Você está na página 1de 26

CONSULTORIA EM ESTÉTICA: DIAGNÓSTIMO FACIAL BASEADO NA FISIOGNOMONIA

Auriane Froehner¹ Acadêmica do Curso de Cosmetologia e Estética da Universidade do Vale do Itajaí UNIVALI, Balneário Camboriú, Santa Catarina.

Caroline Serpa Ferreira² Acadêmica do Curso de Cosmetologia e Estética da Universidade do Vale do Itajaí UNIVALI, Balneário Camboriú, Santa Catarina.

Fabiana Marin Thives Ellery³ Orientadora; Professora do Curso de Cosmetologia e Estética da Universidade do Vale do Itajaí UNIVALI, Balneário Camboriú, Santa Catarina.

Contatos

¹ carolbombas@hotmail.com ² aurianefroehner@hotmail.com ³ fabianathives@univali.br

RESUMO

Na sociedade atual repleta de informação visual de ícones e modelos a serem seguidos, muitas pessoas, não satisfeitas com sua aparência natural, buscam atingir os padrões de beleza estabelecidos. Por muitas vezes esta busca ocasiona a procura por auxílio de profissionais do campo da estética para modificar aspectos da sua aparência e assim enquadrar-se nestes padrões. Entretanto, é fundamental para estes profissionais o conhecimento do conceito de fisiognomonia para que ele esteja apto a harmonizar a face do indivíduo conforme suas peculiaridades. Este profissional deve levar em consideração não apenas as características físicas da pessoa, mas sim seu verdadeiro eu: seu comportamento, estilo de vida e características psicológicas, a fim de estabelecer uma nova imagem que não esteja apenas dentro dos padrões estabelecidos pela sociedade, mas sim dentro da realidade de vida do indivíduo. De acordo com os conceitos da fisiognomonia como a ciência de conhecer o interior do ser humano pela leitura dos traços do rosto e o visagismo que é a arte de embelezar, valorizando as características pessoais. Partindo destes pressupostos, segue algumas análises dos rostos de personalidades a fim de visualizar como pode ser aplicado a fisiognomonia na estética. Este artigo tem como objetivo demonstrar como o profissional da estética pode atuar como consultor de beleza, através do diagnóstico facial harmonizando os traços fisionômicos com sua personalidade. Para exemplificar o processo de consultoria em estética com o uso da fisiognomonia analisaremos as imagens fotográficas de duas atrizes, onde pode ser observado os seguintes elementos estéticos: formas geométricas encontradas na face, cores de pigmentos e tipos de personalidade. Com este detalhamento é possível oferecer uma consultoria de acordo com seu biótipo e estilo de vida.

Palavras-chaves: Fisiognomonia. Estética. Linguagem Visual. Visagismo.

INTRODUÇÃO

A preocupação com a imagem pessoal esta crescendo muito, a exigência de uma boa

apresentação pessoal atualmente é fator importante em vários âmbitos da vida, seja para conseguir um bom emprego, para afirmação e aceitação na sociedade ou para elevar a auto- estima.

A imagem visual transmitida nos primeiros segundos a uma pessoa pela primeira vez é

suficiente para que ela tire conclusões sobre sua classe social, situação financeira e personalidade. Estas primeiras impressões ditam como será a interação com a pessoa julgada,

se positiva aceitamos-a e se negativa a tendência é fechar as portas para ela. Nessa passagem do visível para o visual, foi necessário reconhecer e, de certa maneira,

integrar três modalidades de tratamento: o documento visual como registro produzido pelo observador; o documento visual como registro ou parte do observável, na sociedade observada; e, finalmente, a interação entre observador e observado (MENESES, 2003).

A sociedade valoriza muito a aparência e constantemente estamos sendo julgados por

ela. O traje correto e adequado ao momento, a combinação estética de peças, cores e estilo, o corpo adequado nos padrões atuais, bem como os cuidados faciais (o corte do cabelo, a maquiagem, a sobrancelha) são importantes para uma composição harmônica e atrativa da imagem. Com tanta preocupação com a imagem pessoal a procura pela estética vem crescendo ano após ano, desta forma os profissionais desta área tiveram que cada vez mais se aperfeiçoar e se diferenciar neste mercado de inúmeras atuações. Conforme dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria

e Cosméticos (2005): percebe-se que o mercado de trabalho para os profissionais

especializados em estética e cosmetologia é bastante amplo e promissor. Ultrapassando as clínicas de estética e salões de beleza, o profissional possui uma ampla área de atuação e um grande contingente de empresas que atuam em atividades vinculadas como, por exemplo, clínicas de cirurgia plástica, de dermatologia, de fisioterapia, perfumarias, spas, academias, hotéis ou pode também estar atuando como consultor e personal da beleza, mercado este que vem crescendo constantemente. O profissional para estar apto à consultoria em estética deve ter conhecimentos específicos em fisiognomonia e visagismo, oferecendo um embasamento teórico importantíssimo para argumentação das suas orientações nos procedimentos escolhidos para cada cliente. A sua atuação profissional revela as qualidades interiores de uma pessoa, de

acordo com suas características físicas e os princípios da linguagem visual, o que a pessoa ao

se observar frente ao espelho não consegue visualizar.

Na realidade o que o visagista faz é basicamente igual ao que um artista faz. Ele

pinta e esculpe, porém, em vez d pintar sobre uma tela ou folha de papel, pinta sobre o rosto;

e em vez de usar barro ou pedra para esculpir; usa cabelo, pente e tesoura[ ]

(HALAWEEL, 2004. p. 15). Em síntese, o presente trabalho tem como objetivo demonstrar como o profissional da estética pode atuar como consultor de beleza através do diagnóstico facial harmonizando os traços fisionômicos com sua personalidade.

] [

METODOLOGIA

A pesquisa no presente artigo foi do tipo qualitativa bibliográfica elaborada através de livros, artigos e materiais disponíveis da área da estética, psicologia, filosofia, fisiognomonia e visagismo. A metodologia do trabalho foi organizada em etapas, as quais permitiram subsidiar o seu desenvolvimento. A fase inicial constitui-se de um aprofundamento teórico- metodológico buscando delimitar o marco teórico da investigação via consulta bibliográfica. Para tal, utilizou-se de conceitos como: linguagem visual, estética, fisiognomonia e visagismo. Definida a linha teórica, delineou-se a parte prática do trabalho, delimitando as fases que compõem a analise do profissional ao observar uma imagem, fotografia, afim de por em prática a criatividade do profissional da estética (BOGDAN; BIKLEN, 1994). Neste artigo foi escolhido para exemplificar o processo de consultoria em estética com uso da fisiognomonia as imagens fotográficas de duas atrizes, onde pode ser observado os seguintes elementos estéticos: formas geométricas encontradas na face, cores de pigmentos e tipos de personalidade. Com este detalhamento é possível oferecer uma consultoria de acordo com seu biótipo e estilo de vida. Linguagem visual

A linguagem visual é um conjunto de práticas pelas quais as imagens podem ser utilizadas para comunicar conceitos. A linguagem visual é espacial e global, milhares de informações são transmitidas ao mesmo tempo num "abrir e fechar os olhos", nem todas as

mensagens são analisadas e decodificadas, são numerosas as que são registradas. Esse campo

de visão fornece-lhe um ponto de vista preciso, o qual influência a sua percepção subjetiva do

mundo visível (HALLAWELL, 2004).

Para profissionais da estética é fundamental e essencial obter informações importantes através da linguagem visual, com estas informações como a cor da pele, os traços que molduram a face, os pontos simétricos e assimétricos, se torna possível diagnosticar quais os tratamentos e técnicas de embelezamentos mais indicados na consultoria. No século VI a.C pelos gregos da antiguidade a linguagem começou a ser desenvolvida, foram os primeiros a procurar meios para representar a realidade visual, pois queriam mais que imagens simbólicas usadas em ritos pelos egípcios. Buscavam na ciência e na matemática conhecimento para criar imagens proporcionais. Por isso a linguagem visual não foi criada aleatoriamente, mas cientificamente (HALLAWELL, 2004). A história nos mostra que o estudo da linguagem não é modismo do século XXI, mas que resgata a valorização da imagem e beleza através dos tempos e parar ressaltar a imagem pessoal a linguagem visual deve ser harmônica com seu estilo de vida. O estudo do uso da imagem visual foi registrado pelos primeiros artistas europeus a utilizar os novos conhecimentos acerca de ótica e perspectiva, foram os italianos do Quattrocento, que transformavam a arte ocidental radicalmente. Logo depois, os grandes artistas florentinos como Leonardo da Vinci (1452-1519), Michelangelo Buonarroti (1475- 1564), e Rafael Sanzio (1483-1520) desenvolveram a arte do realismo significativamente, com novas descobertas sobre a anatomia e o uso da luz, da cor e da perspectiva. Pela primeira vez o ser humano era capaz de criar imagens com muito realismo, volume e profundidade (HALLAWELL, 2004). No livro Linguagem do Rosto, mostra que Aristóteles já havia descrito a importância de analisar a imagem facial e associar ao caráter conforme os dados básicos, desta forma poderiam julgar o caráter de um homem ou animal a partir de sua estrutura corporal. Essa avaliação seria possível por conta de uma hipótese, as inclinações naturais transformariam simultaneamente alma e corpo (ECO, 1989).

Visagismo

O visagismo foi criado pelo cabeleireiro e maquiador francês Fernand Aubry em 1936. Visagismo, palavra derivada de visage, que, em francês, significa rosto, aparência ou personalidade, com o intuito de alinhar a arte de criar uma imagem pessoal a esse mesmo conceito, juntamente com a harmonia de todos os aspectos (HALLAWELL, 2009). Visagismo é a arte de embelezar, valorizando as características pessoais, de acordo com suas características físicas e os princípios da linguagem visual, utilizando a maquiagem,

o corte, a coloração e o penteado do cabelo, entre outros recursos estéticos. Mas deve-se levar em conta o estilo de cada pessoa respeitando a personalidade, estando atento para não criar imagens padronizadas ou alterar sua identidade. O visagismo é fundamentado na individualização, ou seja, não utiliza padrões, estilo ou modismo e sim expressa a beleza de uma pessoa de maneira individualizada. Ele é baseado no princípio de que a beleza existe quando qualidades interiores de uma pessoa são reveladas, com harmonia e estética (HALLAWELL, 2009, p. 114). Entende-se com isso, que o conhecimento da fisiognomia para a estética, auxiliará o profissional a descobrir o que o cliente deseja expressar através da sua imagem. Com esse estudo, o profissional irá criar uma solução visual escolhendo a técnica mais adequada para a harmonização e embelezamento da face através da analise de fotografias faciais.

Fisiognomonia

Conforme Pelozo no site leitura do rosto (2009) especializado em fisiognomonia, relata que a mesma teve seu berço na Índia, quando os antigos habitantes daquele país estudaram as rugas do corpo, causas e origens. Foi desenvolvida pelo Dr Pen Chião na China, considerado o verdadeiro pai dessa ciência. O termo fisiognomonia deriva da palavra grega physionomon, nomon (aquele que conhece), physio (pelo físico), ou seja, é a arte de conhecer

o interior do ser humano pela leitura dos traços do rosto. Martinez (1997) nos conta, que a fisiognomonia se originou no Oriente, mas foram encontrados registros anteriores a Era Cristã, tanto no Oriente quanto no Ocidente. A fisiognomonia tem importante papel para os profissionais da estética, é através dela que podemos analisar a personalidade dos clientes, que permite ao profissional visualizar e aplicar uma consultoria, para melhorar a auto-estima e harmonizar a face. Mas sempre colocando em primeiro lugar a vontade do cliente ou sua própria identidade. Este uso ambíguo da fisiognomonia natural (feio e mal; bonito e mal; feio e bom; bonito e bom) reproduz, obviamente, antigas tendências: por um lado o instinto de associar o espírito ao rosto, por outro a propensão, muito católica, de ver na beleza uma máscara do mal. Diante da inconstância da fisiognomonia natural, a fisiognomonia dita cientifica não tenta associações fáceis: não é a beleza que exprime necessariamente os sentimentos positivos, a analise é conduzida a partir de sinais mais sutis (ECO, 1989, p. 47).

Estética

Pensar em estética em princípio revela a arte e ao belo, porém esta é uma visão simples. A estética permite visualizar além da aparência, a percepção do olhar, do objetivo e subjetivo, permite conhecer suas diferenças e alimenta a criatividade, a sensibilidade, a intuição no momento de analisar uma imagem e diagnosticar como atuar para melhorar esta imagem visual. A estética existiu desde a antiguidade, e até mesmo na pré-história. A palavra estética só apareceu no século XVIII, por Boumgarten (1714-1762), mas significava apenas uma teoria da sensibilidade, de acordo com a palavra grega aisthesis que significa faculdade de sentir ou compreensão dos sentidos (BAYER, 1995, p. 13). Para Bayer (1995), a estética sempre esteve ligada a reflexão filosófica, a crítica literária ou a história da arte. A estética portanto não pretende estabelecer o que deve ser a arte ou o belo, mas pelo contrário, tem a incumbência de dar conta do significado da estrutura, da possibilidade e do alcance metafísico dos fenômenos que se apresentam na experiência estética. Hoje a estética oferece elementos para que o profissional possa identificar o belo de cada um, e com isso informar que é possível transformar o que não está harmônico para sua beleza.

]

sob condição de apresentar-se como

indagação puramente filosófica, isto é, como reflexão que se constrói sobre a experiência

estética e, por isso, não se confunde com ela(BAYER, 1995, p. 17).

sem reduzir-se a crítica, ou a poética, ou a técnica[

A estética é e não pode deixar de ser; melhor, só pode salvar-se na sua autonomia [

]

Consultoria

Consultoria organizacional ou simplesmente consultoria, é uma prestação de serviços profissionais. A palavra consultor vem do latim consultore, que significa aquele que da conselhos. A atividade é exercida por um profissional denominado consultor (LEITE, et al,

2006).

Na área estética, usar da consultoria é indispensável, ela ajuda o profissional a obter informações importantes para o desenvolvimento e aplicação do tratamento. Com as informações obtidas pelo consultor e seu conhecimento em estética, fará com que o trabalho de harmonização da face seja desempenhado com segurança e profissionalismo.

O consultor deve ser, acima de tudo, um facilitador dos processos de mudança, aqui

compreendidos como altamente necessários e desejados simultaneamente por determinada organização, mediante o comprometimento produzido com seus diferentes, líderes, formadores de opiniões e, mais particularmente, com os profissionais de gestão de pessoas, parceiros neste desafio (LEITE, et al, 2006. p. 35). Partindo deste pressuposto o consultor de imagem pessoal precisa entender e conhecer

a rotina do cliente e suas necessidades, para então traçar possíveis mudanças visuais. Por isso

é de extrema importância avaliar as fotografias da face e o preenchimento de uma ficha de avaliação com dados pessoais.

O serviço de consultoria oferecido ao cliente acontece por meio de diagnósticos e

processos e tem o propósito de levantar as necessidades do cliente, identificar soluções e recomendar ações (ORLICKAS, 2011). Na área da estética para ser consultor é fundamental ter sensibilidade ao visualizar detalhes da imagem fotográfica analisada, percepção aguçada em adaptar a proposta estética ao perfil, biótipo e estilo de vida de cada individuo, acompanhar tendências da moda, saber potencializar a linguagem visual entre outras habilidades. O processo de consultoria se dá quando o profissional cria uma metodologia de trabalho que possa ser repetido, caracterizando-se como uma análise completa que diagnosticará quais são as peculiaridades da face de cada individuo e como ressaltar a sua beleza. O primeiro passo no procedimento, é preencher uma ficha de avaliação de visagismo e fisiognomonia. Esta ficha terá a finalidade de obter informações tanto estéticas como da personalidade.

1. Características pessoais

Este primeiro item é bastante importante, pois iremos buscar as informações pessoais e peculiares de cada cliente como seu nome, profissão, idade, sexo e data da avaliação. Desta forma saberemos um pouco de sua vida pessoal como também a data da avaliação que é de extrema importância.

2. Formas Geométricas

Analisar as formas geométricas é o segundo passo para selecionar os tipos de procedimentos e tratamentos invasivos ou não que serão realizados nos clientes. Cada forma geométrica espelha e representa um tipo de beleza, elas nos revelam uma simetria ou

assimetria, mostrando-nos a melhor forma de harmonizar e melhorar a aparência de nossos clientes. Conforme o manual do autor em fisiognominia Martinez (1997) existem cinco principais formas geométricas, são elas: redondo, quadrado, retangular, triangular e hexagonal.

Rosto redondo: este tipo de rosto possui poucos ângulos, sua testa e queixo são menores do que nos rostos ovais, e os olhos freqüentemente são mais espaçados que o usual. São pessoas de caráter franco, jovial e versátil.

usual. São pessoas de caráter franco, jovial e versátil. Figura 1 – Rosto redondo Fonte: Hallawell

Figura 1 Rosto redondo Fonte: Hallawell (2004)

Rosto quadrado: as características desse rosto são mandíbula angulosa e proeminente, raiz do cabelo em linha reta e testa larga. São pessoas com bastante energia, voluntarismo, lealdade, rigidez, ambiciosas, autoritárias, com muita confiança em si mesmas, líderes, se ofendem com facilidade e são atletas. Rosto retangular: possui formato longo, meio quadrado, estreito e geralmente nariz longo. São pessoas delicadas, nobres, trabalhadoras, intelectuais, sensíveis, instáveis e com pouca aptidão para esforços físicos.

Figura 2 – Rosto quadrado e retangular Fonte: Hallawell (2004) Rosto triangular: pessoas com rosto

Figura 2 Rosto quadrado e retangular Fonte: Hallawell (2004)

Rosto triangular: pessoas com rosto triangular possuem testa larga, olhos separados e mandíbula estreita. São pessoas de temperamento nervoso, caprichoso, diplomático e sutis. As pessoas com esse formato têm grande imaginação, boa memória, intuição, perspicácia e não gostam de ser contrariadas.

intuição, perspicácia e não gostam de ser contrariadas. Figura 3 – Rosto tringular Fonte: Hallawell (2004)

Figura 3 Rosto tringular Fonte: Hallawell (2004)

Rosto hexagonal: é semelhante ao rosto oval, em vez de curvas suaves apresenta bastante angulação, testa em forma de trapézio, maças do rosto pronunciadas e as têmporas mais profundas. São pessoas alegres, otimistas, geralmente estão de bom humor e são bem sucedidas em situações em que é preciso contato social.

3. Teoria das Proporções

3. Teoria das Proporções Figura 4 – Rosto hexagonal Fonte: Hallawell (2004) Nesta etapa da consultoria

Figura 4 Rosto hexagonal Fonte: Hallawell (2004)

Nesta etapa da consultoria é necessário avaliar a foto da face e identificar quais são os pontos simétricos e assimétricos. A parte mais desarmônica da face é a assimetria e muitas vezes simboliza a personalidade do mesmo. Como metodologia de análise da face usaremos a Teoria das Proporções do Rosto, de acordo com Camargos (2009, p. 397):

“Segundo a egrégia teoria das proporções herdada do arquiteto romano Vitrúvio, o homem proporcional possui um rosto dividido horizontalmente em três partes simétricas”. As três regiões do rosto segundo Martinez (1997) são mental, afetiva e instintiva (Ver figura 1).

(1997) são mental, afetiva e instintiva (Ver figura 1). Figura 1 – Três regiões do rosto

Figura 1 Três regiões do rosto Fonte: Martinez (1997)

(AB) - Região superior: mental, cerebral ou sistema neuro-sensorial (pensar): equivale à longitude existente entre o início dos cabelos e a raiz do nariz; atribui-se

características relacionadas ao intelecto, ou seja, criatividade, imaginação, sensibilidade intelectual, rapidez de raciocínio, fantasia e curiosidade. (BC) - Região mediana: afetivo ou sistema rítmico (sentir): equivale à longitude existente entre a raiz do nariz e seu final; está diretamente ligada à respiração e inspiração, ação e ritmo, também está associada às emoções, à amabilidade e à sensibilidade. (CD) - Região inferior: instintiva ou sistema metabólico (querer): equivale à longitude existente entre o final do nariz e o final do queixo; está diretamente relacionada à comunicação (palavra, fala), ao dinamismo, à vontade (revela o grau de estabilidade e determinação de uma pessoa), à submissão e à agressividade.

Avaliando as estruturas que constituem a face é possível identificar a personalidade. Analisar cada detalhe do rosto direcionará o profissional com segurança a escolher procedimentos que combinem com a sua singularidade. Conforme o manual do autor em fisiognomonia Martinez (1997), segue as estruturas que compõe a face e suas personalidades.

4.

Testas

Testa reta: possui linha do cabelo reta, são pessoas racionais que acreditam que todos os problemas são resolvidos pela razão, pessoas práticas e metódicas. Testa arredondada: possui a linha da testa arredonda, ondulada e feminina. São pessoas intuitivas, imaginativas, receptivas, sonhadoras. Testa formato M: são pessoas sensíveis, possuem gosto apurado e apreciam a liberdade. Testa em ponta: são pessoas inteligentes, possuem certa insegurança e inadaptação as suas raízes. Testa alta: quando a altura é maior e a largura é desproporcional, são pessoas inteligentes, intelectuais e muito idealizadoras. Quando a altura não é muito desproporcional, revela uma pessoa pensadora, com grandes idéias. Se a altura é desproporcional a largura trata-se de uma pessoa sonhadora, sedutora, interessante e pouco realista. Testa baixa: se caracteriza pela falta de altura frontal, são pessoas que utilizam mais emoção do que a razão e possuem imaginação reduzida.

Testa larga: a característica dessa testa é possuir largura maior que altura, são pessoas práticas, tem facilidade para adquirir conhecimentos em vários campos, mente aberta para tudo que possa lhe trazer benefícios, são pacientes e perseverantes. Testa estreita: caracteriza-se pela carência de frente na região temporal da testa. São pessoas que possuem falta de praticidade, tem dificuldade de estabelecer relações entre elas, precisam ampliar sua visão não deixando ficar limitada e estreita, são pessoas melancólicas. Testa quadrada: este tipo de testa aparenta ângulos visíveis e com volume quase geométrico. São pessoas com mente racional, científica, rígida e rigorosa. Testa trapezional: esta testa se caracteriza por ter na zona superior, o maior desenvolvimento, em largura e modelo. São pessoas idealistas e com enorme capacidade de abstração. Testa cônica: é reconhecida pelo máximo desenvolvimento na região inferior, em largura. Este tipo de testa revela pessoas práticas, realistas e com um sentido apurado de perfeição.

5.

Sobrancelhas

Sobrancelhas arredondadas: pessoas com tendência a ser mais femininas, com maior capacidade de reação do que de ação, caráter modesto, sensualidade, ternura, sensibilidade à estética, inspiração, poder de criação, adaptabilidade e é influenciável. Sobrancelhas arqueadas: pessoas com este tipo de sobrancelha possuem aptidão para o dramático, desejo de estar sempre por cima, são originais, sonhadoras, orgulhosas, sensíveis, excessivas e carinhosas. Sobrancelhas retas: possuem espírito artístico, paz interior, são realistas, tem autodomínio, auto-controle, versatilidade, aspirações espirituais, introversão, tendência a concentração em si mesma e reflexão. Sobrancelhas em acento circunflexo: são pessoas impetuosas, com tendência masculina, predominância de vontade, paixão em excesso, autodomínio, resistência, combatividade, energia e vitalidade. Sobrancelhas descendentes: melancolia, desalento, pessimismo, desanimo, auto-estima baixa são características predominantes desta pessoa. Sobrancelhas ascendentes: pessoas com energia positiva, otimistas, com tendência para dominar, ativas, com espírito criativo e com vontade de vencer. Sobrancelhas relativamente juntas: tendência à concentração, falta de flexibilidade e adaptação, apego as idéias, excessiva sensibilidade, humor melancólico e excentricidade.

Sobrancelhas juntas na raiz do nariz: tem facilidade em se concentrarem em si mesmas, são impulsivas, obstinadas, intransigentes, tímidas, rígidas na moral, no lado sentimental e mental, tem ciúme mórbido e inflexibilidade. Sobrancelhas afastadas: pessoas com este tipo de sobrancelhas possuem características como a calma, emotividade, necessidade de contato, extroversão, tendência ao exibicionismo, incapacidade nos esforços, perseverantes e abertura ao próximo. Sobrancelhas pouco espessas: sensibilidade, falta de poder de decisão, inatividade, timidez, aspirações espirituais, falta de tônus e de energia, caráter fleumático são características dessa pessoa. Sobrancelhas espessas: são pessoas com energia, vitalidade, irritabilidade, dinamismo, ação metódica, capacidade realizadora, autoritarismo, necessidade de atividade física, dinamismo e tendência ao exibicionismo. Sobrancelhas curtas: pessoas com ações rápidas, precipitadas, possuem espontaneidade e dificuldade em relacionamentos por falta de efetividade. Sobrancelhas compridas: este tipo de sobrancelha denomina pessoas com tendência a reflexão, lentidão nas ações, valentia e inteligência. Sobrancelhas baixas próximas dos olhos: possuem como características marcantes a cautela, são pessoas calculistas, com mente insegura, receio em correr riscos e com persistência. Sobrancelhas muito altas: pessoas com caráter móvel e rápido, atitudes descuidadas, irresponsáveis e com dificuldades em ficar sozinhas.

6.

Olhos

Olhos grandes e redondos: possuem altura do orifício palpebral maior que a largura, são inseguras, com medo do desconhecido, tem predisposição para crer em tudo e em todos, sua expansividade favorece a vida social, é afetiva e amplia seu mundo de comunicação, são pessoas sonhadoras e que adoram ser mimadas. Olhos normais: possuem a largura do orifício palpebral maior do que a dos olhos grandes e redondos. São pessoas equilibradas, com afetividade mediana e são eficientes. Olhos pequenos: estes olhos pertencem às pessoas solitárias, zelosas, tímidas, escrupulosas, observadoras, que falam pouco e que possuem poucos amigos. Olhos semicerrados: revelam pessoas persistentes em suas investigações e nos estudos, que têm muito para dar e receber, adaptam-se com facilidade a todos os ambientes, são amáveis, elegantes, frágeis e não deixam transparecer suas emoções.

Olhos saltados: são extrovertidas, com memória excelente, são francas, espontâneas, atenciosas, agradáveis, não tem excesso de entusiasmo nos assuntos relacionados ao coração, porém têm necessidade de amar e ser amada. Devido às funções endócrinas, possuem um estado de espírito nervoso e excitável. Olhos fundos: sinal de introversão e seriedade, olhos profundos revelam senso analítico muito desenvolvido. São pessoas que têm consciência da importância de se ocuparem de suas vidas interiores e são intensas nessas vidas. São excelentes detetives, passam algo pacífico e profundo, misterioso e sensível. Olhos levemente fundos: indicam pessoas hipersensíveis, com grande intuição e prodigiosa memória. Olhos encovados: pessoas que possuem esse tipo de olhos são habilidosas, impulsivas, desconfiadas e dão grande importância às suas vidas anteriores.

7.

Nariz

Nariz comprido e reto: são pessoas responsáveis, esforçadas, possuem muitos talentos,

são amantes da vida e conseguem ser ao mesmo tempo, autoritárias e compreensivas, sérias e agradáveis. Nariz curto: pessoas tímidas, escrupulosas e reservadas, mas em verdade, são nervosas e impulsivas. Não costumam expressar seus sentimentos e são bastante exigentes. Nariz largo: estável emocionalmente, afetuosa e sem pudor. O nariz largo aprecia as satisfações cotidianas e sua filosofia de vida é gozar de todos os prazeres da vida, são pessoas realistas, francas, boas, sensíveis, melancólicas e gostam muito de esportes em contato com a natureza. Nariz grosso: são pessoas ardentes, vivas em tudo, que possuem uma imaginação criadora

e muita coragem. Este tipo de nariz indica um sinal de materialismo, pertence às pessoas realistas e francas.

Nariz aguçado: indica pessoas com grande curiosidade, também pessoas intuitivas, ativas

e que apreciam as coisas finas e delicadas. Em relação à matéria, são desprendidas.

Nariz arrebitado: aspecto infantil e leve são características marcantes dessas pessoas.

São ingênuas, pensam a partir do ponto de vista de outras pessoas, são inteligentes, rápidas

e superficiais.

Nariz aquilino: as pessoas com tal tipo de nariz são exigentes consigo mesmas e com os

outros, são meticulosas, regulares e metódicas. Possuem muita coragem, audácia e não

desistem enquanto não atingem suas metas. Seus instintos são dominadores, profissionalmente não admitem que coloque em dúvida sua honra e palavra dada.

8. Boca

Boca grande: a boca grande revela uma pessoa expressiva, extrovertida, aberta, muito sociável, otimista e que não se desestimula frente aos obstáculos. Possui um forte desejo de companhia, tem caráter nobre, inspira confiança aos demais e os valores morais e intelectuais são importantes para essa pessoa. Boca pequena: são pessoas introvertidas, tem falta de sociabilidade, são cuidadosas, cautelosas e preferem guardar seus sentimentos. Boca moderada: indica pessoas que possuem natureza afetuosa, com caráter decidido e que se preocupam muito com os outros. Boca com os cantos para cima: simboliza pessoas otimistas, amáveis, eficientes, hospitaleiras e que apreciam o convívio social. Nas diversas situações da vida adapta-se com facilidade e não gostam de tomar decisões. Boca com os cantos para baixo: pessoas que possuem esse tipo de boca são melancólicas, descontentes, se lamentam muito e se acham desinteressantes.

9. Lábios

Lábios grossos: indicam impulsividade e fraqueza. As pessoas que possuem esse tipo de lábios são mais instintivas do que racionais, gostam de usufruir os prazeres da vida, são muito cômodas e sensuais. Lábios finos, boca pequena: esses tipos de lábios pertencem às pessoas tímidas, crédulas, calculistas, hipersensíveis, que possuem senso de dever e ordem e suas idéias são rígidas. Lábios finos, boca grande: são pessoas que se irritam com facilidade, tomam decisões com firmeza, possuem desejos fortes e encontram dificuldades na comunicação. Lábios normais: correspondem as pessoas equilibradas, com autodomínio, com senso de justiça, dever, persistentes e responsáveis. Lábio superior para frente: quando o lábio superior avança e é mais cheio que o inferior, revela pessoas com grande afetividade, bondade e de natureza ardente. Lábio inferior para frente: são pessoas que necessitam de amor, é vista pelos outros com frieza, às vezes é agressiva, possuem senso de ordem, precisão, lucidez, ambição e poder.

10.

Queixo

Queixo quadrado: pertence às pessoas francas, autoritárias, realistas, íntegras, instáveis, materialistas, instintivas e com tendência ao egoísmo. Este tipo de queixo é chamado dos esportistas e da ação. Queixo com covinha no meio: são pessoas frias, objetivas, orgulhosas, equilibradas, práticas, com um temperamento extremamente apaixonado e possuem apego aos bens materiais. Queixo redondo: as pessoas com este tipo de queixo são estáveis, com imaginação fértil, estilo de vida flexível, pouco autoritárias, porém sua amabilidade supera isso. Queixo pequeno: reflete pessoas delicadas, tímidas e com muito escrúpulo. Pessoas com queixo pequeno têm dificuldades para se realizar no mundo material, são pessoas prudentes, sentimentais e que preferem uma vida discreta e silenciosa. Queixo triangular pontudo: revela pessoas muito intuitivas, flexíveis, caprichosas e rápidas em suas resoluções. Pessoas que possuem este tipo de queixo têm grande curiosidade, senso de humor, mobilidade de espírito, suas reações são imprevisíveis e impulsivas. Queixo adiposo (duplo ou triplo): são pessoas que apreciam uma boa cozinha, são comunicativas e têm tendência para o sedentarismo.

11. Teoria das Cores

As cores são classificadas em primárias, secundárias e terciárias. As cores primárias originam todas as outras e são elas: vermelho, amarelo e azul. Com esses três pigmentos você pode produzir qualquer outra cor por meio de misturas e, utilizando o branco para clarear, pode obter qualquer tom. Portanto, a tonalidade da cor está presente nos três pigmentos primários (HALLAWELL, 2004).

As cores primárias são de extrema importância para análise da face, pois indicam a variedade de cores da pele humana, dos olhos e do cabelo. Os três pigmentos que provêm das cores primárias originam-se da melanina (marrom/azulado), carotina (amarelo) e hemoglobina (vermelho). São esses pigmentos que classificam a temperatura da pele como quente ou fria.

A cor é um dos elementos mais importantes para avaliar uma imagem. O consultor de beleza trabalha com o rosto, portanto é essencial saber como funciona e como usá-la para

conseguir os diversos efeitos no tom de cabelo, maquiagem e acessórios (HALLAWELL,

2004).

De acordo com os conceitos da fisiognomonia como a ciência de conhecer o interior do ser humano pela leitura dos traços do rosto e o visagismo que é a arte de embelezar, valorizando as características pessoais, partindo destes pressupostos, segue algumas análises dos rostos de personalidades a fim de visualizar como pode se aplicar a teoria do visagismo e da fisiognomonia na estética. Esta consultoria é baseada no manual do autor em fisiognomonia Martinez (1997).

1 NICOLE KIDMAN

FORMATO DO ROSTO E PROPORÇÕES

O formato do rosto da atriz Nicole Kidman é hexagonal (fig. 01) com influência do retangular por ser um pouco mais alongado, pode-se observar que os ângulos são retos e as maçãs do rosto, bem como o queixo, são mais pronunciados.

maçãs do rosto, bem como o queixo, são mais pronunciados. Fig. 01 - formato Fig. 02

Fig. 01 - formato

bem como o queixo, são mais pronunciados. Fig. 01 - formato Fig. 02 – proporções Seu

Fig. 02 proporções

pronunciados. Fig. 01 - formato Fig. 02 – proporções Seu rosto com formato geométrico hexagonal indica

Seu rosto com formato geométrico hexagonal indica que é uma pessoa alegre, otimista, geralmente está de bom humor e é bem sucedida em situações em que é preciso contato social.

Na (fig. 02) pode-se observar que seu rosto é praticamente simétrico, porém a região da testa é maior que as demais. Sua testa é um pouco pronunciada, o que faz com que esta região tenha um destaque ainda maior. As proporções praticamente simétricas revelam um rosto harmônico e fotogênico, porém a predominância da região da testa segundo o aspecto da fisiognomonia, mostra um pouco da personalidade da atriz dando destaque para seu lado mental, intelectual, imaginativo, criativo, curioso e ágil. De acordo com as estruturas a testa além de ser mais pronunciada é reta indicando uma pessoa racional que acredita que todos os problemas são resolvidos pela razão, é pratica e metódica. Suas sobrancelhas muito altas revelam uma pessoa com caráter móvel e rápido, possui atitudes descuidadas, irresponsáveis e com dificuldade de ficar sozinha. Seus olhos pequenos indicam uma personalidade perspicaz, com qualidades de empreendedorismo e intuitiva, que possui desejo inato de ser a primeira, de estar em evidência, é uma pessoa solitária, zelosa, tímida, observadora, que fala pouco e possui poucos amigos. Seu nariz comprido e reto revela uma pessoa responsável, esforçada, com muitos talentos, é amante da vida e consegue ser ao mesmo tempo, autoritária e competitiva, seria e agradável. Já a boca com os cantos para cima simboliza que essa pessoa é amável, eficiente, hospitaleira e que aprecia o convívio social. Nas diversas situações da vida adapta-se com facilidade e não gosta de tomar decisões. Seus lábios normais correspondem a uma pessoa equilibrada, com autodomínio, com senso de justiça, dever, persistência e responsábilidade. Seu queixo triangular pontudo revela uma pessoa bastante intuitiva, flexível, caprichosa e rápida em suas resoluções. Este tipo de queixo revela uma pessoa com curiosidade, senso de humor, mobilidade de espírito, reações imprevisíveis e impulsivas.

PIGMENTOS

pessoa com curiosidade, senso de humor, mobilidade de espírito, reações imprevisíveis e impulsivas. PIGMENTOS Fig. 04

Fig. 04

A pele da atriz Nicole Kidman é clara, com predominância do pigmento azul e em algumas regiões localizadas do pigmento vermelho, não possui interferência do pigmento amarelo. Seus cabelos naturais possuem pigmento vermelho e quando estão pintados loiro quente, graças ao pigmento natural da mesma. Os cabelos naturalmente cacheados aparecem constantemente alisados, porém vemos que em algumas ocasiões ela prefere usar eles com aspecto um pouco mais natural. De acordo com a fisiognomonia o cabelo reflete o tipo de pensamento da pessoa, assim podemos imaginar que ela o usa para externar a forma como ela pensa e quer ser vista em determinado momento.

ANÁLISE E SUGESTÕES

Visto que o rosto da atriz é praticamente simétrico com proporções bastante próximas, ele naturalmente é agradável, porém ela poderia diminuir a proporção da testa usando uma franja lateral levemente desfiada o que deixaria seu rosto ainda mais harmônico. Com relação á maquiagem os olhos não precisam de muito destaque, podendo utilizar tons mais claros e realçar os lábios com pigmentos avermelhados. A atriz pode optar por cores mais frias e fechadas como o verde escuro e azul marinho para as roupas, preto e tons de cinza também favorecem a atriz. Quando quiser passar um ar mais sedutor ela pode usar tons de vermelho mais fechados que contrastam o tom claro da pele.

2. CHRISTINA RICCI

FORMATO DO ROSTO E PROPORÇÕES

O formato do rosto da atriz Christina Ricci é redondo com ângulo um pouco mais marcado no queixo. O que caracteriza um rosto misto com predominância do redondo. Observam-se na sua face várias características marcantes dos rostos redondos, tais como:

ângulos, a testa e o queixo são menores que nos ovais, os olhos são mais espaçados que o usual. Geralmente os olhos e o nariz são arredondados, assim como a linha do cabelo. Seu formato de rosto predominantemente redondo indica que ela tem caráter franco, jovial e versátil.

Fig. 05 formato Fig. 06 proporções As proporções do rosto da atriz são praticamente iguais,

Fig. 05 formato

Fig. 05 formato Fig. 06 proporções As proporções do rosto da atriz são praticamente iguais, tendo

Fig. 06 proporções

Fig. 05 formato Fig. 06 proporções As proporções do rosto da atriz são praticamente iguais, tendo

As proporções do rosto da atriz são praticamente iguais, tendo um sutil destaque para a região dos olhos e nariz, o que de acordo com a fisiognomonia demonstra que ela é uma pessoa de natureza afetiva, amável, sensível e emotiva, está diretamente ligada à respiração e inspiração, ação e ritmo, também está associada às emoções. Seu rosto praticamente simétrico tem nos olhos o ponto assimétrico, pois estes são maiores do que o nariz e a boca, o que destaca ainda mais esta região da face. De acordo com as estruturas da face a testa da atriz é arredondada, ondulada e feminina, revelando uma pessoa intuitiva, receptiva e sonhadora. Suas sobrancelhas são arqueadas e pouco espessas indicando que ela é uma pessoa que possui aptidão para o dramático, desejo de estar sempre por cima, é original, sonhadora, orgulhosa, sensível, excessiva e carinhosa, possui falta de poder de decisão, inatividade, timidez, aspirações espirituais, falta de tônus e de energia. Seus olhos grandes, indicam que ela é insegura, possui medo do desconhecido, tem predisposição para crer em tudo e em todos, sua expansividade favorece a vida social, afetiva e amplia seu mundo de comunicação, sonhadora que adora ser mimada. Esta combinação de rosto arredondado, com ar infantil é clássico com os olhos grandes, que segundo a fisiognomonia representam uma pessoa com imaginação, versatilidade e sensualidade, faz com que o rosto da atriz tenha a combinação de uma beleza ingênua e romântica, mas ao mesmo tempo sedutora. Já seu nariz aguçado indica uma pessoa com grande curiosidade, intuitiva, ativa e que aprecia as coisas finas e delicadas. Em relação a matéria, é desprendida. A boca com os cantos voltados para baixo, revela uma pessoa melancólica, descontente, que se lamentam muito e se acha desinteressante. Seus lábios normais correspondem a uma pessoa equilibrada, com autodomínio, com senso de justiça, dever, persistência e responsábilidade. O queixo triangular pontudo revela uma pessoa muito intuitiva, flexível, caprichosa e rápida em suas resoluções.

PIGMENTOS

PIGMENTOS Fig. 07 pigmentos O pigmento predominante na pele da atriz é o pigmento vermelho, com

Fig. 07 pigmentos

O pigmento predominante na pele da atriz é o pigmento vermelho, com pouca interferência do azul e do amarelo. Quanto aos cabelos, como a atriz começou no meio artístico muito jovem, fica difícil precisar qual a coloração natural dos mesmos. Durante sua carreira ela mudou várias vezes o corte e a coloração o que podemos verificar na (fig. 07), porém sempre mantendo eles lisos e na maioria das vezes com cortes simétricos.

ANÁLISE E SUGESTÕES

A atriz Christina Ricci tem um rosto com formato predominantemente redondo de proporções praticamente simétricas, seu ponto de destaque é na área das sobrancelhas, olhos e nariz, com destaque para os olhos que são os pontos assimétricos da face. A atriz tem um formato de rosto de aspecto mais romântico que pode se tornar sedutor quando tem os olhos mais marcados. Em nossa opinião seu rosto é super versátil e ela pode abusar das transformações de coloração de cabelo e maquiagem. Pode usar os cabelos mais escuros quando quiser passar uma imagem mais madura e séria, ou os cabelos loiros dourados quando quiser parecer mais jovem e descontraída. Ela pode variar a maquiagem, marcando mais os olhos para deixá-los ainda mais assimétricos e exóticos, pois neste caso o que poderia ser um ponto fraco torna-se seu ponto forte, ou valorizar a boca com cores mais escuras equilibrando-a em relação aos olhos. Quanto ao corte de cabelo os formatos mais geométricos, com a lateral reta sobre a face modificam positivamente seu formato de rosto, o uso de franja suaviza o arredondado da

raiz do cabelo e destaca o ângulo do queixo, porém a franja não deve ser muito fechada para não dar a uma sensação de peso no rosto.

As sobrancelhas devem ser sempre alongadas e definidas com lápis para acompanhar o

desenho dos olhos. Os zigomáticos também devem ser destacados para diminuir o aspecto

redondo do rosto.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Constantemente a sociedade e a mídia nos apresentam muitas informações visuais, são vários ícones de beleza e modelos a serem seguidos. As pessoas não satisfeitas com sua imagem exteriorizada, procuram profissionais da estética para que os mesmos auxiliem a alcançar os resultados que almejam. Entre muitos dos caminhos que o profissional da estética pode seguir um grande diferencial é ser consultor da beleza, para tal o mesmo precisa unir seu conhecimento em visagismo com fisiognomonia. É fundamental o profissional respeitar a personalidade, o “eu” de cada um, para que possa harmonizar a face não modificando as características pessoais de seu cliente. Após analisarmos a foto de duas atrizes realizamos a consultoria, buscamos no livro de Martinez (1997) os significamos dos traços e formas da face e seguimos os itens para a

harmonização desses rostos. Percebemos com essa consultoria estética e com o conhecimento da fisiognomonia como podemos mudar ou afetar alguns aspectos da personalidade de uma pessoa com um simples levantar das sobrancelhas, ou mesmo com um corte de cabelo. As primeiras fotos analisadas foram da atriz Nicole Kidman, visualizamos que a mesma possui um rosto bastante harmônico e fotogênico, porém sua a testa é um pouco pronunciada. Segundo Martinez (1997) revela uma pessoa intelectual, imaginativa, criativa, curiosa e ágil. Indicaríamos para esta atriz que fizesse um corte que disfarçasse sua testa, uma franja lateral levemente desfiada seria uma boa solução.

A segunda atriz analisada foi Christina Ricci que possui um rosto com formato

predominantemente redondo de proporções praticamente simétricas, sua região assimétrica são os olhos. De acordo com Martinez (1997) indica uma pessoa de natureza afetiva, amável,

sensível e emotiva, está diretamente ligada à respiração e inspiração, ação e ritmo, também está associada às emoções.

Seu rosto é super versátil, desta forma ela pode abusar das transformações de coloração de cabelo e maquiagem. Concluímos que o conhecimento em fisiognomonia é de extrema importância para o profissional consultor da estética, pois antes de harmonizar a face o mesmo deve identificar através da leitura facial e dos traços do rosto a personalidade de seu cliente para então selecionar quais os tratamentos mais adequados a necessidade física e psicológica de cada um, sejam estes tratamentos recomendados invasivos ou não. Neste artigo as recomendações foram apenas através de corte de cabelo e uso de cores adequadas ao tipo de pele e personalidade no uso da maquiagem e acessórios.

REFERÊNCIAS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE HIGIENE PESSOAL, PERFUMARIA E COSMÉTICOS. O bilionário mercado da beleza. São Paulo, 2005. Disponível em:

<http://www.abihpec.org.br>. Acesso em: 15 set. 2010.

BAYER, Raymond. História da estética. Lisboa: Editorial Estampa, 1995.

BOGDAN, Robert C.; BIKLEN, Sari Knopp. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto, 1994.

CAMARGOS, C. N. et al. Da imagem visual do rosto humano: simetria, textura e padrão. Saúde soc. São Paulo, v. 18, n. 3, p. 395-410, 2009.

ECO, Umberto. Sobre os espelhos e outros ensaios. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira,

1989.

HALLAWELL, Philip. Visagismo: Harmonia e Estética. 2. ed. São Paulo: SENAC São Paulo, 2004.

LEITE, Luiz Augusto Mattana da Costa et al. Consultoria em gestão de pessoas. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

MARTINEZ, Valquiria. Mistérios do rosto: Manual de Fisiognomonia. 4. ed. São Paulo:

Madras, 1997.

MENESES, Ulpiano. Fontes visuais, cultura visual, história visual: Balanço provisório propostas cautelares. Associação Nacional de História. São Paulo, 2003.

ORLICKAS, Elizenda. Consultoria interna de recursos humanos: Pesquisa e benchmarking em empresas de ponta. São Paulo: Futura, 2011.

PELOZO, Fabio. Fisiognomonia. 2009. Disponível em: <http:// www.leituraderosto.com.br>. Acesso em: 10 out. 2010.

APÊNDICE A

 

Ficha de Anamnese baseada na Fisiognomonia e Visagismo

 
 

1.

Nome:

Data de Nascimento:

Profissão:

Sexo:

 

2.

Formato geométrico predominante do rosto

 
 

( ) Redondo (

) Quadrado ( ) Retangular (

) Triangular (

) Hexagonal

 
 

3.

Teoria das Proporções do Rosto

 

(

) Superior PENSAR (

) Região mediana SENTIR (

) Região inferior QUERER

 

4.

Estrutura da face Testa

 

(

) Reta (

) Arredondada (

) Formato M (

) Em ponta (

) Alta (

) Baixa (

) Larga (

) Estreita

(

) Quadrada (

) Trapezoidal (

) Cônica

 
 

5.

Estrutura da face Sobrancelhas

 

(

) Arredondadas (

) Arqueadas (

) Retas (

) Acento circunflexo (

) Descendentes (

) Ascendentes

(

) Relativamente juntas (

) Juntas na raiz do nariz (

) Afastadas (

) Pouco espessas (

) Espessas

(

) Curtas (

) Compridas ( ) Baixas próximas dos olhos (

) Muito alta

 
 

6.

Estrutura da face Olhos

 

(

) Grandes e redondos (

) Normais (

) Pequenos (

) Semicerrados (

) Saltados (

) Fundos (

) Levemente fundos

(

) Encovados

 

7.

Estrutura da Face Nariz

 

(

) Comprido e reto (

) Curto (

) Largo (

) Grosso (

) Aguçado (

) Arrebitado (

) Aquilino

 

8.

Estrutura da face Boca

 

(

) Grande (

) Pequena (

) Moderada (

) Com os cantos para cima ( ) Com os cantos para baixo

 

9.

Estrutura da face Lábios

) Grossos ( frente

(

) Finos, boca pequena (

)Finos, boca grande (

) Normais (

) Superior para frente (

) Inferior para

 

10.

Estrutura da face - Queixo

(

) Quadrado (

) Com covinha no meio (

) Redondo (

) Pequeno (

) Triangular pontudo (

) Adiposo

 

11.

Teoria das Cores

Cor do pigmento predominante que da a cor da pele, olhos e cabelo: ( ) Amarelo ( ) Vermelho ( ) Azul

 

Cor dos olhos: ( ) Castanho ( ) Verde ( ) Azul ( ) Negro ( ) Mel

Cor do cabelo: ( ) Castanho quente ( ) Castanho frio ( ) Loiro quente ( ) Loiro frio ( ) Ruivo

Cor da pele: ( ) Branca ( ) Morena ( ) Negra

 

Temperatura da pele: ( ) Fria ( ) Quente

Informações relevantes para o profissional: