Você está na página 1de 6

Alterado pela(s) MOP(s):

MOP/ONS 110-R/2018;

Manual de Procedimentos da Operação


Módulo 10 - Submódulo 10.18

Cadastro de Informações Operacionais

Cadastro de Informações Operacionais de Faixas para Controle de Tensão da Área 500/230


kV do Mato Grosso

Código Revisão Item Vigência

CD-CT.CO.5MT.03 16 2.6.6 16/01/2018

MOTIVO DA REVISÃO

Alterados os limites de tensão 500 kV das SEs Cláudia, Cuiabá e Jauru.

LISTA DE DISTRIBUIÇÃO

AETE BRASNORTE BROOKFIELD CATXERE CDSA

CELG CNOS COSR-NCO EBTE ELETRONORTE

ENERGISA-MATO GROSSO ENGIE BRASIL ENERGIA ETEM FURNAS ITE

MATRINCHA QUEIROZ GALVÃO TANGARÁ TME UHE DARDANELOS

UHE TELES PIRES UTE CUIABÁ


Alterado pela(s) MOP(s):
MOP/ONS 110-R/2018;
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo 10 - Submódulo 10.18
Referência técnica Código Revisão Item Vigência

Cadastro de Informações Operacionais de Faixas para


CD-
Controle de Tensão da Área 500/230 kV do Mato 16 2.6.6 16/01/2018
CT.CO.5MT.03
Grosso

ÍNDICE
1. OBJETIVO ..................................................................................................................................... 3

2. CONCEITOS................................................................................................................................... 3

3. CONSIDERAÇÕES GERAIS .............................................................................................................. 3

4. FAIXAS PARA CONTROLE DE TENSÃO DA REDE DE OPERAÇÃO ....................................................... 5

4.1. Faixas de tensão da rede de operação .......................................................................................... 5

4.2. Faixas de tensão em determinados barramentos da rede de operação ....................................... 5

4.3. Demais Faixas de tensão da rede de operação.............................................................................. 5

Notes PLC de 16/01/2018 2/6


Alterado pela(s) MOP(s):
MOP/ONS 110-R/2018;
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo 10 - Submódulo 10.18
Referência técnica Código Revisão Item Vigência

Cadastro de Informações Operacionais de Faixas para


CD-
Controle de Tensão da Área 500/230 kV do Mato 16 2.6.6 16/01/2018
CT.CO.5MT.03
Grosso

1. OBJETIVO

Apresentar as faixas de controle de tensão nos barramentos e transformadores da Rede de Operação a


serem controlados pelos operadores dos Centros de Operação do ONS e pela Operação dos agentes
envolvidos.

2. CONCEITOS

2.1. As faixas de controle de tensão são estabelecidas em função de uma grandeza de referência, definida
conforme a seguir:

Nome da
Sigla Definição Sentido Positivo Medido em
Grandeza

Demanda do DMT DMT= D1+D2+D3+D4+D5+D6+D7+D8 ------------------------------ --------------


Mato Grosso

É o fluxo de potência ativa da LT 138 kV Cachoeira Dourada Cachoeira


D1
Rio Verde / Cachoeira Dourada para Rio Verde Dourada

É o fluxo de potência ativa da LT 138 kV Cachoeira Dourada


Cachoeira
D2 Cachoeira Dourada / SE Térmica para SE Térmica
Dourada
Quirinópolis Quirinópolis

É o fluxo de potência ativa da Do 230 kV para o 138


D3 transformação 230/138 kV da SE Rio --------------
kV.
Verde
É o fluxo de potência ativa das LT 500 Rio Verde Norte para Rio Verde
D4 kV Rio Verde Norte / Ribeirãozinho C1 e Ribeirãozinho Norte
C2

É o fluxo de potência ativa das LT 230 Rio Verde para Barra


D5 Rio Verde
kV Rio Verde / Barra do Peixe C1 e C2 do Peixe

É o fluxo de potência ativa das LT 230 Rio Verde para


D6 Rio Verde
kV Rio Verde / Rondonópolis Rondonópolis

É o fluxo de potência ativa da geração


D7 da área 500/230 kV do Mato Grosso ------------------------------ --------------
(UHEs, UTEs e PCHs)

D8 É o fluxo de potência ativa das LT 230 Vilhena para Jauru Jauru


kV Jauru / Vilhena C1 e C2

3. CONSIDERAÇÕES GERAIS

3.1. Este Cadastro de Informações Operacionais apresenta os valores das faixas para controle de tensão de
barramentos da Rede de Operação e de secundários das transformações da Rede de Operação cujas
barras não pertencem à Rede de Operação.

Notes PLC de 16/01/2018 3/6


Alterado pela(s) MOP(s):
MOP/ONS 110-R/2018;
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo 10 - Submódulo 10.18
Referência técnica Código Revisão Item Vigência

Cadastro de Informações Operacionais de Faixas para


CD-
Controle de Tensão da Área 500/230 kV do Mato 16 2.6.6 16/01/2018
CT.CO.5MT.03
Grosso

3.2. Os Centros de Operação do ONS, nas ações de coordenação, supervisão e controle devem observar os
limites operacionais constantes deste Cadastro de Informações Operacionais.

3.3. A operação dos agentes, em suas ações de comando e execução, deve observar os limites operacionais
constantes deste Cadastro de Informações Operacionais.

Notes PLC de 16/01/2018 4/6


Alterado pela(s) MOP(s):
MOP/ONS 110-R/2018;
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo 10 - Submódulo 10.18
Referência técnica Código Revisão Item Vigência

Cadastro de Informações Operacionais de Faixas para


CD-
Controle de Tensão da Área 500/230 kV do Mato 16 2.6.6 16/01/2018
CT.CO.5MT.03
Grosso

4. FAIXAS PARA CONTROLE DE TENSÃO DA REDE DE OPERAÇÃO

4.1. FAIXAS DE TENSÃO DA REDE DE OPERAÇÃO

Subestação / Usina Faixas de Tensão (kV) em função do(a) DMT


DMT > 1200 DMT > 1200 DMT <= 1200 DMT <= 1200
Tensão
Nome MW MW MW MW
(kV)
(Pesada) (Média) (Leve) (Mínima)
Claudia 500 520 - 550 520 - 550 520 - 550 520 - 550
Cuiabá 500 525 - 550 525 - 550 525 - 550 525 - 550

Jauru 500 525 - 550 525 - 550 525 - 550 525 - 550
Paranaíta 500 520 - 550 520 - 550 520 - 550 520 - 550
Ribeirãozinho 500 525 - 550 525 - 550 525 - 550 525 - 550
UHE Teles Pires 500 520 - 550 520 - 550 520 - 550 520 - 550
Jauru 230 230 - 242 230 - 242 218 - 242 218 - 242
Sinop 230 230 - 239 230 - 239 230 - 237 230 - 237
Barra do Peixe * 138 138 - 145 138 - 145 131 - 145 131 - 145
* - Faixas de tensão do secundário do transformador

4.2. FAIXAS DE TENSÃO EM DETERMINADOS BARRAMENTOS DA REDE DE OPERAÇÃO


Tensão Faixas de tensão (kV)
Barramento
(kV) (Todos os períodos de carga)

VPRGCLD-C1 (1) 500 500 - 570

VPRGCLD-C2 (2) 500 500 - 570

Notas:

(1) – VPRGCLD-C1 é a tensão (kV) medida na SE Paranatinga na saída da LT 500 kV Cláudia / Paranatinga C1,
após o capacitor série fixo (CSF) 9BCPRG3.

(2) – VPRGCLD-C2 é a tensão (kV) medida na SE Paranatinga na saída da LT 500 kV Cláudia / Paranatinga C2,
após o capacitor série fixo (CSF) 9BCPRG4.

4.3. DEMAIS FAIXAS DE TENSÃO DA REDE DE OPERAÇÃO

Notes PLC de 16/01/2018 5/6


Alterado pela(s) MOP(s):
MOP/ONS 110-R/2018;
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo 10 - Submódulo 10.18
Referência técnica Código Revisão Item Vigência

Cadastro de Informações Operacionais de Faixas para


CD-
Controle de Tensão da Área 500/230 kV do Mato 16 2.6.6 16/01/2018
CT.CO.5MT.03
Grosso

Os barramentos da Rede de Operação e os enrolamentos das transformações da Rede de Operação que


não possuem faixas de tensão definidas nos itens anteriores devem operar com tensões nas seguintes
faixas operativas, conforme estabelecido no submódulo 23.3 dos Procedimentos de Rede e reproduzido
pela tabela abaixo:

Tensão Nominal Faixas de Tensão (kV)

765 kV 690 a 800

525 kV 500 a 550

500 kV 500 a 550

440 kV 418 a 460

345 kV 328 a 362

230 kV 218 a 242

138 kV 131 a 145

69 kV 65 a 72

34,5 kV 32,7 a 36,2

23 kV 21,8 a 24,1

13,8 kV 13,1 a 14,5

Notes PLC de 16/01/2018 6/6