Você está na página 1de 25

BOTÂNICA - CRIPTÓGAMAS

Lista única – 60 Questões


Professor Charles Reis
Curso Expoente

01. (UFMS) Sobre as características das pteridófitas, assinale a(s) proposição(ões)


correta(s).

I II

0 0 – Predomínio da fase gametofítica.

1 1 – Presença de raiz, caule e folhas.

2 2 – Presença de feixes vasculares.

3 3 – Reprodução por estruturas especiais denominadas soros.

4 4 – Presença de semente.

02. (UNIMONTES) As florestas tropicais caracterizam-se por apresentar ambientes bastante


úmidos, onde é comum encontrar diversas espécies de plantas verdes de pequeno porte,
com alguns centímetros (devido à ausência de vasos condutores), crescendo sobre o solo e
as rochas, ou cobrindo troncos de árvores. Assinale a alternativa correta que representa
esse tipo de planta.

a) Gimnospermas.

b) Angiospermas.

c) Pteridófitas.

d) Briófitas.

e) Fungos.

03. (CEFET-MG) As samambaias e as avencas são tipos de pteridófitas mais comuns que
se reproduzem através de alternância de gerações, conforme mostra a figura.
Nesse ciclo, a geração verde, duradoura e assexuada é a(o):

a) Prótalo.

b) Anterídio.

c) Protonema.

d) Esporófito.

e) Gametófito.

04. (UFMG) Na limpeza de quintais, para a retirada de “lodo” de áreas cimentadas,


comumente, utilizam-se generosas doses de hipoclorito de sódio, comercializado como água
sanitária. É correto afirmar que a ação da água sanitária sobre musgos promove:

a) A destruição do citoplasma e da parede celular.

b) A variação no pH do citoplasma das células do xilema.

c) O bloqueio dos crivos das células do floema.

d) O impedimento do mecanismo de abertura dos estômatos.

05. (UFCE) As Briófitas, que formam verdadeiros tapetes verdes, promovem a retenção da
água das chuvas e, como consequência, evitam a erosão dos solos. Algumas são bastante
utilizadas na horticultura como fonte de nutrientes para as plantas e para melhorar a
capacidade de retenção de água pelo solo. Por serem muito sensíveis aos resíduos tóxicos,
são excelentes indicadores de poluição ambiental. A respeito das Briófitas, é verdadeiro
afirmar que:

I II

0 0 – A ausência de tecido especializado para o transporte de seivas, explica, pelo menos


em parte, o seu pequeno porte. 1 1 – Independem da água para a reprodução.

2 2 – São classificadas como fanerógamas, por possuírem órgãos reprodutores bem-visíveis


(as flores).

3 3 – Vivem preferencialmente em locais secos e ensolarados.


4 4 – A reprodução ocorre por alternância de gerações, sendo predominante a fase
gametofítica (produtora de gametas).

06. (UFMS) Assinale a alternativa incorreta sobre as pteridófitas.

a) Algumas espécies de pteridófitas têm reprodução assexuada por brotamento.

b) O esporo das samambaias, encontrando condições de umidade e iluminação favoráveis,


dá origem ao prótalo.

c) O anterídio é uma bolsa revestida por células estéreis, em cujo interior são produzidas as
oosferas.

d) Nas espécies isosporadas, o gametófito é monoico, formando tanto arquegônios quanto


anterídios.

07. (UEMS) Qual a principal característica evolutiva apresentada pelas pteridófitas, que
garantiu uma melhor adaptação ao meio terrestre em relação a grupos vegetais mais
primitivos?

a) As Pteridófitas foram os primeiros vegetais que se adaptaram à vida terrestre,


apresentando tecidos verdadeiros.

b) As Pteridófitas foram os primeiros vegetais que se adaptaram à vida terrestre, e não


dependendo do meio aquático para reprodução.

c) As Pteridófitas foram os primeiros vegetais vasculares (isto é, dotados de vasos) e


dotados de raiz, caule e folhas.

d) As Pteridófitas foram os primeiros vegetais a apresentarem sementes, mas sem frutos.

e) As Pteridófitas foram os primeiros vegetais a apresentarem sementes com frutos


verdadeiros.

08. (UNESP) As espécies dos grupos vegetais A e B assemelham-se, pois: – Crescem


preferencialmente em solos úmidos. – Possuem órgãos de reprodução pouco
desenvolvidos. – São destituídas de flores, sementes e frutos. – Dependem da água para a
reprodução. – Reproduzem-se por alternância de gerações.Contudo, as espécies do
grupo A são vasculares e as do grupo B, avasculares. Nos grupos A e B, poderiam estar
incluídas, respectivamente,

a) Clorófitas e rodófitas.

b) Samambaias e avencas.

c) Musgos e hepáticas.

d) Musgos e samambaias.

e) Avencas e Hepáticas.
09. (UPE) Entre os vegetais abaixo relacionados, assinale a alternativa cujo ciclo de vida
está marcado por apresentar a fase esporofítica efêmera.

a) Avencas.

b) Angiospermas.

c) Bananeiras.

d) Pinheiro do Paraná.

e) Musgos.

10. (COVEST) Em relação ao ciclo reprodutivo de briófitas e pteridófitas, considere as


seguintes proposições.

I II

0 0 – Ambos os grupos apresentam metagênese e, nas pteridófitas, o vegetal completo é o


gametófito.

1 1 – Ambos os grupos apresentam metagênese e, nas briófitas, o vegetal complexo é o


esporófito.

2 2 – A meiose nas briófitas e pteridófitas é espórica.

3 3 – As briófitas são vegetais haplodiplobiontes.

4 4 – O zigoto é a única fase em que acontece divisão meiótica nas briófitas.

11. (UFMS) A respeito da reprodução das briófitas, é correto afirmar que:

I II

0 0 – As briófitas apresentam somente reprodução sexuada.

1 1 – Algumas espécies de hepáticas reproduzem-se assexuadamente através da produção


de esporos.

2 2 – Todas as briófitas são monoicas.

3 3 – As estruturas reprodutivas masculinas do musgo são denominadas arquegônios.

4 4 – O zigoto de um musgo desenvolve-se produzindo um esporófito.

12. (PUCCAMP) Uma planta que é um gametófito haploide com rizoides, caulículo e filoides
é:

a) Um musgo.

b) Um pinheiro.

c) Uma samambaia.
d) Uma avenca.

13. (UNIFOR) Uma pteridófita cujas células das folhas possuem 10 cromossomos deve
formar esporos, prótalos e zigotos com quantos cromossomos, respectivamente?

a) 10, 10 e 10.

b) 10, 10 e 5.

c) 5, 10 e 10.

d) 5, 5 e 10.

e) 5, 5 e 5.

14. (UNA-MG) O esporófito dos musgos vive sobre:

a) Rochas, como vegetais pioneiros.

b) Árvores, como epífitas.

c) O gametófito feminino.

d) O solo, em simbiose com os fungos.

e) O prótalo.

15. (UFSE) Nas briófitas ocorre a oogamia, isto é, os gametas masculinos e femininos são:

a) Iguais quanto à forma e à função.

b) Iguais quanto à forma e diferentes quanto ao comportamento.

c) Diferentes; os masculinos são móveis e os femininos, imóveis.

d) Móveis e se encontram ao acaso.

e) Móveis e se encontram ao acaso, levados pela água.

16. (UFRGS) Briófitas e pteridófitas apresentam várias características em comum, mas


também diferem em muitos aspectos. Assinale a característica que pertence a apenas um
desses grupos de plantas.

a) Crescer preferencialmente em solos úmidos e sombreados.

b) Necessitar de água para se reproduzir.

c) Não ter flores, sementes e frutos.

d) Ser criptógama.

e) Ser portadora de tecidos de transporte.

17. (FATEC) A figura a seguir representa um organismo vivo.


Assinale a alternativa que relaciona correta e respectivamente o reino, a divisão (ou filo) e o
elemento reprodutivo derivado do esporófito.

a) Fungi, Bryophyta e esporo.

b) Plantae, Bryophyta e esporo.

c) Plantae, Pteridophyta e esporo.

d) Fungi, Pteridophyta e semente.

e) Protista, Fungi e semente.

18. (UFPR) O esquema a seguir representa o ciclo reprodutivo de uma pteridófita


(samambaia).

Nesse ciclo reprodutivo, a meiose ocorre:

a) No gametófito, para a formação de gametas.

b) No esporófito, para a formação dos esporos.

c) Logo após a fecundação.

d) Durante o desenvolvimento do zigoto.

e) Durante a germinação dos esporos.

19. (I OLIMPÍADA BRASILEIRA DE BIOLOGIA) Briófitas e Pteridófitas podem ser


considerados criptógamos, uma vez que seus órgãos reprodutores não são aparentes no
formato de uma flor. Marque a alternativa abaixo que contenha uma característica capaz de
separarmos esses criptógamos:

a) Presença de arquegônio.

b) Produção de esporos.

c) Dependência da água para a reprodução.

d) Presença de vasos condutores.

e) Ausência de fruto.

20. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I II

0 0 – Vegetal terrestre, sem tecidos condutores, que exibe metagênese com formação de
esporos na fase sexuada do seu ciclo biológico, é classificado como pteridófito.

1 1 – Nos musgos o esporófito, diploide, vive sobre o gametófito que é haploide.

2 2 – Uma samambaia corresponde ao gametófito das pteridófitas.

3 3 – Nas samambaias os esporos dão origem aos gametófitos.

4 4 – O prótalo é o gametângio das pteridófitas.

21. (COVEST) Na figura a seguir, temos o ciclo reprodutivo de uma Samambaia Isóspora
(Filicínia). Analise as proposições em conjugação com a figura.

I II

0 0 – Samambaias são pteridófitas (Criptógamas).

1 1 – Nas samambaias comuns, a planta inteira com raízes, caule e grandes folhas
corresponde ao gametófito.
2 2 – Em a temos um esporângio, cujas células sofrem mitose e formam esporos que
darão formação ao esporófito, que, por sua vez, originará o gametófito.

3 3 – Caindo no solo úmido, cada esporo que germina produz um prótalo b.

4 4 – Na face inferior, o prótalo b tem um tufo de rizoides e dois grupos de gametângios:


anterídio c e arquegônio d.

22. (UPE) Durante o ciclo de vida de uma Pteridófita, encontram-se diversas estruturas
morfológicas próprias de cada fase, destacadas pela numeração

abaixo.

Identifique, nesse ciclo, essas estruturas e assinale a alternativa correta.

a) 1-folíolo, 2-rizoide, 3-esporângio, 4-prótalo, 5-arquegônio, 6-anterídio.

b) 1-fronde, 2-rizoma, 3-soro, 4-protonema, 5-arquegônio, 6-anterídio.

c) 1-fronde, 2-rizoma, 3-esporângio, 4-prótalo, 5-anterídio, 6-arquegônio.

d) 1-filoide, 2-rizoide, 3-caliptra, 4-protonema, 5-gametófito feminino, 6-gametófito masculino.

e) 1-fronde, 2-radícula, 3-soro, 4-prótalo, 5-conceptáculo, 6-propágulo.

23. (UFMG) Esquema parcial do ciclo evolutivo de uma pteridófita terrestre:

Todas as afirmativas referentes ao esquema são verdadeiras, exceto uma:


a) Trata-se de um vegetal vascular e isosporado.

b) As folhas apresentam esporângios agrupados, formando os soros.

c) Para que o anterozoide atinja o arquegônio, é necessária a presença de água.

d) Trata-se de um vegetal que apresenta caule do tipo rizoma.

e) O prótalo é a fase mais desenvolvida e duradoura.

24. (FUVEST) Uma samambaia produz esporos que germinam, formando prótalos.
Enquanto estes são haploides, a samambaia é diploide. No prótalo, originam-se anterídios,
que produzem anterozoides, e arquegônios que formam oosfera. A fusão de um anterozoide
com uma oosfera dá um zigoto do qual resulta uma nova samambaia. Nesse processo, a
meiose ocorre:

a) Na divisão do zigoto.

b) Na formação dos esporos.

c) Na fusão dos anterozoides com as oosferas.

d) Na formação dos anterozoides com as oosferas.

e) Na produção do prótalo.

25. (PUC-SP) No esquema abaixo, que representa o ciclo reprodutivo das filicíneas os
eventos A, B e C são, respectivamente:

a) Meiose, germinação, fecundação.

b) Germinação, meiose, fecundação.

c) Fecundação, germinação, meiose.

d) Germinação, fecundação, meiose.

e) Meiose, fecundação, germinação.

26. (MACK) O desenho a seguir representa uma folha de samambaia. A estrutura indicada
pela seta é chamada….., sendo formada por um conjunto de….. .
Qual a alternativa que completa corretamente as lacunas acima?

a) soro, esporângios.

b) esporângio, soros.

c) antera, pólen.

d) espongióforo, esporos.

e) soro, pólen.

27. (FCC) Um musgo apresenta o aspecto indicado na figura a seguir. Que letra da tabela
abaixo indica corretamente o que representa as estruturas I e II?

I II

a Gametófito feminino e Esporófito diploide


haploide
b Gametófito dioico e diploide Esporófito haploide

c Gametófito masculino e Esporófito diploide


haploide

d Esporófito diploide Gametófito dioico e haploide

e Esporófito haploide Gametófito feminino e


haploide

28. (UFV) A figura adiante corresponde a duas plantas com parte de suas estruturas
morfológicas e reprodutivas indicadas por I, II, III e IV.

Observe a representação e assinale a afirmativa correta:

a) As duas plantas são vascularizadas e apresentam folhas clorofiladas.

b) A estrutura indicada por I é diploide e corresponde ao prótalo.

c) III corresponde a soros 2n que produzem os esporos nas pteridófitas.

d) II indica os anterozoides haploides produzidos pelo esporângio.

e) As estruturas indicadas por IV são gametófitos haploides.

29. (FUVEST) A figura abaixo mostra a face inferior de uma folha onde se observam
estruturas reprodutivas.

A que grupo de plantas pertence essa folha e o que é produzido em suas estruturas
reprodutivas?
a) Angiosperma; grão de pólen.

b) Briófita; esporo.

c) Briófita; grão de pólen.

d) Pteridófita; esporo.

e) Pteridófita; grão de pólen.

30. (UERN) O ciclo de vida de uma pteridófita está representado na ilustração ao lado. A
partir da análise das etapas que integram o ciclo, podemos afirmar.

I II

0 0 – O gametófito depende nutricionalmente do esporófito.

1 1 – O desenvolvimento de órgãos sexuais diferenciados se dá na fase gametofítica.

2 2 – A haploidia caracteriza o esporófito durante toda a sua existência.

3 3 – O encontro dos gametas ocorre em pequenas poças ou riachos.

4 4 – Os esporângios têm vida independente até a maturação dos esporos.

31. (MOGI-SP) No quadro abaixo, você encontrará características de briófitas e pteridófitas.


Assinale a alternativa errada.

BRIÓFITAS PTERIDÓFITAS

I Criptógamos avasculares. Criptógamos vasculares.

Fase gametofítica mais Fase esporofítica


II
desenvolvida. predominante.

III Presença de rizoides. Possuem raízes verdadeiras.

Meiose ocorre na formação dos Meiose ocorre na formação


IV
gametas. dos esporos.
Dependem da água do ambiente Dependem da água do
V
para a fecundação. ambiente para a fecundação.

a) I.

b) II.

c) III.

d) IV. e) V.

32. (FUVEST) Em que fase do ciclo de vida das pteridófitas há maior quantidade de DNA por
núcleo celular?

a) Gametófitos.

b) Gametângios.

c) Esporófitos.

d) Esporos.

e) Gametas.

33. (F.OBJETIVO-SP) O esquema abaixo representa fases do ciclo reprodutor de um


musgo.

I e II indicam, respectivamente:

a) O esporófito e o gametófito, ambos haploides.

b) O gametófito haploide e o esporófito diploide.

c) O gametófito diploide e o esporófito haploide.

d) O esporófito diploide e o gametófito haploide.

e) O esporófito e o gametófito, ambos diploides.


34. (PUC-PR) No estudo dos vegetais, encontramos plantas conhecidas por Briófitas, como
os musgos, e as Pteridófitas, como as samambaias. Esses vegetais apresentam certas
características próprias e outras comuns a outros grupos vegetais. Assinale a alternativa
incorreta.

a) Os musgos têm rizoides, filamentos sem estrutura de raiz e agem como meros pelos
absorventes.

b) A fase esporofítica das muscíneas (Briófitas) se caracteriza pela formação de esporófito,


pequena cápsula, no interior da qual ocorre a meiose com a formação de esporos.

c) As pteridófitas têm ciclo reprodutivo com fase sexuada e fase assexuada, no entanto, não
têm flores.

d) Os anterozoides, gametas masculinos, tanto das Briófitas, quanto das Pteridófitas, são
células flageladas.

e) Os esporos, o gametófito e o zigoto são constituídos por células 2n ou diploides, e os


anterozoides, os arquegônios e os anterídios são constituídos por células haploides.

35. (USU-RJ) As figuras I e II mostram diferentes etapas no ciclo vital dos musgos.

Indique, nas opções abaixo apresentadas, a que traduza a situação das figuras I e II.

Figura I Figura II

a Gametófito Esporófito (n); gametófito


(2n) (n)

b Esporófito (2n) Esporófito (2n); gametófito


(n)

c Gametófito (n) Gametófito (n); esporófito


(n)

d Gametófito (n) Gametófito (n); esporófito


(2n)

e Esporófito (n) Gametófito (2n); esporófito


(n)
36. (FCMS-SP) Associe os tipos de vegetais indicados por algarismos romanos com os
respectivos grupos taxionômicos indicados por algarismos arábicos:

I. Fetos.

II. Musgos.

III. Sargaços.

1. Briófitas.

2. Pteridófitas.

3. Feófitas.

a) I – 1, II – 2, III – 3.

b) I – 2, II – 1, III – 3.

c) I – 3, II – 2, III – 1.

d) I – 3, II – 1, III – 2.

e) I – 1, II – 3, III – 2.

37. (PUC-RS) Responder à questão com base nas afirmativas a seguir, sobre as plantas
pteridófitas.

I. São o grupo mais antigo de plantas vasculares.

II. Possuem caule chamado de rizoma e folhas normalmente divididas em folíolos.

III. Suas minúsculas flores podem ser vistas apenas com o auxílio de uma lupa.

IV. Sua reprodução envolve a produção de esporos.

Pela análise das afirmativas, conclui-se que estão corretas as da alternativa:

a) I, II e III.

b) I, II, III e IV.

c) I, II e IV.

d) I, III e IV.

e) II, III e IV.

38. (PUC-MG) São características das briófitas:

a) Fase gametofítica dominante, esporófito dependente do gametófito, fecundação


dependente da água.

b) Fase esporofítica dominante, gametófito dependente do esporófito, fecundação


dependente da água.
c) Fase gametofítica dominante, esporófito independente do gametófito, fecundação
independente da água.

d) Fase esporofítica dominante, gametófito independente do esporófito, fecundação


independente da água.

e) Fase gametofítica dominante, esporófito reduzido a uma célula gamética, fecundação


independente da água.

39. (PUC-CAMPINAS) O esquema representa a alternância de gerações em um musgo


dioico. A meiose ocorre em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) IV.

e) V.

40. (UFRJ) Analise o esquema abaixo.


A sequência correta que representa o ciclo de vida de uma pteridófita é:

a) Esporófito, liberação de esporos, gametófito, fecundação.

b) Esporófito, gametófito, liberação de esporos, fecundação.

c) Gametófito, esporófito, liberação de esporos, fecundação.

d) Liberação de esporos, esporófito, fecundação, gametófito.

e) Gametófito, liberação de esporos, esporófito, fecundação.

41. (UPE) O esquema abaixo é do ciclo de vida de uma pteridófita. Baseado nele escolha a
alternativa correta.

a) 1 denomina-se esporófito e é uma forma diploide (2n).

b) 2 denomina-se arquegônio e é uma forma diploide (2n).

c) 3 denomina-se gametófito feminino e é uma forma diploide (2n).

d) 4 denomina-se gametófito masculino e é uma forma diploide (2n).

e) 1, 2, 3 e 4 são formas haploides (n).

42. (UFJF) A figura abaixo representa o ciclo de vida de uma briófita:


(LOPES, S. Biologia: 2o grau, livro amarelo. São Paulo: Saraiva, 1990, p.86)

Com relação a este grupo de plantas está incorreta a afirmação:

a) Os gametófitos são haploides e representam a fase duradoura do ciclo metagênico.

b) Os esporos são haploides.

c) Os tecidos condutores de seiva ocorrem apenas na geração gametofítica.

d) Os gametas masculinos são anterozoides móveis.

e) O esporófito é formado pelo pé, seta (ou haste) e cápsula.

43. (UNIRIO) Se quisermos obter gametófitos de um musgo, o melhor caminho a seguir é:

a) Semear grãos de pólen em solo úmido.

b) Retirar gametângios masculinos e femininos da planta e colocá-los em solo preparado.

c) Transplantar os embriões formados em meio de cultura para um solo úmido.

d) Esperar a formação dos zigotos em um meio de cultura e transplantá-los para um local


apropriado.

e) Retirar esporos da cápsula e colocá-los em local apropriado ao seu desenvolvimento.

44. (MACK) O esquema abaixo representa o ciclo de vida válido para as briófitas e
pteridófitas.

Assinale a alternativa correta.


a) Nas briófitas, I é haploide e predominante sobre II, que é diploide.

b) Nas briófitas, I é diploide e predominante sobre II, que é haploide.

c) Nas briófitas, II é haploide e predominante sobre I, que é diploide.

d) Nas pteridófitas, I é haploide e predominante sobre II, que é diploide.

e) Nas pteridófitas, I é diploide e predominante sobre II, que é haploide.

45. (UERJ) Algas e musgos possuem diversas características em comum. Uma


característica comum a todos os tipos de algas e musgos é a inexistência de:

a) Nutrição autotrófica.

b) Estruturas pluricelulares.

c) Vasos condutores de seiva.

d) Reprodução do tipo sexuado.

46. (UNIP-SP) O esquema abaixo representa o ciclo de vida de uma samambaia. A meiose
ocorre em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) IV.

e) V.

47. (UNIFOR) A figura abaixo representa um prótalo de samambaia.


Trata-se de:

a) Um gametófito responsável pela reprodução sexuada.

b) Um gametófito responsável pela reprodução assexuada.

c) Um esporófito responsável pela reprodução sexuada.

d) Um esporófito responsável pela reprodução assexuada.

e) Uma plantinha responsável apenas pela nutrição.

48. (UNICAMP) Uma pessoa comprou, em uma floricultura, um vaso com samambaia e o
devolveu, alegando que a planta apresentava manchas escuras na superfície das folhas.
Para convencê-la a permanecer com a planta, é correto argumentar:

a) Os fungos são parasitas facilmente controláveis.

b) As bactérias são susceptíveis aos inseticidas.

c) As viroses desaparecem espontaneamente.

d) A samambaia encontra-se em período de reprodução.

e) As manchas são associações naturais da planta com minúsculos fungos inofensivos.

49. (CESGRANRIO) O vegetal desenhado abaixo apresenta rizoma, de onde saem folhas
lobadas, raízes e novas plantinhas. As folhas novas apresentam-se enroladas sob a forma
de um báculo. Nas folhas se observam, de cada lado da nervura principal, pontinhos
escuros, chamados soros. Das características apresentadas, duas permitem identificá-lo
como sendo uma pteridófita. São elas:
a) Folhas lobadas e raízes saindo de um rizoma.

b) Rizoma produzindo novas plantinhas e folhas lobadas.

c) Folhas novas enroladas sob a forma de um báculo e soros nas folhas.

d) Báculos e presença de raízes no rizoma.

e) Folhas lobadas e folhas novas enroladas sob a forma de um báculo.

50. Em Briófitas como os musgos e as hepáticas a fase duradoura é o(a):

a) Esporófito.

b) Gametófito.

c) Arquegônio.

d) Anterídio.

e) Caliptra.

51. (UFPI) Analisando a figura a seguir que representa um musgo, pode-se afirmar que:

a) A seta A aponta o gametófito.


b) A seta B aponta o esporófito.

c) As setas A e B representam, respectivamente o gametófito e o esporófito.

d) As setas A e B representam, respectivamente o esporófito e o gametófito.

e) As setas A e B representam diferentes partes do gametófito.

52. Nos musgos, uma divisão meiótica originará:

a) Anterozoides.

b) Esporos.

c) Oosferas.

d) Óvulos.

e) Zigotos.

53. Ao falamos em gametófitos estamos nos referindo a:

a) Uma bela samambaia de metro.

b) Uma plantinha de musgo.

c) Um cogumelo comestível.

d) Um grupo de líquens que cobrem árvores.

e) Uma alga microscópica.

54. (UAM) Qual das seguintes estruturas das pteridófitas não é formada por células
haploides:

a) Prótalo.

b) Anterozoide.

c) Folíolo fértil.

d) Gametófito.

e) Esporo.

55. (MACK) O ciclo de vida de briófitas e pteridófitas pode ser representado, segundo o
esquema a seguir.
A respeito dele, podemos afirmar que:

a) A meiose ocorre em I.

b) I constitui a geração predominante para os dois grupos vegetais.

c) Somente II e IV são diploides.

d) I constitui a geração predominante para briófitas e não para pteridófitas.

e) Somente II e IV são haploides.

56. Nas samambaias pode haver maior variabilidade genética nos:

a) Esporos.

b) Esporófitos.

c) Gametófitos.

d) Gametas.

e) Prótalos.

57. Na geração alternante de pteridófita representado no esquema abaixo.

A samambaia que enfeita nossas casas é o:

a) Esporófito haploide.
b) Gametófito diploide.

c) Esporófito diploide.

d) Gametófito haploide.

e) Esporófito triploide.

58. No ciclo vital de uma samambaia a produção dos gametas masculino (anterozoide) e
feminino (oosfera) dá-se por:

a) Mitose e ocorre respectivamente em estruturas denominadas anterídio e arquegônio.

b) Mitose e ocorre respectivamente em estruturas denominadas arquegônio e anterídio.

c) Meiose ou mitose e ocorre respectivamente em estruturas denominadas arquegônio e


anterídio.

d) Meiose e ocorre respectivamente em estruturas denominadas anterídio e arquegônio.

e) Meiose ou mitose e ocorre respectivamente em estruturas denominadas anterídio e


arquegônio.

59. (VUNESP) Filicínea é uma classe de vegetais que contém cerca de 10.000 espécies
descritas entre samambaias e avencas. No ciclo de vida das filicíneas isosporadas, ocorre
redução no número de cromossomos durante:

a) A formação dos gametas.

b) A formação dos esporos.

c) O desenvolvimento do prótalo.

d) O desenvolvimento do esporófito.

e) O desenvolvimento do arquegônio.

60. Analisando o esquema a seguir que representa o ciclo vital de um musgo, podemos
fazer todas as afirmações, exceto.

a) As células a e b são gametas produzidos por mitose.

b) A geração 2N produz esporo (célula d) por meiose.

c) O esporo (célula d) germina por mitose e se diferencia originando a geração N.

d) A meiose é final ou gamética.


e) O vegetal apresenta metagênese ou alternância de gerações.

GABARITO

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10

FVVVF D D A VFFFV C C E E FFVVF

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

FFFFV A D C C E B B D FVFVF

21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

VFFVV C E B A A A C D FVFFF

31 32 33 34 35 36 37 38 39 40

D C D E D B C A E A

41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

A C E A C E A D C B

51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

D B B C D B C A B D