Você está na página 1de 2

Certeza da fé SEM as emoções da fé?

Daniel Gardner

Isso pode parecer loucura para nossa geração moderna que vive de
sensações, mas SIM: é possível experimentar a certeza da fé sem os
sentimentos da fé.

O casal que acaba de enterrar seu filho. A viúva que perdeu seu marido. O pai
de família que foi demitido. O jovem que sente a dor causada pelo divórcio dos
pais.

Eles podem ter a certeza de que Deus reina soberanamente? Sim. Podem ter a
certeza que Deus usará as circunstâncias para Sua glória? Sim. Podem ter a
certeza da esperança que Deus ainda os ama e quer seu bem? Sim.

Mas isso quer dizer que sentem sensações positivas de segurança, propósito e
cuidado? Não necessariamente. Podem estar sentindo confusão e dor.

Nossa sociedade enaltece a juventude, a emoção e o conforto. E nós cristãos


podemos cair no erro de achar que todo louvor, toda obediência e cada passo
de fé deverá ser acompanhado por emoções profundas e cativantes.

Você pode imaginar as crises que isto pode causar. Duvidamos da nossa
conversão quando não “sentimos” convertidos. Duvidamos do nosso chamado
quando não “sentimos” um sucesso no ministério. Duvidamos da importância
da nossa igreja local quando ela não desperta as mesmas emoções de
adoração que sentimos lá naquele congresso, show ou conferência.

Os sentimentos são importantes. Afinal, não somos seres meramente


intelectuais que conseguem separar, friamente, o saber do sentir. Mas o que
quero dizer é que nem sempre o sentimento vem imediamente após a certeza.
Os Salmos apontam isso. O salmista confessa a certeza da fé mesmo sem
sentir a profunda alegria ou paz que virá somente dias, meses e capítulos
depois.

Deus é maior daquilo que você estiver sentindo hoje. Digo isso para nosso
conforto, não querendo desprezar a crise que você possa estar enfrentando.
Deus é maior, e mais eterno, do que a nuvem de emoção que possa estar a
sua volta. Se, durante o culto prestado na igreja, não sentimos tomados pelas
emoções de quebrantamento e esperança, saiba que Deus é maior do que
isso. Ele permanece fiel. Ele nos ama o mesmo ontem, hoje e para sempre. Ele
é constante. Confie nisso. Abraça essa verdade.

E descanse.