Você está na página 1de 5

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO INSTITUCIONAL

(1 – instituição mais abrangente, maior, como a universidade)


DADOS DE IDENTIFICAÇÃO INSTITUCIONAL
(2 – instituição espeçífica do autor, como instituto, departamento ou escola)
DADOS DE IDENTIFICAÇÃO INSTITUCIONAL
(3 – instituição pontual do autor, como departamento, grupo de pesquisa)

TÍTULO DO PROJETO (Situa o assunto)


SUBTÍTULO DO PROJETO (Especifica o aspecto investigado)

Projeto apresentado como requisito para


aprovação na disciplina de Iniciação à Pesquisa
do curso XXXXX da UFRGS.

Nome do Aluno / do Autor


Nome do Orientador

Cidade, XX de XX de XXXX
1. APRESENTAÇÃO
Três parágrafos de mesmo tamanho, com cinco, sete ou doze linhas, cada, tratando deste documento, em si:
• Caracterização do contexto motivacional, no qual o trabalho está inserido, como, por exemplo, uma exigência
do curso XX, devidamente caracterizado;
• Descrição detalhada do documento físico, em si, referindo aspectos tais como número de páginas, partes
organizacionais, normas seguidas, e outras características relevantes para sua localização formal;
• Propósitos almejados e outros desdobramentos possíveis, tanto por intermédio deste documento, como com os
resultados a serem obtidos pelo trabalho proposto por este documento.

2. INTRODUÇÃO
Três parágrafos de mesmo tamanho, com cinco, sete ou doze linhas, cada, tratando do assunto a ser investigado, em si:

• Procedência da ideia do trabalho, em termos científicos, acadêmicos e/ou institucionais.


• Inserção do tema desta pesquisa, na correspondente grande área do conhecimento, e referência a outras
interrelações relevantes ao caso.

• Modo de abordagem do tema de estudo, no contexto desta pesquisa específica (antes de iniciar, quanto ainda
na fase exploratória; durante a realização do estudo, em si; e expectativas de encaminhamento dos resultados
obtidos).

3. OBJETIVOS

3. 1. OBJETIVO GERAL
Um parágrafo, contendo três ou cinco linhas, sempre trazendo um único verbo no infinitivo e colocado no início da
única frase, cujo conteúdo aponta para uma situação que será resolvida, após a finalização da pesquisa. O objetivo geral
integra todos os processos da investigação, rumo à resposta do problema específico, em estudo. Ele deve conter o
enunciado e, ao mesmo tempo, a busca da superação desse problema específico, num esforço revestido de generosidade,
almejando transcendência e empenhado na consolidação de um caráter com grandeza espiritual.

3. 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
3.2.1. Um parágrafo, entre uma e três linhas, expressando os modos de caracterização da essência interna da questão
em estudo. Empregar um único verbo, no Infinitivo, no início da frase. O primeiro Objetivo Específico trata de aspectos
imateriais, que precisam ser explicitados, a fim de que o leitor compreenda a investigação.
3.2.2. Um parágrafo, entre uma e três linhas, expressando os modos de operacionalização dos esforços necessários
para solucionar a pergunta de pesquisa. O segundo Objetivo Específico é atitudinal, operacional, concreto, e descreve o
que precisa ser manipulado, ao longo da investigação. Empregar um único verbo, no Infinitivo, no início da frase.
3.2.3. Um parágrafo, entre uma e três linhas, expressando as ideias de harmonização entre a essência do assunto em
estudo e os modos de lidar com a operacionalização disso. O terceiro Objetivo Específico é reflexivo, indica disposição
a uma postura crítico-propositiva. Empregar um único verbo, no Infinitivo, no início da frase.
4. PROBLEMATIZAÇÃO / PERGUNTA DE PESQUISA
Apontar fragilidades, que podem ser detectadas no tema escolhido e que precisam ser resolvidas, tais como:
inconsistências internas; conexões desarmoniosas com outros temas; evidências de causar possíveis problemas humanos
e/ou materiais, prejuízos à saúde, ao equilíbrio social, às finanças, à paz, à preservação da natureza, etc. Evidenciar a
proporção do problema a ser revolvido, identificando lacunas, naquilo que já se tem e se sabe e, a partir delas, conduzir
tudo para a formulação de uma pergunta. Escrever um parágrafo de doze linhas ou três de cinco linhas, cada.

5. JUSTIFICATIVA
Três parágrafos de mesmo tamanho, com cinco, sete ou doze linhas, cada, abordando:
• Procedência da ideia do trabalho, mas agora se referindo às motivações pessoais.

• Argumentação sobre a necessidade do tema escolhido, para a própria área do conhecimento.


• Argumentação sobre a importância do tema escolhido, para a comunidade científica e sociedade em geral.
Eventualmente, pode-se incluir, aqui, uma Hipótese, devidamente fundamentada.

6. ESTADO DA ARTE / REVISÃO DE BIBLIOGRAFIA


Nesta parte, o autor da pesquisa projetada demonstra estar bem informado sobre o que se tem dito, em publicações da
área. Desde as primeiras entrevistas informais e leituras exploratórias até as leituras mais especializadas e específicas
sobre o tema escolhido, sugere-se a seguinte sequência de fontes, incluindo o retorno a elas, sempre que necessário:
• Sites de busca, na internet;
• Dicionários especializados por área de conhecimento;
• Anais de eventos científicos;
• Revistas especializadas;
• Literatura especializada.
O texto de uma revisão bibliográfica deve trazer as ideias dos autores relevantes ao caso estudado, contrapondo-as entre
si, quando forem contraditórias, ou reforçando-as, quando forem afins; contudo, sem conter opções preferenciais,
críticas e sequer comentários do próprio autor do projeto (o espaço para tais considerações e eventuais inclusões de
ideias próprias ao autor da pesquisa será, num momento posterior, na parte de discussão dos dados, propriamente dita).
Cada parágrafo deverá ter sete ou doze linhas, e todos eles deverão ter o mesmo tamanho. O texto completo deverá ter
cinco ou sete parágrafos, e concatenar as informações dentro de alguma sequência lógica, seja de tempo, por
agrupamento geográfico, e/ou referente a uma sistematização prévia, já estabelecida por algum autor reconhecido.

7. METODOLOGIA
Escrever um parágrafo de três ou de cinco linhas, caracterizando o Método geral, da pesquisa.

7. 1. PROCEDIMENTOS
7.1.1. No máximo três tópicos, com cinco, sete ou doze linhas cada, correspondente ao Objetivo Específico 1; isso é,
explicando como se procederá, para alcançá-lo. Os tópicos iniciam por Substantivo, preferencialmente, derivado do
próprio verbo empregado na redação deste objetivo específico.
7.1.2. No máximo três tópicos, com cinco, sete ou doze linhas cada, correspondente ao Objetivo Específico 2; isso é,
explicando como se procederá, para alcançá-lo. Os tópicos iniciam por Substantivo, preferencialmente, derivado do
próprio verbo empregado na redação deste objetivo específico.

7.1.3. No máximo três tópicos, com cinco, sete ou doze linhas cada, correspondente ao Objetivo Específico 3; isso é,
explicando como se procederá, para alcançá-lo. Os tópicos iniciam por um substantivo, preferencialmente, derivado do
próprio verbo empregado na redação deste objetivo específico.

7. 2. RECURSOS
7.2.1. Fontes / População / Amostra. Descrever e caracterizar aspectos, tais como: de onde sairão os dados, e
quem é o grande grupo ou qual a grande área de conhecimento, sobre a qual o estudo estará versando.
7.2.2. Método e respectivos Instrumentos de Pesquisa. Descrever o método a ser utilizado, incluindo a
descrição dos instrumentos a serem utilizados para a coleta, tabulação e análise dos dados. Lembrar de citar o(s)
autor(es), do campo da Metodologia, que está/estão sendo seguido(s).
7.2.3. Pessoas e Equipamentos. Listar e descrever recursos humanos e materiais (condições de espaços e
equipamentos) necessários aos procedimentos já descritos, atribuindo-lhes as devidas funções. Nesta parte, se for o
caso, inclui-se um Orçamento e/ou razões para a escolha de determinadas marcas sobre outras, por exemplo.

7.3. CRONOGRAMA
Planejamento Mês 1 Mês 2 Mês 3 Mês 4 Mês 5
dias dias dias dias dias dias dias dias dias dias
Exemplos de Ações
(listar, conforme 4.1. Procedimentos)
Finalização do projeto de pesquisa x x x
Revisão do referencial teórico x x x x x
Finalização do primeiro capítulo x x
Finalização do segundo capítulo x x x
Finalização do terceiro capítulo x x
Finalização da Introdução e Conclusão x
Entrega da primeira versão x
Revisão do trabalho x
Entrega da versão final x
Finalização do texto final x x
Impressão x x
Defesa do Trabalho x
Avaliação para postagem no LUME x

8. RESULTADOS ESPERADOS
Tecer considerações sobre eventuais desdobramentos e alcances dos resultados buscados, indicando seus possíveis
benefícios e beneficiários. Referir empenhos na busca de possíveis parcerias e expectativas de divulgação dos
resultados em eventos e publicações. O texto deverá ser organizado em forma de um parágrafo com doze linhas.
9. POSSÍVEIS ENTRAVES
Referir e tecer considerações sobre eventuais dificuldades, a serem encontradas ao longo da realização da pesquisa,
apontando possíveis formas de enfrentá-las. O texto poderá ser organizado em forma de lista (tópicos), cada um com
uma, três ou cinco linhas, ou de parágrafos, cada um com sete ou doze linhas.

10. CONSIDERAÇÕES FINAIS


Redigir um parágrafo com doze linhas, incluindo aspectos considerados relevantes ao assunto em estudo, a seu processo
de investigação, e/ou a qualquer outro tópico do projeto, que não tenham tido lugar para registro, nas demais partes
deste documento. Fazer conexão com a Pergunta de Pesquisa e com os Objetivos. Não existe Conclusão, em Projeto.

11. BIBLIOGRAFIA
Registrar apenas textos que foram, efetivamente, consultados e utilizados neste projeto. Assim, deverá haver absoluta
coincidência entre os autores citados no texto do projeto e os listados na bibliografia. A formatação da bibliografia deve
seguir a mesma norma de publicação utilizada no restante do projeto e ser, rigorosamente, padronizada.

Apontamentos sobre Metodologia de Pesquisa


Texto elaborado por Helena M. de Souza Nunes
Proposta Musicopedagógica CDG. CNPq/UFRGS
Porto Alegre, 15 de novembro de 2018

Você também pode gostar