Você está na página 1de 11

MENSAGEM DE OPERAÇÃO INTERNA

Assunto Numeração Vigência


Procedimento para os operadores do COS,
MOI-PLENA-001-2014 24/04/2014
caso falte energia pela CEB.

Esta MOI cancela e substitui a MOI-PLENA-002-2013.


1. OBJETIVO
Definir os procedimentos a serem adotados pelos operadores do COS-PLENA quando da falta
de energia.

2. CONSIDERAÇÕES GERAIS
2.1. O serviço auxiliar “CA” definitivo do COS-PLENA foi implantado e disponibilizado para
operação em 27/03/2014, onde possui as seguintes características:
a) Alimentadores
i. Principal: CEB
ii. Alternativo: GMG
• Fabricante: Bufalo
• Potência: 12 kVA
• Autonomia: 20 horas
• Combustível: Óleo Diesel.
iii. Emergencial: NO-BREAK’s
• Fabricante: APC
• Autonomia: 5 horas e 52minutos com a carga instalada atual .
• Banco de baterias:
 Quantidade: Dois Bancos.
 Número de elementos de cada banco: 10 elementos.

b) Cargas Essenciais
 Sistemas de telecomunicações: voz (central telefônica, hot lines, ramais e fixo) e
dados.
 Servidores do SAGE.
 IHMs (PC e monitores).
 PC e monitor administrativo.
 Leitor biométrico.
 Gravador de voz.
 Iluminação de emergência.

c) Cargas Não Essenciais


 Monitores do Telão.
 Ar condicionado (sala do COS e de equipamentos).
 Iluminação e tomadas.

2.2. No caso de falta de energia do alimentador principal (CEB), deverá ser aberto chamado
junto à concessionária de distribuição, utilizando os dados descritos abaixo:
• Telefone CEB: 116 ou 0800 644 6116
• Identificador / Código: 1112537-3 Aguardando instalação medidor Trifásico da
CEB.
• Endereço COS: SRTVS – Quadra 701 – Bloco O – Sala 331 – Ed.
Multiempresarial – CEP 70.340-907

2.3. Condição de operação do serviço auxiliar do COS-PLENA:


a) NORMAL: Alimentador principal (CEB) alimentando as cargas essenciais e não
essenciais do COS.
b) ALTERNATIVA: Alimentador Alternativo (GMG) alimentando as cargas essenciais e
não essenciais do COS.

Página 1 de 5
MENSAGEM DE OPERAÇÃO INTERNA
Assunto Numeração Vigência
Procedimento para os operadores do COS,
MOI-PLENA-001-2014 24/04/2014
caso falte energia pela CEB.

c) EMERGÊNCIA: Alimentador Emergencial (NO-BREAK’s) alimentando somente as


cargas essenciais do COS

2.4. Localização do GMG e dos NO-BREAK’s: Garagem do edifício no Piso “S3” (terceiro
subsolo), abaixo da rampa de entrada de veículos.

2.5. A alimentação das cargas do COS-PLENA é feita através da CEB (alimentador principal)
ou pelo GMG (alimentador alternativo) ou s NO-BREAK’s (alimentador emergencial),
localizados na garagem do edifício (Piso S3).
2.5.1.Na garagem (piso S3) existe um quadro de comando (USCA) que supervisiona
as fontes de alimentação:
• NORMAL – alimentado pela CEB
• GMG – na falta da CEB

3. PROCEDIMENTOS
3.1. Ocorrência de falta do alimentador principal (Desligamento da CEB):
3.1.1.Automaticamente, a USCA partirá o GMG e comutará as cargas essenciais e não
essenciais para o alimentador alternativo.
3.1.1.1. Consequências:
• O telão apagará,
• Parte da iluminação também apagará,
• Após o GMG assumir, o telão e iluminação normalizarão.

3.1.2.O operador do COS deverá realizar a abertura de chamado junto a


Concessionária de distribuição (CEB), conforme dados contidos no item “2.2”.

3.1.3.Após 20 minutos, caso o alimentador principal (CEB) não tenha retornado, o


operador do COS deverá acionar o plantonista referente à infraestrutura do COS-
PLENA, informando sobre ocorrência.

3.1.4.Ao normalizar a alimentação da CEB, a USCA aguardará 01 minuto e:


3.1.4.1. Comutará as cargas essenciais e não essenciais para o alimentador
principal (CEB).
3.1.4.2. Desligará o GMG.
3.1.4.3. Consequências:
• O telão apagará,
• Parte da iluminação também apagará,
• Após a CEB assumir, o telão e iluminação normalizarão.

3.2. Ocorrência de falta do alimentador principal (Desligamento da CEB) e do alternativo (falha


na partida do GMG):
3.2.1.Caso a alimentação das cargas essenciais e não essenciais não seja assumida
pelo alimentador alternativo (GMG), automaticamente as cargas essenciais serão
assumidas pelo alimentador emergencial “NO-BREAK’s”.
3.2.1.1. Consequências:
• O telão apagará,
• Parte da iluminação e tomadas também apagarão.

Página 2 de 5
MENSAGEM DE OPERAÇÃO INTERNA
Assunto Numeração Vigência
Procedimento para os operadores do COS,
MOI-PLENA-001-2014 24/04/2014
caso falte energia pela CEB.

3.2.2.O operador do COS deverá acionar imediatamente o plantonista referente à


infraestrutura do COS-PLENA e solicitar sua presença no COS para partir o GMG
(alimentador de emergência).
• Marcelo Rodrigo Dias: (61) 9629-5645.
• Raniery Braz: (61) 9648-2593.

3.2.3. Para partida manual do GMG seguir a sequência de manobras conforme ANEXO
2: Instrução para Partida do GMG.
3.2.4.O operador do COS deverá realizar a abertura de chamado junto a
Concessionária de distribuição (CEB), conforme dados contidos no item “2.2”.

4. ANEXOS
4.1. ANEXO 1: Instrução para partida do GMG.
4.2. ANEXO 2: Diagrama unifilar do serviço auxiliar do COS-PLENA.

Página 3 de 5
MENSAGEM DE OPERAÇÃO INTERNA
Assunto Numeração Vigência
Procedimento para os operadores do COS,
MOI-PLENA-001-2014 24/04/2014
caso falte energia pela CEB.

4.1. ANEXO 1: Instrução para partida do GMG.

Página 4 de 5
INSTRUÇÃO DE OPERAÇÃO
Número Título Revisão Vigência
MOI-PLENA-001-
2014_4.1-ANEXO 1
Instrução para partida do GMG. 00 24/04/2014

MOTIVO DA REVISÃO
• Emissão Inicial.

LISTA DE DISTRIBUIÇÃO:

DIRETORIA GERÊNCIA COS

INDICE
1. OBJETIVO ................................................................................................................................................ 2
2. CONSIDERAÇÕES GERAIS ................................................................................................................... 2
3. PROCEDIMENTOS .................................................................................................................................. 2
3.1. SEQUENCIA DE MANOBRAS PARA PARTIDA MANUAL DO GERADOR. ........................................ 2

Página 1 de 5
INSTRUÇÃO DE OPERAÇÃO
Número Título Revisão Vigência
MOI-PLENA-001-
2014_4.1-ANEXO 1
Instrução para partida do GMG. 00 24/04/2014

1. OBJETIVO
Apresentar a sequência das manobras a serem seguidas pela Equipe de manutenção da Plena
quando for necessário acionar o GMG a vazio ou em carga, em manuteção programada ou de
Emergência.

2. CONSIDERAÇÕES GERAIS
2.1. O responsável pela execução da atividade seja ela programada ou de urgência, deve estar de
posse de toda documentação solicitada pela operação.
2.2. O responsável deverá solicitar e aguardar autorização ao operador do COS-Plena para iniciar a
sequencia de manobras abaixo:

3. PROCEDIMENTOS
3.1. Sequencia de manobras para partida manual do Gerador.
1. No painel ATS posicionar a chave seletora em “ATS DESLIGADO” Conforme figura 1 abaixo.

Figura 1 - Chave seletora ATS em Desligado.

2. No painel de Controle do GMG selecionar o modo de comando para Manual, pressionando o


botão conforme destacado na Figura 2 abaixo.

Página 2 de 5
INSTRUÇÃO DE OPERAÇÃO
Número Título Revisão Vigência
MOI-PLENA-001-
2014_4.1-ANEXO 1
Instrução para partida do GMG. 00 24/04/2014

Figura 2 – GMG em modo de operação em Manual

3. Ainda no painel do GMG confirmar a chave de partida na posição “1”, Conforme marcação na
Figura 3 abaixo.

Figura 3 – Chave de Partida Posição 1.

4. Para executar a partida do GMG pressione o botão stat por 3 segundos e no painel abrirá a
contagem regressiva para a partida do Gerador, conforme destacado na Figura 4 abaixo.

Página 3 de 5
INSTRUÇÃO DE OPERAÇÃO
Número Título Revisão Vigência
MOI-PLENA-001-
2014_4.1-ANEXO 1
Instrução para partida do GMG. 00 24/04/2014

Figura 4 – Botão de partida do GMG.

5. Com o GMG em funcionamento e estabilizado para coloca-lo em carga é nescessário passar


a Chave seletora para posição Automático, conforme destacado na Figura 5 abaixo.

Figura 5 - Chave seletora ATS em Automático.

6. Caso estaja com falta de tensão na CEB o GMG entrará em carga automáticamente, voltar no
painel de controle do Gerador o Modo de comando para automático. Assim que a
concessionária (CEB) restabelecer o fornecimento, o ATS vai comutar a carga e parar o
Gerado automáticamente.
Página 4 de 5
INSTRUÇÃO DE OPERAÇÃO
Número Título Revisão Vigência
MOI-PLENA-001-
2014_4.1-ANEXO 1
Instrução para partida do GMG. 00 24/04/2014

7. Para executar a parada manual do Gerador basta pressionar o botão stop (Vermelho) por 3
segundos e no painel abrirá a contagem regressiva para a partida do Gerador, conforme
destacado na Figura 6 abaixo.

Figura 6 – Botão de parada do GMG.

8. Para inserir o GMG em carga no caso de inspeção mensal basta desligar o disjuntor de
entrada da concessionária (Simulando uma Subtensão na CEB) o ATS vai enviar ordem de
partida do Gerador comutando os cargas do COS para o GMG. Conforme marcado na figura
7 abaixo.

Figura 7 – ATS destacado DJ entrada pela fonte da CEB.

Página 5 de 5
MENSAGEM DE OPERAÇÃO INTERNA
Assunto Numeração Vigência
Procedimento para os operadores do COS,
MOI-PLENA-001-2014 24/04/2014
caso falte energia pela CEB.

4.2. ANEXO 2: Diagrama unifilar do serviço auxiliar do COS-PLENA.

Página 5 de 5