Você está na página 1de 23

Curso Completo | Banca FGV

Teoria e questões de concursos

Professora Adriana Figueiredo


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

PLANO DE ESTUDO | GRAMÁTICA

1. SUBSTANTIVO, ADJETIVO, ADVÉRBIO


2. PRONOMES
3. CONJUNÇÕES
4. VERBOS
5. SINTAXE
6. VOZES VERBAIS
7. CONCORDÂNCIA
8. REGÊNCIA E CRASE
9. PONTUAÇÃO

PLANO DE ESTUDO | INTEPRETAÇÃO DE TEXTOS

10. RETIFICAÇÃO, EXPLICAÇÃO, EXPLICITAÇÃO


11. NÍVEIS DE LINGUAGEM
12. ETIMOLOGIA
13. FORMAÇÃO DAS PALAVRAS
14. SIGNIFICAÇÃO DE VOCÁBULOS
15. AMBIGUIDADE
16. IRONIA
17. ESTRUTURA TEXTUAL
18. COMPREENSÃO TEXTUAL
19. REESCRITURA DE FRASES
20. INFERÊNCIAS
21. CHARGES

Profª. Adriana Figueiredo Página 2 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

1. SUBSTANTIVO, ADJETIVO, ADVÉRBIO

ARTIGO

É vocábulo que antecede substantivo, claro ou implícito.

Exemplo: Considero muito a sua sogra e também a minha.

SUBSTANTIVO

É o nome com que designamos em geral (pessoas, animais e coisas) flexionando-se


em gênero e número.

ADJETIVO

“É a expressão modificadora do substantivo que denota qualidade, condição ou


estado de um ser.” (Evanildo Bechara)

Ex: “...era feito aquela gente honesta, boa e comovida


que caminha para a morte pensando em vencer na vida.”

- Homem bom / homem mortal;


- pobre homem / homem pobre;
- um viajante brasileiro / um brasileiro viajante;
- grande homem / homem grande

LOCUÇÃO ADJETIVA

É formada, geralmente, de preposição + substantivo com valor de adjetivo.

Ex.: “..eu quero que o meu caixão


tenha uma forma bizarra
a forma de coração
a forma de guitarra”

Profª. Adriana Figueiredo Página 3 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO

01. Identifique a classe das palavras abaixo, sendo:


( 1 ) SUBSTANTIVOS
( 2 ) ADJETIVOS

1.( ) Recebeu uma vaia monstro.


2.( ) Veio fantasiado de monstro.
3.( ) O seu viver é um exemplo para todos.
4.( ) O orgulhoso não se deu por vencido.
5.( ) Era um homem muito orgulhoso.
6.( ) Possuía muita confiança.
7.( ) Estava antes do jogo pouco confiante.
8.( ) “Não sou propriamente um autor defunto,
09.( ) ...mas um defunto autor.” (M. Assis)

02. Nos segmentos abaixo, assinale aqueles em que a troca dos termos do sintagma
nominal implicaria alteração de suas classes gramaticais:

→Um sábio americano


→Um viajante brasileiro
→Um menino pobre
→Incômoda presença
ADVÉRBIO

Palavra invariável que, fundamentalmente, modifica o verbo exprimindo uma circunstância


(tempo, lugar, modo etc.). Pode ainda o advérbio modificar o adjetivo ou outro advérbio.

• Trabalhamos muito.

• Homem muito bom.

• Fala muito bem.

• Ela chegou aqui sozinha.

Profª. Adriana Figueiredo Página 4 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

LOCUÇÃO ADVERBIAL

Formada, normalmente, de preposição mais substantivo com valor e emprego de


advérbio.

Ex.: às pressas, às vezes, à beça, sem dúvida, de repente, de vez em quando, à toa,
cara a cara etc.

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO

01. Identifique os advérbios das frases abaixo:

a) A banda já passou. Vai lá a banda. O maestro vai adiante.

b) Por aqui nunca passa banda nenhuma.

c) Nunca a vi assim tão linda, Cláudia!

d) Você porventura teve bons sonhos hoje?

e) Anda depressa, e o bicho te pega; anda devagar, e o bicho te come.

ADJETIVO E ADVÉRBIO

IMPORTANTE!!!!!!

Não confunda a locução adjetiva com a locução adverbial.

Observe:
• A casa de madeira foi construída.
• A casa foi construída de madeira.

Profª. Adriana Figueiredo Página 5 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

QUESTÕES DE CONCURSOS

TEXTO 3 – A FAMÍLIA MUDOU


Teresinha Saraiva
Nasci e vivi minha infância numa família constituída por três gerações, vivendo sob o
mesmo teto, harmoniosa e amorosamente: meus avós, meus pais, meus tios casados,
minhas tias solteiras e nós, os oito netos. Éramos 20 pessoas. Os homens trabalhavam e
as mulheres dedicavam-se à gerência da casa e à educação das crianças. Na minha
família só havia, inicialmente, uma mulher que trabalhava fora, minha mãe, que era
professora. Muitos anos depois, três de minhas tias solteiras foram trabalhar fora.
Lembro-me até hoje, embora muitas décadas tenham se passado, da enorme sala de
jantar, com uma grande mesa retangular onde se sentavam 12 adultos, para as refeições e
para as prolongadas conversas, e uma mesa oval, onde se sentavam as oito crianças e
adolescentes – os netos.
Vivi uma infância tranquila numa família nuclear unida.
Minha adolescência e juventude já foi passada numa família constituída por meus
pais, ambos trabalhando e contribuindo para o sustento da família, meu irmão e eu.
Todos os domingos nos reuníamos à família inicial, na enorme casa da Rua do Bispo,
hoje integrando o espaço físico ocupado pela Universidade Estácio de Sá, em
inesquecíveis almoços e ceias.
A família brasileira mudou.

1) (FGV-2014-NIVEL SUPERIOR–PREF MUNIC FLORIANÓPOLIS)


No texto 3 há a presença de muitos adjetivos; a opção em que os adjetivos mostram
valor diferente dos demais, por ambos serem classificados como adjetivos de relação,
é:
(A) tios casados / tias solteiras;
(B) enorme sala / grande mesa;
(C) mesa retangular / enorme casa;
(D) família brasileira / prolongadas conversas;
(E) família nuclear / inesquecíveis almoços.

2) (FGV-2015- AL/BA- ADMINISTRADOR)


Em todos os segmentos a seguir, há formas de graus de adjetivos, à exceção de um.
Assinale-o.
(A) “...a democracia ‘é sempre melhor que qualquer outra forma de governo’”.
(B) “Eu não faria uma afirmação tão forte”.
(C) “...acho melhor limitar a comparação ao universo do conhecido”.
(D) “Tem-se dito que a democracia é a pior forma de governo...”
(E) “...descobrimos novas e mais sutis maneiras de influenciar...”

3) (FGV-2015- AL/BA- ADMINISTRADOR)


“Já desde Platão sabemos que ela é sensível à ação dos demagogos. E, quanto mais
avançamos no conhecimento do cérebro e da psicologia humana, descobrimos novas e
mais sutis maneiras de influenciar os eleitores, que usam muito mais a emoção do que
a razão na hora de fazer suas escolhas”.
Sobre as três ocorrências do vocábulo “mais”, assinale a afirmativa correta.

Profª. Adriana Figueiredo Página 6 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

(A) Todas as ocorrências pertencem à mesma classe gramatical.


(B) A segunda ocorrência é o único caso de pronome indefinido.
(C) O único caso de adjetivo é a terceira ocorrência.
(D) A primeira e a segunda ocorrências não pertencem à mesma classe.
(E) As três ocorrências pertencem a classes gramaticais diferentes.

4) (FGV-2015- AL/BA- ADMINISTRADOR)


Assinale a opção que apresenta a frase em que a nominalização da forma verbal é
realizada de forma adequada.
(A) “...acho melhor limitar a comparação...” / acho melhor o limite da comparação...
(B) “...os cidadãos aprendem a defender-se...” / os cidadãos aprendem autodefesa...
(C) “...como é o caso da fixação de políticos e eleitores por criar empregos...” / como é o
caso da fixação de políticos e eleitores pela criatividade de empregos...
(D) “Bem, além de promover a moderação...” / Bem, além de provocação da
moderação...
(E) “...precisamos listar seus defeitos...” / precisamos do alistamento de seus defeitos...

5) (FGV-2015- AL/BA- ADMINISTRADOR)


Assinale a opção em que um substantivo é adjetivado por um só termo de valor
adjetivo.
(A) “Ninguém pretende que a democracia seja perfeita ou sem defeito”.
(B) “E quanto mais avançamos no conhecimento do cérebro e da psicologia humana...”
(C) “...descobrimos novas e mais sutis maneiras de influenciar os eleitores...”
(D) “...disputarem o poder de forma institucionalizada e pouco violenta...”
(E) “Outro ponto sensível e delicado é o levantado pelo economista Bryan Caplan”

6) (FGV-2013- CGE/MA-AUDITOR)
Assinale a alternativa em que a troca de posição entre os termos sublinhados altera o
sentido do segmento.
(A) “Mais uma vez, deu distopia”.
(B) “...que significaria um renascimento para a humanidade...”
(C) “...o direito à educação e à saúde seria universal...”
(D) “...Morus prescrevia dois escravos para cada família...”
(E) “Quando surgiu e se popularizou o automóvel...”

7) (FGV-2015- DP/RO-ANALISTA JURÍDICO)


“O Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA, é uma lei bem justa e generosa, ainda
largamente ignorada em suas medidas de proteção e promoção. Mesmo quanto às
sanções previstas no estatuto, antes de se chegar à internação, há uma série de outras
menos severas, como a advertência, a prestação de serviços à comunidade e a
liberdade assistida, que são frequentemente ignoradas, passando-se diretamente à
privação de liberdade, mesmo em casos em que isso não se justifica”.
O adjetivo que, por sua tipologia, mostra um tipo diferente dos demais é:
(A) ignorada;
(B) previstas;
(C) severas;
(D) justa;
(E) generosa.

Profª. Adriana Figueiredo Página 7 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

8) (FGV-2015- DP/RO-ANALISTA JURÍDICO)


A frase abaixo em que está ausente qualquer processo de intensificação de adjetivos é:
(A) “O Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA, é uma lei bem justa e generosa”;
(B) “...ainda largamente ignorada em suas medidas de proteção e promoção”;
(C) “Mesmo quanto às sanções previstas no estatuto, antes de se chegar à internação,
há uma série de outras menos severas, como a advertência...”;
(D) “...a prestação de serviços à comunidade e a liberdade assistida, que são
frequentemente ignoradas”;
(E) “...é preciso uma punição mais eficaz do que aquelas preconizadas pelo Estatuto da
Criança e do Adolescente”.

9) (FGV-2015- DP/RO-ANALISTA JURÍDICO)


“Reconheço que a punição não é o único remédio para a violência cometida pelos
jovens. Evidentemente, políticas sociais, educação, prevenção, assistência social são
medidas que, se aplicadas no universo da população jovem, terão o condão,
efetivamente, de reduzir a violência. Mas, em determinados casos, é preciso uma
punição mais eficaz do que aquelas preconizadas pelo Estatuto da Criança e do
Adolescente”.
Os termos que, se trocados de posição, acarretam modificação de sentido, são:
(A) o único remédio / o remédio único;
(B) população jovem / jovem população;
(C) determinados casos / casos determinados;
(D) punição mais eficaz / mais eficaz punição;
(E) Estatuto da Criança e do Adolescente / Estatuto do Adolescente e da Criança.

10) (FGV-2015- PREF. MUNIC. OSASCO-FISCAL TRIBUTARIO)


Assinale a alternativa em que a troca da posição dos termos e da expressão
destacados NÃO acarreta mudança de significação:
(A) uma explicação simples para a proliferação nas favelas (1º parágrafo); uma simples
explicação para a proliferação (...);
(B) que leva à glória e à fortuna um menino pobre (1º parágrafo); que leva à glória e à
fortuna um pobre menino;
(C) um bilhão e meio de pessoas assistem às mesmas imagens; (3º parágrafo); (...)
assistem às imagens mesmas;
(D) (...) contrariar cenários previsíveis (5º parágrafo); (...) contrariar previsíveis cenários;
(E) (...) que, no jogo da vida, sofre tantas faltas (9º parágrafo); (...) que, na vida do jogo,
sofre tantas faltas.

11) (FGV-2015- TCE/SE-DENTISTA)


O par de palavras que apresenta uma disposição de classes de palavras diferente das
demais é:
(A) pessoa adaptada;
(B) sociedade moderna;
(C) cuidado espiritual;
(D) doenças psicossomáticas;
(E) eminente psicólogo.

Profª. Adriana Figueiredo Página 8 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

Profª. Adriana Figueiredo Página 9 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

Profª. Adriana Figueiredo Página 10 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

12) (FGV-2011-SEFAZ/RJ-AUDITOR)
Assinale a palavra que, no texto, NÃO tenha valor adverbial.
(A) mais (L.20)
(B) bastante (L.6)
(C) penal (L.91)
(D) só (L.52)
(E) antes (L.47)

13) (FGV-2014-NIVEL MÉDIO–PREF MUNIC FLORIANÓPOLIS)


Nos textos desta prova há exemplos de diminutivos; o exemplo que possui um valor
semântico diferente dos demais é:
(A) “achou que seu cachorrinho de apenas uma semana de vida” (texto 4);
(B) “bombeiros resgataram o animalzinho ainda vivo” (texto 4);
(C) “Deve ser só um pouquinho psicopata” (texto 2);
(D) “resolveu não ajudar uma senhorinha a atravessar a rua” (texto 2);
(E) “Daniel Blair tem 4 aninhos”(texto 4).

14) (FGV-2015-AG FISCALIZAÇÃO ADM–TCM/SP)


“Nas unidades de internação de menores infratores reproduzem-se as mesmas mazelas
dos presídios para adultos”; a frase abaixo em que se repete o mesmo sentido do
vocábulo sublinhado é:
(A) Os menores têm mesmo que pagar por seus crimes.
(B) Os crimes são punidos pela mesma lei de antigamente.
(C) É mesmo verdade que as leis irão mudar?
(D) Os dois presídios têm as mesmas condições.
(E) As celas são abertas pela mesma chave.

Profª. Adriana Figueiredo Página 11 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

15) (FGV-2015-AG FISCALIZAÇÃO ADM–TCM/SP)


O segmento do texto 1 em que está ausente uma estrutura de base comparativa é:
(A) “Assim como os presídios, os centros não regeneram”;
(B) “As condições dos presídios (bem como dos centros de internação) e a violência de
jovens delinquentes...”;

Profª. Adriana Figueiredo Página 12 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

(C) “Nas unidades de internação de menores infratores reproduzem-se as mesmas


mazelas dos presídios para adultos”;
(D) “...legislação penal a uma realidade em que a violência juvenil se impõe cada vez
mais como ameaça à segurança da sociedade”;
(E) “...se o sistema penitenciário tem problemas, a rede de proteção ao menos
consagrada no ECA também os tem”.

16) (FGV-2015-ADM/CONTABIL/TI-TJ/BA)
A frase em que o vocábulo MAIS (texto 4) mostra uma classe gramatical diferente das
demais é:
(A) “O cigarro é um dos produtos de consumo mais vendidos no mundo”;
(B) “Os cigarros estão entre os produtos de consumo mais lucrativos do mundo”;
(C) “Isso equivale a 50 vezes mais mortes do que as causadas pelas drogas ilegais”;
(D) “Mas os fumantes que persistem em fumar têm um vício ainda mais idiota”;
(E) “um mercado em mais rápida expansão”.

O texto a seguir refere-se à próxima questão

Profª. Adriana Figueiredo Página 13 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

17) (FGV-2015-ANALIS JUD-TJ/RO)


O par de palavras do texto 1 em que a troca de posição entre substantivo e adjetivo
gera possível mudança de sentido é:
(A) altos investimentos;
(B) indústria avançada;
(C) tecnopolo importante;
(D) simples ideia;
(E) famosa rede.

2. PRONOMES

PRONOMES PESSOAIS
Designam as três pessoas do discurso.
RETOS OBÍQUOS

ÁTONOS TÔNICOS
EU Me mim, comigo
TU Te ti, contigo
ELE Se, o, a, lhe si, ele, ela
NÓS Nos Nós, conosco
VÓS Vos Vós, convosco
ELES Se,os,as,lhes Si, eles, elas

Profª. Adriana Figueiredo Página 14 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

 Verbos terminados em R, S, Z +
pronomes o (s), a (s) = lo (s) / la (s).

Ex.: dar + o = dá-lo; felicitamos + a


= felicitamo-la; pões + o = põe-lo.

 Verbos terminados em M, ÃO,


ÕE + O (S) / A (S) = NO (S), NA (S)
Ex.: mandaram + o = mandaram-
no; põe + o = põe-no.

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO

01. Substitua os termos sublinhados abaixo pelos pronomes pessoais adequados:

a) Já entregou os documentos necessários?


b) Continuam as acusações ao Judiciário.
c) Os processos muito demorados constituem afastamento da regra geral.
d) De seu esforço e força de vontade emergem os trabalhadores.
e) Já pagaram ao funcionário as suas férias?
f) Viajou a mulher com seus filhos e seu marido.

02.Combine o verbo com o pronome, fazendo as necessárias adaptações:


a) ama + o:
b) dão + o:
c) deixamos + a:
d) quer + o:
e) põe + a:
f) diz + as:

Profª. Adriana Figueiredo Página 15 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

PRONOMES POSSESSIVOS

Indicam a posse em referência às três pessoas do discurso:


1ª pessoa: meu (s), minha (s), nosso (s), nossa (s)
2ª pessoa: teu (s), tua (s), vosso (s), vossa (s)
3ª pessoa: seu (s), sua (s).

Obs.:Os pronomes átonos podem ser usados com valor possessivo:

Exemplo: Beijou-me a mão = Beijou a minha mão.


Roubaram-lhe a carteira = Roubaram a sua carteira.

PRONOMES DEMONSTRATIVOS

No Espaço No tempo No texto

Isto Apontam para o que Momento presente. Apontam para uma


Este(s) Esta(s) está perto do falante.Ex: Estes dias têm informação que virá
Ex.: Este material sido agradáveis. adiante no texto.
aqui é meu. Momento futuro Ex: Este número é a
próximo. dica do teste – sete.
Ex: Nestas férias
viajarei.
Isso Esse(s) Apontam para o que Passado não distante. Indicam uma
Essa(s) está perto do Ex:Nesse domingo informação que já
ouvinte. fui ao Maracanã. apareceu no texto.
Ex.:Esse material aí Ex.:“Dois” – Esse
é meu. número é a dica do
teste.

Aquilo Aquele(s) Apontam ao que está Passado ou futuro Com dois


Aquela(s) distante de ambos. distante. antecedentes: “Este”
Ex.: Aquele material Ex: Aquelas férias de para o mais próximo;
ali é meu. 2000/2010 foram “Aquele” para o
/serão maravilhosas. mais distante.
Ex.:
José e João
estudaram. Este
(João)/Aquele (José)
foi aprovado.

Profª. Adriana Figueiredo Página 16 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

PRONOMES RELATIVOS

Referem-se a um termo anterior chamado antecedente (um substantivo ou pronome


substantivo).

Ex: “... há no meu corpo um incêndio que queima sem esperança a própria terra
que piso vira um abismo e me come corre em meu sangue um veneno... veneno que
tem teu nome."
(Ferreira Gullar)

Aparecem como pronomes relativos:

- QUE, O QUAL (e flexões): quando o antecedente for coisa ou pessoa;


“Eis o livro que procuro”./”Este é o professor que elogiei.”

- QUEM: quando o antecedente for pessoa. Sempre antecedido de preposição;


“Esta é a professora de quem falei.”

- ONDE: quando o antecedente indica lugar;


“Esta é a casa onde moro.”

- COMO: quando o antecedente for as palavras modo, maneira, forma.


“É correta a forma como você procede.”

- QUANDO: quando o antecedente dá ideia de tempo;


“Foi a época quando tudo ocorreu.”

- QUANTO: quando o antecedente dá ideia de quantidade.


“Isso é tudo quanto quero.”
- CUJO (e flexões): entre dois substantivos indicando ideia de posse.
“É bom o livro cujo autor elogiaste.”

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO

01. Sublinhe a(s) forma(s) que completa(m) a lacuna:


a) O assunto _____________________me referi não foi este. (que – a que – ao qual
– o qual – a quem)
b) A empresa _____________________ diretor é sério progride. (onde – que – a qual
– cujo – a que)
c) A empresa _____________________diretor conversei progrediu. (com que – com
cujo – aonde – cujo – com a qual)
d) Chegou o diretor _____________________relatório ninguém gostou. (que – de que
– cujo – o qual – de cujo)

Profª. Adriana Figueiredo Página 17 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

e) Esta é a cidade _____________________eu morei. (onde – aonde – em que – na


qual – donde)

f) Esta é a cidade _____________________gosto de ir sempre. (onde – aonde – a


qual – para a qual – que)
g) Esta é a cidade _____________________vêm os visitantes. (onde – aonde –
donde – em que – do qual)

QUESTÕES DE CONCUSOS

18) (FGV-2015- CM/CARUARU-ANALISTA NIVEL SUPERIOR)

Nesse mesmo período, assinale a opção que indica o erro que contraria a norma culta da
Língua Portuguesa.
(A) a ausência de um verbo de ligação no termo “Se eleito”.
(B) o emprego de uma forma simples de futuro – transformarei – em lugar de uma perífrase, de
caráter mais coloquial: “vou transformar”.
(C) o uso inadequado do verbo “transformar”, numa frase em que o sentido exigiria outro verbo.
(D) a ausência da preposição “em” antes do pronome relativo “que”, exigida pelo verbo
“trafegar”.
(E) a má utilização da expressão “terá orgulho” em relação aos automóveis, quando deveria
ligar-se aos motoristas.

19) (FGV-2015- CM/CARUARU-ANALISTA NIVEL SUPERIOR)


Em relação ao emprego tradicional dos pronomes pessoais, assinale a opção que indica a
frase que está totalmente correta.
(A) Essas roupas estão aí para mim levar para casa.
(B) Entre mim e minha namorada não há problemas.
(C) Observei eles da janela de meu quarto.
(D) Todos saíram com nós depois de meia hora.

Profª. Adriana Figueiredo Página 18 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

(E) Ao mar, foi-lhe jogado o corpo do marinheiro.

20) (FGV-2015- CM/CARUARU-ANALISTA NIVEL SUPERIOR)


Assinale a opção que indica a frase em que o emprego da forma “mim” contraria a norma culta
da língua.
(A) Para mim, assistir às aulas é questão de princípio.
(B) Tudo foi feito em segredo, entre mim e a empresa.
(C) A mim, ninguém me engana.
(D) Tinham receio de mim, após a festa, nunca mais voltar.
(E) Desmaiei e demorei a voltar a mim.

21) (FGV-2015- CM/CARUARU-ANALISTA NIVEL SUPERIOR)


Assinale a opção que indica a frase em que houve a troca indevida de onde por aonde.
(A) “O bom não é bom onde o ótimo é esperado.” (Thomas Fuller)
(B) “Não olhe onde você caiu, mas onde você escorregou.” (Provérbio)
(C) “Felicidade é um lugar onde você pode pousar, mas não pode fazer seu ninho.” (Diane de
Beausacq)
(D) “Não importa onde você vá, você estará lá.” (Saul Gorn)
(E) “Outono é uma segunda primavera onde cada folha é uma flor.” (Albert Camus)

O texto a seguir se refere às questões 22 e 23

Profª. Adriana Figueiredo Página 19 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

22) (FGV-2013- CGE/MA-AUDITOR)


“Todas as utopias imaginadas até hoje acabaram em distopias, ou tinham na sua origem um
defeito que as condenava”.
Sobre os componentes dessa primeira frase do texto, assinale a afirmativa correta.

Profª. Adriana Figueiredo Página 20 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

(A) “até” indica um ponto limite no espaço.


(B) “hoje” se refere ao momento de produção do texto.
(C) “sua” se refere a “distopias”.
(D) “que” tem por antecedente “origem”.
(E) “as” substitui “utopias” e “distopias”.

23) (FGV-2013- CGE/MA-AUDITOR)


“Platão imaginou uma república idílica em que os governantes seriam filósofos, ou os filósofos
governantes”.
Sobre os componentes desse segmento do texto, assinale a afirmativa incorreta.
(A) o pronome relativo “que” se refere ao antecedente “república”.
(B) o termo “em que” não pode ser substituído por “onde”.
(C) a forma verbal “seriam” indica uma possibilidade.
(D) a conjunção “ou” indica uma alternativa.
(E) os termos “filósofos” e “governantes” devem ser separados por vírgula.

24) (FGV-2013- CGE/MA-AUDITOR)

A fala do menino inclui a frase “Eu quero ir para esse lugar aí...”.
Nesse caso, emprega-se a forma esse do demonstrativo porque:
(A) se refere a algo distante no tempo.
(B) se refere a algo distante no espaço.
(C) se refere a algo socialmente distante.
(D) se refere a algo anteriormente expresso.
(E) se refere a algo dito ironicamente.

25) (FGV-2015- DP/RO-ANALISTA JURÍDICO)


“Se no banco da escola ou no banco dos réus. Anteontem, o Congresso Nacional sinalizou que
prefere a segunda opção”.
A forma correta dos demonstrativos na substituição do termo sublinhado é:
(A) esse/àquele;

Profª. Adriana Figueiredo Página 21 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

(B) este/àquele;
(C) aquele a esse;
(D) aquele a este;
(E) esse a este.

Profª. Adriana Figueiredo Página 22 de 23


Profª: Adriana Figueiredo
FGV- AULA 1
CLASSES GRAMATICAIS/PRONOMES

Gabarito

1) A
2) C
3) A
4) B
5) B
6) E
7) B
8) D
9) C
10) D
11) E
12) A
13) C
14) D
15) D
16) C
17) D
18) D
19) B
20) D
21) D
22) B
23) B
24) D
25) B

Profª. Adriana Figueiredo Página 23 de 23