
3 CP602A (WH) C051F NÓ DE VELOCIDADE
CHAVE=A S602-CP
4 CP603A (WH) C051F NÓ DE VELOCIDADE
CHAVE=A S603-CP
5 CP604A (WH) C051F NÓ DE VELOCIDADE
CHAVE=A S604-CP
6 CP605A (WH) C051F NÓ DE VELOCIDADE
CHAVE=A S605-CP
7 CP606A (WH) C051F NÓ DE VELOCIDADE
CHAVE=A S606-CP
8 CP607A (WH) C051F NÓ DE VELOCIDADE
CHAVE=A S607-CP
9 CP600A (YE) C051F NÓ DE VELOCIDADE
CHAVE=A S600-CP
11 CP029C (BK/WH) S029-CP C051F NÓ DE
VELOCIDADE CHAVE=A
12 CP757C (OR) S757-CP C051F NÓ DE
VELOCIDADE CHAVE=A

87700156 1

55.1 [55.100] / 48
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C054M - INTERFACE DA CABINE/PRODUTO

CONECTOR C054M - INTERFACE DA CABINE/PRODUTO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 CP155A (OR) C054M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO S155-CP
3 CP743 (YE) C054M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO CM5M
INTERFACE DO PRODUTO/CABINE
4 CPAG01Y (YE)
5 CPAG01G (GN)
6 CP139 (RD) C054M INTERFACE DA
CABINE/PRODUTO C011F
INTERFACE DE CONTROLE
7 CPAC04Y (YE)
8 CPAC04G (LG)
9 CPAC04R (RD)
10 CPAC04B (BK)
11 CP027 (BK/WH)
12 CP533 (YE)

87700153 2

55.1 [55.100] / 49
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 72


CONECTOR C725F - TERMINAL DO CAN

CONECTOR C725F - TERMINAL DO CAN


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A CPAG03Y (GN)
B CPAG03G (GN)

87695580 1

55.1 [55.100] / 50
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 00


CONECTOR CM5F - ANTEPARO, PRODUTO PARA CABINE

CONECTOR CM5F - ANTEPARO, PRODUTO PARA CABINE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
2 PF605 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
3 PF601 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
4 PF602 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
5 PF603 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
6 PF604 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
7 PF061A (BK/WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE S061-PF
8 PF606 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
9 PF607 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
11 PF153A (OR) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C555F PACOTE DE
JUNÇÃO 3 E 5
15 PF745 (YE) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C502M
INTERRRUPTOR DE ATIVAÇÃO DA
BOMBA PSI
16 PF743 (YE) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C516F BUJÃO DE
CURTO DA LANÇA PSI BUJÃO EM
J516 ANTES DO ENVIO
17 PF612 (GY) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C518F VÁLVULA DE
ASPERSÃO
18 PF613 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C518F VÁLVULA DE
ASPERSÃO
19 PF757A (OR) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C757F PACOTE DE
JUNÇÃO
20 PF600 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO

55.1 [55.100] / 51
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR CM5F - ANTEPARO, PRODUTO PARA CABINE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
21 PF608 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
22 PF742 (YE) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C502M
INTERRRUPTOR DE ATIVAÇÃO DA
BOMBA PSI
30 PF724 (DB) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C504FA
EMBREAGEM DA BOMBA
32 PFAC11Y (YE)
33 PFAC11G (LG)
34 PFAC11B (BK)
35 PFAC11R (RD)

87700817 1

55.1 [55.100] / 52
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR G1 - PRISIONEIRO M12 DO TERRA DO CHASSI

CONECTOR G1 - PRISIONEIRO M12 DO TERRA DO CHASSI


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF053A (BK) C551F PACOTE DE JUNÇÃO G1
PRISIONEIRO M12 DO TERRA DO
CHASSI

5 2

55.1 [55.100] / 53
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR P2 - PRISIONEIRO M6, TAMANHO PARA ENCAIXAR CHICOTE

55.1 [55.100] / 54
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 20


CONECTOR C209F - INTERFACE DO BARRAMENTO CAN

CONECTOR C209F - INTERFACE DO BARRAMENTO CAN


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PFAC12R (RD)
2 PFAC12Y (YE)
3 PFAC12B (BK)
4 PFAC12G (LG)

87708147 1

55.1 [55.100] / 55
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR CC209M - TAMPA PARA C209

CONECTOR CC209M - TAMPA PARA C209


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -
2 - -
3 - -
4 - -

87695914 2

55.1 [55.100] / 56
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 21


CONECTOR AC210A - CHICOTE ADAPTADOR (NÃO MOSTRADO) CONECTADO AO P210 E AMARRADO AO
CHICOTE ANTES DO ENVIO

CONECTOR AC210A - CHICOTE ADAPTADOR (NÃO MOSTRADO) CONECTADO AO P210 E AMARRADO


AO CHICOTE ANTES DO ENVIO
NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -

5 1

55.1 [55.100] / 57
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C210B - TERMINAL 120 CONECTADO AO CHICOTE ADAPTADOR

CONECTOR C210B - TERMINAL 120 CONECTADO AO CHICOTE ADAPTADOR


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -

84058092 2

55.1 [55.100] / 58
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C210F - INTERFACE DO BARRAMENTO CAN CONEXÃO DO CHICOTE E TERMINADOR

CONECTOR C210F - INTERFACE DO BARRAMENTO CAN CONEXÃO DO CHICOTE E TERMINADOR


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PFAC15R (RD)
2 PFAC15Y (YE)
3 PFAC15B (BK)
4 PFAC15G (LG)

87708147 3

55.1 [55.100] / 59
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 50


CONECTOR C500F - PWER CNTRL

CONECTOR C500F - PWER CNTRL


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF757E (OR) C757F PACOTE DE JUNÇÃO C500F
ALIMENTAÇÃO DE CONTROLE
2 PF016B (BK/WH) C500F ALIMENTAÇÃO DE
CONTROLE S061-PF

87695909 1

55.1 [55.100] / 60
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C501F - PWR CNTRL

CONECTOR C501F - PWR CNTRL


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF757B (OR) C757F PACOTE DE JUNÇÃO C501F
ALIMENTAÇÃO DE CONTROLE
2 PF061C (BK/WH) S061-PF C501F ALIMENTAÇÃO DE
CONTROLE

87695909 2

55.1 [55.100] / 61
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C502M - INTERRRUPTOR DE ATIVAÇÃO DA BOMBA PSI

CONECTOR C502M - INTERRRUPTOR DE ATIVAÇÃO DA BOMBA PSI


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF742 (YE) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C502M
INTERRUPTOR DE ATIVAÇÃO
DA BOMBA PSI
B PF745 (YE) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C502M
INTERRUPTOR DE ATIVAÇÃO
DA BOMBA PSI

87692877 3

55.1 [55.100] / 62
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C503M - PWR ACC

CONECTOR C503M - PWR ACC


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF153D (OR) C503M ALIMENTAÇÃO DE
ACESSÓRIO C555F PACOTE DE
JUNÇÃO 3 E 5
B PF053F (BK) C503M ALIMENTAÇÃO DE
ACESSÓRIO C551F PACOTE DE
JUNÇÃO

87692877 4

55.1 [55.100] / 63
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C504FA - EMBREAGEM DA BOMBA

CONECTOR C504FA - EMBREAGEM DA BOMBA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF724 (DB) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C504FA
EMBREAGEM DA BOMBA
2 PF053D (BK) C504FA EMBREAGEM DA BOMBA
C551F PACOTE DE JUNÇÃO

87695909 5

55.1 [55.100] / 64
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C505F - INTERFACE DE PRODUTO DX

CONECTOR C505F - INTERFACE DE PRODUTO DX


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF153B (OR) C505F INTERFACE DE PRODUTO
DX C555F PACOTE DE JUNÇÃO 3
E5
B PF171 (OR) C505F INTERFACE DE PRODUTO
DX C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA
C PF172 (OR) C505F INTERFACE DE PRODUTO
DX C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA

84074635 6

55.1 [55.100] / 65
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C506F - FLUXÔMETRO

CONECTOR C506F - FLUXÔMETRO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF727 (YE)
2 PF726 (DB)
3 PF725 (PK) C506F FLUXÔMETRO C553F NÓ
DO PRODUTO CHAVE B

87696551 7

55.1 [55.100] / 66
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C507F - BOMBA DO PRODUTO

CONECTOR C507F - BOMBA DO PRODUTO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF153 (OR) C520M SAÍDA AIM / REMOTO
C507F BOMBA DO PRODUTO
B PF053 (BK) C520M SAÍDA AIM / REMOTO
C507F BOMBA DO PRODUTO
C PF722B (WH) C520M SAÍDA AIM / REMOTO
C507F BOMBA DO PRODUTO
D PF723B (GY) C520M SAÍDA AIM / REMOTO
C507F BOMBA DO PRODUTO

87692817 8

55.1 [55.100] / 67
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C509M - INTERFACE DA LANÇA ESQUERDA

CONECTOR C509M - INTERFACE DA LANÇA ESQUERDA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF172 (OR) C505F INTERFACE DE PRODUTO
DX C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA
2 PF053B (BK) C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA C551F PACOTE DE
JUNÇÃO
3 PF603B (WH) C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA C601F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
4 PF602B (WH) C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA C601F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
5 PF601B (WH) C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA C601F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
6 PF600A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C509M INTERFACE DA
LANÇA DO LADO ESQUERDO

84147382 9

55.1 [55.100] / 68
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR CC500M - BUJÃO DA TAMPA DA ALIMENTAÇÃO DE CONTROLE NO P500 ANTES DO ENVIO

CONECTOR CC500M - BUJÃO DA TAMPA DA ALIMENTAÇÃO DE CONTROLE NO P500 ANTES DO ENVIO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -
2 - -

87708108 10

55.1 [55.100] / 69
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR CC501M - TAMPA PARA P501

CONECTOR CC501M - TAMPA PARA P501


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -
2 - -

87708108 11

55.1 [55.100] / 70
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR CC503F - BUJÃO DA TAMPA DA ALIMENTAÇÃO DE ACESSÓRIO EM J503 ANTES DO ENVIO

CONECTOR CC503F - BUJÃO DA TAMPA DA ALIMENTAÇÃO DE ACESSÓRIO EM J503 ANTES DO ENVIO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -
2 - -

87692855 12

55.1 [55.100] / 71
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR CC504M - TAMPA EM C504 CONECTAR ANTES DO ENVIO

CONECTOR CC504M - TAMPA EM C504 CONECTAR ANTES DO ENVIO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -
2 - -

87708108 13

55.1 [55.100] / 72
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 51


CONECTOR C510M - INTERFACE DA LANÇA DIREITA

CONECTOR C510M - INTERFACE DA LANÇA DIREITA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF171 (OR) C505F INTERFACE DE PRODUTO
DX C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA
2 PF053C (BK) C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA C551F PACOTE DE
JUNÇÃO
3 PF604B (WH) C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA C601F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
4 PF605B (WH) C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA C607F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
5 PF606B (WH) C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA C607F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
6 PF608A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C510M INTERFACE DA
LANÇA DO LADO DIREITO

84147382 1

55.1 [55.100] / 73
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C511M - SEÇÃO Nº 7 DA LANÇA DIREITA

CONECTOR C511M - SEÇÃO Nº 7 DA LANÇA DIREITA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF607B (WH) C511M SEÇÃO Nº 7 DA LANÇA
DIREITA C607F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
2 - -

87708108 2

55.1 [55.100] / 74
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C514M - INTERRUPTOR DA LANÇA PSI

CONECTOR C514M - INTERRUPTOR DA LANÇA PSI


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF757F (OR) C514M INTERRUPTOR DA LANÇA
PSI C757F PACOTE DE JUNÇÃO
B PF159D (OR) C516F BUJÃO DE CURTO DA
LANÇA PSI BUJÃO EM J516 ANTES
DO ENVIO C514M INTERRUPTOR
DA LANÇA PSI

87692877 3

55.1 [55.100] / 75
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C515F - LANÇA PSI

CONECTOR C515F - LANÇA PSI


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF170A (PK) C553F NÓ DE PRODUTO CHAVE B
C515F LANÇA PSI
B PF059B (DB)
C PF617 (YE)

84078681 4

55.1 [55.100] / 76
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C516F - BUJÃO DE CURTO DA LANÇA PSI BUJÃO EM J516 ANTES DO ENVIO

CONECTOR C516F - BUJÃO DE CURTO DA LANÇA PSI BUJÃO EM J516 ANTES DO ENVIO
NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF159D (OR) C516F BUJÃO DE CURTO DA
LANÇA PSI BUJÃO EM J516 ANTES
DO ENVIO C514M INTERRUPTOR
DA LANÇA PSI
B PF743 (YE) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C516F BUJÃO DE
CURTO DA LANÇA PSI BUJÃO EM
J516 ANTES DO ENVIO

87692855 5

55.1 [55.100] / 77
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C516M - INTERRUPTOR DA LANÇA PSI

CONECTOR C516M - INTERRUPTOR DA LANÇA PSI


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF159Z (OR) C516M INTERRUPTOR DA LANÇA
PSI C516M INTERRUPTOR DA
LANÇA PSI
B PF159Z (OR) C516M INTERRUPTOR DA LANÇA
PSI C516M INTERRUPTOR DA
LANÇA PSI

87692877 6

55.1 [55.100] / 78
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C517F - REMOTO/AIM

CONECTOR C517F - REMOTO/AIM


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF153C (OR) C555F PACOTE DE JUNÇÃO 3 E 5
C517F REMOTO/AIM
B PF053E (BK) C517F COMANDO AIM/REMOTO
C551F PACOTE DE JUNÇÃO
C PF722 (GY) C552F NÓ DE PRODUTO CHAVE A
C517F REMOTO/AIM
D PF723 (WH) C552F NÓ DE PRODUTO CHAVE A
C517F REMOTO/AIM

87692817 7

55.1 [55.100] / 79
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C518F - VÁLVULA DE ASPERSÃO

CONECTOR C518F - VÁLVULA DE ASPERSÃO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF612 (GY) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C518F VÁLVULA DE
ASPERSÃO
B PF613 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C518F VÁLVULA DE
ASPERSÃO

87692855 8

55.1 [55.100] / 80
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C519F - ASPERSÃO PSI

CONECTOR C519F - ASPERSÃO PSI


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF170B (PK) C553F NÓ DE PRODUTO CHAVE B
C519F ASPERSÃO PSI
B PF059A (DB)
C PF616 (YE)

84078681 9

55.1 [55.100] / 81
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONNECTOR CC511F - SEÇÃO Nº 7 DA LANÇA DIREITA BUJÃO DA TAMPA EM J511 ANTES DO ENVIO

CONNECTOR CC511F - SEÇÃO Nº 7 DA LANÇA DIREITA BUJÃO DA TAMPA EM J511 ANTES DO ENVIO
NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -
2 - -

87695909 10

55.1 [55.100] / 82
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 52


CONECTOR C520M - SAÍDA AIM / REMOTO

CONECTOR C520M - SAÍDA AIM / REMOTO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A PF153 (OR) C520M SAÍDA AIM / REMOTO
C507F BOMBA DO PRODUTO
B PF053 (BK) C520M SAÍDA AIM / REMOTO
C507F BOMBA DO PRODUTO
C PF722B (WH) C520M SAÍDA AIM / REMOTO
C507F BOMBA DO PRODUTO
D PF723B (GY) C520M SAÍDA AIM / REMOTO
C507F BOMBA DO PRODUTO

87692802 1

55.1 [55.100] / 83
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C522F - INTERFACE PROD/AIM

CONECTOR C522F - INTERFACE PROD/AIM


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF601C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C601F PACOTE DE JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
2 PF602C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C601F PACOTE DE JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
3 PF603C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C601F PACOTE DE JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
4 PF604C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C601F PACOTE DE JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
5 PF605C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C607F PACOTE DE JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
6 PF606C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C607F PACOTE DE JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
7 PF607C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C607F PACOTE DE JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
8 PF609 (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C522F INTERFACE
PROD/AIM
9 PF610 (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C522F INTERFACE
PROD/AIM

84281913 2

55.1 [55.100] / 84
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C523F - CONJUNTO DA INTERFACE DA LANÇA PARA J523 ANTES DO ENVIO

CONECTOR C523F - CONJUNTO DA INTERFACE DA LANÇA PARA J523 ANTES DO ENVIO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF601 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
2 PF602 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
3 PF603 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
4 PF604 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
5 PF605 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
6 PF606 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
7 PF607 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
11 PF608 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO
12 PF600 (WH) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C523F CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA J523 ANTES DO ENVIO

84146309 3

55.1 [55.100] / 85
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C523M - CONJUNTO DA INTERFACE DA LANÇA PARA P523 ANTES DO ENVIO

CONECTOR C523M - CONJUNTO DA INTERFACE DA LANÇA PARA P523 ANTES DO ENVIO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF601A (WH) C601F PACOTE DE JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA C523M CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA P523 ANTES DO ENVIO
2 PF602A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES DO
ENVIO C601F PACOTE DE JUNÇÃO
DO FIO DA LANÇA
3 PF603A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C601F CONJUNTO DA
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
4 PF604A (WH) C601F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA C523M CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA P523 ANTES DO ENVIO
5 PF605A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES DO
ENVIO C607F PACOTE DE JUNÇÃO
DO FIO DA LANÇA
6 PF606A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C607F CONJUNTO DA
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
7 PF607A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C607F CONJUNTO DA
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
8 PF609 (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C522F INTERFACE
PROD/AIM
9 PF610 (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C522F INTERFACE
PROD/AIM
11 PF608A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C510M INTERFACE DA
LANÇA DO LADO DIREITO
12 PF600A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C509M INTERFACE DA
LANÇA DO LADO ESQUERDO

55.1 [55.100] / 86
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

84278761 4

55.1 [55.100] / 87
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR CC522F - BUJÃO DA INTERFACE PROD/AIM NO J522 ANTES DO ENVIO

CONECTOR CC522F - BUJÃO DA INTERFACE PROD/AIM NO J522 ANTES DO ENVIO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -
2 - -
3 - -
4 - -
5 - -
6 - -
7 - -
8 - -
9 - -
10 - -
11 - -
12 - -

84278761 5

55.1 [55.100] / 88
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 55


CONECTOR C551F - PACOTE DE JUNÇÃO

CONECTOR C551F - PACOTE DE JUNÇÃO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF053A (BK) C551F PACOTE DE JUNÇÃO G1
PRISIONEIRO M12 DO TERRA DO
CHASSI
2 PF053B (BK) C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA C551F PACOTE DE
JUNÇÃO
3 PF053C (BK) C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA C551F PACOTE DE
JUNÇÃO
4 PF053D (BK) C504FA EMBREAGEM DA BOMBA
C551F PACOTE DE JUNÇÃO
5 PF053E (BK) C517F COMANDO AIM/REMOTO
C551F PACOTE DE JUNÇÃO
6 PF053F (BK) C503M ALIMENTAÇÃO DE
ACESSÓRIO C551F PACOTE DE
JUNÇÃO

87708152 1

55.1 [55.100] / 89
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C552F - NÓ DE PRODUTO CHAVE A

CONECTOR C552F - NÓ DE PRODUTO CHAVE A


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF061E (BK/WH) C552F NÓ DE PRODUTO CHAVE A
S061A-PF
3 PF061F (BK/WH) C552F NÓ DE PRODUTO CHAVE A
S061A-PF
4 PFAC14Y (YE)
5 PFAC14G (LG)
6 PF723 (WH) C552F NÓ DE PRODUTO CHAVE A
C517F REMOTO/AIM
7 PF722 (GY) C552F NÓ DE PRODUTO CHAVE A
C517F REMOTO/AIM
10 PF757D (OR) C552F NÓ DE PRODUTO CHAVE A
C757F PACOTE DE JUNÇÃO
12 PF757C (OR) C757F PACOTE DE JUNÇÃO C552F
NÓ DE PRODUTO CHAVE A
PRÓXIMO PFAC14B (BK)
A1
PRÓXIMO PFAC14R (RD)
A2

87700156 2

55.1 [55.100] / 90
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C553F - NÓ DE PRODUTO CHAVE B

CONECTOR C553F - NÓ DE PRODUTO CHAVE B


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF726 (DB)
2 PF727 (YE)
3 PF725 (PK) C506F FLUXÔMETRO C553F NÓ
DO PRODUTO CHAVE B
7 PF059B (DB)
8 PF617 (YE)
9 PF170A (PK) C553F NÓ DE PRODUTO CHAVE B
C515F LANÇA PSI
10 PF059A (DB)
11 PF616 (YE)
12 PF170B (PK) C553F NÓ DE PRODUTO CHAVE B
C519F ASPERSÃO PSI

87705101 3

55.1 [55.100] / 91
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C555F - PACOTE DE JUNÇÃO 3 E 5

CONECTOR C555F - PACOTE DE JUNÇÃO 3 E 5


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
3 PF153A (OR) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C555F PACOTE DE
JUNÇÃO 3 E 5
4 PF153B (OR) C505F INTERFACE DE PRODUTO
DX C555F PACOTE DE JUNÇÃO 3
E5
5 PF153C (OR) C555F PACOTE DE JUNÇÃO 3 E 5
C517F REMOTO/AIM
6 PF153D (OR) C503M ALIMENTAÇÃO DE
ACESSÓRIO C555F PACOTE DE
JUNÇÃO 3 E 5

87708152 4

55.1 [55.100] / 92
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR SC551M - PACOTE DE JUNÇÃO 8 VIAS EM P051 E AMARRAR AO CHICOTE ANTES DO ENVIO

CONECTOR SC551M - PACOTE DE JUNÇÃO 8 VIAS EM P051 E AMARRAR AO CHICOTE ANTES DO ENVIO
NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -

5 5

55.1 [55.100] / 93
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR SC555M - PACOTE DE JUNÇÃO 3x5 VIAS EM P155 E AMARRAR AO CHICOTE ANTES DO ENVIO

CONECTOR SC555M - PACOTE DE JUNÇÃO 3x5 VIAS EM P155 E AMARRAR AO CHICOTE ANTES DO
ENVIO
NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -

5 6

55.1 [55.100] / 94
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 60


CONNECTOR C601F - PACOTE DE JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA

CONNECTOR C601F - PACOTE DE JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF601A (WH) C601F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA C523M CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA P523 ANTES DO ENVIO
2 PF602A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C601F CONJUNTO DA
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
3 PF602B (WH) C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA C601F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
4 PF603A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C601F CONJUNTO DA
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
5 PF604A (WH) C601F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA C523M CONJUNTO
DA INTERFACE DA LANÇA PARA
PARA P523 ANTES DO ENVIO
6 PF604B (WH) C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA C601F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
7 PF604C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C601F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
8 PF603B (WH) C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA C601F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
9 PF603C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C601F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
10 PF602C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C601F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
11 PF601B (WH) C509M INTERFACE DA LANÇA
ESQUERDA C601F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
12 PF601C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C601F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA

55.1 [55.100] / 95
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

84281913 1

55.1 [55.100] / 96
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONNECTOR C607F - PACOTE DE JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA

CONNECTOR C607F - PACOTE DE JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF605A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C607F CONJUNTO DA
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
2 PF606A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C607F CONJUNTO DA
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
3 PF606B (WH) C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA C607F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
4 PF607A (WH) C523M CONJUNTO DA INTERFACE
DA LANÇA PARA P523 ANTES
DO ENVIO C607F CONJUNTO DA
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
8 PF607B (WH) C511M SEÇÃO Nº 7 DA LANÇA
DIREITA C607F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
9 PF607C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C607F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
10 PF606C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C607F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA
11 PF605B (WH) C510M INTERFACE DA LANÇA
DIREITA C607F PACOTE DE
JUNÇÃO DO FIO DA LANÇA
12 PF605C (WH) C522F INTERFACE PROD/AIM
C607F CONJUNTO DA JUNÇÃO DO
FIO DA LANÇA

84281913 2

55.1 [55.100] / 97
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR SC601M - PACOTE DE JUNÇÃO 4 3 VIAS EM P607 E AMARRAR AO CHICOTE ANTES DO ENVIO

CONECTOR SC601M - PACOTE DE JUNÇÃO 4 3 VIAS EM P607 E AMARRAR AO CHICOTE ANTES DO ENVIO
NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -

5 3

55.1 [55.100] / 98
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR SC607 - PACOTE DE JUNÇÃO 4 3 VIAS EM P607 E AMARRAR AO CHICOTE ANTES DO ENVIO

CONECTOR SC607 - PACOTE DE JUNÇÃO 4 3 VIAS EM P607 E AMARRAR AO CHICOTE ANTES DO ENVIO
NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 - -

5 4

55.1 [55.100] / 99
Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 75


CONECTOR C757F - PACOTE DE JUNÇÃO

CONECTOR C757F - PACOTE DE JUNÇÃO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 PF757A (OR) CM5F ANTEPARO, PRODUTO
PARA CABINE C757F PACOTE DE
JUNÇÃO
2 PF757B (OR) C757F PACOTE DE JUNÇÃO C501F
ALIMENTAÇÃO DE CONTROLE
3 PF757C (OR) C757F PACOTE DE JUNÇÃO C552F
NÓ DE PRODUTO CHAVE A
4 PF757D (OR) C552F NÓ DE PRODUTO CHAVE A
C757F PACOTE DE JUNÇÃO
5 PF757E (OR) C757F PACOTE DE JUNÇÃO C500F
ALIMENTAÇÃO DE CONTROLE
6 PF757F (OR) C514M INTERRUPTOR DA LANÇA
PSI C757F PACOTE DE JUNÇÃO

87708148 1

55.1 [55.100] / 100


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR SC757M - PACOTE DE JUNÇÃO 6 VIAS EM P757 E AMARRAR AO CHICOTE ANTES DO ENVIO

87587623 2

55.1 [55.100] / 101


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 04


CONECTOR C041F - C041F

CONECTOR C041F - C041F


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A TL157 (VT) C041F C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA
B TL047 (BK) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C041F

87692855 1

55.1 [55.100] / 102


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 60


CONECTOR C606M - INTERFACE DA LUZ TRASEIRA

CONECTOR C606M - INTERFACE DA LUZ TRASEIRA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 TL054A (BK) C657F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA
2 TL227A (LG) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
3 TL226A (LB) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
4 TL263A (VT) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
5 TL225A (VT) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
10 TL759 (VT) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C658M1 LUZ DE
RESERVA
11 TL157 (VT) C041F C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA
12 TL047 (BK) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C041F

84278761 1

55.1 [55.100] / 103


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 99


CONECTOR C650F1 - CONVERSÃO À ESQUERDA/PISCA-PISCA

CONECTOR C650F1 - CONVERSÃO À ESQUERDA/PISCA-PISCA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 TL226B (LB) C656F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C650F1 CONVERSÃO À
ESQUERDA/PISCA-PISCA
2 TL054F (BK) C650F1 CONVERSÃO À
ESQUERDA/PISCA-PISCA C657F1
PACOTE DE JUNÇÃO

87696093 1

55.1 [55.100] / 104


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONNECTOR C651F1 - CONVERSÃO À DIREITA

CONNECTOR C651F1 - CONVERSÃO À DIREITA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A TL227C (LG) C656F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C651F1 CONVERSÃO À DIREITA
B TL054G (BK) C651F1 CONVERSÃO À DIREITA
C657F1 PACOTE DE JUNÇÃO

87692855 2

55.1 [55.100] / 105


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C651M1 - TAMPA PARA P651 CONECTAR ANTES DO ENVIO

CONECTOR C651M1 - TAMPA PARA P651 CONECTAR ANTES DO ENVIO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A - -
B - -

87692877 3

55.1 [55.100] / 106


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C652F1 - CONVERSÃO À ESQUERDA

CONECTOR C652F1 - CONVERSÃO À ESQUERDA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A TL226C (LB) C656F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C652F1 CONVERSÃO À
ESQUERDA
B TL054B (BK) C652F1 CONVERSÃO À
ESQUERDA C657F1 PACOTE
DE JUNÇÃO

87692855 4

55.1 [55.100] / 107


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C652M1 - TAMPA PARA P650 CONECTAR ANTES DO ENVIO

CONECTOR C652M1 - TAMPA PARA P650 CONECTAR ANTES DO ENVIO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A - -
B - -

87692877 5

55.1 [55.100] / 108


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C653F1 - CONVERSÃO À DIREITA/PISCA-PISCA

CONECTOR C653F1 - CONVERSÃO À DIREITA/PISCA-PISCA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 TL227B (LG) C656F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C653F1 CONVERSÃO À
DIREITA/PISCA-PISCA
2 TL054D (BK) C653F1 CONVERSÃO À
DIREITA/PISCA-PISCA C657F1
PACOTE DE JUNÇÃO

87696093 6

55.1 [55.100] / 109


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C654F1 - PARADA ESQUERDA/PARTE TRASEIRA

CONECTOR C654F1 - PARADA ESQUERDA/PARTE TRASEIRA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 TL054C (BK) C657F1 PACOTE DE
JUNÇÃO C654F1 PARADA
ESQUERDA/PARTE TRASEIRA
2 TL263B (VT) C654F1 PARADA ESQUERDA/
PARTE TRASEIRA C656F1 PACOTE
DE JUNÇÃO
3 TL225B (VT) C654F1 PARADA ESQUERDA/
PARTE TRASEIRA C656F1 PACOTE
DE JUNÇÃO

87696551 7

55.1 [55.100] / 110


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C655F1 - PARADA DIREITA/PARTE TRASEIRA

CONECTOR C655F1 - PARADA DIREITA/PARTE TRASEIRA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 TL054E (BK) C655F1 PARADA DIREITA/PARTE
TRASEIRA C657F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
2 TL263C (VT) C655F1 PARADA DIREITA/PARTE
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
3 TL225C (VT) C655F1 PARADA DIREITA/PARTE
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO

87696551 8

55.1 [55.100] / 111


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C656F1 - PACOTE DE JUNÇÃO

CONECTOR C656F1 - PACOTE DE JUNÇÃO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 TL225C (VT) C655F1 PARADA DIREITA/PARTE
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
2 TL226C (LB) C656F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C652F1 CONVERSÃO À
ESQUERDA
3 TL226B (LB) C656F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C650F1 CONVERSÃO À
ESQUERDA/PISCA-PISCA
4 TL227C (LG) C656F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C651F1 CONVERSÃO À DIREITA
5 TL263C (VT) C655F1 PARADA DIREITA/PARTE
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
6 TL263B (VT) C654F1 PARADA ESQUERDA/
PARTE TRASEIRA C656F1 PACOTE
DE JUNÇÃO
7 TL263A (VT) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
8 TL227B (LG) C656F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C653F1 CONVERSÃO À
DIREITA/PISCA-PISCA
9 TL227A (LG) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
10 TL226A (LB) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
11 TL225B (VT) C654F1 PARADA ESQUERDA/
PARTE TRASEIRA C656F1 PACOTE
DE JUNÇÃO
12 TL225A (VT) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C656F1 PACOTE DE
JUNÇÃO

84281913 9

55.1 [55.100] / 112


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C656M1 - PACOTE DE JUNÇÃO 4 3W E PRENDER O CHICOTE CONECTAR ANTES DO ENVIO

87587629 10

55.1 [55.100] / 113


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C657F1 - PACOTE DE JUNÇÃO

CONECTOR C657F1 - PACOTE DE JUNÇÃO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 TL054A (BK) C657F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA
2 TL054B (BK) C652F1 CONVERSÃO À
ESQUERDA C657F1 PACOTE
DE JUNÇÃO
3 TL054C (BK) C657F1 PACOTE DE
JUNÇÃO C654F1 BATENTE
ESQUERDO/PARTE TRASEIRA
4 TL054D (BK) C653F1 CONVERSÃO À
DIREITA/PISCA-PISCA C657F1
PACOTE DE JUNÇÃO
5 TL054E (BK) C655F1 PARADA DIREITA/PARTE
TRASEIRA C657F1 PACOTE DE
JUNÇÃO
6 TL054F (BK) C650F1 CONVERSÃO À
ESQUERDA/PISCA-PISCA C657F1
PACOTE DE JUNÇÃO
7 TL054G (BK) C651F1 CONVERSÃO À DIREITA
C657F1 PACOTE DE JUNÇÃO
8 TL054H (BK) C657F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C658M1 LUZ DE RESERVA

87708152 11

55.1 [55.100] / 114


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C657M1 - PACOTE DE JUNÇÃO 8W E PRENDER O CHICOTE CONECTAR ANTES DO ENVIO

87270259 12

55.1 [55.100] / 115


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C658F1 - TAMPA CONECTAR ANTES DO ENVIO

CONECTOR C658F1 - TAMPA CONECTAR ANTES DO ENVIO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A - -
B - -

87692855 13

55.1 [55.100] / 116


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C658M1 - LT BKUP

CONECTOR C658M1 - LT BKUP


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A TL759 (VT) C606M INTERFACE DA LUZ
TRASEIRA C658M1 LUZ DE
RESERVA
B TL054H (BK) C657F1 PACOTE DE JUNÇÃO
C658M1 LUZ DE RESERVA

87692877 14

55.1 [55.100] / 117


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 61


CONECTOR C618F - FAROL ESQUERDO

CONECTOR C618F - FAROL ESQUERDO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 426 (VT) C640F INTERFACE C618F FAROL
ESQUERDO
B 416 (BK) S047-HL JUNÇÃO 047 C618F
FAROL ESQUERDO
C 425 (VT) C640F INTERFACE C618F FAROL
ESQUERDO

87697641 1

55.1 [55.100] / 118


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 62


CONECTOR C620F - FAROL DIREITO

CONECTOR C620F - FAROL DIREITO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 428 (VT) C640F INTERFACE C620F FAROL
DIREITO
B 047B (BK) C620F FAROL DIREITO S047-HL
JUNÇÃO 047
C 427 (VT) C640F INTERFACE C620F FAROL
DIREITO

87697641 1

55.1 [55.100] / 119


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 64


CONECTOR C640F - INTERFACE

CONECTOR C640F - INTERFACE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 047A (BK) C640F INTERFACE S047-HL
JUNÇÃO 047
2 426 (VT) C640F INTERFACE C618F FAROL
ESQUERDO
3 428 (VT) C640F INTERFACE C620F FAROL
DIREITO
4 425 (VT) C640F INTERFACE C618F FAROL
ESQUERDO
5 427 (VT) C640F INTERFACE C620F FAROL
DIREITO
6 - -
7 - -
8 - -
9 - -
10 - -
11 - -
12 - -

84281913 1

55.1 [55.100] / 120


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 00


CONECTOR C001 - CAIXA DE DISTRIBUIÇÃO FUSÍVEL DE 20 A

CONECTOR C001 - CAIXA DE DISTRIBUIÇÃO FUSÍVEL DE 20 A


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 BV175A (RD) S175-BV JUNÇÃO C001 CAIXA DE
DISTRIBUIÇÃO FUSÍVEL DE 20 A

84382955 1

55.1 [55.100] / 121


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C002 - TERRA LIMPO

CONECTOR C002 - TERRA LIMPO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 BV155 (B/W) C002 TERRA LIMPO C507M
MÓDULO DO RELÉ

84301910 2

55.1 [55.100] / 122


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 50


CONECTOR C505M - INTERFACE DO CHICOTE DO PRODUTO

CONECTOR C505M - INTERFACE DO CHICOTE DO PRODUTO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A BV153 (OR) C505M INTERFACE DO CHICOTE
DO PRODUTO C507M MÓDULO
DO RELÉ
B BV171 (OR) C505M INTERFACE DO CHICOTE
DO PRODUTO C507M MÓDULO
DO RELÉ
C BV172 (OR) C505M INTERFACE DO CHICOTE
DO PRODUTO C507M MÓDULO
DO RELÉ

87708111 1

55.1 [55.100] / 123


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C507M - MÓDULO DO RELÉ

CONECTOR C507M - MÓDULO DO RELÉ


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 BV155 (B/W) C002 TERRA LIMPO C507M
MÓDULO DO RELÉ
2 BV172 (OR) C505M INTERFACE DO CHICOTE
DO PRODUTO C507M MÓDULO
DO RELÉ
3 BV153 (OR) C505M INTERFACE DO CHICOTE
DO PRODUTO C507M MÓDULO
DO RELÉ
4 BV175B (RD) C507M MÓDULO DO RELÉ S175-BV
SPLICE
5 BV171 (OR) C505M INTERFACE DO CHICOTE
DO PRODUTO C507M MÓDULO
DO RELÉ
6 BV175C (RD) C507M MÓDULO DO RELÉ S175-BV
JUNÇÃO

87696067 2

55.1 [55.100] / 124


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 61


CONECTOR C617FA - LUZ DE TRABALHO ESQUERDA

CONECTOR C617FA - LUZ DE TRABALHO ESQUERDA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 421 (VT) C640F INTERFACE C617FA LUZ DE
TRABALHO ESQUERDA
2 047D (BK) S047-HL JUNÇÃO 047 C617FA LUZ
DE TRABALHO ESQUERDA

84160950 1

55.1 [55.100] / 125


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C618FA - FAROL ESQUERDO

CONECTOR C618FA - FAROL ESQUERDO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 416 (BK) S047-HL JUNÇÃO 047 C618FA
FAROL ESQUERDO
2 - -
3 426 (VT) C640F INTERFACE C618FA FAROL
ESQUERDO
4 425 (VT) C640F INTERFACE C618FA FAROL
ESQUERDO

87745334 2

55.1 [55.100] / 126


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C619FA - LUZ DE TRABALHO DIREITA

CONECTOR C619FA - LUZ DE TRABALHO DIREITA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 418 (VT) C640F INTERFACE C619FA LUZ DE
TRABALHO DIREITA
2 419 (BK) S047-HL JUNÇÃO 047 C619FA LUZ
DE TRABALHO DIREITA

84160950 3

55.1 [55.100] / 127


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 62


CONECTOR C620FA - FAROL DIREITO

CONECTOR C620FA - FAROL DIREITO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 047B (BK) S047-HL JUNÇÃO 047 C620FA
FAROL DIREITO
2 - -
3 428 (VT) C640F INTERFACE C620FA FAROL
DIREITO
4 427 (VT) C640F INTERFACE C620FA FAROL
DIREITO

87745334 1

55.1 [55.100] / 128


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 64


CONECTOR C640F - INTERFACE

CONECTOR C640F - INTERFACE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 047A (BK) C640F INTERFACE S047-HL
JUNÇÃO 047
2 426 (VT) C640F INTERFACE C618FA FAROL
ESQUERDO
3 428 (VT) C640F INTERFACE C620FA FAROL
DIREITO
4 425 (VT) C640F INTERFACE C618FA FAROL
ESQUERDO
5 427 (VT) C640F INTERFACE C620FA FAROL
DIREITO
6 421 (VT) C640F INTERFACE C617FA LUZ DE
TRABALHO ESQUERDA
8 418 (VT) C640F INTERFACE C619FA LUZ DE
TRABALHO DIREITA

84281913 1

55.1 [55.100] / 129


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 00


CONECTOR CM4F - INTERFACE DO ANTEPARO HID

CONECTOR CM4F - INTERFACE DO ANTEPARO HID


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HF155 (OR) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID C413M ALIMENTAÇÃO DE
ACESSÓRIO
3 HF503 (OR) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
4 HF713 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
5 HF712 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
6 HF721 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
7 HF720 (WH) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
8 HF719 (GY) CM40F INTERFACE CM4F
INTERFACE DO ANTEPARO HID
9 HF718 (WH) CM40F INTERFACE CM4F
INTERFACE DO ANTEPARO HID
10 HF717 (GY) CM40F INTERFACE CM4F
INTERFACE DO ANTEPARO HID
11 HF716 (WH) C429M SENSOR, ANTIELEVAÇÃO
DIREITA CM4F INTERFACE DO
ANTEPARO HID
12 HF715 (WH) CM4F INTERFACE DO
ANTEPARO HID C428M SENSOR,
ANTIELEVAÇÃO ESQUERDA
13 HF714 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
14 HF7011 (WH) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
15 HF710 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
16 HF708 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
17 HF709 (WH) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
24 HF137 (OR) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
25 HF883 (WH) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
26 HF884 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
27 HF879 (YE) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
28 HF138 (OR) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE

55.1 [55.100] / 130


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

87704523 1

55.1 [55.100] / 131


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR G1-HF - TERRA DO CHASSI

CONECTOR G1-HF - TERRA DO CHASSI


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HF094A (BK) S094-HF JUNÇÃO 094 TERRA DO
CHASSI G1-HF TERRA DO CHASSI

84123827 2

55.1 [55.100] / 132


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR PD5 - PRISIONEIRO M8 DA ENERGIA DA BATERIA COM TAMANHO PARA ENCAIXAR FIO

CONECTOR PD5 - PRISIONEIRO M8 DA ENERGIA DA BATERIA COM TAMANHO PARA ENCAIXAR FIO
NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HF100A (RD) PD5 PRISIONEIRO M8 DA ENERGIA
DA BATERIA COM TAMANHO PARA
ENCAIXAR FIO S100-HF JUNÇÃO
100 ENERGIA DA BATERIA

84382955 3

55.1 [55.100] / 133


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 04


CONECTOR CM40F - INTERFACE

CONECTOR CM40F - INTERFACE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HF094G (BK) S094C-HF JUNÇÃO 094 TERRA DO
CHASSI CM40F INTERFACE
2 HF094H (BK) CM40F INTERFACE S094C-HF
JUNÇÃO 094 TERRA DO CHASSI
3 HF100B (RD) CM40F INTERFACE S100-HF
JUNÇÃO 100 ENERGIA DA
BATERIA
4 HF100C (RD) CM40F INTERFACE S100-HF
JUNÇÃO 100 ENERGIA DA
BATERIA
5 HF137 (OR) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
6 HF138 (OR) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
7 HF503 (OR) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
10 HF708 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
11 HF709 (WH) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
12 HF710 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
13 HF7011 (WH) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
14 HF714 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
15 HF715A (WH) C428M SENSOR, ANTIELEVAÇÃO
ESQUERDA CM40F INTERFACE
16 HF716A (WH) C429M SENSOR, ANTIELEVAÇÃO
DIREITA CM40F INTERFACE
17 HF717 (GY) CM40F INTERFACE CM4F
INTERFACE DO ANTEPARO HID
18 HF718 (WH) CM40F INTERFACE CM4F
INTERFACE DO ANTEPARO HID
19 HF712 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
20 HF713 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
21 HF719 (GY) CM40F INTERFACE CM4F
INTERFACE DO ANTEPARO HID
22 HF720 (WH) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
23 HF721 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
24 HF879 (YE) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
25 HF883 (WH) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
26 HF884 (GY) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID CM40F INTERFACE
27 HF712A (WH) C412F ELEVAÇÃO DA LANÇA
CM40F INTERFACE

55.1 [55.100] / 134


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR CM40F - INTERFACE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
28 HF713A (GY) CM40F INTERFACE C415F
ABAIXAMENTO DA LANÇA

87696944 1

55.1 [55.100] / 135


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 41


CONECTOR C412F - ELEVAÇÃO DA LANÇA

CONECTOR C412F - ELEVAÇÃO DA LANÇA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HF712A (WH) C412F ELEVAÇÃO DA LANÇA
CM40F INTERFACE
2 HF094J (BK) S094B-HF JUNÇÃO 094 TERRA
DO CHASSI C412F ELEVAÇÃO DA
LANÇA

87695909 1

55.1 [55.100] / 136


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C413M - PWR ACC

CONECTOR C413M - PWR ACC


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A HF155 (OR) CM4F INTERFACE DO ANTEPARO
HID C413M ALIMENTAÇÃO DE
ACESSÓRIO
B HF094C (BK) S094-HF JUNÇÃO 094 TERRA DO
CHASSI C413M ALIMENTAÇÃO DE
ACESSÓRIO

87692877 2

55.1 [55.100] / 137


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C415F - ABAIXAMENTO DA LANÇA

CONECTOR C415F - ABAIXAMENTO DA LANÇA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HF713A (GY) CM40F INTERFACE C415F
ABAIXAMENTO DA LANÇA
2 HF094K (BK) S094B-HF JUNÇÃO 094 TERRA DO
CHASSI C415F ABAIXAMENTO DA
LANÇA

87695909 3

55.1 [55.100] / 138


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 42


CONECTOR C428M - SENSOR, ANTIELEVAÇÃO ESQUERDA

CONECTOR C428M - SENSOR, ANTIELEVAÇÃO ESQUERDA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A HF094L (BK) C428M SENSOR, ANTIELEVAÇÃO
ESQUERDA S094-HF JUNÇÃO 094
TERRA DO CHASSI
B HF715 (WH) CM4F INTERFACE DO
ANTEPARO HID C428M SENSOR,
ANTIELEVAÇÃO ESQUERDA
C HF715A (WH) C428M SENSOR, ANTIELEVAÇÃO
ESQUERDA CM40F INTERFACE
D - -

87697723 1

55.1 [55.100] / 139


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C429M - SENSOR, ANTIELEVAÇÃO DIREITA

CONECTOR C429M - SENSOR, ANTIELEVAÇÃO DIREITA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A HF094M (BK) C429M SENSOR, ANTIELEVAÇÃO
DIREITA S094-HF JUNÇÃO 094
TERRA DO CHASSI
B HF716 (WH) C429M SENSOR, ANTIELEVAÇÃO
DIREITA CM4F INTERFACE DO
ANTEPARO HID
C HF716A (WH) C429M SENSOR, ANTIELEVAÇÃO
DIREITA CM40F INTERFACE
D - -

87697723 2

55.1 [55.100] / 140


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 04


CONECTOR CM40M - INTERFACE

CONECTOR CM40M - INTERFACE


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC094A (BK) C455F JUNÇÃO DE ATERRA-
MENTO CM40M INTERFACE
2 HC094B (BK) C456F JUNÇÃO DE ATERRA-
MENTO CM40M INTERFACE
5 HC137 (OR) CM40M INTERFACE C422F
INTERFACE DO COMANDO AIM
6 HC138 (OR) C422F INTERFACE DO COMANDO
AIM CM40M INTERFACE
7 HC503A (YE) CM40M INTERFACE S503-HC
FORA DO NEUTRO (CENTRO A)
10 HC708 (GY) CM40M INTERFACE C411F DOBRA
DA PONTA ESQUERDA PARA
FORA
11 HC709 (WH) CM40M INTERFACE C410F DOBRA
DA PONTA ESQUERDA PARA
DENTRO
12 HC710 (GY) CM40M INTERFACE C409F DOBRA
DA PONTA DIREITA PARA FORA
13 HC711 (WH) CM40M INTERFACE C408F DOBRA
DA PONTA DIREITA PARA DENTRO
14 HC714 (GY) CM40M INTERFACE C406F NÍVEL
DO LADO ESQUERDO PARA BAIXO
15 HC715 (WH) C407F NÍVEL DO LADO
ESQUERDO PARA CIMA CM40M
INTERFACE
16 HC716 (WH) C405F NÍVEL DO LADO DIREITO
PARA CIMA CM40M INTERFACE
17 HC717 (GY) C404F NÍVEL DO LADO DIREITO
PARA BAIXO CM40M INTERFACE
18 HC718A (WH) CM40M INTERFACE C659F
PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS
19 HC712 (WH) CM40M INTERFACE CM40M
INTERFACE
20 HC713 (GY) CM40M INTERFACE CM40M
INTERFACE
21 HC719A (GY) C659F PACOTE DE JUNÇÃO 4-3
VIAS CM40M INTERFACE
22 WH720A (WH) CM40M INTERFACE C659F
PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS
23 HC721A (GY) C659F PACOTE DE JUNÇÃO 4-3
VIAS CM40M INTERFACE
24 HC879 (YE) C422F INTERFACE DO COMANDO
AIM CM40M INTERFACE
25 HC883 (WH) C422F INTERFACE DO COMANDO
AIM CM40M INTERFACE
26 HC884 (GY) C422F INTERFACE DO COMANDO
AIM CM40M INTERFACE
27 HC712 (WH) CM40M INTERFACE CM40M
INTERFACE
28 HC713 (GY) CM40M INTERFACE CM40M
INTERFACE

55.1 [55.100] / 141


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

87696949 1

55.1 [55.100] / 142


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 40


CONECTOR C400F - DOBRA DA LANÇA ESQUERDA PARA FORA

CONECTOR C400F - DOBRA DA LANÇA ESQUERDA PARA FORA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC721B (GY) C400F DOBRA DA LANÇA
ESQUERDA PARA FORA C659F
PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS
2 HC094P (BK) C400F DOBRA DA LANÇA
ESQUERDA PARA FORA C456F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO

87695909 1

55.1 [55.100] / 143


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C401F - DOBRA DA LANÇA ESQUERDA PARA DENTRO

CONECTOR C401F - DOBRA DA LANÇA ESQUERDA PARA DENTRO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC720B (WH) C401F DOBRA DA LANÇA
ESQUERDA PARA DENTRO C659F
PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS
2 HC094N (BK) C401F DOBRA DA LANÇA
ESQUERDA PARA DENTRO C456F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO

87695909 2

55.1 [55.100] / 144


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C402F - DOBRA DA LANÇA DIREITA PARA FORA

CONECTOR C402F - DOBRA DA LANÇA DIREITA PARA FORA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC719B (GY) C402F DOBRA DA LANÇA DIREITA
PARA FORA C659F PACOTE DE
JUNÇÃO 4-3 VIAS
2 HC094D (BK) C402F DOBRA DA LANÇA DIREITA
PARA FORA C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO

87695909 3

55.1 [55.100] / 145


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C403F - DOBRA DA LANÇA DIREITA PARA DENTRO

CONECTOR C403F - DOBRA DA LANÇA DIREITA PARA DENTRO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC718B (WH) C403F DOBRA DA LANÇA DIREITA
PARA DENTRO C659F PACOTE DE
JUNÇÃO 4-3 VIAS
2 HC094C (BK) C403F DOBRA DA LANÇA DIREITA
PARA DENTRO C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO

87695909 4

55.1 [55.100] / 146


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C404F - NÍVEL DO LADO DIREITO PARA BAIXO

CONECTOR C404F - NÍVEL DO LADO DIREITO PARA BAIXO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC717 (GY) C404F NÍVEL DO LADO DIREITO
PARA BAIXO CM40M INTERFACE
2 HC094M (BK) C404F NÍVEL DO LADO DIREITO
PARA BAIXO C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO

87695909 5

55.1 [55.100] / 147


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C405F - NÍVEL DO LADO DIREITO PARA CIMA

CONECTOR C405F - NÍVEL DO LADO DIREITO PARA CIMA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC716 (WH) C405F NÍVEL DO LADO DIREITO
PARA CIMA CM40M INTERFACE
2 HC094L (BK) C405F NÍVEL DO LADO DIREITO
PARA CIMA C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO

87695909 6

55.1 [55.100] / 148


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C406F - NÍVEL DO LADO ESQUERDO PARA BAIXO

CONECTOR C406F - NÍVEL DO LADO ESQUERDO PARA BAIXO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC714 (GY) CM40M INTERFACE C406F NÍVEL
DO LADO ESQUERDO PARA BAIXO
2 HC094J (BK) C406F NÍVEL DO LADO
ESQUERDO PARA BAIXO C455F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO

87695909 7

55.1 [55.100] / 149


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C407F - NÍVEL DO LADO ESQUERDO PARA CIMA

CONECTOR C407F - NÍVEL DO LADO ESQUERDO PARA CIMA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC715 (WH) C407F NÍVEL DO LADO
ESQUERDO PARA CIMA CM40M
INTERFACE
2 HC094K (BK) C407F NÍVEL DO LADO
ESQUERDO PARA CIMA C455F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO

87695909 8

55.1 [55.100] / 150


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C408F - DOBRA DA PONTA DIREITA PARA DENTRO

CONECTOR C408F - DOBRA DA PONTA DIREITA PARA DENTRO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC711 (WH) CM40M INTERFACE C408F DOBRA
DA PONTA DIREITA PARA DENTRO
2 HC094H (BK) C408F DOBRA DA PONTA DIREITA
PARA DENTRO C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO

87695909 9

55.1 [55.100] / 151


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C409F - DOBRA DA PONTA DIREITA PARA FORA

CONECTOR C409F - DOBRA DA PONTA DIREITA PARA FORA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC710 (GY) CM40M INTERFACE C409F DOBRA
DA PONTA DIREITA PARA FORA
2 HC094G (BK) C409F DOBRA DA PONTA DIREITA
PARA FORA C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO

87695909 10

55.1 [55.100] / 152


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 41


CONECTOR C410F - DOBRA DA PONTA ESQUERDA PARA DENTRO

CONECTOR C410F - DOBRA DA PONTA ESQUERDA PARA DENTRO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC709 (WH) CM40M INTERFACE C410F DOBRA
DA PONTA ESQUERDA PARA
DENTRO
2 HC094F (BK) C410F DOBRA DA PONTA
ESQUERDA PARA DENTRO C455F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO

87695909 1

55.1 [55.100] / 153


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C411F - DOBRA DA PONTA ESQUERDA PARA FORA

CONECTOR C411F - DOBRA DA PONTA ESQUERDA PARA FORA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC708 (GY) CM40M INTERFACE C411F DOBRA
DA PONTA ESQUERDA PARA
FORA
2 HC094E (BK) C411F DOBRA DA PONTA
ESQUERDA PARA FORA C455F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO

87695909 2

55.1 [55.100] / 154


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 42


CONECTOR C422F - INTERFACE DO COMANDO AIM

CONECTOR C422F - INTERFACE DO COMANDO AIM


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC137 (OR) CM40M INTERFACE C422F
INTERFACE DO COMANDO AIM
2 HC883 (WH) C422F INTERFACE DO COMANDO
AIM CM40M INTERFACE
3 HC884 (GY) C422F INTERFACE DO COMANDO
AIM CM40M INTERFACE
4 HC879 (YE) C422F INTERFACE DO COMANDO
AIM CM40M INTERFACE
5 HC138 (OR) C422F INTERFACE DO COMANDO
AIM CM40M INTERFACE

87696067 1

55.1 [55.100] / 155


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C424M - INTERRUPTOR MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA DIREITA

CONECTOR C424M - INTERRUPTOR MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA DIREITA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A HC094Q (BK) C424M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
DIREITA C456F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO
B HC503B (YE) S503-HC FORA DO NEUTRO
(CENTRO A) C424M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
DIREITA
C HC719C (GY) C424M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
DIREITA C659F PACOTE DE
JUNÇÃO 4-3 VIAS
D - -

87697723 2

55.1 [55.100] / 156


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C425M - INTERRUPTOR MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA ESQUERDA

CONECTOR C425M - INTERRUPTOR MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA ESQUERDA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A HC094R (BK) C425M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
ESQUERDA C456F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO
B HC503C (YE) S503-HC FORA DO NEUTRO
(CENTRO A) C425M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
ESQUERDA
C HC721C (GY) C425M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
ESQUERDA C659F PACOTE DE
JUNÇÃO 4-3 VIAS
D - -

87697723 3

55.1 [55.100] / 157


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C426M - INTERRUPTOR MAGNÉTICO DA ENTRADA INTERNA DIREITA

CONECTOR C426M - INTERRUPTOR MAGNÉTICO DA ENTRADA INTERNA DIREITA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A HC094W (BK) C456F JUNÇÃO DE ATERRA-
MENTO C426M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA IN-
TERNA DIREITA
B HC503E (YE) S503-HC FORA DO NEUTRO
(CENTRO A) C426M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA
INTERNA DIREITA
C WH718C (WH) C659F PACOTE DE JUNÇÃO
4-3 VIAS C426M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA
INTERNA DIREITA
D - -

87697723 4

55.1 [55.100] / 158


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C427M - INTERRUPTOR MAGNÉTICO DA ENTRADA INTERNA ESQUERDA

CONECTOR C427M - INTERRUPTOR MAGNÉTICO DA ENTRADA INTERNA ESQUERDA


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A HC094V (BK) C456F JUNÇÃO DE ATERRA-
MENTO C427M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA IN-
TERNA ESQUERDA
B HC503D (YE) C427M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA
INTERNA ESQUERDA S503-HC
FORA DO NEUTRO (CENTRO A)
C HC720C (WH) C659F PACOTE DE JUNÇÃO
4-3 VIAS C427M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA
INTERNA ESQUERDA
D - -

87697723 5

55.1 [55.100] / 159


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR P422 - TAMPA PARA C422F CONECTAR ANTES DO ENVIO

87708148 6

55.1 [55.100] / 160


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 45


CONECTOR C455F - JUNÇÃO DE ATERRAMENTO

CONECTOR C455F - JUNÇÃO DE ATERRAMENTO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC094A (BK) C455F JUNÇÃO DE ATERRA-
MENTO CM40M INTERFACE
2 HC094C (BK) C403F DOBRA DA LANÇA DIREITA
PARA DENTRO C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO
3 HC094D (BK) C402F DOBRA DA LANÇA DIREITA
PARA FORA C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO
4 HC094E (BK) C411F DOBRA DA PONTA
ESQUERDA PARA FORA C455F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
5 HC094F (BK) C410F DOBRA DA PONTA
ESQUERDA PARA DENTRO C455F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
6 HC094G (BK) C409F DOBRA DA PONTA DIREITA
PARA FORA C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO
7 HC094H (BK) C408F DOBRA DA PONTA DIREITA
PARA DENTRO C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO
8 HC094J (BK) C406F NÍVEL DO LADO
ESQUERDO PARA BAIXO C455F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
9 HC094K (BK) C407F NÍVEL DO LADO
ESQUERDO PARA CIMA C455F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
10 HC094L (BK) C405F NÍVEL DO LADO DIREITO
PARA CIMA C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO
11 HC094M (BK) C404F NÍVEL DO LADO DIREITO
PARA BAIXO C455F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO

84146309 1

55.1 [55.100] / 161


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C456F - JUNÇÃO DE ATERRAMENTO

CONECTOR C456F - JUNÇÃO DE ATERRAMENTO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC094B (BK) C456F JUNÇÃO DE ATERRA-
MENTO CM40M INTERFACE
2 HC094N (BK) C401F DOBRA DA LANÇA
ESQUERDA PARA DENTRO C456F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
3 HC094P (BK) C400F DOBRA DA LANÇA
ESQUERDA PARA FORA C456F
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
4 HC094Q (BK) C424M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
DIREITA C456F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO
5 HC094R (BK) C425M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
ESQUERDA C456F JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO
8 HC094V (BK) C456F JUNÇÃO DE ATERRA-
MENTO C427M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA IN-
TERNA ESQUERDA
9 HC094W (BK) C456F JUNÇÃO DE ATERRA-
MENTO C426M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA IN-
TERNA DIREITA

84146309 2

55.1 [55.100] / 162


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR SP455 - PACOTE DE JUNÇÃO 12 W

87269436 3

55.1 [55.100] / 163


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR SP456 - PACOTE DE JUNÇÃO 12 W

87269436 4

55.1 [55.100] / 164


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 56


CONECTOR SP569 - PACOTE DE JUNÇÃO 4X3 12 W

87587629 1

55.1 [55.100] / 165


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 65


CONECTOR C659F - PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS

CONECTOR C659F - PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 HC721B (GY) C400F DOBRA DA LANÇA
ESQUERDA PARA FORA C659F
PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS
2 WH720A (WH) CM40M INTERFACE C659F
PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS
3 HC720C (WH) C659F PACOTE DE JUNÇÃO
4-3 VIAS C427M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA
INTERNA ESQUERDA
4 HC719B (GY) C402F DOBRA DA LANÇA DIREITA
PARA FORA C659F PACOTE DE
JUNÇÃO 4-3 VIAS
5 HC718A (WH) CM40M INTERFACE C659F
PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS
6 WH718C (WH) C659F PACOTE DE JUNÇÃO
4-3 VIAS C426M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA ENTRADA
INTERNA DIREITA
7 HC718B (WH) C403F DOBRA DA LANÇA DIREITA
PARA DENTRO C659F PACOTE DE
JUNÇÃO 4-3 VIAS
8 HC719C (GY) C424M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
DIREITA C659F PACOTE DE
JUNÇÃO 4-3 VIAS
9 HC719A (GY) C659F PACOTE DE JUNÇÃO 4-3
VIAS CM40M INTERFACE
10 HC720B (WH) C401F DOBRA DA LANÇA
ESQUERDA PARA DENTRO C659F
PACOTE DE JUNÇÃO 4-3 VIAS
11 HC721C (GY) C425M INTERRUPTOR
MAGNÉTICO DA SAÍDA INTERNA
ESQUERDA C659F PACOTE DE
JUNÇÃO 4-3 VIAS
12 HC721A (GY) C659F PACOTE DE JUNÇÃO 4-3
VIAS CM40M INTERFACE

84146309 1

55.1 [55.100] / 166


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 57


CONECTOR SP578 - PACOTE DE JUNÇÃO 12 W

87381540 1

55.1 [55.100] / 167


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 99


CONECTOR C509F2 - INTERFACE 5SECT DO LADO ESQUERDO

CONECTOR C509F2 - INTERFACE 5SECT DO LADO ESQUERDO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 172A (RD) C509F2 INTERFACE 5SECT
DO LADO ESQUERDO C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO
2 053A (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO
DE ALIMENTAÇÃO C509F2
INTERFACE SEÇÃO 5 DO LADO
ESQUERDO
3 603 (WH) C572F2 SEÇÃO 3 C509F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
ESQUERDO
4 602 (WH) C509F2 INTERFACE 5SECT DO
LADO ESQUERDO C571F2 SEÇÃO
2
5 601 (WH) C509F2 INTERFACE 5SECT DO
LADO ESQUERDO C569F2 SEÇÃO
1
6 600 (WH) C509F2 INTERFACE 5SECT DO
LADO ESQUERDO C574F2_L
LINHA DE CERCA DO LADO
ESQUERDO

87708152 1

55.1 [55.100] / 168


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C569F2 - SEÇÃO 1

CONECTOR C569F2 - SEÇÃO 1


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 172B (RD) C569F2 SEÇÃO 1 C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
E DE ALIMENTAÇÃO
B 053B (BK) C578F2 JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO C569F2 SEÇÃO 1
C 601 (WH) C509F2 INTERFACE 5SECT DO
LADO ESQUERDO C569F2 SEÇÃO
1

84074635 2

55.1 [55.100] / 169


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C571F2 - SEÇÃO 2

CONECTOR C571F2 - SEÇÃO 2


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 172C (RD) C571F2 SEÇÃO 2 C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
E DE ALIMENTAÇÃO
B 053C (BK) C578F2 JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO C571F2 SEÇÃO 2
C 602 (WH) C509F2 INTERFACE 5SECT DO
LADO ESQUERDO C571F2 SEÇÃO
2

84074635 3

55.1 [55.100] / 170


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C572F2 - SEÇÃO 3

CONECTOR C572F2 - SEÇÃO 3


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 172D (RD) C572F2 SEÇÃO 3 C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
E DE ALIMENTAÇÃO
B 053F (BK) C578F2 JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO C572F2 SEÇÃO 3
C 603 (WH) C572F2 SEÇÃO 3 C509F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
ESQUERDO

84074635 4

55.1 [55.100] / 171


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C574F2_L - LINHA DE CERCA DO LADO ESQUERDO

CONECTOR C574F2_L - LINHA DE CERCA DO LADO ESQUERDO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 600 (WH) C509F2 INTERFACE 5SECT DO
LADO ESQUERDO C574F2_L
LINHA DE CERCA DO LADO
ESQUERDO
B 053E (BK) C574F2_L LINHA DE CERCA
DO LADO ESQUERDO C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO

87692855 5

55.1 [55.100] / 172


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C578F2 - JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE ALIMENTAÇÃO

CONECTOR C578F2 - JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE ALIMENTAÇÃO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 172A (RD) C509F2 INTERFACE 5SECT
DO LADO ESQUERDO C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO
2 172B (RD) C569F2 SEÇÃO 1 C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
E DE ALIMENTAÇÃO
3 172C (RD) C571F2 SEÇÃO 2 C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
E DE ALIMENTAÇÃO
4 053A (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO
DE ALIMENTAÇÃO C509F2
INTERFACE SEÇÃO 5 DO LADO
ESQUERDO
5 053E (BK) C574F2_L LINHA DE CERCA
DO LADO ESQUERDO C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO
6 053C (BK) C578F2 JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO C571F2 SEÇÃO 2
7 053B (BK) C578F2 JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO C569F2 SEÇÃO 1
8 053F (BK) C578F2 JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO C572F2 SEÇÃO 3
9 - -
10 172D (RD) C572F2 SEÇÃO 3 C578F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO
E DE ALIMENTAÇÃO
11 - -
12 - -

84281913 6

55.1 [55.100] / 173


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 57


CONECTOR SP578 - PACOTE DE JUNÇÃO 12 W

87381540 1

55.1 [55.100] / 174


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 57


CONECTOR SP578 - PACOTE DE JUNÇÃO 12 W

87381540 1

55.1 [55.100] / 175


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 99


CONECTOR C510F2 - INTERFACE 5SECT DO LADO DIREITO

CONECTOR C510F2 - INTERFACE 5SECT DO LADO DIREITO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 171A (RD) C510F2 INTERFACE 5SECT
DO LADO DIREITO C575F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO
2 053K (BK) C575F2 TERRA & JUNÇÃO
DE ALIMENTAÇÃO C510F2
INTERFACE 5 SEÇÕES DO LADO
DIREITO
3 604 (WH) C560F2 SEÇÃO 4 C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO
4 605 (WH) C561F2 SEÇÃO 5 C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO
5 - -
6 608 (BK) C574F2 LINHA DE CERCA C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO
7 - -
8 - -

87708152 1

55.1 [55.100] / 176


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C560F2 - SEÇÃO 4

CONECTOR C560F2 - SEÇÃO 4


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 171B (RD) C575F2 JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO C560F2 SEÇÃO 4
B 053D (BK) C560F2 SEÇÃO 4 C575F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
C 604 (WH) C560F2 SEÇÃO 4 C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO

84074635 2

55.1 [55.100] / 177


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C561F2 - SEÇÃO 5

CONECTOR C561F2 - SEÇÃO 5


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 171C (RD) C575F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C561F2 SEÇÃO 5
B 053G (BK) C561F2 SEÇÃO 5 C575F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
C 605 (WH) C561F2 SEÇÃO 5 C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO

84074635 3

55.1 [55.100] / 178


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C574F2 - FENCEROW

CONECTOR C574F2 - FENCEROW


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 608 (BK) C574F2 LINHA DE CERCA C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO
B 053H (BK) C575F2 JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO C574F2 LINHA
DE CERCA

87692855 4

55.1 [55.100] / 179


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C575F2 - JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE ALIMENTAÇÃO

CONECTOR C575F2 - TERRA E JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 171A (RD) C510F2 INTERFACE 5SECT
DO LADO DIREITO C575F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO
2 171B (RD) C575F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C560F2 SEÇÃO 4
3 171C (RD) C575F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C561F2 SEÇÃO 5
4 053K (BK) C575F2 TERRA & JUNÇÃO
DE ALIMENTAÇÃO C510F2
INTERFACE 5 SEÇÕES DO LADO
DIREITO
5 053D (BK) C560F2 SEÇÃO 4 C575F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
6 053G (BK) C561F2 SEÇÃO 5 C575F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
7 - -
8 - -
9 053H (BK) C575F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C574F2 LINHA DE
CERCA
10 - -
11 - -
12 - -

84281913 5

55.1 [55.100] / 180


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 57


CONECTOR SP578 - PACOTE DE JUNÇÃO 12 W

87381540 1

55.1 [55.100] / 181


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 99


CONECTOR C509F2 - C509F2

CONECTOR C509F2 - C509F2


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 172A (RD) C509F2 C578F2 TERRA &
JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
2 053A (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C509F2
3 603 (WH) C572F2 SEÇÃO 3 C509F2
4 602 (WH) C509F2 C571F2 SEÇÃO 2
5 601 (WH) C509F2, C569F2 SEÇÃO 1
6 600 (WH) C509F2 C574F2_L LINHA DE
CERCA DO LADO ESQUERDO

87708152 1

55.1 [55.100] / 182


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C569F2 - SEÇÃO 1

CONECTOR C569F2 - SEÇÃO 1


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 172B (RD) C569F2 SEÇÃO 1 C578F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
B 053B (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C569F2 SEÇÃO 1
C 601 (WH) C509F2, C569F2 SEÇÃO 1

84074635 2

55.1 [55.100] / 183


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C571F2 - SEÇÃO 2

CONECTOR C571F2 - SEÇÃO 2


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 172C (RD) C571F2 SEÇÃO 2 C578F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
B 053C (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C571F2 SEÇÃO 2
C 602 (WH) C509F2 C571F2 SEÇÃO 2

84074635 3

55.1 [55.100] / 184


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C572F2 - SEÇÃO 3

CONECTOR C572F2 - SEÇÃO 3


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 172D (RD) C572F2 SEÇÃO 3 C578F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
B 053F (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C572F2 SEÇÃO 3
C 603 (WH) C572F2 SEÇÃO 3 C509F2

84074635 4

55.1 [55.100] / 185


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C574F2_L - LINHA DE CERCA DO LADO ESQUERDO

CONECTOR C574F2_L - LINHA DE CERCA DO LADO ESQUERDO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 600 (WH) C509F2 C574F2_L LINHA DE
CERCA DO LADO ESQUERDO
B 053E (BK) C574F2_L LINHA DE CERCA DO
LADO ESQUERDO C578F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO

87692855 5

55.1 [55.100] / 186


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C578F2 - TERRA & JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO

CONECTOR C578F2 - JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE ALIMENTAÇÃO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 172A (RD) C509F2 C578F2 TERRA &
JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
2 172B (RD) C569F2 SEÇÃO 1 C578F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
3 172C (RD) C571F2 SEÇÃO 2 C578F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
4 053A (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C509F2
5 053E (BK) C574F2_L LINHA DE CERCA DO
LADO ESQUERDO C578F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
6 053C (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C571F2 SEÇÃO 2
7 053B (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C569F2 SEÇÃO 1
8 053F (BK) C578F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C572F2 SEÇÃO 3
10 172D (RD) C572F2 SEÇÃO 3 C578F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO

84281913 6

55.1 [55.100] / 187


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 57


CONECTOR SP578 - PACOTE DE JUNÇÃO 12 W

87381540 1

55.1 [55.100] / 188


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

Conectores do fio - Diagrama do componente 99


CONECTOR C510F2 - INTERFACE 5SECT DO LADO DIREITO

CONECTOR C510F2 - INTERFACE 5SECT DO LADO DIREITO


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
1 171A (RD) C510F2 INTERFACE 5SECT
DO LADO DIREITO C575F2
JUNÇÃO DE ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO
2 053K (BK) C575F2 JUNÇÃO DE
ATERRAMENTO E DE
ALIMENTAÇÃO C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO
3 604 (WH) C560F2 SEÇÃO 4 C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO
4 605 (WH) C561F2 SEÇÃO 5 C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO
6 608 (BK) C574F2 LINHA DE CERCA C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO

87708152 1

55.1 [55.100] / 189


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C560F2 - SEÇÃO 4

CONECTOR C560F2 - SEÇÃO 4


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 171B (RD) C575F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C560F2 SEÇÃO 4
B 053D (BK) C560F2 SEÇÃO 4 C575F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
C 604 (WH) C560F2 SEÇÃO 4 C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO

84074635 2

55.1 [55.100] / 190


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C561F2 - SEÇÃO 5

CONECTOR C561F2 - SEÇÃO 5


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 171C (RD) C575F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C561F2 SEÇÃO 5
B 053G (BK) C561F2 SEÇÃO 5 C575F2 TERRA
& JUNÇÃO DE ALIMENTAÇÃO
C 605 (WH) C561F2 SEÇÃO 5 C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO

84074635 3

55.1 [55.100] / 191


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C574F2 - FENCEROW

CONECTOR C574F2 - FENCEROW


NÚMERO NÚMERO DO FIO REFERÊNCIA DO CIRCUITO DIAGRAMA ELÉTRICO DA
DO PINO ESTRUTURA
A 608 (BK) C574F2 LINHA DE CERCA C510F2
INTERFACE 5SECT DO LADO
DIREITO
B 053H (BK) C575F2 TERRA & JUNÇÃO DE
ALIMENTAÇÃO C574F2 LINHA DE
CERCA

87692855 4

55.1 [55.100] / 192


Sistemas elétricos - Chicotes e conectores

CONECTOR C575F2 - TERRA &