Você está na página 1de 6

NOTA _____________

Componente Curricular: –A2 Turno: NOTURNO


Curso: Nutrição
Disciplina: Psicologia Comportamental
Professor: Daniel Franção Stanchi
ALUNO(A):

RA: CURSO/TURMA: DATA:


Instruções:
1. Insira seu nome completo e seu RGM nesta folha e nas folhas de resposta;
2. Leia atentamente as questões.
3. Não esqueça de assinar a lista de presença.
4. As questões da prova devem ser assinaladas à caneta, obrigatoriamente;
5. É expressamente proibida a manipulação de celular durante a prova.
6. Não é permitido que o celular fique sobre a carteira, mesmo desligado;
7. Não é permitida a consulta a nenhum tipo de material.

Total Q1 Q2 Q3 Q4
Pontos
Questão 1 (0,75 ponto)

Como vimos em sala de aula, um dos aspectos fundamentais da alimentação é a relação


estabelecida entre as costumes alimentares e a imagem corporal do paciente. Leia os itens
abaixo que abordam esta relação.

I – A relação entre alimentação e imagem corporal diz respeito à história do sujeito e sua
relação com o corpo e com o ambiente cultural e familiar desde o inicio da vida. De modo
que é importante que o nutricionista, ao ouvir o paciente, atente exclusivamente para a
infância do paciente, pois é neste período da vida que se forma a imagem corporal e as
bases da alimentação do paciente.
II – A formação da imagem corporal é basicamente relacionada à família do paciente e às
experiências pessoais vividas no período da infância e não deve ser investigado na
entrevista nutricional, sendo que nesta o fundamental é preencher os dados sobre os hábitos
alimentares do paciente de forma detalhada.
III – O nutricionista deve estar atento à história alimentar narrada pelo paciente, sabendo
que esta história está relacionado aos eventos afetivos fundamentais vividos pelo paciente e
que contribuíram para a formação satisfatória de uma imagem corporal saudável, aspecto
que pode se refletir nos hábitos ou inibições alimentares do paciente.

Sobre os itens acima, estão corretos:

A – I e II estão corretos.
B – I e III estão corretos.
C – II e III estão corretos.
D – Nenhum item está correto.
E – Todos os itens estão corretos.

Questão 2 (0,75)

No artigo “Tratamento nutricional da anorexia e da bulimia: aspectos psicológicos dos


pacientes, de suas famílias, e das nutricionistas”, as psicólogas Bechara e Kohatsu (2014),
nos dizem: ”As entrevistadas afirmaram que os pacientes carregam diversos sentimentos
relacionados à alimentação: culpa, frustração, incompetência, medo de comer e de
engordar, raiva e angústia. Os pacientes com TAs possuem uma relação difícil com a
alimentação, sendo que o ato de comer, o controle sobre a alimentação e o sobre o corpo
(estar magro) estão relacionados a diversos outros aspectos de suas vidas. Por esse motivo,
segundo Ana, mudanças na alimentação são muito mais difíceis para pessoas com TAs,
exigindo persistência do nutricionista na orientação ao paciente, podendo gerar desgaste
emocional e sentimentos de frustração e de impotência no profissional.”
Tendo esse trecho em vista e as discussões feitas em sala de aula, leia os itens abaixo e
escolha aquele que está incorreto:
A – Uma das características do paciente com anorexia é que ele costuma aguentar longos
períodos sem se alimentar, enquanto o paciente bulímico não suporta ficar longos períodos
sem a ingestão de alimentos, entrando em ciclos marcados por forte restrição e forte
compulsão e compensação.
B – Um dos aspectos comuns nos casos de anorexia e bulimia são as intensas questões
relacionadas à imagem corporal e à baixa autoestima. Sendo que esses aspectos estão
relacionados à história emocional do paciente, em especial ao modo como se deram as
bases da alimentação e da relação com o corpo na infância.
C – A vida profissional e a vida amorosa dos pacientes com transtornos alimentares não é
um dos fatores importantes, pois esses transtornos estão relacionados basicamente a
fatores orgânicos de fundo hereditário. Nesse sentido, é fundamental que o nutricionista
aprofunde seus conhecimentos sobre os efeitos da Genética nesses casos.
D – Segundo estudos realizados por pesquisadores do campo da Psicologia, um dos
aspectos relevantes nos casos de transtornos alimentares costuma estar relacionados à
qualidade da relação dos pacientes, na sua maioria do sexo feminino, com a figura materna
ou com as pessoas que representaram o cuidado ofertado ou não a essas pacientes,
especialmente nos primeiros meses e anos de vida.
E – Nas entrelinhas dos casos de bulimia e anorexia, há um sofrimento humano que precisa
encontrar um lugar de acolhimento por parte da equipe multidisciplinas que acompanha
esses casos. Nesses casos, fica mais do que evidente a dimensão simbólica dos alimentos,
sendo que o nutricionista precisa ter um bom conhecimento dos alimentos como símbolos
fundamentais presentes na condição humana.

Questão 3 (0,75)

Um dos aspectos do mundo contemporâneo diz respeito à aceleração das experiências


relacionadas à alimentação. Nas grandes cidades, em contextos regidos pelo trabalho e pela
produção capitalista, a alimentação passa a ser regida pelo tempo acelerado e cada vez
mais curto, o que interfere profundamente na qualidade da relação que a pessoa pode
estabelecer com os alimentos. Neste sentido, o “fast food” deixa de ser um termo apenas
relacionado a alimentos específicos, mas tende a se tornar um modo de relação frequente
com os alimentos. Em relação a esses aspectos, leis os itens abaixo sobre a relação entre a
alimentação e a influência da mídia.

I – As propagandas interferem diretamente na alimentação no mundo contemporâneo,


fazendo com que o nutricionista tenha que desconstruir crenças disfuncionais relacionadas
aos alimentos com alguns pacientes.
II – Reconhecer a influencia da mídia é importante para o profissional nutricionista, tendo em
vista que muitos pacientes, devido às características do mundo atual, organizam muitos dos
seus hábitos alimentares pelo que é dito em propagandas ou em sites na internet.
III – O nutricionista na atualidade precisa fundamentar seu trabalho nas teorias científicas,
de modo que tudo que for abordado pelo senso comum e pela mídia (televisão, redes
sociais, por exemplo), deve ser descartado do trabalho com os pacientes. É essa distinção
entre ciência e senso comum que garante a eficácia do trabalho profissional.

Estão corretos:
A – Apenas I.
B – II e III
C – I e II
D – Todas estão corretas.
E – II e III.

Questão 4 (0,75)
Joana, 30 anos, é uma nutricionista recém formada, com especialização em transtornos
alimentares e saúde. Em uma situação de atendimento a um paciente que apresentava
sinais de transtorno alimentar, a paciente, ao compartilhar seus hábitos alimentares na
entrevista com o terapeuta, começou a chorar na sessão. Nessa sessão, a paciente
recordou-se de inúmeras experiências dolorosas relacionadas a sua história de vida e a
seus hábitos alimentares. Diante dessa situação e das possibilidades de condução do
trabalho pela profissional, leia os itens abaixo:

I – Em uma situação como essa, é fundamental que a profissional possa ter condições de
acolher empaticamente a dor da paciente que emerge na consulta, sem impor o questionário
nutricional à paciente.
II – Tendo em vista a importância da história emocional do paciente para a boa condução de
casos em nutrição, a atitude da nutricionista precisa ser de escutar atentamente os
conteúdos que emergem na narrativa da paciente, inclusive pelo fato de que o trabalho com
esses conteúdos será fundamental para a boa condução do trabalho.
III – Os conteúdos afetivos que emergem na sessão devem ser evitados pela nutricionista,
de modo que eles possam ser acolhidos pelo profissional de Psicologia que precisará
também participar da condução multidisciplinar do caso.
IV – Tendo em vista a perspectiva de que é impossível tratar de modo cuidadoso e ético
qualquer paciente sem levar em conta sua história de vida e seus aspectos emocionais, a
boa condução da sessão e do caso passará pela possibilidade da profissional acolher e
escutar atentamente os conteúdos da paciente na consulta.
V – A boa condução de casos com transtornos alimentares implicará na possibilidade do
profissional possuir “fôlego emocional” para poder acompanhar os pacientes e seus
conteúdos que podem emergir na sessão, em diálogo com o trabalho de outros profissionais
da saúde, entre eles, o trabalho psicológico profissional.

Estão corretos:
A – I, II, III.
B – II, III, IV
C – I, IV, V.
D – I, II, IV, V
E – Todos estão corretos.

Questão 5 (1,5)

Um paciente foi encaminhado a um Nutricionista com um diagnóstico de bulimia. Segundo o


encaminhamento, o médico que indicou o paciente sublinhou a importância do
acompanhamento nutricional para que o trabalho fosse melhor conduzido. Além do trabalho
com o nutricionista, o paciente também foi indicado a fazer um acompanhamento com um
psicólogo. Tendo em vista a importância do trabalho do nutricionista com pacientes que
apresentam algum caso de transtorno alimentar, escreva um texto que apresente a
importância do trabalho no que diz respeito aos itens abaixo:

Item A: qual a importância do trabalho multidisciplinar nesses casos?


__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

Item B: qual a importância de se compreender atenta e empaticamente a história do paciente


nos casos de transtornos alimentares?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

Item C: qual a importância do profissional nutricionista cuidar dos próprios aspectos afetivos
de si mesmo para conseguir acompanhar os pacientes com transtornos alimentares?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________