Você está na página 1de 29

CURSO

NÍVEL I
O DESPERTAR Sistema USUI

Saulo de Oliveira Uchôa Cavalcanti


Mestre em Reiki Usui - Tibetano
E Karuna Reiki® Master
Registrado no International Reiki Center
Michigan Nº BRP-17-061

1
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Vós sois as mãos de Cristo
Cristo não tem atualmente sobre a terra nem um outro corpo se não o teu;
outras mãos se não as tuas;
outros pés senão os teus;
tu és os olhos com os quais a compaixão de Cristo deve olhar o mundo;
tu és os pés com os quais Ele deve ir fazendo o bem;
tu és as mãos com os quais Ele deve abençoar os homens de hoje.
Santa Teresa D'Ávila

Apresentação
Vários de nós, em momentos distintos de nossas vidas, buscam mecanismos de
harmonização através de Terapias Holísticas. É uma busca ao novo, ao místico
e ao Divino.
As diversas técnicas de cura em Terapias Holísticas nada mais são do que
Sistemas Antigos, das mais variadas culturas e civilizações que redescobrimos
nestes tempos de turbulência psico-espiritual que aflige a toda a sociedade.
Este é o momento que aflora de dentro de cada um de nós um sentimento de
busca, de procura, uma força que nos impulsiona para uma nova conexão com
o “Divino em Nós”.
Existem muitos métodos eficientes de cura e harmonização em Terapias
Holísticas, o REIKI é um deles.
Através desta apostila, pretendemos lhe dar os conhecimentos básicos
necessários a um bom terapeuta holístico.

Cura e medicina
A lei brasileira exige que seja informado:
Todas as afirmações contidas nestes textos não possuem nenhuma relação com
a medicina, curas médicas ou práticas médicas.
As afirmações se referem exclusivamente com a CURA em sentido HOLÍSTICO
onde o bem-estar energético e espiritual determina condições de harmonização
energética.
Em caso de doenças graves recomende a procura a um médico e não sugira a
interrupção de nenhum tipo de tratamento convencional.

2
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
HISTÓRIA DO REIKI - MIKAO USUI

Mikao Usui era, entre outras coisas, um monge budista. Nasceu no Japão em 15
de Agosto de 1865 numa pequena vila designada Taniai, Distrito de Yamagata,
Perfeitura de Gifu.
Segundo as investigações de Frank Arjava Petter, reveladas no seu livro em
parceria com Walter Lubeck e William Rand, "The Spirit of Reiki", Usui
estudou Kiko (a versão japonesa do Chi Kung - uma arte oriunda da China para
melhorar a saúde através de meditação, exercícios de respiração e exercícios
em movimento) quando era jovem, num templo de Budismo Tendai, no monte
Kurama, Norte de Kyoto.
Nas práticas do Kiko usa-se a própria energia vital para a cura de outras
pessoas, ficando o dador dessa energia, desvitalizado. Algo que não terá
agradado a Mikao Usui e que lhe terá feito nascer a semente daquilo que hoje
conhecemos como Reiki.

Mikao Usui (1865-1926)

Segundo William Rand (no mesmo livro), Usui viajou depois por todo o Japão,
China e Europa em busca de conhecimento nas áreas da medicina, psicologia,
religião e desenvolvimento espiritual. Numa dessas etapas, juntou-se a um grupo
designado Rei Jyutu Ka, onde a sua formação acerca do mundo espiritual foi
fortificada. Todo o intenso e continuado interesse no conhecimento terá criado
as fundações da incrível bênção que deixou à humanidade.
A sua formação e clareza mental ajudaram-no a conseguir um emprego como
secretário de Shinpei Goto, então responsável de um Departamento de Saúde e
Bem Estar e mais tarde Presidente de Kyoto. Ali, Usui conheceu muitas pessoas
influentes de todo o Japão tendo iniciado um negócio por conta própria com
bastante sucesso.
Em 1914, o negócio começou a correr mal e Usui decidiu tornar-se monge
budista. Voltou mais tarde ao Monte Kurama, onde tinha estado a estudar Kiko
quando era jovem.
Usui iniciou então um retiro de 21 dias onde jejuou, cantou, orou e meditou. Uma
dessas meditações poderá ter sido ficar debaixo de uma cascata do Monte

3
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Kurama com a água a cair sobre a cabeça para abrir e purificar o chakra da
coroa, uma prática que é efectuada ainda hoje pelos monges do Templo Kurama.
No final do retiro em Março de 1922, Mikao Usui teve a sua experiência de Satori
(Iluminação), onde ficou a saber de que forma sintonizar a Energia Vital
Individual (Ki), com a Energia Vital Universal (Rei), aplicando a segunda para a
cura, sem prejuízo da primeira. Usui testou então essa sintonia em si próprio e
depois com a sua família tendo aberto em Abril de 1922 a escola que ainda hoje
existe, Usui Reiki Ryoho Gakkai em Tokyo.

Linhagem

Mikao Usui

Chujiro Hayashi

Hawayo Takata

Phyllis Lei Furumoto

O que é o método Reiki?


O método Reiki é um sistema natural de harmonização e reposição energética
que mantém ou recupera a saúde. É um método de redução de estresse. Reiki
é um sistema próprio para despertar o poder que habita dentro de nós, captando,
modificando e potencializando energia. Funciona como instrumento de
transformação de energias nocivas em benéficas. É um sistema revolucionário
para adaptar o ser humano às exigências da Era de Aquarius.
Reiki é uma palavra japonesa que identifica o Sistema Usui de Terapia Natural
(Usui Reiki Ryoho), nome dado em homenagem ao seu descobridor, Mikao Usui.
Rei significa universal e refere-se ao aspecto espiritual, à Essência Energética
Cósmica que permeia todas as coisas e circunda tudo quanto existe. Ki é a
energia vital individual que flui em todos os organismos vivos e os mantém.
Quando a energia ki sai de um corpo, ele deixa de ter vida. A energia Reiki é um
processo de encontro dessas duas energias, a Energia Universal e a nossa
energia física. Ocorre depois da sintonização ou iniciação, feita por um mestre
habilitado. A energia Reiki é uma das maiores forças deste planeta para a
evolução das pessoas, um caminho de harmonização interior com o Universo. É
uma energia confortadora vinda de Deus, do Criador. Vem do macrocosmo para
o microcosmo. Todos nós temos acesso à energia Reiki. Utilizá-la é nosso direito
inato. Reiki é um presente poderoso, uma oportunidade para o iniciado crescer
e transformar-se. É uma energia de paz e libertação com a qual o Criador
abençoa o planeta. Ajuda a deter a violência e tendências autodestrutivas. É um
poderoso antídoto contra o cigarro, o alcoolismo e as drogas que degeneram a
humanidade.

4
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Simplicidade e Praticidade
A energia Reiki está à disposição do usuário vinte e quatro horas por dia,
independentemente da situação, do local ou de quem o pratica. Não exige um
ambiente ou uma postura física, como no caso do Yoga. Nenhum objeto ou
equipamento é exigido para a aplicação da energia Reiki, só o toque das mãos
do reikiano no seu próprio corpo ou no de outra pessoa. Pela simplicidade da
técnica, pode-se usá-la em todos os lugares, todos os dias.
O método Reiki é a democratização da saúde, o equilíbrio ao alcance de todos.
Todos pode ser um canal de energia Reiki. Também é muito fácil ensinar o
método Reiki. Acredite! Você pode ser um mestre de Reiki, desde que receba o
treinamento específico.

Holístico
Holístico vem do vocábulo grego holos, que quer dizer total, ou seja, a energia
Reiki atua na totalidade do ser, nos corpos físico, emocional, mental e espiritual.
Quando procuramos, por exemplo, um dentista ou um ortopedista, visa a sanar
problemas do corpo físico. Buscamos o apoio de um psicólogo, para o equilíbrio
do corpo emocional.
No caso de tratamentos psiquiátricos, a meta passa a ser o corpo mental. Muitos
buscam dirigentes religiosos quando o objetivo é o corpo espiritual. Fazendo uso
da energia Reiki, mantemos e recuperamos a saúde física, emocional, mental e
espiritual. É um método natural de equilíbrio, restauração e aperfeiçoamento de
todos os corpos, gerando um estado de harmonia.
O método Reiki não substitui a medicina, mas em muitos casos faz, de forma
mais delicada e positiva, coisas que a medicina não pode fazer. Ao receber uma
aplicação de energia Reiki, o corpo do receptor relaxa e o batimento cardíaco
atinge o seu nível de repouso, assim como diminui a freqüência respiratória. Ao
final de uma sessão de Reiki, alguns receptores se sentem como que acordando
depois de uma noite longa de sono. Os tratamentos do método Reiki liberam
tensões, intensificando as habilidades do corpo. As pessoas vencem dores que
as atormentavam durante anos, fazendo-as sentirem-se mais amorosas, felizes
e receptivas. A energia Reiki melhora o sistema imunológico, desintoxica,
equilibra e amplia nossa energia. Face à renovação constante de nossos tecidos,
a energia Reiki muda a estrutura química do corpo, ajudando a restaurar os
músculos, os nervos, o esqueleto e a regenerar órgãos. Age em tudo que precisa
ser modificado nos organismos físico e etérico. Observamos melhoras em casos
difíceis de prisão de ventre, com poucas aplicações. Direciona-se à origem dos
problemas que, em geral, são emocionais. A energia Reiki ajuda a liberar
emoções bloqueadas. Acaba com traumas emocionais do presente e do
passado. Promove calma e bem-estar. O método Reiki é um ótimo recurso para

5
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
equilibrar os sete principais chacras (centros energéticos), localizados da base
da coluna ao topo da cabeça.
Sabemos, por experiência própria, que a qualidade de vida que uma pessoa
estabeleceu inicialmente para si mesma será elevada depois da iniciação no
Reiki. Quanto mais cedo começar a aplicação regular de energia Reiki, melhores
e mais rápidos serão os resultados.

Expansão da consciência
Por meio de um medidor específico (aurímetro), numa pessoa não iniciada,
podemos detectar a presença da energia da aura a uma distância de um metro.
Num reikiano de Nível 3-A, a energia pode ser percebida a mais de dois metros
de distância. O método Reiki amplia nosso campo áurico, aumentando nossas
energias física, emocional e mental. Tal expansão no campo áurico produz uma
transformação indiscutível de consciência em qualquer pessoa. Estes são
somente alguns dos benefícios da expansão da consciência: redespertar nossa
ligação espiritual com o Criador; alargar nossos horizontes; expandir a conexão
com o nosso Eu Superior; aumentar a compreensão dos mistérios da vida;
aumentar a sensibilidade; desenvolver o chacra cardíaco e fazer crescer a
consciência de amor e a capacidade de ajudar de forma incondicional. Essa
expansão energética ampliará igualmente sua criatividade e intuição. O aumento
da percepção, com a ajuda da energia Reiki, é um passo importante para seu
desenvolvimento. Poderá ocorrer de você pensar em alguém e a pessoa lhe
procurar ou telefonar. Concentrando-se num problema, a solução subitamente
pode aparecer por intuição ou por intermédio de outra pessoa, de um livro, de
um jornal etc. A energia Reiki vai confrontar você com pessoas e situações que
o ajudarão a descobrir e a prestar mais atenção em si. Você terá a oportunidade
de discernir mais claramente os obstáculos que você mesmo criou na vida,
poderá tornar-se mais consciente, criando a condição interior para ouvir
verdades geralmente negadas, facilitando seu autoconhecimento. Reiki é luz que
nos leva de volta à Grande Luz.

Sem conotação religiosa ou credos


O método Reiki é sagrado, mas não é uma religião. Não tem restrições ou tabus.
Adapta-se a qualquer cultura, raça, credo, seita ou idade. Não utiliza talismãs ou
quaisquer instrumentos auxiliares. Também não é necessário que acreditemos
nele, para que se propague ou faça efeito.
Reiki é um método inserido no contexto das práticas terapêuticas alternativas
recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), da Organização das
Nações Unidas (ONU).
Falou-se muito em reconhecimento oficial. A bem da verdade, quando ocorreu a
1ª Conferência Mundial de Saúde, em Alma-Ata, na antiga União Soviética, o
que realmente houve foi uma recomendação aos diversos países participantes
no sentido de incentivar os mesmos a se abrirem mais à chamada Medicina
Complementar, até porque é ou era mais fácil as populações terem mais acesso.
Posteriormente em outras reuniões também de caráter mundial, permaneceu o

6
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
mesmo sentido de uma recomendação ao invés de reconhecimento. Com o
passar do tempo e com o desenvolvimento do conceito de Medicina Vibracional,
onde o método Reiki se situa, passou-se a entender essa recomendação como
algo aceito e reconhecido. Quando ocorreu a 1ª Conferência Mundial de Saúde,
em Alma-Ata, na antiga União Soviética, o que realmente houve foi uma
recomendação aos diversos países participantes no sentido de incentivar os
mesmos a se abrirem mais à chamada Medicina Alternativa, até porque é ou era
mais fácil as populações terem mais acesso. Posteriormente em outras reuniões
também de caráter mundial, permaneceu o mesmo sentido de uma
recomendação ao invés de reconhecimento. Com o passar do tempo e com o
desenvolvimento do conceito de Medicina Vibracional, onde o método Reiki se
situa, passou-se a entender essa recomendação como algo aceito e
reconhecido.
Haverá época em que a humanidade se unirá, como já o fez em outras eras, na
medicina, na ciência e na religião. Sem dúvida, o método Reiki terá grande
importância para que a humanidade alcance sua plenitude.

Beneficia todo ser vivo


Existem excelentes práticas terapêuticas que apresentariam certas limitações
para serem aplicadas em outros seres vivos. Por exemplo, no caso da
acupuntura, ou da massoterapia haveria alguma dificuldade ou impossibilidade
se fôssemos tratar uma árvore frondosa, um peixe num aquário ou um animal
feroz. A energia Reiki, por ser universal, que pode ser enviada também a
distância, possibilita essas alternativas. Serve igualmente para o tratamento de
quaisquer organismos vivos: animais e plantas. É incrível observar como flores
que acabaram de murchar, muitas vezes, recuperam a sua beleza em poucas
horas, com a aplicação de energia Reiki.

O que o Reiki pode oferecer a você e os outros


! Realinhamento dos centros de energia (chakras)
! Maior clareza mental
! Redução do stress
! Assistência no equilíbrio das emoções
! Remoção das toxinas do sistema
! Remoção de bloqueios
! Aceleração de todos os processos biológicos da cura (ação sobre a causa)
! Remoção de ligações espirituais "indesejadas" (obsessão espiritual)
! Cirurgia psíquica
! Cura de vidas passadas
! Cura à distância
! Expansão da Consciência
! Para as mulheres, maior controle dos sintomas pré-mestruais e combate a TPM

7
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
O ideograma
O ideograma pode ter várias leituras. Além de “Reiki” pode significar “chuva
milagrosa de energia vital” ou “chuva milagrosa que dá a vida”.

A conjunção Rei e Ki do ideograma dá toda uma idéia de pertinência e de ida e


volta, algo como a comunhão entre uma energia superior com outra mais
terrena, porém que se pertencem mutuamente.

8
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
NÍVEIS DE SINTONIZAÇÃO DO REKI

REIKI NÍVEL 1
Foca na própria pessoa, em especial na sua limpeza energética e equilíbrio. O
iniciado aprende a prática da autoaplicação e passa pelo ritual de iniciação, o
que propicia uma proteção energética, garantindo uma energia mais equilibrada
e harmônica.

REIKI NÍVEL 2
Essa parte do curso foca nos aspectos emocionais e mentais. Atua de uma forma
especial, promovendo uma transformação nos padrões emocionais e mentais da
pessoa que o pratica. Não é a toa que esse nível é chamado de "transformação".
Na parte prática desse nível, o reikiano aperfeiçoa técnicas para aplicação do
Reiki nas pessoas próximas, familiares e amigos.

REIKI NÍVEL 3-A


Nesse nível, o aluno já tem uma visão do quanto o Reiki passou a ser importante
para si mesmo e como pode beneficiar-se com ele. Vibra-se no Amor
Incondicional, que não julga e não impõe condições, que leva a vontade de
passar aos outros, ajudar o próximo, fazer a diferença. Esse é o foco principal
desse nível: fazer a diferença, ser a ação de mudança. Nesse nível de Reiki,
aprendemos técnicas de Reiki à distância e Reiki para grupos de pessoas, ou
seja, o reikiano é capacitado a enviar energia, equilibrar e harmonizar o seu
entorno. É também conhecido como o nível do Mestre Interior.

REIKI NÍVEL 3-B MESTRADO


Foca na profundidade de conhecimento, preparando a pessoa para ser
responsável pela formação de outros reikianos que queiram iniciar-se. É como
uma potencialidade que poderá ser colocada em prática, mas pode também
funcionar apenas na busca de conhecimentos mais profundos, assim como ver,
apreender e assimilar os símbolos do nível. Nesse nível o praticante também
discute e pensa sobre alguns conceitos como tempo, equilíbrio, dualidade e
crise.
O Mestrado é o momento do "eu estou pronto", e supõe a vontade pela busca
de conhecimento, o ampliar e o expandir do nosso interior para um ser humano
pensante, mais consciente e atuante.

9
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
A história dos símbolos do Reiki

A verdadeira história dos símbolos do Reiki é ainda hoje um mistério. Reza a


lenda que, Mikao Usui – monge japonês decodificador do método Reiki – estava
em uma biblioteca estudando os sutras da doutrina tibetana e encontrou os
símbolos registrados por um discípulo anônimo de Buda há mais de 2500 anos.
Até pouco tempo atrás, os símbolos eram secretos e privados do mundo como
forma de manter sua importância. No entanto, hoje com a globalização do
método Reiki, eles estão disponíveis para todos.

Os símbolos do Reiki são sagrados

Os símbolos são extremamente poderosos e sagrados e portanto devem ser


tratados com o mais profundo respeito. Compostos da união de mantras e
yantras, os símbolos do Reiki podem ser entendidos como botões que ao serem
acionados ou desligados trazem resultados na vida de quem o pratica. Esses
instrumentos vibracionais têm a função de captação, interseção e restauração
da energia primordial cósmica. Eles limpam energeticamente pessoas, lugares
e objetos e permitem uma melhor visão das nossas capacidades físicas e extra-
sensoriais.

Quantos são os símbolos do Reiki?

Existem discordâncias no total de símbolos existentes do Reiki. Alguns reikianos


consideram apenas 3 símbolos, outros 4, e há aqueles que incorporem 7 ou mais
símbolos reikianos em suas práticas.
No reiki tradicional no método USUI são 4 símbolos + 2 de mestre
Iremos apresentar aqui o símbolo tradicional do nível 1 do Reiki.

10
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Conheça o símbolo do Reiki

1º Símbolo: Cho Ku Rei

É o primeiro símbolo do Reiki e um dos mais utilizados por ser o mais


poderoso. Ele aumenta o fluxo da energia canalizada e faz com que a energia
permaneça por muito mais tempo no receptor e no ambiente. O Cho Ku Rei traz
luz para o local, já que faz conexão imediata com a energia primordial cósmica.
É o único símbolo que pode ser utilizado pelos reikianos sintonizados no nível 1.
Esse símbolo nos conecta com o elemento terra e com o próprio magnetismo do
planeta. Cada um dos pontos de interseção da linha vertical está ligada a uma
das 7 notas musicais, uma das 7 cores do arco-íris, um dos 7 dias da semana e
a um dos 7 principais chakras. Ele pode ser usado para proteger os chakras
antes de um tratamento. Traça-se o Cho Ku Rei nas palmas das mãos e na frente
do corpo em cada um dos 7 chakras de baixo para cima.

Pode-se usar o símbolo para autoproteção, proteção ou purificação de


ambientes, objetos e pessoas.

11
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Os 7 Chakras principais dos Seres Vivos

Tudo é feito de energia


Para começar a falar sobre os chacras, é preciso falar sobre energia. Energia é
tudo o que vibra: a luz, o som, os raios do Sol, a água.... Tudo o que existe no
Universo é composto por energia. Tudo o que vemos é composto por energia
condensada, ou seja, matéria.
Nosso corpo físico é matéria, ou seja, energia. O nosso planeta é composto de
energia condensada, assim como a natureza e todas as coisas que o homem
criou. Há energia em todo o lugar, dentro e fora do planeta Terra.
Todos os seres vivos precisam de energia vital (ou prana, bioenergia, chi...) para
que se mantenham vivos. Ela pode ser obtida pela luz solar, pelos alimentos,
pelas plantas, pela terra, pela água, pelo ar.

A aura ou psicossoma
Como somos energia, cada ser vivo possui um campo magnético que o protege
e o diferencia dos demais seres. Esse campo é mais conhecido como aura, e
tem diversos nomes de acordo com a escola espiritual que a estuda.

12
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Na aura, segundo o professor Wagner Borges, do IPPB, existem diversas
aberturas por onde fazemos as trocas energéticas com o ambiente, com outras
pessoas, com outros seres, com a natureza.

Chakras
Essas aberturas na aura são vórtices energéticos, e são mais popularmente
conhecidos como chakras, ou chacras. Os chakras são centros de energia em
forma de círculo (chakra = roda, em sânscrito) no nosso corpo que vibram
constantemente. Há bilhões espalhados pela aura dos seres vivos. Como isso
acontece?
É simples, todos os seres vivos são compostos por células. Nós humanos somos
feitos por bilhões delas, e cada uma precisa estar viva e em constante atividade
para que a gente esteja vivo.
Portanto, para que isso aconteça, as células são nutridas com energia vital, e
precisam receber e liberar energia constantemente. Graças a essa troca, nós
nascemos, crescemos e nos desenvolvemos, até que um dia cessamos as trocas
energéticas e o corpo físico morre junto com suas células.
Isso tudo acontece graças aos chacras, os principais responsáveis por essa
troca energética. Para cada célula viva existe um chacra em movimento
constante.
Há chakras que desempenham importantes papéis no corpo. Alguns são mais
importantes que outros. Existem os principais e os secundários. Esses últimos
são considerados assim por não estarem associados às glândulas endócrinas.
Dois exemplos deles são o chacra esplênico (ligado ao baço) e o chacra do
fígado. Neste artigo, vamos ver os chacras principais de forma geral.
Os Principais Chakras
O sete chacras principais do corpo são, de baixo para cima: Básico, Sexual,
Plexo Solar, Cardíaco, Laríngeo, Frontal e Coronário. Todos eles estão
associados ao sistema endócrino do corpo humano, e cada um deles está
associado a uma glândula específica.
Vamos nos basear aqui no estudo dos hindus, que se debruçam sobre a
anatomia sutil há pelo menos 10 mil anos, por meio da medicina ayurvédica e
das escrituras sagradas do Hinduísmo. Eles são os pioneiros no estudo dos
chakras, e representam cada um deles com flores-de-lótus com quantidades de
13
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
pétalas diferentes. Quanto mais sutis são os chacras, mais pétalas eles têm (com
exceção do chacra frontal).
Do ponto de vista espiritual, cada chacra traz consigo uma missão a ser cumprida
pelo homem. A vibração de cada um dos chacras também indica se a pessoa
está bem ou não em cada parte do corpo e em cada setor da sua vida. Um chacra
que vibra em excesso está hiperativo, ou que vibra menos do que o normal,
hipoativo, está em desequilíbrio.

CHAKRA BÁSICO ou 1º CHAKRA:

Ele é chamado pelos hindus de Muladhara, e em sânscrito significa suporte. Está


na base da coluna (no último osso, cóccix), mais exatamente na região do
períneo. Sua abertura está voltada para baixo, para a terra. É o responsável
pela absorção da energia telúrica e pelo estímulo direto da energia no corpo e
na circulação do sangue.
Ele está ligado às glândulas suprarrenais, responsáveis pela liberação no
sangue do hormônio adrenalina, que nos impele a preservar a nossa vida diante
de situações de perigo ou de decisão.
O chacra básico apresenta a cor vermelha, e, como já vimos, é ligado ao
elemento terra, e rege também os órgãos que dão estrutura ao corpo (ossos,
músculos, coluna vertebral, quadris), às pernas e aos pés. Dessa forma, esse
chacra nos oferece um suporte, uma estrutura para vivermos no plano terrestre,
pois é ele que nos conecta à terra, à existência.
É comum que pessoas com depressão ou que já atentaram contra a própria vida
estejam com esse chacra fragilizado. Pessoas muito apegadas a coisas
materiais, que acumulam coisas antigas costumam ter problemas de intestino
preso e isso reflete um mau funcionamento do chacra básico.

14
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Pessoas prósperas e com boa saúde costumam ter um chacra básico igualmente
saudável. A missão desse chacra é fazer com que caminhemos com equilíbrio
no planeta Terra e ele expressa a saúde do corpo físico como um todo.

CHAKRA UMBILICAL / SEXUAL ou 2º CHAKRA:

Para os hindus, é o Swadhisthana (ou cidade do prazer, em sânscrito) e


encontra-se na região do baixo ventre. É fisicamente ligado às gônadas -
testículos (homem) e ovários (mulher) - e à energia feminina, ao útero materno,
à procriação (à criação de outras coisas também, como projetos pessoais,
profissionais), à gravidez. É responsável pela reprodução e troca sexual durante
o sexo, e pelo controle de líquidos em todo o corpo humano.
O chacra sexual energiza toda a área genital e urinária, também cuida da
filtragem e circulação de líquidos nos rins e por expelir todas as excreções do
corpo. É regido pela Lua (por isso tão vinculado ao feminino, à sexualidade, à
maternidade e à criação) e pelo elemento água (vinculado ao líquido amniótico,
às relações interpessoais, à autoestima, ao amor-próprio).
Na gestação, dentro do ventre da nossa mãe, ficamos 9 meses ligados a ela pelo
cordão umbilical. No útero fomos abrigados e envolvidos pelo líquido amniótico,
fomos nutridos por ele; por todos esses motivos, a saúde desse chacra mede e
influencia a qualidade de nossa relação com a Terra, com a família, com as
pessoas em geral, e com nós mesmos. Ele representa nosso corpo emocional,
armazena emoções vividas em relacionamentos, e nos dá a missão de interagir
com o mundo, com aquilo que está ao nosso redor de forma harmoniosa.
Também pode ser chamado de chacra sacro, e apresenta a cor laranja, roxa ou
vermelha (dependendo das circunstâncias). É o chacra da troca sexual e da
alegria. Muitas escolas espirituais evitam falar sobre este chacra e colocam em
seu lugar o chacra esplênico (ou chacra do baço).
Quando está bloqueado, causa impotência sexual ou desânimo, problemas de
relacionamento, baixa autoestima. Quando hiperativo, causa intenso desejo
15
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
sexual e outras compulsões. Se o chacra sexual estiver saudável, ele estimula o
melhor funcionamento dos outros chacras e ajuda no despertar da kundalini; a
pessoa tem uma autoestima equilibrada, consegue aproveitar e apreciar os
prazeres da vida.

GASTRICO / PLEXO SOLAR OU 3º CHAKRA:

Chamado de Manipura pelos hindus (em sânscrito, cidade das joias), fica um ou
dois dedos acima do umbigo, e está ligado ao pâncreas. Esse chakra apresenta
cor amarela, verde-forte e vermelha.
Ele influencia nossa relação com a matéria e com o poder pessoal. Neste chacra
ficam retidas emoções densas como raiva, mágoa, medo, tristeza, angústia,
rancor, ansiedade. É um dos chacras que mais precisam ser tratados e
harmonizados sempre. Representa o corpo mental.
O plexo solar controla a região das vísceras, e não é à toa que todas as emoções
densas e viscerais (como paixão e desejo) se acumulam nessa região. Ele é
responsável por absorver a energia dos alimentos e distribui-la para todo o corpo.
É um dos chacras mais suscetíveis a nossa rotina. A maioria das pessoas sofrem
com algum problema físico nesta região, como gastrite, problemas estomacais,
diabetes, ou outros problemas digestivos.
Quando está bloqueado, o chacra umbilical causa enjoo, medo ou
irritação. Quando em harmonia, nos dá um poder de realização muito grande, é
o chacra que nos impele a agir. Esse chacra tem grande vitalidade quando
saudável, e funciona como um radar psíquico, percebendo energias ou
presenças espirituais no ambiente.

16
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
CHACRA CARDÍACO OU 4º CHAKRA:

Os hindus deram o nome de Anahata (Câmara secreta do coração), e, pela


tradução do sânscrito, fica fácil de saber onde ele está – na região do coração,
no centro do peito. O chacra cardíaco apresenta cor verde e amarelo-ouro, e
está ligado à glândula timo.
É responsável pela energização do sistema cardiorrespiratório, e toda a energia
dotórax. Considerado o centro do amor e canal de expressão dos sentimentos,
também está vinculado ao equilíbrio, ao amor universal, à compaixão, ao
altruísmo e, fisicamente, ao sistema imunológico.
O chacra do coração tem a função de equilibrar as energias de todos os outros
chacras, pois está no centro, tendo abaixo dele três chakras inferiores
associados à existência na Terra , e acima, três chacras superiores, mais sutis
e associados ao plano espiritual. É o coração que conecta o Céu com a Terra, é
a conexão da espiritualidade através da matéria. Representa o corpo astral.
É o chacra mais fragilizado se houver um desequilíbrio emocional. Se for bem
desenvolvido, torna-se um canal de amor para o trabalho de assistência
espiritual. Quando existe um bloqueio, a pessoa sente depressão, angústia,
irritação, pontadas no peito, é excessivamente materialista e apegada.
Fisicamente, o bloqueio pode gerar infarto, taquicardia. Nas mulheres, pode
aflorar câncer de mama.

17
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
CHACRA LARÍNGEO OU 5º CHAKRA:

Batizado como Vishuddha (O purificador do sangue, em sânscrito). Esse nome


já nos dá algumas pistas da glândula à qual se vincula: a tireoide (e
paratireoides). A tireoide tem como função filtrar o sangue, regular os ciclos
menstruais, nas mulheres.
Está localizado na garganta e é responsável pela comunicação, pela expressão
das ideias, verbalização e concretização de projetos. Fisicamente, cuida da
boca, garganta e vias respiratórias.As mãos e os braços são extensões físicas
do chakra da garganta, pois são com eles que trazemos as ideias para o plano
material, colocando a mão na massa.
O Laríngeo representa o corpo etérico padrão e apresenta corazul-celeste, lilás,
branco prateado ou rosa. Quando apresenta boa saúde e desenvolvimento,
facilita a psicofonia e a clariaudiência. É considerado também como um filtro
energético que impede que as energias emocionais cheguem até os chacras da
cabeça.
Quando apresenta desequilíbrio, pode causar dor de garganta, herpes, dores de
dente e/ou gengiva, hiper ou hipotireoidismo. Uma pessoa com problemas de
adaptação, ou que aguenta tudo calada, “engole sapos”, pode ter o chacra da
garganta bloqueado.

18
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
CHACRA FRONTAL OU 6º CHAKRA:

O Ajna (Centro de controle, em sânscrito) é mais conhecido do como terceiro


olho. Isso quer dizer que ele está na testa, entre as sobrancelhas, e vinculado à
glândula pituitária ou hipófise. Apresenta cor índigo, branco-azulado, amarelo ou
esverdeado.
Ele controla todos os outros chacras, é dele que saem todos os comandos para
o corpo todo; também cuida do lobo frontal, que representa a nossa porção
lógica, nossos ideais, raciocínio e pensamentos, nossa capacidade de
aprendizagem, observação e intuição. O chacra frontal também representa o
corpo celestial e é responsável pela saúde dos olhos e do nariz.
Quando está saudável, o ajna adquire capacidade de clarividência e expande a
intuição. Ele é fácil de ser trabalhado, pois o usamos muito no dia a dia pela
visão. Geralmente, a sua atividade pode ser sentida por uma vibração ou
sensação de calor na testa. Esse chacra também representa a dualidade e os
dois hemisférios do nosso cérebro, pois é desenhado com apenas duas pétalas.
Há diversas disfunções nesse chakra, como um excesso de pensamentos, ideias
que se acumulam e não são colocadas em prática, desorganização, falta de foco.
Fisicamente, a pessoa pode sofrer com sinusite, que é a somatização dessa
congestão mental. Também pode aparecer a sensação de pânico, dores de
cabeça, até problemas mentais. A meditação é uma ótima forma de esvaziar a
cabeça e limpar o chacra frontal.

19
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
CHACRA CORONÁRIO OU 7º CHAKRA:

O Sahashara (Lótus das mil pétalas, em sânscrito) possui exatamente 972


pétalas. Está no topo da cabeça, ligado à pineal ou epífise, que é a glândula que
fica no centro da cabeça e se encontra sobre todas as outras glândulas no corpo.
O chacra forma uma coroa de luz, por isso também é conhecido como chacra da
coroa, pois está voltado para cima. Apresenta cor violeta, branco-fluorescente
ou dourado.
Através desse chacra, podemos alcançar a compreensão de tudo e é por ele que
nos conectamos com o plano espiritual, com o Eu Superior, com Deus e o divino
em todas as coisas; está ligado à nossa forma de professar nossa fé e evoluir
espiritualmente.
Quando ele é trabalhado e desenvolvido, facilita a lembrança e a conscientização
das projeções da consciência. Tem muita importância na telepatia, no
desenvolvimento da mediunidade, nas expansões da consciência e na recepção
de temas elevados. É o chacra por onde penetra a energia cósmica e a energia
do Sol também.
O coronário é o chacra mais importante, pois é o responsável por energizar o
cérebro, tem influência nas funções mentais e na produção de serotonina, o
hormônio do bem-estar, pois regula o sono, o apetite, o humor, entre outras
funções.
Esse chacra representa o corpo causal. A vibração dele também indica que
estamos vivos. Por esse motivo é que pessoas que dizem não acreditar em
Deus, ou não professar nenhuma fé, ou não ter alguma prática religiosa também
apresentam atividade no chacra da coroa.
Quando está em desequilíbrio, a pessoa pode desenvolver fobias, problemas
neurológicos, falta de fé, depressão, tendências suicidas. Quando está saudável,
ativamos toda nossa sensibilidade e vivemos alinhados ao nosso propósito, com
saúde, felicidade e muita disposição.

20
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
O chacra da coroa é o mais importante de todos os chakras, e a sua missão é
compreender toda a existência e se iluminar, integrar-se com o todo. É nosso
último dever no planeta Terra.

Uma série de atividades do organismo humano são controladas e estimuladas


pelas glândulas. Existem as glândulas exócrinas, que liberam secreções para
fora da corrente sanguínea (ex. sudoríparas, salivares, etc).
As glândulas que lançam suas substâncias químicas na circulação sanguínea
são chamadas de glândulas endócrinas. As principais são: Pineal, Hipófise,
Tireóide, Timo, Supra-Renais, Pâncreas (Ilhotas), Gônadas. Estas liberam
substâncias chamadas hormônios.
Faremos uma pequena abordagem sobre as glândulas e seus hormônios:

1. Pineal
Alguns estudiosos afirmam que esta glândula não possui funções biológicas
muito claras ou definidas. Outros afirmam que ela tem ligações com uma espécie
de terceiro olho atrofiado, devido à existência de células semelhantes às
encontradas na retina (olho).
Apresenta-se em forma cônica, lembrando uma pinha, sendo maior nas crianças
e menores nos adultos, maior que um grão de feijão/trigo, estando ligada à base
do cérebro (junto a abóboda do 3º ventrículo).
Existem na literatura informações de que ela governa as funções sexuais e o
cérebro.
21
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Em geral na puberdade atinge o máximo de desenvolvimento funcional e
estrutural.
No campo da Espiritualidade, podemos afirmar que a evolução mental associada
intimamente à evolução moral é determinante para a potencialização da glândula
pineal, pois as
pessoas possuem a mente regida por fortes emoções em nosso estágio
evolutivo. Se o Espírito fosse responsável pela regência ou controle destas
emoções, elas sempre seriam convertidas para o bem. Concentrar, meditar,
harmonizar os pensamentos e emoções servem muito para ampliar as vibrações
da pineal no campo da divinidade, promovendo a evolução do ser e a sua
harmonia em sua expressão física.

2. Hipófise
Conhecida também como glândula pituitária, com um cm. de diâmetro, localizada
na cela túrcica, na base do crânio, estando ligada ao hipotálamo pela haste ou
talo hipofisário.
Encontra-se dividida em duas partes a adeno-hipófise e a neuro-hipófise.
É considerada a glândula de controle mais importante do organismo. Secreta
hormônios que estimulam e controlam a função de quase todas as outras
glândulas endócrinas. Favorece o crescimento e controla o equilíbrio hídrico do
corpo.

3. Tireóide e Paratireóide
É formada de dois lóbulos ligados entre si, de cor marrom, situadas diretamente
abaixo da laringe, na parte anterior da traquéia, dividida em duas partes:
Tireóide: produz hormônios que controlam o crescimento dos ossos e a taxa de
metabolismo. A produção excessiva de hormônios da tireóide (hipertireodismo)
leva a hiperatividade, enquanto que a falta deste leva à letargia.
Paratireóide: o hormônio produzido por esta glândula mantém os níveis de
cálcio e fósforo no sangue e estimula a reabsorção óssea.

4. Timo
Está situada na altura do peito, entre os pulmões e atrás do osso externo.
Descendo sobre o coração, envolvendo-o na parte superior dos grandes vasos.
Seu maior tamanho é alcançado na puberdade, perdendo com a idade sua
estrutura glandular, sendo substituída por fibras e tecido adiposo. Algum
resquício do tecido tímico persiste e a secreção de suas células permanece por
toda a sua vida.
Tem como função específica promover a defesa do organismo contra as
infecções. É o órgão mais importante neste papel. Os órgãos linfáticos periféricos
tais como os linfonodos e o baço, com linfócitos T imunocompetentes, são
responsáveis pela imunidade celular.

22
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
5. Supra-renais
Localiza-se acima de cada rim. As secreções produzidas regulam o equilíbrio de
sais e água no organismo, mantém a pressão arterial, atuam sobre o sistema
imunológico e regulam o metabolismo dos lipídios, das proteínas e dos hidratos
de carbono. Os esteróides sexuais do córtex supra-renal têm um impacto mínimo
sobre o aparelho reprodutor.

6. Pâncreas
O Pâncreas secreta insulina, hormônio que regula a utilização de glicose pelo
organismo. Uma deficiência na produção de insulina ou a inibição de sua ação
sobre as células origina a doença chamada Diabetes Melitos, que se não for
tratada em tempo hábil, pode ocasionar lesões nos olhos, nos rins, no coração
e nas extremidades.

7. Gônadas
São glândulas sexuais, representadas no homem pelos testículos e na mulher
pelos ovários.
Os testículos são responsáveis pela produção do hormônio testosterona que
determina, principalmente nos indivíduos que atravessam a adolescência, os
caracteres secundários masculinos, maturação dos espermatozoides,
desenvolvimento da libido, crescimento da musculatura e dos ossos.
Os ovários são responsáveis pela produção dos hormônios estrogênio e
progesterona. O estrogênio atua no desenvolvimento do útero, além de estimular
em adolescentes também as características sexuais secundárias e a libido. A
progesterona prepara o útero para a gravidez, além de atuar no desenvolvimento
das glândulas mamárias.
Tantos os testículos como os ovários encontram-se sob controle dos hormônios
Gonadotróficos, do lobo anterior da glândula hipófise.

23
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Sugestão de procedimentos para aplicação de Reiki
1) Aplique o Reiki em um local apropriado, onde não haja interrupção.
2) Mãos limpas, aromatizadas (se quiser) com óleos ou essências leves.
3) Se quiser pode usar aromatização do ambiente, com incenso ou essências
(desde que o paciente não seja alérgico) e também música ou sons relaxantes.
4) Explique ao paciente o que é o tratamento, o que vai acontecer, dê-lhe
oportunidade de conversar, de desabafar ou se aliviar.
5) Apesar das posições comuns, use e confie em sua intuição, assim você não
pode nunca errar. “Ouça” a voz silenciosa de seu coração.
6) Não aplique Reiki de qualquer modo. Tanto você como o paciente deve estar
em uma posição confortável.
7) Não insista em aplicar Reiki em quem não quer ou quem não lhe deu
autorização para isso.
8) É melhor pouco Reiki do que nenhum Reiki, mas sempre que possível
procure fazer uma sessão completa.
9) Mantenha as mãos em concha, sem pressioná-las ou “deixá-las pesadas”
sobre o paciente, pois não é a força que faz fluir a energia, é a intenção
amorosa.
10) Inicie o tratamento pela cabeça, sem a obrigatoriedade de tocar, podendo
manter as mãos afastadas do corpo do paciente uns dois ou três cm da pele.
11) Uma regra básica: aplique em áreas específicas e depois faça uma
aplicação completa.
Em média uma aplicação por dia, sendo o ideal 4 – 6 sessões consecutivas.
Dependendo da enfermidade o tratamento pode se estender por meses, como
no caso de Câncer.
12) Não há um tempo específico para cada posição, em média 3-5 minutos são
suficientes.
Tente sentir o fluxo energético e use sua intuição, não o relógio.
13) Evite passar de 30 minutos com crianças ou idosos se estes demonstrarem
desconforto.
14) Evite ao máximo locais com luz fluorescentes e afins para uma sessão de
cura. Prefira luz incandescente ou de velas, pois essas permitem melhor
circulação das energias destoantes liberadas.
15) Limpe o seu local de aplicação sempre que achar necessário. "Plante" um
Choku-Rei em cada canto e abra janelas e portas. Deixe entrar muita luz solar,
pois ela traz prana.
16) Uma sugestão ao usar incensos: aplique Reiki na caixinha ou pacote com
as varetas, pois ao queimá-los, estará liberando a energia no ambiente através
da fumaça.

24
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
Desconectando-se
Após terminar a aplicação ao paciente, assopre ou lave as mãos. Isso compõe
um pequeno ritual (usando um dos quatro elementos principais da natureza) de
desconexão com a energia do paciente.
Agradeça por ter sido um canal para a Luz Divina.
Deixe o paciente descansando alguns minutos.
Levante-o devagar e com cuidado.
Deixe-o falar sobre o que sentiu (se o mesmo quiser).

“A iniciação é um ponto de partida, não um término. Quando você pede para que
a energia daquele nível seja manifestada, você inicia um processo de limpeza
que facilita o ingresso daquela energia no seu sistema de corpos
físico/emocional/mental, que ocorre com rapidez igual ao da sua disposição de
abrir mão dos bloqueios para isso. Existe uma série de renúncias que conduz à
liberdade em relação a bloqueios inibidores e à liberação de hábitos, modos de
vida e reações emocionais indesejáveis, da doença física e de uma miríade de
atavismos inaceitáveis de reencarnações passadas. À medida que cada
bloqueio é descartado, o espaço se torna disponível para mais energia. Quanto
mais energia houver, mais elevado será o nível de consciência”.

(Além do Reiki – A correlação entre Reiki e as Iniciações Esotéricas – Lori


George)

25
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
26
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
27
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
MERIDIANOS (ACUPUNTURA)

28
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI
29
SAULO UCHÔA – MESTRE REIKI

Você também pode gostar