Você está na página 1de 48

Pelo prazer

de conduzir
Voz da Região
Figura da semana A pergunta da semana
Concorda com a redução do valor
das propinas no ensino superior?
Editorial
Fake news
Sim 76% Não 24% A proposta é agradável para os
estudantes mas não é consen-
sual entre os responsáveis das

D
IES públicas face às reclamadas
epois de ter acon- Quem acompanha Paulo Rui Ferrei- compensações, que podería-
tecido nos Estados ra sabe do que ele é capaz e, por isso, mos chamar “subsídio à explora-
Unidos, o fenómeno a subida ao pódio na Baja Portalegre ção”, a pagar pelo Estado, sendo
das redes sociais foi 500 não é surpresa. O piloto leirien- assim, gravosas para o contri-
o fator surpresa que se tem apresentado um percurso buinte. Pagamos todos sem es-
marcou o ritmo das eleições em crescendo e foi o melhor portu- calonar rendimentos dos be-

25
presidenciais brasileiras. Tudo guês em prova, e com equipa priva- neficiados mas, haverá sempre
seria normal, e até um sinal dos da, atrás de Nani Roma e Stéphane Nota: Os resultados apurados não têm qualquer valor científico, não espaço de escolha entre Público
tempos, não fosse esse fenó- Peterhansel, dois nomes incontorná- correspondendo a qualquer sondagem ou estudo de opinião, ilustrando e Privado.
apenas a preferência de quem respondeu à nossa questão no site do REGIÃO
meno a expressão máxima de veis dos ralis mundiais (página 25). DE LEIRIA na internet:
Acácio de Sousa
um jogo obscuro, pautado por www.regiaodeleiria.pt. Resultados até às 18 horas de terça-feira passada. Diretor do ISLA-Leiria
notícias falsas, a favor e contra
os protagonistas em disputa
pela eleição.
Nunca como hoje foi tão fácil
Cartas dos Leitores
comunicar, difundir ideias,
criar movimentos e manipular
a opinião pública. Estes fenóme-
Alpedriz necessita de mais atenção
nos são a semente que alimenta
o populismo e serão por essa
via uma ameaça à democracia. Numa Assembleia de Freguesia na União driz e Montes também quer a revisão do junto da curva da EM 1296, na zona da
As expressões da relação de de Freguesias de Coz, Alpedriz e Montes, PDM, o que constitui uma das maiores Quinta Nova!
cada pessoa com a comunidade neste mandato de 2018, onde se falou preocupações, pois irá contribuir para O Rebotim ainda não tem rede de
onde se insere devem ser acom- sobre o PDM, no caso de Alpedriz algo o desenvolvimento de toda a freguesia e saneamento básico, e as estradas estão
panhadas por novas formas de que é muito necessário: não só do lugar de Alpedriz! em mau estado. E porque não apostar
aperfeiçoamento da democra- A localidade de Alpedriz quer e tem Os lugares dos Brejos e Águas Formo- em dois belos projetos num só: “Aldeia
cia. direito de crescer mais. Necessita de sas ainda não possuem a necessária liga- preservada” e o “Turismo Rural” na zona
As fake news, como vulgar- crescer muito mais, o que nos últimos ção por estrada para a aldeia do Porto do do Rebotim?
mente é catalogado o fenómeno, anos não aconteceu, nem com a ligação Carro, na freguesia da Maceira, concelho Fica aqui um apelo referente ao aban-
são uma bomba atómica social, da A8, há mais de 10 anos! de Leiria. Ainda faltam muitas placas dono da antiga escola primária da Ri-
consubstanciando o primado Existem muitos espaços para cons- com o nome da freguesia e localidade de beira do Pereiro, encerrada há alguns
da manipulação, muitas vezes truir, não por ser uma localidade muito Alpedriz, porque vêem-se mais placas de anos. E a antiga escola primária na zona
planeado como verdadeiro ata- tranquila, mas porque tem o direito e o publicidade. Como sempre! histórica em Alpedriz encontra-se em
que terrorista. Neste espetáculo dever de crescer. Urge criar uma bolsa de acolhimento ruínas. É tempo de a Câmara Municipal
bélico que marca o ritmo dos Alpedriz é ainda uma aldeia pobre! industrial junto ao acesso da A8, nó 23/ de Alcobaça e a Junta de Freguesia local
dias, as munições vestem-se de Alpedriz não pode estar parada. É uma N242-4, na zona da Ferraria de Alpedriz. avançarem com um projeto de ocupação
ideais contrários aos valores e freguesia com mais de 860 anos de vida. Continuamos a solicitar a instalação de e dinamização daquele espaço.
princípios da nossa civilização, Há muito poucas construções novas, tem semáforos de controlo da velocidade na Já há muitos anos que andam a fechar
fazendo tábua rasa dos direitos mais idosos e menos jovens! Porque já EN 242-4 de Alpedriz para a Ferraria os olhos ao povo.
humanos que balizam o enten- saíram muitos jovens desta freguesia do e rua da Escola, que dêem resposta à
dimento entre povos e nações. concelho de Alcobaça! falta de segurança. Há que implementar Darlindo Gil
Mais do que nunca, a O famoso PDM fez Alpedriz andar passeios nas ruas onde tal for possível. Membro da Lista da União de Freguesias de
democracia interpela o jorna- para trás. Que tipo de serviços se pode Esta localidade espera também a re- Coz, Alpedriz e Montes
lismo, espera por respostas aos encontrar nesta localidade nos dias de visão do novo PDM para o alargamento
grandes desafios desta era da hoje? Quase nada! do seu perímetro urbano. Espera a cons-
comunicação instantânea em A União de Freguesias de Coz, Alpe- trução duma rotunda no entroncamento
que vivemos.
Com tantas dúvidas, no
Colaboradores: Distribuição: Vasp Detentores de Capital    
meio de tão elevado número de Carlos Ferreira, Cláudia Gameiro, Dina Aleixo, Quinta do Grajal  - Venda Seca, Agualva Cacém NOV Comunicação SGPS, S.A. 75%
mentiras, cabe ao jornalismo Laura Duarte e Sara Vieira António Barroca Rodrigues  25%
Tiragem: 15.100 exemplares por edição
e aos órgãos de comunicação Cronistas: Helena Vasconcelos, (tiragem média) Estatuto editorial em www.regiaodeleiria.pt
social um papel insubstituível, Fundador: José Manuel Silva, José Vitorino Guerra Periodicidade: Semanário (sai à quinta-feira)
José Baptista dos Santos Gerência: Francisco Rebelo dos Santos,
que faz a diferença, estabelece Departamento Comercial: Diretora Sede do editor e sede de redação: Joaquim Paulo Cordeiro da Conceição e
fronteiras, confere factos, atesta Diretor: Alda Moreira Rua Comissão de Iniciativa, 2-A, Torre Brasil, Paulo Miguel Gonçalves da Silva Reis.
Francisco Rebelo dos Santos (C.P. TE nº 421) alda.m.moreira@regiaodeleiria.pt // Escritório 312 - 3º Andar,
verdades e denuncia o embuste. francisco.santos@regiaodeleiria.pt publicidade@regiaodeleiria.pt Apartado 3131 - 2410-098 Leiria
Sem uma imprensa forte a Gestores de Cliente: Telefone: 244 819 950
democracia será fraca. De que Diretora-adjunta:
Patrícia Duarte (C.P. nº 2913)
João Agrela (Coordenação), Jessica Germano,
Margarida Cordeiro, Maria do Carmo Rebelo
redacao@regiaodeleiria.pt
assinaturas@regiaodeleiria.pt
estamos à espera? patricia.a.duarte@regiaodeleiria.pt e Paula Silva www.regiaodeleiria.pt Diretora Geral: Ângela Gil
Coordenadas GPS 39°44’45.88”N 8°48’9.50”W
Redação: Departamento Gráfico: Membro de:
Francisco Rebelo dos Santos Carlos S. Almeida (C.P. nº 1896 A), Manuel Leiria Cristina Silva (Coordenação) e Vítor Pedrosa Propriedade: Associação Portuguesa para o
Diretor (C.P. nº 2856 A), Marina Guerra (C.P. nº 5352 A) Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda. Controlo de Tiragem e Circulação
e Martine Rainho (C.P. nº 1741 A) Impressão: Unipress Centro Gráfico, Lda. Contribuinte 500 096 805
Travessa Anselmo Braancamp 220 Depósito Legal 44 731 - 91. ERC nº 100 512 Associação Portuguesa
Fotografia: Joaquim Dâmaso (C.P. nº 3781 A) 4410-359 Arcozelo Vila Nova de Gaia Capital Social 250.000 euros de Imprensa

2 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


regiãodeleiria.pt
Comentários na net
“Efetivamente as casas em Leiria
estão muito caras. Mas trabalho
(não emprego!) nunca faltou nem
falta em Leiria, nas mais varia-
das áreas.”
Lili Correia, via Facebook, sobre o arti-
Sou defensor de todas as polí- É uma medida muito positiva Concordo com a redução do va- Pergunta go de opinião “Quem nos emprega em
ticas promotoras do ensino su- uma vez que a educação devia lor das propinas pois os custos da próxima Leiria?”
perior e do conhecimento. No ser gratuita e acessível a todos. inerentes são muito dispendio- semana
entanto, seria muito mais rele- No entanto só o é até um certo sos. Um estudante fora da sua A realidade de Leiria, para quem
vante ter um reforço direto na ponto. Portanto, quanto maiores área de residencia, como o meu fez o ensino superior... muitos
ação social (residências, canti- forem os incentivos económi- caso em Lisboa, ao final do mês, O Governo falam que existe trabalho, mas é
nas e apoio social direto) e na co-financeiros para que exista a tem gastos equivalentes a um or- português informou justo oferecerem a um licencia-
melhoria das condições das ati- possibilidade de mais pessoas denado mínimo nacional. Não a União Europeia do 580/650 euros?!Que futuro
vidades académicas. Na prática, frequentarem o ensino superior, só defendo a redução do valor que quer manter a quer Leiria?!”
esta medida vai acentuar a pres- melhor será para a sociedade das propinas, mas também a Pedro Oliveira, idem
são financeira das instituições em geral e para a sua evolução. criação de medidas de apoio ao mudança de hora.
de ensino superior. alojamento para estudantes. Concorda? “A típica inauguração à moda de
Francisca Violante Leiria: acessos incompletos e im-
Rui Pedrosa Estudante de Comunicação e Media Mariana Coelho provisados.”
Presidente do IPLeiria Estudante de Sociologia Pedro Neto, via Facebook, sobre a no-
tícia “Leroy Merlin já abriu em Leiria
mas acessos esperam até ao Natal”
Fotodenúncia “Com certeza que não. Não há
dúvida que esta é uma medida
Leiria À altura de qualquer inteiramente eleitoralista. E é in-
criança, os fios eléctricos de justa para quem terminou o seu
curso e teve de pagar mais. Por
um poste de iluminação estão outro lado, quem vai ter de pagar
escancarados. A proteção caiu o valor correspondente à redu-
ção são todos os contribuintes
ou foi arrancada à muito tempo através do orçamento de Estado.”
e ninguém a reparou. A foto-de- Luís Ferreira, via Facebook, em respos-
ta à Pergunta da Semana
núncia, na entrada para a prace-
ta do Carlos Padeiro, na estrada Os 5 artigos mais lidos
01 Leroy Merlin já abriu em
da Estação, em Leiria-Gare, é Leiria
partilhada por um leitor que ali
02 Quem nos emprega em Lei-
reside, alertando para o perigo ria? - Opinião
que representa.
03 Frio polar e vento chegam
em força este fim de semana
à região

04 Acórdão do caso ‘Punho


Cerrado’ conhecido hoje em
Leiria
Leiria Na rua Beatriz Machado,
onde funcionou em tempos 05 Grupos de teatro criticam
declarações do coordena-
o centro de saúde de Leiria, o dor da candidatura de Leiria
trabalho urbanístico regenerou a Capital Europeia da Cultu-
ra
passeios e estacionamento.
Mas, nota o leitor Manuel Nu-
Fale connosco
nes, foi deixado um lugar espe-
Rua Comissão de Iniciativa, 2-A
cialmente dedicado a... postes Torre Brasil, Escritório 312 - 3º Andar
2410-098 Leiria
de iluminação. Telefone: 244 819 950
Site: www.regiaodeleiria.pt
Email: clubedoleitor@regiaodeleiria.pt
SMS: 962 108 739

As cartas enviadas para publicação devem sempre


incluir o nome, localidade, número do documento
identificativo e contacto do autor. O REGIÃO DE LEIRIA
reserva-se o direito de selecionar e eventualmente
reduzir os originais.

Todos os direitos reservados.


Interdita a reprodução,
mesmo que parcial, de textos,
fotografias ou ilustraçõe s
sob quaisquer meios, e para
quaisquer fins, mesmo que
comerciais.

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 3


4 Região de Leiria — 1 novembro, 2018
Visto 25 e

Região
29.10.2018
Lisboa Semana
bastante especial para o
Conservatório e Academia
de Ballet e Dança Annarella
Sanchez: a Sala do Senado
da Assembleia da República
recebeu uma exibição dos
bailarinos do conservatório
de Leiria, a convite do
Grupo Parlamentar do
CDS-PP, que propôs, em
julho, um voto de louvor
pelos prémios conquistados
internacionalmente.
Segunda-feira, uma comitiva
liderada por Annarella
Sanchez foi recebida no
Palácio de Belém pelo
presidente da República,
Marcelo Rebelo de Sousa,
que quis inteirar-se dos
méritos e sucessos do
projeto. Para Annarella
Sanchez, estes momentos
podem significar “uma
nova página para a dança
e o ballet em Portugal”: “Foi
um primeiro passo que
nunca tinha acontecido.
Eles conheceram o que
fazemos. Ao verem ali os
nossos jovens que são
tão reconhecidos lá fora,
pode ser um passo para
que todos trabalhem mais”,
deseja a professora, que
ficou impressionada com
a receção do presidente da
República, pela “simplicidade
e graciosidade”. Marcelo
Rebelo de Sousa deixou
ainda o convite para uma
atuação na capital sob a
égide da Presidência
da República
Fotos: Isabel Santiago e Tomé Gonçalves

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 5


Panorama

Ficar ou voltar?
A escolha brasileira de buscar uma vida melhor
após a eleição de um presidente de extrema-direita

64
Imigração Chegam do país irmão, procuram novos residência”, descreve a brasileira seu, para quase 90 dias mais
referindo-se a parte do cenário tarde. “Eu acho um absurdo ter
horizontes mas esbarram numa série de obstáculos. que encontrou. que esperar três meses para ter
Confira três casos de quem escolheu viver entre nós e Apesar de ter sentido a segu- a residência, mesmo já estando
rança em que nada se asseme- legalizada”, declara, ao citar que
já tem muito que contar lha ao medo contínuo de andar a nova vida acaba por ficar em
A insegurança marca o quotidia- pelas ruas do Brasil, onde 60 mil suspenso nesse meio tempo. “Eu
no no Brasil. Em 2017, de acordo mortes são registadas por ano, só consegui emprego em part-ti-
Jéssica Germano esposa tomaram a decisão de com a organização não gover- a estudante se desiludiu com me depois de ter o documento,
fechar a empresa que tinham namental Fórum Brasileiro de os processos que envolvem bu- mesmo com a residência agen-
Para quem decide trocar o Bra- em São Paulo, vender o imóvel Segurança Pública, o número rocracia. As situações de falha dada. Não é o american dream”,
sil por Portugal, as promessas em que moravam e reestabele- de homicídios no país aproxi- de comunicação por parte dos alerta a quem pode.
subliminares não são poucas. cer a vida em Portugal. A porta mou-se dos 64 mil. Segundo esta órgãos públicos transformaram Hoje, longe do cenário de in-
O imaginário de viver na Euro- de entrada foram os estudos de ONG, o país registou um total de a tentativa de legalização em certezas que elegeu Jair Bolso-
pa carrega consigo uma série Camila Ramanzini, 22 anos, que 63.880 homicídios no ano pas- uma maratona de idas e vindas naro como próximo presidente
de referências que chegam se- abandonou o curso após a situa- sado em torno de documentos. “Eu já no passado domingo, a brasileira
dutoras além-mar. Da espera- ção de insegurança vivida pelo fui às Finanças duas vezes para se arrepende de ter optado pela
da qualidade de vida, presente, marido em janeiro. Aluna de resolver uma coisa que poderia mudança de país tão rapidamen-
por exemplo, na segurança já Engenharia de Energia e Meio ter sido resolvida na primeira te. “Se eu soubesse que Portugal
há muito não vista em terras Ambiente, ela concorreu para vez, por desencontro de infor- estaria do jeito que está, e que
tupiniquins, à oportunidade de a bolsa de estudos no Instituto mação”, conta um dos casos. Em eu passaria pelos problemas que
frequentar uma formação profis- Politécnico de Leiria e foi aceite outra situação, mesmo com pos- eu estou tendo aqui, não teria
sional de qualidade, a mudança para dar início à licenciatura se do visto para permanência, vendido tudo o que tinha e vindo
de continente vem carregada de este semestre. Após três meses ela e o companheiro precisaram para cá. Teria aguentado mais”,
uma série de anseios a serem sobre a data de chegada, a ex- dar entrada do pedido de resi- diz, pouco antes de adiantar que,
preenchidos. periência tem sido diferente do dência junto do SEF. Após ligar com o quadro político que está
Foi após um episódio de rou- esperado. “Os arrendamentos 20 vezes para a central telefóni- prestes a se desenhar, também
bo violento, quando quatro as- muito caros, documentos que ca, Camila foi atendida apenas não volta ao Brasil. “Eu parti-
saltantes invadiram o carro de demoram para sair, além do na 21ª e teve de aguardar 40 cularmente não acho que irá
Diogo Yoshida, 32 anos, levando facto de muitas empresas não minutos em linha até marcar melhorar. Não colocando uma
todos os pertences, que ele e a contratarem estrangeiros sem uma entrevista no posto de Vi- pessoa no poder que não tem

6 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Região // Panorama

02
01 Tahila Carvalho deixou o
Brasil durante a crise econó-
mica
Foto: Joaquim Dâmaso

02 Robson Oliveira está satis-


feito com a forma como foi
recebido mas reconhece
que persistem alguns pre-
conceitos

03 Diogo Yoshida e Camila Ra-


manzini decididiram deixar
o país natal por causa do cli-
01 ma de violência

capacidade intelectual”, acres- passei por muitas dificuldades,
centa. já sofri muito preconceito, mas
Para a empresária Tahila Car- apesar de tudo, adoro viver nes-
valho, 36 anos, a escolha de fugir te país”, declara, antes de ser
da crise económica brasileira questionada se pensa em voltar
em 2016 foi diretamente ao en- para solo brasileiro. “Não consi-
contro da xenofobia praticada go imaginar isso. É uma insegu-
por alguns portugueses. “Eu so- rança generalizada que eu sinto 03
fri muito no sentido de ser dimi-
nuída dentro de uma equipa em
em relação ao Brasil hoje: no
que está por vir na política, na
Comunidade brasileira retoma rota de crescimento
que eu era a única brasileira”,
conta sobre a sensação que teve
economia e na segurança em si.”
Recém-chegado a Portugal, o
depois da queda durante os anos da crise
em duas das três empresas onde professor universitário Robson
contou com contrato de trabalho Oliveira, 40 anos, atracou na É a segunda maior comunidade No cômputo geral da última dé- que é, contudo, prematuro an-
em Lisboa. capital para seguir um mestrado estrangeira da região e está em cada, o ano de 2009 registou o tecipar. O certo é que, a nível
A realidade de trabalhar mui- que teria custos muito elevados crescimento. O ano passado, a pico no número de estrangei- nacional, “a nacionalidade bra-
tas horas seguidas e ganhar um em Brasília, sua cidade-natal. comunidade brasileira somava ros na região (18.951). Destes, a sileira, com um total de 85.426
salário inferior à formação que Aluno há um mês de Ciências 3.493 pessoas com o estatuto le- maioria eram ucranianos e bra- cidadãos, mantém-se como a
possui – quesitos comumente Gastronómicas, no Instit uto gal de residente na nossa região sileiros. Iniciou-se então uma principal comunidade estran-
vividos por imigrantes que de- Super ior de A g ronomia, ele (distrito de Leiria e concelho de constante descida no número de geira residente, tendo aumenta-
sejam ingressar no mercado es- mantém a boa imagem que ha- Ourém). Os números são do Ser- estrangeiros, que se acentuou do 5,1% em relação a 2016”, apon-
trangeiro –, também pesou na via construído. “Povo educado, viço de Estrangeiros e Frontei- particularmente em 2012. Nos ta o relatório do SEF relativo a
desconstrução da imagem de cidade limpa, segurança (mes- ras (SEF) e revelam ainda que o últimos dois anos, todavia, essa 2017. Já o Ministério das Rela-
Portugal como o país dos sonhos. mo nunca tendo sido roubado universo de cidadãos ucrania- tendência inverteu-se. E a comu- ções Exteriores do Brasil, apon-
Foi depois das más experiências no Brasil) e transporte público nos a residir nesta região ainda nidade brasileira está a ajudar tava que, em 2015, dos cerca de
que a gaúcha de Porto Alegre maravilhoso”, resume. Satisfei- lhes permite constituírem-se nesse retorno do crescimento 750 mil brasileiros que estima
escolheu reabrir a empresa de to com a recetividade, o brasi- como a comunidade estrangeira da comunidade estrangeira. estarem radicados na Europa,
eventos e casamentos que tinha leiro aponta como negativo o mais numerosa entre nós. Relevante é, igualmente, o incre- 116.271 estejam em Portugal.
no Brasil, dessa vez em Leiria. preconceito em relação aos imi- Contudo, brasileiros e ucrania- mento significativo de algumas Para já, acumulam-se os sinais
Há dois meses ela retomou as grantes. “Na hora de arrendar nos estão em dinâmicas diferen- comunidades. Veja-se o caso de de que a procura por Portugal
funções de cerimonial e já rea- apartamento, mesmo compro- tes em termos de crescimento. cidadãos do Reino Unido. Foi por parte de cidadãos do Brasil
lizou o primeiro casamento pela vando renda e tendo todos os A comunidade ucraniana (4.135 a que mais cresceu no distrito está a subir. Já este mês, a eleva-
Oriente Produção de Eventos, documentos legais, eu escutei pessoas em 2017) está em queda nos últimos anos e é já a terceira da procura levou o consulado
com boa aceitação. “A questão de algumas vezes: ‘não alugamos há pelo menos uma década. Ao mais numerosa. Dos 485 britâ- luso em São Paulo a suspender a
a empresa ser aqui é estratégica. para estrangeiros´”. Apesar dis- invés, há dois anos que a popu- nicos com estatuto legal de re- receção de novos pedidos de re-
Por ser o centro de Portugal, so, ele garante que tem gostado lação brasileira está a aumen- sidente na região em 2008, esta conhecimento de nacionalidade
eu consigo me deslocar para o da experiência. “A universidade tar. Depois de uma redução de comunidade triplicou numa para luso-descendentes. Por ou-
norte ou para o sul”, comenta, em que dou aula me deu uma ca- residentes brasileiros durante década, para uns impressionan- tro lado, esta dinâmica deverá
explicando a preferência. rência de dois anos para pensar a crise (a queda iniciou-se em tes 1.446 cidadãos em 2017. Este acrescentar pressão ao sistema
se valerá a pena morar aqui ou 2011 e prolongou-se até 2015), crescimento não terá sido alheia de agendamentos do SEF que
Apesar das dificuldades não”, completa. Após o resultado em 2016 a comunidade brasilei- a perspetiva de saída do país em agosto registava já agenda-
Tahila quer ficar recente das urnas, entretanto, ra ensaiou uma ligeira recupera- da União Europeia (o Brexit foi dos 100 mil atendimentos até ao
Mais animada por poder atuar ele declara que repensa a volta à ção que se consolidou o ano pas- aprovado em referendo em ju- primeiro trimestre de 2019. CSA
no sector em que se especiali- nação-mãe enquanto Bolsonaro sado. Em 2017, o número total de nho de 2016).
zou, além de contar com o apoio estiver no poder. “Fico preocupa- estrangeiros na região voltou a A recente mudança de poder
dos pais, que já cá vivem, Tahila do. Sou gay e o Brasil não é um ultrapassar os 18 mil, algo que no Brasil poderá alavancar um
não se imagina indo embora. “Já bom país para minorias”, atesta. não acontecia desde 2011. comportamento semelhante

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 7


Região // Panorama

Estrangeiros P&R
Pedro Neto
“Os migrantes e refugiados
Região cresce acima da média são pessoas como nós”

Carlos S. Almeida (7,2%). Por sua vez, a comunidade brasileira é dificultada por muitas razões.
apresenta um ritmo de crescimento nesta região Primeiro porque ouvimos pouco
O número de estrangeiros com estatuto legal de ainda maior, com uma subida de 7,5% entre 2016 os refugiados e as suas necessi-
residente na nossa região está novamente em e 2017. Embora ocupando o segundo lugar entre dades. Compreendemos pouco
rota ascendente, depois da queda acentuada as comunidades estrangeiras mais populosas da as suas necessidades culturais e
registada entre 2011 e 2015. Ultrapassada a região, os nacionais provenientes do Brasil estão a necessidade de contactar com
crise, os dados mais recentes apontam para a a aumentar, enquanto a comunidade ucraniana, as suas famílias que estão nos
retoma do crescimento. “Em 2017 verificou-se, a mais numerosa, está em prolongada queda, países de origem e, muitos, em
pelo segundo ano consecutivo, um acréscimo tendo diminuído 4,7% nos últimos dois anos. Ao Diretor da Amnistia Internacio- risco. E os processos burocráti-
da população estrangeira residente, com um invés, nacionais de países da União Europeia, nal em Portugal aponta vanta- cos são muito lentos, por várias
aumento de 6,0% face a 2016”, aponta o mais com destaque para o Reino Unido e a França, gens em acolher estrangeiros e razões. Mas a vida destas pessoas
recente relatório do Serviço de Estrangeiros e continuam a reforçar a sua presença na região. A os obstáculos que persistem não pára. E há angústias e expec-
Fronteiras, referindo-se ao todo nacional. Por título de exemplo,só o número de nacionais do tativas criadas por esta lentidão.
cá, na região do distrito de Leiria e concelho de Reino Unido nesta região cresceu 19% nos últimos O nosso governo optou por uma
Ourém, o crescimento é ligeiramente superior dois anos (de 1.215 para 1.446). O que ganham as comunidades integração de refugiados que é
com o acolhimento de cidadãos descentralizada. Mas, na prática,
estrangeiros? essa boa ideia tem dificuldades
Evolução do número de imigrantes na região entre 2008 e 2017 Ganham tudo. Pode existir um de implementação porque não há
intercâmbio de culturas e um en- uma rede comunitária de supor-
riquecimento mútuo nas formas te entre refugiados. Colocamos
de pensar e de estar. Tanto no que uma família de sírios numa vila
se refere a questões mais profun- em Portugal, onde não têm mais
das como às mais simples, como pessoas das mesmas origens com
16.725 16.273 16.173 16.877 18.099 a partilha de hábitos, de diferen- quem possam estabelecer uma
tes costumes e de tudo o que é a rede de apoio. E às comunidades
celebração da vida. Pode ser um foi-lhes dado o encargo do acolhi-
intercâmbio que nos enriquece mento e integração, mas não lhes
culturalmente, sem mudar o que foram dadas ferramentas para o
3.612 3.374 3.222 3.250 3.493 somos e o que as outras pessoas fazer da melhor forma.
são. É uma troca de experiências,
viajamos sem viajar, permite-nos Como vê o crescimento de
2013 2014 2015 2016 2017 sermos mais tolerantes à diferen- movimentos que colocam um
ça e construir caminhos de paz e rótulo de perigo aos migrantes?
conciliação. Esses movimentos precisam de
um vilão para fazer valer a sua
O facto de sermos um país mensagem. Precisam de criar um
de emigrantes acarreta-nos inimigo para depois se apresen-
mais responsabilidade para tarem como sendo soluções e sal-
acolhermos imigrantes? vadores. Os migrantes e refugia-
18.162 18.951 18.933 18.512 17.484 Eu não diria que sim por si só. O dos são pessoas como nós. Não
facto de sermos um país de emi- são criminosos e essa tentativa de
grantes não nos traz mais respon- colagem tem resultado noutros
sabilidades de acolhimento, mas países, mas é completamente fa-
traz uma expectativa de maior laciosa e difamatória. É preciso
compreensão do que é ser uma que estejamos vigilantes a este
4.813 5.169 5.192 4.690 4.237 pessoa deslocada da sua terra e tipo de mensagens que podem
das suas origens. Por sermos um apelar aos medos das comunida-
país de emigrantes, não temos a des. É importante não fazer juízos
2008 2009 2010 2011 2012 obrigação de acolher melhor, mas baseados no medo, no ódio e na
temos a obrigação de saber aco- falsidade.
Número total de imigrantes Brasileiros lher melhor.
Os ‘vistos gold’ contribuem para
Para além do acolhimento, acha desvalorizar a componente
Principais nacionalidades na região em 2017 que estamos bem preparados humana da migração?
para promover a integração? Os vistos gold estão a ser uma
Em termos dos índices de acolhi- oportunidade perdida. Muitas
Ucrânia 4.135 mento aos migrantes, somos um pessoas que vêm com os vistos
dos melhores países. E isso é bom. gold não fazem investimento cria-
Brasil 3.493 Mas o acolhimento não está a ser dor de riqueza ou de emprego e
bem feito e Portugal, com alguns não têm a componente de res-
Reino Unido 1.446 desafios e com algumas coisas ponsabilidade social. Muitos são
que podia estar a fazer melhor, de pessoas muito ricas que com-
Roménia 1.342 mesmo assim, é melhor que qua- pram casas muito caras e por isso
se todos os outros. Há questões no é-lhes dada residência. É preciso
China 1.005 acolhimento. Não me refiro tanto perceber de onde vem este di-
aos migrantes económicos, mas nheiro e como foi conseguido. Há
França 821
mais aos refugiados e requeren- uma componente ética e de pre-
Cabo Verde 432 tes de asilo. O governo declara venção do crime. Há ainda o pro-
sempre intenções de disponibili- blema da especulação imobiliária
dade para acolher refugiados, no que limita o acesso à habitação
Nota: Valores de estrangeiros com estatuto legal de residente para distrito de Leiria e concelho de Ourém, dados SEF/Pordata entanto, na prática, a integração

8 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


PUBLICIDADE
Entrevista

Walter Chicharro
Walter Chicharro, o socialista, que recuperou a Câmara depois de
20 anos de governação de Jorge Barroso e do PSD, foi presidente da
Concelhia da Nazaré do PS e responsável federativo, já depois de ter

“Somos uma marca


sido deputado municipal. Contudo, só abraçou profissionalmente a
política quando entrou nos Paços do Concelho como presidente da
Câmara. Antes, tinha desenvolvido uma profícua atividade como
profissional da indústria farmacêutica. Natural de Angola, filho de

turística sem
um pescador e uma peixeira nazarenos, licenciou-se em Gestão
e tem uma pós-graduação em Marketing. Aos 48 anos, cumpre o
segundo mandato à frente do executivo municipal da Nazaré, tendo

sazonalidade”
alcançado, em outubro do ano passado, o melhor resultado de
sempre do PS em eleições autárquicas no concelho (56,6% dos votos
e obtendo cinco dos sete mandatos para o executivo). Casado, foi
praticante de andebol, tal como os dois filhos: ele joga no Sismaria,
ela no Benfica

Entrevista A cumprir o segundo mandato como pre- E qual será a melhoria, É uma medida que está a ser pon- A tirolesa conta no aumento de tu-
em termos práticos, dessa derada e que eventualmente po- ristas e no acréscimo de receitas.
sidente da Câmara da Nazaré, o socialista admite a im- reorganização da dívida? derá ser aplicada ainda este man- É um projeto estratégico, mas não
plementação da taxa turística a partir de 2020, olhan- A garantia de que os projetos co- dato. Sempre fomos uma marca é um desígnio de olhos fechados.
munitários podem ser executa- turística do país, mas o fenóme- Os primeiros defensores daquilo
do para o turismo como a força motriz do concelho dos. Sabemos que o esforço finan- no natural do canhão da Nazaré que é a defesa do património são o
ceiro de 1,2 milhões de euros de e a suas ondas grandes transfor- presidente da Câmara da Nazaré e
juros financeiros, que constam maram a vila numa marca glo- o executivo. A Câmara e os priva-
Francisco Rebelo dos Santos e tário que aí vinha. Falámos com no orçamento deste ano, passa- bal e turística sem sazonalidade. dos têm vindo a gerar um conjun-
Sara Vieira todas as empresas credoras da rá para cerca de 550 mil euros/ Preencheram-nos os invernos e to de propostas de alojamento. Há
Câmara, algumas prescindiram ano e vamos começar a amortizar multiplicaram-nos os verões. Te- uma série de projetos novos, des-
O Município acaba de aderir ao de juros de mora e outras não. Os capital. Além de não haver outra mos um valor referência de 0,50 de um hotel 5 estrelas, outro de 4
FAM. Sente a responsabilidade contratos de factoring, assinados solução, houve soluções perdidas cêntimos para a taxa turística. estrelas em frente a marginal, um
de assinar um empréstimo de em 2004 por Jorge Barroso, têm pelo caminho: recebeu-se o PRE- Mas a avaliação foi feita antes de empreendimento turístico na Pe-
32 milhões de euros a ser pago um forte impacto neste executivo. DE e pagou-se tudo menos a dívi- a Nazaré ser campeã distrital no dralva, um conjunto de alojamen-
durante 32 anos? Com taxas de juro na ordem dos da comercial, aprovou-se o PAEL alojamento local, ou seja, pode tos rurais pelo concelho...
Podíamos pôr a cabeça debai- 6,5 a 7,5% com três entidades, ape- no executivo que me antecedeu haver uma probabilidade de os
xo da areia e esperar que a banca nas duas aceitaram renegociar e deixou-se o ónus do envio para tais 0,50 cêntimos serem revistos. A zona industrial em Valado dos
não nos viesse fechar a porta ou dos 6,5 para 2,5%. Pergunto: é me- Tribunal de Contas para o executi- Para este orçamento não está pre- Frades está em franco desen-
então teríamos de gerar soluções lhor pagar 2,5% com a pressão to- vo seguinte... visto, mas acredito que em 2020 volvimento. Não será tempo de
que nos permitissem continuar a tal da banca e dificilmente amor- possa haver taxa turística na Na- ampliar ou pensar já numa nova
investir para que a terra e os seus tizar capital ou é preferível pagar Se por um lado há uma grande zaré. área industrial?
munícipes, visitantes e turistas se 1,75% e amortizar capital? Ou só se asfixia financeira e por outro A Área de Localização Empresa-
sintam bem. A opção foi clara: não pagava dívida e não se fazia mais uma grande pujança turística, A tirolesa tem motivado muita rial de Valado dos Frades é um
podíamos perder o conjunto de fi- nada ou pagava-se e investia-se. porque é que ainda não recorreu discórdia. Ainda há capacidade dos meus maiores projetos, estan-
nanciamento de quadro comuni- à taxa turística? para absorver mais turismo? do concluído e inaugurado em

10 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Região // Entrevista

2019. Está numa fase avançada de está na posse do município, tem


localização de empresas e com uma dinâmica brutal e será requa-
grande força em gerar emprego lificado nos próximos dois anos.
diferencial. Já demos indicação à Damos apoio a todas as nossas tra-
CCDR de um novo parque empre- dições e ainda reforçamos outras,
sarial a construir em Famalicão como foi o caso do festival das Es-
e estamos a ponderar o alarga- quininhas.
mento do parque em Valado dos
Frades. Mas a cultura não tem sido o
parente pobre da gestão deste
O investimento no espaço executivo?
público tem sido uma prioridade Discordo em absoluto. Temos uma
deste executivo. Que outros tradição cultural que se chama
projetos podem ser uma peixe seco, temos um Cine-teatro
realidade em breve? que presta serviço público, esta-
Todos os projetos relevantes do mos a fazer um esforço para que
ponto de vista do investimento no a Casa-Museu Mário Botas abra;
espaço público estão a caminho estamos a investir na recupera-
de ser uma realidade. O Centro de ção do Museu Joaquim Manso.
Saúde da Nazaré está em constru- Vejo também o Forte como um
ção, aguardamos visto prévio do museu, temos a Igreja de São Gião
Tribunal de Contas para o Centro para requalificar... mas obviamen-
Escolar de Famalicão, o novo ter- te que em todas as áreas temos a
minal rodoviário e a requalifica- melhorar.
ção dos principais eixos rodoviá-
rios (Vieira Guimarães, Município,
Sub-vila). A chegada do ensino
A Pederneira é uma delas?
Há um cuidado extremo com a Pe-
“A Nazaré é uma força importante
secundário à Nazaré foi também
uma luta que a Câmara e o Agru-
derneira e queremos potenciá-la.
Não há condições para fazer tudo para as realidades do Oeste e Leiria”
pamento de Escolas desenvolve- de uma vez. O Largo Bastião Fer-
ram com grande afinco neste últi- nandes foi requalificado e a obra
mo ano. no Largo da Misericórdia está bem
encaminhada, tal como o sanea- Apesar de a Nazaré estar Politécnico de Leiria?
Mas abrir o secundário público mento no Caminho Real, que lhe integrada no Oeste, há uma A Nazaré tem um trabalho de
na Nazaré não significa o fim do dará o devido relevo e que será de- forte ligação entre o concelho proximidade muito grande ao
Externato D. Fuas Roupinho? pois articulado com o projeto de e Leiria. Defende uma maior Politécnico de Leiria. O que diria
Parece-me que a questão não mobilidade suave das margens do aproximação política entre é que podemos reclamar tudo e
pode ser posta nesses termos. Há Rio Alcoa, enquanto projeto pedo- estas duas realidades? mais alguma coisa, mas houve
uma ligação à comunidade esco- nal. No próximo ano o projeto das A Nazaré vive uma dicotomia Sempre fomos uma mar- um momento em que se devia
lar local que tem de ser garanti- escadarias/passadiços de madeira desde sempre. Vejamos: do pon- ca turística do país, mas ter reclamado e não reclamou.
da também pela escola pública, para a Pederneira, provavelmente to de vista dos cuidados primá- É para mim inaceitável, naquilo
não só pela privada. Há uma coisa ligado ao terminal rodoviário, será rios de saúde, a Nazaré está loca- o fenómeno natural que é a área de influência do IPL,
evidente e que a mim me assus- uma realidade. Também está a ser lizada no ACES Oeste Norte, em do canhão da Nazaré e que o grande município turístico
ta sempre que visitava e visito o ponderado um funicular para a Caldas da Rainha, reportando à chamado Nazaré não tenha uma
Externato, é que está exatamente Pederneira, a ideia é postar em ro- ARS LVT. Os cuidados hospita- a suas ondas gigantes escola de turismo do IPL na Na-
igual ao do meu tempo de aluno teiros pedonais. Há ainda a inten- lares estão centrados e bem no transformaram a vila zaré. Mas essa é também uma he-
andei lá até 1988. ção de instalar o Tribunal na anti- Hospital de Leiria, que repor- rança que não tive. Sobre outras
ga Casa da Câmara na Pederneira. ta ao Centro. Estando na CCDR numa marca global e matérias, o novo presidente já re-
E o mercado municipal? Centro temos muito mais dispo- turística sem sazonalida- uniu comigo e foram-lhe lança-
Faz parte do Plano de Mobilida- Todos esses projetos em curso nibilidade de fundos comunitá- dos alguns desafios. Há uma área
de Urbana Sustentável da Nazaré justificam ter, além do presiden- rios do que na CCDR LVT. Esta- de. Preencheram-nos os de investigação onde o IPL pode
a requalificação do mercado ou a te, quatro vereadores a tempo in- mos em distâncias similares de invernos e multiplicaram- dar apoio e onde não há espaço
construção de um novo no mes- teiro no executivo? Coimbra e Lisboa. Não julgo que melhor para investigar em deter-
mo local, com valências adicionais Não temos só mais um vereador a a Nazaré tenha vivido mal com -nos os verões” minadas tecnologias como o ca-
como um parque de estaciona- tempo inteiro, mas também temos essa dicotomia, pelo menos en- nhão da Nazaré.
mento. A qualidade dos produtos menos dois adjuntos da presidên- quanto estou em funções. Sendo Walter Chicharro
Presidente da Câmara da Nazaré
dentro do mercado e a dinâmica cia. Quem tem um projeto políti- certo que a Nazaré é uma força Além do sucesso dos despor-
atual que existe nas lojas do mer- co que passa pela qualificação de muito importante para as duas tos de mar, até onde podem ir os
cado será de manter. A introduzir serviços, requalificação do espaço realidades: Oeste e Leiria. Até do desportos de praia na Nazaré?
será o conceito de um “Time Out publico, promoção internacional, ponto de vista da potenciação Os desportos de praia fazem da
nazareno”, feito à medida da Naza- desenvolvimento da ALE e tanta do território, a ligação a Leiria é Nazaré claramente, com muita
ré. O facto é que nos próximos dois coisa que é necessária fazer, tiran- uma realidade via aeroporto ci- vaidade e verdade, a capital na-
anos podemos colocar a Nazaré do o município totalmente do seu vil de Monte Real mas não pode- cional dos desportos de praia.
numa revolução total, que afetará marasmo, há trabalho em barda mos esquecer a eletrificação da Temos o futebol e o andebol,
toda a gente. para tudo isso. linha do Oeste para cima de Cal- com bons olhos, só esperamos mas já estamos em contacto
das da Rainha. Além disso, es- é um contacto. Quando o presi- com outras federações, como o
E essa “revolução” não A oposição facilitou-lhe o traba- tamos em linha direta do outro dente da Câmara da Nazaré co- voleibol e o rugby. Essa afirma-
representará uma perda de lho nas últimas eleições? lado do mundo. A promoção na- meçou a ouvir falar do assunto ção da capacidade organizativa
identidade do território? Se me perguntar o que foi deter- cional e internacional da Nazaré considerou que faria todo o sen- está muito afirmada, é preciso
Nunca. O mar e a tradição são a minante foi o trabalho dos quatro é um projeto deste executivo em tido esta autarquia apoiar a Câ- perceber que entidades como
capa do meu projeto turístico. Te- anos. Se disser que depois houve constante atividade, chegan- mara de Leiria nesse desígnio. European Handball Federation,
mos dado muitas provas disso: os uma oposição que não se mos- do este ano aos ecrãs da Times Mas se me perguntar se houve FIFA, Beach Soccer... são parcei-
barcos estão no areal e são um su- trou alternativa e que se mostrou Square de Nova Iorque. contactos formais, não houve. ros que não vão largar a Nazaré
cesso tremendo, o museu do peixe incoerente e que terá contribuí- Houve apenas conversas infor- tao cedo. E não é à toa, são con-
seco idem. Há uma clara aposta do para os resultados das últimas E como é que essa dicotomia mais com o senhor vereador. dições únicas. Uma terra peque-
identitária que mostra o nosso pa- eleições, acredito que sim. se articula com o apoio da na, com uma estrutura de aloja-
pel de defesa de património. O For- candidatura de Leiria a Capital A Nazaré não pretende mento em cima da praia e com
te de São Miguel estava a deterio- Europeia da Cultura? reclamar a instalação um areal imenso qb, que lhe per-
rar-se completamente, hoje em dia Articula-se muito bem, vemo-la de serviços do Instituto mite essa organização.

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 11


Aqui perto
Leiria

Apenas um dos 22 arguidos do “Punho O seu irmão, Paulo Miguel,


conhecido por ‘Bebé’ e principal
arguidos, agindo em comunhão
de esforços e intentos, inseri-

Cerrado” condenado a prisão efetiva


rosto da empresa Lexsegur, que dos numa estrutura criminosa,
era um dos principais suspeitos, visaram forçar possuidores de
com 21 crimes atribuídos, foi con- determinados estabelecimentos,
denado a três anos e três meses sobretudo de diversão noturna, a
de prisão, pena que foi suspensa celebrarem contratos de presta-
por igual período, por três crimes ção de segurança privada, fixando
de coação, dois de extorsão e um os preços, as condições de serviço,
de ameaça. o meio de pagamento e a quanti-
Outro arguido foi condenado dade de segurança, os quais aca-
a um ano e seis meses de prisão, tavam com receio de sofrerem
suspensa por igual período, pelo represálias”, lia-se na acusação.
crime de ofensas à integridade fí- No final do acórdão, Luís Mi-
sica e terá de pagar uma multa de guel Rodrigues, advogado de Pau-
540 euros por detenção de arma lo Miguel, considerou o acórdão
proibida. “justo” e admitiu que a “montanha
O coletivo de juízes do Tribu- pariu um rato”.
nal Judicial de Leiria aplicou, na “O que se quis desde sempre
passada sexta-feira, ainda con- fazer passar neste processo é que
denações pecuniárias a mais ar- estávamos perante um grupo or-
guidos, pela detenção de arma ganizado de criminosos que se
proibida, entre os 300 e os 1.200 entretinham a praticar ilícitos sob
euros. a capa de uma associação crimi-
Os restantes arguidos foram nosa. O que se veio a provar é que
absolvidos de todos os crimes. foram praticados atos criminosos,
Os 22 arguidos estavam acu- e por isso foram punidos, mas
sados dos crimes de extorsão, amiúde e sem qualquer conexão,
coação, coação agravada, ofensa nem que tenha sido concertado”,
à integridade física qualificada, salientou o advogado.
Irmão de dono da Lexsegur foi condenado por 9 dos 33 crimes de que estava acusado ameaça, ameaça agravada, exer- Vítor Gaspar, advogado do ex-
cício ilícito da atividade de segu- -autarca e gerente da empresa
Eram 22 arguidos, três deles fo- dente declarou que a maioria dos efetiva de sete anos e seis meses rança privada, detenção de arma 365, Manuel Santos, arguido no
ram condenados a penas de pri- crimes de que estavam acusados por seis crimes de ofensas à inte- proibida, violência doméstica e processo, destacou o facto de o co-
são mas só um irá cumprir prisão 21 arguidos e uma sociedade não gridade física, um crime de amea- associação criminosa. letivo de juízes ter entendido que
efetiva. ficaram provados. ça e outro de ameaça agravada, “Na acusação fez-se constar o “acordo entre a 365 e a Lexsegur
Na leitura do acórdão do caso Apenas Jonatas Miguel foi menos 24 crimes dos quais estava que nos anos de 2015 e 2016, nos era um acordo claramente comer-
“Punho Cerrado”, o juiz presi- condenado a uma pena de prisão acusado. distritos de Leiria e Coimbra, os cial” e que “nada tinha de ilícito”.

Descarga para afluente Pavimentação Plataforma de apoio


da EN113
do rio Lis vale multa condiciona a cuidadores informais
de 1.920 euros trânsito apresentada em Leiria
Durante a tarde do dia 20 de abril a Procuradoria da Comarca de Os próximos dias poderão reve- Os números são do Governo e modelo de capacitação dos cui-
de 2015, um homem, residente Leiria, o Tribunal de Leiria con- lar-se complicados a quem ne- apontam para a existência de dadores informais e da pessoa
em Leiria e representante legal denou o homem ao pagamento cessitar de circular na estrada mais de 800 mil cuidadores in- dependente”, com conteúdos pro-
de uma exploração suinícola, de uma multa de 960 euros pelo EN113, na zona urbana de Leiria. formais em Portugal, sobretudo duzidos por especialistas.
com sede em Regueira de Pon- crime de poluição, em Regueira À semelhança do que tem decor- mulheres entre os 45 e os 75 anos, A plataforma inclui um ma-
tes, “efetuou uma descarga de de Pontes, “na pena de 160 dias de rido nas últimas semanas em que não recebem pelo trabalho nual de apoio ao cuidador, uma
efluentes pecuários provenientes multa, à razão diária de 6 euros, Olivais e Santa Catarina da Serra, que fazem mas que representam plataforma online (website públi-
da exploração”, “para o solo em à qual corresponde prisão subsi- entre os dias 5 e 9, o troço com- uma remuneração de 333 milhões co e aplicação para os cuidadores
declive, que escorreram até à li- diária pelo tempo corresponden- preendido entre a rotunda Este de euros por mês, ou seja, quatro informais), e um guião com o mo-
nha de água situada ali próximo, te reduzido a dois terços, se não de ligação da EN113 à A8-1 (IC36) mil milhões de euros por ano. delo de capacitação.
afluente do Rio Lis”. for efetuado o pagamento desta até à aproximação do entronca- É para ajudar os cuidadores Maria dos Anjos Dixe, coorde-
O ato ficou provado em tri- importância”. Foi condenada à mento com a rua das Olhalvas, informais na sua atividade que o nadora do CiTechCare e docente
bunal, tal como que “com as mesma pena a sociedade, com estará condicionado, com trânsi- Centro de Inovação em Tecnolo- da Escola Superior de Saúde, que
mencionadas descargas foram sede em Regueira de Pontes. to alternado com apoio de semá- gias e Cuidados de Saúde (CiTe- lidera o projeto, com outras ins-
contaminados os solos e as águas O REGIÃO DE LEIRIA, na edi- foros temporários de obra. chCare), do Politécnico de Leiria, tituições superiores e o Centro
da linha de água adjacente à ex- ção de 23 de abril de 2015, denun- A empreitada de pavimentação apresenta na segunda-feira, dia 5, Hospitalar de Leiria, explica que
ploração suinícola e do rio Lis, ciou o caso, através de um alerta promovida pela IP-Infraestrutu- a plataforma “Help2Care – Apoiar “é muito importante dar apoio aos
provocando danos substanciais de um morador, que revelava que ras de Portugal, continua entre no autocuidado de utentes e cui- cuidadores através da capacitação
na qualidade da água, tendo esta a situação era frequente e se ar- os dias 12 e 16 de novembro, na dadores”. para cuidar do seu familiar, mas
deixado de satisfazer os objetivos rasta há vários anos, causando a rua Paulo VI, em Leiria, entre o Trata-se de um projeto multi- também para promover o seu au-
ambientais de qualidade mínima poluição do ribeiro mas também entroncamento com a rua do Hos- disciplinar, financiado pela FCT, tocuidado”. O encontro decorrerá
para as águas superficiais”. a inundação da via, tornando-a pital até à rotunda existente junto Compete 2020 e União Europeia, a partir das 10 horas na Escola
Na semana passada, anunciou “intransitável”. à rua Emidio Agostinho Marques. que pretende “desenvolver um Superior de Saúde de Leiria.

12 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Escuteiros em ação
Espaço da responsabilidade do CNE-Junta Regional de Leiria-Fátima

O cinema de turismo fez um festival Trocar


internacional em Leiria e gostou o conforto
pela favela
Ser escuteiro
5
A Slideshow, de Leiria, conquis-
tou cinco prémios no 11º festi-
no mundo
No final do meu 2º ano da facul-
dade, senti a necessidade de fa-
zer algo mais pelo planeta onde
de, informática ou cabeleireira e
é o único espaço do bairro com
a segurança devida para que as
val Art&Tur. As distinções fo- vivo. Sem grandes despedidas crianças tenham oportunidade
ram para “O que vos faz partir?” deixei Portugal rumo ao Brasil, de ter uma infância de verdade.
(Melhor filme Destino Turístico não sabendo bem o que ia fazer. Aqui senti de uma forma pro-
Região Centro), “O Segredo das As amizades feitas no MOOT’17, funda e concreta que o escutismo
montanhas mágicas” (Primei- na Islândia (atividade escutista não tem fronteiras, quando reen-
ro Prémio Turismo Rural e de internacional) e um projeto de contrei um escuteiro da Coreia
A equipa Slideshow com representantes de entidades de Leiria Natureza), “ Procession of the voluntariado da Comunidade de do Sul, que conheci como staff
Snails” (Primeiro Prémio Turis- Taizé, foram as principais moti- de Kandersteg (Suíça). Ele esteve
Durante cinco dias, Leiria foi ca- porque tem muito, muito para ser mo Religioso e Peregrinação), vações para partir rumo ao con- comigo em Alagoinhas e passou
pital do cinema de turismo. O trabalhado a nível da criatividade, “Nissan Leaf4trees” (Primeiro tinente sul americano. uns dias na Comunidade a fazer
Festival Internacional Art&Tur da inovação, da criação de redes”, Prémio Responsabilidade So- Os primeiros 3 meses de vo- voluntariado.
trouxe à cidade não só muitas afirmou Francisco Dias. cial) e “O Mundial é no João Gor- luntariado, foram passados numa Terminado o voluntariado, fui
dezenas de filmes como muitos Para Pedro Machado, pre- do” (Segundo Prémio Serviços favela, na Comunidade de Tai- visitar escuteiros que conheci no
realizadores estrangeiros, nesta sidente do Turismo Centro de Turísticos) zé em Alagoinhas, Bahia; fiz o MOOT’17. Participei numa ação
que foi a edição que marcou a Portugal, a mudança do festival meu Desafio como escuteiro e social de isolar as habitações com
mudança do evento para a região para o Centro revelou “a evidên- também me candidatei à SWA pacotes de leite (foto acima) e
centro. cia da importância que a magia show, destaque para o Prémio Ci- (Scouts of the World Award). depois segui o meu caminho pela
Sexta-feira, na cerimónia de en- do cinema tem na promoção e no dade de Leiria, entregue a “O dia Apesar de não existirem escu- América do Sul.
trega de prémios, o diretor-geral processo de internacionalização da exaltação”, de Rafael Almeida teiros em Alagoinhas, o escutis- No total foram 8 meses e 20
do Art&Tur, Francisco Dias, fez dos nossos territórios”. e de Ana Clara Saragoça, que re- mo nunca deixou de estar presen- dias de viagem, 6 países, 8 grupos
um balanço “claramente positivo”. Quanto à premiação, além das cebeu também o Prémio de Me- te, quando ensinava matemática escutistas, 2 sedes nacionais e
“O festival veio para o local ideal, distinções para a leiriense Slide- lhor Filme de Turismo Cultural. ou nos jogos efetuados nas Co- uma estadual que me receberam.
lónias de Férias, para crianças Muitas outras histórias ficaram
e jovens da favela onde todos por vos contar. A seu tempo o
Novas instalações Gulbenkian PSP de Leiria morávamos. Esta Comunidade
tem cursos profissionalizantes de
farei. Até breve.

e exposição nos financia projeto detém jovem serralharia, mecânica, eletricida- Daniel Gregório
30 anos d’Os da Escola das por burla
Malmequeres Emoções Ò tia, DAMOS bolinho Os decisores

O dia é especial para Os Malme- O projeto da Escola das Emoções, Um jovem de 22 anos, suspeito de A tradição do Pão-por-Deus ou Dia 10, na Caranguejeira, os Guias
queres. Segunda-feira, dia 5, a de Leiria, foi um dos 33 aprovados burlar pessoas “vulneráveis” em Bolinho, remonta a 1756, um ano de Leiria-Fátima terão o seu en-
instituição de Leiria, que com pela Academia do Conhecimen- parques de estacionamento de após o terramoto de Lisboa onde contro anual. Baden-Powell, fun-
centro de atividades ocupacio- to da Gulbenkian, entre as 600 grandes superfícies comerciais morreram milhares de pessoas, dador do escutismo, diz-nos que
nais que dá resposta a jovens e candidaturas apresentadas, para de Leiria, foi detido em flagrante deixando a população na penúria. eles são elementos fundamentais
adultos com necessidades espe- apoio a novas formas de educação, delito, no passado sábado. Esta tradição era apenas da região do método escutista pois “ depen-
ciais, comemora 30 anos e assi- que ajudem crianças e jovens a “Dizia que era funcionário de de Lisboa, no entanto ao longo dos de largamente do vosso carácter
nala a data com a inauguração “desenvolver competências que determinada loja e fazia a oferta tempos, foi-se alastrando por todo e exemplo, o caminho que vão to-
das obras recentemente realiza- lhes permitam lidar com a incer- de eletrodomésticos, perfumes, o país. Desde a fundação do agru- mar”. São eles que representam os
das no edifício sede. teza, a mudança e a diversidade”. conjuntos de facas ou material in- pamento 1166 Amor que a tradição seus elementos no Conselho de
Paralelamente, será inaugu- O financiamento prevê um pla- formático”, revelou o comissário é seguida, mas ao contrário: os es- Guias, local onde se tomam todas
rada a exposição “As nossas Ár- no a três anos e a aplicação do Bruno Soares, da PSP de Leiria. cuteiros, ao invés de pedirem, con- as decisões da vida do grupo e de
vores”, com material produzido programa de educação emocional O suspeito era “bem falante” e feccionam e oferecem o bolinho todos os elementos. Estes grandes
pelos nossos utentes, até ao final na escola pública, privada e pro- tinha “boa apresentação” e ven- aos idosos indicados pela Casa do decisores do escutismo podem
do mês, em 11 espaços aderentes jetos de intervenção comunitária. dia os produtos a “preços muito Povo e Paróquia; estando assim, ser, um lobito de 9 anos, um explo-
da rua Barão Viamonte (rua Di- “A aprovação da candidatura reduzidos”, dizendo às pessoas Alerta para Servir. rador de 13, um pioneiro de 16 ou
reita) e na rua Miguel Bombarda, reconhece as mais-valias da edu- “que só tinham de pagar o IVA”. Esta ação de serviço à comunida- um caminheiro de 19. Na farda dis-
em Leiria: Mau Manel, Espaço cação emocional para uma socie- Pelo menos nove pessoas foram de vai repetir-se este ano, desta tinguem-se pelas fitas colocadas
Eça, LA-Portugal, Chapelaria Liz, dade mais justa e equilibrada e o vítimas deste modus operandi, le- vez com a colaboração dos escu- no bolso esquerdo da camisa e é
Garagem Est.1990, Natália Cabe- trabalho que temos desenvolvido vantando dinheiro no multibanco teiros da paróquia geminada du- deles que depende o bom funcio-
leireiros, Tucha, Earth Whisper, nos últimos anos”, explica Marco e em troca “recebiam uma caixa rante a festa da Fé: a Cruz da Areia. namento do escutismo como mo-
Cardamomo, Pastelaria LuziCla- Coelho, presidente da Escola das sem nada ou com algo lá dentro Luís Diogo vimento de educação não formal.
ra e Atlas Hostel Leiria. Emoções. para fazer peso. Paula Pereira Pio

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 13


Região // Aqui perto Escolas
Espaço da responsabilidade da Escola Secundária Afonso Lopes Vieira

Leiria

Sala de audiências em Leiria


“esquece” acesso de deficientes
As obras de remodelação na sala administrador judiciário, confir-
maior do Tribunal Judicial de ma o problema à agência Lusa,
Leiria, que se situa no primeiro tal como o fez ao nosso jornal:
andar, não retificaram a possi- “Em reunião no local, aquando
bilidade de deficientes motores do término das obras, no início de
acederam aos locais destinados setembro, a questão foi colocada
a arguidos, advogados ou teste-
Não há elevadores, a pelos órgãos de gestão da comar-
munhas. maioria das plataformas ca e por aqueles foi referido que
Durante as férias judiciais do
verão, a sala onde decorrem os
elevatórias ou estão er- iam solucionar a questão”.
O administrador judiciário Alunos de Rheine
radas ou não são usadas
principais julgamentos com co-
letivo de juízes sofreu obras de
remodelação. No entanto, a inter-
por falta de segurança.
acrescenta que, “além da insta-
lação de um elevador vertical, já
proposta pelos órgãos de gestão
descobrem património
venção não contemplou o acesso
de pessoas em cadeira de rodas ao
Face às obras, mais uma
vez não tiveram em conta
da comarca e em estudo pelo IG-
FEJ”, têm-se vindo a “desenvolver
de Leiria
espaço dos advogados, arguidos procedimentos para a reparação
ou testemunhas, confirmou fonte a questão dos deficientes” das plataformas existentes”. A segunda parte do intercâm- dência nas alterações climáticas.
judicial. A estrutura de madeira O presidente da delegação de bio teve, tal como em Rheine, Descobriram semelhanças e
que separa a zona destinada ao Mapril Bernardes Leiria da Ordem dos Advogados, de tudo um pouco. Os jovens de diferenças. Como um jovem de
público da zona dos restantes in- Presidente da delegação de Leiria da Mapril Bernardes, salientou que Rheine partilharam um dia de Rheine disse na avaliação “temos
tervenientes diretos do julgamen- Ordem dos Advogados “os problemas das acessibilidades escola com os seus colegas por- muitas coisas diferentes, mas no
to é constituída por uma pequena no Tribunal de Leiria e na maio- tugueses, conheceram a cidade fundo somos todos europeus”. O
porta de madeira, pela qual não ria dos tribunais portugueses con- (fizeram, com os parceiros por- caminho faz-se caminhando e
passa uma cadeira de rodas. tinuam a existir”. E denunciou: “A tugueses, um animado rallypa- esta aventura de descoberta e a
Não há outro acesso à sala para DE LEIRIA noticiou a avaria das sala do rés-do-chão do Tribunal per de descoberta da cidade), construção de pontes de enten-
deficientes motores, uma vez que plataformas elevatórias no tribu- de Leiria foi dividida em duas. Te- participaram em workshops e dimento contribuirá certamente
a entrada lateral tem escadas, que nal, impedindo o acesso de uma mos duas salas novas, modernas, tiveram um vislumbre do patri- para uma União Europeia (UE)
não possuem uma plataforma ele- advogada à zona de chamada e mas apertadíssimas e sem toma- mónio histórico. Ao património despida de preconceitos e pronta
vatória. à sala de audiências no 1º andar. das que permitam aos advogados natural foi dedicada uma aten- a aceitar as diferenças dentro da
No início do mês, o REGIÃO António Nolasco Gonçalves, ligar os computadores”. ção muito especial, com inci- própria UE.

Brigada do Mar ERASMUS Escola comemora Dia da


PUBLICIDADE

Reabilitação oral Alimentação e recebe


funcional e limpa praias de prepara alunos galardão Eco-Escolas
estética Leiria e Marinha para o mercado No dia 16 de outubro comemo-
do sorriso
Grande
europeu rou-se o dia Mundial da Ali-
mentação com um mercado de
produtos biológicos da horta da
A associação ambientalista Bri- A Escola Secundária Afonso Lo- escola. Neste dia foi entregue,
gada do Mar promove nos dias 17 pes Vieira pretende continuar a na Direção da Escola, o Galar-
e 18 uma ação de limpeza volun- reforçar a sua dimensão euro- dão Eco-Escolas, como reconhe-
Tratamento tária das praias da região, entre peia, com maior incidência na cimento do trabalho desenvol-
personalizado a Praia do Pedrógão e São Pedro formação dos alunos dos cur- vido no âmbito do programa ao
244 030 669
num ambiente de Moel. sos profissionais. Cientes que o longo do ano letivo 2017-18.
912 104 735
tranquilo... A atividade é aberta a todos os mercado de trabalho, hoje em
participantes, sendo a inscrição dia, não se confina às fronteiras
obrigatória (até 11 de novembro nacionais e que o espaço europeu Alunos da ESALV atuam
na página goo.gl/wmqaJs, para é, cada vez mais, uma alternativa na Assembleia da
efeito de seguro e gestão da ação). para a procura de emprego por República
2ª a 6ª feira Com início previsto às 9h30, parte dos jovens, a ESALV quer
Especializados a Brigada do Mar irá fornecer prepará-los melhor para esta rea- Um grupo de alunos da ESALV,
8h - 20h no tratamento luvas recicláveis, protetor solar lidade, proporcionando experiên- que frequenta o Conservatório
oral de crianças e sacos do lixo aos voluntários, cias de FCT (formação em con- Internacional de Ballet e Dança
Sábado e adultos que se devem apresentar com texto de trabalho) em regime de Annarella Sanchez, atuou no dia
8h - 17h30 roupa adequada à liberdade de mobilidade em vários países da 25 de outubro, na Assembleia da
movimentos, corta vento e cal- Europa. O projeto atual vai rea- República, como forma de reco-
çado para caminhar na areia. lizar-se nos próximos dois anos nhecimento pelo voto de louvor
Rua Cidade Halton, 35 r/c . Urb. Quinta do Seixal . Leiria Será distribuído aos participan- letivos, permitirá 40 mobilidades atribuído pelo Parlamento ao bai-
sorrisocasional@outlook.pt tes um reforço alimentar durante (38 de 2 meses e 4 ErasmusPRO) larino António Casalinho pelas
sorrisocasional-dental-studio7.webnode.pt as pausas da manhã e da tarde. A em países como Espanha, Itália, vitórias alcançadas no Concurso
ação termina às 17 horas. Bulgária, Inglaterra e Irlanda. Internacional de Ballet 2018.

14 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Região // Aqui perto

Nazaré Batalha

Suspeito de homicídio Colégio de São Mamede cionaram vários cenários face à


ausência de fundos comunitários

na Amadeu Gaudêncio encerra e passa


para fazer uma nova EHF, atual-
mente a funcionar no edifício

começou a ser julgado a pólo da EHF


dos Monfortinos, em Fátima, e
a enfrentar um problema de so-
brelotação. A opção do Colégio de
São Mamede “foi a que conjugou
O homem suspeito de ter matado homem meter a mão ao bolso e melhor os critérios: investimento,
a tiro o ex-sogro no átrio da Es- a dizer: ‘Agora é que te vou ma- adaptações e alterações de edi-
cola Básica e Secundária Amadeu tar’”. “Foi aí que meti a mão ao fício e proximidade”, sendo que
Gaudêncio, na Nazaré, no pas- bolso onde tinha a arma e não me as alterações necessárias serão
sado dia 19 de janeiro, começou lembro do que aconteceu depois. “mínimas face a todos os outros
a ser julgado pelo Tribunal de Fiquei completamente cego. Entrei edifícios que percorremos”.
Leiria, na última terça-feira. em colapso. Quando olho para o Esta decisão não altera o plano
Acusado da prática de um cri- José Lopes estendido no chão, vi para a futuro grande EHF, frisou
me de homicídio qualificado, um a desgraça toda. Fui em direção a diretora executiva da INSIGNA-
crime de ofensa à integridade fí- ao polícia que estava no portão e RE, Carina João Oliveira, sendo
sica qualificado e um crime de disse: ‘prendam-me’”. apenas uma decisão provisória.
detenção de arma proibida, o ar- Perante a “falta de memória”, O valor de arrendamento não foi
guido, que se encontra em prisão o advogado de defesa pediu ao divulgado, mas o contrato é por
preventiva, confessou ao coletivo tribunal que seja realizada uma dez anos.
de juízes ter agredido o avô do perícia psicológica ao arguido para Edifício do colégio será arrendado Foto de arquivo: Joaquim Dâmaso Os funcionários do antigo Co-
aluno, mas diz não ter memória avaliar a sua imputabilidade. No légio não serão mantidos e ainda
do que aconteceu após o primeiro despacho do Ministério Público, A INSIGNARE – Associação de En- çar. Os funcionários do Colégio não está definido se vão abrir
disparo. após o primeiro interrogatório sino e Formação chegou a acordo não vão ser mantidos. mais cursos, embora Carina João
“Quando venho para o hall, apa- judicial, o arguido “desferiu um para arrendar o edifício do Colé- O Colégio dista 4,9 quilóme- Oliveira tenha admitido que essa
rece o José Lopes a confrontar-me golpe na face esquerda da mãe do gio de São Mamede, que ficará de- tros de Fátima e permite à EHF possibilidade está em cima da
e a tentar dar-me uma cabeçada. seu filho”, “desferiu uma facada voluto no final do ano letivo com alargar o seu âmbito de ação ao mesa. “Temos vontade de aumen-
Desvio-me e quando vou para ir que atingiu o abdómen do avô do o encerramento da instituição do distrito de Leiria, de onde já pro- tar para novas áreas de ensino
embora ele dá-me um puxão no menor”, “efetuou dois disparos que grupo GPS. O espaço vai acolher vém uma parte significativa dos profissional”, referiu.
braço e mete a mão no bolso das o atingiu igualmente no abdómen”, um pólo da Escola de Hotelaria de alunos da instituição (Batalha, A INSIGNARE congrega a EHF
calças de forma repentina. Foi aí “empunhou a arma na direção da Fátima (EHF), atualmente sobre- Porto de Mós, Leiria, Alcobaça). e a Escola Profissional de Ou-
que o espetei”, explicou o arguido, mãe do seu filho e fez dois dispa- lotada, uma vez que de momento Numa conferência de imprensa rém, sendo uma parceria entre
acreditando que o homem, de 67 ros”, que veio, porém, a atingir o não há financiamento comunitá- realizada na tarde de terça-feira, a Câmara Municipal de Ourém,
anos, estivesse armado. Depois avô do menor. “Encontrando-se rio para fazer o projeto de uma 30 de outubro, foi o presidente ACISO – Associação Empresarial
de ser agarrado pela ex-mulher, o ofendido prostrado no chão, o nova escola de hotelaria que há da Câmara de Ourém, Luís Albu- Ourém Fátima e o Centro de Es-
o suspeito conta ainda que viu o arguido disparou mais dois tiros. anos aguarda recursos para avan querque, a explicar que se equa- tudos de Fátima.

Empréstimo de 32 milhões Câmara admite


recorrer à justiça
Orçamento para
2019 prevê 25
Junta “lamenta”
atrasos no
dependente do Tribunal no caso das milhões de euros pagamento
de Contas refeições de investimento
Falta apenas o visto do Tribunal peração financeira do Município; “Continua a verificar-se o incum- A conclusão das obras de re- A Junta de freguesia da Golpilhei-
de Contas para que a Câmara da a dívida decorrente de contratos primento grave e reiterado do qualificação da Escola Básica e ra lamentou, em comunicado, o
Nazaré receba um empréstimo de factoring e a dívida à DGTF contrato do serviço de refeições Secundária da Batalha, reabilita- atraso na transferência de verbas
de 32 milhões de euros. A As- pela compra de um terreno na na Escola Básica e Secundária da ção do antigo edifício dos Paços do município. No comunicado de
sembleia Municipal aprovou, no Área de Localização Empresarial Batalha” razão pela qual a Câma- do Concelho e da Casa da Obra, dia 23, o executivo local adiantou
passado dia 23 de outubro, em de Valado dos Frades”, notou o ra da Batalha “pondera apresentar são algumas das apostas no Or- que “a ata foi rececionada pelo
sessão extraordinária, a adesão presidente da Câmara da Nazaré, queixa judicial junto do Tribunal çamento para o próximo ano da município no dia 3 de outubro e,
da Câmara ao Fundo de Apoio defendendo ser “esta a única so- competente para exigir o cum- Câmara da Batalha, anunciou no entanto, até à presente data o
Municipal (FAM), com sete votos lução”. Para Fátima Duarte (PSD) primento do contrato”, anunciou na última segunda-feira a au- valor continua por transferir”. O
contra do PSD e do Bloco de Es- “o FAM traduz-se numa longa o município no passado dia 26. tarquia. O documento será vo- executivo PS, liderado por José
querda, duas abstenções da CDU penhora do futuro do concelho” “Esta é uma situação inaceitável, tado pelos deputados municipais Filipe, recorda que o presidente
e 15 votos a favor do PS. e para Telma Ferreira (Bloco de que deverá ter uma imediata in- em novembro e contempla , “no da Câmara, Paulo Batista (PSD),
“Estamos a substituir a dívida Esquerda) representa “a perda tervenção por parte do Ministério primeiro ano de execução” um na reunião da Assembleia Mu-
atual por um empréstimo de 32 da autonomia financeira da pró- da Educação e que para a qual, valor de de 16 milhões euros e nicipal de final de setembro, ti-
milhões, com taxas mais baixas e pria autarquia”. Já João Paulo o Município da Batalha não vai “desenvolve 9 milhões de euros nha referido que “o valor seria
prazos mais amplos, que engloba Delgado (CDU) reconheceu que tolerar abusos e incumprimentos de verbas a definir em anos se- de imediato liquidado”, após o
a dívida comercial, bem como os “este caminho aliviará a asfixia contratuais”, refere o presidente guintes”, anuncia o município . envio da ata em falta. A Junta
créditos existentes junto da Di- em que se encontra a autarquia”. da Câmara da Batalha, Paulo Ba- A conclusão do processo de “in- reclama ainda a formalização de
reção Geral do Tesouro e das Fi- A verba será disponibilizada tista Santos. A autarquia recorda ternalização” da empresa muni- um protocolo para saldar cerca
nanças (PREDE de 3 milhões de em duas tranches, sendo a pri- que o agrupamento de escolas cipal Iserbatalha, é igualmente de 29 mil euros em obras devi-
euros contratualizado em 2009 e meira disponibilizada no prazo tem manifestado “forte preocu- uma das apostas do próximo das a empreiteiros, “realizadas
do ATU), ou seja os encargos com máximo de 15 dias úteis, após o pação pela forma como o serviço ano, aponta ainda a Câmara da em plena campanha eleitoral”,
maior impacto negativo na recu- visto do Tribunal de Contas. de refeições é gerido”. Batalha. acrescenta o documento.

16 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Região // Aqui perto

Porto de Mós

Um dia para homenagear quem GNR deverá ter Marcelo Rebelo


reforço de efetivos de Sousa em São
travou a guerra há cem anos no final do ano Jorge

Que papel desempenharam os incidirá sobre o papel dos na- depois da exibição do filme “Sol- Jorge Vala, presidente da Câmara Marcelo Rebelo de Sousa, Presi-
militares de Porto de Mós na turais do concelho naquele con- dado Milhões”, marcada para as de Porto de Mós, confia que até ao dente da República Portuguesa,
I Guerra Mundial? Essa é uma f lito. Duas horas mais tarde, 17h30. A participação no evento final do ano a GNR no concelho é um dos intervenientes na con-
das questões que deverá obter terá lugar a inauguração de um é gratuita mas obriga à inscri- deverá contar com um reforço de ferência “Portugal Independen-
resposta no próximo sábado, dia memorial aos combatentes do ção junto dos serviços munici- efetivos. Dia 10 de outubro, na re- te”, promovida dia 13, pelas 14
3. O cineteatro de Porto de Mós concelho e que será instalado no pais da área da cultura. união do executivo municipal, o horas no Centro de Interpreta-
é o palco de diversas iniciativas Largo João Filipe Guerra. Logo Entretanto, o primeiro século autarca admitiu estar “preocupa- ção da Batalha de Aljubarrota,
que assinalam os 100 anos sobre pela manhã, às 9h30, será tam- passado sobre o final do confli- do” com a redução de efetivos da em São Jorge. A iniciativa da
o fim da primeira Grande Guer- bém inaugurada uma exposição to será igualmente assinalado, GNR no concelho, consequência Fundação Batalha de Aljubarro-
ra. O lote de ações programadas que remete igualmente para as uma semana depois, no vizinho de alguns elementos terem sido ta, conta ainda com a participa-
para aquele dia pretendem “ho- memórias locais sobre aquele concelho da Batalha. Assim,no redirecionados para os GIPS. O ção do ex-ministro das Finanças,
menagear os portomosenses prolongado embate militar. sábado, dia 9 de novembro, pe- autarca revelou que o tema foi João Salgueiro, bem como com
que estiveram em combate no Mas este primeiro século las 17h30, o auditório do Mos- abordado numa recente reunião o historiador e investigador Rui
primeiro conflito mundial, dei- passado sobre o fim da guerra teiro da Batalha será o palco com responsáveis daquela força Ramos e com os ex-ministros
xando um registo daqueles que que contou com a participação para o terceiro de uma série policial, adiantando ainda que Luís Amado e Diogo Freitas do
viveram este período negro da ativa de dezenas de nações,en- de colóquios sobre “Portugal e lhe fora garantido que até ao fi- Amaral. Esta conferência tem
História”, aponta o município. tre as quais Portugal, será ainda a 1ª Grande Guerra”. No dia se- nal do ano o efetivo deveria ser como pergunta de partida: “a
A a p r e s e nt a ç ã o d o l i v r o assinalado com a realização de guinte, pelas 21 horas, na igreja reposto. Jorge Vala respondia a partir da sua história, que futu-
“Combatentes Portomosenses um colóquio que junta vários do Mosteiro, decorrerá um con- um munícipe que alertou o exe- ro desejável para Portugal?” e
na I Guer ra Mund ia l (1914 - especialistas, militares e acadé- certo pela Paz a cargo da Banda cutivo para uma recente onda insere-se no âmbito dos “encon-
1918)”, marcada para as 12 ho- micos. As atividades decorrem Sinfónica da Força Aérea e Coro de assaltos, que, explicou, afeta tros “ da Fundação Batalha de
ras, é um dos momentos que durante todo o dia e terminam, Essence Voices. sobretudo lojas e escritórios. Aljubarrota.

PUBLICIDADE

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 19


Região // Aqui perto

PUBLICIDADE
Marinha Grande

Fundo de emergência para


prejuízos do Leslie não avança

5
Não vai ser possível avançar com que informou a CCDR Centro dos
a criação de um fundo de emer- prejuízos registados no conce-
gência municipal para fazer face lho, procurando sensibilizar para
aos prejuízos da tempestade Les- as especificidades do concelho.
lie. A proposta foi avançada pela Recordou ainda que no âmbito
CDU ao executivo, mas não pode das possibilidades de ação legal
ser concretizada por falta de en- Poucos dias depois da passagem da autarquia, foi autorizada, ex-
quadramento legal. da tempestade Leslie, o municí- cecionalmente, a ocupação da
“Infelizmente não nos é per- pio fez o levantamento dos pre- via pública e execução de obras
mitido fazer o que gostaríamos juízos causados no concelho. Na isentas de controlo prévio, para
de poder fazer”, explicou na últi- altura, os danos públicos e de reparação dos danos decorrentes
ma segunda-feira, em reunião do particulares foram estimados do mau tempo.
executivo, Cidália Ferreira, pre- em cerca de 5 milhões de euros. Confrontada com diversas si-
sidente da Câmara da Marinha A possibilidade de ser a Câma- tuações de árvores que permane-
Grande. Lara Lino e Alexandra ra a avançar com um fundo de cem tombadas, em consequência
Dengucho, vereadoras da CDU, apoio para suportar os prejuízos do mau tempo, a presidente da
recordaram a proposta que já ti- foi agora afastada, alegando-se Câmara adiantou que “em duas
nham apresentado no sentido da a falta de enquadramento legal semanas não conseguimos fazer
criação do fundo que preconizava que a sustente tudo”, acrescentando que as situa-
a disponibilização de um apoio ções que permanecem por resol-
municipal para os prejuízos não ver obrigam à entrada em ação
cobertos por seguro. Os montan- de empresas especializadas que,
tes seriam apurados mediante o em consequência do elevado nú-
levantamento realizado no ter- mero de solicitações, só deverão
reno por equipas multidiscipli- bido a indicação de que a Câmara começar a trabalhar no concelho
nares. “não pode assumir responsabi- na próxima semana. “Os meios à
Cidália Ferreira adiantou, lidades com particulares, sendo nossa disposição não conseguem
contudo, que a autarquia solici- nulas essas deliberações porque [fazer esse tipo de intervenção] e
tou um parecer sobre eventuais não há norma legal que o sus- tem de ser uma empresa especia-
apoios a particulares, tendo rece- tente”. A autarca adiantou ainda lizada”, explicou. CSA

Armazéns por Teatro Stephens Governador rotário


visita a Marinha Grande
reparar desde pode vir a ter
fogos do ano bilhetes à venda Joaquim Branco, governador do
distrito de 1970 do Rotary Portu-
passado na internet gal, vai estar na Marinha Gran-
de na próxima quarta-feira, dia
7. A visita deste responsável ao
Módulos pré-fabricados para A venda de bilhetes on-line para Rotary Club da Marinha Gran-
funcionarem como balneários e os espetáculos no Teatro Stephens de, culmina com a realização de
armazém. Esta é a solução anun- deverá avançar em breve. Célia um jantar, agendado para as 20
ciada esta semana por Carlos Guerra, vereadora da Cultura da horas, no hotel Cristal. As inscri-
Caetano, vice-presidente da Câ- Câmara da Marinha Grande, ga- ções podem ser realizadas junto
mara da Marinha Grande, para rantiu na última segunda-feira do clube rotário local.
resolver o problema dos funcio- que o executivo se vai empenhar
nários da autarquia que estão im- em resolver o problema da venda
pedidos de usar os balneários dos de bilhetes, sem adiantar, con- Garcia é o destino de
armazéns camarários em Vieira tudo, quando será apresentada passeio pedestre
de Leiria. Aquelas instalações uma solução. Aurélio Ferreira
foram atingidas pelos fogos de (MpM) alertou para o facto de É um passeio com seis quilóme-
outubro do ano passado, e “estão os munícipes se queixarem da tros de extensão e decorre este
num estado lastimável”, reconhe- dificuldade em conseguir bilhetes domingo, dia 4. Será no lugar da
ceu o vereador na reunião do exe- para os espetáculos, sugerindo a Garcia e a participação é gratui-
cutivo da última segunda-feira. implementação da venda através ta e não necessita de inscrição
Alertado para o caso por Alexan- da internet. O vereador reclamou prévia. Insere-se no âmbito dos
dra Dengucho (CDU), Carlos Cae- ainda a definição de uma estra- passeios organizados pelo muni-
tano referiu que provavelmente tégia para aumentar o acesso às cípio. O ponto de encontro está
será necessário reconstruir os atividades culturais que decorrem marcado para as 9 horas, junto
armazéns, anunciando que, para naquela sala. Célia Guerra adian- ao edifício do Arquivo Municipal
já, avançará a instalação de mó- tou que a autarquia vai apostar da Marinha Grande, para utiliza-
dulos pré-fabricados. na divulgação junto das escolas. ção do transporte gratuito .

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 21


Desporto

01

Pais levam filhos à escola a pé e


promovem estilos de vida saudáveis
Mobilidade Projeto foi apresentado por docente de te da Escola Superior de Edu- À adoção de estilos de vida xo nas crianças, elas contactam
cação e Ciências Sociais, em ativos, junta-se a promoção de com o ar livre e ficam mais des-
Desporto e rapidamente aceite pelos pais. Crianças Leiria, surgiu no ano passado, sociabilidade entre as crian- pertas para o mundo, mais ricas.
fazem trajeto duas vezes por semana e promovem há- desenvolvida por ele e por Nuno ças da mesma escola e entre Ficam mais despertas”, afirma
Amaro, ambos professores no os respetivos encarregados de Lina Lourenço.
bitos de vida saudável, enquanto brincam e aprendem IPLeiria e membro integrados educação. “É importante que os
do CIEQV (Centro de Investiga- pais sejam um elemento partici- Semente para a vida
ção em Qualidade de Vida). pante. Os pais são um exemplo À caminhada, este ano letivo, e
Marina Guerra de Pontes (CARP). O projeto tem como ponto de decisivo para as crianças. Se o enquanto as condições meteo-
Dali até à escola, o grupo não partida o conceito walking bus, pai passa o tempo no sofá, eles rológicas o permitirem, acres-
Chegam à escola de olhos bem demora mais de 9-10 minutos a aplicado em vários países euro- não encontram motivo para se centam-se os jogos tradicionais
abertos e com algumas cente- caminhar mas enquanto aguar- peus, e com duas ou três expe- mexer”, acrescenta. e, ao sinal de partida, alguns
nas de passos contabilizados. dam que todos cheguem, há tem- riências em Portugal, onde os Nuno Amaro vai mais longe: alunos cumprem o exercício com
De sorriso no rosto, com uma po para jogos tradicionais, com pais formam um grupo e levam “face ao estilo de vida sedentá- pedómetro.
corrida nas pernas e um desa- estimulação motora. O jogo do os filhos até à escola a caminhar. rio que a população portuguesa “O uso do pedómetro promo-
fio ganho. Alguns já a despir galo com corrida, os três pau- “No final do ano [letivo] pas- apresenta e, em particular, as ve uma competição saudável
casacos. O exercício deu para zinhos,... sado, começamos a caminhar crianças, urge adotar um esti- para ver quem dá mais passos,
aquecer e deixa as maçãs do Na sexta-feira, Rodrigo foi de um ponto de partida comum lo de vida mais ativo. Para as ainda que alguns comecem a
rosto rosadas. Antes de entrar o primeiro a chegar, seguiu-se até à escola. São cerca de 600 crianças, a atividade física e o correr e a saltar para o aparelho
na sala de aula, os estudantes Beatriz, Miguel e outros sete. metros e fazê-lo duas vezes por exercício físico revelam-se de- contar mais”, refere Rui Matos,
conferem quantos passos deram Samara e Bernardo foram os semana, de acordo com a dispo- veras importantes para o seu desvendando a “batota” da ca-
e quem foi o totalista, às vezes, últimos e a novidade. Perten- nibilidade dos pais, que acom- normal desenvolvimento, não minhada.
reconhecem, com alguma bato- cem à turma de primeiro ano e panham os alunos”, explica Rui só físico, mas mental, social ou No pátio da escola, é feita a
ta colocada à mistura. Bernardo fez pela primeira vez a Matos, que nesta caminhada até, como bem evidenciado pela contagem. 1260, 1047, 2136 - “A
É assim, duas vezes por se- caminhada até à escola. “Por ve- também assume o papel de pai. ciência, cognitivo”. sério? Andaste isto tudo?”, per-
mana, na Escola do 1º ciclo do zes há dificuldades em conciliar “Um dos objetivos é torná-los Lina Lourenço e Ana Manaça, gunta Rui Matos enquanto para-
ensino básico de Regueira de horários mas a atividade é mui- meninos com gosto pela ativida- professoras na EB1 de Regueira beniza o aluno - 1852 e 1582 são
Pontes, no concelho de Leiria. to interessante para eles e hoje de física. Claro que não é a ati- de Pontes, partilham da opinião alguns dos totais obtidos ao fim
A poucos quilómetros da ca- conseguimos estar despachados vidade que fazem aqui que lhes e aplaudem a iniciativa. “Quase de 15 minutos com o pedómetro
pital de distrito, em ambiente a tempo”, explicou Elisabete Go- vai dar nada mas vai motivá-los todas as semanas os alunos de à cintura.
rural, um grupo de alunos (e mes, mãe do aluno, que também para fazer outras coisas fora da 3º ano vão dar um passeio ao pi- O trajeto inclui ainda a tra-
pais) encontra-se 20 minutos integrou a caminhada. escola. E, muitos deles, quando nhal, onde passeiam, lêem, des- vessia e equilíbrio num pequeno
antes do toque de entrada nas perguntamos se querem ir a al- cobrem a natureza, trabalham muro, a observação de elemen-
aulas, junto ao campo de futebol Pais como exemplo gum lado, já perguntam ‘Vamos matemática. Estas atividades tos naturais (aranhas, árvores
7, do Clube Atlético de Regueira A ideia, conta Rui Matos, docen- a pé?’”, salienta Rui Matos. [caminhada] têm sempre refle- de fruto) e agrícolas (milho na

22 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Região // Desporto

Nadador do Bairro
dos Anjos convocado
Jordan Santos (também)
é campeão na Turquia
Oxigénio
Chícharo encerra Circuito do Calcário
para mundial
Treina no Complexo de Piscinas Mais um campeonato, mais
de Leiria diariamente, represen- uma vitória. O jogador nazare-
ta o Bairro dos Anjos e é atleta do no Jordan Santos participou no
Malawi. Com o objetivo da quali- campeonato turco de futebol de
ficação para os Jogos Olímpicos praia, conquistando mais um tí-
de Tóquio 2020, o nadador Filipe tulo na carreira, pelo Erciş Bea-
Gomes, de 21 anos, vai competir, ch Soccer Team, e o prémio de
pelo país africano, no Mundial de melhor jogador da competição.
natação de piscina curta, entre 11 O jogador está também nomea-
a 16 de dezembro, na China. do para melhor do mundo.

APD-Leiria está em Selecionador chama


força na seleção para dupla do Atlético
arranque de época Ouriense
A época de andebol em cadeira Francisco Neto, selecionador A prova é para correr (e por vezes andar) na natureza mas, em
de rodas arranca dia 4, no Por- nacional de futebol feminino, Santa Catarina da Serra, concelho de Leiria, o Trail d’O Chícha-
to, com um torneio de abertura, convocou, pela primeira vez, ro da Serra - Rota do Calcário convida os participantes a promo-
onde a APD-Leiria vai estar pre- Monique Gonçalves e Ana San- ver a região e saborear a gastronomia local. A última prova do
sente. Hoje, feriado, cinco atletas tos, jogadoras do Atlético Ou- Circuito do Calcário, a 24 de novembro, terá três provas: trail de
do clube trabalham com a sele- riense, para o estágio competi- 15 km, trail de 25 km e a caminhada de 10 km.
ção, para preparar o Campeonato tivo que a equipa vai fazer com A concentração, partida e chegada de ambas as provas será
da Europa: João Jerónimo, Ider- os EUA (dia 8, Estoril) e o País de no Complexo Desportivo da União Desportiva da Serra (UDS),
lindo Gomes, Marco Francisco, Gales (dia 10, Rio Maior, e dia 13, onde decorre o 13º Festival Cultural e Gastronómico “O Chícha-
Patrícia Traquina e João Pedro. Cova da Piedade, Lisboa). ro da Serra” (entre os dias 22 e 26), uma organização da ForSer-
ra - Associação de Desenvolvimento e Gestão de Património de
02 Santa Catarina da Serra.
01 D
 os 13 alunos do terceiro
ano, mais de metade adotou Guiness Praia do Norte As inscrições podem ser realizadas em www.recordepessoal.pt
até dia 18, pelo valor de 16 euros, com direito a refeição no festi-
o desafio de caminhar até
à escola. Alunos do 1º ano soma terceiro recorde, val gastronómico.

também aderem

02 Antes da caminhada, crian-


agora em kitesurf Laminha prepara loucura a triplicar
ças fazem jogos tradicionais Será no segundo domingo do ano, a 13 de janeiro. A 16ª edição
com estimulação motora do Cross da Laminha 2019 abre o novo ciclo de provas de trail
Fotos: Joaquim Dâmaso da região e, como a própria organização avança “isto é de lou-
cos”, pois terá três distâncias. O Cross Laminha terá 15 km, um
pouco mais que na última edição, e vai atravessar os trilhos,
eira) ou a aplicação das regras carreiros e caminhos, bastante desnivelados do Juncal. As no-
de circulação rodoviária. vidades na nova edição prendem-se com a criação de uma dis-
Há resultados? “A semente tância curta, de apenas 8 km, denominado Laminha curto, e de
está lá e, com certeza, mudará a uma caminhada, com os pedestrianistas a caminhar ao longo
vida destas crianças e será algo de 8 km. As inscrições devem abrir nas próximas semanas.
que se recordarão, tal como eu
me recordo do regresso a casa
após a escola, onde podia ‘vaga- Inscrições para a mãe
bundear’ pelos pomares, testar
super poderes ao trepar uma ár-
das meias a terminar
vore ou ultrapassar obstáculos
(muros, ribeiros, entre outros),
ver os ofícios de quem trabalha- A poucos dias de completar um primeiro kitesurfer a entrar na
va de porta aberta, das folhas ano sobre a onda surfada em ki- exposição permanente de pran-
caducas do outono, das flores na tesurf, Nuno “Stru” Figueiredo chas ali existente.
primavera…enfim, lembro-me recebeu a tão desejada confir- “A Praia do Norte é, sem dúvi-
de viver”, realça Nuno Amaro, mação. A onda de 19 metros sur- da, uma praia única no mundo.
destacando que o maior benefí- fada a 8 de novembro de 2017, As probabilidades de termos as
cio é a “felicidade das crianças”. em kitesurf, na Praia do Norte é maiores ondas do mundo numa
“A caminhar para a escola” é considerada como a maior onda linha de costa tão pequena são
um dos temas que vai ser apre- do mundo. ínfimas e para agravar o univer-
sentado no 2º Fórum Desporto O recorde já tinha sido avança- so de probabilidades é também
da REDESPP (Redes de Desporto do pela Federação Internacional possível fazer a maior onda do
nos Politécnicos), que decorre na de Kitesports que, em conjunto mundo com o uso do vento”, dis-
próxima semana, dias 5 e 6, na com Faculdade de Motricidade se o kitesurfer quando deixou a
ESECS, em Leiria. Humana, validou a marca mun- prancha no espaço museológico. A Meia Maratona Internacional da Nazaré acontece no dia 11, pe-
E a caminhada não termina dial e aguardava a homologação No espaço de um mês, a Praia las 10h30, e encerra as inscrições na próxima quarta-feira, dia 7. A
aqui. A equipa promotora do pro- do Guinness World Records. A do Norte viu reconhecidos três corrida de estrada na Nazaré vai, literalmente, parar a vila e colo-
jeto estuda, a breve prazo, elevar aprovação chegou este fim de recordes do Guiness. Além de car em movimento milhares de atletas, numa das quatro provas
a atividade para outro patamar, semana. Nuno “Stru” Figueiredo, os sur- que se vão realizar: meia maratona (21 km), meia a meias (10,5 km),
com a delineação de “um trajeto O atleta de 40 anos, tricam- fistas Rodrigo Koxa com a marca Volta à Nazaré (10 km) e caminhada (6 km). Considerada a mãe
de recolha dos alunos nas suas peão nacional, está representado de maior onda do mundo (24,38 das meias maratonas em Portugal, a prova cumpre a 44ª edição e
casas” em direção à escola. na Surfer Wall do Forte de São metros) e Maya Gabeira, com o integra o Campeonato Nacional de Veteranos na distância. Inscri-
marina.guerra@regiaodeleiria.pt Miguel Arcanjo, na Nazaré, des- recorde feminino de maior sur- ções em lap2go.com.
de fevereiro deste ano, sendo o fada (20,72 metros).

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 23


Classificações Equipas de andebol
Futebol e modalidades jogam Taça de
Portugal no feriado
União de Leiria Líder: SL Benfica, 15 pts; Sintrense, 2º, 12 pts; Spor-
ting, 3º, 9 pts; GD Os Vidreiros, 9º, 0 pts I Divisão nacional de juvenis - série C Andebol Às 15 horas, o AC Sismaria
joga no sábado 6ª jornada (04.11.18, 15 horas)
Un. Almeirim - GD Os Vidreiros; Casa Povo
8ª jornada
União de Leiria 4 ARCB Valongo 1
II Divisão Nacional - Zona 2
joga com o CDE Camões.
Mais tarde, às 20h30, a Juve
Pego - SL Benfica; Sporting - Ponte Frielas; União EAS Marinha Grande 0 Sporting 3 6ª jornada Lis recebe o CD Marienses.
Torreense - Damaiense União Almeirim 2 Caldas SC 0 SIR 1º Maio 18 Juve Lis 28
CADE 0 - O Elvas 2; Naval 1893 0 - GS Loures 1; Albicastrense 29 AC Sismaria 25 Os encontros de hoje, dia 1,
Divisão de Honra distrital Sintrense 0 - Sacavenense 3 CD Mafra 20 - CD S. Bernardo 33; AD Sanjoanense dizem respeito à 2ª elimi-
30 - ADC Benavente 26; Benfica 36 - Ílhavo AC 32
6ª jornada Líder: Sporting, 24 pts; Sacavenense, 2º, 20 pts; natória da Taça de Portugal
A União de Leiria venceu pela Beneditense 3 GDR Boavista 1 União de Leiria, 3º, 18 pts; Caldas SC, 8º, 8 pts; EAS Líder: CD São Bernardo, 17 pts; Benfica, 2º, 17 pts; de masculinos. Em femini-
Alqueidão da Serra 0 Sp. Pombal 1 Marinha Grande, 11º, 6 pts Juve Lis, 4º, 14 pts; AC Sismaria, 5º, 12 pts; SIR 1º
margem mínima o Alverca, para ID Vieirense 2 Ginásio Alcobaça 2 Maio, 10º, 8 pts nos jogam-se Ílhavo - SIR 1º
o Campeonato de Portugal e GRAP/Pousos 0 AD Portomosense 1 9ª jornada (03.11.18, 11 horas) Maio/CJB; Cister SA - Asso-
ACR Maceirinha 0 SCL Marrazes 3 O Elvas - União Almeirim; Sacavenense - União de 7ª jornada (03.11.18)
aproxima-se do topo da classi- Figueiró dos Vinhos 1 UR Mirense 0 Leiria; Caldas SC - Sintrense; Sporting - Valongo; GS AC Sismaria - SIR 1º Maio (18h); Juve Lis - Benfica mada; Batalha AC - Sobreira;
ficação da série C. Na próxima GD Guiense 0 At. Marinhense 1 Loures - CADE; EAS Marinha Grande - Naval 1893 (19h); Ílhavo AC - AD Sanjoanense; ADC Benavente e SIR 1º Maio - Juve Lis.
GD Pelariga 0 CC Ansião 0 - CD Mafra; CD São Bernardo - Albicastrense
jornada, os leirienses anteci- I Divisão nacional de iniciados - série D
pam o jogo para sábado, às 15 Líder: Sp. Pombal, 15 pts; At. Marinhense, 2º, 15 pts; I Divisão Nacional Feminina
horas. AD Portomosense, 3º, 14 pts 10ª jornada
EAS Marinha Grande 1 At. Marinhense 6 3ª jornada
Em iniciados, Atlético Mari- 7ª jornada (04.11.18, 15 horas) CD Fátima 1 Vigor Mocidade 2 Juve Lis 22 Colégio Gaia 23 Tempestade Leslie
nhense e Caldas estão apurados AD Portomosense - Beneditense; Ginásio Alcobaça
- GD Guiense; UR Mirense - At. Marinhense; Sp.
CD Vilarense
Caldas SC
3
2
União de Leiria
Portalegrense 0
0 Passos Manuel 21 - CA Leça22; Alpendorada 35 -
JAC Alcanena 27; MaiaStars 29 - Ass. Assomada 28
cancela Rali CAMG
para a segunda fase do nacional, Pombal - ID Vieirense; Figueiró dos Vinhos - ACR GD Peniche 2 Ac. Fundão 0
quando falta jogar uma jornada. Maceirinha; GDR Boavista - Alqueidão da Serra; SCL Marrazes 2 CADE 3 Líder: Colégio Gaia, 9 pts; CA Leça, 2º, 9 pts; Juve
SCL Marrazes - GD Pelariga; CC Ansião - GRAP/ Lis, 7º, 5 pts; SIR 1º Maio, 10º, 4 pts
A União de Leiria está depen- Pousos Líder: At. Marinhense, 27 pts; Vilarense, 2º, 26 pts; O Clube Automóvel da Marinha
dente da sua própria vitória e do Caldas SC, 3º, 25 pts; União de Leiria, 5º, 13 pts; GD 4ª jornada (03.11.18) Grande (CAMG), responsável pela
I Divisão Distrital - série A Peniche, 6º, 12 pts; CD Fátima, 8º, 11 pts; SCL Mar- SIR 1º Maio - JAC Alcanena (18h); Passos Manuel
resultado do CADE. razes, 9º, 10 pts; EAS Marinha Grande, 12º, 3 pts - CS Madeira; Alavarium - Juve Lis (18h30); Ass. organização do Rali CAMG, pre-
A jornada foi negativa para as 3ª jornada Assomada - Madeira SAD visto para o dia 15 de dezembro,
Arcuda 1 Chão de Couce 0 11ª jornada (04.11.18, 11 horas, última jornada) 5ª jornada (04.11.18)
equipas femininas da região que GAU/Bajouca 3 GD Alvaiázere 1 At. Marinhense - Vilarense; Un. Leiria - Peniche; SIR 1º Maio -Juve Lis (17h); Ass. Assomada - CS anunciou o cancelamento da pro-
disputam os nacionais de futebol Rec. Pedroguense 5 ACD Almagreira 0 Vigor M - SCL Marrazes; Ac. Fundão - Caldas SC; Madeira; ARC Alpendorada - MaiaStars; JAC Alca- va, devido à queda e instabilidade
ACD Caseirinhos 3 Matamourisquense 2 Portalegrense - CD Fátima; CADE - EAS Mª Grande nena - Alavarium; Passos Manuel - Madeira SAD
feminino, futsal e andebol. Ne- das árvores existentes nas estra-
nhuma alcançou os três pontos. Líder: GAU/Bajouca, 9 pts; Moita do Boi, 2º, 6 pts; Futsal I Divisão Nacional de juvenis - zona 3 das da mata nacional, causadas
GD Ilha, 3º, 6 pts
I Liga 6ª jornada
pela tempestade Leslie, que dei-
4ª jornada (04.11.18, 15 horas) AC Sismaria 33 CD S. Bernardo 35 xaram as vias intransitáveis.
ACD Almagreira - ACD Caseirinhos; Moita do Boi 7ª jornada Cister SA 14 Alavarium 19
- Alegre e Unido/Bajouca; GD Alvaiázere - AC Car- Modicus 5 CD Burinhosa 0 Sporting 29 SIR 1º Maio 16
nide; GD Ilha - Arcuda; Castanheira de Pera - Rec. Sporting 6 - Sp. Braga 1; Rio Ave 1 - Eléctrico 2; AD ADC Benavente 26 - Estarreja AC 13; AA Avanca 36
Futebol Pedroguense; Matamourisquense - AC Avelarense Fundão 6 - Futsal Azeméis 3; Belenenses 2 - Benfica
3; Un. Pinheirense 2 - Quinta dos Lombos 3; Viseu
- AD Sanjoanense 26 Dupla sub15 de Leiria
Campeonato de Portugal - Série C I Divisão Distrital - série B 2001 5 - Leões Porto Salvo 3 Líder: Sporting, 16 pts; CD São Bernardo, 2º, 16 vence zonal centro
9ª jornada 3ª jornada Líder: SL Benfica, 21 pts; Modicus, 2º, 18 pts; Spor-
pts; AC Sismaria, 6º, 11 pts; SIR 1º Maio, 9º, 8 pts;
Cister SA, 10º, 7 pts em badminton
União de Leiria 1 FC Alverca 0 Motor Clube 1 AR Meirinhas 1 ting, 3º, 16 pts; Burinhosa, 12º, 4 pts
AD Nogueirense
GD Peniche
1 CD Fátima
1 GS Loures
1
0
União da Serra 7 GD Santo Amaro 0 8ª jornada (03.11.18) Os jogadores sub15 Jacinto San-
GD Atouguiense 0 At. Marinhense 1 8ª jornada (03.11.18) AC Sismaria - Sporting (16h); Estarreja AC - AD
Caldas SC 2 Sertanense 2 GDRC Unidos 0 Bombarralense 1 Sp. Braga - Belenenses; Eléctrico - AD Fundão; Fut- Sanjoanense; ADC Benavente - Alavarium; AA tos, do Clube Badminton de Lei-
Sintrense 1 - Santa Iria 1; AD Mação 0 - Benfica Cast. GD Peso 1 GD Os Nazarenos 4 sal Azeméis - Viseu 2001; CD Burinhosa - Rio Ave Avanca - SIR 1º Maio (15h); Cister SA - CD São ria, e Gonçalo Silva, do Clube Stel-
Branco 1; Torreense 1 - Oliv. Hospital 1; Vilafran- (18h); Quinta dos Lombos - Modicus; Leões Porto Bernardo (16h)
quense 1 - Anadia 1; ARC Oleiros 3 - Alcains 0 Líder: Un. Serra, 7 pts; At. Marinhense, 2º, 6 pts; GD Salvo - Sporting; Benfica - Un. Pinheirense
la Maris de Peniche, venceram a
Os Nazarenos, 3º, 6 pts Hóquei em patins variante de pares masculinos da
Líder: Sintrense, 21 pts; Vilafranquense, 2º, 20 pts; II Divisão Nacional - Série D
Benf. Cast. Branco, 3º, 19 pts; União de Leiria, 4º, 4ª jornada (04.11.18, 15 horas) I Divisão Nacional
2ª jornada zonal centro, contra a
19 pts; CD Fátima, 9º, 13 pts; Caldas SC, 12º, 10 pts; At. Marinhense - União da Serra; GDR Bidoeirense 6ª jornada (03.11.18) dupla Eduardo Oliveira (ARECO)/
GD Peniche, 17º, 5 pts - GD Peso; GD Os Nazarenos - Motor Clube; GD Vi-
dreiros - GD Atouguiense; GD Santo Amaro - GDRC
CS S.João -Covão Lobo; ACD Ladoeiro - NS Pombal;
Boa Esperança - UD Cariense; Vilaverdense - Alha-
3ª jornada
OC Barcelos 3 HC Turquel 2
Pedro Martins (DCB). Em sub19, a
10ª jornada (04.11.18, 15 horas) Unidos; Bombarralense - Biblioteca IR dense; Granja Ulmeiro - Ferreira do Zêzere Sp. Marinhense 7 AD Oeiras 3 dupla Ricardo Fróis/ Diogo Rodri-
União de Leiria - Vilafranquense (dia 3, 15h); FC
Alverca - Caldas SC; CD Alcains - AD Mação; GS
Riba d’Ave 2 - AD Valongo 1; HC Braga 6 - Juv. Viana gues (CBL) foi segundo.
I Divisão Nacional de juniores - zona sul II Divisão Nacional - Série E 6; FC Porto 5 - Paço de Arcos 2; UD Oliveirense 1 -
Loures - Benfica Cast. Branco; Santa Iria - Torreen- SL Benfica 3; Sporting 1 - Sp. Tomar 0
se; Anadia FC - Sintrense; CD Fátima - GD Peniche; 9ª jornada 6ª jornada (03.11.18)
FC Oliv. Hospital - AD Nogueirense; Sertanense
FC - ARC Oleiros
Cova da Piedade 2 União de Leiria
FC Alverca 2 - Marítimo 2; CD Tondela 2 - Estoril
1 Estoril Praia - Marítimo; Vialonga - AR Amarense;
MTBA - Olho Marinho; Casal Velho - AMSAC;
Líder: FC Porto, 9 pts; SL Benfica, 2º, 7 pts;
Sporting, 3º, 7 pts; Sp. Marinhense, 9º, 3 pts; HC Ciclista André
I Liga Futebol Feminino
Praia 0; Académica 0 - Vitória FC 1; Sporting 3 -
Alcanenense 1; Benfica 6 - Belenenses 4
Manjoeira - CD Os Patos Turquel, 10º, 3 pts Domingues eleito
5ª jornada
Taça de Portugal 4ª jornada (03.11.18) júnior revelação
Líder: Benfica, 25 pts; Tondela, 2º, 19 pts; Sporting, AD Valongo - Sporting; HC Turquel - Riba d’Ave
Sporting 3 At. Ouriense 0 3º, 17 pts; União de Leiria, 8º, 12 pts 1ª elminatória (21h); AD Oeiras - OC Barcelos; Juv. Viana - Sp.
GD A-dos-Francos 1 Estoril 7 Lisboa Fuzeta 4 URD Juncalense 8 Marinhense (21h30); Paço de Arcos - HC Braga; SL
O atleta da Escola de Ciclismo
AD Ovarense 2 - CF Benfica 6; Sp. Braga 7 - Marí- 10ª jornada (01.11.18, 15 horas) GR Canicence 3 - GD Fabril 8; CD Os Patos 1 - Covão Benfica - FC Porto; Sp. Tomar - UD Oliveirense Bruno Neves , André Domin-
timo 0; Vilaverdense FC 0- Clube Albergaria 2; Alcanenense - Benfica; União de Leiria- CD Ton- Lobo 4; Benfica Oleiros 3 - 1º Janeiro 2; Os Avisen-
Valadares Gaia FC 8 - Boavista FC 0 dela; FC Alverca - Belenenses; Vitória FC - Cova da ses 1 - Albufeira FC 4; Cova Piedade 0 - Int. Lisboa 1 II Divisão Nacional - zona sul
gues, foi eleito “Junior Revela-
Piedade; Estoril - Sporting; Marítimo - Académica ção 2018”, na gala da Associação
Líder: Sp. Braga, 15 pts; Sporting, 2º, 13 pts; At.
Ouriense, 3º, 12 pts; GD A-dos-Francos, 7º, 6 pts
Campeonato Nacional sénior Feminino - Sul 3ª jornada Roda na Frente, em Torres Ve-
II Divisão nacional de juniores - série C HCP Grândola 5 Biblioteca IR 3
5ª jornada AJ Salesiana 7 - HC PDL 3; AE Física D 4 - HC Os Ti- dras, no passado fim de semana.
6ª jornada (03.11.18, 15 horas)
At. Ouriense - Sp. Braga; Estoril - AD Ovarense; CF
8ª jornada Quinta dos Lombos 1 CR Golpilheira 0 gres 1; Campo Ourique 1 - Parede FC 0; Candelária 1 A cerimónia procura valorizar
Sp. Pombal 5 Sabugal 0 CF Belenenses 1 - SL Benfica 6; GD Valverde 3 - AR - Benfica B 4; HC Sintra 4 - S. Alenquer B 4; Sporting
Benfica - Vilaverdense FC; Clube Albergaria - Va- Lusitano 3 - GD Gafanha 1; Sport Benfica Cast. Venda Luísa 3; Povoense 3 - Sporting 5 5 - GRF Murches 5 os jovens talentos desportivos
ladares Gaia FC; Boavista FC - Sporting; Marítimo
- GD A-dos-Francos (dia 4, 16h)
Branco 0 - União Eirense 1; Anadia FC 3 - Académi- nacionais, em ciclismo, caso do
co Viseu 2; UD Oliveirense 1 - Naval 1893 0 Líder: Benfica, 15 pts; Sporting, 2º, 13 pts; CR Golpi- Líder: S. Alenquer B, 7 pts; AE Física D, 2º, 6 pts; HC
lheira, 4º, 6 pts Os Tigres, 3º, 6 pts; Biblioteca IR, 9º, 3 pts atleta leiriense.
II Div. Nacional Futebol Feminino - Série C Líder: Oliveirense, 18 pts; Sp. Pombal, 2º, 17 pts;
Un. Eirense, 3º, 15 pts 7ª jornada (04.11.18) 4ª jornada
5ª jornada Valverde - Quinta Lombos; Povoense - CR Golpi- HC PDL - Sporting; HC Os Tigres - AJ Salesiana;
AR Meirinhas 1 UR Cadima
Seia FC 1 - Clube Condeixa 3; SM Murtoense 4 - AD
7 9ª jornada (03.11.18, 15 horas) lheira (18h); Belenenses - V. Luísa; Benfica- Sporting Biblioteca IR - AE Física D (18h); Parede FC - HCP AR Meirinhas recebem
Souselas 0; FD Laura 2 - AD Poiares 4; Mocidade
Naval 1893 - Benfica Cast. Branco; União Eirense -
Sp. Pombal; Sabugal - Anadia FC; GD Gafanha - UD Honra Distrital de Leiria
Grândola; Benfica - Campo Ourique; S. Alenquer B.
- Candelária SC; GRF Murches - HC Sintra Lusitano para Taça
Eirolense 3 - Lordemão FC 1 Oliveirense; Académico Viseu - Lusitano
5ª jornada III Divisão Nacional - Zona B
de Portugal feminina
Líder: Clube Condeixa, 15 pts; UR Cadima, 2º, 12 II Divisão nacional de juniores - série D Exter. Benedita 3 GD Martingança 2
pts; Seia FC, 3º, 12 pts; AR Meirinhas, 5º, 7 pts GDR São Bento 1 GRAP/Pousos 4 5ª jornada Na 1ª eliminatória da Taça de
6ª jornada (04.11.18, 15 horas)
8ª jornada Santiago da Guarda 1 ACR Arnal 4 ACD Gulpilhares 7 CRC Os Águias 0 Portugal de futebol feminino,
Gin. Alcobaça 4 Portalegrense 2 GD Landal 1 ARCD Mendiga 2 Escola Livre Azeméis 6 SCL Marrazes 0
Lordemão FC - SM Murtoense; UR Cadima - FD Lau- At. Marinhense 4 GS Loures 5 ADR Barreiros 3 Quinta do Sobrado 7 ACRP Vouga 2 - HC Mealhada 3; CP Sobreira 3 - CD a AR Meirinhas, da II divisão
ra; AD Souselas - AR Meirinhas; Clube Condeixa
- Mocidade Eirolense; AD Poiares - Seia FC
Real SC 3 - Sintrense 3; Vilafranquense 2 - CCR SCR Gaeirense 7 ARC Catarinense 2 Cucujães 5; CF Carvalheiro 0 - FC Oliv. Hospital 6; nacional, recebe o Lusitano FC
Moçarriense 0; União Torreense 0 - Sacavenense 1 CA Feira 6 - Paço de Rei 3
Líder: ACR Arnal, 13 pts; Quinta Sobrado, 2º, 10 pts; Vildemoinhos, esta quinta-fei-
II Div. Nacional Futebol Feminino - Série D Líder: Sacavenense, 19 pts; Real, 2º, 16 pts; Vila- ADRC Vidigalense, 3º, 9 pts Líder: Esc. Azeméis, 12 pts; CD Cucujães, 2º, 9 pts; ra, dia 1, às 15 horas. A equipa,
franquense, 3º, 16 pts, At. Marinhense, 7º, 10 pts; SCL Marrazes, 9º, 6 pts; CRC Os Águias, 12º, 3 pts
5ª jornada Gin. Alcobaça, 8º, 6 pts 6ª jornada (02.11.18) atual 5ª classificada da II divisão
GD Os Vidreiros 0 Sintrense 2 Quinta do Sobrado - GD Landal; GD Martingança 5ª jornada (04.11.18) nacional - série C, procura me-
SL Benfica 4 - Sporting 0; Ponte Frielas 2 - Un. 9ª jornada (03.11.18, 15 horas) - ADRC Vidigalense; ACR Arnal - ADR Barreiros; HC Mealhada - ACD Gulpilhares; CD Cucujães -
Almeirim 3; Damaiense 6 - Casa Povo Pego 0 CCR Moçarriense - At. Marinhense; Portalegrense ARCD Mendiga - SCR Gaeirense; URD Juncalense ACRP Vouga; SCL Marrazes- CP Sobreira (17h); FC
lhorar o desempenho da última
- Real SC; GS Loures - União Torreense; Sacavenen- - Santiago da Guarda; ARC Catarinense - GDR São Oliv. Hospital - Escola Livre Azeméis; Paço de Rei época, quando caiu na 2ª elimi-
se - Gin. Alcobaça; Sintrense - Vilafranquense Bento; GRAP/Pousos - Exter. Benedita - CF Carvalheiro; Termas OC -CA Feira
natória da prova.

24 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Região // Desporto

Todo o terreno Paulo Rui Ferreira Mas melhor do que um leirien-


se é sempre ter dois leirienses
Lis Tiger Club tem
campeão nacional
é o melhor português e fica lado a lado com em pista e, se com o primeiro o
resultado desejado não correu de muay thai
os senhores do Dakar da melhor maneira, com Paulo
Rui Ferreira, que esteve acompa-
nhado de Jorge Monteiro, então a
prova brilhou.
O piloto esteve ao volante de Campeão nacional de kickbo-
uma Toyota Hilux e foi terceiro xing, Yuri Ceita, do Lis Tiger
na geral, com mais 11m41s que Club (Boa Vista, Leiria) alcan-
o espanhol Nani Roma, que se çou no último sábado, em São
estreou na Baja Portalegre logo João da Madeira (Aveiro), o tí-
com uma vitória, e do “senhor tulo de campeão nacional de
Dakar” Stéphane Peterhansel, muay thai.
que ficou a 58 segundos do pri- O clube participou na prin-
meiro lugar. cipal prova nacional com 11
Um andamento rápido e regu- atletas e conseguiu ainda o pri-
lar permitiu ainda superar o novo meiro lugar com Lara Carreira
campeão nacional, João Ramos, e Pedro Severino, que revalidou
tornando-se na melhor equipa o título nacional.
portuguesa e privada a percorrer Valent y na Bilous, A lexan-
os 211 km da etapa alentejana. dra Silva e Tomé Marques sa-
A vitória deixa antever um graram-se vice campeões, en-
bom campeonato para 2019. quanto João Pedro Severino,
Na categoria T8, Mário Duar- Jonathan Silva, Eduardo Alves,
te, da M&B Racing, saiu em Pedro Gaio e Ruslan Solovan
Portalegre na liderança da clas- foram terceiros classificados.
sificação e uma vitória valia a O clube de Leiria conseguiu
conquista do título nacional em a segunda posição por equipas.
Piloto de Leiria demorou mais 11 minutos que o vencedor Nani Roma Portalegre.
Aos comandos de um Toyota
Os experientes Nani Roma e Sté- 10 km do final do segundo setor A dupla acabou por desistir RAV4, esta foi a terceira partici- Trio do COC vence
phane Peterhansel já contavam seletivo. à partida para o segundo dia e pação do piloto na Baja, que en- no VI Costa Alentejana
com um leiriense para lhes difi- Com o irmão Manuel Porém desistir do sonho de alcançar trou confiante, chegando mesmo O Meeting
cultar a vida na Baja Portalegre na equipa, Ricardo Porém ainda a quinta vitória consecutiva na a vencer o segundo setor seletivo,
500 mas um infortúnio acabou conseguiu chegar à assistência, prova. contudo já perto do final, uma Três atletas do COC (Clube de
por deixar Ricardo Porém fora em Portalegre, mas os estragos Os três pilotos poderão reen- saída de pista deixou tudo a per- Orientação do Centro) vence-
de prova. no veículo eram visíveis e após contrar-se dentro de algumas der. “São corridas. Não há muito ram os escalões no VI Costa
O leiriense acelerava atrás avaliação dos danos pelos téc- semanas na maior prova de todo mais a dizer. Fomos toda a épo- Alentejana O Meeting, no fim de
da quinta vitória consecutiva na nicos da equipa South Racing, o terreno: Dakar 2019. A presen- ca muito regulares e acabámos semana: Sara Roberto (D20), Ca-
prova, a última ronda do Cam- verificou-se que a caixa de dire- ça de Nani Roma e Peterhansel por perder o título nos últimos tarina Castelão (D21A) e Luísa
peonato de Portugal de TT e tam- ção ficara empenada, tal como o é praticamente garantida, en- quilómetros de uma baja durís- Mateus (D55). O clube terminou
bém do Mundial de Cross-Cou- chassis, exigindo uma reparação quanto Ricardo Porém ultima os sima. Voltaremos para o ano ao no 2º lugar e em posição para
ntry, mas sofreu uma saída de demorada, o que se traduziria pormenores para validar a par- nacional de TT, ainda mais con- ganhar o ranking nacional da
pista, embatendo numa árvore, a numa pesada penalização. ticipação. fiantes”, disse. Taça de Portugal 2018.

Voleibol Sp. Caldas


começa participação
na Challenge na Suíça
O Sporting Clube das Caldas vai O jogador de 34 anos, natural
viver na próxima quarta-feira, de Vieira de Leiria, concelho da
dia 7, um momento histórico na Marinha Grande, foi formado
vida do clube. Pela primeira vez no GD Martingança, depois de
vai competir numa prova euro- passagens por Esmoriz, Castelo
peia, a Challenge Cup. da Maia e Fonte Bastardo. Tem
O adversário é o clube suíço várias internacionalizações no
Chênois Genève, quarto classi- currículo.
ficado da liga suíça, e a fase de O Sporting Clube das Caldas,
qualificação para a próxima eta- terceiro classificado no campeo-
pa (16 avos de final) é jogada a nato nacional, será um dos qua-
duas mãos. Dia 7, os caldenses tro clubes portugueses a disputar
recebem os suíços. Uma semana a Taça Challenge, o equivalente
depois, a 14 de novembro, será à Liga Europa em futebol. Além
a vez da equipa orientada por do Sp. Caldas, estarão Sporting,
Frederico Casimiro viajar até Benfica e Fonte Bastardo.
Hóquei Que saborosa que foi a primeira vitória. O Sp. Marinhense terras helvéticas e decidir a eli- Caso consiga o apuramento,
minatória. o SC Caldas defrontará o Drais-
Visto alcançou os primeiros três pontos no regresso à I divisão, com o AD A equipa suíça tem ainda uma ma Dynamo Apeldoorn, terceiro
Oeiras, com o resultado de 7-3, saindo da zona de despromoção. Filipe curiosidade. Rui Santos “Ruca”, classificado da liga holandesa,
Almeida (2), Filipe Vaz (2), João Lomba (1) e o recém chegado chileno central com 2,04m, é um “ve- entre 27 e 29 de novembro, e fora
terano” no plantel. Esta é a sua uma semana depois.
Nicolás “Nico” Carmona (2) foram os autores dos golos Foto: SCM sétima época ligado ao clube.

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 25


Mercado

A Fundação da CCL é
a forma da instituição
restituir parte dos lucros
à comunidade em geral,
uma vez que não dis-
tribui dividendos pelos
sócios. A fundação, que
não tem custos, reproduz
integramente nos apoios
a instituições dos três
Mário Matias prepara-se para cumprir o 14º mandato à frente da CCL Foto: Joaquim Dâmaso concelhos o que recebe
da CCL”

Caixa de Crédito de Leiria Mário Matias


Presidente da CCL

conquistou 2.500 clientes

Resultados A instituição é considerada pelo Banco de O encerramento dos a concessão do crédito através de está em discussão, porque consi-
uma insistência na oferta é criar deramos que é a individualidade e
Portugal uma das mais sólidas do sistema bancário. balcões de Vilar dos um problema que a pessoa não a independência que nos diferen-
Não foi atingida pela crise e o crescimento dos depósi- Prazeres e Fátima e da tinha”, diz Mário Matias. cia do restante sistema bancário.
“Estamos disponíveis, estamos Em teoria, juntos valemos mais e
tos já duplicou o valor previsto Guimarota (Leiria, onde interessados, mas não somos beneficiaríamos de uma econo-
há outros dois balcões) foi agressivos. Os nossos grandes mia de escala mas, em contrapar-
clientes são aqueles que já foram tida, corríamos o risco de perder
Carlos Ferreira custos operacionais forem supor-
por razões que resultam pequenos connosco. Os nossos dinâmica e responsabilidade”,
táveis sem onerar os depositan- de as novas tecnologias recursos financeiros têm aumen- explica o presidente da CCL.
A Caixa de Crédito de Leiria (CCL) tes”. Esta é uma das explicações tado e temos condições para fa- Os resultados líquidos do pre-
conquistou mais de 2.500 clientes para a evolução do número de
facilitarem agora um con- zer muito crédito, de milhões, em sente exercício deverão ser muito
nos primeiros nove meses do ano contas, a que acresce ter passado tacto com a instituição condições competitivas. O nosso próximos dos previstos no plano
e é hoje uma das instituições ban- incólume à grave crise que afetou que não era possível há desejo e expetativa é de continuar de atividades e orçamento da ins-
cárias nacionais com melhores o sistema bancário. a crescer, mas há expedientes que tituição, ou seja, 4,6 milhões de
rácios nos critérios do Banco de Mas, os resultados da CCL poucas dezenas de anos. não usamos”. euros.
Portugal, uma solidez que assen- apresentam outros crescimentos Pela mesma razão, não A CCL tem 90 milhões de eu- No que respeita ao rácio de sol-
ta “no respeito pelo modelo de acima das expetativas, conforme ros de fundos próprios e apenas vabilidade [mede a relação entre
negócio implementado há mais explica Mário Matias, de 83 anos, está prevista a abertura um milhão está distribuído pe- os capitais próprios de uma em-
de 100 anos”. que se apresta para cumprir o 14º de novos balcões los 12 mil sócios da instituição; presa e os capitais alheios], pelo
No final do ano passado tinha mandato de três anos na presidên- que, assim, é a detentora da quase qual o Banco de Portugal avalia a
42.894 contas ativas, a grande cia da instituição: “Os depósitos totalidade do capital. É a maior solidez da banca e que varia entre
maioria de clientes particulares, aumentaram muito para além dos das cinco caixas independentes 8 e 14 conforme critérios do pró-
número que subiu para 44.235 no 4% que tínhamos previsto para o [Leiria, Torres Vedras, Mafra, prio regulador, é atualmente no
final de setembro – ou seja, mais ano e no final de setembro já cres- exercícios anteriores. É o resul- Bombarral e Chamusca são as caso da CCL de 38,4%.
2.558 contas, que correspondem, ciam 8%. No caso dos depósitos à tado de uma concorrência muito únicas fora do Sistema Integrado Sobre a forma como a CCL -
genericamente, a igual registo de ordem, a previsão de melhoria era forte, mas também da postura da das CCAM], com um total do ativo conta um total de 100 trabalha-
clientes. de 4% e no final do terceiro tri- CCL no mercado. “Há métodos que ultrapassa os 600 milhões de dores, em 13 agências espalhadas
O banco não cobra despesas de mestre tinham aumentado 12,3%”. que nós não utilizamos, porque euros. pelos concelhos de Leiria, Mari-
manutenção em nenhuma conta, A concessão de crédito é a estamos cá para resolver e não “A união destas ou de parte nha Grande e Ourém – ultrapas-
nem pondera fazê-lo enquanto “os única área que mantém cifras de para criar problemas. Estimular destas caixas independentes não sou a crise do sistema bancário

26 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Região // Mercado

Cimpor passa para Automóvel


as mãos de fundo
de pensões turco mantém moldes
A Cimpor assinou um contrato
na expectativa
com o Ordu Yardımlaşma Kuru-
mu (OYAK) para a venda dos
ativos que compõem a unidade
de negócio de Portugal e Cabo A feira Fakuma contou este ano
Verde. A cimenteira, detida pela com “um menor número de vi-
brasileira Camargo Corrêa, alie- sitantes”, mas as 22 empresas
na as três fábricas, duas moa- de moldes portuguesas partici-
gens de cimento, 20 pedreiras e pantes no certame, que decor-
as 46 centrais de betão localiza- reu na Alemanha, “mostraram-se
das nos dois países. O OYAK é o satisfeitas no final”, considerou
primeiro e maior fundo de pen- Patrício Tavares, da Associação
sões na Turquia. Em 2017, a Cim- Nacional da Indústria de Moldes
por registou um prejuízo 490,3 (Cefamol).
milhões de euros, uma redução “Percebeu-se que, apesar do
face às perdas de 787,6 milhões impasse (visível na indústria au-
no ano anterior. tomóvel), há diversos projetos
para sair, expectando-se um pico
A unidade de Alcobaça será deslocalizada para obra da misericórdia de trabalho nos próximos tem-
pos”, adiantou.

Sanfil investe para melhorar Empreendedores


de Leiria ganham
financiamentos
“É grande a expectativa rela-
cionada com a indústria automó-
vel, notando-se um impasse de

saúde em Leiria e Alcobaça O programa StartUP Voucher


2018 aprovou 228 projetos, num
alguns clientes em iniciar novos
projetos, tendo em conta as vá-
rias diretivas que têm vindo a
total de 400 bolseiros; contan- ser aprovadas por toda a Europa
do-se entre eles 24 em que pelo relacionados com automóveis
O grupo Sanfil Medicina anun- unidade e a melhoria dos espaços volume de negócios para este ano menos um elemento é de Leiria, elétricos, híbridos e diesel, pen-
ciou investimentos de 11,7 mi- exteriores, por exemplo ao nível ronda os 49,4 milhões de euros, num total de 42 empreendedo- sando no futuro sustentável da
lhões de euros em curso até 2021, do estacionamento e transportes ou seja, mais de 2,4 milhões do res. Estes têm a oportunidade sociedade”, adiantou o porta voz
que incluem a deslocalização da públicos. que em 2017, os resultados opera- de, durante um ano, desenvol- da Cefamol.
unidade de Alcobaça e a refor- No caso de Alcobaça, a San- cionais crescerão entre os 16% e ver as suas ideias de negócio, be- Para as empresas portuguesas
mulação do Centro Hospitalar de fil assinou um protocolo com a os 18,8% e os resultados líquidos neficiando de apoio financeiro. “o mercado alemão continua a
São Francisco (CHSF), durante a santa casa da misericórdia no entre 20% e 23,5%”. ser de importância estratégica
ação “Encontros com a Banca” sentido de instalar a sua unidade No primeiro semestre deste elevada para o sector, não só pelo
que promoveu na quarta-feira, de saúde num espaço de 2.000 ano, realizaram-se, em todas Evolution expande seu peso nas exportações nacio-
24, no Museu de Leiria. m2 do complexo de residências as unidades do grupo, 156 mil apoio a elétricos nais (principal mercado), mas
O diretor executivo do grupo, assistidas em construção. Esta consultas, 78 mil meios comple- e a híbridos também por se tratar de um ba-
Pedro Marcelino, explicou que obra equivale a um investimento mentares de diagnóstico e 5.500 rómetro do negócio e das princi-
começará “muito em breve a re- de quatro milhões de euros, da cirurgias. A empresa tem 530 co- A rede Evolution, que presta as- pais tendências, não só a nível da
qualificação integral” do CHSF, responsabilidade da misericór- laboradores dependentes e mais sistência a veículos elétricos e Europa, mas também dos prin-
que corresponde a um investi- dia. A empresa instala os serviços de um milhar de independentes. híbridos, inaugurou o seu “servi- cipais mercados mundiais onde
mento de 3,5 milhões de euros. e paga uma renda. O plano de A Sanfil vai lançar na cidade ce center” na quinta-feira, 25, na estão presentes as OEM clientes
“Os projetos estão concluídos e investimentos contempla ainda a de Coimbra a primeira pedra do Batalha. O espaço está equipado com sede no mercado comunitá-
já foram apresentados à Câmara Casa de Saúde de Santa Filome- centro corporativo, no dia 1 de para prestar assistência a veí- rio, e onde muitas vezes é tomada
de Leiria”, adiantou. na, em Coimbra. dezembro, cerimónia que mar- culos 100 % elétricos e híbridos, a decisão de compra”. A partici-
A reestruturação implica a re- No encontro, o diretor finan- cará o arranque das festividades converter carros de combustão pação nacional na Fakuma, que
novação e criação de novos servi- ceiro do grupo, Miguel Dias Pe- do seu 65º aniversário, que se para elétricos e ajudar na forma- decorreu de 16 a 20 de outubro,
ços, o aumento da capacidade da dro, revelou que “a previsão de prolongarão pelo próximo ano. ção de profissionais. foi organizada pela Cefamol.

Especialistas defendem sono


contra acidentes de trabalho
“Apresento-vos um equipamento máscara, quando se está sonolen- gional de Energia e Ambiente do
de proteção individual, orgânico to”, porque aumenta as probabili- Barroso e Alto Tâmega, Fernando
e natural, sem custos, mas sem- dades de acidente. Silva, defendeu, também durante
pre esquecido nos processos de Na sua intervenção, intitulada o seminário, organizado no sába-
avaliação: o sono”. A frase é da “Tendências e Tecnologias em do, 27, pela Associação Vertentes
médica brasileira, especialista Segurança do Trabalho – Reali- e Desafios de Segurança, que “sem
em medicina do trabalho, Maria dade Virtual”, Maria Christina emoção, sem paixão e com pouco
Christina Menezes. Menezes defendeu o uso de tec- sono não há prevenção absoluta-
A médica alertou, durante o 8º nologias de realidade virtual na mente nenhuma nem gestão de
Congresso Internacional Verten- prevenção de acidentes, porque risco de modelo nenhum que nos
tes e Desafios da Segurança, que permitem aos trabalhadores salve de uma possível tragédia”.
decorreu no Estádio Municipal contactarem com os perigos em Fernando Silva considerou que
de Leiria, com a presença de 680 ambiente controlado e avaliar as o impacto do sono não é devida-
pessoas, que “não adianta usar suas reações. mente considerado na análise das
botas, capacete, gorros, luvas ou O presidente da Agência Re- causas dos acidentes de trabalho. O congresso reuniu 680 pessoas no estádio de Leiria Foto: JD

28 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Cheque Dentista

Ortodontia – Implantes – Clínica Geral – Próteses – Odontopediatria


Dra. Adriana Simões – Dr. Fernando Ponte
244 837 000 / 965 460 584 / 916 517 101 Clínica Médica Dentária
Arcadas D. João III, lojas 29/31 – LEIRIA

Estomatologia Prótese Fixa CAD-CAM (CER)


Medicina Dentária Periodontologia
Cirurgia Maxilo Facial Sedação consciente
Implantes Dentários Prótese Removível
Estética Dentária Laboratório de Prótese
Laser Médico e Dentário Radiologia Dentária
Ortodôncia Bruxismo
Oclusão Endodontia Mecanizada
Branqueamento Dentário Roncopatia/Apneia do Sono

Acordos/Protocolos: ACP, PSP, Médis, SAMS, Victoria,


ACILIS, Cheque Dentista e Future Healthcare

Direção Médica: Dr. Norberto Malho


Av. Marquês de Pombal Lote 13 . 1ºF . Leiria
244 814 001 . 244 836 716 . 916 986 999
clinoral@live.com.pt . www.clinoral.com
Horário: Das 9 às 20 horas + sábados
Admite (M / F)

ELETRICISTA - QUADRISTA

Para preparação, montagem e eletrificação de


quadros elétricos, automação e controlo:
•Capacidade de interpretação de esquemas
elétricos;
•Conhecimento de eletricidade e/ou
quadros elétricos;

AJUDANTE DE ELETRICISTA INDUSTRIAL

•Conhecimentos em eletricidade, RECRUTAMOS


instrumentação, automação, eletrotecnia;
OPERADORES DE PRODUÇÃO (M/F)
•Experiência em manutenção Industrial;

A Roca, S.A. pretende integrar na sua


monica@hrv.pt
Rua da Finlândia, Lote 46
equipa de produção candidatos
Zona Industrial Casal da Lebre * 2430-028 Marinha Grande com o seguinte perfil
• Habilitações mínimas ao nível do 6.º ano
• Proatividade e dinamismo
• Dedicação e capacidade para trabalhar em equipa
• Disponibilidade para turnos e/ou folgas rotativas

Oferecemos
• Transporte a partir de Soure e Pombal
• Incentivo à produção
• Formação inicial e contínua

Os candidatos podem inscrever-se na portaria


da Roca, S.A. em Ponte da Madalena – Leiria
Região // Emprego & Formação

O F E RTA S D E E M P R EG O
PROFISSÃO (m/f) LOCALIDADE Nº OFERTA PROFISSÃO (m/f) LOCALIDADE Nº OFERTA PROFISSÃO (m/f) LOCALIDADE Nº OFERTA
CENTRO DE EMPREGO DE LEIRIA Empregado de Mesa
Empregado de Mesa
Peniche
Peniche
588834120
588833939
Pedreiro Bombarral 588824015
Rua de S. Miguel, Lote 1, 2410-170 Leiria Telefone: 244 239 700 | email: se.leiria@iefp.pt Pedreiro Bombarral 588821232
Empregado de Mesa Peniche 588827297 Pedreiro Peniche 588811276
Trabalhador Não Qualificado das Pedreiras -
Cabouqueiro/Operador de Máquinas (Britadeira), com Porto de Mós 588854540 Empregado de Mesa Óbidos 588819967 Armador de Ferro Peniche 588844861
ou sem Experiência. Empregado de Mesa Caldas da Rainha 588817767 Segurança (Vigilante Privado), Outros Porteiros e
Carpinteiro de Limpos e de Tosco - Carpinteiro e Similares Caldas da Rainha 588848357
Batalha 588860587 Empregado de Bar Caldas da Rainha 588847590
Ajudante de Pintura. Cabeleireiro e Barbeiro Caldas da Rainha 588839561 Segurança (Vigilante Privado), Outros Porteiros e
Regulador e Operador de Máquinas-Ferramentas de Similares Peniche 588844872
Encarregado de Limpeza e de Trabalhos Domésticos em Peniche 588833227
Comando Numérico Computorizado para Trabalhar
Metais - Operador de CNC-Operador com Centro de Carriço 588863190 Escritórios, Hotéis e Outros Estabelecimentos
Eletricista de Construções e Similares Caldas da Rainha 588848871
CENTRO DE EMPREGO DE FIGUEIRÓ DOS VINHOS
Maquinação e Torno CNC. Avª José Malhoa, s/ n | 3260-402 Figueiró dos Vinhos Telef.: 236 095 800
Eletricista de Construções e Similares - 4 Ajudantes para Eletricista de Construções e Similares Caldas da Rainha 588844710 e-mail: se.figueirovinhos@iefp.pt
Reforço das Nossas Equipas que Prestam Serviço para o Pombal 588864709 Eletricista de Construções e Similares Caldas da Rainha 588839146 Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias - para
Nosso Cliente Empregado de Armazém Cadaval 588835715 Serviço Nacional e Internacional Ped. Grande 588809456
Montador de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos - 2 Empregado de Armazém Óbidos 588832204 Agente Funerário Alvaiázere 588852555
Ajudantes de Eletricista para Reforço das Nossas Equipas Pombal 588864736
que Prestam Serviço na Rede da Edp. Trabalhador de Costura e Similares Caldas da Rainha 588843751 Soldador Alvaiázere 588843066
Trabalhador Não Qualificado da Construção de Edifícios Operador de Instalações de Processamento de Rochas Óbidos 588843285 Pedreiro Ansião 588853541
- Dá-se Preferência a Conhecimentos ou Expª Como Porto de Mós 588865136 Eletromecânico, Eletricista e Outros Instaladores de Óbidos 588846168 Trabalhador Não Qualificado da Floresta Alvaiázere 588858446
Ajudante de Topógrafo. Máquinas e Equipamentos Elétricos Cortador de Carne Alvaiázere 588860549
Preparador de Refeições Rápidas - Churrasqueiro: Eletromecânico, Eletricista e Outros Instaladores de Caldas da Rainha 588845703 Carpinteiro de Limpos e Tosco Ansião 588859123
Preparação de Carnes e Peixes, Grelhar a Carvão, Pedreiras 588841161 Máquinas e Equipamentos Elétricos
Organização de Local Trabalho. Carpinteiro Ped. Grande 588841881
Eletromecânico, Eletricista e Outros Instaladores de Caldas da Rainha 588839783
Marceneiro - Ajuda na Produção de Mobiliário de Souto da Máquinas e Equipamentos Elétricos Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Alvaiázere 588862111
Cozinha. Carpalhosa 588828564 Técnico Agrícola - com ou sem Formação Ansião 588855588
Eletromecânico, Eletricista e Outros Instaladores de Caldas da Rainha 588838781
Outros Trabalhadores Não Qualificados da Indústria Máquinas e Equipamentos Elétricos Eletricista de Construções e Similares Alvaiázere 588863592
Transformador - Ajudante de Serralheiro de Preferência Leiria 588816813 Eletromecânico, Eletricista e Outros Instaladores de Pedreiro - com Experiência Ansião 588861374
com Experiência na Área. Máquinas e Equipamentos Elétricos Óbidos 588836058
Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Ansião 588865885
Prestador de Cuidados a Animais - Polivalente para Leiria 588832217 Eletromecânico, Eletricista e Outros Instaladores de
Acompanhar o Nascimento dos Animais na Suinicultura. Óbidos 588795821 Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Ansião 588865492
Máquinas e Equipamentos Elétricos
Trabalhador Qualificado em Isolamentos Acústicos e Engenheiro de Obras de Engª Civil Figueiró dos 588865694
Bajouca 588815811 Eletromecânico, Eletricista e Outros Instaladores de Caldas da Rainha 588765213 Vinhos
Térmicos - com Experiência Profissional ou Aprendiz. Máquinas e Equipamentos Elétricos
Pedreiro - com Experiência. Pombal 588818749 Empregado de Armazém Ansião 588865504
Preparador e Conservador de Peixe Peniche 588848010
Outro Trabalhador de Limpeza Manual - com ou sem Trab. Não Qualificado da Indústria Ped. Grande 588851190
Colmeias 588801114 Operador de Máquinas de Costura Caldas da Rainha 588845944
Experiência. Operador de Máquinas de Escavação Ansião 588865904
Operador de Instalações para o Fabrico de Produtos Cadaval 588821700 Trab. Não Qualificado da Engenharia Civil Ansião 588865909
CENTRO DE EMPREGO DE CALDAS DA RAINHA Cerâmicos
Trab. Não Qualificado da Floresta Fig. Vinhos 588867595
Hemiciclo João Paulo II, Nº 11 - Caldas da Rainha Tel. 262 095 100 Outros Trabalhadores não Qualificados da Indústria Caldas da Rainha 588834252
Transformadora Operador de Máquinas de Preparação de Carne e Peixe Ansião 588842994
e-mail: Cte.Caldasrainha@Iefp.Pt
Ajudante de Cozinha Bombarral 588848104 Trab. Não Qualificado da Const. de Edifícios Ped. Grande 588866685
Ajudante Familiar Caldas da Rainha 588846364
Ajudante de Cozinha Peniche 588847531 Serralheiro de Moldes, Cunhos e Cortantes e Similares Ansião 588867020
Ajudante Familiar Caldas da Rainha 588845574
Ajudante de Cozinha Caldas da Rainha 588847500 Soldador - Soldadura e Quinagem Alvaiázere 588843066
Ajudante Familiar Caldas da Rainha 588845255
Ajudante de Cozinha Óbidos 588841500 Outros Trabalhadores da Montagem Alvaiázere 588868180
Ajudante Familiar Caldas da Rainha 588841164
Ajudante de Cozinha Peniche 588841483 Técnicos Administrativos de Contabilidade Alvaiázere 588852459
Ajudante Familiar Caldas da Rainha 588840467
Ajudante de Cozinha Peniche 588840117 Empregado de Escritório em Geral Cast. Pera 588868793
Ajudante Familiar Óbidos 588839512
Ajudante de Cozinha Óbidos 588838403 Empregado de Mesa Fig. Vinhos 588867637
Ajudante Familiar Cadaval 588837642
Ajudante de Cozinha Óbidos 588834158 Montador de Equipamentos Elétricos Ansião 588867222
Ajudante Familiar Peniche 588817813
Ajudante de Cozinha Bombarral 588819130 Outros Trabalhadores Relacionados com Vendas Ansião 588867639
Ajudante Familiar Caldas da Rainha 588804125
Trabalhador Qualificado da Jardinagem Óbidos 588845735 Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Ped. Grande 588865885
Operador de Máquinas de Escavação, Terraplenagem Peniche 588847535
e Similares Forjador e Ferreiro Caldas da Rainha 588846625 Trab. Não Qualificado da Floresta - com Experiência Alvaiázere 588869714
Operador de Máquinas de Escavação, Terraplenagem Regulador e Operador de Máquinas- Ferramentas de Trab. Não Qualificado da Floresta Fig. Vinhos 588867595
e Similares Óbidos 588841048 Comando Numérico Computorizado para Trabalhar Bombarral 588841193 Locutor e Apresentador de Rádio, Televisão e Outros Cast. Pera 588868797
Operador de Máquinas de Escavação, Terraplenagem Metais Meios de Comunicação
e Similares Cadaval 588809625 Mecânico e Reparador de Veículos Automóveis Caldas da Rainha 588838998 Cortador de Carne Ped. Grande 588866016
Operador de Gruas, Guindastes e Similares Peniche 588841132 Mecânico e Reparador de Veículos Automóveis Caldas da Rainha 588817333 Padeiro Ansião 588870360
Operador de Empilhadores Caldas da Rainha 588840601 Mecânico e Reparador de Veículos Automóveis Cadaval 588809714 Ajudante de Cozinha Ansião 588869836
Operador de Empilhadores Bombarral 588838958 Mecânico e Reparador, de Máquinas Agrícolas e Peniche 588840565 Sapador Florestal Ansião 588870364
Industriais
Trabalhador de Limpeza em Escritórios, Hotéis e Outros
Estabelecimentos Caldas da Rainha 588848422 Mecânico e Reparador, de Máquinas Agrícolas e Peniche 588798486
CENTRO DE EMPREGO DE MARINHA GRANDE
Trabalhador de Limpeza em Escritórios, Hotéis e Outros Industriais Rua Tenente Cabeleira Filipe, 28 - 2430-306 Marinha Grande
Estabelecimentos Caldas da Rainha 588848274 Joalheiro Caldas da Rainha 588842463 Telefone: 244 239 800 | email: se.marinhagrande@iefp.pt
Trabalhador de Limpeza em Escritórios, Hotéis e Outros Instalador de Ar Condicionado e de Sistemas de Caldas da Rainha 588837486 Pasteleiro Marinha Grande 588837939
Estabelecimentos Peniche 588844838 Refrigeração Operador de Máquinas para Fabrico de Produtos de Marinha Grande 588839240
Trabalhador de Limpeza em Escritórios, Hotéis e Óbidos 588838890 Soldador Peniche 588837668 Matérias Plásticas
Outros Estabelecimentos Serralheiro Civil Bombarral 588844126 Outros Trabalhadores não Qualificados da Indústria Marinha Grande 588836682
Trabalhador de Limpeza em Escritórios, Hotéis e Outros Serralheiro Civil Bombarral 588838963 Transformadora
Estabelecimentos Cadaval 588837557 Outros Trabalhadores não Qualificados da Indústria
Serralheiro Civil Peniche 588837704 Marinha Grande 588817805
Trabalhador de Limpeza em Escritórios, Hotéis e Outros Transformadora
Peniche 588833448 Serralheiro Civil Óbidos 588834077
Estabelecimentos Outros Trabalhadores não Qualificados da Indústria Marinha Grande 588807525
Outros Trabalhadores Polivalentes Bombarral 588846110 Transformadora
Trabalhador de Limpeza em Escritórios, Hotéis e Outros Óbidos 588832879 Outros Trabalhadores Polivalentes Caldas da Rainha 588843402
Estabelecimentos Ajudante de Cozinha Marinha Grande 588843872
Outros Trabalhadores Polivalentes Caldas da Rainha 588843059 Ajudante de Cozinha Marinha Grande 588843237
Trabalhador de Limpeza em Escritórios, Hotéis e Outros Óbidos 588830963
Estabelecimentos Vendedor em Loja (Estabelecimento) Caldas da Rainha 588847446 Ajudante de Cozinha Marinha Grande 588842036
Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Caldas da Rainha 588845690 Operador de Caixa Peniche 588840147 Ajudante de Cozinha Marinha Grande 588839202
Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Caldas da Rainha 588841517 Operador de Caixa Caldas da Rainha 588840146 Marinha Grande –
Assistente de Estação de Serviço ao Condutor Caldas da Rainha 588845761 Ajudante de Cozinha S. Pedro de Moel 588833433
Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Óbidos 588840848
Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Bombarral 588838949 Assistente de Venda de Alimentos ao Balcão Óbidos 588841504 Marinha Grande –
Ajudante de Cozinha S. Pedro de Moel 588825001
Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Caldas da Rainha 588838842 Assistente de Venda de Alimentos ao Balcão Peniche 588841480
Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Peniche 588832582 Assistente de Venda de Alimentos ao Balcão Óbidos 588838868 Ajudante de Cozinha Marinha Grande 588823338
Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Peniche 588818670 Lavadeiro e Engomador de Roupa Caldas da Rainha 588845670 Cantoneiro de Limpeza Marinha Grande 588847396
Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Bombarral 588816216 Lavador de Veículos Caldas da Rainha 588846145 Outros Trabalhadores Polivalentes Marinha Grande 588844269
Operador de Máquinas Agrícolas e Florestais, Móveis Bombarral 588823426 Trabalhador não Qualificado da Agricultura (Exclui Cadaval 588843465 Outros Trabalhadores Polivalentes Marinha Grande 588832842
Operador de Máquinas Agrícolas e Florestais, Móveis Peniche 588817791 Horticultura e Floricultura) Embalador Manual da Indústria Transformadora Marinha Grande 588824591
Técnico Operador das Tecnologias de Informação e Trabalhador não Qualificado da Agricultura (Exclui Pedreiro Marinha Grande 588830010
Óbidos 588845568 Horticultura e Floricultura) Caldas da Rainha 588811791
Comunicação (Tic) Serralheiro de Moldes, Cunhos, Cortantes e Similares Marinha Grande 588818569
Representante Comercial Caldas da Rainha 588837080 Trabalhador não Qualificado da Agricultura e Produção Bombarral 588832319 Serralheiro de Moldes, Cunhos, Cortantes e Similares Marinha Grande 588799636
Animal Combinadas Serralheiro de Moldes, Cunhos, Cortantes e Similares Marinha Grande 588756272
Representante Comercial Bombarral 588834289
Trabalhador não Qualificado da Agricultura e Produção Peniche 588826202 Outros Técnicos de Controle de Processos Industriais Marinha Grande 588845394
Representante Comercial Bombarral 588830346 Animal Combinadas
Representante Comercial Cadaval 588826804 Outros Técnicos de Controle de Processos Industriais Marinha Grande 588839122
Trabalhador não Qualificado da Floricultura e Cadaval 588805650
Representante Comercial Caldas da Rainha 588823468 Horticultura Operador de Máquinas para Fabrico de Produtos de Marinha Grande 588816898
Engenheiro Industrial e de Produção Cadaval 588836668 Papel
Trabalhador não Qualificado das Pedreiras Óbidos 588843331
Engenheiro de Obras de Engenharia Civil Peniche 588842971 Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Marinha Grande 588843885
Trabalhador não Qualificado de Engenharia Civil Peniche 588841010
Engenheiro de Obras de Engenharia Civil Caldas da Rainha 588832254 Motorista de Veículos Pesados de Mercadorias Marinha Grande 588818682
Trabalhador não Qualificado de Engenharia Civil Óbidos 588839096
Arquiteto de Edifícios Caldas da Rainha 588839931 Pintor à Pistola e Envernizadores Marinha Grande 588839871
Trabalhador não Qualificado da Construção de Edifícios Caldas da Rainha 588847485
Contabilista, Auditor, Revisor Oficial de Contas e Secretário Administrativo e Executivo Marinha Grande 588822480
Bombarral 588841295 Trabalhador não Qualificado da Construção de Edifícios Peniche 588847196
Similares Outros Técnicos Administrativos de Contabilidade Marinha Grande 588847902
Trabalhador não Qualificado da Construção de Edifícios Óbidos 588841112
Contabilista, Auditor, Revisor Oficial de Contas e Veterinário Marinha Grande 588845992
Caldas da Rainha 588835780 Trabalhador não Qualificado da Construção de Edifícios Cadaval 588840652
Similares Representante Comercial Marinha Grande 588837398
Agricultor e Trabalhador Qualificado da Agricultura
Especialista em Relações Públicas Peniche 588845467 e Produção Animal Combinadas, Orientados para o Caldas da Rainha 588836707 Engenheiro Mecânico Marinha Grande 588762120
Desenhadores e Técnicos Afins Caldas da Rainha 588846435 Mercado Desenhadores e Técnicos Afins Marinha Grande 588842198
Técnico de Gás Peniche 588845564 Carpinteiro de Limpos e de Tosco Óbidos 588840650 Outros Técnicos das Ciências Físicas e de Engenharia, Ne Marinha Grande 588819333
Psicólogo Caldas da Rainha 588844548 Carpinteiro de Limpos e de Tosco Caldas da Rainha 588838892 Encarregado das Indústrias da Pasta de Papel, Impressão Marinha Grande
e Similares 588838728
Rececionista de Hotel Peniche 588843339 Carpinteiro de Limpos e de Tosco Caldas da Rainha 588835507
Rececionista de Hotel Óbidos 588824641 Carpinteiro de Limpos e de Tosco Cadaval 588811961 Encarregados das Indústrias de Transformação de Marinha Grande 588832630
Rececionista de Hotel Peniche 588820916 Minerais não Metálicos
Outros Carpinteiros e Similares Óbidos 588844868
Encarregado da Construção Caldas da Rainha 588839201 Cozinheiro Marinha Grande 5888843106
Outros Trabalhadores Qualificados da Construção de Óbidos 588802269
Encarregado da Construção Caldas da Rainha 588795779 Estruturas Básicas e Similares, Ne Cozinheiro Marinha Grande 588830014
Técnico de Operação de Caldas da Rainha 588845734 Pescador e Marinheiro Pescador, de Pesca Marítima Cozinheiro Marinha Grande 588823308
Costeira Peniche 588844840 Marinha Grande –
Cozinheiro Peniche 588848706 Cozinheiro Praia da Vieira 588763805
Cozinheiro Óbidos 588848007 Pescador e Marinheiro Pescador, de Pesca Marítima Peniche 588817884
Costeira Empregado de Mesa Marinha Grande 588843013
Cozinheiro Peniche 588847790 Pescador e Marinheiro Pescador, de Pesca Marítima Empregado de Mesa Marinha Grande 588841416
Cozinheiro Bombarral 588838752 Costeira Peniche 588817794
Empregado de Mesa Marinha Grande 588831381
Cozinheiro Caldas da Rainha 588834188 Pescador e Marinheiro Pescador, de Pesca Marítima Empregado de Mesa Marinha Grande 588822258
Costeira Peniche 588817712
Cozinheiro Peniche 588834105 Empregado de Mesa Marinha Grande 588820039
Cozinheiro Caldas da Rainha 588827417 Pescador e Marinheiro Pescador, de Pesca Marítima do Peniche 588837346
Largo Eletricista de Construções e Similares Marinha Grande 588844263
Cozinheiro Peniche 588825641 Empregado de Armazém Marinha Grande 588846117
Cozinheiro Caldas da Rainha 588819166 Pescador, Caçador e Coletor, de Subsistência Peniche 588832355
Pedreiro Peniche 588847533 Empregado de Armazém Marinha Grande 588840032
Empregado de Mesa Peniche 588847523 Trabalhadores de Outros Ofícios Diversos, Ne Marinha Grande 588838666
Empregado de Mesa Peniche 588847518 Pedreiro Peniche 588845777
Pedreiro Óbidos 588844891 Eletromecânico, Eletricista e Outros Instaladores de Marinha Grande 588843889
Empregado de Mesa Caldas da Rainha 588847018 Máquinas e Equipamentos elétricos
Empregado de Mesa Caldas da Rainha 588845214 Pedreiro Peniche 588841141
Cortador de Carne Marinha Grande 588845449
Empregado de Mesa Óbidos 588841497 Pedreiro Caldas da Rainha 588840675
As ofertas de emprego divulgadas fazem parte da Base de da dos do Instituto do emprego e Formação, IP. para
Empregado de Mesa Óbidos 588840537 Pedreiro Caldas da Rainha 588839772 obter mais informações ou candidatar-se dirija-se ao Centro de emprego indicado ou pesquise no portal http://
Empregado de Mesa Peniche 588840069 Pedreiro Caldas da Rainha 588838772 www.netemprego.gov.pt/ utilizando a referência (Ref.ª) associada a cada oferta de emprego.
Alerta-se para a possibilidade de ocorrência de situações em que a oferta de emprego publicada já foi
Empregado de Mesa Peniche 588835856 Pedreiro Caldas da Rainha 588831876 preenchida devido ao tempo que medeia a sua disponibilização ao Região de Leiria e a sua publicação.

34 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Funerais Nacionais e Estrangeiro
Cremações | Transladações | Exumações
Orçamentos gratuitos
Deslocamo-nos ao domicílio
Serviço permanente 24h
Lameiras - Caranguejeira | 913 552 813 - 914 819 023 | cardoso.isilda@gmail.com CARANGUEJEIRA - 244 734 125 916 155 139

65
ANOS

FUNERAIS, CREMAÇÕES, TRANSLADAÇÕES, EXUMAÇÕES


TRATAMENTO GRATUITO DE DOCUMENTAÇÃO
REFERENTE AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE FUNERAL
ATENDIMENTO 24 HORAS . Tel. 244 832 069 . Tlm. 969 072 834
Rua Coronel Pereira Pascoal, nº 3 - São Romão - Leiria
www.funerariasaoromao.com . funerariasaoromao@gmail.com
Cultura
A mexer

01 02

03 04

05 06

01 António Zambujo atua


este sábado, dia 3 de no-
vembro, no Teatro José
Lúcio da Silva, como con-
vidado de mais um con-
certo da Orquestra Jazz
Além de compositora e intérprete, Nádia é arquitecta paisagista: são dela os famosos passadiços da Foz do Arelho de Leiria. A lotação está
esgotada.

Música 02 Raquel Tavares atua dia


14 de fevereiro de 2019 no

Há um lado bonito na história triste


Teatro José Lúcio da Sil-
va, em Leiria, no âmbito
do festival Montepio Às

que inspira o primeiro disco


Vezes o Amor, que leva,
no mesmo dia, Diogo Pi-
çarra ao Centro Cultural e
Congressos de Caldas da

de Nádia Schilling Rainha.

03 Élia Ramalho apresenta


esta sexta-feira, dia 2 de
novembro, às 19 horas, o
livro “Arte - Metáfora da
Concerto Leiria ouve este sábado, 3 de novembro, na vezes de “estúdio”. “Nas fases de música os resultados são muito vida” na loja Fnac do Lei-
mistura e masterização, ia para lá imediatos”. Começou pela guitar- riaShopping.
discoteca Stereogun, o disco “Above the trees”. Entre ouvir no carro, que é o sítio ideal ra, mudou para guitarra jazz e
elogios à sua estreia, Nádia Schilling chega de Caldas e mais fiel para ouvir misturas”. também teve aulas de técnica vo- 04 Hugo Ferreira, de Leiria,
Lançado no final de 2017, “Abo- cal. Nas Caldas da Rainha, integra é o único português pre-
da Rainha com uma história melancólica para contar ve the trees” recebeu elogios em os Loopooloo, colaboração que sente na final do Festival
Portugal e no estrangeiro. “Sur- está como o cenário da música na Internacional de Guitarra
preendeu-me”, assume a com- cidade. “Está tudo um bocadinho Tübingen 2018, dedicado
Manuel Leiria homenagem assim merece todos positora e intérprete de Caldas parado”. Além dela, quase só os ao compositor mexicano
os cuidados, levou o tempo que foi da Rainha. “Ainda por cima um Memória de Peixe, Cave Story e Manuel Ponce, que acon-
A melancolia serena das canções preciso para amadurecer o que disco melancólico... Fiquei super- a dupla Stereossauro/Ride têm tece dia 10 de novembro,
de “Above the trees” estende-se veio a ser o disco de estreia. “Quis -contente”. A reação do público dado que falar. “Recentemente na Alemanha.
para lá da própria música: da fazer tudo com calma”. também tem sido positiva e o vi- cresceu mais o hardcore”, nota.
produção à divulgação, o disco Foram quatro anos de ensaios, deoclip de “Kite”, assinado por Os músicos da “cena” dos anos 90 05 Costa Santos lançou dia
de estreia de Nádia Schilling é gravação, audições, novas grava- João Pombeiro, até já ganhou ainda mexem, mas “têm as suas 27 de outubro em Leiria o
um tratado de tranquilidade rara ções e convites a músicos esco- prémios em festivais, ajudando à famílias, trabalham, cresceram livro de poesia “Ensaios”,
para os dias de hoje. Nem sequer lhidos a dedo para cada uma das projeção. “As pessoas sentem-se [risos] e mantêm-se ligados à mú- em cerimónia realizada
começou com a ideia de disco: músicas, como o contrabaixista bem a ouvir. Mas há quem ache sica. Não estão é no ativo”. no Mercado de Santana.
meses após a morte da mãe, um João Hasselberg, o pianista Filipe que os instrumentos estão muito Com calma, Nádia trabalha
dia Nádia pegou numa guitarra. Melo, o guitarrista Mário Delga- altos e não gostam, porque têm o no próximo disco e está a com- 06 Celeste Alves fala esta
“Houve imensa coisa para tratar do ou a cantora brasileira Marina ouvido habituado a outras coisas”. pôr para outros músicos. Para quarta-feira, dia 7 de
e não tive tempo de fazer luto ne- Gasolina. “Não tinha pressa. Que- Nádia ignorou os padrões atuais, já, “Above the trees” anda em di- novembro, sobre “Mo-
nhum”. O sentimento brotou em ria que ficasse bonito”. e as músicas estão “menos com- gressão, a ritmo muito próprio: só dernismo e Fernando
forma de músicas. “Nem estava a O resultado final é um elegante primidas” porque “queria ouvir foi ouvido ao vivo em Vigo, Porto Pessoa” em Leiria. É na
pensar editar. Mas a certa altura convite à introspeção que se cruza os instrumentos”. e Caldas da Rainha. Por volta da associação Sempraudaz,
transformaram-se numa homena- com o espírito da obra pública que Nádia Schilling não chega meia noite deste sábado, 3 de no- a partir das 15 horas.
gem à minha mãe”, conta Nádia a arquitecta paisagista de Caldas aqui por acaso. Depois do curso vembro, é a vez de Leiria, na Ste-
Schilling, que lhe deve o apelido da Rainha desenhou para a Foz de arquitetura paisagista, onde reogun. Oportunidade para ouvir
de origem alemã que vale, por do Arelho: os passadiços junto “há projetos que duram dez anos”, esta música que mostra que “há
exemplo, a presença na secção à costa, cuja fama corre mundo. estudou no Conservatório à pro- um lado bonito nas coisas tristes”.
internacional na Fnac. Como uma Aquele espaço serviu-lhe algumas cura de um contraste, porque “na manuel.leiria@regiaodeleiria.pt

38 Região de Leiria — 1 novembro, 2018


Região // Cultura

Internacionalização Companhia Filmes grátis


da música portuguesa S.A. Marionetas na para famílias
em debate em Leiria Turquia e Tailândia no LeiriaShopping
O potencial da internacionaliza- De Alcobaça até quase ao outro Nos próximos domingos, dias
ção da música portuguesa vai a lado mundo: a companhia S.A. 4 e 11 de novembro, o LeiriaSho-
debate na Why Portugal Music Marionetas está habituada a via- pping oferece cinema para
Export, que se realiza nos dias jar e voltou a partir para levar crianças e famílias. A partir das
15 e 16 de novembro em Leiria, a tradição bonecreira nacional 11 horas, é projetado nas salas
juntando profissionais da indús- e as suas produções originais de cinema do centro comercial
tria e instituições públicas e pri- em digressão. Desta vez, José o filme “Patrulha de Gnomos”,
vadas. O evento é inovador por Gil e companhia foram até ao com as vozes de Aurea e Diogo
ser exclusivamente dedicado à extremo da Europa, participar Piçarra nesta aventura em que
análise e debate da exportação no 21º Kukla Festivali-Istambul, os bonecos do jardim de casa de
musical portuguesa, numa or- na Turquia, no final de outubro, Chloë e Liam ganham vida. Para
ganização da plataforma Why com “etc” e “Teatro Dom Rober- usufruir da oferta, é necessário
Portugal. A entrada nas sessões to”. Hoje, quinta-feira, a S.A.Ma- aceder ao site www.leiriasho-
é gratuita, limitada à lotação da rionetas abre o Phuket Harmony pping.pt/promotions e efetuar o
sala. O evento inclui quatro con- World Puppet Festival com o registo. A iniciativa decorre ao
certos em formato showcase no “Teatro Dom Roberto”, que será longo de todo o ano.
Museu de Leiria e Stereogun, no protagonista no areal da famosa
dia 15, com artistas a anunciar. praia de Phuket.
Laura Marques (ao centro) distinguida na estreia como realizadora

Fotografia Encontros Leiria recebe DocLisboa


filmes da Festa
de Alcobaça revelam do Cinema Menção honrosa
ambição em Caixa 17.35 Francês para Laura Marques,
Vai ser um mês dedicado à foto-
grafia em Alcobaça: Caixa 17.35
- Encontros de Fotografia de Al-
to trabalhada nos laboratórios
analógicos, no secundário. Se o
fizermos novamente, daqui a 10
Leiria é uma das 11 cidades con-
templadas pela 19ª Festa do Cine-
ma Francês, que mostra as mais
a guardadora de vacas
cobaça arranca a 3 de novembro anos vamos ter uma geração de recentes produções realizadas e
e é o primeiro passo de um ambi- muitos bons fotógrafos”, ou pelo faladas em francês. A Leiria che-
cioso projeto dedicado à fotogra- menos, cidadãos com “um lado gam cinco filmes na próxima se-
fia na região. Para educar o olhar conceptual e estético, um olhar mana, repartidos pelas manhãs,
e mostrar que há mais arte para diferente” ligado à “percepção do tardes e noites dos dias 6 e 7 de
além das selfies da moda. belo e da arte”. novembro. A exibição da Festa Há alguns verões que Laura repe- queria filmar no início, a maior
Palestas, debates, workshops, Em simultâneo, um concurso do Cinema Francês acontece no te o ritual: deixa Leiria e Portugal parte surgiu de puro improviso e
laboratórios e visitas animam para alunos dos 15 aos 21 anos Teatro Miguel Franco. Os bilhe- e vai até os Alpes suíços guardar reação aos acontecimentos”. Para
novembro numa organização dos homenageia David Clifford [1974- tes para cada uma das sessões vacas da raça herens. Dessa ex- fazer o documentário aprendeu,
fotógrafos António Guerra e Só- 2015], fotógrafo e editor do “Pú- custam 3,5 euros. periência e do projeto final para “de forma bastante autodidata”,
nia Honório. Tudo começou em blico” já desaparecido. ML o Mestrado em Antropologia - sobre filmagem, captação de som
2017: 17 fotógrafos fizeram uma Culturas Visuais surgiu a ideia e edição. Os amigos assumiram a
exposição, palestras e formações. para “Vacas e rainhas”, filme que pós-produção do som, correção
“Correu tão bem que pensámos
que seria bom dar continuidade”,
Programa Filmes estreou no DocLisboa e que rece-
beu a menção honrosa do júri da
de cor, grafismo e, até, a compo-
sição das músicas para o filme,
explica Sónia Honório, também 3 de novembro 6 de novembro competição portuguesa. garantindo a “relativa qualidade”
artista plástica. Inauguração da coletiva de foto- “Minga et la cuillère cassée”, de Aquela raça de gado bovino é destacada pelo júri do DocLisboa.
O mecenas Caixa de Crédito grafia de 17 fotógrafos, na Gale- Claye Edou, é o filme que abre criada para torneios. A melhor “Foi uma experiência de per-
Agrícola dá nome à iniciava que ria da Caixa de Crédito Agrícola a extensão de Leiria, às 14h30. recebe o título de “Rainha”, numa severança e amor”, resume Laura
quer chegar longe. “Os Encontros Mútuo de Alcobaça (CCAMA), às Filme de animação escolhido a disputa que acontece igualmente Marques, e o público do DocLis-
de Fotografia pretendem que Al- 15 horas pensar, sobretudo, no público com os animais em estado sel- boa sentiu-o. “O feeback foi mui-
cobaça, que tem uma herança em idade escolar (10-16 anos). vagem para definir hierarquias to caloroso”, reconhece a reali-
tão grande a nível de fotogra- 10 de novembro “Nos batailles”, de Guillaume na manada. “O filme gravita em zadora. “Penso que o humor e a
fia, se torne uma referência no Construção de câmara pinhole, Senez, é a comédia dramática torno de questões de poder entre ironia do filme tiveram bastante
país e internacional. É o nosso por inscrição (caixa17.35@gmail. exibida à noite, às 21h30 homens e outros animais, apoian- eco e isso foi maravilhoso. Tanto
sonho”, assume Sónia, evocando, com) do-se na minha experiência pes- amigos, como desconhecidos ou
com gosto e sem preconceitos, 7 de novembro soal e, até certo ponto, na expe- membros da equipa do DocLisboa
a “herança” dos Encontros de 12 a 23 de novembro (dias úteis) “Ernest et Célestine en hiver” riência das próprias vacas”, conta vieram falar comigo e estou muito
Coimbra, onde estudou. A orga- Oficina Fotograma, com Sónia é mais um filme escolhido pela ao REGIÃO DE LEIRIA. grata por essa partilha”.
nizadora gostava que Caixa 17.35 Honório, na CCAMA Festa para os mais novos (6-10 O documentário “Vacas e ra- Criadora versátil e arrojada,
ajudasse a “arejar” a cidade: “Al- anos), com projeção agendada inhas” marcou a estreia como Laura promete continuar a sur-
cobaça é um bocadinho fechada. 24 de novembro para as 10h30. Ao final da tarde, realizadora de Laura Marques, preender. Mantém-se com o co-
Gostávamos de dinamizar algu- No auditório da CCAMA, a par- 18h30, é possível assistir a “So- natural de Leiria. “Foi bastante letivo West Coast, que trabalha
ma coisa a partir dos Encontros tir das 15 horas, fala-se de “Street fia”, um drama realizado por sui generis, no sentido em que tive ecologia, performance e artes
de Fotografia. Normalmente diz- Photography”, “Post-photogra- Meryem Benm’Barek. Em Leiria, de conciliar papéis relativamente plásticas. “E quero voltar a dar
-se que não se olha para dentro; phy”, entre outros a Festa do Cinema Francês des- antagónicos, como o de pastora e mais concertos de música impro-
em Alcobaça é o contrário: só se pede-se às 21h30, com a comé- o de realizadora”: se como guar- visada e preparar o projeto para
olha para dentro...”. 25 de novembro dia dramática “Le vent tourne”, dadora “tinha absoluta prioridade um novo filme”. Ou não tivesse
Por isso, espera-se atrair vi- Passeio fotográfico às 10 horas, de Bettina Oberli que nenhum incidente se passas- sido a distinção um incentivo
sitantes de fora e, localmente, para público e com presença dos se”, já atrás das câmaras “ansia- “para continuar a fazer algo em
lançar uma geração de fotógra- autores. Às 14h30 discute-se “Por- va por todas as falhas possíveis que já acreditaste mais sozinho”.
fos. “Temos muitos fotógrafos que fotografamos?” e, às 16h30, e de controlo”. Entre tantos seres O filme “Vacas e rainhas” ain-
amadores porque houve uma anunciado o vencedor do Prémio vivos, é inevitável que algo acon- da não tem exibição prevista em
altura em que fotografia foi mui- David Clifford teça. “Se havia certos planos que Leiria. ML

1 novembro, 2018 — Região de Leiria 39


Guia
Restaurantes PUBLICIDADE

BATALHA LEIRIA O Sobreiro Facebook Casa dos salgadinhos. Pizzeria Manjerona


Pérola do Fétal Restaurante Coconuts Sobreiro, Barosa casadossalgadinhos@iol.pt Rua Cidade de Tokushima, lt-26b r/c
Estrada Nacional, nº 356, Celeiro, Av. Combatentes da Grande Guerra, Est. Nacional – GPS 242 3278, Apesar do nome, abre também para dto, Bairro Capuchos
próximo de Reguengo do Fétal Contacto 244 824 388 almoço e jantar, com pratos portu- Contacto 244 892 044.
no Centro Comercial D. Diniz, 6° piso
Contacto 244 705 689 Facebook O Sobreiro gueses entre 4,5 e 8,5€. Da gama Rua 25 de abril, lt-17 nº 443,
Contacto 960 064 126
Abriu em 1983 e desde então oferece para encomendas, vende-se bem as Gândara dos Olivais
Facebook Restaurante Pérola do Facebook Restaurant Coconuts Leiria a tradicional cozinha portuguesa, a Empadas e os Croquetes de Carne. Os Contacto 244 835 205.
Fétal Há cinco anos é especializado em exemplo do Polvo à Lagareiro, Arroz pedidos, entretanto, devem ser feitos Facebook Pizzaria Manjerona
Site restauranteperoladofetal.com comida indiana e goesa, com opções a de Pato, Cabrito e Borrego ao forno. com uma semana de antecedência. Há Pizzas, tapas e drinks são as
Produtos regionais e a cozinha partir de 6€ e veganas. Os destaques especialidades do negócio que possui
Todos os dias há quatro pratos em opção de take away e entrega. Folga
portuguesa são a especialidade da ficam para pratos como o Caril de duas moradas. Os Cogumelos com
menu estabelecido com entrada e do restaurante, aos domingos.
casa que aposta exclusivamente em Camarão, feito à moda de Goa, região Alheira de caça costumam ser bom
bebida, a 7,50€. Já com sobremesa
pedidos à carta. Os destaques ficam de origem do chefe. Menos picante pedido, assim como a pizza Verona,
caseira o custo fica em 8,50€. Possui Churrasqueira Dom Duarte
por conta de pratos como o Porco há o wok de legumes, com frango ou que leva rúcula, salmão fumado e
take away e aceita reservas. Funcio- Estrada da Marinha Grande, Sobreiro,
Preto com Alheira de Caça. A conta camarões. Possui take away. Folga no molho de alcaparras. No almoço há
namento até as 17h aos sábados, folga Barosa Contacto 244 824 695
custa, em média, 17€. Aceita reservas ainda menu do dia, a 7,50€. Serviço
jantar de domingo e às segundas. aos domingos. Facebook Churrasqueira D. Duarte
e abre todos os dias, exceto de de take away e reservas. Folga aos
domingo a terça no jantar. Site www.dduarte.com domingos.
Churrasqueira Marques Cervejaria Armando Desde 1984 é especializado em
- Avenida Principal, Chã, Colmeias Rua Vale de Lobos carnes grelhadas, com destaque
Restaurante Piadussa Restaurante Selva do Lena
- Rua S. Cristovão, nº 2, Caraguejeira Contacto 244 836 153 para o frango e o pato no churrasco. Rua da Floresta, 1071, Mourã
Rua da Pia do Urso, nº 28, Pia de Urso,
Contacto 244 093 012 e 244 029 163 Facebook Cervejaria Armando Lembre-se de guardar espaço para as Contacto 244 827 708
Batalha
Facebook Churrasqueira Marques Marisqueira e cervejaria em funciona- sobremesas, como Bolo de Bolacha ou Facebook Restaurante Selva do Lena.
Contacto 244 703 219
Colmeias e Caranguejeira mento desde 1987, apresenta varie- Panna Cotta. Possui take away e aceita Há mais de três décadas serve comida
Facebook Piadussa Restaurante
Do fabrico próprio saem para take dade de mariscos vivos, sapateiras, reservas. Folga às quintas. portuguesa, conforme os costumes
Site restaurantepiadussa.pai.pt/
away os especiais leitão assado percebes, amêijoa, berbigão e outros regionais. Por isso, é possível provar
Em espaço rústico, a restauração
(85€ ou 23€ o quilo) e frango no petiscos. Também ficou conhecida Nicola Sabores tanto Arroz de Grelos com peixe frito
propõe pratos regionais sob
churrasco, sempre disponíveis na por criar o “Pica-pau de Vaca”, além de Av. Adelino Amaro da Costa, loja 11, ou grelhado, à escolha, ou Bife à Moda
a influência da serra d’ Aire,
montra térmica. Além desses, há ainda servir bife na frigideira e com molho Galerias Jardins do Lis da Casa. Para quem visita durante a
combinados a ingredientes frescos.
diariamente pratos diferentes e uma especial. Serviço de take away e reser- Contacto 915 890 230 semana, há também a possibilidade
Para começar, há morcela típica. Já
opção sopa, à exemplo do bacalhau vas. Diariamente das 12h às 2h, folga Facebook Jardins do Lis de prato do dia, a 12,50€. Possui take
entre os principais, faz sucesso o
às quartas. Sob nova gerência, o negócio agora away e aceita reservas para eventos.
Naco na Pedra e a Chanfana, além com natas e da sopa de pedra.
é um restaurante e café, com pratos Folga às terças e domingo à noite.
do Javali. Durante a semana pode-se Funciona das 11h às 14h30 e das 17hàs
21h e encerra às terças-feiras. Restaurante Mata Bicho diários em menu a 6,5€, no almoço, e
optar pela sugestão do chefe, com Restaurante a Grelha
Praça Rodrigues Lobo 3. também lanches portugueses. Entre
pratos a 8€. Aceita reservas também Rotunda da Almoinha Grande, 780,
Contacto 244 821 723. as opções, há Hambúrguer, Bitoca,
para grupos. Folga às segundas. Taverna do Alberto junto aos acessos da EN1
Facebook Restaurante Mata Bicho. Bife à Casa e ainda Francesinha
Rua Dr. Correia Mateus, nº 54-58, junto Contacto 244 828 781
Site www.matabicho.com à Nicola. Serviço de take away e
Restaurante Elsa e Filomena ao Mercado Santana Facebook A Grelha Leiria
Tem inspiração nas antigas tavernas, reservas, inclusive para grupos. Abre
Estrada de Santo Antão, nº 40, IC2, Contacto 913 245 779 Todos os dias é possível aproveitar
assim como nos sabores caseiros, todos os dias, das 9h30 à meia-noite.
Batalha Facebook Taverna Alberto o buffet variado acompanhado de
características que resultam em um
Contacto 244 765 324 Conhecido pelos petiscos tradicionais, menu variado de petiscos, peixes e grelhados. Destaque para o frango
A dobrada com feijão branco é O Casarão e o camarão à grelha, que também
como o choco frito à Setubalense, carnes, além de pizzas em forno à
uma das receitas tradicionais e Estrada da Maceira nº 10 - 2400-823, constam na carta. O serviço custa
apresenta também refeições, a lenha. Da carta fixa, prove o Bacalhau
permanentes da ementa, que ganha Azoia (próximo da rotunda) 9,90€ de segunda a sexta no
exemplo do Borrego Grelhado, da na Telha e aproveite a vista para o
reforço de diárias a 10€, de segunda Contacto 244 871 080 almoço, enquanto no jantar de sexta,
Costeleta de Novilho e do Bife de castelo. Há ainda ementa da semana,
a sexta, para almoço. Para encerrar, Facebook O Casarão quando há sempre música ao vivo,
Atum. Há fado num domingo por mês. com pratos a partir de 6,50€. Possui
sugere-se guardar espaço para o take away e aceita reservas até às 20h. Em funcionamento desde 1984, e aos sábados custa 10,90€. Já aos
Aceita reservas. Folga às segundas e, mantém a tradição da cozinha domingos o preço fica em 12,50€.
Bolo de Bolacha, destaque entre as Aberto todos os dias.
no inverno, às terças para almoço. portuguesa em pratos como as Possui take away e aceita reservas.
sobremesas. Disponibiliza take away
e aceita reservas. Funciona das 7h30 Restaurante Gondesende Migas de Bacalhau na Côdea. À Folga domingo à noite.
Pizzeria Rossini média de 22,50€ a refeição, é
às 22h, exceto aos domingos. Rua do Município, Lote B1, ao pé do
Rua Miguel Torga 237, 2410, próximo tribunal possível provar ainda Massinha de Restaurante Vitória
ao hotel Ibis Contacto 244 812 140 Robalo e Espetada de Novilho com Ponte das Mestras, Barosa, próximo ao
Restaurante Vintage
Contacto 244 811 310 Facebook Restaurante Snack-Bar Gambas. Aceita reservas e abre Cinema City Contacto 244 825 609
Edifício do Hotel Mestre Afonso
Facebook Pizzeria Rossini Gondesende todos os dias, para almoço e jantar. Facebook Restaurante Vitoria
Domingues, no largo vitoriarestaurante1@hotmail.com
Contacto 244 765 260 Site www.pizzeriarossini.pt O serviço de buffet é o destaque da
De gerência italiana, a cozinha tem casa que funciona também para pe- “O Manel” O serviço acontece do pequeno-
Facebook Restaurante Vintage almoço ao jantar, com enfoque
Batalha os destaques em pizzas e massas, queno-almoço e lanches. Recomenda- Rua Dr. Correia Mateus, 50, próximo
com espaço para clássicos, como -se experimentar os pratos com carne, ao Mercado Santana na cozinha portuguesa. Assim, de
Site www.hotellisbatalha.pt/ segunda a sexta é possível tanto
restaurante o Spaghetti Carbonara. Leva a feitos à moda da cozinha nacional. Contacto 244 832 132
Possui take away. Abre das 8 às 20 optar pelas diárias no almoço, 7,50€
A boa localização permite escolher assinatura da casa a pizza Firenze, Facebook Restaurante Manel 50
horas, exceto aos sábados, quando o sem sobremesa e 8,50€ com, como
entre o interior do restaurante e a servida à mesa com queijo, cogumelos Há quase seis décadas é especializado
funcionamento é das 9 às 15h. Folga por pratos fixos da ementa, do tipo
esplanada, com vista para o mosteiro. frescos, presunto, rúcula e lascas de em cozinha portuguesa, com
aos domingos. Borrego à Padeiro, Francesinha e
Da cozinha, sai uma seleção de pratos parmesão. De terça a sexta há ainda opções de peixes frescos e carnes
Sopa de Pedra. Serviço de take away
portugueses, como o bacalhau no diária, com prato a 7,90€. Disponibiliza grelhadas no carvão, a exemplo
Matilde Noca e reservas. Folga aos sábado à noite e
forno com crosta de broa, e também take away e aceita reservas para até do Chulefon de Boi e das Iscas à
Rua Martingil 157, Marrazes domingos.
de inspiração europeia. Diariamente 20 pessoas. Folga às segundas. Portuguesa. Outra opção são as
Contacto 244 856 073 especialidades do dia, a partir de 10€.
há sugestão do chefe, com opção de
carne ou peixe, a 15€ com bebida.
Facebook Matilde Noca.
Folga aos domingos. Aceita reservas. PORTO DE MÓS
Sabores da Infância Site www.matildenoca.pt Restaurante Dom Abade
Aceita reservas individuais ou para Estrada da estação 12, 14 16, próximo à Aqui escolhe-se entre as sugestões da IC2 - KM 106, nº 32, 2480-112 Pedreiras
grupos. Abre todos os dias. estação dos comboios Restaurante Saloon
chefe, mudadas diariamente, e as mui- Contacto 244 470 147
Contacto 244 049 147 tas opções da ementa fixa. Às terças Estrada Nacional 109 - Quinta do Paul
Contacto 244 613 438 Facebook Dom Abade Restaurante
FÁTIMA Facebook Sabores de Infância serve-se Cabrito Assado, enquanto
Facebook Saloon Buffet Eventos
O Ti Miguel - Restaurante Pizzaria Em espaço acolhedor, a cozinha todos os dias pode-se degustar Ba- Site www.dom-abade.com
calhau com Natas e Alcatra Desfiada. Site quintadopaul.com
Rua Central, nº 81, Loureira portuguesa é servida sempre com Os serviços de buffet, à carta e take
Para encerrar a experiência, sugere-se Instalado na Quinta do Paul, o
Contacto 244 741 740 quatro menus econômicos ao dia. As away firmaram-se junto à experiência
farófias à moda da Noca. Possui take restaurante funciona sob conceito da
Pizzas, lasanhas e carnes formam o diárias custam entre 6,20 e 8,50€, de mais de 30 anos. Pela ementa
away e aceita reservas. Folga aos tradicional cozinha portuguesa com
pilar dessa cozinha, que reúne entre com sopa, bebida, café e opção de variada, é possível provar saladas,
domingos, no jantar, e às segundas. toque gourmet. Saem da cozinha,
os favoritos de pedidos os preparos acréscimo com sobremesa. Aos sopas, entradas, pratos quentes e
Estaremos de férias até dia 23 de julho. portanto, receitas como o Camarão
de Bifinho de Veado, Cabrito Assado e domingos, já é tradição o Cozido à sobremesas ao preço único de 11€,
Tigre Grelhado sobre Rosbife e de segunda a sexta. Já aos sábados e
a especialidade da casa Bife à Miguel. Portuguesa e a Pota à Lagareiro. Folga Casa dos Salgadinhos os Lombinhos de Bacalhau com domingos o valor é de 13,50 e 17,75€,
Não funciona com reservas e abre às segundas e no jantar dos sábados Rua Sá de Miranda, lote 17, loja 2, próxi- Castanhas, para uma refeição a 30€, respectivamente. Aceita reservas e
diariamente das 8h à 00h, com folga e domingos. Serviço de take away e mo ao Tribunal em média. Aceitam reservas. Folga realiza eventos. Folga às quartas.
às quartas. reservas, exceto aos domingos. Contacto 962 485 270 / 919 904 241 aos domingos à noite.

Este guia está também disponível em www.regiaodeleiria.pt. Para a inclusão de novos restaurantes neste guia, consulte-nos através do telefone 244 819 950. 1 novembro, 2018 — Região de Leiria 43
SOLUÇÃO SUDOKU N. 77
SOLUÇÃO PALAVRAS CRUZADAS N. 98
SOLUÇÃO SOPA DE LETRAS N. 148
R O D AMU F . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . E I RO S
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . R E E N T R A N C I A
. . . . L . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . .A. . . . . . . . . . . . . . . . A R R I E I
A I O S
. . . .D. . . . . S . . . . . . . I . . I
 G L I C
O S A N A
. . . .R. . . . .O. . . . . . .N. . 
. . . . E . . .A . MS . . . . . . T . . V A U M O
S I R
C . . .M. . T . .R.O. . . . .R. .
A G E R A S
 RI 
.A. . . . L . . . E . .R. . . .U. .
. AS . . U . . . .B. . .O. . . J . .
AZ
. . L IM. . . . .U. . . . S . .A. .
R U M O R
. E . OM . . . . .O. . . . .A.V. . E A D E
 NE OR VI DA EL
. . S . TI . . . . S . . . . R . SA . .
 
S I C E S
B O T
. . AQ . AR . C .A. . . . .A. . . .
. . L .U. IA. .R. . . . . . I . . . A R R A S T
 AT 
. . P . . I PA . .C. . . . . . . P . .
D OR
. . I . . EV . . .A. . . . . . . . I . R A E R A
. .C. L . .A. . S . . . . . . . . . P
I R R A C I
 OD ON RA NI SA
. . AA . . . . . . . . . . . . . . . . .
. .D. . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . AC I ONAR IO. . . . . . . . . .
SOLUÇÃO SUDOKU N. 78
SOLUÇÃO SOPA DE LETRAS N. 149 © PUZ 2018
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
U S S E I S I R R C O I R A N O I C A M I
. DE S ATAR E S . . . . . . . . . . .
. . AMA Z O N A S . . O P O R I P . . .
U E O R A M L N A O O L I P S M I N D R N
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . MA V I O S A S . . . . . . . . T
. . .C. . . . . . . . .A. . . . . . .
U T P O I D R I B I R L O O N P O A A A
. . . .A. . . . . . . . . T . . . . . .
S EMR O N E . . . . . . V . O . . . . .
P T L C O R S E C V S A E A C O L A C C D
. . . . . .D. . . . S I . . . I . . . .
. . . . . . . I . . AE . . . . . R . . .
R I E M A S I A I S A U S P V E I L I D A
. . . . . . . . DCR . . E L . . . T . .
. . . . . . . . I A . . . SU . . . . A .
M L P I T L O R C A C C A A P I R S P A I
A . . . . . . N . . S . . BX . . . . . P
. R . . . . I . . . . . . OA . . . . . .
U A O I U A R T I I R I S A I A U O L P A
. . E . . L . . . . . . . FÇ . . . . . .
. . . NC . . . . . . . . AÃ . . . . . .
R P I R A S C S N T A R C C R A C Q A A O
. . . . I . . . . . . . . DO . . . . . .
. . . . . T . . . EMU L O C N I . . . . Q A A S V R A O I P S D R A L I T D S I R
. . . . . .O. . . . . . S . . . . . . . SOLUÇÃO PALAVRAS CRUZADAS N. 189
. . . . . . . S . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . S OMA I R AMA . . . .
P I V L A E A A A N O E N P D A M O M E Q
. . . . . . . . . . COBR I R . . . . . T S A T E S P I A R U M E O S E M I L T I
J I J A R A O T S Q B C P O R U I E S A R
R O U E L I T R P T E O
Q N T E
I O L M
A M U R A
S A I S A I
O R R I I T S I O I R D
U U A L
O S T A
T U  I
C U F
M M R I C
O  L I S L
N M D A
A A T R A I N A C S M S A  I RE SI 
I O S R O
E I O T A
T E M E
A S N P O S P M S C O S A
 TI 
I U N
O
ES I R R A N P A
D O I R C A R R R T S O
U T A
R S E T
A D C A I J
L I D A R
 RI AI F UD OS MA
R V C L S C A S A N V O
L A
A C
P 
A O
P O S E
I A A S I A
I L P A A A A L A I S G
M O O
V IO R P
O L M R A P
J R C A A S L I B L U I
O

R

R A ND
A I SN
E I
A N O B T
P M I D C U
S O R I E S M A S M P A
U S S O
M M A A
T R I L O
I U P P O R
I V S P O R R A A A O M E A F U M A D O R
W SOUBERMOS E MULTA R EIRÓS
T SOROSAS U LADREM T CASIMIRA
U SALPICADA U INTRUJAVA I CAPELA
© PUZ 2018
W SACRAS O FUMADOR P AIATOLA
P PIPIAR T ESQUIVA R ACIONÁRIO
SOPA DE LETRAS N.148
(pl.). ©
ciado em iões. Níquel (s.q.). 11 - Prover de asas. Cada um dos carateres do alfabeto
de Azov. 9 - Remas em sentido contrário. Denominação geral da serpente. 10 - Disso-
Disposto segundo o oriente. 8 - Naquelas. Argola. Rio da Rússia que desagua no mar
tos, fartos. Cada um dos cabos grossos que, fixos na proa, firmam a mastreação. 7 -
gem. Acreditar. 4 - Sombria-brava (ave). Mordisque. Sulca. 5 - Insistirdes. 6 - Opulen-
1 - Ter raiva. Vestuário de mulher na India. 2 - Érbio (s.q.). Fazer as agueiras. 3 - Eri-
VERTICAIS
rastos. 10 - Puxar com o rodo. Põe adornos. 11 - Não racionais.
ma de glândula. 8 - Textualmente. Estrada (abrev.). Botânica (Abrev.). 9 - Levado de
Ruído surdo e confuso. Mato em que predomina a congonha (Bras.). 7 - Que tem for-
em grandeza ou tamanho. Aristocrata inglês. 5 - Velhice sem fraqueza nem doença. 6 -
da perda de uma molécula de água. 4 - Baixio. Capaz de superar ou de exceder outro
1 - Qualidade de reentrante. 2 - Abaixei. Escudeiros. 3 - Anidrido da glicose, resultante
HORIZONTAIS
© PUZ 2018
11
Nível de Dificuldade : MÉDIO
10

9
SUDOKU N.77


8
 
7
 
6

5
 
4
 
3

2

1
10 11 9 8 7 6 5 4 3 2 1
PALAVRAS CRUZADAS N. 188

Interesses relacionados