Você está na página 1de 2

Técnicas de gestão de bases de dados

Ficha 1-Noções de Análise Estruturada de Sistemas

1-
a) Verdadeiro
b) Verdadeiro

2- O papel do analista de sistemas é o de estudar um sistema de forma a apurar quais os


factos e os processos relevantes e o de interessar-se pela forma como o sistema é
desenvolvido e mantido, garantindo que o mesmo atinja os seus objectivos ao realizar o
que deve ser feito e o que é certo.

3- Um sistema automatizado é aquele que interage e continua ou descontinuamente sem


intervenção de terceiros, um sistema não automatizado é aquele que se baseia o seu
funcionamento no trabalho constante de quem o mantém e se serve dele.

4- A análise de sistemas consiste em realizar um estudo de forma a compreender com


ele funciona, ou seja: conhecer os seus objectivos, decompô-lo em componentes,
conhecer cada um dos componentes e as relações entre si, diagnosticar problemas e
determinar o seu funcionamento em geral.

5-O modelo ambiental serve para descrever os objectivos do sistema, definir as


entidades externas criando uma fronteira entre ele e o meio ambiente e quais eventos do
ambiente externo deve responder.

6- O modelo comportamental descreve as acções que o sistema deve levar a cabo para
responder adequadamente aos eventos previstos no modelo ambiental.

7- Os três componentes para especificar um sistema são:


Definições de objectivos – descreve a finalidade do sistema.
Lista de eventos – enumera os acontecimentos que ocorrem no exterior interagindo
com o sistema.
Diagrama de contexto – representa o sistema como o único processo e as suas
interacções com o meio ambiente. Pode ser acompanhado de um dicionário de dados.

8- O diagrama de contexto deve mostrar as relações entre o sistema e o meio ambiente,


apresentando o sistema com um único processo. Pode ser considerado um caso especial
diagramas de fluxo de dados, pois apresenta uma visão mais geral das principais
funções do sistema e as suas interfaces com o meio ambiente.

9- Um diagrama de fluxo de dados apresenta uma perspectiva lógica do sistema, com o


objectivo de descrever graficamente o fluxo de informação e as transformações
aplicadas aos dados.

10- O diagrama de entidade associação ou relacionamento tem como objectivo modelar


de forma lógica a estrutura de armazenamento de dados definindo as entidades do
sistema a quem pertencem os dados, as associações ou relacionamentos entre os dados e
as características ou atributos dos dados e das associações.

Nuno Pimenta 12º c nº 5 1


Pinhal Novo 19 de Outubro de 2007
Tgbd ficha 1
11-Fluxo de dados é um duo de informações que transita entre os componentes do
diagrama de fluxo de dados.

12-O dicionário de dados é uma ferramenta de texto de suporte á análise, que contem
informação sobre os dados. Permite descrever os fluxos de dados, os depósitos de
dados, os elementos de dados e outros elementos que compõem um diagrama de fluxo
de dados.

13-Os mapas de Gantt ou gráficos de barras, desenvolvidos por Henry Gantt, permitem
de forma simples e evidente visualizar a distribuição das actividades no tempo, embora
apenas se possam aplicar a pequenos projectos, uma vez que se tornariam
desmesuradamente grandes. São construídos de cima para baixo e as unidades de tempo
da esquerda para a direita.

14-As redes de Pert (Program Evaluation and Review Technique – Técnica de


Acompanhamento e Revisão de um Programa) permitem a integração de centenas de
actividades industriais e cientificas e simultaneamente determinar o progresso do
projecto. Divide um projecto em tarefas mais pequenas, que dependem umas das outras.
Assim, é fácil perder o contacto com o projecto enquanto se gere uma destas tarefas e
muitas vezes a dependência entre elas não é evidente, mesmo daquelas cuja finalização
é crítica para o arranque de outras tarefas.

Nuno Pimenta 12º c nº 5 2


Pinhal Novo 19 de Outubro de 2007
Tgbd ficha 1