Você está na página 1de 13

100 perguntas para fazer ao seu personagem

Parte um: O básico

1. Qual seu nome completo?

Agnes Kevhelm.

Aries Arihan dar.

2. Onde e quando você nasceu?

No Castelo da Família Kevhelm, Namalkah. No 22 ° dia do quarto mês (Salizz), em 1394.


Salizz.

Durante um ritual na flores ta prote gida pela tribo dos Arihanda r, Tollon. No 30° dia do
terceiro mês (Cyd), em 1393.

3. Quem são seus pais? (Nomes, profissões, personalidade s etc.).

Anders Dahl Kevhelm. Ele Qareen, ela humana. Ele cavaleiro da tempestade, seja lá o
que isso seja, ela nobre e matriarca da família. Ela é rígida e honrada, po rém boa e justa,
carinhosa, embora tenha vista mais o seu lado rígido. Ele... Eu não sei, não me lembro.

Vruhag e Bellis. Ele minotauro, ela huma na. Ele chefe bárbaro e ela drogado ra. Ele
ríspido, tribal e violento. Ela carinhosa, atenciosa e sempre feliz, a pesar da situação.

4. Você tem irmãos? Como eles são/eram?

Tenho duas irmãs! A mais velha é a Phie, o prodígio da família, a melhor em tudo... Mas
sempre humi lde, é a pessoa que mais confio e a única que me entende. Tem também a
Julienne, a irmã do meio, mas dela me sinto tão distante, já que passa mais tempo com
os tamuranianos do que conosco.

Nunca tive esse prazer.

5. Onde você vive agora e com quem? Descreva o luga r e a pessoa.

Vivo me aventurando, procurando por minha irmã. Mas recentemente estava morando
em Bielefeld. No momento, estou ao lado de Boris Bewëglich, me u mago companheiro e
amigo do peito. Um mago graduado na academia a rcana, especializado em magias de
prote ção e que teve proble mas com fogo antes.

Não tenho lugar para viver agora que abandonei minha terra, mas sigo viajando com
Ivica. Uma pessoa especial que me fez sentir-me especial. Uma alta Bárbara, que me
lembra o meu passado, de conhecimento e físico selvagem e cuja fúria é assustadora.

6. Qual sua ocupa ção/profissão?

Cavaleira formada entre os Cavaleiros da Ordem da Luz. Aventureira e versada no ofício


da metalurgia.

Geomante graduado na Academia Arcana, atualmente pre parando minha tese para
tornar-me Professor. Ávido caçado r de conheci mento.

7. Faça uma descri ção completa de si mesmo. Talvez quei ra considerar fatores como: altura,
peso, raça, cabelo, cor do olho, estilo de roupas e tatua gens, cicatrizes ou marcas.

Tenho 1,58cm de altura, ainda em fase de crescimento. 45kgs, corpo bem atlético e
moldado pa ra a batalha, humana e de pele caucasiana, cabelos loiros como os de minha
mãe e olhos verdes claros. Carr ego comigo a armadura que representa o orgulho dos
Kevhelm e procuro roupas que apesar de belas, não me atrapalhem no combate, o
vestido veio se provando muito útil neste aspecto. Carrego algumas ci catri zes da época
do treinamento, mas carrego -as com orgulho, pois fazem parte de quem eu sou.

Não é como se eu treinasse muito, mas acho que pelo menos boa genética eu tenho.
Apesar de ser sedentário, tenho um corpo esbelto e firme, mesmo que aparente ser
frágil. Última vez que me pesei tinha pouco mais de 50kgs, mas as marchas forçadas da
Ivica devem ter me ajudado a perder mais algumas calorias. No alto dos meus 1,60cm,
mal consigo chegar perto dela. Tenhos os cabelos loiros de minha mãe e os olhos
castanhos de meu pai , pelo menos é isso que ela dizia. Pro curo por vestes práticas e que
não pedem muito, nem mesmo opto por a rmaduras. Única coisa luxuosa que carrego e
minha capa, presente de Ivica.

8. A que classe social você pertence?

Nobre, com título de Viscon dessa de Hal'Con.

Aventureiro. Não sei se isso é classe social, mas acho que serve como resposta.

9. Tem alguma ale rgia, doença ou outra fraqueza física?

Alergia a cavalo.

Não tenho força o suficiente para combate r ou segura r armas por muito tempo.

10. É destro ou canhoto?

Destra.

Canhoto.

11. Como é a sua voz/como soa?

Dizem que minha vo z parece cantada, como se eu puxa sse o final de cada frase. Mas eu
não sei disso não, eu falo normal!

Acho que devo soar rápido demais, as vezes muitas coisas se passam pela minha cabeça
e eu não consigo controlar a minha língua e quando vejo , acho que falei muito e ninguém
entendeu.

12. Quais palav ras ou frases você usa frequentemente?

“Boris, eu tô com fome.” Aliás, cadê ele...?

Encafifado, com certeza.

13. O que você tem nos bolsos?

Minha roupa desprovem de bolsos, mas se tivesse, carrega ria nada além de moedas e
algum lan chinho pa ra hora de necessidade.

De tudo um pouco. Pequenas conchas, alguma pedra de formato interessante, um recorte


de jornal... Eu tenho que pa rar com essa mania.

14. Você tem manias estranhas, maneirismos, hábitos irritantes, ou outra característica
peculiar?

Eu não suporto cavalo. Eu n ão quero olhar pra cava lo, não quero chegar perto de ca valo,
não quero cheirar cavalo, quem dirá montar em um cav alo!
Além de catar coisas por aí? Talvez ler enquanto eu ando, já esbarrei em muitas pessoas
assim. Ah, e citar fatos sobre coisas que estou lendo para pessoas aleatórias, como.se
fosse a coisa mais normal do mundo.

Parte dois: Crescendo

1. Como você descreve sua infância no geral?

Castigo. O. Tempo. Todo.

Seria melho r se eu não tivesse nascido.

2. Qual sua memória mais antiga?

Meu pai me cantando uma canção de ninar na noite antes de partir...

O sorriso de minha mãe antes da doença a levar para o Reino dos Deuses

3. Qual seu grau de escola rida de?

Sou alfabetizada e tenho o grau de escolari dade e etiqueta digna de um nobre e um


cavaleiro da ordem da luz.

Só fui me to rnar alfabetiza do e ensinado quando conheci Remlin, mas sinto que ainda
tenho tanto a aprender...

4. Gosta/Gostava da escola?

Nem um po uco.

Se está se referindo a Academia Arcana , é o melhor luga r do mun do!

5. Onde você apren deu a maior parte das suas habilidades ?

Em Bielefeld, com Sir Pe lvas e alguns Cavaleiros da Ordem da Luz.

Na Academia Arcana, sobre o mentorado de Relmin.

6. Enquanto crescia, teve algum modelo/exemplo a seguir? Se sim, descreva -o.

Sir Pe lvas, o Cão que Cavalga. Foi o meu mentor e foi capaz de me mostra r que até a
pessoa mais “diferente” pode se tornar cava leiro, não importan do sua raça, gêne ro ou
passado. Sir Pelvas é um mo reau que atravessou o oceano para chegar em Arton, to rnou -
se um pro dígio nas justas , e com muito esforço tornou-se não só um exímio cavaleiro e
estandarte de honra. Não consigo imaginar outra pessoa tão capacitado a me treinar fim
ele.

Meu mentor Relmin. Relmin me encontrou em um dos momentos mais difíceis de minha
vida e me ensinou não só sobre magia, mas sobre todo o mundo que um dia eu ainda
viria a conhece r. Relm in é um Cronomante, sua especi alidade está em contro lar o fluxo
do tempo e se tenho certeza, um dos poucos a dominar a arte da confecção do Elixir da
Juventude, afinal, sempre que pergunto sua idade ele desconversa. É brincalhão, usa
roupas espalhafatosas e é capaz de fazer a magia mais complexa pare cer um truque. Meu
sonho é me tornar um com a magia feito ele.

7. Enquanto crescia, comovocê se relacionava com os outros membros dasuafamília?

Eu não me relacionava, eu não queria me relacionar. Eles só diziam o que eu tinha o que
fazer, mas nunca sequer perguntavam o que eu queria fazer...
Minha mãe me amou até o último dia de sua vida. Meu pai me odiou até o último dia de
sua vida.

8. Quando criança, o que você queria ser quando crescesse?

Uma cavaleira da tempesta de!

Aquilo que meu pai queria q ue eu me tornasse.

9. Quando criança, quais eram suas atividades favoritas?

Pregar peças! Assustar as emprega das! Colocar sal no café, açúcar no assado, fogo no
parquinho... E por aí vai.

Passear na floresta, coletar flores e frutos e levar pra minha mãe. Ela sempre conhecia
todas e me falava seus nomes...

10. Quando criança, quais traço s de personalidade você de monstrava?

Teimosia, rebeldia, impaciê ncia.

Timidez, comple xo de inferioridade, chorava muito.

11. Quando criança, você era po pular? Quem eram seus amigos e como eles eram?

Não muito, as mães dos camponeses não me deixavam chegar perto de seus filhos.
Minhas únicas amigas eram minhas irmãs.

Não. Eu nunca tive um amigo.

12. Quando e com quem foi seu primei ro beijo?

Tenho coisas mais importantes para pensar do que isso.

Eu ainda estou esperando o momento certo pa ra isto.

13. Você é virgem? Se não, quando e com quem você perdeu a virgindade?

Quê?!

Sim.

14. Se você é um ser sobrenatural (bruxo, lobisomem, vampiro), conte a história de como
você se tornou o que é ou como aprendeu a controla r suas habilidades. Se você é um ser
humano normal, descreva q ualquer influência no seu passado que o tenha levado a fazer
as coisas que faz hoje.

Minha maior influência do passado foram os ensinamentos de Sir Pelvas, que me fez
abrir os olhos e me mostrar que ser mandada para Bielefeld não havia sido um castigo –
mas sim o destino.

Meu grimório. Se eu não o tivesse achado quando pequeno, eu não seria o que sou eu.
Talvez, nem vivo estivesse.

Parte três: Influências do passado

1. Qual você conside ra o evento mais importante na sua vida até agora?
O dia que recebi das mãos de Sir Pelvas Durandal, minha espada. Era o sinal de que eu
poderia volta r para casa de cabeça ergui da, uma nova pessoa e poder ver Phie ma is uma
vez.

O dia em que Ivica disse -me que sou forte.

2. Quem teve a maior influênci a sobre você?

Os Cavaleiros da Ordem da Luz, no geral, sua etiqueta e a honra em suas atitudes me


inspiraram à grande za.

Mu, o antigo dono de meu grimório, suas pesquisas e ensinos me cativaram e hoje me
dedico a termina r sua tese.

3. O que você considera sua maior conquista?

Ser ca paz de olhar pa ra den tro de minha alma e ser capaz de me compreender .

A amizade de Ivica.

4. Qual seu maior arrepen dimento?

Parti r para Bielefeld sem me despedir de Phie.

Não ter sido forte o suficiente para orgulha r meu pai.

5. Qual a pio r coisa (mais malvada) que você já fez?

Então, teve uma vez que eu temperei a comida inteira do banquete da família com uma
erva laxante e o castelo ficou fedendo a merda pra mais de uma semana! ... Não que eu
me orgulhe disso.

... Eu colei em um exame da academia. Isso serve?

6. Você tem registro criminal de qualque r tipo?

Não mais.

Não que eu tenha conhecimento

7. Em que momento da sua vida você se sentiu mais amedrontado?

A primei ra noite longe de casa, em um quarto escuro , com a certeza de que minha mãe
não iria abrir a porta tarde da noite para me dar um beijo de boa noite.

Quando fiquei de frente co m a morte.

8. Qual a coisa mais vergonhosa que já aconteceu com você?

Eu não vou falar sobre isso. E não, não envolve cavalos!

Era nossa prova práti ca de transmutação, eu deveria mudar o ti po de teci do do robe que
estava vestindo, de lã para seda, mas acabei destruindo as moléculas do tecido todas de
uma vez e acabei pelado de fren te a toda banca! Wynna, que vergonha...

9. Se você pudesse mudar alguma coisa no seu passado, o que seria e por quê?

Eu queria impedi r meu pai de ir embora. É injusto eu ter sido a única que cresceu sem
ele...
Eu queria não ter nascido e assim não trazer tamanho sofrimento a toda a minha família.

10. Qual sua melhor memória?

Minha primeira vitória em um torneio de batalhas em Bielefeld. Phie estava na


arquibancada torcendo po r mim... Apenas ela, mas seu olhar de orgulho representou
muito para mim.

O dia que eu encontrei o meu grimório, a felicidade que eu estava ao o encontrar eu


acho que nunca fui ca paz de repli car até o dia de hoje. Estava tão contente, tinha certeza
de que ele iria gostar també m.

11. Qual sua pio r memória?

O dia em q ue descob ri que meu pai foi dado como mo rto, estava lá minha mãe, Phie e
Julienne. Eu tive que ouvir escondido. Por que não me contaram? Não achavam que eu
era forte o suficiente?!

O que aconteceu de pois da minha melhor memó ria.

Parte quatro: Crenças e opiniões

1. Você é otimista ou pessimista?

Otimista.

Pessimista.

2. Qual seu maior me do?

Cavalos.

Não ser forte para proteger aqueles que gosto.

3. Qual sua conce pção re ligiosa?

Khalmyr é bondoso e justo. Duas coisas que este mundo desesperadamente pre cisa.

A dádiva de Wynna foi o que salvou a minha vida. Continuarei a honrando me dedicando
a magia e todas as maravilhas que elas nos fornece.

4. Qual sua conce pção politica ?

Eu acho que Arton seria mais bem sucedida se não fosse tão desunida, o Reinado e a
Liga Inde pendente deveria m deixa r sua richa de lado. Ainda mais agora com um i nimigo
em comum como Ta pista.

... Magia já é um assunto comple xo demais para me pre ocupa r. Deixo isto para os nobres
e aristocratas.

5. Qual sua visão sobre sexo ?

De novo esse assunto?!

Uma forma de expressar o seu amor para o outro?

6. Você é capaz de mata r? Sob que circunstâncias matar é aceitável ou inaceitável?

Sim. Para proteger aqueles que precisam e para co rta r o mal pela raiz , apenas. Aqueles
que matam sem ser por este motivos, nada mais sãos que criminosos assassinos.
Em último caso, em último caso mesmo... Para impedir uma injustiça. A magia é
poderosa, mas se não usada com caute la transforma o mago em um assassino.

7. Em sua opinião, qual é a pior coisa que um ser humano pode fazer?

Não honrar a sua palav ra.

Deixar-se ser dominado pelo poder.

8. Você acredita em almas gêmeas e/ou amor verdadeiro?

Por que não acredita ria?

Eu acredi to com todas as minhas forças.

9. O que você acre dita que faz de uma vida bem sucedi da?

Ser feliz consigo mesmo.

Amar e ser amado.

10. Quão honesto você é sobre seus pensamentos e sentimentos? (Você esconde seu
verdadei ro eu dos outros e de que forma?).

Eu não sou nenhuma clériga de Tanna -Toh, eu não preciso falar tudo também...

Cada um deve ter seus segredinhos , creio eu. O misté rio faz parte da essência do ser
humano.

11. Você tem algum pre conceito?

COM CAVALOS!

Preconceito é um conceito para aqueles de mente fechada.

12. Há algo que você se recuse a fazer sob qualquer ci rcun stância? Por que você se recusa?

Trair os meus amigos. O dia que eu fizer isso, eu não serei mais eu.

Usar minha magia para ferir inocentes. Isso vai contra tudo que me foi ensinado.

13. Por quem ou pelo que você morreria? Ou i ria ao extremo?

Pelo Phie... E o Boris, também.

Pela Ivica e todos os amigos que fiz até agora.

Parte cinco: Relacionamento com outr os

1. Em geral, como você trata os outros (educadamente, rude, mantendo -os longe etc.)? A
maneira que os trata muda dependendo de quão bem os conhece, se sim, como?

Tento ser educa da sempre que posso, mas entendo que certas liberdades só po dem ser
tomadas com algum tempo de amizade.

Educa damente. Todos merecem ser tratados com respei to e educação, íntimos ou não.

2. Quem é a pessoa mais importante na sua vida e por quê?


Minha irmã Phie, ela sempre me apoiou, sempre esteve do meu lado e nunca desistiu de
mim.

Minha companheira Ivica, ela enxergou força em mim como ninguém jamais fez. Ela
acredita muito em mim e eu não posso a decepcionar.

3. Quem é a pessoa que você mais resp eita e por quê?

Sir Pelvas, me ensinou tudo que eu sei e me tornou quem eu sou. Devo tudo a ele.

Meu mentor Relmin, po r sua sabedoria anciã e conhecimento que fez despertar e m mim
o gosto pela magia.

4. Quem são seus amigos? Você tem melhor amigo/a? Descreva essas pessoas.

No momento tenho apenas o Boris. Além de companheiro de aventuras ele é meu melhor
amigo, sempre posso contar com ele. Nossa amizade não parecia a das melhores ou até
mesmo parecia prom issora, mas o jeito que nós entendemos é único e acabamos nos
tornando um eficiente par. Não desejo outra pessoa para me proteger do que ele. Porém,
deixei alguns amigos em Bielefeld. Como Lance, que ficou em segundo lugar no último
torneio, cavaleiro muito há bil com duas espadas. Patroklos, cuja arma dura de família
era maior que ele, mas se negava a usar outra coisa. E também Judith, clériga de
Khalmyr que cozinhava para os cavaleiros e sem pre tinha boas histórias para contar.

Fiz bons amigos na época da Aca demia Arcana, mas nenhum como Gillian, ele era
indeciso quanto a que escola ia pertencer, só que a últi ma hora, ele viu que eu marquei
Geomante no meu formulário e fez a mesma coisa, só pra gente não se separar na hora
dos estudos ! Ele não conseguiu criar um servo luta dor como eu, po rém, é capaz de
manipula r o elemento em abundância a sua volta. Se tinha alguém que posso considerar
meu melho r amigo, é ele... Até porque eu não sei se eu se ria capaz de fazer o mesmo que
ele.

5. Você tem um cônjuge ou se melhante? Se sim, descreva essa pessoa.

Não... o Boris é só meu amigo!

... E-eu ainda acho que não chegamos nesse ponto.

6. Já se apaixonou alguma vez? Se sim, descreva o que aconteceu.

Eu não tenho tempo pra isso.

Já... E ainda estou apaixonado , desde o pri meiro di a que a vi, que cuidei de seus
ferimentos, em que a ajude i a dormir . A ca da dia esto u mais apaixonado. Apenas não
tive coragem ainda para dizer para ela.

7. O que você procura em um provável amor?

Alguém q ue eu possa confiar cegamente, sem medo de ser abandonada.

Reciprocida de.

8. Quão próximo você é da sua família?

Não muito. Estar em Bielefeld me distanciou da família, mas eu pretendo me


reapro ximar.

Nem um po uco próximo. Eu estou em A rton e eles no mundo dos deuses.

9. Já começou sua própria família? Se sim, descreva -os. Se não, você quer? Por que ou po r
que não?
Meio cedo pra isso, não? Ainda tenho tantas coisas pra fazer. Tanta coisa pra conhecer...

Eu quero. Mas ainda preciso de mais tempo para me pro gramar para isto.

10. A quem reco rre ria se estivesse desesperado por ajuda?

Minha irmã, sem pensar duas vezes.

Relmin, sua sabedoria de séculos se prova úti l pa ra qua lquer situa ção.

11. Você confia em alguém para lhe proteger? Quem e por quê?

Boris Bewëgli ch. Se ele não me protege r, quem irá o pro teger?

Ivica, sem dúvida. Ela é mui to mais forte que eu.

12. Se você morrer o u desapare cer, quem sentirá sua falta?

Toda a minha família... Eu espero.

Ivica eu tenho certeza que i rá, assim como Gi llian. Re lmin, acho que até vai... Mas depois
de algumas dé cadas ele esquece.

13. Quem é a pessoa que você mais despreza? Po r quê?

Sir Bertrand Planópia, cavaleiro orto doxo e que sempre foi contra a minha pre sença
entre.os outros cavaleiros e tentou com todas as forças frustrar minhas tentativ as de
conseguir meu título, pelo s imples fato de ser mulher.

Desprezar é uma palav ra muito forte. Fui des prezado por muito tempo e não desejo isso
a ninguém.

14. Você tende a discutir com as pessoas ou evita conflitos?

Conflitos são necessários, por boas razões.

As vezes é melhor evitar, mesmo estando certo.

15. Você tende a assumir o papel de líde r?

Eu tento.

Eu prefiro deixar isso nas mãos de alguém mais capacita do.

16. Gosta de interagir com gran des grupos de pessoas? Por que ou por que não?

Parti cula rmente eu gosto, as vezes tudo que as pessoas precisam e de uma figura e que
inspire confiança.

Não muito... Eu acabo ficando nervoso e me atrapalhando.

17. Você se importa com o que os outros pensam sobre você?

Parte seis: Gostos e aversões

1. Quais seus hobbies e passatempos favoritos?

Treinar para não ficar enferruja da . Escutar as músicas de um bom bard o. Comer é
considerado hobby?
Colher flores e frutos, buscar sempre livros e conhecimento novos, desenhar novas
espécies que encontro pelo caminho, mesmo não sabendo desenhar.

2. Qual seu bem mais valioso?

O cola r de ouro que carrega a foto de minha irmã Phie.

A capa elegante que Ivica me compro u.

3. Qual sua co r favorita?

Azul.

Roxo.

4. Qual sua comi da favorita?

A que dá pra comer.

Sopa de Legumes.

5. Você gosta de ler? O quê?

... Romances.

Tudo que de r pra ler!

6. Qual sua ideia de bom entre tenimento (música, filmes, arte etc.) ?

Músicas que contem feitos épicos , aventuras inesquecíveis, heróis justos e bondosos...
Acompanhada de boa comida.

Uma longa e silenciosa noite junto com uma agradáve l pilha de livros.

7. Você fuma, bebe ou usa drogas? Se sim, por quê? Você quer pa rar?

Não, vencedores não usam drogas.

Álcoo l e drogas re duzem as células cerebrais, você sabia?

8. Como você passa uma noite normal de sábado?

Os “sábados” em Bielefeld, era o dia de descanso do treino e cada um ficava livre para
fazer o que q ueria. Muito s iam para cida de pro cura r dive rsão na vida noturna. Eu
gostava de escalar uma das torres e ficava observando as estrelas na imensidão de
Tenebra. Tento manter isso como um costume até hoje...

Do mesmo jeito que passo a “sexta” e o “domingo”... Estudando.

9. O que te faz rir?

As trapa lhadas do Bo ris.

Basicamente qualquer coisa, rir é o melhor remé dio pra qualquer situa ção.

10. O que te choca ou ofende?

Machismo.
Ignorância.

11. O que você faria se tivesse insônia e precisasse encontrar algo pa ra entreter a si mesmo?

Prati caria a espada até me cansar fisicamente e conseguir do rmi r, o descanso é muito
importante.

Com certeza usaria esse “tempinho extra” pra coloca r a leitura em dia.

12. Como você lida com stress?

Faço o possível pra não deixar que isso tome conta de mim.

Eu não sei lidar com o stress.

13. Você é espontâneo ou sempre pre cisa ter um plano?

Não tem como ter plano pra tudo.

Eu pre ciso de um plano pra tudo.

14. Que coisa boba mais te irrita?

Gente que fala alto demais.

Barulho de folha rasgando.

Parte sete: Autoimagem e etc.

1. Descreva a rotina de um dia normal para você. Co mo se sente quando essa rotina é
quebrada?

Minha rotina como aventureira é mais caótica do que gostaria, mas tento manter um
ritual: se não estiver muito cansada, acordo ao raiar de azgher e treino enquanto os
raios não são tão agressivos, é a melhor fo rma de des perta r. Um bom café da manhã é
necessário para começa r o dia, depois de alimenta da gosto de poli r minha armadura,
como nobre, tenho que andar com boa aparência , checo como o Boris es tá e se tiver
tempo, gosto de fazer um lanche para a viagem – assim começa um bom dia para mim...
Mas eu já estou acostumada a não seguir essa rotina.

Difícil ter uma rotina qua ndo se dorme tão ta rde le ndo livros. Assim que aco rdo a
primei ra coisa que faç o é organizar meu grimório, afinal, preciso memoriza r as minhas
magias. As vezes tomo café enquanto prepa ro as minhas magias, mas isso não é sempre,
depende do dia. Tenho que alimentar e passear com o Korus também, quando estou
muito inspirado, gosto de fa zer café da manhã para Ivica também, ela disse que eu
cozinho bem. Mas eu tenho certeza de que ela come qualquer coisa... É difícil ter rotina
ao lado dela, então eu nem ligo.

2. Qual sua maior força como pessoa?

Minha resiliência.

Meu raciocínio.

3. Qual sua maior fraque za?

Minha teimosia.
Meu nervosismo.

4. Se você pudesse mudar alguma coisa sobre si, o que seria?

Seria menos cabeça dura.

Queria ser mais alto.

5. Geralmente é introverti do ou extrovertido?

Extrovertida.

Introverti do.

6. É organizado ou baguncei ro ?

Organiza da.

Baguncei ro.

7. Diga três coisas na qual vo cê se considera muito bom e três coisas na qual se considera
muito ruim.

Batalha r, comandar, pular muro. Luta r a distância , discuti r e fingir.

Estudar, ra ciocinar rá pido, escutar as pessoas. Lutar, correr , investigar.

8. Você gosta de si mesmo?

Com certeza.

Um pouco.

9. Quais seus motivos para ser um aventurei ro (ou faze r a s coisas singulares e heroicas que
personagens de RPG fazem)? Seus reais motivos pa ra fazer isso, são diferentes dos que
vocês diz às pessoas? Se sim, detalhe as razões

Eu sou honesta com as pessoas ao meu redor e princi palmente, pa ra eu mesma. Busco
ser uma aventureira para espalhar justiça e bondade por onde passo, para honrar meus
ensinamentos e orgulhar a minha família.

Conhecer o mundo em toda sua plenitude é um dos motivos pelos quais descobri ser um
aventureiro, Arton é gigante e apesar de ser cheia de problemas, ainda existem partes
inexplo radas. Mas confesso... É mais difícil ser aventureiro quando a Ivica está por
perto, então enquanto ela estiver comigo, continuarei a s er aventureiro com ela.

10. O que você mais deseja realizar na sua vida?

Mostrar pa ra o meu pai o que eu me tornei.

Me tornar alguém com que m a Ivica possa contar para sempre.

11. Onde você se vê em cinco anos?

A frente do meu pró prio pelotão, seja defendendo a Ordem da Luz, seja defendendo a
minha terra.

Lecionando na Academia Arcana, buscando inspirar alguém tal como Relmin fez comigo.

12. Se pudesse escolher, como gostaria de morrer?


Em batalha, lutando por tudo que protejo.

Uma morte espontânea, sem dor... Sorrindo para o meu filho enquanto viajo para o reino
dos deuses.

13. Se você soubesse que vai morrer em 24 horas, di ga três coisas que faria no tempo que lhe
resta.

Diria as pessoas que pró ximas a mim meus verda de iros sentimentos. Chamaria Sir
Pelvas para um duelo amigá vel. Admira ria as estrelas uma última vez.

Colheria as mais belas flores que encontrasse. As entregaria para Ivi ca e me declararia.
Colheria mais flores para q uando atravessar o reino dos deuses, entregar para minha
mãe.

14. Pelo que você gostaria de ser lembra do após sua morte?

Pela minha bravura!

Pelo conhecimento que eu desbravei ao longo de minha vida.

15. Quais três palav ras descrev em melhor sua pe rsonalidade?

Energia. Confiança. Atitude.

Tímido. Pensativo. Encafifado.

16. Quais três palav ras as outras pessoas provavelmente usariam para descrever você?

Faminta. Arrogante. Certinha.

Desinteressante. Apático. Chato.

17. Se pudesse, que conselho você, player, daria ao seu personagem? (Você po de fala r como
se ele ou ela estivesse sentado de frente para você, use o tom adequado para que ele ou
ela atenda seu conselho)

Você não teve culpa de nada quando na sua infância, você era apenas uma... Criança. Não
se culpe tanto, o passado já passou. Erga o seu queixo e se prepare pa ra construir o seu
futuro, eu tenho muito orgulho de você, Agnes.

Você é forte. Não dei xe ninguém te di ze r ou te fazer s e sentir o contrário. Acre dite em
si mesmo, acredite em si mesmo como as pessoas acreditam em você, Aries.