Você está na página 1de 294

R EALIZAÇÃO:

ÍNDICE GERAL

Comissão Organizadora . 08

Comissão Científica . 15

Apresentação . 17

Programação Geral . 18

Programação Complementar . 19

Conferências . 22

Diálogos Contemporâneos . 23

Minicursos . 28

Simpósios Temáticos . 34

Painéis da Graduação . 258


COMISSÃO ORGANIZADORA
Associação Nacional de História - ANPUH
Diretoria Biênio 2017-2019
Presidente - Joana Maria Pedro (UFSC)
Vice-Presidente - Márcio Ananias Ferreira Vilela (UFPE)
Secretário-geral - Estevão Chaves de Rezende Martins (UnB)
1º Secretário - Francivaldo Alves Nunes (UFPA)
2ª Secretária - Lana Lage de Gama Lima (UFF)
1º Tesoureiro - Samuel Carvalheira de Maupeou (UEC)
2ª Tesoureira - Cláudia Maria Ribeiro Viscardi (UFJF)
Secretaria da ANPUH-Brasil - Pablo Serrano e Marcus Vinicius

Diretoria da ANPUH-PE
Diretoria Biênio 2018-2020
Presidente - Juliana Alves de Andrade (UFRPE)
Vice-Presidente - Regina Beatriz Guimarães Neto (UFPE)
Secretário-geral - Arthur Gustavo Lira do Nascimento (UFPE)
1º Secretário - Tiago da Silva Cesar (UNICAP)
2º Secretário - José Walmilson do Rêgo Barros (SEDUC/PE)
1º Tesoureiro - Helder Remígio de Amorim (UNICAP)
2º Tesoureiro - Diego Carvalho da Silva (UFPE/CAP)

Comitê Executivo do 30°Simpósio Nacional de História


Coordenação Geral
Márcio Ananias Ferreira Vilela (CAp-UFPE)
Comissão Local
Alfredo Macedo Gomes (CE-UFPE)
Anderson Rafael Lima da Silva (UFRPE/FUNDAJ)
Andréa Bandeira Silva de Faria (UPE)
Arthur Gustavo Lira do Nascimento (UFPE)
Arthur Victor Gonçalves Gomes de Barros (UFPE)
AryannyThays da Silva (UFPE)
Carlos André Silva de Moura (UPE)
Cláudia Maria Ribeiro Viscardi (UFJF)
Diego Carvalho da Silva (UFPE/CAP)
Diogo Arruda Carneiro da Cunha (UFPE/UNICAP)
Edilson Fernandes de Souza (UFPE)
Edson Hely Silva (CAp-UFPE)
Elizabet Soares de Souza Remígio (UFRGS)
Estevão Chaves de Rezende Martins (UnB)
Francivaldo Alves Nunes (UFPA)

8
Hélder Remígio de Amorim (UNICAP)
Hugo Coêlho Vieira (UFPE/IRB)
Humberto da Silva Miranda (UFRPE)
Joana Maria Lucena de Araújo (UFPE)
Joana Maria Pedro (UFSC)
José Edeson de Melo Siqueira (ADUFEPE)
José Walmilson do Rêgo Barros (SEDUC/PE)
Juliana Alves de Andrade (UFRPE)
Karlene Sayanne Ferreira Araújo (UFPE)
Lana Lage de Gama Lima (UFF)
Lavínia de Melo e Silva Ximenes (CAp-UFPE)
Lucia Falcão Barbosa (UFRPE)
Madson Góis Diniz (CAp-UFPE)
Marcelo Góes Tavares (UNEAL)
Maria da Penha da Silva(Prefeitura do Recife)
Maria do Rosário da Silva (UNICAP)
Murilo Veloso de Moraes (UFRPE)
Nara Neves Pires Galvão (IRB)
Pablo Francisco de Andrade Porfírio (CAp-UFPE)
Ricardo Pinto de Medeiros (UFPE)
Robson Pedrosa Costa (IFPE)
Samuel Carvalheira de Maupeou (UEC)
Sílvio Ricardo Goveia Cadena (Rede Particular de Ensino)
Tiago da Silva Cesar (UNICAP)
Wagner Geminiano dos Santos (UFPE)

Equipe de Design
Oyá Estúdio Criativo

Equipe de comunicação e mídia


Mário Emmanuel de Oliveira Ramos
Deuilton do Nascimento Barboza Junior
José Tarisson Costa da Silva - Nawa
Thiago Pombo
Victor Motta Aragão Cortez

Monitores e Monitoras do 30º Simpósio Nacional de História


Adriana de Souza Albuquerque (UFRPE)
Adriana Sampaio Campos (UFPE)
Adriany Vitoria Viana de Carvalho (Unicap)
Ailton Robson de Oliveira Ferreira (UFRPE)
Aline Daise dos Santos Silva (Unicap)
Alyne Taís dos Santos Lima (Unicap)

9
Amanda Maria da Silva (UFRPE)
Amanda Vila Nova (UFRPE)
Ana Carolina Alves de Melo (Unicap)
Ana Carolina Bezerra Lucio (UPE)
Ana Cecilia Rangel Barros (UFPE)
Ana Eliza de Jesus Lima (UFRPE)
Ana Letícia Teixeira da Silva (UFRPE)
Anaielly Júlia Fernandes Vasconcelos (UPE)
Anderson Leonardo A. Serafim (UPE)
Anderson Linaldo De Lima Nascimento (UFRPE)
Anne Gabrielle Ferreira da Silva (Unicap)
Anne Raquel da Silva Nascimento (UFRPE)
Anny Caroline Silva de Albuquerque (UFPE)
Antonio Gabriel de Melo Eloi (UFRPE)
Ariel Costa Guimarães da Silva (UFPE)
Arivaldo Soares Silva (UFPE)
Armindo de Almeida Pereira (UFRPE)
Arthur Feller Rigaud Cardoso (UFRPE)
Arthur Sales de Assunção Dilva (Unicap)
Ashley Valeriani Da Silva Florencio (UPE)
Assucena Maria da Silva (UFPE)
Beatriz Araújo Medeiros (UFPE)
Beatriz Bianca Barbosa da Silva (Unicap)
Beatriz Maria Almeida de Lima (UFPE)
Brenda Lana Ganimo do Nascimento (Unicap)
Bruna Caroline da Silva (Unicap)
Brunna Fernanda Freire Bezerra da Cruz (Uninter)
Caio Varela de Figueiredo (UFPE)
Carolina Rego Souza (UFRPE)
Cibely Cristina de Holanda (Unicap)
Cheyenne David de Medeiros Teodózio (UFPE)
Christinne Alves da Costa (UPE)
Cleicy Flávia Morais de Oliveira (Ufpe)
Daiana Gomes de Oliveira (UFRPE)
Danton Soares Brasil dos Santos (UFRPE)
David Bezerra Filgueira de Vasconcelos Concerva (UFPE)
David Luis de Santana Lira (UPE)
David Vinícius Cruz de Melo (UFRPE)
Débora Kelly da Silva Ferreira (UFPE)
Déborah Roberta Santiago Chaves Vilela (UFRPE)
Edilson Bernardo de Oliveira (UFRPE)
Eduardo Alves Ferreira de Carvalho (UFRPE)
Eliane Maria Araujo da Silva (UFRPE)
Elton Gleyson Oliveira da Silva (UFRPE)
Emanuel Antunes da Silva Holanda (UFPE)

10
Emanuelle Luiza de Oliveira Ferreira (UPE)
Emmanoel Alexandre da Silva (UFRPE)
Emmanuel Vitor Brito de Souza Freitas (UFRPE)
Emmanuelle Fabricio da Silva (UPE)
Erick Fidelis Matos (Fip Olinda)
Evellyn Suellen Araujo de Souza (UFRPE)
Felipe Cruz de Lima (UFRPE)
Felipe Ribeiro de Melo (UFPE)
Fernanda Heloisa Duarte de Lima Barbosa (UPE)
Fernando Antonio Uchôa Fonseca (UFPE)
Flaviane Soares da Silva (UFRPE)
Gabriel Ericssom Correia da Silva (UPE)
Gabriel Muniz Lira (Unicap)
Gabrielle Brito da Silva (UFRPE)
Gidiana Andrade Barbosa de Lima (UFRPE)
Giovanna Gabrielle Schwambach da Fonseca Leite Spindola (UFPE)
Giovanna Ily Farias Ramalho (UFPE)
Giovanna Mayara de Souza Lima (UFPE)
Gisele de Souza Silva (Unicap)
Gladyson Paulo Oliveira da Silva (UFPE)
Gustavo Folena Araujo (UFRPE)
Gwan Silvestre Arruda Torres (UFRPE)
Halberys Morais de Holanda (UPE)
Helena Sales de Moura (UFPE)
Iago Mário Ponce de Albuquerque Melo (UFRPE)
Ícaro Rhuan de Lima Mota (UFRPE)
Igor Araújo de Souza Barreto (UFRPE)
Isaac Beserra da Silva (UFRPE)
Isac José da Silva (Upe)
Istenio Domingos e Silva Júnior (UFPE)
Jaceildo Galdino da Silva Júnior (UFRPE)
Jacilene de Lima Leandro (UFRPE)
Jaime de Lima Guimarães Junior (UFRPE)
Jaithanya Wezilhyn dos Santos (UPE)
Jaqueline Pereira de Oliveira (UFRPE)
Jaynne Souza Santiago (UPE)
Jennifer Ferreira da Silva (UFPE)
João José Rodrigues Neto (Unicap)
João Paulo Alves da Silva (UFPE)
José Fagner da Silva Lima (UFRPE)
José Mateus da Silva (UFPE)
José Mateus Thomaz Gomes Pereira (UFPE)
José Nemésio Ferreira de Oliveira (UFPE)
José Pedro Lopes Neto (UFRPE)
José Tarisson Costa da Silva (UFPE)

11
Juliana Marques de Almeida (UFPE)
Julya Carolina Souza Vasconcelos (UFPE)
Julyana Alves Barbosa de Araújo (UFPE)
Kamila Beatriz Souza Vasconcelos (UFPE)
Kamila de Melo Pereira (UFRPE)
Karlla Karina Pereira Felix (UPE)
Karolina Beatriz Barros Cavalcanti (UFPE)
Karoline Mery de Oliveira (UFRPE)
Katharine Nataly Trajano Santos (UFRPE)
Katherine Cínthia de Santana (Unicap)
Kayleigh Teotônio Souza da Silva (Unicap)
Kimberly Costa Santiago (UFPE)
Klécia Melo de Mesquita (Unicap)
Leonardo Felipe Pereira de Andrade (UPE)
Letícia Serrano Marinho de Araújo (UFPE)
Lidia Euridice de Noronha Silva (UFRPE)
Lilian Carla da Silva Freitas (UFRPE)
Lorenna Brenda Gusmão de Morais (UPE)
Lorenna Rocha da Silva (UFPE)
Lucas Igor Gomes de Andrade (UFRPE)
Lucas Paes do Amaral (UFRPE)
Luís Fernando Araújo Farias (UFPE)
Luiz Adriano Lucena Aragão (UFRPE)
Luiz Felipe da Silva Brito (UFPE)
Luiz Fernando Sampaio Calabria (Unicap)
Luiz Gustavo de Oliveira Lins (UFRPE)
Luiz Henriky dos Santos de Oliveira (UFRPE)
Luiz Vinícius Maciel Silva (UFPE)
Luiza Vieira Cavalcanti (Unicap)
Manoela Ferrari Leite (UFPE)
Manoela Ferreira Soares (UPE)
Manuela Lima da Silva (UFPE)
Marcio Antonio Barbosa Duarte Junior (UFRPE)
Maria Augusta Freitas Barbosa Paiva de Lira (UFRPE)
Maria Cecília Villanova Caminha (UFRPE)
Maria Cleusa Rodrigues da Silva (UFPE)
Maria Edil Nea do Rego Vila (UFRPE)
Maria Eduarda Duca Milano (UFPE)
Maria Gabriela Vieira de Souza (UFPE)
Maria Júlia Alves Rivadavia (Unicap)
Mariana Cecília Xavier Leite (UFPE)
Mariana da Silva Marques (UFPE)
Mariana Prudente da Silva (Unicap)
Marília de Melo Cavalcanti (UFPE)
Mário Emmanuel de Oliveira Ramos (UFRPE)

12
Mateus Joaquim de Santana (Unicap)
Milena Pereira (UFPE)
Monallisa Soares Brasil dos Santos (UFRPE)
Mylena Teodoro de Araújo (UFPE)
Natália Tenorio Gomes (Unicap)
Neff Borba Araquan Vieira (UFRPE)
Nicoly Goldschmidt Vitorino (UFPE)
Nívea Milena Honorato Pereira (Unicap)
Paulo José Falcão Patriota (UFRPE)
Paulo Vinicius Nunes Fernandes (UFRPE)
Pedro Henrique Pedrosa De Melo (UFRPE)
Pedro Ivo Szpak Furtado Correia (UFPE)
Pedro Lucas Souza Fradique (Unicap)
Pedro Paulo Miranda De Freitas (UFRPE)
Rafael Cabral Godoy (UPE)
Rafaela Rodrigues dos Santos (UFPE)
Raphaella de Melo Costa (UPE)
R Nisson Gabriel Moura da Silva (UPE)
Rebeca Afonso Torres (UFRPE)
Rebeca Vitória de Lima Fontes (UPE)
Renatto Gabriel de Oliveira Andre (UFRPE)
Reydson Augusto Machado de Souza (UFRPE)
Rivaldo de Araujo Bezerra (UFRPE)
Robert José da Silva (UFRPE)
Rodrigo Teófilo da Silva Santos (UFRPE)
Rodrigo Vinicius Pereira de Souza Lima (Unicap)
Rosana Alves Soares de Souza (UFRPE)
Rosely Bezerra da Silva (UFPE)
Rubens Gabriel Eugênio Nunes (UPE)
Salatiele Letícia Calado de Oliveira (UFPE)
Samara França Gouveia da Silva (UFPE)
Sandro Soares Bezerra Rodrigues (UFRPE)
Sandro Victor Vilar da Silva (UFRPE)
Sara Cristina Francelina Se Lima (Unicap)
Sarha Dennise Pedrosa Cavalcanti (UFRPE)
Stefany Guerra Feitosa (UPE)
Stéphane de Souza Martins (UFRPE)
Talita Kelly Souza de Oliveira (Unicap)
Tayanne Adrian Santana Morais da Silva (UFPE)
Tayguara Fortunato da Silva (Unicap)
Thalyta Kelle de Souza (UFPE)
Thamyres Lorena Ferreira de Souza (UPE)
Tharcio Henrique Santos de Oliveira (UPE)
Thayanne Emanuele Lima de Melo (Unicap)
Thayná Plácido da Silva (UFRPE)

13
Thays de Souza Lima (UFRPE)
Thyara Freitas de Alc Ntara (UFPE)
Vanessa Vitoria da Silva Pina (UFPE)
Victor Jorge de Brito Coelho (Unicap)
Victor Vinícius Costa de Mesquita (UFRPE)
Vinícius Borges de Medeiros (UFPE)
Vinicius do Espirito Santo Ferreira (UFRPE)
Viviane Souza de Oliveira (Unicap)
Willams Fernando Santos da Silva (UFPE)
William Silva de Freitas (UFPE)
William Wallace Carlos de Carvalho (UPE)
Yasmin Gabrielly da Silva Costa (UPE)
Ygor Simões da Silva Pereira (UFPE)
Zenaide Gregório Alves (UFRPE)

14
COMISSÃO CIENTÍFICA
Ana Carolina Moura Delfim Maciel (UNICAMP)
Angela Maria de Castro Gomes (UNIRIO)
Ângelo de Oliveira Segrillo (USP)
Antonio Paulo de Morais Rezende (UFPE)
Antonio Torres Montenegro (UFPE)
Claudia Rodrigues (UNIRIO)
Cristina Scheibe Wolff (UFSC)
Denise Bernuzzi de Sant Anna (PUC-SP)
Dulce Oliveira Amarante dos Santos (UFG)
Eurípedes Antonio Funes (UFC)
Fatima Regina Fernandes (UFPR)
Flávio José Gomes Cabral (UNICAP)
Frederico de Castro Neves (UFC)
Gilvan Ventura da Silva (UFES)
Hélder Remígio de Amorim (UPE/UNICAP)
Janaína Guimarães da Fonseca e Silva (UPE)
Janine Gomes da Silva (UFSC)
José Bezerra de Brito Neto (UFRR)
Josianne Francia Cerasoli (Unicamp)
Juliana Alves de Andrade (UFRPE)
Junia Ferreira Furtado (UFMG)
Kátia Maria Abud (USP)
Ligia Bellini (UFBA)
Luigi Biondi (UNIFESP)
Maria de Fatima Gomes Costa (UFMT)
Maria Helena Capelato (USP)
Maria Ligia Coelho Prado (USP)
Maria Paula Nascimento Araujo (UFRJ)
Regina Beatriz Guimarães Neto (UFPE)
Ricardo Figueiredo de Castro (UFRJ)
Selva Guimarães (UFU)
Valeria Lima Guimarães (UFF)

15
16
APRESENTAÇÃO
Esta é a programação do SNH2019 - 30º Simpósio Nacional de História, cujo tema prin-
cipal é História e o Futuro da Educação no Brasil. Este tema, decidido no 29º SNH2017,
ocorrido em Brasília, é muito importante. Neste momento, o ensino e a pesquisa históri-
ca, assim como a educação como um todo, estão sob um forte ataque. O ensino está sen-
do vigiado; os professores estão sendo criminalizados; vemos, também, o corte de verbas
para universidades e para institutos federais, redução de recursos para a educação básica
e para a pesquisa. Além disso, em relação à pesquisa histórica, anos de investigação, de-
vidamente amparados em fontes diversas, estão sendo confrontados com versões que
pretendem negar fatos históricos. Vemos, por outro lado, a forte resistência que se forma,
promovida por inúmeras alianças, juntando forças contra o desmonte da educação e a
desqualificação da pesquisa.
Este SNH2019 pretende ser um lugar de reflexões e também de formação de múltiplas
alianças, visando à luta. Quem ensina e pesquisa história, sabe que o presente que vive-
mos faz parte da história, que as futuras gerações irão pesquisar e ensinar. Como persona-
gem desta história não podemos ficar em silêncio. Não fugiremos do compromisso com
a pesquisa fundamentada e com a defesa da educação pública, gratuita e de qualidade.
Neste grande evento, as Conferências, os Diálogos Contemporâneos, os Simpósios Temá-
ticos, os Minicursos, e a exposição dos painéis, serão momentos de aprendizado, refle-
xão, debates e, também, de troca de experiências e tomada de posição frente ao que vi-
vemos. Afinal, o lugar de quem ensina e pesquisa História é nos arquivos, nas bibliotecas,
nas salas de aula, nos espaços virtuais e, também, nas praças e nas ruas.
As equipes da ANPUH-PE e da ANPUH-Brasil empenharam-se em organizar um evento
que prima pela qualidade das pessoas convidadas a apresentar seus conhecimentos, e
pela infraestrutura capaz de abrigar mais de 5.000 pessoas oriundas de diferentes lugares
do Brasil e do exterior. Queremos que aproveitem bem a programação, que façam novas
amizades, criem outras redes de contato para futuras pesquisas e que compartilhem suas
experiências de ensino e de pesquisa.
Sejam bem vindos/as ao SNH2019.
Joana Maria Pedro
Presidenta da Anpuh/Brasil (2017-2019)

17
PROGRAMAÇÃO Quinta-feira, 18 de julho de 2019

8h às 10h | Minicursos

GERAL 10h às 12h | Diálogos Contemporâneos


10h às 12h | Painéis da Graduação
Local: Quadra do CAp
Segunda-feira, 15 de julho de 2019 13h20 às 14h | Apresentação Cultural
Local: Espaço de Convivência
9h às 14h | Credenciamento
14h às 16h | Aula Pública - História e
Local: Quadra do Colégio de Aplicação
política: a arte de fazer escolhas
(CAp-UFPE)
Durval Muniz de Albuquerque Júnior
17h30 às 21h30 | Solenidade de Abertura
(UFRN)
e Conferências de Abertura 
Local: Auditório do CTG
Local: Teatro Guararapes - Centro de
Convenções (Olinda/PE) 14h às 18h | Fórum da Graduação
Av. Prof. Andrade Bezerra, S/N - Salgadinho, Local: Auditório do CE
Olinda - PE, 53111-970 14h às 17h | Reuniões administrativas dos
GTs e outras associações 
Terça-feira, 16 de julho de 2019 Local: CCSA e CE
8h às 10h | Minicursos 14h às 17h | Reunião da Diretoria
Nacional com o Conselho Consultivo
10h às 12h | Diálogos Contemporâneos
Local: Auditório do CEERMA
13h20 às 14h | Apresentação Cultural
13h30 às 15h30 | Painéis da Iniciação
Local: Espaço de Convivência
Científica
14h às 18h | Simpósios Temáticos Local: Quadra do CAp
18h | Lançamento de Livros 18h-20h | Assembleia Geral da ANPUH-
Local: Espaço de Convivência Brasil
19h às 21h | Conferências Local: Auditório do CCSA e CE
20h30 | ANPUH na Rua
Quarta-feira, 17 de julho de 2019 Local: Amazém do Campo
8h às 10h | Minicursos Rua do Imperador Pedro II, 387, Santo
Antônio.
10h às 12h | Diálogos Contemporâneos
13h20 às 14h | Apresentação Cultural Sexta-feira, 19 de julho de 2019
Local: Espaço de Convivência
8h às 12h | Simpósios Temáticos
14h às 18h | Simpósios Temáticos
13h20 às 14h | Apresentação Cultural
18h | Lançamento de Livros Local: Espaço de Convivência
Local: Espaço de Convivência 14h às 18h | Simpósios Temáticos
19h às 21h | Conferências 18h30 | Conferência de Encerramento
Local: Auditório do CCSA e CE

18
PROGRAMAÇÃO
COMPLEMENTAR
Sexta-feira, 12 de julho de 2019

18h às 21h30 | ANPUH Educação


Local: Anfiteatro do CEGOE/UFRPE
Sábado, 13 de julho de 2019

9h às 17h | ANPUH Educação


Local: UFRPE

Domingo, 14 de julho de 2019

14h às 18h | 56º Fórum de Pós-Graduação


em História
Local: Reitoria da UFPE
14h às 18h | ANPUH Educação
Local: Praça do Arsenal

Segunda-feira, 15 de julho de 2019

9h às 12h | 56º Fórum de Pós-Graduação


em História
Local: Reitoria da UFPE
13h às 16h | Fórum dos Editores das
Revistas de História
Local: Auditório do CE

Quinta-feira, 18 de julho de 2019

14h às 17h | Fórum da Graduação


Local: Auditório do CE
14h às 17h | Reuniões administrativas dos
GTs e outras associações 
Local: CCSA e CE
14h às 17h | Reunião da Diretoria
Nacional com o Conselho Consultivo
Local: Auditório do CEERMA

19
20
21
CONFERÊNCIAS mobilizações políticas
Conferencista: João Pacheco de Oliveira
Filho (UFRJ)

Segunda-feira, 15 de julho de 2019 Mediador: Edson Hely Silva (UFPE)


Local: Auditório do CAC
18h30 às 21h30
Quarta-feira, 17 de julho de 2019
1. Conferências de Abertura
19h às 21h
A História e o futuro da educação no
Brasil 5. Olimpíada Nacional em História do
Conferencista: Joana Maria Pedro (UFSC) Brasil: política de formação docente
e ensino de História para a Educação
Usos do passado e conhecimento Básica
histórico Conferencista: Cristina Meneguello
Conferencista: Roger Chartier (UNICAMP)
(Pesquisador da École des Hautes Études
en Sciences Sociales - EHESS e Professor Mediador: Diego Carvalho da Silva (UFPE)
do Collège de France) Local: Auditório do CCSA

Mediador: Márcio Ananias Ferreira Vilela 6. O holocausto da memória


(UFPE) Conferencista: Beatriz Kushnir (Arquivo
Local: Teatro Guararapes - Centro de Geral da Cidade do Rio de Janeiro e UFF)
Convenções (Olinda/PE) Mediador: George Félix Cabral (UFPE)
Av. Prof. Andrade Bezerra, S/N - Salgadinho, Local: Auditório do CTG
Olinda - PE, 53111-970
7. História, histórias, passados
Terça-feira, 16 de julho de 2019 resilientes e o futuro da educação no
país
19h às 21h Conferencista: Marcus Joaquim Maciel de
2. As repercussões internacionais do Carvalho (UFPE)
golpe de 1964 e de 2016 Mediador: Rômulo Luiz Xavier do
Conferencista: James Naylor Green Nascimento (UFPE)
(Brown University - EUA) Local: Auditório do CFCH
Mediadora: Janine Gomes da Silva (UFSC)
Quinta-feira, 18 de julho de 2019
Local: Auditório do CCSA
3. Entre práticas dominantes e 14h às 16h
compromissos emergentes: os desafios 8. Aula Pública – História e política: a
permanentes da História escolar arte de fazer escolhas
Conferencista: Flávia Eloisa Caimi (UPF) Conferencista: Durval Muniz de
Mediadora: Juliana Alves Andrade Albuquerque Júnior (UFRN)
(UFRPE) Mediador: José Edeson de Melo Siqueira
Local: Auditório do CFCH (UFPE)
4. História, direitos indígenas e Local: Auditório do CTG

22
Sexta-feira, 19 de julho de 2019 3. O oral, a imagem e o pessoal: fontes
para a história
18h30 às 20h30 Palestrantes:
9. Conferência de Encerramento Ana Carolina de Moura Delfim Maciel
(UNICAMP)
Aprender historia, aprender a leer el Benito Bisso Schmidt (UFRGS)
mundo. / Aprender história, aprender a Marieta de Moraes Ferreira (FGV)
ler o mundo.
Conferencista: Joan Pagès B. (GREDICS- Coordenação: Maria do Rosário da Silva
UAB) (UNICAP)
Local: Auditório do CFCH
Mediadora: Joana Maria Pedro (UFSC)
Local: Auditório do CCSA 4. As desventuras da História Agrária no
Brasil: tragédias e esquecimentos
Palestrantes:

DIÁLOGOS CON- Márcia Maria Menendes Motta (UFF)


Francivaldo Alves Nunes (UFPA)
Marcio Antonio Both da Silva (UNIOESTE)
TEMPORÂNEOS Coordenação: Christine Paulette Yves
Rufino Dabat (UFPE)
Local: Auditório do CAC
Terça-feira, 16 de julho de 2019
5. Os mundos do trabalho e os novos
10h às 12h estudos em história e historiografia da
Amazônia
1. Escravidão e liberdades: passado e
Palestrantes:
presente
Adalberto Junior Ferreira Paz (UNIFAP)
Palestrantes:
Davi Avelino Leal (UFAM)
Patricia Maria Melo Sampaio (UFAM)
Edilza Joana Oliveira Fontes (UFPA)
Sidney Chalhoub (Harvard University -
EUA) Coordenação: Wellington Barbosa
Beatriz Gallotti Mamigonian (UFSC) (UFRPE)
Local: Auditório da ADUFEPE
Coordenação: José Bento Rosa da Silva
(UFPE) 6. Violência, transversalidade da cultura
Local: Auditório do CCSA de gênero
Palestrantes:
2. Liberdade de ensinar, direito de
Lidia Maria Vianna Possas (UNESP-Marília)
aprender: delicado equilíbrio no ensino
Cristine Koehler Zanella (UFABC)
de História
Losandro Antônio Tedeschi (UFGD)
Palestrantes:
Fernando de Araújo Penna (UFF) Coordenação: Andréa Bandeira Silva de
Fernando Seffner (UFRGS) Farias (UPE)
Humberto da Silva Miranda (UFRPE) Local: Auditório do CE
Coordenação: Sylvia Costa Couceiro
(FUNDAJ)
Local: Auditório do CTG

23
Quarta-feira, 17 de julho de 2019 11. Trabalho escravo contemporâneo:
a prática, seu combate e os desafios
10h às 12h atuais
7. O campo da história das drogas e das Palestrantes:
ingestões: novas perspectivas Angela Maria de Castro Gomes (UNIRIO)
Palestrantes: Regina Beatriz Guimarães Neto (UFPE)
Alexandre Camera Varella (UNILA) Vitale Joanoni Neto (UFMT)
Carlos Eduardo Martins Torcato (UERN) Coordenação: Helder Remígio de Amorim
Henrique Soares Carneiro (USP) (UNICAP)
Coordenação: Carlos Alberto Cunha Local: Auditório do CCSA
Miranda (UFPE) 12. Ensino de História na Educação
Local: Auditório do CE Básica: desafios curriculares
8. Gênero, mobilizações e memórias: 40 Palestrantes:
anos da “Lei da Anistia” Claudia Regina Fonseca Miguel Sapag
Palestrantes: Ricci (UFMG)
Ana Rita Fonteles Duarte (UFC) Cristiani Bereta da Silva (UDESC)
Carla Simone Rodeghero (UFRGS) Itamar Freitas de Oliveira (UFS)
Pedro Ernesto Fagundes (UFES) Coordenação: Carlos André Silva de
Coordenação: Zélia de Oliveira Gominho Moura (UPE)
(UPE) Local: Auditório do CTG
Local: Auditório da ADUFEPE
Quinta-feira, 18 de julho de 2019
9. Formação de professoras/es de
História no Brasil: ainda há horizonte 10h às 12h
para a utopia? 13. As direitas e a modernidade: mito da
Palestrantes: conspiração e discurso de ódio
Caroline Pacievitch (UFRGS) Palestrante:
Lúcia Falcão Barbosa (UFRPE) Bruno Leal Pastor de Carvalho (UNB)
Luis Fernando Cerri (UEPG) Ricardo Figueiredo de Castro (UFRJ)
Coordenação: Marta Margarida (UFRPE) Odilon Caldeira Neto (UFSM)
Local: Auditório do CFCH Coordenação: Bruno Boto (UFRPE)
10. História, povos indígenas e educação Local: Auditório do CAC
Palestrantes: 14. Autoritarismos na América Latina
LuisaTombini Wittmann (UDESC) Palestrantes:
Elisa Urbano Ramos Pankararu (UFPE) Francisco Carlos Teixeira da Silva (UFRJ)
Tonico Benites (FUNAI) Alberto Del Castillo Troncoso (Instituto
Coordenação: Mariana Albuquerque Mora - México)
Dantas (UFRPE) Maria Helena Rolim Capelato (USP)
Local: Auditório do CAC Coordenação: Pablo F. de A. Porfirio
(UFPE)
Local: Auditório do CCSA

24
15. A História Antiga no Brasil: estado
atual da constituição do campo
Palestrantes:
Fábio Faversani (UFOP)
Dominique Vieira Coelho dos Santos
(FURB)
Ana Lívia Bomfim Vieira (UEMA)
Coordenação: Renato Pinto (UFPE)
Local: Auditório da ADUFEPE
16. Emoções Memória e Gênero
Palestrantes:
AlejandraOberti (UBA)
Cristina Scheibe Wolff (UFSC)
Maria Izilda Santos de Matos (PUC-SP)
Coordenação: Antonio Paulo Rezende
(UFPE)
Local: Auditório do CFCH
17. Modernidade, política e estética no
pensamento histórico contemporâneo
Palestrantes:
Pedro Spinola Pereira Caldas (UNIRIO)
Sérgio Ricardo da Mata (UFOP)
Victor de Oliveira Pinto Coelho (UFMA)
Coordenação: Marília de Azambuja
Ribeiro (UFPE)
Local: Auditório do CE
18. Os golpes políticos no Brasil: séculos
XX e XXI
Palestrantes:
Antonio Torres Montenegro (UFPE)
Rodrigo Patto Sá Motta (UFMG)
Marcos Francisco Napolitano de Eugênio
(USP)
Coordenação: Marcelo Góes Tavares
(UNEAL)
Local: Auditório do CTG

25
26
27
MINICURSOS modernidade
Coordenação: Douglas Mota Xavier de
Lima (Universidade do Oeste do Pará)
Local: CE, Sala D14 (PPGE)
MC 01: História, Memória, Cultura
Material e Museus MC 08: História das Emoções
Coordenação: Odair da Cruz Paiva Coordenação: Durval Muniz de
(Universidade Federal de São Paulo - Albuquerque Junior (UFRN)
UNIFESP) Local: NIATE CFCH-CCSA, Auditório
Local: NIATE CFCH-CCSA, Sala 1-A MC 09: A morte em perspectiva: estudos,
MC 02: De Curral D`el a Região análises e possibilidades interpretativas
Metropolitana - Formação e Coordenação: Marcelina das Graças de
Desenvolvimento de Belo Horizonte. Almeida (Universidade do Estado de Minas
Coordenação: Hélcio Queiroz Braga Gerais)
(CEFET MG) Local: NIATE CFCH-CCSA, Sala 1-G
Local: CE, Sala D11 (PPGE) MC 10: O Diabo na Cristandade Medieval
MC 03: Pesquisar imprensa: Coordenação: Tereza Renata Silva Rocha
metodologias, abordagens e (SEEDUC-RJ)
problemáticas da pesquisa histórica em Local: NIATE CFCH-CCSA, Sala 1-H
jornais e revistas MC 11: História da África:
Coordenação: Vandré Aparecido Teotônio representações, imaginários e
da Silva (Universidade de São Paulo) historiografia sobre o berço da
Local: CE, Sala E01 (Anfiteatro) Humanidade
MC 04: Repressão no Brasil Ditatorial: Coordenação: Moacir Rodrigo de Castro
outros sujeitos, novos olhares Maia (UFMG)
Coordenação: Leon Frederico Kaminski Local: NIATE CFCH-CCSA Sala 3-E
(Prefeitura Municipal de Ouro Preto) MC 12: Infâncias e juventudes:
Local: CE, Sala A06 possibilidades de pesquisa na história e
MC 05: História, Caricaturas, Charges e na educação
Quadrinhos Coordenação: Eduardo Silveira Netto
Coordenação: Marcos Antonio da Silva Nunes (UNISANT’ANNA/Universidade
(Universidade de São Paulo (FFLCH)) Brasil), Olga Brites (PUC/SP)
Local: NIATE CFCH-CCSA, Sala 1-B Local: CE, Sala L01
MC 06: Aspectos da História da MC 13: A História de Educação: Dos
República Popular da China manuais as bases epistemológicas no
Coordenação: Andrea ensino e na pesquisa.
PiazzaroliLongobardi (USP - Universidade Coordenação: Desire Luciane Dominschek
de São Paulo), Christine Paulette Yves Lima (UNICAMP/UNINTER)
Rufino Dabat (UFPE) Local: NIATE CB-CCS, Sala 102
Local: CE, Sala D13 (PPGE) MC 14: AMAZÔNIA: uma revisão do
MC 07: Diplomacia e Relações discurso histórico a partir de novas
Internacionais entre o medievo e a fontes e outros campos

28
Coordenação: Valdir Aparecido de Souza MC 22: Violência e exceção legal na
(Fundação Universidade Federal de modernidade: O que a Palestina tem
Rondônia) anos ensinar, ou como Israel influenciou
Local: NIATE CFCH-CCSA, Sala 2-A o novo presidente do Brasil? Ensaio
de história comparada embasado em
MC 15: Da “imagem ilustração” à
relatórios de direitos humanos como
“imagem problema”: fundamentos
fonte
teórico-metodológicos no trabalho com
Coordenação: Fábio BacilaSahd (UFMA -
fontes visuais
Universidade Federal do Maranhão)
Coordenação: Luciana da Costa de Oliveira
Local: CFCH, Sala 01 do PPGH (10º andar)
(IFRS - Instituto Federal de Educação,
Ciência e Tecnologia do Rio Grande do MC 23: Avaliação no ensino de História:
Sul) que aprendizagens e narrativas
Local: CFCH, Sala B (1º andar) históricas legitimar?
Coordenação: Marcus Leonardo Bomfim
MC 16: A Ideologia Alemã: uma
Martins (Universidade Federal do Rio de
introdução à teoria da história e à
Janeiro / SEEDUC), Diego Bruno Velasco
historiografia marxista
(UFRJ)
Coordenação: Osvaldo Batista Acioly
Local: CFCH, Sala 02 do PPGH (10º andar)
Maciel (Universidade Federal de Alagoas)
Local: NIATE CFCH-CCSA, Sala 3-F MC 24: O lugar da História Antiga e
Medieval na História Global
MC 17: Renovação poético-musical
Coordenação: Uiran Gebara da Silva
e engajamento na música popular
(UFRPE), Paulo Henrique de Carvalho
argentina e brasileira (1960-1970)
Pachá (UFF)
Coordenação: Andrea Beatriz
Local: CFCH, Auditório do PPGH (10º andar)
WozniakGiménez (SEED-PR)
Local: CE, Sala L04 MC 25: História da saúde no Brasil
Coordenação: Luiz Antonio da Silva
MC 18: Escravidão e Insurgência Escrava
Teixeira (COC/Fiocruz - FacMed/ UNESA)
da Bahia (1789-1835)
Local: CFCH, Sala A (1º andar)
Coordenação: José Alberto Bandeira
Ramos (Universidade Federal do MC 26: Arquivo e memória na e da
Recôncavo da Bahia-UFRB) Escola: ensino, pesquisa e extensão
Local: NIATE CFCH-CCSA, Sala 2-D Coordenação: Raimundo Hélio Lopes
(Instituto Federal Fluminense), Aline
MC 20: O audiovisual na educação
dos Santos Portilho (Instituto Federal
básica, uma possibilidade de inovação?
Fluminense)
Coordenação: Marco Aguiar (Rede
Local: CE, Sala L02
estadual de São Paulo)
Local: CFCH, Sala 29 (2º andar) MC 27: Ensinar História é preciso:
método, cidadania e formação da
MC 21: Concepções de história em
autonomia
Jacques Rancière
Coordenação: Margarida Maria Dias De
Coordenação: Fernando Vojniak
Oliveira (UFRN)
(Universidade Federal da Fronteira Sul)
Local: CFCH, Auditório Manuel Correia de
Local: CFCH, Sala 25 (2º andar)
Andrade (3º andar)

29
MC 28: Patrimônios Outros e Diversos: Universidade Estadual de Campinas)
necessidade de reconhecimento e Local: NIATE CB-CCS, Sala 103
preservação
MC 35: Quem construiu a “São Paulo
Coordenação: Almir Félix Batista de
de Sete Portas”? os construtores não-
Oliveira (PUC-SP)
diplomados e a produção da cidade.
Local: NIATE CFCH-CCSA, Sala 2-B
Coordenação: Lindener Pareto Jr. (PUC-
MC 29: Cultura Visual, Imagem e História CAMPINAS/UNICAMP)
em Sala de Aula Local: NIATE CB-CCS, Sala 204
Coordenação: Iara Lis Franco schiavinatto
MC 36: Ensino de História Antiga na
(UNICAMP)
educação básica
Local: NIATE CFCH-CCSA, Sala 2-C
Coordenação: José Ernesto Moura Knust
MC 30: História Comparada: (IFFluminense)
perspectivas teórico-metodológicas Local: NIATE CB-CCS, Sala 205
para umaabordagem comparativista da
MC 37: Circulação, Recepção e
História
Reprodução: relações entre fontes
Coordenação: Glauber Miranda Florindo
textuais, visuais e audiovisuais para o
(FAF - Faculdade do Futuro)
estudo da História
Local: CE, Sala L05
Coordenação: Ana Karicia Machado
MC 31: História dos ativismos LGBTs no Dourado (Universidade de São Paulo), Luís
Brasil Filipe Silvério Lima (Unifesp)
Coordenação: Rita de Cassia Colaço Local: NIATE CB-CCS, Sala 206
Rodrigues (Autônoma)
MC 38: Lugar de fala, Lugar de escuta:
Local: NIATE CB-CCS, Sala 101
gênero, história oral e a produção
MC 32: A Proclamação da República: historiográfica na contemporaneidade
História, Historiografia e recursos Coordenação: Marcela Boni Evangelista
didáticos (NEHO-USP), Suzana Lopes Salgado
Coordenação: Wanderson Fabio de Ribeiro (Universidade de Taubaté -
Melo (UFF/PURO), Paulo Alves Junior UNITAU)
(Universidade da Integração Internacional Local: NIATE CB-CCS, Auditório
da Lusofonia afro-brasileira (Unilab))
MC 39: Revistas impressas como
Local: CE, Sala L03
documento, objeto de pesquisa e
MC 33: Territórios do movimento material didático: perspectivas e
operário em Porto Alegre durante a metodologias
PrimeiraRepública (1889-1930) Coordenação: Silene Ferreira Claro
Coordenação: Frederico Duarte Bartz (Faculdades Integradas Campos Salles)
(UFRGS) Local: NIATE CB-CCS, Sala 203
Local: CE, Sala L10
MC 40: Os ciganos nos registros policiais
MC 34: Os documentos e sua utilização mineiros: o uso das fontes de pesquisa
para a produção do conhecimento Coordenação: Cassi Ladi Reis Coutinho
histórico em sala de aula (Secretaria de Cultura do Estado da Bahia)
Coordenação: Alessandra Pedro Local: CE, Sala L06
(Unicamp), Daniela Pistorello (UNICAMP -

30
MC 42: Da História Escolar do Estado MC 50: História e fotografia na América
Nação para o Ensino Histórico do Latina
Nacionalismo Coordenação: Alberto Del Castillo
Coordenação: André Souza Martinello Troncoso (Instituto Mora - México), Pablo
(Doutor em Geografia Humana pela USP/ F. de A. Porfirio (UFPE)
FFLCH: Faculdade de Filosofia, Letras e Local: NIATE CB-CCS, Sala 309
Ciências Humanas)
Local: CE, Sala L07
MC 43: Comunidades de Aprendizagem
de Professoras e Professores de História
Coordenação: Aléxia Pádua Franco
(UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA)
Local: CE, Sala L08
MC 45: Pensadores africanos Pós-
coloniais: debates, circulações e
questões do pensamento social
contemporâneo
Coordenação: Prof. Gustavo Durão (UESPI
- Universidade Estadual do Piauí)
Local: NIATE CB-CCS, Sala 105
MC 46: História da Ditadura: da
academia ao grande público
Coordenação: Paulo César Gomes (UFF -
Universidade Federal Fluminense)
Local: NIATE CB-CCS, Sala 106
MC 47: A Venezuela atual em perspectiva
histórica: do auge petroleiro ao colapso
Coordenação: Vicente Neves da Silva
Ribeiro (UFFS)
Local: NIATE CB-CCS, Sala 201
MC 48: Os segredos e os mitos sobre a
Guerrilha do Araguaia (1972-1974)
Coordenação: Janaina de Almeida Teles
(IEA-USP)
Local: CE, Sala L09
MC 49: Sertões, florestas e fronteiras:
os outros Brasis da era colonial (séculos
XVII e XVIII).
Coordenação: George Félix Cabral
de Souza (Universidade Federal de
Pernambuco)
Local: NIATE CB-CCS, Sala 202

31
32
33
SIMPÓSIOS O uso da literatura “Jovem Adulto” no
Ensino de História voltado à meia e
terceira idade: Relatos de experiência
TEMÁTICOS Victor Henrique Silva Menezes (Programa
UniversIDADE - Unicamp)
A centralidade do trabalho em
ST 001. “A classe trabalhadora vai currículos de Educação de Jovens e
ao paraíso?” Ensino de História, Adultos (EJA) da classe trabalhadora: O
emancipação, sujeitos e saberes em Trabalho como princípio educativo no
processos formais e não formais de ensino de história.
educação Caio Vinicius de Castro Gerbelli (Secretária
de Educação de Santo André)
Coordenação: Alessandra Nicodemos
Oliveira Silva (Universidade Federal Ensino de História e letramento na
do Rio de Janeiro), Fabiana de Moura EJA: costurando o conceito de trabalho
Maia Rodrigues (Secretaria Estadual de com estudantes-operários do Polo das
Educação do Estado do Rios de Janeiro). Confecções do Agreste
Localização: CE, SALA B06 Lucelia Silva de Sales França (Governo do
Estado de Pernambuco)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
História dos direitos do trabalho nos
Professores de História na Educação séculos XX e XXI: atividades com fontes
de Jovens e Adultos e a proletarização históricas para alunos do ensino médio
docente: o que nos falam através de da educação de jovens e adultos
suas trajetórias de vida e profissional Luciana Nery dos Santos (SECRETARIA DE
Alessandra Nicodemos Oliveira Silva EDUCAÇÃO DO ESTADO DO RJ)
(UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
JANEIRO)
Reflexões sobre concepções A Classe Trabalhadora na História e
pedagógicas na educação de jovens sua representação no ensino - um
e adultos em espaço de privação debate historiográfico sobre História
de liberdade: ensino de história na do Trabalho e sua contribuição para o
desconstrução de preconceitos em um Ensino de História.
presido feminino Frederico Bruno Barbosa Tomaz
Fabiana de Moura Maia Rodrigues (Secretária de Educação do Estado do
(Secretaria Estadual de Educação do Ceará)
Estado do Rio de Janeiro) Ensinar e Aprender na Escola, na Favela
Mulheres (In)Visíveis: Uma experiência e na Sociedade: Questões e Tensões
didática sobre personagens femininas Curriculares
no ensino de História na Educação de Daniela Azini Henrique (SECRETARIA
Jovens e Adultas/os trabalhadoras/es MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO)
Carla de Medeiros Silva (IFRJ) A contribuição do ensino de história no
acolhimento de imigrantes haitianos
nas escolas municipais de São Paulo

34
Fabiana Bezerra Nogueira (Secretaria O educar-se entre classes
Municipal de Educação) trabalhadoras: a imprensa por e para
negros no Pós-Abolição em São Paulo
Protagonismo discente e
(1889-1930)
reconhecimento docente: a construção
Bianca Amorim (USP - Universidade de
de um diálogo promissor
São Paulo)
Damião de Lima (UFPB/DH/CCHLA)
Batalhas pela educação: André
A História Local na construção de
Rebouças e a educação como processo
identidades
de emancipação da população negra.
Bianca Tamara de Siqueira (Prefeitura
Leandro Duarte Montano (Universidade
Municipal de Sinimbu)
Federal do Rio de Janeiro)
Ressignificando alguns fundamentos
Patrimônio industrial e educação: o
do ensino de História: experiências,
caso da Usina Açucareira Paredão,
insurgências e expectativas a partir de
Oriente-SP
uma reflexão autobiográfica
Rafael Giovanetti Teixeira (UFG -
Cristiane de Assis Portela (UNB -
Universidade Federal de Goiás)
Universidade de Brasília)
Beneficiente e precarizador: a intensa
“Como é que isso tudo começou”:
exploração dos serviços públicos em
Sentidos de origem das ocupações em
Belo Jardim (PE). Estudo de um caso
escolas estaduais no Rio de Janeiro
judicializado (1990).
(2016)
Mauro Luiz Barbosa Marques (IFPE -
Ana Carolina Oliveira Alves (UNICAMP
Campus Belo Jardim)
- Universidade Estadual de Campinas),
Henrique Dias Sobral Silva (UFMG - Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Universidade Federal de Minas Gerais)
Jornal A Classe de Aracaju-SE: Histórico
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
e Características (1921-1922)
Ailton Rodrigues Rocha Santos
Professor de história e militante
de esquerda em horário integral:
considerações sobre a trajetória ST 003. A cultura e as artes na ditadura
profissional de Rubin Santos Leão de militar
Aquino (RJ:1929-2013)
Libania Xavier (Faculdade de Educação - Coordenação: Miliandre Garcia
UFRJ) (Universidade Estadual de Londrina),
Reinaldo Cardenuto Filho (UFF -
Trajetória da Educação Anarquista em
Universidade Federal Fluminense)
Santos (1890 – 1925)
Localização: CCSA , BLOCO A, SALA A-05
Flaviana Maria Goggin de Assis
(SECRETARIA EDUCAÇÃO DE SÃO VICENTE) Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

Escolas para trabalhadores após a


abolição da escravidão na Bahia “Quem vai tecer o amanhã?” -
Jucimar Cerqueira dos Santos (UFBA - Tiradentes entre militares e artistas. As
Universidade Federal da Bahia) narrativas sobre Tiradentes na Ditadura

35
Civil-Militar; dos discursos oficiais ao a partir das telenovelas (1968-1975)
cancioneiro nacional e o teatro musical. Thiago de Sales Silva (Universidade
Cláudio José de Carvalho Neto Federal do Ceará)
(Universidade Federal do Ceará)
A Telenovela Escalada e a Censura
Longe daqui aqui mesmo: ditadura, Daniel Lopes Saraiva
exílio e teatro contracultural no Brasil
A classe média vai ao cinema: o cinema
Leon Frederico Kaminski (UFSJ -
verdade e o desencanto com a revolução
Universidade Federal de São João Del Rei)
que não houve
Em tempos de maldito: Plínio Marcos Luís Ricardo Araujo da Costa (UFRJ)
nas quebradas do mundaréu
O obsceno em cena: A pornochanchada
Jacques Elias de Carvalho (IFG - Instituto
e o fenômeno autoritário no cinema
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Mailson Vieira de Oliveira (Secretaria da
de Goiás)
Educação do Estado de São Paulo)
Grupo Forja e O Boi Constituinte: O
Pira, ou quando o cinema desobedece:
fim de um ciclo de militância teatral
o super 8 como prática de resistência à
no Sindicato dos Metalúrgicos de São
ditadura
Bernardo do Campo e Diadema.
Mayra Coelho Jucá Santos (Con)
Marcio de Castro (USP - Universidade de
São Paulo) MULHER PODE TUDO, MENOS QUERER:
Relações de gênero na Pornochanchada
Teatro, censura e supercensura (1964-
Bruna Marques Ribeiro Drisostes (UESC -
1985)
Universidade Estadual de Santa Cruz)
Miliandre Garcia (Universidade Estadual
de Londrina) O cinema de Hugo Carvana nos anos
1970: humor e malandragem como
DCDP e as as práticas censórias às
crítica ao Brasil da ditadura militar
diversões públicas nos anos de 1970
Reinaldo Cardenuto Filho (UFF -
Graziele Marcela Balieiro Marques
Universidade Federal Fluminense)
Notas sobre a atuação do Conselho
Inês: cinema, arquivo e resistência
Superior de Censura (CSC) no ano 1981:
Patricia Furtado Mendes Machado (PUC-
entre a memória e a história
RIO - Pontifícia Universidade Católica do
Wallace Andrioli Guedes (Universidade
Rio de Janeiro), Thais ContinentinoBlank
Federal de Juiz de Fora)
(FGV - Escola de Ciências Sociais)
Quando a pornografia virou diversão
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
pública: O circuito exibidor de filmes
pornôs em Belém do Pará e a Censura
A questão da Editora Universitária da
nos últimos anos de Ditadura (1980-
UNE: apontamentos iniciais para uma
1985).
pequena história
Raíssa Santos Barbosa
Lorenzo Tozzi Evola (USP - Universidade
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 de São Paulo)

Entre jogos de acomodação: as relações


entre a Rede Globo e a Censura Federal

36
Memória, trauma e ficção: a literatura Leidiane Santos Oliveira (UFBA -
testemunhal da Ditadura Militar no Universidade Federal da Bahia)
Brasil
“POR TUDO ISSO O DISCO
Maria Paula Nascimento Araujo
INDEPENDENTE É UMA BELA
(Universidade Federal do Rio de Janeiro)
AVENTURA”: música, política e
Existiu uma contracultura baiana? produção independente no caso do
Reflexões e pesquisas iniciais sobre disco “Julião, Verso e Viola” (1981)
movimentos culturais e políticos em Icaro Bittencourt (Instituto Federal
Salvador/Ba, entre 1960/1970. Catarinense)
Daniela Nunes do Nascimento (UFBA -
Josué de Castro e a cidade do Recife:
Universidade Federal da Bahia)
uma experiência vivenciada
A interdição do filme Prata Palomares Fábio Silva de Souza (USP - Universidade
(1971-1979): censura, vanguarda e de São Paulo)
cinema brasileiro na década de 1970.
O Movimento de Cultura Popular (MCP)
Adriano Del Duca (Secretaria de Educação
e a Fundação Guararapes: o golpe de
do Estado do Rio de Janeiro)
1964 e as disputas no campo intelectual
A profissionalização do artista plástico pernambucano (1960-1970)
em Pernambuco na Ditadura Civil Luiz Felipe Batista Genú (Instituto Santa
Militar: Debates e Práticas (1968 – 1971) Maria Mazzarello)
José bezerra de Brito neto (Universidade
Ditadura e produção simbólica: rasuras
Federal de Roraima)
e subalternidade. Uma proposta para
Dos Fios das Redes aos Fios da pensar a Bahia
Modernização: a Prática dos Artesãos de Hanayana Brandão Guimarães Fontes
Timbaúba e sua Historicidade entre os Lima (UFBA - Universidade Federal da
anos 1969 e 1982. Bahia)
José Janilton Gonçalves da Silva
A institucionalização da cultura e a
(GOVERNO DE PERNAMBUCO)
política cultural em Pernambuco no
1973: O Festival de Areia que não houve período da ditadura (1975-1988)
Victor Soares Lustosa (Escola Estadual Rosely Tavares de Souza (UNIVERSIDADE
Dom Joaquim de Almeida) FEDERAL DE PERNAMBUCO)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
ST 005. A História Global: métodos,
Guido Guerra e o futuro do passado. abordagens e historiografia
Thais Gouveia Calazans Dantas (UNEB -
Universidade do Estado da Bahia) Coordenação: João Júlio Gomes dos
Santos Júnior (Universidade Estadual do
MPB Exilada: Chico, Gil e Caetano entre
Ceará), Anelise F. P. Gondar (UERJ)
exílio e retorno
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 102
Rodrigo Pezzonia (FAPESP/UNICAMP)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
A hereditariedade “é por isso que o meu
corpo trem todo”: trajetória artística de
História Global e as Relações
Gerson King Combo(1970-2018)

37
Internacionais: uma reflexão Galveas (Unidade Municipal de Ensino
interdisciplinar Fundamental Graciano Neves)
Anelise F. P. Gondar (UERJ)
A colônia foi modelo para a metrópole?
Cooperação Sul-Sul na perspectiva da Aline Martins de Almeida (MACKENZIE -
História Global Universidade Presbiteriana Mackenzie),
Aline Duarte da Graça Rizzo (IPEA) Helder Manuel Guerra Henriques (Instituto
Politécnico de Portalegre)
A economia-mundo do oceano Índico
segundo KirtiChaudhuri: uma discussão Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
sobre o método.
Pedro Rocha Fleury Curado (UFRJ) Writing the nation/writing the
O ideário de uma sociedade otherness: portraits of independent
cooperativa: experiências, utopia e Brazil in German historiography after
propagação 1822
Alba Cristina Couto dos Santos Salatino Marcelo Durão Rodrigues da Cunha (IFES
(IFRS) - Instituto Federal de Educação, Ciência e
Tecnologia do Espírito Santo)
Cidades de fronteira como espaço de
repressão transnacional: o caso de Os genocídios que inauguraram o
Uruguaiana e Paso de los Libres no final século XX: o eliminacionismo dos
da década 1970 hereros e armênios pela perspectiva das
Sabrina Steinke epistemologias do Sul
Carlos Leonardo Bahiense da Silva
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 (Fiocruz (aluno egresso do Doutorado))
Escravidão entre a fronteira oeste
Tráfico interno de escravos no Pará e
luso-brasileira e o mundo castelhano:
o redimensionamento da divisão do
trânsitos, insurreições e perspectivas de
trabalho no Império do Brasil, durante a
liberdade
segunda metade do século XIX
Bruno Pinheiro Rodrigues (Universidade
Luiz Carlos Laurindo Junior (Universidade
Federal de Mato Grosso)
Federal do Oeste do Pará)
A Escola Médica de Angola de 1791 e
Brazilian Jiu-Jitsu: da diplomacia
a sua participação na História Global:
cultural japonesa até a construção de
difusão de saberes africanos no último
uma narrativa mítica global.
quartel do século XVIII e início do XIX.
João Júlio Gomes dos Santos Júnior
Fernanda Ribeiro Rocha Fagundes
(Universidade Estadual do Ceará)
(Servidor SEEDUC RJ)
Poder e tortura em Costa-Gavras:
O Museu Alemão de Higiene de Dresden
memória, cinema e história
e a eugenia na América Latina: por uma
Alexandre Maccari Ferreira (UFSM -
história transnacional e global (1911-
Universidade Federal de Santa Maria)
1939)
História da Religião no Brasil: O Ensino Pedro Felipe Neves de Muñoz (PUC-RIO -
Religioso e a Catequese na Sociedade Pontifícia Universidade Católica do Rio de
Brasileira Janeiro)
Maria de Fátima Pimentel Pereira

38
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

A história global da farinha de Júlio de Castilhos e as origens do


mandioca: consumo, apropriação e constitucionalismo autoritário
trocas envolvendo a mandioca no Francisco Rogério Madeira Pinto
império colonial português (XVI-XIX) (TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO
Lara de Melo dos Santos (seeduc RJ) FEDERAL E TERRITORIOS)
Pequenas coisas produzidas, “Pequenos exércitos” estaduais
consumidas e descartadas. Circulação na Primeira República: o caso da
de louças europeias (Porto Alegre, 1837 força pública de Pernambuco na
- 1930). historiografia
Ana Paula Gomes Bezerra Sandoval José dos Santos (PMPE)
Tráfico negreiro, fluxo de metais Vitrine Republicana, Aparelho de
preciosos e o lugar do Atlântico Sul na Controle Social – A primeira década
história global da Penitenciária da Pedra Grande
Caio Mathias Vaz Pereira (Florianópolis, 1930)
Lucas Coelho Baccin (UDESC - Fundação
Observando Dom Boaventura:
Universidade do Estado de Santa Catarina)
mitografia e nação nas imagens de um
rei timorense Marco Zero da Identidade e da Violência:
Daniel De Lucca (UNILAB - Universidade disputas pelas memórias da guerra de
da Integração Internacional da Lusofonia 1932 em São Paulo
Afro-Brasileira) Marcio Luiz Carreri (UENP - Universidade
Estadual do Norte do Paraná)
Proposta de aplicação de análise gráfica
ao estudo de um documento manuscrito A violência que nos toca: o cotidiano dos
português do século XVIII trabalhadores na Zona da Mata Sul de
Fabio Mariano Cruz Pereira Pernambuco (1950)
José Rodrigo de Araújo Silva (Prefeitura do
“De onde vem estes homens?” As
Paulista)
relações políticos-mercantis entre
portugueses, chineses e japoneses no Artimanhas Contra os Trabalhadores:
Mar da China (XVI-XVII) uma demissão disfarçada e a violência
Maria Clara Porto Lima (ufba) verbal no Processo nº 585.65 da JCJ
Goiana
Lara Maria de Holanda Soares
ST 006. A História Política e os estudos
sobre o autoritarismo e a violência no Permanências das Implicâncias de Lima
Brasil republicano Barreto em Os Bruzundangas
Renato Modeneze do Nascimento
Coordenação: Angelo Aparecido Priori (Prefeitura Municipal de Jaguariúna)
(UEM - Universidade Estadual de Maringá),
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Marcio Luiz Carreri (UENP - Universidade
Estadual do Norte do Paraná)
“O ROSÁRIO MACABRO DAS VÍTIMAS
Localização: CCSA, BLOCO D, SALA D-06
DA LUTA PELA TERRA”: produção de

39
narrativas sobre violência no campo no do Brasil e Argentina entre os anos de
Brasil. (1980-2006). 1960-1980”
Alberto Rafael Ribeiro Mendes (EEM JULIA Moisés Carlos Ferreira (ETEC GUARACY
ALENNQUER FONTENELE) SILVEIRA)
Índios Confinados. A Colônia Penal do Lógica da Suspeição em Cidades
Krenak. Pequenas: leituras sobre mitos,
Edinaldo Bezerra de Freitas (Universidade violências e repressão política em
Federal de Rondônia) Andirá/PR (1964-1985)
Juliana Carolina da Silva (UFRGS -
Aspectos da trajetória de Edgar
Universidade Federal do Rio Grande do
Rodrigues, memorialista do anarquismo
Sul)
Carlos Augusto Addor (Programa de Pós-
Graduação em História - UFF) Memórias da Ditadura: O caso do ex-
prefeito que processou o exército em
A ditadura civil-militar em Santos-SP:
plena a ditadura em Apucarana/PR no
uma cidade combativa
ano de 1975
Dayane Santos Araujo (Colégio Jean
Guilherme Alves Bomba (COLÉGIO MATER
Piaget e Colégio Santa Inês)
DEI)
Nas trilhas da exceção, os rastros da
A Transição para a abertura política
violência: o golpe civil-militar de 1964
no Brasil, sob a sujeição dos militares
em Alagoas e a perseguição contra
(1974-1985).
operários
Dêis Maria Lima Cunha Silva (EEEFM
Marcelo Góes Tavares (Universidade
Gertrudes Leite)
Estadual de Alagoas - UNEAL)
Assembleia Nacional Constituinte como
Milton Santos, da prisão ao exílio
remédio contra a ditadura: partidos
(1964): percursos de pesquisa.
políticos e movimentos sociais e a
Bruno de Oliveira Moreira (Instituto
demanda por um novo pacto político
Federal da Bahia - IFBA)
(1967-1988)
A GÊNESE DO PODER NO BRASIL: A Ozias Paese Neves (Universidade de São
cultura das lealdades, das alianças e o Paulo)
sistema de poder político local
Memórias obliteradas pelas políticas
João Henrique Lúcio de Souza (Escola de
repressivas da Ditadura Militar
Referência em Ensino Médio Olavo Bilac)
Angelo Aparecido Priori (UEM -
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Universidade Estadual de Maringá)

A vigilância além das fronteiras: o exílio


ST 008. A narrativa histórica escolar
em Portugal o Centro de Informações
entre desafios do tempo presente e
do Exterior (CIEx) durante a ditadura
embates político-culturais
brasileira
Daniel Trevisan Samways (Instituto
Coordenação: Ana Maria Ferreira da Costa
Federal do Triângulo Mineiro (IFTM))
Monteiro (Universidade Federal do Rio
“A inserção dos conflitos de baixa de Janeiro), Helenice Aparecida Bastos
intensidade nas ditaduras militares Rocha (Universidade do Estado do Rio de

40
Janeiro) Representações do Oriente, dos árabes
Localização: CE, SALA L06 e dos muçulmanos na cultura escolar
Mário Sérgio Pereira de Olivindo
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Currículo e docência: ensino de história
entre tradições e inovações 1985-1995 Fatores detonadores em narrativas
Ana Maria Ferreira da Costa Monteiro didáticas: um estudo exploratório em
(Universidade Federal do Rio de Janeiro) livros didáticos de história
Helenice Aparecida Bastos Rocha
O conhecimento escolar Guerra do
(Universidade do Estado do Rio de
Paraguai: construção de significados e
Janeiro)
identidades nacionais
André Mendes Salles (Universidade Produzir conhecimento histórico escolar
Federal do Rio Grande do Norte) é levantar hipóteses, elaborar conceitos
e negar o totalitarismo das verdades
Eventos e práticas de letramento na
absolutas
formação das professoras no curso de
Olavo Pereira Soares (UNIFAL/MG -
licenciatura história PARFOR/UFRRJ.
Universidade Federal de Alfenas)
Patricia Bastos de Azevedo (UFRRJ)
História escolar como História Pública:
Entre a presença e o sentido: o filme na
aproximação pelo conceito de empatia
aula de história como espaço da razão e
Sonia Maria de Almeida Ignatiuk
sensibilidades
Wanderley (Universidade do Rio de
Rafael Monteiro de Oliveira Cintra
Janeiro - UERJ)
Estratégias para o uso de fontes em
Biografia, Ensino de História e Empatia
sala de aula e a liberdade de ensinar e
Histórica: reflexões sobre o processo
aprender história
de ensino e aprendizagem da história
Carlo Guimarães Monti (UNIFESSPA)
dos desaparecidos políticos da Ditadura
Aulas de história e museu: Os desafios Civil-Militar brasileira
do tempo presente Fernando de Lima Nunes (Prefeitura
Marcelo Henrique Leite (UNIRIO) Municipal de Esteio)
Currículos escolares, história local Experiências narrativas: relações e
e patrimônio cultural: cultura e reflexões a partir das aulas de História
resistência na Ilha de Moçambique através dos registros memoriais de
Juçara da Silva Barbosa de Mello (Puc-Rio estudantes do Ensino Fundamental
- Pontificia Universidade Católica do Rio Fernando Leocino da Silva (UNICAMP -
de Janeiro) Universidade Estadual de Campinas)
Currículo e Temas Sensíveis do Ensino Sentidos de docência em tempos de
de História: Uma análise das narrativas incertezas: a produção de narrativas de
históricas escolares validadas no ENEM si de futuros professores de História
(2018) Yara Cristina Alvim (Docente do Ensino
Diego Bruno Velasco (UFRJ) Superior)

41
Didática da História: entre a cultura Márcia Blanco Cardoso (FEEVALE)
histórica e a cultura escolar
“Aprender com o pastor ou com o
Marcus Leonardo Bomfim Martins
professor? Um panorama da recepção
(Universidade Federal do Rio de Janeiro /
dos alunos pentecostais de São Gonçalo
SEEDUC)
ao ensino de história e cultura afro-
Ensino de história e cultura escolar brasileira”
projetando o currículo Alline de Assis Xavier Maia (UERJ -
AntonioSimplicio de Almeida Neto Universidade do Estado do Rio de Janeiro)
(Universidade Federal de São Paulo)
Revisionismos sobre temas sensíveis:
O que é o autor? Lugares de saber e currículos e professores de história
poder na produção de livros didáticos tensionados nas disputas sobre a
de História escravidão
Adriana Soares Ralejo (Editora Positivo) ThaysMerollaPiubel (Pré-Vestibular Social
Movimento PVNC)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Diversidade sexual e de gênero no
As Comissões da Verdade em sala de ensino de história
aula e os embates em torno da história/ Diego Gomes Souza (Prefeitura Municipal
memória da ditadura civil-militar de Queimados)
brasileira O ensino de história entre a esperança e
Alessandra Carvalho (UFRJ - Universidade a desconfiança: pensamento científico,
Federal do Rio de Janeiro) passados sensíveis e memória
Produção de narrativas escolares sobre Leandro Rosetti de Almeida (UERJ -
o regime militar brasileiro e relações Universidade do Estado do Rio de Janeiro)
entre cultura histórica e cultura escolar.
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Anderson Rodrigo Tavares Silva (Secretaria
de Educação do Estado do Pará - SEDUC)
A quem cabe formar o professor de
O ensino da história da ditadura pós- História? Os caminhos e debates em
1964: professores historiadores em torno da construção de um ethos de
debate (1985 – 2015) apontamentos formação
parciais de pesquisa Renata Augusta dos Santos Silva (Colégio
Ana Lima Kallás Pedro II)
Construindo relações possíveis: um Tempo presente e ensino de história:
olhar sobre os direitos humanos, o demandas e experiências formativas do
ensino de História e as experiências da PIBID/História da UNEB
história recente vivenciadas por alunos Adriana Silva Teles Boudoux (Universidade
de escola pública do Estado da Bahia)
Fabrícia Vieira de Araújo (Universidade do
Firmar a posição como professor,
Estado do Rio de Janeiro)
afirmar a profissão docente - PIBID
Educar para os Direitos Humanos: HISTÓRIA UFRJ (2011-2014)
vivências e saberes compartilhados, Viviane Grace Costa (GOVERNO DO
entre escola e Universidade ESTADO DO RIO DE JANEIRO - SEEDUC)

42
ENTRE DISPUTAS, NARRATIVAS E perspectiva comparada
SENTIDOS: O lugar da História no “Novo Giselda Brito Silva (UFRPE)
Ensino Médio”
A emergência do pan-africanismo nos
Maria de Fátima Barbosa Pires (FMN)
discursos e obras de Mário Pinto de
PRODUÇÃO DE PRESENÇA E O ENSINO Andrade e Amílcar Cabral
DE HISTÓRIA E CULTURA INDÍGENA. Wendel Damasceno Oliveira (Estudante)
Elizabeth Fernanda Machado Serra
Amílcar Cabral, Gilberto Freyre e o
(Governo do Estado de São Paulo)
pensamento pós-colonial
Web 2.0 e o Ensino de História: O Prof. Gustavo Durão (UESPI - Universidade
Fenômeno das Redes Sociais e a Sala Estadual do Piauí)
de Aula. Desafios e Convergências no
Um antropólogo português por
Entendimento dos Fatos Históricos
outros olhares: uma reflexão sobre a
entre Crianças e Adolescentes da
duplicidade do Jorge Dias em territórios
Educação Básica.
africanos
Naicon de Souza Brinco (PREFEITURA
RayraAtsley Carvalho Lima
MUNICIPAL DE MACAÉ)
E quando a ficção é escrita por um
Ofício das baianas de acarajé nas aulas
historiador? Notas sobre os projetos
de história: Uma proposta didática para
literários de João Paulo Borges Coelho e
exercitar a cidadania na escola
Ungulani Ba Ka Khosa
Adriana Maria Paulo da Silva
Fernanda Bianca Gonçalves Gallo
(Universidade Federal de Pernambuco),
(UNICAMP - Universidade Estadual de
Carolyne do Monte De Paula (Shalom
Campinas)
Centro educacional)
De desempregados a improdutivos:
O ENSINO DE HISTÓRIA NOS INSTITUTOS
modernização e moralidade na
FEDERAIS: Processos de hegemonização
construção de uma subjetividade
e disputas de sentidos no atual contexto
nacional em Moçambique.
brasileiro
Hector Rolando Guerra Hernandez
Manoel Pereira de Macedo Neto (IFPB)
(Universidade Federal do Parana)
Os arquivos da República Democrática
ST 010. África contemporânea: novos
da Alemanha como fontes para o estudo
temas, questões de pesquisa e novas
da história da África lusófona
abordagens
Sérgio Krieger Barreira (Unilab)
Coordenação: Valdemir D. Zamparoni ONGI´s: do contexto Universal para
(FFCH - UFBA - Deptº História), José Rivair AfricaSubsahariana, 1960-1980
Macedo (Universidade Federal do Rio Hamilton Ernesto Matsime (UFES -
Grande do Sul) Universidade Federal do Espírito Santo)
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 201
Sobre a Relação entre Tutsis e Hutus:
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 a questão identitária nos conflitos de
Ruanda (1994)
Salazarismo e Educação Colonial Bruna Tais dos Santos
em África: Angola e Moçambique em

43
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Dandara Silvia Matos (EE Lindolfo Carlos
Ferreira)
O uso do Atoxil na medicina tropical
portuguesa para o combate da doença Biafra e a Opinião Pública Internacional:
do sono, 1905-1921 Como a cobertura jornalística
Ewerton Luiz Figueiredo Moura da Silva influenciou os rumos da Guerra Civil
(USP) Nigeriana
Mariana Licurgo Ferreira Ribeiro (UNEB -
Resistências Africanas e Embates Universidade do Estado da Bahia)
Coloniais: O Trabalho Forçado em
Angola (1900-1910) Notícias de uma missionária batista
Leonardo de Oliveira Paes brasileira em Angola nos anos noventa
Joceneide Cunha dos Santos (UNEB)
Territórios e(m) Movimento: sentidos,
usos e elaborações do espaço entre Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Namibia e Angola, 1915-1946
Rafael Coca de Campos (UNICAMP - Narrativas da Bush war: memória e
Universidade Estadual de Campinas) pertencimento
Igor de Carvalho Gonçalves da Costa
Olhares do império, visões do (UFBA - Universidade Federal da Bahia)
progresso: o colonialismo português
nas terras de Moçambique entre Memória e perspectiva Histórica das
imagens e representações (1929) tradições orais e sociabilidade de povos
Monaliza Novais Rodrigues de Oliveira Mandingas através de uma análise
historiográfica do festejo de Lagoa de
“Igrejas Negras em Moçambique”: Boolè na Aldeia de Baro.
Ordem colonial, moral católica e Kalil Kaba (USP - Universidade de São
preocupações subversivas na primeira Paulo)
metade do século XX
Denilson Lessa dos Santos (UNEB) Pela voz de Toumanikouyaté: O Papel
dos Djelis e das Tradições Orais na África
Literatura infantojuvenil missionária ocidental
e a construção de estereótipos: as Mônica do Nascimento Pessoa (Governo
ilustrações sobre Uganda na obra do estado do Amapá)
MackayoftheGreat Lake (1917).
Márcia Cristina Pacito Fonseca Almeida The South AfricanNative Affairs
(USP - Universidade de São Paulo) Commission: caminhos para uma
segregação
O uso da imagem na construção da Marcos Paulo Amorim dos Santos
memória coletiva sobre Luanda e Nova (UNICAMP - Universidade Estadual de
Lisboa (Huambo) Campinas)
Isabel de Souza Lima Junqueira Barreto
(Empresa Municipal de Multimeios) Dimensões do Atlântico Negro:
Apartheid sul africano nas reinvenções
São Tomé e Príncipe Independente: O da luta antirracista no Brasil (1974-
jornal Revolução no controle social e na 1995)
construção do imaginário da sociedade Ana Julia Pacheco (Secretaria de Educação
civil pós independência. do Estado de Santa Catarina)

44
A violência de estado através da Federal de Juiz de Fora)
narrativa de perpetradores: um estudo
Historiografia e Gênero: Repensando a
comparado sobre perpetradores em
escrita da História de Angola
meio à política do apartheid - África do
Dayane Augusta Santos da Silva (Instituto
Sul
Federal de Brasília)
Ketlin Maria Lucht (UFRJ - Universidade
Federal do Rio de Janeiro) A mulher do Homem Novo: em torno da
“emancipação feminina” em Angola no
A justiça traçada por Zapiro: uma charge
pós-independência
sobre o caso da Comissão de Verdade e
Fábio Baqueiro Figueiredo (Universidade
Reconciliação na África do Sul.
da Integração Internacional da Lusofonia
Kennya Souza Santos (UFSC -
Afro-b)
Universidade Federal de Santa Catarina)
Necro-bio-políticas de pertença:
Apartheid e experiência colonial na obra
genealogías das formas de viver e das
de Anton Kannemeyer
formas de morrer nas townships da
Márcio dos Santos Rodrigues (UFPA -
Cidade do Cabo, África do sul.
Universidade Federal do Pará)
Natalia Cabanillas (UNILAB-Ce)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00

ST 014. Antiguidade e Modernidade:


Batuku de Cabo Verde: do esquecimento usos do passado
ao reconhecimento
Denise Assis dos Santos (UNEB - Coordenação: Glaydson José da
Universidade do Estado da Bahia) Silva (Universidade Federal de São
Batuques da terra, ritmos do mar: Paulo), Renata Senna Garraffoni (ufpr/
expressões musicais e conexões departamento de História)
culturais entre a Ilha de Moçambique (e Localização: CE, SALA B02
hinterland) e o Índico
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Regiane Augusto de Mattos (PUC-Rio)
Políticas Culturais na África do Sul: a As últimas estátuas da antiguidade em
patrimonialização da Zulu Dance em al-Andalus. Apropriar-se e reinterpretar
KwaZulu-Natal o estranho
Aldina da Silva Melo (UFMA - Universidade Jorge Elices (UNIFESP - Universidade
Federal do Maranhão) Federal de São Paulo)
Luísa do Goengue: uma dona da Os antigos gregos em Curitiba nas
Zambézia no século XIX primeiras décadas do século XX:
Iamara de Almeida Nepomuceno abordagens possíveis a partir do acervo
(INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO) do Museu Paranaense.
Renata Senna Garraffoni (UFPR/
Reflexões teóricas a respeito da
Departamento de História)
utilização do conceito de “gênero”
para o contexto colonial do norte de A ANTIGUIDADE CLÁSSICA E NOVAS
Moçambique POSSIVEIS ABORDAGENS: reflexões em
Inajá Reis Costa (UFJF - Universidade torno dos usos do passado e da relação

45
entre pensadores e fonte histórica. Janeiro entre as décadas de 1830 e 1850
Gizeli da Conceição Lima Luís Ernesto Barnabé (UENP)
Historicidade, memória e escrita A Retomada do Passado: Estudos
da História: Augusto e o ‘culto franceses sobre o Arco de Orange no
dellaromanità’ durante o ‘ventennio’ século XIX
fascista Mayra Silva dos Santos (PUC-CAMPINAS
Glaydson José da Silva (Universidade - Pontifícia Universidade Católica de
Federal de São Paulo) Campinas)
Cruzando uma ponte: Relações Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Modernidade - Antiguidade no espaço
urbano do Recife. A conduta dos juízes nos capitulários
Rafael Arruda Silva (Prefeitura de Recife) carolíngios (768-814)
RETÓRICA E ANTIGUIDADE NA Marcelo Moreira Ferrasin (Universidade de
ARGUMENTAÇÃO JORNALÍSTICA São Paulo)
GAÚCHA DO INÍCIO DO SÉCULO Um ensaio sobre a Cultura Material
XIX: Cícero e a rejeição da multidão Escolar e o uso dos objetos como
na plataforma antiretórica de O documentos e fonte histórica
Analista1840) Wilma Fontana de Souza Alvares (Governo
Anderson Zalewski Vargas (UFRGS) Estadual - SEED - PR)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 O libertino e os usos do passado antigo:
ensaio sobre a relação de Hancarville
Os Desafios Do Estudo Dos Usos Da com o passado Romano (1780
Antiguidade: questões atuais - Pedro Alexandre Cozer (UFPR - Universidade
Paulo Federal do Paraná)
Abreu Funari (Unicamp)
Caronte e a representação da morte em
O Ensino de História e a África antiga Atenas no periodo clássico
Raquel dos Santos Funari (unicamp) Maria Regina Candido (UERJ-Universidade
do Estado do Rio de Janeiro)
Antiguidade Clássica em Sigmund
Freud: usos do passado na psicanálise Entre lendas e legados, quem foi Sargão
Lourdes Madalena Gazarini Conde Feitosa de Acádia? usurpador ou inovador
(Universidade do Sagrado Coração), Roger Alexandre Galvão Carvalho (UESB)
Marcelo Martins Gomes (Universidade do
Templo de Ísis no Museu Nacional:
Sagrado Coração)
Educação Patrimonial em prol da
Deuses e magistrados: imagens em diversidade
moedas e vida pública romana no final Regina Maria da Cunha Bustamante
da República (UFRJ)
Gisele Oliveira Ayres Barbosa (UNIRIO -
“... alguma coisa de grego, de helênico,
Universidade Federal do Estado do Rio de
de sublimação de amizade em
Janeiro)
amor”: a presença de elementos da
Entre compêndios e colégios: a presença Antiguidade grega na elaboração das
da História Antiga escolar no Rio de concepções freyreanas de sexualidade e

46
masculinidade Coordenação: Luciana Quillet Heymann
Giovanni AcciolySellaro Júnior (PPGH (Fiocruz - Fundação Oswaldo Cruz), Letícia
UFPE) Borges Nedel (UFSC)
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 310
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Orientalismo em Plutarco
Felipe Aiala de Mello (Universidade Nicolau Alekhine no Arquivo Iphan-SP:
Federal do Rio Grande do Norte) uma abordagem etnográfica
Rafael de Araújo Oliveira (Iphan)
Música antiga para mortos modernos:
iconografia de instrumentos musicais Existe amor: cartas de Gloria Spengler
gregos em cemitérios brasileiros e a Henrique Spengler - décadas de 1970
argentinos e 80
Fabio Vergara Cerqueira (UFPel) Maria Denise Bortolini (IFMS)
(Re-)historicizando Heródoto: sobre a O arquivo de Elke Hering: sobre
relevância de sua tradição biográfica reaparecer na história da arte.
para a interpretação de sua obra Daiana Schvartz (UFRGS - Universidade
Matheus Vargas de Souza (UNIRIO - Federal do Rio Grande do Sul)
Universidade Federal do Estado do Rio de
Arquivos de teatro: arquivos de família?
Janeiro)
Elizabeth Ferreira Cardoso Ribeiro
A anacronia na História: uma apologia Azevedo (Professora)
ao método
A dispersão documental do jornalista
KaroliniBatzakas de Souza Matos
José Carlos Rodrigues (1844-1923):
(UNICAMP - Universidade Estadual de
posteridade, escolhas geracionais e
Campinas)
implicações historiográficas
A morte do outro na África romana: Iuri Azevedo Lapa e Silva (Fundação
damnatio ad bestias no Mosaico dos Biblioteca Nacional)
Gladiadores, na Villa de Zliten (séc. II
Quando um homem se transforma
d.C.)
em arquivo: a construção do Arquivo
Belchior Monteiro Lima Neto (UFES -
Pessoal do Governador Dix-Sept Rosado
Universidade Federal do Espírito Santo)
Paulo Rikardo Pereira Fonsêca da Cunha
“Rainha implicante, em que tudo (IFRN)
assenta bem”: Representações
Arquivos e Carnaval: uma análise
de Cleópatra na peça “Antônio E
do arquivo pessoal do Doutor Hiram
Cleópatra”, de William Shakespeare, De
Araujo.
1607
Walter da Silva Pereira Junior (Colégio
Bruna Rafaela de Lima (UFCG)
Pedro II / Grêmio Cacique de Ramos)
Arquivo Pessoal Oswaldo Cruz:
ST 016. Arquivos e coleções como objeto
constituição e usos.
de pesquisa: constituição, configuração
Ana Luce Girão Soares de Lima (Fundação
e usos
Oswaldo Cruz)

47
Conhecimentos situados: mulheres Arquivo TRT 6º Região/UFPE.
colecionistas em meados do século XX Diógenes Mendes Calado (LABORATÓRIO
no Brasil DE HISTÓRIA E MEMÓRIA)
Mariana Moraes de Oliveira Sombrio (USP
PRONAME e o direito coletivo à
- Universidade de São Paulo)
memória: aplicações e implicações a
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 partir do arquivo histórico do Judiciário
de Bragança-Pará
Os Arquivos Pessoais como fonte para a Magda Nazaré Pereira da Costa (UFPA -
História das Mulheres Universidade Federal do Pará)
Talita Gouvêa Basso (PUCSP - Pontifícia
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Universidade Católica de São Paulo)
Arquivos feministas: entre o pessoal, o Arquivo histórico, coleção e memória
político e o precário institucional: a Coleção Biblioteca
Binah Ire (Mestranda em História Cultural) Nacional, 1911-1990.
Luciane Simões Medeiros (FUNDAÇÃO
Arquivos Públicos e a luta pelo direito
BIBLIOTECA NACIONAL)
à memória: aquisição de acervos e
descrição de documentos em questão. As interfaces e limites de
Tiago Braga da Silva (Universidade Federal implementação do Sistema de Arquivos
do Espírito Santo) da USP a partir do caso da Escola
Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Arquivos e coleções de arquitetura:
– ESALQ/USP
o lugar do Brasil no panorama
Raphael de Souza Novaes (USP -
internacional
Universidade de São Paulo)
Eduardo Augusto Costa (FAUUSP)
UNESDOC: limites e possibilidades de
O Arquivo Fotográfico da CPT-Marabá:
pesquisa no arquivo digital da UNESCO
lugares de memória, resistência e luta
Gustavo Rodrigues Mesquita (CPDOC/FGV)
pela terra
Geovanni Gomes Cabral (Universidade As mensagens não pertinentes da base
Federal do Sul e Sudeste do Pará - de dados Sistema de Apoio Informático
Unifesspa) à Constituinte – Saic: entre a demanda,
a expectativa e a indexação (1986 –
Documentando as lutas camponesas
1987)
na Amazônia paraense: o acervo da
Renata Peixinho Dias Vellozo (ESTADO RJ E
Comissão Pastoral Da Terra (CPT)
MUNICÍPIO DE MARICÁ -RJ)
Iane Maria da Silva Batista (Universidade
Federal do Pará) Conjuração Baiana: o acervo do Arquivo
Público do Estado da Bahia
O arquivo do Tribunal de Segurança
Libânia da Silva Santos
Nacional: história, conteúdo e
potencialidade de pesquisa Arquivos, Memória e Cidades
Angela Moreira Domingues da Silva Amazônicas: A geo-história como prática
(CPDOC/FGV) de pesquisa
Jubrael Mesquita da Silva (UEA -
Preservação da memória, processos
Universidade do Estado do Amazonas)
trabalhistas e justiça do trabalho: O

48
A concepção de patrimônio documental Luiz Fernando Medeiros Rodrigues
no Amazonas na Primeira República: (UNISINOS), Maria Goretti Cavalcante de
considerações iniciais. Carvalho (UNIVERSIDADE ESTADUAL DO
Leandro Coelho de Aguiar (Universidade MARANHÃO)
Federal do Amazonas)
Acervo das ordens religiosas femininas
A Criação do Arquivo Público do Estado em Portugal: algumas possibilidades de
do Pará e a Organização do seu Acervo investigação
Documental: Entre discursos e práticas Tatiane de Jesus Chates (Universidade do
do governo republicano no Pará (1894 Estado da Bahia - UNEB)
- 1906)
Arquivo da Fundação Darcy Ribeiro:
Leonardo da Silva Torii (Secretaria de
documentos dos CIEPs no acervo
Estado de Educação /Pará)
Luiza Silva Moreira (Universidade Federal
A história dos objetos de castigo e do Rio de Janeiro)
punição a escravizados expostas
Documento, Memória e Identidade no
no Museu do homem do Nordeste:
Colégio Pedro II
representação, memória e os usos
Luana Pires de Arantes (Colégio Pedro II)
sociais.
Anna Karla da Silva Pereira (CUFA) EDUCAÇÃO E MEMÓRIA: a Escola do
Trabalho Feminina de Niterói, RJ
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Elisabete Gonçalves de Souza
(Universidade Federal Fluminense)
Entre gestos de guardar e atos de
testemunhar: um Arquivo de memórias
da UFRGS ST 019. Arte, artistas e intelectuais na
Doris Bittencourt Almeida (UFRGS) África e na diáspora: trânsitos coloniais
e pós coloniais
As interlocuções do memorial do
Colégio Farroupilha de Porto Alegre/RS Coordenação: Luiza Nascimento dos
no campo educativo, da pesquisa e dos Reis (UFPE), Lia Dias Laranjeira (UNILAB -
objetos de coleção Universidade da Integração Internacional
Alice Rigoni Jacques (Associação da Lusofonia Afro-Brasileira)
beneficente e Educacional de 1858) Localização: NIATE CB-CCS, SALA 207
Percursos da salvaguarda e dimensões
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
públicas e privadas do acervo
documental da Casa do Estudante
EXPRESSÃO ARTÍSTICA DE ABDIAS
Universitário Aparício Cora de Almeida
NASCIMENTO: valorização da identidade
(1934-2018)
e cultura negra a partir das pinturas e
Marcos Luiz Hinterholz (UFRGS)
poesias no autoexílio (1968- 1981)
DA REPRESENTAÇÃO DOCUMENTAL Elisa Ferreira Teixeira (UFPB -
À MATERIALIDADE DA PESQUISA: o Universidade Federal da Paraíba)
acervo do Arquivo dos Capuchinhos
PAN-AFRICANISMO NOS EUA, ÁFRICA E
do Convento do Carmo (São Luís-MA) -
BRASIL: Movimento de ideias e projetos
Possibilidades e limites de investigação
políticos na militância de Abdias
para a História do Maranhão.

49
Nascimento (1968-1988). em José Luandino Vieira
Daniel Alves Azevedo (CNPq) Pedro Beja Aguiar
O Atlântico Negro é aqui: a Exposição de Relações raciais, cultura e
Arte Negra Africana no MNBA (1964) e o representação nas análises de uma
Festival de Arte Negra no Senegal (1966) categoria histórica: as devadasis da
Gabrielle Nascimento Batista (UNICAMP - Índia portuguesa
Universidade Estadual de Campinas) Jorge Lúzio Matos Silva (UNIFESP -
Universidade Federal de São Paulo)
Apontamentos sobre recepção do
pan-africanismo na cultura intelectual “Um abraço do samba ao semba”:
brasileira na Primeira República diálogos musicais e políticos entre
Thiago Lenine Tito Tolentino Angola e Brasil (1950-1980).
(Universidade Federal de Sergipe) Alexandre Reis dos Santos (UFF)
Castro Soromenho e o movimento da A popularização da rumba congolesa
Negritude Africana. como canto anticolonoalista a partir do
Cássio Santos Melo (UNIVERSIDADE Congo-RDC(1950-60)
FEDERAL DE GOIÁS) Evelyn Rosa
Joseph Ki-Zerbo e Clóvis Moura: Ecos da diáspora: o movimento
trajetórias e historiografias atlânticas blackmusic e sua repercussão em Ilhéus
Elio Chaves Flores (Universidade Federal no sul da Bahia (1970-1989)
da Paraíba) Josielle Santana dos Santos
A construção da intelectualidade Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
africana na diáspora estudantil: uma
análise histórica e antropológica da Origem E Deslocamentos: A Trajetória
presença de estudantes cabo-verdianos de Rubem Valentim
e guineenses em universidades Cristiane Araújo Vieira (PUC-RIO -
brasileiras no século XX e XXI Pontifícia Universidade Católica do Rio de
Aline Cristina Laier (CESA - Centro de Janeiro)
Estudos Superiores Aprendiz)
Formas de racialização no mercado de
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 arte moderna de Salvador, 1946-1964
Bruno Pinheiro
A construção de um personagem: O
Uma coleção em pedaços: arte sacra
Pepetela
afro-brasileira da Bahia no Museu
Carolina Bezerra Machado (UFF)
Paulista (1928-1989)
Representações de Moçambique no Lia Dias Laranjeira (UNILAB - Universidade
projeto literário de João Paulo Borges da Integração Internacional da Lusofonia
Coelho: perspectivas de uma micro- Afro-Brasileira)
história pelas vozes narrativas
A situação da “Coleção Magia Negra” e o
Roberta Guimarães Franco Faria de Assis
cenário dos processos de restituição de
(Universidade Federal de Lavras)
objetos
Fissuras na moldura colonial portuguesa: Luiz Gustavo Guimarães Aguiar Alves (UFF
a singularidade da dimensão pictórica - Universidade Federal Fluminense)

50
Negros ilustrados e ilustradores: ST 022. As famílias e suas estratégias de
corporeidade e opacidade na imprensa viver e sobreviver, séculos XVI a XIX
ilustrada da Bahia
Túlio Henrique Pereira (UFPI - Teresina) Coordenação: Ana Silvia Volpi Scott
(Universidade Estadual de Campinas),
Monumento da Negra Nua: símbolo de
Carlos de Almeida Prado Bacellar (FFLCH/
liberdade ou de aprisionamento
USP)
Geysa Danielle Barbosa de Moura Silva
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-H
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

A arte nigeriana e a produção do


Senhores e possuidores: família e poder
“moderno”: atores, trânsitos e
em Banabuiú (1700-1800)
narrativas
Áurea Regina de Araújo Ribeiro
Sandra Mara Salles
A família Galvão de França e as
Wole Soyinka, teatro e independência
famílias de seus escravos: as múltiplas
da Nigéria: O Leão e a Joia em cena
estratégias de organização familiar de
Luiza Nascimento dos Reis (UFPE)
livres e cativos em Itu, 1790-1830
Vida, Obra e História: a função Carlos de Almeida Prado Bacellar (FFLCH/
de Cultural Worker a a arte como USP)
denúncia na África Do Sul pelo olhar de
Os irmãos Correia Vieira: estudo
WillieBester
da trajetória patrimonial por meio
Carolina de Campos Tornich (USP -
dos inventários dos Sertões de
Universidade de São Paulo)
Quixeramobim (CE), do século XVIII
“Os da Minha Rua: Poéticas de R/ Ana Cecília Farias de Alencar
existência das e dos Artistas afro- (Universidade de São Paulo - USP)
brasileiros”
Atividades agrárias, mineração e a
Joana D’ Arc de Sousa Lima (Universidade
composição de grandes fortunas na
da Integração Internacional da Lusofonia
Comarca de Rio das Mortes: Minas
Afro brasileira)
Gerais, 1750 a 1808
Trajetórias Decoloniais: colonialidade Filipe Moreira Alves de Lima (IFMG -
e racismo no filme La Noire de... de Instituto Federal de Educação, Ciência e
SembèneOusmane, Senegal-França, Tecnologia de Minas Gerais)
Anos 1960.
Fazer-se elite no rio Madeira: a família
Vinícius Pinto Gomes (UDESC)
Monteiro (1860-1920)
“Tipo Assim, Pra Nós, No Dia, Porque Paula de Souza Rosa
o Aluno Presta Mais Atenção, Né?”: As
Os Laços de Parentesco Entre Senhores
Artes na E.E.E.M. Raimundo Henrique de
e Escravos em Santo Estêvão do Jacuípe
Miranda e as Linguagens do Ensino de
e Nossa Senhora do Resgate- 1839- 1864
História Africana e Afro-Brasileira.
Sandra da Silva Conceição (Colégio
Bernard Arthur Silva da Silva (UNIFESSPA
Estadual Joaquim Inácio de Carvalho
- Universidade Federal do Sul e Sudeste
Irará)
do Pará)

51
“Insalutífero Rio de Janeiro”: a família Gerais colonial.
de Francisco de Mello Franco em sua Rangel Cerceau Netto (Centro
viagem para o Brasil (1817-1823) Universitário de Belo Horizonte)
Ricardo Cabral de Freitas (Fiocruz -
“Junto ao amigo Caetano que é pessoa
Fundação Oswaldo Cruz)
de satisfação”: as relações horizontais
“Tal pai, tal filho:” As trajetórias de José nas estratégias sociais dos habitantes
Joaquim de Figueiredo Neves e José da Vila de Rio Grande de São Pedro no
Joaquim de Andrade Neves na Província século XVIII
do Rio Grande de São Pedro, século XIX Rachel dos Santos Marques (Instituto
Ricardo Schmachtenberg (Escola Federal Farroupilha - Campus Alegrete)
Municipal de Ensino Fundamental
“Homem passante” no mercado
Harmonia)
matrimonial na Curitiba da segunda
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 metade do século XVIII.
Marcia Luzia Krinski (Prefeitura Municipal
As formas de classificação da (i) de Araucária)
legimidade em duas paróquias no Mães doentes, filhos em perigo:
extremo sul da América portuguesa relações familiares nas enfermarias da
(1750-1822) Misericórdia do Rio de Janeiro
Denize Terezinha Leal Freitas (Escola Gisele Sanglard (Casa de Oswaldo Cruz/
Estadual de Ensino Fundamental Ezequiel Fiocruz)
Nunes Filho), Jonathan Fachini da Silva
(Universidade do Vale do Rio dos Sinos) Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00

Em tempos de guerra: legitimar filhos


MICROANÁLISE E ESCRAVIDÃO: as
naturais através do casamento (Porto
experiências de sujeitos escravizados na
Alegre, na Guerra dos Farrapos)
Vila de Maraú, Bahia, nos Oitocentos.
Ana Silvia Volpi Scott (Universidade
Julian de Souza da Mota (UFMA -
Estadual de Campinas)
Universidade Federal do Maranhão)
“Este inocente foi baptizado liberto”: as
Diversidade das famílias dos escravos
alforrias de pia nos registros de batismo
da Ordem de São Bento: uma análise
de Campinas (1774-1871)
sobre a legitimidade na Fazenda de
Talison Mendes Picheli (UNICAMP -
Iguassú (Rio de Janeiro, 1817-1857)
Universidade Estadual de Campinas)
Vitor Hugo Monteiro Franco (UFF -
O ciclo vital das famílias de Joaquim Universidade Federal Fluminense)
Rodrigues Teixeira, pardo e de Maria
Amancebar-se é também constituir
Correa Estrela, parda em Minas Gerais,
família: o concubinato na escravista e
1770-1870.
mestiça comarca de Sabará (séc. XVIII)
Sirleia Maria Arantes (Instituto Federal
Igor Bruno Cavalcante dos Santos (Rede
de Educação, Ciência e Tecnologia do
de Ensino Gênesis)
Sudeste de Minas Gerais)
Escravidão e Matrimônio na Freguesia
Autoridades de Mando: a família
de Nossa Senhora da Apresentação
mestiça e o poder familiar entre
(1727-1760)
patriarcado e matriarcado em Minas

52
Danielle Bruna Alves Neves (SEDUCE/GO)
Redes de afeto e histórias de amor: Convivialidades atlânticas, família e
escravidão e laços de solidariedade na instrução nas Minas oitocentistas
freguesia rural de Jacarepaguá (1790- Luciane Cristina Scarato (MeciLA - Cebrap -
1810). UniversitätzuKöln)
Paula Mello dos Santos
Propaganda, maternidade e
Compadrio, hierarquia social e alimentação infantil: a família como
estratégias de (sobre)viver no sul objeto do discurso médico e da
escravista (Castro/PR, séculos XVIII-XIX) publicidade no início do século XX
Vinícius Augusto Andrade de Assis (UEL - Caroline Amorim Gil (Casa de Oswaldo
Universidade Estadual de Londrina) Cruz)
Família e compadrio escravo na Vila de
Santo Antônio de Sá (c.1750-c.1808) ST 023. As sensibilidades entre a razão
Dermeval Marins de Freitas (Secretária instrumental e a desrazão
Estadual de Educação do Rio de Janeiro)
Coordenação:Nadia Maria Weber Santos
Família escrava e relações de
(UFG - Universidade Federal de Goiás),
compadrio: estratégias de ação e
Antonio Herculano Lopes (FUNDAÇÃO
táticas de resistência nos processos de
CASA DE RUI BARBOSA)
produção e apropriação dos espaços
Localização:CFCH , AUDITÓRIO 3º ANDAR
(São José de Mipibu, 1830-1888)
Clara Maria da Silva Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00


Sensibilidades, loucura e resistência na
obra literária de Rodrigo de Souza Leão
Terra e família: transmissão da
Nadia Maria Weber Santos (UFG -
propriedade rural nas famílias de Curral
Universidade Federal de Goiás)
Del Rei, Minas Gerais, no século XIX
Tarcísio Rodrigues Botelho (UFMG - Sensibilidades em O. G. Rego de
Universidade Federal de Minas Gerais) Carvalho Um estudo sobre a Loucura em
sua obra
Famílias, Parentes, Agregados e
Natália Ferreira de Sousa (UFPI -
Escravos: Um estudo sobre a sociedade
Universidade Federal do Piauí)
na Comarca de Alagoas no período
Colonial (1750-1817) Os Embates psiquiátricos na segunda
Gian Carlo de Melo Silva (UFAL) metade do século XX - O Discurso Contra
hegemônico da Antipsiquiatria
Família: estratégias jurídicas e religiosas
Cláudia Freitas de Oliveira (Universidade
para manutenção da família tradicional
Federal do Ceará)
brasileira.
Daniella Santos Magalhães Carl Gustav Jung e Sigmund Freud:
por uma História das Emoções em suas
A(s) família(s) residente(s) no Engenho
correspondências (1907-1923)
de São Joaquim: fragmentos da vida em
Fernanda DayaraSalamon (Universidade
Meia Ponte/GO no século XIX
Estadual de Londrina)
João Guilherme da Trindade Curado

53
Afeto nos escritos de Espinosa Aline Ferreira Antunes (Maple Bear)
Robson Corrêa de Camargo (Universidade
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Federal de Goiás)
Cultura, povos e lugares: Theodoro Quando a “ cidade fantasma” vira uma
Sampaio, um intelectual em entremeio Festa: Narrativas sobre Cococi / CE –
e a ocupação dos sertões Tempo, Memória e Sentimento
Ricardo Alexandre Santos de Sousa (UESB Alex Alves de Oliveira (Faculdade de
- Universidade Estadual do Sudoeste da Formação de Professores de Serra Talhada
Bahia) - FAFOPST)
Memória Social da Doença de Chagas no Túmulos, espaços de topofilia coletiva.
Ceará:Sensibilidades e Sociabilidades Marcia Regina de Oliveira Lupion
Ante A Descontinuidade da Razão
História da Educação, Imprensa Escolar
GisafranN.M.Juca (UNIVERSIDADE
e sensibilidades: reverberações do
ESTADUAL DO CEARÁ)
discurso Marista no periódico Echos
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 (1930-1970)
Lucas Costa Grimaldi
História, Poesia e Filosofia: a reflexão
Olhares plurais para a História da
sobre a valia da história no proêmio às
Educação: o comércio de gêneros
Gesta de Lorenzo Valla
alimentícios e o Mercado Público de
Ana Letícia Adami Batista (FFLH-USP)
Bragança (SP) (1860/1890)
Três leituras de Shakespeare: Lilian Florencio de Godoy (Universidade
interpretações da figuração literária do São Francisco)
“eu”
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Luiza Larangeira da Silva Mello (UFRJ -
Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Notas para uma história das
Um olhar para as sensibilidades: Hamlet sensibilidades e percepções a partir de
a contrapelo uma exposição.
EdlúciaRobélia Oliveira de Barros Kethlen Kohl (UDESC - Fundação
Razão autoritária e apropriação do Universidade do Estado de Santa
sensível: Villa-Lobos e a educação Catarina), Rosângela Miranda Cherem
musical no Estado Novo (UDESC - Fundação Universidade do
Avelino Romero Simões Pereira (UNIRIO) Estado de Santa Catarina)

Seresta do Museu (ou um museu Violência de gênero durante o conflito


sensível) armado colombiano: uma reflexão
Maria Helena de Macedo Versiani (Museu a partir das obras A Flor de Piel e
da República) Fragmentos, de DorisSalcedo
Barbara Mangueira do Nascimento (UFRJ -
Rente a imagem Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Maria Luiza Filippozzi Martini (UFRGS)
UrbanSketchers e o heroísmo moderno
Os tipos raciais presentes na revista Paulo Henrique Tôrres Valgas (Instituto
TEX: negros e indígenas Federal Catarinense)

54
Literatura de cordel: novas Homens negros letrados na Parahyba
sensibilidades entre o oral e o escrito do Norte na transição do Império para a
Sylvia Regina Bastos Nemer (fcrb) República: trajetórias de Vicente Gomes
Jardim, Graciliano FontinoLordão e
A compaixão como manifesto: a
Manoel Cardoso Vieira
literatura distópica de Jogos Vorazes
Surya Aaronovich Pombo de Barros
enquanto metáfora historiográfica
(UFPB)
Alexandre Araújo da Silva (UFPB -
Universidade Federal da Paraíba) Ernesto Carneiro Ribeiro: A trajetória
intelectual do Professor negro Baiano
O número e a palavra: Fronteiras entre
(séculos XIX-XX)
técnica e literatura
Ismael Lage Pitanga (Secretária de
Luis Claudio dos Santos bonfim
Educação do Estado da Bahia)
(Universidade Federal de Mato Grosso)
A Biografia na Historiografia: As
trajetórias de vida e escrita da História
ST 026. Biografando intelectuais
Greyce Falcão do Nascimento
Coordenação: Teresa Malatian (UNESP) Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Localização:CCSA, BLOCO D, SALA D-07
O jornal biográfico: a construção da
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
imagem pública do poeta Mauro Mota
por meio das análises do Estado de S.
Escritos de “Cor”: a produção
Paulo, O Globo e O Jornal
intelectual do paraibano Elyseu César
Tércio de Lima Amaral (UFPE -
no pós-abolição brasileiro
Universidade Federal de Pernambuco)
Julio César Pereira dos Santos
Próspero Diniz: redator e colaborador
Cinema, integralismo e militância
na imprensa oitocentista
negra: a trajetória de Ironides Rodrigues
Laura Junqueira de Mello Reis
e suas colunas em A Marcha (1954-1962)
Gabriel Soares Predebon “Um jornal que não incomoda a
opinião pública não serve para nada”:
Emília Viotti da Costa em dois atos:
A trajetória do jornalista Hugo Reis em
trajetória intelectual e produção
Ponta Grossa/PR – 1908/1924
historiográfica
Niltonci Batista Chaves (Universidade
Rafael Domingos Oliveira da Silva
Estadual de Ponta Grossa)
(Universidade de São Paulo)
Uma “herança sem manual de
A trajetória intelectual de Clóvis Moura
instruções”. O trotskismo como
(1925 – 2003): a interdisciplinaridade e
identidade em Edmundo Moniz.
o protesto negro.
Victor Emmanuel Farias Gomes
Wanessa Horrana Francisca da Silva
Thomaz Pompeu Sobrinho e a questão
Diário da Guerrilha do Araguaia
indígena na Revista do Instituto do
na perspectiva de um intelectual
Ceará: história, antropologia e filologia.
mediador: o jornalista Clóvis Moura
Ana Alice Miranda Menescal (Conselho do
Teresa Malatian (UNESP)
Patrimônio Cultural de Sobral (CPCS/PMS))

55
Memória - O Governo Guiomard dos um intelectual brasileiro
Santos e a Modernidade Educacional: A Rafael Gomes Nogueira Pereira (UFG -
Influência Escolanovista no Território do Universidade Federal de Goiás)
Acre, no período de 1946 A 1950.
Feminismos e História das Relações de
Joanna Maria Franca Mansour (UFAC -
Gênero: A trajetória de Rachel Soihet e a
Universidade Federal do Acre)
Historiografia Brasileira
As Identidades de João Gabriel Baptista: Eduarda Carvalho de Castro Alves (UNIRIO
Apontamentos para uma Biografia de - Universidade Federal do Estado do Rio
um Intelectual Piauiense (1920 – 2010) de Janeiro)
Marcus Pierre de Carvalho Baptista
Escrevendo e arquivando a própria
A Reivindicação da Intelectualidade: vida: o acervo pessoal do Pe. João
construção de si e distinção social em J. Leonir Dall`Alba e sua atuação como
Miguel de Matos intelectual mediador
Gislane Cristiane Machado Tôrres Michele Gonçalves Cardoso (UNESC)
(Instituto Federal de Educação, Ciência e
Não é mal de raça, é mal de fome:
Tecnologia (IFPI))
Josué de Castro e a racionalização da
O intelectual e a cidade imaginada: alimentação (1932-1946)
Manoel Dantas e as representações de Adriana Salay Leme (USP - Universidade
uma Natal do porvir (1907-1923) de São Paulo)
Gabriel Barreto da Silveira Oliveira
João Barbosa Rodrigues e o palmetum
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 do rio Trombetas
Cláudio Lísias Moreira Ximenes (Programa
O exílio imaginado: Bernanos no Brasil de Pós-Graduação em História Social da
Mauricio Parada (PUC-RIO - Pontifícia Amazônia UFPA)
Universidade Católica do Rio de Janeiro)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
A narrativa de si na narrativa dos fatos e
do outro: interconexões e formulações Na “Floresta Encantada” do som
(auto)biográficas nos textos de Basílio nacional: mediações e sociabilidades na
de Magalhães trajetória de Ernani Braga (1888-1948)
Thiago de Souza Junior (UNIVERSIDADE Douglas José Gonçalves Costa
DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO)
Aloísio Magalhães. Das inconstâncias
Mário Melo e Oliveira Lima: amizade, e coerências do fazer-se artista e
inspiração, filiação e reconhecimento intelectual
social Flávio Weinstein Teixeira (UFPE)
Wagner Carlos da Silva (PPGH-UFPE)
Histórias do Recife (1925 a 1935): Clarice
Nas trilhas da memória: escritas de si no Lispector e o encontro com a cidade
romance “Homens e Caranguejos” de Henrique Inojosa Cavalcanti (Banco do
autoria de Josué de Castro. Brasil S.A.)
Helder Remigio de Amorim (UNICAP -
Auta de Souza e Henrique Castriciano,
Universidade Católica de Pernambuco)
irmanados na vida e na poesia
Darcy Ribeiro: aspectos biográficos de Maria Luzinete Dantas Lima (Secretaria

56
Municipal de Educação de Macaíba, RN) Grasiela Florêncio de Morais (UFPE)
Uma vida pela educação e pela saúde: Estado, Santa Casa de Misericórdia e
ensaios sobre a trajetória de vida de assistência em Fortaleza- CE.
Virgínia Schall Luciana de Moura Ferreira (FNIT -
Denise Nacif Pimenta (Fiocruz - Fundação Faculdade Novo Tempo de Itapipoca)
Oswaldo Cruz), Polyana Aparecida Valente
Mande chamar o doutor: aspectos da
(UEMG - Universidade do Estado de Minas
presença médica no Vale do Paraíba
Gerais)
fluminense do século XIX.
Tecendo os Escritos: o intelectual Anne Thereza de Almeida Proença (Casa
Edvaldo de Souza do Ó de Oswaldo Cruz/Fiocruz)
Daniela Medeiros da Silva (Prefeitura
MORTE MORRIDA: uma análise das
Municipal de Patos - Secretária de
doenças que atacavam a população
Educação)
cativa do Piauí.
O projeto do Conselho Nacional de Rodrigo Caetano Silva (Universidade
Educação (1916-1918): uma reflexão Federal do Pará (UFPA))
acerca da ação política dos educadores
Conservas, carne seca estragada e
modernizadores do início do século XX
muita cachaça: concepções de agentes
através da trajetória de José Augusto
públicos sobre a etiologia das doenças
Bezerra de Medeiros (1884-1971)
no Acre territorial (1900-1910)
RennoAllesy Veras de Senna Oliveira
Sergio Roberto Gomes de Souza (UFAC)
(UFRN - Universidade Federal do Rio
Grande do Norte) Octávio de Freitas e as crônicas médicas
em Pernambuco
Agências “negligenciadas” na história
Bruno Marcio Gouveia (UFPE -
da ciência brasileira O caso da Fundação
Universidade Federal de Pernambuco)
Guggenheim em São Paulo
Maria Gabriela Silva Martins da Cunha da tradição à ressignificação:
Marinho (UFABC) curandeiros e curandeirismo na Paraína
Oitocentista (1870-1880)
Wuendisy F. Silva (Universidade Federal da
ST 027. Caminhos da medicalização: a
Paraíba)
trajetória das relações entre medicina,
saúde e sociedade no Brasil Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

Coordenação: Luiz Antonio da Silva O rastreamento de Câncer de Mama no


Teixeira (COC/Fiocruz - FacMed/ Brasil
UNESA) Luiz Antonio da Silva Teixeira (COC/Fiocruz
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-C - FacMed/ UNESA)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Das Ligas às Associações de pacientes:
a construção de agendas públicas para
O Asilo de Mendicidade do Recife controle do Câncer de Mama no Brasil
em atividade no Hospital Pedro II: a Vanessa Lana (Universidade Federal de
assistência e o controle de mendigos no Viçosa)
Recife do século XIX

57
Violência Obstétrica em perspectiva A percepção da raça e do louco e na
histórica: o processo de contestação de antropologia de Carl Friedrich Philipp
técnicas e tecnologias na assistência ao von Martius
parto, no Brasil (1970-2010) Igor Antonio Marques de Paiva (IFMT)
Larissa Velasquez de Souza (Casa de
Yushãkuru: etnomedicinaHuniKuin,
Oswaldo Cruz)
uma experiência na terra indígena do
Assistência ao parto no Brasil - Alto Rio Purus
procedimentos e atores: um estudo a Alcilene Oliveira Alves (IFAC - Instituto
partir dos manuais de obstetrícia Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Lucia Regina de Azevedo Nicida do Acre)
Saúde Coletiva: tensões, controvérsias e “Sangue no campo da honra”: Notícias
alianças na conformação de um campo sobre a Guerra do Paraguai em jornais
Tania Maria Fernandes (Fiocruz - médicos brasileiros de 1860
Fundação Oswaldo Cruz) Vanessa de Jesus Queiroz
AUTORIDADE MEDICAL E AS A conservação da vida: a alimentação
ESTRATÉGIAS BIOPOLÍTICAS para a como manutenção da saúde pela Âncora
expulsão das Filhas de Sant’Anna do Medicinal (1721)
Hospital Juliano Moreira no Pará em Mariana Costa Amorim (UFES -
1965 Universidade Federal do Espírito Santo)
Paulo Sérgio de Almeida Corrêa, Sérgio
Sessão4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Bandeira do Nascimento (Secretaria de
Estado de Educação do Pará)
Ébrios, loucos e arruaceiros: produção
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 de saberes sobre os usos de substâncias
inebriantes na imprensa nordestina
‘Crescer e desenvolver’: instrumentos (1932-1964).
antropométricos no processo de Carlos Eduardo Martins Torcato
implementação da Pediatria no Brasil. (Universidade do Estado do Rio Grande do
Virlene Cardoso Moreira (Instituto Federal Norte (UERN))
da Bahia - IFBA)
A Fundação Rockefeller na Escola
O embate entre lamarckistas e Paulista de Medicina
mendelistas no âmbito do discurso Ana Lúcia Lana Nemi (Universidade
eugenista produzido no Brasil (1910- Federal de São Paulo)
1940)
Alimentação, saúde e doenças dos
Gustavo da Silva Kern (IFSC)
trabalhadores nas obras públicas
De Filhos Indesejados da Nação, durante as secas da década de 1950.
ao Convés! Recrutamento e Lara Vanessa de Castro Ferreira
Disciplinamento na Escola de (Universidade Federal do Amapá)
Aprendizes de Marinheiro do Rio Grande
Discursos sobre a loucura e a construção
do Norte (1872-1939)
de enunciados como a “mediunopatia”
Eudymara Queiroz da Cruz
na cidade da Parahyba do Norte/João
Pessoa entre 1916 e 1950

58
Edna Maria Nóbrega Araújo (UEPB - A realização histórica do conceito
Universidade Estadual da Paraíba), católico de pessoa humana (1960-1980)
Joedna Reis de Meneses (Universidade Lucas Aparecido Costa (Secretaria da
Estadual da Paraíba) Educação do Estado de São Paulo)
Fontes históricas: Prontuários médicos Jonathas Serrano e as redes de
do Hospital Colônia Eduardo Ribeiro sociabilidade católica em foco
Maria de Jesus do Carmo de Araújo Maria Helena Cicci Romero (SUPERVISORA
(Seduc) ESCOLAR NOS ANOS INICIAIS)
“Do Gabinete à Feira Livre...”: Controversiasenel nacionalismo
representações vigentes sobre práticas y ellaicado católico argentino:
curativas e terapeutas populares eldespliegue de Cruzada y sus polémicas
(Paraíba, 1928-1945) a mediados de losañossesenta
Felipe Aires Ramos (Estado do Rio Grande Elena Carmen Scirica (UB)
do Norte)
“A mais bela aventura do mundo é a
nossa”: a formação tefepista para o
ST 028. Catolicismos e Política: entre proselitismo itinerante
conservadores e progressistas Gizele Zanotto (Universidade de Passo
Fundo)
Coordenação: Cândido Moreira Rodrigues
Cultura política e catolicismo: estudo
(UFMT), Gizele Zanotto (Universidade de
do catolicismo conservador na França
Passo Fundo)
contemporânea
Localização: CECINE 01
Cândido Moreira Rodrigues (UFMT)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

Romualdo Antônio de Seixas: regalismo,


A pluralidade religiosa: aproximações
ortodoxia e Revolução no mundo luso-
e afastamentos nas relações entre
brasileiro (1789-1820)
católicos e integralistas
Gabriel Abílio de Lima Oliveira (Instituto
Thiago da Costa Amado (USP -
Federal de Minas Gerais/Campus Bambuí)
Universidade de São Paulo)
O “mais poderoso meio de conter
O catolicismo presente nos discursos
os povos na submissão e no dever”:
políticos de Eduardo Gomes como
A defesa da ordem nas páginas do
candidato à Presidência da República
SynopsisEcclesiastica (1848-1849)
pela UDN, em 1945, sobre a questão dos
Leandro Carlos Melo da Silva (UFPA -
trabalhadores
Universidade Federal do Pará)
Lucas Mateus Vieira de Godoy Stringuetti
A CARTA ROUBADA DE MARITAIN - o (UNESP - Assis)
embate entre conservadorismo,
Bispo conservador, padre rebelde:
reacionarismo e fascismo no campo do
assassinato dentro do clero. Diocese de
catolicismo no Brasil em 1937
Garanhuns (1957).
Renato Amado Peixoto (UFRN)
Luciana Valéria Morais Santiago (UFAL -
Universidade Federal de Alagoas)

59
“Progressista” X “conservador”: Cultura política e práticas religiosas do
Os limites de conceitos para o Arcebispo da Paraíba Dom José Maria
entendimento da Igreja Católica Pires
durante a Ditadura Militar Naiara Ferraz Bandeira Alves
Grimaldo Carneiro Zachariadhes (Universidade Estadual da Paraíba)
(Secretaria Municipal de Educação do Rio
O progressismo conservador de
de Janeiro)
Frei Constantino Koser OFM: o
Comblin, Dom Helder Camara e o aggiornamento conciliar nas páginas da
vereador anticomunista. Revista Eclesiástica Brasileira (1962-
Antonio Montenegro (UFPE) 1965)
Patricia Carla de Melo Martins (UEPG),
“Com as armas da Verdade, da Justiça
Rosângela WosiackZulian (Universidade
e do Direito”: ancoragens políticas do
Estadual de Ponta Grossa)
Concílio Vaticano II na Arquidiocese de
Goiânia Revolução na América Latina? a
Eduardo Gusmão de Quadros repercussão no Brasil do documento de
(Universidade Estadual de Goiás) Comblin para a II Celam em Medellín –
1968
Um voto aos pobres: A diocese de
Adauto Guedes Neto (EREM-BJ)
Juazeiro/BA e o trabalho de educação
política (1981) Religião e indigenismo alternativo no
Ian Freitas de Souza (UNEB - Universidade Brasil: memória e atualidade
do Estado da Bahia) Diego Omar da Silveira (Universidade do
Estado do Amazonas)
Algumas Considerações Preliminares
Sobre Interpretações do Concílio POR UMA IGREJA POPULAR: estratégias
Vaticano II em Escritos de Joseph e táticas dos católicos progressistas em
Ratzinger e Leonardo Boff (1971-2005). Conceição do Coité (1980-1990)
Danillo Rangell Pinheiro Pereira (UFBA - Cristian Barreto de Miranda (Universidade
Universidade Federal da Bahia) Federal da Bahia)
Ontem, hoje e sempre! AMÉM! A disputa “Pai nosso revolucionário”: A
institucional entre progressistas e experiência de luta e fé da Cáritas
conservadores católicos diante dos Diocesana de Limoeiro do Norte no Vale
processos políticos de deposição do Jaguaribe/CE. (1992-2013)
presidencial: uma história comparada Carolina Rodrigues Moreira
entre 1964 e 2016.
Religião e mídia na sociedade de
Paulo Airton Pinto Damasceno (Secretaria
consumo: uma análise das homilias do
de Educação do Estado do Ceará)
Papa Francisco
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Edianne dos Santos Nobre (UNIVERSIDADE
DO PERNAMBUCO)
Imagens de uma Metrópole Católica:
Símbolos do IV Congresso Eucarístico ST 029. Cidades em disputa: histórias,
Nacional de São Paulo (1942). memórias, práticas do/no espaço
João Carlos Santos Kuhn (USP -
Universidade de São Paulo)

60
Coordenação: Regina Soares de Oliveira Os Espaços Públicos e a Memória Local
(Universidade Federal do Sul da Bahia), Caruaruense: a complexidade dos
Viviane Gomes de Ceballos (Universidade lugares de vivência, de memória e de
Federal de Campina Grande) história
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 101 Erivania Azevedo Lopis
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Urbanidades liminares: dinâmicas
socioespaciais nas margens da cidade.
Pedagogias urbanas: corpos, mentes e Apontamentos de uma pesquisa coletiva
máquinas na cidade em Salvador – BA.
Robert MosesPechman (Instituto de Thaís Troncon Rosa
Pesquisa e Planejamento Urbano e
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Regional/ UFRJ)
Muito além da mineração: faces da As mulheres e as lutas por
história de Parauapebas na década de infraestrutura urbana na periferia de
1980 Toledo-PR (décadas de 1980 e 1990)
David Durval Jesus Vieira (Instituto Jiani Fernando Langaro (UFG -
Federal do Pará) Universidade Federal de Goiás)
Uma cidade ilustrada, uma disputa Belas, nada recatadas e do lar: as
visível: revistas de variedades e a proprietárias de casas e o desenho
construção de uma cultura visual em urbano da cidade de São Paulo (1906-
Salvador nas primeiras décadas do 1915)
século XX Philippe Arthur dos Reis (Universidade
Henrique Sena dos Santos (Universidade Estadual de Campinas)
Federal do Recôncavo da Bahia)
O sexo da cidade: espaços e corpos da
UMA CIDADE SILENCIADA: memórias e prostituição em Fortaleza na primeira
representações da “Princesa do Sul” metade do século XX
(Ilhéus-BA 1920-1930) José Humberto Carneiro Pinheiro
Igor Campos Santos Filho (UFPE - Universidade Federal de
Pernambuco)
Quando a comunidade narra: olhares,
silêncios e temporalidade na formação A dinâmica dos trabalhadores de rua
do Conjunto Palmeiras. e seu percurso histórico na cidade
Cristiano Rodrigues Rabelo (SEDUC CE) Salvador/BA
Aleida Fontoura Batistoti (UFBA -
Lugares da diferença: o tombamento
Universidade Federal da Bahia)
federal de terreiros de candomblé em
Salvador GERADORES DO SERTÃO URBANO:
Natália do Carmo Louzada (Instituto Discursos progressistas na urbe
Federal Goiano) caicoense (1954-1969)
Rosenilda Ramalho
A memória nas paredes: História e
identidade no Acervo do Mucuripe
Padre Nilson (Fortaleza- Ceará)
Ianna Edwirges Uchoa Almeida (UECE)

61
Das “margens”: as transformações na Corpos e espaços excluídos: a moderna
cidade de Teresina-PI, sob o olhar de sociedade natalense e o Leprosário São
suas lavadeiras (Década de 1970) Francisco de Assis na década de 1930
Yasminn Escórcio Meneses da Silva Eduardo Matos Lopes (Prefeitura
Municipal de Parnamirim)
No passo do Frevo e ao som do
Maracatu: Uma análise histórica- O espaço público em disputa: a
antropológica das agremiações configuração do espaço público na área
carnavalescas Banhistas do Pina do Baixo Augusta - São Paulo
e Encanto do Pina e o processo de Helterson Ribeiro da Silva Leite (USP -
urbanização do bairro do Pina Universidade de São Paulo)
Júlia de Araújo Bernardes (UFPE -
“Onde já passa o bonde”: anúncios
Universidade Federal de Pernambuco)
de compra e vendas de imóveis em
Os desafios enfrentados pelos Fortaleza/CE (1880 - 1914)
trabalhadores da Companhia de Tecidos José Maria Almeida Neto (Prefeitura
Paulista no acesso aos serviços públicos, Municipal de Maracanaú)
em meio a um sistema de “fábrica com
Os eflúvios do progresso: embates entre
vila operária” (1940-1950).
tradição e modernidade na proteção do
Anna Maria Litwak Neves (UFPE)
patrimônio urbano de Mariana (Minas
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Gerais)
Gabriel Luz de Oliveira (UFOP -
Histórias e fronteiras: o local, o global e Universidade Federal de Ouro Preto)
(ainda) o nacional nos estudos urbanos Um olhar ao norte: tensões e atuações
como uma invenção persistente sociais nos caminhos do Tramway da
Josianne Francia Cerasoli Cantareira (1893-1924)
São Paulo progride... mas para quem? Raissa Campos Marcondes (UNIFESP -
Notas sobre a ocupação humana e a Universidade Federal de São Paulo)
lógica capitalista na remodelação do
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Anhangabaú (1877-1917)
Rafael Carlos Lima Oliveira (Fundação
Brasília: narrativas alternativas da
Bradesco)
cidade por meio dos grafites
CIDADE E URBANIZAÇÃO: a ousadia de Renata Silva Almendra (Instituto Brasileiro
empreender em Teresina na década de de Museus)
1950.
Reinvenção do lugar: os Centros de João
Víviam Cathaline de Sousa Ferreira
Pessoa, materialidade, sociabilidade e
(Instituto Dom Barreto)
representação
“Melhoramentos” em São Paulo na Diego Amorim Novaes
passagem do século XIX ao século XX:
A Cidade dos Anônimos: Periferia,
instrumentos em negociação
cotidiano e memória - Itabuna 1980-200
Raquel Oliveira Jordan (UNICAMP -
Rodrigo de Oliveira Lelis (UEFS -
Universidade Estadual de Campinas)
Universidade Estadual de Feira de
Santana)

62
Entre o passado e o futuro: renovação Notas sobre corpos rebeldes: dois
urbana e apagamento da memória na estudos de caso em Abel Botelho e
cidade Ilhéus (BA) Alfredo Gallis (1891-1906)
Regina Soares de Oliveira (Universidade Daniel Vital Silva Duarte (Assembleia
Federal do Sul da Bahia) Legislativa do Estado da Bahia)
Práticas de morar na cidade do Recife “Frescos” e indivíduos sem
(1914-1930) qualificativos: imagens da
José Eudes Alves Belo (USP) homossexualidade masculina popular
no Rio Grande do Sul (década de 1930)
Entre cidades, rios e memórias:
Rodrigo de Azevedo Weimer (Arquivo
territórios em disputa
Público do Estado do Rio Grande do Sul)
Manuel Coelho Albuquerque (UFC)
Personagens homossexuais no interior
UMBUZEIRO: bela, moderna e
das pornochanchadas: representações
civilizada?
sociais, arquétipos e estereótipos (1977-
Ana Márcia Maciel (UEPB)
1978)
Cidade(s) Inventariada(s): redes sociais Gabbiana Clamer Fonseca Falavigna dos
e cultura material em Cajazeiras, 1876- Reis
1890
Toros: o erotismo da tauromaquia nas
Viviane Gomes de Ceballos (Universidade
fotografias de Alair Gomes
Federal de Campina Grande)
Aline Ferreira Gomes (IFCH - UNICAMP)
Tensões Homoeróticas na Historiografia
ST 032. Clio “sai do armário”:
Brasileira: a trajetória de um campo gay
Homossexualidades e escrita da História
Kelyel Fortes de Resende Melo (UFPI -
Universidade Federal do Piauí)
Coordenação: Rita de Cassia Colaço
Rodrigues (Autônoma), Elias Ferreira Veras Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
(UFAL - Universidade Federal de Alagoas)
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 1-A História da Imprensa Lésbica brasileira:
ensaio sobre desafios, perspectivas de
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
pesquisa e preservação de memórias
Paula Évelyn Silveira Barbosa (Estudante
A homoafetividade masculina na
de mestrado)
cidade do Rio de Janeiro através dos
prontuários do Hospício Nacional de Lesbianidades e escrita da História
Alienados 1890 - 1910 Camila Diane Silva (Universidade Federal
Estevão Silva de Oliveira (Secretaria de de Santa Catarina - UFSC)
Estado da Educação de São Paulo)
“(...) Demônio Das Letras, Papisa
“Ser puto não tem idade”: controle e Do Homossexualismo, Rainha Das
repressão da homossexualidade entre Lésbicas”? Cassandra Rios e as Muitas
meninos e rapazes no contexto de Inscrições de Si, Entre o Erotismo e a
estabelecimento da ordem burguesa no Pornografia
Rio de Janeiro (1890-1930) Kyara Maria de Almeida Vieira
João Gomes Junior (Universidade Federal Rural do Semi-Árido)

63
Memória[s] e Discurso: O “ABC Bailão” De Rogéria a Maria Clara: a publicidade
como espaço de encontro e resistência transviada no Brasil
na cidade de São Paulo. Leonardo Mozdzenski (UFPE -
CleytonAntonio da Costa (Universidade do Universidade Federal de Pernambuco)
Vale do Sapucaí)
O caminho para a Igualdade: a
Noites de frisson: sociabilidades emergência de uma organização
homoeróticas em um povoado baiano autônoma de travestis e transexuais em
(décadas 1980 - 1990) Porto Alegre-RS
Marcos Ferreira Gonçalves (UNEB) Augusta da Silveira de Oliveira (UFRGS -
Universidade Federal do Rio Grande do
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Sul)
Heteronormatividade, Policiamento e Cesinha, o Serventuário do Balacobaco
produção dos corpos (im)possíveis em - Trânsito de gênero numa corte de
Salvador-BA (1968-1980) justiça na segunda metade do século XX
Kleber josé Fonseca Simões (Universidade Rita de Cassia Colaço Rodrigues
do Estado da Bahia) Histórias não contadas ou, por que
Lésbicas na mira da ditadura brasileira? esquecer o passado? (Re) Existências
Uma análise dos discursos de agentes trans em Campos dos Goytacazes/RJ na
da repressão sobre o “lesbianismo” década de 1990.
Julia AleksandraMartucciKumpera Rafael França Gonçalves dos Santos
(Unicamp) (Prefeitura Municipal de Campos dos
Goytacazes)
Imprensa, Homossexualidade E
Ditadura Civil-Militar: Uma análise Pintar com letras e dançar com
da seção “Cartas na Mesa” do jornal palavras: A dimensão ética, estética e
Lampião da Esquina poética da escrita (e) de um corpo trans
Marília Miranda Alves Carvalho José Wellington de Oliveira Machado
(CREDE 08 - CE)
Lampião da Esquina (1978-1981):
identidades homossexuais em disputa A luta para ser o que se é: demandas
Rhanielly Pereira do Nascimento Pinto de pessoas trans nos Juizados do
Consumidor
“Gay é liberdade”: homossexualidades
Silmária Souza Brandão (COLEGIO
em Maceió (AL) na Abertura.
ESTADUAL LEOPOLDO DOS REIS)
Apontamentos iniciais
Elias Ferreira Veras (UFAL - Universidade A busca pela cidadania antes do fim do
Federal de Alagoas) arco-íris
Flavia Ribeiro Veras (UFRJ - Universidade
OS CRIMES EM TERESINA NÃO TÊM
Federal do Rio de Janeiro)
DONOS: sociedade, sexualidade e
violência nas décadas de 1970 e 1980.
Helio Secretario dos Santos (SEDUC/PI) ST 033. Cultura Visual, História e
Imagem
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Coordenação: Francisco das Chagas

64
Fernandes Santiago Júnior (UFRN), Fotografia, mulheres e invisibilidade
Helouise Lima Costa (MAC-USP) no período das vanguardas artísticas
Localização: CAC , Mini Auditório 01 europeias (1918 – 1940)
Iara Cecília Pimentel Rolim (UNICAMP -
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Universidade Estadual de Campinas)
Revoluções e Fotografias: Tina Modotti Sessão 2 – 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
no México (1923-1930) e Alberto Korda
em Cuba (1959-1968) As revistas de atualidades na imprensa
Vinicius Lourenço Barbosa ilustrada brasileira do Oitocentos: a
“Ilustração do Brasil” e a “Ilustração
Ateliêr Photographico Guilherme Glück:
Popular” de Charles Francis de Vivaldi
registros visuais de uma cidade em
Helen de Oliveira Silva (UNESP -
processo de modernização
Universidade Estadual Paulista Júlio de
Ederson Prestes Santos Lima (Instituto
Mesquita Filho)
Federal do Paraná - Campus Curitiba)
O periódico A Guerra Illustrada e a
O Terceiro Homem: A fotografia e o
memória visual da primeira guerra
Recife de Ivan Granville
mundial 1914-18
Fabiana Bruce da Silva (Universidade
Eliana Rela (Universidade de Caxias do
Federal Rural de Pernambuco -
Sul)
UFRPE), Frederico de Oliveira Toscano
(Universidade de São Paulo) Imagens das Artes Visuais publicadas no
jornal Correio de Uberlândia durante a
Coppola e Aleijadinho: um fotógrafo,
década de 1970
três olhares
Marco Antonio Pasqualini de Andrade
Mauricio Lissovsky (UFRJ - Universidade
(UFU - Universidade Federal de
Federal do Rio de Janeiro)
Uberlândia)
Itinerários dos estudos sobre fotografia
A terceira via anunciada? Uma análise
na historiografia recente
da publicidade da fábrica de móveis
Ana Maria Mauad de Sousa Andrade Essus
Unilabor
(Universidade Federal Fluminense)
Osvaldo Bruno Meca Santos da Silva
As Mostras da Galeria de Fotografia (UNIFESP - Universidade Federal de São
da Funarte: A Visita do Papa ao Brasil Paulo)
(1980)
A exposição de arte como campo de
Charles Monteiro (Pontifícia Universidade
disputa política nas décadas de 1930 e
Católica do Rio Grande do Sul)
1940 no Brasil
O rei do Congo nas comemorações Helouise Lima Costa (MAC-USP)
centenárias (1940): Fotografia e
Visualidade, museus e histórias negras:
histórias
o Museu Nacional de Cultura e História
Marcus Vinicius de Oliveira da Silva
Africano Americana
Família, imigração e fotografia: Marcelo Santos de Abreu (Universidade
representações de imigrantes italianos Federal de Ouro Preto)
e seus descendentes no Paraná
Fabio Augusto Scarpim (SEED)

65
Resultados do estudo sobre o acervo de quadrinhos entre os anos 1980-1990
ilustrações científicas de entomologia Rodrigo Aparecido de Araújo Pedroso
do Instituto Oswaldo Cruz - IOC (século (USP)
XX)
O tempo gravado: imagens, memórias
Aline Lopes de Lacerda (Fundação
e representações na xilogravura de
Oswaldo Cruz)
Juazeiro do Norte/ Ceará (1954-2018)
Em cena: visibilidades do corpo enfermo Tereza Cândida Alves Diniz
Juçara de Souza Nassau (UFG -
Bandidos célebres: a imprensa e a
Universidade Federal de Goiás)
construção da bandidagem famosa.
Uma Galeria de Arte Nacional: a pintura Ivania Valim Susin (Unicamp)
histórica no acervo do Museu Nacional
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
de Belas Artes
Isis Pimentel de Castro (CEFET/MG -
Qual Brasil cabe na tela “A Negra” de
Centro Federal de Educação Tecnológica
Tarsila do Amaral?
de Minas Gerais)
Mariana de Aguiar Ferreira Muaze
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 (Universidade Federal do Estado do Rio de
Janeiro)
As imagens maurianas: negros e
O PROTAGONISMO INTELECTUAL DO
mestiços no Brasil Rural
ARTISTA TOMÁS SANTA ROSA JR.: uma
Sérgio César Júnior (UNIFESP)
interpretação iconológica dos feitos
Corpos e discursos: uma análise pictóricos (1930-1940)
histórica sobre o anormal no filme Thiago Brandão da Silva (SEE-PB -
Freaks (Tod Browning, 1932). (Governo do Estado da Paraíba))
Lorrane Campos Rodrigues
Aurélio de Figueiredo, Antonio Parreiras
De “Los chicos de la guerra” a “Soldado e a circulação de pinturas de paisagens
Anónimo...”: a guerra das Malvinas e entre fins do século XIX e início do XX no
as imagens da juventude na cultura Brasil
audiovisual argentina Moema de Bacelar Alves
Breno de Souza Juz (Universidade
Rua de Tunis e Rabequista Árabe - A
Estadual de Campinas (UNICAMP))
singela presença do Orientalismo na
Paisagens e sinais do passado: o debate arte Brasileira do Século XIX
cinematográfico italiano (1939 - 1944) Camila Dazzi (CEFET/RJ - Centro Federal
Francisco das Chagas Fernandes Santiago de Educação Tecnológica Celso Suckow
Júnior (UFRN) da Fonseca)
Censura, memória e resistência: o Centenário da Independência entre
rompimento do “pacto de silêncio”, Jeca-Tatu e futebol: caricaturas de
pelas histórias em quadrinhos. identidades nacionais no Brasil de 1922.
Jorge Edson Paiva Gonçalves da Silva Flavio Mota de Lacerda Pessoa
(Colégio Imperatriz Leopoldina) (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Três visões distópicas sobre os Estados América miscigenada: dominação
Unidos publicadas em histórias em e colonização espanhola através da

66
análise do quadro Los mulatos de Norte do Brasil
Esmeraldas (1599) Temis Gomes Parente (Universidade
Isabela CandeloroCampoi (Unespar, Federal do Tocantins)
campus de Paranavaí)
Escrita sobre a efetivação do Movimento
Francisco Brennand: As imagens e o de Mulheres Trabalhadoras e do
imaginário Movimento de Mulheres do Brejo na
Taina Maivys da Silva Santiago (Instituto década de 1980
Ariadnes) Laianny Cordeiro Silva de Souza
Iconografia da nação ou como a Participação e Resistência da Mulher
identidade nacional encontra o gênero: no Cotidiano da Guerra dos Cabanos:
pensando a Palestina no século XX Alagoas - Pernambuco (1832-1850)
Carolina Ferreira de Figueiredo (UFRJ - Ismélia da Penha Balduce Tavares (UFAL -
Universidade Federal do Rio de Janeiro) Universidade Federal de Alagoas)
MEMÓRIA E GÊNERO: A Inserção Mulher
ST 034. Das margens: mulheres, gênero, Na Polícia Militar Do Piauí (1985-1998)
sertões Maryelle Fernanda Rodrigues dos Santos
Nascimento (SEMED-BACABAL)
Coordenação: Ana Maria Veiga
Mulheres inominadas e invisíveis
(Universidade Federal da Paraíba), Cláudia
Rosana Mesquita Mendes Pereira
de Jesus Maia (UNIMONTES)
Localização: NIATE CFCH-CCSA, AUDITÓRIO Sofrimentos e resistência: a literatura
como forma de superação da violência
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
colonial em Um de feito de cor, de Ana
Maria Gonçalves
A História das Mulheres no Ensino Adriana Minervina da Silva
de História: reflexões acerca de uma
educação para a igualdade de gênero Interseções entre distopias e realidade:
Priscila Cabral de Sousa (SECRETARIA DE ameaça aos direitos femininos em
EDUCAÇÃO - SEDUC) contextos autocráticos através da obra
“O Conto da Aia”
A mulher negra e o desafio de transpor Maria Clara de Oliveira Silva
estereótipos: um olhar interseccional e
decolonial sobre o Ensino de História Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Andreia Costa Souza (Prefeitura Municipal
de Conceição do Araguaia) (Re) Existindo no sertão goiano:
mulheres criminosas em Jatahy (1911-
O ensino de história e as relações de
1935)
gênero em sala de aula: apontamentos
Cleidiane Gonçalves França (Universidade
sobre os relatos de experiências do
Federal de Goiás)
PIBID. (2015-2016).
Leonara Lacerda Delfino (Universidade Mulheres pantaneiras: relações de
Estadual de Montes Claros) gênero, conjugalidades e parentalidades
Claudia Regina Nichnig (Universidade
Empoderamento e políticas públicas de
Federal da Grande dourados)
mulheres de reassentamentos rurais no

67
Fala sertaneja! Escuta e acolhimento na “O fruto de amores ilícitos”: O crime de
pesquisa e na produção audiovisual em infanticídio na contramão do mito do
história amor materno (Alto Sertão da Bahia,
Ana Maria Veiga (UFPB 1890-1945)
Mileia Santos Almeida (SEC BA)
De uma existência multifacetada, entre
a diferença e a exclusão: a vida de uma O estupro como arma de guerra: uma
mulher infame em Olivedos-PB análise a partir da violência sexual
Rozeane Porto Diniz (Colégio Municipal praticada pelo ISIS contra as Yazidis de
Monsenhor Stanislaw) 2014 à 2017
Carolina Pereira Acypreste (UNIMONTES -
Escuta as nossas histórias: entre
Universidade Estadual de Montes Claros)
lágrimas, sorrisos nos mulheres negras
Aline Cardoso Lima Casamento ou prisão? Uma decisão
crucial nos processos crimes de
Saberes e cotidiano: narrativas, trabalho
defloramento da capital Sergipana
e resistências das mulheres quilombolas
(1900-1930)
de Santa Rita de Barreira/PA
Jôycimara Ferreira Barreto (Colégio
Ana Célia Barbosa Guedes (INSTITUTO
Integrado AGES)
FEDERAL DE EDUCAÇÃO DO PARÁ (IFPA))
QUESTÕES JURÍDICAS E SOCIAIS: As
Mulheres Quilombolas de Conceição
consequências do rompimento dos laços
das Crioulas: protagonismo no combate
conjugais
a violência doméstica a partir da luta
Fernanda de Souza Lima (Universidade do
social
Estado da Bahia)
Maria Aparecida Mendes
Amor, casamento, divórcio e adultério:
Entre a norma e a transgressão: rastros
efeitos discursivos sobre a infidelidade
de feminismos no sertão baiano
feminina na cidade de Cuiabá
Vânia Nara Pereira Vasconcelos (UNEB)
ValeskaBassi de Souza (UFMT)
Mulheres sertanejas e suas vicissitudes:
Noivas “Sob encomenda”: A prática
vivências e cotidiano nas Jacobinas
de casamentos “por fotografia” entre
século XIX
imigrantes japoneses no Brasil (1960-
Raphael Rodrigues Vieira Filho
1970)
(Universidade do Estado da Bahia - UNEB)
Daniela Lumi Nascimento Watanabe
Memórias e histórias de vida de (COLÉGIO ESTADUAL ANTÔNIO BALBINO)
mulheres no sértão norte-mineiro na
As Mulheres Invisíveis na Arte
primeira metade do sec. XX
Renascentista
Cláudia de Jesus Maia (UNIMONTES)
Renata Lima Cremasco (Colégio Stella
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Maris)
“Os Romances Açucarados” da
Promoção de mulheres privadas de
Biblioteca das Moças em Paripiranga/BA
liberdade por meio do conhecimento:
Mariana Emanuelle Barreto de Gois
experiências literárias de remição em
(UniAGES), Vanessa Nascimento Souza
Mato Grosso
(Empreendimentos Educacionais AGES)
Ana Maria Marques (UFMT)

68
Pornochanchadapolítica: Reflexões Federal da Integração Latino-Americana
sobre Gênero, Sexualidade e Cinema (UNILA))
brasileiro na década de 1970
CEPAL- Fuentes para pensa a América
Fabiana Oliveira Leite (Secretaria de
Latina, da Pos-Guerra ao tempo
Estado da Educação de Minas Gerais)
presente: estudo de caso: Chile:
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 mercantilização e transnacionalização
da educação.
DARCY VARGAS, SARAH KUBITSCHEK E Vania Macarena Alvarado Saldivia
MARIA THEREZA GOULART: instituição, Darcy Ribeiro e a América Latina:
perpetuação e reapropriação do transnacionalidade, exílio e circulação
primeiro-damismo brasileiro de ideias
DayannyDeyse Leite Rodrigues (UFG - Adriane Aparecida Vidal Costa
Universidade Federal de Goiás) (Universidade Federal de Minas Gerais)
Histórias de vida de professoras Embates acadêmicos e debates públicos
violonistas nas universidades federais em torno das ditaduras militares do
no Brasil (1980-2018) Cone Sul
Simone LacorteRecôva (Universidade de Mariana Joffily (Universidade do Estado
Brasília) de Santa Catarina)
A trajetória de um lugar de memória
ST 036. Desafios e transformações na e consciência: a Casa Memoria José
América Latina: da constituição dos Domingo Cañas (Santiago-Chile)
Estados nacionais no século XIX aos Samantha VizQuadrat (UFF - Universidade
processos de abertura política no século Federal Fluminense)
XX
Lugares-testemunha: O passado vivo
Coordenação: Adriane Aparecida Vidal das ditaduras do Brasil e da Argentina
Costa (Universidade Federal de Minas na preservação dos edifícios da
Gerais), Carlos Alberto Sampaio Barbosa repressão
(Universidade Estadual Paulista/Assis) Elson Luiz Mattos Tavares da Silva
Localização: CCSA, BLOCO B, SALA B-01 (Universidade Federal de São Paulo
(UNIFESP))
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Cepal - fontes para pensar a América
Latina do pós guerra ao tempo presente: Para além de “Ariel”: o pensamento
o desenvolvimentismo no Peru de José Enrique Rodó por intermédio
Êça Pereira da Silva (UFT - Fundação de suas correspondências, escritos
Universidade Federal do Tocantins) políticos e atuação parlamentar (1902-
1914)
Cepal – fontes para pensar a América Marcos Alves de Souza (FCHS Unesp/
Latina, do pós-guerra ao tempo Campus de Franca)
presente: as 3 fases da teoria cepalina
nas páginas da Revista CEPAL. Honras fúnebres a Bolívar em Caracas
Tereza Maria Spyer Dulci (Universidade (1842): louvor e remorso nas disputas

69
pela memória do Libertador Transição interrompida, transição
Matheus Amilton Martins (UNICAMP - retomada: violência de Estado,
Universidade Estadual de Campinas) reparação e justiça de transição no
México
No pasan de gacetas: cultura impressa
Larissa JachetaRiberti (UFRN)
e dimensões da vida pública em El
Iniciador (1838-39) Direito à verdade na América Latina:
José Alves de Freitas Neto (UNICAMP - um estudo inicial sobre o repertório
Universidade Estadual de Campinas) de temas abordados nos relatórios de
comissões da verdade da Argentina,
A constituição da etnicidade dos povos
Brasil e Chile
ameríndios no processo de colonização
Paula Franco
e nas sociedades republicanas
Vagno Batista Ribeiro (UEG) Minha arma é uma câmera fotográfica:
Evandro Teixeira no Chile (1973)
Algodão entre cristais: a consolidação do
Carlos Alberto Sampaio Barbosa
Estado uruguaio após a Guerra Cisplatina
(Universidade Estadual Paulista/Assis)
Roberta Teixeira Gonçalves
América Latina em foco: o
“El sentimiento de lapatria y
monitoramento referente a política de
elsentimiento de America”: Monumento
Direitos Humanos no cone Sul durante
Dos de Mayo (1874) em Lima
os primeiros momentos do governo
Rafael Dias Scarelli
Carter (1977)
Interfaces do discurso revolucionário: Eduardo Rodrigues Martorano
gênero e internacionalismo nas páginas
Revolução na Nicarágua: a cobertura do
da revista Mujeres (1964-1966)
New York Times e política do governo
Lídia Maria de Abreu Generoso
Carter
(Universidade Federal de Ouro Preto)
Emmanuel Dos Santos
Ser mulher, artista e boliviana: Aspectos
A Construção de uma política externa
da trajetória de Marina Núñezdel Prado
independente nicaraguense e a
(1908-1995)
intervenção imperialista dos Estados
Giovanna PezzuolMazza (Serviço Social do
Unidos
Comércio)
César Augusto Ribeiro Filho (SEM)
Hora de nos enxergarmos: as
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
perspectivas de Marta Traba e Aracy
Amaral sobre arte e cultura na América
Latina, durante o Simpósio de Austin na Peronismo e antiperonismo na
década de 1970. Argentina do século XX: política, edição
Eustáquio Ornelas Cota Junior de livros e universidades
Caio Henrique Vicente Romero (USP)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Liderança e protagonismo
revolucionário em Cuba: um debate
Reexaminando a ditadura Duvalier
sobre Fidel Castro
à luz dos conceitos de fascismo e
Hélio Augusto de Souza Alves (UNESP -
bonapartismo
Universidade Estadual Paulista Júlio de
Everaldo de Oliveira Andrade (USP)

70
Mesquita Filho) O sagrado no Império Romano: uma
leitura da deusa Ísis e das suas várias
Jugar la carta de lasmasas: A política de
facetas na obra O Asno de Ouro, século
massas do MLN-Tupamaros e a guerrilha
II d.C.
simbólica (1968 – 1972)
Liliane Tereza Pessoa Cunha (Universidade
Carlos Eduardo Malaguti Camacho
Federal do Rio Grande do Norte)
(Universidade Federal de São Paulo)
Representações de guerra, religião e
soberania em Relevos Neoassírios
ST 037. Desafios para o estudo do
RuanKleberson Pereira da Silva (IFRN -
Mundo Antigo na produção nacional:
Instituto Federal de Educação, Ciência e
Temas, objetos e abordagens
Tecnologia do Rio Grande do Norte)
Coordenação:Kátia Maria Paim Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Pozzer (UFRGS), Helena Amália Papa
(Universidade Estadual de Montes Claros) Temporalidades, Metanarrativa e o
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 3-F Ensino de História Antiga no Brasil
Uiran Gebara da Silva (Universidade
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Federal Rural de Pernambuco)
As dissensões pela disputa da Ortodoxia Perspectivas históricas acerca
da Igreja na Antiguidade dos discursos sobre a ma’at n’As
George Augusto da Silva (SEDUC/GO) Lamentações de Kha-Kheper-Ré-Seneb
Victor Braga Gurgel (Universidade Federal
O espaço funerário no Egito Antigo: o
da Paraíba)
ambiente construído na tumba de Nakht
(c. 1401 - 1353 A.E.C.) Homero e a historiografia
Pedro Hugo Canto Núñez (Universidade contemporânea: autoridade sobre o
Federal do Rio Grande do Norte) passado e o mito das origens
Gustavo Junqueira Duarte Oliveira (PUC
A iconografia do Sarcófago de Alexandre
Campinas)
entre o clássico e o helenístico
Thiago do Amaral Biazotto (UNICAMP - Questionamentos sobre o Neolítico da
Universidade Estadual de Campinas) História que se ensina a partir de um
diálogo entre os sítios arqueológicos da
Emaranhamento cultural no espaço
Ásia Ocidental e das Terras Baixas da
funerário: análise de relevos do da
Amazônia
tumba principal de Komel-Shoqafa,
Lolita Guimarães Guerra (Faculdade de
Alexandria, séculos I-II d.C.
Formação de Professores da Universidade
Elian Jerônimo de Castro Junior (UFRN
do Estado do Rio de Janeiro)
- Universidade Federal do Rio Grande do
Norte) Conflitos em torno das apropriações
da Antiguidade Clássica no contexto da
O rei, os sacerdotes e os festivais:
ascensão da nova extrema-direita.
o templo de Ramessés III, em
José Ernesto Moura Knust (IFFluminense)
MedinetHabu, enquanto projeto de
memória Experimentando com as mentes
Arthur Rodrigues Fabrício (UFRN) passadas: o mundo antigo como um

71
laboratório para a Historiografia Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Cognitiva
Thales Moreira Maia Silva (UFJF) A Arte Assíria e as Relações de Poder –
um estudo de selos-cilindros
Certezas e crises na autoridade do Kátia Maria Paim Pozzer (UFRGS)
discurso historiográfico antigo e
contemporâneo História e Cultura da Alimentação:
Juliana Bastos Marques (UNIRIO) temas sobre as Antiguidades em
evidência na produção nacional
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Leandro Hecko (Universidade Federal de
Mato Grosso do Sul)
O uso retórico dos testamentos em Iseu:
a sucessão do oikos e o cuidado com a Fama e eleições na Roma
família Republicana: uma leitura do
Priscilla Gontijo Leite (Universidade CommentariolumPetitionis.
Federal da Paraíba) Ygor Klain Belchior (Universidade Estadual
de Feira de Santana)
A trágica consciência do eu: agir ético e
(re)conhecimento histórico no Édipo de As Cidades das Gálias na Perspectiva de
Sofoclliano. Ausônio (século IV d.C.)
Tito Barros Leal de Pontes Medeiros Anderson Leonardo Vaz Stein (UFES)
(Universidade Estadual Vale do Acaraú) Relações de Poder e afastamentos
As tradições greco-macedônicas em geográficos forçados na Antiguidade
xeque? As relações de poder no Exército Tardia: um estudo sobre os períodos de
de Alexandre III da Macedônia (séc. IV exílio de Gregório de Nissa (Séc. IV d.C.)
a.C.) por meio da análise da Vida de Helena Amália Papa (Universidade
Alexandre de Plutarco Estadual de Montes Claros)
Francisco Rocha Silva (UNINMONTES - MG) “An accurate and faithful guide”?
Tecendo a Teia Hereditária: O Imperador Considerações acerca do lugar de fala de
Augusto e a Elaboração de sua Família Amiano Marcelino
Imperial (Séculos I a.C. a II d.C.) Cynthia Alves de Oliveira (Universidade
Natália Frazão José (Pós-doutoranda) Federal do Estado do Rio de Janeiro
(UNIRIO))
As várias faces do Egito Antigo: o
passado em construção
Marcia Severina Vasques (UFRN) ST 038. Diálogos de saberes: as
possibilidades de construção de
As totalidades narrativas no canto VI conhecimento entre a universidade e a
da Eneida: uma análise da jornada de sala de aula
Eneias pelo Orco.
Matheus Breno Pinto da Câmara Coordenação:Alessandra Pedro
Cláudia Otávia: um estudo do elogio e (Unicamp), Plínio Ferreira Guimarães
da crítica presente nas fontes (Instituto Federal do Espírito Santo
Fábio Faversani (UFOP) campus Ibatiba)
Localização: CE, SALA B14

72
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 da Educação do Estado da Bahia)

Lugares da Cidade que Contam Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00


sua História: O Território e as (Re)
Siginificações Construídas pelos Aprendizagem histórica no contexto
Estudantes. do projeto “É plausível ou não é?”:
Marciane de Souza (IFRO - Instituto resultados de interlocuções entre a rede
Federal de Educação Ciência e Tecnologia pública municipal e o LAPEDUH-UFPR
de Rondônia) Andressa Garcia Pinheiro de Oliveira (Rede
Municipal de Educação de Curitiba)
Quando as rédeas escapam: Um diálogo
com Agnes Heller sobre a História do A Educação Histórica no contexto
Cotidiano da Olimpíada Nacional em História
Tânia Mara Rezende Machado (UFAC) do Brasil, como ambiente digital de
aprendizagem ativa e colaborativa
História, literatura e ensino de história: , espaço de formação docente e de
a escravidão em Maria Firmina dos Reis divulgação de conhecimento histórico.
Martha Rebelatto (IFMG - Campus Betim) André Vinícius Bezerra Magalhães
A Didática da História e formação de (Secretaria de Educação Básica do Estado
professores: debate na perspectiva da do Ceará)
Educação Histórica Curso de Formação Continuada da
Ana Claudia Urban (UFPR/Setor de Olimpíada Nacional em História do
Educação) Brasil: uma proposta para a ampliação
Ciência, tecnologia e sociedade: quando do conhecimento em sala de aula
a controvérsia científica vira tema de Alessandra Pedro (Unicamp)
aula As Novas Tecnologias e o Ensino de
Livia Maria Botin História: uma investigação realizada em
A (re)construção dos saberes históricos quatro escolas na cidade de Alagoinhas/
na cultura escolar Ba no ano de 2016
Gláucia Lilian Portela Nunes (SEC-BA) Marilécia Oliveira Santos (UNEB - Campus
II)
A História do Campus de Piúma - Um
breve olhar Seminário de Ensino de História
Claudia da Silva Ferreira (Instituto Federal das Escolas Públicas da Grande
do Espírito Santo) Florianópolis: um espaço de diálogo
entre os saberes acadêmicos e os
Entre a praça e o teatro: o ensino de saberes escolares.
história local a partir do patrimônio FabiollaFalconi Vieira (Secretaria de
histórico em Timbaúba/PE Estado da Educação)
Cláudio Roberto de Souza (Colégio Militar
do Recife) O projeto “Vida tropeira e outras
histórias” e a possibilidade do seu uso
A Experiência do Ensino de História em sala de aula
na Educação básica e a História Local: Plínio Ferreira Guimarães (Instituto
desafios e possibilidades Federal do Espírito Santo campus Ibatiba)
Vitória Régia Ferreira da Silva (Secretaria

73
Percepções acerca da memória e compartilhados
tropeira em Ibatiba (ES) e as Simone Aparecida Pinheiro de Almeida
possibilidades de seu uso no processo (SEED/PR)
de ensino-aprendizagem no campo das
A pesquisa didático-histórica: reflexões
Humanidades
sobre a experiência docente e
Elaine Cristina Silva Guimarães (IFES -
conhecimento didático da História
Instituto Federal de Educação, Ciência e
Emanuel Lopes de Souza Oliveira
Tecnologia do Espírito Santo)
(Prefeitura Municipal do Jaboatão dos
Ensino de História e o Letramento Guararapes)
Histórico-Digital
O professor de História em tempos de
Danilo Alves da Silva (SEE-PB)
“Ciências Humanas e sociais aplicadas”
“Educados no trabalho para o Sandra Regina Mendes (Universidade do
trabalho”: trajetória dos alunos do Estado da Bahia)
Instituto Paraense de Educandos
Prática docente e a formação do
Artífices (1872-1912)
professor de História: contribuições
Raíssa Cristina Ferreira Costa (UFPA -
e experiências de uma pesquisa em
Universidade Federal do Pará)
ensino de História.
“QUAL HISTÓRIA ENSINAR?”: embates Daniel Luiz Sousa de Lima (Secretária
em torno de paradigmas curriculares de Educação e Cultura do Rio Grande do
Fabiana Rodrigues de Almeida (UFJF - Norte)
Universidade Federal de Juiz de Fora)
Tornando-se professor de História:
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 travessias e descaminhos na formação
inicial.
Saberes docentes do professor de Valter Guimarães Soares (Universidade
história mobilizados no cotidiano da Estadual de Feira de Santana)
sala de aula Narrativas da trajetória formativa de
JuliermeAntonio dos Santos (Secretária uma professora-formadora de Ensino
de Educação de Pernambuco) de História: ressignificando saberes
docentes, mobilizando a consciência
ST 039. Diálogos, experiências e histórica, revelando as imagens de si
práticas pedagógicas de uma disciplina Antonio Germano Magalhães Junior
sob suspeita: o ensino de História na (UECE - Universidade Estadual do Ceará),
atualidade Augusto Ridson de Araújo Miranda
(Secretaria de Educação- Ceará)
Coordenação: Lídia Baumgarten O cego e o Iluminismo: a aplicabilidade
(Universidade Federal de Alagoas) humanista de um conceito
Localização: CE, SALA B15 Mauro Marcos Farias da Conceição (IBC/RJ)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

Prática pedagógica no cotidiano do A História Local entre os Estudos


ensino de História: saberes construídos Sociais e a História enquanto disciplina

74
autônoma: ruptura ou continuidade? HISTÓRIA E CINEMA: A construção do
Nikita Mary Sukow (UFPR - Universidade racismo e suas variadas performances
Federal do Paraná) através da perspectiva cinematográfica
Jorge Luiz da Silva Alves
A inovação curricular do IFPR-
Jacarezinho e o protagonismo docente e Ensino de História na era digital:
discente no campo da História Experiências na construção de objetos
Rodolfo Fiorucci (IFPR/Jacarezinho) digitais de aprendizagem e produção
de conhecimento histórico escolar por
As relações de gênero e o uso de novas
estudantes dos anos finais do ensino
linguagens no ensino de História: o
fundamental
relato de uma experiência no ensino
Danilo Nogueira de Medeiros (Secretaria
médio na Escola Estadual Dra. Eunice de
de Estado da Educação e da Cultura - Rio
Lemos Campos
Grande do Norte)
Irene Batista Lima (SEDUC/AL/Escola
Estadual Dra. Eunice de Lemos Campos) O Contexto fronteiriço oiapoquense e o
Ensino de História
Diálogos com a Teoria de JörnRüsen: O
Andreia Martel Torres (Governo do Estado
ensino de História na sala de aula
doAmapá)
Thiago Rodrigues Frota (Instituto Dom
Barreto) História traumática do Brasil:
correlações entre as ideias expressas
Desafios Para a Formação de
na narrativa do manual didático e as de
Professores de História no Estado de
alunos de uma escola indígena
Alagoas à Luz de Sua Inserção no Campo
Rosi Terezinha Ferrarini Gevaerd
de Trabalho
(Faculdade São Braz)
Antonio Alves Bezerra (UNIVERSIDADE
FEDERAL DE ALAGOAS) O currículo de História nos Institutos
Federais: espaço de atuação docente e
Eu, professor? As emoções do
de produção de sentidos
licenciando em História despertadas
Isabel Cristina Hentz (Instituto Federal
em sua primeira experiência como
Catarinense - Câmpus Luzerna)
estagiário de uma escola pública no
interior da Amazônia A Historicidade em Paulo Freire: A
Jaqueline Ferreira da Mota (Secretaria de História de Vida como ferramenta para o
Estado de Educação do Pará) Ensino de História
Rodrigo de Oliveira Soares (Instituto
A construção do ensino de História na
Federal de Goiás)
escola básica: caminhos e descaminhos
das práticas de ensino Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Jannaiara Barros Cavalcante (UFPE)
Cidadania no Brasil Republicano:
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
produção de sentidos para o ensino de
História no CAp UERJ
O Uso da Poesia no Ensino de História
Vivian Cristina da Silva Zampa
do Brasil: uma proposta
(Universidade Salgado de Oliveira e CAp-
Byron Anderson Costa Bastos (SEMED/
UERJ)
Nossa Senhora do Socorro-SE e SEDUC-SE)

75
Ensino de história nos terceiros anos Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
de Ensino Médio: preparar para o
vestibular/ENEM? A religião da Humanidade: interações
Ana LiceBrancher (UFSC - Universidade entre a Igreja Positivista e o regime
Federal de Santa Catarina) varguista
João Otavio TomaziniFardin (UNESP -
O Uso de diversas linguagens nas aulas Universidade Estadual Paulista Júlio de
de história com o tema Capitalismo e Mesquita Filho)
Consumismo
Erica Mali Rosas Silva (Estado de Alagoas) Igreja católica e Governo Vargas:
relações não programadas
Estágio Supervisionado e a formação Marco AntonioBaldin (EE Mário Vieira
de professores-pesquisadores: uma Marcondes)
experiência a partir da História Regional
e/ou Local O novo interventor do Ceará e a LEC:
Anderson Dantas da Silva Brito (Prefeitura tensões e condições para as eleições de
Municipal de Monte Alegre) 1934.
Janilson Rodrigues Lima
AS ESQUINAS QUE ME ENCONTREI: um
encontro das memórias afetivas em “Não delegamos poderes a quem
Natal quer que seja”: Os sindicatos dos
Adriana Cristina da Silva Patrício trabalhadores de Manaus no contexto
(PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL), Keila do golpe do Estado Novo
Monique Marques Costa (SME) Pedro Marcos Mansour Andes (SEDUC e
SEC)
Um olhar sobre as Práticas Avaliativas
e a construção da Aprendizagem A rota para o Estado Novo – Política e
Significativa no Ensino de História Repressão nas cartas de Pedro Ernesto
Carolina Bitencourt Becker (Rede (1936-1937).
Municipal de Ensino da cidade de São Thiago Cavaliere Mourelle (Supervisor
Sepé/ RS) de Pesquisa (Arquivo Nacional) / Doutor
(UFF))
Base Nacional Curricular Comum:
Reflexões sobre o currículo de história Sou brasileiro de coração, ya está
Rosália Carrilho Dantas da Silva (SME argentino mi corazón: breve estudo das
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO cartas dos estrangeiros para Getúlio
NATAL) Vargas no Estado Novo e Juan Domingo
Perón no Primeiro Peronismo
Mayra Coan Lago (Universidade de São
ST 041. Dimensões do Regime Vargas e Paulo)
seus desdobramentos
Requerentes da Guerra do Paraguai
Coordenação: Thiago Cavaliere Mourelle (1864-1870) no Estado Novo (1937-1945)
(Arquivo Nacional), André Barbosa Fraga Maria Regina Santos de Souza (IFCE)
(UNIRIO - Universidade Federal do Estado A dimensão regional da política
do Rio de Janeiro) varguista: as relações político-
Localização: CE, ANFITEATRO E01 diplomáticas entre Brasil e Uruguai

76
durante o Estado Novo Daniel Alencar de Carvalho (Colégio
Rafael Nascimento Gomes (Universidade Canarinho Sapiens)
de Brasília)
Arte Brasileira nas exposições de arte
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 latino-americana no Riverside Museum
de Nova York, em 1939 e 1940
O lugar do arquivo, da biblioteca Renata Gomes Cardoso (UFES -
e da documentação na reforma Universidade Federal do Espírito Santo)
administrativa do Governo Vargas O trabalho doméstico dentro da
(1935-1945) legislação trabalhista da Era Vargas
Paulo Roberto Elian dos Santos (Fundação Bergman de Paula Pereira
Oswaldo Cruz)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Reverberações da Campanha
de Nacionalização do Ensino
Gestão da pobreza e o ordenamento
implementada pelo governo de Getúlio
social: o caso do Amazonas na
Vargas na Escola Pública de Itoupava
configuração histórica das políticas
Norte, Blumenau/SC
públicas de cariz social no pós-1930.
Anne Caroline Peixer Abreu Neves
Ana Lúcia Vieira (Universidade Federal do
(Secretaria da Educação do Estado de
Amazonas)
Santa Catarina)
Mato Grosso na Era Vargas (1937 –
Nacionalidade, brasilidade e (quebra
1945):caminhos migratórios e novas
da) ordem nos carnavais do Rio de
fronteiras
Janeiro durante o Estado Novo (1938 a
Carlos Edinei de Oliveira (Universidade do
1945)
Estado de Mato Grosso - Unemat)
Danilo Alves Bezerra (UESPI/Parnaíba)
Estado Novo: Retratos do comunismo e
A sétima arte no estímulo à formação de
do integralismo na imprensa capixaba.
pilotos militares: o filme O segredo das
(1937-1945)
asas, do INCE
Gabriela Loureiro Barcelos (SEDU)
André Barbosa Fraga (UNIRIO -
Universidade Federal do Estado do Rio de Educação e Trabalho: a educação
Janeiro) profissional na Interventoria de
Agamenon Magalhães em Pernambuco
A versão do diretor: Nelson Rockfeller
(1937-1945)
e a propaganda estadunidense nos
Aline Cristina Pereira De Araujo Ramos
cinemas brasileiros durante a II Guerra
(Instituto Federal de Educação, Ciência e
Ana Marília Menezes Carneiro (UFMG)
Tecnologia de Pernambuco)
A música, poder e micropoderes na Era
Entre o Caranguejo e os mariscos: o
Vargas
cotidiano dos pobres na cidade do
Kleiton de Araújo Santos (PREFEITURA
Recife em meio às políticas públicas de
MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA)
combate a pobreza durante o Estado
Monteiro Lobato e a ficção científica Novo (1937-1945)
do Indicador de Óleo e Gás do dr. F. B. Midian Tavares Correia (UFRPE)
Romero

77
Intervenção Econômica e Planejamento A emancipação econômica da mulher e
Estatal: as aproximações e os debates dos grupos feministas na Era
distanciamentos de Juracy Magalhães Vargas (1930-45)
em relação à política econômica do Yasmin Vianna Bragança (Colégio e Curso
Regime Vargas (1930-1954) pH)
Carlos Nássaro Araújo da Paixão (Instituto
Pauta das Mulheres em 1945: Luta pela
Federal de Educação Ciência e Tecnologia
Anistia e pela Democracia.
Baiano)
Zelia de Oliveira Gominho (Universidade
O afundamento de navios e os protestos de Pernambuco - Campus Garanhuns e
de rua no Brasil durante a Segunda Benfica (Recife))
Guerra Mundial: estrangeiros na mira da
O PROCESSO DE REDEMOCRATIZAÇÃO
imprensa.
DE 1945: Participação popular,
Luiz Antonio Belletti Rodrigues (Secretaria
cidadania e disputa política no Estado
de Educação de Juiz de Fora)
do Piauí
A interventoria de Ruy Carneiro (1940- Jackson Dantas de Macêdo
1945) e o patriotismo na Paraíba
“Gângsters da Caridade” Sistema
durante a Segunda Guerra Mundial
Político Subvencional brasileiro e a
Daviana Granjeiro da Silva (Governo do
manutenção de formação de clientela
estado da Paraíba)
eleitoral no período da experiência
Carestia em tempos de guerra: a democrática, 1946 a 1964.
experiência dos trabalhadores belo- Fabíola Amaral Tomé de Souza (UFRRJ
horizontinos durante a Segunda Guerra - Universidade Federal Rural do Rio de
Mundial. Janeiro)
Patrícia Costa de Alcântara (UFRRJ)
O Estado do Rio de Janeiro e as eleições
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 de 1958: a derrota do amaralismo e a
ascensão do trabalhismo
Um tribunal para tempos de crise: o Rafael Navarro Costa (UFRJ)
debate constitucional sobre a criação do
Tribunal de Segurança Nacional ST 042. Direitas, História e Memória
Raphael Peixoto de Paula Marques (IDP)
A Polícia Política e o Tribunal de Coordenação: AntonioGasparetto
Segurança Nacional: Continuidades e Júnior (IF Sudeste MG), Diogo Cunha
Rupturas na República (1932-1960). (Universidade Federal de Pernambuco)
Ricardo Augusto Dos Santos (Casa de Localização: CCSA , BLOCO B, SALA B-05,
Oswaldo Cruz)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Previdência Social, corporativismo e
cidadania regulada na Era Vargas (1930 Revolução Americana: Entre a
- 1945) Modernidade e o Conservadorismo
AndrejSlivnik (UNICAMP - Universidade Matheus de Souza Botelho Oliveira (UFG -
Estadual de Campinas) Universidade Federal de Goiás)

78
A invenção da Argentina: História de O REGIME CIVIL-MILITAR NO BRASIL
uma ideia. Uma análise da formação do (1964-1985): legitimações, consensos e
nacionalismo argentino, a luz da obra colaborações
de Nicolas Shumway Jucelio Regis da Costa (UECE -
Luiz Gustavo Bezerra de Melo (SINDICATO Universidade Estadual do Ceará)
DOS CONFERENTES PORTUARIOS)
A propaganda da Aerp na construção do
Imagens de Tiradentes antes de sua discurso da ditadura militar
apropriação como herói republicano Raphael Oliveira da Silva (Universidade
André Figueiredo Rodrigues (Universidade Federal Fluminense)
Estadual Paulista (UNESP))
As conferências de Miguel Reale na
O Pensamento Nacional-Autoritário e o Escola Superior de Guerra durante
Estado de Sítio na Primeira República: o regime militar: Direito, cultura e o
faces do governo de Arthur Bernardes “modelo político brasileiro”
(1922-1926). Diogo Cunha (Universidade Federal de
Antonio Gasparetto Júnior (IF Sudeste MG) Pernambuco)
O Estado Novo salazarista e a Política “Salve o povo Espiritosantense”: A
Educativa da Mocidade Portuguesa representação da Ditadura Militar na
Marcos Maurício Costa Freitas sociedade capixaba através do jornal A
Gazeta
Coronel Amerino Raposo: quando o medo
Davi Elias Rangel Santos (Secretaria
do esquecimento se traduz na obsessão
estadual de educação - ES)
pela imposição de uma narrativa
Priscila Carlos Brandão (UFMG - Beija-Flor, Jacu, ACM e Ditadura civil-
Universidade Federal de Minas Gerais) militar no município de Santo Antônio
de Jesus – BA (1964-1985)
Do fascismo italiano à Cruz Vermelha
Marcos Souza Batista
Russa: a trajetória do físico russo-
italiano GlebWataghin no Departamento “Um jornal do Cariri para a região”: o
de Física da FFCL-USP nos anos de 1940 ideal de juventude nas páginas do jornal
Luciana Vieira Souza da Silva católico cearense A Ação, na segunda
(Universidade de São Paulo) metade da década de 1960.
Maria Daise Felipe de Oliveira
Contra o Museu de Antropologia
Criminal “CesareLombroso”, em Turim, Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Itália: “corpos-troféus”, “vergonha in
vitro”, e “atavismo colonial” Memórias de um Conflito: Estudo
Marcello Messina (UFPB) Comparado da Presença da Segunda
Guerra Mundial na televisão dos Estados
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Unidos e Inglaterra (2001-2018)
Francisco Diemerson de Sousa Pereira
Disputas pelo sentido do direito num
(UFRJ - Universidade Federal do Rio de
contexto de crise: bacharéis baianos e o
Janeiro)
governo João Goulart
Marcia Costa Misi (UEFS - Universidade
Estadual de Feira de Santana)

79
Um brasileiro na Fifa: a presidência de Sob vigilância: os movimentos
João Havelange feministas brasileiros na visão dos
Livia Goncalves Magalhaes (Universidade órgãos de informação durante a
Federal Fluminense) ditadura (1970-1980)
Ana Rita Fonteles Duarte (Universidade
Enéas Carneiro em dois tempos: entre
Federal do Ceará)
o neofascismo, as “novas direitas” e a
direita radical Era difícil jurar amor eterno pois a
Odilon Caldeira Neto (Universidade vida podia terminar antes do amor. A
Federal de Santa Maria) trajetória de Vera Sílvia Magalhães e
José Roberto Spiegner na luta armada
“Sem viés ideológico”! - Uma análise
contra a ditadura civil-militar brasileira.
sobre a atuação política estudantil em
(1966-1970)
tempos de crise
HigorCodarin Nascimento (Universidade
Ariel Cherxes Batista (Colégio Adventista
Federal Fluminense)
de Vitória)
“Notas de um Subterrâneo”: gênero e
O Ensino Médio Brasileiro forjado sob
enclausuramento de presas políticas
a égide da tríade ultraconservadora: a
no Instituto Penal Talavera Bruce e no
contrarreforma, a BNCC e o Movimento
Presídio Tiradentes (1968-1979)
Escola sem Partido. Retrocessos
AyssaYamagutiNorek (PUC-RIO - Pontifícia
históricos na formação humana da
Universidade Católica do Rio de Janeiro)
juventude brasileira.
Denise Camargo Gomide (SEE/SP) As mobilizações do gênero nos discursos
da Escola Superior de Guerra sobre a
Disputa de narrativas e conflito político:
televisão na ditadura civil-militar (1964-
a prisão de Lula
1985)
Guilherme Gouvêa Soares Torres (Centro
Caio Brito Barreira
Educacional Oceano Atlântico)
A ditadura de segurança nacional e o
exílio na Argélia: considerações a partir
ST 043. Ditadura civil-militar no Brasil -
da memória de duas militantes
lutas e resistências
Débora StriederKreuz (UFRGS -
Universidade Federal do Rio Grande do
Coordenação: Ana Maria Colling (UFGD),
Sul)
Cristina Monteiro de Andrada Luna
(Universidade do Estado da Bahia (UNEB)) Sob o estigma da loucura: práticas psi
Localização: CCSA, BLOCO A, SALA A-07 e a militância política de mulheres no
Brasil dos anos 1970
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Marina Soares Oliveira (Universidade
Federal Rural do Rio de Janeiro)
As Mulheres no Exílio a Partir do Centro
de Informações do Exterior (CIEx) do Mulheres e ditadura: as construções
Brasil autobiográficas como lugar de
Eloisa Rosalen (UFSC - Universidade resistências
Federal de Santa Catarina) Tatianne Ellen Cavalcante Silva (UFPE -
Universidade Federal de Pernambuco)

80
A trajetória de Isabel Tavares da Cunha remédio contra o esquecimento?
e sua contribuição para a democracia, Mariluci Cardoso de Vargas (UFRGS)
feminismo e os Direitos Humanos no
O movimento feminino pela anistia na
Pará.
luta pela pacificação nacional
Rosinda da Silva Miranda (Universidade
Cristina Monteiro de Andrada Luna
Federal do Pará)
(Universidade do Estado da Bahia (UNEB))
Ginásio Estadual do Araguaia (GEA):
Um estudo sobre a construção
Resistencia e educação “diferenciada”
da memória acerca dos mortos e
no nordeste de Mato grosso de (1970-
desaparecidos políticos da Ditadura
1973)
Civil-Militar brasileira (1974-1985)
Nívia Alves Sales (INSTITUTO
Pedro Fernandes Russo
EDUCACIONAL SANTA CATARINA), Rodrigo
Lopes Alencar (SEDUC-MT) Memória e verdade camponesa:
resistência e luta pela terra em histórias
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
de vida de lideranças camponesas
Regina Coelly Fernandes Saraiva (UNB -
Padre José Comblin: Experiências, Universidade de Brasília)
memórias e Resistência de um Educador
na Ditadura civil-militar brasileira Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
João Batista Barbosa da Silva (Secretaria
de Estado da Educação/PB) Defender os Direitos Humanos e
denunciar a Ditadura no Brasil:
Justiça às vítimas de tortura da ditadura
perspectivas transnacionais da
militar e do presente – os testemunhos
militância política de brasileiros
às comissões da verdade e as políticas
exilados na Argélia (1965-1979)
públicas de prevenção e reparação
Fabio Lucas da Cruz (Instituto Federal do
Pedro Antonio Sarno Bomfim (UFRJ -
Paraná)
Universidade Federal do Rio de Janeiro)
A esquerda possibilista: a Revista
Memórias das ditaduras civis-militares e
Civilização Brasileira como espaço de
historiografia francesa sobre o Cone Sul
combate e resistência à ditadura civil-
(Brasil, Paraguai, Chile e Argentina)
militar brasileira
Janine Gomes da Silva (Universidade
Fabrício Augusto Souza Gomes
Federal de Santa Catarina)
Pena de morte e o Esquadrão Da Morte
História, Memória e Verdade: Histórias
nas páginas da Revista Veja (1968)
de vida e a Comissão Municipal da
Aline de Jesus Nascimento
Verdade de João Pessoa/Pb
Monique G. Cittadino (UFPB) Os Movimentos Socioeducacionais da
Década de 1960: Um estudo das lutas
DITADURA CIVIL-MILITAR NO SUL
emancipatórias e das ações repressivas
BAIANO (1964-1979): memórias em
no Rio Grande do Norte
disputa.
Roselia Cristina de Oliveira (SEEC /
Maíza Ferreira dos Santos
IBRAPES/UVA- RN)
O rastro impresso do testemunho
histórico da ditadura civil-militar,

81
As invasões de terras urbanas no 8 de Outubro (1972-1985)
noticiário brasileiro nos anos 1970: o Jefferson Godoy Athaydes (UNICAMP -
caso da imprensa capixaba. Universidade Estadual de Campinas)
Igor Vitorino da Silva (UFPR - Universidade
Os negros e a luta armada no Brasil:
Federal do Paraná)
seguindo os rastros da atuação do
A Maçonaria e a Ditadura Civil-Militar guerrilheiro Rosalindo Souza no
entre o nacional e o local: memórias Araguaia
maçônicas em tempos de chumbo. Janailson Macêdo Luiz (Universidade
Helton Anderson Xavier de Souza Federal do Sul e Sudeste do Pará)
Na raça pela democracia: a luta política OPONDO-SE AO “CHICOTE DO PADRE”:
dos jornais negros na ditadura (1977- A Resistência de militantes políticos
1987) à Ditadura Civil-Militar Em Feira de
Gabrielle Oliveira de Abreu (Programa de Santana-Ba (1964-1962)
Pós Graduação em História Comparada Diego Freitas Leite de Almeida (UEFS)
(PPGHC))
TV e ditadura: a Rede Globo e a
O olhar do Serviço Nacional de construção de sua imagem em Os dias
Informações-SNI, sobre o Movimento eram assim (2017)
negro no Rio de Janeiro (1968-1988) Carlos Eduardo Pinto de Pinto (UERJ)
Marize Conceição de Jesus (Secretaria de
Educação do Estado do Rio de Janeiro)
ST 044. Divulgação Científica de História
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 & História Pública

A Juventude Operária Católica e os Coordenação: Bruno Leal Pastor de


Grupos Revolucionários em Volta Carvalho (UNB - Universidade de Brasília),
Redonda (1962 -1971) Juniele Rabêlo de Almeida (UFF)
Márcio Goulart Coutinho (UFFRJ) Localização: CE, SALA D13
Justiça de transição no pós ditadura Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
militar-civil: questões para o tempo
presente História da formação fundiária do
Tásso Araújo Brito (UFC) bairro do Pari: um estudo de caso para
compreender a produção do espaço da
Ditadura civil militar no Mato Grosso do
capital paulista
Sul: resistência e apoio
Ana Maria Alves Barbour
Suzana Arakaki (UEMS)
A Propósito de um Museu Digital das
Ação Libertadora Nacional (ALN), em
Migraçãoes no Rio de Janeiro
Pernambuco sob a perspectiva de
Andréa Telo da Corte (Secretaria de Estado
Koselleck e Foucault - 1967 a 1973
de Educação do RJ)
Paulo Marcelo Medeiros de Albuquerque e
Mello (UFPE) Reflexões acerca da digitalização de
arquivos da ditadura civil-militar
Da luta pelas liberdades democráticas
brasileira
à frente ampla contra a ditadura: a
Bruno Grigoletti Laitano (UFRGS -
trajetória do Movimento Revolucionário

82
Universidade Federal do Rio Grande do Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sul)
Diálogos entre História Oral e História
Meninas na Ciência - UFRJ: Um Projeto Pública – refletindo sobre acervos de
de Divulgação Científica e História da História Oral
Ciência na Rede Social. Carla Simone Rodeghero (Universidade
Gabriella da Silva Mendes (UFRJ - Federal do Rio Grande do Sul)
Universidade Federal do Rio de Janeiro)
História oral e história pública: relações
Iniciar estudantes universitários a partir de folias de reis paulistas
na pesquisa sobre a morte e o Rafaela Sales Goulart (UNESP/Assis)
morrer: desafios, possibilidades e
potencialidades História pública entre desigualdades e
Mara Regina do Nascimento (Universidade resistências: Dos sujeitos coletivos aos
Federal de Uberlândia) repertórios narrativos em projetos de
história oral participativa
Reflexões sobre o Museu Villa-Lobos à Juniele Rabêlo de Almeida (UFF)
luz da história pública: sem fraude nem
favor Narrativas públicas da história do
Pedro Henrique Belchior Rodrigues Rio Grande do Sul: o que contam e
(Instituto Brasileiro de Museus) como contam as escolas de samba
fluminenses e paulistanas
Quando os objetos falam: a história por Fabricio Romani Gomes (Governo do RS e
meio de vestígios materiais. Prefeitura de Farroupilha)
Rogério Rosa Rodrigues (Universidade do
Estado de Santa Catarina - Udesc) “É porque o historiador já tem um
preparo para aquilo, eu me considero
O desafio da História Pública a partir um curioso.” Poderíamos considerar os
do Mestrado Profissional em Ensino de eventos de história local como agentes
História - ProfHistória: um espaço de de História Pública? Uma discussão em
inquietações aberto.
Raquel Cristina Coelho (Prefeitura Sandra Cristina Donner (FACCAT -
Municipal de Petrópolis) Faculdades Integradas de Taquara)
História pública e práticas para uma O Narrador de Clio e a imagem:
educação antirracista: Diálogos entre oralidade, memória e a produção do
filmes e livros didáticos à luz das leis audiovisual na pesquisa histórica
10639/03 e 11645/08 Claudia Moraes de Souza (UNIVERSIDADE
Patrícia Teixeira de Sá (Universidade FEDERAL DE SÃO PAULO)
Federal Fluminense), Rodrigo de
Almeida Ferreira (Universidade Federal “A história que a história não conta”:
Fluminense) Uma análise do enredo da escola de
samba Estação Primeira de Mangueira
O processo de digitalização do acervo para o carnaval de 2019
do Itamaraty e suas repercussões na Ynayan Lyra Souza (UNESP)
dimensão pública do conhecimento
histórico
Fernando Sousa Leite (MRE)

83
Conhecimento histórico do historiador e A rotina dos métodos, o consumo da
outros conhecimentos históricos história e a produção de revistas de
Bruno Flávio Lontra Fagundes divulgação histórica
(Universidade Estadual do Paraná - Fernando Perli (Universidade Federal da
(UNESPAR) - Campus de Cam) Grande Dourados)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Café História em números:
apontamentos sobre o alcance de um
A intelectualidade negra feminina por projeto de divulgação científica de
uma educação antirracista História
Geraldyne Mendonça de Souza (Governo Ana Paula Tavares Teixeira (Fundação
do Estado do Rio de Janeiro) Getulio Vargas)
Compartilhando a experiencia Rui Fakenews, Negacionismo e Recepção:
Barbosa a escrita da história e os embates pelo
Flávia Beatriz Ferreira de Nazareth passado nas redes sociais
(Universidade Estadual do Rio de Janeiro) Sônia Maria de Meneses Silva
(Universidade Regional do Cariri-URCA)
“A Amazônia precisa de você”: Mediação
intelectual em Arthur Cezar Ferreira Periódicos científicos e o desafio da
Reis divulgação nas redes sociais
Vinicius Alves do Amaral (Secretaria de Roberta Cardoso Cerqueira (Casa de
Estado de Educação do Rio de Janeiro) Oswaldo Cruz)
Viriato Corrêa e a “vulgarização” do Rainhas na internet: a desconstrução de
conhecimento histórico: um precursor estereótipos e sua abordagem junto ao
da História Pública na “República das público do blog “Rainhas Trágicas”
Letras” (1921-1934) Renato Drummond Tapioca Neto (Colégio
José Ricardo Oriá Fernandes (CÂMARA Estadual Lauro Farani Pedreira de Freitas)
DOS DEPUTADOS) Site História da Ditadura: possibilidades
Quanta história pública cabe na para professores e estudantes de
pesquisa biográfica? A vida, a música e a História
memória de Miriam Batucada Diego Knack (Secretaria Municipal de
Ricardo Santhiago (Universidade Estadual Educação da Cidade do Rio de Janeiro),
de Campinas) Paulo César Gomes (UFF - Universidade
Federal Fluminense)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Reparação de descasos no esporte:
O historiador-editor: o processo de Elizabeth Clara Mueller pioneira no
editoração de textos em projetos de atletismo nacional e José Sampaio
divulgação científica de história Guedes de Azevedo – “o recordista
Bruno Leal Pastor de Carvalho (UNB) nacional desconhecido”
Fabio Paride Pallotta (Universidade
Os livros de história da Coleção Sagrado Coração)
Biblioteca Básica Brasileira da Editora
da Universidade de Brasília
Ana Regina Luz Lacerda (BCE-UnB)

84
ST 045. Educação democrática e ensino A Lei, a Voz e a Ação: Políticas Públicas,
de história: reformas educacionais, Sociedade e o Ensino de História em
proposições pedagógicas, embates tempos de crise da democracia.
políticos, ameaças à liberdade de Mauricio Garcia Borsa dos Santos (UFRGS
ensinar e modos de resistência - Universidade Federal do Rio Grande do
Sul)
Coordenação: Fernando de Araujo Penna
Descolonize o seu olhar:
(Universidade Federal Fluminense),
Representações, cultura, identidade
Fernando Seffner (UFRGS)
étnico racial de estudantes negros em
Localização: CE, SALA L08
Salvador.
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Maria Rafaela Oliveira França de Sousa
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Ciência, arte e filosofia: as formas da
consciência histórica e o problema do
“Esse guri é daqueles que fala só
conhecimento escolar.
prá depois poder dizer que falou,
Alexandre Rodrigues de Frias Barbosa
ele nem sabe o que quer dizer isso”
(UFRJ)
Embates verbais em torno de gênero e
ENSINO DE HISTÓRIA EM CURSINHOS sexualidade em aulas de História
POPULARES: Um estudo sobre o Fernando Seffner (UFRGS)
currículo da Rede Emancipa SP
Gênero, ensino e currículo: cruzando
Cibele de Camargo Lima (Prefeitura do
caminhos entre a iniciação científica
Município de São Paulo)
e a prática pedagógica - uma análise
A “retomada da educação”: uma do projeto “Mulheres Inspiradoras” da
experiência de educação quilombola Rede Pública do Distrito Federal
no “Quilombo Nazaré” em Serrano do Thalita Coelho Dantes (Secretaria de
Maranhão/MA. Educação do Distrito Federal)
Maria da Conceição Pinheiro de Almeida
Ensino de História e as relações de
(Universidade Federal do Maranhão-
gênero e poder nas relações familiares
Campus de Pinheiro)
João Cândido Carvalho Marinho (Governo
Ocupar e Refletir: Ensino de História e a do Estado do Maranhão)
luta secundarista em 2015 em São Paulo
Lugar de gênero é na escola: em aulas
Leonardo Quinto (Colégio Pentágono)
de história e nas ciências humanas
Educação democrática e Ensino Josineide da Silva Bezerra (Colégio
Domiciliar: repensando a especificidade Agrícola Vidal de Negreiros), Maria
da socialização que ocorre no espaço Helena Cavalcanti Virgulino (Instituto de
escolar e no ensino de história Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba)
Fernando de Araujo Penna (Universidade
Os jovens e o Ensino de História –
Federal Fluminense)
reflexões sobre o PIBID História Unifesp
A Lei 10.639/03 e a luta permanente da Elaine Lourenço (Universidade Federal de
população negra pelo direito à educação São Paulo)
Kleber Rosa de Souza (Secretaria da
Educação do Estado da Bahia)

85
Escola Sem Partido (2004-2016) E Patricia Nogueira Silva (UNB -
Ditadura Civil Militar. (1964-1985): Um Universidade de Brasília)
estudo comparativo.
O cerco à educação democrática em
Rodrigo Sarruge Molina (Universidade
tempos de ódio, censura e escola sem
Federal do Maranhão)
partido
Políticas públicas para a memória e Vinícius França de Sene (USP -
para o ensino da ditadura militar em Universidade de São Paulo)
Pernambuco nos anos 1980
A Educação e o Ensino de História no
Raphael Henrique Roma Correia (Sec.
Brasil da “Nova Direita”.
Educação do Estado da Paraíba)
Amanda Segura (Secretária Municipal de
A ditadura civil-militar como trauma Educação)
histórico: o caso do espaço escolar
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
(1951-1988)
Caio Rodrigo Carvalho Lima (Universidade
História das mulheres, Relações
Federal do Rio Grande do Norte)
de gênero e Sexualidade na BNCC:
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Rebelando-se contra um ensino de
história que silencie as mulheres.
Antimarxismo e anticomunismo em Priscila Spindler Corrêa Nunes (Prefeitura
tempos de escola sem partido: a Municipal de Canoas)
atualidade histórica do fascismo
“A história que a escola não conta” ou
Helton Messini da Costa (UFF -
“O português nem pisava na África”:
Universidade Federal Fluminense)
revisionismos e reducionismos e seus
O Ensino de História e a ameaça do impactos na formação do conhecimento
Projeto de Lei Escola Sem Partido: histórico
fascistização do ambiente escolar e Alex Andrade Costa (UFBA - Universidade
interdição do debate crítico Federal da Bahia)
Márcio Henrique Baima Gomes (Governo
A História entre a ofensiva
do Estado do Maranhão)
neoconservadora e a contraofensiva
O Escola Sem Partido contra o país que democrática: debate entre professores
não está no retrato de História no contexto contemporâneo
Fernanda Pereira de Moura (SME-RJ) de polarização política
Mateus Pinho Bernardes (Sec Educação SC)
As relações de poder na sociedade
de controle: as representações do O lugar da História Escolar nos anos
autoritarismo no Projeto Escola Sem iniciais da Base Nacional Comum
Partido (PL 867/2015) Curricular
Vinicius Sales Barbosa (PREVE ENSINO Francislaine Soledade Carniel (USP -
FUNDAMENTAL LTDA - EPP) Universidade de São Paulo)
História, uma disciplina sob suspeita: A Base Nacional Curricular Comum e o
objetividade e imparcialidade em Ensino de História nas escolas públicas
tempos de Escola sem Partido e em de ensino médio em Natal/RN
outros tempos Débora Quezia Brito da Cunha

86
“A História que nos foi negada”: visões Aline Daiane Nunes Mascarenhas (UNEB)
sobre o passado em manifestações
Heteronormatividade e estigmatização
conservadoras virtuais
na cultura escolar do Amapá, de 1988 a
João Carlos Escosteguy Filho (IFRJ)
2018.
A construção curricular como base para Josean Ricardo de Souza e Silva (SEED)
formação política de professores de
A interdisciplinaridade no ensino de
História
História: relações possíveis entre a
Simone Dias Cerqueira de Oliveira
História e a Literatura
(Secretaria Municipal de Educação de
Simone Garcia Almeida (Universidade
Feira de Santana)
Federal do Amapá)
A narrativa como estratégia de
ST 046. Educação, Ensino e Pesquisa:
aprendizagem de História para alunos
Interdisciplinaridade, Transversalidade,
com síndrome de Down
Diversidade.
Vanessa Fronza (IFRO - Instituto Federal
de Educação Ciência e Tecnologia de
Coordenação: Maria Antonia Veiga Adrião
Rondônia)
(Universidade Estadual Vale do Acarau)
Localização: CE, SALA B10 Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00


A Prática como Componente Curricular
no curso de Licenciatura em História
Letramento visual e uso de imagens nas
do IFG: trajetórias para a construção de
aulas de história
uma identidade docente
Tuanny Dantas Lameirão (Prefeitura
Rafael Gonçalves Borges (Instituto Federal
Municipal de Japeri)
de Goiás)
Educação Infantil na Lei Federal
Crianças negras na “Terra da Caridade
10.639/03: indiferença a ser superada
e da Liberdade”: um estudo sobre a
Carla Santos Pinheiro (Prefeitura
inclusão de libertos nas escolas da
Municipal de Lauro de Freitas)
cidade de Santos no pós-abolição.
O Professor de História atuando no Sandra Regina Pereira Ramos (Prefeitura
Ensino Religioso: um diálogo possível de Santos)
entre Koselleck, Rüsen e Freire.
Estratégias didático-metodológicas
Marcelo Noriega Pires (Secretaria Estadual
utilizadas no ensino de História nos
de Educação do Rio Grande do Sul)
anos iniciais da educação básica, a
O Frevo Recurso Para o Ensino de questão da diversidade no currículo de
Educação Patrimônio na EJA História São José dos Pinhais.
Aurino Francisco Do Nascimento Junior Franciele Sabchuk (Prefeitura Municipal
(REDE MUNICIPAL DE ENSINO JABOATAO de São José dos Pinhais)
DOS GUARARAPES)
“Orfeu do Carnaval” (1959) e a Lei
TECNOLOGIA ASSISTIVA NO CURRÍCULO 10.639/2003: uma proposta para o Ensino
ESCOLAR: adaptação de material de História e Cultura Afro-brasileira
pedagógico no ensino de História. Antônio Barros de Aguiar

87
Produtivismo e reconhecimento na Regina Mendes de Araujo (IFNMG -
Academia: moeda de face única - Instituto Federal de Educação, Ciência e
consentir, resistir e silenciar Tecnologia do Norte de Minas Gerais)
Mauro Machado Vieira (UFU)
Sociedade de Ensino e Reabilitação Rosa
PIBID: Gênero, Diversidade, Ações Azul: memórias da Educação Especial
Afirmativas e Direitos Humanos nas em Sergipe (1979-1999)
aulas de história. Joelza de Oliveira Santos (UNIVERSIDADE
José do E. S. Dias Junior (Universidade FEDERAL DE SERGIPE), Walna Patrícia de
Federal do Pará) Oliveira Andrade (Secretaria Estadual de
Educação)
O ensino do universo do Carnaval e
festejos através da história do Carnaval “Políticas Educacionais, Ensino de
e festejos brasileiros como inclusão História e Pesquisa: Os Estágios na Era
social da Baixada Fluminense das Transições Paradigmáticas.”
Flávio Glória CaminadaSabrá (IFRJ - Maria Antonia Veiga Adrião (Universidade
Campus Belford Roxo) Estadual Vale do Acarau)
Ceará-Mirim de Madalena Antunes: A professora tem História: uma proposta
caminhos para o trabalho biográfico no metodológica de intersecção entre
Ensino de História letramento e ensino de História
IldegardeElouise Alves (SEEC/RN- Tatiana Amaral
PREFEITURA DE CEARÁ MIRIM)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Seleção social e “expulsão encoberta”
Do drama de estagiar à plenitude no sistema educacional latino-
da docência: o lugar do estágio americano: o discurso de Ferreiro e
supervisionado no ensino de história Teberosky em Psicogênese da língua
Moisés Pereira da Silva (Universidade escrita (1979)
Estadual de Goiás) Diego Benjamim Neves (PREFEITURA DE
SÃO PAULO)
Educação, História, Memória Individual
e Institucional e mais, Patrimônio Respeitando as Diferenças: A Sala de
Imaterial Recursos Multifuncionais como Espaço
Vanessa Dupheim Pinheiro (SME) de Construção de Materiais Didáticos de
História para Alunos Surdos
Direitos humanos e cidadania:
Ernesto Padovani Netto (Secretaria de
a importância de estudos
Estado de Educação)
interdisciplinaridade na educação
básica A profissionalização do magistério
Izabel Cristina Durli Menin, Tobias potiguar: as políticas públicas de
Spagnolo formação dos professores leigos na
década de 1970.
História e os diálogos possíveis com
Rodrigo Wantuir Alves de Araújo (UFRN
as áreas técnicas do Ensino Médio
- Universidade Federal do Rio Grande do
Integrado: a experiência de simulação
Norte)
de comitês da ONU no IFNM

88
Egito Antigo na Sala de Aula: Aspectos da população de trabalhadoras
Consciência Histórica e Educação para negras livres, libertas e africanas em
Diversidade Étnico-Racial Campinas, na segunda metade do
Fábio Afonso Frizzo de Moraes Lima século XIX (1876-1882)
(Universidade Federal do Triângulo Taina Aparecida Silva Santos (Assembleia
Mineiro) Legislativa do Estado de São Paulo)
O curso de história na cena “Quase da família”: serviço doméstico,
universitária: As disputas pela gênero e luta pelo reconhecimento de
autoridade entre o campo dos saberes direitos 1890-1950
históricos e o campo do ensino de Lúcia Helena Oliveira Silva (Universidade
história Estadual Paulista)
Lívia Caroline Santos Alves
Os trabalhadores negros em fotografias
O ProfHistória e formação continuada: 3x4: História do trabalho e Pós-abolição
na perspetiva do egresso da UFT/ em Pelotas-RS, 1933-1944
Araguaína-TO Aristeu Elisandro Machado Lopes (UFPel)
Isabella Cristina Aquino Carvalho (SEDUC)
“Quem se dançando pretende, precisa
“Lições com Cinema”: A CENP e as ter vocação”: raça, gênero e disputas
Perspectivas para o Cinema e o Ensino sociais em torno do maxixe
de História no Estado de São Paulo Juliana da Conceição Pereira (UFF -
(1993-1994) Universidade Federal Fluminense)
Claudio Eduardo da Silva (Colégio Hélio
Eu também tenho onde morar: por uma
de Souza)
perspectiva negra da luta de classe
Fábio Dantas Rocha (Instituto
ST 047. Emancipações e Pós-abolição: Singularidades)
sociabilidades, trabalho, racialização e
“Advogar interesses pela conquista do
memórias da escravidão e da liberdade
saber” : trabalho, instrução e liberdade
nas páginas de O Exemplo durante o
Coordenação: Juliano Custódio Sobrinho
pós-abolição
(Universidade Nove de Julho), Fernanda
Liana Severo Ribeiro
Oliveira da Silva (UFRRJ - Universidade
Federal Rural do Rio de Janeiro) Mãos negras em solo hostil: a invasão
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 206 de comunidades negras na Primeira
República em Mato Grosso
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Cristiane dos Santos Silva (UFMT)
Maternidade e escravidão: disputas, Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
agências e experiências
Marina Camilo Haack Sobre medos e expectativas: políticos,
intelectuais e a extinção do elemento
O privilégio da cor: administração
servil no Império (1866-1871)
pública, racialização e identidades
Aline Najara da Silva Gonçalves
brancas no Brasil escravista (1808-1850)
(UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO
Marcus Vinicius de Freitas Rosa (UFRGS)
DE JANEIRO)

89
Projetos de liberdade: tutelas e fugas no Tensões, resistências e disputas
pós-abolição em Pindamonhangaba/SP nas trajetórias de abolicionistas no
(1888-1892) Recôncavo Baiano (1870-1900)
Mateus Henrique Obristi Castilho Jacó dos Santos Souza (Prefeitura
Municipal da Cachoeira)
Cor, raça e racismo no Brasil: repensando
o passado escravista e suas apropriações Racialização e significados da
Regina Célia Lima Xavier (UFRGS) construção de gênero em recortes de
trajetórias. Mulheres escravizadas na
“Patrícios negros”: projetos de
posição de vítimas e rés.
instrução e identidades negras no Brasil
Bruna Letícia de Oliveira dos Santos
do século XX
Stephane Ramos da Costa TERRAS, PODER E CONQUISTA NO
SERTÃO DE MARACÁS: Joaquim Nagô,
Club 13 de Maio dos Homens Pretos:
um sujeito Atlântico. (1896-1954)
notas de pesquisa
Rafaella Gradil Peixoto Borges
Petrônio José Domingues (Universidade
Federal de Sergipe (UFS)) Dois cidadãos negros: a trajetória de pai
e filho no processo de emancipação e
“União dos descendentes da raça
pós-Abolição no Brasil.
Africana”: o associativismo em torno da
Helder Lameira de Lima (Colégio São Pio X)
Sociedade 13 de Maio de Curitiba (1880-
1910) São todos brasileiros, do interior
Pamela Beltramin Fabris fluminense, a velhice e a infância
conjugadas no sofrimento.” Migrações
“Êta mundo velho!”: Associativismo
negras, trabalho e trajetórias no Pós-
negro, cidadania e civilidade no clube
Abolição do Rio de Janeiro (1920-1950)
Mundo Velho em Sabará (1887-1910)
Carlos Eduardo C. da Costa (Universidade
Marlon Marcelo (Colégio Sistema)
Federal Rural do Rio de Janeiro)
Irmandade Nossa Senhora Do Rosário
Mano Eloy: Experiências Negras no Rio
Dos Homens Pretos e a Formação de
de Janeiro do pós-Abolição
Sociedades Recreativas em Laguna
Alessandra Tavares de Souza Pessanha
nas Primeiras décadas do Século XX:
Barbosa (UFRRJ)
Espaços de Socibilidade e Experiencias
Júlio César da Rosa (EEB Humberto Sessão 4 – 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Hermes Hoffmann)
História negra na imprensa negra História e mobilidade social negra: A
paulista (1924-37): para a luta família Monteiro Lopes, 150 anos.
antirracista e na busca da brasilidade Juarez Clementino Da Silva Junior
João Paulo Lopes (IFSULDEMINAS) João Cândido: O mestre sala dos mares
Álvaro Pereira do Nascimento (UFRRJ - IM)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Calisto e Bittencourt: famílias negras e o
A trajetória política de um liberto de pia pós-abolição sul-rio-grandense
na Província do Amazonas (1860-1870) Melina Kleinert Perussatto (UFFS - Campus
Tenner Inauhiny de Abreu (Universidade Chapecó)
do Estado do Amazonas)

90
Milton Gonçalves: Memorias historicas Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
de um ator afro-brasileiro
Elaine Pereira Rocha (University of the Currículos para o ensino de História:
West Indies) trajetória do tema em periódicos
acadêmicos brasileiros (1970-2018)
Objetos de memória da família Nadia Gaiofatto Gonçalves (UFPR)
Baptista da Silva: sociabilidade de
afrodescendentes no pós-abolição Adequação da BNCC às demandas da
porto-alegrense e a relação de memória diversidade e da diferença no currículo
entre seus descendentes. de História do ensino fundamental
Vitor da Silva Costa (UNISINOS - Rafael da Silva Saldanha (Secretaria
Universidade do Vale do Rio dos Sinos) Municipal de Educação de Belém)
La cabaña Del Tío Tom O currículo oficial para o ensino de
(UncleTom’sCabin), la esclavitud História no estado de São Paulo (2008-
atlántica y representaciones de La 2017)
negritud en la esfera pública en la Ciudad Karina Elizabeth Serrazes (CLARETIANO -
de México de mediados del siglo XIX CENTRO UNIVERSITÁRIO)
Celso Thomas Castilho O Bandeirante nos currículos escolares
(VanderbiltUniversity) Andressa da Silva Gonçalves
O protagonismo da atriz Léa Garcia, História ensinada, usos públicos da
uma dama negra do teatro e cinema história: a invenção do herói
(1952-1957) Miriam Bianca Amaral Ribeiro (UFG)
Júlio Cláudio da Silva (Universidade do
Estado do Amazonas) E se te contessem outra História?
Gênero e feminismo no ensino de
A presença do Catimbó nos periódicos História
do Recife nos inícios do século XX Marlia Aguiar Façanha (Seducce)
Anderson Antonio De Santana Justino
(UFRPE - Universidade Federal Rural de Memória, História e manipulação
Pernambuco) midiática
Cicero Anderson de Almeida Bezerra
MOVIMENTO SOCIAL QUILOMBOLA DO (PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA
ANDIRÁ (2005-2018): história e memória ALEGRE)
na fronteira amazonas/Pará.
João Marinho da Rocha (Universidade do Ensino escolar de História do Pará no
Estado do Amazonas) Oitocentos: história regional ensinada e
discurso narrativo.
Leonardo Castro Novo (Secretaria de
ST 048. Ensino de História e disputas Estado de Educação do Estado do Pará
pela memória (SEDUC/PA))
Coordenação: Renilson Rosa Ribeiro A construção do Estado-nação como
(Universidade Federal de Mato Grosso), destino manifesto nos livros didáticos
Mauro Cezar Coelho (Universidade Federal de História
do Pará) Renilson Rosa Ribeiro (Universidade
Localização: CE, SALA L04 Federal de Mato Grosso)

91
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 O ensino de história em tempos de
batalhas de narrativas
O Desfile da Mangueira, o Ensino de Grazyelle Reis dos Santos (Instituto
História e a História Pública Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Edilza Joana Oliveira Fontes (UFPA) da Bahia)
Lições de respeito e tolerância: a função Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
da História na Educação Básica
Taissa Cordeiro Bichara Narrativas sobre a regionalidade no
Narrativa da formação do Brasil nos Vale do Taquari (RS) na perspectiva da
processos de formação de professores Educação Histórica
de História – limites da formação para a CRISTIANO NICOLINI (UFSM)
Diversidade Imagens e memória do Contestado em
Mauro Cezar Coelho (Universidade Federal sala de aula
do Pará), Wilma de Nazaré Baía Coelho Gerson Luiz Buczenko (Colégio e
(UFPA) Faculdade CNEC - Campo Largo/PR.)
(In) Visibilidade dos Povos Indígenas Apontamentos sobre a consciência
nas Escolas Básica Frente à Lei nº histórica de jovens tocantinenses
11.645/2008. Norma Lúcia Silva (Universidade Federal
Radanes Aurélio Lima Vale (UFPA - do Triângulo Mineiro)
Universidade Federal do Pará)
A História Local e o desenvolvimento
A Lei nº 10.639/03 e a prática de ensino do pensamento histórico nos jovens do
de História em escolas da rede pública Ensino Médio
estadual de Florianópolis (2003-2018) Helena Rosa Moitinho (UESB -
Karla Andrezza Vieira Vargas (Governo do Universidade Estadual do Sudoeste
Estado de Santa Catarina) da Bahia), Maria Cristina Dantas Pina
Escrevivências de Carolina Maria de (Universidade Estadual do Sudoeste da
Jesus: o enlace entre o conhecimento Bahia)
histórico e a Literatura Afro-brasileira O ATO DE AVALIAR NAS AULAS DE
Janaina Rodrigues Pitas (SEDUC-MT) HISTÓRIA DO ENSINO FUNDAMENTAL
A disputa de memória e história nas E OS DESDOBRAMENTOS NA AÇÃO DE
representações cinematográficas no APRENDER: reflexões sobre os usos da
tempo presente e o ensino de história memória no cotidiano de crianças e
Cristal Guerra Donatti (Universidade adolescentes
Federal de São Paulo) Juliana Alves de Andrade (Universidade
Federal Rural de Pernambuco)
Memórias sobre a Ditadura em disputa:a
História Oral na sala de aula e a Didática da história e suas implicações
natureza do conhecimento histórico para a aprendizagem das ideias de
Gustavo Henrique Barbosa (Instituto segunda ordem
Federal do Pará) Edinalva Padre Aguiar (Universidade
Estadual do Sudoeste da Bahia),
IzisPollyanna Teixeira Dias de Freitas
(Colégio Estadual Luís Prisco Viana)

92
Uma análise sobre o ensino de História O Tempo Histórico no Ensino de
no contexto de criação e expansão do História: Um estudo de caso no Ensino
IFMG Fundamental.
Júlio César de Souza (Instituto Federal de Arnaldo Martin Szlachta Junior
Minas Gerais) (Universdade Estadual de Maringá)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 O ensino de História e suas memórias
Jocyleia Santana dos Santos
Ensinar História como se faz História: (UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS)
experiências formativas e produção de As experiências do cotidiano campesino
materiais didáticos no semiárido nordestino e o ensino de
Juliana Teixeira Souza (UFRN), Margarida História
Maria Dias De Oliveira (UFRN) Felipe Pedro Leite de Aragão (Escola Mun.
Profhistória: possibilidade de Anchieta Torres e Escola Est. Ernesto S.
articulação entre ciência, ensino e Leite)
história pública
Márcia Elisa Teté Ramos (Universidade ST 052. Estado Ampliado: Agentes,
Estadual de Maringá) Agências e Redes de Poder (Séculos XIX,
Narrativa escolar, acadêmica e XX E XXI)
profissional: perfil identitário de
professores-estudantes de uma terceira Coordenação: Sonia Regina de Mendonça
turma do Mestrado Profissional em (UFF), Antônio Cláudio Barbosa Rabello
Ensino de História da UFSC (2019) (Universidade Federal de Rondônia)
Luciano de Azambuja (IFSC - Instituto Localização: CCSA, BLOCO C, SALA C-02
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
de Santa Catarina)
A Pesquisa em Ensino de História no Engenharia e Política: os debates
Contexto da Formação de Professores: ferroviários no Clube de Engenharia e a
Reflexões a partir das Experiências do organização econômica e social do Rio
Profhistória. de Janeiro
Mônica Martins da Silva (UFSC) Fernanda Barbosa dos Reis Rodrigues
(Museu de Astronomia e Ciências Afins)
Formação de professores na Educação
do Campo de Roraima: reflexões a partir Entrelaçamentos entre raça e classe no
do ensino de História Rio de Janeiro: organização da classe
Alessandra Rufino Santos (UFRR - trabalhadora negra e capitalismo
Universidade Federal de Roraima) dependente (1906 - 1940).
Camila Pizzolotto Alves das Chagas (UFF)
ENSINO DE HISTÓRIA E EDUCAÇÃO
HISTÓRICA: Relações da formação Racismo e supremacia como forma de
continuada no Estado do Paraná hegemonia: diálogos entre gramsci
Sueli de Fátima Dias (UEL - Universidade e a crítica da questão racial em uma
Estadual de Londrina) perspectiva historiográfica
Marcelo Henrique Bezerra Ramos
(Universidade Federal Fluminense)

93
O Rotary Club e a hegemonia no Fundações empresariais e
tratamento de problemas urbanos neoliberalismo no Brasil: a Fundação
(Porto Alegre, 1928-1937) Bradesco.
Cleandro Henrique Krause (IPPUR), Ian Kisil Marino (UNICAMP - Universidade
FaniaFridman (UFRJ - Universidade Estadual de Campinas)
Federal do Rio de Janeiro)
História e Historiografia das
Economia Doméstica e Imperialismo no Organizações Políticas do Agronegócio
Brasil (1952-1969) Argentino.
Camila Fernandes Pinheiro (Universidade Afonso Henrique de Menezes Fernandes
Federal Fluminense) (PPGH UFF)
A relação entre Educação Rural e A Abag e a Ampliação do Estado no
a Expansão Capitalista no Campo Brasil
Brasileiro: O modelo de educação dos Sonia Regina de Mendonça (UFF)
Clubes Agrícolas Escolares e dos Clubes
Usina Hidrelétrica de Itumbiara: entre
4-S (1942-1980)
anúncios de progresso e frustração de
Nathalia dos Santos Nicolau (Universidade
expectativas na fronteira Sul Goiano
Federal Fluminense)
-Triângulo Mineiro (1974-2018)
O Instituto de Pesquisas e Estudos Yangley Adriano Marinho (Instituto Federal
Sociais (IPES) no Estado restrito (1964- de Educação, Ciência e Tecnologia de
1967) Goiás (IFG))
Elaine de Almeida Bortone
ESTADO AMPLIADO E FORMAÇÃO
Olhares de um moderno Brasil agrário, PROFISSIONAL NO CAMPO: a
ou A saga da soja nipo-brasileira (1964 Confederação Nacional de Agricultura e
a 1979) Pecuária (CNA) e o Serviço Nacional de
Júlio Ernesto Souza de Oliveira (UFBA) Aprendizagem Rural (SENAR) (1991-
2013)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Rita de Cássia Gomes Nascimento (IFMA)
Irrigação no Brasil: Estado, empresários Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
nacionais e estrangeiros (1964-1991)
Mário Martins Viana Júnior A Campanha Nacional pelo Direito à
(UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ) Educação no Brasil: o trabalho político e
pedagógico do empresariado
Do IBDF ao IBAMA: do desenvolvimento
Renata SpadettiTuão (PREFEITURA
da Floresta à defesa do meio ambiente.
MUNICIPAL DE DUQUE DE CAXIAS)
Antônio Cláudio Barbosa Rabello
(Universidade Federal de Rondônia) Confederação Nacional da Indústria e
o projeto pedagógico para a formação
A FUNDAÇÃO ROBERTO MARINHO E
da classe trabalhadora: uma análise
A TELE-EDUCAÇÃO NO BRASIL: uma
dos anos de governo do Partido dos
análise da formação de jovens e adultos
Trabalhadores (2003-2016)
à luz da pedagogia das competências
Barbara Silva Evangelista (CENTRO
Amanda Rodrigues (Prefeitura da Cidade
EDUCACIONAL ARAGAO TORQUATO)
de Nova Iguaçu)

94
O projeto político pedagógico da Nova Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Direita no Brasil: Uma análise a partir do
Movimento Brasil Livre (MBL) Lituma nos Andes, de Mario Vargas Llosa
Sara Rodrigues Monteiro e o Labirinto Latino-Americano
Sulivan Charles Barros (UFG -
O empreendedorismo nas escolas: Universidade Federal de Goiás)
uma investida do empresariamento da
educação Notas sobre as dinâmicas dos sistemas
Ramon Mendes da Costa Magalhães de governo de Brasil e México nos anos
(Prefeitura de Duque de Caxias) 1990
Ricardo Neves Streich
ESTADO, SOCIEDADE CIVIL E EDUCAÇÃO:
A atuação do Movimento Brasil Argentina, Brasil e Cultura Política:
Competitivo na contrarreforma da a democracia e a Venezuela sob a
educação básica no século XXI perspectiva dos governos Mauricio
Fabrício Fonseca da Silva (Secretaria Macri e Michel Temer (2015-2018)
Estado de Educação do Rio de Janeiro- Bruno Natan Lima (Universidade Estadual
SEEDUC) de Londrina)
A EDUCAÇÃO INTEGRAL E O Revoluções e o socialismo do século XXI:
EMPRESARIADO: o caso da Parceiros da uma comparação dos projetos políticos
Educação (2009-2013) das esquerdas sul-americanas entre
Regis Argüelles da Costa (Universidade 2004 e 2013
Federal Fluminense) Rafael Pinheiro de Araujo (UERJ -
Universidade do Estado do Rio de Janeiro)
Uma análise sobre o Escola Sem Partido:
uma frente de ação ideológica da Golpes de Estado e democracia na
ofensiva liberal-ultraconservadora na Venezuela contemporânea
educação no Brasil Eduardo Scheidt (Universidade do Estado
Luiza Rabelo Colombo do Rio de Janeiro)
As frentes burguesas de atuação na Construindo a Guerra à Pobreza norte-
educação no século XXI americana: intelectuais e movimentos
Rodrigo de Azevedo Cruz Lamosa sociais
(Universidade Federal Rural do Rio de Barbara Maria de Albuquerque Mitchell
Janeiro (UFRRJ)) (UFRJ)
A implantação de políticas neoliberais
ST 053. Estado, democracia e no brasil nos anos 1990: as
movimentos sociais no mundo consequências para as universidades e o
contemporâneo movimento estudantil
Natalia Pires Oliveira (UEL - Universidade
Coordenação: Eduardo Scheidt Estadual de Londrina)
(Universidade do Estado do Rio de
Janeiro), Rafael Pinheiro de Araujo (UERJ -
Universidade do Estado do Rio de Janeiro)
Localização: CCSA, Bloco B, SALA B-07

95
Sessão 3 – 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Elizabet Soares de Souza Remigio (Colégio
e Curso Gênesis)
Constituição Cidadã: memória e
esquecimento da Constituinte de 1987- Catolicismo e leitura sobre a vida: os
1988. livros do Movimento de Educação de
Uilma Maíra Queiroz Silva Base (1961-1966)
Sara Oliveira Farias (UNEB)
Resistência, revolução e democracia: o
debate sobre a luta armada na esquerda Famílias nos seringais: Mulheres que
brasileira (1969-1985). trabalharam em áreas de seringais após
Jean Sales (DHE-IM-UFRRJ) a Segunda Guerra Mundial
Agda Lima Brito (PPGHS-UERJ)
Redemocratização e Expectativa:
articulação política das associações de Sessão 4 – 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
moradores da periferia do recife (1979-
1988) Coletivos de arte: cidade, produção
Geane Bezerra Cavalcanti (Secretária de artística e educação
Educação da Paraíba) Marta Regina Da Silva Amorim
(PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO DO
“Satanás não prega mais quaresma NORTE)
no Brasil”: o apoio de setores civis à
ditadura civil-militar de 1964-1985 em “Nós, desgarrados e tocados pela fome
Ilhéus: notas de uma pesquisa e pela falta de terra para plantar, pois
Luiz Henrique dos Santos Blume (UESC - emprego não existe, ocupamos estas
Universidade Estadual de Santa Cruz) terras.”: fontes, narrativas e memórias
do Engenho Ubú (Pernambuco, 1994-
Os cinejornais da Agência Nacional e a 1996)
cultura visual autoritária na ditadura Samuel Carvalheira de Maupeou
civil-militar brasileira (1964-1979) (Universidade Estadual do Ceará-UECE)
Tatyana de Amaral Maia (PUC-RS)
Movimentos sociais, pluralismo
As lutas pela terra e os movimentos jurídico comunitário-participativo e a
sociais agrários no pré-1964: reflexões democracia brasileira
e notas de pesquisa acerca da trajetória Débora Vogel da Silveira Dutra (EEB
do Movimento dos Agricultores Sem Coronel Lara Ribas)
Terra do Rio Grande do Sul (1960-1964)
Alessandra Gasparotto (UFPel) Movimento Quilombola em Santa
Catarina e o acesso a políticas públicas
A fé para resistência e liberdade: o Lidiane Taffarel (Cresol)
movimento pela libertação dos presos
do Araguaia POLÍTICAS AFIMRATIVAS NAS
Marcos Alexandre Araújo Ribeiro UNIVERSIDADES FEDERAIS: cotas
(UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARA) raciais é um direito da população
afrodescendente
“Se você vier me perguntar por Josefa Neves Rodrigues (PUCSP -
onde andei, no tempo em que você Pontifícia Universidade Católica de São
sonhava...” O retorno de Arraes e o Paulo)
processo de Redemocratização no Brasil.

96
Apartheid na Palestina? Questões Gênero na Biblioteconomia: Região
práticas e teóricas em uma pesquisa Centro-Oeste(1962-2018) –
comparada incipiente EsdraBasilio (Universidade Federal de
Fábio BacilaSahd (UFMA - Universidade Goiás)
Federal do Maranhão)
Literatura best-sellers escrita por
mulheres para mulheres: mudanças
ST 054. Feminismos contemporâneos: e permanências discursivas
Pensamentos, lutas, trajetórias e contemporâneas
memórias Ana Carolina Eiras Coelho Soares (UFG)
Meu corpo, meu post, minha luta:
Coordenação: Gabriela Miranda Marques
ativismo de aceitação corporal e
(Universidade do Estado de Santa
feminismo(s) em rede
Catarina), Ana Carolina Eiras Coelho
Alômia Abrantes da Silva (UEPB)
Soares (UFG)
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 1-G Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00


O Movimento de Liberação da Mulher e a
Imprensa Feminista na França nos anos
As liberdades e suas imprecisões: a
de 1970
luta feminina pela alforria dos seus
Natania Aparecida da Silva Nogueira
familiares no Recife no fim do século XIX
(Secretaria Municipal de Educação de
(1871-1888).
Leopoldina)
Mayra Caroline da Silva Medeiros (UFPE -
Universidade Federal de Pernambuco) A Ditadura Militar no Brasil: mulheres,
seu corpo e a repressão
Vereadoras e antifeminismos na
Ana Maria Colling (UFGD)
década de 1970 no município de Amélia
Rodrigues/BA “Ele não deixava ela sair”: questões de
Brena Oliveira Pinto gênero na fundação dos Unidos da Tijuca
Renata Bulcão Lassance Campos (Instituto
Feminismos em disputa: A União das
Pretos Novos)
Mulheres Cearenses (1979-1985).
Sarah Pinho da Silva “O dia mais feliz de minha vida”, a
chegada da primeira magistrada no
EM BUSCA DE UM TETO TODO SEU:
Tribunal de Justiça de Pernambuco: um
Memórias sobre a invasão das mulheres
estudo sobre a igualdade de gênero,
à Casa do Estudante Universitário (CEU)
ocupação feminina e poder.
na década de 1980.
Vanda Lúcia Vieira da Silva (TRIBUNAL DE
Fabiana Pinheiro da Costa (UFRGS -
JUSTIÇA DE PERNAMBUCO)
Universidade Federal do Rio Grande do
Sul) Feminismo Negro, História e Memória:
A multiplicidade das Narrativas e
Os feminismos nas páginas da seção
Trajetórias, nos anos 80 e 90, de Lélia
Sociedade Cultura Em: Desabapho:
Gonzalez a Sueli Carneiro
jornal A Tribuna, Rondonópolis, MT.
Suelen Girotte do Prado (Prefeitura Do
(1981-1983)
Município de São Paulo)
Ana Gonçalves Sousa

97
Pretas e acadêmicas: Quilombismo e Fórum Municipal dos Direitos da Mulher
reexistência feminina nos coletivos de Duque de Caxias/RJ: história, lutas e
negros da UFJF resistência
Giovana de Carvalho Castro (Prefeitura de Ebe Campinha dos Santos (UFF -
Juiz de Fora) Universidade Federal Fluminense), Ivanete
Conceição da Silva (SEEDUC), Luciene
Movimento Feminista em Teresina no
Medeiros (Pontifícia Universidade Católica
final do século XX
do Rio de Janeiro (PUC-Rio))
Nalva Maria Rodrigues de Sousa (Instituto
Federal do Piauí-IFPI)
ST 055. Feminismos, Relações de
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Gênero, Narrativas e Políticas Públicas
Feminismos em contextos rurais:
Coordenação: Alcileide Cabral do
reflexões a partir das mobilizações de
Nascimento (Universidade Federal
mulheres trabalhadoras rurais sem
Rural de Pernambuco), Andréa Bandeira
terra em uma perspectiva decolonial
(Universidade de Pernambuco-UPE/
Flávia Pereira Machado (Instituto Federal
Universidade da Bahia-UFBA)
de Goiás)
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 1-H
Vida comunitária e laços de
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
sociabilidade: Dona Santa em
perspectiva
Escolarização, Leitura e
Mariana Alcântara Ferreira (PUCSP -
Profissionalização: a construção de uma
Pontifícia Universidade Católica de São
intelectualidade feminina no Recife de
Paulo)
1900
História e Diálogos de Mulheres Simples, Gilvânia Cândida da Silva
das Área Rural e Urbana no Estado de
UM RECIFE PARA UMA EDUCAÇÃO
Rondônia.
NÃO-SEXISTA: uma história real de
Lilian Maria Moser (Universidade Federal
políticas públicas de gênero para o
de Rondônia - UFRO)
enfrentamento da violência contra as
Rosa, Margarida e Dália: Oralidade, mulheres (2001-2004)
apadrinhamento de trabalho doméstico Andréa Bandeira (Universidade de
no município de Cáceres/MT (1960- Pernambuco-UPE/Universidade da Bahia-
2000) UFBA)
Karina Oliveira Brito (IFMT)
As relações de gênero enquanto critério
O tráfico de mulheres na perspectiva avaliativo na seleção de livros didáticos
das redatoras do periódico anarquista de História: uma proposta analítica
La Voz de laMujer. (Buenos Aires, 1896- Allan Alves da Mata Ribeiro
1897).
Xipófagas - corpo de mulher, cabeças de
Ingrid Souza Ladeira de Souza (UNIRIO -
ditaduras: aproximações entre o cinema
Universidade Federal do Estado do Rio de
erótico brasileiro e argentino nos anos
Janeiro)
70-80 sob uma perspectiva de gênero
Katharine Nataly Trajano Santos

98
Um itinerário da presença das mulheres Mulheres em cargos do setor público:
na renovação dos estudos sobre a viver e enfrentar a violência política de
imagem e a perspectiva de gênero na gênero no Brasil (1982-2012)
historiografia brasileira Joana Maria Pedro (Universidade Federal
AryannyThays da Silva (UFPE - de Santa Catarina)
Universidade Federal de Pernambuco)
Feminismo e assistência social em
Narrativas de mulheres do início da Recife na década de 1930.
construção de Brasília Emelly Sueny Fekete Facundes (UFRPE
Tânia Maria Fontenele Mourao (UNB - - Universidade Federal Rural de
Universidade de Brasília) Pernambuco)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00

Escritas de si: a arte da existência A questão da regulamentação da


grafada em autobiografias, diários prostituição no século XX: debates
pessoais e relatos de viagens femininos. e embates na Academia Nacional de
Maria Ester de Siqueira Rosin Sartori Medicina
(UNICAMP) Michelle de Paula Pupo (UEPG -
Universidade Estadual de Ponta Grossa)
O que será, será... Sonhos femininos nos
livros de sortes das festas juninas. A luta pelo voto feminino e o papel do
Noemia Maria Queiroz Pereira da Luz feminismo associativo
(Prefeitura da Cidade do Recife) Mônica Karawejczyk
Romances Femininos: tempos e Mulheres, trabalho e relações de gênero
linguagens no Recife (1922 – 1926): conquistas e
Paulo Henrique de Oliveira (Secretaria desafios.
Municipal de Educação de São Paulo) Bruno Nery do Nascimento (Colégio
Cognitivo)
“Fazer da Pena um Ofício”: A Conquista
do Espaço Público para as mulheres Violência contra a mulher e direito no
escritoras em Goiás. Brasil contemporâneo: Um estudo de
Débora de Faria Maia caso no interior paulista.
Paulo Eduardo Teixeira (UNESP)
Entre a ousadia e as charges: uma
leitura interseccional das sufragistas Na batalha por direitos: prostituição
e do antifeminismo na imprensa e associativismo em Fortaleza – Ceará
brasileira (1920-1932) (1975-1992)
Alcileide Cabral do Nascimento (UFRPE) Valderiza Almeida Menezes (Universidade
Federal de Santa Catarina)
Gênero e ciência, construção de
políticas públicas de equidade entre Flores, votos e livros: Narrativas,
Brasil e União Europeia práticas políticas feministas e a atuação
Luciana Rosar Fornazari Klanovicz das mulheres em Goiás no século XX.
(UNICENTRO - Universidade Estadual do Danielle Silva Moreira dos Santos (UFG -
Centro Oeste) Universidade Federal de Goiás)

99
Os perigos da Eva votante: discursos e Coordenação: Luzia Margareth Rago
temores antifeministas (UNICAMP), Priscila Piazentini Vieira
Mirella Tuanny Ferreira Lopes (UFRPE (UFPR)
- Universidade Federal Rural de Localização: CCSA, Bloco C, SALA C-01
Pernambuco)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Neoliberalismo e temporalidade
Paula Rego - Ariadne e Minotauro no seu Erick Kayser Vargas da Silva (5078114898)
labirinto
A Humanidade em Risco:
Susana Guerra (UFRN)
transumanismo, genética e
As Visitadoras: os primeiros passos de neoliberalismo
um movimento de resistência Pietra Stefania Diwan (PUCSP - Pontifícia
Elenisia Maria de Oliveira Universidade Católica de São Paulo)
Da Marcha Mundial das Mulheres à Michel Foucault e Donna Haraway:
Marcha das Vadias: a luta contra a sobre os diagnósticos do presente e as
ordem patriarcal de gênero nas mídias e novas formas de militância política
nas ruas, 2010-2013 Priscila Piazentini Vieira (UFPR)
Sara Angélica Bezerra Gomes (Escola
Neo-liberalismo e as palavras
Estadual Monsenhor Sebastião Alvez
desertadas: a verdade, sua
Bezerra)
escandalização e a emergência das
Os caminhos da incorporação da diferenças sujeitadas
categoria de gênero pelas historiadoras Odemar Leotti (Universidade Federal de
brasileiras nos anos 90 Mato Grosso - CUR.)
Paula Tatiane de Azevedo
Biopolítica e Dispositivos de (In)
Os diários de viagem de Maria Graham Segurança: sobre as populações
na América do Sul (1824): A narrativa flutuantes
imperialista como via civilizatória e Ildenilson Meireles (UNIMONTES -
individual Universidade Estadual de Montes Claros)
Any Marry Silva
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Delinquência feminina no Rio de Janeiro
Republicano Feminismos e história contemporânea
Luana Perdigão de Sá Bonacchi Santos das mulheres: de Maria da Penha a
Os desafios do direito à liberdade da Débora Diniz
cidadania plena dos LGBTIQ+ no Brasil Alice Mitika Koshiyama (Universidade de
Lauri Miranda Silva (seduc) São Paulo - ECA-USP)
E lá vem elas!
ST 056. Foucault entre o porão e o sótão: Patricia Teixeira Alves (BOLSISTA)
a crítica do presente e as formas da “O que faço, brasil, com minha cara de
resistência em tempos neoliberais índia?”: o corpo da mulher indígena em
disputa no Brasil contemporâneo

100
Carolina Melania Ramkrapes A COR DA LOUCURA: Percursos
(Universidade Estadual de Campinas) historiográficos acerca da presença
negra no Hospício de Pedro II (1860 –
A poetização de si e do espaço na escrita
1880).
feminista de Júlia Lopes de Almeida
Matheus Rodrigues da Silva
Gabriela Simonetti Trevisan (Unicamp)
O Desenvolvimento e Resultados do
Foucault, o cristianismo e as mulheres
Programa Brasil Sem Homofobia em
Luzia Margareth Rago (UNICAMP)
Teresina/Pi (2004-2016)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Edhilson Dantas Alves
História das Mulheres: o silêncio
Da violência, da política e da arte
rompido
contemporânea
Lívia Assumpção Vairo dos Santos (UERJ)
Julie Avila do Brasil Almeida (UFRJ -
Universidade Federal do Rio de Janeiro)
ST 057. Fronteiras e Territorialidades
Pagu, eternamente?
Letícia Nunes de Moraes (Universidade de
Coordenação: VitaleJoanoni Neto (UFMT
São Paulo)
- UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO
Poéticas oníricas e o movimento da GROSSO), Carla Menegat (Instituto Federal
liberdade: Brígida Baltar e Márcia X. Sul-Rio-Grandense)
Luana Saturnino Tvardovskas (Unicamp) Localização: CFCH, SALA 25, 2º andar
Memória, identidade e cultura: uma Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
análise da obra Dois Irmãos de Milton
Hatoum Entre lastraviesas de lasfronteras:
Lucas da Silva Luiz trabajo indígena y losindigenismos
boliviano y brasileñoenelrío Guaporé
Elza Soares na escola: gênero e relações
Eliaquim Timóteo da Cunha (UFAM -
étnico-raciais na música popular
Universidade Federal do Amazonas)
brasileira e no ensino de história
Juliana Cintia Videira Recompondo deslocamentos:
“Brasivianos” no chão das fronteiras
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
interamazõnicas.
Geórgia Pereira Lima (Universidade
Entre Pierre Rivière e
Federal do Acre)
FrancelinaJuguleto: Foucault para
feministas Territórios de Fronteira Brasil/
Paloma Almada Czapla (UNICAMP - MT-Bolívia: experiências
Universidade Estadual de Campinas) humanas entre o imaginário e a
paradiplomaciatransfronteiriça
Delírios infames: interstícios da
Maria do Socorro de Sousa Araújo
subjetividade feminina em prontuários
(UNEMAT)
de mulheres no Manicômio Judiciário
do Estado de São Paulo Do conceito de migração á sua
Vivian Carla Garcia Ferreira (UNICAMP - encenação como fluxo/movimento de
Universidade Estadual de Campinas) pessoas entre as nações Brasil/Bolívia

101
no contemporâneo. (1980/2016). direitos: narrativas dos trabalhadores
Renilda Miranda Cebalho (UFMT - na Amazônia
Universidade Federal de Mato Grosso) Regina Beatriz Guimarães Neto (UFPE)
Da Colonização Proposta pelos Os Ticuna, o indigenismo tutelar e
Regimes Militares ao Neoextrativismo: o sentido histórico do Direito nos
Comparando Experiências de processos criminais/judiciais sobe o
Movimentos Sociais na Amazônia massace do “Capacete” (1988-2001)
Brasileira e Peruana (1962-2009) Tamily Frota Pantoja
Vanderlei Vazelesk Ribeiro (UNIRIO -
Relatos dos viajantes da Europa e
Universidade Federal do Estado do Rio de
a representação de alianças com
Janeiro)
indígenas na região de fronteira entre
Meio Ambiente e a Questão Agrária na o extremo norte brasileiro e a guiana
Amazônia Meridional. inglesa no século XIX
Edison Antônio de Souza (Universidade do Daniel Montenegro Lapola
Estado de Mato Grosso)
O Estado das Missões: Insurgências pela
40 anos da divisão de Mato Grosso criação de um novo estado da federação
(1978-2018): projeções/expectativas e no Contestado
realidade Gabriel Goulart Barboza
Vinicius de Carvalho Araújo (UFMT -
Questões fronteiriças entre o Império
Universidade Federal de Mato Grosso)
do Brasil e a república da Bolívia sob
A colonização do norte de Mato Grosso: o olhar do diplomata Duarte da Ponte
discursos e a produção de memórias – o Ribeiro (1836-1841)
caso de Sinop (MT) Cristiane Maria Marcelo (Universidade
Francieli Aparecida Marinato (IFMT - Estadual do Piauí)
Instituto Federal de Educação, Ciência e
Disputas luso-espanholas nas
Tecnologia de Mato Grosso)
demarcações do Tratado de Santo
Uma tragédia em três atos: Ildefonso.
As estratégias de ocupação e Adilson Junior Ishihara Brito
reterritorialização da Amazônia (Universidade Federal do Pará)
maranhense entre as décadas de 1960-
As Guianas sem limites na visão geo-
1980.
histórica de ÉliséeReclus
Irisnete Santos de Melo (INSTITUTO
Carlo Maurizio Romani (Universidade
FEDERAL DO MARANHAO)
Federal do Estado do Rio de Janeiro)
TRABALHO E EXCLUSÃO: os “peões
Definindo limites e estabelecendo
rodados” na Amazônia em fins do século
fronteiras: a experiência de grandes
XX
“heróis” a serviço do Estado na
VitaleJoanoni Neto (UFMT - UNIVERSIDADE
Amazônia Ocidental oitocentista.
FEDERAL DE MATO GROSSO)
Moema de Rezende Vergara (Museu de
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Astronomia e Ciências Afins), Sabina
Ferreira Alexandre Luz (UNIRIO)
“Políticas de despossessão” e luta por

102
A (re) produção do território Neto encontra sua alma! Um caudilho
simbólico-cultural do Bumba-meu-boi Rio-Grandense na História e na
maranhense no estado de Roraima Literatura (c.1636-c.1866)
(1975-2016): notas de pesquisa Cesar Augusto Barcellos Guazzelli (UFRGS)
Francisco Marcos Mendes Nogueira
Debates acalorados: A formação da
(UFRGS)
opinião pública na Corte sobre os
Além das fronteiras: o comércio francês conflitos na fronteira meridional. (1845-
de livros no Brasil Império (1830-1840) 1860)
Danielle Christine Othon Lacerda Carla Menegat (Instituto Federal Sul-Rio-
(Universidade Federal do Rio de Janeiro) Grandense)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Encontros e desencontros: o Rio Grande
do Sul na visão do argentino Juan
Cristianização do espaço e produção BautistaAmbrosetti (1891-1892)
de um território cristão: Importância Bruno Pereira de Lima Aranha (UNIRIO -
da Matriz e capelas para a manutenção Universidade Federal do Estado do Rio de
das relações de poder da Igreja Católica Janeiro)
no território da Freguesia da Gloriosa Ilicitudes nas fronteiras entre Minas e
Senhora de Santa Ana do Seridó (1788- Rio: O caso do bando do Mão de Luva
1838). Rodrigo Leonardo de Sousa Oliveira
Isac Alisson Viana de Medeiros (IF Catarinense - Instituto Federal
Comércio e topografia dos caminhos de de Educação, Ciência e Tecnologia
São Paulo (década de 1760) Catarinense)
Pedro Christian Lüders (USP - Política e Urbanização: estudos
Universidade de São Paulo) comparativos entre o Plano Diretor
O Forte de Santa Tecla: o conflito de (1933), o Plano Regulador (1938) da
uma paisagem fortificada cidade de Ilhéus - Bahia.
Paloma Falcão Amaya (Fundaçao Casa de Rosana dos Santos Lopes (UESC)
Rui Barbosa)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Rios, Entradas expansão portuguesa
nos domínios do Estado do Maranhão e Teoria da História: memória ficcional e
Piauí, século XVIII memória historiográfica
Mairton Celestino da Silva (Universidade Carlos Oiti Berbert Júnior (Universidade
Federal do Piauí) Federal de Goias)
Crimes de Elite: “as melhores famílias
da terra” e as práticas ilícitas na ST 058. Habitação e direito à cidade:
fronteira oeste do Rio Grande de São favelas, subúrbios, periferias e
Pedro na segunda metade do XIX assentamentos informais no Brasil
Arlene Guimarães Foletto (UNIVERSIDADE
FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL - Coordenação: Mauro Henrique de Barros
COLÉGIO DE APLICAÇÃO) Amoroso (UERJ/FEBF), Rafael Soares
Gonçalves (PUC-Rio)
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 103

103
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Casas de lembranças: memória,
propriedade e moradia na favela de Vila
Condomínio Clube: Um pedaço que Operária, Duque de Caxias
compõe o mosaico do subúrbio da Mauro Henrique de Barros Amoroso
cidade do Rio de Janeiro. (UERJ/FEBF)
Caroline Martins de Melo Bottino (UFF -
Universidade Federal Fluminense) Violência policial e habitação popular
no Rio de Janeiro da Primeira República
Uma perspectiva historiográfica na obra Romulo Costa Mattos (Pontifícia
escrita de Sérgio Ferro Universidade Católica do Rio de Janeiro
Felipe de AraujoContier (MACKENZIE - (PUC-RJ))
Universidade Presbiteriana Mackenzie)
A construção da Favela como lugar de
As várzeas e seus habitantes como violência pela mídia – A anulação de
expressões do padrão periférico uma voz.
paulistano de urbanização. Cintia de Lourdes Martins Araujo
João Paulo França Streapco (Universidade
de São Paulo) Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00

Cidades e história: reflexões teóricas Favelas, as “chagas” de Fortaleza (1973-


necessárias para uma história urbana no 1980)
tempo presente Angerlânia da Costa Barros
Rodolfo José Oliveira Lima
A abordagem transnacional para pensar
A evolução do conceito de favelas nos a questão da habitação no Rio de
recenseamentos nacionais Janeiro nos Anos 60s
Rafael Soares Gonçalves (PUC-Rio) Leandro Benmergui
Babilônia: favela, floresta e cidade Suburbanizar a habitação: Guadalupe e
Mario Sergio Ignácio Brum (FEBF-UERJ) as experiências do Condomínio Getúlio
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Vargas e das casas balão.
Daniel Albuquerque Rocha (PUC-RIO)
Rolé na Penha Práticas sócio-espaciais marítimas:
Wander Pinto de Oliveira (PREFEITURA DA produção do espaço urbano na cidade
CIDADE DO RIO DE JANEIRO) de Salvador para além do planejamento
Representações Sobre O Urbano: Janaína Lisiak (UFMG - Universidade
Memória Da Ocupação Da Vila Irmã Federal de Minas Gerais)
Dulce Em Teresina-PI Na Década De Habitação popular, reforma urbana e
1990. periferização no Recife, 1900 - 1945.
Mariano Sérgio Pereira da Silva (Prefeitura Thiago Pereira Francisco (Prefeitura de
Municicpal de Tianguá) Ipojuca)
A Cidade de São Paulo Chega a São Parques proletários e o controle do
Mateus: o processo histórico do rural, do estado: a habitação para higienizar e
suburbano e da periferia (1946-1970) moldar almas civilizadas
Adriano Jose de Sousa Laercio Gomes Rodrigues (UFBA -
Universidade Federal da Bahia)

104
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

MLT – ESSA LUTA É PRA VALER: Análise Misterioso e Postiço: O Rio de Janeiro de
das experiências de luta por moradia na Orestes Barbosa 1920-1940
cidade Teixeira de Freitas - Bahia Lucas Assis de Oliveira (Universidade
Eden Brito Barreto (Fundação de Amparo Federal do Ceará)
à Pesquisa do Estado da Bahia - Fapesb)
Ruídos e ressentimentos: uma
O imperativo de ocupar Salvador – composição da revolta punk na cidade
disputas por moradia na Cidade da de São Paulo.
Bahia (1940-1970) João Augusto Neves Pires (Escola Técnica
Lucas Porto Marchesini Torres (Unicamp) Estadual Pedro Ferreira Alves)
A luta pela moradia em uma cidade A cena musical “blues” de Fortaleza
planejada, Palmas-TO. 1989-1992: os primeiros momentos do
Eduardo José Silva Lima (Universidade “Blues Pai D’Égua”
Federal de Goiás) Leopoldo de Macedo Barbosa (Prefeitura
Municipal de Pacatuba)
Nas “Terras de Ninguém”: Conflitos e a
Luta Pela Posse de Terra Urbana- Casa “Manguestar”: a imprensa
Amarela, Recife-PE pernambucana na construção da
Sebastião Alves da Rocha (UFRPE narrativa sobre Chico e o Manguebeat a
- Universidade Federal Rural de partir de 1997
Pernambuco) Esdras Carlos de Lima Oliveira (IFAM -
Instituto Federal de Educação, Ciência e
Da Providência à Favela: os
Tecnologia do Amazonas)
trabalhadores cariocas no processo
de ocupação de um morro da região O choro na goianidade: um olhar
portuária (1881-1924) histórico e etnográfico
Leonardo Affonso de Miranda Pereira Wilton Jonh dos Santos Silva (UFG)
(PUC-Rio)
Drogas, mortes e rock androll: algumas
“As pessoas acham que aqui só tem representações na imprensa brasileira e
bandido, professora!”: Aprender portuguesa (1970-1985)
História no Ensino Fundamental em (e a Paulo Gustavo da Encarnação (PUC SP)
partir de) uma periferia
Um belo passado de jovens roqueiros:
Cicera Tamara Graciano Leal da Silva
memória e identidade social do festival
Fernandes (Secretaria Municipal de
Setembro Rock em Teresina (anos 1980)
Educação)
Fernando Muratori Costa (Universidade
Federal do Piauí)
ST 059. História & Música Popular
Quando ‘Lady Stardust’ se tornou um
Ídolo Adolescente: o glam/glitter rock e
Coordenação: Adalberto Paranhos
a segunda metamorfose da História da
(UNIVERSIDADE FEDERAL DE
Fama no século XX
UBERLÂNDIA), Tania da Costa Garcia
Elton John da Silva Farias (Prefeitura
(Unesp/Franca)
Municipal de João Pessoa)
Localização: CCSA, Bloco A, SALA A-02

105
Tempo e Memória em Raul Seixas: Funarte em tempos de ditadura:
A formação cultural na construção o Projeto Lúcio Rangel e a Politica
poético-musical da Metamorfose Nacional de Cultura
Ambulante nas décadas de 1950 e 1960 Tania da Costa Garcia (Unesp/Franca)
Paulo dos Santos (Colégio Cidade Jardim
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Cumbica)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 “Recuerdennuestrahistoria de duelo
sinperdón/ por más que eltiempopase
O samba escurinho ou moreno demais: no hay que olvidar”: a “Cantata
Geraldo Pereira, Wilson Batista e os de Santa María de Iquique” como
primórdios do samba negro. instrumento de rememoração e luta
Dmitri Cerboncini Fernandes (UFJF - política no Chile em 1970.
Universidade Federal de Juiz de Fora) Ulisses Malheiros Ramos
Fado, um “inimigo nacional” na terra do Canto engajado em tempos autoritários:
samba? Mercedes Sosa e Elis Regina
Adalberto Paranhos (UNIVERSIDADE Andrea Beatriz Wozniak Giménez (SEED-PR)
FEDERAL DE UBERLÂNDIA)
“Há sempre alguém que resiste / Há
Escolas de Samba do Rio de Janeiro. sempre alguém que diz não” Canções de
Entre negação e consentimento Intervenção em Portugal e Brasil como
Michel Rosadas dos Santos (Colégio Pedro forma de resistência política
II) Ivan Luis Lima Cavalcanti (Universidade
do Porto)
O samba fora das escolas de samba:
novos mercados, sociabilidades e “Quem é que tem medo do caos?”:
espaços do samba carioca - o Zicartola, o hibridismos musicais e engajamento
G.R.A.N.E.S e o Bloco Cacique de Ramos político na obra do grupo El Efecto
Daniel Sean BosiConcagh (Professor) Diogo José Freitas do Egypto (Secretaria
de Educação do Estado da Paraíba)
As mulheres e o samba na narrativa
histórica: reflexões em torno das Odair José: “música brega”, censura e
questões de gênero na exposição “O Rio politização popular na década de 1970.
do Samba: Resistência e Reinvenção” do Eder Aparecido Ferreira Sedano
Museu de Arte do Rio. (Prefeitura do Município de São Paulo)
Maria Clara Martins Cavalcanti
LAMENTOS DE AMORES PERDIDOS:
O dilema de Janjão: a música nacional emoções e sensibilidades na música
segundo Mário de Andrade “brega” e MPB (1970 – 1980)
CaionMeneguello Natal (USP) Francimary Alzira Cavalcante
Música brasileira e suas marcas Brega, brega pop e tecnobrega: um
registradas: da década de 1930 a ano ensaio sobre performatividade de
2000. gênero na cultura musical paraense.
Evandro Avelino Piccino (PUCSP - Reginaldo Cerqueira Sousa
Pontifícia Universidade Católica de São (UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E
Paulo) SUDESTE DO PARÁ)

106
“ISSO É MUSICA DE VELHO, A resistência da “nova esquerda” no
PROFESSOR!!” Reflexões sobre Música e discurso da banda RageAgainst The
Ensino-Aprendizagem de História Machine
Thiago Bruno dos Santos Vital da Silva Célio Barbosa de Freitas
(UERJ - Universidade do Estado do Rio de
Janeiro)
ST 060. História & Teatro
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Coordenação: Kátia Rodrigues
Representações do feminino e valores Paranhos (UNIVERSIDADE FEDERAL DE
sexistas no rap brasileiro UBERLÂNDIA), Henrique Buarque de
Roberto Camargos de Oliveira (UFU - Gusmão (UFRJ)
Universidade Federal de Uberlândia) Localização: CE, SALA B05
José Guilherme de Campos Ribeiro e a Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
bossa nova em Belém
Cleodir da Conceição Moraes (Escola de O teatro jesuítico na América
Aplicação da UFPA) portuguesa do século XVI: entre a
“aculturação” e o protagonismo/ a
Tensões entre modernidade e tradição
agência indígenas
no frevo: o caso da série Asas da
Giovani José da Silva (Universidade
América (1980-1993)
Federal do Amapá)
Amilcar Almeida Bezerra (UFPE)
O teatro de José de Anchieta na missão
Pianeiros: dos salões as salas de cinema
de Rerigtibá: um instrumento para a
em Fortaleza (1900 A 1920)
evangelização do gentio.
Lucila Pereira da Silva Basile
Felipe de Assunção Soriano (UNICAP -
(Universidade Estadual do Ceará)
Universidade Católica de Pernambuco)
Canções de redenção: identidade negra,
A história como protagonista nos palcos
consciência histórica e descolonização
do teatro baiano para o sucesso do
das mentalidades na canção
processo civilizatório.
Redemption Song de Bob Marley
Fernanda Villela Bastos Bispo (UFBA -
Armando Cezar da Silva Pompermaier
Universidade Federal da Bahia)
(Instituto Federal de Educação, Ciência e
Tecnologia do Acre) Ressonâncias em claro-escuro:
mediação e esfera pública na revista
A retórica do silêncio e o silêncio da
theatral
retórica: um enfoque sobre os atributos
Valmir Aleixo Ferreira (Fundação Casa de
retóricos do silêncio na música de John
Rui Barbosa)
Cage
Rodrigo Oliveira dos Santos (UFG - Clênio Wanderley, o que nasceu diretor,
Universidade Federal de Goiás) como outros nascem santos
Francisco Geraldo de Magela Lima Filho
Representações e elementos indígenas
(CENTRO UNIVERSITÁRIO 7 DE SETEMBRO)
nas canções de artistas paraenses
(1975-1985) O Teatro de Revista no Recife dos Anos
Jessica Maria de Queiroz Costa 1950: das influências às realizações

107
Leidson Malan Monteiro de Castro Ferraz De Freire a Brecht: o Teatro de
(UNIRIO - Universidade Federal do Estado Cultura Popular visto por sua prática
do Rio de Janeiro) pedagógica (1960-1964)
Ayrton Campos Niño de Morais (UFPE -
PERCURSOS DRAMÁTICOS: Experiência
Universidade Federal de Pernambuco)
de produção teatral do dramaturgo
Benjamim Santos na segunda metade O épico a serviço do povo: o teatro
do século XX cepecista de Vianninha
Francisco de Assis de Sousa Nascimento Letícia Gomes do Nascimento (PPGHIS/
(Universidade Federal do Piauí) UFRJ)
Nos interstícios do teatro recifense: Companhia Teatro Moderno de Lisboa
a história do espetáculo “A barca (TML): engajamento, resistência e
d’ajuda”, de Benjamim Santos criação cultural nos anos 1960
Idelmar Gomes Cavalcante Júnior Kátia Rodrigues Paranhos (UNIVERSIDADE
(Universidade Estadual do Piauí) FEDERAL DE UBERLÂNDIA)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 “Sucessos de escândalo” na crise do
teatro brasileiro moderno
Os corpos, as marcas e os Henrique Buarque de Gusmão (UFRJ)
temperamentos em escritos sobre
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
teatro: considerações a respeito de
Visconde de Coaracy, Eduardo Victorino
Em cartaz no teatro cearense: a cidade,
e Otavio Rangel
o campo e o tempo em A bailarina e O
Bernardo Fonseca Machado (UFG -
casamento de Peraldiana por Carlos
Universidade Federal de Goiás)
Câmara (1919-1939).
“Hei de encontrá quem me queira Camila Imaculada Silveira Lima
mesmo falando cumo se fala na roça!”: (Universidade Federal do Ceará)
a linguagem da mulata Benvinda e a
A construção de uma estrela - Eva
hierarquia social da cor no Brasil pós-
Todor e o Teatro de Revista da Praça
abolição
Tiradentes
Julia Soares Leite Lanzarini de Carvalho
Tania Brandão da Silva (UNIRIO -
(Escola Alemã Corcovado)
Universidade Federal do Estado do Rio de
A pequena imprensa teatral e a Janeiro)
produção periodista dos clubes
Os Comediantes: a memória e a
dramáticos amadores
História, aproximações e fricções
Luciana Penna-Franca (estado do Rio de
Roger Ferreira Xavier (Universidade
Janeiro e prefeitura de Teresópolis)
Federal do Estado do Rio de Janeiro)
“A seu bel prazer, altera, modifica e
Memórias teatrais nas cidades de
mutila tudo quanto lhe cai nas garras”:
Amapá/AP e Belém/PA: a presença
censura teatral e tensões culturais no
norte-americana durante a 2ª guerra
Rio de Janeiro (1907-1930)
mundial (1939-1945).
Ronyere Ferreira da Silva (UFPI -
Frederico de Carvalho Ferreira
Universidade Federal do Piauí)
(Universidade Federal do Amapá)

108
Redes de teatro no Brasil: coletivos Mamulengueiros e Artesãos de Glória do
amadores no Rio Grande do Norte Goitá na história do Teatro de Bonecos
(1930-1970) Popular do Nordeste
Monize Oliveira Moura (Universidade Weslley Fontenele Frota (Prefeitura do Rio
Federal do Rio Grande do Norte) de Janeiro)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 O Coletivo Negro de Teatro: o teatro e
sua dimensão política
O (Re) Nascimento do Teatro em Judson Forlan Gonzaga Cabral
Teresina: Produções Artísticas,
Experiências Estudantis e Tensões ST 061. História Ambiental: ciência,
Sociais. sociedade e biodiversidade
Vanessa Soares Negreiros Farias
(UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - Coordenação: Susana Cesco (Universidade
UESPI) Federal Fluminense), Ely Bergo de
Entre a cultura e a censura, a Carvalho (UNIVERSIDADE FEDERAL DE
resistência! O teatro de Antonio Mario MINAS GERAIS)
dos Santos e o circuito cultural em Localização: CE, SALA B04
Alagoinhas durante o Regime Militar
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
(1964 - 1985).
Bruna Meyer Pereira (nenhuma)
As sensações olfativas e os cheiros
Teatro em Belém do Pará nas décadas das sementes e raízes nas ilhas e na
de 1970 e 80: Grupo Experiência e o cidade de Belém-Pa: Ciência, natureza e
Regionalismo/Nacionalismo. sensibilidade nos relatos do XIX.
José Denis de Oliveira Bezerra João Marcelo Barbosa Dergan (Centro de
(Universidade Federal do Pará) Memória da Amazônia da UFPA)
Tempo de Espera: história e resistência Uma história ambiental da árvore
no teatro feito no Maranhão nos anos de da Quina (Cinchona): transferência,
chumbo aclimatação e circulação de
Gilberto dos Santos Martins (Instituto conhecimento pelos Impérios Britânico
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia e Português no Século XIX.
do Maranhão) Diego Estevam Cavalcante (Universidade
Federal do Ceará)
Polifonia da cena teatral em Inhumas-
GO “Tendo perdido sua vegetação,
Walquiria Pereira Batista (Universidade perderam também sua civilização”: o
Federal de Goiás) Código Florestal de Pernambuco e o
poder do açúcar (1890-1911)
O teatro-DF a partir das páginas do
Raissa Orestes Carneiro (UFPE -
Jornal de Brasília (1972-1999)
Universidade Federal de Pernambuco)
Ana Lúcia de Abreu Gomes (Universidade
de Brasília), Elizangela Carrijo (UNB - Um “sertão” descoberto:representações
Universidade de Brasília) da ideia de trabalho, bioma pantaneiro
e fronteira brasileira
A inserção da Associação Cultural de
Ana Carolina da Silva Borges (UFMT)

109
Preservação de florestas na Joana Medrado Nascimento (Universidade
industrialização e urbanização de do Estado da Bahia - UNEB)
São Paulo: a madeira como matriz
A história das baleias no Brasil e a
energética e a produção de insumos
proteção da natureza em Abrolhos/BA
renováveis na cidade entre 1896-1916.
Janaina Zito Losada (Universidade Federal
Natasha Tsitzoglou (Universidade São
do Sul da Bahia)
Paulo)
O artista pitoresco e a América dos
Erva-mate, madeira e o
viajantes: do idílio natural à entropia
desenvolvimento econômico de
contemporânea em Humboldt,
Amambai, MS.
Smithson e Baraya
Ilsyane do Rocio Kmitta (UEMS)
Thiago Rafael da Costa Santos (Instituto
“É prohibida a venda e uso do Pito do Federal de Mato Grosso)
Pango”: A proibição da maconha no Rio
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
de Janeiro imperial (1830)
Jorge Emanuel Luz de Souza (IFBA -
A Náutica do Atlântico Sul em
Campus Jacobina)
Dissonância com a Narrativa de
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Caminha.
Renato Pereira Brandão (Universidade
A reinvenção da natureza: os impactos Federal Fluminense)
da indústria sucroalcooleira em Goiás
Considerações parciais sobre história
Rayza Correa Alves Gonçalves (CEUCLAR -
agroambiental global da soja: o caso
Centro Universitário Claretiano)
da pesquisa agrícola no século XX entre
Rio Paraíba do Sul, discursos e Brasil e EUA
representações sobre terra, água e JoKlanovicz (UNICENTRO - Universidade
erosão costeira no norte fluminense Estadual do Centro Oeste)
Susana Cesco (Universidade Federal
As Experiências Etnoecológicas no Ciclo
Fluminense)
da Vida.
A seca em 22 volumes: estudo da MarcileiaWanzeler de Souza Vasconcelos
produção de saberes sobre as secas por (Secretaria municipal de educação de
meio da a coletânea “Livro das Secas” tailândia)
da Coleção Mossoroense.
Tradução de interesses nas dinâmicas
Lindercy Francisco Tomé de Souza Lins
de financiamento das ciências
(UERN)
biomédicas da UFMG (1948-1973)
Projetos nacionais e os debates em Paloma Porto (UFMG)
torno da legislação florestal brasileira
Mulheres no mercado de Trabalho: Uma
Ely Bergo de Carvalho (UNIVERSIDADE
abordagem teórico metodológica no
FEDERAL DE MINAS GERAIS)
estudo de Igualdade de Gênero
Industria madeireira no extremo sul da Cíntia Verza Amarante
Bahia: desenvolvimentos imperativos
Estado da Arte da História Ambiental no
e insustentáveis na segunda metade do
Brasil - Lilia dos Santos Seabra (UERJ
século XX
Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

110
Pescadores artesanais na praia de Sociedade e meio ambiente: A
Copacabana: Histórias e Memórias / monocultura canavieira e os impactos
Tradições e Temporalidades. socioambientais no Sul da Zona da Mata
Luzimar Soares Bernardo (Latam linhas Alagoana
aéreas) Fábio Barbosa da Silva
A comunidade escrava do engenho Meio ambiente e agricultura nos
Santana, em Ilhéus, e as políticas acerca arredores da cidade São Paulo (1850-
da extração de madeira. 1900)
Andrey Soares Pinto (Universidade de Mário Roberto Ferraro (UEG)
Brasília)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

ST 062. História Ambiental: espaço, Às margens da baía, um ancoradouro:


território e natureza Estudo do Porto de Paranaguá sob o viés
da história ambiental
Coordenação: HarufSalmen Espindola Priscila Onório Figueira
(UNIVALE), Dora Shellard Corrêa (UEMG/
A conformação da escassez de água na
Campanha e IEB/USP)
Bacia do Rio Santa Maria, Municipio
Localização: CFCH, SALA 29 no 2º andar
de Dom Pedrito: uma contribuição da
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 História Ambiental
Paulo José da Fonseca Pires (IFCcampus
Agrarismo e abertura internacional: Rio do Sul)
a gestão de Victor Abdennur Farah no
Águas e Memórias: Barramento e
Conselho Florestal Federal (1956-1967)
Impactos Socioespaciais em Itapiúna
Filipe Oliveira da Silva (UFRJ -
(1995-2015)
Universidade Federal do Rio de Janeiro)
LádinaGildo do Nascimento (Escola de
Diálogos entre a natureza e a cultura Ensino Médio Franklin Távora)
na preservação da Serra do Mar em
O último dos viventes: o Benjamim
São Paulo, percursos e percalços da
Guimarães em pleno século XXI
patrimonialização de áreas naturais
Adriana Rodrigues Pereira
(1977-2006)
Felipe Bueno Crispim Território e energia: os espaços
geográficos e os recursos naturais
Anexações e desanexações do Parque
inclusos no Plano Nacional de Energia
Estadual da Serra do Tabuleiro - SC:uma
Elétrica 2030
questão não resolvida (1975-2015)
Cássia NataniePeguim (UNESP -
Jackson Alexsandro Peres (Sec. de Ed.
Universidade Estadual Paulista Júlio de
de Santa Catarina - Prefeitura Mun. de
Mesquita Filho)
Palhoça)
Natureza, cultura, tecnologia e poder no
História Ambiental da APA do Pratigi: A
território mineração.
Gênese da Degradação Socioambiental
Haruf Salmen Espindola (UNIVALE)
do Baixo Sul Baiano
Marcos Vinícius Andrade Lima

111
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Tradição e Memória: crítica ambiental
entre o pensamento de José Bonifácio e
Trabalho, Território e Direitos Euclides da Cunha
Tradicionais: As lutas em defesa dos Daniela Fontenele Rocha (UFPI -
lagos em Parintins/Amazonas (1980- Universidade Federal do Piauí)
2000).
Mônica Xavier de Medeiros (Universidade Ciência, ambiente e desenvolvimento:
do Estado do Amazonas/UEA) a atuação de Harald Sioli no estudo e
defesa da Amazônia (1938-2004)
A Cabeça Branca da hidra e seus André Felipe Cândido da Silva (Fiocruz -
pântanos: subsídios para uma Geografia Fundação Oswaldo Cruz)
da História da Amazônia Maranhense,
e para novas pesquisas sobre Pensando por imagens: paisagens
comunidades indígenas, quilombolas, e faxinalenses e seus processos de
camponesas homogeneização
István van Deursen Varga (UFMA - Marisangela Lins de Almeida (UFSC -
Universidade Federal do Maranhão) Universidade Federal de Santa Catarina)

Indígenas e ferrovias na Belle Époque Desnaturalizando as fronteiras e os


brasileira: a Noroeste do Brasil, a sertões
ferrovia de Itajaí e a Vitória-Minas Dora Shellard Corrêa (UEMG/Campanha e
Marina Mônica de Freitas (PUC Minas) IEB/USP)

Distribuição e perfil dos assentamentos


de reforma agrária no vale do Rio Doce/ ST 063. História da Ásia
MG.
Maria Terezinha Bretas Vilarino (UNIVALE - Coordenação: Christine Paulette Yves
Universidade Vale do Rio Doce) Rufino Dabat (UFPE), Andrea Piazzaroli
Longobardi (USP - Universidade de São
Dissecando narrativas: conflitos Paulo)
ambientais e trajetórias individuais Localização: CFCH, Auditório 11º andar
e coletivas no processo de instituição
autônoma da Reserva Extrativista de Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Tauá-Mirim em São Luís, Maranhão
(1996 - 2015) A Missão Especial à China de 1879:
Tayanná Santos de Jesus Sbrana Diplomacia, Trabalho e (I)migração
Victor Hugo Luna Peres (Secretaria de
Possibilidades e alternativas de Educação do Estado de São Paulo)
aproveitamento da castanha-do-pará
José Jonas Almeida Ambição e Política Yankee no ‘País
Celestial’: A Penetração Americana na
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 China e no Pacífico, 1894-1901
Bruno Pontes Motta
As Contribuições da História Ambiental
para a Conservação da Natureza e dos “Onde Chineses e Bárbaros Vivem
Saberes ligados ao Semiárido. Misturados”: Uma Discussão Sobre as
Renata Ribeiro Torquato (Escola Vila) Políticas de Recepção de Estrangeiros
no Sul da China, 1749

112
Débora Lopes do Rêgo (Talent Language Rozely Menezes Vigas Oliveira (UERJ-FFP)
Solutions)
“Por lhe parecer a coisa mais pia e
Desde a Europa, Brasil e Japão: a santa de toda a Índia”: Os Jesuítas e
interação entre europeus e japoneses a doutrina dos meninos nativos no
durante o século XVI a partir de Colégio de São Paulo em Goa (1541-
múltiplas perspectivas 1599)
Mariana AmabileBoscariol (CHAM - Centro Camila Domingos dos Anjos (UFRRJ -
de Humanidades) Universidade Federal Rural do Rio de
Janeiro)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
O Colégio São Paulo de Goa: Os
A representação de si como outro: Impactos da Pedagogia Franciscana na
os disfarces muçulmanos de Richard Prática Jesuíta na Conversão de Nativos
Francis Burton (1821-1890) e Isabelle na Cidade de Goa do séc. XVI
Eberhardt (1877-1904) Gustavo Nascimento Rocha Dias
Paula Carolina de Andrade Carvalho (UFF - “Erros dos Gentios” na perspectiva da
Universidade Federal Fluminense) Inquisição de Goa e dos Jesuítas (século
“Por impedir o aumento da XVII)
Cristandade”: o caso dos hindus e Célia Cristina da Silva Tavares
islâmicos réus da Inquisição de Goa (Universidade do Estado do Rio de
(1565-1623) Janeiro)
Luiza Tonon da Silva (UERJ)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Israelenses e Palestinos: A questão
da identidade no documentário O Oriente na transição do medievo
“NosotrosEllos y Yo (2015)”, de Nicolás para o período moderno: História e
Avruj Historiografia
Claudinei Lodos (Universidade Federal de Eltern Campina Vale (UFAL)
São Paulo)
O heroísmo na lírica de Mikhail
O “Nacionalismo Popular” de Gamal Lérmontov como nostalgia de classe
Abdel Nasser Pedro Augusto Pinto (Faculdade de
Victor Cecchini de Farias (celetista) Filosofia, Letras e Ciências Humanas -
FFLCH USP)
Sessão 3 – 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
A agroindústria açucareira em Java e em
Cercando o Aprisco: instrumentos Pernambuco entre os séculos XIX e XX.
eclesiásticos para preservação da fé e Renata Conceição Nóbrega Santos (TRT)
dos bons costumes. Arte, gênero e revolução na China: Uma
Odimar Gomes Junior (Faculdade de análise das representações femininas
Formação de Professores - FFP/UERJ) dos cartazes de propaganda do início da
A economia conventual e o impasse construção do socialismo chinês (1949-
sobre os administradores do Convento 1957)
de Santa Mônica de Goa, no final do Edelson Costa Parnov (Universidade
século XVII e início do século XVIII Federal Fluminense)

113
ST 064. História da Educação: sujeitos, A biblioteca de João Penteado e a
instituições, políticas educativas e circulação de saberes
culturas escolares Lucia Silva Parra (USP - Universidade de
São Paulo)
Coordenação: Cláudio de Sá Machado
A escola no período dos exames de
Jr. (Universidade Federal do Paraná),
admissão ao ginásio: memórias do
Washington Dener dos Santos Cunha
secundário
(UERJ)
Elaine Prochnow Pires (Secretaria de
Localização: CE, SALA A06
Estado da Educação)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Centro Educacional Carneiro Ribeiro:
uma proposta de Anísio Teixeira para a
Acervo escolar em Naviraí-MS (2018): educação popular
Um instrumento de pesquisa Sandra Regina Cassol Carbello (UEM -
Dennis Rodrigo Damasceno Fernandes Universidade Estadual de Maringá)
(Professor da Educação Básica),
ViviannyBessão de Assis (Universidade Ariano Suassuna: A escrita e a prática de
Federal de Mato Grosso do Sul) um pensamento educacional no “Brasil
real”
A Editora Agir e a prática de publicar Aurea Maria Bezerra Machado (Prefeitura
coleções: A intelectualidade católica de Duque de Caxias - RJ)
na produção e difusão de impressos
pedagógicos Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Evelyn de Almeida Orlando (PUCPR),
Joana Gondim Garcia Skrusinski Primitivo Moacyr: uma escrita ímpar
(Prefeitura Municipal de Curitiba) entre seus pares
Maria Clara Cobucci Soares de Moura,
Fotografias da infância e da
Rosana Areal de Carvalho (Universidade
escolarização francesa: aspectos do
Federal de Ouro Preto)
visível nas páginas da revista Regards
(1932-1939) Currículos Latino-Americanos: a
Cláudio de Sá Machado Jr. (Universidade Educação Secundária em perspectiva
Federal do Paraná) comparada
Juliana Pirola da Conceição Balestra
ALÉM DAS VESTIMENTAS: cultura escolar
(UNILA - Universidade Federal da
e organização sócio-cultural através
Integração Latino-Americana)
dos uniformes escolares nas escolas
católicas femininas brasileiras durante A Companhia de Jesus e o Colégio de
o século XX São Paulo, em Goa (1548-1558)
Samara Mendes Araújo Silva (Univ. Federal Felipe Augusto Fernandes Borges
do Paraná - UFPR) (Instituto Federal do Paraná)
História da alimentação escolar no Contraventores ilustrados: as imorais
Brasil: algumas questões sobre políticas transgressões de professores primários
públicas educacionais, cultura escolar e na Bahia oitocentista
cultura alimentar Antonio Barbosa Lisboa (Instituto
Adriana Angelita da Conceição (UFSC) Trancoso)

114
A instrução na esfera pública: debates ESTADO DA BAHIA)
e conflitos em torno da educação nas
O ENSINO COMERCIAL CATARINENSE:
Minas Oitocentistas
a Academia de Comércio de Santa
Danilo Araújo Moreira (Universidade
Catarina e a Reforma Francisco Campos
Federal de Ouro Preto)
(1932-1944)
Do Asylo para menores a Instituto Eduardo Cristiano Hass da Silva
profissional masculino: a construção de
“Educar os educadores”:
subjetividades masculinas
representações impressas sobre a
Renata Rodrigues Brandão (Secretaria
profissão docente a partir do contexto
Municipal de Educação do Rio de Janeiro)
cearense dos anos 1940.
Civilização, iluminação e felicidade: Manuelle Araújo da Silva
a instrução pública na província do
Instrução e moralização para o
Espírito Santo em meados do século XIX
desenvolvimento da Bahia na década
Rodrigo da Silva Goularte (Instituto
de 1950: estratégias da Campanha
Federal do Espírito Santo)
Nacional de Educação Rural
Os Professores De Língua Nacional Dos Gilmário Moreira Brito (DEDC/PPGEduC/
Colégios Secundários Do Rio De Janeiro UNEB)
e o Processo De Renovação Do Ensino
“Do chão da escola”: os acervos e
Da Língua Portuguesa No Brasil (1880-
as vozes esquecidas do Colégio de
1915).
Aplicação da Faculdade de Filosofia
Fernando Rodrigo dos Santos Silva
Ciências e Letras da Universidade de
(Prefeitura Municipal de Duque de Caxias)
São Paulo (USP) (1957 – 1969)
A Faculdade de Filosofia e Letras Natália Frizzo de Almeida (Universidade
do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo)
Brasileiro e as estruturas sociais e
O VALOR DA HISTÓRIA ESCOLAR:
políticas da educação no Brasil do início
prescrições da História escolar na área
do século XX
de Estudos Sociais dos vocacionais (São
Thaís Melo (Universidade de São Paulo)
Paulo -1961-1969)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Yomara Feitosa Caetano de Oliveira
Fagionato (PPGH_UDESC)
História das Instituições Educativas no Vigia, Menina, Vigia! A educação de
Recôncavo da Bahia (1891-1980) jovens pobres, órfãs e desvalidas no
Solyane Silveira Lima (Universidade Asilo de Lourdes em Feira de Santana -
Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB) bahia, sob a ótica de Foucault (1975) e
Criação da Associação de Professores do Fraga Filho (1992)
Rio Grande do Norte/APRN (1920) Marta Maria Guimarães Alves de Lima
Amanda Vitória Barbosa Alves Fernandes,
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Marlucia Menezes de Paiva
Ideário feminista e a educação das Tornar-se professor: Memórias,
mulheres na Bahia dos anos 1930 cotidiano e histórias na fundação da
Claudia Andrade Vieira (UNIVERSIDADE DO Fafopa (1969-1980)

115
Augusto César Acioly Paz Silva ST 066. História da Infância, da
(AUTARQUIA DE ENSINO SUPERIOR DE Adolescência e da Juventude no Brasil:
ARCOVERDE) perspectivas atuais e desafios futuros
Relações entre as aulas de Educação
Coordenação: Silvia Maria Fávero
Física e Educação Moral e Cívica:
Arend (Universidade do Estado de
práticas de uma escola primária gaúcha
Santa Catarina), Ailton José Morelli
(Caxias do Sul/RS, 1974-1985)
(Universidade Estadual de Maringá)
Cristian Giacomoni (Universidade Caxias
Localização: CE, SALA L02
do Sul)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Ensino de história, rituais e civismo nas
escolas de Alfenas durante os anos 1970
e 1980 As bases históricas da pedagogia
Juliana Miranda Filgueiras (UFMG - Histórico Crítica e a formação docente
Universidade Federal de Minas Gerais) Desire Luciane Dominschek Lima
(UNICAMP/UNINTER)
A professora Laura Jung: marcas de
uma trajetória profissional dedicada Notas de pesquisa sobre protagonismo
alfabetização em Campo Bom/RS (1974- estudantil na Primeira República
1996) (Amazonas, 1890-1930)
José Edimar de Souza (UCS- Universidade Ygor Olinto Rocha Cavalcante (IFAM -
de Caxias do Sul) Instituto Federal de Educação, Ciência e
Tecnologia do Amazonas)
Aspectos da produção acadêmica sobre
a alfabetização no Estado de São Paulo Juventude, Movimento Estudantil e
(1989-2018) Movimentos Sociais no Brasil da década
Odair Vieira da Silva (Faculdade de Ensino de 1960
Superior e Formação Integral) Maicon Mauricio Vasconcelos Ferreira
(UFRRJ - Universidade Federal Rural do
A instalação do Colégio Pedro II na Rio de Janeiro)
periferia do Rio de Janeiro e o caso da
representação da comunidade imaginada Movimento Nacional dos Meninos
do centro do Brasil (2004-2006) e Meninas de Rua (MNMMR): a
Daniel Vilaça dos Santos (Colégio Pedro II) constituição histórica de uma luta e o
ensino de História.
O século XX e os embates ideológicos Emanuel Bernardo Tenório Cavalcante
no processo de criação das primeiras (Secretaria de Educação Estado de
universidades brasileiras. Pernambuco)
Antonio José Barbosa de Oliveira
(Universidade Federal do Rio de Janeiro) DEIXA EU VER MINHA LINHA DO
TEMPO? Os usos da linha do tempo em
Da pesquisa nasce o desenvolvimento: ambientes de privação de liberdade
A atuação da Capes na expansão da pós- Elisa DefelippeDurso Martins Silveira
graduação brasileira durante a Ditadura (CEAT Centro Educacional Anísio Teixeira)
Militar (1964-85)
José Antonio Gabriel Neto (Universidade HISTÓRIAS DE MENINAS DO CENIP:
Federal do Ceará) ESCOLARIZAÇÃO, NEGRITUDE E
EMPODERAMENTO

116
Vera Lúcia Braga de Moura (SE/PE- 1964-1985
Secretaria de Educação de Pernambuco) Eduardo Silveira Netto Nunes
(UNISANT’ANNA/ Universidade Brasil)
Entre o lápis e a enxada: a educação de
crianças e adolescentes voltada para o Infância brasileira, Convenção sobre os
mundo do trabalho nas escolas rurais Direitos da Criança e a emergência de
em Pernambuco na década de 1990 políticas sociais (1991-2007)
Anderson Rafael Lima da Silva Silvia Maria Fávero Arend (Universidade
do Estado de Santa Catarina)
Criança, Cidade e Ensino de História:
Possibilidades Para o Protagonismo Os Conselhos Tutelares na Cidade do
Infantil no Processo Educativo. Recife: As mudanças na política de
Pamela Fernanda de Andrade (Prefeitura atendimento as infâncias na década de
Municipal de Piraquara) 1990
João Victor Braga de Souza
História das crianças com deficiências
em Maringá - Estudo da inclusão no Projeto Maleta Juventudes: interfaces
sistema escolar. entre o Estatuto da Criança e do
Priscilla Colombelli de Souza Correa (UEM Adolescente e o Estatuto da Juventude
- Universidade Estadual de Maringá) Cinthia Camara Azevedo Travassos
Sarinho (UFRPE - Universidade Federal
Juventude e universidade: experiências
Rural de Pernambuco)
interculturais na Universidade Federal
da Integração Latino-Americana – UNILA História das infâncias e práticas de
Thiago Reisdorfer (Universidade Estadual combate a violência contra crianças e
do Piauí) adolescentes
Ailton José Morelli (Universidade Estadual
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
de Maringá)
Pais enfraquecidos, pais destituídos: Visões sobre as famílias: o serviço de
breve análise da relação entre família e acolhimento de crianças e adolescentes
Estado através do direito dos menores Casa Crescer e Brilhar de São Vicente-
(1860-1927) SP.
Alan Wruck Garcia Rangel (UERJ - Bertholdo Mauricio da Costa (Colégio Vital
Universidade do Estado do Rio de Janeiro) Brazil)
A saúde do jovem mineiro sob a ação Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
normativa da Organização Internacional
do Trabalho (1965) Os debates internacionais na década de
José Pacheco dos Santos Júnior (USP - 1920 na área da infância: congressos,
Universidade de São Paulo) exposições, publicações
Hélvio Alexandre Mariano (UNICENTRO -
Desdobramentos da CPI do Menor
Universidade Estadual do Centro Oeste)
(1975-76): Propostas e sugestões em
plena ditadura. O jornal “Folha d’Oeste” e o discurso
Daniel Alves Boeira (ACADEJUC) acerca da infância (Chapecó, SC, 1964-
1970)
As crianças e os adolescentes da
Aline Fátima Lazarotto (Unochapecó)
Comissão Nacional da Verdade: Brasil

117
“As consequências de uma ração Breves considerações sobre a análise de
diária”: as construções acerca da diagnósticos referentes as internações
criança telespectadora na década, em de “menores” no Hospital São Pedro
1970. entre as décadas de 1930 e 1940 (Porto
Valesca Gomes Rios (Governo do Estado Alegre/RS)
do Ceará) Lisiane Ribas Cruz (UNISINOS -
Universidade do Vale do Rio dos Sinos)
Crianças e materiais visuais
Olga Brites (PUC/SP) Corpo infantil e cidade: o playground do
Parque Dom Pedro II (1930-1936)
“Aqui dentro tu é homem, viu?” Lilica,
Alessandra Ramalho Santos (Secretaria
um menor entre os menores nas
Municipal de Educação de São Paulo)
imagens de “Pixote, a lei do mais fraco”
(1981) Movimento Nacional de Meninos e
José dos Santos Costa Júnior (UFRGS) Meninas de Rua: (des)construindo
histórias e memórias
História das infâncias nas hq´s: um
Humberto da Silva Miranda (Universidade
recurso para o ensino de história
Federal Rural de Pernambuco)
Marcio Barros Schneider (Secretária de
Estado da Educação do Paraná) Da casa à rua, da rua à Casa:
atendimento às meninas em situação de
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
rua na cidade de Recife (1980-1990)
Ana Gabriella do Espírito Santo (Colégio
A recreação das crianças e jovens nas
Santa Bárbara)
ruas da São Paulo do começo do século
XX Cultruas Juvenis no Bairro Siqueira
Eliane Mimesse Prado (UCS) Campos, Aracaju (SE): os usos do espaço
social da rua
Cidade, migrações e infância nos
Mateus Antonio de Almeida Neto
debates da Câmara Municipal de
(UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE-
São Paulo em meados do século XX:
UFS)
percepções femininas entre olhares da
edilidade paulistana.
Esmeralda Blanco Bolsonaro de Moura ST 067. História da saúde e das doenças
(Universidade de São Paulo)
Coordenação: Rita de Cássia Marques
Do adoecer a cura: as enfermidades
(UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS
infantis e as práticas de sarar a criança
GERAIS), Anny Jackeline Torres Silveira
nas colônias italianas do Paraná (1878-
(Universidade Federal de Ouro Preto)
1930)
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-D
Elaine Cátia Falcademaschio
(Universidade Federal do Paraná) Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

Departamento Nacional da Criança:


Lembranças da “espanhola”: a
a institucionalização da infância e a
gripe de 1918 nas memórias dos
instrumentalização da maternidade
contemporâneos
Ismael Gonçalves Alves (Universidade do
Liane Maria Bertucci (Universidade
Extremo Sul Catarinense)
Federal do Paraná)

118
Orientações médico-governamentais Anny Jackeline Torres Silveira
durante a gripe espanhola e a gripe A (Universidade Federal de Ouro Preto)
(H1N1) no Paraná
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Lineti Firmo Rodrigues (UFPR -
Universidade Federal do Paraná)
“Do tutano vai pro ôsso, do ôsso vai
Saúde Pública como território: epidemia pra carne, da carne vai pra pele, da
de varíola no Ceará (1877-1879) pele pras onda do mar sagrado”. As
Janille Campos Maia (Fiocruz - Fundação benzedeiras e as artes de curar para
Oswaldo Cruz) talhar as muitas erisipelas.
“Em Favor da Hygiene Publica, da Diádiney Helena de Almeida (Prefeitura
Policia Sanitária e do Bem Geral”: Municipal do Rio de Janeiro)
As Medidas de Combate à Varíola na Enfermidade na clausura: doenças e
Parahyba no Século XIX curas milagrosas em uma biografia
Serioja R. C. Mariano (UFPB) feminina, Portugal, século XVIII
Febre Maligna nos sertões do Cabo Mauro Dillmann Tavares (Universidade
Verde: causa mortis nos registros de Federal de Pelotas - UFPEL)
óbito da Freguesia de Nossa Senhora da Eduardo Silva: os “doutores” e a leitura
Assumpção do Cabo Verde (1813-1824) de seu processo curativo
UshaVashist (Instituto Federal de Rafael Rosa da Rocha (UFBA -
Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Universidade Federal da Bahia)
Minas Gerais, Campus Muzambinho)
Conhecimento ancestral de saúde e
“Dr., salve-me!!! O sr. tem syphilis!”: colonialismo em terras africanas: o caso
uma análise dos anúncios de do sul de Moçambique (1927-1970)
medicamentos no combate à sífilis na Jacimara Souza Santana (UNEB)
Paraíba nas décadas de 1920 e 1930
Homeopatia vs Alopatia: a disputa pelo
Rafael Nóbrega Araújo (UFCG -
mercado da cura no Pará (1917-1922).
Universidade Federal de Campina Grande)
Túlio Brenno Brito de Sousa (Prefeitura de
Os Animais na revista A Saúde Do Santa Izabel do Pará)
Mundo: entre a doença e a cura
“Um laboratório a céu aberto”: Os
NataschaStefania Carvalho De Ostos
caminhos da medicina na Guerra do
(Fiocruz - Fundação Oswaldo Cruz)
Paraguai
Impressões do mal: Jornais cearenses e Janyne Paula Pereira Leite Barbosa (UFF -
o cólera. (1855 - 1862) Universidade Federal Fluminense)
Dhenis Silva Maciel (Secretaria Estadual de
Cemitério dos Bexiguentos – Ecos de
Educação)
Epidemias de Varíolas – São Domingos
Internacionalização/interiorização da da Bocaina (MG)
saúde na Bahia (1920-1930) Vanda Arantes do Vale (Universidade
Ricardo dos Santos Batista (Universidade Federal de Juiz de Fora/Universidade
do Estado da Bahia) Federal de)
Saúde, doenças e cuidados pela ótica de A Santa Casa de Misericórdia e as
uma menina de fins do século XIX. campanhas pró-asilo de alienados na

119
Parahyba do Norte durante a seca de FUNLEIDE, SULEIDE e CARA: história da
1877: práticas médicas e as tentativas instituição criada pelo Governo de Goiás
de reorganização do espaço urbano após o acidente com o Césio-137 e suas
HelmaraGiccelli Formiga Wanderley modificações.
(UFCG) Larissa Mendanha Cabral (UFG -
Universidade Federal de Goiás)
As concepções e representações de
saúde e de higiene em voga na segunda Nas tramas da Justiça e da Medicina do
metade do século XIX: o caso paulista. Trabalho: “acidentados”, “mutilados”
Karla Maestrini (Arquivo Histórico e “doentes” do trabalho em Fortaleza.
Municipal de São Paulo) (1934-1945)
Carlos Henrique Brasil Costa (UFC -
Doenças de escravizados na segunda
Universidade Federal do Ceará)
metade do século XIX
Tânia Salgado Pimenta (Casa de Oswaldo Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Cruz/Fiocruz)
Colônia Santa Teresa, Confinamento
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Educador: o Leprosário percebido como
ambiente educativo, Santa Catarina
A epidemia de Febre Hemorrágica da
(1940-1950)
Dengue (FHD) em Cuba, em 1981: uma
Simone Aparecida Ribeiro de Lima
controvérsia americana sem fim?
(UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ)
Huener Silva Gonçalves (CEFET MG)
Asilo-colônia São Julião: Lepra/
Inquéritos coprológicos como
Hanseníase, Instituições Totais e
fontes para o estudo da história da
gêneros em Mato Grosso entre os anos
esquistossomose no Brasil - Ana
de 1960 - 1990
Carolina Rezende Fonseca (Prefeitura
Ariadne Marinho Machado (Universidade
de Belo Horizonte)
Federal de Mato Grosso)
Leishmanioses do Novo Mundo numa
Lepra, Segregação Social e Isolamento
perspectiva histórica e global
Compulsório de Leprosos em Mato
Jaime Larry Benchimol (Fundação
Grosso: trajetórias do Hospital de São
Oswaldo Cruz)
João dos Lázaros de Cuiabá e do Asilo-
Neohigienismo ou medicalização Colônia São Julião de Campo Grande
da sociedade: os reflexos do legado (1816-1970)
higienista na História da Sáude do Heleno Braz do Nascimento (Escola
Brasil problematizada através dos Estadual de Educação Básica Professora
benzodiazepínicos.(1990-2015) VanilStabilito)
Elaine Aparecida Laier Barroso (FMS -
Médicos, políticos e católicos: os
Faculdade Machado Sobrinho)
primeiros discursos e ações de combate
Do invisível ao enunciado público: a à lepra no Ceará (1918-1928)
síndrome pós-pólio no Brasil Francisca Gabriela Bandeira Pinheiro
Dilene Raimundo do Nascimento (UFPE - Universidade Federal de
(Fundação Oswaldo Cruz/Casa de Pernambuco)
Oswaldo Cruz)
Biografias de Médicos: Formação

120
e trajetória profissional (Goiás, na Viagens científicas na Amazônia
segunda metade do século XIX) oitocentista: ciência, navegação
Leicy Francisca da Silva (Universidade comercial e as relações diplomáticas do
Estadual de Goiás - UEG) Império
Victor Rafael Limeira da Silva
Os Boticários das Freguesias da
província do Rio de Janeiro (1845 – Objetos, trajetórias e coletores: as
1885) coleções Lauro Sodré (1897), Henri
Ticiana Santa Rita Coudreau (1898) e Koch Grünberg(1905)
do Museu Paraense Emílio Goeldi
Representações e características sociais
Matheus Camilo Coelho
de enfermeiras domésticas do Rio de
Janeiro, 1880-1910 Os higienismos no 1° Congresso Médico
Luiz Otávio Ferreira (Fundação Oswaldo de Pernambuco: Uma análise discursiva
Cruz) Beatriz Chianca Macario
O Perfil de alunas revelado pelos acervos As Semanas Ruralistas do Brasil:
das primeiras escolas de Enfermagem de Homem Rural, Igreja Católica e
Belo Horizonte (1933-1969) Desenvolvimento
Rita de Cássia Marques (UNIVERSIDADE Ramon Feliphe Souza (Fundação Oswaldo
FEDERAL DE MINAS GERAIS) Cruz)
O Hospital de Cirurgia e sua trajetória
ST 068. História das Ciências e da Saúde na formação de profissionais da saúde
no Brasil: As relações nação-região nos em Sergipe
processos de institucionalização das Danilo Mota de Jesus (SMS N. Sra do
ciências Socorro)
Uma Nova Perspectiva sobre a
Coordenação: Agostinho Júnior Holanda
Consolidação Acadêmica da Ecologia no
Coe (Universidade Federal do Piauí),
Brasil
Tamara Rangel Vieira (Casa de Oswaldo
Bruno Fraga Fernandes (CEFET-RJ)
Cruz/ Fiocruz)
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-I Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00


AS EPIDEMIAS VIRAM NOTÍCIA: aspectos
comparativos entre Teresina e São Luís
História das Ciências e História
na segunda metade do século XIX.
Regional: um balanço sobre o potencial
Agostinho Júnior Holanda Coe
analítico deste entrecruzamento
(Universidade Federal do Piauí)
Tamara Rangel Vieira (Casa de Oswaldo
Cruz/ Fiocruz) “Cuidemos com mais interesse da
construção de açudes”: estudos
Universal, Nacional, Regional:os
científicos sobre as secas e medidas
museus brasileiros nas Exposições
adotadas para diminuir seus efeitos nos
Universais na década de 1870
Sertões do Rio Grande do Norte (fins do
Eduardo Henrique Barbosa de
século XIX)
Vasconcelos (Universidade Estadual de
Avohanne Isabelle Costa de Araújo (UERN)
Goiás - UEG)

121
“SERTÃO ÁRIDO E INGRATÍSSIMO”: mulheres e às crianças, em Teresina-PI
as doenças como delineadoras do (1930-1940)
território do Piauí Livia Suelen Sousa Moraes Meneses (UFPI/
Laila Pedrosa da silva (Casa de Oswaldo EaD)
Cruz - COC/Fiocruz)
As representações do Asilo de Alienados
Sob o estigma das secas: A Inspetoria de Teresina no discurso dos médicos e
de Obras Contra as Secas (IOCS) e a filantropos no início do século XX
conformação de uma região. Márcia Castelo Branco Santana
Romão Moura de Araújo (Universidade Estadual do Piauí)
O Piauí na rota do discurso sanitarista A Assistência Pública aos Doentes
nacional: os postos sanitários e a saúde Venéreos nas Instituiçoes de Saúde De
pública local (1918-1930) Teresina (1930- 1945).
Rafaela Martins Silva Ana Karoline de Freitas Nery
Médicos, Coronéis e a implementação A Santa Casa da Misericórdia da
do projeto de Educação Sanitária no Parahyba nos escritos de Wilson
Norte da Bahia (1922-1930) Nóbrega Seixas (1987): Uma Análise
Ana Clara Farias Brito (UPE) Historiográfica
Elyonara de Brito Lyra Targino
Alimentação e Saúde Pública em São
Paulo: a organização do controle Entre olhares: a Santa Casa de
sanitário da carne (1886-1898) Misericórdia de Manaus e seu papel na
Leopoldo F. Silva (USP) saúde pública e assistência à população
(1870-1910)
A indicação geográfica da farinha de
Shirley Pereira Cardoso (SEDUC/AM)
Bragança (PA): consumo, soberania e
identidade (2013-2018) Da função ao propósito: o
Érico Silva Muniz (UFPA) desenvolvimento de um monumento
funcional para a consolidação da ciência
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
no Brasil (1905 - 1918)
Bruno da Silva Mussa Cury (Fiocruz -
Sobre o cuidar do “futuro do Brasil”:
Fundação Oswaldo Cruz)
o atendimento materno-infantil nos
estabelecimentos de saúde pública do Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Piauí (1889-1929)
JoseanneZingleara Soares Marinho A medicina das paixões: corpo, alma
(UESPI) e as condições de possibilidade do
tratamento moral (1700 – 1800)
Relações Cotidianas do Hospital da
João Luiz Garcia Guimarães (Rede
Santa Casa de Misericórdia de Parnaíba
Educativa)
(1914 a 1928)
Aleisa de Sousa Carvalho Rocha A natureza humana e o controle das
moralidades anômalas no Piauí (1870-
“A mãe será educada e aprenderá
1920)
criar seu filhinho”: as ações públicas
Felipe da Cunha Lopes (Universidade
e privadas para institucionalização
Estadual do Piauí)
das políticas de saúde direcionada às

122
“NEGRA MALUCA”: Quem São As Loucas, Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Perigosas e Marginais no Discurso
Medico Higienista da República Velha? Protestantes na América Portuguesa:
Hospital Psiquiátrico Juqueri (1898- Disputando Fiéis e Territórios
1930) Elizete da Silva (UEFS)
Adriana Maria de Souza O advento da República e a liberdade
Para o bem da raça: Análise do religiosa em debate na Imprensa
movimento Eugenista na Bahia, 1918- Evangélica (1889-1892)
1935. Pedro Henrique Cavalcante de Medeiros
Lucas Carvalho do Nascimento Nogueira (UFRRJ - Universidade Federal Rural do
Rio de Janeiro)
Núcleo Psicanalítico de Recife: a
institucionalização da psicanálise no “Ou ficar a pátria salva ou morrer
nordeste pelo Brasil”: o uso do patriotismo
Marcio Lucas Moreira Rodrigues (Colegio pelos presbiterianos no alvorecer da
Rembrandt COC), Pedro Ernesto Miranda República (1893-1903)
Rampazo (Colégio Galileu Mackenzie) Sergio Tuguio Ladeira Kitagawa (UERJ/FFP
e Seminário Presbiteriano Simonton)
Jurandir Picanço, um militante da
psiquiatria em Fortaleza: análise do Religião. cultura e identidade nas
artigo Síndrome de Cotard (1933). missões pentecostais: A subjetividade
Simone Teixeira Bernardo (UECE - religiosa de Louis Francescon na
Universidade Estadual do Ceará) construção da identidade teológica da
Congregação Cristã no Brasil (1891 –
Os quadrinhos autobiográficos de Alison 1948)
Bechdel e um novo ponto de vista na Mairon Escorsi Valério (UFFS)
História da Psicanálise (Estados Unidos,
1960-2012) A presença feminina entre os Batistas
Diego Luiz dos Santos na região sul baiana durante a primeira
metade do século XX
Registros de um passado adormecido: Janete Ruiz de Macêdo (Universidade
a internação psiquiátrica e a Estadual de Santa Cruz)
ressignificação da identidade das
internas do Hospital João Ribeiro, em Vozes de contestação: discursos e
Campina Grande – PB (2005) práticas de João ParahybaDaronch da
Lorrane Rangel Agra Lopes (Universidade Silva como secretário-geral da Junta
Federal de Campina Grande) Geral da Ação Social da Igreja Metodista
nos anos iniciais da ditadura militar
(1965-1971)
ST 069. História das Religiões e das Adriano Henriques Machado (Instituto
Religiosidades Federal de São Paulo (IFSP) - Campus
Bragança Paulista)
Coordenação: Carlos André Silva de Moura
(Universidade de Pernambuco - UPE), “Servas do Altíssimo e filhas do Rei?”:
Lyndon de Araújo Santos (Universidade o discurso da literatura protestante
Federal do Maranhão) pentecostal oficial do final do século
Localização: CECINE Auditório XX e início do século XXI “versus” o

123
discurso oral dos fieis comuns, em torno iniciativa de codificação da Umbanda
do “feminino” e da “feminilidade” publicada no Diário de Notícias
José Glauber Lemos Diniz (Governo Daniele Chaves Amado de Oliveira (Escola
Estado do Ceará) de Ciências Sociais - FGV CPDOC)
Diálogos: religião e política em Dom “A Jurema é uma ciência fina”:
Robinson Cavalcanti Pensando a emergência epistemológica
Fernando Coêlho Costa de velhos saberes e práticas
Lucas Gomes de Medeiros
As representações das Assembleias de
Deus sobre os Estados Unidos e o Brasil Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Igor José Trabuco da Silva (UNEB)
Parem de nos ignorar! Desafios para Tupã, Anhangã e o encontro cultural na
consolidação de uma historiografia América Portuguesa
sobre o protestantismo no Brasil Daniel Santana Leite da Silva
Francisca Jaquelini De Souza Viração (Universidade Federal da Paraíba)
(Universidade Regional do Cariri) A fragmentação do Espiritismo
kardecista no Rio de Janeiro das
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
primeiras décadas do século XX
Marcos Moreira Marques (UNIRIO)
Henderson e o protestantismo no Pará
em tempos de crise católica O movimento Hare Krishna: “invenção”
Allan Azevedo Andrade (UFPA - de um novo ou de uma “tradição
Universidade Federal do Pará) milenar”?
Leon Adan Gutierrez de Carvalho (UFPR)
A “virada cultural” das religiões
de tradição africana no Recife: do O RECIFE/PE E O ESOTERISMO:
sincretismo ao antissincretismo As Representações no Diário de
Luiz Claudio Barroca da Silva (Escola Pernambuco sobre a trajetória
Cláudio Agrício) da AMORC- Antiga e Mística
Ordem Rosacruz- na Capital
Santos marginalizados: (re)
Pernambucana(1960-80)
significações sobre a redistribuição
Diego Chaves Ramos Sampaio (Prefeitura
espacial dos terreiros de umbanda no
de Olinda)
processo de urbanização de Teresina
(1970-2008). A atuação do clero secular junto aos
Ariany Maria Farias de Souza (IFPI CAMPUS povos indígenas na Bahia colonial no
PICOS) contexto do reformismo ilustrado (1750-
1808)
Peculiaridade de um terreiro Nagô:
Fabricio Lyrio Santos (Universidade
A casa de ÒgúnMàátá mantém sua
Federal do Recôncavo da Bahia)
singularidade do Orixá Ògún dançar
com a serpente A igreja e a fonte de Nossa Senhora
Ronnei Prado Lima (Prefeitura de Ipojuca/ d’Ajuda de Porto Seguro (1551-1761)
Prefeitura de Camaragibe) Lucas de Almeida Semeão (UNESP -
Universidade Estadual Paulista Júlio de
A Umbanda fora das páginas policiais:
Mesquita Filho)
Estudo sobre Leal de Souza e a primeira

124
A Ordem Terceira do Carmo no O ROMANCE CONFESSIONAL E A
Recôncavo da Bahia: origem e expansão EXPRESSÃO DA RELIGIOSIDADE: um
Cristiane nascimento de Souza estudo sobre a representação feminina
Sacramento Daniela Emilena Santiago Dias de Oliveira
A freguesia de Nossa Senhora da Vitória ENTRE INTERESSES E REGALIAS: O
em Oeiras e o catolicismo sertanejo no engajamento religioso de mulheres na
Piauí do século XVIII (1773-1813) cidade de Picos-PI entre 1950-1970
Pedrina Nunes Araújo (UESPI) Lanna Karen Lima Araujo
Missões Católicas na Amazônia Dom Hélder Pessoa Câmara e os
Oitocentista: o caso do frei Pietro Paolo discursos em prol do desenvolvimento
da Ceriana. durante o Concílio Ecumênico Vaticano
Pamela Sousa dos Santos (SEDUC-AM) II (1962-1965)
Márcio André Martins de Moraes
A Pia União das Filhas de Maria na
(Universidade de São Paulo)
Diocese de Manaus
Elisangela Soares CULTURA E RELIGIOSIDADE POPULAR:
As festas de Reis de Cândido Mota – SP
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
nos jornais da cidade (1972-2016)
Aline FabriSegateli (Etec - Escola Técnica -
A presença verbita no sertão do Paraná
Centro Paula Souza)
Nilceu Jacob Deitos (Universidade
Estadual do Oeste do Paraná - Unioest)
ST 070. História das Religiões e
Tensões e Representações do
Religiosidades: crenças, práticas e
Catolicismo Romano em Paripiranga
hibridismos
(1870-1940)
Ana Maria Ferreira de Oliveira (CENTRO
Coordenação: Vanda Fortuna Serafim
UNIVERSITÁRIO AGES)
(UEM), Lourival Andrade Junior
O projeto religioso das Filhas de Maria (Universidade Federal do Rio Grande do
Auxiliadora para o Brasil: a experiência Norte)
do Colégio do Carmo Localização: CECINE, SALA 03
Julia Rany Campos Uzun (UNICAMP -
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Universidade Estadual de Campinas)
Católicos, disciplina!: O combate ao Elvira Barcellos, uma compositora
comunismo e ao protestantismo na pioneira da Restauração Musical
imprensa católica maranhense na Católica no Brasil, e sua atuação junto
primeira metade do século XX à Arquiconfraria de Nossa Senhora do
Mirian Ribeiro Reis (UNESP - Universidade Rosário de Petrópolis
Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho) Fernando Lacerda Simões Duarte (UFPA)
“Não tenhas medo [...]”, “[...] eu sou Festas religiosas no Brasil: a história e a
a graça”: a formação de uma cultura contemporaneidade da Festa do Divino
visionária em Portugal e no Brasil entre em Campeche, Floripa
1917 e 1942 Renata Siuda-Ambroziak (Universidade de
Carlos André Silva de Moura (UPE) Varsóvia)

125
A atuação da Companhia de Jesus na O ritual de sacrifício no período
América Portuguesa do Antigo Testamento: origens,
Bruna Lana Prado Velozo Barroso (Colégio comparações e o significado para o povo
Municipal Washington Luiz) de Israel
Luiz Henrique Rodrigues Paiva
Louvada Santa Cruz dos Milagres:
Organização Pastoral na Romaria a Paganismo e Cristianismo na Era Viking
Santa Cruz dos Milagres – Piauí (1968- (c.800 - c.1000)
1976) Lucas Pereira Rodrigues
Patrícia de Sousa Santos (Instituto Federal
Os muçulmanos contrastam na cidade
do Maranhão)
católica: a trajetória dos imigrantes
As faces do Monge José Maria: uma senegaleses em Caxias do Sul
análise de suas possíveis trajetórias na Cristine Fortes Lia (UCS), Jéssica Pereira
historiografia sobre o Contestado da Costa (Governo do Estado do Rio
Gabriel Carvalho Kunrath (Capes) Grande do Sul)
Juizado de São Benedito em “A Rainha do Carmo dos céus desceu
Pirenópolis, Goiás ao Palmar de Troya com grande
Aline Santana Lôbo (SEDUC GO), Tereza esplendor”: O espaço sagrado da Igreja
Caroline Lôbo (SME/Pirenópolis) Palmariana a partir de suas práticas
litúrgicas realizadas entre 1978 e 2005
O beato Joaquim Ramalho:
Pedro Luiz Câmara Dantas (UFRN)
messianismo no sertão do Seridó (1898-
1899) As brumas de Avalon (1982): Um olhar
Vikelane Maria de Oliveira Silva feminino sobre o mito arturiano
Ana Carolina Lamosa Paes (UEM -
Educação nas ladainhas: memória,
Universidade Estadual de Maringá)
tradição e esquecimento na festividade
do glorioso espírito santo em Breves-PA Rastros de Mulheres indígenas nas
Paula Fernanda Pinheiro Souza fontes inquisitoriais e missionárias dos
séculos XVII e XVIII
A tragédia de Maria: antropofagia e
Sarah dos Santos Araujo (UNINORTE -
milagre no sertão nordestino no final do
Centro Universitário do Norte)
século XIX
Lourival Andrade Junior (Universidade Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Federal do Rio Grande do Norte)
De “nascença” ou de “simpatia”:
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
iniciação e dom entre os mestres na
pajelança marajoara amazônica.
A chicha sagrada dos Incas
Patricia Carvalho Cavalcante (SECRETARIA
Felipe Vargas Faulbaum (Universidad
DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO PARÁ)
Nacional de San AntonioAbaddel Cusco -
UNSAAC) A mata como espaço de encantaria: uma
relação com a pentecostalidade
Entropia Social: Final dos Tempos ou
Luís Rodolfo da Silva Moura (SECRETARIA
prelúdio de um novo Alvorecer?
DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO PARA-
Nicolas Theodoridis (UNIVERSO -
SEDUC)
Universidade Salgado de Oliveira)

126
Por trás dos muros: A Umbanda e os Estadual de Maringá)
umbandistas no tecido Urbano de
Cultos de aflição centro-africanos: a
Uberlândia-MG
conexão do mundo Atlântico pelo culto
Cairo Mohamad Ibrahim Katrib
da ancestralidade.
(Universidade Federal de Uberlandia)
Eduardo Possidonio (UFRRJ -
Sobre memória, trauma e cicatrização: Universidade Federal Rural do Rio de
a monumentalização dos pretos-velhos Janeiro)
Lívia Lima Rezende
Entre caboclos, mestres e orixás:
Religiões afrodescendentes na agenda hibridismo e circularidade nos xangôs,
política brasileira 2003-2006: Uma torés e catimbós do nordeste na
análise de suas abordagens primeira metade do século XX.
Caio Isidoro da Silva Raphael Souza Lima (Inteligência
Relacional EIRELI)
Religiosidade e Patrimônio Cultural
Imaterial: o pedido de registro de dois “Isso tudo é porque somos de uma
terreiros em Santa Catarina religião dos negros: Graças a Olorum
Sérgio Luiz Ferreira (UFSC) estamos aqui!” Amargosa – BA
Lorena Michelle Silva dos Santos
“Essa terra tem muito axé!”: Práticas
(Universidade do Estado da Bahia)
culturais e devoções negras no
Recôncavo da Bahia – Cachoeira/ Vale Intolerância Religiosa no Interior da
do Iguape Paraíba: O Ataque a Igreja Adventista de
Alaíze dos Santos Conceição Baixa Verde
(Universidade Federal do Estado do Rio de Daniel da Silva Firino (UFPB)
Janeiro)
“Orixás, caboclos e guisas: deuses ou
Comunidades quilombolas do estado do demônios?”: A intolerância religiosa
Rio de Janeiro e suas religiosidades contra as religiões afro-brasileiras na
Ione Maria do Carmo (UNIRIO - construção do pensamento de Edir
Universidade Federal do Estado do Rio de Macedo
Janeiro) Bruno Rodrigues Pimentel
Nina Rodrigues e Cesar Lombroso: Um estudo de caso do
olhares sobre as religiões mediúnicas neopentecostalismo brasileiro: A Igreja
Vanda Fortuna Serafim (UEM) Mundial do Poder de Deus
Eduardo Guilherme de Moura Paegle
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
(IFRR)
O irmão mais novo da casa “Àbúrò
n’ilê”: a experiência histórica da ST 071. História do ensino de história e
juventude de terreiro em Alagoas os livros didáticos
(2014/2015)
Ellen Cirilo Santos Coordenação: Kazumi Munakata (PUC-SP),
Maria Aparecida Leopoldino (Universidade
Enredos Míticos: As narrativas sobre Exu
Estadual de Maringá)
na obra literária Deuses de dois mundos
Localização: CE, SALA B08
Laís Azevedo Fialho (UEM - Universidade

127
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 livros didáticos
Emanuela de Moraes Silva (Secretaria de
O livro e o impresso pedagógico:
Educação)
a história escolar nas fronteiras
historiográficas trilhadas por Pedro AS Representações Sociais nas
Muralha (1927-1928) Iconografias sobre sobre os Povos
Maria Aparecida Leopoldino (Universidade Indígenas no Brasil nos Livros Didáticos
Estadual de Maringá) e o Ensino de História a partir da Lei nº
11.645/2008 (2015- 2018)
Representações do Brasil nos livros
Joselene dos Santos Maciel (E. E. E. P.
de História de América mexicanos –
ÍCARO DE SOUSA MOREIRA)
1933/1965
Luciano Mendes de Faria Filho (UFMG - Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Universidade Federal de Minas Gerais)
Livros didáticos brasileiros de História: A construção do espaço potiguar nos
de lições ao curso livros didáticos de História do Rio
KazumiMunakata (PUC-SP) Grande do Norte (1952-1967)
Flademir Gonçalves Dantas (UFRN -
A história da América vista através do Universidade Federal do Rio Grande do
compêndio do Rocha Pombo (1900) Norte)
Wiliane Barbosa Goncalves de Moura
Dispositivos paranistas na construção
A medievalística e o medievo no ensino da identidade regional: analisando
de História: o potencial ético e político “Geografia e História do Paraná” de
do estudo de Idade Média Luiza Pereira Dorfmund (1963)
Nilton Mullet Pereira (Universidade Valter Andre Jonathan Osvaldo Abbeg
Federal do Rio Grande do Sul) (Prefeitura Municipal de Araucária)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Produção de livros didáticos para o
ensino de historia regional no estado do
Livros didáticos e Ensino de História: Amazonas e suas problemáticas – Uma
desafios do tempo presente Síntese da Historia da Amazônia
Maria Abadia Cardoso Lenilson Melo Coelho (SEDUC AM)
Os livros didáticos da disciplina Estudos A EXPERIÊNCIA DE PESQUISA DO
Amazônicos no Pará: propostas e PIBIC NO IFMA CAMPUS ALCÂNTARA:
estratégias editoriais (2011-2014) professoras autoras de livros escolares
Geraldo Magella de Menezes Neto (FIBRA/ no século XIX e a negligência com a
Semec-Belém/UFPA) memória local
Jeane Carla Oliveira de Melo (IFMA)
O Livro didático de História do Brasil e
a “Guerra do Paraguai”: questões de O livro didático entre a cruz e a espada
pesquisa Jefferson Evanio da Silva (FAMASUL -
Paulo Henrique Roseghini dos Santos Faculdade de Formação de Professores da
(Secretaria estadual de educação) Mata Sul)
As imagens da África no contexto “Lá fora, acima de tudo – a humanidade,
escolar: do imaginário estudantil aos que sai para Deus; aqui dentro, na

128
grande Pátria nossa tão amada – o culto Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
que lhe devemos (1917)”, cem anos
depois permanências e rupturas no A construção da ginástica em academia
Ensino de História. e sua prática em salvador entre 1975 a
Eliana Gasparini Xerri (Universidade de 1985.
Caxias do Sul) Amanda Azevedo Flores (Centro
Universitário Jorge Amado)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
A constituição da ginástica rítmica em
“A escravidão é um pecado!” As razões Salvador, Bahia, como prática educativa
do processo abolicionista apontadas Maria Elisa Gomes Lemos (Universidade
nos livros didáticos Federal da Bahia)
Ana Paula Pruner de Siqueira (Instituto Ginástica e Representação de Corpo
Federal de Santa Catarina) Moderno em Salvador (1900/1930)
Josué de Castro e a literatura: uma Aline Gome Machado (UFBA -
análise sócio-histórica de Homens e Universidade Federal da Bahia)
Caranguejos para o ensino de história. Pedaços da História da Escola Superior
Pedro Felipe Ribeiro Silva (UFRPE) de Educação Física do Pará (ESEFPA): A
O Livro Didático como Ferramenta trilha de Nagib Matni e o encontro com
no Ensino Médio e sua Relação com a as fontes.
Música Urbana Carmen Lilia da Cunha Faro (UEPA)
Antonio Manuel da Silva Junior A capoeira nos ringues na década de
(SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO 1930 – uma comparação entre o caso
DE PERNAMBUCO) baiano e o carioca
A escravidão negra no Brasil: um olhar Roberto Augusto A. Pereira (SEMED - São
interdisciplinar a partir das coleções Luís)
de livros didáticos de História e Língua A Educação Física da Bahia na Década de
Portuguesa (PNLD, Guia 2018) 1950 e 1970.
Nádia Narcisa de Brito Santos (UECE - Wilson de Lima Brito Filho (UFBA -
Universidade Estadual do Ceará) Universidade Federal da Bahia)
Os livros didáticos de Arte aprovados “Vadiando e Resistindo em meio as
pelo PNLD entre os anos de 2015 e 2019. tensões”: Memórias da disseminação
Hiannay Tupyara Jovem de Freitas da Capoeira em Vitória da Conquista-BA
(1950 e 2000)
ST 072. História do Esporte e das Jonatan Dos Santos Silva (UESB)
Práticas Corporais TORCER É NEGÓCIO : Do turfe ao
futebol, as representações torcedoras
Coordenação: Euclides de Freitas Couto na publicidade dos periódicos cariocas
(Universidade Federal de São João del entre os anos de 1920 e 1950.
Rei), Rafael Fortes Soares (Universidade Thiago Oliveira Braga (SEDUC)
Federal do Estado do Rio de Janeiro
(UNIRIO))
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-K

129
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00

Relações de gênero, futebol e Estado Pensando o projeto familiar de


Novo no Brasil formação de jogadores de base no
Cláudia Maria de Farias (Universidade Rio de Janeiro a partir de uma leitura
estácio de Sá) interseccional
Isabella Trindade Menezes (FGV - RJ)
Esporte, propaganda e consenso
nos festejos do Sesquicentenário da As origens do catalanismo na história do
Independência do Brasil (1972): a 35ª FC Barcelona (1899-1939)
edição da Corrida do Fogo Simbólico da Euclides de Freitas Couto (Universidade
Pátria em questão Federal de São João del Rei)
Bruno Duarte Rei
O Filme Voltar a viver (ESP/ITA, Mario
Rebeldes em revista: João Saldanha, Camus, 1968) – Parte II: futebol, cinema
Afonsinho e Reinaldo em publicações de e histórias de paixão e superação na
Placar entre 1970 – 1978. Espanha Franquista.
João Pedro Prado Mercês Lázaro (UFBA - Luiz Carlos Ribeiro de Sant’ana (FAETEC)
Universidade Federal da Bahia)
Ditadura e futebol em Portugal e no
As excursões de times de futebol do Brasil: as copas do mundo de 1966 e
Brasil para a África (1960-1980) 1970.
RaelFiszon Eugenio dos Santos (Prefeitura Rodrigo Carrapatoso de Lima
da Cidade do Rio de Janeiro) (Universidade Federal de Pernambuco)
Nem tão perto, nem tão longe – Torcida A América é aqui! Representações
Jovem Ponte e Guerreiros da Tribo: e lirismo sobre o Campeonato Sul-
rivalidade e associativismo no futebol americano de Futebol de 1949 no Jornal
campineiro dos Sports
Vitor dos Santos Canale (Prefeitura Alvaro Vicente Graça Truppel Pereira do
Municipal de Paulínia) Cabo (UCAM (UNIVERSIDADE CÂNDIDO
MENDES) Município, Estado), André
Andaraí e Vila Isabel: Trajetória de
Alexandre Guimarães Couto (CEFET/RJ)
espaços esportivos na cidade do Rio de
Janeiro (1913-1949) Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
João Paulo Maciel de Azevedo
“Por que perdemos?” Imprensa Antecedentes do futebol: o cricket nos
esportiva e percepções de identidade clubes de São Paulo (século XIX)
nacional na Copa do Mundo de 1950. Eduardo de Souza Gomes (UFRJ), Victor
Gérson Wasen Fraga (Universidade Federal Andrade de Melo (PPGHC/UFRJ)
da Fronteira Sul) A “Federação”: uma saída varzeana para
Os “Black Stars” chegam ao mercado: O o autoritarismo burocrático no esporte
futebol ganês no discurso pós-colonial durante a Ditadura Militar
britânico (1996-2014) Raphael Rajão Ribeiro (Museu Histórico
Jonathan Dias Portela Abílio Barreto/Fundação Municipal de
Cultura de BH)

130
O Centro-Oeste no Campeonato Giovana Moraes Suzin (USP - Universidade
Brasileiro de Seleções Estaduais (1928- de São Paulo)
1962)
Uma história do conceito de
Fábio Santiago Santa Cruz (UEG -
divertimento na São Paulo do século XIX
Universidade Estadual de Goiás)
(1828-1889)
Caszely& Sócrates: Representações Flávia da Cruz Santos (Universidade
sobre a democracia a partir do filme Federal de Juiz de Fora)
“Rebeldes do Futebol.”
Uma bibliotheca para o povo: livros e
Hugo da Silva Moraes (UFRJ -
leitura nos debates intelectuais para
Universidade Federal do Rio de Janeiro)
instrução popular (Rio de Janeiro, 1870-
Uma história comparada e transnacional 1900)
dos megaeventos esportivos: a atuação Josiane Silva de Alcântara (Fiocruz -
dos dirigentes e a recepção do “padrão Fundação Oswaldo Cruz)
FIFA” nas “Copas do Mundo BRICS”
Disputas pelo calendário de festas no
(2010, 2014 e 2018)
Recife Oitocentista ( 1822-1850)
Raul de Paiva Oliveira Castro (Professor de
Lídia Rafaela Nascimento dos Santos
Educação Básica/ SEE-MG)
(Universidade Católica de Pernambuco)
14 anos do Simpósio Temático de
As Representações das Sociabilidades
História do Esporte na ANPUH: um
e dos Lazeres dos Escravizados na
balanço da produção sobre futebol
Imprensa Jornalística e nos Códigos
entre os anos de 2003 a 2017
de Posturas de São Luís na Segunda
Victor de Leonardo Figols (UFPR -
Metade do Século XIX
Universidade Federal do Paraná)
Marcos Eduardo Moraes Launé (UFMA -
Olhares sobre o Brasil numa revista de Universidade Federal do Maranhão)
surfe sul-africana
Sociabilidades e Identidades: Clubes
Rafael Fortes Soares (Universidade Federal
Recreativos, Elites políticas e práticas
do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO))
de lazer em Manaus, 1880-1916.
KíviaMirrana de Souza Pereira
ST 073. História do Lazer e dos Usos (Universidade Federal do Amazonas)
Sociais do Tempo Livre
Subtraindo a apatia da cidade da
borracha: lazer e esportes em Manaus,
Coordenação: Flávia da Cruz Santos
1897-1902
(Universidade Federal de Juiz de
Cleber Augusto Gonçalve Dias
Fora), Cleber Augusto Gonçalves
(Universidade Federal de Minas Gerais)
Dias (Universidade Federal de Minas
Gerais) A cultura física e esportiva na capital
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-L “decadente” de Goiás: O caso do
basquetebol (1931 a 1935)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Jean Carlo Ribeiro (Universidade Federal
do Tocantins)
Os bailes na São Paulo do século XIX
e chegada do XX: sociabilidades e
contravenções

131
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Municipal de Educação de São Paulo)

Práticas Culturais na cidade do Carnaval do Rio de janeiro e “história


Salvador: cotidiano entre os anos de que a História não conta” - uma análise
1920 e 1935. dos sambas de enredo
Danilo Raniery Alves Freire (UFBA - Anna Cristina De Almeida Jesus
Universidade Federal da Bahia) ‘Vitorioso, ele partiu para o
A Dança como prática de lazer e estrangeiro”: turismo, carnaval e
sociabilidade nos clubes sociais e identidades na transformação da zona
recreativos da cidade de Salvador (1910 central carioca (1935-1961)
- 1940) Fabiana Martins Bandeira (UFF -
Viviane Rocha Viana (Universidade do Universidade Federal Fluminense)
Estado da Bahia) A micareta desfila a cidade
Aproximações à constituição histórica Miranice Moreira da Silva (UNEB -
do lazer e da sociabilidade nos espaços Universidade do Estado da Bahia)
públicos no interior baiano (1900 – As disputas em torno do Carnaval de
1930). Campina Grande - PB: Construindo um
Lizandra de Souza Lima (Prefeitura “cenário” para o sepultamento dos
Municipal de Alagoinhas) festejos.
Uma Feira de Diversões PriscyllaLaryssa da Siva Lima
Fábio Santana Nunes (Universidade “EU SOU DO MORRO!”: estudo
Estadual de Feira de Santana) etnográfico sobre territorialidade negra
Memórias do Teatro em Cataguases/MG e o ciclo carnavalesco da Sociedade
no século XX Recreativa e Esportiva Império Serrano,
Priscila Gonçalves Soares (Instituto Guaíba/RS
Federal do Sudeste de Minas) Ricardo Figueiró Cruz (FEEVALE -
Universidade Feevale)
Montes Claros Tênis Clube: memória e
apropriação deste espaço de lazer na Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
cidade de Montes Claros-MG
Lara Mikaeli Pereira Dias (Secretária Lazer e Regime Militar: Um estudo sobre
Municipal de Educação) os Centros Sociais Urbanos de Fortaleza
(1969 - 1984)
Do entrudo aos bailes de máscara: o Marise Magalhães Olímpio (Secretaria
carnaval diamantino na Belle Époque Municipal de Educação)
Renata Cristina Simões de Oliveira (UFMG -
Universidade Federal de Minas Gerais) Espaços em tensão: gênero, trabalho e
lazer em Teresina, Piauí (1975-1985)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Julio Eduardo Soares de Sá Alvarenga
(UFPI - Universidade Federal do Piauí)
Carnaval e imprensa: a construção
de imagens de mulheres nos festejos Espaços culturais de Teresina-PI:
cariocas dos anos 1970 cotidiano, memória e sociabilidades,
Ellen Karin DaineseMaziero (Secretaria nas décadas de 1980 e 1990
Raimundo Nonato Lima dos Santos (UFPI)

132
Histórias de Trancoso como Tradição de Relações de sociabilidade nos subúrbios
passatempo cariocas pelas práticas esportivas -
Emanuel da Silva Oliveira (Universidade 1907/1924
Federal Rural de Pernambuco) Glauco José Costa Souza (Comissão de
Valores Mobiliários - CVM)
Uma configuração da Equoterapia no
Brasil: um olhar eliasiano sobre as Região Portuária do Rio de Janeiro:
cadeias de interdependência no Rio Saúde, Gamboa e Santo Cristo resgate
Grande do Sul da História dos Bairros pela Habitação
Ester Liberato Pereira (Universidade Popular
Estadual de Montes Claros) Luciana Nemer (UFF - Universidade
Federal Fluminense)
As mulheres e as vaquejadas da Bahia
Adriana Priscilla Costa Cavalcanti Uma proposta de educação patrimonial
(Universidade Estadual de Feira de no ensino de história em periferias: O
Santana) Bom Jardim.
Littbarski de Castro Almeida (SEDUC-CE)
ST 074. História e Cidades: memória, Pôlder do rio Meriti: engenheiros e
identidades, estilos de vida e suas técnicas para sanear a Baixada
reconfigurações urbanas Fluminense.
Adriana Branco Correia Souto (Fiocruz)
Coordenação: Marcelo de Araujo Rehfeld
Disciplina e “civilização” na cidade:
Cedro (Pontifícia Universidade Católica de
sanitarização, ciência e poder político
Minas Gerais)
no Alto Purus - Acre
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 105
Francisco Bento da Silva (UFAC)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
A outra face da cidade: uma história dos
feirantes no Recôncavo Baiano - 1950-
Preservação e Urbanismo: Desafios na 1970.
preservação dos monumentos históricos Hamilton Rodrigues Dos Santos
de Olinda.
Samara de Rezende Mariano (UFRPE Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
- Universidade Federal Rural de
Pernambuco) Praça Sete, Pampulha e Savassi:
centralidades urbanas e modernidade
Fotografia, Arte e Ciência em Vauthier e
periférica na cidade de Belo Horizonte
Schlappriz: aproximações civilizadoras
Marcelo de AraujoRehfeld Cedro
dos construtores de vistas da
(Pontifícia Universidade Católica de Minas
modernização do Recife no século XIX
Gerais)
Luciana Cavalcanti Mendes (Unesp)
O Album de vistas locaes: memória e
A outra face da cidade: Subúrbios e
formação dos “arquivos-futuros” da
segregação espacial - Manaus 1880-
cidade.
1910.
Guilherme Augusto Guglielmelli Silveira
Bruno Miranda Braga
(Colégio Anglo)

133
Experiências de modernização e A migração de argentinos para a cidade
urbanização: duas cidades mineiras em de Búzios (RJ)
perspectiva (1890-1930) Alexandre de Oliveira Silva (UFF)
Patrícia Vargas Lopes de Araujo
Muçulmanos em Cuiabá: a construção e
(Universidade Federal de Viçosa)
a inauguração da mesquita em jornais
A modernidade nos trilhos impressos da cidade
Clara Natalia Steigleder (UFPEL - Adriana Auxiliadora da Silva (SEDUC)
Universidade Federal de Pelotas)
Entre sertão e civilização: A catedral
A presença do automóvel na relação neogótica de Petrolina e os sentidos de
com a configuração de outras formas de urbanização da cidade do São Francisco.
sensibilidade urbana Diomedes de Oliveira Neto
Maria Sílvia Duarte Hadler (Centro de
São Caetano do Sul e a construção de
Memória Unicamp)
suas memórias ao longo do século XX
História da arquitetura como história Cristina Toledo de Carvalho (Fundação
dos trabalhos: um olhar sobre a Pró-Memória de São Caetano do Sul)
modernização em São Paulo - Raquel
Nova Friburgo 200 anos: da memória do
Furtado SchenkmanContier (FAUUSP)
passado ao projeto de futuro
(Res) significando a cidade: o projeto Vanessa Cristina Melnixenco (Fundação D.
de revitalização do Cento de Teresina João VI)
(1990-2010)
Do Campo do Brilhante ao Pau-da-Moça:
Regianny Lima Monte (Instituto Federal de
As perdas e rupturas no processo de
Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí)
constituição dos lugares de memórias
Água no Hidrante: a tecnicidade dos da Rua Rui Barbosa nas décadas de 1960
Bombeiros do Rio (re)urbanizado em e 1970
debate no cotidiano da cidade no início Raimundo Pereira da Silva Filho
do século XX. (Prefeitura de União)
Afonso Henrique Sant Ana Bastos (FAFIMA
Jornal Correio de São Félix: entre fatos
- Faculdade de Filosofia Ciências e Letras
e narrativas de uma cidade.
de Macaé)
José Alberto Nascimento de Jesus (SEC/BA)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00

A Cidade e a Festa na passagem do


Uma vida, muitas histórias:
Medievo para a Modernidade (Portugal -
invisibilidades e apagamentos
séculos XV e XVI)
femininos na cidade de São Paulo.
Ieda Avenia de Mello (MUNICIPIO E
Maíra Cunha Rosin
ESTADO DO RIO DE JANEIRO)
“Naquela época não se via nada demais
FORMAS DE OBSERVAR A CIDADE: a
no Beco minha filha!”: Memórias,
paisagem como instrumento de análise
cotidiano e prostituição no Beco da
histórica
Energia, em Feira de Santana (BA) 1950-
Tales de Lima Pedrosa
1960.
Lucymara da Silva Carvalho

134
A cidade e suas técnicas pedagógicas Fora
sobre o corpo Ana Maria da Costa Evangelista (Secretaria
Felipe Dias Ramos Loureiro (universidade de Estado de Educação de Minas Gerais)
de coimbra)
A Decoração Interna do Palácio do
Rua Marielle Franco: Lutas e Simbolismo Catete: (Re)apropriações Monárquicas
Acerca do Ato de Nomeação e na Nova Casa da República
Renomeação de Espaços Públicos Isabella do Amaral Mendes
João Paulo França (IFPB)
“Quem, n’esta capital, e nos centros
O Rap Intercultural Construindo Uma civilizados da Bahia, conhece o sr.
Representação da Cidade de Manaus Rodrigues Lima?”: atuação de Joaquim
(1989 a 1999). Manoel Rodrigues Lima no governo do
Richardson Adriano de Souza Estado da Bahia (1892-1896)
Mozana Dantas Silva
O cinema no processo de construção da
civilidade urbana em Feira de Santana Arthur Bernardes: redes de contato
(1950-1965) oligárquicas e a imprensa como
Alisson Oliveira Soares de Santana (UEFS projeção política local no início do
- Universidade Estadual de Feira de século XX.
Santana) Natália Fraga de Oliveira
A metropolização e seus agentes: a O “bota-abaixo” e a abertura da Avenida
pichação em Fortaleza nos anos de 1990 Central sob o foco da imprensa
Jéssica Martins Guedes de Souza (UFRN) Diego Carvalho da Silva (Colégio de
Aplicação da UFPE)
Paisagem urbana, contra-usos do
espaço público e liberdade: questões Jogo social e apropriação de terra:
sobre o olhar numa História social do implicações das mudanças políticas
skate da década de 1920 na apropriação do
Andréa Casa Nova Maia (Universidade patrimônio fundiário da Intendência de
Federal do Rio de Janeiro) Natal
Gabriela Fernandes de Siqueira (IFRN)
ST 075. História e Culturas Políticas no Trajetória intelectual e pública de
Brasil Republicano Alexandre Marcondes Filho e a ideologia
propagandista do Partido Republicano
Coordenação: Wagner da Silva Teixeira Paulista.
(História - Universidade Federal do Karen Dayanne Nunes, Thiago Andreuci
Triângulo Mineiro), Michelle Reis de Alves Silva (Contratado)
Macedo (Universidade Federal de Alagoas)
A tradição familiar na política paraibana
Localização: CE, SALA B12
O período das interventorias (1930-1945) -
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 WanieryLoyvia de Almeida Silva
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Memória, imagens e narrativas:
percepções e apropriações do Projeto
A transição democrática de
“O Museu vai à Escola” MAPRO/Juiz de
1945:História e Historiografia

135
Wagner da Silva Teixeira (História - golpe de 1964 no Piauí e as práticas de
Universidade Federal do Triângulo adesão
Mineiro) Francisco José Leandro Araújo de Castro
Discursos políticos e jogos de poder: O golpe de 1964 e o cotidiano da cidade
A atuação dos vereadores da Câmara de Salvador-Ba
Municipal de João Pessoa-PB no Thiago Machado de Lima
contexto da experiência democrática
A construção de uma nova
(1947-1951)
representação amazônica - da ditadura
Carla Schayane Costa Silva
varguista à ditadura militar
Alimentando os pequenos brasileiros: Carlos Eugenio Aguiar Pereira de Carvalho
Dante Costa e a alimentação infantil Renha (FGV)
Marcela Martins Fogagnoli (IFRJ)
Poetas e ditadores: os folhetos políticos
“Tudo pela lei, fora da lei nada”: de Rodolfo Coelho Cavalcante e a
atuação do ferroviário Hostílio Ubaldo Ditadura Civil-Militar
Ribeiro Dias no primeiro mandato de Anderson da Silva Almeida (Universidade
vereador na cidade de Alagoinhas - BA Federal de Alagoas)
(1955-1956)
A Participação da Missão Portella nas
Tatiane Figueiredo Araujo
Eleições de 1974
O monumento à Lauro Sodré (1959) e o Priscila Oliveira Pereira (UDESC -
encontro de tradições político-militares Fundação Universidade do Estado de
no Pará republicano Santa Catarina)
Alan Christian de Souza Santos (Instituto
“Eles tem medo de mim, porque eu não
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
sou índio bobo”: o protagonismo do
do Pará)
xavante Mário Juruna e o aprendizado
Oscar Dias Correa e o pensamento da cultura política democrática em
conservador: notas para um debate época de ditadura (décadas de 1970 e
sobre udenismo e mineiridade (1945- 1980)
1964) Michelle Reis de Macedo (Universidade
Laurindo Mekie Pereira (Universidade Federal de Alagoas)
Estadual de Montes Claros/Unimontes)
A Assembleia Nacional Constituinte sob
O nacionalismo é o que nos une: a FPN e espada de Dâmocles: as reivindicações
o marechal Lott nas eleições de 1960 militares em 1987
Guilherme Leite Ribeiro Marcus Vinícius Assis da Costa (Colégio
Concórdia)
Darcy Ribeiro, Chefia do Gabinete Civil e
cultura política no governo presidencial Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
de João Goulart
Edi de Freitas Cardoso Júnior (Instituto “QUE A SERGIPE HONRA E DECORA”:
Federal do Norte de Minas Gerais/IFNMG) Celebrações do centenário da
independência sergipana nos campos
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
intelectual e político na cidade Aracaju
em 1920.
Cultura política e conservadorismo: o

136
Jeferson Augusto da Cruz (UFSC - ST 077. História e Ficção: diálogos e
Universidade Federal de Santa Catarina) contaminações
O periódico “Informe Ciência Hoje” e
Coordenação: Júlio Pimentel Pinto (USP)
a comunidade científica: articulações
Localização: CECINE, SALA 05
entre ciência, política e sociedade
(1985-1990) Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Thaís Patrícia Mancilio da Silva (Programa
de Pós Graduação em História das Cultura e política nas narrativas de Alejo
Ciências e da Saúde (PPGHCS)) Carpentier: poética da história e debate
A ocupação da Fazenda Peba: uma latinoamericanista.
experiência de reforma agrária no Nuno Gonçalves Pereira (UFRB -
sertão do rio São Francisco, Delmiro Universidade Federal do Recôncavo da
Gouveia, Alagoas, 1987- 1989. Bahia)
Aline Oliveira da Silva Dinâmicas da memória ou a maré
Conciliação como estratégia política: do tempo: considerações sobre o
eleições majoritárias no município de anacronismo em “Pura Memoria” de
Limoeiro do Norte-CE (1988-2016) Pedro Orgambide
Ercílio Henrique de Lima Gadelha Fernanda Palo Prado

A construção de um “presente” sob os O nascimento democrático e as


alicerces de um “passado”: a relação divergências geracionais: literatura,
da memória de Miguel Arraes com a trauma e utopia na América Latina (o
imagem política de Eduardo Campos caso chileno)
Alex Pereira da Silva Fabiana de Souza Fredrigo (Universidade
Federal de Goiás)
Desterritorialização e colonialidade:
decisões judiciais nos processos de Do pesadelo da história ao sonho da
atingidos por barragens memória: negação e recuperação da
Fabian Serejo Santana (UNEST) argentinidade em dois romances de
Julio Cortázar
O golpe de 2016 nos editoriais do jornal Rafael Vaz de Souza
o Globo.
Mateus Gamba Torres (UNB) As possibilidades interpretativas
das representações do império nos
A bancada evangélica e o governo romances oitocentistas britânicos
Michel Temer (2016-2018) Ana Carolina Silva (UNICAMP -
Guilherme Esteves Galvão Lopes (DETRAN/ Universidade Estadual de Campinas)
RJ)
Saramago e o trabalho do desassossego
Minerva: A filarmônica e a construção da Carolina Borges da Silva Luiz (USP -
imagem política do Coronel Negro Dias Universidade de São Paulo)
Coelho (Morro do Chapéu, Ba) 1906-
1919 Literatura e historicidade: crítica
Emerson da Silva Melo à modernidade e emergência de
temporalidades pós-utópicas nos
romances de Michel Houellebecq

137
Ana Lorym Soares (UFG - Universidade Representações da derrota no romance
Federal de Goiás) Zero: de Ignácio de Loyola Brandão
Magno Henrique de Souza Freitas (USP -
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Universidade de São Paulo)
O estudo da ficcionalidade nas fontes Lavoura arcaica: texto e contexto
como resposta ao problema do discurso Thiago Arnoult Netto (USP - Universidade
referencial em história de São Paulo)
Israel Ozanam de Sousa Cunha A montagem da história em Calvário e
Embriagado pela Musa inspiradora: Porres do Pingente Afonso Henriques de
Diálogos entre a História e a produção Lima Barreto (1977) de João Antônio
literária dos séculos XIX e XX Vinícius da Cunha Bisterço
Artur Vitor de Araújo Santana (UFRPE De dandy a super-herói: as muitas vidas
- Universidade Federal Rural de de Fantômas na América Latina
Pernambuco) Ivan Lima Gomes (Univ. Federal de Goiás)
Cultura de história e as representações Os futurians e a produção da ficção
da Independência na literatura científica nos Estados unidos da década
brasileira de 1940
Sheila Virginia Rocha de Oliveira Castro Andreya Susane Seiffert
(USP - Universidade de São Paulo)
Literatura de testemunho; Segunda
Três olhares oitocentistas sobre a Guerra Mundial; GraphicNovels
balaiada Victor Callari (COLÉGIO IMPERATRIZ
Patrícia Aparecida Guimarães de Souza LEOPOLDINA)
(Secretaria Estadual de Educação)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Futuro útil, passado inútil: o tempo no
romance “O Mulato” (1881), de Aluísio
“Se eu fosse Sherlock Holmes”: o
Azevedo
detetive ficcional como modelo para
Clarissa Gomes Pesente
os leitores brasileiros na Primeira
O carnaval das dores: desejo e República (1907-1930)
desespero na literatura nordestina Leandro Antonio de Almeida (UFRB)
Marcus Vinicius Santana Lima Almeida
Das artes narrativas e seus
(UNIVASF - Universidade Federal do Vale
ensinamentos: uma interpretação do
do são Francisco)
“homem da multidão” em Edgar Alan
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Poe, Baudelaire e Walter Benjamin
Mauricio Cardoso (Depto. de História
Cidade de magarefes, mulheres, pretos: FFLCH - USP)
A Feira de Juarez Bahia, 1942-1986 Os historiadores ficcionais de Jorge Luís
Clóvis Frederico Ramaiana Moraes Oliveira Borges - Mateus Cavalcanti Melo (IFSC
(UEFS - Universidade Estadual de Feira de Instituto Federal de Educação, Ciência e
Santana) Tecnologia de Santa Catarina)

138
O jovem Ricardo Emilio PigliaRenzi lê Universidade Federal de Pernambuco)
Borges e Cortázar
Da cana-de-açúcar ao turismo: o
Leticia Bachani Tarifa (Secretaria da
processo histórico da participação
Fazenda e Planejamento de São Paulo)
social no desenvolvimento do município
Para que serve um diário?: história e de Maragogi/AL
ficção em ‘Los diarios de Emilio Renzi’ Artemísia dos Santos Soares (Instituto
Júlio Pimentel Pinto (USP) Federal de Alagoas)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
ST 080. História e Memória do Turismo
Coordenação: Senia Regina Bastos O Guia dos Caminhantes: um roteiro
(Universidade Anhembi Morumbi), para os viajantes no Brasil colonial
Janaina Cardoso de Mello (Universidade Airton José Cavenaghi (Anhembi
Federal de Sergipe) Morumbi)
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-J
O Rio de Janeiro no South American
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Handbook, 1925-2000
Celso Castro (FGV/CPDOC)
Turismo e política no Brasil de Vargas
Intelectuais, cidades e escrita de si: os
Andrea de Albuquerque Vianna (UFRN -
guias de viagem de Gilberto Freyre e
Universidade Federal do Rio Grande do
Jorge Amado
Norte)
Amanda Danelli Costa (Universidade do
Planejamento Urbano e Turismo Estado do Rio de Janeiro)
na passagem de Alfred Agache por
Heranças do Império para o Turismo
Petrópolis (RJ) durante o Estado Novo
Ferroviário na Contemporaneidade :
(1937-1945)
um estudo sobre o Rio de Janeiro (RJ) e
André Barcelos Damasceno Daibert (UFJF -
Minas Gerais (MG)
Universidade Federal de Juiz de Fora)
Vera Lucia Bogea Borges (Universidade
Instrumentos da Política de Turismo Federal do Estado do Rio de Janeiro)
no Brasil: da centralização à
O Turismo e a gastronomia sergipana
descentralização
como identidades-consumo.
Fábia Trentin (UNIVERSIDADE FEDERAL
Denio Santos Azevedo (Universidade
FLUMINENSE)
Federal de Sergipe)
Práticas e Memórias das antecipações
Uma história contemporânea do
do Turismo em Recife
gosto como expressão de memória e
Isabela Andrade de Lima Morais (UFPE -
patrimônio alimentar
Universidade Federal de Pernambuco)
Carolina Figueira da Costa (Senac MG)
Como o turismo em Recife-PE foi
Bares tradicionais cariocas: entre a
institucionalizado pelo poder público
renovação urbana e a valorização dos
municipal? Uma reconstituição dos 80
bens culturais
anos de atividade oficial a partir de
Leonardo de Carvalho Augusto (PUC-RIO -
fragmentos históricos
Pontifícia Universidade Católica do Rio de
Luciana Araújo de Holanda (UFPE -
Janeiro)

139
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Cultura visual e turismo: anúncios
de viagens internacionais nos jornais
O turismo na trajetória histórica das brasileiros da primeira metade do
políticas de preservação do patrimônio século XX
(1960 - 1980) Eric Danzi Lemos (USP)
Raphaela Maciel Correa (UFJF -
Universidade Federal de Juiz de Fora) Do “não lugar” ao “lugar de fruição
cultural”: Memórias das Exposições de
Feiras contemporâneas territórios de Shoppings como atrativo turístico.
interesse turístico na salvaguarda de Janaina Cardoso de Mello (Universidade
bens culturais Federal de Sergipe)
Giovanna de Aquino Fonseca Araújo
(Prefeitura Municipal de Campina Grande Quando a História e o Turismo se juntam
e de Poçinhos) na sala de aula: experiências e desafios
Valeria Lima Guimarães (Universidade
Co-memorar a imigração alemã Federal Fluminense)
dançando em Petrópolis/RJ: patrimônio
cultural da Bauernfest MEMÓRIA E MÚSICA:REFLEXÕES ACERCA
Frederico Ferreira de Oliveira (CEFET/RJ - DA SERESTA EM DIAMANTINA-MG
Centro Federal de Educação Tecnológica Tatielly Rocha
Celso Suckow da Fonseca), Patrícia José Paes de Azevedo Sá:
Ferreira de Souza Lima (CEFET/RJ - Centro Representatividades do Processo
Federal de Educação Tecnológica Celso Civilizador dos Vieiras de Azevedo-
Suckow da Fonseca) Engenho Oitocentas -(1920-1951)
A constituição de distritos turísticos Josineide Luciano Almeida Santos
étnicos na cidade de São Paulo nos anos
1970 ST 081. História e mídia
Senia Regina Bastos (Universidade
Anhembi Morumbi) Coordenação: Edvaldo Correa Sotana
Hotelaria no Rio Grande do Sul nas (UFMT - Universidade Federal de Mato
primeiras décadas do século XX Grosso), Wellington Amarante Oliveira
Dalila Müller (Universidade Federal de (Universidade Federal do Tocantins (UFT))
Pelotas) Localização: CCSA, BLOCO A, SALA A-03

Análise da Trajetória do Camping Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00


Municipal de Pelotas - RS
Dalila Rosa Hallal (UFPEL) A Imprensa e a Política: O Jornal Estado
do Piauhy como fonte de análise para
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 compreensão dos primeiros passos
da República brasileira em terras
Diálogos entre turismo e cinema: pistas piauienses (1889-1890)
para uma história do turismo no período Thaise de Sousa Araújo (UFPI)
da ditadura militar brasileira
Bernardo LazaryCheibub (Universidade A Imprensa: “Um jornal paraibano a
Federal Fluminense), Denise de Morais serviço da sociedade” (1897-1903)
Bastos (Arquivo Nacional) Simone Bezerril Guedes Cardozo (UFPE)

140
A imagem do cangaço nos jornais Beneângelo Soares Chagas (Universidade
Cearenses (1920-1930) Federal do Ceará (UFC))
Francisco Wilton Moreira dos Santos
Cidade Sinop, Mato Grosso: no/pelo
“ADEUS!- as cinco letras desesperadas discurso do impresso Jornal Hoje, a
da vida na dança do ritual da morte”- construção de uma terra de progresso e
suicídio e relações de gênero no jornal oportunidade
Pacotilha -O Globo (1949-1962) Leandro José do Nascimento (UFMT -
Luciana Costa da Silva Sousa (SEDUC-MA) Universidade Federal de Mato Grosso)
A revista Aonde Vamos? publica o O Jornal Sem Terra na Organização do
Relatório Kruschev. MST
Lucia Ribeiro Chermont Fabiano Coelho (Universidade Federal da
Grande Dourados)
De Maxambomba a Correio da Semana:
o caso de um semanário “interiorano” Uma Contribuição à Análise do Processo
(Nova Iguaçu, 1955-1965) de Informatização do Poder Judiciário
Maria Lúcia Bezerra da Silva Alexandre de Pernambuco (1992-2009)
(FGV - CPDOC) João Carlos Gonçalves Cavalcanti
(TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO)
Aceleração do processo civilizador
e narrativas de caráter pedagógico: O “Rio do lado de cá”: circulação dos
sugestões teorico-metodológicas para a desfiles de escolas de samba do grupo
análise empírica de jornais especial do Rio de Janeiro que tem a
Ana Flávia Braun Vieira (Universidade Amazônia como enredo nos jornais “O
Estadual de Ponta Grossa) Liberal” e “Diário do Pará” (1997-2013)
Lucas Stefano da Costa Amorim
Universo dos mangás: análises
historiográficas e representativas. O JORNAL O Estado de S. Paulo NA
Kézia Zelinda Nery Almeida (UFPI) ELEIÇÃO DE 2010.
Cássio Augusto Samogin Almeida
O fim do primeiro governo estadual
Guilherme (Universidade Federal do Sul e
de Antonio Carlos Magalhães e o dia
Sudeste do Pará - UNIFESSPA)
seguinte.
Aline Farias de Souza (SECRETARIA DE Folha de S. Paulo, a retomada do cão de
EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA) guarda em tempo bolsonarista
Célio José Losnak (Faculdade de
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Arquitetura, Artes e Comunicação -
UNESP-Bauru)
Amazônia, Propaganda e Publicidade: O
caso da “Fazenda da Volkswagen” Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Alex Filipe Gomes dos Santos (UNIR
- Fundação Universidade Federal de História e Telenovelas Brasileiras: uma
Rondônia) análise de mídia audiovisual como
objeto e fonte histórica.
Entre economia, distinção e tecnologia:
Marcos André Pinto dos Ramos
a crise econômica e social brasileira nos
anúncios publicitários da revista Veja Recontar e recriar histórias: remakes e
(1974-1994) adaptações na produção audiovisual da

141
Televisa Audiovisuais e ensino de história:
Maria AngelaRaus (Faculdade de panorama da produção acadêmica
Tecnologia de São Paulo) online
Vitoria Azevedo da Fonseca (UFVJM
Entre o medo e o fascínio: Televisão
- Universidade Federal dos Vales do
e a formação da crítica televisiva na
Jequitinhonha e Mucuri)
imprensa moderna (1964-1968).
Milena Azevedo de Menezes Alunos em cena: refletindo sobre os
conceitos de memória e identidade em
A história da televisão no Estado de
aulas de História, com uso de produções
Mato Grosso: da Rede Matogrossense de
audiovisuais elaboradas por alunos da
Televisão a TV Brasil-Oeste.
Educação Profissional.
Edvaldo Correa Sotana (UFMT -
Bruno Ribeiro Marques (Governo do
Universidade Federal de Mato Grosso)
Estado do Ceará - SEDUC)
“Capitão Gay”: quadro humorístico que
O aprendizado da linguagem
venceu a tesoura da censura e perdeu
cinematográfica como potencializador
para royalties de marca registrada,
de uma visão crítica sobre o cinema nas
1982-1986.
aulas de história
Áureo Busetto (UNESP/Assis)
Vitaly Costa e Silva
Nos meandros do Horário Gratuito
CONSCIÊNCIA HISTÓRICA E TELEVISÃO:
de Propaganda Eleitoral:a figura do
relações entre TV e os elementos que
marqueteiro
constituem a consciência histórica.
Suellen Cerqueira da Anunciação de Souza
Suelyn da Silva Goulart (Prefeitura
Memórias de audiência da televisão: Municipal de Teresópolis)
registros de uma produção
História Digital e Fontes Digitais:
documentária
a abordagem nos Simpósios da
Cássia Rita Louro Palha (Universidade
Associação Nacional de História (2005-
Federal de São João del Rei)
2017).
A história, o historiador e o debate Denise Frigo
público na televisão francesa: o
A contramemória da Revolução na era
programa Le sens de l’histoire da
digital: lutas políticas e afirmações
emissora educativa La Cinquième (1995-
identitárias na blogosfera alternativa
2002)
cubana (2007-2017)
Wellington Amarante Oliveira
Giliard da Silva Prado (Universidade
(Universidade Federal do Tocantins (UFT))
Federal de Uberlândia)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
A África através dos memes:
Perspectivas para uma escrita de aula.
Cinema, propaganda e energia elétrica:
Cintia Benak de Abreu (COLÉGIO CURSO
Jean Manzon e os grandes projetos
TAMANDARÉ)
hidrelétricos no regime militar
brasileiro Estudantes da Geração Z e a autoria
Andrey Minin Martin (Universidade Federal compartilhada das aulas de História
do Sul e Sudeste do Pará) Susanna Fernandes Lima (SEEDUC RJ)

142
ST 082. História Econômica e Social: A reforma trabalhista do governo
diálogos interdisciplinares entre Temer: uma demanda empresarial
História, Economia e Relações Rafael Vaz da Motta Brandão (UERJ/FFP)
Internacionais.
A crise da dívida na América Latina e os
impactos sobre o desenvolvimentismo
Coordenação: Rafael Vaz da Motta
Christiane V. Laidler (UERJ)
Brandão (UERJ/FFP), Almir Pita Freitas
Filho (Universidade Federal do Rio de Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Janeiro - UFRJ)
Localização: CCSA, BLOCO A, SALA A-08 O comércio da farinha de mandioca no
Baixo sul da Bahia e os embates entre
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
o governo, comerciantes, as câmaras
locais e a população para o livre
Empresários e a Previdência Social
comércio.
1995-2011
Gerluce Madureira Silva Uzêda
Bruno Salgado Silva (UERJ - Universidade
do Estado do Rio de Janeiro) Escravidão, engenhos e engenhocas no
Pará: Perfis de propriedade escrava e
A tempestade perfeita: disputa
atividades econômicas (Zona Guajarina
pelo fundo público e denúncias de
e Baixo Tocantins 1810-1850).
“corrupção” durante a ditadura civil-
Juliana do Nascimento Medeiros (UFPA -
militar brasileira (1964-1988)
Universidade Federal do Pará)
Pedro Henrique Pedreira Campos
(Departamento de História da UFRRJ) As mulheres querem poupar: ações,
contas correntes e o Banco do Sul de
BRICS: uma simples sigla ou uma real
Minas
união em torno da consolidação de um
Rafaela Carvalho Pinheiro (USP -
banco regional de desenvolvimento
Universidade de São Paulo)
econômico?
Elena Soihet (UFRRJ - Universidade Escrituras de compra e venda de
Federal Rural do Rio de Janeiro) escravos: os últimos anos do comércio
interno na banda Oriental do Vale do
Sudesenvolvimento e Dependência:
Paraíba - Cantagalo e Nova Friburgo -
Crítica ao neodesenvolvimentismo no
1860-188.
Brasil Recente (2004-2016).
Rodrigo Marins Marretto
Leonardo Leonidas de Brito (Colégio
Pedro II) Considerações críticas à Teoria
Econômica da Escravidão
Para além da Lava-Jato: A Odebrecht e o
Vitor Augusto Rocha Pompermayer
desenvolvimento desde dentro
Pedro Giovannetti Moura (Colégio Pueri “No modo que se regulou no Tratado
Domus) de Portugal feyto com Inglaterra”: a
neutralidade, o comércio e os súditos
A Imprensa toma partido: “O Estado de
estrangeiros em Portugal
São Paulo” e as eleições presidenciais
Pedro Henrique de Mello Rabelo
de 1998
Letícia Crespo Bomfim Modernização e limpeza urbana: as
relações socioeconômicas fabris nas

143
freguesias centrais do Rio de Janeiro O autoritarismo invisível – um estudo da
entre 1830 e 1860 relação entre direito privado e ditadura
Daiane Estevam Azeredo (Universidade a partir do Decreto-Lei n. 911/69
Federal Rural do Rio de Janeiro) Fernando Henrique Lopes Honorato
(Defensoria Pública do DF)
Inconfidentes em conflito: a atuação
da família Resende Costa na sedição Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
mineira (1788-1803).
Wederson de Souza Gomes (Universidade O Conde de Linhares e a economia
Federal de Ouro Preto) política na Era das Revoluções: Brasil,
Portugal e Inglaterra, c. 1795-c. 1808
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Thiago Alves Dias (UFRN)
A União da Política Estratégica com a COREIA DO SUL NA DÉCADA DE 1950:
Política Econômica nos anos de 1970, Mudança Estrutural e Início da Política
fora uma Construção Hegemônica Desenvolvimentista
Nacional Alexandre Black de Albuquerque
Emanoel Silva de Azevedo
Breve Histórico do Pensamento
Primórdios da Indústria Farmacêutica Econômico Católico: Ascensões e
do Rio de Janeiro no século XX: Declínios de uma Teoria Econômica
estrutura, dinâmica e ação de um Católica
segmento empresarial privado da Saúde Bruno Fernandes Mamede (Colégio
Almir Pita Freitas Filho (UFRJ) Objetivo)
A transnacionalização de fármacos O exame da psicologia da população de
– o Estado brasileiro e o capital Keynes para o Brasil
farmacêutico internacional no pós- Renata Bastos da Silva (IPPUR/UFRJ -
segunda guerra (1945-1961) Instituto de Pesquisa e Planejamento
Gabriel Kenzo Rodrigues (Universidade de Urbano e Regional, da Universidade
São Paulo) Federal do Rio de Janeiro, Brasil.)
A Superintendência de Urbanização Entre Europa, África e América do Sul:
e Saneamento – SURSAN – do Rio de o Imperialismo nos escritos do Cônsul
Janeiro; um estudo sobre sua formação Roger Casement (1884-1913)
e atuação (1957-1960) Diná Schmidt (Uespi)
Pedro Sousa da Silva (UFF - Universidade
Goskino (Sovkino), Mezhrabpom-RUS
Federal Fluminense)
e a formação do cinema soviético nos
Estratégias de geração de renda dos primeiros anos da NEP (1921-1924)
tropeiros contemporâneos na Serra Peterson Soares Pessoa (USP -
da Mantiqueira: um estudo sobre Universidade de São Paulo)
desenvolvimento e cultura
Dos escombros a liderança: A
Maria Eloiza Lopes Pinto
reconstrução alemã no pós-guerra e
Do Pacto à Federação - Caminhos e suas bases econômicas para as décadas
Percalços seguintes
Camila Scacchetti Mario Afonso Massiere y Correa de Moraes

144
Lima (UFRJ - Universidade Federal do Rio Valéria Moreira Coelho de Melo
de Janeiro) (Universidade do Sul e Sudeste do Pará)
O papel da OEA sobre a regulamentação O ensino de história indígena nas
do mercado de cannabis no Uruguai escolas públicas de Roraima
a partir das principais teorias de Maria Luiza Fernandes (UFRR)
integração
Sessão 2 – 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Dércio Fernando Moraes Ferrari (IFPR -
Instituto Federal de Educação, Ciência e
O ensino de história indígena nas
Tecnologia do Paraná)
propostas curriculares oficiais do Brasil
(2008-2016)
ST 083. História indígena e Educação no Fernanda Pereira da Costa (Prefeitura de
Brasil: balanço, desafios e perspectivas. São Paulo)
Povos indígenas, legislação e currículo
Coordenação: Lígio José de Oliveira Maia
no ensino de história
(UFRN)
Thais Elisa Silva da Silveira (Prefeitura
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 304
Municipal de Duque de Caxias)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
De Gentio a quase gente: o índio nas
lições de um professor de história no
30 Anos de Trabalho com Temática
segundo reinado.
História e Cultura Indígena na UNEB:
Vinícius Aguiar Vasconcelos Carneiro
Um Relato Para Além da Ego-História
(fabel)
Francisco Alfredo Morais Guimarães
(UNEB) Comparações entre os povos indígenas
do Brasil e os incas, maias e astecas na
História Indígena no Brasil: avanços e
formação dos professores e nos livros
desafios das conexões historiográficas
didáticos de História
na pesquisa e no ensino
Eduardo Natalino dos Santos
Maria Regina Celestino de Almeida (UFF)
(Universidade de São Paulo)
Memórias presentes no cotidiano da
História Indígena no Ensino de História:
Educação Escolar indígena dos Kariri-
há lugar para temporalidades outras
Xocó.
nos livros didáticos de história?
TaysaKawanny Ferreira Santos
Edith Adriana Oliveira do Nascimento
Escola de índios: modos de ver a (SEDUC/PA)
experiência da educação escolar
“Bravos”, “Rebeldes”, “Vassalos” ou
indígena entre os Potiguara do Catu dos
“Cidadãos” Sem terras? As imagens
Eleotérios.
e discursos sobre os índios de
Halisson Seabra Cardoso (Secretaria de
Pernambuco nos Séculos XVIII E XIX.
Educação do Estado da Paraíba)
Carlos Fernando dos Santos Júnior
O protagonismo indígena e a (Secretaria de Educação do Estado de
ambiguidade da Escola: reflexões sobre Pernambuco)
a relação dos povos indígenas com a
escolarização

145
Sessão 3 – 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 indígena no Rio de Janeiro (1763-1820)
Silene Orlando Ribeiro (SEEDUC)
A Lei nº 11.645/2008 tecendo diálogos
entre histórias, culturas e artes Resitência Indígena Borum: A carta
indígenas na Educação Infantil régia de 13 de maio de 1808 e a
Maria da Penha da Silva (Secretaria de instrumentalização da violência como
Educação da Prefeitura do Recife) forma de colonização indígena.
Pedro Felipe Madureira Silva (Fundação
Rede de saberes: um estudo sobre os Santo André)
conhecimentos históricos estudantis na
cibercultura acerca dos povos indígenas Ore Rekuaty (Espaco de pertencimento,
no Brasil. lugar que não se perde): Do Esbulho das
Hugo Emmanuel da Silva (Prefeitura terras à resistência do modo de ser dos
Municipal do Ipojuca) Kaiowa da Terra indígena Panambi –
Lagoa Rica em Douradina MS
Todo dia é dia de índio. Qual índio? Gileandro Barbosa Pedro
Monique Magalhaes Marins
O “Projeto Quiva e Laiá” - História ST 084. História Militar: Teorias,
Indígena e Consciência Histórica metodologias e fontes de pesquisa.
Glauber Lima dos Anjos (PUC-RIO -
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Coordenação: Jose Miguel Arias
Janeiro) Neto (Universidade Estadual de
Educação, Pertencimento e Identidade Londrina), Fernando da Silva Rodrigues
Indígena: diálogos com uma Educadora (Universidade Salgado de Oliveira)
Potiguara Localização: CCSA, BLOCO B, SALA B-04
Jonathan de França Pereira (Secretaria de Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Educação, Esporte e Cultura da Paraíba)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
O fracasso do projeto militar pombalino
na América Portuguesa
Pensando com as florestas: Christiane Figueiredo Pagano de Mello
Uma exposição de questões do (UFOP)
antropomorfismo à luz das palavras do O Vintismo no Grão-Pará: Entre
xamã Davi Kopenawa aceitação e tensão (1823).
Pedro Paulo Valerio Vaz (UFMG - Marcio Felipe da Silva Cardoso (UFF)
Universidade Federal de Minas Gerais)
Imprensa Militar: ciência, tecnologia e
Experiência Mbya-Guarani: patrimônio política no Império
imaterial (conhecimento tradicional) Jose Miguel Arias Neto (Universidade
e diálogos com políticas públicas de Estadual de Londrina)
saúde
Priscila Enrique de Oliveira (UNICSUL - A Guerra do Paraguai no Piauí: a batalha
Universidade Cruzeiro do Sul) pelas vontades entre políticos e jornais.
Elton Larry Valerio (IFPI - Instituto Federal
“Exímios remadores do Arsenal da de Educação, Ciência e Tecnologia do
Marinha”: recrutamento e trabalho Piauí)

146
Os vaqueanos do Contestado (1912- Victor Meirelles
1916): debatendo ética, política e Eduardo Gomes Silva (Pós-doutorando
mentalidade militar no emprego de PPGH/UFSC)
tropas federais contra nacionais
Patrimônio musealizado, discursos e
Eduardo Rizzatti Salomão (Escola Superior
o conhecimento histórico: o tema da
de Guerra)
2ª Guerra mundial no Museu Militar do
A Primeira Experiência com a Lei do CMS
Sorteio Militar no Piauí IankoBett (Museu Militar do Comando
Clarice Helena Santiago Lira (UESPI) Militar do Sul - MMCMS)
O Impacto da Blitzkrieg no Exército A guerra boliviana-paraguaia no Chaco
brasileiro: as reflexões sobre a doutrina Boreal vista pelos olhos dos militares
francesa e alemã na revista A Defesa brasileiros (1932-1935)
Nacional (1936-44) Fernando da Silva Rodrigues
João Rafael Gualberto de Souza Morais (Universidade Salgado de Oliveira)
(IESP-UERJ)
Análise do ethos militar: um olhar
1942, Brasil entra em guerra, quem “preliminar” da elite castrense sobre
ficou responsável pelos interesses a Academia Militar das Agulhas Negras
diplomáticos dos alemães? (AMAN)
Andrea Helena Petry Rahmeier (FACCAT) Fabio da Silva Pereira (Universidade
Salgado de Oliveira)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Entre a cruz e a esquadra: a atuação dos
capelães da Marinha Imperial na Guerra A autobiografia de Francisco Pedro de
da Tríplice Aliança Abreu, o barão do Jacuí
Sérgio Willian de Castro Oliveira Filho José Iran Ribeiro (UFSM)
(Diretoria do Patrimônio Histórico e
História Militar e Biografia - O
Documentação da Marinha)
Personagem Histórico Marechal José
Os Livros de Socorros: fontes para o Pessoa
entendimento da disciplina na Marinha Rafael Roesler (AMAN - Academia Militar
Imperial das Agulhas Negras)
Pierre Paulo da Cunha Castro (Diretoria do
A Biblioteca da Marinha no Brasil
Patrimônio Histórico e Documentação da
Oitocentista: notas sobre a construção
Marinha)
de um Lugar de Memória
A música nos navios e quartéis da Edina Laura Costa Nogueira da Gama
Armada brasileira entre as décadas de (Diretoria do Patrimônio Histórico e
1850 e 1900 Documentação da Marinha)
Anderson de Rieti Santa Clara dos Santos
A GÊNESE DO MOVIMENTO TENENTISTA
(Marinha do Brasil)
E O “PRIMEIRO 5 DE JULHO”: Memórias
O que uma pintura histórica ainda tem do “revolucionário” Delso Mendes da
a nos dizer? Ruídos, silenciamentos e Fonseca
gritos da tela Passagem do Humaitá, de Julio Cesar Alves Pereira Nunes

147
Tenente Mello : Um Soldado Expedicionária Brasileira e da 10ª
Desconhecido Divisão de Montanha do Exército dos
Maria Teresa Garritano Dourado EUA (Itália, 1945)
(Universidade Federal da Grande Dennison de Oliveira (UFPR)
Dourados)
Morte no Camp Ingram: conflito de
Maré de Lembranças: Análise da competência entre as justiças comum
construção da memória do Colégio e militar chega ao STF após militar
Naval através de seu corpo discente. americano atirar em civil brasileiro que
João Marcos Macedo Louro (Colégio tentava cobrar dívida em instalação
Naval) militar no Recife
Manoel Felipe Batista da Fonseca
A “placa da discórdia”: repensando
(Prefeitura da Cidade do Recife)
memórias sobre a Vala dos 21 e a
Batalha do Irani (1912 – 2017) Nos inóspitos rincões paulistas, sob a
Márcia Janete Espig (UFPel) metralha inimiga: O 25º Batalhão de
Caçadores na tropa legalista durante a
As Fortificações de Florianópolis: um
Guerra civil de 1932
mesmo espaço, dois construtores
Wanderson Ramonn Pimentel Dantas
Lorena Leite (Universidade Federal de
Minas Gerais) As Operações de Garantia da Lei e da
Ordem e a Normalização da Exceção
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
(2006-2016)
Luiz Claudio Duarte (UFF)
A atuação dos negros livres e libertos
nos corpos militares da Parahyba no OS LUGARES E A MEMÓRIA: a Segunda
século XIX (1817 – 1856) Guerra Mundial no Extremo Sul da Bahia
George Henrique de Vasconcelos Gomes Tharles Souza Silva (Evolução Centro
Educacional)
A influência da participação brasileira
na Primeira Guerra Mundial na criação
das forças mecanizadas no exército: ST 085. História Política 3 - comunismo
como o Brasil não aproveitou a e anticomunismo: histórias, memórias e
modernização de sua cavalaria no historiografia
período entre guerras
Cristiano Rocha Affonso da Costa (Exército Coordenação: Raimundo Nonato Pereira
Brasileiro) Moreira (Universidade do Estado da Bahia
(UNEB)), Jailma Maria de Lima (UFRN)
Identidade e profissão militar: um
Localização: CCSA, BLOCO B, SALA B-09
Oficial das Ligações e Transmissões
do 1º Esquadrão de Reconhecimento Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Motomecanizado da FEB
Guilherme Nicolini Pires Masi (UFRGS - “No altar da Internacional”:
Universidade Federal do Rio Grande do anticomunismo e antissemitismo em
Sul) dois pôsteres do Exército “branco”
durante a Guerra Civil Russa (1918-1921)
Para além do Monte Castelo: análise
Raimundo Nonato Pereira Moreira
das operações conjuntas da Força
(Universidade do Estado da Bahia (UNEB))

148
Representações anticomunistas na da Família e a adesão ao golpe civil
imprensa amazonense (1935-1937) militar em Alagoinhas, Bahia
Davi Monteiro Abreu (SEMED) Elisangela Alves Almeida
Comunismo e anticomunismo: o Anticomunismo e comunismo na
discurso de Life em Español para a trajetória de Dom Timóteo
América Latina (1953-1959) Everaldo de Jesus
Marlise Regina Meyer (PUCRS - Pontifícia
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Universidade Católica do Rio Grande do
Sul)
Autores e obras recomendadas em
Anticomunismo no Recôncavo da Bahia: Periódicos Anarquista no Rio de Janeiro
perseguição ao governo de João Goulart nos anos 1900-1920: tendências
pelos periódicos de Cachoeira e São literárias e teóricas na formação do
Félix. ativista libertário
Matheus Felipe Almeida da Silva (UNEB - José Damiro de Moraes (UNIVERSIDADE
Universidade do Estado da Bahia) FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Semanário Voz Proletária: Opinião / UNIRIO)
comunista na crise de representação Os primeiros contatos e intervenção da
política da Frente Nacional Colombiana. III Internacional para a fundação do PCB
1969-1971. (1921-1922)
Cindy Lorena Pinilla Rueda (UFC - Ede Ricardo de Assis Soares (UFBA)
Universidade Federal do Ceará)
O PCB e a Revolução Democrático
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Burguesa no processo de constituição
da República de 46
“Adoradores do demônio, inimigos de David Ricardo Sousa Ribeiro (Escola
deus”: representações batistas sobre o Móbile)
comunismo de 1917 a 1970
O PCB em João Pessoa: cultura política,
Luciane Silva de Almeida (IFMG - Sabará)
repressão e diáspora no golpe civil-
“A tempestade passou, graças a Deus!”: militar de 1964
o jornal A Ordem e as ressonâncias dos Rodrigo Freire de Carvalho e Silva (UFPB -
Levantes Comunistas de 1935 Universidade Federal da Paraíba)
Micarla Natana Lopes Rebouças
Passividade da classe ou silenciamento
(Secretária de Educação e Cultura do
da memória? a trajetória do PCB
Estado do Rio Grande do Norte)
durante a ditadura no sul fluminense
DE “ILUSTRE” A “SACERDOTE DO Alejandra Luisa Magalhães Estevez
DIABO”: a reação da imprensa sergipana (Departamento Multidisciplinar da
diante da passagem do padre Alípio de Universidade Federal Fluminense)
Freitas por Sergipe (1963-1964)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Railton Souza Santos (SECRETARIA DE
ESTADO DA EDUCAÇÃO DE SERGIPE)
Discursos e práticas higiênicas em
“A família cristã rende graças a Deus e grupos escolares (Pernambuco, décadas
às gloriosas Forças Armadas”: a Marcha de 1920 e 1930)

149
Adlene Silva Arantes (Universidade de Voto e experiência democrática: a
Pernambuco- UPE) construção do eleitor na imprensa do
Rio Grande do Sul (1945-1954)
“A construção de um mundo novo e a
Douglas Souza Angeli (UFRGS)
luta por uma vida feliz”: Jorge Amado e
a Coleção Romances do Povo A vigilância do SNI à políticos da ARENA
Vinícius Juberte (USP - Universidade de e do PDS
São Paulo) Maria Tereza Dantas Bezerra Soares
Arte Sacra, Arte Social: Pinturas murais Estudantes sob vigilância: uma análise
de Eugênio Sigaud em Jacarezinho-PR. sobre o monitoramento do Serviço
(1954-1957). Nacional de Informações (SNI) ao
Luciana de Fátima Marinho Evangelista movimento estudantil da Universidade
(UEM) Federal da Paraíba
Elissandra Maria Costa Dias
Arqueologias do
documentário: 
mitologia humanitária, A Atuação do Serviço Nacional de
aparelho de estado e vanguarda do real Informações (SNI) na Universidade
Philipi Emmanuel Lustosa Bandeira (UFPE) Federal da Paraíba (UFPB): A vigilância
sobre as atividades acadêmicas e
Educação e Resistência: A atuação da
culturais (1980-1985)
associação dos professores do ensino
Paulo Giovani Antonino Nunes (UFPB/DH/
público do Estado de Pernambuco na
CCHLA)
primeira greve da categoria, em pleno
regime ditatorial civil-militar (1979). Vigilância do Serviço Nacional de
Marcos Antonio Heliodoro do Nascimento Informações sob Dom José Maria Pires e
(Tribunal de Justiça de Pernambuco) Dom Helder Câmera.
Olga Larissa Veiga Ferreira (UFPB -
Universidade Federal da Paraíba)
ST 086. História Política: conceitos,
métodos e suas múltiplas experiências História, Imprensa e Região: Analisando
o governo João Goulart
Coordenação: Carla Brandalise (UFRGS), Andre de Souza Pereira (UPF -
Américo Oscar Guichard Freire (FGV/ Universidade de Passo Fundo)
CPDOC)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Localização: CCSA, BLOCO A, SALA A-09
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Francisco Campos: trajetória política e
intelectual
O dia em que o presidente João Goulart Cláudia Maria Ribeiro Viscardi
disse não para o poderoso JFK (Universidade Federal de Juiz de Fora)
Charles Sidarta Machado Domingos
A Educação como instrumento do
(IFSUL/Câmpus Charqueadas)
Estado Autoritário: os usos do passado
A Arena nas charges: Uma análise da no Brasil de Vargas
política paraibana durante a ditadura Luciano Aronne de Abreu (PUCRS)
militar
Pensamento Político na imprensa
Dmitri da Silva Bichara Sobreira (UFMG)
brasileira no Segundo Governo Vargas:

150
a noção de “democracia” e participação Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
popular nos jornais Correio da Manhã,
JB e O Estado de S. Paulo Estado, capitalismo e profissão
Luis Carlos dos Passos Martins (Pontifícia Marco Aurélio Vannucchi Leme de Mattos
Universidade Católica do Rio Grande do (CPDOC-FGV)
Sul) A redemocratização do Brasil e suas
Tradições e representações de poder conexões internacionais: a imprensa
na Paraíba republicana: a formação de portuguesa como espaço de debates do
grupos e a consolidação da elite política processo político brasileiro (1974-1979)
estadual – as vinculações sociais do Reinaldo Lindolfo Lohn (UDESC)
poder (1930-1950) Resistência perdida: os caminhos do
Martinho Guedes dos Santos Neto (UFPB - Partido Socialista Brasileiro em Alagoas
Universidade Federal da Paraíba) 1985-2002
“Um nome para o Norte”: a candidatura Rodrigo Abrahão Moisés da Silva (IFAL)
de José Américo de Almeida na Repensando o Estado enquanto objeto:
campanha presidencial de 1937 história da administração pública e
Luiz Mário Dantas Burity (UNIRIO - história política
Universidade Federal do Estado do Rio de Caio César Vioto de Andrade (UNESP -
Janeiro) Universidade Estadual Paulista Júlio de
O reconhecimento estrangeiro do Mesquita Filho)
Governo Provisório e a política interna Tecnologias de poder e controle da
brasileira (outubro - novembro de 1930) questão agrária brasileira: o INCRA e a
Jonas Brito (UNICAMP - Universidade SUDAM
Estadual de Campinas) Jonathas Duarte Oliveira de Souza (UFPE)
Acomodação e Reação Política ao IMPRENSA E POLÍTICA: “massa”, “povo”
Governo de Getúlio Vargas na Bahia e “elite política” nas páginas da grande
(1930-1937) imprensa carioca (1955-1960)
Eliana Evangelista Batista (Universidade Leticia Sabina WermeierKrilow
Federal da Bahia)
O Partido Libertador e a Terceira
Sobre maçonaria, política e sociedade. República (1945-1964): Apontamentos
A Loja Capitular Visconde do Rio Branco: Iniciais
questões para análise Anderson Vargas Torres (UFRGS)
Surama Conde Sá Pinto (Universidade
Federal Rural do Rio de Janeiro) A constituição do poder local. A família
Tavares Cavalcante no cenário político
A dissimulada arte de produzir – PB.
exclusões: as reformas que encolheram Luiz Carlos dos Santos (Colégio Violeta
o eleitorado brasileiro (1881-1930) Costa)
Felipe Azevedo e Souza (UFBA)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
O Poder Executivo e a
institucionalização republicana
As representações sobre a união
Felipe Rabelo Couto (Cefet/RJ)
democrática nacional na imprensa

151
carioca do segundo governo Vargas (UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI -
(1951-1954) URCA)
Thiago Costa Juliani Regina Localização: CCSA, BLOCO A, SALA A-04
Atuação de Tancredo Neves na Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
“transição”: oposição, conciliação,
acomodação Sem prejuízo de terceiros: conflitos e
Michelly Pereira de Sousa Cordão (UFCG - concessão de terras em Santo Antônio
Universidade Federal de Campina Grande) Da Patrulha (1784-1822)
A gênese e os anos iniciais do Vanessa Ames Schommer (UFRGS -
Movimento Democrático Brasileiro Universidade Federal do Rio Grande do
(MDB) no Paraná (1965-1969) Sul)
Alessandro Batistella (Universidade de Os Pardos e a terra nos sertões do Rio de
Passo Fundo (UPF)) Janeiro (1740-1800)
Siegfried Heuser e o processo de Jerônimo Aguiar Duarte da Cruz (UFRJ -
formação do MDB no Rio Grande do Sul Universidade Federal do Rio de Janeiro)
(1964-1966) Os conflitos em torno da propriedade
Gustavo Henrique Kunsler Guimarães cafeeira: índios, vizinhos e homens
Universidade do Porto e as memórias livres e pobres na luta pelos direitos à
pós ditadura em Portugal (1975-2011) terra em Valença (1801-1857)
Altemar da Costa Muniz (UECE) Felipe de Melo Alvarenga (UNICAMP)

Nelson Mandela e a Dignidade da Na antecâmara do Império: o direito à


Política: os anos da presidência na terra e o debate sobre a propriedade
África do Sul (1994/1997) no pensamento de José Bonifácio de
Cristiane Mare da Silva (Secretaria de Andrada e Silva (1819-1822)
Estado da Educaçao de SC) Marina Monteiro Machado (Universidade
do Estado do Rio de Janeiro), Nivia da
Uma nova interpretação da Guerra Conceição Pombo (Universidade do
Fria: uma etapa no embate entre forças Estado do Rio de Janeiro)
revolucionárias e antirrevolucionárias
Wendell Ramos Maia (Universidade de Nas fronteiras do papel: a cartografia
Brasília) histórica e a produção do território do
Ceará.
Mídia, Revolução Russa e cobertura Ana Isabel Ribeiro Parente Cortez Reis
jornalística (1917-1918) (Universidade Regional do Cariri)
Iamara Silva Andrade (Secretaria Estadual
da Educação) Sociedade Agrícola Paraense: de
conselheira provincial à propagadora da
ciência agronômica, Século XIX
ST 087. História Rural: conflitos, Francivaldo Alves Nunes (Universidade
disputas e direitos de propriedade. Federal do Pará)

Coordenação: Marina Monteiro Machado História Social da Propriedade no sertão


(Universidade do Estado do Rio de Caririense: o controle das águas e das
Janeiro), Darlan de Oliveira Reis Junior terras no século XIX

152
Darlan de Oliveira Reis Junior Ana Sara Ribeiro Parente Cortez Irffi
(UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI - (Universidade Federal do Ceará)
URCA)
Propriedades e conflitos de terras na
Entre os Teixeira Leite: o barão de Amazônia: concessões de “títulos de
Vassouras e a profissionalização posse” pelos Conselhos Municipais nas
do crédito na segunda metade do primeiras décadas da República no Pará.
Oitocentos Carlos Leandro da Silva Esteves
Thiago de Souza dos Reis (SEME Cabo (Universidade Federal do Pará)
Frio)
E a “Modernidade” Chega no Matadouro
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Público de Santa Cruz
Edite Moraes da Costa (NUPEP)
A Diretoria de Agricultura em que
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Machado de Assis atuou: um esboço de
uma pesquisa em andamento
O movimento do Contestado e suas
Pedro Parga Rodrigues (SME-RJ)
apropriações: Terra, luta e memória
Imigração Portuguesa e as táticas e as Paulo Pinheiro Machado (Universidade
estratégias de acesso à terra na “Suíça Federal de Santa Catarina)
Brasileira”: a trajetória de Antonio José
A luta pela terra e direitos de
Mendes (1850-1900)
propriedade no ex-Contestado durante
Gabriel Almeida Frazão (Instituto Federal
a vigência do Território Federal do
Fluminense)
Iguaçu - 1943-1946
Donas, solteiras, proprietárias e a Viviani Poyer (UFF - Universidade Federal
escolha por legatários libertos. (RIO DE Fluminense)
JANEIRO: INHAÚMA, 1850-1870).
O controle territorial dos “sítios”
Rachel Gomes de Lima (Universidade
e a agricultura de subsistência na
Cândido Mendes)
plantation açucareira no Nordeste do
Alagoinhas e seu entorno no contexto da Brasil (Pernambuco, século xx)
Lei de Terras José Marcelo Marques Ferreira Filho
AntonioHertes Gomes de Santana (Colégio (UFRPE)
Estadual Antonio da Costa Brito)
Os trabalhadores na conclusão do Açude
Agricultura e Agricultores no Brasil do Araras (1958): O rescaldo ou o fim do
século XIX começo?
Marcio Antonio Both da Silva (UNIOESTE) Francisco Magnel Carvalho Rodrigues
(Secretaria da Educação- Cariré-CE)
O direito sucessório luso-brasileiro e o
acesso da mulher a propriedade O MST, os últimos governos e a prática
EleideAbril Gordon Findlay (Universidade de criminalização dos movimentos
da Região de Joinville- Univille) sociais na história recente do Brasil:
considerações de pesquisa
“A hinterlândia ainda era mais profunda
Maria Celma Borges (Universidade Federal
do que nos tempos atuais” - o ‘alto
de Mato Grosso do Sul)
sertão’ e a produção do território no
Império do Brasil

153
“LEI SARNEY DE TERRAS”: conflitos agrícolas no Extremo Sul da Bahia na
fundiários e resistência camponesa no década de 1980
oeste maranhense nas décadas de 1970 Liliane Maria Fernandes Cordeiro Gomes
e 1980. (UNEB)
Roberval Amaral Neto (IFMA - Campus
“Foi uma revolução!”: Condições de
Pinheiro)
vida e conflitos agrários em Miguel
“Guerras” Camponesas no Brasil do Alves, Piauí. (1984-2013)
Longo Século XX Marcelo Aleff de Oliveira Vieira
Clifford Andrew Welch (UNIFESP)
A dinâmica e os caminhos do saber-
Condições de vida e de trabalho dos fazer: a agri-cultura camponesa e seus
trabalhadores rurais de Alagoa Grande e sistemas de conhecimento
região – PB (1962-1985) AncelmoSchorner (UNICENTRO - Campus
Rivaldo Amador de Sousa (Secretaria de de Irati/PR)
Educação do Município de Lucena-PB)
O Programa Nacional de Reforma
A (re)ocupação da Amazônia: violência e Agrária do INCRA: a formação dos
tortura contra os trabalhadores rurais e primeiros assentamentos do Cariri
agentes de pastorais da Prelazia de São paraibano (1995 a 2001)
Félix do Araguaia Faustino Teatino Cavalcante Neto
Luciene Aparecida Castravechi (IFPA - (Universidade Federal de Campina
Instituto Federal de Educação, Ciência e Grande)
Tecnologia do Pará)
Uma Comunidade Negra Rural no
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 Município de Areia - PB: a memória de
assujeitados no Senhor do Bonfim.
“O Velho Oeste Transforma-se Geilza da Silva Santos
Num Celeiro Agrícola”: Imigração,
colonização e disputas pela terra em ST 088. História social da educação
Guarapuava-PR brasileira: políticas, instituições,
Marcos Nestor Stein (UNIOESTE) sujeitos
“DE PÉ NO CHÃO TAMBÉM SE APRENDE
A LER”: o jornal Liga e a construção da Coordenação: Eduardo NorciaScarfoni
Reforma Agrária Radical no Brasil (1962- (UFES - Universidade Federal do Espírito
1964) Santo), Mauro Castilho Gonçalves
Ramsés Eduardo Pinheiro de Morais Sousa (Pontifícia Universidade Católica de São
(Instituto Dom Barreto) Paulo // UNITAU)
Localização: CE, SALA L10
A DESORDEM DO PROGRESSO: o Projeto
Baixo-Açu e a expropriação das terras Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
camponesas de trabalho e moradia.
Jovelina Silva Santos (Universidade do A importância da formação docente:
Estado do Rio Grande do Norte) As realizações de Anísio Teixeira para
qualificar o professorado nacional (anos
Imagens de um tempo violento em
1930 e 1950)
movimento: Expansão das fronteiras
Fabrícia Lopes Pinheiro (PMM e PMDC)

154
Criação e implementação de Escolas Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Normais destinadas à formação de
professores primários rurais no estado ESTABELECIMENTO DE EDUCANDOS
de Pernambuco (1930-1970) ARTÍFICES DO PIAUÍ: práticas educativas
Manuela Garcia de Oliveira e relações de poder (1849-1873)
Robson de Lima Fernandes
Os primeiros anos da Escola Fluminense
de Engenharia (1952-1962): ideias e Representações da Docência na
ações no contexto dos novos tempos. Imprensa Escrita: Jornal “O Repórter”
Elias da Silva Maia (MAST - MCTI) (Uberlândia: 1950-1963)
SauloéberTarsio de Souza (Universidade
Um Estabelecimento de ensino Federal de Uberlândia)
exemplar: história do Ginásio Estadual
Marcos Parente (1950-1966) Educação Icomiana: A formação para
Higo Carlos Meneses de Sousa o trabalho e para a vida em família nas
(SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO PIAUI) páginas da Revista Icomi-Notícias (1964-
1967)
Experiências educacionais e suas Pollianna Pimentel Ferreira (Fundação da
funções políticas no campo dos conflitos Criança e do Adolescente)
agrários (1950-1964)
Wallace Lucas Magalhães (Universidade Três mulheres e três vidas em uma
Federal Rural do Rio de Janeiro) escola: a trajetória de docentes do
Instituto Profissional Feminino Orsina
A cultura política brasileira nos anos de da Fonseca (IPFOF)
chumbo e a história da Escola Técnica Teresa Vitória Fernandes Alves (Prefeitura
Federal do Rio Grande do Norte (1968- da Cidade do Rio de Janeiro)
1985)
Aline Cristina da Silva Lima (Capes), Olívia Instituições de educadores católicos do
Morais de Medeiros Neta (UFRN) Brasil no final da década de 1920 e início
da década de 1930: APCs e CCBE
Trabalho e Educação em contexto Antonio Donizetti Sgarbi (IFES - Instituto
Amazônico: Um estudo de caso do curso Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
técnico em meio ambiente para os do Espírito Santo)
assentados da reforma agrária do Sul do
Estado do Amapá - AP A missão das Universidades: Uma
Oséias Soares Ferreira (IFES - Instituto análise arqueológica das proposições
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia educacionais de Armando de Salles
do Espírito Santo) Oliveira
Alexandre de Britto Redondo
Educação e segurança: biorregulação do
Estado brasileiro do período militar As escolas públicas primárias do Estado
Haroldo de Resende (UFU) em Itaboraí-RJ no final do século XIX e
início do XX: entre desordens, reparos,
Vivências do currículo do Ensino Técnico aluguéis, inspeções e suspensões.
no Colégio Cel. Virgílio Távora em Regina CoeliAlcantara Silva (Fundação
Quixadá. Municipal de Educação de Niterói)
Maria Josileuda Pinheiro de Queiroz
(ESTADO DO CEARÁ)

155
Instituições Educativas em Minas Gerais Instituto Bíblico Betel e a formação de
nos Oitocentos: estudo de caso do Missionárias Educadoras: estratégia
Seminário de Mariana de expansão do protestantismo no
Anna Karolina Vilela Siqueira (UFMG) Brasil(1934-1968)
Adriana Oliveira Urban (PROGRAMA DE
O projeto educacional Trapista para os
PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UFPB)
trabalhadores rurais em Tremembé-SP
Ana Claudia Moreira Rodrigues O Urbano e o Edifício Escolar:
diferenciações sociais e produção dos
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
espaços
Munir AbboudPompeo de Camargo
“(Re) educar para quê? meninas em
(Unicamp)
privação de liberdade na corte imperial
(1860-1889).” Desemaranhando redes de
Jailton Alves de Oliveira (UFES - sociabilidade: uma reflexão histórica a
Universidade Federal do Espírito Santo) partir da Revista Escola Nova
Luiz Fernando Rocha Fernandes
Delinquência e educação na trama
do saber-poder na emergência da Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
instituição penitenciária no Brasil
(1925-1947) Educação e abolição no Brasil:
Samoel Valdemiro Raulino (UFSC - percursos, sujeitos, projetos
Universidade Federal de Santa Catarina) Sirlene Ribeiro Alves da Silva (Colégio
Pedro II)
Agentes Contratados X Espaços
Vigiados: como agia a inspetoria escolar Trajetórias e formação de professoras
sanitária na Paraíba -1910/1940 negras - um estado da arte
Charya Charlotte Bezerra Advíncula (IFPB Simone Barboza de Carvalho
- Instituto Federal de Educação, Ciência e
ENSINO E PESQUISA: Relações entre
Tecnologia da Paraíba), Chyara Charlotte
a Produção do Conhecimento e a
Bezerra Advíncula (IFPB - Instituto Federal
Institucionalização da Ciência
de Educação, Ciência e Tecnologia da
Suzana Lopes Salgado Ribeiro
Paraíba)
(Universidade de Taubaté - UNITAU)
Nuances de uma nova mulher: as
O conceito de gênero na escola: medo,
imagens femininas na série graduada
desinformação e potencialidades
“Meu diário” de Luiza Pereira Dorfmund
Marcela Boni Evangelista (NEHO-USP)
(1960)
Samara ElisanaNicareta (Governo do REGISTROS DA INFÂNCIA NO MARANHÃO
Estado do Paraná) DO SÉCULO XIX: pobreza, sociedade e
institucionalização
Uma apreciação sobre Vida Doméstica:
Rosyane de Moraes Martins Dutra (UFMA -
a revista feminina que (in)formou
Universidade Federal do Maranhão)
mulheres em todo Brasil
Alice Lopes Spindula (Escola Estadual A Criação de uma Escola Normal
Professora Marciana Magalhães), Raphael Americana no Sertão da Bahia
Ribeiro Machado (Universidade Federal de Rúbia Mara de Sousa Lapa Cunha (UFBA)
Ouro Preto)

156
O ensino na casa do mestre e da família João Mário de Arruda Adrião (UNEMAT -
sob a égide da legislação Universidade do Estado de Mato Grosso),
Maria José Torres Lima (COLÉGIO SANTA Priscila Waldow (UNEMAT - Universidade
CHIARA), Silvana Aparecida Bretas (UFS - do Estado de Mato Grosso)
Universidade Federal de Sergipe)
Museu de arte sacra: o encontro entre a
Por uma história do ENEM: de medida história, a arte e a religiosidade
educacional a parâmetro para o Mariana de Araujo Aguiar
currículo
Os objetos materiais do cotidiano
Dayse Marinho Martins (UFMA -
de um município em formação:
Universidade Federal do Maranhão)
transformações na cultura material de
Varginha-MG na passagem do XIX para
ST 089. História, arte e patrimônio: usos o XX
das imagens e da cultura material e Natânia Silva Ferreira (Universidade
visual Estadual de Campinas)
Entre teoria e prática: perspectivas
Coordenação: Jaqueline Aparecida
feministas para a pesquisa de acervos
Martins Zarbato (Universidade Federal de
museológicos
Mato Grosso do Sul), Maristela Carneiro
Maria Angélica Beghini Morales (Museu da
(SEED-PR)
Imigração do estado de São Paulo)
Localização: CE, SALA L09
A indústria no Estado de São Paulo em
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
1901, de Bandeira Júnior e o patrimônio
industrial paulista.
Educação Patrimonial e o Ensino de Elisa PalettiPomari (Unicamp)
História Local: Estratégia no Colégio de
Educação Básica Crescer Conceição do A arte no âmbito dos espaços públicos
Araguaia-PA. citadinos: o caso dos monumentos a
Martha Melo Carvalho João Pessoa
Tatiane Vieira de Aguiar Barreto (Governo
Educação Patrimonial por meio do Estado de Pernambuco)
da Iluminação semafórica de Belo
Horizonte: “projeto cidade revelada Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
interpretação e sinalização do patrimônio
histórico e cultural” - Ana Carolina Pereira Entre a arte e a técnica: As Artes
(UFV) Menores, o Ensino do Desenho e a
Valorização do Ofício na Sociedade
Imagens e patrimônios históricos
Amparense no início do século XX.
imateriais: diálogos e possibilidades de
Camila Araujo Gonçalves (Colégio Novo
preservação cultural.
Anglo)
Jaqueline Aparecida Martins Zarbato
(Universidade Federal de Mato Grosso do Primeiro olhar ao Caleidoscópio. Sobre
Sul) a implacável necesidade do Arquivo Luis
Hernández Camarero
Educação Patrimonial em propostas
Diana María Rodríguez Vértiz (UNAM)
práticas: experiências em ações na Casa
Borges em Barra do Bugres – MT

157
Por uma historiografia desenraizada da Relações entre a História e a Cultura
arte brasileira Visual: análise da publicidade brasileira
Ana Lucia Oliveira Vilela (Universidade entre os anos de 1979 á 1985
Federal de Goiás) Alana Milcheski (UNINTER)
O Boitatá entre histórias de fantasmas Andrelino Cotta e a caricatura em Belém
para gente grande do Pará entre 1920-1925
Maria Bernardete Ramos Flores (UFSC), Raimundo Nonato de Castro (Instituto
Sabrina Fernandes Melo (UFPB - Federal do Pará)
Universidade Federal da Paraíba)
Quadrinhos, cultura histórica e cultura
A estética da colonização da América visual.
Portuguesa no cinema ficcional Janaina de Paula do Espírito Santo
histórico brasileiro: representações de (Universidade Estadual de Ponta Grossa)
gênero e cultura histórica
Histórias Desenhadas: a fabulosa novela
Maristela Carneiro (SEED-PR)
e o vendedor de xilogravuras
A tratadística Centro-Europeia e sua Maria do Rosário da Silva (Universidade
circulação na capitania de Minas Gerais: Católica de Pernambuco)
J. B. Fischer von Erlach.
Nos estudos visuais: arte, imagem,
Liszt Vianna Neto (Leiden Universiteit)
história e as impressões de Don Quixote
Tráfico ilícito de bens culturais: Rogeria Moreira de Ipanema (Universidade
discussões iniciais Federal do Rio de Janeiro)
Rodrigo Christofoletti (Universidade
Apropriações das gravuras elianas de
Federal de Juiz de Fora - UFJF)
Abramo Van Diepenbeeck na Capitania
Longhi e Ginzburg: visões de Pietro do Recife, século XVIII
Della Francesca André Cabral Honor (UnB)
João Cícero Teixeira Bezerra
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
(FACESGRANRIO - Faculdade Cesgranrio)
La Bête: o corpo no 35º Panorama da O Protagonismo das mulheres na
Arte Brasileira do MAM-SP coleção didática História, Sociedade &
Felipe Sevilhano Martinez (Museu de Arte cidadania (PNLD 2018)
Moderna de São Paulo) Ana Carolina Do Nascimento Albuquerque
(ESCOLA ESTADUAL PRESIDENTE MÉDICI)
Sessão 3 – 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
A imagem e a escrita da masculinidade
A geometria por meio da obra de José militar em livro didático de História de
Pedro Costigliolo Mato Grosso
Elizabeth Catoia Varela (MAM RJ) Ruan Gabriel de Almeida Vital (CAPES)
Imagen publicitaria y construcción Livro Didático de História:
de memoriacolectiva: el caso de Representatividade de textos e imagens
lacerveceríauniónen Medellín en 1940 dos grupos Afro-Brasileiros.
Maria Isabel Giraldo Vasquez (Instituto Adriana Palhana Moreira (SECRETARIA
Tecnológico Metropolitano) MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO TANGARÁ DA
SERRA)

158
Vestir o Santo: A indumentária do As versões de A revolução de maio
Candomblé Queto e Nagô de São Paulo (1937), de Antonio Lopes Ribeiro e sua
Paula Neto Homem de Monte (USP - recepção no Brasil: um estudo de caso
Universidade de São Paulo) Eduardo Victorio Morettin (Universidade
de São Paulo)
Racismo e Preconceito: olhares e
abordagens sobre a cultura afro Cinema e memória: um lampejo da
brasileira. lesbianidade no Brasil em Marcados
Pryscila Aparecida Moreira Salgado para viver, de Maria do Rosário
Siqueira (UFMT - Universidade Federal de Nascimento e Silva (1976).
Mato Grosso) Alcilene Cavalcante de Oliveira
(Universidade Federal de Goiás)
O Conselho Indigenista Missionário
atuando com os Kapinawá Raízes do negacionismo: contradições
Glauco Fernandes Machado (UFPB - da memória da resistência à ditadura no
Universidade Federal da Paraíba) cinema
Fernando Seliprandy (Universidade
Documentários de William Gericke
Federal do Paraná (UFPR))
sobre o sul catarinense: cultura visual,
memória e trabalho Os guardiões da memória: entre o
Isadora Farias Espindola, Tiago da Silva público e o privado. Uma reflexão sobre
Coelho (Universidade do Extremo Sul o trabalho do pesquisador no projeto
Catarinense) Minas é Cinema.
Alessandra Souza Melett Brum
TDCIS e ensino de História:
(Universidade Federal de Juiz de Fora)
potencializando as pinturas de Sr.
Guigui como fontes para o estudo da Entre o morro e o espetáculo: cinema,
história de Itumbiara. reportagem e discussão sobre o
Eliane de Freitas Silva (SECRETARIA realismo nos anos 1940
ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE GOIÁS) Ana Karicia Machado Dourado
(Universidade de São Paulo)
ST 090. História, cinema e televisão: Belezas em desfile e Cidade de
lugares de disputa pela memória Copacabana por Cesar Nunes - Um dia
na praia em Copacabana na segunda
Coordenação: Eduardo Victorio Morettin metade do século XX
(Universidade de São Paulo), Ignacio Del Renata Vellozo Gomes (UFRJ -
Valle Dávila (Universidade Federal da Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Integração Latino-americana)
Construindo o “Brasil Grande”: os
Localização: CAC, MINI AUDITÓRIO 02
filmetes da Agência Nacional como
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 forma de propaganda política na
ditadura civil-militar brasileira.
Variáveis do filme histórico ficcional: Breno Luiz Tommasi Evangelista (UFF -
o debate sobre a escritura fílmica da Universidade Federal Fluminense)
história
Marcos Francisco Napolitano De Eugênio
(Universidade de São Paulo)

159
Sessão 2 – 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 João Pessoa: uma revisão bibliográfica
Luiz Araújo Ramos Neto (UFPB -
Chile films e a política cultural da Universidade Federal da Paraíba)
Unidade Popular
Carolina Amaral de Aguiar (UEL - “Ça me rapelle Jequié”: Bahia e São
Universidade Estadual de Londrina) Paulo na crítica de Paulo Emílio Salles
Gomes
A enunciação epistolar no documentário Victor Santos Vigneron de La
contemporâneo sobre a ditadura Jousselandière (Escola Lourenço
chilena Castanho)
Ignacio Del Valle Dávila (Universidade
Federal da Integração Latino-americana) Vaqueiros, cangaceiros, operários e
ciganos: Olney São Paulo e a filmografia
Um balanço historiográfico em torno da dos “vencidos” (1964-1976).
cinematografia de Patricio Guzmán Roberto Luis Bonfim dos Santos Filho
Fábio Monteiro (PUC-SP) (UNEB - Universidade do Estado da Bahia)
O presentismo das memórias e Brabeza (1978) – uma aproximação.
experiências do passado na película “La Izabel de Fátima Cruz Melo (UNEB)
Batalla de Chile”(Patricio Guzmán)
Cristiane Aparecida Fontana Grümm Mandacaru: uma reflexão sobre a
(Instituto Federal Catarinense) trajetória de Alexina Crêspo utilizando o
cinema como fonte
Os UPLIFT FILMS e a participação do Thalita Maciel Soares (UFRJ - Universidade
cinema na inserção social dos afro- Federal do Rio de Janeiro)
americanos no início do século XX
Fabio Luciano Francener Pinheiro Televisão, consumo, desejo na
(UNESPAR CURITIBA II Faculdade de Artes teledramaturgia da Rede Globo (1970 –
do Paraná) 1988): O caso de Dancin’ Days
Paula Halperin (Purchase)
“Raízes”, quarenta anos depois:
permanências e transformações de um “Eu quero minha MTV”: narrativas
fenômeno televisivo revisitado sobre uma nova emissora no Brasil
Edson Pedro da Silva (USP) democrático (1988-1990)
Carlos Eduardo Pereira de Oliveira (UDESC
“Internacionalismo proletário”, - Fundação Universidade do Estado de
“latinoafricanismo” e “nacionalismo Santa Catarina)
revolucionário” no cinejornal Noticiero
ICAIC Latinoamericano, 1976 Dando Voz a Histórias Ocultas: Reflexões
Alexsandro de Sousa e Silva Sobre um Projeto de Vídeo Participativo
no Brasil, Índia e África do Sul
Cinema moçambicano e memória: os Gilberto Alexandre Sobrinho (UNICAMP
campos de reeducação no filme Virgem - Universidade Estadual de Campinas),
Margarida(2012) Stephanie Dennison (University of Leeds)
Angela Aparecida Teles (UFU-ICHPO)
Memória audiovisual e migração de
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 imagens: a perspectiva dos ‘outros
filmes’
O movimento cineclubista na cidade de Sofia Sampaio (CPDOC-FGV/ CRIA-IUL)

160
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 Joaquim, um herói para o Brasil do
século XXI
Desenhando a América Latina: o Roberto Abdala Junior (Universidade
seminário de Nelson Rockefeller e Walt Federal de Goiás - UFG)
Disney para a criação de “Health for
theAmericas”
Paula de Castro Broda (Universidade ST 091. História, Cultura impressa e
Federal de São Paulo) Intelectuais

Em busca da América: Sem Destino e a Coordenação: Joachin de Melo Azevedo


Nova Hollywood como expressões da Neto (Universidade de Pernambuco - UPE/
contracultura dos anos 1960. Campus Petrolina)
Clarissa Rodrigues Soares (UNIMONTES - Localização: CE, SALA D14 (PPGE)
Universidade Estadual de Montes Claros)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Rambo, o garoto propaganda - Os usos
políticos do cinema estadunidense Olhares conexos sobre Literatura e
durante os governos de Ronald Reagan Sociedade
(1981 - 1989) e George W. Bush (2001 - Jefferson Silva do Rego (IFG - Instituto
2009) Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Carlos Cesar de Lima Veras (UFRJ) de Goiás)
O Progresso, A Violência, e a Wilderness A imprensa pela imprensa como um
em Red Dead Redemption (2010) espaço de formação e delimitação de
Robson Scarassati Bello identidades politicas (1836-1840)
A pesquisa social e o documentário Tatiane Rocha de Queiroz (seduc)
brasileiro nos anos 60: um estudo QUANDO CLIO ENCONTRA CALÍOPE
através do Instituto de Estudos E CONTAM HISTÓRIA(S): censura,
Brasileiros (IEB) e do Instituto Joaquim recepção crítica e respostas em As Asas
Nabuco de Pesquisas Sociais (IJNPS) de Um Anjo, de José de Alencar
Arthur Gustavo Lira do Nascimento (UFPE) Mirian dos Santos Marques
Um passado presente no Nordeste “As sciencias elevadas ao mais alto gráo
do Brasil: a História e o cinema de aperfeiçoamento, iluminadas pelo
contemporâneo grande pharol da imprensa”: imprensa,
Keline Pereira Freire ciência e instrução no Brasil na segunda
O cinema pernambucano e suas metade do séc.XIX
imagens sobreviventes Maria Rachel de GomensoroFróes da
Alberto Inacioa da Silva (Sorbonne Fonseca (Casa de Oswaldo Cruz)
Université) “Aprendem desde cedo a tornarem-
Discursos, memórias e resistências: se cidadãos”: Estados Unidos e
outras performances do feminino no pensamento reformista no Brasil
cinema independente contemporâneo imperial (1870-1889)
Mirela Marin Morgante (UFES - Lucas de Faria Junqueira (Universidade
Universidade Federal do Espírito Santo) Federal do Oeste da Bahia)

161
A república como retórica: intelectuais paulista (1880-1888)
de São Paulo na crise do Império (1875- Francisco Paulo de Oliveira Mesquita
1889)
A questão étnico-racial nas páginas da
Rubens Arantes Correa (IFSP - Instituto
Revista do Arquivo Municipal de São
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Paulo
de São Paulo)
Silene Ferreira Claro (Faculdades
Ultramontanos e Maçons: O Integradas Campos Salles)
tensionamento da Relação entre Igreja
A imprensa negra no pós-abolição a
E Estado na Imprensa Paraense (1872
partir do periódico sul-rio-grandense “O
-1874)
Astro”
Raynara Cintia Coelho Ribeiro
Aline Sônego (Universidade Federal de
Impressões sobre o medievo entre Santa Maria)
escritores da Academia Brasileira de
Retratos falados do fim do tráfico
Letras - ABL (1897-1919)
de escravos: os africanos livres em
Joachin de Melo Azevedo Neto
anúncios de jornais
(Universidade de Pernambuco - UPE/
Juliana Santos de Lima
Campus Petrolina)
“I perchê nu sonazionale?”: o olhar
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
negro sobre os italianos no jornal O
Clarim da Alvorada (1924-1932).
A ideia de “progresso” na visão de Renan Rosa dos Santos (Prefeitura
três “anarquistas clássicos”: Mikhail Municipal de Tatuí)
Bakunin, Max Stirner e PiotrKropotkin
George FellipeZeidan Vilela Araújo Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
(UDESC)
Associativismo dos estudantes do
Expressão, registro e propaganda: o
Atheneu Sergipense, a criação do jornal
anarquismo impresso em A Plebe
O Porvir (1874) e sua nomenclatura
Fernanda Grigolin Moraes (UNICAMP)
Cibele de Souza Rodrigues
Nos bastidores de um jornal operário:
Os Intelectuais Mato-Grossenses e a
comentários sobre o processo de
Imprensa: Espaços de Sociabilidade e
produção e circulação do jornal A Terra
Circulação de Ideias (1880-1920)
Livre entre os anos de 1905 e 1910
Adriana Aparecida Pinto (Universidade
Lucas Thiago Rodarte Alvarenga (FAPESP)
Federal da Grande Dourados)
A palavra como combate, o poema como
Clodoaldo Freitas: os caminhos de um
arte: Martins Júnior, um náufrago da
bacharel-jornalista
república (1860-1904)
Mara Lígia Fernandes Costa (Universidade
Flávia Bruna Ribeiro da Silva Braga
Estadual do Piauí)
(Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes)
Aproveitáveis lições de História”: O
“O abolicionismo do Ceará e o jornal
historiador-jornalista pernambucano
A Província de S. Paulo”: O “exemplo”
Mário Melo e suas “curiosas” histórias
abolicionista cearense e a sua
“Dentro da História”
apropriação na propaganda republicana
Amanda Alves Miranda Cavalcanti

162
Modernismos em revistas: as do silenciamento das escolas de samba
pluralidades do modernismo mineiro (1950-1960)
com os periódicos A Revista (Belo Samuel Ferreira de Santana (UFPE)
Horizonte, 1925-1926) e Verde
CLARICE LISPECTOR JORNALISTA:
(Cataguases, 1927-1928;1929)
comparando, invertendo e analisando
Luciana Francisco (UNESP - Universidade
a ordem compulsória dos gêneros em
Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho)
colunas do jornal Correio da Manhã
À BEIRA DO ABISMO: as melindrosas e publicadas em 1960.
a teoria da incongruência no Recife dos KaoanaSopelsa (UFGD - Fundação
anos 20 Universidade Federal da Grande
Camila Gallindo Cornélio (Universidade Dourados)
Maurício de Nassau)
Contra o crime, romance: intelectuais,
“Sambos” made in Brazil: estereótipos imprensa e sensacionalismo (Natal-
raciais nos quadrinhos de Luís Loureiro RN-1960)
Alexandre Rocha da Silva (UNICAMP - Wesley Garcia Ribeiro Silva (Universidade
Universidade Estadual de Campinas) Federal do Pará)
lgo de saga, algo de sagaz: projeto A literatura de cordel como fábrica
político, produção e consumo cultural de sonhos compensatórios: um
em Mossoró-RN na segunda metade do estudo a partir da obra de dois poetas
século XX. paraibanos.
Francisco Fabiano de Freitas Mendes Josinaldo Gomes da Silva
(Universidade do Estado do Rio Grande do
História e Literatura: narrativas
Norte - UERN)
políticas e econômicas do Brasil através
Alfa-Omega e a sua Produção Literária: da literatura de cordel de Apolônio Alves
memória, cultura e política. dos Santos
Gustavo Orsolon de Souza (UERJ/FFP) Mariane Nascimento dos Santos (UNEB)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 A recepção das ideias políticas de
Hannah Arendt pelo liberalismo
Jorge Amado na juventude (1932-1936): humanista de Marcílio Marques Moreira:
o Boletim de Ariel como espaço de A retórica dos projetos de abertura
reflexão intelectual política no Brasil da Virada (1973-1985).
Matheus de Mesquita e Pontes (Instituto Álvaro Ribeiro Regiani (Universidade
Federal de Mato Grosso (IFMT)) Estadual de Goiás)
Os cronistas e sua musa:
ressignificações do Rio de Janeiro ST 092. História, literatura e sociedade
diante da mudança da capital
Larissa Leal Neves (Instituto Federal Coordenação: Adriano Luiz Duarte
Goiano) (Universidade Federal de Santa Catarina),
Denilson Botelho de Deus (Universidade
Mensageiros da “verdade” no
Federal de São Paulo - Unifesp)
“território das palavras”: articulações
Localização: CE, SALA L05
de intelectuais recifenses em defesa

163
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Sessão 2 – 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

Escravocratas, doutoras e... queimadas Literatura, petitesrevues e


vivas: violência física contra mulheres sociabilidades: a crítica no Mercure de
nos anos 1880 France (1890-1900)
Daniela Magalhães da Silveira Camila Soares López (UFU - Universidade
(Universidade Federal de Uberlândia) Federal de Uberlândia)
A modernidade espiritualista do Grupo A literatura como instrumento de
Festa, 1919-1929 resistência e transgressão: reflexões
Luciana Lilian de Miranda (Secretaria sobre corpo e sexualidade na produção
Municipal da Educação de São Paulo) literária do escritor libertário Domingos
Ribeiro Filho (Rio de Janeiro, 1904-1914)
Trabalho e trabalhadores na literatura,
Angela Maria Roberti Martins (UERJ /
Brasil 1930-1960
UNIGRANRIO)
Adriano Luiz Duarte (Universidade Federal
de Santa Catarina) Mundo editorial no Rio Grande do Sul
nas primeiras décadas da República
A História ficcional do Brasil romântico
Cássia Daiane Macedo da Silveira
de Magalhães e Alencar: os indígenas
(Universidade Federal do Pampa)
de “A Confederação dos Tamoios” e “O
Guarani” “Indígenas” e “caboclos” na literatura
Cristina Ferreira (Universidade Regional panamazônica da borracha: uma
de Blumenau - Furb) aproximação a partir de Alberto Rangel
e José Rivera.
Livros, leituras e ideias em torno da
Tony Leão da Costa (Universidade do
biblioteca de um escritor negro do Rio
Estado do Pará)
de Janeiro do início do século XX
Denilson Botelho de Deus (Universidade Literatura em Impressos nos tempos da
Federal de São Paulo - Unifesp) Belle Epoque Cafeeira.
Arrovani Luiz Fonceca (SEE/SP)
A rua, a casa e a literatura: a construção
ficcional nas correspondências de Lima Cornélio Pires: um escritor entre o
Barreto a Monteiro Lobato campo e a cidade
Poliana dos Santos (Ifal - Campus Elton Bruno Ferreira (Pontifícia
Maragogi) Universidade Católica de São Paulo)
Literatura e feminismo: representações O poeta Leandro Gomes de Barros e seus
da liberdade das mulheres em Alina Paim leitores (1900-1920)
Iracélli da Cruz Alves (Universidade Erasmo Peixoto de Lacerda (Escola
Estadual de Feira de Santana (UEFS)) Estadual Padre Nunes)
Primeira dentição ou estômago de Apontamentos para um estudo da
avestruz: notas sobre o ecletismo emergência do conceito de folclore no
político, ideológico e estético pensamento social brasileiro. o caso de
da primeira fase da Revista de Silvio Romero.
Antropofagia. Manoel Carlos Fonseca de Alencar
Heraldo Márcio Galvão Júnior (UNIFESSPA) (FECLESC - UECE)

164
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Entre trilhos, gêneros literários e
entusiastas: a Ferrovia Paranaguá-
História e Democracia no “Freedom Curitiba nas narrativas e representações
Road” de Howard Fast: a Reconstrução discursivas da imprensa oitocentista
na Narrativa Literária de um Comunista Mariana Prohmann
Norte-Americano
Rafael Belló Klein (UFRGS - Universidade Gerações Futuras segundo Rachel de
Federal do Rio Grande do Sul) Queiroz: Análise das representações das
transformações de comportamentos e
A memória em resistência: um diálogo de valores morais dos jovens ( 1964 –
entre a obra ficcional contemporânea 1984)
K. relato de uma busca e a Comissão Lia Moita (SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO
Nacional da Verdade CEARÁ)
Ana Cristina Aragão Maciel (SEDUC)
Tempo e Modernidade: a literatura do
As crônicas de Jota Efegê e a construção entreguerras como fonte histórica
da história da música popular brasileira Gabriela Monteiro da Costa (UFF -
Camila Medina Zanão (UNIFESP) Universidade Federal Fluminense)
Oswald de Andrade: pensando o Brasil Permanências e decadência: o futuro
Raíssa Varandas Galvão da nação brasileira na Meditação de
A mulher da Primeira República nas Gonçalves Dias
séries de Olavo Bilac publicadas no Almir Bauler (Universidade Federal da
Gazeta de Notícias entre os anos de Grande Dourados/MS)
1893 a 1894 Capitalismo, comunismo e a história
Mirella Ribeiro Pinto do futuro: apontamentos de pesquisa
HISTÓRIA E LITERATURA: A sobre “A máquina do tempo” de H. G.
representação do tráfico negreiro em Wells (1895)
Úrsula, de Maria Firmina dos Reis. Pedro Nogueira da Gama (UFRJ -
Débora Santos Universidade Federal do Rio de Janeiro)

A apropriação da leitura e da escrita: História, Literatura e (Direitos)


imprensa e literatura em São Paulo na Humanos: uma leitura da obra de
Primeira República. Charlaine Harris
Francilene de Souza Tavares (Prefeitura Luciana Calissi (UNIVERSIDADE ESTADUAL
Municipal de SP/ SEE do Estado de SP) DA PARAÍBA)

O texto Literário nas aulas de História O crime na literatura de Clarice


Vanusia Lopes De Almeida (UNIFESP) Lispector
Danieli Machado Bezerra (Universidade
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 Federal Fluminense)
A UcroniaBarrosiana: espaço de
A história romanceada em “Padre
experiência e horizonte de expectativa
Belchior de Pontes” de Júlio Ribeiro
no conto “O ÔSSO DO PRESUNTO”
Daniela Jaqueline do Nascimento Santos
(1920)
(Secretaria Municipal de Educação São
Elynaldo Gonçalves Dantas
Paulo)

165
Os Miseráveis do reino e o Germinal de Luana da Silva Oliveira (UNIRIO)
uma nova sociedade: Contexto histórico
“Mestres da Cultura”, “Mestres do
e elaboração artística em Victor Hugo
Mundo”: Sujeitos, projetos e disputas na
e Émile Zola (da pobreza degradante à
patrimonialização do saber tradicional
redenção)
popular cearense
Lara Cristina Veiga Bernardo (UERJ -
Hildebrando Maciel Alves
Universidade do Estado do Rio de Janeiro)
Os usos do passado da Música Popular
Brasileira na Ditadura Civil-Militar
ST 093. História, memória e patrimônio:
(1975-1983)
entre usos sociais do passado e os
Carlos Renato Araujo Freire (UFPE)
patrimônios plurais
Ensino de História e Patrimônio: ideias
Coordenação: Márcia Regina Romeiro de pertencimento e formação cidadã em
Chuva (Universidade Federal do Estado do discussão nas ações extensionistas
Rio de Janeiro - UNIRIO), Antonio Gilberto Andréa Lemos Xavier Galucio (UERJ)
Ramos Nogueira (Universidade Federal do
Sessão 2 – 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Ceará)
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 311
As relações entre a memória e o
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 patrimônio histórico na construção da
identidade paulista nos primeiros anos
Entre arquivos e biografias, o legado de do IHGSP (1894)
documentos patrimonializados Daniel Celso Araujo da Costa
Hilario Figueiredo Pereira Filho (IPHAN)
Entre a história e a memória: a invenção
Entre monumentos e documentos do bandeirante Fernão Dias Paes e o
argentinos: narrativas sobre o passado Mosteiro de São Bento (São Paulo)
e imagens de um presente (1910-1947) Alberto Luiz Schneider (Pontifícia
Janice Gonçalves (UDESC) Universidade Católica de São Paulo)
Historicidade das Políticas de “Mais um livro... relativo aos
Patrimônio em Mariana/MG cangaceiros”: a escrita da história entre
Annelizi Fermino usos do passado, atos valorativos e
patrimonialidades
Matrizes da interpretação do patrimônio
Vagner Silva Ramos Filho (Universidade
na década de 1980
Estadual de Campinas)
Luciano dos Santos Teixeira (IPHAN)
As comemorações do centenário de
A UNESCO e a produção de discursos
Petrópolis como pretexto: fundando
patrimoniais sobre o folclore brasileiro
instituições, expandindo redes
nos anos 40 e 50 do século XX
Jamile da Silva Neto (Universidade
Cicera Patricia Alcantara Bezerra
Federal do Estado do Rio de Janeiro)
(Universidade Federal do Ceará - UFC)
Alegorias do Descobrimento: tempo
Trajetória das políticas culturais do
histórico, comemoração e patrimônio
Rio de Janeiro através da Divisão de
João Rafael Santos Rebouças
Folclore do INEPAC (1975-1987)

166
Usos da Idade Média nos Processos de e as políticas de memória da escravidão
Registro de celebrações do catolicismo. e da cultura negra (1980-2010)
Kátia Brasilino Michelan (Instituto do Isabel Cristina Martins Guillen (UFPE)
Patrimônio Histórico e Artístico Nacional-
PATRIMONIO HISTÓRICO E CULTURAL EM
IPHAN)
COMUNIDADES TRADICIONAIS disputas
Mesa farta, gostos diversos. Cozinha, pelas memórias dos quilombolas da
práticas alimentares nas Minas Gerais Tabacaria em Palmeira dos Índios/AL
(séculos XVIII e XIX) e o patrimônio Francisca Maria Neta (Universidade
cultural do mineiro.. Estadual de Alagoas - UNEAL)
José Newton Coelho Meneses (UFMG -
O Dito e o “Não Dito”: As tramas da
Universidade Federal de Minas Gerais)
memória e o último esconderijo de Olga
Três minutos de racismo e identidade Benário.
nacional: promovendo a comida Liane Campos Bonzoumet (UNIRIO -
mexicana como património imaterial da Universidade Federal do Estado do Rio de
humanidade Janeiro)
Alfredo Nava Sánchez (Universidade
Conjunto Arquitetônico do Carmo do
Federal de Alagoas)
Recife e as identidades locais
Doces memórias: o alfenim como Ricardo de Aguiar Pacheco (UFRPE)
patrimônio alimentar em celebrações
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
populares
Amanda Alexandre Ferreira Geraldes
O boom da memória no interior
(Universidade de Évora)
do Ceará: memória intelectual e
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 patrimonialização em Sobral (1984-
2000)
Minimuseu Firmeza: à margem e na Jorge Luiz Ferreira Lima
defesa de uma História da Arte no Ceará
DO PIONEIRISMO AOS LUGARES
Carolina Ruoso (UFMG - Universidade
DE MEMÓRIA: O CASO DOS
Federal de Minas Gerais)
REMANESCENTES DA INDÚSTRIA
De mercadoria à museália. A coleção MORAES, EM PARNAÍBA, PIAUÍ.
Souza Lima de marfins asiáticos Alexandra Sablina do Nascimento Veras
Rafael Zamorano Bezerra (21) (UFC/GEPPM)
Uma análise da expansão dos museus Memória operária e patrimônio:
no Brasil (1901-1992) reflexões sobre o tombamento da
Yazid Jorge Guimarães Costa Companhia Nitro Química Brasileira - SP
(universidade federal do ceará) Yasmin Darviche (Aluna de mestrado da
FAU USP)
Reflexões sobre práticas de turismo e
preservação do patrimônio cultural na O Recife através dos trilhos:O
região do Cais do Valongo patrimônio ferroviário como fonte para
Leila Bianchi Aguiar (Unirio) a história das cidades
André Luiz Rocha Cardoso (Unika
Disputando memórias no território
Serviços e Terceirizações/ Fundarpe),
citadino. O Movimento Negro no Recife

167
Mariana Zerbone Alves de Albuquerque Imagens em sala de aula: o uso de
(Universidade Federal Rural de pinturas históricas nos livros didáticos
Pernambuco) do 7º ano do Ensino Fundamental.
Priscila Santos Calegari
Paredes da Memória: a Fábrica de
Manteiga Puro Leite em Campinas do Análise das Imagens do Negro no Livro
Piauí, na busca da construção da sua Didático de História
memória (1897-1941) Fernanda Soares Borges Perinelli
Camila Carvalho Moura Fé (Universidade Estadual de Goiás - UEG)
Sobre Posições Institucionais e O descobrimento do Brasil nos manuais
Sobreposições Culturais: O Caso do escolares de História brasileiros e
Conjunto Paisagístico do Sítio da portugueses: análise do conteúdo
Trindade. substantivo no texto base
Sergio Lima Silva (UFRPE - Universidade Eliane Martins de Freitas (UFG/Regional
Federal Rural de Pernambuco) Catalão)
Com curvas de concreto e pilotis: Um conflito e seus livros: a Guerra do
desenhando uma ‘Aquarela do Brasil’ Paraguai nas obras didáticas do PNLD-
em NY (1930-1960) EM (2018-2020)
Walkiria Maria de Freitas Martins (Colégio Tiago Gomes de Araújo (Instituto Federal
de Aplicação João XXIII/UFJF) de Goiás)
Da agonia ao conforto. A trajetória de Mundos do Trabalho em livros didáticos:
um instrumento de tortura do acervo do Trabalhadores e trabalhadoras como
Museu Histórico Nacional sujeitos de narrativas históricas
Aline Montenegro Magalhães (Museu Claudiane Torres da Silva (Secretaria
Histórico Nacional) Municipal de Educação do Rio de Janeiro)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
ST 094. História: livro didático,
formação docente e ensino de história Estudos sociais para crianças numa
democracia:prescrições didáticas para o
Coordenação: Erinaldo Vicente Cavalcanti ensino de história sob o prisma norte-
(Unifesspa), CristianiBereta da Silva americano
(UDESC) Elisiane da Silva Soares
Localização: CE, SALA B11
O ensino de historia na modalidade EJA
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 no contexto da bncc a partir de musicas
populares e produção de vídeos.
Continuidades e rupturas: Os livros Damiao de Cosme de carvalho rocha
didáticos de história e a história da (uespi)
participação feminina nos grupos
Práticas e representações sobre o
clandestinos de esquerda que
ensino de história regional em livros
combateram a ditadura militar no Brasil
didáticos do ensino fundamental em
Vanderlei Machado (Universidade Federal
Mato Grosso Do Sul (2011- 2016)
do Rio Grande do Sul)
Jackson James Debona (UFGD - Fundação

168
Universidade Federal da Grande Ensino de História, Tecnologia e Escolas
Dourados) Rurais: uma proposta de reflexão e
intervenção
Diálogos na História: ensino e formação
Marcelo SussumuYanachi Yoshida
docente na Bahia ( 1980-2000)
(Prefeitura Municipal de Valinhos)
Célia Santana Silva (UNEB)
A Escola de tempo integral Polivalente
“A Bíblia do Cenecismo”: A Coletânea
DR. Sebastião Gonçalves de Almeida: O
Cenecista e a produção de uma memória
PROGRAMA NOVO FUTURO E OS NOVOS
institucional da Campanha Nacional de
DESAFIOS EDUCACIONAIS
Escolas da Comunidade (CNEC)
Clemerson Fernandes da Silva
Arthur Rodrigues de Lima (UNIVERSIDADE
FEDERAL DE CAMPINA GRANDE) História local e regional amazônicas:
narrativas de estudantes, livros
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
didáticos e mídias digitais.
William Fonseca Freire (seduc -pará)
O Ensino de História nas brumas do
tempo: Formação de Professores das “ENTRE O JARI QUE TEMOS E O QUE
Séries Iniciais do Ensino Fundamental na QUEREMOS” Propostas para a Escrita
Escola Municipal Gerardo Milton de Sá. Didática e Ensino da História Local do
Francisco Adoniran Braga Ramos Município de Laranjal do Jari (Amapá-
(SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO CEARÁ) Brasil)
Marília Pantoja do Nascimento (Governo
Saberes docentes na formação inicial
do Estado do Amapá)
de professores de História: análise de
mudanças e permanências Gênero e raça na história do Brasil:
Manoel Caetano do Nascimento Júnior Reflexões sobre o saber e o fazer dos
(UFPE) docentes de história nas escolas da rede
estadual de Ribeira do Pombal - Ba
Implantação e experiências do
Lidiane Souza de Oliveira (COLÉGIO
Laboratório de Ensino de História no
ESTADUAL PROFESSORA SÍLVIA FERREIRA
IFBA, campus Salvador/BA
DE BRITO)
Erivaldo Sales Nunes (IFBA)
O que pensam sobre a História?:
ST 095. Histórias Atlânticas em
a consciência histórica de futuros
perspectiva: portos, gênero e diáspora
professores
africana
Carollina Carvalho Ramos de Lima (UFBA)
História, livro didático e formação Coordenação: Flávio Gonçalves dos
docente Santos (Universidade Estadual de Santa
Erinaldo Vicente Cavalcanti (Unifesspa) Cruz), Cibele Barbosa da Silva Andrade
(Fundação Joaquim Nabuco/Universidade
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 Sorbonne Paris IV)
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 203
Um trabalho diferente: quem ensina na
educação a distância!? Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Suzana Bitencourt (Uniasselvi)

169
Viagens, viajantes e o porto da Salvador Entre portos e epidemias: os congressos
colonial sanitários internacionais na América do
Maria das Graças de Andrade Leal (UNEB) Sul na segunda metade do século XIX
Cleide de Lima Chaves (UESB)
Portos, gênero e diáspora nas ilhas
africanas Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Juan Manuel Santana Pérez (Universidade
de Las Palmas de Gran Canárias - ULPGC) O eixo Lisboa-África: novos dados para
Wilson Sons, de empresa familiar a a interpretação do tráfico transatlântico
trasnacional de servicios marítimos y de escravos (séculos XVII e XVIII)
portuarios (1837-1957). Gustavo Acioli Lopes (UFRPE)
Miguel Suárez Bosa (Universidade de Las Traficantes, “trainedNegroes” e
Palmas de Gran Canaria - ULPGC) “Brazilianemigrants”: as formas
Constituição de um Sistema portuário de representação dos brasileiros
atlântico na Bahia-Brasil – 1960/1990 estabelecidos na Costa da Mina, no
Flávio Gonçalves dos Santos século XIX
(Universidade Estadual de Santa Cruz) AngelaFileno da Silva

Feiras livres: transformações dos A mineração aurífera no Atlântico Sul


espaços físicos e sociais em Itabuna- (Angola e Minas Gerais, século XVIII)
Bahia (1953 – 1973). CrislayneGlossMarãoAlfagali (Pontifícia
Berenaldo Neto Silva (UESC) Universidade Católica do Rio de Janeiro)

O homem simples da comunidade FORRAS E FEITICEIRAS: uma proposta


portuária do rio de janeiro: teoria, de investigação da condição de forra
metodologia e fontes nas Minas Setecentistas a partir das
Cezar Teixeira Honorato (Universidade denúncias de práticas mágicas
Federal Fluminense) Giulliano Gloria de Sousa (Instituto
Federal de Minas Gerais)
A produção do cacau nos dois lados do
Atlântico Sul: sul da Bahia (Brasil), Costa Conflitos e alianças no mercado de
do Marfim e Gana entre 1925 e 1992 escravos para as Capitanias do Norte:
Luciane Aparecida Goulart Paraíba e Itamaracá, 1700-1750
Matheus Silveira Guimarães (Secretaria de
Capitalistas e exportadores no Sul Educação - Prefeitura Municipal de João
da Bahia: trajetórias e estratégias no Pessoa)
escoamento do cacau (1904-1930).
Kátia Vinhático Pontes (UESC) Maternidade africana na Cidade da
Bahia no século XVIII
O comércio de carnes salgadas no porto Raiza Cristina Canuta da Hora (Secretaria
de São João da Parnaíba e a inserção de Educação do Estado da Bahia)
da capitania de São José do Piauí nas
dinâmicas da economia atlântica na O preço do comércio das almas:
segunda metade do século XVIII mantimentos, direitos e embarcações
Gabriel Parente Nogueira (Universidade na carreira escravista portuguesa (1722-
Federal do Ceará) 1760)
Moreno Elli (UFRPE)

170
Alforriados na Alfândega de Lisboa e do negras a partir do porto do Recife entre
Porto - século XIX a segunda metade do século XIX e as
Kátia Lorena Novais Almeida (UNEB) primeiras décadas do século XX.
Cibele Barbosa da Silva Andrade
Notícias do infame comércio: tráfico
(Fundação Joaquim Nabuco/Universidade
Atlântico de africanos para a Bahia
Sorbonne Paris IV)
entre nos anos de 1839 e 1840
Paulo César Oliveira de Jesus Os manuais didáticos do Ginásio da
(Universidade Federal do Recôncavo da Bahia: representação e homoneização
Bahia) dos negros nos anos iniciais da
República.
A Bahia e seu o comércio com Porto e
Cristina Ferreira de Assis
Lisboa: alguns apontamentos sobre as
décadas de 1820-1830 De lá pra cá, de cá pra lá: o trânsito
Sérgio Armando Diniz Guerra Filho entre o Brasil e o continente africano, a
(UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO partir dos periódicos do Recife no sec.
DA BAHIA) XIX e XX.
José Bento Rosa da Silva (Universidade
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Federal de Pernambuco)
Cheikh Anta Diop e a historiografia da Portos marítimos na ficção e na história:
ciência e da filosofia africana o caso de Jorge Amado e o Porto de
Antonio Carlos dos Santos Gonçalves Ilhéus
(UFSB), Francismary Alves da Silva Laila Brichta (UESC)
(Universidade Federal do Sul da Bahia -
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
UFSB)
A trajetória política e as ideias de José Festas das Águas, Memórias no Papel: as
Anastácio Falcão em meio à crise do manifestações afro-soteropolitanas e a
Império Atlântico Português (1808- imprensa, 1930-1940
1828) André Luiz Rosa Ribeiro (UESC -
Raphael Rocha de Almeida (Colégio Militar Universidade Estadual de Santa Cruz)
de Minas Gerais)
O Discurso Feminino no Ylê Axé
A participação dos africanos e afro- AlaketuAjunsunZitozan - Terreiro Congo
brasileiros nas lutas travadas na Bahia de Ouro – Nazaré: entre a oralidade e a
pela independência do Brasil escrita
Irineu Aranha Oliveira (Secretaria Marilene Martins dos Santos (COLÉGIO
Municipal de Educação - Ibicuí - BA) EST ERALDO TINOCO MELO)
História social e domínio linguístico ATLÂNTICO: Fluxo e refluxo de trocas
no século XVII: o circuito da “língua de culturais
Angola” Maria Rita Santos (Prefeitura Municipal de
Ivana Stolze Lima (Fundação Casa de Rui Itabuna)
Barbosa e PUC-Rio)
Black medallions, no gold: identidade
Narrativas e descrições visuais de cultural e diáspora nas músicas de rap
viajantes estrangeiros sobre populações do NativeTongues

171
Vinícius Novaes Ricardo (UFMG - Fazendas e casas de taipa: a dinâmica
Universidade Federal de Minas Gerais) do sistema de moradores no semiárido
Edgar Braga Neto (UFMA - Universidade
Mulheres de Axé: feminismo e
Federal do Maranhão)
candomblé
Lana Lage da Gama Lima (Universidade A Escola dos Sertões - A Atuação dos
Estadual do Norte Fluminense Darcy Jesuítas e a Configuração dos Espaços
Ribeiro) na Vila de Aquiraz (1727-1759)
Um Olhar Interdisciplinar entre a História
Protagonismo e silenciamento:
e Arqueologia da Paisagem. - Ronald
experiências de mulheres negras no
Ferreira dos Santos Gomes Tavares (UFC -
mundo do entretenimento
Universidade Federal do Ceará)
Fernanda Epaminondas Soares
(Universidade Federal Fluminense) NOS TEMPOS DOS CURRAIS: Os
vaqueiros de Lagoa do ouro na segunda
Religiosidade na cultura marítima no
metade do século XX.
Atlântico, séculos XVI ao XIX
Jairo de Lucena Gonçalves (Educandário
Jaime Rodrigues (Escola de Filosofia,
Novo Horizonte)
Letras e Ciências Humanas/UNIFESP)
Os sertões em três tempos: constituição
do território do alto sertão da Bahia
ST 096. Histórias dos Sertões entre
Zezito Rodrigues da Silva (Universidade do
lugares: sociedade e cultura
Estado da Bahia / UNEB)
Coordenação: Helder Alexandre Medeiros A cultura material presente em fazendas
de Macedo (Universidade Federal do Rio de gado no sertão do Seridó colonial,
Grande do Norte), Jakson dos Santos séculos XVIII E XIX
Ribeiro (UEMA) Hozana Danize Lopes de Souza
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 202
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Travessias culturais: Zé Limeira e as
Sertões: notas para o uso da palavra no poéticas do absurdo
mundo português Joel Carlos de Souza Andrade (UFRN)
Helder Alexandre Medeiros de Macedo
Reelaborações identitárias: Colônias
(UFRN)
Paraguaias em Mato Grosso do Sul.
Do sertão do Cabo de São Roque ao Eudes Fernando Leite (UFGD)
do Porto do Touro: o processo de
‘UM BANDEIRANTE’ NO FINAL DA
territorialização do litoral da Capitania
DÉCADA DE 1920: O caso do Oeste
do Rio Grande (séculos XVII e XVIII)
de Santa Catarina e a Viagem do
Pedro Pinheiro de Araújo Júnior (Governo
Governador em 1929
do Estado do RN)
André Souza Martinello (Doutor em
Ocupação e produção do espaço agrário Geografia Humana pela USP/FFLCH:
em Porto da Folha/SE (1850-1888) Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências
Sheyla Farias Silva (Universidade Federal Humanas)
de Alagoas)

172
Encontros culturais e mestiçagem nas Terra de pretos: territórios negros no
fronteiras do Rio Doce na segunda Sertão do São Francisco
metade do século XIX Johnisson Xavier Silva (Instituto Federal
Natalia Moreira da Silva (Governo do de Minas Gerais - IFMG)
Estado de Minas Gerais - Secretaria
Diferenciação Racial durante o Processo
Estadual de Educação)
Emancipacionista no Sertão da Bahia:
Historicidade, narrativas e imaginário: as trajetórias de escravos, forros e livres
possibilidades e problematizações a (1871-1910).
partir do léxico “caboco” Ana Paula Carvalho Trabuco Camelier
Alexandre Gomes Teixeira Vieira (UPE) (IFBA - Instituto Federal de Educação,
Ciência e Tecnologia da Bahia)
Entre o público e o privado: a
construção da estrada de rodagem História, Memória, Cultura,
de Senhor do Bonfim a Uauá (Bahia, Religiosidade e Fé: A Missa do Vaqueiro
década de 1920). de Manari – PE (1986 – 2018)
Aloísio Santos da Cunha (Instituto Federal Carlos André da Silva (ESCOLA MUL. MARA
de Educação do Maranhão) ALZIRA DE OLIVEIRA JORGE)
Trajetórias migratórias e alistamentos Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
em obras de emergência no Baixo e
Médio Jaguaribe-CE (1958-1970) Imprensa e performances masculinas
Venâncio Sousa de Oliveira (Universidade em cena na Princesa do Sertão (1890-
Federal do Ceará) 1930)
Jakson dos Santos Ribeiro (UEMA)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Uma missão sob o sol do equador: a
Vozes do Caldeirão: memórias de missão de pesquisas folclóricas e o
migrantes norteriograndenses em busca bumba meu boi do Piauí
da terra prometida Calil Felipe Zacarias Abrão (PUC GOIÁS -
Lemuel Rodrigues (Universidade do Pontifícia Universidade Católica de Goiás)
Estado do Rio Grande do Norte - UERN)
IMPRESSOS NO SERTÃO: Os caminhos
A vida nas margens invisíveis do sertão do livro e os desafios da leitura
do Centro-Norte (séculos XVIII- XIX) Abrahão Francisco da Costa Filho (Escola
Carlos Eduardo Costa Barbosa (Semed/ Municipal São Sebastião)
Tucuruí; SEDUC/PA)
O Repente de Viola: ocupação e antigas
Hobsbawm, intérprete do sertão de tradições no sertão nordestino
Guimarães Rosa Cícero Renan Nascimento Filgueira
Everton Luís Teixeira (UFPA) (Inteligência Relacional)
Cartografia, documentação e memória Aquela sanfona branca, aquele chapéu
dos quilombos situados nos sertões de couro: Luiz Gonzaga, Lampião e o
de Cabo Verde, Jacuí e Rio Pardo na cangaço em uma revisão bibliográfica
segunda metade do século XVIII da imagem representativa do Nordeste
Tarcísio de Souza Gaspar (Instituto Federal José Cunha Lima (Prefeitura Municipal de
do Sul de Minas Gerais) Araruna - PB)

173
Paulo Afonso faz cangaço: a narrativa bíblicos Medievais.
experenciada de um fenômeno histórico Raquel de Fátima Parmegiani (UFAL)
Isabela Mouradian Amatucci
Mística régia e narrativa do sagrado:
Quadrinhos potiguares: uma análise a rainha Filipa de Lencastre e sua
semiótica dos sertões em HQ’s (1990- religiosidade como instrumento de
2014) legitimação e afirmação de poder para a
Filipe Viana da Silva (Escola Municipal Dinastia de Avis
Severina Brito da Silva) Raquel Hoffmann Monteiro (USP -
Universidade de São Paulo)
Futuro do Presente: Noções de
temporalidades e espacialidades na Considerações sobre a masculinidade
escrita De Manoel Dantas régia na Vita SanctiTheotonii
José Marcus Guedes de Araújo Jonathas Ribeiro dos Santos Campos de
Oliveira (Universidade Federal do Rio de
Janeiro)
ST 098. Igreja, Sociedade e Poder na
Idade Média Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

Coordenação: Paulo Duarte Silva O RenotatioLibriIsidorii e a Educação


(Universidade Federal do Rio de Janeiro), Rodrigo Rainha (UNESA - Universidade
Thiago de Azevedo Porto (UFPA) Estácio de Sá)
Localização: CECINE, SALA 02
Uma discussão sobre os atributos de
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 santidade feminina na Gália merovíngia
(século VI)
O papado e os dominicanos em Bolonha: Juliana Prata da Costa
iniciativas para a canonização de
Franciscanismo e Hagiografia no
Domingos (1233-1234)
século XIII: primeiras reflexões sobre
Thiago de Azevedo Porto (UFPA)
o Legendário Abreviado de João Gil de
A punição corporal e a estratégia do Zamora
poder monárquico na Castela do século Andréia Cristina Lopes Frazão da Silva
XIII (UFRJ)
Marta de Carvalho Silveira (Universidade
O pensamento hierocrático e a
do Estado do Rio de Janeiro)
construção de um regime de verdade:
A atuação das rainhas “masculinas” no delineamentos de uma pesquisa
nascimento do reino castelhano André Rocha de Oliveira (Universidade
Maria do Carmo Parente Santos (UERJ) Federal do Rio de Janeiro)
Ordens Militares e Histórias Conectadas: A ética de Ramón Llull sob a ótica
possibilidades para pensar um sóciopolítica.
Medieterrâneo integrado. Crislayne Fátima dos Anjos (Universidade
Bruno Tadeu Salles (Universidade Federal Estadual Paulista)
de Ouro Preto)
Espiritualidade feminina e os limites
Da natureza dos seres: reflexões sobre da institucionalização das práticas
uso dos bestiários nos comentários e crenças religiosas no século XIII e

174
início do XIV: considerações iniciais de da escrita inquisitorial e a legitimação
pesquisa de poder da Igreja de Roma nos séculos
Andréa Reis Ferreira Torres (Universidade XIII e XIV
Federal do Rio de Janeiro) André Pereira Rocha (FVH - Faculdade
Victor Hugo)
Ética econômica e gestão dos bens: o
mercado florentino na economia pré- Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
capitalista (sécs. XIII-XV)
Breno Gomes de Lima Amorim (DINTER- A experiência religiosa feminina
USP-UFCG) no reino visigodo à luz da Regula
Communis e da Vita SanctiFructuosi
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Leila Rodrigues da Silva (UFRJ)
A Igreja política na Primeira Idade Média: A fabricação do espaço na Vita
poder, memória e história de campo nos Columbae
concílios bracarenses (561-572) Gabriel Barth Tarifa (Universidade de São
Paulo Duarte Silva (Universidade Federal Paulo)
do Rio de Janeiro)
O ‘pauper’ nos capitulares carolíngios
Poder Secular e Poder divino; uma (755-832): testemunho de um
análise da aristocracia cristã e do empobrecimento?
maravilhoso na conjuntura política do Thiago Juarez Ribeiro da Silva (USP -
século V do ocidente cristão. Universidade de São Paulo)
Elvis Batista De Souza
Mosteiros fortificados no limes arabicus
Beowulf: Ler, Escrever e Performar no século VI: os casos de Qsar al-
Hayanne Porto Grangeiro Haballat e Santa Catarina do Sinai
Bruno Uchoa Borgongino (Universidade
A criação de uma monarquia romano-
Federal do Pernambuco)
bárbara:aAtaúlfo e a política de
assimilação das instituições romanas Trótula de Salerno e a gestão da
pelos godos memória
Danilo Medeiros Gazzotti (Universidade Cláudia Costa Brochado (UNB -
Federal do Mato Grosso - Campus Universidade de Brasília)
Universitário de Rondonópolis)
A peregrinação nas performances
Gênero, direito e transgressões medievais e seu papel simbólico na
religiosas: um breve balanço construção política de rei e de reino na
historiográfico sobre a feitiçaria e Espanha (XV-XVI)
bruxaria medieval Camille Ferreira Leandro (Universidade
Lucas Vieira de Melo Santos (UFBA) Federal Rural do Rio de Janeiro)
Um templo para uma cidade: a Catedral “Os boõsrrequerimentos das
de Barcelona e os usos políticos da arte molheresmouiam os coraçoões dos
entre os séculos XIII e XV maridos”: Mulheres e relações de poder
Lorena da Silva Vargas (UFG - Universidade na baixa idade média ibérica.
Federal de Goiás) Keila Natacha Silva de Lima Araújo
(Secretaria de Educação do Rio de Janeiro)
Poder e prova documental: produção

175
ST 100. Imagens da Morte: crenças, (1885) e Gabriel Cardoso Franzeres
atitudes e símbolos sobre a morte, os (1910).
mortos e o morrer AntonioLindvaldo Sousa (Universidade
Federal de Sergipe)
Coordenação: Mara Regina do Nascimento
Visões sobre a morte e pós-morte no
(Universidade Federal de Uberlândia),
protestantismo brasileiro: fins do século
Marcelina das Graças de Almeida
19 e princípios do século 20.
(UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS
Carlos Barros Gonçalves (UFGD)
GERAIS)
Localização: CECINE, SALA 04 “Identidade feminina e guerra”. O
esforço das sergipanas no tempo da
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Batalha do Atlântico na Costa do Brasil
(1942-1945)
Rita Lee diante do espelho: e a bem Luiz Antonio Pinto Cruz (Universidade
humorada morte contemporânea Federal da Bahia)
Jefferson William Gohl (UNESPAR)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Por uma historia economica da morte:
o circuito mercantil fúnebre no interior
Mão de defunto, ossos humanos e
fluminense, RJ (séc. XIX)
caveiras: os usos de restos mortais na
Aguiomar Rodrigues Bruno (COOPERATIVA
feitiçaria e na medicina Luso Brasileira
EDUCACIONAL CONTRUIR LTDA)
Kelly Cristina Benjamim Viana
QUANDO A MORTE RONDA O CAIS: (UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ -
Acidentes de trabalho e condições CAMPUS FAFIUV)
de risco entre os Estivadores do Rio
“Só a lembrança nos faz ainda tremer”:
Grande/RS
o terremoto de 1755 e as manifestações
Carlos Alberto de Oliveira (Universidade
devocionais no Rio de Janeiro
Estadual de Santa Cruz)
Anne Elise Reis (Centro Educacional
Mortes e traumas no interior da missão Marilande)
católica orionita no antigo extremo
Os cabelos de Candoca: o cortejo
norte goiano na década de 1950.
fúnebre de uma virgem e sua relíquia
Raylinn Barros da Silva (Seduc - Secretaria
em Campanha, Minas Gerais
da Educação do Estado do Tocantins)
Francislei Lima da Silva (IFCH UNICAMP)
O que a morte ensina ao homem?
A morte em tratados de confissão:
Daniel Carvalho Pereira (Prefeitura
caminhos para atitudes no século XV
Municipal de Macaé)
Thaíse Colletti Pavani
Memórias de um Crime: assassinato
“Cuidar mais na saúde dos vivos do que
e devoção ao Dr. Olavo Cavalcante
no descanso dos mortos”: o apelo dos
Cardoso em Crateús, Ce.
médicos pela higienização do morrer
Michelle Ferreira Maia (UNINTA - Centro
durante os anos 1880 na cidade de
Universitário Inta)
Vitória-ES
Cremação do Cadáver, Higiene e Crença Júlia Freire Perini (Universidade Federal
nas teses dos médicos Antonio Marçal do Espírito Santo)

176
Os ritos fúnebres da “nova elite” Trazida pelas águas: representações
aracajuana na segunda metade do da morte no feminino em pintura de
século XIX (1864-1876) Antonio Parreiras.
Bruna Morrana dos Santos (Secretaria de MARCELO JOSÉ PEREIRA CARVALHO
Estado da Educação de Sergipe) (Universidade Federal do Pará)
Cemitérios de Anjinhos: Gênero, Itinerários da memória: o cemitério
Religiosidade e Tradição Oral como espaço simbólico da paisagem
Cícero Joaquim dos Santos (Universidade da cidade -o Cemitério do Bonfim e a
Regional do Cariri (URCA)) capital mineira
Marcelina das Graças de Almeida
A MORTE E O POVO SANCRISTOVENSE:
(UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS
Uma breve análise dos rituais fúnebres
GERAIS)
realizados na cidade de São Cristóvão/
SE na segunda metade do século XIX. DESENHANDO OS ESPAÇOS DA MORTE:
Márcia Oliveira Gama (Universidade leituras arquitetônicas e iconográficas
Federal de Sergipe) dos conventos franciscanos do nordeste
do Brasil
Engajados até na morte: a comissão de
Ana Cláudia Vasconcellos Magalhães
repatriamento dos mortos brasileiros na
(IPHAN)
Segunda Guerra Mundial (1952-1960)
Adriane Piovezan (FIES Faculdades “Receba Esta Última Lembrança”:
Espírita) Fotografias Mortuárias em Nova
Palmeira-PB (1940-1950)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Olindina Ticiane Sousa de Araújo
A morte, tão ansiosamente desejada, A República chora seus mortos. As
procurou-a Florbela Espanca por imagens fúnebres de homens públicos
suas próprias mãos: o suicídio, a no Brasil em fins do século XIX e inícios
modernidade e o saber médico em do XX
Portugal no início do século XX. Carlos Rogerio Lima Junior (MAC USP)
Priscilla Freitas de Farias (UFC) A casa, lugar de nascimento, educação
SÃO MIGUEL E NOSSA SENHORA DE e morte: as fotografias como
SANT’ANA: o cemitério em Goiás entre representação de vida nas famílias
dois tempos oitocentistas
Deuzair José da Silva (Universidade Tiago Augusto Xavier de Souza
Estadual de Goiás/Pontifícia Universidade (Universidade do Estado do Rio de
Católica de Goiás) Janeiro)
Arqueologia Funerária no Cemitério de O lugar dos mortos na cidade dos vivos:
Santo Amaro Jazigos e Signos da Elite o cemitério público e sua relação com a
Recifense na Segunda Metade do Século cidade de Jardim do Seridó na segunda
XIX metade do século XX
Filipe Diêgo Cintra Machado (Colégio e Luana Barros de Azevedo (Universidade
Curso Bandeira) Federal do Rio Grande do Norte)

177
ST 102. Impérios Ibéricos no Antigo Negociando a agência colonial.
Regime: política, sociedade e cultura Funcionários d’el rei e o Estado do Grão-
Pará e Maranhão em meio ao processo
Coordenação: Fabiano Vilaça dos de territorialização do espaço
Santos (Universidade do Estado do Stephanie Lopes do Vale (Pós-graduando)
Rio de Janeiro), Nauk Maria de Jesus
Homens de letras, de guerra e “bons” e
(Universidade Federal da Grande
a governança da capitania/comarca de
Dourados)
Sergipe d’El Rei (1695-1750)
Localização: NIATE CB-CCS, AUDITÓRIO
Wanderlei de Oliveira Menezes (Prefeitura
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Municipal de Itabaiana)
A censura durante o período Joanino:
Argumentos jurídicos e políticos Entre a Lei e as Práticas
apropriados pelos índios da América Maíra Moraes dos Santos Villares Vianna
portuguesa
Carmen Margarida Oliveira Alveal (UFRN) Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

A administração da Justiça e os conflitos Angola e a política ultramarina


de jurisdição na capitania do Ceará no portuguesa no contexto da União
século XVIII Ibérica (1580-1640)
Reinaldo Forte Carvalho (UPE) Ana Maria Soares de Araújo
“Julguei ser dos deveres do cargo O dilema das armas e da pólvora nos
que Vossa Majestade me fez a graça governos ilustrados em Angola (segunda
de conferir”: projetos de exploração metade do século XVIII)
colonial na pena de ouvidores (Sertões Leonardo Oliveira Amaral
do Norte, c. 1770 - c. 1780)
“Para o bom governo dessas
Leonardo Cândido Rolim (Universidade do
capitanias”: regimentos e governação
Estado do Rio Grande do Norte)
nas Capitanias do Norte (Segunda
Os “senhores doutores ouvidores da metade do século XVII)
Comarca da Paraíba” e “os senhores Marcos Arthur Viana da Fonseca
juízes e oficiais do Senado da Câmara do
“Até morte natural inclusive, poderá
Natal”: a prática judicial na capitania do
usar inteiramente”: D. Vasco Fernandes
Rio Grande (1701-1759)
César de Meneses e a pena capital no
Kleyson Bruno Chaves Barbosa (UFF)
Estado do Brasil
A atuação dos Juízes de órfãos nos João Henrique Ferreira de Castro (Colégio
casos de demência das pretas forras da Pedro II - Tijuca)
Comarca do Rio das Velhas no século
Notas de pesquisa sobre os Secretários
XVIII.
de Governo no Atlântico Sul (1688 –
Maria Eliza de Campos Souza (CEFET-MG)
1750).
Materialidade e Justiça: a primeira Casa Thiago Rodrigues da Silva (CEFET/RJ -
de Câmara e Cadeia de Vila Rica (1725- Centro Federal de Educação Tecnológica
1785) Celso Suckow da Fonseca)
Mateus Freitas Ribeiro Frizzone (UFMG)

178
Política imperial y el primer obispo de porto da Buenos Aires colonial
Maranhão (1677-1689) Religión, poder y Rodrigo Ceballos (UFCG/CFP/UACS)
comercio enlafrontera colonial
Os governadores da Colônia do
Luciano Andrés Silva González
Sacramento: redes de poder,
Capitães-mores no governo do Pará e contrabando e corrupção no extremo sul
do Maranhão: regimentos, jurisdição e da América portuguesa (1749-1775)
conflitos (1669-1751) Fábio Kuhn (UFRGS)
Fabiano Vilaça dos Santos (Universidade
Contrabando de escravizados entre Rio
do Estado do Rio de Janeiro)
de Janeiro e Colônia do Sacramento: um
A capitania de São José do Piauí na estudo de caso (1737-1752)
segunda metade do século XVIII: o Alana Thais Basso (UFRGS - Universidade
Regimento de Cavalaria de Auxiliares Federal do Rio Grande do Sul)
durante os governos de João Pereira
As redes de Francisco Peres de Sousa,
Caldas e Gonçalo Lourenço Botelho de
músico e homem de negócios, entre
Castro (1759 – 1775)
Lisboa e o Brasil (c. 1740-1782)
Dean Soares Rodrigues
Romulo Valle Salvino
De Martinho de Melo e Castro a João
Das baixelas de prata aos grilhões de
Rodrigues de Sá e Melo: um estudo
ferros: cultura material e escravidão em
sobre as comunicações de João Baptista
Mariana/MG, do final do século XVIII
Vieira Godinho com os três Secretários
Cláudia Eliane Parreiras Marques Martinez
de Estado dos Negócios da Marinha e
(Universidade Estadual de Londrina)
Ultramar.
Nara Maria de Paula Tinoco Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00

Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00


Soldados do império: perfil e trajetória
dos oficiais da tropa paga da capitania
As câmaras das Minas e suas petições
do Pará (primeira metade do século
às instâncias centrais da monarquia
XVIII)
portuguesa
Rafael Ale Rocha (Universidade do Estado
Carla Maria Carvalho de Almeida (UFJF)
do Amazonas)
Poder local e tributação: as câmaras
O perfil dos proprietários de terra no
municipais da América portuguesa
Termo do Cuiabá (1751-1822)
frente a questões de fiscalidade
Vanda da Silva (Arquivo Público de Mato
(Pernambuco, séc. XVIII)
Grosso)
George Félix Cabral de Souza
(Universidade Federal de Pernambuco) A “elite dirigente” da Venerável Ordem
Terceira de São Francisco de Assis
Os arraiais na fronteira oeste da
de Vila Rica: hierarquias sociais e
América portuguesa
estratégias de nobilitação.
Nauk Maria de Jesus (Universidade
Cristiano Oliveira de Sousa (IFSul de Minas
Federal da Grande Dourados)
- Campus Muzambinho/MG)
Rotas do Atlântico Sul: comerciantes
Uma tentativa de conceituação dos
lusitanos e as mercadorias na cidade-
grupos políticos locais luso-brasileiros:

179
oligarquias EtienneSauthier (Centre de Recherche
Pablo de Oliveira Andrade (Colégio et de DocumentationsurlesAmériques
Tiradentes da Polícia Militar - Minas (CREDA))
Gerais)
Intelectuais ibero-americanos no XIX
Espaços e estratégias de integração Congresso Mundial de Pax Romana
social de ramos secundogênitos nas de 1946 e a construção de uma ação
conquistas americanas do Antigo política conservadora católica
Regime (Rio de Janeiro, séculos XVII e Maria Antonia Dias Martins (Centro
XVIII) Universitário Fundação Santo André)
Eric Fagundes de Carvalho (UFRJ -
Relato de viagem e Relações
Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Internacionais: A Revolução Mexicana
O viver do trabalho horado no Império segundo Edith O’Shaughnessy
Português: ofício, irmandade e Hanna Giacometti Halm (Universidade
milícia na trajetória do africano Pedro Federal do Estado do Rio de Janeiro)
Rodrigues da Costa em Mariana
As ditaduras latino-americanas nos
Fabiano Gomes da Silva (IFMG)
cartazes franceses: denúncias reflexões
“Can the subaltern speak”? Os e propostas políticas nas décadas de 197
subalternos e a subalternidade no e 1980
espaço colonial português Camila Fontes de Souza (Universidade de
Agata Bloch (Instituto de História da São Paulo)
Academia Polonesa de Ciências)
Uma Discussão Metodológica em
Entre Pombal e os “Puritanos” Análise torno da Edição “Terceiro-mundista”
das alianças matrimoniais realizadas na Esquerda Centro-europeia sob o
pela Casa de Lavradio (1768-1779) Contexto de “1968”
Caroline Cardoso Alexandre dos Santos Felipe Castilho de Lacerda (PPGHE-USP)
(Colégio Ação 1)
“Chumbo Quente” e Observatório da
Imprensa: A Memória Mediatizada nos
ST 105. Intelectuais e política em 50 anos da Ditadura Civil-Militar no
perspectiva transnacional no século XX Brasil(2013-2015)
e XXI: Américas e Europa Polliana Moreno dos Santos (UNEB)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Coordenação: Angela Meirelles Oliveira
(Unioeste), Maria Antonia Dias Martins
CayetanoCórdovaIturburu e o
(Centro Universitário Fundação Santo
engajamento intelectual antifascista na
André)
Argentina durante a década de 1930
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 308
Douglas de Freitas Pereira
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Henri Barbusse em trânsito pelas
Américas: luta antifascista e diálogos
Max Fischer e Charles Ofaire, duas
intelectuais (1933-1939)
figuras do exílio editorial francês
Angela Meirelles Oliveira (Unioeste)
no Brasil durante a Segunda Guerra
mundial (1941-1947)

180
Benjamin Péret, surrealismo, macumba Historiografia, mutualismo e cultura
e revolução - Éder da Silveira (UFCSPA associativa: algumas observações a
Fundação Universidade Federal de partir da história do trabalho
Ciências da Saúde de Porto Alegre) David Patrício Lacerda (Unicamp (Pós-
doutorando/Bolsista da FAPESP))
“A Outra Alemanha” na América
Latina: Movimento dos Alemães Livres Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
e a Associação Democrática Alemã no
Brasil, Freies Deutchland no México e A Criação do ILPES e o debate sobre
Das AndereDeutschland na Argentina. desenvolvimento econômico nos anos
Raíssa Alonso (USP - Universidade de São 1960
Paulo) Diego Batista Penholato (USP)
JÚLIO DE MESQUITA FILHO E A “CRISE Circuitos da boa vizinhança: diplomacia
NACIONAL”: conflitos e contradições em cultural e intercâmbios intelectuais entre
uma trajetória intelectual Brasil e Estados Unidos (1936-1945).
Francisco Adriano Leal Macêdo Simone PetragliaKropf (Casa de Oswaldo
(Universidade Federal do Piauí) Cruz/Fiocruz)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Educação e Diplomacia Cultural nas
relações Brasil-EUA: uma análise da
Construindo vizinhanças: as ações viagens de Robert King Hall ao Brasil na
habitacionais da International Basic década de 1940
Economy Corporation - IBEC Adriana Mendonça Cunha
Michele Aparecida Siqueira Dias (UNIFESP
A UNESCO e a utopia do World
- Universidade Federal de São Paulo)
ScientificHumanism–
Máquinas, engenheiros, cidades e Juliana Assis Nascimento (Universidade
sertões: telegrafia sem fio e intercâmbio Federal do Rio de Janeiro)
científico (1902–1920)
Arthur Cavalcanti de Oliveira Damasceno
ST 106. “Intelectuais, nações e
(Secretaria de Educação do Estado da
circulação de ideias nas Américas nos
Bahia)
séculos XIX e XX”
(In)Visibilidades em Disputa: Da
Engenharia ao Comércio da Construção Coordenação: Maria Elisa Noronha de
Civil na São Paulo de Ernesto Dias de Sá (PUC-RIO), Fernando Luiz Vale Castro
Castro (UFRJ)
Carlos Thaniel Moura (UNIFESP - Localização: NIATE CB-CCS, SALA 307
Universidade Federal de São Paulo)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Urbanismo, política e relações
intelectuais: os Congressos Pan- A Biblioteca Nacional do Rio de
Americanos de Arquitetos e os Janeiro e os intercâmbios culturais e
organismos internacionais na América intelectuais entre Brasil, Argentina e
Latina (1950-1980) França
Fernanda Cristina Pereira Drumond Ana Paula Sampaio Caldeira (UFMG)
(Unicamp)

181
Uma passagem para as Luzes: uma identidade nacional mexicana (1877-
leitura sobre a formulação e a circulação 1908)
transatlântica do conceito de “América Ana Carolina Machado de Souza
Latina” (c.1830-1860) (UNICAMP)
Valdir Donizete dos Santos Junior
O vocabulário político das cartas
(Instituto Federal de São Paulo)
indígenas: circulação, apropriação e
A Imprensa brasileira e argentina e a resistência na Argentina (1852-1885)
disseminação de discursos: a temática Gabriel Passetti (UFF - Instituto de Estudos
da seca do Ceará e de Santiago del Estratégicos)
Estero nos periódicos Correio da Manhã
Duncan Campbell Scott, Escolas
e El Mundo na década de 1930.
Residenciais e a questão indígena no
Leda Agnes Simões de Melo
Canadá.
EstanislaoZeballos, a questão dos Fernando Luiz Vale Castro (UFRJ)
armamentos brasileiros e a disputa pela
As nações diante de seus confins:
hegemonia na América Latina.
potencialidades, identidades e dilemas
Camila Bueno Grejo (USP)
na Amazônia na ótica viajante de
Intelectuais e circulação de ideias no Euclides da Cunha (1905) e na Patagônia
Brasil e na Argentina: o pensamento na de Roberto Payró (1898)
histórico de Bartolomé Mitre e suas José Bento de Oliveira Camassa
apropriações nas primeiras décadas do (Universidade de São Paulo)
século XX
‘”Utopia Arcaica” ou “Utopia andina”?
Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva
A modernidade presente no discurso
(Universidade do Estado do Rio de
indigenista-socialista na Revista Amauta
Janeiro)
(1924-1930).
Representações espaciais, Bruno Batista Bolfarini (Universidade
temporalidades e construção da nação Federal do Espírito Santo - UFES)
no Brasil no século XIX: os conceitos de
O indígena no discurso cultural
sertão/litoral
argentino do Centenário: uma presença
Maria Elisa Noronha de Sá (PUC-RIO)
remanescente
“Letrado Patriota”: As Ideias Políticas Ivia Minelli (Universidade Estadual de
do General Abreu e Lima Campinas)
Monique Santana de Oliveira Sousa
Intelectuales, Positivismo y
Entre consensos e criações: a atuação de Evolución. Prado, Villarán y Cornejo
Juan María Gutiérrez através da Revista representantes del positivismo
delRío de La Plata. evolucionista Andino (1894-1919)
Bruno Passos Terlizzi (UNICAMP - Paul Montoya (PUCRS)
Universidade Estadual de Campinas)
A perspectiva arielista das escritas da
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 história de Francisco García Calderón e
Sérgio Buarque de Holanda (1912-1920)
Os AnalesdelMuseo Nacional de Renato Martins (Departmento de História
México e a construção da memória e da - FFLCH-USP)

182
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

Arielismo e política no pensamento Conexões e circulações para além do


artístico-teosófico de Félix Peyrallo universo acadêmico: a circulação de
(1882-1933) ideias, saberes, objetos e sujeitos nos
Ricardo Machado (UFFS) domínios ibéricos nos livros didáticos
do ensino médio
As viagens de formação na Argentina do
Flávia Preto de Godoy Oliveira (Instituto
século XX: aproximações ente a história
Federal de São Paulo)
e as ciências sociais
Alexandra Dias Ferraz Tedesco (UNICAMP) De embaixador a cardeal: A presença
de D. Miguel da Silva na embaixada
A Revolução no Paraíso: Resignificações
portuguesa e sua relação com o rei D.
do conceito de Libertação na Igreja
João III.
latino-americana (1968 – 1979)
Raphael Henrique Dias Barroso
Alexandre Queiroz de Oliveira (USP)
O rei prudente e a monarquia universal:
Os sentidos e significados das
Tommaso Campanella, pensador da
identidades latino-americanas no
Monarquia Hispânica na virada dos
intercâmbio epistolar de Gabriela
séculos XVI-XVII
Mistral e Victoria Ocampo (1926 - 1956)
Tomas L’Abbate Moreira (USP -
Ana Beatriz Mauá Nunes (USP)
Universidade de São Paulo)
Dinâmicas da direita autoritária na
Pernambuco na Monarquia Hipânica a
América Latina
partir de Duarte de Albuquerque Coelho
José LuisBendichoBeired (Universidade
e Matias de Albuquerque
Estadual Paulista)
Hugo Coelho Vieira (UFPE)
Guerra Fria, anticomunismo e
A serviço do rei ou de si? As ilicitudes na
democracia no ambiente político do Pós
administração do Brasil filipino
II Guerra Mundial no Brasil, no Chile e
Rafaela Franklin da Silva Lira
no Uruguai: pensando um vocabulário
político comum Tauromaquia e identidade: significados
Mario Angelo Brandão de Oliveira Miranda sociais e políticos do toureio a pé na
(PUC-Rio) Espanha do século XVIII
Ivan Luiz Chaves Feijó (USP - Universidade
de São Paulo)
ST 107. Intercâmbios, redes, rotas e
conexões na Monarquia Hispânica: a Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
circulação de ideias, saberes, objetos e
sujeitos nos domínios ibéricos (sécs. XVI Apropriação e circulação de saberes e
e XVII) práticas curativas em manuscritos de
medicina entre a América e a Europa no
Coordenação: Ana Paula Torres Megiani Setecentos
(Universidade de São Paulo), Flávia Preto Eliane Cristina DeckmannFleck
de Godoy Oliveira (Instituto Federal de (Universidade do Vale do Rio dos Sinos)
São Paulo)
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 301

183
Boticas jesuítas: Discurso, Rede de Comerciantes cristãos-novos no
poder e conhecimento através da tráfico de escravos para a Capitania de
Colecção de Varias Receitas (1776) Pernambuco (580-1630)
Viviane Machado Caminha (Escola Janaina Guimarães da Fonseca e Silva
Superior de Guerra (ESG)) (Universidade Estadual de Pernambuco)
Um caso monstruoso: a circulação de A formação da ideia de fronteira no
saberes na produção de tratado sobre Paraguai colonial baseado na ideia do
seres prodigiosos entre Monarquia estrangeiro, século XVII
Hispânica e o Vice-Reino do Peru Fernando Victor Aguiar Ribeiro (USP -
Kawany Stephany da Silva Universidade de São Paulo)
“Algumas regras para conhecer e Os terços espanhóis e a circulação de
discernir o espírito bom do mau nas saberes: a cultura tratadística e o ideal
coisas sobrenaturais: a questão do mal de organização do exército português
no ‘Espejo Místico’ de José de Nájera Giovane Albino Silva (NUCE)
(1672)”.
Entre libongos e moedas de cobre: a
Marcos Antonio Lopes Veiga (Faculdade
batalha de Ambuíla e as minas preciosas
de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
do Congo, 1665
da USP)
Leandro Nascimento de Souza (UFF)
Entre Roma e Nova Espanha: as trocas
Sessão 4 – 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
epistolares de AthanasiusKircher e
Alejandro Fabián, 1661-1674.
Pirataria e Corso: O Cerco de
Carolina Vaz de Carvalho (USP)
Pernambuco de 1630
História e Historiografia de Pernambuco Valéria Silva Melo de Souza (Universidade
Colonial: agroindústria do açúcar, Aberta - PT)
“crise” do açúcar e historiadores em
O Império Português no Atlântico:
perspectiva. Séc. XVII e XVIII.
poderio, ajuste e exploração (1640-1808)
Breno Almeida Vaz Lisboa (Rede Estadual
Pablo Oller Mont Serrath
de Ensino de Pernambuco)
“Amor desonesto”: práticas mágicas e
As visitas pastorais na arquidiocese de
condição feminina durante a Primeira
Lima e seu trabalho na fiscalização da
Visitação do Santo Ofício à Bahia (1591-
evangelização em Huamalies (1647 -
1593).
1658)
Daniele Stéfani da Silva Corado
Marcos Marcial Matos Malpartida
Táticas e Estratégicas Bélicas Tupi
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
na Monarquia Católica: O caso da
Conquista da Paraíba
As mutações de um problema: os
Kalina Vanderlei Paiva da Silva (UPE -
vagabundos sob a perspectiva de um
Universidade de Pernambuco)
frade em trânsito no mundo hispânico
Anderson Roberti dos Reis (Universidade Escritos breves para circular: relações
Federal de Mato Grosso) de sucessos, notícias e avisos durante a
Alta Idade Moderna (sécs. XV-XVII)
Ana Paula Torres Megiani (USP)

184
ST 109. Jogar com a História: Universidade Católica do Rio Grande do
ludicidade, divertimento e construções Sul)
no ensino de História
GAMES E ENSINO DE HISTÓRIA:
Possibilidades de utilização dos jogos
Coordenação: Marcello PanizGiacomoni
digitais nas aulas de história.
(Colégio de Aplicação da UFRGS), Lucas
Paulo Henrique Penna de Oliveira
Victor Silva (UNIVERSIDADE FEDERAL
(Instituto Princesa Isabel)
RURAL DE PERNAMBUCO)
Localização: CE, SALA B16 Cultura histórica e jogos digitais:
a retórica procedimental de “Sid
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Meier’sCivilization” sobre a história
universal
“Ominira: em busca da liberdade”: um Alex Alvarez Silva (Universidade Federal
jogo para abordar um tema tão sério do Oeste da Bahia (UFOB))
Rodrigo Cardoso Soares de Araujo
(IFSULDEMINAS) C.S.I. História: Uma abordagem
gamificada sobre as fontes históricas e o
Jogando e aprendendo: o ensino das trabalho do historiador
relações étnico-raciais em História a Keliene Christina da Silva (PREFEITURA
partir de “Baquaqua: uma viagem pelo MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA - ESCOLA
Atlântico” MUNICIPAL LEÔNI)
Bruno Barros da Silva (SECRETARIA
ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO GOVERNO Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
DE PERNAMBUCO)
Os Jogos Teatrais na Aprendizagem
Jogar e fabular nas Viagens do Tambor
Lúdica do Ensino de História
Marcello PanizGiacomoni (Colégio de
Rodrigo Mendonça do Nascimento
Aplicação da UFRGS)
(Colégio Cognição)
Jogo da cosmogonia grega - ensino de
Jogos de representação como
história e os jogos na sua construção
ferramenta pedagógica no ensino de
prática
história: imaginação e empatia histórica
Johnny Ribeiro Barbosa (Secretaria
Juliano da Silva Pereira (SEED-PR)
Estadual de Educação - MG)
As formas da História e o projeto de
Pesquisa sobre jogos no ensino de
jogo: Análise do processo de criação dos
História no Brasil: um estudo do estado
jogos do Historiart Studio
do conhecimento
Diego Barreto Azevedo
Lucas Victor Silva (UNIVERSIDADE
FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO) Jogos Poéticos: poesia e crítica social
Lucia Helena Ramos de Souza (UFRJ -
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Projeto: Jogar, Aprender, Ensinar: jogos Reflexões sobre a representação
como ferramenta didático-pedagógica histórica na composição do RPG de
na História mesa: “A Bandeira do Elefante e da
Tobias Droste Silva (PUCRS - Pontifícia Arara” (2018)
Loyze Nayama Pereira Gomes (UFPB)

185
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 no espaço urbano do Rio de Janeiro:
uma proposta de mapa interativo para
Ensino de História para os surdos: Um alunos da educação beasica
estudo de caso na Escola Especial Keli Roberta Martinelli e Barbosa (Colégio
Meise Machado Pedro II)
Laionel Mattos da Silva (UFSM -
Universidade Federal de Santa Maria) Audiovisual e História Local: o
Documentário como aparato didático à
Os percalços para incluir todos os construção da consciência história na
alunos nas aulas de história educação básica
Eliete Antônia da Silva (UFU - Universidade Mayara Zanotto
Federal de Uberlândia)
As Apropriações Do Livro Didático De
A escola e as práticas fiscalizadoras do História No Ensino Médio
Estado (1957-1960) Isaíde Bandeira da Silva (FECLESC-UECE)
Paula Lorena Cavalcante Albano da Cruz
(SME) Memórias e histórias digitais e
saber histórico escolar: diálogos
“É Geral ou Social?”: Processo de desenvolvidos em pesquisas publicadas
implementação da Lei 10639/03 em São entre 2006 e 2018
Francisco do Conde Aléxia Pádua Franco (UNIVERSIDADE
Anderson Cleiton Santana Junior FEDERAL DE UBERLÂNDIA)
O Combate do Irani no olhar de Vicente Como os Professores de História da
Telles Rede Pública Municipal de Florianópolis
Delmir José Valentini (Universidade Usam o Livro Didático: uma reflexão a
Federal da Fronteira Sul) partir das experiências docentes
“E Chega a Hora Negra de Estudar”: Marcos Antônio Rosa Trindade (Prefeitura
História e Cultura Escolar na Poesia de Municipal de Florianópolis)
Drummond. Um olhar sobre a percepção das
José Antunes Marques (Faculdade de práticas consideradas tradicionais por
Educação UFG) professores de história do ensino médio
Merval Santos de Oliveira (Secretaria
ST 111. Livros e materiais didáticos de Estadual de Pernambuco)
história: produção, circulação, usos e Um estudo dos manuais de História
leituras do acervo da Biblioteca do Seminário
Episcopal de Fortaleza (1864-1888)
Coordenação: Edilson Aparecido Chaves Rafaela Gomes Lima (Governo do Estado
(Instituto Federal do Paraná), Osvaldo do Ceará)
Rodrigues Junior (Universidade Federal de
Mato Grosso - UFMT) “E agora? Não tenho livro e nem
Localização: CE, SALA B09 dinheiro para impressão”. Sujeitos do
turno noturno e a autoria de textos:
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 pensando a formação profissional e a
elaboração de material didático.
História das populações africanas Antonio Vilas Boas (SECRETARIA DA

186
EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA) Matheus Luiz de Souza Céfalo (PUCSP -
Pontifícia Universidade Católica de São
Livros Didáticos de História e História
Paulo)
Indígena: análise dos saberes e usos dos
livros didáticos das escolas indígenas A lei 10.639 e a representação dos
do município de Santarém-PA – Baixo negros em livros didáticos de História:
Amazonas (2000-2018) um levantamento bibliográfico
Diego Marinho de Gois (UFOPA) PAULA FURTADO NANI (UFSJ -
Universidade Federal de São João Del Rei)
Movimento Negro e Estado brasileiro:
disputas e negociações em torno de Espaço de experiência e aprendizagem
uma educação antirracista a partir do histórica: uma análise acerca
Programa Nacional do Livro Didático do trabalho com fontes escritas
(PNLD) e imagéticas na construção do
Jefferson Pereira da Silva conhecimento histórico escolar
Ronaldo Cardoso Alves (UNESP/Assis)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Percepções sobre a questão agrária
Fontes e Documentos Históricos em entre alunos do Ensino Médio de uma
Livros Didáticos Brasileiros e Cubanos Escola Técnica Federal de Mato Grosso.
Ana Luiza Araújo Porto (INSTITUTO Silvia Jacinta Ritter-Pimenta (IFMT -
FEDERAL DE ALAGOAS) Instituto Federal de Educação, Ciência e
Tecnologia de Mato Grosso)
História e Pré-História : investigando os
usos dos conceitos através da literatura O Papel do Guia do Livro Didático de
didática História/PNLD no processo de escolha
Luiz Adriano Lucena Aragão (IFPE) dos livros pelos professores dos Anos
Finais do Ensino Fundamental
Construção de identidades de gênero
Marcelo Antonio Bueno Moraes (Professor
através da narrativa histórica dos livros
QPM Estadual e Municipal), Tânia Maria F.
didáticos de História: quem é possível
Braga Garcia (UFPR - Universidade Federal
ser?
do Paraná)
Paolla Ungaretti Monteiro (PUCRS)
Sessão 3 – 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Os sentidos da civilização: compêndios
escolares e literatura religiosa na
A presença do livro didático de história
Instrução Pública Primária do Ceará
em aulas do ensino médio: estudo
Imperial (1874-1890)
etnográfico em uma escola do campo
Cleidiane da Silva Morais
Edilson Aparecido Chaves (Instituto
Produzindo livros didáticos de história: Federal do Paraná)
prescrições e práticas (análise do espaço
O tratamento didático dos Documentos
didático-editorial brasileiro – 2000-
Históricos Brasileiros
2010)
Osvaldo Rodrigues Junior (Universidade
Jandson Bernardo Soares (UFRN/ PPGH)
Federal de Mato Grosso - UFMT)
Paulo Bourrol e o ensino das ciências na
Escola Normal de São Paulo no final do
século XIX

187
ST 112. Marxismo e História 1: Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
capitalismo, imperialismo, educação,
democracia e perspectivas de futuro “Não tinham essa noção de que a gente
trabalhava”: A pesquisa histórica sobre
Coordenação: Virginia Fontes o trabalho docente e considerações
(Universidade Federal Fluminense e sobre o método
EPSJV/FIOCRUZ), Vicente Neves da Silva Mariana Esteves de Oliveira (UFMS)
Ribeiro (Universidade Federal da Fronteira Escola Normal de Três Lagoas, sul de
Sul) Mato Grosso (1952-1975): as normalistas
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-A como modelo de disciplina
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Hellen Caroline Valdez Monteiro (Escola
Municipal Professora Adair de Oliveira)
Trabalho e valor; propriedade; Estado e A disputa por hegemonia na educação
lutas de classes brasileira: O Movimento Pela Base
Virginia Fontes (Universidade Federal Nacional Comum
Fluminense e EPSJV/FIOCRUZ) LisiaCariello
O Materialismo Cultural de Raymond A supremacia do “mercado da
Williams: desenvolvimentos, conceitos educação” e o fim da educação pública
e contextos estatal no pensamento conservador
Carla Baute (Universidade Estadual de Silvana de Sousa Pinho (UECE -
Campinas) Universidade Estadual do Ceará)
Limites da crítica aos limites ecológicos Trajetória política da Fiocruz (1970-
do capitalismo 2003): dinâmica interna e orientação
Julio Cesar Pereira Monerat (Instituto privada
Federal Sudeste de Minas Gerais - Campus Tiago Siqueira Reis
Muriaé)
A transformação do sistema educacional
A Ideologia Alemã: contexto de escrita, brasileiro ao longo da ditadura civil-
trajetória editorial e possibilidades de militar brasileira e seus impactos
leitura de um texto revolucionário no desenvolvimento da Ciência e
Osvaldo Batista Acioly Maciel (UFAL) Tecnologia.
Ecomuseu: reflexões sobre tempo, Gabriel Soares Bádue (Universidade
território e comunidade. Federal de alagoas)
GelsomRozentino de Almeida (UERJ) A autonomia da ordem: espaços de
A Revolução Russa e a questão da poder, burocracia e educação superior
habitação: de 1917 a 1930 no Brasil recente (2003-2019)
Wanderson Fabio de Melo (UFF/PURO) Aruã Silva de Lima (Universidade Federal
de Alagoas)
Os Amigos de Durruti e a Crítica
Revolucionária da Guerra Civil Sessão 3 – 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Espanhola
Igor PasquiniPomini (Secretaria Educação Entre a Revolução e a Contra Revolução:
de São Paulo) O posicionamento da FIESP diante da

188
questão social e do Governo Vargas Danilo Spinola Caruso (IFRJ - Instituto
entre 1930 a 1932 Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Jullyana Lopes Luporini Barbosa de Souza do Rio de Janeiro)
(Universidade de São Paulo)
Pensar a Venezuela, pensar a América
A expansão pentecostal no Brasil da do Sul: apontamentos sobre o lugar da
segunda metade do século XX renda da terra internacional na história
Rodrigo de Sá Netto (Arquivo nacional) recente
Vicente Neves da Silva Ribeiro
Repressão militar e terrorismo de
(Universidade Federal da Fronteira Sul)
Estado em Volta Redonda (1984-1989):
contrarrevolução preventiva e ditadura
“tardia”. ST 113. Marxismo e História 2: percursos
Marcos Aurélio Ramalho Gandra das esquerdas e das direitas, lutas
(Prefeitura Municipal de Piraí) sociais, educação, democracia e
perspectivas de futuro
O Direito como Forma do Capital:
trabalhadores rurais, proprietários
Coordenação: Gilberto Grassi Calil
rurais, Justiça do Trabalho e
(UNIOESTE), Frederico Duarte Bartz
permanências na zona canavieira de
(Universidade Federal do Rio Grande do
Pernambuco e no Brasil
Sul)
Ademir Bezerra de Melo Junior
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-B
(Universidade Federal da Paraíba)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
A compreensão do caráter de classe da
ditadura militar brasileira a partir da
sinistralidade laboral. O Floresta da Classe Operária: social-
Ana Beatriz Ribeiro Barros Silva (UFPB - democratas, anarquistas e suas
Universidade Federal da Paraíba) organizações de classe em um arrabalde
de Porto Alegre (1895-1923)
“Fundou a fábrica não existe mais essa Frederico Duarte Bartz (Universidade
história de 70”: o surgimento da APAEB Federal do Rio Grande do Sul)
e suas mudanças ideológicas (1973-
1997) “O tempo é de greve, barulho, o
Cleidiane de Oliveira Lima diabo...”: A greve dos ferroviários
nordestinos da Great Western em 1909.
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 Paula Tamyres Veríssimo da Silva (UFPB -
Universidade Federal da Paraíba)
Imperialismo e guerra híbrida: uma
Trabalhadores urbanos e ação coletiva
análise da participação dos EUA no
no Nordeste da Primeira República:
golpe de 2016 a partir dos telegramas da
avaliações de militantes sobre limites
Embaixada norte-americana no Brasil
e alcances da organização operária na
vazados pela WikiLeaks
região
Gabriel Lecznieski Kanaan (UFF -
Tiago Bernardon de Oliveira (Universidade
Universidade Federal Fluminense)
Federal da Paraíba (UFPB))
As duas faces do avanço do capital na
No meio do caminho tinha um golpe:
Venezuela Bolivariana
Os trabalhadores da Estrada de

189
Ferro Leopoldina e o sindicato dos Debates em torno do caráter do governo
ferroviários em Petrópolis (1960-1969). João Goulart
Glauber de Oliveira Montes (PPGHIS UFRJ) Valquiria Kelly Zanzarini Braga (Secretaria
de Educação de São Paulo)
Classe trabalhadora, partidos políticos
e o sujeito histórico revolucionário: E A REVOLUÇÃO? Quando o discurso
debates e contribuições na História do repressor encontra acolhida no discurso
Trabalho e nos movimentos sociais das memórias
Henrique de Bem Lignani (UFF) Carla Luciana Souza da Silva (UNIOESTE)
Entre o Taylorismo e a Tektologia: A.A. Cuba e Chile: diálogos revolucionários
Bogdanov, A. Gastev e a Organização para América Latina
Científica do Trabalho nos anos iniciais Joana Salém Vasconcelos (Pós Graduação
do Estado Soviético USP)
Pedro Ramos de Toledo
As contribuições da Luta Armada nas
Trabalho, capitalismo e contradições: memórias da esquerda brasileira (1968-
um ensaio sobre o lugar das ocupações 1974)
de empresas na História Vinícius de Oliveira Masseroni (unisinos)
Joao Urias (UNITAU)
Estratégia e Tática: O PCB, o etapismo, e
“Ocupar e resistir”: As ocupações a revolução brasileira
de escola da rede estadual do Rio de Marcelo da Silva Lins (UESC)
Janeiro (2016) e o enfrentamento
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
às contrarreformas neoliberais da
educação
Sartre, LesTempsModernes e o Terceiro
Graciella Fabrício da Silva (Secretaria de
Mundo (1945-2016)
Estado de Educação)
Rodrigo Davi Almeida (UFMT/Cuiabá)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
A teoria de acumulação socialista
primitiva de EvgenyPreobrazhensky
Vigilância, conspiração e sistemas de
como teoria de transição
informação e tortura: a estreita relação
Rebecca de Oliveira Freitas
entre as Ditaduras de Brasil e Chile
Clécio Ferreira Mendes (Universidade Dois exemplos dos “muitos marxismos”:
Federal da Integração Latino-Americana) Caio Prado Júnior e Ji Chaoding
valorizando a história – e o devir – de
Do porão às ruas: protagonismo
suas nações frente ao eurocentrismo
militar e a reabilitação das memórias
vigente na Terceira Internacional
favoráveis à ditadura em tempos de
Christine Paulette Yves Rufino Dabat
avanço conservador
(UFPE)
Clarissa Grahl dos Santos (Colégio de
Aplicação da UFSC) Inglaterra, Maio de 1968: o manifesto da
velha guarda da Nova Esquerda
Interpretando o golpe a ditadura no
João Ernani F. Filho (UFC)
Brasil: primeiros anos (1964-1984)
Carlos Zacarias F. de Sena Júnior Guerra e transformação: movimentos
(Universidade Federal da Bahia) e ideologias no Brasil das primeiras

190
décadas do século XX nova institucionalidade política?
Carlos Fernando de Quadros (USP) David Maciel (Faculdade de História da
Universidade Fedeeral de Goiás)
O pensamento autocrático de Miguel
Reale
Rodrigo Jurucê Mattos Gonçalves ST 114. Memória, história e
(Universidade Estadual de Goiás - UEG) historiografia(s)
A cassação do registro do Partido
Coordenação: Gilberto Cezar de
Comunista foi decretada em 1945:
Noronha (UNIVERSIDADE FEDERAL DE
as ilusões do jogo democrático na
UBERLÂNDIA), Rejane Meireles Amaral
legalização do PCB
Rodrigues (Universidade Estadual de
Ricardo Jose Sizilio (UFBA)
Montes Claros)
O “Comando do Terror” para além Localização: CFCH, SALA B, 1º ANDAR
das manchetes: uma reflexão sobre a
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
utilidade da história oral para o estudo
da extrema-direita
Felipe Henrique Wegner (UFSC) Teoria da História como Teoria da
Memória: princípios, conceitos e
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 categorias
Rodrigo Tavares Godoi (Universidade
Lasorganizaciones maoístas argentinas Federal de Rondônia)
frente a lasOrganizaciones Político-
Memórias em vão: A indignação de
Militares (1965-1975)
Primo Levi diante do crescimento
Brenda Rupar (Conicet-UNQ/UBA)
do revisionismo e negacionismo do
Julieta Battistioli: História e Memória de Holocausto.
uma operária comunista Eduardo Garcia Valle (IFMS- Campus
Guilherme Machado Nunes (IFC) Campo Grande)
Educação em perspectiva Historiografia da ditadura, memória
revolucionária: apontamentos e e espaço público. O Cone Sul em
contribuições da Política Operária nas perspectiva
lutas estudantis da década de 1960. Nashla Aline DahásGomozias (PPGH-
Tamires Assad Nery de Brito (UFF) UDESC)
Sobre a História dos Governos Petistas: O Cavern Club enquanto lugar de
os limites do “lulismo” memória dos cidadãos de Liverpool e
Eurelino Teixeira Coelho Neto de fãs dos Beatles de todas as partes do
(Universidade Estadual de Feira de mundo
Santana) Fernando Vasconcelos Benevides (UFRN)
Reflexões sobre o fechamento político Cassiano Ricardo e Jorge Amado: a
no Brasil atual literatura como espaço de apoio e
Gilberto Grassi Calil (UNIOESTE) oposição ao Estado Novo
Cristina Dias Malveira (E.E. Dr. Carlos
Democracia “fake” e mudanças
Albuquerque)
institucionais no Brasil: rumo à uma

191
Autobiografia e Memória Familiar na processo de carnavalização em Vitória
Coleção Taunay do Museu Paulista, da Conquista (BA)
entre Memória e História Alberto Bomfim da Silva (Efetivo)
Wilma Peres Costa (Universidade Federal
As Mulheres Feministas: Quem tem
de São Paulo)
medo das mulheres nos espaços de
A Criação do Instituto Brasileiro de poder?
Museus e do Programa Pontos de Aluizia do Nascimento Freire
Memória: uma análise sobre discurso e
Auta de Souza, da memória à história
prática.
(1901-1961)
Robson de Santana (UFPE - Universidade
Jussier Dantas (UFRN - Universidade
Federal de Pernambuco)
Federal do Rio Grande do Norte)
A Concepção de História a partir
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
da trajetória Intelectual de Beatriz
Nascimento
A Memória Social das Águas Medicinais
Joelma Dias Matias (UNIVERSIDADE
de Santo Antônio de Pádua/RJ:
FEDERAL DE SERGIPE)
perspectivas teórico-metodológicas da
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 pesquisa através da oralidade histórica.
Mariana Arruda Muniz (IFF INSTITUTO
Entre o político e o historiador: Brasil FEDERAL FLUMINENSE CAMPUS SANTO
Pinheiro Machado, memórias e a escrita ANTÔNIO DE PÁDUA/RJ)
de si (1950-1988)
Água é para todos? Abastecimento de
Letícia Leal de Almeida (UDESC)
água: praticas de resistência e costumes
Entre história e memória: Celestino nas cidades de São Francisco-MG. (1960-
Alves e a escrita da História Local 1980).
Fabiana Alves Dantas Ariely Antunes
Memórias e Viagens: o relato de silva Do fio da memória ao tecido da história:
jardim, o “falso profeta” republicano. a produção algodoeira no agreste
Marta Lúcia Lopes Fittipaldi (SEE Rio de alagoano (1950-1959)
Janeiro e P. M. de Teresopolis) Érica de Oliveira Santos (UFPE -
Universidade Federal de Pernambuco)
COMEMORAÇÕES E PODER: o
cinquentenário do ataque de Lampião Trajetórias do desenvolvimento: das
a Mossoró como estratégia de promessas à realidade
manutenção do poder das Famílias Natália Camila Ferreira De Souza (UFPA -
Escóssia e Rosado durante o Regime Universidade Federal do Pará)
Militar brasileiro (década de 1970)
Pensamento histórico e planejamento
Marcílio Lima Falcão (UERN)
regional na configuração do Vale do São
Apanhados historiográficos sobre o Francisco - 1950
final da escravidão na paraíba: marcos Flavio Dantas Martins (UFG - Universidade
teóricos e usos do passado Federal de Goiás)
Giuseppe Emmanuel Lyra Filho
Restos de nada: a vivência dos
A importância da memória religiosa no trabalhadores da Industrial Malvina

192
no Distrito de Engenheiro Dolabela Os Gadjós são os “Perfeitos ciganos,
(Bocaiúva/MG) 1970/1980 muito ciganos”: figurações, estereótipos
José Reinaldo Pereira (Secretaria de e artimanhas políticas em Minas Gerais
Estado de Educação de Minas Gerais) Gilberto Cezar de Noronha (UNIVERSIDADE
FEDERAL DE UBERLÂNDIA)
História da Educação: Um olhar sobre o
grupo Escolar Gonçalves Chaves (1909)
e o Ginásio Municipal de Montes Claros - ST 115. Memória, narrativa e invenção:
MG (1915) no período de 1930 -1938. artes, culturas urbanas e escrita da
Donizette Lima do Nascimento História
(Universidade Estadual de Montes
Claros), Maria de Fátima Gomes Lima do Coordenação: Fábio Leonardo Castelo
Nascimento (Universidade Estadual de Branco Brito (Universidade Federal do
Montes Claros) Piauí), Edwar de Alencar Castelo Branco
(CNPq)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Localização: CFCH, SALA A, 1º ANDAR
Imagens recompostas e gauchos Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
ressignificados: montagens temporais
na obra de C. B. de Quirós e F. Molina Juventude, Ansiedade, Libertação
Campos e História - um estudo a partir de
Luciana da Costa de Oliveira (IFRS - “UnderPressure” de Queen & David
Instituto Federal de Educação, Ciência e Bowie (1982)
Tecnologia do Rio Grande do Sul) Emília Saraiva Nery (SEDUC-PI e
UNIFACEMA)
A construção do território negro
“Vila África” na cidade de Taquara Ectoplasma e delírio modorrento:
– RS: Racialização e Memória no Pós – Aspectos audiovisuais do vaporwave
Abolição. Ícaro Estivalet Raymundo (UFRGS -
TaianeNaressi Lopes (Universidade Universidade Federal do Rio Grande do
Federal do Rio Grande do Sul) Sul)
Memória e identidade vigienses em sala Entre acordes Punks e sociabilidades
de aula: patrimônio e ensino de história juvenis: Rock, Cotidiano e Política nas
na E.E.E.F.M Santa Rosa - Vigia/PA canções da Legião Urbana
Jesimar Miranda Cardoso (SEDUC - PA ; Ramone Maria De Sousa Silva
SEMED, CASTANHAL/PA) (UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ)
A Memória enquanto ferramenta Terehell: representações e sentidos
política: (re)discutindo as ações do diabo no rock metal extremo de
afirmativas no Brasil. Teresina na contemporaneidade
Régis Rodrigues Elisio José Eduardo Oliveira Nascimento (UFPI -
Universidade Federal do Piauí)
Nelson Vianna e a construção da
memória de cidade em Serões Entre o Político e o Cultural: a
montesclarenses construção de uma personalidade no
Rejane Meireles Amaral Rodrigues pensamento coletivo
(Universidade Estadual de Montes Claros) João de Deus Santos Ribeiro

193
Movimentos Musicais Brasileiros: Baião SENTIMENTOS CRUZADOS: AS POESIAS
e Tropicália – sonoridades impactantes DE HELENA KOLODY ENTRE O MUNDO
na cultura brasileira RURAL E URBANO
Jonas Rodrigues de Moraes (UFMA-CODÓ) Tiago Boruch (UNICENTRO - Universidade
Estadual do Centro Oeste)
Laboratório de Sons Estranhos (LSE): a
música em experimentação no Recife A imagem narrada e a história
(1968-1970) imaginada: confluências entre a
Felipe Pedrosa Aretakis (Município de linguagem imagético-fílmica e a
Jaboatão dos Guararapes) historiografia a partir da obra Lavoura
Arcaica
Dançando a cidade de Ponta Grossa
Matheus Silva Falcão (UFT - Fundação
(PR): relações de memória e identidade
Universidade Federal do Tocantins),
de bailarinos
Renata Brauner Ferreira (UFT - Fundação
Isabele Fogaça de Almeida (UEPG -
Universidade Federal do Tocantins)
Universidade Estadual de Ponta Grossa)
O clamor social vai ao cinema – A
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
contracultura e a Nova Hollywood
(1967-1980)
Por uma história íntima da filosofia da
Karla Nayra Fernandes Pereira Carbonera
diferença: escrita de si nas cartas de
(UNB - Universidade de Brasília)
Gilles Deleuze
Fábio Leonardo Castelo Branco Brito Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
(Universidade Federal do Piauí)
Política e imprensa: discursos e práticas
O sujeito de Direito na Pós-
(década de 1970)
Modernidade: da unidade à
Carlos Alberto de Melo Silva Mota, Cláudia
fragmentação
Cristina da Silva Fontineles (UFPI)
Edwar de Alencar Castelo Branco
(CNPq), Jarbas Gomes Machado Avelino “O que falta ao Piauí para que ele
(Universidade Federal do Piauí) participe do desenvolvimento
nacional?” Pretensões modernizadoras
Uma análise teórico-política decolonial
e integração nacional (1968-1975)
sobre o conceito de moda
Jônatas Lincoln Rocha Franco
Heloisa Helena de Oliveira Santos
(UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ)
(Instituto Federal do Rio de Janeiro)
Em busca do progresso desejado:
A Literatura como fonte para a História
Representações da cidade de Campo
Débora Jordana Rodrigues Silva (UFPI -
Maior no jornal “A Luta” (década 1970)
Universidade Federal do Piauí)
Antonio Jeferson de Sousa
Quando a literatura vai ao encontro
Corporalidades Juvenis em Teresina Na
do rés-do-chão: as representações dos
Década de 1970.
folhetins nos periódicos teresinenses,
Laura Lene Lima Brandão (Instituto dom
entre 1862 e 1888.
Barreto/ Universidade Federal do Piauí)
Pedro Pio Fontineles Filho (UESPI),
Wellington dos Santos Pereira (Governo A Fala de um “subversivo”: Imprensa
do Estado do Paiuí) Alternativa, Contracultura e Resistência

194
em Teresina, na década de 1970 Pontes para a polonidade: dimensões
Jardiane Lucena Nascimento (UFPI) educativas em memórias de
descendentes de poloneses em Porto
SEBASTIÃO BRÁZ EM LUTA COM SEU
Alegre (1932-2017)
TEMPO: configurações da memória nas
Jaqueline Peres Dewes
experiências de um militante contra a
ditadura A História talhada na memória: A
Eugenio Brito Rocha (Colégio Pedrosa Compnhia Manufatureira e Agrícola do
Magalhães) Maranhão e o operariado de Codó (MA)
Davi Benvindo de Oliveira
Fazendo funcionar o termo “invenção”
para pensar sobre a cidade e os modos Memórias e histórias jogadas na Roda,
de vida urbana através das canções dos capoeiristas na
Fernando Pinho (ARCON-PA) contemporaneidade.
Camila Quadros
Uma nova Babel Invertida surge na
capital do Piauí: o processo de ocupação Fortaleza da Barra Grande de
do Dirceu Arcoverde em Teresina Guarujá: Um patrimônio em busca de
através do olhar feminino (1977-1979) reconhecimento
Elisnauro Araújo Barros (UNIVERSIDADE Cesar Bargo Perez (Universidade Católica
FEDERAL DO PIAUI-UFPI), Marcelo de de Santos)
Sousa Neto (Univ. Estadual do Piauí)
ALTA MADRUGADA NO TAPANÃ:
História e Memória dos Migrantes Rurais estratégias de convívio com o medo
na Formação do Bairro Piçarra em Lenon Victor Xavier Brasil
Teresina
Museus, Povos Indígenas e Repatriação
Ismael Sousa de Jesus (SEDUC-PI)
Virtual: Novas questões para um velho
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 debate
Renato Athias (UFPE - Universidade
A Academia vai ao Samba: Uma Federal de Pernambuco)
abordagem a partir da História Oral
sobre a vivência de mulheres da Velha ST 116. “Migrações: processos,
Guarda e da Ala das Baianas no Carnaval memórias, trajetórias e itinerários
Paulistano (séculos XIX e XX)”
Marília Belmonte Magalhães da Silva
A mediação cultural nas escolas de Coordenação: Maria Izilda Santos de
samba cariocas: breve comparação Matos (PUC/SP), Lená Medeiros de
entre Paulo da Portela e Nelson de Menezes (UERJ)
Andrade Localização: NIATE CB-CCS, SALA 106
Zilmar Luiz dos Reis Agostinho (Prefeituras
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Municipais de São Gonçalo e Japeri)
“LÁ VEM O HOMEM DA MEIA-NOITE”: Histórias, tradições e associativismo:
Tradição dos bonecos gigantes no portugueses em São Paulo
carnaval de Olinda Maria Izilda Santos de Matos (PUC/SP)
Jorge Luiz Veloso da Silva Filho

195
Por dentro dos estudos migratórios na O imigrante arabe e sua cozinha como
Argentina: uma análise das temáticas, instrumento de afirmação e identidade
conceitos e métodos de pesquisa na atualidade
Aline de Sa Cotrim Alfredo Ricardo Abdalla (HOTEC)
Associativismo étnico na Grande Em busca da Cocanha: O bárbaro na
Imigração: o caso das sociedades narrativa de um imigrante italiano em
galegas em Buenos Aires e Rio de Maceió
Janeiro Geovanne Otavio Ursulino da Silva
Érica Sarmiento da Silva (UERJ - (Instituto Educacional Pajuçara)
Universidade do Estado do Rio de Janeiro)
“O ferreiro assentado ao pé da bigorna”
A Beneficência Italiana em São Paulo: se fez: a trajetória de J. B. Isnard no Rio
História e Memórias do “Hospital de Janeiro
Matarazzo”. Giselle Pereira Nicolau (Colégio de
Thaís Teixeira Dias da Conceição (PUC-SP) Aplicação da UERJ)
Entre lembranças, silêncios, buscas e HumanFlow: notas sobre as vidas
descobertas: um ensaio da escrita de si migratórias dilaceradas
Lená Medeiros de Menezes (Universidade Ricardo Lessa Filho (Universidade Federal
do Estado do Rio de Janeiro) de Pernambuco)
História oral, gênero e imigração: Deslocados da Seca: o cotidiano dos
memórias de mulheres taiwanesas em flagelados na Hospedaria Getúlio Vargas
Manaus 1970-2018 e a migração para diversas paragens
Raphaela Martins Pereira (1943-1959)
Renata Felipe Monteiro (Universidade
Mulheres, deslocamentos e estética de
Federal do Ceará)
si: experiência migratória na cidade Boa
Vista (1980 -2000) O setor privado de colonização:
Raimunda Gomes da Silva (Universidade empresários, fazendeiros e
Estadual de Roraima - UERR) colonizadores no processo de
colonização com imigrantes europeus
A trajetória de uma mulher imigrante:
no Brasil (1850-1914)
do Lazio ao mundo dos negócios no
PatriciaBosenbecker (UFSCAR -
interior do Rio de Janeiro
Universidade Federal de São Carlos)
Rosane Aparecida Bartholazzi (Fundação
de Apoio à Escola Técnica) Imigração Espanha-Brasil. Um estudo de
onde partiram os imigrantes para São
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Paulo
Arlete Assumpcao Monteiro (PUC / SP)
Migrantes e territórios das migrações:
As relações humanas e materiais na Sessão 3 – 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
formação dos patrimônios culturais
nordestinos em São Paulo O Conceito de Refugiado: Historicidade
Elis Regina Barbosa Angelo (Universidade e Institucionalização
Federal Rural do Rio de Janeiro) SuzyanneValeska Maciel de Sousa (UFPB -
Universidade Federal da Paraíba)

196
Imigração americana para o Brasil, um Kulaks! Inimigos do povo! A expulsão
projeto de civilização dos menonitas na coletivização da terra
Tânia Soares da Silva (PUC/COGEAE-SP) André Ulysses De Salis (PUC/SP)
Espanhóis nos Trópicos: práticas Os novos fluxos migratórios cubanos
mutualistas e auto-afirmação na cidade pós 2012
de Belém (1890-1930). Carla Monteiro de Souza (Universidade
Aline de Kassia Malcher Lima (Bolsita Federal de Roraima), Rennerys Siqueira
CNPQ) Silva
O impacto da ausência do título de Novo capítulo da história das migrações
cidadão na vida dos estrangeiros e em São Paulo: o caso dos paraguaios.
estrangeiras no Brasil Império (1822- Vanessa Kely Domingues (Secretaria
1854) Municipal de Educação)
CássilaCavaler Pessoa de Mello (UFF -
Imigração haitiana em Jundiaí-São
Universidade Federal Fluminense)
Paulo
No limite da lei: táticas de apropriação Éverton Torres da Silva (Mestrando PUC-
de imigrantes no cotidiano da cidade de SP)
Santos (1870 - 1900)
Imigração italiana na Colônia de Silveira
Bruno Bortoloto do Carmo (Museu do
Martins - RS: deslocamentos, redes
Café)
familiares e relações de poder (1877-
São Paulo em movimento: migrações, 1920)
organizações e lutas. Giovane Pazuch (Prefeitura Municipal de
João Clemente de Souza Neto, São Paulo)
Rosana Maria Pires Barbato Schwartz
(Universidade Presbiteriana Mackenzie)
ST 117. Movimento estudantil
Cidade, identidade e migração: Boa e universidades em contextos
Vista-RR entre as últimas décadas do autoritários: memórias, resistências e
século XX e as primeiras do XXI repressão
Raimundo Nonato Gomes dos Santos
(Universidade Federal de Roraima - UFRR) Coordenação: Angelica Muller
(Universidade federal Fluminense), Pedro
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Ernesto Fagundes (UFES- Universidade
Federal do Espírito Santo)
Da Diáspora ao Retorno: os imigrantes
Localização: CCSA, BLOCO C, SALA C-04
lituanos e o retorno à Lituânia Soviética.
Erick Reis Godliauskas Zen (PUC SP) Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

Um Trasmontano Contra Salazar


Universidad Nacional de La Plata: do
Alfredo Moreno Leitão (Puc-SP)
terror à reparação e recuperação de
O refugio dos bascos no pós Guerra Civil identidade (1976-2013).
Espanhola Leonardo Prado Kantorski (Magistério RS)
Dolores Martin Rodriguez Corner (PUC-SP)
“Le Mai 68” latino americano: as
Refugiados do Stalinismo no Paraná: ocupações da Casa do Brasil e da Casa

197
da Argentina na Cidade Internacional Universidade e Ditadura Militar: o
Universitária de Paris Conselho Universitário e o movimento
Angelica Muller (Universidade federal estudantil conservador – o caso da
Fluminense) Universidade Federal de Pernambuco
(1964 – 1975)
Os caminhos da geração de 1977: 40
Dimas Brasileiro Veras (IFPB)
anos depois
Gislene Edwiges de Lacerda (Universidade A violência institucional de gênero da
Nove de Julho) ditadura militar na UFES
Ayala Rodrigues Oliveira Pelegrine (UFES -
A Juventude Universitária Católica no
Universidade Federal do Espírito Santo)
Brasil, entre 1964 e 1968.
Livia Ribeiro Barboza de Araujo Braga (CLT 1968: O Comando de Caça aos
- UNILASALLE - RIO DE JANEIRO) Comunistas na Imprensa Nacional
Danielle Barreto Lima (PUCSP - Pontifícia
Memorias sobre ladictadura y losaños
Universidade Católica de São Paulo)
’70 enelmovimientoestudiantil de
laUniversidad de Buenos Aires. O rumoroso caso da Pequena
Reconfiguraciones y nuevos horizontes Enciclopédia de Moral e Civismo.
de sentido enla década del ‘90 Caio Fernandes Barbosa (Secretaria de
Yann Cristal (UBA / CONICET) Educação do estado da Bahia)
A memória institucional e os Estudantes secundaristas de Fortaleza
instrumentos repressivos na UFRJ e a luta pela Anistia ampla, geral e
durante a ditadura civil-militar (1964- irrestrita: memórias de sonhos e lutas
1985) José Airton Sampaio Filho (SEDUC Ceará)
Andréa Cristina de Barros Queiroz
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
(Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Formação e trajetória político-eleitoral
do movimento democrático brasileiro
Repressão, controle e expurgo (MDB) em Cachoeiro de Itapemirim
estudantil na Universidade Federal (1966-1979)
Ceará (1964-1986)”. Aline Guimarães Andrade (ses)
Jônathas Assunção de Oliveira (UFC)
Da (re)abertura das entidades
A Ditadura repensa as relações estudantis às Diretas-já: antinomias e
universidades/estudantes em tempos desdobramentos na política brasileira,
de Abertura: o “Seminário [reservado] 1975-1984
sobre Assuntos Estudantis” (Brasília, José Vieira da Cruz (UFAL - Universidade
1976). Federal de Alagoas)
Paulo Eduardo Castello Parucker (Câmara
As Universidades e a Ditadura: os
Legislativa do Distrito Federal - CLDF)
desafios de acesso aos documentos da
O Movimento Estudantil nas repressão.
Mobilizações pela Anistia no Estado do Pedro Ernesto Fagundes (UFES-
Espírito Santo (1978-1979) Universidade Federal do Espírito Santo)
Brenda Soares Bernardes (UFES)

198
A reconstrução da União dos Estudantes e Moçambique nas décadas de 1840 a
de Pernambuco (UEP): disputas, 1870
vigilância e militância contra a ditadura. Paulo Cesar Gonçalves (UNESP (Faculdade
Thiago Nunes Soares (Universidade de Ciências e Letras - Campus de Assis))
Federal do Estado do Rio de Janeiro -
A liberdade precária, as condições
UNIRIO)
degradantes e as fronteiras da
Ernesto Geisel: o general da “abertura” escravidão
x o acirramento da política de repressão Beatriz GallottiMamigonian (Universidade
nas Universidades Brasileiras Federal de Santa Catarina)
Dinoráh Lopes Rubim Almeida (Instituto
TRABALHADORES QUASE ESCRAVOS
Federal do Espírito Santo)
E A HIDRA ALAGOANA: A manutenção
Amanhã vai ser maior: os usos do Latifúndio e das condições de vida
públicos do passado entre imprensa e trabalho análogas a de escravos em
e movimento estudantil nos ciclos de Alagoas entre 1985 e 1997.
ação coletiva no Brasil (1968-2013). GladysonStelio Brito Pereira (UNEAL)
Maria Julia Dias Rodrigues
Trabalho escravo no Brasil: da alforria
Movimento Estudantil na Universidade em 1888 à prática ainda existente e suas
Federal do Acre – Práticas e resistências projeções.
(1977- 1985) Maria Odete Freire de Araújo
Queila Batista dos Santos (Secretaria de
Proteger índios, localizar trabalhadores
educação e esporte do acre)
nacionais
A UFC no Regime Militar - Personalismo Antonio Luigi Negro (UFBa)
e Repressão Estudantil
O capital, a seiva e a morte: aspectos
João Alexandre Jataí Alves (UFC -
da atuação da LumberCompany no
Universidade Federal do Ceará)
planalto catarinense
A UNE na era PT: Disputas e Consensos Alexandre Assis Tomporoski (Universidade
Kaique Lopes Maia (Secretaria Municipal do Contestado)
de Cultura de Volta Redonda)
De doença não, morria de acidente:
Trabalho e Trabalhadores na construção
ST 119. Mundos do trabalho: escravidão, da Transamazônica
liberdade e as diversas formas de Magno MichellMarcal Braga (Instituto
exploração do trabalho Federal de Alagoas)
A participação dos escravizados no
Coordenação: Paulo Cruz Terra
processo de colonização do estado Piauí
(Universidade Federal Fluminense),
Talyta Marjorie Lira Sousa
Robério Santos Souza (UNEB)
Localização: CCSA, AUDITÓRIO A língua geral dos trabalhadores da
floresta: o Nheengatu e a escravidão na
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Amazônia do século XIX
Antonio Alexandre Isidio Cardoso
O tráfico de trabalhadores sob contrato (Universidade Federal do Maranhão)
no Império colonial português: Macau

199
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00

A atividade de ama de leite na cidade Escravizados, indígenas, livres pobres e


do Rio de Janeiro nas décadas de 1870 retirantes: diversidade e semelhanças
e 1880 na composição da força de trabalho no
Karoline Carula (Universidade Federal Ceará, na segunda metade do século XIX
Fluminense) Rafael da Cunha Scheffer (Universidade
da Integração Internacional da Lusofonia
As mulheres negras trabalhadoras em
Afro-Brasileira (Unilab))
Salvador entre 1888 e 1916
Meire Lúcia Alves dos Reis (Secretaria de Índios e negros no mundo do trabalho
Educação da Bahia) dos rios Madeira e Purus (Amazonas,
século XIX)
A participação dos saveiristas na
Jéssyka Samya Ladislau Pereira Costa
campanha abolicionista na província da
Bahia (1883-1888) Entre negros escravizados e europeus
Ricardo Tadeu Caires Silva (Universidade assalariados: experiências do trabalho
Estadual do Paraná) na Fábrica de Ferro de Ipanema, 1810-
1895
Trabalho e revolta : escravos
Karina Oliveira Morais dos Santos
insurgentes em um engenho no
(UNIFESP - Universidade Federal de São
recôncavo Bahiano – São Francisco do
Paulo)
Conde, 1850-1880.
Elciene Azevedo (UEFS) Trabalho escravo e trabalho livre
no Recife oitocentista: focalizando
Escravização, racialização e cidadania
os forros agregados nos serviços
negra nos últimos anos do escravismo
domésticos.
brasileiro
Tatiana Silva de Lima (UPE)
SharysePiroupo do Amaral (UNEB -
Universidade do Estado da Bahia) Tensões na escola do imperador:
demandas de trabalhadores
“Obreros de lalibertad”: AntonioMaceo,
escravizados e livres no Colégio Pedro II
EmeterioBetances, raça e antiescravismo
na década de 1850
no Caribe espanhol (1863-1895)
Letícia Sousa Campos da Silva (Colégio
Iacy Maia Mata (Universidade Federal da
Pedro II)
Bahia)
Quem são os trabalhadores? Reflexões
Libertos e libertas na cidade de
acerca do processo de formação da
Salvador: trabalho, moradia,
classe trabalhadora carioca
religiosidades e doenças em tempos de
Livia Cintra Berdu (UFF - Universidade
racialismo científico (1888 - 1895)
Federal Fluminense)
Gabriela dos Reis Sampaio (UFBA)
O “ganho” na totalidade da produção
Luta por direitos e politização da cor no
urbana: uma introdução. Rio de Janeiro,
Regimento de Homens Pardos: conexões
segunda metade do XIX.
entre Salvador e Rio de Janeiro (1796-
Pedro Guimarães Pimentel (Colegio Pedro
1804).
II)
Adriana Barreto de Souza (UFRuralRJ)

200
Os ofícios de cativos(as) Repressão e direito: um estudo de caso
comercializados(as) no tráfico inter- sobre a desnaturalização da violência
regional de escravos no Rio de Janeiro contra a organização do trabalho na
(1861-1870) CEFMSJ (1935-1945)
Larissa Bagano Dourado (Pós-Graduação Rafael Lamera Giesta Cabral (Universidade
em História - UFF) Federal Rural do Semi-árido - UFERSA)
The Chartism: movimento social e Trabalho e revolta entre aproximações
a literatura barata na Inglaterra das e distanciamentos: Força Pública do
décadas de 1830 e 1840 Estado de São Paulo e Exército Brasileiro
Matheus Rodrigues da Silva Mello (UERJ - na primeira metade da década de 1920.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro) Maria Clara Spada de Castro (Universidade
Federal Rural do Rio de Janeiro)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Discursos, práticas e jogos de disputa na
“Na terra onde não há preconceitos de construção das leis de amparo à infância
cor… estrangeiros indesejáveis sim, trabalhadora na Primeira República
negros não”: conflito e competição (1889-1927)
entre imigrantes e negros no mercado Aline Mendes Soares
de trabalho em São Paulo (1915-1933) Sinfonia des(concertante): As condições
Victor Doutel Pastore (USP - Universidade de trabalho dos músicos de orquestra
de São Paulo) em São Paulo (1915- 1945)
A indústria têxtil pernambucana e Breno Ampáro
trabalhadores no pós abolição: uma
análise através da fábrica belga Societè ST 120. Mundos do Trabalho: Lutas
Cotonierè Belge Bresilienne no interior Sociais e Democracia
de Pernambuco.
Márcio Romerito da silva Arcoverde Coordenação: Glaucia Vieira Ramos
(UFRPE - Universidade Federal Rural de Konrad (UFSM), Adalberto Junior Ferreira
Pernambuco) Paz (Universidade Federal do Amapá)
A greve de 1909 e a experiência dos Localização: CCSA, ANFI-TEATRO
trabalhadores e empregados das
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
estradas de ferro baianas (1870-1909).
Luan Lima Batista (Universidade Federal
Autodidatismo, livre pensamento e
da Bahia)
a produção de conhecimento contra
Os canteiros das igrejas paulistanas da hegemônico pela classe trabalhadora
Bèlle Époque: 1870-1930 Ana Luiza Jesus da Costa (Universidade de
Paula Ferreira Vermeersch (Unesp) São Paulo)
Diálogos compostos na subalternidade: Lutas políticas, redes transnacionais e
protestos transnacionais de mundos do trabalho em uma área de
trabalhadores na Estrada de Ferro litígio internacional entre a França e o
Madeira-Mamoré Brasil (1860-1893)
Tyrone Apollo Pontes Cândido Adalberto Junior Ferreira Paz
(Universidade Estadual do Ceará) (Universidade Federal do Amapá)

201
Carlos Alberto de Menezes e a cultura do Eleitoral Proletária (LEP) no Rio Grande
bonpatron: notas sobre o paternalismo do Sul (1934)
católico (1891-1904). Diorge Alceno Konrad (UFSM)
Deivison Gonçalves Amaral (PUC-RIO)
Luta por Direitos da Mulher
Auxílio mútuo entre operários na vila Trabalhadora no Estado Novo do Rio
operária de tecidos de Camaragibe. Grande do Sul (1937-1945)
1900-1929 Glaucia Vieira Ramos Konrad (UFSM)
Marcos Alesandro Neves dos Santos
“...Sacrificando o ritmo vital do seu
O público organizado para a luta - o organismo”: saúde, deficiência e
cinema do povo na França (1913-1914) resistência de trabalhadores das minas
Luiz Felipe Cezar Mundim (UNICAMP - de São Jerônimo (RS), 1943-1964
Universidade Estadual de Campinas) Cody Alexander Williams (University of
Oklahoma)
As campanhas contra a carestia como
lutas por direitos: experiências de Trabalhadores do Aço na Terra da Cana:
organização, luta e solidariedade dos os metalúrgicos e a formação da classe
trabalhadores na cidade do Rio de operária no município de Piracicaba
Janeiro (1913-1917) (1945-1964).
Kaio César Goulart Alves (Doutorando em Fabiana Ribeiro de Andrade Junqueira
História pela UFJF) (UNICAMP - Universidade Estadual de
Campinas)
As práticas mutualistas e sindicalistas
dos trabalhadores portuários de Em busca de uma baleia branca – a
Fortaleza (1912-1934) greve dos pescadores de baleia em
Nágila Maia de Morais (Secretaria de Costinha, PB (1961)
Educação do Estado do Ceará) Fernando Cauduro Pureza (UFPB)
No centenário das greves gerais de 1919 Ter pertencido às Ligas Camponesas é
no Brasil: história e historiografia motivo de demissão por justa causa?
Aldrin Armstrong Silva Castellucci A batalha de um trabalhador rural em
(UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - busca de direitos.
UNEB) LUIZ HENRIQUE SANTOS FERREIRA DA
COSTA
Trabalhadores do Frigorífico Matarazzo
em Jaguariaíva-PR (1920-1940) Mulheres de ferro: o silêncio das atas e
Francielle Aparecida Uchak a memória da participação feminina no
movimento operário têxtil em Maceió –
Trabalhadores rurais, sindicalização e
a greve de 1962.
política no sul da Bahia (Ilhéus, 1930-
Airton de Souza Melo (bolsista capes)
1937)
PhilipeMurillo Santana de Carvalho Memórias atômicas: exploração das
(Instituto Federal da Bahia) areias monazíticas no distrito de
Cumuruxatiba e a presença da Comissão
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Nacional de Energia Nuclear (1962-
1972)
Proletariado, Lutas Políticas de Classes
Lucas Neves Garcia Ledo
e Disputa Eleitoral: o Caso da Liga

202
Trabalhadores Rurais e a Justiça do fábrica Willys Overland em Pernambuco
Trabalho: Relações de poder na Zona da Karlene Sayanne Ferreira Araújo (UFPE)
Mata de Pernambuco (1963-1968)
Corporativismo, cidadania regulada e o
Joana Maria Lucena de Araújo (Arquivo
‘fantasma da classe ausente’ na reforma
TRT/UFPE)
sanitária brasileira durante a transição
O golpe, a “revanche patronal” e a democrática (1970-1980)
“greve dos pelegos”: Metalúrgicos em José Roberto Franco Reis (Fundação
São Paulo, 1964-1965 Oswaldo Cruz)
Paulo Fontes (UFRJ - Universidade Federal
A Pastoral Operária e o mundo trabalho:
do Rio de Janeiro)
um espaço de intervenção constituído
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 por católicos e por operários a partir de
1978
Sindicato dos Trabalhadores Rurais Luiz Fernando Mangea da Silva (Secretaria
do Cabo, em Pernambuco, e as greves Estadual de Educação)
entre 1966 - 1968: A liderança de João O PCB, o Sindicalismo e os Movimentos
Luis da Silva, “O novo Julião” Sociais em Alagoas (1980 -1990)
Camila Maria de Araújo Melo (Professora Rodrigo José da Costa (Universidade
Rede Particular) Federal de Alagoas - UFAL)
A expansão capitalista na fronteira Anticomunismo,repressão e direitos:
amazônica: a Operação Amazônia e os Manoel Braga da Cunha na Justiça do
trabalhadores do Norte nos primeiros Trabalho
anos da ditadura militar (1966-1970) Gustavo Galvão Portela Melo (UFPE -
Sidney da Silva Lobato (Universidade Universidade Federal de Pernambuco)
Federal do Amapá)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
“Amazônia em Armas”: luta e
resistência contra a ditadura militar no
De “Milícias” e “Lampiões”: lutas
Amazonas
operárias, segurança industrial e
César Augusto Bubolz Queirós
privatização da repressão no Vale do
(Universidade Federal do Amazonas)
Paraíba, 1985-1987
A discussão parlamentar da Previdência Richard de Oliveira Martins (UNICAMP)
Rural e a pretensão de legalidade
A experiência de administração sindical
democrática da ditadura civil-militar
colegiada do sindicalismo comerciário
(1971)
de Teresina (1991-1999)
Clarisse dos Santos Pereira (UFF)
Eliane Aparecida Silva
“Às margens da proteção trabalhista”:
Projeto político, espaço de luta e
canavieiras e canavieiros clandestinos
articulações de trabalhadores nos
nos processos judiciais da Junta de
Encontros de Entidades Comunitárias
Conciliação e Julgamento de Catende,
de Camocim-CE (ENECOMs), 1994-2002
anos de 1970
Vera Lúcia Silva
Renata Borba Cahú Siqueira
AS MEMÓRIAS COMO CAMPO DE GESTÃO
O novo Nordeste e o novo trabalhador: A
DO PASSADO: História oral e imprensa

203
no movimento paredista realizado Cozinhas Paulistanas: Higienismo No
por policiais e bombeiros militares do Espaço Doméstico (1893-1941)
maranhão no ano de 2011 Gaya Maria VazquezGicovate (UNICAMP -
Paulo Henrique Matos de Jesus (Colégio Universidade Estadual de Campinas)
Batista Daniel de La Touche)
Trabalho e experiências femininas na
Coletando memórias, reciclando CAFT em Rio Largo, Alagoas (1940-
histórias: a experiência dos 1960).
trabalhadores no processo de Ana Greyce Moraes Pereira
constituição da Associação de
Mulheres operárias: o cotidiano nas
Recicladores de Porto Amazonas – ARPA
usinas de beneficiamento de algodão
(2006-2016)
em Quixadá durante a década de 1970
Mariana Fernandes Siqueira (UEPG -
Roberta Felix Paulino
Universidade Estadual de Ponta Grossa)
“O lugar de mulher não é na Fabrica”: A
Coluna das Socias e a representação da
ST 121. Mundos do Trabalho: trabalho
mulher operária n’O Jornal do Círculo
de mulheres, relações de gênero e
(1940-1943)
organização social
Joyce Julie Lima Barroso (PREFEITURA
MUNICIPAL DE CACHOEIRA DO ARARI)
Coordenação: Glaucia Cristina
CandianFraccaro (PUC-Campinas), Larissa “Queremos lutar para honrar o nosso
Rosa Correa (PUC-Rio) trabalho”: lutas e resistências das
Localização: CCSA, BLOCO B, SALA B-10 operárias têxteis do Distrito Federal no
primeiro governo Vargas (1930-1945)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Isabelle Cristina da Silva Pires (UFRJ -
Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Nas Malhas do Fumo: cotidiano e
trabalho feminino no Recôncavo Mulheres trabalhadoras em fábricas
Baiano. de tecidos: panorama de pesquisas e
Rosana Falcão Lessa (UNIRIO) perspectivas
Felipe Augusto dos Santos Ribeiro
AS MULHERES BRILHANTES: O (Universidade Estadual do Piauí)
elemento rádio e o componente gênero
na trajetória de Marie Curie e de Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
trabalhadoras de fabricas e relógios nos
EUA. Rir para não chorar: as imagens das
Kenia Erica Gusmão Medeiros (UFG - opressões no serviço doméstico na
Universidade Federal de Goiás) imprensa carioca no início do século XX
Flavia Fernandes de Souza (PPGH-UFF),
“MULHERES FORA DO LUGAR”: a
Natália Batista Peçanha (UFRRJ)
experiência do trabalho de mulheres,
nos garimpos de diamantes, em Chique- Consenso pela Igualdade - Igualdade de
Chique de Igatu, Andaraí/BA (1930 e direitos para as Mulheres e Gênero na
1970) Organização Internacional do Trabalho
Daniella Silva dos Santos de Jesus (UFS) Glaucia Cristina CandianFraccaro (PUC-
Campinas)

204
Gênero e escravidão: relações de poder Flores Horizontais: a prostituição na
em conflito (Campinas, 1850-1888) Zona do Mangue entre os anos de 1960
Maíra Chinelatto Alves (UFAM) e 1970
Claudielle Pavão da Silva (PREFEITURA DA
“Quando novos personagens entraram
CIDADE DO RIO DE JANEIRO)
em cena”: as mulheres nos sindicatos e
os programas de formação de lideranças O processo trabalhista de Argentina
sindicais na AFL-CIO, Estados Unidos Oliveira e outras (212) contra Carl
Larissa Rosa Correa (PUC-Rio) Leoni Ltda. Operárias fumageiras
do Recôncavo Baiano na Justiça do
A proteção a maternidade e a ditadura
Trabalho no contexto do golpe civil-
Heliene Chaves Nagasava (Arquivo
militar de 1964
Nacional)
Edinaldo Antônio Oliveira Souza
“É contra a justiça que fique sem paga (Universidade do Estado da Bahia - UNEB)
quem trabalha”: demandas de mulheres
Os jovens trabalhadores e suas
por salários no século XIX.
demandas – análise dos processos de
Fabiane Popinigis (UFRRJ)
crianças e adolescentes em Pelotas,
“Sophia, preta, mina, trinta e tantos 1945-1950
anos, anda ordinariamente com um Sílvia Bandeira da Silva (Secretaria da
filho de dois anos, de nome João”: Educação RS)
maternidade, trabalho urbano e
As intervenções da ditadura nos
escravidão no Rio de Janeiro (1850-
sindicatos dos trabalhadores petroleiros
1888)
em 1964
Lorena Féres da Silva Telles (Universidade
Juliana Gonçalves de Oliveira Ferreira
de São Paulo)
(UFRJ - Universidade Federal do Rio de
“CASADAS COM O ESTADO”: mulheres Janeiro)
e proteção social no contexto da
A Associação Profissional de
gênese do Estado Providência (Brasil/
Trabalhadoras Domésticas do Rio de
Maranhão, 1930-1950)
Janeiro – leituras interseccionais a
Elizabeth Sousa Abrantes (Universidade
partir do uso de fontes orais
Estadual do Maranhão)
Yasmin Getirana Gonçalves Vicente (UFRJ -
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Canavieiras de Guariba: resistências em
Trabalhadoras rurais em movimento (s):
casa e no eito
Pernambuco (1975-1988)
Julia Chequer (CPDOC/FGV)
Marcela Heráclio Bezerra (Colégio de
Aplicação da UFPE) Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00

De volta para o lar? Trabalho


História e agricultura: experiências
e ressocialização feminina na
de agroflorestas no Assentamento
Penitenciária de Florianópolis (1930-
Contestado, Lapa/PR
1963)
Maria Cristina de Castro Pereira (IFPR)
Carolina Wanderley Van Parys de Wit

205
“Com gosto” e “por gosto”: uma análise Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
da inserção das quitandeiras de Minas
Gerais no mercado de trabalho Os museus pedagógicos nacionais:
Juliana Resende Bonomo aproximações entre França e Brasil (
século XIX)
Relações de Gênero e Poderes: Trabalho Zita Rosane Possamai (UFRGS)
no Ifes/Campus Montanha, 2019
Ana Claudia Fehelberg Pinto Braga (IFES Museu da Higiene e Saúde Pública:
- Instituto Federal de Educação, Ciência e princípios e diretrizes técnico-
Tecnologia do Espírito Santo), Francesco conceituais
Suanno Neto (Instituto Federal do Espírito Inês Santos Nogueira (Fiocruz - Fundação
Santo) Oswaldo Cruz)
Representações sociais sobre a Do Colégio ao Museu, do Museu ao
feminização do magistério na imprensa Colégio
pernambucana (1885-1915) Paulo Vinícius Aprígio da Silva (Colégio
Édla Kerollayne Tavares da Silva Pedro II)
Mulheres e o mundo do trabalho na O Uso do acervo do Museu Pedagógico
Revista Feminina (1914 - 1936) Nacional nas visitas de professores e
Giovanna Nardini alunos
Camila Marchi da Silva
O trabalho das mulheres na produção
do beiju de Vale Verde, Porto Seguro- Um museu de arte moderna para o
Bahia Recife
Ivaneide Almeida da Silva (Instituto Lorena Taulla Vieira
Federal da Bahia) Índice de objetos, índice de histórias: o
Elas falam do porto da Manaus Moderna Catálogo das Coleções Etnográficas do
(2012-2018) Museu Nacional
Rafaela Bastos de Oliveira Crenivaldo Regis Veloso Júnior
(Universidade Federal do Rio de Janeiro /
O espelho da domesticidade na Museu Nacional)
Amazônia Setentrional: divisão sexual
do trabalho, desenvolvimento e Museu Nacional do Rio de Janeiro e
educação no ex-Território Federal do os debates públicos sobre as políticas
Amapá (1949-1964) culturais brasileiras
Tatiana Pantoja Oliveira (Governo do Giane Maria de Souza (Universidade
Estado do Amapá) Federal de Santa Catarina)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
ST 123. Museus, história e educação:
retrospectivas e perspectivas Ensino de História em museus: entre
a memória do poder e o poder da
Coordenação: Zita Rosane Possamai memória.
(UFRGS), Letícia Julião (Universidade Priscila Lopes d’Avila Borges (UERJ -
Federal de Minas Gerais) Universidade do Estado do Rio de Janeiro)
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 3-A

206
As memórias e representações da Por uma Política de Acervo construída
Segunda Guerra Mundial presentes no coletivamente: a experiência do Museu
acervo fotográfico do Museu Militar do do Café
Comando Militar do Sul Fernando Rocha Aguiar (Museu do Café)
Daniela Görgen dos Reis (Colégio La Salle
Os museus universitários na construção
Niterói / SEDUC)
da História da UFPA
Um Museu, um álbum de fotografias, Wanessa Pires Lott (UFPA - Universidade
uma doação: o registro de uma família Federal do Pará)
economicamente privilegiada em um
Museus e Educação: os espaços da
álbum do acervo do Museu Paranaense.
Universidade Federal de Sergipe
Noemia Paula Fontanela de Moura
Cristina de Almeida Valença Cunha
Cordeiro
Barroso (universidade federal de sergipe)
Museu Pedro Ludovico Teixeira: história,
Da cultura do impresso às práticas
memória, identidade e educação em
informacionais: o Museu Tipografia Pão
Goiânia
de Santo Antônio em Diamantina, MG
Rildo Bento de Souza (UFG - Universidade
Elizabeth Aparecida Duque Seabra
Federal de Goiás)
(UFVJM - Universidade Federal dos Vales
De templo a fórum: Museu do Ceará, do Jequitinhonha e Mucuri), Guilherme
Educação Patrimonial e Ensino de Henrique da Silva (UFVJM - Universidade
História Federal dos Vales do Jequitinhonha e
André Luiz de Paula Chaves Lima Mucuri)
(GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ/SEDUC)
La Historia de la Formación Docente y
MUSEUS E ENSINO DE HISTÓRIA: losmuseos.
educação, política e hegemonia. Mónica Otero (CONCEJO DE FORMACION
Cristina Helou Gomide (Universidade EN EDUCACION- IINN)
Federal de Goiás)
Refletindo sobre experiências de
A narrativa-verdade e o mito do visitação às reservas técnicas de
pioneirismo celebrado em um museu de museus enquanto práticas educativas e
cidade comunicativas voltadas a públicos não
Lucinei Pereira da Silva (Escola Estadual especializados
Labor Club/Escola Estadual Sagrada Mayara Manhães de Oliveira (Fiocruz -
Família) Fundação Oswaldo Cruz)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00

Patrimônio cultural no Sertão alagoano: Quilombolas e indígenas, agentes


relatos de experiências compartilhadas históricos e sujeitos de direitos:
através de uma exposição fotográfica políticas culturais, produção do
Roberta de Sousa Mélo (UNIVASF - conhecimento e cidadania no Brasil
Fundação Universidade Federal do Vale do contemporâneo (1988-2018)
São Francisco) David William Aparecido Ribeiro (FFLCH/
USP)

207
Museus do Lixo no Brasil - Museologia historiografia, deslocamentos de
da Ação e comunicação em rede enunciação, nome de autor
Gloria AlejandraGuarnizo Luna (UFSC - Virginia Celia Camilotti (UNIMEP)
Universidade Federal de Santa Catarina)
Entre românticos e modernistas:
Gosto consolidado: a exposição autores e autorias do e sobre o Brasil
inaugural da Galeria Metropolitana de Marcia Regina CapelariNaxara (UNESP-
Arte do Recife Franca)
Eduardo José de Castro (Prefeitura de
Infames. Histórias de ninguém
Toritama)
Daniel Barbosa Andrade de Faria (UNB -
Uma trama kafkiana: notas sobre uma Universidade de Brasília)
solicitação para realizar uma pesquisa
Recepção e apropriação dos conceitos
etnográfica com uma coleção brasileira
nietzschianos na análise da sociedade
em Roma
brasileira proposta por Elysio de
Rafael de Oliveira Rodrigues (Programa de
Carvalho
pós-graduação em Antropologia Social -
Thais Gonsales Soares (UNESP -
UFAL)
Universidade Estadual Paulista Júlio de
Memória e Cultura Unimed/RS: Mesquita Filho)
Possibilidades históricas, museológicas
A “raça” brasileira e a nacionalidade
e educativas a partir da organização e
entre o otimismo e o pessimismo no
difusão do acervo do cooperativismo
pensamento de dois intelectuais da
médico gaúcho
família Prado
Everton Reis Quevedo (Memória Unimed
Flávio Raimundo Giarola (Centro Federal
RS)
de Educação Tecnológica de Minas Gerais)
Educação em Museus e Ensino de
Figurações de cidade e linguagem
História: Experiências educativas no
cinematográfica: os condomínios
Paço do Frevo
fechados na argentina contemporânea
Vanessa Adriano Marinho
Suelen Caldas de Sousa Simião (UNICAMP
A temporalidade nos museus: a - Universidade Estadual de Campinas)
potencialidade do Museu do Amanhã/RJ
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Luisa da Fonseca Tavares (PUC-RJ)
A condição feminina na sociedade
ST 124. Narrativas identitárias e brasileira: a abordagem anarquista de
sensibilidades políticas II Lima Barreto (1881-1922)
Rogério Humberto Zeferino Nascimento
Coordenação: Virginia Celia Camilotti (UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA
(UNIMEP), Marcia Regina CapelariNaxara GRANDE)
(UNESP-Franca)
Relatos de si, relatos de viagem,
Localização: CCSA, BLOCO D, SALA D-09
relatos femininos: uma análise da obra
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 de AdèleToussaint-Samson, “Uma
parisiense no Brasil”
Entre românticos e modernistas: Thainã Teixeira Cardinalli (UNICAMP)

208
Cassandra Rios Subversiva? Uma análise de Educação Federal Tecnológica Celso
da sexualidade em Copacabana Posto 6 Suckow)
(1969).
“O monumento não tem porta”: a ruína
Flávia Mantovani (Secretaria de Educação
da Independência do Brasil nos espaços
do Estado de SP)
públicos urbanos e a porta aberta à sua
Da Utopia à Prática Política: um olhar profanação
sobre as estratégias de formação Maria Isabel Costa Menezes da Rocha
cultural nas experiências comunitárias (UNICAMP - Universidade Estadual de
de Nova Gokula (SP) e Lothlorien (BA) Campinas)
nos anos 1980.
Aspectos acerca da construção da
Regiane Luzia Souza Lopes (Universidade
memória negra e do samba no Rio de
do Estado da Bahia)
Janeiro
Identidade, desterritorialização e Victor Nigro Fernandes Solis (SEEDUC/RJ)
exílio, nos filmes Casa de Lava e Cavalo
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Dinheiro, de Pedro Costa
YthalloDemys Bezerra Rodrigues
As narrativas históricas e seus usos para
A intelligentsia baiana: a importância o ensino de história.
dos intelectuais na concepção da “idéia João Batista da Silva Junior (Secretaria
de Bahia” entre as décadas de 1930 e estadual de educação do Pará)
1950
A Construção das Identidades e
Sura Souza Carmo (Universidade Federal
dos Lugares através do Patrimônio
de Sergipe)
Arqueológico do Forte Orange em
Intervenções dos projetos nacional Itamaracá, Pernambuco.
desenvolvimentistas na organização Albino Mario Santos Dantas (Escola
comunitária das populações negras Conecta)
rurais de Feira de Santana
Os museus comunitários como
Diego Lino Silva e Silva (CNPQ)
performance: o arquivo e o repertório
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 na construção de narrativas históricas.
Luciana Mendes dos Santos (Universidade
Esquecer para ser: tempo e identidade do Estado de Santa Catarina)
em Ernest Lavisse
Identidades culinárias: os livros de
Rilton Ferreira Borges (Instituto Federal
receitas e a “folclorização” das cozinhas
Farroupilha)
regionais no Brasil (1928-1967)
Rafael Bordalo Pinheiro e a construção Viviane Soares Aguiar (USP)
de uma identidade luso-brasileira
Nazismo em ultramar: fotografia,
Danilo Wenseslau Ferrari (Universidade
juventude hitlerista e neocolonialismo
Estadual Paulista (UNESP) Campus de
alemão (África de Sudoeste Alemã,
Assis)
1933-1943)
Favelas cariocas: espaço urbano, Naiara Batista Krachenski Stadler
pobreza e relações raciais (UNESPAR - Universidade Estadual do
Samuel Silva Rodrigues de Oliveira (Centro Paraná)

209
Slogans da Memória: Pertencer e (r) A história nas margens: historiografia
Existir na Palestina Histórica produzida por mulheres no Portugal
Nina Fernandes Cunha Galvão seiscentista
Lígia Bellini (Universidade Federal da
Bahia)
ST 126. Novos olhares sobre a Época
Moderna (séc. XV-XVIII) Os pobrezinhos de Cristo: Identidade e
missionação franciscana na “Narrativa
Coordenação: Luís Filipe Silvério Lima da Custódia de Santo Antônio do Brasil”,
(Unifesp), Marília de Azambuja Ribeiro de Fr. Manuel da Ilha (1621)
(Universidade Federal de Pernambuco) Rafaela Almeida Leovegildo Franca (UFBA
Localização: CE, SALA L03 - Universidade Federal da Bahia)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

Tendências no ensino de História O problema da Imortalidade da


Moderna Alma nos comentários à filosofia de
Bruno Guilherme Feitler (Unifesp) Aristóteles dos jesuítas do Colégio de
Coimbra, séc. XVII
Iluminismo e religião: ruptura ou
Bruno Martins Boto Leite (UFRPE)
continuidade?
Joao Duarte Duarte (PUC-Rio) Newtonianismo: Ciência, Religião e
Política na Inglaterra do Início do Século
A “Religião Política” no Antigo Regime
XVIII.
português
Luiz Carlos Soares (Universidade Federal
Afrânio Carneiro Jácome (UFPE -
Fluminense)
Universidade Federal de Pernambuco)
Ciências Náuticas Portuguesa:
Revoluções e suas ausências na
Oficiais mecânicos, artistas liberais e
Inglaterra seiscentista.
a circulação de saberes e técnicas no
Lívia Bernardes Roberge (UFMG -
Século XVI e XVII
Universidade Federal de Minas Gerais)
Rafael Vinicius da Fonseca Pereira (UFMG -
As Luzes e a tradução no mundo luso- Universidade Federal de Minas Gerais)
brasileiro (ca. 1750-1800)
De Londres para o Rio de Janeiro:
Gabriel de Abreu Machado Gaspar (UFF -
Observatórios itinerantes e a circulação
Universidade Federal Fluminense)
de práticas científicas na América
Do pouco de certeza que há na história: portuguesa (1750-1787)
a crítica historiográfica produzida no Heloisa Meireles Gesteira (Museu de
contexto da Revogação do Édito de Astronomia e Ciências Afins)
Nantes (1685) a partir de Pierre Bayle
A Bahia Atlântica Colonial e os Espaços
Jacson Schwengber
Institucionais da Botânica Luso-
História como coleção: um exame da brasileira: (1768-1808)
biblioteca pessoal de John Selden Rodrigo Osório Pereira (Universidade
Bruno Galeano de Oliveira Gonçalves Estadual de Feira de Santana)
(Universidade de São Paulo)

210
Possessões Demoníacas na França: “Não podem duvidar o quanto me
Diálogos Entre Medicina e Religião interesso na felicidade e no aumento da
Gabriel Elysio Maia Braga (UFPR - Companhia”: o governador Mendonça
Universidade Federal do Paraná) Furtado e a criação da Companhia Geral
do Grão-Pará e Maranhão
O Tableau de Pierre de Lancre: a
Frederik Luizi Andrade de Matos (UFPA)
encenação final da demonização da
bruxaria As Consequência político-econômicas
Lívia Guimarães Torquetti dos Santos do patrimônio confiscado da Companhia
de Jesus na Capitania de São Paulo,
Minas Setecentista e Inquisição (1700-
1760-1821
1774): tensões constitutivas entre
IlanaPeliciari Rocha (UFTM)
normas e práticas nas denúncias de
feitiçarias presentes nos cadernos do Migrações, Casamento e Família na
promotor – Capitania do Siará Grande por meio
Isabela de Andrade Pena Miranda Corby de processos inquisitoriais de bigamia
(UFMG) (1759-1766)
Adson Rodrigo Silva Pinheiro
Investigando o juiz: novas descobertas
(Universidade Federal do Ceará)
sobre a biografia de Heitor Furtado de
Mendoça O Peregrino da América: A Globalidade
Alécio Nunes Fernandes (Universidade de da Religiosidade e da Racionalidade
Brasília - UnB) Econômica (1700-1750)
Bianca RaccaMusy (UFF - Universidade
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Federal Fluminense)
O encontro cultural entre jesuítas e Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
povos indígenas no Brasil colonial: a
construção da mediação do outro para “il y a plus eu de bonne fortune que de
si próprio bonneconduitte”: Fortuna e Prudência
Maycom Cleber Araújo Sousa na crítica de La Mothe Le Vayer aos
espanhóis em seu De la politique.
O “tapuitinga” AnselmEckart e os índios
André Sekkel Cerqueira (FFLCH - USP)
da Amazônia portuguesa (1753-1757)
Karl Heinz Arenz (Universidade Federal do Política, espetáculo e propaganda:
Pará) o uso político do mecenato e da
imprensa pelos representantes da
Antônio Vieira, a controvérsia do
corte portuguesa em Roma durante as
governo (indireto) dos índios, e a
primeiras décadas do século XVIII
legitimidade política e jurídica do
Marília de Azambuja Ribeiro (Universidade
Estado do Maranhão e Grão-Pará
Federal de Pernambuco)
Marcello José Gomes Loureiro (UFF)
O Congresso da Paz de Vestfália (1643-
Formação e consolidação do escravismo
1648) – convocação, negociações,
indígena paulista na definição do
resultados
sistema da Administração (século XVII)
Peter Johann Mainka (Julius-Maximilians-
Antonio Martins Ramos (PUCSP - Pontifícia
Universität Würzburg/UFSC)
Universidade Católica de São Paulo)

211
Os serviços do padre Macedo. Letras Memórias da ditadura e Ensino de
latinas, cultura impressa e a diplomacia História do Amapá
portuguesa na França em 1641 Danilo Mateus da Silva Pacheco (GOVERNO
Daniel Pimenta Oliveira de Carvalho DO ESTADO DO AMAPÁ)
As hagiografias seiscentistas de José “Soltando as feras”: cultura e
de Anchieta: projetos políticos e resistência a partir da trajetória
identidades religiosas em concorrência profissional e militância de João
Camila Corrêa e Silva de Freitas (UFPE - Saldanha no futebol e na imprensa
Universidade Federal de Pernambuco) (1960/1990)
Henry Kristopher Avelino Sousa
As Aventuras de D. Sebastião em Albion:
panfletos sebastianistas, recepção Ensino de História e produção
dramática e circulação de notícias audiovisual nos cursos técnicos
ibéricas na Inglaterra moderna. integrados ao Ensino Médio do IFB
Luís Filipe Silvério Lima (Unifesp) (Riacho Fundo)
Thiago de Faria e Silva (IFB)
A moral pintada e gravada de Hogarth
na Inglaterra ilustrada. Narrativas Audiovisuais na construção
Laila Luna Liano de León (UFF - de um saber histórico escolar
Universidade Federal Fluminense) Vaneska Lima de Oliveira (Governo do
Estado de Pernambuco)
Uma literatura de “Espelhos de
Artistas”? Reflexões sobre tratados e La lengua de las mariposas: a Guerra
escritos de artistas na época moderna Civil Espanhola a partir de uma
(séculos XVI e XVII) linguagem fílmica
Fernanda Deminicis de Albuquerque (PUC- Luiz Carlos Luna Chorro (Colégio Escola
RIO - Pontifícia Universidade Católica do Contemporânea)
Rio de Janeiro)
O uso de charges no ensino de História
contemporânea e do Tempo presente
ST 128. O ensino como pesquisa: Marcia Juliana Santos (Colégio Móbile)
história, memória e política
Clio diante de um novo espelho e as
histórias que contam por aí: breves
Coordenação: Maria do Rosário da Cunha
reflexões sobre História e seu ensino,
Peixoto (PUC-SP), Nelson Tomelin Junior
memória e memes
(Universidade Federal do Amazonas)
Sílvio Ricardo Gouveia Cadena (Escola da
Localização: CE, SALA B01
Aninha)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

A “coisa do povo” contra o povo


História, memória e comunicação:
- Ditadura e democracia no Brasil
conhecendo nossa história através da
republicano (1889/2018)
propaganda.
Marcos Antonio da Silva (Universidade de
Raija Almeida (Universidade Federal de
São Paulo (FFLCH))
Campina Grande)

212
Ensino, política e linguagens: história desigualdades étnicas
oral. Marinalva Vilar de Lima (UFCG/USP)
Maria do Rosário da Cunha Peixoto
DA LAMA À LUTA: a batalha silenciosa de
(Pontificia Universidade Católica de
cidadãos pobres por identidade e por
São Paulo), Nelson Tomelin Junior
um lugar na cidade
(Universidade Federal do Amazonas)
Paulo Alexandre Xavier Marques (UFCG)
“Eu nem sabia que meu bairro tinha
“Para ser cristão tem que ser pé no
história”: Ouvindo memórias e
chão”: modos de vida e experiência
escrevendo histórias de um bairro da
em comunidades eclesiais de base de
periferia de Porto Alegre – Por uma aula
Manaus (1980/ 2019).
de História decolonial
Andreza Michelle dos Santos Alves (UFAM -
Leonardo BorghiUcha (UFRGS)
Universidade Federal do Amazonas)
Recantos de histórias de vida:
A formação de professores para o
possibilidades para o ensino-
ensino de História: experiências vividas
aprendizagem de história
na Universidade do Estado de Santa
Jorge Artur Caetano Lopes dos Santos
Catarina (UDESC)
(Secretaria de Educação do DF)
Núcia Alexandra Silva de Oliveira
A História das mulheres na Educação (Universidade do Estado Santa Catarina -
Básica: caminhos e possibilidades para UDESC)
além da perspectiva suplementar
O ensino de história como objeto de
Fabiane Lima Santos
pesquisa: currículo e cotidiano escolar
Histórias, disputas e resistências: os Artur Nogueira Santos e Costa
trabalhadores na Junta de Conciliação (Universidade Federal de Uberlândia)
e Julgamento de Itacoatiara (Amazônia
Conhecimento histórico e orientação
brasileira, 1977/1989)
temporal: um diálogo a partir de
Avelino Pedro Nunes Bento da Silva
narrativas dos alunos do ensino médio.
A construção da História Regional Maria Alessandra dos Santos Aquino
através de processos crime do Poder (Secretaria de Educação e Cultura do
Judiciário Estado da Bahia)
Maria Augusta Belucci (Universidade São
HISTÓRIA DA ESCOLARIZAÇÃO DE
Francisco - São Paulo)
CRIANÇAS INDÍGENAS: fundamentos de
Culturas de trabalho e associativismo: o um estudo sobre as experiências e sobre
caso dos práticos fluviais da rota Belém- o cotidiano de etnias distintas
Manaus e a formação de associações na Normana Natalia Ribeiro dos Passos (USP)
virada do século XIX-XX
Negritude e Memórias Apagadas: o
Caio Giulliano de Souza Paião (UNICAMP)
ensino de história e as histórias não
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 contadas de uma cidade mineira (1976-
2016)
O Bairro do Brás-São Paulo/SP Maria Rita de Jesus Barbosa (SEE - MG e
na contemporaneidade: olhares SME de Itapagipe/MG)
sobre (i)migrantes, trabalhadores e

213
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 ST 131. O lugar da História na
construção de uma formação
Militância e Imprensa nos subúrbios interdisciplinar: Educação - Arte -
cariocas (1900-1920) Cultura - Cidadania
Leandro Climaco Almeida de Melo
Mendonça (COLÉGIO PEDRO II) Coordenação: Rosangela Patriota Ramos
O combatente vespertino: a campanha (MACKENZIE - Universidade Presbiteriana
de mobilização civil no jornal A Noite Mackenzie), Heloisa Selma Fernandes
durante a Segunda Guerra Mundial Capel (Universidade Federal de Goiás)
(1942) Localização: CE, SALA L07
Vandré Aparecido Teotônio da Silva Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
(Universidade de São Paulo)
Os jornais e Café: o papel do presidente Ensino de História e Educação
Café Filho nas eleições pernambucanas Patrimonial na Luta pelo Direito à
de 1954 Cidade: O caso do Porto do Capim (João
Daniel Francisco da Silva (PUC-SP) Pessoa-PB) e do Projeto Subindo a
Ladeira
Redes de transformações: o museu Cláudia Cristina do Lago Borges
enquanto espaço de circularidade (UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA),
do conhecimento, da pesquisa e da Regina Célia Gonçalves (Universidade
memória social. Federal da Paraíba)
Rosildo Raimundo de Brito (Universidade
Federal de Campina Grande - UFCG) Os salesianos e as disputas políticas
no processo de instituição do sujeito
A Olimpíada Nacional em História cidadão e do sujeito operário
do Brasil (ONHB) e a pesquisa como Silvana Assis Freitas Pitillo (NEHAC)
norteadora da prática pedagógica:
esforços em prol da construção de Apontamentos sobre “Estações
conhecimentos Havana”, de Leonardo Padura:
Cristiano Antônio Brugger Rodrigues a importância da formação
(Prefeitura de Contagem) interdisciplinar para o Ensino de
História
Memórias de Manaus: O Ensino de Rodrigo de Freitas Costa (Universidade
história local através da memória de Federal do Triângulo Mineiro)
velhos na Escola Estadual Frei Silvio
Vagheggi Um lugar social para o projeto crítico?
Cláudia Pinheiro Azevedo (Secretaria de Notas sobre “ser professor” em Antonio
educação do estado do Amazonas) Candido
Thales Biguinatti Carias (UFMT -
Ensino de História Local e a Noção de Universidade Federal de Mato Grosso)
Tempo: Uma possibilidade a partir da
memória. Educação face à experiência histórica:
Williomar de Souza Peixoto (Colégio narrativas políticas na arte brasileira
Interativo) contemporânea
Thaís Leão Vieira (UNIVERSIDADE FEDERAL
DE MATO GROSSO)

214
As linguagens artísticas e as A Experiência Linguística De Manoel De
manifestações culturais como Barros: Aproximações Com O Projeto
elementos instituintes na construção Poético De César Vallejo
de práticas educacionais e espaços de Fernanda Martins da Silva (Universidade
cidadania do Estado de Mato Grosso)
Rosangela Patriota Ramos (MACKENZIE -
Visões e revisões do ciclo Marta, a
Universidade Presbiteriana Mackenzie)
árvore e o relógio: a história como
Narrativa e Historicidade nos memória
Videogames: a significação midiática Sandra Rodart Araújo (UEG - Universidade
do passado na estética dos jogos Estadual de Goiás)
computacionais
O mundo visto pelos olhos de uma
Mariano de Azevedo Júnior (Universidade
criança: “Rio 40 Graus’ (1955, Nelson
Potiguar)
Pereira dos Santos) e a sensibilidade
A construção da identidade nacional revolucionária
nas minisséries históricas dos 500 anos: Alcides Freire Ramos (UNIVERSIDADE
cultura, mídia e hegemonia. FEDERAL DE UBERLÂNDIA)
André LuisBertelli Duarte (Universidade
Cinema, Memória e Cidadania: uma
Federal de Uberlândia)
abordagem sensível para a construção
Deixemos de lado os teoremas e vamos de vínculos sociais de igualdade
aos prolegômenos: Debate Nobre no Léa Maria CarrerIamashita (Universidade
Horário Nobre (1973) de Brasília)
IzaDebohra Godoi Sepulveda (Escola
A estética como confronto: o cinema
Estadual Professor Honório Rodrigues de
de Roy Andersson e a preservação da
Amorim)
memória
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Anna Carolina Cheles Cruz (MACKENZIE -
Universidade Presbiteriana Mackenzie)
Tragédia da piedade: Euclides da Cunha “Jânio a 24 Quadros” (1981, de Luís
e o seu mito. Alberto Pereira) e “Jango” (1984, de
Anna Paula Teixeira Daher (UFG - Sílvio Tendler): apontamentos sobre
Universidade Federal de Goiás) dois documentários do “cinema de
As aproximações entre História e abertura”
Literatura nas composições da cuiabana Rodrigo Francisco Dias (IFMG - Instituto
Dunga Rodrigues Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Viviane Gonçalves da Silva Costa de Minas Gerais)
(Faculdade Católica de Mato Grosso) Acaso, Destino e Sorte na obra de
As mulheres de Nelson Rodrigues: Woody Allen
Uma análise sobre as obras A Dama Luciana AngeliceBiffi (MACKENZIE)
do Lotação e Asfalto Selvagem:
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Engraçadinha, seus pecados e seus
amores.
Modesto Brocos (1825-1936) como
Lays da Cruz Capelozi
Defensor do Embranquecimento: notas

215
para o debate a partir da recepção em Benjamin
livros didáticos Diogo Cesar Nunes da Silva (UNIABEU)
Heloisa Selma Fernandes Capel
Circularidade e história oral:
(Universidade Federal de Goiás)
uma proposta para a pesquisa
Dignidade Humana, Evangelho e Justiça interdisciplinar sobre migração
Social em Nazareno Confaloni africana.
Jacqueline Siqueira Vigário Priscila de Lima Alonso
A construção do conhecimento histórico “Respiro, sei que respiro”: discussões
mediante a interdisciplinaridade em torno das identidades de gênero
Melina Xavier de Sá Morais e corpos biológicos a partir das obras
“Tarântula” (1984, TherryJonquet)
Em torno de Veiga Valle (1806-1874):
e “A pele que habito” (2011, Pedro
recepção e construção da ideia de
Almodóvar)
patrimônio na Cidade de Goiás
Talitta Tatiane Martins Freitas
Fernando Martins dos Santos (Colégio
(Universidade Federal de Mato Grosso)
Meta)
Eu, você e todos nós. Notas sobre a
Um olhar sobre a historiografia do
singularidade, mas não apenas.
teatro brasileiro: Modernização como
Márcia de Almeida Gonçalves (UERJ)
ideia-força propulsora na organização
de uma narrativa histórica acerca do Nenhum sonho a menos: espaço,
teatro brasileiro. imagem e narrativas de si
Letícia Fonseca Falcão (ESCOLA ESTADUAL Anna Corina Gonçalves da Silva
ANTONIO THOMAZ FERREIRA DE
Escrevendo por imagens: quanto vale ou
REZENDE)
é por quilo? E a perspectiva da violência
Problemáticas da História da Cultura: enquanto chave interpretativa.
Paquera e Assédio, o cinema como Felipe Biguinatti Carias (UFMT -
testemunha. Universidade Federal de Mato Grosso)
Paulo Roberto Monteiro de Araujo
Elis Regina & Cia: A Formação do capital
(Universidade Presbiteriana Mackenzie)
cultural de uma artista brasileira nas
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 décadas de 1960 e 1970
Robson Pereira da Silva (UFG)
Moda e cultura: a imagem feminina à
época de Chanel ST 132. O Patrimônio Cultural em lugar
Mônica AbedZaher (UPMackenzie; USP) de fronteira: pensar o diálogo entre
O movimento punk através de Vivienne a História, Educação, Arquitetura,
Westwood (1971-1983) e o mercado Antropologia e Turismo
cultural da moda
Grace Campos Costa (Universidade Coordenação: Almir Félix Batista de
Federal de Uberlândia) Oliveira (PUC-SP)
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 3-C
Das imagens utópicas como
imagens dialéticas: para um elogio Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
do anacronismo a partir de Walter

216
Território, lugar e patrimônio cultural: a intangíveis
Constituição brasileira como um estudo Suzana Corrêa Barbosa
de caso
O Mestrado em patrimônio cultural,
Yussef Daibert Salomão de Campos
paisagem e cidadania da UFV
(Universidade Federal de Goiás)
Leonardo Civale (UFV - Universidade
Soft Power Mineiro: O Edital Circula Federal de Viçosa)
Minas
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Thiago Rodrigues Tavares (UFJF -
Universidade Federal de Juiz de Fora),
Patrimônio cultural e lutas políticas
Vanessa Gomes de Castro (UEMG -
em comunidades quilombolas de Mato
Universidade do Estado de Minas Gerais)
Grosso
Renato Soeiro e as relações Manuela Areias Costa (UEMS
internacionais: um novo olhar para a (Universidade Estadual de Mato Grosso do
preservação do patrimônio cultural Sul))
brasileiro
Patrimônio Cultural, Religiões Afro-
Carolina Martins Saporetti (Centro
Brasileiras e territorialidades em São
de Conservação da Memória da UFJF
Cristóvão e Laranjeiras/SE
(CECOM-UFJF))
Raul Amaro de Oliveira Lanari (Centro
A preservação do patrimônio material Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH)
da Bahia através do Conselho Estadual
ROTAS DA CACHAÇA: Instrumento de
de Cultura (1968-1987)
Desenvolvimento Regional na Ótica do
Anselmo ferreira Machado Carvalho
Patrimônio
(Instituto Federal de Educação, Ciência e
José da Paz Dantas (Prefeitura Municipal
Tecnologia Sergipe)
de Caicó/RN)
Materialidade, desmaterialização e
Usufruto consciente – a importância
invisibilidade dos patrimônios: sobre a
do conhecimento histórico para
consagração e a assepsia na História.
a valorização e preservação do
Ângelo Emílio da Silva Pessoa
patrimônio cultural: a comunidade do
(Universidade Federal da Paraíba)
Porto do Capim
Noções de Identidade de Stuart Hall e Ana Maria Kluppel Pereira (IFPB - Instituto
o Diálogo com o Patrimônio Cultural Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Imaterial da Paraíba), Gabriela de Freitas Xavier
Glauber Paiva da Silva (UFRPE) (Instituição Cultural, Educativa e de
A constituição de um campo de pesquisa Assistência Social)
em nosso país A contribuição das memórias dos(as)
Almir Félix Batista de Oliveira (PUC-SP) moradores(as) do Bairro São José para a
O tiro saiu pela culatra: balanço História da cidade de João Pessoa – PB.
preliminar do impacto da Instrução Cássio Geovani da Silva
Normativa n. 001/2015 do IPHAN sobre Espaços de memória, patrimônio
a preservação do Patrimônio Imaterial cultural e a arte do saber-fazer: um
– Ou uma Arqueologia das coisas estudo sobre a produção de louças

217
de barro na Comunidade Quilombola Patrimônio Católico e Urbanização na
Negros do Riacho (Currais Novos/RN) Cidade da Parahyba/João Pessoa entre
Mayara Ferreira de Farias meados do século XIX e XX.
Lucas Gomes Nóbrega (UFPB -
Rio Sergipe e Tototó: turismo
Universidade Federal da Paraíba)
pedagógico como ferramenta para
aprendizagem, uma proposta de Igreja Matriz de Nossa Senhora da
valorização do patrimônio histórico Conceição de Água Branca: uma joia
cultural de Sergipe neoclássica no sertão das Alagoas
Adinagruber da Conceição Lima Jadilson Pimentel dos Santos (IFBA -
(SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e
DE SERGIPE) Tecnologia da Bahia)
Habitar o Espaço Público: um estudo Muito além do santo dos passarinhos:
sobre a Região da 44 em Goiânia levantamento iconográfico dos temas
Camila Borges da Silva (UFG - da vida de São Francisco nos azulejos da
Universidade Federal de Goiás) América Portuguesa
Aldilene Marinho César Almeida Diniz
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
(Centro Federal de Educação Tecnológica
Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ))
Disputa do imaginário social na cidade
dos profetas: Conflitos, meio ambiente e Memória Ferroviária: esforço de revisão
patrimônio em Congonhas (1985-2019) crítica da memória histórica sobre a
Alexandre Augusto da Costa (UFJF - ferrovia e seu valor patrimonial (2016-
Universidade Federal de Juiz de Fora) 2021)
Eduardo Romero de Oliveira (Unesp)
Um outro olhar sobre patrimônio
cultural em Juiz de Fora/MG Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Gabriella Oliveira Araujo
A efetivação da internacionalização da
Governamentalidade e produção de
preservação do patrimônio cultural: dos
territórios no pacto entre cultura e
Congressos Internacionais da virada do
segurança pública: um olhar sobre a
século XIX para o XX até a elaboração da
implementação do Programa Pontos de
Carta de Atenas, em 1931.
Memória.
Marcos Olender (UNIVERSIDADE FEDERAL
Gleyce Kelly Maciel Heitor (PUC-RIO -
DE JUIZ DE FORA)
Pontifícia Universidade Católica do Rio de
Janeiro) HISTÓRIA DE PESCADORES E
PESCADORAS DA PEDRA NEGRA: uma
“Tumba do passado” ou “memória
proposta de educação patrimonial
de um povo”: uma análise sobre
aplicada no ensino de História
as repercussões da proposta de
Josirene Souza I. de Lucena (Servidora
modernização do interior da Igreja
Pública efetiva), Ricardo Pinto de
Matriz de Nova Trento/SC – Brasil
Medeiros (UFPE)
Anderson Sartori (Instituto Federal
Catarinense - Campus Avançado Sombrio O uso da educação patrimonial na
- SC) escola de Ensino Médio José de Alencar
Letícia Lopes Saldanha (Seduc/ce)

218
Memórias da Cidade: Educação O “Racialista Vacilante”: Nina Rodrigues
Patrimonial na cidade de São Bento do sob a luz de seus estudos sobre
Una-PE antropologia cultural e psicologia das
Dilermando Pereira Torres Neto multidões (1880-1906)
(Secretaria de Educação do Estado de Filipe Pinto Monteiro (UFPA - Universidade
Pernambuco) Federal do Pará)
Ensino de História e Educação Alimentando pelejas: notas sobre a
Patrimonial: uso do Memorial Virtual polêmica travada entre Josué de Castro
Interativo do Instituto Ary Parreiras e Gilberto Freyre acerca da dieta do
(IAP) como ferramenta para estudar escravo brasileiro
a escola enquanto reflexão sobre os André Luiz de Miranda Martins (UFPE -
lugares de memória no RN Universidade Federal de Pernambuco)
Kaliene Alessandra Rodrigues de Paiva
Trajetos e escritas: Clovis Moura,
(ESCOLA ESTADUAL INSTITUTO ARY
Intelectualidade e Antirracismo no
PARREIRAS)
Brasil
Circuito Ambiental de Natal: uma ação José Maria Vieira de Andrade (UFMA)
de Educação Patrimonial
Relações raciais no nordeste brasileiro:
Luciano Fábio Dantas Capistrano (Escola
representações e percepções acerca
Estadual Myriam Coeli/semurb)
da questão racial a partir da ideia de
Uma aula de campo virtual na Grande mestiçagem
Madureira - RJ: Itinerários de Educação SusiAnny Veloso Resende (UFPB -
Patrimonial através da música popular Universidade Federal da Paraíba)
Lucas Marinho Nunes (SEEDUC-RJ)
Um espetáculo em branco e preto:
Patrimônio, história e educação: as sobre dois momentos da obra de Lilia
instituições escolares em São José dos Schwarcz
Pinhais entre 1831 a 1976 Hilton Costa (Universidade Estadual de
Antonio Francisco Bobrowec Maringá)
(Universidade Federal do Paraná (UFPR))
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

ST 137. Pensamento Social Brasileiro Intelectuais e experiência intelectual:


modos de usar
Coordenação: Maro Lara Martins Maro Lara Martins (Universidade Federal
(Universidade Federal do Espírito Santo) do Espírito Santo)
Localização: CFCH, 10º ANDAR , SALA 02
O ensaísmo no Brasil em perspectiva
PPGH
histórica e contemporânea: mapeando
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 um país em crise
Fernando Perlatto Bom Jardim (UFJF -
Os escravizados e a escravidão nas Universidade Federal de Juiz de Fora)
poesias de Castro Alves
Florestan Fernandes e Jessé Souza: dois
Antonio Tadeu Santos Barbosa (Escola
intérpretes do Brasil
Professora Marlene Terezinha)
Raimundo Paulino da Silva (UFRN)

219
O bacharelismo interventor de Tobias Barreto: o pensamento teuto-
Rui Barbosa e Rodrigo Janot: a sergipano no século 19
sobrevivência de um certo pensamento Anna Kristyna Araújo da Silva Barbosa
político (UFPE - Universidade Federal de
Rodrigo Perez Oliveira (UFBA) Pernambuco)
A ABERT conquista o horário de A Voz do Literatura como cultura: perspectivas
Brasil: o discurso sobre público e privado sobre o pensamento de Sílvio Romero
dos empresários de rádio brasileiros Mariana Silveira Barbosa
Luciana Paula Bonetti Silva (UFSC -
Histórico da primeira constituição do
Universidade Federal de Santa Catarina)
Brasil e a autonomia de poder em Minas
“Conselhos Municipais de Cultura, Gerais: uma breve análise
participação social e a construção Camila Amaral Pereira (USP - Universidade
de políticas culturais no Brasil e na de São Paulo)
Argentina: Recorte histórico de 2004 à
2014”
ST 138. Pesquisa e Ensino sobre a
Cleisemery Campos da Costa (Professora
Antiguidade e o Medievo frente às
Ensino Médio SEEDUC RJ)
demandas do século XXI
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Coordenação: Douglas Mota Xavier de
A recepção de Keynes na interpretação Lima (Universidade do Oeste do Pará),
do Brasil de Caio Prado Jr. CarlileLanzieri Junior (Professor Adjunto)
José Marcio Figueira Junior Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 3-G
Leôncio Basbaum e a história sincera da Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
República
Paulo Alves Junior (Universidade da Diferentes lugares, mestres e saberes:
Integração Internacional da Lusofonia os saberes conectados na pedagogia
afro-brasileira (Unilab)) dialogal de Adelardo de Bath (c. 1080
- c. 1152) em De eodem et diverso e
Arthur Cézar Ferreira Reis e a Formação
Questiones naturales
do Brasil
Carlile Lanzieri Junior
Ricardo Silva (UNESP - Universidade
Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho) O Sertão dos Encantados: Por uma
Idade Média das Conexões Atlânticas
O paradigma da formação na obra O
Marcus Baccega (Universidade Federal do
espírito das roupas de Gilda de Mello e
Maranhão)
Souza - reflexões sobre uma sociologia
estética Família régia, gênero e cultura política
Wanderson Barbosa dos Santos no Portugal do século XV: reflexões
para problematizar poder, família e
Câmara Cascudo e a História da
imaginário no tempo
Alimentação: uma possibilidade de
Mariana Bonat Trevisan (UNINTER/
interpretação do Brasil
UNIANDRADE)
Ivone Agra Brandão (Escola Municipal
Rural Maria Veríssimo de Sousa)

220
Abrindo janelas para o medievo no Reflexões Sobre O Ensino De História
século XXI: inquietações sobre o acesso Através Do Cinema: Filme “Hércules”
às fontes (2014)
Viviane Azevedo de Jesuz (Cultura Inglesa) Isaque Nascimento de Jesus Carneiro
A História Franciscana na obra Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
LiberChronicarum de AngeloClareno
(1245-1337) Reflexões sobre um percurso de
Veronica Aparecida Silveira Aguiar pesquisa na Biblioteca Nacional do Rio
(Universidade Federal de Rondônia) de Janeiro
O desafio Joana d’Arc: por uma história Tereza Renata Silva Rocha (SEEDUC-RJ)
conectada Manuscritos medievais do Arquivo
Flávia Amaral (Universidade Federal dos Nacional: desafios contemporâneos de
Vales do Jequitinhonha e Mucuri) pesquisa
O Ensino de História Medieval na Era Leonardo Augusto Silva Fontes (Arquivo
Bolsonaro Nacional)
Paulo Henrique de Carvalho Pachá (UFF) Estudos Medievais no Brasil: apontando
sugestões de pesquisa
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Adriana Maria de Souza Zierer
(Universidade Estadual do Maranhão)
No tempo do Rei Arthur: notas sobre o
medievalismo no Brasil Ensaios sobre uma Idade Média
Douglas Mota Xavier de Lima Oriental: Uma trajetória dos estudos
(Universidade do Oeste do Pará) do Mundo Árabe medieval no Brasil no
século XXI
Perspectivas historiográficas e
DandaraArsi Prenda (UFF - Universidade
educação básica: possibilidades de
Federal Fluminense)
diálogos
Denise da Silva Menezes do Nascimento O processo de construção da identidade
(Universidade Federal de Juiz de Fora) cristã na Islândia medieval por meio da
Jóns saga helga. (Séc. XI-XIII)
Os desafios do século XXI para
André Araújo de Oliveira
professores de história antiga e
medieval Medievalismo filosófico: um outro olhar
Eduardo Silva Leite (FEICS) sobre a escolástica
Rafael Bosch Batista (Unicamp)
Histórias em Quadrinhos: percursos
pedagógicos para o Ensino de História Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Priscila Aquino Silva (Faculdade de São
Bento) Um olhar de Norbert Elias acerca da
A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue Corte de Justiniano: aproximações
Vai-e-Volta: Uma análise da literatura teóricas de um conceito para uso na
de Ariano Suassuna como instrumento Antiguidade Tardia
de ensino-aprendizagem de História Kelly Cristina da Costa Bezerra de Menezes
Medieval na educação básica Mamedes
João Vitor Natali de Campos

221
O desafio da Antiguidade Tardia: Fiscalidade e Práticas Burocráticas nas
aproximações historiográficas a um Fazendas da Província de Pernambuco,
conceito 1824-1840
Marcus Silva da Cruz (Universidade Artur Gilberto Garcéa de Lacerda Rocha
Federal de Mato Grosso) (Secretaria de Educação do Estado de
Pernambuco)
A “conquista” castelhana na
Brevísimarelación de ladestrucción de Os Desembargadores do Tribunal da
las Índias de Bartolomé de las Casas Relação de Pernambuco: carreiras,
Luciano José Vianna (UPE - Universidade redes e relações políticas e jurídicas no
de Pernambuco) Império (1821-1840)
Jeffrey Aislan de Souza Silva (Universidade
O Tempo como regulador das atividades
Federal de Pernambuco)
na Idade Média
Jonathan Mendes Gomes (UEMG - A Revolta da Balaiada e as disputas de
Universidade do Estado de Minas Gerais) memória nas elites políticas no Piauí
oitocentista.
Guerra e poder no medievo ibérico:
Pedro Vilarinho Castelo Branco (UFPI)
intersecções entre História e Relações
Internacionais nas “Cantigas de Santa Um passo atrás: o movimento
Maria” (Séc. XIII) regressista na província de Pernambuco
Gustavo de Oliveira Andrade (UFS - (1835-1836)
Universidade Federal de Sergipe) Manoel Nunes Cavalcanti Junior (Instituto
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Aprendizagem significativa da
da Bahia)
democracia grega sob a performance do
Teatro Grego Monarquismo popular, liberalismo
Luiz Henrique Bonifacio Cordeiro e contrarrevolução no reinado de D.
(Prefeitura de Toritama) Miguel (Portugal, 1828-1834)
Andréa Lisly Gonçalves (UFOP)
ST 140. Política e Sociedade no Brasil Elites capitais: poder, instituições,
Oitocentista laços sociais e atuação política dos
negociantes de Ouro Preto, Minas
Coordenação: Cristiano Luís Christillino Gerais, nas primeiras décadas do Brasil
(Universidade Estadual da Paraíba), Império
Vitória Fernanda Schettini de Andrade Leandro Braga de Andrade (Centro Federal
(Universidade Salgado de Oliveira) de Educação Tecnológica de Minas Gerais)
Localização: CCSA, BLOCO A, SALA A-06
O Sete de Setembro de Francisco
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Agostinho Gomes: contestação da
Ordem Imperial e do Governo Regencial
Edições e impressões: livreiros e (1839)
circulação de ideias entre Europa e Maiara Alves do Carmo
América Política e Urbanismo: As reverberações
Tânia Maria Tavares Bessone da Cruz do ‘Período Revolucionário’ na
Ferreira (Universidade do Estado do Rio de construção do espaço urbano.
Janeiro (UERJ))

222
Pindamonhangaba, 1841 a 1844. Os Carroceiros do Recife: organização,
Brenda Laisa Morais (UNIFESP - insubordinação e relações de poder
Universidade Federal de São Paulo) Alessandro Filipe de Meneses Gomes
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 De progressistas a conservadores: ações
dos presidentes da província potiguar
A Lei de Terras de 1850 no centro da na eleição senatorial entre 1867 e 1869
discussão: um elo coercitivo sobre as José Evangelista Fagundes (UFRN)
famílias livres e pobres
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Leandro Neves Diniz (UFPE - Universidade
Federal de Pernambuco)
Essa Briga não é Nossa: empecilhos e
O liberalismo centralizado: os dificuldades em torno do alistamento
presidentes de província, administração de voluntários para a Campanha do
e a cultura política no Segundo Reinado Paraguai na Província da Paraíba
Cristiano Luís Christillino (Universidade Alysson Duarte Cabral (UFPE)
Estadual da Paraíba)
Por entre ilegitimidade e compadrios
“Succitas observações sobre o estado de escravos. São Paulo do Muriaé (MG) e
desta taõ extensa e abundante e Macaé (RJ) no século XIX
extrema parte do vasto Imperio do Vitória Fernanda Schettini de Andrade
Brasil”: a província do Amazonas nas (Universidade Salgado de Oliveira)
palavras de Tenreiro Aranha, 1852
“Calamidade igual, só o cólera”:
Paulo de Oliveira Nascimento (IFAM/
epidemia e política no Ceará pelas
Campus Eirunepé)
páginas do jornal Pedro II (1862)
Dois “velhos companheiros” das Cortes Jucieldo Ferreira Alexandre (Universidade
de Lisboa: os pedidos de favor do padre Federal do Cariri)
José Martiniano de Alencar a Pedro de
Constituição do sertão do Rio São
Araújo Lima (Marquês de Olinda)
Francisco como região no Brasil Império
Paulo Henrique Fontes Cadena
Rafael Sancho Carvalho da Silva
(Universidade Católica de Pernambuco)
(Universidade Federal do Oeste da Bahia)
Entre a política e a magistratura: o
Contribuições acerca das relações
Barão de Caetité e suas alianças no
sociopolíticas municipais no Império do
Império (alto sertão da Bahia, 1840-
Brasil: o caso da importante freguesia
1880)
de São Paulo do Muriahé-MG nos anos
Lielva Azevedo Aguiar (Universidade do
finais do Segundo Reinado (1871-1889)
Estado da Bahia - Campus VI)
Arthur da Costa Orlando (Prefeitura
Borges da Fonseca e a imprensa após a Municipal Miradouro)
Rebelião Praieira (1850 a 18698)
Guerra, política e elites regionais na
Suzana Cavani Rosas (UFPE)
fronteira do Brasil: David Canabarro e a
O processo civilizador dos capuchinhos população de Santana do Livramento (c.
italianos no Brasil Imperial a serviço da 1830-1870)
Província de Pernambuco Jonas Moreira Vargas (Universidade
Alexandre Basto Alves Costa Federal de Pelotas)

223
A construção da República em Campina ST 141. Política Externa e Relações
Grande (1889-1890) Internacionais: história e historiografia
Hugo Paz de Farias Braga (UFPE)
Coordenação: Rodrigo Perla Martins
Felisbelo Freire, o IHGB e a Polêmica em
(Universidade Feevale), Américo Alves
torno da obra História da Cidade do Rio
de Lyra Júnior (Universidade Federal de
de Janeiro (1901)
Roraima)
Maria Fernanda dos Santos
Localização: CCSA, BLOCO B, SALA B-02
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

Emancipacionismo e abolicionismo
Arautos da diplomacia imperial: As
nos impressos republicanos em
missões diplomáticas de Gaspar José
Pernambuco entre 1850 à 1870
Lisboa e Duarte da Ponte Ribeiro no Rio
Emanoel da Cunha Germano
da Prata (1835-1843)
A resistência negra: anúncios de fugas Luan Mendes de Medeiros Siqueira (UFRJ)
no Diario de Pernambuco
Romântica Sublimidade: François-
André José do Nascimento (UNICAP -
Auguste Biard e a construção da
Universidade Católica de Pernambuco)
paisagem no Brasil Oitocentista
Entre silêncios e ausências, o lugar Gustavo Ferreira de Oliveira (Secretaria da
destinado aos negros livres, libertos Educação do Estado de São Paulo)
e escravizados na primeira legislação
As Fronteiras Norte-Sul durante O
imperial
Governo de D.João Vi No Brasil (1808-
Jader José Queiroz Corsi
1820)
Política e escravidão na Assembleia Paula de Carvalho Bastone (Faculdade de
Provincial de Minas Gerais, 1835-1840 Economia da Universidade de Coimbra)
Kelly Eleutério Machado Oliveira
A Guerra dos Farrapos no Foreign Office
Em defesa do contrabando: a política Fernando da Silva Camargo (UFPel)
imperial brasileira e o tráfico de
A política externa brasileira e o espaço
escravos (1837 - 1850)
provincial rio-grandense (1828-1852)
João Marcos Mesquita (Universidade
Daniel Rei Coronato (Universidade
Federal do Estado do Rio de Janeiro)
Católica de Santos)
O Brasil Nação a partir de construções
Estados Unidos e Brasil: ‘Doutrina
identitárias afrodiaspóricas
Monroe’ e primeiras relações
Juliana da Silva Drumond (SEEDUC)
diplomáticas
A Emancipadora Areiense e o Virgílio Caixeta Arraes (UnB)
Movimento Abolicionista na Paraíba,
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
1873-1888
Lucian Souza da Silva (UFPE)
Autonomia e “interesse nacional”:
A política da escravidão em tempos de a atuação diplomática do Conde de
crise (1865 - 1888) Palmela no Congresso de Viena
Giovanni Bezerra de Menezes Mamedes Fernando Comiran (FURG - Universidade

224
Federal do Rio Grande) A Guiana e o Brasil no final da Guerra
Fria: Tensões e Aproximações
Gustavo de Vianna Kelsch (1878-1944),
Iuri Cavlak (Universidade Federal do
diplomata do Brasil na Rússia de 1917
Amapá)
Marcus Vinicius Correia Biaggi
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
O problema da paz de 1919 na educação
histórica do Brasil
Ricardo José de Azevedo Marinho Uma fronteira e um vizinho a se
(UNIGRANRIO) descobrir: a emancipação e construção
do Estado e Sociedade guyanense no
Representações da primeira guerra imaginário diplomático brasileiro
mundial na imprensa paraense; os Américo Alves de Lyra Júnior
primeiros meses de conflito (1914) (Universidade Federal de Roraima)
Aline Luiza Fernandes Gomes
O período de transição do Mercosul
Imprensa em ano eleitoral: o caso da (1991-94) nas páginas dos jornais
vinda do ex-Kaiser Guilherme II para o impressos brasileiros.
Brasil e seu passaporte brasileiro (1922) Ingrid Laisa M. Matos (UNB - Universidade
Albene Miriam Menezes Klemi de Brasília)
(Universidade de Brasília)
Tríplice Fronteira e a Guerra ao Terror:
Política Externa Independente e Uma análise sobre os reflexos da Guerra
Imprensa: possibilidade de pesquisa ao Terror sobre o Cone Sul (2001-2006)
Guilherme Gonzaga Bento (Escola Paulo Roberto Alves Teles (Centro de
Estadual Frei Leopoldo de Castelnuovo) Excelência Master)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Política externa brasileira durante os
governos Lula e Dilma: Continuidades e
O lugar dos países desenvolvidos Rupturas (2003-2014)
nos discursos dos presidentes Rodrigo Perla Martins (Universidade
desenvolvimentistas JK e Frondizi. Feevale)
Leonardo da Rocha Botega (UFSM)
“Manuseie com cuidado”: o patrimônio
Raymundo Souza Dantas e a diplomacia cultural móvel nas atuações
do Brasil para África - 1960 a 1970 diplomáticas do Brasil
Mariana Schlickmann (PPGH-UDESC) VirgyniaCorradi Lopes da Silva
A Veneza Americana e o Trampolim da
Vitória: um estudo comparado acerca ST 142. Por uma compreensão histórica
de Recife e Natal na época da Segunda das aparências: os usos da moda, do
Guerra vestuário e da visualidade - um olhar
Armando Augusto Siqueira para o ensino e a multiculturalidade
“Só podia vir de Pernambuco”: o
Coordenação: Maria Claudia Bonadio
programa da Aliança para o Progresso e
(UFJF), Mara Rubia Sant Anna (UDESC)
a intervenção política no estado (1962-
Localização: CE, SALA D11 (PPGE)
1963)
Arthur Victor Gonçalves Gomes de Barros

225
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 “Tá de Juliet, Romeo 2 e Double Shox,
18K no pescoço, de Ecko e Nike Shox”:
A feminilidade de MidgeMaisel em a cultura material como matriz de
“Marvelous Mrs. Maisel”: de rainha do subjetivação no funk paulista
lar à mulher moderna Laíza Santana Oliveira (Bolsista de pós-
Gabriela Soares Cabral graduação do Cnpq)
A imagem da mulher emancipada na Moda, Cultura e Identidade Nacional:
televisão brasileira: uma análise da Notas sobre as trajetórias de Anitta e
personagem Malu do seriado Malu Carmen Miranda
Mulher (1979-80) Ana Beatriz Fernandes Lima Silva (UFJF -
Laise Lutz Condé de Castro Universidade Federal de Juiz de Fora)
“Sem perder a Elegância” - Gênero e Aparência como obra: modos de vestir
posição social nos manuais de moda e dos modernistas de São Paulo
comportamento Carolina Casarin da Fonseca Hermes
Fernanda Bonizol Ferrari (CES/JF - Centro (UFRJ)
de Ensino Superior de Juiz de Fora)
Afinal, Olly está na moda? – Visualidade
Colégio Pedro II: primeira escola de e aparência na produção têxtil e de
educação secundária oficial do Brasil. A vestuário da artista OllyReinheimer.
trajetória de seus uniformes escolares Carolina Morgado Pereira (UFRJ -
na memória coletiva da cidade do Rio de Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Janeiro e na construção das identidades
nacionais. Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Vera Lucia Cabana de Queiroz Andrade
(UERJ, CP II , IHGB, IHGRJ, IHGN.) Aproximações distantes do traje
regional - Dürer, Debret e Meirelles sob a
MODAS, MODOS E PUDOR: A lupa de Clio
normalização dos corpos das sócias da Mara Rubia Sant Anna (UDESC)
Pia União das Filhas de Maria
Walter Valdevino do Amaral (UNICAP) Diretório, Império e Récamier: Percurso
de representações e reverberações de
O uso do espartilho: imagem, corpo e um estilo
beleza Fernando Augusto Hage Soares
Priscila Nina Fernandes (USP) (Universidade da Amazônia)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 A cultura visual da moda: modos de ver
e de representar na modernidade
A cinebiografia Minha fama de mau e a João Dalla Rosa Júnior (FACULDADE
cultura juvenil no Brasil CESGRANRIO / SENAI CETIQT / UFRJ)
Maíra Zimmermann de Andrade (FAAP)
Onde e como os negros e negras são
“Baila Comigo”: influências do retratados na historiografia de moda
audiovisual nas práticas corporais e na em língua portuguesa? Uma revisão dos
moda esportiva manuais ilustrados.
Elisabeth Murilho da Silva (UFJF - Maria Claudia Bonadio (Universidade
Universidade Federal de Juiz de Fora) Federal de Juiz de Fora)

226
Estudos do vestuário e da moda no identidade (1791-1804)
Brasil: percursos epistemologicos BernoLogis (UNESP - Universidade
Maria Cristina Volpi (ESCOLA DE BELAS Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho)
ARTES DA UFRJ)
Negros, feiticeiros e pernósticos:
O Espírito das Roupas no Século XXI: escravidão, racismo e luta pela liberdade
Contribuições de Gilda de Mello e Souza nos jornais mineiros na década da
para a Moda Contemporânea abolição.
Giulia Falcone de Lourenço (USP) Luiz Gustavo Santos Cota (UEMG -
Universidade do Estado de Minas Gerais)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Maternidade, alforria e direito no Caribe
Poder, consumo indumentário e Francês: experiências e questões sobre
prestígio na América portuguesa em gênero e escravidão no Mundo Atlântico
meados do século XVIII (século XIX)
Juliana de Mello Moraes (FURB - Leticia Gregório Canelas (Departamento
Universidade Regional de Blumenau) de História - USP)
Papéis da/na moda: a vestimenta Os discursos presbiterianos no contexto
francesa na imprensa brasileira da abolição no Brasil
Oitocentista Juliano Custódio Sobrinho (Universidade
Everton Vieira Barbosa Nove de Julho)
A moda como dispositivo de segregação Entre Solenidades Cívicas e Zabumbas
social em A filha das flores, de Vanessa de Sambas: uma breve análise das
da Mata festas da redenção dos libertos
Elenildes da Silva Santos (UFMT - Willian Robson Soares Lucindo (SMESP)
Universidade Federal de Mato Grosso), Reflexos no outro lado do Atlântico:
Fernando ZolinVesz (UFMT - Universidade ecos da abolição da escravidão
Federal de Mato Grosso) americana nos debates da Junta de
Informação na Espanha.
ST 143. Pós-Abolição no Mundo Clícea Maria Augusto de Miranda (UNILAB
Atlântico: diálogos transnacionais entre - Universidade da Integração Internacional
África, Américas e Europa da Lusofonia Afro-Brasileira)
Raça, liberdade e escravidão no Brasil
Coordenação: Eric Brasil (Universidade sob o olhar de Frederick Douglass
da Integração Internacional da Lusofonia Luciana da Cruz Brito (UNIVERSIDADE
Afro-brasileira), Maria Roseane Correa FEDERAL DO RECONCAVO DA BAHIA)
Pinto Lima (UNIVERSIDADE FEDERAL DO
PARÁ) As “lides da abolição” e as memórias do
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 204 abolicionismo (Agreste da Bahia, final
do século XIX)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Flaviane Ribeiro Nascimento (Instituto De
Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia
A Revolução Haitiana como momento - IFBA)
privilegiado da construção de uma

227
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Em defesa da “raça latina” e pela
exclusão da “população negra” –
Um homem célebre encontra um ex- apontamentos sobre projetos de
homem de cor: relações sócio-raciais no imigração de trabalhadores de Porto
Brasil do pós-abolição Rico para o Brasil nos anos 1890
Rodrigo FaustinoniBonciani (Universidade Ana Flávia Magalhães Pinto (Universidade
Federal da Integração Latino-Americana) de Brasília (UnB))
Práticas que não se calam: indícios Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
dememórias silenciadas em embates
culturais em Cabo Verde Racismo, repressão e colonialismo:
Elias Alfama Vaz Moniz (UFBA) experiências de mulheres e homens
A travessia transatlântica nas literaturas negros em carnavais de Port-of-Spain,
de Maria Firmina dos Reis e Eliana Alves Trinidad e Tobago (cc. 1890-1920)
Cruz Eric Brasil (Universidade da Integração
Jéssica Catharine Barbosa de Carvalho Internacional da Lusofonia Afro-brasileira)
(UFPI) Bumbas, Divinos e outros carnavais:
Pós-abolição no Mundo Atlântico entre experiências festivas na Ilha do
experiências da diáspora na capital do Maranhão no Pós-abolição
Pará e o ensino de História: os negros Carolina Christiane de Souza Martins
barbadianos “Sou neto de africana, minha avó
Maria Roseane Correa Pinto Lima era uma preta mandinga”: música e
(UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ) identidade negra nos anos 20
#Brasil-Lá-Angola-Cá: Diálogos Trans- Lurian José Reis da Silva Lima
Inter-Atlânticos A “modernidade negra” no mundo
Sayonara Oliveira Andrade Elias (Colegio atlântico: desafios da história
estadual democratico Ruy barbosa) transnacional
Uma nação em construção: trabalho Martha Campos Abreu (UFF)
livre e soberania no Haiti (1826 -1843) Brasilidade e negritude em meio ao
Bethania Santos Pereira Atlântico Negro: o intercâmbio cultural
“Um sonho impossível”: “A transição nas relações entre Brasil e Senegal a
do trabalho servil para o trabalho do partir do 1º Festival Mundial de Artes
homem” nos jornais do sul do Espírito Negras
Santo (1885-1888) Maybel Sulamita de Oliveira (UFF -
Geisa Lourenço Ribeiro (INTITUTO Universidade Federal Fluminense)
FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO) Uma polícia para a cidade negra (Recife,
Escravos, libertos e seus descendentes: 1870-1888)
Migrações e trajetórias familiares no Fernanda Lima da Silva
pós-abolição na Baixada Fluminense. Considerações sobre pós-abolição em
(1870 -1930) Feira de Santana/BA e sua “feira do
Max Fabiano Rodrigues de Oliveira pessoal da roça”.
(UFRRJ) Mayara Pláscido Silva (IFBA)

228
A cultura material do feiticeiro: Maria do Carmo Gregório (Secretaria
religiosidades negras no pós-abolição. Estadual de Educação)
Glícia Caldas Gonçalves da Silva (UNIRIO -
“De cor preta”: a trajetória de negros
Universidade Federal do Estado do Rio de
escravizados e seus descendentes na
Janeiro)
Fazenda São João – Campos de Lages/SC
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 Eliane Taffarel (UNOCHAPECÓ -
Universidade Comunitária da Região de
Uma ilha de instrução em meio a um Chapecó), Samira Peruchi Moretto (UFFS)
mar de analfabetos: Escola Militar e Usos da memória na ressignificação
meritocracia na trajetória do “pardo” quilombola: experiências de
Eduardo Ribeiro. resistências identitárias nas
Geisimara Soares Matos (Universidade Comunidades de Barro Vermelho e
Federal do Rio de Janeiro) Contente - PI
Músicos e trabalhadores: música Simoní Portela Leal
popular, associativismo e
profissionalização na trajetória de Jorge ST 144. Povos Indígenas, Gênero e
Seixas e Candido Pereira da Silva no Rio Violências: histórias marginais
de Janeiro na Primeira República.
Pedro Maron de A. Severiano (Secretaria Coordenação: Thiago Leandro Vieira
de Estado de Educação do Rio de Janeiro) Cavalcante (Universidade Federal da
Mulatas, mulheres de cor e reputadas Grande Dourados), Beatriz dos Santos de
professoras: racialização, silêncios da Oliveira Feitosa (Universidade Federal de
cor e experiências no Rio de Janeiro Mato Grosso)
(1890-1920) Localização: NIATE CB-CCS, SALA 305
Luara Santos Silva (Prefeitura de Itaboraí)
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
A trajetória política do maçom
BlaiseDiagne (1890-1934) A verdade revelada: índios, militares e a
Renata Ribeiro Francisco BR 174, uma cartografia dos cemitérios
indígenas Waimiri-Atroari
Entre elogios e estigmas raciais:
Eduardo Gomes da Silva Filho (Escola
Patricio Teixeira, sua trajetória e seus
Agrotécnica da Universidade Federal de
enfrentamentos
Roraima)
Caroline Moreira Vieira Dantas (UERJ/ FFP)
ÍNDIO RAIZ VERSUS ÍNDIO NUTELLA:
Práticas nominativas e identidades: o
estigmas e marcas identitárias
caso da permanência do sobrenome
sobre estudantes indígenas de uma
Cazumbá em sujeitos e famílias
universidade pública no Brasil
pernambucanas (1824-2018)
Viviane Braz Nogueira (UFMT -
Graziella Fernanda Santos Queiroz
Universidade Federal de Mato Grosso)
(Universidade Federal de Pernambuco)
“O Canto do Inferno contra o partido de
Os quilombos e as comunidades
Cristo”: abordagens sobre a legitimação
eclesiais de base no Litoral Sul
religiosa da violência nas províncias
Fluminense entre 1980 e 1998.
do Itatim e do Guayrá e a resistência

229
indígena à colonização Aldeia Icatu: os Terena no Oeste Paulista
José Augusto Santos Moraes (UFGD - e as Ligações com Mato Grosso do Sul
Fundação Universidade Federal da Grande Renato Felix Lanza (IFSP)
Dourados)
“O índio, razão de ser do SPI, tornou-
Entre a aldeia e a mesquita: a história se vítima de verdadeiros celerados,
de uma mulher nordestina, indígena e que lhe impuseram um regime de
muçulmana escravidão”: o Relatório Figueiredo e os
Gustavo Uchôas Guimarães (Escola Postos Indígenas do Rio Grande do Sul
Estadual Professora Norma de Brito (1963-1968).
Piedade Martins) Andressa de Rodrigues Flores (UNISINOS -
Universidade do Vale do Rio dos Sinos)
Violência de Gênero contra os povos
indígenas: uma “guerra contra as No ‘Grande Cerco de Paz’ tem escola
mulheres” e trabalho: ação indigenista e política
Paula Faustino Sampaio (UFMT) indígena no PI Apucarana - Paraná
(1942-1967)
Um ensaio sobre os usos e apropriações
Éder da Silva Novak (UFGD - Fundação
da cultura escrita pelos indígenas nas
Universidade Federal da Grande
Reduções Jesuítico-Guarani
Dourados)
Cássio Knapp (Universidade Federal da
Grande Dourados) A construção do outro: imigração
alemã e indígenas Xokleng na Colônia
Correrias, Gênero e Violência nos
Hamônia/Ibirama - um passado
Seringais Acrianos
presente
Maria Ariádina Cidade Almeida
Carlos Eduardo Bartel (Instituto Federal
(Universidade Federal do Acre), Teresa
Catarinense (IFC))
Almeida Cruz (UFAC)
Remoções de aldeias indígenas na
A Morte da Identidade e o Nascimento
ditadura militar: o caso dos Wasusu e
do Trauma Brasileiro: Diacuí
Alantesu do Vale do Guaporé – MT (1972-
Janaina Ferreira dos Santos da Silva
1974)
“Diante da lei”: os processos de Rayane Barreto de Araújo (UFRRJ -
violências, mulheres indígenas Guarani Universidade Federal Rural do Rio de
e Kaiowá e o Sistema de justiça criminal Janeiro)
brasileiro
História Indígena e do Indigenismo
Rosely Aparecida Stefanes Pacheco
no Brasil: três décadas de avanços e
(Universidade Estadual de Mato Grosso
desafios contemporâneos
do Sul)
Thiago Leandro Vieira Cavalcante
Escravas de Nação: Escravidão indígena (Universidade Federal da Grande
nas Usinas de Cana Dourados)
Marco Antonio Delfino de Almeida (UFGD -
O Estado brasileiro e os mecanismos
Fundação Universidade Federal da Grande
históricos de desterritorialização
Dourados)
humana: estudo do Relatório Figueiredo
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 Beatriz dos Santos de Oliveira Feitosa
(Universidade Federal de Mato Grosso)

230
Antônio Celestino: da formação como O Ensino de História a serviço do
liderança (1981) à retomada das combate às discriminações de raça e de
fazendas de Everaldo Garrote e Pedro gênero
Pereira (1986) Priscila CarboneriSchio (E.E. Dom Justino
Cássio Júnio Ferreira da Silva (UFAL - Carreira)
Universidade Federal de Alagoas)
Identidades (in) visíveis: Educação
Ciências, projetos políticos e violências: Étnico-racial e o Ensino de História no
questões sobre a coleção etnográfica do Colégio Municipal de Araçás-Ba.
Museu Paulista (1895-1915) Rosemary de Jesus Santos (PREFEITURA
Breno Sabino Leite de Souza (Fiocruz - MUNICIPAL DE ARAÇÁS)
Fundação Oswaldo Cruz)
Resistências afro-brasileiras no ensino
Cacicas do Velho Chico, BA: resistência e de História: A sala de aula e as letras de
construção de territorialidades Rap
Gisele das Chagas Costa (UNEB - Grazielly Alves Pereira (Prefeitura
Universidade do Estado da Bahia), Municipal de São Paulo)
Regina Celeste de Almeida Souza (UFBA -
O ensino de História para o
Universidade Federal da Bahia)
fortalecimento de identidades e de
direitos: o processo de construção de
ST 145. Profhistória – Mestrado um produto ditático
Profissional em Ensino de História: Ícaro Amorim Martins
resultados, potencialidades e desafios –
O Uso da pintura rupestre da região
2ª Edição
amazônica como fonte histórica
Rafael PrintesAlbarelli de Castro
Coordenação: Cristiana Ferreira Lyrio
(Secretaria Executiva de Educação do
Ximenes (UNEB-Campus V-StoAntonio de
Estado do Pará)
Jesus), Luciana Rossato (UDESC)
Localização: CE, SALA L01 O uso de jornais como recurso didático
no ensino de História sobre a Balaiada
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Dayana Medeiros Luz (EEMTI Figueiredo
Correia)
Narrativas sobre a Diáspora Africana
no Ensino de História: a construção Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
do conhecimento histórico a partir de
trajetórias de sujeitos História Local e Educação Patrimonial
Carolina CorbelliniRovaris (Centro de no ensino de História: Maragogipinho e
Educação Aprender Brincando) sua cultura ceramista como patrimônio
vivo
A trajetória de vida de uma professora
Antonio Marcos Araújo de Souza (SEC - BA)
negra, Rosa Barreto Dias utilizada
como proposta pedagógica nas aulas de Expandindo a sala de aula – educação
História patrimonial e ensino de História na Ilha
Aryana Costa Nascimento (Escola de Mosqueiro
Municipalizada Dr. Reinaldo Moreira) Daniel Rodrigues Tavares (SECRETARIA DE
ESTADO DE EDUCAÇÃO (SEDUC - PA))

231
Patrimônio cultural e a história local: A memória na cidade de Fortaleza e a
uma pesquisa do PROFHISTÓRIA na (des) construção das identidades com
educação básica suas narrativas.
Antônia Lucivânia da Silva (Rede de ensino Luís Eduardo Andrade Pacheco (Secretaria
público estado do Ceará-E.E.F.M. José Alves Educação - CE)
de Figueiredo), Paula Cristiane de Lyra
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Santos (Universidade Regional do Cariri)
EDUCAÇÃO HISTÓRICA E EDUCAÇÃO História em tom maior: expressão
PATRIMONIAL: perspectivas para musical e consciência histórica no
construção de abordagens didáticas que ensino de história
possibilitem a aprendizagem histórica. Fabrício Rogério Moreira Queiroz
Victor Batista de Souza (EEEFM
A construção de conhecimento histórico
PROFESSORA DÉBORA DUARTE)
através do uso de fontes no contexto de
Ensino de História por meio da uma escola inclusiva.
Educação Patrimonial: estratégia Carla Renata Vieira Rodrigues (Prefeitura
de integração no Curso Técnico em de Maracanaú)
Edificações do Instituto Federal do
O Teatro de rua em Janduís/RN: O
Tocantins do Campus Gurupi
ensino de História local através de suas
Cleverson da Silva Martins (INSTITUTO
narrativas históricas
FEDERAL DO TOCANTINS)
Wallace Rodrigo Lopes da Silva (Secretaria
Memórias de um museu em Estadual de Educação - Rio Grande do
Esquecimento: a Base aérea de Amapá e Norte)
o Ensino de História
A Fortaleza da Barra (Ilha do Mel/PR) no
Arleno Amoras Correa (Prefeitura
século XVIII: aplicativo para dispositivos
Municipal de Ferreira Gomes)
móveis para o Ensino de História
Lugares e memórias da cidade de Ivan Rodrigo Rebuli (SECRETARIA DE
Macapá no ensino de história ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ)
Angela Maria dos Anjos Nascimento
Google sala de aula no ensino de
(Governo do Estado do Amapá - SEED)
História: propostas para o ensino
Interrogando monumentos - híbrido em Poço Verde -SE
Laboratório Documental e Memórias Adilson Nobre do Nascimento (SEDUC -SE)
do Centro Educacional Teodoro
Ensino de História e o uso das
Sampaio - CETS em Santo Amaro - BA: a
Tecnologias Digitais de Informação e
emergência dos sujeitos históricos para
Comunicação
um ensino significativo.
Hernâni Robinson da Luz Oliveira (EEF Dr.
Flávia Bastos Pimenta (Servidor Público)
Edvard Teixeira Férrer)
Na Terra das Conhas e dos Encantados.
De olho na Era Vargas: uma narrativa
O Uso da História Local no Ensino de
visual sobre o Estado Novo no ensino de
História
História
Egnaldo Ferreira de Sousa Junior (ESCOLA
Carla Fernanda de Lima (Secretaria de
ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA DE
Educação do Estado de Pernambuco)
PARICONHA)

232
O uso de fontes /Documentos históricos Obras de Arte do período holandês no
nas abordagens sobre a santidade de Livro Didático de História do Ensino
Jaguaripe no ensino de história. Fundamental
JoseneAntonia de Paula Neres de Jesus Danielly Francisco dos Santos Mendes
A Utilização de Jornais como
Instrumento Pedagógico no Ensino ST 146. Protagonismos indígenas:
de História: a Folha do Subúrbio e a reescrevendo histórias por meio de
Pesquisa em Sala de Aula biografias e histórias de vida
Wagner Aragão Teles dos Santos (Colégio
Estadual Profº. Edilson Souto Freire) Coordenação: Mariana Albuquerque
Dantas (Universidade Federal Rural de
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Pernambuco), Edson Hely Silva (UFPE/
UFCG)
O tempo histórico, a consciência
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 306
história, a história das mulheres e suas
representações nos livros didáticos de Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
história do ensino fundamental II.
Caroline Barroso Miranda (Professora de As modificações na Cerâmica como
Rede Municipal e Estadual) expressão da Acomodação Cultural
Indígena frente ao domínio jesuítico
O debate de gênero no Ensino de
Rafael Borges Deminicis (Museu Nacianal-
História a partir de processos crime de
UFRJ // IPHAN-ES)
sedução em Ponta Grossa (1940-1970)
Solange da Silva Pinto (Secretaria Muyrã-Ubi, ‘mãe do povo brasileiro’
Estadual de Educação do Paraná) Rita de Cássia Melo Santos (DCS/UFPB)
Biografias, Autobiografias e Relatos de ZOROBABE E SEUS DOIS DESTINOS:
Vida nas Aulas de História protagonismo tupi na chamada
Jerônimo Adelino Pereira Cisneiros Galvão conquista do Maranhão (Século XVII) a
(SEDUC/PE) partir de narrativas dissonantes
Darlan Rodrigo Sbrana (Universidade
O cotidiano na colônia de Rio Branco-
Federal do Sul e Sudeste do Pará
MT: Imagens e relatos de mulheres
(Unifesspa))
(1960/1970)
Zilma Martins de Moura (Secretaria do Redes de Relações Chané-Guaná no
Estado de Mato Grosso) Chaco Entre os Séculos XVI e XVIII
João Filipe Domingues Brasil (Fundação
Sequencias Didáticas para o uso do
Roberto Marinho)
forró como recurso nas aulas de História
Monaquelly Carmo de Jesus (Secretaria de Caciques indígenas e política de
Estado de Educação de Sergipe) fronteiras na pampa argentina no século
XVIII. Os casos de Calelián, Cangapol e
Possibilidades de ensino de história
Yahati
para diferentes sujeitos: temporalidade,
Maria Cristina Bohn Martins (Unisinos)
anacronismo e o ensino de história.
Edgar Cabral Viegas Borges da Cruz Política indígena e a câmara municipal
(SEDUC PA) da vila de índios de Messejana no Ceará

233
João Paulo Peixoto Costa (Instituto Karina Moreira Ribeiro da Silva e Melo
Federal do Piauí) (Universidade Estadual de Campinas)
ENTRE O CEARÁ GRANDE E O RIO O Capitão José Pedro de Souza e
GRANDE DO NORTE: Elevação da vila de sua reivindicação perante o estado
Portalegre e agências indígenas (1761- brasileiro: repensar o lugar dos povos
1768) indígenas na história imperial.
Ristephany Kelly da Silva Leite Soraia Sales Dornelles (Universidade
Federal do Maranhão)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Sobre quem recai a culpa? A questão da
imputabilidade no processo da escrava Vistos e ouvidos, raramente atentidos.
e índia Felícia (1756-1761) Os povos indígenas no Nordeste que
Murilo Souza dos Santos foram olvidados pelo Serviço de
Proteção aos Índios (1910-1960).
Indígenas num tribunal colonial: pela
Estêvão Martins Palitot (UFPB -
manutenção ou restituição da liberdade
Universidade Federal da Paraíba)
(Minas Gerais, séc. XVIII)
Fernanda Aparecida Domingos Pinheiro Ciço Pereira Xukuru do Ororubá:
(Universidade da Integração Internacional testemunho da participação indígena
da Lusofonia Afro-Brasileira) nas Ligas Camponesas no Semiárido
pernambucano
Um procurador indígena: a história de
Edson Hely Silva (UFPE/UFCG)
José Pereira dos Santos
Iviana Izabel Bezerra de Lira (UFRPE Maninha Xukuru-Kariri: “hoje sabemos
- Universidade Federal Rural de o lugar que queremos ocupar na
Pernambuco) História do país”
Aldemir Barros da Silva Júnior
Redes de conhecimento no Vale
(UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS)
Amazônico: Índios e a História Natural
(1750-1803) Reflexões a partir de histórias de vida de
Rafael Rogério Nascimento dos Santos mulheres indígenas da Terra Indígena
(UNIFESSPA - Universidade Federal do Sul Jaraguá, São Paulo-SP
e Sudeste do Pará) Letícia Zanon Yokoi (USP)
Agenciamentos indígenas no Maranhão Território, identidades e atuação
regencial ( 1840- 1860) política: biografia do ex-cacique
Karilene Costa Fonseca (IFMA - Instituto Apolônio Xokó
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Diogo Francisco Cruz Monteiro (Escola
do Maranhão) A Mágica do Saber), Kléber Rodrigues
Santos (SEED SE)
Caboclo, herói e mito: Bernardo e a
construção da historia indígena O PROTAGONISMO FULKAXÓ E CAXAGÓ:
Vania Maria Losada Moreira (Universidade ressurgimento de comunidades
Federal Rural do Rio de Janeiro) indígenas em Sergipe.
Carine Santos Pinto (Colégio Patrocínio de
Histórias vividas por Andrés Guacurary
São José)
y Artigas e “os seus”

234
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 Martha Rosa Figueira Queiroz (UFRB)
Localização: CE, SALA B13
Processo de reconhecimento étnico
Carnijó/Fulni-ô: Entre teias, conexões e Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
alianças
Deisiane Da Silva Bezerra (Secretaria O uso de memes de internet na
Municipal de Educação de Igaci) Aprendizagem histórica
Eliete Ribeiro araújo (C. E. Fortunato
Índios Xukuru-Kariri: migrações, Moreira Neto)
resistências e relações de trabalho
Adauto Santos da Rocha (UFCG - Rodas de conversa: percepções de
Universidade Federal de Campina Grande) alunos sobre o ensino da história e
cultura africana e afro-brasileira na
HABITANDO NA MATA DA CAFURNA: educação básica
afirmação identitária e socioambiental Leocardia Cristina Reginaldo da Cruz
no semiárido alagoano (UNIARA - Universidade de Araraquara)
Mary Hellen Lima das Neves (AL)
Práticas que emergem: o “Prêmio
Povo Indígena Pankará, Serra do Educar para Igualdade Racial” como
Arapuá, Carnaubeira da Penha/PE: uma referência de execução da Lei
relações socioambientais e interétnica 10.639/03
no sertão do São Francisco Maíra Pires Andrade
Edivania Granja da Silva Oliveira (IF
SERTÃO PE) Ensino de História e Cultura Afro-
Brasileira e Africana: Atividades
YunaréMarakusi e o processo Desenvolvidas no Colégio Estadual
centralizador na Missão Tiriyó Professor Edgard Santos – CEPES (2014-
Joanan Marques de Mendonça 2018)
A atuação do Conselho indigenista Luís Carlos Borges da Silva (Colégio
Missionário na promoção do Estadual Professor Edgard Santos - CEPES)
protagonismo indígena Educação para relações étnico-raciais:
Ana de Melo (Prefeitura da Cidade do Rio uma proposta de visibilizar a Lei
de janeiro) 10.639/2003 e decolonizar o currículo no
Gilvan Lemos: a biografia de um Centro de Ensino Fundamental Miguel
biógrafo Xukuru Arcanjo, em São Sebastião – Distrito
Flavio Joselino Benites Federal.
Técia Goulart de Souza (Secretaria de
O protagonismo indígena em Roraima e Estado de Educação do Distrito Federal)
a constituição de 1988
Emanuel de Araújo Rabelo (UFRR) Como contar histórias que não são
minhas? Meninas negras no espaço
escolar privado:Currículo, docência e
ST 147. Reeducação étnico-racial e linguagem em perspectiva decolonial
ensino-aprendizagem em História: Anne Caroline de Carvalho Nunes (UFRJ -
diálogos possíveis, relações necessárias Universidade Federal do Rio de Janeiro)

Coordenação: Lourival dos Santos (UFMS),

235
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 universidades públicas do Norte
do Brasil: uma análise dos Projetos
O perfil étincorracial dos(as) alunos(as) Pedagógicos
do ensino médio integrado do Instituto Karla Leandro Rascke (Universidade
Federal do Pará – Campus Conceição do Federal do Sul e Sudeste do Pará)
Araguaia
Disputas epistemológicas no ensino de
Raimunda Conceição Sodré
História e as lutas do movimento negro
Eletiva de Cultura Negra no cotidiano na Educação
EEMTI Coronel Murilo Serpa: AmilcarAraujo Pereira (Universidade
contribuições para implementação da Federal do Rio de Janeiro), Thayara
Lei Nº 10.639/03. Cristine Silva de Lima
Regis Alves Pires (SECRETARIA DE
SABERES DOCENTES, CULTURA AFRO-
EDUCAÇÃO DO MUNICIPIO DE ITAPIPOCA)
BRASILEIRA E GENEALOGIAS DO “EU”: a
Cultura afro-brasileira e Ensino de experiência de si como metodologia na
História: Desafios, possibilidades pesquisa em formação de professores
e ressignificações a partir da Lei de história.
10.639/03: Temas sensíveis na Educação Gustavo Manoel da Silva Gomes (UFAL)
Básica de Mairi - BA
A História que a História não conta: lutas
Silvana Reis da Silva Cerqueira
identitárias e conhecimento histórico
(SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO
escolar
DA BAHIA)
Warley da Costa (UFRJ)
Arte africana e afrodiaspórica dentro e
Temas sensíveis no processo de tornar-
fora da sala de aula: Ensino de História,
se professor de história na Unilab:
Pedagogia Decolonial e Lei 10.639/03 no
saberes em debate nas experiências de
Colégio de Aplicação da UFRJ
estágio-regência
Jacques Ferreira Pinto (UFRJ)
Igor Fonsêca de Oliveira (Universidade
REPRESENTAÇÕES E CONHECIMENTOS da Integração Internacional da Lusofonia
DOS ACADÊMICOS DE PEDAGOGIA: um Afro-brasileira), Maria Cláudia Cardoso
estudo de caso em uma faculdade de Ferreira (Universidade da Integração
João Pinheiro (MG) Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Maria Célia da Silva Gonçalves - UNILAB - Bahia)
(Universidade Católica de Brasília)
Ensino de História e currículo
Revisitando o Currículo de História quilombola: saberes tradicionais,
da Educação Básica através da Lei memória e o trabalho do historiador
10.639/2003: desafios de novas Lourival dos Santos (UFMS)
abordagens e da inserção de novos
O PIBID e seus processos formativos:
sujeitos no currículo eurocêntrico
propostas e práticas pedagógicas no
Flávia Rodrigues Lima da Rocha (SEE-
trabalho com a diversidade
Secretária de Estadual de Educação)
Adriana Gomes Tavares (SEE MG)
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
O antirracismo e a disputa por novos
sentidos à história em Portugal
O ensino de História da África nas

236
Fernanda Nascimento Crespo (SEEDUC e Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
SME RJ)
A imprensa luso-brasileira e a ampliação
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 da esfera pública: 1808-1823.
Augusto Henrique Assis Resende
“Esse terreiro tem História”: Ensinando
História e Cultura Afro-Brasileira por A imprensa pernambucana do processo
meio de um estudo sobre Candomblé de independência
Leonardo de Jesus Tavares (SEEDUC RJ) Arthur Ferreira Reis (UFES - Universidade
Federal do Espírito Santo)
OS CADERNOS DE EDUCAÇÃO DO ILÊ
AIYÊ: o ensino da história e cultura afro- Movimento associativo na Corte
brasileira, entre práticas e princípios regencial
Joelma Cristina de Lima Antunes Marcello Otávio Neri de Campos Basile
(Universidade Federal Rural do Rio de
Práticas Culturais Afro-brasileiras na Janeiro)
Escrita Didática de História
Waldeci Ferreira Chagas (UEPB - Campus As municipalidades e o processo
de Guarabira) de construção do Estado imperial
brasileiro: um estudo de caso sobre
Tecendo saberes e desatanto pontos: Mariana - MG (1828-1834)
dos caminhos para uma educação Glauber Miranda Florindo (FAF - Faculdade
decolonial à uma epistemologia do Futuro)
jongueira
Pâmela Cristina Nunes de Carvalho A loja Vigilância da Pátria e as
transformações da maçonaria brasileira
Ensino de história para migrantes: entre na década proibida (1822-1831)
o formal e o popular, conhecendo os Pilar Ferrer Gomez (USP - Universidade de
sujeitos e espaços educativos em Porto São Paulo)
Alegre.
Maria do Carmo Rodrigues Karam As sociedades políticas e a problemática
das tipologias políticas na Regência
História Transgressora: uma nova Weder Ferreira da Silva (INSTITUTO
epistemologia para ensinar e aprender FEDERAL DE EDUCAÇÃO TÉCNICA E
História TECNOLÓGICA DO SUDESTE DE MINAS
Giovana Xavier (UFRJ - Universidade GERAIS)
Federal do Rio de Janeiro)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00

ST 148. Representação política no Brasil “O princípio deste século tem sido


oitocentista: parlamento, grupos e empregado em política”: a linguagem
sociedades, partidos, imprensa, elites republicana do Typhis Pernambucano
intelectuais e movimentos populares Pedro Henrique Duarte Figueira Carvalho
(UFF - Universidade Federal Fluminense)
Coordenação: Wlamir José da Silva
(UFSJ), KarullinySilverol Siqueira (UFES) Construção do Estado e formação dos
Localização: NIATE CB-CCS, SALA 309 grupos políticos no Primeiro Reinado
e Regências: os debates sobre as

237
ordens honoríficas na imprensa e no durante o Quinquênio Liberal (1844-
Parlamento 1848).
Camila Borges da Silva (UERJ) Rafael da Fonseca Tamae
Conselho Geral de Província: percalços Carreiros, tropeiros e lavradores no
e tensões na instalação de novas Caminho do Mar: eleições e votantes da
instituições políticas na província da freguesia de São Bernardo, subúrbio
Bahia. (1828-1830) da cidade de São Paulo, na segunda
Nora de Cássia Gomes de Oliveira metade do século XIX
(UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA) Rodrigo Marzano Munari (Fundação Pró-
Memória de São Caetano do Sul)
Quem vai ser brasileiro? Apontamentos
sobre identidade nacional na “O fato de ser mulher lhe dificulta muito
Constituinte de 1823 os negócios”: O Terceiro Reinado em
Cecília Siqueira Cordeiro (UNB ) questão na imprensa provincial
Rafael de Oliveira Cruz (UFS - Universidade
Ordens Religiosas e representação
Federal de Sergipe)
política no Brasil (1822-1831)
AndreLuis Freire Lima Filho Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00

Sistema Eleitoral, reformas e o


Parlamento brasileiro no século XIX Debates e projetos sobre escravidão na
Vanessa Silva de Faria (SEPRO - Sistema década de 1860-1870
de Ensino) Bruna Oliveira da Silva
Joaquim Nabuco: leis e liberdade na
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
perspectiva abolicionista
Antonio Carlos Gonçalves
Os Partidos Políticos nos Oitocentos:
historiografia, origem e composição “Cearenses, Cruzados da Gloria!”: a
social construção da memória sobre a abolição
Edyene Moraes dos Santos (Universidade da escravidão no Ceará (1884)
Federal do Maranhão) MarlieneMaiara de Meneses (Secretaria de
educação do Ceará)
Impresso na tipografia da Viúva Roma:
uma mulher à frente da edição e Trabalhadores escravizados na luta pela
circulação de panfletos e periódicos liberdade no final da escravidão em
rebeldes na Insurreição Praieira Bananeiras-PB, 1871-1888
Carolina de Toledo Braga (UFF) Daniel de Oliveira (Prefeitura Municipal de
Caiçara)
O Império e o Imperador: motivações
para viagem de D. Pedro II à província A abolição em Itaboraí-RJ e seus reflexos
de Pernambuco em 1859 imediatos: uma análise das publicações
Ana Cristina Bezerra Costa (SECRETARIA do jornal O Social (1886-1890)
DA FAZENDA DO ESTADO DE Gilciano Menezes Costa (SEEDUC)
PERNAMBUCO)
O Mercado Público de Aracati na
O Parlamento Imperial e a política Ocupação do Espaço Público da Cidade.
externa para o Rio da Prata: controle Alex da Silva Farias (Universidade Estadual
e fiscalização da atuação ministerial do Ceara)

238
ST 149. Representações do continente Colonial Portuguesa de 1934
africano, Ensino de História da África no Karla Ribeiro Gabriel Mesquita
Brasil e Estudos Africanos.
Manjaco: Construção das identidades
a partir da contraposição ao projeto
Coordenação: Ivaldo Marciano de França
ideológico do “homem novo” no
Lima (UNEB Universidade Estadual
contexto pós-colonial (1963 – 2012).
da Bahia - Campus Alagoinhas.), José
Virginio Vicente Mendes (ESTUDOS
Francisco dos Santos (Universidade
AFRICANOS, POVOS INDÍGENAS E
Federal do Oeste da Bahia -UFOB)
CULTURAS NEGRAS)
Localização: NIATE CB-CCS, SLA 205
Sessão 2 – 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

Estado e questão agrária na economia


Notas sobre as bases históricas e as os
política da Frente Patriótica Ruandesa
processos de configuração cultural das
(FPR) no pós-genocídio de 1994: as
nações na África Ocidental (1750-1800)
Home GrowSolutions e a releitura do
Itacir Marques da Luz (UNILAB -
passado.
Universidade da Integração Internacional
Danilo Ferreira da Fonseca (UNICENTRO -
da Lusofonia Afro-Brasileira)
Universidade Estadual do Centro Oeste)
Os Igbos entre a Literatura e a História:
Ruanda, 1994: guerra tribal, étnica,
representação, verdade e ficção.
genocídio ou guerra civil? Por uma
Priscila Borges de Novaes (APLB SÃO
história de Ruanda e dos ruandeses!
SEBASTIÃO DO PASSÉ)
Ivaldo Marciano de França Lima (UNEB
Descolonização e emergência dos Universidade Estadual da Bahia - Campus
Festivais culturais saelo-saarianos Alagoinhas.)
Mahfouz Ag Adnane (PUC-SP)
Ruanda e a Violência Sexual Contra
O griô historiador: um estudo sobre Mulheres: Da Guerra Civil de 1994 a
fontes e o ofício do historiador, através Situação Atual
da mitologia soninquê Luciane Silva dos Santos (Centro de
Rodrigo Castro Rezende (UFF) Referência de Atendimento a Mulher
em Situação de Violência Doméstica e
À sombra do diabo? A África Centro
Familiar)
Ocidental aos olhos dos missionários.
Edgleice Santos da Silva (Universidade Cinema e História: As narrativas fílmicas
Federal da Bahia) e a guerra civil de Ruanda.
Rita de Cassia Ferreira dos Santos
Países Africanos em processo de
independência de Portugal e a Africanos libertos: inserção e ascensão
contribuição de Paulo Freire para uma social em atividades comerciais em
nova educação. Salvador (1850-1888)
José Francisco dos Santos (Universidade Aline Santos de Oliveira
Federal do Oeste da Bahia -UFOB)
Engenho Cajaíba: memórias da
Fotografia e Gênero: A representação escravidão no recôncavo baiano.
das mulheres africanas na 1.ª Exposição Raimundo Cerqueira Santos

239
Os terreiros de candomblé: entre musicais do Olodum nos anos 1980
histórias e memórias de repressão e Edvaldo Lopes Santos Filho
resistência nos anos 1920.
Estereotipias e biblioteca colonial
Henrique dos Santos Barbosa (PPGEAFIM/
Maria Edneusa Pereira Silva (Prefeituras
UNEB)
Municipais de Conceição do Coité/BA e
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00 Barrocas/BA)
Representações e discursos sobre a
As tecnologias africanas no ensino África e o cristianismo no Brasil
médio Elba Oliveira Chrysostomo (Prefeitura
Márcia Farias de Oliveira e Sá (Instituto Municipal de Salvador)
Federal de Educação Ciência E tecnologia
do Sertão pernambucano - Campus A Representação da África em mosaicos
Salgueiro) cartagineses: entre trocas e embates
culturais
As imagens da África em discussão: Waleska Souto Maia (PUC-RIO - Pontifícia
invenção e reinvenções Universidade Católica do Rio de Janeiro)
Elisângela Coêlho da Silva (Secretaria
Estadual de Educação de Pernambuco) Representação, Currículo e Formação
sobre quilombos e o continente africano
O Ensino de História da África como nas escolas “ditas” quilombolas na
instrumento de desconstrução das Rede Municipal de Ensino de Salvador
representações sociais do racismo em Ilha de Maré.
Hortência KeizeAraujo Cardin (COLÉGIO Noliene Silva de Oliveira (SECRETARIA
MILITAR DE BELÉM) MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO)
O ensino de História da África e as Representações do continente africano
representações do continente africano na coleção dos livros didáticos de
na Educação Básica História, adotados nas escolas da rede
Alerrandson Afonso Melo Pinon (SEMEC municipal de ensino de Valente – BA.
BELEM), Luiz Augusto Pinheiro Leal (UFPA Ana Cláudia do Carmo Cedraz (APLB)
- Universidade Federal do Pará)
Memórias da África nos cantos
Africanização Do Movimento Negro: congadeiros e moçambiqueiros
Africa Na Educação Brasileira Lívia Nascimento Monteiro (Centro
Manoel Vitorino da Conceição (Aprofen) Universitário Celso Lisboa)
História da educação da população
negra na província do Ceará: ST 153. Teoria da História e História da
organização e catalogação de fontes no Historiografia I
Arquivo Público do Estado.
Fabio Eduardo Cressoni (Universidade Coordenação: Luiz Carlos Bento
da Integração Internacional da Lusofonia (Universidade Federal de Mato Grosso
Afro-brasileira UNILAB) do Sul), Wagner Geminiano dos Santos
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 (SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE SÃO JOSÉ
DA COROA GRANDE)
África: outras representações - as letras Localização: CFCH, 10º ANDAR, SALA 01

240
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 A revista do IHGRN e a constituição de
um lócus – 1903.
História da Historiografia: Patrícia da Silva Azevedo
apontamentos sobre os avanços e
possibilidades do campo nas últimas Mnemosine e Clio: o Instituto Histórico e
décadas no Brasil. Geográfico do Rio Grande do Norte entre
Luiz Carlos Bento (Universidade Federal memória e história (1903-1927)
de Mato Grosso do Sul) Bruno Balbino Aires da Costa (IFRN/
Campus Canguaretama)
A retórica da crise e a emergência da
crítica historiográfica no Brasil a partir Forjando um homem: a trilha biográfica
dos anos 1980. na escrita da história potiguar (1945-
Wagner Geminiano dos Santos 1964)
(SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE SÃO JOSÉ Ledson Marcos Sousa da Silva (Centro de
DA COROA GRANDE) Ensino Superior do Seridó)

Lugar de fala, experiência e O IHGSP e as primeiras configurações do


memória: questões para o historiar curso de História da USP (1933-1934)
contemporâneo Aryana Lima Costa (DHI - UERN)
Pablo Spíndola (UFRRJ) Literatura de cordel: historiografia,
Sobre ética e escrita da história, mais práticas, arquivos
uma vez: o caso de Os Sertões, de Rosilene Alves de Melo (UFCG -
Euclides da Cunha (1902) Universidade Federal de Campina Grande)
Evandro dos Santos (UFRN) Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
A escrita faustiana da Primeira
República: a relação entre história Seria Fukuyama um hegeliano de direita
e memória nos primeiros trabalhos e Žižek um hegeliano de esquerda?
acadêmicos de Boris Fausto Renato Paes Rodrigues (UNIRIO -
Fabiane Costa Oliveira (Instituto Ferderal Universidade Federal do Estado do Rio de
de Educação, Ciência e Tecnologia de GO) Janeiro)

Reflexões teórico-metodológicas em O que é ser contemporâneo: cultura


História da Historiografia da Ciência: o histórica a partir de Nietzsche e
método em foco Agamben
Luiz Cambraia Karat Gouvêa da Silva Valdinar da Silva Oliveira Filho (UESPI)
(UNESP - Universidade Estadual Paulista Nietzsche e a História: crítica a ciência
Júlio de Mesquita Filho) moderna e sua apologia da História para
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
vida.
Maria de Fátima Batista Vieira
O indígena na produção historiográfica Tempo Presente, Experiência de Tempo,
da revista do Instituto Histórico e Perspectivas de Futuro: Aproximações
Geográfico Brasileiro (1839-1870) Teóricas.
Juliana Saez de Carvalho (Unifesp) Josias José Freire Júnior (Instituto Federal
de Educação, Ciência e Tecnologia de
Brasília - IFB)

241
Por uma história fenomenológica na Baixada Fluminense
Aleandro Gonçalves Leite Eliana Santos da Silva Laurentino
Virada ontológica e modos de
historicidade: mundos (im)possíveis ST 154. Teoria da História e História da
Everton de Oliveira Moraes (Secretaria de Historiografia II
Educação do Estado do Paraná)
Coordenação: Durval Muniz de
Questionamento em retorno:
Albuquerque Junior (UFRN), Temístocles
considerações sobre a narrativa
Cezar (UFRGS)
histórica e as contribuições de Paul
Localização: CFCH, 10º ANDAR, AUDITÓRIO
Ricoeur
PPGH
IsanaraKethly Silva Sampaio
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00

Considerações sobre história em


Introdução aos Estudos Históricos: a
Jaques Rancière: temporalidades e
bíblia ou o index historiográfico?
desidentificação
Livia Maria Orsati Clara (Universidade de
Fernando Vojniak (Universidade Federal
São Paulo)
da Fronteira Sul)
Retrato Historiográfico: Um
A História como ciência nas páginas
levantamento sobre teses em História
da Revue de synthèsehistorique
que utilizam imagens como fontes
(1900 – 1914): Reflexões acerca da
(2007- 2017)
interdisciplinaridade
Khyara Gabrielly Mendes Fontanini
Miguel KancelskisDrigo (UFPR -
A Insularidade e o saudosismo Universidade Federal do Paraná)
circunscrito em águas: Uma análise
Narrativas populares no Museu
meta-histórica sobre O Romance das
Universal: consumindo o historicismo
Ilhas Encantadas de Jaime Cortesão
(1830-1840)
(1926)
Valdei Lopes de Araujo (UNIVERSIDADE
Douglas André Gonçalves Cavalheiro
FEDERAL DE OURO PRETO)
(Secretaria de Estado da Educação e da
Cultura do Rio Grande do Norte) Entre a Tragédia e a História: o
problema do tempo histórico na teoria
Jane Austen como possibilidade de
da história de Georg Simmel
pesquisa dos espaços generificados
Edmo Videira Neto
(1775-1817)
Camila Rafaela Pereira de Souza Razão e sentimento em “Uma visão
histórica e moral da Revolução Francesa
Para conhecer a Educação Histórica: um
(1794) de Mary Wollstonecraft”
inventário a partir da teoria da história
Renata Dal Sasso Freitas (Universidade
sobre a Educação Histórica em Portugal
Federal do Pampa)
Thiago Augusto Divardim de Oliveira
(Instituto Federal do Paraná) Uma historiadora em viagem: itinerário
de AdelineDaumard no Brasil (1975-
Entre a Vila de Iguaçu e Duque de
1979)
Caxias: as influências historiográficas

242
Daiane Vaiz Machado (UNESP - Tempo presente, temporalidades e
Universidade Estadual Paulista Júlio de ensino de teoria e metodologia da
Mesquita Filho) história
Mara Cristina de Matos Rodrigues (UFRGS)
Eric Hobsbawm: Paixão e Projeto
Político A CONSTRUÇÃO DO MÉTODO
Priscila Gomes Correa (Universidade do HISTÓRICO: Um estudo da obra de
Estado da Bahia) Johann Gustav Droysen (1808 - 1884)
Robeilton de Souza Gomes (UFRRJ -
Juana Paula Manso e o “Compendio
Universidade Federal Rural do Rio de
de la Historia de las Provincias
Janeiro)
Unidas delRío de la Plata”: gênero e
historiografia na Argentina do século A concepção de história de Foucault e
XIX sua relação com o pensamento de Kant:
Deise Cristina Schell (Universidade do Vale da antropologia crítica à ontologia
do Rio dos Sinos) histórica
Tiago Viotto da Silva (UNESP -
Devir-antilhano: sugestões para uma
Universidade Estadual Paulista Júlio de
“historiografia da libertação” a partir
Mesquita Filho)
de Édouard Glissant (1980-2011)
Gabriela Alexandra Mitidieri Malta Cals O Mediterrâneo do outro lado do
Theophilo (UFJF - Universidade Federal de Atlântico: Braudel à brasileira.
Juiz de Fora) Lidiane Soares Rodrigues (UFSCAR -
Universidade Federal de São Carlos)
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
“Escola uspiana” e “herança dos
Annales”: problemas e perspectivas de Entre fissuras e construções: a
pesquisa constituição de um campo de estudos
Mariana Ladeira Osés sobre gênero na historiografia brasileira
(décadas de 1980 e 1990)
Clio na montanha-russa: a historiografia
Branca Zilberleib (USP - Universidade de
sensível de Nicolau Sevcenko
São Paulo)
Fábio Franzini (Universidade Federal de
São Paulo - Unifesp) Relações de orientação na Pós-
Graduação em História no Brasil: um
A historiamagistra vitae e a semântica
exercício de visualização de redes
da dúvida. Ensaio sobre o ceticismo na
João Rodolfo Munhoz Ohara (UNESP -
escrita da história no Brasil do século
Universidade Estadual Paulista Júlio de
XIX
Mesquita Filho)
Temístocles Cezar (UFRGS)
As Hierarquias do Silêncio: não-ditos
O significante é a referência.
significativos no momento de se realizar
André Gustavo Ferreira da Silva (UFPE)
um estudo de história da historiografia.
Um arquivo para a invenção do paulista Durval Muniz de Albuquerque Junior
Karina Anhezini de Araujo (UNESP - (UFRN)
Universidade Estadual Paulista - Campus
de Franca)

243
“Intérprete do irreal”: a (re)invenção do Thiago Braga Teles Da Rocha (Secretaria
saber folclórico por Veríssimo de Melo de Educação do Estado do Ceará)
(1948-1975)
AMAZÔNIA: a escrita da História e a
Ewerton Wirlley Silva Barros
invenção da região
Fissuras no presentismo: época e Roberg Januário dos Santos (Universidade
mudança histórica nos protestos Federal do Pará)
políticos contemporãneos.
HISTÓRIA E HISTORIADORES DA
Luisa Rauter Pereira (Universidade Federal
AMAZÔNIA: o Brasil e a Amazônia nos
de Ouro Preto)
quadros da Historiografia nacional
As artes da existência a partir de Michel Lucilvana Ferreira Barros (UNIVERSIDADE
Foucault: notas de diálogo e reflexão FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ)
teórica com “A aventura de contar-se”,
Uma biografia ou um elogio à província
de Margareth Rago, e as artes feministas
de S. Paulo? Os juízos históricos de
da existência.
Aquino e Castro.
Flávia da Rosa Melo (UFPR)
Aline MicheliniMenoncello (UNESP -
Normas e práticas de publicação de Universidade Estadual Paulista Júlio de
periódicos acadêmicos de História no Mesquita Filho)
Brasil
Controlar o passado para escrever
Miguel Soares Palmeira (Universidade de
a história do Brasil. Atalhos
São Paulo)
e descaminhos da operação
Um novo “gênero epistêmico” para os historiográfica do IHGB desde sua
historiadores: o manifesto fundação até 1850
Tiago Santos Almeida (UFG - Universidade Paulo Roberto de Jesus Menezes (UFRJ)
Federal de Goiás)
O “Perfil do Marquês de Pombal” e as
História das mulheres e das relações disputas em torno das impressões sobre
de gênero: um olhar sobre a “Revista o passado pombalino
Brasileira de História” Gustavo Pereira (CHAM - Centro de
Benedito Inácio Ribeiro Júnior Humanidades, FCSH, Universidade Nova
(Organização Aparecido Pimentel de de Lisboa)
Ensino e Cultura (OAPEC))
Entre história e biografia e as
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00 experiências do tempo no Brasil
oitocentista (c. 1847-1898)
Argumento por argumento, palavra Rafael Terra Dall’ Agnol
por palavra: A pena em riste do pai da
história do Brasil, Francisco Adolfo de ST 157. Trajetórias e (auto)biografias:
Varnhagen. modelos, limites, desafios e
Victor Hugo Baptista Neves (SEEDUC - possibilidades
Secretaria de Estado de Educação do Rio
de Janeiro) Coordenação: Wilton Carlos Lima da Silva
A fabricação historiográfica mística em (UNESP - Assis)
Sobral (1922 - 1991) Localização: CCSA, BLOCO D, SALA D-08

244
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00 Sodré
João Muniz Junior (UNESP - Universidade
“Meu sentir e meu pensar não os Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho)
compreende ninguém:porque também
a ninguém os revelo”: Um olhar sobre Entre redes e historiografia: a trajetória
os escritos autobiográficos de Maria do historiador Carlos Humberto
Firmina dos Reis Pederneiras Corrêa (1963-2010).
Natália Lopes de Souza Karla Simone Willemann Schütz (UDESC)

Quem sou eu? Nordestina, mulher, Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
trabalhadora e militante: identidades
e escritas de si nas memórias de Luíza Usos da escrita de si em “Um estadista
Erundina de Sousa (1934 - ) do Império” (1897-1899), de Joaquim
Roger Camacho Barrero Junior Nabuco
(Universidade Federal do Rio Grande do Samuel Barros de Medeiros Albuquerque
Sul) (Universidade Federal de Sergipe)

Guerrilheiras e biografias: a imagem da O Bragança d’além mar: as visitas de


mulher militante nos ciclos de memória D. Pedro II a Portugal (1871-72;1877 e
sobre a ditadura civil-militar brasileira 1887)
Juliana Marques do Nascimento Lucia Maria Paschoal Guimarães
(Prefeitura do Município de São Paulo) (Universidade do Estado do Rio de
Janeiro)
“A Safo de Perdizes”: Um estudo da
autobiografia de Cassandra Rios Uma leitura da experiência(s) de
Ingrid Mancilha Cesar (UNESP - formação e de sociabilização intelectual
Universidade Estadual Paulista Júlio de do personagem Joaquim José Rodrigues
Mesquita Filho) Torres na Universidade de Coimbra
(1821-1825)
Música, Memória e Biografia: a MPB Lívia Beatriz da Conceição (UERJ)
ouvida e vivida de Sérgio Cabral
Wilton Carlos Lima da Silva (UNESP - Paul Vincent Villon: um paisagista
Assis) francês no Brasil entre o Império e a
República
Ruy Castro e o Retrato da Música Cristiane Maria Magalhães (CESEP)
Popular no Brasil: aspectos e
considerações sobre a produção Breve revisão do modernismo gaúcho:
biográfica e o processo formativo de trajetórias intelectuais e produção de
identidade nacional literatura nos anos 1920
Manoel Messias Alves de Oliveira JocelitoZalla (Universidade Federal do Rio
Grande do Sul)
“Marcada”: Memória e Representação
nas Canções de Maysa (1955-1974). “Destino de escritor é destino vario”:
Angela Teixeira de Almeida (Prefeitura projetos, polêmicas e boemia na
Municipal de assis) trajetória intelectual de Virgínius da
Gama e Melo
Performance e virtudes epistêmicas Laércio Teodoro da Silva (UFCG)
no memorialismo de Nelson Werneck

245
O arquivo pessoal de um livreiro-editor Espaços (auto) biográficos virtuais:
multifacetado: José Petronillo de Santa entre recortes, seleções e apagamentos
Cruz e a Livraria Duas Cidades Márcia Regina dos Santos (UDESC -
Hugo de Carvalho Quinta (UNESP - Assis) Fundação Universidade do Estado de
Santa Catarina)
As cartas perguntadeiras: a construção
de uma rede de sociabilidade por Luís Intelectuais, imprensa e modernização,
da Câmara Cascudo Feira de Santana (1964-1980)
Raquel Silva Maciel Lise Marcelino Souza (UEFS)
Teoria da narrativa e teorias da História Extinguir-se de um lado para nascer do
na obra de Marcel Proust outro: discursos (neo)orientalistas na
Carlos Augusto da Silva Rosa autobiografia de um refugiado sírio
Daniele dos Santos de Souza (UFMT -
Sessão 3 – 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Universidade Federal de Mato Grosso)
Por que irmã Dubost escreve? A Ditos de sofrimento: Os canavieiros e
edificação da obra vicentina no Brasil o trabalho escravo contemporâneo na
Melina Teixeira Souza (Secretaria de Mata Sul de Pernambuco.
Educação do Estado de Minas Gerais) José Filipe Teixeira Carvalho (IFPE)
A trajetória biográfica do Cônego sábio
& santo: Luiz Gonzaga do Monte ST 158. Trajetórias, violência,
Bruna Rafaela de Lima Lopes (IFRN) criminalidade: história social nas
tramas da Justiça
OyáMatamba: uma história do
candomblé em Alagoinhas - BA
Coordenação: Francisco Ferreira Junior
Nana Luanda Martins Alves
(UNIOESTE), Marcelo de Souza Silva
Enfermagem e memória: trajetórias (Universidade Federal do Triângulo
biográficas Mineiro)
Véra Lucia Maciel Barroso (Irmandade Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 3-E
Santa Casa de Misericórdia de Porto
Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Alegre)
“Vibra o passado em tudo o que “Não tinha religião nem contava com
palpita”: Educação histórica e Deus”: crime e escravidão
narrativas autobiográficas de alunos do Roberto Radünz (UCS/UNISC)
Ensino Médio
Escravos e libertos nos registros
Jorge Luiz da Cunha (UNIVERSIDADE
policiais da Província de São Paulo
FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM), Waldy
Larissa Biato de Azevedo (UNESP/Câmpus
Luiz Lau Filho (UFSM - Universidade
de Franca)
Federal de Santa Maria)
“Quilombo de ladrões”: associação
Histórias de vida e currículo no ensino
entre escravos e “criminosos” de “todas
superior
as qualidades”. Bahia, 1823 - 1850
Andrea Abreu Astigarraga (Universidade
Igor Gomes Santos (Instituto Federal de
Estadual Vale do Acaraú - UVA)
Educação, Ciência e Tecnologia (IFBA))

246
Uma quadrilha que vendia gente livre: Presos cabanos depois da anistia de
escravização e reescravização ilegais no 1840: nos rastros de Romualdo Pedro
Ceará do Oitocentos dos Prazeres
Antonia Márcia Nogueira Pedroza João Victor da Silva Furtado
(Universidade Federal do Ceará)
A lei dos anarquistas: narrativas do
Jogando entre as brechas: a busca desterro sul-americano nas primeiras
por autonomia e liberdade pelos décadas do 1900.
escravizados na Villa do Aracati (1750- Diego Antonio Galeano (Pontifícia
1783) Universidade Católica do Rio de Janeiro)
Diego Cavalcanti Araújo (UFC)
LesMystères de São Salvador ou Quando
Caminhos e (des)caminhos em busca a Vida Imita a Arte: crime, literatura e
de liberdade: Damásia e Benedita nos representação no brasil do século XIX
registros judiciais da Vila de Castro, na Francisco Ferreira Junior (UNIOESTE)
segunda metade do século XIX
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Mariani Bandeira Cruz Oliveira
(Universidade Federal do Rio Grande do
OS BIRIBANOS E OS “MENORES”
Sul)
DEPORTADOS: Infância pobre e
Crime, escravidão e violência em abandonada do Sul da Bahia (1920-
Uberaba/MG, 1837-1887 1930)
Marcelo de Souza Silva (Universidade Tiago Casaes Santos
Federal do Triângulo Mineiro)
Entre o crime e a ideologia: Discursos
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 sobre as drogas durante a ditadura civil-
militar brasileira.
Defloramento não é estupro, havia Stênio Ricardo Carvalho dos Santos
consentimento sexual: uma análise da
Uso de Cannabis e Perseguição da
diferenciação dos delitos através de
População Negra no Rio de Janeiro no
fontes judiciais
Período Pós-Abolição
Janecleide Nunes Pereira
Thamires Regina Sarti Ribeiro Moreira
Para uma Histórias de Crimes, Desejos e (UNICAMP - Universidade Estadual de
Intimidades Campinas)
Maria Aparecida Prazeres Sanches (UEFS)
Criminalidade, Violência e Justiça
Criminalidade feminina na Amazônia na em Santa Luzia do Carangola-MG: As
virada do século XIX/XX transformações regionais e os impactos
Paula Dantas (Secretaria de Estado de sociais (1873-1892)
Educação) RandolphoRadsack Corrêa (Universidade
do Estado de Minas Gerais)
Histórias de violência contra as
mulheres pobres nas fontes da justiça Artigo 129, o crime de lesão corporal na
e nas páginas policiais: registros cidade Jardim.
da condição feminina na sociedade Rafael Augusto de Miranda
patriarcal do Recife.
Dos padrões e normas às lutas e burlas:
Inocência da Silva Galvão Neta
trajetórias de sujeitos, direito de viver e

247
práticas sociais dos “desprivilegiados” Entre hábitos e lei: o Império do Brasil
(Nazareth, 1890 – 1920) os seus desenhos político-institucionais
Lucas Santos Aguiar (Secretaria de no “ordenamento pátrio” – clientelismo
Educação do Estado da Bahia) e abuso de poder no Alto Sertão da
Bahia (1841-1870)
Trabalhadores “mal-definidos”: o
Nanci Patrícia Lima Sanches (Professora
processo de definição e indefinição de
da Rede Pública de Ensino do Estado da
modos de sobrevivência ao longo das
Bahia)
primeiras décadas do século XX (1900 –
1930). Ajuntamento ilícito: uma história do
Amanda Guimarães da Silva (UFC) descontrole na Corte regencial (1831 –
1837)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Kátia Luciene de Oliveira e Silva Santana
(UFRRJ - Universidade Federal Rural do
Sentidos para a transição:
Rio de Janeiro)
Apontamentos sobre o campo jurídico
no Período Monárquico. Os irmãos Vilella Tavares e o discurso
Marcus Vinícius Duque Neves (UFOP - político e jurídico em Pernambuco
Universidade Federal de Ouro Preto) (1836-1858)
Alexsandro Ribeiro do Nascimento
A invenção do assaltante no Rio de
Janeiro (1945-1964) HISTÓRIA SOCIAL DAS INSTITUIÇÕES
Marcos Luiz Bretas da Fonseca JURÍDICAS NO BRASIL: Uma História do
(Universidade Federal do Rio de Janeiro) Tribunal de Justiça da Bahia, a partir da
experiência do Desembargador Filinto
Ordem e Segurança na Província do
Justiniano Ferreira Bastos (1891-1939)
Ceará: o caso da Chefatura de Polícia no
Alexandra Vieira de Carvalho Santana
século XIX
(UFBA)
Patrícia Marciano de Assis (UFPE)
Notas Policiais: narrativas menores
ST 159. Violência de Gênero:
Daniel da Costa Gonçalves
interseccionalidades e sociedades
Os Deslocamentos ciganos pelas regiões “hiperconectadas”
Minas Gerais
Cassi Ladi Reis Coutinho (Secretaria de Coordenação: Lidia Maria Vianna Possas
Cultura do Estado da Bahia) (UNESP campus de Marília), Tânia Mara
Pereira Vasconcelos (UNEB)
Sob olhares da justiça: imigrantes
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 1-B
italianos nos processos-crime na região
centro-sul do Paraná Sessão 1 – 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Regiane Maneira (UDESC - Fundação
Universidade do Estado de Santa Catarina) “Ela mereceu?”: Uma visão da violência
justificada em Santo Antônio de Jesus,
Acordos e relações entre imigrantes
Bahia (1890-1930).
alemães e nacionais na Vila de São João
Stefanie Rocha Carneiro Pinho
de Santa Cruz (1879-1905, Rio Grande
do Sul) Mulheres Comuns, Histórias Complexas:
Jéssica Fernanda Arend Representações interseccionais (Porto

248
Alegre, final do XIX) Terrorismo de gênero e feminicídio:
Priscilla Almaleh (UNISINOS) contribuições teóricas para o estudo do
assassinato de mulheres em Vitória-ES
“Loura vênus” e outras mulheres
(2007-2010)
assumidas por Beatriz da Conceição, em
Alex Silva Ferrari (Universidade Federal do
Belém (década de 1940).
Espírito Snato)
Jessica Maria Pastana Moreira
A construção social da virilidade e a
Ciúmes, traição, estupro: A violência de
(re)produção do ódio às mulheres em
gênero contra mulheres em Porto Alegre
sociedades hiperconectadas
(1946-1957)
Tânia Mara Pereira Vasconcelos (UNEB)
Marluce Dias Fagundes (Unisinos)
Violência Contra a Mulher e Programas
“Mais um crime de morte aconteceu
Televisivos
nesta Cidade”: masculinidades e
Lúcia Soares da Silva (FCE - Faculdade
violência em Feira de Santana (1960-
Campos Elíseos)
1968).
Alanna da Silva de Freitas Mulheres Marvel: de Capitãs a Misses
- Questões de Gênero e violências de
Desigualdade de gênero em pauta:
Gênero na Ficção das Histórias em
releitura de formas tradicionais de
Quadrinhos
violência em Araguari nos anos 70.
Savio Queiroz Lima (Universidade Salgado
Gilma Maria Rios (IMEPAC -Araguari/MG)
de Oliveira - UNIVERSO)
Em defesa da “moralidade e da honra”:
Mulheres, loucura e mídia: uma
uma história de crime passional em
possibilidade de discussão sobre
Eunápolis-BA
violências de gênero a partir de oficinas
Maria Sandra da Gama (UNEB Campus
nas aulas de História em uma turma de
XVIII)
EJA.
Violência contra as mulheres e Muriel Rodrigues de Freitas (Secretaria de
biopolítica no sertão piauiense: os educação/rs)
efeitos da Lei 11.340/06 (2006/2016)
“Será que ela fez por merecer?” O
Angela Maria Macedo de Oliveira
ensino de História das mulheres no
(Universidade Estadual do Piauí - UESPI)
combate a(s) violência(s) de gênero
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00 HelayneMikaele Silva Lima (Estado do
Ceará)
Histórias de vida de mulheres idosas em
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
situação de violência: uma perspectiva
de gênero e de geração
Escravidão Infantil e Gênero na
Luciana Silveira (UFES - Universidade
Freguesia de São Gonçalo dos Campos,
Federal do Espírito Santo)
1865-1875
Conquistas e desafios para a erradicação Maria Cristina Machado de Carvalho
da violência contra as mulheres na (Universidade Federal Rural do Rio de
cidade de Oeiras (2009-2016) Janeiro)
Valderlany Mendes Dantas (Universidade
Federal do Piauí)

249
A INSTRUÇÃO DA INFÂNCIA NEGRA NA (IPHAN-Piauí), Juliana Alves de Andrade
BAHIA - NOTAS DE UMA PESQUISA - (UFRPE)
BAHIA, 1811/1890. Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-E
Ione Celeste Jesus de Sousa (UEFS)
Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00
Relações de amizade e solidariedade
como estratégias de atuação das O cinema de Vladimir Carvalho
parteiras diplomadas no Rio de Janeiro para além do sertão: um olhar
imperial descentralizado sobre a produção
Giselle Machado Barbosa (Fiocruz - cinematográfica brasileira nas décadas
Fundação Oswaldo Cruz) de 1970-1990
Imagens de Mulheres: As representações Aline Fernandes Carrijo (Universidade de
do feminino no Almanaque da Parnaíba São Paulo)
entre 1930-1970 Metamorfoseando, cidade e paisagem
Erasmo Carlos Amorim Morais (Governo urbana na obra de Gustavo Dall’Ara
do Estado do Maranhão) Aline Viana Tomé (Universidade Federal de
“O SONHO É UM TEMPO ONDE AS MINA Juiz de Fora)
NÃO TENHA QUE SER TÃO FORTE”: Os estabelecidos e os recém-chegados:
o feminismo e a desmistificação da a Geração Raimundo Cela no campo das
mulher guerreira artes plásticas do Ceará
Maria da Conceição da Silva Rodrigues Anderson de Sousa Silva (Universidade
(Instituto Federal de Ciência e Tecnologia Federal de Pernambuco)
do Pará)
Milton Hatoum, “espectador
Professora de história, irmã religiosa e emancipado”.
defensora da concretização da reforma Arcângelo da Silva Ferreira (Universidade
agrária: relatos sobre a vida de Irmã do Estado do Amazonas)
Olga Manosso
Coleção de coleções: um olhar
Elisandra Tomascheski (Secretaria de
excêntrico ao projeto moderno em
Estado de Educação - SED/MS)
acervos pessoais - uma prosa com Mário
(Re)contar as feminilidades inscritas de Andrade
nas telas do cinema conforme seu Elly Ap. Rozo V. Perez Ferrari (Instituto de
contexto de produção: uma análise Estudos Brasileiros da USP)
comparativa a partir de cenas dos filmes
O Cinema, mudança de hábitos e novas
A Bela Adormecida e Malévola.
condutas da sociedade paraibana no
Olívia Pereira Tavares (Instituto Federal
início do século XX
de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio
Lincon César Medeiros de Souza (SEE PE)
Grande do Sul)
A Melancolia de Werther: Uma
Representação Literária da Tristeza na
ST 161. Artes, Patrimônio e Educação: os
obra de Goethe
múltiplos suportes
Marina Fagundes Leal
Coordenação: José Bezerra de Brito Neto MODERNISTAS EM FORMAÇÃO: registros
(UFRR), Cícera Patrícia Alcântara Bezerra acadêmicos dos modernistas paraenses

250
de 1945 na Faculdade de Direito do Pará Silêncio, Salvaguarda e Transformação
Victor Russo Fróes Rodrigues (UFPA - da Produção de Cerâmica em Santana
Universidade Federal do Pará) do São Francisco-Se
Valdineide Maria da Silva
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
Reparação da cultura após o desastre
de Mariana: a continuidade das práticas Ensinar e Aprender História nas Redes
imateriais após o deslocamento Sociais Online: Possibilidades e Desafios
compulsório de Paracatu de Baixo para o Espaço Escolar
Bianca Pataro Dutra (Fundação Renova) Daniela Martins de Menezes Moraes
(Secretaria de Educação do Estado de
Quando a cidade e seus monumentos
Pernambuco)
contam sua História - o IHGB e a
homenagem aos patriarcas no Relato de experiência: a Mostra de
Centenário da Independência do Brasil curta-metragem da diretoria de ensino
(1922) de Botucatu.
José Lúcio Nascimento Júnior (UERJ) Marco Aguiar (Rede estadual de São Paulo)
“Periódico Ilustrado do Progresso da PEGAR O BONDE ANDANDO: as
Idade”: o arquétipo americano do sociabilidades nos bondes elétricos em
publicista José Carlos Rodrigues São Luís – MA.
Júlia Ribeiro Junqueira (Centro Federal de Maria das Graças do Nascimento Prazeres
Educação Tecnológica de Minas Gerais) (Universidade Federal de Santa Catarina
- UFSC)
Modernidade, modernização e saúde:
reformas urbanas em em Florianópolis / Álcool, medicamentos e outras drogas
SC nas primeiras décadas do século XX nos materiais paradidáticos entre os
Julia Vieira Tocchetto de Oliveira (UFPR - anos 1970-2000: embates de sentidos na
Universidade Federal do Paraná) educação
Maria de Lourdes da Silva (Universidade
Patrimônio cultural, festa e construção
do Estado do Rio de Janeiro - UERJ)
identitária: uma análise do processo de
titulação quilombola da comunidade do A Cabanagem entre fotografias e textos
Barranco de São Benedito (2010-2016) do presente
Karollen Lima da Silva Marina Feldhues Ramos (Universidade
Católica de Pernambuco)
Filhos do Trabalho, Irmãos na
Beneficência: A Sociedade Beneficente Tempo e espaço urbano nas fotografias
Artística Paraense, 1867-1874. de vendedores ambulantes do Rio de
Mathias Ferreira Brandão (UFPA) Janeiro e de Buenos Aires na passagem
para o século XX
Cadeira de Dentista, Máquina “Pica-
Viviane da Silva Araujo (UNILA -
Pau” e Projetor de Filmes. Usos
Universidade Federal da Integração
e ressignificações de objetos em
Latino-Americana)
exposições museais.
Odair da Cruz Paiva (Universidade Federal Cinema e Educação: o Instituto
de São Paulo - UNIFESP) Nacional do Cinema Educativo e a série

251
Brasilianas de Humberto Mauro Estadual de Ponta Grossa (UEPG)), Rafael
Wolney Vianna Malafaia (Colégio Pedro II) Schoenherr (Professor do curso de
Jornalismo da UEPG), Alvicio Vicente da
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00
Rocha
Migração para Rondônia a partir de
histórias biográficas (1970-1980) ST 162. História do Brasil e suas
Cátia Franciele Sanfelice de Paula (UNIR) Conexões
O “bom português”: perspectivas
Coordenação: Augusto César Acioly Paz
nietzschianas como contraponto à
Silva (AESA-PE) e Humberto da Silva
análise da presença dos colonizadores
Miranda (UFRPE)
dos trópicos em Raízes do Brasil, 1936.
Localização: NIATE CFCH-CCSA, SALA 2-F
Damião Duque de Farias (Universidade
Federal da Grande Dourados) Sessão 1 - 16/07/2019 das 14:00 às 18:00

Invenções Urbanas: A Italianidade como


Tecendo um ideal de liberdade: festejos
conceito entre o real e o imaginado nas
do abolicionismo em Belém (1881-
comunidades de colonização italiana no
1888).
Rio Grande do Sul
Carlos Denizar de Souza Machado
Eduardo Rotta Neves (UFRGS -
(Prefeitura Municipal de Bragança-Pará/
Universidade Federal do Rio Grande do
Seduc -Pará)
Sul)
Quilombo Abolição: identidade e
Calundus, magia e sedução nas
resistência
encruzilhadas e caminhos das Minas
Cléia Batista da Silva Melo (SEDUC-
Lisa Batista de Oliveira
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO)
Esfera pública, cultura material,
“A pátria livre”: a memória da
“pasquins” e “panfletos” na Crise do
escravidão e os significados do treze de
Antigo Regime luso-brasileiro (c.1788-
maio no Jornal Folha do Norte (1909 -
1822): leituras e apropriações da
1934)
história
Jaques Leone Matos de Oliveira
Luiz Carlos Villalta (UFMG)
A “pompa e circunstância” na criação
Juristas, escrita da história e usos do
do Bispado do Pará: o cerimonial como
passado em tempos de efemérides: o
modo de demarcar o lugar social da
caso dos congressos promovidos pelo
Igreja.
Instituto dos Advogados Brasileiros
João Antônio Fonseca Lacerda Lima
(1900-1943)
(Universidade Federal do Pará)
Mariana de Moraes Silveira (Universidade
Federal de Minas Gerais) Entre estratégias e táticas: aspectos da
trajetória escolar de Benedicto Galvão
Registros do aviador Cícero Marques em
- primeiro presidente negro da Ordem
Ponta Grossa segundo as lentes de Luiz
dos Advogados do Brasil /São Paulo (
Bianchi e a reportagem do Diário dos
1881-1930)
Campos (1914).
Keila da Silva Santos Rodrigues (EMEF
Patrícia Camera Varella (Universidade
JOSÉ DE ALCANTARA MACHADO FILHO)

252
A rejeição e os rejeitados: mecanismos O desenho urbano e o envelhecimento
de reprovação e candidatos fracassados populacional: Reflexões sobre o Plano
no Santo Ofício português (1588-1820) Piloto de Brasilia
Luiz Fernando Rodrigues Lopes (Instituto Maria Eduarda Vasconcelos de Almeida
Federal de Brasília - IFB) (UNICEUB - Centro Universitário de
Brasília)
ESCRAVOS NOS INVENTÁRIOS: Economia
e trabalho nos engenhos dos Cavalcanti A suspensão de garantias na província
Pernambuco (1824-1822) do Grão-Pará (1835): Indicações do
Maria de Fátima Dias Coelho (Funcionária deputado Ibiapina para conter a Revolta
Pública) dos Cabanos (1835)
Noemia Dayana de Oliveira
Mecanismos de vigilância e controle na
visita de Nossa Senhora do Desterro do O caso dos pardos Bellarmino e Antônio:
Poti em 1759 nascer de ventre livre antes da Lei do
Rafael de Lima Ribeiro Ventre Livre (1865-7)
Raphaela Ferreira Gonçalves (UFPE -
CANDENDÊ – SÍTIO DOS CRIOULOS: a
Universidade Federal de Pernambuco)
terra é meu quilombo (Barbacena- séc.
XIX e XX) Alforrias: nuances entre escravidão e
Roseli dos Santos (SEE -MG) liberdade
Roberta Conceição Tavares Soares
Sessão 2 - 17/07/2019 das 14:00 às 18:00
Sessão 3 - 19/07/2019 das 08:00 às 12:00
“A letra em tudo se comparece”: análise
paleográfica da autoria dos papeis A Inquisição no Espelho: A
sediciosos da Conjuração Baiana/ Representação do Santo Ofício
Revolta dos Búzios português pelos Inquisidores (1605 -
Alícia Duhá Lose (Instituto de Letras / 1643)
UFBA) Bruno Fernando Silva Matos Ribeiro
Imagens da colonização e contra- Novos caminhos para a história das
narrativas contemporâneas: a arte sociabilidades negras em Santos: perfis
pública como espaço de crítica e de e trajetórias dos irmãos e irmãs de São
produção de identidade. Benedito
Ana Rita Uhle (Universidade Federal da Fabrísio de Freitas Tenório dos Santos
Integração Latino-Americana)
Inquisição no Bispado do Maranhão:
Revisitando a lei de 1871: uma Organização e funcionamento
investigação sobre a produção social da Ferdinand Almeida de Moura Filho
diferença e a escravidão no Maranhão (Universidade Federal do Pará)
(1871-1888)
Essência e Lugar Histórico da
Celeste Silva Ferreira (IFMA ALC NTARA)
Insurgência Escrava da Bahia (1789 a
Sociedade Protetora dos Desvalidos: 1838)
uma experiência do mutualismo negro José Alberto Bandeira Ramos
no século XIX (1840-1870) (Universidade Federal do Recôncavo da
Douglas Guimarães Leite (UFF) Bahia-UFRB)

253
Familiares e testemunhas do Santo OS MANUAIS DE URBANIDADE EM UMA
Ofício: a formação de redes na CIDADE DE PIANOS E GRILHÕES: Os
Irmandade do Santíssimo Sacramento Códigos de Posturas Municipais na São
do Ouro Preto (séc. XVIII) Luís Oitocentista
Monalisa Pavonne Oliveira (Universidade Esmênia Miranda Ferreira da silva
Federal de Roraima) (FUNCIONARIA PÚBLICA)
“Parece-me Justo”: curadores de órfãos Os juízes eclesiásticos da diocese de
e as tutelas de menores de idade na Pernambuco e seu perfil social: uma
Amazônia Paraense. análise dos vigários gerais do auditório
Victor Hugo do Rosario Modesto eclesiástico de Olinda no século XVIII.
(Universidade Federal do Pará) Gustavo Augusto Mendonça dos Santos
(município do ipojuca)
Os homens da municipalidade e suas
redes societárias: estratégias e vínculos Festança de família negra tradicional
fortuitos da vida (Recife, século XIX) do interior: Sociabilidade, memória e
Williams Andrade de Souza (Secretaria história
de Educação do Estado de Pernambuco / Márcia Aparecida de Souza (SEEDUC-RJ),
UFRPE) Henrique Cunha Junior (Universidade
Federal do Ceará)
Heresias em perspectivas: os processos
contra índios nos bispados do Grão-Pará “República Bahinense na Conjuração
e Novo México (Século XVIII) Baiana de 1798: só é possível ser livre
Yllan de Mattos (Universidade Federal em um governo livre?”
Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ) Patrícia Valim (Universidade Federal da
Bahia)
Sessão 4 - 19/07/2019 das 14:00 às 18:00

A carreira de Napoleão Gabriel Bez


Deshayes – “Marchand d’habits” –
Comércio livreiro e tráfico interno de
escravos na província de Pernambuco
(1835-1858)
Aderivaldo Ramos de Santana
(Universidade Paris-Sorbonne)
“Habituados na prática do crime”:
quilombos, coutos de malfeitores e os
braços para a lavoura (Alagoas, 1870-
1880)
Danilo Luiz Marques (UNIFAI - Centro
Universitário Assunção)
O governo joanino e a política
institucional: fiscalidade, trajetórias e
práticas administrativas (1808-1821)
Eder da Silva Ribeiro (UFF)

254
255
256
257
PAINÉIS DA
GRADUAÇÃO
Quinta-feira. 18 de julho de 2019

10:00 às 12:00
Local: Quadra do Colégio de Aplicação CAp/UFPE

Autores Título

Adriana Moura Soares Os Mitos para a Compreensão da Figura Africana: a


valorização do negro

Adriane Aline Soares da Explorando o espaço de mercado e feira livre para o


Silva ensino de História.

Alan Abel Cavalcante Paiva A Capitania do Rio Grande sob o olhar vigilante da Igreja:
disciplina, heresias e Inquisição no século XVIII

Alanna Soares de Morais As mulheres e os seus cabedais: simbologia social dos


patrimônios femininos no Sertão do Piancó, Capitania da
Paraíba do Norte, Século XVIII

Alessandra da Silva A LGBTfobia no ensino básico: Bullying e Resistência


Supriyadi

Alexandre de Paiva Jesuíno Brilhante e a Monumentalização da figura do


Targino “bom bandido”

Alexsandra Santos Silva O Olhar de Fora do Tacho: um relato de experiência

Alice Maria de Jesus Reflexão sobre a cultura material dos espaços de


Teixeira produção rural da Amazônia Colonial Portuguesa.

Alice Maria de Jesus Reflexão sobre a cultura material dos espaços de


Teixeira produção rural da Amazônia Colonial Portuguesa.

Amanda Costa Brito O Livro Didático de História e a Lei 10.639/03: a


construção da narrativa nas fichas de avaliação do PNLD