Você está na página 1de 5

Projeto Final de Sistemas Supervisórios

O projeto a seguir tem o objetivo de agrupar as ferramentas aprendidas até agora com foco na
solução de um problema. Este trabalho deverá ser realizado em duas dimensões:

a) construção de um diagrama Ladder


b) construção de telas do sistema supervisório.

As telas a seguir são um exemplo do que iremos fazer:

A planta que monitoraremos será a seguinte:

Entretanto, iremos nos concentrar em apenas dois sistemas:

 Sistema Tanque 1
 Sistema de Aquecimento
Sistema Tanque 1

O Tanque 1 acumula fluido a ser transportado para o sistema de aquecimento e sistema


tanque 2 (não abordado). Eis suas condições de Operação.

As Bombas 1 e 2 serão operadas localmente (via botoeira manual local) e pelo sistema
supervisório. Suas condições de funcionamento são as seguintes:

a) As condições de partida de cada bomba deverão ser satisfeitas pelos dispositivos abaixo:

a1) Sensor de Nível Baixo do Tanque 1 (LSL-230);

a2) Relé de falta de fase (RFF-001);

a3) Sensor de vibração (VSH-001) de cada bomba;

a4) Chaves ZSL-001 e ZSH-002.

Condição das chaves ZSL-001 e 002. Quando não atuadas elas emitem contato fechado

b) Cada bomba deverá ser ligada em carga mínima. Para isso existe uma válvula de
recirculação chamada de XV-002 que deverá estar aberta na condição preparar de cada
bomba. O atuador desta válvula é pneumático. Desta forma, a posição do obturador da válvula
em relação a sua sede será constatada por chaves de fim de curso.

b1) A chave de fim de curso que indica que a válvula está aberta é a ZSH-001. A que
indica válvula fechada é a ZSL-001.

b2) A condição preparar para a partida deverá checar se o Ladder está dando condição
para ligar a bomba. A ação desta função preparar levará a válvula de recirculação para a
posição aberta. Nesta condição, o Ladder deverá exibir um Flag de PRONTO.
b3) Após a bomba escolhida ligar, a válvula de recirculação deverá se manter aberta
por 30 segundos. Após isso ela deve fechar para a bomba começar a trabalhar em carga. Se a
válvula permanecer aberta por 2 minutos, a bomba deverá ser desligada porque não estará
funcionando em carga.

b4) A válvula de recirculação será do tipo Normal Fechada. Ela recebe ar, a haste desce
e ela abre.

b4) O atuador da válvula de recirculação é pneumático pilotada por uma válvula


solenoide 3/2 vias com retorno por mola.

Válvula de Controle

c) O sistema não pode permitir o funcionamento de ambas as bombas simultaneamente.

d) Em máquinas de grande porte, é comum o conceito de limitação do número de partidas por


uma dada unidade de tempo com o objetivo de preservar sua integridade operacional. Para
cada bomba, deverá ser construída uma condição de limitação do número de partidas da
seguinte forma:
d1) Se a bomba ligar deverá aceitar apenas duas partidas em um intervalo de uma
hora. Caso seja tentada uma terceira partida neste intervalo, o sistema não deverá aceitar. Por
outro lado, se a bomba estiver funcionando na primeira ou segunda partida por mais de uma
hora, o sistema deverá zerar a contagem permitindo duas partidas novamente. O mesmo vale
para o caso de bomba parada por uma hora!

Sistema Aquecedor

Este sistema recebe fluido do sistema tanque 1. Nesta parte há um aquecedor que consiste em
uma resistência elétrica que cede calor a um óleo térmico que é circulado pela bomba 3. Para
esta parte do processo, são pontos de proteção a serem considerados no Ladder:

O aquecedor é ligado e desligado por botoeira e pelo sistema supervisório

O aquecedor NÃO pode ser ligado se a bomba 3 estiver desligada.

Há uma FSL-310 no campo, cuja função é atestar a existência de fluxo no sistema de óleo
térmico. Em caso de alarme de falta de fluxo neste sistema (FAL-310), o aquecedor deverá ser
desligado imediatamente.

Quando o óleo está à temperatura ambiente, sua viscosidade é maior e com isso, a FSL poderá
indicar falta de fluxo erroneamente. Neste caso, deve ser previsto um sistema de inibição de
sua atuação que dure 1 min. Após este período de 1 min, o alarme da FSL-310 deverá ser
considerado para efeito de desligamento do aquecedor e bomba 3.

Adicionalmente, uma temperatura muito alta (TAHH-480) e pressão alta (PAH-130) devem
desligar o aquecedor e bomba 3. Já o TAH-480 deverá apenas alarmar.
TODAS AS CONDIÇOES DE TRIP SE BASEIAM QUE EM CASO DE ACIONAMENTO, O CONTATO
DEVE ABRIR.

Comecem pelo Ladder para depois irmos para o supervisório

No Ladder deve ser criada uma linha de comando chamada Preparar Bomba 1 e outra Preparar
Bomba 2. Cada linha PREPARAR roda as rotinas necessárias para dar o sinal de PRONTO. Este
sinal deverá viabilizar a linha de comando de partida que desejamos.

Façam a documentação de instrumentação para que vocês não se percam!

Ponto de
Endereço
Instrumento Entrada no Tagname Tipo
Lógico
CLP

O ponto de entrada no CLP faz menção ao cartão. Vocês usarão o Micrologix 1000 usando o
Emulador. O tipo da variável se resume a I/O Discreta, Integer, etc. Documente também as
variáveis virtuais do tipo B3 !!!!