Você está na página 1de 10

TIPOS DE AÇO PARA A

CUTELARIA
Os Metais

Os metais puros geralmente não apresentam todas as características necessárias


para serem aplicados na fabricação de produtos utilizados na sociedade. Por isso,
surgiram as ligas metálicas, que são misturas de dois ou mais metais ou de um metal
com outra substância simples por meio de aquecimento.

Esses componentes se fundem em temperatura elevada e depois esfriam,


solidificando-se.
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

As propriedades resultantes que serão úteis para cada aplicação específica serão
determinadas pelos metais que serão usados, pela quantidade de cada metal na
liga, pela estrutura do arranjo cristalino das ligas, pelo tamanho e arrumação dos
cristais e pelos tratamentos adicionais que podem se realizar.

Veja as ligas mais comuns:

Aço:   Formado pela mistura de aproximadamente 98,5% de ferro, 0,5 a 1,7% de


carbono e traços de silício, enxofre e oxigênio. É usado em peças metálicas que
sofrem elevada tração, pois é mais resistente à tração do que o ferro puro. O aço é
uma liga usada para produzir outras ligas metálicas.

Aço Inox:   Formado por 74% de aço, 18% de cromo e 8% de níquel. Por ser
praticamente inoxidável, é usado em talheres, peças de carro, brocas, utensílios de
cozinha e decoração.

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com


TIPOS DE AÇO PARA A
CUTELARIA
O AÇO

O aço é o coração da lâmina e a busca incessante por aços de alto desempenho nos
últimos anos, descobriu se vários aços maravilhosos.
 
O aço por si só não é o único determinante do desempenho da faca é claro,  o
tratamento térmico, a geometria da lâmina, a geometria do fio, a empunhadura e os
materiais empregados afetam o desempenho de uma faca em um determinado
trabalho. No entanto, essas outras qualidades podem ser difíceis de medir. Você não
pode dizer ao ver como uma lâmina foi tratada termicamente, e você só pode fazer
suposições sobre o quão bem a geometria da lâmina e da alça funcionará.
 
Com o aço, no entanto, você pode obter uma lista completa de seus elementos de
liga, algo mensurável e de alguma forma satisfatório.

Como resultado, é fácil cair na armadilha de colocar muita ênfase no próprio aço,
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

e uma faca é muito mais que aço, e é importante relembrar isso.


 
SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

A questão de "qual é o melhor aço" ou "classifica os aços seguintes em ordem do


melhor para o pior" geralmente aparece.  As respostas resultantes nunca podem ser
totalmente precisas, porque dependendo dos trabalhos para os quais a faca será
usada, a geometria da lâmina, a qualidade do tratamento térmico, o que é "melhor"
e o que é "pior" pode ser muito subjetivo.  Se você quiser tomar uma decisão
instruída sobre os aços, tente aprender os fundamentos das propriedades do aço e
vá a partir daí.

Propriedades dos Aços (Desempenho)

O que é que estamos procurando em um aço afinal? 

Bem, o que estamos procurando é força, tenacidade, resistência ao desgaste e


retenção de fio. Às vezes, também estamos procurando por resistência a manchas.

Força 

A capacidade de levar uma pancada sem deformar permanentemente.  Para muitos


tipos de trabalhos, a força é extremamente importante.  Toda vez que algo duro está
sendo cortado ou há tensão lateral n fio, a força se torna um fator crítico.
 
Nos aços, a resistência está diretamente correlacionada com a dureza - quanto mais
duro o aço, mais forte ele é.  Note que com o teste de Rockwell usado para medir a
dureza em um aço, é a dureza da matriz de aço sendo medida, não os
carbonetos.  Então dependendo do tipo do aço, por exemplo: pode ter duas facas
com o mesmo desenho e mesma dureza, porém com resistências diferentes.

Tenacidade

A Tenacidade é a resistência que o  material  possui ao choque ou a percussão


(pancada) sem se romper, ou seja, um  material tenaz  é aquele que possui um alto
grau de deformação sem se romper. Em outras palavras, a tenacidade é quantidade
de energia mecânica que o material pode absorver sem se fraturar.

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com


TIPOS DE AÇO PARA A
CUTELARIA
Resistência ao Desgaste  

Assim como soa, a resistência ao desgaste é a capacidade de resistir à abrasão.  De


um modo geral, a quantidade, tipo e distribuição de carbonetos no aço é o que
determina a resistência ao desgaste.
 
Dureza  

A dureza é obviamente importante em trabalhos como o corte, mas também é


importante a qualquer momento em que a lâmina atinja impurezas mais duras em um
material sendo cortado (por exemplo, papelão, que muitas vezes tem impurezas
incorporadas).

O cuteleiro estará fazendo uma troca de força versus resistência. De um modo geral,
dentro da faixa de dureza que o aço apresenta bom desempenho, à medida que a
dureza aumenta, a resistência também aumenta, mas a tenacidade diminui.  Isso nem
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

sempre é estritamente verdadeiro, mas como regra geral, é preciso. 


SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

Resistência a Manchas
 
A capacidade de resistir à ferrugem (oxidação). Obviamente, essa propriedade pode
ser útil em ambientes corrosivos, como a água salgada.  Além disso, alguns tipos de
materiais são ácidos (por exemplo, alguns tipos de alimentos), e a micro-oxidação
pode levar à perda de fio, durante um pequeno período de tempo.  Nos aços
inoxidáveisde cutelaria, a resistência a manchas é mais afetada pelo cromo livre -
isto é, o cromo que não está amarrado em carbonetos.  Assim, quanto mais cromo é
amarrado em carbonetos, menos cromo livre existe, o que significa mais resistência
ao desgaste, mas menos resistência a manchas.

Retenção de Fio

A capacidade de uma lâmina para segurar um bom fio de corte.  Muitas pessoas
cometem o erro de pensar que a resistência ao desgaste e a retenção de fio são a
mesma coisa.  Certamente, não é,  ou melhor, geralmente não é.  A retenção de fio é
específica do trabalho.  Ou seja, a retenção de fio é uma função da resistência ao
desgaste, resistência e tenacidade.  Mas trabalhos diferentes exigem propriedades
diferentes para segurar um bom fio.

Por exemplo, ao cortar o papelão (que geralmente tem impurezas embutidas), a


resistência torna-se extremamente importante, porque o micro-lascamento é
frequentemente o motivo da degradação do fio.  Ao entalhar madeira muito dura, a
força torna-se muito importante para segurar  o fio, porque a principal razão para a
degradação do fio é a laminação do fio e a impactação.  A resistência ao desgaste
se torna mais importante para o fio quando materiais muito abrasivos, como
carpetes, estão sendo cortados.  E para muitos trabalhos, onde materiais indutores
de corrosão são contatados (como preparação de alimentos), a corrosão pode
afetar a borda rapidamente, então a resistência à corrosão também tem um papel a
desempenhar.

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com


TIPOS DE AÇO PARA A
CUTELARIA
Existem outras propriedades que afetam significativamente o desempenho de corte
de um aço:

Capacidade de ter um melhor aço


 
Alguns aços parecem ter um fio muito mais nítido do que outros aços, mesmo que
sejam afiados da mesma maneira.  Os aços de granulação mais fina parecem ficar
muito mais afiados com muito mais facilidade do que os aços de granulação grossa,
e isso pode definitivamente afetar o desempenho.    Além disso, um objetivo do
processo de forjamento é acabar com um aço de granulação mais fina.  Portanto,
tanto a escolha do aço quanto a maneira como o aço é manuseado podem afetar o
desempenho do corte. 
 
Qual é o "melhor aço".
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

Compreendendo essas propriedades, você começará a entender fundamentalmente


os aços e como a escolha do aço pode afetar o desempenho.  Muitas vezes vejo
SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

pessoas perguntando: qual é o melhor aço? Bem, a resposta depende tanto do que o


aço está sendo usado, e como é tratado termicamente, que o questionador nunca
pode obter uma resposta precisa.  Para um amante de facas, vale a pena gastar um
pouco de tempo para entender as propriedades do aço - apenas fazendo isso bem
ele realmente entende o que o "melhor aço" pode ser para sua aplicação.

Então, a próxima regra geral:

Sabendo os usos que a faca vai executar, e exatamente como esses usos causam a
degradação do fio, você poderá fazer uma escolha muito melhor de aço, se você
geralmente entende as propriedades do aço.

As propriedades dos diferentes aços serão apresentadas abaixo.  Mas em sua busca
pela faca com o "melhor aço" para seus usos, eu sempre sugiro que você pergunte
aos usuários das facas que eles precisam da faca, baseado nisso você tem a
oportunidade de usar e colocar em teste diferentes tipos de aço. 

O Cuteleiro normalmente saberá quais aços que ele pode fazer a sua melhor, então
é importante que tenha conhecimento e prática em cima dos aços escolhidos.  E
como mencionado acima, o tratamento térmico é absolutamente essencial para
trazer o melhor em um aço.  Um fabricante que tenha realmente dominado um
determinado aço (por exemplo, 5160 e 52100) pode ser capaz de fazer esse aço
funcionar bem para muitos usos diferentes. Então nunca vá apenas por gráficos e
propriedades, certifique-se também sobre o conhecimento e prática de tratamento
térmico.

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com


TIPOS DE AÇO PARA A
CUTELARIA
ELEMENTOS DE AÇO

Na sua forma mais simples, o aço é ferro com carbono.  Outras ligas são adicionadas
para fazer o aço se comportar diferentemente uns dos outros. Aqui estão as ligas de
aço importantes em ordem alfabética e alguns aços de amostra que contêm essas
ligas:
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

Carbono (C)

Presente em todos os aços, é o elemento mais importante.  Também aumenta a força


do aço mas, adicionado isoladamente, diminui a resistência.  Geralmente, queremos
que o aço para faca tenha> 0,5% de carbono, o que faz com que seja aço “com alto
teor de carbono”.

Cromo (Cr)

Adicionado para resistência ao desgaste, temperabilidade e (mais importante) para


resistência à corrosão.  Um aço com pelo menos 13% de cromo é tipicamente
considerado aço “inoxidável”, embora outra definição diga que o aço deve ter pelo
menos 11,5% * livre * de cromo (em oposição a ser amarrado em carbonetos) para
ser considerado “inoxidável”. Apesar do nome, todo o aço pode enferrujar se não for
mantido adequadamente.  Adicionar cromo em quantidades elevadas diminui a
resistência.  O cromo é um formador de carboneto, e é por isso que aumenta a
resistência ao desgaste.

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com


TIPOS DE AÇO PARA A
CUTELARIA
Manganês (Mn)

Um elemento importante, o manganês ajuda na estrutura do grão e contribui para a


temperabilidade.  Também força e resistência ao desgaste.  Melhora o aço (por
exemplo, desoxidação) durante a fabricação do aço (trabalho a quente e
laminação). Presente na maioria dos aços de cutelaria, exceto L-6.

Molibdênio (Mo)

Um formador de carboneto, impede a fragilidade e mantém a resistência do aço a


altas temperaturas.  Presente em muitos aços, e aços endurecidos pelo ar (por
exemplo, A2, ATS-34) sempre têm 1% ou mais de molibdênio - o molibdênio é o que
dá a esses aços a capacidade de endurecer no ar.

Níquel (Ni)
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

Adiciona resistência.  Presente em L-6 e 15n20, Acredita-se que o níquel também


desempenha um papel na resistência à corrosão, mas isso ainda não é comprovado.
SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

Fósforo (P)

Presente em pequenas quantidades na maioria dos aços, o fósforo é essencialmente


um contaminante que reduz a resistência.

Silício (Si)
 
Contribui para a força.  Como o manganês, torna o aço mais sólido enquanto está
sendo fabricado.

Tungstênio (W)

Um formador de carboneto, aumenta a resistência ao desgaste.  Quando combinado


adequadamente com cromo ou molibdênio, o tungstênio fará com que o aço seja um
aço de alta velocidade. O aço de alta velocidade M2 possui uma alta quantidade de
tungstênio. O mais forte carbide ex-vanádio.

Vanádio (V)

Contribui para a resistência ao desgaste e endurecimento, e como um formador de


carboneto (na verdade, os carbonetos de vanádio são os carbonetos mais duros)
contribui para a resistência ao desgaste.  Também refina o grão do aço, o que
contribui para a resistência e permite que a lâmina tenha um fio muito afiado.

Enxofre (S)

Contribui para a resistência ao desgaste e endurecimento, e como um formador de


carboneto.

Cobre (Cu)

Contribui para o aumento da resistência atmosférica dos aços.

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com


TIPOS DE AÇO PARA A
CUTELARIA
Alumínio (Al)

O alumínio, adicionado em princípio como desoxidante, age nesse sentido mas


eficientemente que o silício e o manganês, formando com o oxigênio inclusões em
partículas diminutas, com menor efeito nocivo para o aço. O alumínio atua, ainda,
como elemento controlador do crescimento de grãos nos aços.

 
Conclusão

Para concluir, no que se refere a impurezas e inclusões não-metálicas, pode-se tirar


as seguintes conclusões:

- O enxofre, o fósforo, o oxigênio, o hidrogênio são elementos considerados


indesejáveis sob o ponto de vista de qualidade de aço: o fósforo pela sua ação
como elemento que pode acarretar a "fragilidade a frio"; o enxofre pelos sulfetos
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

que forma, sobretudo o de ferro que pode acarretar a "fragilidade a quente"; o


oxigênio, pelas inclusões que forma e o hidrogênio pela fragilidade que pode
SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

conferir ao aço. Esses elementos não podem ser totalmente eliminados, nas
condições normais de fabricação dos produtos siderúrgicos, mas devem ser mantidos
dentro de faixas de teor que não ultrapassem os limites de influência prejudicial
àqueles produtos.

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com


TIPOS DE AÇO PARA A
CUTELARIA
Aços mais Utilizados na Cutelaria

Estes aços são os aços mais frequentemente forjados.  Além disso, os aços carbono
podem ser temperados diferencialmente, para dar uma região do fio mais resistente
e uma parte traseira elástica resistente.  Naturalmente, os aços carbono enferrujam
mais rápido que os aços inoxidáveis, em graus variados.  Os aços carbono também
costumam ser um pouco mais baratos que os aços inoxidáveis - Acredito que todos
os aços mencionados abaixo tenham bom desempenho quando feito o tratamento
térmico adequado.

No sistema de designação de aço AISI, 10xx é de aço carbono, quaisquer outros aços
são de liga de aço. Por exemplo, a série 50xx é composta por aços cromados.
No sistema de designação SAE, os aços com designações de letras (por exemplo, W-
2, A2) são aços-ferramenta.

Existe também um sistema de classificação ASM, mas não é visto com frequência na
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

discussão sobre aços para cutelaria, então vou ignorá-lo por enquanto.  Muitas
vezes, os últimos números em nome de um aço são bastante próximos do teor de
SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

carbono do aço.  Então exemplos 1095 é aprox.  0,95% de carbono.  52100 é aprox.
1,0% de carbono. 5160 é aprox. 0,60% de carbono.

São eles então:


 
O1 

É um excelente aço, que possui uma retenção de fio soberba e é resistente (embora
não seja tão usado quanto, digamos, 5160). No entanto ele enferruja facilmente.
 
5160  

Um aço popular entre os Cuteleiros, pois atende de espadas a facas de cozinha  e


uma variedade de estilos de facas, mas geralmente lâminas maiores que precisam de
maior tenacidade.  É essencialmente um simples aço de mola com adição de cromo
para ajudar no endurecimento.  Tem boa resistência ao desgaste, mas é conhecido
especialmente por sua excelente resistência.  Este aço tem um bom desempenho em
uma ampla gama de durezas, mostrando grande resistência quando endurecido no
baixo Rc 50 para espadas, e endurecido perto dos anos 60 para facas que precisam
de mais retenção de fio. É  aço mais utilizado para testes de performance onde é
necessário dobra da faca em 90 . º

52100 

É um aço comum em rolamento de esferas, hoje está disponível em de barras como


aço virgem. É semelhante a 5160 (embora tenha cerca de 1% de carbono vs. 5160 que
tem aprox. 0,60%), mas mantém uma vantagem maior. É usado frequentemente para
facas de caça e outras facas, onde o usuário está disposto a trocar um pouco da
tenacidade do 5160 por uma melhor resistência ao desgaste.  No entanto, com a
melhoria contínua de 52100 tratamento térmico, este aço está começando a
aparecer em facas maiores e mostrando excelente tenacidade.

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com


TIPOS DE AÇO PARA A
CUTELARIA
Os 10 séries 

1095 (e 1084, 1070, 1060, 1050, etc.) Muitos dos aços da série 10 para cutelaria,
embora 1070 e 1095 sejam os mais populares para facas.  Quando você vai na ordem
de 1095-1050, você geralmente vai de mais carbono para menos, de mais resistência
ao desgaste para menor resistência ao desgaste.  Como tal, você verá 1060 e 1050,
usados frequentemente para espadas e facões comerciais.  Para as facas, o 1095 é
uma espécie de aço-carbono "padrão", não muito caro e tem bom desempenho.  É
razoavelmente resistente e mantém uma boa vantagem, e é fácil de afiar.  Ele
enferruja facilmente.  Este é um aço simples, que contém apenas dois elementos de
liga: 0,95% de carbono e 0,4% de manganês. 

Aço damasco

Aço damasco é obtido através da união de dois u mais tipos de aço, através do
caldeamento, que é a micro fusão de superfície, ou seja os aços se fundem porem
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

fica aparente cada linha dos diferentes tipos de aço. Porém para que estas linhas
fiquem aparentes, é necessário o processo de revelação, onde a peça fica imersa
SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

em uma ácido para que este faça a corrosão de um cos aços, deixando este em
baixo relevo.

Damasco pode ser feito com desempenho e / ou objetivos estéticos em


mente.  Esteticamente, a escolha de materiais é importante.  Um aço brilhante e um
aço mais escuro gravam para mostrar o padrão mais marcante.  Se o fabricante está
indo mais pela beleza do que pelo desempenho, ele pode até usar o níquel puro, que
é brilhante, mas não funciona tão bem quanto o aço para aplicações nas facas com
o 15n20. O outro fator que afeta a beleza é, obviamente, o padrão de a ser
manipulado.  Muitos padrões de Damasco estão disponíveis hoje, de aleatório,
torcidos, montados, turcos e mosaicos.

Os seguintes aços fornecerão linhas brilhantes:

15N20 - conteúdo de níquel

Os seguintes aços fornecerão linhas escuras:

10xx (1070, 1080, 1095)


5160
52100

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com


TIPOS DE AÇO PARA A
CUTELARIA
TDRAHCROB OCRAM AIRALETUC ED ALOCSE

SODAVRESER SOTIERID SO SODOT

Licenciado para Anderson dos Santos - - Protegido por Nutror.com

Interesses relacionados