Você está na página 1de 4

CONCEPÇÃO INICIAL DA INSTALAÇÃO

1. ENTRADAS 2. FERRAMENTAS
2.1. Análise conjunta entre o
1.1. Plantas de situação de terreno. projetista, empreendedor e
arquitetura.

1.2.Dados gerais do 2.2. Coleta de informações.


empreendimento.

1.3. Projeto legal ou estudos de


arquitetura.

DEFINIÇÃO DAS INSTALAÇÕES

1. ENTRADAS 2. FERRAMENTAS

1.1. Plantas de situação de terreno. 2.1. Software de dimensionamento

1.2.Dados gerais do
2.2. AutoCAD.
empreendimento.

1.3. Desenhos preliminares de 2.3. Datasheet fabricantes.


arquitetura e leiautes de ocupação

1.4. Levamento preeliminar de carga


térmica.

1.5. Indicação preeliminar das


necessidades de áreas e espaços
técnicos.
1.6. Definição consensual sobre o
sistema a ser adotado.

IDENTIFICAÇÃO E SOLUÇÕES DE INTERFACES

1. ENTRADAS 2. FERRAMENTAS
1.1. Plantas e cortes atualizados de
arquitetura e de leiautes de 2.1. Software de dimensionamento
ocupação.
1.2. Planta de forros com 2.2. AutoCAD.
posicionamento de luminárias.

1.3. Correções dos desenhos gerados 2.3. Datasheet fabricantes.


na etapa anterior.

1.4. Cálculo preliminar de carga


térmica e vazão de ar.

1.5. Seleção preliminar de


equipamentos.
1.6. Definição preliminar de
localização das casas de máquinas.

1.7. Dimensionamento preliminar


das redes de dutos e definição das
passagens necessarias.

1.8. Dimensionamento preliminar


das redes hidraúlicas e frigoríficas
principais.
1.9. Representação gráfica das
instalações.

PROJETO DE DETALHAMENTO

1. ENTRADAS 2. FERRAMENTAS

1.1. Plantas e cortes definitivos. 2.1. Software de dimensionamento

1.2. Dados sobre infra-estrutura e 2.2. AutoCAD.


instalações elétricas e hidráulicas.

1.3. Correções dos desenhos gerados 2.3. Datasheet fabricantes.


na etapa anterior.
ÇÃO

3. SAÍDAS

3.1. Levamento preeliminar de carga


térmica.

3.2. Indicação preeliminar das


necessidades de áreas e espaços
técnicos.

3. SAÍDAS
3.1. Cálculo preliminar de carga
térmica e vazão de ar.
3.2. Seleção preliminar de
equipamentos.

3.3. Definição preliminar de


localização das casas de máquinas.

3.4. Dimensionamento preliminar


das redes de dutos e definição das
passagens necessarias.

3.5. Dimensionamento preliminar


das redes hidraúlicas e frigoríficas
principais.
3.6. Representação gráfica das
instalações.

ERFACES

3. SAÍDAS

3.1. Consolidação dos cálculos de


carga térmica e vazão de ar.

3.2. Seleção de equipamentos.

3.3. Definição da localização das


casas de máquinas e suas
dimensões.

3.4. Dimensionamento de toda rede


de dutos e definição das passagens
necessarias.

3.5. Dimensionamento das redes


hidraúlicas e frigoríficas principais.
3.6. Representação gráfica das
instalações.

3. SAÍDAS

3.1. Peças gráficas contendo


desenhos das instalações de
distribuição de ar e redes hidráulicas
(esp. ABNT 16401-1:2008).

3.2. Especificações gerais de


equipamentos.

3.3. Memorial descritivo.

3.4. Memorial de cálculo