Você está na página 1de 5

AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA

ALUNO (A): __________________________________Nº: ___


3º BIMESTRE / TURMA: 9º ANO / TURNO: TARDE
PROFESSOR: MAURÍCIO ARAÚJO / DATA: __/09/2017
“A cultura forma sábios; a educação, homens.”

Leia o texto do Aluno Eudázio de Sousa do 9º ano da Escola João Moreira Barroso, 2017, para responder as
próximas 12 questões:

UM PAÍS DE JOVENS, NÃO DE DELIQUENTES


De Sousa, José Eudazio, 2017
Professor F. Maurício Araújo

Recentemente os noticiários da televisão divulgaram o caso de um jovem de 16 anos que matou um


homem na rua durante um assalto a mão armada, embora a vítima não ter reagido, o adolescente atirou e
matou o rapaz, o criminoso chegou a ser preso, mas foi solto dias depois por não ter 18 anos. Isso é algo
revoltante e injusto. Casos como esses merecem uma punição mais severa.
Atualmente em nosso país, os menores-infratores quando praticam delitos na sociedade são levados
para um reformatório para que paguem suas penas, sendo submetidos a uma série de regras para que ao
final sejam devolvidos à sociedade. Esse tipo de recuperação muitas vezes não funciona, pois poucos dias
estão soltos, sem nenhuma recuperação e já vão para as ruas cometerem outros delitos. Esses adolescentes
infratores deveriam passar o total de anos igualmente a uma pena de um adulto condenado, pois já que
podem exercer o direito de votar, podem arcar com suas consequências e responder por seus atos.
Como os adolescentes infratores sabem que não serão punidos, a pratica de crimes só aumenta cada
vez mais. Esses delinquentes se acham protegidos por uma legislação frágil e ultrapassada. Os próprios
infratores sabem que a lei deveria ser mais rígida, pois acreditam que quando não há limites, vira
libertinagem.
Uma forma de solucionar esse problema seria a aprovação da redução da maioridade penal de 18
para 14 anos, fazendo com que haja uma diminuição desses crimes praticados por jovens na sociedade
brasileira. Além da redução da maioridade penal, é necessária a criação de políticas públicas que
oportunizem aos jovens o primeiro emprego e o engajamento em atividades culturais ou esportivas.
A população estando de acordo com a aprovação desta redução, veria no cotidiano as mudanças e os
resultados de um país com menos jovens criminosos e mais estudantes em escolas e universidades,
mudando o rumo desse país.

1ª) Qual o assunto tratado no artigo de opinião?


_________________________________________ 4ª) A tese defendida pelo autor do texto é
_________________________________________ a) a revolta da sociedade depois da divulgação do
_________________________________________ caso de um jovem que matou um homem durante
um assalto.
2ª) Na frase: “Isso é algo revoltante e injusto.” A b) a revolta que se estabeleceu depois da morte do
palavra em destaque refere-se a homem pelo adolescente.
a) “...um jovem de 16 anos que matou um homem c) que adolescentes que comentem crimes devem
na rua durante um assalto...” ser punidos com mais rigor.
b) “Recentemente os noticiários da televisão d) que adolescentes devem ser levados para um
divulgaram o caso...” reformatório depois de serem presos.
c) “... o adolescente atirou e matou o rapaz...”
d) “... mas foi solto dias depois por não ter 18
anos...” 5ª) A finalidade do texto é
a) informar as pessoas sobre as infrações
3ª) Assinale a frase que revela uma opinião: cometidas pelos adolescentes.
a) “...o criminoso chegou a ser preso, mas foi solto b) defender um ponto de vista sobre um tema
dias depois por não ter 18 anos.” polêmico.
b) “Isso é algo revoltante e injusto.” c) noticiar um fato cometido por um adolescente.
c) “...a prática de crimes só aumenta cada vez d) apresentar dados históricos da violência no
mais.” Brasil.
d) “...são levados para um reformatório para que
pague suas penas...”
6ª) Qual o argumento que o autor do texto utilizou a) explicação.
para convencer o leitor sobre a importância dos b) oposição.
adolescentes infratores responderem a mesma c) conclusão.
pena de um adulto condenado? d) adição.
_________________________________________
_________________________________________ 10ª) Na frase: “Além da redução da maioridade
_________________________________________ penal, é necessária a criação de políticas públicas
que oportunizem aos jovens o primeiro emprego e
7ª) Na frase: “Esses delinquentes se acham o engajamento em atividades culturais ou
protegidos por uma legislação frágil e esportivas.” A palavra em destaque foi utilizada
ultrapassada.” As palavras em destaques poderiam para
ser substituídas, respectivamente, sem alteração a) explicar a informação anterior.
de sentido por b) se opor a informação anterior.
a) completa e velha. c) acrescentar uma nova informação.
b) delicada e superada. d) concluir uma informação já apresentada.
c) vulnerável e afetuosa.
d) fraca e antiga. 11ª) Para o autor, a incorporação de uma nova
legislação mais punitiva se deve
8ª) Que fato desencadeou a discussão do tema no a) ao fato da sociedade exigir mais segurança.
texto? b) ao fato do aumento dos crimes cometidos pelos
_________________________________________ adolescentes.
_________________________________________ c) ao fato da vítima não ter reagido.
_________________________________________ d) ao alto índice da população brasileira aceitar a
_________________________________________ redução da maioridade penal.

12ª) Qual a proposta de solução apresentada pelo


9ª) Na frase: “Os próprios infratores sabem que a autor para resolver o problema?
lei deveria ser mais rígida, pois acreditam que _________________________________________
quando não há limites, vira libertinagem.” A palavra _________________________________________
em destaque introduz uma _________________________________________

Leia o texto para responder a questão abaixo: quadro, livro, tudo espalhado pelo chão, uma
Linguagem Publicitária tremenda confusão.
[...] Foi quando ouvi meus filhos me chamarem.
Ao contrário do panorama caótico do mundo – Mãe! Maiê!
apresentado nos noticiários dos jornais, a – Faaala.
mensagem publicitária cria e exibe um mundo Eles apareceram, esbaforidos.
perfeito e ideal [...] Tudo são luzes, calor e – Mãe. A gente achou uma coisa incríível. Se
encanto, numa beleza perfeita e não perecível. ninguém quiser, essa coisa pode ficar para a
[...] gente? Hein?
Como bem definiu certa vez um gerente de uma – Depende. Que é?
grande agência francesa, publicidade é “encontrar Eles falavam juntos, animadíssimos.
algo de extraordinário para falar sobre coisas – Ééé... uma máquina, mãe.
banais”. – É só uma máquina meio velha.
[...] – É, mas funciona, está ótima!
Minha filha interrompeu o irmão mais novo,
13ª) No trecho “Ao contrário do panorama caótico dando uma explicação melhor.
do mundo apresentado nos noticiários dos jornais, – Deixa que eu falo: é assim, é uma máquina,
a mensagem publicitária cria e exibe um mundo tipo um... teclado de computador, sabe só o
perfeito e ideal [...]”, a palavra destacada está no teclado? Só o lugar que escreve?
mesmo campo de significado de – Sei.
(A) confuso. (B) perfeito. – Então. Essa máquina tem assim, tipo... uma
(C) ideal. (D) encanto. impressora, ligada nesse teclado, mas assim,
ligada direto. Sem fio. Bem, a gente vai, digita,
Leia o texto para responder a questão a seguir: digita...
A Máquina Ela ia se animando, os olhos brilhando.
Lúcia Carvalho – ... e a máquina imprime direto na folha de
Morreu uma tia minha. Ela morava sozinha, papel que a gente coloca ali mesmo! É muuuuito
não tinha filhos. A família toda foi até lá, num final legal! Direto, na mesma hora, eu juro!
de semana, separar e dividir as coisas dela para Ela jurava? Fiquei muda. Eu que jurava que
esvaziar a casa. Móvel, roupa de cama, louça, não sabia o que falar diante dessa explicação de
uma máquina de escrever, dada por uma menina Leia o texto abaixo.
de 12 anos. Ela nem aí comigo. Continuava. A CADEIRA DO DENTISTA
– ... entendeu como é, ô mãe? A gente, zupt, Fazia dois anos que não me sentava numa
escreve e imprime, até dá para ver a impressão cadeira de dentista. Não que meus dentes
tipo na hora, e não precisa essa coisa chatérrima estivessem por todo esse tempo sem reclamar um
de entrar no computador, ligaaar, esperar hoooras, tratamento. Cheguei a marcar várias consultas,
entrar no Word, de escrever olhando na tela e sóóó mas começava a suar frio folheando velhas
depois mandar para a impressora, não tem esse revistas na antessala e me escafedia antes de ser
monte de máquina tuuudo ligada uma na outra, atendido. Na única ocasião em que botei o pé no
não tem que ter até estabilizador, não precisa gabinete do odontólogo – tem uns seis meses -,
comprar cartucho caro, nada, nada, mãe! É quando ele me informou o preço do serviço, a dor
muuuito legal. E nem precisa colocar na tomada transferiu-se do dente para o bolso.
funciona sem energia e escreve direto na folha da - Não quero uma dentadura em ouro com
impressora. incrustações em rubis e esmeraldas – esclareci -,
– Nossa, filha... só preciso tratar o canal.
- É esse o preço de um tratamento de canal!
14ª) A repetição das vogais no trecho - Tem certeza? O senhor não estará
“..ligaaar,.esperar hoooras,...” pretende realçar confundindo o meu canal com o do Panamá?
(A) o som de eco, dada a amplitude da casa da Adiei o tratamento. Tenho pavor de dentista.
menina. O mundo avançou nos últimos 30 anos, mas a
(B) o pouco tempo que o computador demora Odontologia permanece uma atividade medieval.
para inicializar. Para mim não faz diferença um “pau de arara” ou
(C) a falta de qualidade na impressão de um uma cadeira de dentista: é tudo instrumento de
documento. tortura.
(D) o longo tempo de inicialização do Dessa vez, porém, não tive como escapar.
computador. Os dentes do lado esquerdo já tinham se
transformado em meros figurantes dentro da boca.
Leia o texto para responder a questão a seguir: Ao estourar o pré-molar do lado direito, fiquei
Epitáfio restrito à linha de frente para mastigar maminhas e
Sérgio Britto picanhas. Experiência que poderia ter dado certo,
Devia ter amado mais caso tivesse algum jeito para aquilo. (...)
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer 16ª) Qual o assunto desse texto?
Devia ter arriscado mais A) Tratamento de dentes.
E até errado mais B) Dores de dentes.
Ter feito o que eu queria fazer... C) Instrumento de tortura.
Queria ter aceitado D) Adiamento do tratamento.
As pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria Leia o texto abaixo.
E a dor que traz no coração... O LOBO DESATENTO
[...]
Devia ter complicado menos Certa noite, um lobo andava pela floresta em
Trabalhado menos busca de comida. E já estava empenhado nessa
Ter visto o sol se pôr tarefa havia um bom tempo, sem qualquer
Devia ter me importado menos resultado prático, quando sentiu no aro cheiro de
Com problemas pequenos carneiros. “Até que enfiml”, foi o pensamento que
Ter morrido de amor... lhe veio à cabeça de imediato, e então, imaginando
[...] o que de bom poderia encontrar mais adiante para
http://letras.terra.com.br/titas/48968/ aplacar a fome que sentia, ele caminhou
rapidamente na direção que o seu faro indicava.
15ª) O tema central da letra da música é Logo ã frente, as árvores davam lugar a uma
(A) a eternização do amor como solução para os grande área coberta de relva, e era nesse pedaço
problemas da vida. de chão que os carneiros descansavam protegidos
(B) o arrependimento por não ter podido por um cão. O lobo não se preocupou com isso. O
aproveitar mais as coisas da vida. que fez foi sair andando passo a passo, o mais
(C) a preocupação por não saber o que fazer nas devagar que podia, procurando se aproximar do
diversas situações de vida. ponto que ficava mais distante do vigia, onde
(D) o sentimento de morte que perpassa todas as algumas das possíveis presas dormiam
simples situações da vida. sossegadas.
E já estava quase lá, quando uma de suas
patas traseiras descuidou-se um momento e pisou
em um pedaço de tábua já meio apodrecido. Esta
rangeu sob o peso do animal, e o barulho que fez 19ª) No trecho “ao longo das sarjetas, na
soou tão alto em meio ao silêncio da noite que enxurrada...” (v. 8), as reticências sugerem
acordou o cão de guarda, fazendo-o sair na A) continuidade.
mesma hora em perseguição ao lobo desastrado. B) hesitação.
Que por sua vez, coitado, não teve outra coisa a C) medo.
fazer senão fugir em desabalada carreira, D) omissão.
esfomeado e sem alimento.
Moral da história: Quem não presta atenção Leia o texto abaixo e responda.
no que faz, algum dia vai acabar se metendo em Texto 1
apuros. “O toque de recolher serve apenas para o
recolhimento de crianças e adolescentes em
17ª) Nesse texto, o que deu origem aos fatos situações de risco [...] Em agosto de 2005, quando
narrados foi o começou o toque de recolher em Fernandópolis,
A) cão perseguir o lobo quando ele pisou na por dia, chegávamos a recolher das ruas 40 a 50
tábua. adolescentes [...].
B) cão vigiar os carneiros que dormiam Hoje, nas nossas operações, dificilmente
sossegados. recolhemos mais de 10 adolescentes em situação
C) lobo andar desatento à noite pela floresta. de risco. Na última ronda, realizada nesta sexta
D) lobo sentir cheiro de carneiros na floresta. (24), recolhemos apenas três”, conta Pelarin.
Juiz Evandro Pelarin – Titular da Vara da
Leia o texto para responder a questão abaixo: Infância e Juventude de Fernandópolis e autor do
Cidadania, direito de ter direitos toque de recolher na cidade.
Cidadania é o direito de ter uma ideia e poder
expressá-la. É poder votar em quem quiser sem Texto 2
constrangimento. [...] Há detalhes que parecem “Sou contra o toque de recolher por vários e
insignificantes, mas revelam estágios de cidadania: inúmeros aspectos. Primeiro, porque contraria o
respeitar o sinal vermelho no trânsito, não jogar direito à liberdade, que está no artigo 227 da
papel na rua, não destruir telefones públicos. Por Constituição Federal. No Estatuto da Criança e do
trás desse comportamento está o respeito à coisa Adolescente também diz que é crime qualquer
pública. [...] Foi uma conquista dura. Muita gente autoridade privar crianças ou adolescentes de suas
lutou e morreu para que tivéssemos o direito de liberdades, procedendo a sua apreensão sem
votar. estarem em flagrante ou inexistindo uma ordem
DIMENSTEIN, Gilberto. O Cidadão de papel. prescrita da autoridade judiciária, só pode ser
prescrita após uma declaração”, diz o especialista.
18ª) O trecho que indica uma opinião em relação à Ariel de Castro Alves – Advogado,
cidadania é especialista em direitos humanos e direitos da
(A) ...“é o direito de ter uma idéia e poder criança e do adolescente e membro do Conselho
expressá-la...”. Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.
(B) ...“É poder votar em quem quiser...”.
(C) ...“revelam estágios de cidadania:...” 20ª) Nesses dois textos, o uso das aspas indica
(D) ... “Foi uma conquista dura.” A) a ocorrência de uma fala coloquial.
B) a marcação de um discurso.
Leia o texto abaixo. C) o destaque de expressões jurídicas.
D) o realce de informações.

Leia e depois responda:


BOMBABOA, A BOMBA QUE TINHA CORAÇÃO
Esta é a história de Bombaboa, a bomba que
tinha coração.
Um dia, Bombaboa foi levada por um avião,
para destruir uma cidade. De repente, ela sentiu
que estava caindo, caindo, caindo. Bombaboa fez
então um grande esforço e conseguiu se desviar
do alvo, indo cair sobre um monte de feno, numa
fazendinha.
Como o feno era macio, ela não explodiu: e o
cansaço foi tanto, que ela adormeceu...
E sonhou. Era um sonho lindo! Estava
cercada de crianças que lhe pediam para brincar.
Mas o sonho durou pouco... Por outras mãos ela
foi levada. Não demorou muito e Bombaboa viu
que estava sobre outra cidade. E novamente sentiu
que deveria matar e destruir. Fez um grande 23ª) ª) Indique o radical destas palavras da tira:
esforço para se desviar do alvo. De nada adiantou. a) olha ___________________________________
EXPLODIU! Mas em lugar de morte e b) decodificador ___________________________
destruição, ela cobriu o céu de flores, numa c) jeito ___________________________________
explosão de alegria. Naquele dia, os moradores da d) secretas _______________________________
cidade cantaram e dançaram, comemorando o
milagre florido. 24ª) Indique o que se pede na palavra PODEMOS:
a) Radical ________________________________
21ª) No trecho “Era um sonho lindo!” o ponto de b) Vogal temática __________________________
exclamação indica c) Tema __________________________________
A) susto. d) Desinência verbal ________________________
B) admiração.
C) medo. 25ª) Assinale a alternativa cuja palavra tenha sido
D) dúvida. formada pelo processo de composição por
justaposição:
Leia o texto abaixo. a) Planalto b) embora
PAISAGEM URBANA c) pernilongo d) beija-flor
e) aguardente
São cinco horas da manhã e a garoa fina cai
branca como leite, fria como gelo. Milhões de gotinhas 26ª) Marque a alternativa cujas palavras tenham
d’água brilham em trilhos de ferro. sido compostas pelos processos de composição
“Bom dia”, diz Um Homem para o Outro Homem.
por justaposição e aglutinação, respectivamente:
“Bom dia, por quê?”, pensa o Outro, olhando para o
Um. Um Homem quieto e parado é um poste, que a) bacia, árvore b) igreja, capim
espera o trem na estação quase vazia. [...] c) orelha, vazio d) sabiá, cortina
A máquina aparece na curva e vem lenta, grave, e) girassol, aguardente
forte, grande, imensa. Para a máquina, desce um
branco, uma mulata, o gordo e o magro, dois meninos 27ª) Coloque (DP) para derivação prefixal e (DS)
maluquinhos. Chegada de uns, partida de outros. No para derivação sufixal:
meio de um cheiro áspero de fumaça e óleo diesel, o a.( ) tristonho b.( ) risonho
Outro Homem entra no trem. c.( ) infeliz d.( ) ex-aluno
Um homem continua um poste. Rígido. Concreto. e.( ) casinha f.( )incorreto
E é só quando uma moça desce a escada do vagão
g.( ) descrer h.( ) incapaz
carregando uma mala, cabelo preso com fita e olhar de
busca, que o homem-poste tem um sobressalto. Os i.( )papelaria j. ( )barbearia
olhares se encontram. O trem vai e os olhares vêm. O k.( )reler l. ( )atualizar
mundo é assim... Outro Homem se foi. Um Homem está m.( )borracharia n.( )desleal
feliz. o.( )felizmente

22ª) Ao usar a expressão “homem-poste”, o autor 28ª) Assinale a frase em que não há erro de
sugere que o homem está concordância nominal.
A) cansado de esperar o trem. a) É proibida a venda de bebidas.
B) desligado da realidade. b) Ela saiu muita apressada e nem disse obrigado.
C) observando o movimento. c) A porta está meia aberta.
D) preocupado com a vida. d) A gasolina custa muito cara.

Leia a tirinha para responder as próximas 29ª) A frase correta está em


questões: a) Você comprou muita roupas caras.
b) Eles são muito rápido em corrida de 400 metros.
c) Ele pedia obrigado e deixou os documentos em
anexos.
d) É proibido a entrada de pessoas não
autorizadas.

30ª) Complete convenientemente com as palavras


entre parênteses:
a- Essa bebida é _____________________. (bom)
b- Pimenta é _____________ para tempero. (bom)
c- A entrada é ____________________. (proibido)
d- Entrada é ______________________. (proibido)
e- É meio-dia e ______________________. (meio)

BOA BROVA! PROF. MAURÍCIO ARAÚJO. ABRAÇOS!!!

Você também pode gostar