Você está na página 1de 3

10 coisas para não fazer ao alugar um carro

https://www.pexels.com/photo/car-driving-keys-repair-97075/

O aluguel de carros e qualquer outro veículo se tornaram uma boa alternativa quando
decidimos sair de férias, utilizá-los como meio de transporte ou negócios. As alternativas de
veículos para alugar são inúmeras, dependendo do que precisamos e do nosso propósito, o
que torna a locação de curto prazo uma opção confortável e segura de se locomover.

Confira as 10 coisas que devemos evitar ao alugar um carro.

1. Reservas realizadas na última hora

Planeje a sua viagem com antecedência para poder reservar o veículo que vai precisar com
mais calma, também utilizando plataformas online que as empresas colocam à disposição do
cliente, com diversas informações e detalhes para completar o contrato.

A principal vantagem de reservar o aluguel do carro com antecedência é evitar contratempos


devido à falta de disponibilidade de veículos que está no seu destino e, claro, economizar
tempo realizando esses processos no escritório de aluguel de carros.

2. Região que irá circular com o veículo

É preciso se atentar a segurança no trânsito para evitar situações indesejáveis, portanto,


consulte os regulamentos relacionados à circulação de veículos na região em que deseja
transitar.

3. Análise do catálogo, veículo inapropriado


É preciso escolher um modelo de veículo que se ajuste ao tipo de atividades que você irá
realizar em seu destino, como exemplo, pistas, quantidade de viagens, número de pessoas,
localização, entre outros. Além disso, não se esqueça de considerar outros recursos e
acessórios, como exemplo, artigos esportivos, animais de estimação, entre outros.

4. Não ler o contrato

Durante a contratação do aluguel de carros é imprescindível ler o contrato. Certifique-se das


aplicações e condições de coberturas contratadas, tais como: seguro de assistência rodoviária,
custos extras para gerenciamento de multas de trânsito, reparo, roubo, entre outros. Desse
modo, você evitará possíveis surpresas mais tarde ou durante a estadia.

5. Pular a verificação de requisitos

Não é nenhuma surpresa que a empresa seja consultada se há algum tipo de exigência
relacionada à contratação, como os conhecidos depósitos ou títulos que são devolvidos após a
entrega do veículo. Neste ponto, é preciso se informar sobre as políticas relacionadas a drivers
adicionais, pois pode ser necessário contratar este ponto antecipadamente. A idade mínima do
motorista e carteira de habilitação podem ser uma delas, como a seleção do escritório de
devolução do veículo no final do contrato de aluguel.

6. Não verificar o tanque

Em relação aos serviços incluídos no aluguel de carros, devemos verificar a quilometragem e


combustível. Certifique-se da política da empresa sobre locação, se o serviço inclui depósito
cheio, ou não, se é preciso devolver o veículo com a mesma quantidade de combustível com o
qual fora iniciado no contrato.

7. Não verificar as condições do veículo por completo

Quando realizamos o aluguel de carros é preciso verificar se o mesmo está em perfeitas


condições, com os acessórios automotivos em dia (rádio, luzes, navegador, entre outros)
mesmo nos pequenos detalhes. É permitido até que você tire fotos, pois cada parte pode
verificar o status de entrega e devolução do veículo.

Verifique também a documentação e elementos obrigatórios que o mesmo deve ter. Não se
esqueça de solicitar o manual do veículo.

8. Contrato do carro alugado

Ao alugar carros é preciso solicitar a documentação, não deixe isso de lado. É importante que
solicite uma cópia do contrato do aluguel de carros e toda a documentação referente às taxas,
seguros, inspeção de peças e qualquer outro detalhe que possa ser um prejuízo se algo
acontecer. Mantenha a documentação após o retorno do veículo, pois servirá para resolver
qualquer problema que possa surgir posteriormente, como exemplo, notificações de multas de
trânsito.

9. Falta de cuidado com o veículo


Sabemos que é nosso dever seguir as diretrizes estabelecidas pelas empresas que alugam
carros durante a locação, pois se você não for cuidadoso, arranhar o carro ou qualquer outro
detalhe, a empresa cobrar o prejuízo, caso as regras não sejam cumpridas.

10. Ofertas duvidosas

Ao escolher a empresa para alugar carros, selecione uma de confiança e com bom histórico,
que seja recomendada e reconhecida. Por mais que deseje economizar é preciso desconfiar de
ofertas muito alarmantes, confira as letras pequenas no contrato para não ter que gastar no
orçamento.

Interesses relacionados