Você está na página 1de 84

Grupo Único PDF PaD

A Editora Lafonte traz para você

O Universo Mágico de

Grupo Único PDF PaD

Reinações de Narizinho e Viagem ao Céu são histórias que


garantem um delicioso resgate afetivo para adultos e aventuras
sem limites para crianças de todas as idades.

Ou acesse www.escala.com.br
/escalaoficial
SUMÁRIO

58

42 Chá é terapia para a pele


O poder da bebida em receitas caseiras em prol da beleza

48 Caminho astral

Grupo 28
Único PDF
49 História do céuPaD

50 A força das cores


BONS FLUIDOS Conheça a aura-soma, a terapia que garante mais equilíbrio

56 Vamos conversar?
04 Bem-vindo 58 Um pão ancestral
Aprenda a fazer o levain, fermento natural para massas
05 Sua opinião
62 Ginecologia natural
06 Sensações O autoconhecimento é a chave para a reconexão com o feminino

08 Tudo de bom 66 Cozinha de memórias


22 Espiritualidade no dia a dia 67 Terapia integrativa
23 Palavra de mestre 68 O jardim entrou em casa
A trajetória do professor Hermógenes, precursor da ioga no Brasil 5 formas de aproveitar espaços internos para enchê-los de verde

24 Astrologia desvendada 74 Um sonho que se sonha junto


A astróloga Maína Mello faz uma análise do que o ano ainda reserva A equipe do Make-A-Wish® torna desejos de crianças realidade

28 Viajar é cuidar 80 O poder da colaboração


Visitar novos lugares oferece uma série de benefícios e significados
81 Onde encontrar
34 Seja grato todo dia
Pratique o ato de agradecer e crie uma vida de felicidade e amor 82 Três perguntas

BONS FLUIDOS | 3
BEM-VINDO

Agradeça muito e
seja mais feliz
Às vezes é algo muito simples, pequeno e rotineiro,
como alguém lhe oferecer a vez em uma fila gran-
de demais. Obrigada. Em outras, a atitude é enorme,
capaz de mudar a nossa vida, como a ajuda tão bem-
-vinda de um desconhecido em um momento de ur-
gência. Muito obrigada. A vida acontece e com ela
temos um sem número de chances de agradecer: ao
outro, ao mundo, à natureza, ao cosmos e - por que
não - até a nós mesmos. Mas será que você está mes-
mo aproveitando as oportunidades de demonstrar
sua gratidão? Não, não falo apenas nas redes sociais,
no registro de momentos mágicos em que faz sentido
usar a #gratidao naquela foto perfeita, do momento
perfeito. Quero dizer na vida real mesmo, você tem
Grupo Único PDF PaD
agradecido o suficiente? Vamos refletir juntos.
Aqui na BONS FLUIDOS nós temos o costume de usar a palavra
algumas vezes durante o dia a dia de nosso trabalho com a revista.
“Tudo bem se eu estender um pouco o prazo de entrega do texto para
dar tempo de escrever com mais calma?” / “Claro, conseguimos sim”
/ “Gratidão”. Viu como é simples? Um pedido foi feito, atendido, e me
sinto grata de verdade por poder receber esse presente. Algo verdadei-
ramente simples e capaz de aquecer tanto as nossas relações.
A origem ao certo não importa, mas é preciso saber que muitas reli-
giões reforçam a necessidade de reconhecimento daquilo que é positi-
vo para nós. Como o filósofo César Leandro Ribeiro gosta de sugerir,
o ato precisa ser praticado de maneira semelhante ao cuidado de um
jardineiro com seu jardim - nesse caso, um jardim onde todos vivemos
plantados. Somente assim as energias se renovam e é possível ser grato
tanto pelas flores que já temos quanto pelos brotos que hão de surgir.
Um abraço, obrigada, e tenha uma ótima leitura!

Renata Armas
Editora
bonsfluidos@escala.com.br

4 | BONS FLUIDOS
SUA OPINIÃO

ARTE EM PROL
DO BEM-ESTAR
Adoro a revista e as

Reprodução Instagram
inspirações que recebo de
cada matéria. Gostaria de
ler sobre a influência do
artesanato no tratamento
de transtornos mentais.
Essa atividade me ajudou
a sair do fundo do poço
e reencontrar em mim a
Para consultar edições antigas, acesse
o site da editora: escala.com.br
Grupo Único PDF PaD
sensibilidade. Criei o projeto
social Artesãs Solidárias
Fale com a gente! Mande sua mensagem para (@projetoartesassolidarias)
bonsfluidos@escala.com.br por acreditar no artesanato
Ou ainda participe de nossas redes sociais: como instrumento de
Facebook bonsfluidos solidariedade.
Instagram bonsfluidos
Twitter @bonsfluidos Sandra Peixoto, via e-mail

Foto da capa:
Shutterstock MOMENTOS DE REFLEXÃO
Tudo é uma questão de percepção.
Frase de Maria-Elisa Hurtado-
-Graciet, publicada no Instagram
da BONS FLUIDOS

Encontre o que você ama fazer e #GRATIDAO


se coloque a serviço disso. Estando Amo como vocês dão um olhar
verdadeiramente feliz, você fará especial à simplicidade.
muito mais pelo mundo. Regina de Assis, via Instagram
Frase de Charles Eisenstein, no
Facebook da BONS FLUIDOS Façam mais matérias do mundo
pet, são minhas favoritas!
Seu real dever é salvar o seu sonho. Ana de Souza, via Facebook
Frase do artista plástico italiano
Amedeo Modigliani, no Instagram Não perco nenhuma edição, amo!
da BONS FLUIDOS Silmara Nascimento, via e-mail

BONS FLUIDOS | 5
SENSAÇÕES

Grupo Único PDF PaD


Grupo Único PDF PaD
Somos todos programados para a conexão. Ela está em nossa biologia. Como bebês, nossa
necessidade é uma questão de sobrevivência. À medida que crescemos, a conexão significa
prosperar dos pontos de vista emocional, físico, espiritual e intelectual. A conexão é crucial, pois
todos temos a necessidade básica de nos sentirmos aceitos e de acreditar que pertencemos
ao grupo e somos valorizados pelo que somos. Acredito que é possível criar uma cultura da
conexão apenas fazendo escolhas diferentes.
Brené Brown é professora e pesquisadora da Universidade de Houston (EUA) e há 16
anos estuda a coragem, a vulnerabilidade, a vergonha e a empatia. O trecho citado
foi extraído do livro Eu achava que isso só acontecia comigo (Editora Sextante).
TUDO DE BOM por Carol Salles

Grupo Único PDF PaD

Reprodução
Nunca e tarde
para ser influencer
Aos 78 anos, Izaura Demari prega uma vida mais leve e cheia de cor nas redes sociais
Izaura Demari quebra todos os estereótipos que acompanham as mulheres a mostrar sua beleza escondida”, diz. Quem faz os
as pessoas na terceira idade. Ela, nos seus 78 anos, tem mais de cliques é o filho, Márcio, que também gerencia as redes sociais da
18 mil seguidores em seu perfil no Instagram, em que publica mãe. “Façam de suas vidas algo excepcional. Vivam o agora, pa-
imagens de sua rotina, passeios e viagens. O que mais chama a rem de se preocupar com o amanhã ou se lamentar com o ontem.
atenção são as produções de Izaura, sempre vestida com roupas Façam amizades, adotem um animal, doem bondade, sorriam
coloridas e muitos acessórios – ela tem mais de 400 chapéus –, mais, façam mais viagens, mais caminhadas e digam sim à vida”,
e o sorriso aberto que está em todos os retratos. Segundo ela, o finaliza a doce vovó, que mora em Florianópolis.
maior propósito de suas postagens é incentivar senhoras e jovens
a serem mais leves consigo. “Que eu possa influenciar e inspirar SEGUE LÁ: www.instagram.com/voizaurademari

8 | BONS FLUIDOS
INSPIRAÇÃO | JARDIM | CULTURA| VIAGEM | GASTRONOMIA | BOA IDEIA | ZEN | PET | SPA

Sua bike usada vale muito


ONG retira sem custo bicicletas abandonadas em
condomínios para projeto social
O que fazer com uma bicicleta quebrada? Acredite: muitas são
simplesmente abandonadas. Mas, para o Instituto Aromeiaze-
ro, em São Paulo, elas tornam-se ferramenta de transformação
social, em qualquer estado de conservação. Isso porque servem
de matéria-prima para um curso gratuito, pensado para a popu-
lação de baixa renda, sobre mecânica e negócios voltados para
bicicletas. Nas aulas são apresentados conceitos de autogestão,
responsabilidade social e financeira, planejamento de negócios,
além de vivências de BMX e cicloturismo. O Aromeiazero reti-
ra doações de bikes em condomínios de São Paulo, sem custo,
e fornece material de apoio para engajar os moradores. Peças e
acessórios também podem ser deixados no CDC Arena Radical,
centro esportivo comunitário dedicado à prática de BMX e skate
Olha o gás
localizado na Vila Olímpia, bairro de São Paulo. “Bicicletas sem
uso podem mudar a vida de muita gente. Nenhuma magrela é
(e o sabão)!
tão ruim que não dê pra usar em uma aula”, ressalta Murilo Casa- Caminhões recolhem óleo de cozinha
grande, diretor do instituto. Grupo Único PDF PaD usado e, em troca, dão sabão
PARA SABER MAIS: www.aromeiazero.org.br biodegradável feito com o material
Jogar óleo de cozinha usado na pia é uma pés-
sima ideia, já que isso contamina a água e pode
trazer problemas para o encanamento da casa.
Ele deve ser descartado corretamente e, de pre-
ferência, reciclado. Para facilitar a tarefa – já
que nem todo centro de reciclagem pode lidar
com o material –, a Ultragaz, em parceria com
a marca Soya, da Bunge, e o Instituto Triângulo
(ONG com atividades voltadas para a mobiliza-
ção ecológica no ambiente urbano), tem cami-
nhões de venda de gás que recolhem óleo usado
e o encaminha para a fabricação de sabão bio-
degradável e biodiesel. A cada dois litros de óleo
de cozinha usados entregues nos caminhões da
Ultragaz, o doador recebe em troca duas barras
de sabão biodegradável. “Além do sabão, o bio-
diesel também é uma alternativa sustentável. Ele
é um combustível de energia renovável que re-
duz as emissões de gases que contribuem para o
aquecimento global”, detalha Eduardo Maki, do
Instituto Triângulo.
Divulgação

CONHEÇA OS PONTOS
DE COLETA EM: www.soya.com.br/soyarecicla

BONS FLUIDOS | 9
TUDO DE BOM

UMA AMEAÇA
AOS NOSSOS MARES
Apesar da beleza que enche os olhos, o coral-sol
devasta a biodiversidade marinha, mas há projetos
para minimizar esse impacto
O coral-sol pode ser lindo de ver, mas é considerado
uma praga, já que seu crescimento desordenado e rá-
Divulgação

pido devasta a biodiversidade marinha brasileira. Ele


se prolifera em locais como a Ilha Grande, no Rio de
Janeiro, e no arquipélago de Alcatrazes, na costa de São
Paulo. Para encontrar maneiras de combater a chama-

Acessórios da bioinvasão e preservar a biodiversidade marinha


brasileira, nasceu o projeto Coral-Sol, do Instituto Bra-

modernos sileiro de Biodiversidade (BrBio). O projeto atua em


várias frentes. Uma delas é a capacitação de morado-

e veganos res locais para serem catadores de coral, gerando uma


oportunidade de trabalho e renda extra. Também há
uma rede de pesquisadores de universidades brasileiras
Conheça a marca gaúcha que produz carteiras
que buscam maneiras de reaproveitar o coral-sol – por
e tênis sustentáveis a partir de uma fibra leve e
Grupo Único PDF PaD exemplo, como matéria-prima para novos fármacos e
fina que parece papel melhora na produtividade da agricultura, agregando
valor para o coral retirado do mar. Ainda há diversas
A matéria-prima da Dobra, empresa gaúcha de acessó-
ações de educação ambiental voltadas a professores, tu-
rios veganos, é uma fibra extremamente leve e fina que
ristas e estudantes, como trilhas nas quais são aborda-
lembra papel, mas é resistente à água e não rasga. Com
dos assuntos relativos à biodiversidade e a importância
ela são feitos cinco produtos: carteira – o primeiro lan-
da sua preservação. Cuidar do mar é preciso!
çamento –, porta-passaporte, bolsa, tênis e camisetas de
algodão orgânico com bolso lateral feito de fibra. Produ-
zidos de forma artesanal, ainda reservam pequenas sur-
presas para quem compra. As embalagens, por exemplo,
podem ser reutilizadas como cofre ou copo. “Queremos
que o desperdício seja zero em toda a cadeia dos nossos
produtos, por isso levamos muito a sério o design das
embalagens”, diz Eduardo Hommerding, um dos sócios
da marca. Além disso, a camiseta com bolso e o tênis
são produzidos de forma artesanal em Montenegro, no
Rio Grande do Sul, e apenas sob demanda, como forma
de reduzir o desperdício de energia, material e estoque.
Mas não é só. O modelo de gestão da empresa também
é sustentável: os fornecedores são locais e, dos fundado-
res aos contratados, todos os funcionários têm o mesmo
Edson Faria Jr./Acervo BrBio

salário e recebem o mesmo percentual sobre as vendas.

VEJA TODOS OS MODELOS


E ESTAMPAS EM: www.querodobra.com.br

1 0 | BONS FLUIDOS
INSPIRAÇÃO | JARDIM | CULTURA | VIAGEM | GASTRONOMIA | BOA IDEIA | ZEN | PET | SPA

LOCAL
A engenheira-agrônoma Cintia Rua
(SP) afirma que a adaptação da cravi-
na ao local é fácil. Para compor vasos e
jardins caseiros, a indicação é que seja
colocada em espaços com clima mais
ameno e que recebam no mínimo qua-
tro horas de sol diárias.

PLANTIO
Cintia destaca que o plantio deve ocorrer
com um espaçamento entre as flores de
15 a 30 cm. “Para isso, abra a cova e aco-
mode a muda, cobrindo até o início da
parte vegetativa e irrigando ao finalizar”,
ensina. As mudas têm altura média de 30
a 40 cm, segundo ela.

REGA Grupo Único PDF PaD


A flor não gosta de muita água e, segundo
a engenheira-agrônoma, é relativamente
resistente a períodos curtos de seca. Além
disso, é bom ter cuidado com o solo, o
ideal é não deixá-lo encharcado.

PODA
O cuidado na poda consiste em tirar as
partes mais secas, como o caule e as fo-
lhas. Como as sementes da cravina se es-
palham facilmente, ela pode aproveitar
as folhas secas para se proliferar – por-
tanto, atenção para isso não se tornar
um problema. Beleza
Texto: Kênia Honda, com edição de Murilo Toretta

ADUBAÇÃO
Cintia recomenda que a cravina seja cul-
sutil
tivada preferencialmente em solos adu- Pequenina e resistente, a cravina
bados com pH entre 6,6 e 7,5. Esses locais
confere cor a pequenos arranjos e ao
também devem ser ricos em matéria or-
jardim, podendo ser cultivada ao redor
Shutterstock

gânica e bem drenados. O ideal é mistu-


rar terra adubada com NPK e um pouco de vasos de outras espécies
de areia para um cultivo fácil e eficaz.

BONS FLUIDOS | 1 1
TUDO DE BOM INSPIRAÇÃO | JARDIM | CULTURA | VIAGEM | GASTRONOMIA | BOA IDEIA | ZEN | PET | SPA
por Carol Salles

Viva a América Latina


A Casa Fuerte é um espaço dedicado a
botânica, artes e design e preza a cultura
latino-americana
Idealizada pelo casal Daiana Cavalcante, designer, e Jo-
nas Gomes, ilustrador, a Casa Fuerte é um espaço mul-
ticultural novo e imperdível no bairro da Lapa, em São
Paulo. O local por si só já vale o passeio: ambientado em
um edifício dos anos 1940 todo restaurado, tem projeto
inspirado na obra do famoso arquiteto mexicano Luis
Barragán. Com ambientes arejados e coloridos – seja
pelas obras de arte expostas, pelos objetos de decoração
à venda ou ainda pelas muitas plantas, também à ven-
da –, abriga ainda exposições, pocket shows de música,
com curadoria feita por Jonas, e oficinas, como de bor-
dado e de botânica. Em todas as atividades e objetos,
um ponto em comum: o desejo de valorizar a cultura e
a arte latino-americanas.

Grupo Único PDF PaD

Lollypop, de
Milenna Saraiva
Conexão entre os amantes da arte
Plataforma online reúne venda de obras de arte, busca de cursos,
agenda de exposições e notícias culturais
Se você sempre sonhou em ter uma obra de arte em casa, mas achava que seria
impossível, precisa conhecer a plataforma online Artluv, que surgiu com o obje-
tivo de expandir esse mercado no Brasil, conectando artistas e amantes de arte.
Fundada em 2017 pelo empreendedor Wendell Toledo, além de funcionar como
marketplace, também é um portal de notícias, um buscador de cursos e uma agen-
da com os principais eventos artísticos do país. A ideia nasceu de uma necessidade
pessoal de Wendell de vender um quadro de seu acervo particular. Hoje, conta
com mais de 300 artistas cadastrados, que passaram por uma rigorosa curadoria.
“Me incomoda a barreira e a dificuldade em adquirir obras de arte originais e de
qualidade por preços acessíveis. Queremos democratizar o acesso à arte e à cultu-
ra no país. Existe muita gente boa no mercado, mas que não consegue ter acesso a
exposições por conta da burocracia envolvida nesse processo”, explica Wendell. Os
preços das obras variam entre R$ 150 e R$ 30 mil e toda a compra é feita online.
INSPIRAÇÃO | JARDIM | CULTURA | VIAGEM | GASTRONOMIA | BOA IDEIA | ZEN | PET | SPA

CAMINHAR PARA ENCONTRAR-SE CONSIGO MESMO


Livro traz dicas de jornalista que percorreu o Caminho de Santiago, entre a França e a Espanha
Em 2018, mais de 5 mil brasileiros realizaram o Caminho de Santiago de Compostela, uma rota de cerca
de 800 quilômetros (saindo de uma pequena cidade francesa) que se percorre à pé e termina na imponen-
te catedral da cidade espanhola. Um deles foi o jornalista Daniel Agrela. A peregrinação resultou no livro
O Guia do Viajante do Caminho de Santiago (Generale). “O Caminho não é uma viagem, é um projeto de
vida. Ao longo de 30 dias, o peregrino tem a oportunidade de buscar a si mesmo. É a forma que muitas
pessoas encontram para virar a página e conferir novos significados para suas vidas”, diz o autor. Essas
revelações, no entanto, não aparecem de uma hora para outra. “As respostas já estão dentro de cada um.
À medida que o percurso é trilhado, elas vão surgindo. Assim, passo a passo, o peregrino começa a en-
tender o significado de percorrer a rota: o encontro consigo mesmo”, comenta Agrela. Tal encontro tem
como pano de fundo belíssimas paisagens, que incluem montanhas, campos abertos, flores, plantações
e a singeleza de pequenos povoados ao longo da rota. No guia, Daniel dá dicas de onde comer, o que
levar e quando ir. O livro ainda traz mapas das regiões percorridas e histórias de outros viajantes.

PARA SABER MAIS: www.facebook.com/ocaminhodesantiago

Grupo Único PDF PaD


,*!+%'+,+I&I-$%'L'=$'
A ilha fica em Santa Catarina e guarda segredos naturais ainda pouco explorados
Com águas cristalinas que oferecem a possibilidade de avistar peixes e tartarugas, a ilha de Porto Belo é um pequeno
paraíso no litoral brasileiro. Permite um número fixo de visitantes por dia – 1.879, conforme um estudo feito por pro-
fissionais de turismo sustentável – e preza a preservação da natureza. Fincada na Mata Atlântica, abriga uma variedade
de aves, plantas e animais marinhos. Para conhecer toda essa exuberância, uma pedida é se aventurar pela trilha de 1,3
quilômetro que circunda o local. Para completar a visita, o turista ainda tem à disposição atividades como passeios de
caiaque e mergulho, pratos contemporâneos regionais e um museu, o Ecomuseu Univali, que resgata e valoriza a his-
tória das comunidades litorâneas de Santa Catarina. Porto Belo não tem local para pernoite – a dica é dormir em uma
hospedagem no continente e contratar um serviço de translado local para alcançar a ilha. A entrada é gratuita, mas os
serviços são cobrados. O atendimento ao público acontece das 9h às 18h na alta temporada, que vai de 1º de dezembro
a 31 de março. Nos outros meses do ano a ilha se mantém aberta, mas os serviços ficam suspensos.

DESBRAVE:
www.ilhadeportobelo.com.br

BONS FLUIDOS | 1 3
TUDO DE BOM
por Carol Salles

***'%?C'
É sempre bom ter algo na despensa para oferecer às visitas – e, se for uma opção low carb, melhor!
Elaborado pela chef Vanda Hering, de São Paulo (SP), o bis- não possui carboidratos ou glúten, também é uma alternativa
coitinho com castanha-do-pará é o petisco ideal para acom- saudável para levar para o escritório (para ter à mão quando
panhar o chá ou café no meio da tarde e ser degustado sem bater aquela vontade de comer um docinho) ou para o lanche
preocupação ou pressa. Feito com farinha de amêndoas, que das crianças, em casa ou na escola. Aprenda a fazer!

o:
o de prepar
Temp 0 minutos
35 a 4
:
en d imento
R dades
12 uni dia
em mé

Grupo Único PDF PaD

Divulgação

BISCOITO DE AMÊNDOAS COM CASTANHA-DO-PARÁ


Ingredientes Modo de preparo: 1. Bata bem a manteiga com o ovo
• 2 col. (sopa) de manteiga • 1 ovo • 2 col. (sopa) de e o eritritol ou xilitol. 2. Acrescente os demais ingredientes
eritritol ou xilitol • 5 col. (sopa) de farinha de amêndoas e misture. 3. Leve à geladeira por 10 minutos. 4. Abra a
• 4 col. (sopa) de castanha-do-pará picadas • 1 col. (chá) massa e corte os biscoitos com um cortador. 5. Leve ao forno
de extrato de baunilha preaquecido a 180º C por 10 a 15 minutos.

1 4 | BONS FLUIDOS
INSPIRAÇÃO | JARDIM | CULTURA | VIAGEM | GASTRONOMIA | BOA IDEIA | ZEN | PET | SPA

MINDFULNESS À MESA
A famosa técnica de atenção plena pode ser aplicada
também no momento da refeição, para auxiliar na
reeducação alimentar
De maneira simplificada, o mindfulness é uma técnica que
ensina a estarmos presentes no aqui e no agora, sem julga-
mentos. Quando aplicada à alimentação, ela ganha o nome
de mindful eating ou alimentação consciente. “São práticas
para ampliar a consciência, rever maus hábitos alimentares
e realizar escolhas que promovam o autocuidado”, explica
Ana Fanelli, nutricionista e professora da Unipaz (SP). A se-
guir, ela dá dicas para aplicar a técnica no dia a dia.
• Faça as refeições sentado. Preste atenção na respiração e
perceba sinais de fome ou emoções, como ansiedade.
• Evite distrações como celular, TV, laptop etc.
• Coma devagar. Repouse os talheres no prato enquanto
mastiga. Saboreie o alimento, procurando sentir os aromas,
sabores, texturas, cores e formas.
• Ao final da refeição, reconheça as reações do corpo: o es-
tômago está cheio ou vazio? Ainda estou com fome, comi
Grupo Único PDF PaD demais ou estou satisfeito?

Inclusão no centro da metrópole


Cafeteria na região nobre de São Paulo emprega pessoas que vivem
em situação de vulnerabilidade
O ambiente moderno e colorido do Trampolim Startup Café não é muito
diferente dos outros tantos cafés da região da avenida Paulista, um dos
principais cartões-postais de São Paulo. Uma olhada mais atenta, no en-
tanto, dá indícios de que o local tem uma filosofia distinta. O quadro de
funcionários é composto por pessoas em situação de vulnerabilidade eco-
nômica ou social, numa parceria do café com ONGs como Afrobusiness,
voltada para a população negra; Centro Social Menino Jesus, localizado
em um bairro do extremo sul da cidade; e Estou Refugiado, que auxilia
estrangeiros de várias diásporas. “O maior desafio é mostrar-se sensível
às demandas dos funcionários e suas dificuldades na readaptação ou in-
serção no mercado. No caso dos refugiados, língua, cultura e distância da
família – muitas vezes deixada para trás – são os principais desafios. Tudo
Divulgação

fica mais complexo, mas o resultado é muito positivo”, diz o gerente João
Clímaco. Além disso, mais de 70% dos pratos são provenientes de micro-
empresas familiares da Grande São Paulo, movimentando um mercado
VAI LÁ: Rua da Consolação, 2.303,
pequeno, mas importante. O restante é produzido no próprio café. São Paulo / (11) 3123-7755

BONS FLUIDOS | 1 5
TUDO DE BOM

Suculentas no bule
Juntar as ricas texturas das
plantas com objetos comuns
é uma ótima saída para quem
deseja uma composição natural
duradoura e personalizada

Conhecidas por durarem mais e


servirem como decoração interna,
as suculentas podem ainda dar uma
nova utilidade a objetos antigos que
temos em casa. É o caso de baldes,
potes e cúpulas, que se transformam
1 Coloque os pedriscos no bule e
adicione a terra com carvão (ele
evita fungos). Lembre-se de deixar
2 Acomode o musgo por toda a
circunferência do bule. Com o dorso
da mão, pressione a planta para
em vasos personalizados para enfei- visível a camada branca inferior. reduzir a espessura dessa camada.
tar sua casa ou o ambiente de tra-
balho. A única regra a se observar é
deixar os vasinhos em um ambiente
com luz natural, porém sem inci-
Grupo Único PDF PaD
dência direta de sol. A artista plás-
tica Luciane Farinha, da Terrários A
Dona Farinha, fez de um bule trans-
parente um minijardim de suculen-
tas. Veja como reproduzir a peça.

MATERIAIS
• Bule de vidro transparente
3 Prepare um quarto nível com a
terra, que servirá como base para o
plantio das suculentas. Mais uma
4 Abra pequenas covas com a ajuda
do palito de churrasco e inicie a
aplicação das suculentas. O ideal é
• Pedriscos brancos vez, pressione levemente o solo. começar pelos exemplares menores.
• Terra com carvão vegetal
• Musgo
• Palito de churrasco
• Diferentes miniaturas de
suculentas
• Pinça
• Casca de pínus
• Pincel

Para manter o minijardim,


basta borrifar água
nas suculentas a
cada 15 dias
5 Ao reduzir a área livre dentro do
bule, abra novas covas com a pinça e
o palito para as demais suculentas, e
6 Com o pincel, limpe eventuais
sujeiras do vidro e vestígios de terra
sobre as folhas. Na manutenção,
distribua cascas de pínus. basta borrifar água a cada 15 dias.

1 6 | BONS FLUIDOS
INSPIRAÇÃO | JARDIM | CULTURA | VIAGEM | GASTRONOMIA | BOA IDEIA | ZEN | PET | SPA

Grupo Único PDF PaD


Texto: Kênia Honda, com edição de Murilo Toretta / Fotos: Adriano Bo Campos

Você também pode plantar


suculentas em outras peças
reaproveitadas, como aquários,
copos e taças em desuso e
potes de vidro antigos

BONS FLUIDOS | 1 7
TUDO DE BOM
por Carol Salles

MEDITAÇÃO NA
TERCEIRA IDADE
A prática evita a depressão e a temida perda de
memória entre os idosos
O envelhecimento, para os ocidentais, ainda é uma reali-
dade dolorosa – mas, acredite, não precisa ser assim. Para
Dianeli Geller, instrutora de meditação do Meditation 4
You (SP), a prática auxilia o idoso a ter consciência sobre
o envelhecimento, entre outros benefícios. “Segundo estu-
dos, a meditação consistente e frequente pode modificar
a atividade na região do cérebro responsável pelo pensa-
mento consciente, pela articulação e pela criatividade.
Além disso, é possível melhorar a memória e a cognição”,
diz. Ela ensina uma maneira prática e simples de começar
a meditar: “Sente-se confortavelmente e feche os olhos.
Observe a respiração – o ar entrando e saindo dos pul-
mões, a expansão e a contração do tórax e do abdome. Aos
poucos, vá respirando mais fundo, sempre em um ritmo
Grupo Único PDF PaD calmo. Mantenha por pelo menos 10 minutos, e vá aumen-
tando até chegar em 30 minutos.”

PARA APRENDER OUTRAS TÉCNICAS


DE MEDITAÇÃO: www.meditation4you.com.br

Método indiano que acalma a mente


O shirodhara, tratamento que faz parte da medicina ayurvédica, oferece diversos
benefícios, como o fortalecimento da imunidade
Uma cabeça tranquila traz benefícios para todo o corpo, inclusive para a saúde física.
Pois acalmar a mente é o objetivo principal do shirodhara, método advindo da medicina
ayurvédica. Nele o terapeuta derrama óleo morno entre as sobrancelhas do paciente,
na região do chacra ajna, também conhecido como terceiro olho. “Essa região tem um
grande número de terminações nervosas, portanto, é altamente sensível”, explica Ma
Prem Ila, diretora do Instituto Brasileiro de Terapias Ayurveda (IBRATA). “O principal
objetivo é acalmar a mente. Dessa forma, o sistema imunológico fica fortalecido. Mas
não é só. A técnica também funciona para melhorar insônia, problemas de memória,
sinusite, dores de cabeça, ansiedade e depressão, entre outros males”, completa. Segun-
do a especialista, o ideal é que seja aplicada depois de uma sessão de abhyanga, massa-
gem corporal que também faz parte da medicina ayurvédica. “Todo o procedimento
permite que o corpo, a mente e o sistema nervoso experimentem um repouso profundo,
semelhante ao estado a que a pessoa chega após a meditação”, diz.

1 8 | BONS FLUIDOS
INSPIRAÇÃO | JARDIM | CULTURA | VIAGEM | GASTRONOMIA | BOA IDEIA | ZEN | PET | SPA

uda a
d o p ei xe , o u matsyasana, aj
A postura as cos-
ab d o m e, p er nas, músculos d
fortalecer tensões
vo s ce rv ic ai s, além de aliviar
tas e ner rvical e
n as re gi õ es dos ombros, ce
e rigidez no hu-
. T am b ém at ua diretamente
lombar r melhor
u d an d o o p ra ticante a se senti
mor, aj a abertura
go e co m o m undo, trabalha s
consi tim ula as glândula
rg an ta e es
do coração e ga it uitária e pinea
l. “É
at ireo id e, p
tireoide, par em casos de asma,
in d ic ad a
uma postura ”, diz
am id al it e e d ores de garganta
bronquite, ora de ioga e pro
prie-
V erd e, pro fe ss
Carla Vila (SP).
asa M an d al la , em São Paulo
tária da C

Grupo Único PDF PaD

A postura da alegria
Primeiro deite-se de costas com o corpo todo estendido. Pressione os cotovelos e, inspirando, eleve o peito, tirando os ombros
do chão. O topo da cabeça fica em contato com o solo. Os braços servem apenas como apoio, sem muita pressão. Forme um
arco com o tronco – é importante que o cóccix fique voltado para baixo. “Para refinar a postura, leve a ponta da língua ao céu
da boca e olhe para a ponta do nariz”, sugere Carla. Permaneça por cerca de 30 segundos. Para retornar, ao expirar, deslize
a parte de trás da cabeça no solo e permaneça com o corpo estendido no chão em shavasana. Praticantes avançados podem
começar com as pernas em padmasana (lótus) e seguir as mesmas instruções de levantar o peito e tirar os ombros do chão. “A
postura não é recomendada para quem tem hérnia, dor na região cervical ou lesões na parte inferior da coluna. Se sofre com
pressão alta ou problemas do coração, só faça se estiver medicado e se seu médico permitir. Evite também durante o período
menstrual e se estiver com enxaqueca, infecção de ouvido ou pressão nos olhos (glaucoma)”, alerta.

BONS FLUIDOS | 1 9
TUDO DE BOM INSPIRAÇÃO | JARDIM | CULTURA | VIAGEM | GASTRONOMIA | BOA IDEIA | ZEN | PET | SPA
por Carol Salles

Nem toda planta faz bem


Algumas espécies podem ser tóxicas para os
animais. Veja uma lista do que deve ficar longe
do alcance do mascote
Plantas e pets: a combinação, infelizmente, nem sem-
pre é favorável. Se ingeridas, algumas verdinhas podem
fazer mal aos animais. “Nesse caso, nada de soluções
caseiras. Procure um veterinário imediatamente. Ele
saberá identificar o nível e tipo de toxicidade da plan-
ta e propor o tratamento mais adequado”, alerta Jorge
Morais, veterinário da Animal Place (SP). A seguir, veja
algumas das plantas tóxicas mais comuns.

AZALEIA: Suas flores com um


colorido incrível encantam. No
entanto, causam intoxicação.
Ingeridas, provocam salivação
intensa, vômito e convulsão.
ADOÇÃO
Grupo Único PDF PaDA UM CLIQUE
Por meio de sites e aplicativos que conectam protetores
a adotantes, a busca para quem deseja encontrar um
BICO-DE-PAPAGAIO:
Muito comum como amigo de quatro patas ficou mais fácil
decoração de Natal, pode causar Muitas vezes a vontade de levar um animalzinho para casa en-
lacrimejamento, inflamações contra um fator de impedimento: onde encontrar aqueles que
na pele e nos olhos e dor. estão disponíveis para adoção? Para isso, a internet se tornou
uma grande aliada. Hoje há vários sites – e até aplicativos – que
conectam protetores a futuros tutores. Conheça alguns:

COMIGO-NINGUÉM- • ME AUDOTE: Os animais disponíveis para adoção


-PODE: Também possui aparecem para o usuário conforme a proximidade entre eles,
substâncias capazes de irritar com destaque para os bichinhos em situação de risco e que
as mucosas. Se for ingerida, precisam ser adotados com urgência. Por meio da plataforma,
pode até levar à asfixia. o adotante pode conversar com o cuidador para saber mais
detalhes. O aplicativo está disponível para Android e iOS.

• ADOTE PETS: O aplicativo faz a conexão entre ONGs que


cuidam de animais abandonados, o Centro de Controle de
COROA-DE-CRISTO: Zoonoses e o adotante. Disponível para Android e iOS.
Espinhosa, é bastante usada como
cerca viva. Por isso, além do risco • AMIGO NÃO SE COMPRA: O site faz a ponte entre
de intoxicação, deve-se ficar cuidadores e adotantes, reunindo animais de várias partes
atento na hora do passeio, para do Brasil. Além disso, tem um blog com informações úteis
evitar que o pet encoste nela. ao tutor sobre saúde, adoção e alimentação dos animais,
além de curiosidades do mundo pet.

2 0 | BONS FLUIDOS
INSPIRAÇÃO | JARDIM | CULTURA | VIAGEM | GASTRONOMIA | BOA IDEIA | ZEN | PET | SPA

A forca dos oleos


D&!!+(*'$'
Esses elixires de saúde também beneficiam os fios. Saiba como aplicá-los

Divulgação
na rotina de acordo com o resultado que deseja

Talvez você já tenha ouvido falar nos benefícios dos óleos essenciais para a mente e
para a pele. Mas sabia que eles podem ser usados para a beleza e saúde do cabelo? A
Beleza vegana
seguir, a terapeuta floral e aromaterapeuta Marcia Rissato (RJ) explica como usá-los: para todos
BRILHO: Em um frasco com 300 ml de óleo vegetal de argan, pingue 3 gotas de Nova marca traz linha de
óleo essencial de alecrim e 3 de gerânio, que ajuda a evitar pontas duplas. Espalhe cosméticos livre de crueldade
um pouco da mistura nas pontas dos fios diariamente.
animal a preços acessíveis
FORÇA: Acrescente em 100 ml de xampu neutro 3 gotas do óleo essencial de ale-
Love Beauty and Planet: esse
crim e 4 gotas de manjericão.
é o nome da marca, lançada
SEM OLEOSIDADE: Misture em 100 ml de xampu neutro 4 gotas de óleo de la- pela multinacional Unilever, de
vanda, 3 de cedro e 4 de hortelã-pimenta. produtos veganos que acaba de
Grupo Único PDF PaD chegar no Brasil. São itens para os
cuidados com os fios, sabonetes
e desodorantes feitos a partir de
ingredientes como manteiga de
murumuru, de karité e água de
coco. Os produtos de cabelo não
contêm silicone, um ingrediente
derivado do petróleo que é
substituído pelo óleo de coco
orgânico. Corantes e parabenos
também ficam de fora. E mais: o
xampu para cachos e os sabonetes
líquidos são livres de sulfatos;
os desodorantes não contêm
alumínio nem álcool. Além disso,
os frascos são feitos de plástico
100% reciclado (e também são
recicláveis). A marca ainda está
comprometida em estabelecer
parcerias com organizações
que ajudam pessoas e o planeta.
Por isso já tem a chancela do
WWF Brasil.

PARA SABER MAIS:


www.lovebeautyandplanet.com.br

BONS FLUIDOS | 2 1
ESPIRITUALIDADE NO DIA A DIA

O hábito faz o monge


A vivência e a prática monástica não são a única forma de “entrar na
corrente” do budismo; a conexão está nas ações do dia a dia
O Globo
Michel Filho / Agência

Em português, temos o irônico ditado po- porque tem de se manifestar em nosso dia a
pular “O hábito não faz o monge”. Hábito dia. Pressupõe encontrar o sagrado, porque
aqui refere-se à indumentária de um reli- ele está em nós. E a prática é para nos reco-
gioso, significando que não basta vestir-se nectarmos com ele.
de monge para de fato sê-lo. Mas o hábito Temos ordenações laicas, ou seja, pes-
enquanto comportamento permanente faz, soas leigas que são grandes praticantes.
sim, o monge. A vivência e a prática monás- Há os que escolhem dedicar a vida com-
MONJA COEN é fundadora da
Comunidade Zen Budista Zendo Brasil
tica. A meditação, a leitura dos sutras, a lim- pletamente ao Darma de Buda e fazem o
e, com suas palavras amorosas, convida peza do templo, o cuidado com o jardim. E voto monástico, raspam a cabeça, mudam
à prática do respeito ao próximo. o zelo com a família, pois, em nossa ordem, hábitos. E há os que continuam cuidando de
Publicou, pela ed. Planeta, Zen para é permitido casar e trabalhar fora. suas famílias como prioridade, do seu traba-
distraídos, seu mais recente livro, de
No Brasil o zen-budismo é ainda muito lho, de sua vida pessoal, que usam roupas
onde extraímos o texto ao lado.
novo. Não há uma comunidade budista de comuns, que não raspam a cabeça e podem
Grupo Único PDF PaD
sustentação, que pague para que os mon-
ges sejam monges. Também não se pratica
ser grandes praticantes budistas. A vida lai-
ca é muito importante. O praticante leigo é
o dízimo, e as doações são raras porque o o que dá sustentação à Sanga, a comunida-
Brasil não tem essa cultura. Assim, são mui- de budista. A pergunta é: como pode ser a
tas as dificuldades, e monges e monjas pre- minha prática budista? Se você se tornará
cisam trabalhar em outras atividades. monge ou não é uma questão para outro
Então, a opção monástica é pessoal: ser momento. Algumas pessoas cultivam uma
budista não implica ideia romântica sobre o que é ser monge.
Há os que escolhem fazer ser monge, da mesma
forma que não pre-
Ser monge significa em primeiro lugar servir.
Se alguém pede que eu faça uma prece em
o voto monástico, raspam cisa tornar-se padre sua casa, não há cansaço que me impeça

a cabeça e mudam hábitos. E ou freira para ser ca-


tólico e não é neces-
de atender. A prioridade é a vida monástica.
Imagine-se adentrando uma floresta fe-
há os que continuam cuidando sário ser pastor para chada, golpeando a mata com um facão
ser evangélico. Basta para abrir caminho. O início da prática é as-
de suas famílias, não raspam querer para “entrar sim mesmo, difícil. Às vezes até nos irrita-
a cabeça, e podem ser grandes na corrente”, que no mos porque percebemos aspectos nossos
budismo significa o refletidos no outro que não nos agrada.
praticantes budistas primeiro estágio do Mas o outro sou eu, mesmo que eu não
Caminho que leva ao queira ser assim. É como abrir o caminho na
nirvana. O Dhammapada observa: “Melhor mata atrapalhado por obstáculos, insetos,
do que governar sozinho o mundo inteiro, cansaço. E se você abrir a trilha, mas não
melhor do que ir para o céu, melhor do que passar mais por ela rapidamente se fechará.
reinar sobre todos os mundos, é a realização Por isso, a meditação e os retiros não são
de quem entra na corrente do verdadeiro para serem vividos raramente. Como manter
Caminho.” O Caminho está à sua disposição esse caminho aberto, essa conexão? A res-
também. Não é algo separado da nossa vida, posta está na prática do dia a dia.

2 2 | BONS FLUIDOS
PALAVRA DE MESTRE

O mestre da ioga
O professor Hermógenes foi um dos precursores da modalidade no Brasil e seus ensinamentos
continuam sendo disseminados até hoje | por Fernanda Lima

“Entrego, confio, aceito e agradeço.” Entre as dificuldades impostas pela Janeiro e existente até hoje. O instituto
Essa é apenas uma das frases reconfor- vida, e acalentadas pela ioga, Hermóge- oferece aulas baseadas num conjunto
tantes disseminadas pelo querido profes- nes recebeu o diagnóstico de tuberculose de técnicas que levam o praticante a um
sor Hermógenes, considerado o “poeta aos 35 anos. O mestre se curou da doença equilíbrio físico, mental, emocional e espi-
da ioga”. José Hermógenes – aquele que por meio da ioga espiritual. Ele praticava ritual. Seguindo os preceitos de Hermóge-
nasceu de Hermes, o mensageiro dos deu- as posturas escondido no banheiro de sua nes, o local prega que “o ensino da ioga
ses – de Andrade Filho nasceu em 1921, casa, e em pouco tempo a enfermidade deve respeitar a natureza interna de cada
em Natal, no Rio Grande do Norte. Ele, que desapareceu. O professor dizia que sua pessoa, despertando o autoconhecimento
foi um dos precursores e maiores divulga- transformação foi tanta que dedicaria o de forma lenta e progressiva, resultando
dores da ioga no Brasil, teve o primeiro resto de sua vida a mostrar o “mapa da em uma nova forma de enxergar a vida”.
contato com os princípios desse estilo de mina” aos outros. Nesse contexto, escre- Muito mais do que uma atividade física,
vida quando tinha cerca de 10 anos. Ao veu seus primeiros livros e começou a a ioga, segundo o professor, é um estilo
tomar um banho de mar, foi puxado pela dar aulas em uma garagem. Quem teve de vida. “A ioga é um estilo de vida que
correnteza e quase morreu afogado. Na- a oportunidade de assisti-las garante que cultiva o corpo, a mente e trabalha com as
quele momento, viu um rapaz nadando Hermógenes foi um mestre de uma visão energias. Eu, envelhecido, continuo prati-
em sua direção, que lhe disse: “Simples- espiritual ampla, amorosa e sincretista. cando ioga, mas sem trabalhar o corpo”,
mente amoleça!” Ele obedeceu e foi salvo.
A partir daí, Hermógenes aprendeu a lição
Grupo Único PDF PaD
Uma das vertentes que ele defendia era
a unidade. “A verdadeira liberdade é estar
disse em uma entrevista aos 89 anos.
Para ele, “ioga é procurar ter uma visão
que jamais esqueceu: “Fui aprendendo de na unidade. Eu preciso deixar de me sentir mais verdadeira e bela das coisas”. E era
mansinho a viver de forma suave e a acei- diferente dos outros e cultivar o amor. O com esse olhar que ele falava sobre senti-
tar de forma positiva as dificuldades que a amor reaproxima, vence a distância e a mentos, como felicidade e sofrimento. De
vida me impõe, para poder transformá-las ignorância”, dizia. acordo com Hermógenes, a felicidade não
em aprendizado.” Em 1960, publicou o primeiro livro em está nas coisas fugazes. “Não pode ser
português de Hatha Yoga, Autoperfeição feliz aquele que está se sentindo muito
com Hatha Yoga (editora Best Seller), bem, mas começa a ter medo de perder o
“Ioga é procurar considerado o primeiro manual brasileiro que está lhe fazendo tanto bem”, dizia. Já
sobre o assunto. A publicação fez tanto sobre o sofrimento, ensinou: “O sofrimen-
ter uma visão mais sucesso que o mestre começou a receber to dos bons, na minha observação, pode
verdadeira e bela cartas de pessoas que queriam ver suas ser a oportunidade de afastar futuros obs-
aulas. Surgiu aí a Academia Hermógenes táculos. Então aproveite o sofrimento e
das coisas” de Yoga, fundada em 1962 no Rio de veja a lição que ele vem lhe trazer.”

José Hermógenes de Andrade Filho é considerado pioneiro em medicina holís-


tica no Brasil, tendo dedicado mais de 42 anos à prática e ao ensino de ioga. Foi
fi lósofo, poeta, escritor e terapeuta, reunindo um conjunto literário com mais
de 30 livros, alguns editados no exterior, além da tradução de seis volumes de
cunho fi losófico e espiritualista. Doutor em Yogaterapia pelo World Develop-
ment Parliament, da Índia, criou o treinamento antiestresse e foi vice-presi-
Arquivos de Família

dente da Sociedade Teosófica no Brasil. Em 1988 , foi eleito Cidadão da Paz do


Rio de Janeiro. Hermógenes morreu em 2015, aos 94 anos.

BONS FLUIDOS | 2 3
ENTREVISTA

Grupo Único PDF PaD

O mapa astral é uma representação do nosso


DNA cósmico. Lá nos primórdios a astrologia
era mais determinista porque nosso destino
já estava traçado, seja pela vontade dos
deuses ou pelas hierarquias sociais.
Hoje somos cocriadores com o universo

2 4 | BONS FLUIDOS
Astrologia
desvendada
Grupo
Prestes a lançar O ano eraÚnico
1989, quando umaPDF menina de PaD
7 anos chegou da escola en-
cantada com o sistema solar. A tia astróloga aproveitou o momento, e o
seu segundo livro,
interesse da pequena sagitariana, para mostrar que há muito mais entre
a astróloga carioca planetas e estrelas do que os nossos olhos podem ver. Assim começou o
Maína Mello resgata caminho de Maína Mello pela astrologia. “Ali minha tia encontrou a deixa
a origem do zodíaco e para começar a falar dos signos e planetas comigo”, conta.
faz uma análise Naturalmente, a construção da sua carreira não foi linear. Enquanto seguia
com as leituras e os estudos sobre astrologia por puro gosto, a carioca se for-
do que o ano mou em Jornalismo e só depois de começar a trabalhar na área, como asses-
ainda nos reserva sora de imprensa, percebeu que os astros poderiam marcar a sua profissão.
| por Ana Sniesko Chamada de a “Susan Muller brasileira” [em referência à famosa astrólo-
ga americana, muito conhecida pela precisão de suas previsões], Maína está
no ar com o site Mapeando (www.mmmapeando.com.br) desde 2011, no
qual escreve os seus horóscopos diários, tal qual a norte-americana. Além
de realizar vivências e workshops, a astróloga ainda registra as suas previ-
sões em jornais, revistas e nas suas redes sociais.
No seu primeiro livro, Encontros astrais (Editora Fontanar), ela se
debruça sobre um dos temas mais buscados por quem se pauta pelos
ensinamentos astrológicos: amor e sexo. Além dos signos solares, Maína
disseca o ascendente, a lua, Vênus, Marte e Lilith. Agora ela se prepara
para lançar sua segunda obra, Efeito Lilith (Editora Tordesilhas). “Des-
sa vez é um romance com muita astrologia, que trata da influência de
Lilith, a Lua Negra, no comportamento feminino. Para entender suas
paixões, a protagonista vai se aprofundar no estudo desse princípio, o
demônio feminino de longos cabelos e espírito livre, que a desequilibra,
mas poderá lhe trazer confiança e poder”, adianta.
Para entender os velhos ensinamentos astrológicos, conversamos com
Maína sobre a origem dos signos, a influência dos astros regentes e de fenô-
menos como os eclipses e a retrogradação dos planetas no nosso dia a dia.

BONS FLUIDOS | 2 5
ENTREVISTA

Como e quando surgiu o cedo em relação ao ano anterior. É válido levar em conta as
horóscopo da maneira que Acumulados ao longo de 2 mil previsões apenas do nosso signo
conhecemos hoje? anos, esses 20 minutos anuais solar? Como devemos “ler” o
[O horóscopo ocidental surgiu] correspondem a aproximadamente nosso perfil astrológico?
Em algum momento entre o um mês. É por isso que, hoje, Se não fosse, eu não estaria
final do século XIX e o início do quando acontece o início da escrevendo horóscopos há oito
século XX, como desdobramento primavera, o Sol está passando anos e sendo bem-sucedida!
dos almanaques com previsões entre as constelações de Peixes e [Fazer previsões] É uma questão
astrológicas que já vinham sendo Aquário, e não mais por Áries, de ler como se comporta a energia
publicados desde os séculos XVII como acontecia na Antiguidade, e envolvendo cada signo, sabendo
e XVIII. Mas o que consta como assim dizemos que estamos na Era que não temos apenas o signo
início oficial é que esse formato de Aquário! Mas algumas linhas solar, mas também outros fatores
de horóscopo, começando pelo da astrologia, como a védica, no mapa astral que precisam
diário, se popularizou a partir da consideram a mudança da data da ser levados em consideração
Inglaterra em 1930, quando um passagem do Sol por cada signo para o desenvolvimento pessoal.
astrólogo chamado R. H. Naylor e usam um zodíaco corrigido E o horóscopo pode oferecer
assinou a primeira coluna do chamado de “sideral”. Aqui no orientações valiosas. Sempre
gênero no jornal Sunday Express. Ocidente, a astrologia faz uma recomendo que todos leiam
Ele havia publicado sobre o mapa distinção entre o que é constelação também o horóscopo de seu signo
astral da recém-nascida Princesa e o que é signo. Nesse sentido, ascendente para ter um panorama
Margareth. E, depois de receber pouco importa a localização mais específico do momento
tantas correspondências sobre o exata de cada constelação, que vivido, fazendo uma média das
assunto, o jornal o convidou para é um grupo de estrelas reunido duas perspectivas.
fazer previsões diárias. pelos olhos humanos, como uma
A astrologia é uma forma de
projeção do nosso imaginário.
Grupo
Se os registros são tão antigos, Único PDF PaD
autoconhecimento? Como
Importa mais a experiência
a posição dos astros não sofreu humana a cada momento do ano. podemos usá-la para o nosso
mudanças importantes? Como nosso zodíaco está mais desenvolvimento pessoal?
Algo deveria ser revisto? alinhado com a Terra e as estações [A astrologia é] Totalmente [uma
Sim, o zodíaco como visto da Terra do ano, o chamamos de “tropical”. ferramenta de] autoconhecimento,
mudou de posição, um fenômeno pois revela nossos potenciais,
que chamamos de precessão dos Como a astrologia impacta nossos talentos, nossas tendências,
equinócios. É algo um pouco nossas ações cotidianas? Existe desafios e até personalidade.
difícil de explicar sem recorrer a livre-arbítrio para as previsões? Mostra também de onde viemos e
imagens que ajudem a visualizar, “Assim na Terra como no céu.” para onde podemos ir e os nossos
mas podemos dizer o seguinte: Tudo está interligado. O Saturno propósitos de vida. Nos ajuda a
a Terra gira ao redor de um eixo de fora se reflete no de dentro. O fazer escolhas mais conscientes.
inclinado que, embora mantenha mapa astral é uma representação
constante seu ângulo de inclinação do nosso DNA cósmico. Somos As previsões para 2019,
(que é de cerca de 23,5° em relação à um Todo. Livre-arbítrio é uma com regência de Marte, nos
eclíptica – como chamamos o plano conquista relativamente recente mostravam que teríamos
do zodíaco), não mantém a mesma da humanidade, e mesmo momentos de muito movimento.
orientação, ou seja, não aponta assim a maior parte ainda não O que podemos esperar para a
sempre para a mesma direção. A tem consciência de como fazer segunda metade do ano?
ação combinada do Sol e da Lua faz uso dele. Lá nos primórdios a Estamos [vivendo] em um mundo
o eixo terrestre descrever no espaço astrologia era mais determinista, em desconstrução – ou podemos
um movimento cônico, semelhante porque nós, seres humanos, não dizer em reconstrução –, mas
a um pião. A precessão afeta as tínhamos consciência do nosso há muita resistência envolvida, e
datas dos equinócios. O movimento poder pessoal e criativo, nosso isso está se manifestando como
de pião do eixo da Terra faz com destino já estava traçado pela uma onda conservadora que
que, a cada ano, o instante em vontade dos deuses – e pelas [pela visão da astrologia] está
que o Sol cruza o equador celeste hierarquias sociais. Hoje somos ligada aos eclipses junto com
aconteça cerca de 20 minutos mais cocriadores com o universo. Saturno e Plutão em Capricórnio,

2 6 | BONS FLUIDOS
[favorecendo] as hierarquias, as as diferenças de distância e
leis, o patriarcado, o capitalismo. velocidade das órbitas vistas da
Agora, temos outra consciência Terra, às vezes parece que [alguns
dessa estrutura social e do nosso
sistema de crenças e inclusive
planetas] estão “andando pra
trás”. É um movimento aparente
Um ano de
de como isso impacta o planeta apenas, mas temos menos acesso Marte é sempre
– nesse ponto tem Urano em à energia representada por esse
Touro para propor formas mais planeta. No caso de Mercúrio, desafiador, sujeito
ecológicas de produzir, por [planeta] da comunicação,
exemplo. Sobre a regência anual podem ocorrer falhas de a mais conflitos
dos planetas, há controvérsias, informação, mal-entendidos,
um tema que quando abordado atrasos e mudanças de planos. a nível pessoal
sempre recebe críticas, pois tem
astrólogos que dizem não haver
Um trânsito dado a pegadinhas!
Mas toda retrogradação é uma
e coletivo. Mas
evidências astrológicas disso.
Mas esse sistema de regências de
oportunidade de revisão, e com
Mercúrio podemos repensar,
pode ser também
planetas remonta aos caldeus, os reescrever, refazer. empoderador. É
primeiros astrólogos, e pode ser
considerado como uma visão mais 2019 também está marcado por preciso abrir mais
mística dentro da astrologia. Eu cinco eclipses. Como todos
o considero. Um ano de Marte esses fenômenos influenciarão a energia de
é sempre desafiador, sujeito a as previsões astrológicas?
um maior número de conflitos Tivemos a ocorrência de um Câncer, signo que
a nível pessoal e coletivo. Mas
pode ser também um momento
último eclipse de uma série no eixo
de Leão-Aquário em janeiro, uma
é o contraponto
empoderador. Depende do nível Grupo Único PDF
série de eclipses que desde meados PaD
necessário, com
de consciência de cada um. E, de 2016 vinha mexendo com nosso
embora estejamos vivendo uma sistema de crenças, abrindo uma característica de
expansão da consciência de cada nova visão de mundo, por isso
um; coletivamente esse nível tanta discussão ideológica e política amor e nutrição
ainda está baixo, por isso acho acontecendo nesses tempos. Agora
perigoso para emergência de estamos em uma nova série de
conflitos maiores. É preciso abrir eclipses em Câncer e Capricórnio,
mais a energia de Câncer, o signo onde ocorrem os outros quatro
que complementa Capricórnio, eventos deste ano [o último deles
onde também estão ocorrendo os acontecerá em 26 de dezembro].
eclipses. Câncer é o contraponto Esse é o eixo da memória e da
necessário ao momento, com sua estrutura da nossa vida, por isso
energia de amor e nutrição. estamos enfrentando o desafio de
reestruturar nosso mundo. Eclipses
Em 2018 muito se falou sobre são agentes do destino, é quando
Mercúrio retrógrado, que virou ocorrem resgates cármicos e
justificativa para tudo o que grandes reviravoltas. Cada eclipse
saía da ordem. Esse movimento ou série de eclipses impacta de
é apenas negativo? Que lição maneira diferente cada pessoa,
podemos tirar dele? depende dos aspectos envolvendo
Todos os planetas retrogradam, à aquele eixo astrológico no mapa
exceção do Sol e da Lua, porque individual, alguns correspondem
são os únicos com os quais a maiores mudanças do que
estamos diretamente envolvidos outros. Mas, coletivamente,
– o Sol porque giramos ao sempre somos afetados por todos.
redor dele, a Lua porque gira Neste momento, todos estamos
ao nosso redor. De resto, dadas reescrevendo a nossa história!

BONS FLUIDOS | 2 7
CONTEMPLAÇÃO

Estar em contato direto


com a natureza ajuda
a desacelerar o ritmo
intenso de quem vive
na cidade grande,
garantindo o almejado
alívio do estresse

Grupo Único PDF PaD


Viajar e
cuidar
Desconectar-se do mundo e contemplar novas
paisagens em meio à natureza traz bem-estar
e novos aprendizados para o corpo, a mente
e a alma. Afinal, conhecer outros lugares
é também compartilhar ideias, frustrações,
medos e inseguranças, sem medo de sermos
julgados | por Fernanda Lima

Grupo Único PDF PaD


“Viajar é mudar a roupa da alma”, dizia o
poeta Mário Quintana. Fazer as malas e
passar alguns dias fora, para muitas pesso-
as, é um embarque cheio de significados.
É consenso que as viagens promovem bem-estar para
o corpo e para a mente. Espairecer, conhecer paisa-
gens, respirar novos ares e esquecer-se dos problemas
cotidianos são apenas alguns dos benefícios.
Renata Bueno, psicanalista, confirma que con-
templar novas paisagens faz bem tanto para o corpo
quanto para a mente. “Viajar é uma oportunidade de
estar consigo próprio, saindo da atividade corriqueira
e testando novas experiências que suscitam emoções,
sentimentos e fantasias. É também quando se tem a
possibilidade de quebrar a rotina, de utilizar a criati-
vidade e ter o prazer de conhecer, de entrar em conta-
to com diferenças, com novas culturas e aprendizados
que ampliam os horizontes mentais”, explica.

O contato com a natureza A brasiliense Ana


Paula Favero, formada em Educação Física, passou
30 dias em Bali, na Indonésia. O que ela mais apren-
deu nessa jornada? “A simplicidade do povo, alegria,
valores e tradições. Eles não são apegados aos bens
materiais como nós. Levam uma vivência tão natural
com uma alegria na alma que eu nunca vi”, relembra.

29
CONTEMPLAÇÃO

Na correria do dia a dia nos esquecemos de estar mais conectados com a natureza Cada ser humano é único e tem
e contemplar alguns pequenos prazeres, como andar descalço pela grama, apreciar suas próprias preferências. Cícero, por
uma flor desabrochando ou ver uma borboleta voar. “Durante as viagens a gente fica exemplo, prefere lugares urbanos, em
com o olhar mais atento aos eventos que estão acontecendo à nossa volta, afinal, tudo detrimento de paisagens mais isoladas.
é novidade. Eu, como viajante, amo poder conhecer lugares com maior biodiversida- “Esse tipo de ambiente traz uma maior
de e aprender sobre o dia a dia das comunidades locais. A gente sempre dá um pou- possibilidade de conhecer pessoas, con-
quinho mais de valor ao que a natureza nos proporciona. Pode ser um dia relaxante versar com elas e examinar como a so-
na praia ou uma aventura na cachoeira. Melhor ainda é conciliar tudo isso com uma ciedade local vive. É ótimo para obser-
culinária local feita com os ingredientes da terra”, ressalta a viajante. varmos como se comportam e também
Integrar-se com a natureza e sentir-se parte dela tem um poder transformador, o que pensam do mundo. O importante
Ana Paula faz questão de enfatizar: “Entender é que o local escolhido permita que a
os ciclos da natureza faz com que também en- pessoa se conecte com o meio e consi-
Viajar é uma fuga da tendamos um pouco mais dos nossos próprios ga se desligar do seu próprio dia a dia e
realidade, sim, mas ciclos. Nos conectarmos com as águas, sejam das preocupações”, acrescenta.
de rio, de mar, de lago ou cachoeira, faz com A publicitária Camila Castanheira,
também é o encontro que estejamos conectados com nossos pró- autora do blog Acordei, quero viajar,
com ela, pois viajando prios sentimentos. A natureza tem um poder também tem boas lembranças sobre
de transformação e regeneração muito grande contemplar novas paisagens. “Em 2017,
podemos observar para explorarmos. As lições estão todas lá, bas- viajei para o Egito sozinha. Foi uma das
que o mundo pode tamãea gente saber entender os sinais da grande
natureza”, garante a educadora física.
experiências mais marcantes de toda a
minha existência. Tudo lá é impactante,
ser diferente do que A psicanalista Renata Bueno conta ainda e uma das coisas que mais me surpre-

estamos acostumados que estar em contato direto com a natureza


Grupo Único PDF PaD
ajuda a desacelerar o ritmo intenso de quem
enderam foi descobrir que minha visão
acerca do mundo árabe e dos muçul-
vive na cidade grande, garantindo o tão al- manos era totalmente distorcida. Em
mejado alívio do estresse. “Há um afastamento da rotina e das exigências diárias. 15 dias de viagem, o Egito foi capaz de
Além do mais, as áreas onde se tem contrastes do verde e do vivo podem promover me tornar uma pessoa melhor nesse as-
contentamento e prazer. O ar é mais limpo, o cheiro é de mato, e isso dá um sentido pecto: menos julgadora e mais aberta a
de verdade e de integração com a vida”, aponta a viajante. compreender as diferentes crenças do
Os benefícios de entrar em contato com a natureza também são físicos, aponta próximo. É impossível sair de lá sem
Michele Haikal, médica especialista em Medicina Integrativa e Ciências Nutricio- uma reflexão profunda de tudo o que
nais Associadas ao Exercício Físico. Segundo ela, a natureza por si só é um antio- vivemos na nossa zona de conforto.
xidante natural. “Grande parte do que os médicos fazem hoje para o rejuvenes- Ainda hoje, depois de voltar inúmeras
cimento e a melhora do organismo é com produtos antioxidantes. A natureza é vezes para o país, sempre me surpreen-
um antioxidante natural, porque ela aterra. Significa que temos um contato com a do com o lugar e me transformo com
terra. Então, se você encosta na terra, na areia da praia, numa árvore ou na água do algo novo, visto pela primeira vez. Via-
mar, está fazendo uma troca química e deixando o organismo menos oxidado. Isso jar nesse sentido é uma ida sem volta,
é muito positivo para o bem-estar”, explica a médica. e já não somos mais a mesma pessoa”,
relata sobre sua experiência.
Descobrir novas paisagens A jornada de um viajante começa quando ele A educadora física Ana Paula é outra
sai de casa. É nesse momento que, seja no carro, no ônibus, no avião ou em qual- que gosta de contemplar novos e dife-
quer outro meio de transporte, ele começa a vislumbrar paisagens diferentes da rentes ares. De acordo com a viajante,
que está acostumado. O destino pode até ser um lugar onde ele já esteve, mas a quando estamos no estado de contem-
experiência, em geral, é nova. Cícero Andrade, especialista em carreira, já visitou plação, ficamos mais abertos para os
71 países, alguns mais de uma vez. “Conhecer lugares, provar novas comidas e sentidos do local e captamos sinais que
temperos, visitar museus e pontos turísticos sempre traz um novo olhar e uma geralmente nossa mente analítica não
nova percepção. Mas não devemos esquecer de reservar um tempo para estar onde consegue perceber. Logo, prestamos
as pessoas vivem, assim como conviver com os moradores locais. Esse é o melhor muito mais atenção nos sons, cheiros
caminho para entender as novas culturas”, afirma. e texturas que estão ali ao nosso redor,

3 0 | BONS FLUIDOS
Grupo Único PDF PaD

Na correria do dia a dia,


nos esquecemos de estar
mais conectados com a
natureza e contemplar
pequenos prazeres, como
andar descalço pela
grama, apreciar uma flor
desabrochando ou ver uma
borboleta voar

BONS FLUIDOS | 3 1
CONTEMPLAÇÃO

Quando estamos em
estado de contemplação,
ficamos mais abertos para
os sentidos e captamos
sinais que geralmente
nossa mente analítica não
consegue perceber

Grupo Único PDF PaD


experimentamos o novo, nos sentimos Camila Castanheira conta que suas viagens misturam as duas situações: fugir e
mais vivos e mais energizados. “Duran- encontrar-se com a sua realidade. “Viajar é uma fuga da realidade, sim, mas tam-
te minha viagem para Bali, pude perce- bém é o encontro com ela, pois viajando podemos observar que o mundo pode ser
ber que muitas estátuas de divindades diferente do que estamos acostumados. O contato com outras crenças amplia nossa
e templos ficam localizadas na beira da capacidade de análise, e isso é muito rico”, destaca. “Entramos em contato com no-
praia, pois na cultura hindu as forças da vos espaços, culturas, gastronomia e pessoas, sentimos oscilações, como o clima,
natureza são sempre exaltadas. A cada percebemos também a energia do lugar. Essa influência direta mexe e transforma
nascer do sol, moradores locais prepa- todos os nossos sentidos”, complementa a viajante.
ram uma pequena oferenda com flores
e incensos e deixam em frente às portas Viagens curtas ou mais longas? Cada paisagem é única para o viajante.
das casas, como um sinal de gratidão O ideal é tentar descobrir seu tipo prefe-
pelo dia que se inicia e por cada nova rido, se é um ambiente selvagem, natural,
oportunidade. Em viagens assim po- com belas arquiteturas, belas praias ou Se você encosta na
demos notar que cada cultura tem sua um destino mais urbano, com mais con- terra, na areia da praia,
maneira própria de cultuar a vida, seja tato com a população local. Ana Paula
por meio da arte, da arquitetura ou dos considera que um dia de viagem possibi- numa árvore ou na água
rituais”, reflete a educadora física. Para
ela, a viagem, mesmo aquela feita sozi-
lita entrar em contato com tantas situa- do mar, está fazendo
ções novas ou fora da rotina que é bas-
nha, representa um momento de tran- tante comum termos aquela impressão de uma troca química e
sição na vida. “Viajar é compartilhar
ideias, frustrações, medos e insegu-
que estamos fora de casa há muito mais deixando o organismo
tempo. “Eu, por exemplo, gosto de apro-
ranças sem sermos julgados. Aprender veitar cada oportunidade que tenho para menos oxidado.
Isso é muito positivo
sobre outras culturas, línguas, moedas. conhecer alguma cachoeira perto da mi-
E sobre cooperar, cocriar. Uma busca Grupo Único PDF PaD
nha cidade, ou mesmo desbravar lugares
por autoconhecimento, poder oferecer desconhecidos no meu entorno”, diz. No para o bem-estar
o seu melhor para o outro e, ao mesmo entanto, uma viagem mais longa também
tempo, poder pedir ajuda”, completa. pode proporcionar experiências mais profundas e transformadoras. “Assim como
um local impacta as nossas percepções, nós também deixamos um pouco da gente
Fugir do caos A chamada “fuga em cada local que visitamos”, acredita Ana Paula.
da realidade” é um mecanismo usado Suellen Campanhola, esteticista, cosmetóloga e empresária, conta que, para ela,
por quem quer se afastar daquilo que um bate e volta ou uma viagem no final de semana já traz benefícios para a mente.
está gerando angústia e sofrimento. O “Em apenas um dia eu consigo recuperar um mês de jornada de trabalho. Um dia
ato de viajar pode ajudar nesse afasta- contemplando uma imagem, uma paisagem, sentindo o aroma da natureza já é
mento, além de ser uma oportunidade suficiente para o meu relaxamento. Até mesmo no próprio trajeto, seja de avião ou
de ganho de tempo para que a pessoa de carro, se você está feliz por ir para um lugar diferente e conectado com a viagem,
possa pensar no que está causando afli- é possível se beneficiar de paz e tranquilidade interior”, completa.
ção e buscar uma mudança possível.
“A rotina diária impõe regras e limites A volta para casa Desbravar lugares novos é maravilhoso, mas não existe
a todos nós. Mas quando viajamos es- mesmo nada melhor do que poder voltar para aquele lugar que sempre nos acolhe,
ses limites se afrouxam, o que pode ser seja nossa casa, nossa cidade ou nosso país. Voltar para casa é também ter a opor-
muito gratificante. No entanto, é sem- tunidade de descansar da viagem e ter tempo para assentar internamente todas as
pre importante lembrar que é preciso novas experiências vividas. É a possibilidade de recomeçar as tarefas do dia a dia,
buscar viver bem e com qualidade tan- só que agora modificados pelas sensações experimentadas. Assim, aquela rotina
to no dia a dia quanto nos momentos anterior não será mais a mesma, embora seja a mesma casa, o mesmo trabalho e a
de viagem, em lugares diferentes e com mesma família. Cícero conta que o ato de retornar de uma viagem, para ele, é voltar
mais relaxamento. No fim, acredito que para a sua zona de conforto e para a vida a que estava acostumado. A casa tem um
é essencial que a vida alterne experiên- significado muito importante, pois representa um espaço único de segurança e
cias entre a rotina e o lazer”, destaca a acolhimento. Talvez seja exatamente por isso que algumas pessoas têm a sensação
psicanalista Renata Bueno. de que “viajar é ótimo, mas voltar para casa é ainda melhor”.

BONS FLUIDOS | 3 3
CAPA

Grupo Único PDF PaD

Gratidao
todo dia
Descubra agora como você pode criar uma vida de felicidade e amor ao seu
redor cultivando o hábito de agradecer mais por tudo o que já conquistou e
o que está por vir l por Leonardo Vinhas e Veridiana Mercatelli
Grupo Único PDF PaD
CAPA

Você abre a porta para uma pessoa passar e ela responde, de cego”, afirma Mariana. “Essa é a dis-
olhinhos fechados, “Gratidão”. Uma foto qualquer em uma rede torção clássica sobre o significado da
social já vem etiquetada com #gratidão. De tão comum nos dias de gratidão. A falsa gratidão, a que a gente
hoje, essa palavra de oito letras virou até motivo de piada, um sinônimo de espi- finge sentir quando assume comporta-
ritualidade prêt-à-porter, mais preocupada com a aparência de iluminação do que mentos passivos, é uma máscara social
com uma luz que de fato ilumine. Mas a banalização deixa passar seu verdadeiro para ganhar aprovação, para ser simpá-
significado – ou significados, já que há visões diferentes sobre o tema, com peque- tico. É se alienar de si mesmo, vender
nas ou notáveis diferenças entre si. a alma para conseguir reconhecimento,
“O conceito de gratidão como é usado hoje tem base na psicologia positiva, em amor, atenção”, acrescenta.
que a pessoa irá refletir diariamente sobre momentos bons do seu dia e reconhe-
cê-los”, explica Yuri Busin, psicólogo, doutor em Neurociência do Comportamento
pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e diretor do Centro de Atenção à Saú- UM JARDINEIRO ZELOSO
de Mental e Equilíbrio (CASME). Já Cesar Leandro Ribeiro, professor da PUC-PR,
“A gratidão precisa ser cultivada no
mestre em Filosofia e doutor em Teologia, conceitua gratidão como “aceitação de
cotidiano com o mesmo carinho com
uma situação ocorrida na vida (ou de
que um jardineiro zeloso cuida de
vida) por encontrar nela sentido, con-
“Gratidão é a aceitação dição de crescimento pessoal próprio delicadas rosas. Colocar-se diante
de Deus é o primeiro passo, pois
de uma situação ocorrida ou de outrem”. É um conceito que faz ante a grandeza Dele nos tornamos
eco com a visão budista, segundo ex-
na vida (ou de vida) por plicado pela monja Miao You. “Ela se pessoas gratas pelo dom da vida. Em
segundo lugar, entender-se como um
encontrar nela sentido, refere a algo que impactou sua vida,
não pode ser uma simples substituição
cocriador junto a Deus, ou seja, como
condição de crescimento da palavra ‘obrigado’”, explica a priora
Grupo Único PDF PaD
alguém que no mundo tem uma
missão: fazer de nossa realidade um
pessoal próprio ou de outrem” do Templo Budista Zu Lai (Monastério
Fo Guang Shan), em Cotia- SP.
espaço de fraternidade, de justiça,

Cesar Leandro Ribeiro, “No budismo, a gente deve gratidão


amor e paz. Florir no jardim no
qual fomos plantados. Sendo ‘úteis’
filósofo e teólogo trouxe a esse mundo e nos dá a vida;
a quatro entes: primeiro, a quem nos
diante da missão do próprio Deus,
adotamos uma postura otimista
depois, à nossa sociedade – o médico,
perante a vida e somos capazes de
a pessoa que dirigiu sua condução ao local de nascimento, quem produziu coisas que
dar e encontrar sentido em cada
facilitaram sua vida, quem produz a comida que te alimenta; em terceiro, ao Buda,
pequeno gesto do dia a dia”,
aos nossos professores da vida, porque nos mostram o caminho e nos ensinam; e, por
explica Cesar Leandro Ribeiro,
fim, temos gratidão ao nosso país, nossa terra, por ser a estrutura que nos dá apoio”,
filósofo e teólogo.
detalha a monja. O doutor Cesar Leandro continua: “No cristianismo, a consciência
da grandeza da vida entendida como um dom, ou seja, como uma doação, um pre-
sente, sem mérito de nossa parte, é a fonte da gratidão. É fruto da noção e aceitação CRIAR VÍNCULOS E
de Deus como Criador, como Pai e como Misericordioso e da aceitação de nossa AFINIDADES
condição como criaturas, filhos e participantes do projeto divino.” “O budismo fala sobre afinidade
e afirma que devemos criar bons
Na saúde e na doença Ainda que com pequenas diferenças entre si, as três vi- vínculos com os outros. Quem dá
sões apresentadas coincidem em um ponto: só faz sentido ser grato a algo ou alguém auxílio, quem dá apoio, a esses nós
que tenha transformado nossa vida, que tenha tido um impacto direto. Ou, como agradecemos, dos pequenos aos
diz a coach Mariana Viktor, “gratidão é a singela, porém rara capacidade de perce- grandes. Então, cada indivíduo deve
ber o positivo recebido ou vivenciado através de experiências, pessoas, situações ou cultivar individualmente, agradecer
dentro de nós mesmos na interação com a própria vida interna, por meio do diálogo o que tem e não lamentar o que não
interior”. Isso, portanto, implica uma lógica diferente do “jogo do contente” da per- tem. Temos de ter contentamento, e
sonagem Poliana, em que a ideia é sempre ver o lado bom de tudo que nos acontece. isso favorece a gratidão”, diz Monja
Gratidão não tem nada a ver com alienação. “É muito comum confundir o sen- Miao You, do Templo Zu Lai.
timento de gratidão com comportamentos de comodismo, submissão, otimismo

3 6 | BONS FLUIDOS
Grupo Único PDF PaD
CAPA

A gratidão pode se
dar em situações
marcadas até mesmo
pelo sofrimento, desde
que amadurecidas na
consciência de cada
um e entendidas como
caminho de crescimento
da paz pessoal

Grupo Único PDF PaD

3 8 | BONS FLUIDOS
“A gratidão pode se dar em situações
marcadas até mesmo pelo sofrimento, AGRADECER É UM ATO A SER PRATICADO
desde que amadurecidas na consciên-
cia de cada indivíduo, assimiladas como A coach Mariana Viktor vê a gratidão como um sentimento, “e por isso é preciso
oportunidade de resiliência, de inversão acessá-lo na fonte das sensações, que é o coração”, explica. Além das ações propostas
da lógica da mediocridade para a mag- por ela e pelos outros entrevistados ao longo de toda a nossa matéria, Mariana
nanimidade, entendidas como caminho ressalta os seguintes passos para a prática do agradecimento.
de crescimento e/ou de construção da 1. Coloque uma música suave e feche os olhos.
paz pessoal ou social”, explica Cesar Le-
2. Dê três ou quatro suspiros profundos – controle a respiração soltando o ar pela
andro. Podemos, então, ser gratos a algo
boca e fazendo o som “ahhhhhhhh”. A cada expiração seguida desse som sinta as
que nos causou sofrimento e desconfor-
tensões físicas se dissolvendo e o corpo relaxando.
to? Sim, desde que observada uma con-
dição que faz toda a diferença, também 3. Continue respirando da mesma forma e suspirando ao expirar, mas, dessa vez,
explicada pelo professor da PUC: “A foque em relaxar a sua mente a cada novo suspiro.
gratidão diante de uma intempérie se
4. Volte a respirar normalmente e, a cada expiração, imagine que sua consciência (ou
dá quando percebemos que crescemos,
atenção, ou foco) vai descendo suavemente ao centro do peito e se aninha dentro do
amadurecemos, nos desenvolvemos,
seu coração. Coloque a palma da mão no peito e sinta o calor nessa região. Descanse
nos tornamos melhores devido à con-
aí, desfrute essa sensação de paz por alguns minutos.
trariedade enfrentada. No entanto, não
significa isso uma atitude de aceitação 5. Lembre-se de alguém muito especial em sua vida e emita para ela o sentimento de
ou acolhimento de situações ou acon- amor, de gratidão. Depois, envie gratidão para outras pessoas, para experiências que
tecimentos que geram dor, sofrimento lhe trouxeram mais sabedoria e crescimento e até para coisas cujo valor geralmente
e angústia.” Como em quase toda atitu- esquecemos: nossos pés que suportam o peso do corpo, nossos olhos, nossa cama,
Grupo Único PDF PaD
de transformadora, isso só é possível a nosso animal de estimação. Experimente viajar nessa sensação boa por quanto tempo
partir do diálogo interno e do conheci- quiser. Ao final, pare e perceba como você se sente.
mento de si próprio. “A gratidão não é
fingida. Tem que ter retidão, tem que ser
baseada na verdade. Temos que escolher
o lado positivo, mas sem disfarces”, opi-
na a monja Miao You.

O corpo todo sente Uma vez en-


tendida sua dimensão, a gratidão pode
ser aplicada à realidade de muitas for-
mas. Uma delas, bastante necessária em
tempos de queixumes online e ao vivo,
surge em oposição ao estado de reclama-
ção permanente. Como explica Mariana
Viktor, “estamos condicionados a recla-
mar, a procurar o negativo das experi-
ências, situações e pessoas. E chamamos
isso de realismo, como se a negatividade
fosse um ícone da realidade. É um vício
universal implantado pelo medo. Medo
de ser trouxa, de ser enganado, de pare-
cer piegas ou otimista”. Para escapar des-
se condicionamento e encontrar o sen-
tido profundo da gratidão, Yuri Busin
propõe uma tarefa simples, mas eficaz.

BONS FLUIDOS | 3 9
CAPA

“Gosto muito do diário positivo, que consiste em um hábito de reflexão com foco em
pequenas ou grandes coisas que ocorreram no dia que foram boas. Isso não demanda GRATIDÃO
horas de introspecção, bastam alguns minutos. O ideal é fazer no papel, para que a É DE GRAÇA
atenção seja mais focada. Depois de realizar essa atividade, você pode, no dia seguin-
te ou no mesmo dia, manifestar estar grato a essas pessoas”, sugere. “Quando não desejo nada, tenho
Busin garante que é possível notar melhorias na saúde por conta da atitude grata. tudo”, diz a Monja Miao You para
“Diversos sintomas físicos que temos são decorrentes de algum transtorno: sofri- explicar a liberdade desfrutada por
mento, pensamentos negativos e afins. São manifestações corporais do nosso estado quem é contente e grato por aquilo
mental. Sendo assim, ao conseguir melhorar nosso estado mental para mais positivo, que tem. Ainda assim, muita gente
é provável que os sintomas físicos evoluam também.” Um estudo conduzido pelo acredita que o agradecimento
PhD Robert Emmons e seu colega Mike McCullough nas universidades da Califór- precisa estar vinculado
nia e de Miami (ambas nos EUA) indicou que a gratidão pode de fato ter impactos necessariamente a objetos ou
positivos na saúde. À metade do grupo pesquisado foi dada a tarefa de listar semanal- situações que envolvam o
mente, durante dez semanas, cinco coisas ou pessoas às quais deveriam manifestar consumismo, como ser grato pela
gratidão. À outra metade coube listar cinco problemas sem focar no aspecto positivo casa própria ou pelo carro que
ou negativo deles. Ao fim do experimento, ajuda tanto no transporte.
Claro, são exemplos de conquistas
Ser grato não tem nada odeprimeiro grupo registrou menos queixas
saúde e mostrou-se capaz de se exerci- que merecem ser comemoradas - e
a ver com ser alienado e tar fisicamente melhor que os indivíduos agradecidas devidamente. Mas a
vida é feita de mais momentos, e
não pode ser confundido
que só listaram obstáculos.
Outros estudos estão em curso em di- muitos deles não custam nada.

com comportamentos de ferentes instituições. A Universidade de Experimente fazer uma lista mental
de tudo aquilo por que você é grato
Lisboa, por exemplo, publicou a tese da
comodismo, submissão ou mestre em Psicologia Ana Filipa Almei-
Grupo Único PDF PaD e que é de graça. Quer uma ajuda?

otimismo cego. Essa é a da Matias de Vasconcelos Alves, na qual Vamos lá: a adoção de um pet, uma
tarde preguiçosa em um parque,
demonstra que a escrita de uma “carta de
distorção clássica sobre o gratidão” favorece o fortalecimento das ouvir uma música que toca a alma

significado do sentimento relações pessoais e provoca um aumen-


e alegra, tomar um banho relaxante
to do bem-estar subjetivo (aquele que a ao fim de mais um dia...
pessoa sente sobre si própria). Embora os
estudos ainda não apontem um consenso, já é possível dizer que esse exercício re-
gular de identificar oportunidades de gratidão sem mentir a si mesmo é um passo pessoal, psicológica e, sobretudo, espi-
importante para a saúde mental e espiritual. ritual. Ele [o sofrimento] não é deseja-
do, mas pode ser aproveitado”, explica
Viver e estar contente “A gratidão verdadeira é um sentimento que só pode Cesar Ribeiro. Esse estado de gratidão
brotar da lucidez de olhar absolutamente todos os lados – de uma pessoa, expe- pode levar ao que o budismo chama de
riência ou situação – com clareza e justiça. Justiça porque estamos habituados a “estar contente”. E, segundo a monja
ver o negativo com muita facilidade, já que, por defesa, é comum deixar de fora Miao You, quem é contente está livre –
do nosso ponto de vista quaisquer aspectos positivos. E isso é como andar com algo que segue a lógica que poderia ser
uma perna só”, aponta Mariana Viktor. Justamente por possuir tais características, resumida na frase “Quando não desejo
o avesso da gratidão leva-nos a um distanciamento do que é justo e bom, segundo nada, tenho tudo”. Ou, usando as pala-
a coach Mariana Viktor: “A ingratidão é amarga, e essa amargura vem das verdades vras do Venerável Mestre Hsing Yün,
mesquinhas que repetimos para nós mesmos. Pensamentos como ‘Ninguém está “Quando a mente se sobrecarrega, o
me fazendo favor, é obrigação’ ou ‘Agradecer pra quem, se tudo que consegui foi mundo todo parece limitante. Quando
por esforço próprio?’ não só representam inverdades como são uma maneira de a mente é livre de preocupações, até
enxergar os outros apenas como utilitários às nossas necessidades.” mesmo uma estreita cama parece ser
Ser grato, portanto, nos permite viver os momentos difíceis dando a eles seu muito mais espaçosa”. A gratidão since-
devido peso, e não aumentando sua carga. “Quando há no indivíduo consciência ra e regular certamente ajuda a encon-
amadurecida, o sofrimento é caminho para novas aprendizagens, para a evolução trarmos esse espaço amplo.

4 0 | BONS FLUIDOS
“Gratidão é a singela,
porém rara capacidade
de perceber o positivo
recebido na interação
com o outro por meio
do diálogo interior”
Mariana Viktor, coach

Grupo Único PDF PaD

BONS FLUIDOS | 4 1
BELEZA

Grupo Único PDF PaD


Cha e terapia
Ervas e plantas têm poderes quase mágicos para a beleza. Usadas há séculos, representam um retorno ao que há de
mais simples e poderoso em relação ao autocuidado. Veja as receitas para fazer em casa | por Carol Salles

Delicadas, mas muito poderosas, ervas e plantas têm muito mais


usos do que temperar nosso alimento de forma natural e embele-
zar a casa. Elas também são medicinais – segundo o livro Guia A-Z de Plantas:
Grupo Único PDF PaD
Beleza, de Paula Negraes (Editora Bei), isso é tão antigo quanto os Vedas, obras que
fazem parte das escrituras sagradas do hinduísmo. Segundo a autora, há toda uma
parte dedicada ao estudo de ervas e produtos naturais para a saúde. No entanto,
foi no Egito antigo que o uso de ervas especificamente para os cuidados com a
beleza se ampliou e fortaleceu. Óleos e bálsamos perfumados eram produzidos e
consumidos. A camomila era uma das plantas usadas nesse período, em óleos de
massagem ou para relaxamento.
“Ervas e flores podem desempenhar um papel terapêutico, curativo e regenera-
tivo da pele, dos cabelos e até do bem-estar, através de suas propriedades olfativas,
energéticas e químicas”, diz Monica Regato, aromaterapeuta, terapeuta floral, her-
balista e cofundadora da Herbária, em São Paulo (SP). Gabi Pastro, herbalista da
Hortas e Saberes e da Escola de Ervas e Especiarias, em São Paulo (SP), acrescenta:
“As plantas medicinais são ricas em princípios ativos e grande parte tem poder
antioxidante, combatendo e prevenindo o envelhecimento precoce. Geralmente,
para a beleza, usamos as plantas sobre a pele, que é uma via ótima de entrada desses
princípios ativos, pois apresenta rápida absorção.”

Atenção ao comprar Ervas em geral são muito suscetíveis a contaminações.


“O ideal é comprar de laboratórios fitoterápicos. Caso não seja possível, procure
sempre ervas que venham em pacotes fechados, e não a granel”, aconselha Gabi.
Além disso, observe o aspecto da planta, que deve estar com coloração viva e partes
íntegras. Também evite ervas em saquinho para chás que são vendidos em super-
mercados, pois podem perder muitas propriedades no processo de secagem, que
é por aquecimento, e na trituração antes de embalar. “Ainda podem ter adição de
açúcar ou adoçante, aromas e sabores artificiais”, completa Monica. Uma das me-
lhores opções, portanto, é cultivar ervas e plantas em casa. Colha e seque o vegetal,
embrulhando em papel-manteiga, ao ar livre, pendurado no varal.

BONS FLUIDOS | 4 3
BELEZA

A SUA CASA
Selecao natural TAMBÉM MERECE
Plantas e ervas estimulam
A seguir, conheça alguns tipos de ervas e plantas e suas propriedades.
nossa energia vital. Portanto,

1 Camomila Bastante conhecida pela capacidade de clarear para manter uma sensação de
o cabelo, também tem ação adstringente e calmante para bem-estar completa, que tal
a pele. Seu chá pode ser aplicado no rosto com auxílio de encher a casa toda com elas?
algodão e é ideal para peles com excesso de oleosidade. A aromaterapeuta Monica
Regato ensina uma receita
especial capaz de ajudar a

2 Cravo É
bactericida,
anti-inflamatório,
4 Alecrim
Possui
forte ação
limpar e equilibrar o lar.
Água de ervas Faça uma
infusão com 1 litro de água,
antisséptico. “Tem bactericida e 10 pétalas de rosa vermelha,
aroma expressivo e é
carregado das energias
dos elementos fogo e
3 Chá verde Rico
em catequinas, é
um potente fortificante
tonificante da
pele e do couro
cabeludo. Também
2 paus pequenos de canela,
um punhado de folha de
pitangueira e 5 folhas de
terra, por isso limpa, capilar. Também é atua como relaxante louro. Depois de esfriar,
varre e transforma!”, tonificante da pele muscular. “É muito espalhe o líquido pelo chão
resume Monica. e adstringente. versátil. Você pode e pelos móveis da casa com
preparar uma infusão um pano. “Essa mistura, além
Grupo Único PDF PaD para aplicar na pele do

5 7
Calêndula Erva- de muito cheirosa, atrai amor,
rosto ou no cabelo ou prosperidade, renovação
Também -cidreira fazer uma imersão em
conhecida como Também energética e traz acolhimento
banheira ou escalda-pés. para o lar”, diz a especialista.
bem-me-quer, é chamada de melissa, É excelente desodorante
calmante, cicatrizante é adstringente, natural, podendo
e regula a oleosidade, antialérgica, calmante. ser incluído em fórmulas
No Egito antigo, o
principalmente para Indicada para peles naturais com essa
quem possui pele oleosas. Em compressa, finalidade”, comenta a
ressecada. tonifica a pele. aromaterapeuta Monica. uso de ervas
especificamente
6 Cavalinha Por ser rica
em sílica, estimula a
produção de colágeno.
8 Lavanda Cicatrizante,
calmante e antifúngica.
“Ela ‘abraça’ e descansa
para os cuidados
Tonifica a pele, reduz marcas de expressão a alma, o corpo e a com a beleza
e estrias. “Pode ser usada na forma de mente. Acalma, regenera foi ampliado e
máscara de argila ou na forma de chá e tonifica a pele do corpo
para o rosto e corpo”, lembra Gabi Pastro. todo”, diz Monica. fortalecido. A
camomila era uma
das plantas usadas,
9 Hortelã É descongestionante,
antisséptica e calmante. Indicada
para peles oleosas, acneicas e
10 Sálvia Tem ação adstrin-
gente, antienvelhecimento,
desodorante e antioxidante.
especialmente
com sinais de envelhecimento. Estimula o fechamento dos poros. em óleos de
Se usada em compressas,
diminui a aparência de olheiras.
É indicada para peles oleosas,
mistas e acneicas.
massagem ou para
relaxamento
4 4 | BONS FLUIDOS
Grupo Único PDF PaD

Para tratamentos de beleza, as


plantas medicinais são usadas sobre
a pele, que é uma ótima via de
entrada dos princípios ativos, pois
apresenta rápida absorção
BELEZA

COMO FAZER
Hora de preparar sua receita
O CHÁ PARA O Aproveite todo o poder das ervas com estas receitas, indicadas pelas
USO NA BELEZA herbalistas Gabi Pastro e Monica Regato, ambas de São Paulo.

Há dois processos simples e


eficientes para deixar as ervas
prontas para uso em receitas INFUSÃO PARA PELES
de beleza. Veja a seguir: AVERMELHADAS POR ROSÁCEA
INFUSÃO: É feita com partes INGREDIENTES
moles das plantas, como folhas
e ramos. É um processo que • 1 colher (sopa) de camomila seca • 300 ml de água
acontece por volta dos 90 °C,
COMO FAZER: Faça uma infusão com os dois ingredientes. Coloque em um
ou seja, antes da fervura da
borrifador. Espere esfriar. Aplique em um disquinho de algodão ou em uma toalha
água. Esquente a água até
limpa e passe no rosto. Deixe agir por 10 minutos. Não enxágue. “O chá deve
um ponto antes da fervura.
estar em temperatura ambiente para não criar efeito rebote”, alerta Monica.
Enquanto isso, pique ou triture
as ervas, que podem ser frescas
ou secas. Desligue o fogo, jogue
as ervas e deixe descansando
(um processo chamado de
maceração) por cerca de 15
ÓLEO DE CRAVO
PARA MICOSE DE
minutos em um recipiente
tampado, para evitar que as
Grupo Único PDF PaD UNHA
propriedades se percam com a INGREDIENTES
evaporação. Coe.
• 10 flores de cravo-da-índia • 3
DECOCÇÃO: Usam-se as partes colheres (chá) de azeite de oliva
duras, como sementes e cascas.
Coloque o material vegetal e a COMO FAZER: Aqueça os dois
água juntos no fogo e ferva por ingredientes juntos em banho-
cerca de 15 minutos. Depois, -maria por 15 minutos. Aplique
deixe descansar por outros diariamente sobre as unhas.
15 minutos e coe.

Ervas são suscetíveis ENXAGUANTE


BUCAL
a contaminações.
INGREDIENTES
Por isso, o ideal é
• 1 colher (sopa) de cravo-da-
comprar diretamente de -índia • 300 ml de água em
laboratórios f itoterápicos temperatura ambiente

ou produtos em pacotes COMO FAZER: Basta colocar o


cravo na água e usá-la após a
fechados, e não a granel escovação dos dentes.

4 6 | BONS FLUIDOS
ÁGUA DE ALECRIM
PARA O CABELO
INGREDIENTES

• 1 litro de água
• 2 galhos de alecrim

COMO FAZER: Faça uma infusão


com os dois ingredientes. Espere
esfriar e aplique no couro
cabeludo com o auxílio de um
algodão ou de um disco de tricô.
O que restar, aplique na extensão
dos cabelos. Não precisa enxaguar.

ESCALDA-PÉS CALMANTE
INGREDIENTES Grupo Único PDF PaD
• 2 litros de água quente • 2 colheres (sopa) de camomila seca • 1 colher
(sopa) de sal grosso • Um punhado de cristais de quartzo branco (opcional)

COMO FAZER: Coloque todos os ingredientes numa bacia. Adicione MÁSCARA DE


água fria até a temperatura ficar suportável para os pés. Os ingredientes CAVALINHA PARA
ajudam a eliminar o acúmulo de estresse na região dos pés e das pernas, TONIFICAR A PELE
além de estimular a circulação sanguínea.
INGREDIENTES

• 2 colheres (sopa) de argila


vermelha • Decocto de cavalinha
CALÊNDULA PARA seca (líquido resultante da fervura
PELE RESSECADA da planta), o quanto baste
para a receita
INGREDIENTES
COMO FAZER: Hidrate a argila
• ½ xícara (chá) da infusão
no decocto até atingir consistência
das flores de calêndula • 1 folha
cremosa. Aplique na região
grande de babosa
desejada ou no corpo todo.
COMO FAZER: Extraia o gel da Coloque um pouco do decocto em
babosa da folha e misture com o um borrifador e vá aplicando nas
chá. Aplique no corpo, deixe por áreas com argila, para não
20 minutos e depois enxágue. A deixá-la secar. Aguarde 20
receita é para uso imediato e a minutos nesse processo e
mistura não deve ser armazenada. enxágue com água morna.

BONS FLUIDOS | 4 7
CAMINHO ASTRAL

Arte de crescer
Devemos aprender a viver com destreza, mesmo submetidos a uma pressão
intensa. A resiliência é a força que transforma o problema em saída criativa
Rogerio Pallatta

Neste ano o céu astrológico não tem tra- que situações do passado terão de ser
zido leveza e conforto, ao contrário: tem exi- revistas e até descartadas, em alguns ca-
gido ações determinadas, posições firmes e sos. É hora de abandonar uma maneira
reações poderosas. Muito dessa densidade de viver a vida e aceitar a necessidade de
se deve ao posicionamento de planetas len- aprender a adotar novas soluções.
tos no signo de Capricórnio. Já mostrei por Mas nada de entrar em pânico. Você terá
aqui, em outros artigos, o quanto todo esse bom resultado pelo esforço empreendido.
cenário propicia um verdadeiro resgate cár- Além disso, pode ser a oportunidade de
NÁDIA OLIVEIRA é astróloga
mico, tanto coletivo quanto individual. Além corrigir problemas e acertar a direção do
e professora da Gaia – Escola
de Astrologia. Dedica-se aos de Plutão e Saturno, temos ainda o eixo no- barco, que é a nossa própria vida. Alguns
estudos de astrologia natal, dal, sensibilizando esse trecho do zodíaco. bloqueios e dificuldades são sinais de que
cármica e esotérica. Neste período atual, essas posições são o caminho não é o mais adequado – rea-
www.ceudasemana.com.br ainda mais realçadas por eclipses, pela valie e transformará tudo para melhor.
presença da cauda e da cabeça do dragão O grande desafio é romper com uma
Grupo Único PDF PaD
e pelo Sol que atravessa o signo de Câncer,
formando uma oposição com os planetas
visão simplista e negativa. É preciso tirar
disso uma lição de realinhamento para
que se encontram em Capricórnio. Com a oportunidades futuras. Com certeza, é o
oposição de Plutão e Saturno ao Sol, surge destino forjando seres mais fortes e bem
a necessidade de transformar profunda- preparados, pois passaremos por um ver-
mente as estrutu- dadeiro teste de resiliência. Pegue o que
O mundo pode exigir ras. O tempo impõe
limites e exige es-
quer que a vida traga e tire lições valio-
sas. Claro que momentaneamente terá de
maturidade, mas você forço. É momento adotar uma postura espartana e discipli-
precisa ter seus portos de aceitação, de
entendimento e de
nada, mas no final de todo esse processo
quem cresce é você.
seguros, afetos, vínculos... humildade. Toda essa pressão e o posterior cresci-
O Sol na astro- mento não podem nos tirar o prazer de vi-
E, ao final, o que conta é o logia trata da vi- ver. Não perca de vista a passagem do Sol
que traz no coração talidade e do pro- pelo signo de Câncer. Câncer é um signo da
pósito de nossas água, que nos remete exatamente ao pas-
ações e de nossa vida como um todo, mas sado, à ancestralidade e à pura sensibilida-
circunstâncias específicas podem trazer a de. Para enriquecer nossa reflexão, tem
sensação de limitação, por isso é preciso uma bela frase de Fernando Sabino: “Quan-
saber sobreviver com menos recursos. Al- do eu era menino, os mais velhos pergunta-
gumas dicas podem ajudar para que os re- vam: o que você quer ser quando crescer?
sultados sejam positivos: reconhecimento Hoje não perguntam mais. Se perguntas-
das dificuldades, dos potenciais, uso justo sem, eu diria que quero ser menino.” O
e adequado dos recursos, persistência para mundo pode exigir maturidade, mas você
aguardar os resultados e expectativas tra- precisa ter seus portos seguros, afetos, vín-
çadas dentro de um panorama bem real. culos... E, ao final, o que conta é o que traz
Tudo isso trata de uma reorganização em no coração. Tudo vale a pena.

4 8 | BONS FLUIDOS
HISTÓRIA DO CÉU

Voltando para casa


Agora, nosso desafio é refletir sobre o que nos faz ser quem somos, as
memórias de nossas raízes e por que as diferenças nos amedrontam tanto
Rogério Dinniz

Nosso recorte histórico-astrológico deste ço interior as memórias que avivavam as fe-


mês será voltado para a questão da imigra- ridas, e ao mesmo tempo acabavam nunca
ção. O signo de Câncer fala de família, ori- se sentindo inteiros no novo destino. O desa-
gem, tradição, memória e também de nossa fio era não perder de vista a própria cultura,
herança sutil, como o quanto de romance, o que muitas vezes acabou acontecendo.
poesia e capacidade de acolhimento pode- Atualmente, Plutão está no signo de
mos experimentar. Capricórnio, fazendo oposição a Câncer, e
FERNANDA ZANINI No ano de 1930 Plutão foi descoberto novamente, por questões políticas e eco-
é aquariana, ascendente em Leão justamente quando transitava pelo signo de nômicas, a necessidade da imigração em
e lua em Câncer. Nasceu para Câncer. Sua passagem por ali se deu entre massa se faz presente. A terra onde havia
peregrinar por lugares místicos,
1913 e 1938, época em que o mundo pas- raízes fincadas é movida, e desta vez com
olhares profundos, almas de poetas
e histórias contadas por estrelas. sou por grandes crises – a Primeira Guerra maior austeridade. As tradições são testa-
www.fernandazanini.com.br Mundial, a quebra da bolsa de Nova York e das em seus valores. Porém, diferentemen-
a grande depressão econômica advinda des- te da época de nossos avós, vivemos em
ses eventos. A partir da recessão gerada, dois um mundo globalizado e hoje sabemos
Grupo Único PDF PaD
movimentos se intensificaram: o nacionalis-
mo exacerbado, que ajudou na construção
muito mais sobre outras culturas, as dis-
tâncias têm as medidas de um celular e as
do cenário para a Segunda Guerra Mundial, línguas se traduzem na rede. Mas, ainda
que viria alguns anos depois; e um grande assim, aquele que vem do outro lado, que
fluxo migratório. O primeiro tem outra pele, outra forma de pensar, de

O signo de Câncer fala de movimento mostra a neces-


sidade canceriana de man-
orar e de reagir é considerado estranho.
Passando pelo signo de Câncer, nosso
família, origem, tradição, ter a identidade familiar, desafio mensal é refletir sobre o que nos
exaltando as qualidades da faz ser quem somos, sobre as memórias
memória e de nossa herança terra natal. É uma maneira guardadas em nossas raízes e sobre por
sutil, como o quanto de não esquecer de onde que as diferenças nos amedrontam tan-
se veio. Já o segundo mo- to. Podemos deixar uma casa, porém um
de romance, poesia e vimento, a imigração força- lar levaremos por onde formos: ele está
capacidade de acolhimento da pela necessidade, levou nas histórias que se deixam escapar sobre
o imigrante a se adaptar montanhas nevadas, na comida feita de
podemos experimentar a um modo de viver que modo que nenhuma outra família faz, na
não conhecia. Ele teve de canção que guarda palavras de uma língua
buscar outros métodos para manter viva a estranha, na maneira como cada geração
memória da casa natal, e muitos escolheram vai aprendendo a cuidar do outro e, espe-
descartá-la para sobreviver. cialmente, no enxergar algo comum nas
Muitos imigrantes, em seus derradeiros diferenças: humanidade!
momentos de vida, relataram que viveram É em nosso DNA que está o mapa do ca-
numa espécie de limbo, pois não se sentiam minho de retorno ao lar. Lá está guardada
pertencentes ao país para o qual migraram. essa saudade de um lugar que nem se co-
A imagem do país natal soava distante, em nhece, mas que vive em nós, e ali sabemos
grande parte porque a dor da despedida dos ser grandes anfitriões, porque estamos em
seus fez com que trancassem num calabou- casa. É um lugar seguro.

BONS FLUIDOS | 4 9
Grupo Único PDF PaD

A parte superior de cada frasco contém a


mistura de óleos essenciais de 49 plantas.
E a porção inferior contém extratos vegetais,
cristais e pedras preciosas. As duas frações
devem ser misturadas antes de usar,
aplicando o óleo em alguma área do corpo
Uma forca
multicores
Conheça a aura-soma, um método que usa as cores e outras energias sutis de plantas, cristais e
pedras preciosas para ajudar o paciente a alavancar o processo de autoconhecimento l por Carol Salles

Desde criança, a inglesa Vicky Wall já mostrava uma sensitivida- terapeuta que atende em Ilhabela (SP) e
de e uma clarividência bastante desenvolvidas. Mas foi aos 66 anos, em São Paulo (SP). “E eles também podem
1984, que Vicky – quiropodista, herbalista e farmacêutica – teve sua grande revela- ser usados para regenerar, transformar,
ção. Foi quando ela passou a ter visões recorrentes que lhe enviavam a mensagem: proteger e acessar aquilo que você de
“Vá e divida as águas”. Um dia, num impulso, dirigiu-se ao seu pequeno laboratório e fato é, seu propósito, seus talentos e
formulou uma mistura com óleos, água e outros elementos naturais. Tempos depois, dons, ao mesmo tempo que ‘limpam’
ela declarou: “Não me lembro de nada do que ocorreu nas horas seguintes, nem de crenças que não refletem quem você
Grupo Único PDF PaD
como os óleos balanceados surgiram; só sei que outras mãos guiaram as minhas.” verdadeiramente é”, completa Seemanta.
A essa altura, Vicky – que estava praticamente “cega” e não chegou a ver os fras- Para isso, os óleos podem ser aplica-
cos coloridos – ainda não sabia, mas estava ajudando a canalizar aquilo que ficaria dos em locais determinados do corpo,
conhecido como aura-soma. “Trata-se de um sistema baseado nas cores que in- para completar o processo terapêutico.
tegra outros elementos, como cristais e plantas, e que tem como grande objetivo “Por tudo isso se diz que a aura-soma é
harmonizar e equilibrar o ser”, diz Carol Tommaso, terapeuta (ou praticante) de uma terapia não invasiva, porque o te-
aura-soma, de São Paulo (SP). O conceito pode parecer bastante abstrato – e de rapeuta acredita que quem sabe o que
certa forma é. “A aura-soma é uma experiência de conexão interna. Só sentindo e é melhor para a pessoa é ela mesma,
passando por ela é possível compreendê-la. Para mim, é uma viagem interna, um
raio-X da alma que nos dá a possibilidade de conhecer camadas muito profundas
do nosso ser e de lançar luz sobre questões do nosso passado, presente e futuro”, diz A palavra “aura”
Ariana Chediak, também praticante de aura-soma, de São Paulo (SP). A palavra
“aura”, que significa luz, refere-se ao campo eletromagnético que circunda cada significa luz e
pessoa. Já “soma” significa corpo. Portanto, aura-soma seria a representação do ser refere-se ao campo
humano como matéria e energia.
eletromagnético que
Como funciona O sistema tradicional compreende 117 frascos (sendo que esse circunda cada
número pode aumentar conforme outras combinações de cores forem sendo ca-
nalizadas), chamados de Equilibrium. Os frascos são dispostos em um painel na pessoa. Já “soma”
sala de consulta. Durante o atendimento, o paciente escolhe, com base na própria
significa corpo.
intuição, quatro frascos, com os quais o terapeuta irá trabalhar naquele cliente em
particular. Cada combinação de cor tem um significado específico. Portanto, aura-soma
“Quando se olha para o painel de forma centrada, tranquila, tem sempre um frasco
que mais nos atrai entre todos, que mais brilha e nos ‘chama’. Geralmente ele nos iden-
seria a representação
tifica em níveis mais profundos. Aquela frequência de cor, aquelas cores, nos repre- do ser humano como
sentam, nos refletem da maneira mais profunda”, explica o terapeuta Seemanta Fortin.
matéria e energia
BONS FLUIDOS | 5 1
TERAPIA

“A auro-soma também é autosseletiva, porque o paciente olha todos os frascos e


“A aura-soma é um
escolhe aqueles que ressoam mais fundo para ele. Ou seja, o terapeuta não obriga
ninguém a nada, é apenas um canal para interpretar essa escolha e, dessa forma, sistema baseado nas
auxiliar na autodescoberta”, detalha Carol.
cores que integra
O que tem dentro dos frascos? A parte superior de cada frasco contém a outros elementos, como
mistura de óleos essenciais de 49 plantas. Elas são cultivadas organicamente e em sis-
tema biodinâmico. Também há cuidado na colheita e na extração dos princípios ativos
cristais e plantas,
de cada uma, sempre com o objetivo de preservar a força vital dessas plantas. A por- e que tem como
ção inferior contém extratos vegetais, cristais e pedras preciosas. A água recebe um
tratamento especial (é filtrada e depois energeticamente balanceada – para livrá-la de grande objetivo
micro-organismos, recebe um tratamento com raios violeta extremamente intensos). harmonizar e
A cor é conferida pelas plantas e pelos cristais. “A fração superior representa sua
consciência e a inferior, seu inconsciente”, explica Ariana. Todo o processo é feito em equilibrar o ser”
uma fazenda na Inglaterra, e só lá são produzidos os frascos da aura-soma. “A Vicky Carol Tommaso,
costumava dizer que dentro de cada óleo há um ‘espírito’, uma energia do mundo
espiritual”, conta Ariana. “As duas frações devem ser misturadas antes de usar. Ao terapeuta (ou
se aplicar o óleo em alguma área do corpo, trabalhamos glândulas, chacras, o corpo, praticante) da terapia
mas também toda a nossa consciência, que está ancorada ao corpo”, finaliza.

OUTROS PRODUTOS DA AURA-SOMA Grupo Único PDF PaD


Os Equilibrium são a base da aura-soma, mas não o único instrumento da terapia. Conheça os outros produtos muito
usados e que a complementam e facilitam o processo de autoconhecimento.

POMANDERS: São
substâncias aromáticas
também relacionadas
à cor, formadas
por 49 óleos
essenciais
e cristais.
Diferentemente
dos frascos,
não são usados
diretamente
no corpo. “A BEAMER LIGHT PEN: Trata-se de
gente aplica outra vertente da aura-soma. Nela
na palma das é utilizada uma espécie de caneta
mãos e contorna QUINTESSÊNCIAS: Também com luz e uma ampola com os óleos
o corpo, mas a uma distância. A feitas de óleos essenciais e cristais, essenciais. “É como se fosse uma
ideia é trabalhar a nível áurico. Ele invocam qualidades específicas, acupuntura sem agulhas. Nas ampolas
limpa a energia, é um banho de como fé, alegria, paz... São 15 há o mesmo conteúdo dos frascos e
proteção, regenera, recarrega”, explica cores que ajudam a limpar crenças trabalham-se os mesmos aspectos,
Fotos: Reprodução

Seemanta. Existem 17 cores diferentes profundas que cada pessoa pode ter de maneira mais sutil”, explica a
e cada cor tem uma função específica. a respeito de si mesma. terapeuta Carol Tommaso.

5 2 | BONS FLUIDOS
O terapeuta de aura-soma é apenas
um canal para interpretar a
escolha das cores e dos frascos
pelo paciente, para ajudar
nesse processo de autodescoberta

Grupo Único PDF PaD


TERAPIA

A aura-soma é uma terapia não


invasiva, e os óleos também
podem ser aplicados em locais
determinados do corpo, para
completar o processo terapêutico

Grupo Único PDF PaD


>'$'L*(!
Cor é uma linguagem universal – todos sentimos a sua influência sobre nosso aspecto emocional, mental e até físico. Para saber qual cor
fala sobre você e quais habilidades você precisa desenvolver, fique em um lugar calmo, concentre-se e escolha qual das cores abaixo chama
mais a sua atenção. Em seguida, leia a descrição baseada na aura-soma. O teste foi elaborado com a colaboração de Carol Tommaso.

VERMELHO: Você energiza tudo e AMARELO: Dispersar medos é o seu AZUL-TURQUESA: Por meio da
todos à sua volta. Possui a qualidade talento. Onde quer que você esteja, não há habilidade de se comunicar com o
de ser um facilitador do despertar alheio. espaço para esse sentimento. Também é coração, é capaz de ajudar os outros a se
Grupo Único PDF PaD
ROSA: O seu talento é dispersar a raiva,
ótimo em espalhar conhecimento, agindo
como uma espécie de professor.
concentrarem com seus reais sentimentos.

esse é um sentimento que não existe onde AZUL: Você é a pessoa que traz paz a
você está. Também é um ser amoroso, que AMARELO-CLARO: Você possui qualquer ambiente e situação. Também é
leva amor para as pessoas e as situações a habilidade de encontrar alegria no um comunicador nato.
em que se encontra. autoconhecimento e também de auxiliar
AZUL-ROYAL: Você é como um tubo
os outros a compreender seu papel no
ROSA PÁLIDO: Um cuidador nato, que deixa passar o que tiver de passar com
universo.
amoroso em todas as situações e com as critério. Também é alguém que consegue
pessoas. Compaixão é outra qualidade. AMARELO-LIMÃO: Seu grande enxergar com clareza.
presente é o intelecto claro e preciso e a
CORAL: Seu talento é auxiliar os ROXO: Você é o que cura. Onde e com
inteligência privilegiada.
outros a se livrar de antigas crenças e quem estiver, permite que a cura venha
comportamentos-padrão. através de você. Possui a habilidade de
VERDE-OLIVA: Altamente intuitivo, seu
mostrar caminhos através do exemplo.
CORAL-CLARO: Você sabe dar e doar talento é ajudar os outros a se conectarem
às pessoas o que elas precisam. Tem com a própria voz interior. LILÁS: Catalisador e transformador.
aptidão para a cooperação e para fazer os Onde e com quem você estiver, a mudança
VERDE-CLARO: Você tem clareza nas
outros enxergarem o valor da ajuda mútua. acontece, seja interna ou externa.
direções a seguir na vida e costuma saber
LARANJA: Seu talento é remover o que e como fazer. Dessa forma, também MAGENTA: Você é um cuidador nato.
choques e traumas emocionais dos outros. é capaz de ajudar os outros a seguirem os Possui a habilidade de trazer carinho e
Seus conselhos e insights são sempre bem- caminhos do coração. cuidado em tudo o que faz.
-vindos e valorizados.
VERDE: Amante da verdade, você tem MAGENTA-ESCURO: Você possui
DOURADO: Você leva alegria onde a habilidade de ouvi-la e dizê-la sempre. a habilidade de ser um canal por meio
quer que vá. Possui uma sabedoria interior Também tem a capacidade de dar aos do qual o amor do universo pode
que ensina muito para quem o rodeia. outros o espaço de que necessitam. chegar ao mundo.

BONS FLUIDOS | 5 5
VAMOS CONVERSAR?

“Modo solução”?
Precisamos aprender a estar apenas presentes para enxergar com clareza
uma situação e, a partir daí, encontrar novas possibilidades e caminhos

Einstein disse que os problemas mais -raiz mais profunda, a crença limitante que
significativos que enfrentamos não po- aprisiona a situação dentro de uma ideia
Dani Villar

dem ser resolvidos com o mesmo nível de “ou/ou” e “ganha/perde”, em que há es-
consciência que os criou. Isso significa que paço para apenas uma posição.
nossos desafios são apenas sintomas do Porém, se olhamos por um prisma sis-
nosso nível atual de compreensão sobre têmico, é possível enxergar através de
SANDRA CASELATO
nós mesmos, os outros e o mundo, nossas uma lente de complexidade, para além
& YURI HAASZ são parceiros
de vida e de projetos pelo mundo culturas, sociedades, identidades e hábitos. do pensamento binário, lente essa que
afora há 20 anos, sempre em busca Sem alterarmos nosso nível de consciência permite perceber que diversos elementos
de transformação pessoal e social para uma compreensão mais ampla e pro- antes pensados como antagônicos podem
por meio da conexão humana. funda, a tendência é continuarmos a pro- coexistir ao mesmo tempo ainda que haja
sinergiacomunicativa.com.br
duzir sempre os mesmos sintomas. tensão entre eles. Saímos do pensamento
Quando agimos a partir de um “modo “ou/ou” para um pensamento “e”. Parece
Grupo Único PDF PaD
solução”, tendemos a carregar conosco
os elementos que já estão em nós, sem
uma mudança pequena e sutil, mas é uma
revolução paradigmática que abre portas
nenhuma inovação. Porém, ao suspender para cuidar do que é importante para todos
nossa reação automática de querer resol- os envolvidos em uma situação conflituosa.
ver tudo imediatamen- Para isso, precisamos mudar nossa rea-
Ao suspender nossa te, e nos pausarmos
para ficarmos presen-
tividade em relação a conflitos, desafios,
problemas e nosso desejo de resolvê-los
reação automática de tes frente aos desafios, rapidamente. Precisamos aprender a respi-

querer resolver tudo contemplativos,


sos, abertos, temos
curio- rar fundo, fazer uma pausa e estar apenas
presentes para que possamos enxergar
imediatamente, e a oportunidade de com mais calma e clareza quais são as
ampliar nosso olhar e motivações mais profundas numa dada
nos pausarmos para perceber quais padrões situação e o que é importante para os en-
ficarmos presentes nossos contribuem volvidos. A partir daí, podemos construir
para aquilo que já não soluções que atendam a todos, transfor-
frente aos desafios, queremos mais. Ao nos mando as causas-raiz.
temos a oportunidade conscientizarmos, abre- Talvez a parte mais desafiadora seja
-se uma oportunidade compreendermos o que Einstein sugeriu
de ampliar nosso olhar para escolhermos novos em nível pessoal, identitário e cultural, vol-
caminhos. tarmos nosso olhar para dentro e nos per-
Podemos identificar esses padrões em guntarmos: como eu estou contribuindo
nossas relações do dia a dia, na família, para gerar esse problema que agora quero
com amigos e colegas de trabalho. Não é resolver? De quais aspectos meus, muitas
raro ocorrer um conflito entre duas pessoas vezes invisíveis e que contribuem para o
em que ambas buscam argumentar por que problema, preciso me tornar consciente
uma está certa e a outra errada. Esse é um para poder escolher novos caminhos que
sintoma comum que deriva de uma causa- criem a realidade que eu quero?

5 6 | BONS FLUIDOS
MOMENTO DO LIVRO

ो  DQGR(OHDQRU+RGJPDQ3RUWHUHVFUHYHX
3ROLDQDHPDFL¬QFLDDLQGDQ¥RFRQKHFLD
RVHIHLWRVSRVLWLYRVGRRWLPLVPRQDVD¼GH
I¯VLFDHPHQWDOGDVSHVVRDV0DVDVXDUHFHLWD
GHEHPHVWDUSHUPDQHFHXQDOLVWDGRVOLYURV
PDLVYHQGLGRVSRUGRLVDQRVVHJXLGRVHDW«
Grupo Único PDF PaD
KRMHFRQWLQXDVHQGRXPDIRQWHGHLQVSLUD©¥R
SDUDWRGDVDVLGDGHV‚«SRFDFRPRDJRUD
3ROLDQDIRLGHVFULWDFRPRGRWDGDGHXP
RWLPLVPRFHJR$HVVDFU¯WLFD(OHDQRUWHULD
UHVSRQGLGR‫۔‬1XQFDDFUHGLWHLTXHGHYHU¯DPRV
QHJDURPDODGRUHRGHVFRQIRUWRDSHQDV
SHQVHLTXH«PXLWRPHOKRUVDXGDUR
GHVFRQKHFLGRFRPDOHJULD‫ە‬ो  DQGRDPHWD
«DSURYHLWDURPHOKRUGDYLGDROK£ODSHORV
ROKRVGH3ROLDQDSRGHVHUXPSULPHLURSDVVR
Livro: Poliana
Número de páginas: 192
Editora: Lafonte

Nas livrarias e na loja Escala www.escala.com.br


ALIMENTAÇÃO

Um pao ancestral
Preparar o próprio fermento natural, o chamado levain, em casa pode ser mais fácil do que você imagina.
Depois, é só usar em receitas de pães, tortas e bolos para celebrar as refeições em família

Há poucas sensações na vida melhores do que acordar e sentir pão que leva 1 kg de farinha de trigo na
o cheiro de pão quente saindo do forno. Esse alimento ancestral é mais receita, adiciono 200 g de levain”, exem-
antigo até do que o uso de metais pelo ser humano, pois há evidências de pedras de plifica o padeiro, que garante que essa
moagem utilizadas para processar grãos e fazer os pães dos nossos antepassados, regra funciona para todo tipo de pão
com a ajuda de uma levedura selvagem que até hoje é empregada em culturas de todo que você quiser preparar: doce, salgado,
o mundo nas preparações alimentícias. francês, italiano, brioche, com sabores
Os habitantes do Sudão degustam a kisra, uma massa fermentada feita com o grão variados e por aí vai.
do sorgo. Na Etiópia a injera, feita com milho fermentado, é a mais popular. Aqui Aproveite essa oportunidade e, além
no Brasil talvez o fermento natural mais conhecido seja o levain, formado por uma de preparar o fermento natural em casa,
colônia de bactérias benéficas que atuam como agentes de fermentação. O resultado faça os seus pães também de uma ma-
Grupo Único PDF PaD
é um pão de casca crocante, miolo cheio de alvéolos (ou bolhas) irregulares e sabor neira mais artesanal. “Para substituir o
forno da padaria, a dica é ter uma boa
levemente azedo. Contudo, um pão com esse fermento leva mais tempo para ficar
pronto, por isso é necessária uma boa dose de paciência, além de dedicação. panela de ferro com tampa. Esse simples
“O pão de fermentação biológica, em geral, não tem muito sabor. Ele recebe o utensílio é capaz de reproduzir o am-
sabor daquilo que é incluído em sua massa, como açúcar, frutas, temperos ou man- biente de um forno profissional, man-
teiga. Já o pão de fermentação natural tem um sabor peculiar, um pouco mais azedo, tendo todo o calor e a umidade da recei-
e manterá essa característica independentemente do que for colocado nele”, explica ta, que ainda ganha uma crosta saborosa
Rafael Rosa, padeiro da Padaria Artesanal Orgânica - PÃO (SP). e crocante”, garante Rafael Rosa, que,
por fim, conta que demora no mínimo
Fermento vivo Para desenvolver o levain em casa, é preciso um meio líquido e um dia para produzir um bom pão.
um carboidrato, geralmente o açúcar, que será utilizado para as bactérias boas se
alimentarem e fazerem-no crescer. “Pode usar um suco de maçã, uva-passa, garapa...
Mas, como sou bem purista, todos os meus fermentos foram feitos apenas com água A receita tradicional
e farinha”, conta Flávia Maculan, padeira do ateliê Toast (SP).
Flávia explica que, durante o processo de produção do levain, que pode durar até tem casca crocante,
um mês, é preciso manter a mistura fora do alcance de luminosidade e longe do miolo cheio de bolhas
calor. “Precisa escolher um lugar estável, que não balance, e na hora de manusear
recomenda-se evitar o uso de produtos de limpeza, como álcool em gel, que matam irregulares e sabor
as bactérias do fermento”, acrescenta a padeira. Ela indica ainda que, no início do levemente azedo.
processo de fabricação, o ideal é manter uma rotina diária e horários precisos para
o desenvolvimento dos micro-organismos. Depois, basta alimentá-los como a um Mas leva mais tempo
animal de estimação e usá-los como agentes de fermentação das massas.
para ser feita, por
Adaptações possíveis Dá para utilizar o seu próprio levain em todas as receitas isso é necessária
que originalmente peçam o fermento biológico na lista de ingredientes. O padeiro
Rafael Rosa ensina a proporção adotada nas suas receitas: ele calcula sempre 20% de
muita paciência, além
fermento sobre a quantidade de farinha recomendada. “Assim, se vou preparar um de dedicação
5 8 | BONS FLUIDOS
Grupo Único PDF PaD

BONS FLUIDOS | 5 9
ALIMENTAÇÃO

Prepare o seu levain


Os padeiros Rafael Rosa e Flávia Maculan indicam a produção do fermento
natural à base de farinha e água. “Essa lógica faz mais sentido para mim, pois, INOVE COM UM
quando a colônia de bactérias boas estiver formada, quero que a fermentação FERMENTO DE ABACAXI
ocorra em um meio também composto de água e farinha, que é a massa do pão, Parte 1: Misture em um recipiente
por isso sugiro os mesmos ingredientes para a elaboração do fermento”, explica de vidro 3 e ½ col. (sopa) de farinha
Flávia. Confira os passos indicados por Rafael para a fabricação de um bom de trigo integral orgânica e ¼ de xíc.
levain e como ele deverá ser mantido e utilizado. (chá) de suco de abacaxi orgânico
feito com pouca água e sem peneirar.
INGREDIENTES Cubra com filme plástico furado com
• 500 g farinha de trigo branca • 500 g farinha de trigo integral um alfinete e deixe ali por 48 horas,
• 1 litro de água filtrada mexendo a cada três horas com uma
colher de pau ou plástico.
MODO DE PREPARO: 1. Adicione os ingredientes em uma tigela de vidro ou Parte 2: Após esse período,
inox, mexa bem, com as mãos limpas, cubra com um pano e deixe em um acrescente 2 col. (sopa) de água e 3
ambiente fresco e longe do sol por três dias. 2. Cheque a massa no terceiro dia e e ½ col. (sopa) de farinha de trigo
verifique se surgiram bolhas. Em caso negativo, deixe fermentar por mais um dia. integral orgânica. Misture e cubra
3. Retire e jogue fora a capa escura que se formou por cima do fermento. Nesse com um novo filme plástico furado
momento, a massa deve ter um cheiro forte e ácido. 4. Jogue fora 80% da com alfinete. Aguarde mais entre 24
Grupo Único PDF PaD
massa. 5. Reponha a quantidade dispensada com o mesmo peso de farinha e 36 horas até a nova fermentação.
branca, farinha integral e água. Mexa e reserve. 6. Repita esse processo por sete Se ficar muito duro, acrescente água.
dias, uma vez ao dia, de preferência no mesmo horário. 7. Você sabe que o seu Parte 3: Adicione ao fermento mais
fermento está pronto para ser utilizado quando ele tiver cheiro suave e sabor 2 col. (sopa) de água e 7 col. (sopa)
levemente adocicado. de farinha de trigo integral orgânica.
Misture tudo e cubra com um novo
filme plástico com furos. Continue
mexendo a massa com uma colher
de plástico três vezes ao dia. A fase 3
estará pronta quando a massa tiver
dobrado de tamanho (até 36 horas).
Parte 4: Acrescente 2 col. (sopa) de
água e 10 e ½ col. (sopa) de farinha
de trigo integral orgânica. Da massa
produzida, retire ½ xícara, para
diminuir a quantidade de micro-
-organismos e gerar um fermento
mais forte. Aguarde até dobrar de
tamanho (24 a 48 horas).
Parte 5: Retire metade da massa e
adicione 2 e ¾ col. (sopa) de farinha
de trigo integral orgânica e 1 xíc.
(chá) de água. Faça a bola e espere
dobrar de tamanho. Está pronto para
ser usado em massas diversas!

6 0 | BONS FLUIDOS
Alem do pao
Bolos, panquecas, waffles, pizza... Em qualquer alimento cuja base seja farinha é possível usar o levain, desde que obedecendo ao
tempo de fermentação das receitas. Gabriela Andrade de Oliveira, criadora da Filhós Mini Padoca Online (SP), indica algumas opções.

BRIOCHE TRADICIONAL
INGREDIENTES
• 1 xíc. (chá) de fermento natural (levain) • 1 copo (200 ml) de leite
morno integral • 2 e ½ xíc. (chá) de farinha de trigo branca
• 1 xíc. (chá) de açúcar refinado ou demerara • 70 g de manteiga em
temperatura ambiente • 1 ovo • ½ col. (chá) de sal • 1 col. (café) de
extrato de baunilha • Açúcar e água para pincelar

MODO DE PREPARO: 1. Dissolva o fermento natural no leite morno


(não pode ser quente). 2. Adicione o restante dos ingredientes e sove
até que a massa fique homogênea e macia. 3. Deixe fermentar até
dobrar de volume. Esse processo leva cerca de 8 horas. 4. Modele em
pequenos pães ou formato de brioche. 5. Deixe crescer por mais uma
hora e preaqueça o forno a 180 ºC. 6. Pincele a mistura de açúcar e
Grupo Único PDF PaD
água nos brioches. 7. Leve para assar por 25 minutos a 180 ºC; se os
pães forem grandes, deixe mais tempo, até dourar.

PIZZA CASEIRA
INGREDIENTES
• 1 e ½ copo (360 ml) de fermento natural (levain) • 600 ml de água
• 1 e ½ col. (chá) de sal • 7 copos (980 g) de farinha de trigo branca

MODO DE PREPARO: 1. Misture o fermento, a água, o sal e a farinha.


Sove por 30 minutos, até o desenvolvimento do glúten (a massa fica lisa
e mais elástica). 2. Se quiser, use a máquina de pão, ou uma batedeira –
cuidado para a massa não vazar. Bata por 30 minutos e desligue a
máquina antes que comece o aquecimento. 3. Coloque em um
recipiente, cubra com um saco plástico e deixe fermentar por 6 a 8 horas,
Texto: Rita Santander, com edição de Murilo Toretta

até dobrar de volume. 4. Transfira a massa para uma superfície


enfarinhada e a divida em bolas. 5. Abra a massa até obter a espessura
desejada. 6. Aqueça o forno a 260 ºC, por 15 minutos. 7. Deixe a massa
descansar na assadeira por 30 minutos. 8. Prepare o molho com tomates
cozidos, com os temperos de sua preferência. 9. Coloque o molho e
recheio a gosto. 10. Coloque a massa para assar na parte mais baixa do
forno por 9 minutos, a 260 ºC. Se preferir, pode preassar a massa já com
molho, por uns 3 minutos, a 260 ºC. Tire, coloque a cobertura e ponha de
volta no forno até o queijo derreter, por cerca de 4 minutos.

BONS FLUIDOS | 6 1
SAÚDE

Ginecologia
natural
Está na hora de quebrar tabus e voltar o olhar para a saúde íntima das mulheres.
Apenas com autoconhecimento e informação de qualidade é possível conectar o corpo
com o bem-estar feminino

O empoderamento feminino precisa priorizar a saúde íntima da é a única ‘desconexão’ que vejo durante
mulher. Hoje o tema ainda é tratado de forma superficial em conversas entre ami- a menopausa. Temos tanto medo dessa
gas, parentes e até com o próprio ginecologista, embora os conceitos ligados a esse fase que existe um mercado milionário
universo sejam um reflexo do conhecimento que se possui sobre o próprio corpo. repleto de produtos, alimentos, medi-
“A mulher precisa se olhar para se conhecer. É só a partir desse autoconhecimento cinas para retardar ou modificar esse
período, trazendo muitas complicações
Grupo Único PDF PaD
que podemos nos entender melhor e tentar solucionar questões cuja resolução há
anos nossa sociedade tende a bloquear. Um exemplo seria a observação da própria para a mulher”, alerta Letícia.
região íntima, que antes era tão proibida. Como nós, mulheres, podemos seguir
em frente com tantas conquistas já adquiridas sobre equidade de gênero se te- Cuidados íntimos A vagina é um
mos dificuldade em lidar com uma simples necessidade pessoal de autoprazer? Ou órgão que naturalmente contém bacté-
diante de todo o preconceito e a repugnância criados sobre algo tão natural como rias e fungos, que têm uma participa-
a menstruação? Os cuidados íntimos ideais só surgem quando há conhecimento”, ção importante para manter o equilí-
avalia Lívia Daia, ginecologista-obstetra. Seguindo por esse caminho, a ginecolo- brio local. E a compreensão da limpeza
gia natural vem abrindo portas e mostrando que a informação é realmente muito dessa região surge a partir desse conhe-
importante para a saúde da mulher e sua conexão com o mundo. cimento. Assim, para garantir uma boa
higiene íntima, é importante manter
Menopausa sem tabu Um dos principais temas que precisam entrar nessa também a microbiota equilibrada. “O
discussão sadia é a menopausa. Para a terapeuta Letícia Bhakti, a mulher é um ser uso em excesso de sabão perfumado,
cíclico, pois passa por várias fases na vida, e a menopausa é um momento de se por exemplo, não é ideal. A utilização
resgatar, de maturidade corporal e emocional. “Quando o corpo não tem mais a de sabonetes neutros à base de glicerina
função de gestar, ele produz hormônios para nutrir apenas a si mesmo. Esse mo- ou somente água corrente são boas op-
mento é essencial para a jornada feminina, em que trabalhamos a solitude, o em- ções para uma higiene adequada”, pon-
poderamento e a sabedoria”, salienta. A especialista explica que, antes de ser um dera a ginecologista Lívia. Outra dica é
medo coletivo da modernidade, a menopausa era uma fase importante e honrada, realizar banhos de assento.
Texto: Lygia Haydée e Murilo Toretta

pois, quando a mulher parava de sangrar, ela mudava de posição social e se tornava Já para afastar o risco da temida
sábia, podia entrar em todos os lugares sem ser barrada nem calada. “Mas, com candidíase, a recomendação é manter
tanto poder sobre si mesma, isso era uma ‘ameaça’ ao patriarcado, então hoje a me- a vagina arejada sempre que possível,
nopausa representa ‘velhice’ e várias dificuldades na vida da mulher, que tenta com evitar excesso de limpeza com sabone-
todas as ferramentas e medicinas adiar essa fase tão importante”, observa. te no local, para não retirar a proteção
No entanto, pode ocorrer sim uma grande “desconexão”: não querer mergulhar natural, e se alimentar adequadamente,
nessa nova jornada. “Negar essa nova fase por medo de não obter aceitação, de en- ingerindo poucos carboidratos e açúca-
velhecer, de não fazer mais parte da sociedade ou de não se sentir mais produtiva res, já que eles pioram o quadro.
Grupo Único PDF PaD

BONS FLUIDOS | 6 3
SAÚDE

Como amenizar incomodos


de forma natural
A chamada ginecologia natural pode beneficiar o corpo feminino das mais diferentes formas, trazendo benefícios para a saúde e
afastando o risco de doenças. Veja a seguir algumas sugestões capazes de aliviar problemas causados pela menopausa.

ACUPUNTURA: Para a medicina tradicional chinesa, o corpo


é formado e nutrido não só pelo sangue, mas também por uma
energia universal. Quando há uma alteração desse sistema, a
pessoa adoece. Na visão da acupuntura, a capacidade reprodutiva
é regida por uma força especial chamada Jing. “Quando a mulher
entra na menopausa é porque essa energia vai se esgotando e
não nutre mais o útero, fechando assim o ciclo de reprodução.
Existem pontos específicos para ativar a Jing e melhorar o fluxo
sanguíneo na região genital, promovendo aumento da libido e
lubrificação”, acrescenta o acupunturista Wilson Marques (SP).

Grupo Único PDF PaD Segundo ele, entre a primeira e a quarta sessão já é possível
observar resultados positivos.

PILATES: É procurado por muitos para alcançar equilíbrio e


combater diversas doenças. No caso do climatério (período de
transição da fase reprodutiva para a não reprodutiva) e da
menopausa, ele também pode ser um verdadeiro aliado no
tratamento dos sintomas característicos. A prática é uma forma
de controlar ansiedade, alterações de humor e depressão, pois,
assim como todo exercício físico, libera endorfina e, por
consequência, promove sensação de bem-estar.

Antigamente, quando a mulher parava de


sangrar, ela mudava de posição social e se
tornava sábia: podia entrar em todos os
lugares sem ser barrada nem calada
6 4 | BONS FLUIDOS
“Quando o corpo não tem
mais a função de gestar,
ele produz hormônios
para nutrir apenas a si
mesmo. Esse momento
é essencial para a
jornada feminina, em que
trabalhamos a solitude,
o empoderamento
e a sabedoria” Letícia
MASSAGENS TERAPÊUTICAS: A terapeuta corporal Tais Sampaio (SP) aplica a
massagem balinesa aromática e afirma que a técnica é capaz de tratar problemas Bhakti, terapeuta
característicos da menopausa, sem efeitos colaterais. “Com movimentos contínuos e
relaxantes, estimula-se a produção de hormônios como a ocitocina, responsável por
melhorar o humor e diminuir a ansiedade. Os resultados favorecem também a interação
“CONEXÕES” QUE
com o parceiro, aumentando a libido e o desempenho sexual, facilitando a lubrificação
SÓ A MENOPAUSA TRAZ
vaginal e, com isso, o alcance do orgasmo”, aponta.
A terapeuta Letícia Bhakti afirma
Grupo Único PDF PaD
que a menopausa pode trazer
grandes benefícios para a mulher.
Veja alguns deles:
• O corpo fica mais forte. Em
relação à sexualidade, o clitóris
da mulher aumenta 2 cm na
menopausa, elevando a sua
potência orgástica.
• Sem o ciclo menstrual, a mulher
também consegue se manter mais
equilibrada e centrada.
• Ela dá adeus à TPM e às cólicas.
• Sente mais segurança durante
a relação sexual.
• Os hormônios ficam ativos
para uma vida agitada, com
disposição e novidades.
• Acontece também a conexão
IOGA: Ao trabalhar corpo e mente em integração, seus movimentos desenvolvem a ampliada com a espiritualidade.
consciência corporal e buscam promover a saúde e o bem-estar. Estudando a fundo a
prática, a terapeuta Dinah Rodrigues (SP) desenvolveu a ioga terapia hormonal. O • Há o desejo de ressignificar
método é uma maneira de tratar os desequilíbrios hormonais, problema enfrentado a si mesma e encontrar novos
pelas mulheres em vários momentos da vida, mas de maneira bastante intensa quando caminhos em sua jornada.
se aproxima o fim da idade reprodutiva.

BONS FLUIDOS | 6 5
COZINHA DE MEMÓRIAS

Cadernos de receitas
Mais do que um simples acessório, eles são um lembrete da nossa presença
no mundo. As páginas gastas e manchadas refletem nossa evolução histórica

Minha mãe, Ligia, é cozinheira de mão derno de receitas sempre foi, para mim,
cheia e me ensinou a saborear e apreciar a um objeto de fascínio, um guia de como
Vivi Manzur

comidinha feita em casa. Ela é pernambu- fazer coisas incríveis, deliciosas e capa-
cana. Então, na casa da minha infância, a zes de satisfazer não apenas a fome, mas
gente comia carne de sol, feijão-de-corda também a alma. Bolo de creme de leite,
e outras delícias nordestinas. Mas, quando uma das especialidades de minha mãe, é
nos mudamos para São Paulo, no final da meu pequeno ninho em formato de doce.
década de 1960, foi apresentada para ou- Interessante foi descobrir que o encanta-
ANA HOLANDA é jornalista,
tras gostosuras. E aprendeu a fazer bolo de mento por esses registros não é só meu,
escritora e editora-chefe da revista
Vida Simples. Gosta de cozinhar e
chocolate com a Arivaldete, cuscuz paulis- mas de uma porção de outras pessoas que
escrever. E mantém a página Minha ta com a Yara, pão de liquidificador com a herdam as anotações da mãe, da tia, da
Mãe Fazia, no Facebook, sobre Tereza, brigadeirão com a Alacyr, pessoas sogra, da avó ou até da bisavó. E desco-
comida e memórias afetivas. que fizeram, em algum momento, parte brem ali um universo, como um tesouro
da vida da minha mãe – e foram figuras escondido, de receitas e de um tempo.
presentes na minha meninice. A filha da Tem gente que estuda os formatos
Grupo Único PDF PaD
tia Alacyr estudou com a minha irmã mais
velha. Yara é uma amiga de longa data dos
desses cadernos, os desenhos, as poesias
escondidas. Tem até quem borde neles.
meus pais. E por aí vai. Algumas pessoas pesquisam as histó-
As receitas desses pratos – e de tantos rias que esses acessórios escondem. Sim,
outros – fazem parte dos cadernos de re- porque descobri com a historiadora e nu-
ceitas da minha mãe, com tricionista Débora de Oliveira que os ca-
O caderno de receitas suas folhas amareladas, dernos de receitas de família são reflexo
marcadas pelos anos em da nossa evolução histórica, econômica e
sempre foi, para mim, que foi companhia cons- social. Quando entendi tudo isso, passei
um objeto de fascínio, tante junto ao liquidifi- a olhar para os da minha mãe com ainda
cador, à batedeira ou ao mais apreço. Não é só um acessório, são
um guia de como fazer fogão. Cadernos que, de fragmentos da nossa memória juntas, da
coisas incríveis, deliciosas tempos em tempos, eram nossa família, daquilo que a gente viveu e,
passados a limpo por uma de certa forma, ainda vive.
e capazes de satisfazer prima que tinha “letra Por isso, há alguns anos, decidi fazer
não apenas a fome, mas bonita”. E que, além das meu próprio caderno, escrito à mão, bem à
páginas amareladas e às moda antiga. Nada de criar pastinha no
também a alma vezes amarrotadas pelas computador com receitas metodicamente
décadas de uso, traziam divididas. Hoje, sinto até uma pontinha de
também uma porção de recortes de recei- orgulho quando vejo que algumas páginas
tas publicadas em revistas, jornais, latas de dele estão ficando amareladas, que carre-
leite condensado, de creme de leite ou de gam manchas provocadas pelo uso, de
molho de tomate. óleo, de molho... Que bom! Ele está vivo.
Esse universo da cozinha, da mágica Um dia, quem sabe, meus filhos ainda
que é misturar ovo com farinha e depois possam abri-lo e deem continuidade a
ver surgir um bolo, me encanta. E o ca- essa história de comida e de amor.

6 6 | BONS FLUIDOS
TERAPIA INTEGRATIVA

Desapego para seguir


A libertação emocional do passado abre espaço para novas possibilidades,
incluindo a construção de uma outra forma de se relacionar com você mesmo
Katia Arantes

Perdas, separações e processos de luto ti: “Onde há apego, há medo. Para ficarem
são sempre muito dolorosos. Quando há isentos de medo, vocês têm que conhecer
apego ao passado, dói ainda mais. Na- a si mesmos, as suas ilusões e vaidades, e
turalmente, quando amamos algo, nos perceber sua própria vacuidade de ser, pre-
apegamos pela ilusão de que aquilo nos cisam libertar a mente do fardo da crença,
pertence. Quando amamos alguém, fica- da ânsia, da esperança e da lamentação.”
ADRIANA PERAZZELLI é terapeuta mos apegados ao que vivemos, aos senti- Você praticará o desapego quando:
integrativa e psicanalista. Há mais de mentos, à pessoa e a toda a história vivida. • responsabilizar-se por sua parte na per-
dez anos contribui para processos de
É preciso resolver essa questão do apego da e em todas as questões da sua vida;
autoconhecimento e equilíbrio integral
do ser. www.adrianaperazzelli.com.br
para seguir em frente na vida. • viver focado no presente e aceitar a sua
O que é o apego? Apego é a criação realidade;
de um vínculo afetivo com outra pessoa, • buscar libertar-se e permitir que os outros
e acontece pois necessitamos das sensa- sejam livres também;
ções de conforto, segurança, aprovação, • aceitar que perdas acontecem e fazem
aceitação e completude. A formação desse você crescer e abrir espaço para buscar
Grupo Único PDF PaD
vínculo emocional serve para sustentar es-
ses sentimentos e se dá quando criamos
novos horizontes.
Viver é fazer a travessia. Caminhamos
intimidade e dividimos a vida com alguém. por essa ponte chamada vida e levamos
Trata-se de uma necessidade biológica por nossos afetos conosco. Chegamos a al-
uma questão de sobrevi- guns pontos da ponte em que certas pes-
Caminhamos por essa vência, isso ocorre desde
que somos bebês e de-
soas não estão mais do nosso lado, e isso
é o viver. Há de se seguir na ponte sem
ponte chamada vida e senvolvemos os primei- medo do que será encontrado ao longo do
chegamos a pontos em que ros vínculos com nossos
cuidadores, segundo a
caminho. Sempre haverá alguém por perto,
e o que vem pela frente é um mundo de
algumas pessoas não estão terapia do apego. novas possibilidades.
Criamos uma realida- Do outro lado da ponte tem um horizon-
mais do nosso lado. Isso é de interna a partir das te. Quando caminhamos conscientes e po-
o viver. Há de se seguir na nossas relações, e des- demos ao longo do percurso fazer mudan-
contruir essa realidade ças, dar passos mais devagar, outras vezes
ponte, sem medo é doloroso, afinal, acaba mais largos, mas sempre em frente, esta-
sendo parte da gente. mos na direção da nossa vida e desapega-
Aprender a desapegar é voltar a si para dos do que já não tem mais vida. Quanto
fazer o caminho de volta para casa. É li- mais nos libertamos das ilusões e conhece-
bertar-se da dependência do vínculo para mos o que nos faz bem, o que nos faz feli-
abrir espaço no coração e construir novos zes, seguimos refazendo vínculos cada vez
vínculos afetivos e uma nova forma de mais saudáveis, alinhados com o que so-
se relacionar consigo também. Após uma mos e acompanhando as nossas transfor-
perda, ao nos libertarmos de tudo que foi mações. Lembre-se: você (e somente você)
vivido, também nos transformamos. é o viajante da sua própria travessia, cami-
Como desapegar para não sofrer tanto? nhe liberto do medo. Não pare, e contem-
Segundo os ensinamentos de Krishnamur- ple a vida durante toda a travessia.

BONS FLUIDOS | 6 7
DECORAÇÃO

O jardim
entrou em casa
Não é porque a sua casa ou apartamento não tem um quintal espaçoso que você não pode cultivar
plantas e árvores nele. Veja dicas para manter a natureza sempre por perto no seu lar

Grupo Único PDF PaD

A falta de espaço em grandes centros urba-


nos e a busca por mais contato com a natu-
reza (e todos os benefícios que ele engloba)
fizeram arquitetos e paisagistas se desdobra-
rem para trazer para dentro de casas e apar-
tamentos o verde dos antigos quintais. Re-
sultado: de formas diferentes, eles provaram que dá para
cultivar jardins, hortas e até mesmo pomares muito bem
adequados ao espaço interno do imóvel. Tudo isso a partir
da combinação das espécies certas – que se adaptam ao
ambiente indoor – e muita criatividade.
E mesmo dentro de casa a finalidade dos jardins pode
ser diversa – de vasos para decorar a plantas alimentícias
livres de agrotóxicos para incrementar as refeições. Gos-
tou? A seguir, confira algumas saídas possíveis para trans-
formar a sua varanda, cozinha, corredor ou sala em um
verdadeiro refúgio natural.

6 8 | BONS FLUIDOS
Grupo Único PDF PaD
DECORAÇÃO

CULTIVO VERTICAL
Para planejar um jardim
vertical, primeiramente, é
preciso analisar as condições
do local – se é aberto ou
fechado, por exemplo – para
determinar quais plantas
serão utilizadas. Se for um
ambiente de meia-sombra,
uma sugestão é incluir mudas
de ripsális, espécie que
resiste bem à falta de luz e
não é volumosa, portanto
não atrapalha a passagem.
Suculentas são outra boa
opção. Para completar, o muro
Grupo Único PDF PaD
do jardim pode ser feito de
blocos de concreto vazados
(que servirão como vasos) e
irrigado por gotejamento para
facilitar a manutenção.

HORTA E POMAR INTERNOS


Esses elementos devem ser mantidos
em varandas ou junto a janelas, pois a
insolação e a ventilação são importantes
para o desenvolvimento de espécies
alimentícias. Para a horta, temperos como
manjericão, orégano e tomilho, além de
hortaliças como rúcula e alface-mimosa
e chás como camomila e hortelã são
indicados para cultivo interno. As plantas
devem ficar em vasos sobre bancadas ou
suspensos em prateleiras e painéis verticais.
Já para o pomar, pés de pitanga, de acerola,
de limão e de jabuticaba vão bem em
espaços reduzidos. Essas espécies também
podem ser cultivadas em vasos, só não
esqueça de garantir uma boa drenagem.

7 0 | BONS FLUIDOS
As melhores especies indoor
Aquelas que exigem pouca luminosidade são as mais indicadas
para jardins internos. Conheça algumas e suas características

Singônio: Essa espécie pode ser mantida a meia-luz com Dracena: De cultivo tropical, essa planta pode
Grupo Único PDF PaD
regas regulares. Ornamental, quando jovem o singônio
apresenta nervuras esbranquiçadas, mas, adulto e mais
atingir 9 m quando plantada a luz plena, mas a
meia-sombra seu crescimento é retardado. Vai bem
amadurecido, suas folhas mudam de coloração para o em ambientes rústicos e naqueles com pé-direito
verde-escuro, além de florir. alto, caso cresça.

Pândano: Não exige Lança-de-são-jorge:


grandes cuidados, Com características
como adubação ou esculturais, essa suculenta
troca de vaso, apenas é uma ornamental de
regas regulares. interior por excelência.
Menos convencional Suas folhas crescem
que outras espécies, em forma de leque, em
o pândano tem rosetas basais. Elas são
crescimento lento à cilíndricas, eretas, rígidas
sombra, sendo a poda e lisas, de cor verde-
indicada apenas quando -escura a acinzentada,
suas folhas esticam. com raias verde-claras.

BONS FLUIDOS | 7 1
DECORAÇÃO

PLANTAS
PENDENTES
Se falta espaço para colocar
vasos no chão, uma solução é
suspendê-los. Entre as plantas
mais utilizadas como pendente
em ambientes internos estão
as queridinhas samambaias,
que vão bem em vasos de fibra
de coco; a renda-portuguesa,
que é da família das
samambaias; e a hera-inglesa.
Todas elas apreciam meia-
sombra, devendo ser regadas
frequentemente. Já para deixar
o ambiente mais colorido, a
flor-de-maio e a columeia são
boas alternativas.

Grupo Único PDF PaD


NO MEIO DA CASA
Jardins internos combinam
mesmo com pequenos
espaços, como cantinhos
sob a escada e o hall de
entrada. O ideal é que
esses locais tenham janela,
claraboia ou cobertura retrátil
para permitir a entrada de
iluminação e, assim, ampliar
as possibilidades de espécies
para cultivo. Um espaço bem
iluminado pode combinar
Texto: Juliana Duarte, Leila Gapy, Luciana Faria e Marcelo Testoni

palmeiras-leque e juçara,
lírios-da-paz, aglaonemas,
jiboias e helicônias, por
exemplo. Além de decorar
o imóvel, os jardins podem
servir para marcar a separação
de cômodos.

7 2 | BONS FLUIDOS
SACADA VERDE
Se bem iluminadas e ventiladas, as
sacadas podem abrigar árvores frutíferas
em vasos e jardineiras. Dependendo do
espaço disponível, uma forração de grama
é muito bem-vinda para completar o clima
de casa de campo do ambiente. Plantas
suspensas e pendentes também vão bem
na varanda e ainda contribuem para
melhorar a qualidade do ar e até mesmo
abafar o som que vem das ruas.

Grupo Único PDF PaD


ESCOLHENDO
OS VASOS
Os recipientes que irão abrigar
as espécies devem ser bem
escolhidos para garantir que
as plantas tenham um bom
desenvolvimento. Veja algumas
dicas antes da compra:
Material: Prefira os modelos de
cerâmica, plástico, madeira ou
cimento. Os metálicos não são
indicados, pois oxidam e podem
causar fungos nas plantas.
Tamanho: Certifique-se de que
o recipiente escolhido esteja de
acordo com o tamanho da espécie
que será plantada nele.
Local: Posicione os vasos junto a
janelas, pois o ideal é que as
plantas recebam iluminação
natural constante e sol por cerca
de três a quatro horas por dia.

BONS FLUIDOS | 7 3
INSPIRAÇÃO

Um sonho que
se sonha junto
Para crianças que sofrem com uma doença grave, a esperança pode morar em uma visita ao mar, um passeio ou
apenas um reencontro com os avós. Conheça a Make-A-Wish®, os realizadores de sonhos | por Ana Sniesko

Grupo Único PDF PaD

7 4 | BONS FLUIDOS
Qualquer pessoa ou empresa
pode se solidarizar com o projeto
e ajudar a realizar mais sonhos.
É possível fazer doações
únicas ou recorrentes, além
de estabelecer parcerias mais
amplas como pessoa jurídica

Grupo Único PDF PaD

Carlos Eduardo ganhou um


violoncelo, se curou e viu a
sua vida se transformar

BONS FLUIDOS | 7 5
INSPIRAÇÃO

Carlos Eduardo sonhava em ter um violoncelo. Esse era o ins-


trumento que ele tocava no Projeto Guri, antes de ser submetido
a uma série de internações por conta de um rabdomiossarcoma
na perna direita, um tumor maligno que se desenvolve entre os
músculos. Os médicos deixaram claro: não há muito tempo!
Essa foi uma das muitas missões recebidas pela equipe da Make-A-Wish®, organi-
zação sem fins lucrativos que se dedica a realizar o sonho de crianças que sofrem de
doenças que colocam em risco a sua vida. Presente em 50 países, está em atividade no
Brasil desde 2008. “Nosso fundador, Salim Tannus, teve contato com a Make-A-Wish®
Foundation quando morava nos Estados Unidos. No momento em que estava embar-
cando de volta para o Brasil, viu no saguão do aeroporto um anúncio da organização,
com a foto de uma menina que sonhava em ser
bailarina. Nesse momento, ele decidiu que sua
Uma pesquisa realizada missão seria trazer a Make-A-Wish® para cá. A
pela organização norte- partir desse momento, passamos por uma cer-
tificação de quase dois anos até receber a afilia-
PAPO RETO
-americana mostrou que ção oficial. O primeiro sonho que realizamos Nome: Bete Villalobos

89% dos pais relataram foi de uma menina chamada Jaíne, que queria
ver o mar”, conta Bete Villalobos, presidente do
Idade: 52 anos

um aumento na força conselho da Make-A-Wish® Brasil. Função: Presidente do conselho da


A organização nasceu nos Estados Unidos Make-A-Wish® Brasil
emocional da criança em 1980, com o desejo de Chris Greicius, uma
Mantra: Realizar sonhos faz
depois de ver o seu sonho criança de 7 anos com leucemia, que queria
Grupo Único PDF PaD bem tanto para quem sonha
ser policial. Na sua terra natal, Phoenix, no es-
realizado. E isso pôde tado de Arizona, a comunidade juntou-se ao quanto para quem realiza

ajudá-la na melhora Departamento de Polícia local e Chris pôde Como gostaria de ser lembrada:
Por transformar a vida de todos que
ser policial por um dia, em 29 de abril de 1980,
do quadro médico vestindo um uniforme do seu tamanho, um passam pela Make-A-Wish®
chapéu e um distintivo. Esse dia especial, que Eu tive um sonho: Semear o poder
culminou com uma viagem de helicóptero, serviu de mote para a criação da Make-A- de sonhar
-Wish® Internacional, e a cada dia 29 de abril é celebrado o “dia de realizar sonhos”.
Site: www.makeawish.org.br
Afago e esperança A organização conta com a ajuda de equipes médicas que
acompanham os pacientes para definir a elegibilidade da criança. Visando melhorar a
adesão ao tratamento, muitas vezes é a própria equipe médica que inscreve crianças e Crianças e jovens de
jovens de 3 a 18 anos incompletos na lista para realização de sonhos. Uma bicicleta, um
passeio em um parque de diversões, uma festa de 15 anos... O que parece simples e co- 3 a 18 anos incompletos
mum para crianças saudáveis muitas vezes pode significar esperança de dias melhores podem se inscrever
para esses pequenos pacientes. Segundo a organização, viver uma experiência transfor-
madora por meio da realização de um sonho tem impacto direto na força emocional de para ter seus sonhos
todos que participam desse processo. realizados pela
Para ter um desejo realizado, o paciente, sua família ou a equipe médica que o
acompanha deve preencher um formulário que consta no site da organização. Uma Make-A-Wish. E
pesquisa realizada pela entidade norte-americana mostrou dados que encorajam
uma equipe médica é
os realizadores a se superarem: 89% dos pais afirmaram que houve um aumento na
força emocional da criança, ajudando na melhora do quadro médico. Além disso, responsável por autorizar
mais de 80% das crianças se mostraram mais dispostas a colaborar com o trata-
mento. “Nosso maior desejo é realizar os sonhos de todas as crianças elegíveis. Esse
a participação de cada
é um grande desafio, pois, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), um deles
7 6 | BONS FLUIDOS
Chris Greicius
foi a primeira
criança a ter seu
sonho realizado,
em 29 de abril
de 1980: vestiu
um uniforme do
seu tamanho,
um chapéu e um
distintivo e pôde
ser policial por
um dia

Grupo Único PDF PaD

BONS FLUIDOS | 7 7
INSPIRAÇÃO

Grupo Único PDF PaD

Desde ir à praia, como


a Giovana (acima,
à esquerda), até ser
bombeiro, como o Pedro
(abaixo, à direita), todo
sonho é levado a sério

Fotos: Divulgação

7 8 | BONS FLUIDOS
cerca de 12 mil crianças e adolescentes Já a paciente Ana Lethícia, com 13 anos, trata uma leucemia linfoide aguda.
são diagnosticados com câncer anual- Como precisou mudar-se para São Paulo para seguir o tratamento, ela perdeu mo-
mente no Brasil”, destaca Bete. mentos preciosos da infância do pequeno Miguel, seu irmãozinho. “Lethícia é uma
adolescente que busca sempre mostrar que é forte, então acabou não expressando
Quem faz acontecer Para que essa com tanta intensidade a falta que sentia do irmão. Mas, quando as fadas e os gênios
meta seja alcançada, uma série de parce- vieram conhecê-la, não tivemos dúvidas de que Lelê sentia muito essa distância
rias apoiam as ações da Make-A-Wish® e rever seu irmão era um grande sonho”, conta a mãe em depoimento ao projeto.
Brasil, seja por meio de contribuições fi- Foram dias de muita alegria com toda a família. “A realização desse sonho foi im-
nanceiras, da compra de produtos ou da portante para que Lelê pudesse se reconectar com parte de sua infância perdida. Seu
prestação de serviços. “A nossa espinha sonho de alguma forma lhe deu forças
dorsal é o trabalho dos nossos voluntários para encarar seus medos, como a perda
– chamados carinhosamente de fadas e de alguns amigos que fez durante o trata- A organização nasceu nos
gênios –, que colaboram diretamente para mento. Todo o carinho e a alegria que ela Estados Unidos em 1980,
a realização dos sonhos”, explica. Hoje, recebeu das fadas e dos gênios mudaram
são mais de 500 pessoas que se desdo- sua visão. Hoje sabe que Deus quer que com o desejo de Chris
bram sem varinha nem lâmpada mágica, ela continue lutando pela sua vida. E, Greicius, uma criança de
mas ainda assim deixam o dia a dia desses mais do que isso, tem compartilhado sua
pacientes mais feliz. experiência com outros pais que estão 7 anos com leucemia, que
Entre muitas histórias, a presidente do
conselho relembra a de Gustavo. Mora-
passando pela fase inicial do tratamento
de seus filhos. Ela internalizou a impor-
queria ser policial. Seu pedido
dor da cidade de Conceição dos Ouros, tância de estar conectada com a alegria foi atendido em 29 de abril
em Minas Gerais, o garoto enfrentou
muita rejeição depois de ser diagnosti-
de viver, e com isso quer que todos este-
jam vivendo essa alegria junto com ela”,
de 1980, e a data marca
cado com uma doença grave. Por falta Grupo Único PDF PaD
finaliza a mãe. até hoje a celebração do
“dia de realizar sonhos”
de informação e medo de contágio, mui- Qualquer pessoa ou empresa pode se
tos amigos se afastaram. Como o trata- solidarizar com o projeto e ajudar a re-
mento exigia repouso, ele também não alizar mais sonhos. É possível fazer doa-
conseguia começar novas amizades. “O ções únicas ou recorrentes, além de estabelecer parcerias mais amplas como pessoa
sonho dele era participar de um comer- jurídica. Para além das doações, o voluntariado corporativo é uma maneira de em-
cial para ‘fazer mais amigos e nunca ser presas privadas motivarem o envolvimento dos seus funcionários em ações sociais. A
esquecido’. Nós conseguimos propor- iniciativa gera empatia e sensibiliza colaboradores em torno de uma causa tão nobre.
cionar a ele essa experiência! Ana Paula
Padrão, Rafinha Bastos, Cazé Peçanha, Um final mais do que feliz Sabe a história do Carlos Eduardo, que contamos
Karina Bacchi e Rodrigo Faro são algu- lá no início do texto? Os médicos pediram urgência, pois não sabiam se ele resisti-
mas das celebridades que participaram ria ao tratamento. Em uma semana o garoto estava com o tão desejado violoncelo
do comercial que apresentava o garoto em mãos, graças ao esforço dos voluntários. Logo em seguida, foi convidado para
Gustavo Trollyo Nogueira Freitas, de 13 tocar na festa de gala da organização para estrear o instrumento. “Logo veio a me-
anos, que enfrentou um Linfoma de Ho- lhora, que deixou a equipe médica incrédula”, conta a presidente do conselho da
dgkins, exibido em 2014 na TV fechada Make-A-Wish® Brasil.
e na internet. Com o comercial, ele se “Em pouco tempo eu me curei. Não foi um presente que eu recebi, e sim uma
tornou uma celebridade local”, relembra. transformação de vida. Em 2012 fui chamado para cantar na convenção interna-
O braço brasileiro da instituição já cional da Make-A-Wish®, onde havia pessoas de muitos países diferentes. Lá a
soma mais de 2.200 sonhos realizados. equipe da Bélgica se encantou comigo e me convidou para cantar em um evento
“Hoje o nosso maior desafio é a expan- em Bruxelas com vários artistas da Europa. Eu cantei para um estádio repleto de
são. Temos sede nas cidades de São pessoas. Foi a noite mais maravilhosa da minha vida! Ainda enfrentei mais dois
Paulo, Rio de Janeiro e Campinas, mas tratamentos ao longo do caminho, mas sempre tive a Make-A-Wish® ao meu lado,
atendemos crianças de todos os estados me apoiando. Já pensei em desistir, mas as fadas e os gênios me deram carinho e
brasileiros. Estamos trabalhando para esperança para continuar sempre lutando”, relembra o próprio Carlos Eduardo,
atingir cada vez mais crianças”, ressalta. que hoje também ajuda a realizar os sonhos de muitas crianças.

BONS FLUIDOS | 7 9
O PODER DA COLABORAÇÃO

Lições do mar
As habilidades necessárias para surfar no meio do oceano são as mesmas
que precisamos para trilhar os caminhos de uma vida empreendedora

Sempre tive medo do mar. Quanto mais cado e a nós mesmos. Isso significa estar
Marco Iarussi

velha vou ficando, mais percebo outros em fluxo e ter flexibilidade e leveza para
medos surgindo. Certo dia decidi que não fazermos os ajustes necessários em todos
queria mais me sentir assim e aceitei o os momentos.
convite do meu marido para aprender a O mar soberano exige respeito. Impos-
surfar e encarar o tão temido mar. O local sível entrar na água sem sentir toda a sua
escolhido foi a Primeira Escola Pública de imponência e poder. Você foi lá, testou na
IZABELLA CECCATO é fundadora
Surf do Brasil, em Santos. Com borboletas areia os movimentos, conheceu a prancha,
de O Poder da Colaboração na barriga, lá fui para a primeira aula. Nos- admirou a ondulação, mas é quando a pri-
e apaixonada pela vida e pela sa professora se chamava Denise Roma, meira onda bate nos seus pés que você
oportunidade de criarmos juntos uma mulher genial de quase 60 anos que reverencia tudo aquilo com toda a sua
o novo mundo que queremos ter.
começou a surfar aos 50! Inspirada no humildade. Sente-se profundamente uma
Ela acredita que o trabalho
seu exemplo, cada onda surfada me trazia interdependência naquele momento, e
coletivo é a base para impulsionar
o sonho de todos nós. uma nova superação e me revelava novos isso é potente. Difícil ser um empreende-
www.opoderdacolaboracao.com.br horizontes e possibilidades. dor de sucesso sem respeito, humildade
Grupo Único PDF PaD
Imagine de quantas habilidades preci-
samos para ficar em pé numa prancha no
e sem saber que somos dependentes uns
dos outros. Perceber tudo isso é o que nos
meio do oceano? Por incrível que pareça, diferencia como empreendedores.
são essas mesmas habilidades que uti- E a felicidade, o que dizer dela? Ren-
lizamos para trilhar os caminhos do em- da-se, seja apaixonado por tudo isso, por
preendedorismo. A cada momento vivido, cada etapa vencida,
Renda-se, seja primeira delas é a
coragem, essa má-
cada erro corrigido. Ame o seu negócio, a
superação, sua ousadia! Empreendedores
apaixonado por cada gica sensação de felizes têm 95% mais chance de sucesso
nos desafiarmos. que os demais!
momento vivido, Como o mar para O que eu senti com essa experiência foi
cada etapa vencida, mim, empreender uma colaboração incrível entre o mar e eu.
é algo que pode E pude observar que assim também é na
cada erro corrigido. dar medo. Abrir vida pessoal, nos relacionamentos e nos
Ame o seu negócio, a passagem para negócios. Se não buscarmos colaboração
a coragem nos com as pessoas e com tudo ao nosso re-
superação, sua ousadia permite acessar dor, estamos fadados a fracassar.
portais pessoais Quando comecei a empreender, sete
incríveis e nos transforma em profissionais anos atrás, poucos se aventuravam por es-
mais preparados e capazes de lidar com as ses caminhos, e eu mal conhecia todas
incertezas que surgirão. essas habilidades. Agora, uma surfista
Para surfar é fundamental estar em flu- aprendiz e com mais sabedoria, arrisco di-
xo e em conexão completa com o mar, com zer que mais vale tentar do que conseguir.
a prancha, seu corpo e sua mente. E, se Para mim, o caminho acaba sendo mais
pensarmos bem, não é a mesma coisa nos divertido e também mais feliz do que o
negócios? Precisamos estar atentos para destino final. E você, como tem se arrisca-
perceber o consumidor, o produto, o mer- do nos caminhos da vida?

8 0 | BONS FLUIDOS
ONDE ENCONTRAR

BONS FLUIDOS é uma publicação mensal da EBR _ Empresa Brasil


de Revistas Ltda. ISSN 1516-8810. A publicação não se responsabiliza
A J por conceitos emitidos em artigos assinados ou por qualquer
conteúdo publicitário e comercial, sendo esse último de inteira
Adriana Perazzelli, colunista Jorge Morais, veterinário responsabilidade dos anunciantes.
www.adrianaperazzelli.com.br www.animalplace.com.br
Ano 22 - Edição 240
Ana Holanda, colunista
www.anaholanda.com.br L Ethel Santaella
Ariana Chediak, terapeuta Letícia Bhakti, terapeuta DIRETORA EDITORIAL
www.arianachediak.com.br www.inflor.com.br PUBLICIDADE
Aromeiazero Lívia Daia, obstetra GRANDES, MÉDIAS E PEQUENAS AGÊNCIAS E DIRETOS:
www.aromeiazero.org.br www.portal.ufpa.br publicidade@escala.com.br

Artluv Love Beauty and Planet REPRESENTANTES Interior de São Paulo: L&M Editoração, Luciene Dias
– Paraná: YouNeed, Paulo Roberto Cardoso – Rio de Janeiro: Marca XXI,
www.artluv.net www.lovebeautyandplanet.com.br Carla Torres, Marta Pimentel – Santa Catarina: Artur Tavares – Regional
Luciane Farinha, artista plástica Brasília: Solução Publicidade, Beth Araújo
www.midiakit.escala.com.br
B www.instagram.com/terrarios_dona_
BrBio farinha COMUNICAÇÃO, MARKETING E CIRCULAÇÃO
www.brbio.org.br GERENTE: Paulo Sapata

M IMPRENSA – comunicacao@escala.com.br

C Ma Prem Ila, terapeuta ayurvédica


Carla Vila Verde, professora de ioga www.ibrata.com VENDAS DE REVISTAS E LIVROS AVULSOS
www.casamandalla.com.br Maína Mello, astróloga (+55) 11 3855-2142 – atendimento@escala.com.br
ATACADO DE REVISTAS E LIVROS
Carol Tommaso, terapeuta www.mmmapeando.com.br (+55) 11 3855-2275 / 3855-1905 – vendas@escala.com.br
www.aurasomabeamer.com Make-A-Wish® Brasil
Casa Fuerte www.makeawish.org.br Av. Profª Ida Kolb, 551, Casa Verde, CEP 02518-000, São Paulo-SP,
Brasil Tel.: (+55) 11 3855-2100 Caixa Postal 16.381, CEP 02515-970,
www.instagram.com/casafuerte1469 Monja Coen, colunista São Paulo-SP, Brasil

Cesar Leandro Ribeiro, professor www.monjacoen.com.br


www.pucpr.br Monja Miao You, do Templo Budista Zu Lai IMPRESSÃO E ACABAMENTO
Cintia Rua, paisagista (Cotia-SP) www.templozulai.org.br Oceano

www.facebook.com/cintiaruapaisagem Grupo
N
Único PDF PaD Indústria Gráfica Ltda.
Nós temos uma ótima
impressão do futuro

D Nádia Oliveira, colunista RESPONSABILIDADE AMBIENTAL


Esta revista foi impressa na Gráfica Oceano, com emissão zero de
Dianeli Geller, instrutora de meditação www.ceudasemana.com.br fumaça, tratamento de todos os resíduos químicos e reciclagem de
todos os materiais não químicos.
www.meditation4you.com.br
Dinah Rodrigues, terapeuta P Distribuída pela Dinap S/A – Distribuidora Nacional de Publicações,
Rua Dr. Kenkiti Shimomoto, nº 1678, CEP 06045-390 – São Paulo – SP
www.dinahrodrigues.com.br Padaria Artesanal Orgânica (PÃO) JUNHO/2019
Dobra www.padariaartesanal.com.br REALIZAÇÃO
www.querodobra.com.br BEM ESTAR
R conteúdo

E Renata Bueno, psicanalista


www.bemestarconteudo.com.br

EDITORA Renata Armas


Escola de Ervas e Especiarias www.renatabueno.org EDITORA ASSISTENTE Luciana Faria
www.escoladeervas.com.br ARTE Estudio Dupla Ideia Design
REVISORES Karina Cobo e Gustavo Ferreira
S COLABORADORES Ana Sniesko, Carol Salles, Fernanda
F Seemanta Fortin, terapeuta Lima, Leonardo Vinhas, Murilo Toretta e Veridiana
Mercatelli (textos)
Fernanda Zanini, colunista www.cordaluz.com FOTOS Shutterstock

www.fernandazanini.com.br
T FALE CONOSCO
G Taís Sampaio, instrutora de ioga DIRETO COM A REDAÇÃO
Generale www.ufsc.br Av. Profª Ida Kolb, 551 Casa Verde – CEP 02518-000
São Paulo – SP.
www.editoraevora.com.br bonsfluidos@escala.com.br
Toast
www.toast.fm PARA ANUNCIAR
H anunciar@escala.com.br
Herbária SÃO PAULO: (+55) 11 3855-2100

www.herbariaervaseflores.com.br W SP (CAMPINAS): (+55) 19 98132-6565


SP (RIBEIRÃO PRETO): (+55) 16 3667-1800
Hortas e Saberes Wilson Marques, acupunturista RJ: (+55) 21 2224-0095 RS: (+55) 51 3249-9368
www.hortasesaberes.com.br www.wfasbrasil.com PR: (+55) 41 3026-1175 BRASÍLIA: (+55) 61 3226-2218
SC: (+55) 47 3041-3323

I Y Tráfego: trafego.publicidade@escala.com.br

Yuri Busin, psicólogo ASSINE NOSSAS REVISTAS


Izabella Ceccato, colunista (+55) 11 3855-2117 - www.assineescala.com.br
www.opoderdacolaboracao.com.br www.facebook.com/casmeequilibrio
ATENDIMENTO AO LEITOR
Yuri Haasz e Sandra Caselato, colunistas De seg. a sex., das 9h às 18h. (+55) 11 3855-1009
www.sinergiacomunicativa.com.br atendimento@escala.com.br
LOJA ESCALA
Confira as ofertas de livros e revistas
www.escala.com.br
TRÊS PERGUNTAS

Do online para a vida real


As redes sociais são porta para um bem-vindo ativismo digital – mas isso é suficiente? | por Carol Salles

Divulgação
Há pouco tempo um vídeo encantou a comunidade digital. Ele
mostra crianças da África dançando ao som de Ponta de lança
africano, de Jorge Ben Jor. Os responsáveis pela filmagem são
Daniella Schuarts e Leonardo Salomão, casal de diretores

Grupo Único que


PDF PaD
compõe a Yuca Filmes, em Curitiba. “Fomos para a África
para trabalhar no Projeto Evoé, sobre cultura alimentar.
Nessa viagem, tivemos uma vivência na vila de Mugurameno,
na Zâmbia, onde apresentamos às crianças essa música, tão
brasileira e tão africana ao mesmo tempo. A ideia era dar
visibilidade para a escola comunitária de lá, fazer as pessoas
conhecerem esse trabalho e, caso tivessem condição, ajudar
financeiramente”, lembra Dani. A seguir, a produtora fala
como as mídias digitais podem ser usadas para o bem comum.
Divulgação

1 2 3
Como a tecnologia pode fo- Que caminhos futuros as no- O compartilhamento basta? Essa
mentar o engajamento social? vas mídias tendem a seguir? é uma questão muito delicada. É
Vejo que hoje há muito mais aces- A comunicação pelas redes sociais só claro que ajuda a divulgar e dissemi-
so a informações, pessoas, projetos tende a se expandir. Estamos ainda nar a mensagem. Mas o que é feito
e histórias. Se não conhecemos o compreendendo quais as melhores além? Eu vejo que ajudar o próximo
problema, como podemos nos sen- maneiras de utilizar essas ferramentas. através das redes sociais está atrela-
sibilizar e fazer algo a respeito? En- O crescimento acelerado do mercado do às suas atitudes fora da internet
tão as redes sociais trouxeram essa audiovisual está muitíssimo ligado ao também, à maneira como você se re-
possibilidade, não só de visibilizar, crescimento das redes sociais também, laciona com as causas dos outros, o
mas também denunciar, conscientizar a comunicação como um todo tem se que você faz para apoiar de fato uma
um grande número de pessoas, fa- transformado e vai se transformar de um causa em que confia ou que precisa
zer um financiamento online, enfim, jeito que não temos muita dimensão de de ajuda, até mesmo como você se
trazer ferramentas que impactem a como vai ser, quantas novas profissões enxerga capaz de encontrar soluções
“vida real” através do mundo online. e mercados vão surgir a partir disso. para problemas que estão à sua volta.

8 2 | BONS FLUIDOS
COLEÇÃO

A Coleção Guia Completo da Decoração traz todos os passos para começar um projeto de
GHFRUDomR³GDDQiOLVHGRDPELHQWHjFRPELQDomRGHFRUHVHGHÀQLomRGHXPSRQWRGHGHVWDTXH
6mROLYURVFRPLQIRUPDo}HVGHSDVVRDSDVVRSURGX]LGRHLOXVWUDGRFRPIRWRV

Grupo Único PDF PaD

Confira também as outras Coleções

Nas bancas!
Ou acesse www.escala.com.br
/escalaoficial
ARTHUR CONAN DOYLE
C O L L E C T I O N

O melhor de Sherlock Holmes em 4 volumes

Grupo Único PDF PaD

Nasias
livrar

Ou acesse www.escala.com.br
/escalaoficial