Você está na página 1de 280

Dados do Veículo

Modelo Cor

VIN Nº do motor –

Este manual é parte integrante do veículo, devendo permanecer no mesmo em caso de revenda. Mantenha o manual no veículo para
que possa consultá-lo sempre que houver alguma dúvida.
SEJA BEM-VINDO!

Aproveitamos a oportunidade para agradecer-lhe pela escolha de um veículo Honda


e desejamos que nosso produto possa lhe proporcionar o máximo em desempenho,
emoção e prazer.

Este manual contém informações importantes sobre o funcionamento seguro e a ma-


nutenção de seu veículo Honda.

Leia este manual detalhadamente para familiarizar-se com os controles e recomendações,


para que a condução do veículo propicie o máximo de conforto que um automóvel de
alta tecnologia pode assegurar.

Quando for necessário efetuar os serviços de manutenção recomendados, lembre-se de


que os técnicos da sua Concessionária Autorizada Honda foram especialmente treinados
para oferecer todos os serviços de manutenção e reparos dos muitos sistemas exclusivos
de seu veículo Honda. A sua Concessionária Autorizada Honda terá a maior satisfação
em ajudá-lo a manter e conservar seu veículo em ótimas condições de funcionamento
e em responder quaisquer dúvidas existentes.

Honda Automóveis do Brasil Ltda.


Informações Gerais
• As informações, especificações e ilustra- A sua segurança e a segurança Período de amaciamento
ções contidas neste manual baseiam-se de seu veículo em destaque Durante os primeiros 1.000 km de rodagem,
em dados existentes na data de sua Embora todas as informações contidas evite acelerações bruscas ao sair com o veí-
publicação. neste manual sejam de fundamental impor- culo. Não dirija o veículo por longos períodos
• A Honda Automóveis do Brasil Ltda. tância, algumas instruções são destacadas em velocidade constante.
reserva-se o direito de alterar as carac- e chamam a atenção para a prevenção de Este procedimento de amaciamento aplica-
terísticas do veículo a qualquer momento possíveis acidentes pessoais ou danos se também para motores substituídos ou
sem aviso prévio, independentemente ao veículo. Leia com atenção especial as retificados.
de qualquer formalidade legal, sem que afirmações precedidas pelas seguintes
isso incorra em obrigações de qualquer palavras: Durante e após o período de amaciamento,
espécie. dirija o veículo moderadamente até o motor
atingir a temperatura normal de funciona-
• Este manual do proprietário apresenta ! CUIDADO mento.
informações sobre diferentes versões do
CR-V. Portanto, podem existir descrições O texto chama a atenção para o perigo Durante os primeiros 300 km, evite freadas
de equipamentos e características que de possíveis acidentes pessoais. bruscas. O uso incorreto dos freios durante
não são aplicáveis ao modelo específico esse período comprometerá, futuramente,
adquirido. a eficiência da frenagem.
• Mantenha este manual no veículo de ! ATENÇÃO
modo que possa consultá-lo sempre que Acessórios, equipamentos
O texto chama a atenção para o perigo e alarmes antifurto
houver alguma dúvida. O manual deverá
de possíveis danos ao veículo.
permanecer no veículo mesmo em caso
de revenda. ! ATENÇÃO
• Nenhuma parte desta publicação pode A instalação de componentes não
ser reproduzida sem autorização prévia
por escrito da Honda Automóveis do originais Honda pode causar danos ao
Brasil Ltda. veículo e/ou a perda da garantia.
Informações Importantes de Manuseio
A altura mínima do solo de seu CR-V é maior do que a de um veículo de passeio, projetado somente para uso em pistas pavimentadas.
Sendo maior a altura do solo, o veículo apresenta muitas vantagens na condução em vias não pavimentadas. A altura do solo permite
dirigir o veículo em terrenos irregulares e sobre obstáculos pequenos. Além disso, proporciona boa visibilidade para que você possa
observar os obstáculos à frente antecipadamente.

Uma vez que é mais alto e fica mais distante do solo, seu veículo apresenta um centro de gravidade mais elevado. Isso significa que ele
poderá tombar ou capotar mais facilmente nas curvas fechadas estando em velocidades não compatíveis com o local. Em colisões, a
probabilidade de ocorrência fatal para um ocupante que não esteja usando o cinto de segurança é muito maior do que para um passageiro
protegido pelo cinto. Lembre-se: Você e seus passageiros deverão sempre usar o cinto de segurança.

Para informações sobre técnicas adequadas de condução, leia na seção 6 “Informações importantes sobre a condução do veículo” e
na seção 11 “Informações gerais sobre a condução em vias não pavimentadas”. O manuseio incorreto deste veículo poderá resultar em
perda de controle ou acidente grave.

Muitos países proíbem a condução em vias não pavimentadas, tais como montanhas, percursos em trilhas etc. Verifique a legislação e
os regulamentos locais quanto a este tipo de atividade.
I
ÍNDICE GERAL Seção Página

1 Visão Geral do seu Veículo ............................................. 1-1


2 Segurança ........................................................................ 2-1
3 Instrumentos e Controles ............................................... 3-1
4 Equipamentos de Conforto e Comodidade .................. 4-1
5 Antes de Dirigir ................................................................ 5-1
6 Condução do Veículo ...................................................... 6-1
7 Manutenção ..................................................................... 7-1
8 Cuidados com a Aparência ............................................ 8-1
9 Em Caso de Emergência ................................................ 9-1
10 Informações Técnicas ..................................................... 10-1
11 Condução em Vias Não Pavimentadas ......................... 11-1
1
2 Índice Alfabético .............................................................. 12-1
Visão Geral do seu Veículo

1
Visão geral do seu veículo
Luzes indicadoras e de
Sistema de
áudio/relógio
advertência do painel de digital Airbag do passageiro
Airbag do motorista instrumentos/Medidores (pág. 4-17) dianteiro (págs. 2-14)
(págs. 2-13) (págs. 3-2 e 3-11)

Controle dos espelhos


retrovisores externos Cabo adaptador
(pág. 3-57) USB*
(pág. 4-45)
Trava das portas
(pág. 3-28) Controles de ventilação,
aquecimento e
Interruptor principal ar-condicionado
das travas das portas (pág. 4-2)
(pág. 3-29) Controle automático da
temperatura*
(pág. 4-5)
Interruptores dos
vidros elétricos Interruptor principal das
(pág. 3-53) travas das portas
(pág. 3-29)
Alavanca de abertura do
bocal do tanque (pág. 5-2)
Alavanca seletora
(Transmissão automática)
Pedal do freio de Soquete de alimentação (pág. 6-3)
Alavanca de abertura do estacionamento para acessórios
capô do motor (pág. 5-4) (pág. 3-57) (pág. 3-62)
* Se equipado

1-1
Visão Geral do seu Veículo

Alavanca dos limpadores/


Botão de controle da lavador do pára-brisa
luminosidade do painel (pág. 3-20)
Faróis/Sinalizadores de de instrumentos
direção/Farol de neblina*2 (pág. 3-19)
(págs. 3-17 e 3-19) Interruptor dos sinalizadores
de advertência
(pág. 3-17)

Botões do controle
Interruptor de desativação de cruzeiro (pág. 4-55)
do sistema VSA*2 (pág. 6-14)
Entrada auxiliar (modelo LX)
(pág. 4-51)

Controle dos espelhos Interruptor do desembaçador


retrovisores (pág. 3-56) do vidro traseiro (pág. 3-23)

Controle remoto do sistema


de áudio*2 (pág. 4-52)
Buzina*1

Alavanca de ajuste da posição do


volante de direção (pág. 3-23)

Pedal do freio de estacionamento


(pág. 3-57) Soquete de alimentação
para acessórios
Entrada auxiliar (pág. 3-62)
(Modelo EXL)
(pág. 4-51)

*1: Para usar a buzina, pressione o centro do volante de direção.


*2 Se equipado

1-2
Segurança

2
Seu veículo Honda está equipado com cin- Para obter o máximo de segurança, verifi-
tos de segurança e outros equipamentos que os seguintes itens antes de conduzir
que trabalham em conjunto para proteger o veículo:
os ocupantes durante uma colisão.
• Se todos os ocupantes do veículo estão
Os cintos de segurança são as peças mais com os cintos de segurança corretamen-
Segurança importantes do sistema de proteção aos
ocupantes. Quando ajustados corretamen-
te ajustados;
te, reduzem a possibilidade de ferimentos • Se as crianças menores estão adequa-
graves. damente acomodadas nos sistemas de
Para proteção adicional, seu veículo Honda proteção infantil;
está equipado com airbags (Sistema Suple- • Se todas as portas estão fechadas e
mentar de Segurança – SRS) frontais, late- travadas;
rais* para o motorista e passageiro diantei-
ro, e de cortina*, além de pré-tensionadores • Se os encostos dos bancos estão na
dos cintos de segurança dianteiros, barras posição vertical e os encostos de cabeça
laterais de proteção, localizadas nas portas, ajustados adequadamente;
para aumentar ainda mais sua segurança. • Se não há objetos soltos que poderiam
Os bancos, os encostos de cabeça e as ser arremessados, causando ferimentos
travas das portas também exercem um pessoais em caso de colisão ou freadas
papel importante para a segurança dos bruscas.
ocupantes. Seguindo essas instruções e as descri-
tas mais detalhadamente nas próximas
páginas, os riscos de ferimentos graves
aos ocupantes em caso de colisão serão
reduzidos.

* Se equipado

2-1
Segurança
Dispositivos de segurança do
veículo
O seu veículo está equipado com muitos
Bancos e Encostos dispositivos que trabalham em conjunto
encostos Estrutura de
de cabeça para a sua segurança e a segurança dos
segurança passageiros durante uma colisão.
Airbags Airbag de cortina*
dianteiros
Alguns dispositivos de segurança não re-
querem nenhuma ação de sua parte. Entre
eles: estrutura de aço de alta resistência
que forma uma gaiola de segurança ao
redor do compartimento dos passageiros;
zonas de deformação, dianteira e traseira,
projetadas para deformar e absorver parte
Coluna de da energia, em caso de colisão; coluna de
direção retrátil direção retrátil e tensionadores automáticos
dos cintos de segurança dianteiros que
proporcionam maior segurança em caso
Zonas de de colisão.
deformação
Esses dispositivos de segurança são
Cintos de
segurança
projetados para reduzir a gravidade dos
ferimentos em caso de colisão. Portanto,
Tensionadores dos cintos
de segurança dianteiros
você e os demais ocupantes do veículo
Airbags não serão totalmente protegidos por esses
laterais* dispositivos de segurança se não perma-
necerem sentados em posição correta,
usando adequadamente os cintos de
Zonas de segurança.
deformação

* Se equipado

2-2
Segurança

Cintos de segurança Dicas importantes de segurança


! CUIDADO
O risco de ferimentos graves, em caso • Os cintos de segurança foram projetados
Por que usar o cinto de segurança? para adultos e crianças maiores. Bebês
de colisão, será maior se o cinto de
O uso dos cintos de segurança devidamen- segurança não for usado. e crianças menores devem ser acomo-
te afivelados e ajustados é fundamental dados seguramente aos sistemas de
para sua segurança e a dos demais pas- Certifique-se de que todos os ocu- proteção infantil.
sageiros. pantes do veículo usem o cinto de
segurança corretamente. • O cinto de segurança também deve
Em caso de colisão ou freada de emer-
ser usado por gestantes. Lembre-se,
gência, os cintos de segurança ajudam a
a melhor maneira de proteger o bebê é
evitar que os ocupantes sejam lançados
protegendo a mãe.
para a frente e, principalmente, para fora
do veículo. • Duas pessoas nunca devem usar o mes-
Evidentemente, os cintos de segurança não mo cinto de segurança. Se isto aconte-
podem protegê-lo em todas as colisões. cer, poderão ocorrer graves ferimentos
Entretanto, na maioria dos casos, reduzem em caso de colisão.
a possibilidade de ferimentos graves. Os
cintos podem até salvar sua vida. É por esse • Não passe o cadarço do cinto dia­gonal
motivo que o Departamento Nacional de por baixo do braço. Se for usado dessa
Trânsito obriga o uso do cinto de segurança forma, a pessoa poderá deslizar sob o
para todos os ocupantes do veículo. cinto em caso de colisão. A força do
cinto será então aplicada diretamente
sobre o abdômen. Isto poderá causar
ferimen­t os sérios ou até mesmo fa-
tais.

• ­Nunca use o cinto de segurança torcido.

• Não coloque almofadas para o apoio do


ombro ou qualquer outro acessório nos
cintos de segurança. Isto pode reduzir
a eficiência do cinto de segurança e
aumentar o risco de ferimentos.

2-3
Segurança
Componentes do sistema dos cintos
Ponto de fixação Cinto de segurança destacável
de segurança Cadarço superior
Seu veículo Honda possui cintos de segu- diagonal
rança em todas as posições dos bancos. Os
bancos dianteiros e todas as posições do
banco traseiro possuem cintos retráteis de
3 pontos. Os cintos de segurança dianteiros Lingueta de
são equipados com pré-tensionadores. engate
O sistema dos cintos de seguran-
ça também inclui um indicador no
painel de instrumentos e um alerta Fivela
sonoro para lembrar ao motorista de utilizar Cadarço subabdominal
o cinto de segurança.
Se você continuar dirigindo sem utilizar o Cintos retráteis de 3 pontos Cinto de segurança destacável
cinto de segurança, soa o alerta sonoro e o
Este tipo de cinto de segurança apresenta O cinto de segurança da posição central
indicador pisca em intervalos regulares.
um cadarço diagonal e um subabdominal. do banco traseiro é do tipo destacável e
As páginas seguintes apresentam os com- possui 2 partes: uma pequena lingueta de
ponentes e o funcionamento do sistema Os cintos de segurança são equipados com
engate e uma fivela.
dos cintos de segurança. tensionadores automáticos de emergência.
Na condução normal do veículo, o retrator Normalmente o cinto destacável deve per-
de emergência permite o movimento livre manecer preso sempre que os encostos
do ocupante no banco, embora seja man- dos bancos estiverem na vertical. Para mais
tida uma certa tensão no cinto. Em caso de informações sobre o cinto destacável, con-
colisão ou frenagem súbita, o tensionador sulte na seção 3 “Ancoragem removível”.
travará automaticamente o cinto, para aju- Se o cadarço diagonal do cinto estiver to-
dar a proteger o corpo. talmente puxado, o retrator de emergência
será ativado. O cinto de segurança retrairá,
mas não permitirá que o passageiro se
movimente livremente.

2-4
Segurança

Para desativar o retrator, solte a fivela e Como usar corretamente os Uso do Cinto Retrátil de 3 Pontos
deixe o cinto de segurança se retrair total- cintos de segurança An­tes de colocar o cinto de segurança,
mente. Para prender novamente o cinto de A eficiência dos cintos de segurança poderá ajuste a posição do banco, de forma que
segurança, puxe-o somente o necessário. ser aumentada se as instruções a seguir seja possível acessar todos os controles do
forem lidas atenciosamente. Certifique-se veículo. O encosto do banco deverá estar
de estar totalmente familiarizado com o uso na posição vertical.
deste dispositivo de segurança.

! CUIDADO
O uso incorreto dos cintos de segu-
rança aumenta o risco de feri­mentos
graves em caso de colisão.
Certifique-se de que todos os ocu-
pantes do veículo usem o cinto de
segurança corretamente.

2-5
Segurança
2. Verifique se os cadarços não estão tor- Botão de
cidos. destravamento

3. Posicione o cadarço subabdominal do


cinto na posição mais baixa possível
sobre o quadril. Isto fará com que a força
da colisão atue no osso pélvico.

4. Puxe o cadarço diagonal para cima a fim


de eliminar qualquer folga. Cer­­tifique-se
de que o cadarço passe sobre o ombro
e diagonal­mente sobre o tórax.
MPcybr0005
! CUIDADO
1. Puxe a lingueta de engate por cima do Não co­lo­que o cadarço diagonal sob 5. Se o cinto estiver envolvendo o pes­coço,
corpo e introduza-a na fivela. Puxe o o braço. ajuste a altura do ponto de fixação supe-
cinto com força para certificar-se de que rior do cinto ou sua posição no banco.
a fivela esteja travada firmemente.
Pressione os botões de destravamento
e ajuste o ponto de fixação do cinto na
altura desejada. O cinto pode ser ajus-
tado em quatro posições diferentes.
6. Para destravar o cinto de segurança,
pressione o botão vermelho da fivela. Em
seguida, conduza o cinto em direção à
coluna da porta.

2-6
Segurança

A gestante também deve se sentar com


! CUIDADO
as costas retas e o banco posicionado o
Após sair do veículo, certifique-se mais longe possível do volante de direção
de que o cinto de segurança tenha ou do painel. Isto reduzirá o risco de feri-
retornado completamente à posição mentos para ambos, a mãe e o bebê, que
original, não interferindo no fecha- podem ser causados pela colisão ou pelo
mento da porta. acionamento do airbag.
Durante a gestação a mulher deve sempre
perguntar ao seu médico se ela está auto-
rizada a dirigir.

Recomendações especiais para


gestantes
Proteger a mãe é a melhor maneira de pro­­­­­­­­­
teger o futuro bebê. Portanto, as gestantes
devem usar o cinto de se­­gurança na posi-
ção correta sempre qu­e­­­­estiverem dirigindo
ou viajando em um­veículo.
Tenha o cuidado de manter o cadarço su-
babdominal na posição mais baixa possível
sobre o quadril.

2-7
Segurança
Manutenção dos cintos de segurança A Concessionária Autorizada Honda
Por segurança, você deve verificar re- também deve inspe­cionar os pontos de
gularmente as condições dos cintos de apoio quanto a danos e substituí-los, se
segurança. necessário.
Puxe cada um dos cintos de segurança ! CUIDADO
totalmente para fora e examine quanto a
desgaste, corte, desfiados etc. Verifique se É necessário substituir todo o con-
as fivelas funcionam suavemente e se os junto após ele ter sido usado em um
cintos se retraem facilmente. Qualquer cinto impacto severo, mesmo que o dano
que não estiver em boas condições ou não no conjunto não seja aparente.
funcionar adequadamente não oferecerá
proteção e deverá ser substituído o mais ! CUIDADO
rápido possível.
Tenha o cuidado de evitar o conta-
! CUIDADO to do tecido com polidores, óleos, Tensionadores automáticos dos cintos
produtos químicos e principalmente de segurança
Nenhuma modificação ou inclusão ácido da bateria. A limpeza pode ser Os cintos de segurança dianteiros apre-
deve ser feita pelo usuário que im- feita com sabão neutro e água. O cinto sentam tensionadores automáticos que
peça as funções de ajuste do cinto de segurança deve ser substituído se proporcionam proteção adicional durante
de segurança com a finalidade de o tecido começar a desfiar ou outro colisões severas. Se os airbags dianteiros
eliminar folga ou evitar o ajuste do tipo de dano. forem acionados, os cintos serão auto-
conjunto do cinto de segurança para
maticamente tensionados para ajudar a
eliminar folga.
manter o motorista e passageiro dianteiro
Se o cinto de segurança estiver em uso du- firmemente no lugar.
rante uma colisão, ele deve ser subs­tituí­do Os tensionadores são projetados para se
em uma Concessionária Autorizada Honda. ativar em qualquer colisão severa o sufi-
O cinto de segurança que estiver em uso em ciente para acionar os airbags dianteiros.
caso de uma colisão pode não oferecer o
mesmo nível de proteção em caso de uma
próxima colisão.

2-8
Segurança

Os tensionadores também podem ser ativa- Banco dianteiro


! ATENÇÃO
dos durante uma colisão na qual os airbags
dianteiros não sejam inflados. Neste caso, Quando os airbags (bolsas de ar) são
os airbags não foram necessários, porém acionados, em casos de colisões
a tensão extra no cinto de segurança foi frontais severas, os tensionadores
útil. automáticos dos cintos de segurança
Quando os tensionadores são acionados, dianteiros deverão ser substituídos
os cintos permanecem tensionados até que juntamente com a unidade do SRS
sejam soltos dos fechos da forma usual. (Sistema de Proteção Suplementar) e
os airbags (bolsas de ar) do motorista
A luz de advertência do airbag e passageiro.
se acenderá para indicar a exis-
tência de algum problema com
os tensionadores automáticos. (Consulte ! CUIDADO
a seção 3 “Luzes indicadoras e de adver-
Um cinto que tenha sido submetido a Pontos de fixação
tência”).
esforços, como por exemplo, em um Ao substituir os cintos de segurança, utilize
acidente ou que esteja danificado, os pontos de fixação, conforme indicado
deverá ser substituído em uma Con- na ilustração.
cessionária Autorizada Honda.

2-9
Segurança
Banco traseiro

O banco traseiro está equipado com três Airbags (Sistema suplementar de Airbags laterais
cintos de segurança retráteis de 3 pontos. segurança - SRS) Modelo EXL
Airbags frontais Esta versão está equipada também com
! CUIDADO
Seu veículo está equipado com airbags airbags laterais, para aumentar a proteção
A falta de inspeção ou manutenção dianteiros para aumentar a proteção da da parte superior do dorso do motorista ou
dos cintos de segurança pode resultar cabeça e do tórax do motorista e do pas- do passageiro dianteiro em colisões laterais
em ferimentos sérios e até em morte, sageiro dianteiro em uma colisão frontal moderadas a severas.
se o cinto de segurança não funcionar severa.
adequadamente quando necessário.
Inspecione regularmente os cintos de ! CUIDADO
segurança e repare qualquer proble- Os airbags são ativados apenas uma
ma o mais rápido possível. vez. Eles não poderão protegê-lo
contra impactos adicionais que po-
dem ocorrer durante a sequência da
colisão.

2-10
Segurança

Os pontos mais importantes sobre os air- Componentes do SRS


bags são: O Sistema suplementar de segurança (SRS)
• os airbags não substituem os cintos de inclui:
segurança; • dois airbags dianteiros. O airbag do
• os airbags não oferecem qualquer pro- motorista está instalado no centro do
teção nas colisões traseiras, capota- volante de direção; o airbag do passa-
mentos ou pequenas colisões dianteiras geiro dianteiro está instalado no painel
ou laterais; de instrumentos. Ambos trazem a iden-
tificação “SRS AIRBAG”.
• os airbags impõem riscos. Para serem
efetivos, os airbags devem inflar com • dois airbags laterais*, um para o moto-
muita força e velocidade. Portanto, em- rista e outro para o passageiro dianteiro.
bora ajudem a salvar vidas, os airbags Os airbags estão instalados nas bordas
podem causar ferimentos leves, mais externas dos encostos dos bancos.
Airbags de cortina graves ou até fatais, se os ocupantes não Ambos apresentam a inscrição “SIDE
estiverem sentados na posição correta AIRBAG”;
Modelo EXL
ou usando o cinto de segurança. • dois airbags de cortina*, um em cada
Esta versão está equipada com airbags de lado do veículo. Os airbags de cortina
cortina, para proteger a região da cabeça ! ATENÇÃO estão localizados no teto, sobre os vidros
dos ocupantes no caso de colisão lateral das portas. As colunas dianteira e trasei-
severa (consulte nesta seção “Funciona- Use sempre o cinto de segurança ra de ambos os lados estão marcadas
mento dos airbags de cortina” para mais corretamente e sente-se em posição com “SIDE CURTAIN AIRBAG” (airbag
informações sobre o funcionamento dos ereta, o mais distante possível do de cortina);
airbags de cortina). volante de direção ou do painel de
instrumentos. • tensionadores automáticos do cinto de
segurança;
• sensores capazes de detectar uma co-
lisão severa;

* Se equipado

2-11
Segurança
• um sofisticado sistema eletrônico que Colisão frontal ou lateral* de veículos
monitora continuamente e registra infor- equipados com airbag
mações sobre os sensores, a unidade de Em uma colisão frontal ou lateral* severa, os
controle, os atuadores do airbag quando sen­so­­res detectam a rápida desacel­e­ra­ção
o interruptor de ignição estiver na posi- do veículo e enviam um sinal pa­ra a u­­ni­dade
ção II (ligado); de controle. Essa unidade de controle ativa
• uma luz de advertência localizada no pai- os airbags instan­ta­ne­a­men­­te.
nel de instrumentos para alertar quanto Durante uma colisão, os cintos de segu-
a um possível problema no sistema; rança irão ajudar a proteger a parte inferior
• uma luz indicadora localizada no painel do corpo e do tronco. O airbag absorverá a
de instrumentos para alertar sobre a energia proveniente do impacto, ajudando
desativação do airbag lateral* do pas- a proteger a cabeça e o tórax do motorista
sageiro dianteiro; e passageiro do banco dianteiro contra
choques no interior do veículo.
• um sistema de reserva de energia para Considerações importantes
os airbags, caso o sistema elétrico do Após inflarem, os airbags irão esvaziar-se sobre o airbag
veículo seja desconectado em uma co- imediatamente. Isto ocorrerá em uma fração
Os airbags são ativados somente em caso
lisão. de segundo.
de colisão frontal ou lateral* severa. Porém,
Após a colisão, poderá ser observada a não serão ativados em colisões frontais mo-
presença de fumaça. Essa fumaça é, na deradas, traseiras e capotamen­tos, mesmo
verdade, o pó proveniente da superfície dos que de grandes proporções.
airbags, este pó não é tóxico e não apresenta
nenhuma substância nociva à saúde. Pes- ! ATENÇÃO
soas com problemas respiratórios podem
sentir-se momentaneamente incomodadas Os airbags são ativados apenas uma
com os produtos químicos utilizados nos vez. Eles não poderão protegê-lo
ativadores dos airbags. contra impactos adicionais que po-
dem ocorrer durante a sequência da
colisão.

* Se equipado

2-12
Segurança

Ferimentos graves podem ocorrer em uma


colisão severa, mesmo que os cintos de
segurança sejam usados corretamente e
que os airbags sejam ativados. Nenhum
sistema oferece proteção total no caso de
colisões severas.
É muito difícil determinar se os airbags
deveriam ou não ter inflado, analisando
somente a deformação do veículo cau-
sada por uma colisão. Em alguns casos,
uma deformação acentuada indica que a
carroceria absorveu grande parte da energia
mpnf0025 mpnf0026
da colisão, sendo que o uso do airbag não
se fez necessário. Em outros casos, um
violento solavanco, como um impacto na Funcionamento do airbag Após o airbag inflar, começará a esvaziar-se
parte inferior do veículo, poderá ocasionar do motorista imediatamente, e não interferirá, portanto,
a ativação do airbag. Sempre que houver uma colisão frontal em sua visibilidade para operar outros con-
severa, o airbag será ativado instantanea­ troles. O tempo total para inflar e esvaziar é
men­te para ajudar a proteger a cabeça e uma fração de segundo. O acionamento do
o tórax. airbag pode até nem ser notado.
Para atingir este objetivo, o airbag será infla- Para sua segurança, não fixe qualquer
do com uma força considerável. Portanto, objeto no volante de direção, onde o air-
poderá causar algumas escoriações faciais bag está localizado. Isto pode interferir no
ou outros ferimentos. Para reduzir a possi- funcionamento do airbag ou em caso de
bilidade de ferimentos, posicione o banco atuação do sistema, os objetos podem ser
o mais afastado possível do volante, porém lançados no interior do veículo, causando
de forma que não comprometa o conforto e ferimentos pessoais.
o acesso aos controles do veículo.

2-13
Segurança
O airbag do passageiro dianteiro está lo-
calizado no painel, sob uma tampa com a
inscrição SRS.

! CUIDADO
Não coloque qualquer objeto sobre
essa tampa. Se o airbag for acionado,
o objeto poderá ser arremessado no
interior do veículo, causando ferimen-
tos pessoais.
Da mesma forma, não permita que
MPCBR0257 o passageiro dianteiro trafegue em MPCBR0306
nenhum momento com os pés sobre
Funcionamento do airbag o painel, mesmo que em baixa veloci- Como funcionam os airbags laterais*
do passageiro dianteiro dade e em trajetos curtos. Em caso de
acionamento do airbag, o passageiro Se você sofrer um impacto lateral moderado
Sempre que houver uma colisão frontal­ poderá ser seriamente ferido. a severo, os sensores detectam a acelera-
severa, o airbag do passageiro dian­tei­ ção rápida e sinalizam à unidade de controle
ro será acionado simultaneamente ao do Não instale o sistema de proteção para inflar instantaneamente ou o airbag
mo­to­­­­­rista. infantil no banco do passageiro lateral do motorista ou do passageiro, ati-
dianteiro. Se o airbag for acionado, vando o tensionador do cinto de segurança
Esse airbag é um pouco maior, sendo acio- poderá atingir o sistema de proteção
nado com uma força considerável. Ele po­de do lado afetado.
infantil, deslocando-o de sua posição
ferir seriamente o passageiro diantei­ro­, se original e causando graves ferimentos Somente um airbag será acionado durante
este não estiver acomodado adequada- à criança. um impacto lateral. Se o impacto for do lado
mente e se o cinto de segurança­não estiver do passageiro, somente o airbag lateral do
sendo usado corretamente. passageiro será acionado, mesmo que não
exista passageiro.
Para obter a melhor proteção dos airbags
laterais, os ocupantes do banco dianteiro
devem usar sempre o cinto de segurança
e se sentar retos nos bancos.
* Se equipado

2-14
Segurança

Sistema de Desligamento do Airbag Um ou ambos airbags de cortina podem


Lateral* Airbag lateral ser acionados durante uma colisão seve-
Seu veículo tem um sistema de desliga- ra, que faça os airbags dianteiros serem
mento do airbag lateral, projetado primei- acionados.
ramente para proteger uma criança que Para obter a máxima proteção dos airbags
estiver viajando no banco do passageiro de cortina, os ocupantes devem usar o cinto
dianteiro. de segurança e sentar-se de maneira ade-
Embora a Honda não recomende que quada, com as costas em posição vertical
crianças sejam transportadas no banco e bem apoiadas no encosto do banco.
dianteiro, se o sensor de posição detectar
que existe uma criança recostada no trajeto
de acionamento do airbag lateral, o airbag
é desligado.
O airbag lateral também desliga se um Funcionamento do airbag de cortina*
adulto de menor tamanho se reclinar nesse
Sempre que houver uma colisão lateral se-
trajeto, ou se um adulto maior estiver rela-
vera, o airbag será acionado, em conjunto
xado e encostar no trajeto de acionamento
com o tensionador do cinto de segurança
do airbag lateral.
do motorista ou do passageiro dianteiro,
Objetos colocados no banco do passageiro para proteger a região da cabeça dos
dianteiro também podem fazer o airbag ocupantes.
desligar.
Se o impacto for do lado do passageiro
O passageiro do banco dianteiro não deve dianteiro, o airbag de cortina do lado do
usar uma almofada ou outro objeto como passageiro será acionado, mesmo que não
um descanso para as costas, pois isto haja um passageiro.
pode evitar que o sistema de desligamento
O acionamento do airbag de cortina ocorre
funcione adequadamente.
em uma fração de segundo, e após o air-
bag inflar, o mesmo começará a esvaziar
imediatamente.

* Se equipado

2-15
Segurança
Luz de advertência do SRS Luz indicadora de desativação do Se o passageiro do assento dianteiro perma-
A função da luz de advertência airbag lateral* necer por mais de 3 segundos inclinado ou
SRS no painel de instrumentos Esta luz avisa que o airbag lateral relaxado para o lado, na área de acionamento
é alertá-lo quanto a um possível do lado do passageiro foi auto- do airbag lateral, a luz irá se acender no
problema nos airbags, nos sen- maticamente desativado. painel de instrumentos e somente irá se
sores ou nos pré-tensionadores. apagar quando o ocupante acomodar-se
Isso não significa que exista algum pro- corretamente. Neste caso, solicite que o
O sistema deve ser verificado se: blema com os airbags laterais. Esta luz passageiro sente-se de maneira adequada,
somente indica que o sistema foi desa­ com as costas em posição vertical e bem
• A luz não se acender quando o interruptor tivado automaticamente, para evitar que o apoiadas no encosto do banco.
de ignição for ligado (posição II “liga- airbag lateral do passageiro seja acionado
da”); Após o passageiro acomodar-se, a luz ainda
indevidamente. permanecerá acesa por 3 a 4 segundos, e
• A luz permanecer acesa após a partida O assento do passageiro dianteiro possui então se apagará. Esse intervalo de tempo
do motor; um sistema que detecta a posição do impede que a luz se acenda toda vez que
ocupante. Esse sistema envia sinais para a o passageiro se mover, o que poderia inco-
• A luz se acender ou piscar com o veículo unidade de controle, com informações da modar o motorista.
em movimento. posição e altura do passageiro dianteiro. A luz deverá se acender também quando o
Se a unidade de controle detectar que o interruptor de ignição for colocado na po-
! CUIDADO ocupante está no trajeto de insuflamento sição II (ligado), apagando-se após alguns
do airbag lateral, a luz indicadora de de- segundos. Se a luz não se acender, perma-
Se alguma destas condições ocor- sativação do airbag lateral irá se acender necer acesa ou acender enquanto o veículo
rer, os air­bags podem não funcionar no painel de instrumentos, desati­van­do o estiver em movimento sem um passageiro
quando ne­ces­­sário. Portanto, leve airbag lateral do passageiro. no banco dianteiro, leve o veículo para
o veículo para ser inspecionado em ser inspecio­nado em uma Concessionária
u­ma­Concessionária Autorizada Hon- ! CUIDADO Autorizada Honda.
da o mais rápido pos­sí­vel.
O airbag lateral não será ativado caso ! CUIDADO
o sistema de desativação automática
tenha sido acionado. O passageiro do assento dianteiro não
deve usar uma almofada ou qualquer
outro objeto de descanso para as
costas. Isso pode interferir no funcio-
namento adequado do sistema.

2-16
Segurança

Manutenção Precauções Importantes • O desmanche total de um veículo e­qui­­­


O airbag praticamente não necessita de sobre o Airbag pado com airbag não infla­do pode ser
manutenção. Porém, deve-se efetuar os • Não modifique o volante de direção perigoso. Solicite a as­sis­­tên­cia de uma
serviços de manutenção no sistema em ou qualquer outro componente do Concessionária Autorizada Hon­d a,
uma Concessionária Autorizada Honda nas airbag. Tais modificações po­dem tornar caso haja necessidade de sucatear o
seguintes situações: o sistema ineficiente. veículo.

• Não adultere os componentes ou fia- • Se o veículo for vendido, informe ao novo


• Se os airbags forem ativados, deve- proprietário que ele possui airbag. Alerte-
rão ser substituídos juntamente com ção do sistema nem passe condutores
elétricos próximos aos condutores do o sobre as informações e precauções
a unidade de controle e demais peças descritas neste Manual do Proprie­tário.
relacionadas; airbag. Isto poderá ativá-lo, causando
sérios ferimentos aos ocupantes.
• Se a luz de advertência SRS do airbag ! CUIDADO
• Informe a pessoa que irá efetuar algum
alertar sobre algum problema. Neste serviço em seu veículo que ele está equi- Os bancos dianteiros possuem
caso, o sistema deve ser inspecionado pado com airbag. Se os procedimentos bolsas infláveis (airbag lateral*) ins-
o mais rápido possível; e precauções descritos no Manual de taladas na região do encosto, assim
Serviços Honda não forem seguidos, como o sistema de detecção de po-
• A cada dez anos. sição do passageiro e circuitos de
poderão ocorrer da­­­nos ao sistema ou
feri­men­­­­­tos­pessoais. acionamento do sistema.
! CUIDADO
• Não exponha os encostos dianteiros Portanto, não altere e/ou desmonte
Não tente remover o airbag. Este a líquidos. Se derramar água ou outro o revestimento dos bancos em hi-
serviço deve ser efetuado somente líquido no encosto, pode afetar o fun- pótese alguma, pois isto afetará o
por uma Concessionária Autorizada cionamento adequado do sistema de funcionamento do SRS (airbag late-
Honda. airbags laterais. ral*), comprometendo a sua eficácia
caso seja necessário para a proteção
• Não cubra nem substitua o reves- dos ocupantes em colisões laterais
timento dos encostos dianteiros. A severas.
substituição inadequada ou a colocação
de capas nos encostos dianteiros pode
evitar que os airbags laterais inflem du-
rante um impacto.

* Se equipado

2-17
Segurança
Cuidados adicionais de Bancos
segurança Posição dos Encostos dos Bancos
• Não tente desativar os airbags. Juntos, Os encostos dos bancos dianteiros de-
os airbags e os cintos de segurança, vem permanecer na posição vertical, para
protegem melhor. obter-se maior proteção dos cintos de
segurança.
• Nunca altere os componentes ou a fia-
ção do airbag e tensionador automáti- ! CUIDADO
co do cinto de segurança. A alteração
pode acionar os airbag e tensionadores Se o encosto do banco est iver
automáticos dos cintos de segurança e excessi­v a­m ente reclinado, a ca-
causar ferimentos muito graves. pacidade de pro­te­ç ão do cinto de
segurança será reduzida, devido à mpcybr0197

pos­sibilidade de deslizamento sob


o cinto, au­mentando o risco de feri- Ajuste os bancos dianteiros
mentos em caso de colisão. Ajuste o banco do motorista o mais atrás
possível, mas permitindo que você mante-
nha total controle do veículo. Deixe que o
passageiro dianteiro ajuste o banco o mais
atrás possível.
Não sente muito perto do volante de direção
ou do painel de instrumentos, pois pode ser
gravemente ferido pelo airbag sendo inflado
ou se ferir no volante de direção ou painel
de instrumentos.

2-18
Segurança

Além de ajustar o banco, pode ser ajustado


! CUIDADO
o volante de direção para cima e para baixo,
para a frente e para trás (consulte na seção Reclinar demais o encosto pode re-
3 “Ajuste do volante de direção”). sultar em ferimentos graves ou fatais
Quando o banco estiver corretamente em um acidente.
ajustado, balance-o para a frente e para Ajuste o encosto em uma posição
trás para certificar-se que esteja travado reta, encostando totalmente no en-
na posição. Consulte na seção 3 “Ajuste da costo.
posição dos bancos dianteiros” para saber
como ajustá-los. Reclinar o encosto de modo que a por-
ção do ombro do cinto de segurança
! CUIDADO não encoste mais no peito do ocupante
mpcybr0198 reduz a capacidade de proteção do cinto.
Sentar-se muito perto de um airbag Isso aumenta também a possibilidade de
dianteiro pode resultar em ferimen- Ajuste dos Encostos deslizar sob o cinto durante um acidente
tos graves ou fatais quando o airbag e sofrer ferimentos graves. Quanto mais
Ajuste o encosto do motorista em uma po-
dianteiro inflar. reclinado o encosto estiver, maior o risco
sição confortável e reta, deixando bastante
Sente-se sempre o mais atrás possível espaço entre seu peito e a tampa do airbag de ferimento.
dos airbags dianteiros. no centro do volante de direção. Consulte na seção 3 “Ajuste dos encostos
Passageiros com encostos ajustáveis tam- dos bancos dianteiros” para saber como
bém devem ajustar seu encosto em uma ajustar os encostos.
posição confortável e reta.

2-19
Segurança
Portas
! CUIDADO
Travas das Portas
O posicionamento inadequado dos
apoios de cabeça reduz sua eficácia Não deixe as portas do veículo destravadas.
e você pode se ferir gravemente du- Um passageiro, principalmente uma crian-
rante um acidente. ça, pode a­brir a porta acidentalmente e cair
do veículo. Também existe a possibilidade
Certifique-se que os encostos de ca- do ocupante ser lançado para fora do veí-
beça estão ajustados corretamente culo du­rante uma colisão se as portas não
antes de começar a dirigir. es­tiverem travadas.
Encostos de cabeça adequadamente ajus- Seu veículo tem uma luz de
tados ajudam a proteger os ocupantes de verificação no painel de ins-
mpnf0009 movimentos bruscos com a cabeça e outros trumentos para indicar quando
ferimentos ocorridos em acidentes. uma porta ou a tampa traseira
Ajuste dos Encostos de Cabeça não está fechada corretamente.
Consulte na seção 3 “Encostos de cabeça”
Ajuste o encosto de cabeça do motorista de para saber como ajustar os encostos de
modo que o centro da parte traseira de sua cabeça.
cabeça encoste contra o centro do apoio.
Quando um passageiro estiver sentado na
Peça aos passageiros que também ajustem posição central do banco traseiro, certifi-
adequadamente os encostos de cabeça. que-se que o encosto de cabeça central
Pessoas muito altas devem ajustar os en- esteja ajustado na posição mais alta.
costos o mais alto possível.

2-20
Segurança

Travas de Segurança para Crianças Colocação de objetos Condução do veículo com


As portas traseiras estão equipadas com em locais seguros animais domésticos
travas de segurança que impedem sua • Antes de conduzir o veículo, certifique-se Animais soltos no interior do veículo são
abertura pelo lado interno do veículo. As de ter colocado, em local seguro, qual- um grande risco, pois podem interferir na
portas poderão ser abertas somente pelo quer objeto que possa ser arremessado condução. Em caso de colisão ou frenagem
lado de fora. Para informações sobre os no interior do veículo, causando ferimen- brusca, eles podem ser arremessados no
procedimentos de ajuste, consulte a seção tos pessoais ou interferindo na operação interior do veículo, ferindo os ocupantes.
3 “Travas de segurança para crianças”. dos controles. Para a segurança dos próprios animais,
• Não coloque nenhum objeto sobre o acomode-os seguramente no veículo.
painel traseiro. Ele pode obstruir a sua A maneira mais recomendada para acomo-
visão ou ser arremessado contra algum dar um cachorro de médio ou grande porte
ocupante em caso de colisão. é a utilização de uma coleira especial para
• Mantenha todas as tampas dos com- viagem. Essa coleira pode ser fixada no
partimentos fechadas quando o veículo banco traseiro com o cinto de segurança.
estiver em movimento. A tampa do Coleiras especiais para viagem podem ser
porta-luvas aberta, por exemplo, pode encontradas em lojas especializadas em
causar ferimentos no joelho do passa- animais.
geiro dianteiro.

2-21
Segurança
Considerações sobre a Segurança de • Por motivos de segurança, não deixe as
Crianças crianças sozinhas no interior do veículo
• Nunca segure um bebê no colo no inte­ sem a supervisão de um adulto.
ri­­or de um veículo em movimento. Se • Não deixe as crianças em pé ou ajoe-
estiver usando o cinto de segurança, lhadas sobre o banco quando o veículo
as forças e reação provo­cadas por u­ma estiver em movimento.
colisão irão tirar o bebê de seus bra­­­ços • Coloque o cinto de segurança nas
e arre­messá-lo no interior do veículo, crian­ças­e verifique o ajuste. O cadarço
provocando ferimentos graves. diago­nal deve estar abaixo do pescoço e
• Se estiver segurando um bebê no colo e sobre o tórax. O cadarço sub­abdo­minal
não estiver usando o cinto de segu­ran­­­­­ deve estar posicionado no quadril e não
MPCBR0022
ça,­seu corpo poderá ferir o do be­­bê no sobre o estômago.
interior do veículo.
Segurança de crianças • Nunca coloque o mesmo cinto de se-
gurança sobre seu corpo e o de uma
As crianças dependem dos adultos para
criança. Durante uma colisão, o cinto de
sua proteção.
se­gurança poderá pressionar violenta­
men­te o corpo da criança e provo­c­ar
! Cuidado graves ferimentos. Além disso, o mesmo
Uma criança que não esteja acomoda- cinto de segurança nunca deve ser usa-
da corretamente pode sofrer ferimen- do por duas crianças. Se isto acontecer,
tos graves em caso de colisão. poderão ocorrer graves fe­rimentos em
caso de colisão.
Crianças menores devem ser aco-
modadas a um sistema de proteção
infantil posicionado e fixado firme-
mente no banco tra­seiro com o cinto
de segurança.

2-22
Segurança

Acomodação de Crianças
De acordo com as estatísticas de acidentes
com crianças de todos os tamanhos e idades,
elas estarão mais seguras quando devida-
mente acomodadas no banco traseiro.
Sempre que possível, recomendamos que
um sistema de proteção infantil seja firme-
mente fixado com o cinto de segurança na
posição central do banco traseiro.
Crianças muito grandes para o sistema de
proteção infantil devem ser acomodadas no
banco traseiro e devem usar o cinto retrátil MPCBR0027 MPCBR0029
de 3 pontos.
Acomodação de crianças com Acomodação de crianças com idade
! Cuidado até 1 ano de idade superior a 1 ano e inferior ou igual a 4
Uma criança com até 1 ano de idade deve anos
ser acomodada a um sistema de proteção Uma criança com idade superior a 1 ano e
infantil do tipo berço. Como as crianças têm inferior ou igual a 4 anos deve ser acomo-
o hábito de se inclinar, o sistema deve ficar dada a um sistema de proteção infantil do
virado para a parte traseira do veículo. tipo poltrona.
Recomendamos que o sistema seja colo- Recomendamos que o sistema seja colo-
cado na posição central do banco traseiro cado na posição central do banco traseiro
Nunca instale o sistema de proteção e fixado com o cinto de segurança. e fixado com o cinto de segurança.
infantil no banco dianteiro. Em caso
de colisão, o airbag do passageiro
poderá inflar e atingir o sistema,
causando sérios ferimentos.

2-23
Segurança
Armazenamento do Sistema de
proteção Infantil
Quando o sistema de segurança para
crianças não estiver em uso, remova-o do
veículo ou fixe-o firmemente com cinto de
segurança, para que não ofereça risco para
os demais ocupantes do veículo em caso
de colisão.

MPABR 0033 MPCBR0049

Acomodação de crianças com idade Acomodação de crianças


superior a 4 anos e inferior ou igual a 7 com idade superior a 7 anos e meio
anos e meio Crianças com idade superior a 7 anos e
Crianças com idade superior a 4 anos e meio devem ser acomodadas nas laterais
inferior ou igual a 7 anos e meio devem uti- do banco traseiro com o cinto retrátil de 3
lizar o dispositivo de retenção denominado pontos.
“assento de elevação”. Coloque o cinto de segurança na crian-
Coloque o cinto de segurança na crian- ça. Verifique se existem folgas e ajuste-o
ça. Verifique se existem folgas e ajuste-o de forma que o cadarço não passe pelo
de forma que o cadarço não passe pelo pescoço.
pescoço.

2-24
Segurança

Cuidado com os gases de Uma alta quantidade de monóxido de car-


! CUIDADO
escapamento bono pode se acumular rapidamente em
A manutenção correta é a melhor proteção • Evite a inalação dos gases prove- locais fechados, tal como uma garagem.
contra a entrada de gases no interior do nientes do sistema de escapamento. Não acione o motor em garagens com a
veículo. O sistema de escapamento deve Eles contêm monóxido de carbono, porta fechada. Mesmo com a porta aberta,
ser completamente inspecionado por um um gás incolor e inodoro que pode deixe o motor ligado somente o tempo ne-
técnico qualificado sempre que: causar perda de consciência ou até cessário para tirar o veículo do local.
mesmo a morte. Se houver suspeita Quando a tampa traseira está aberta, o fluxo
• o veículo for suspenso para a troca de de entrada de gases de escapamen-
óleo; de ar pode levar os gases de escapamento
to no interior do veículo, determine para o interior do veículo, criando uma
• forem observadas mudanças no ruído e corrija a causa o mais rápido condição de perigo. Se for necessário dirigir
do escapamento; possível. com a tampa traseira aberta, abra todos
• o sistema de escapamento e a parte • Não conduza o veículo com a tampa os vidros e ajuste o sistema de ventilação,
traseira ou inferior do veículo forem traseira aberta. Isso pode permitir aquecimento e ar-condicionado conforme
danificados em um acidente. a entrada dos gases de escapa- descrito abaixo:
mento no interior do veí­culo. Se for 1. Selecione o modo de ar fresco.
necessário dirigir o veículo nesta
condição, mantenha todos os vidros 2. Direcione a distribuição de ar para .
abertos. 3. Ajuste o ventilador na velocidade máxi-
• Não deixe o motor ligado em áreas ma.
fechadas. 4. Ajuste o aquecimento, utilizando o botão
de controle de temperatura.

2-25
Segurança
Álcool e drogas Dispositivo de corte de injeção
Dirigir um veículo requer atenção total. As de combustível
condições de tráfego mudam rapidamente O sistema de alimentação está programado
e é necessário estar apto a reagir na mesma para interromper a injeção de combustível
velocidade. O álcool e as drogas afetam quando o veículo estiver parado, com a
diretamente o reflexo. Mesmo os remédios, alavanca seletora em P ou N, e o motor
com ou sem prescrição médica, podem estiver em altas rotações (máx. 5.000 rpm).
produzir esse efeito. Isto evita eventuais acidentes causados
pelo acionamento indesejado da alavanca
Existem leis que tratam da condução de veí­
seletora.
culos por pessoas embria­gadas. Essas leis
determinam a quantidade mínima de álcool
no sangue para que uma pessoa seja consi- Barras de proteção lateral
derada embriagada. Contudo, a capacidade Seu veículo Honda está equipado com
de julgamento e o tempo de reação tendem barra de proteção acondicionada nas
Extintor de incêndio a diminuir a cada drinque ingerido. A melhor portas. Essas barras têm por finalidade
O extintor de incêndio está localizado coisa a fazer é nunca dirigir embriagado. proteger os ocupantes contra impactos
sob a extremidade dianteira do banco do Quando beber, procure a companhia de um laterais.
motorista, fixado no assoalho do veículo. amigo ou conhecido que não tenha bebido
Para removê-lo, puxe a alça da presilha para dirigir seu veículo ou procure utilizar
de fixação. meios alternativos de transporte, tais como
As instruções de uso são descritas no táxi e ônibus.
próprio extintor. Se isso não for possível, pare de beber e
A manutenção é de responsabilidade do espere até estar em condições de dirigir. O
proprietário; portanto, siga as instruções do tempo de espera é a única coisa que pode
fabricante impressas no próprio extintor. deixá-lo novamente em condições de dirigir;
café e ducha fria não aceleram o processo.
Triângulo de segurança Se seus amigos tentarem dirigir após terem
O triângulo de segurança encontra-se no ingerido algum tipo de bebida alcoólica,
porta-malas, localizado embaixo da cober- procure alertá-los sobre o perigo que isto
tura do assoalho. poderá acarretar. Lembre-se que eles esta-
rão dividindo as mesmas ruas ou estradas
com você.

2-26
Segurança

Etiquetas de segurança
As etiquetas estão nos locais indicados.
Elas advertem sobre riscos potenciais que
Etiqueta do tampão duplo
podem causar ferimentos graves. Leia estas
da área de bagagem
etiquetas atentamente. Em caso das etique-
tas ficarem gastas e a leitura se tornar difícil,
contate uma Concessio­nária Autorizada
Honda para substituí-las.
SRS Airbag
• Símbolo de advertência de
segurança

Airbag frontal
A etiqueta indicada a seguir está fixada no
para-sol do passageiro.

Airbag lateral*

Etiqueta de advertência
da tampa do radiador Etiqueta de
advertência
da bateria

2-27
Segurança
Airbag lateral* A etiqueta mostrada abaixo está fixada no
Nos veículos equipados com airbag lateral, lado esquerdo do tampão duplo da área
a etiqueta mostrada a seguir está fixada de bagagem.
em cada um dos batentes das portas
dianteiras.

* Se equipado

2-28
Instrumentos e Controles

3
Instrumentos e controles
Luzes indicadoras e de
advertência do painel de
instrumentos/Medidores
Interruptor do
teto solar*
(pág. 3-55) Sistema de áudio/ Relógio digital

Controle dos espelhos


retrovisores externos Cabo adaptador
USB*

Trava das portas

Controles de ventilação,
Interruptor principal das aquecimento e
travas das portas ar-condicionado
Controle automático de
temperatura*

Interruptores dos vidros


elétricos Interruptor principal
das travas das portas

Alavanca de abertura
do bocal do tanque
Alavanca seletora
(Transmissão automática)

Soquete de alimentação
Alavanca de abertura
para acessórios
do capô do motor
* Se equipado

3-1
Instrumentos e Controles

Painel de instrumentos
Modelo LX

Luz indicadora principal


do controle de cruzeiro Luz de advertência
do sistema ABS
Luz indicadora do
controle de cruzeiro
Luz indicadora de luzes acesas

Luz de advertência do sistema


de injeção eletrônica
Luz de advertência do
cinto de segurança
Luz indicadora do
sinalizador de advertência

Luz de advertência do
Luz indicadora sistema suplementar de
de farol alto segurança (SRS)
Luz de advertência do
nível de combustível

C H

Luz de advertência
da pressão de óleo
Luz indicadora da
baixa
Luz indicadora do Luz indicadora do sistema direção elétrica (EPS)
Luz de advertência do sistema de segurança imobilizador
sistema de carga Luz de advertência
Luz de advertência
do sistema de freio e freio de porta aberta
de estacionamento

3-2
Instrumentos e Controles

Painel de instrumentos
Modelo EXL

Luz indicadora principal


do controle de cruzeiro
Luz de advertência
do sistema ABS
Luz indicadora do
controle de cruzeiro Luz indicadora
Luz indicadora de luzes acesas do sistema VSA
Luz indicadora de ativação do
sistema VSA
Luz de advertência do sistema
de injeção eletrônica
Luz de advertência do
cinto de segurança
Luz indicadora do
Luz indicadora do
farol de neblina
sinalizador de advertência

Luz de advertência do
Luz indicadora sistema suplementar de
de farol alto segurança (SRS)
Luz de advertência do
nível de combustível Luz indicadora de
Luz indicadora de desativação do
controle das luzes C H airbag lateral

Luz de advertência
da pressão de óleo
Luz indicadora da
baixa
Luz indicadora do Luz indicadora do sistema direção elétrica (EPS)
Luz de advertência do sistema de segurança imobilizador
sistema de carga
Luz de advertência
Luz de advertência
de porta aberta
do sistema de freio e freio
de estacionamento

3-3
Instrumentos e Controles

Luzes Indicadoras Por exemplo: Indicador de desligamento do


e de Advertência • Se a luz do SRS não acender após co- airbag lateral*
Indicador do sistema de carga locar o interruptor de ignição na posição Esta luz avisa que o airbag lateral do
(Bateria) II (ligada). lado do passageiro foi automaticamente
Esta luz se acenderá quando a ignição for • Se a luz permanecer acesa após dar a desativado.
ligada, apagando-se depois que o motor partida no motor. Isto não significa que exista algum proble-
começar a funcionar. Se esta luz per­ma­ • Se a luz acender ou piscar enquanto ma com os airbags laterais. Esta luz so-
necer acesa com o motor ligado, é sinal estiver dirigindo. mente indica que o sistema foi desativado
de que a bateria não está sendo carregada. automaticamente, para evitar que o airbag
Procure uma Concessionária Autorizada Se ocorrer qualquer destas indicações, os lateral do passageiro seja acionado inde-
Honda imediatamente. airbags e os tensionadores dos cintos de vidamente.
segurança podem não estar funcionando
Indicador do sistema suple- adequadamente quando você precisar O assento do passageiro dianteiro possui
mentar de segurança – SRS deles. um sistema que detecta a posição do
A luz do SRS alerta o motorista ocupante. Este sistema envia sinais para a
quanto a problemas potenciais com os unidade de controle, com informações da
! ATENÇÃO posição e altura do passageiro dianteiro.
airbags, sensores ou tensionadores dos
cintos de segurança. Ignorar a luz do SRS pode resultar em Se a unidade de controle detectar que o
ferimentos graves ou fatais se o siste- ocupante está no trajeto de insuflamento
Ao colocar o interruptor de ignição na po- ma dos airbags e dos tensionadores do airbag lateral, a luz de advertência do
sição II (ligada), esta luz acende por vários dos cintos de segurança não funcio- airbag lateral irá acender no painel de
segundos e então apaga. Isto informa se nar adequadamente. instrumentos, desativando o airbag lateral
o sistema está funcionando adequada- do passageiro.
mente. Leve o veículo para inspeção do
sistema em uma Concessionária
Se a luz acender em qualquer outro momen- ! CUIDADO
Autorizada Honda o mais rápido
to ou não acender, inspecione o sistema possível se a luz do SRS alertar para O airbag lateral não será ativado caso
em uma Concessionária Autorizada Honda. um possível problema. o indicador de desligamento automá-
tico tenha sido acionado.

* Se equipado

3-4
Instrumentos e Controles

Se o passageiro do assento dianteiro Luz de advertência da pressão


permanecer por mais de 3 segundos in- ! CUIDADO do óleo
clinado ou relaxado para o lado, na área O passageiro do assento dianteiro não Esta luz se acenderá quando a ignição for
de acionamento do airbag lateral, a luz deve usar uma almofada ou qualquer ligada, apagando-se depois que o motor
irá acender no painel de instrumentos e outro objeto de descanso para as começar a funcionar.
somente irá se apagar quando o ocupante costas. Isso pode interferir no funcio-
acomodar-se corretamente. Neste caso, Se a luz se acender durante a condução do
namento adequado do sistema.
solicite que o passageiro sente-se de veículo, pare em um local seguro e desligue
maneira adequada, com as costas em po- o motor. Procure uma Concessionária Au-
sição vertical e bem apoiadas no encosto torizada Honda imediatamente.
do banco. (Para maiores informações consulte a Se-
Após o passageiro acomodar-se, a luz ainda ção 9 “Em caso de Emergência”)
permanecerá acesa por 3 a 4 segundos, e
então se apaga. Este intervalo de tempo
impede que a luz se acenda toda vez que Luz de advertência do ABS
o passageiro se mover, o que poderia inco- Esta luz acende por alguns segundos quan-
modar o motorista. do a ignição é ligada. Se esta luz acender
A luz deverá acender também quando a em qualquer outro momento, indica que
ignição for colocada na posição II (ligada), existe um problema no sistema ABS. Se isto
apagando-se após alguns segundos. Se ela acontecer, leve o veículo a uma Conces-
não acender, permanecer acesa ou acender sionária Autorizada Honda para o sistema
enquanto o veículo estiver em movimento ser inspecionado. Com esta luz acesa, o
sem um passageiro no banco dianteiro, leve veículo ainda mantém a sua capacidade de
o veículo para ser inspecionado em uma frenagem, porém sem o sistema ABS.
Concessionária Autorizada Honda.

3-5
Instrumentos e Controles

Indicador do sistema Luz de advertência do freio de Indicador de nível baixo do


imobilizador estacionamento e do sistema tanque de combustível
O indicador acende brevemente quando a de freio O indicador está localizado no medidor de
ignição é ligada. O indicador apaga quando Esta luz possui duas funções: combustível. Ele acende para alertar que o
a chave codificada é inserida na ignição. 1. Acende-se para adverti-lo de que o freio reservatório de combustível deve ser rea-
Se não for uma chave corretamente codi- de estacionamento não foi totalmente bastecido o mais breve possível. Quando o
ficada, o indicador piscará e o sistema de desacionado. Dirigir o veículo com o indicador acende, no reservatório de com-
combustível será desabilitado. freio de estacionamento acionado pode bustível ainda restam aproximadamente
danificar os freios e pneus, além de 8,6 l de combustível, antes de ser indicado
desativar o sistema ABS. Essa luz se E (vazio).
acenderá quando a ignição for colocada
na posição II (ligada).
2. A luz também pode indicar que o nível do
fluido de freio está baixo, se permanecer
acesa após o freio de estacionamento
ser liberado ou se acender durante a
condução do veículo. Isso normalmente
acontece devido ao desgaste excessivo
das pastilhas. Dirija-se à sua Concessio-
nária Autorizada Honda para verificar se
as pastilhas do freio estão desgastadas
ou se existe vazamento de fluido.
(Para maiores informações consulte a Se-
ção 9 “Em caso de Emergência”)

* Se equipado

3-6
Instrumentos e Controles

Indicador de porta aberta Indicador do sistema de


injeção eletrônica
Este indicador acende quando alguma por- Esta luz se acenderá por alguns segundos
Luzes indicadoras dos sinalizadores de
ta ou tampa traseira não estiver totalmente quando o interruptor de ignição for ligado.
direção e do sinalizador de advertência
fechada. Se esta luz se acender durante a condu-
ção do veículo, isso significa que existe Os sinalizadores piscam no painel de ins-
algum problema no motor ou nos sistemas trumentos para indicar mudança de pista
de injeção eletrônica ou de controle de para a direita ou para a esquerda. Se a
emissões. seta não piscar ou piscar rapidamente,
Se esta luz se acender, estacione o veículo indica normalmente que uma das lâmpadas
em um local seguro e desligue o motor. indicadoras de direção está queimada (con-
Em seguida, ligue-o novamente. Se a luz sulte a Seção 7 “Substituição das lâmpadas
permanecer acesa, dirija-se a uma Con- dos sinalizadores de direção dianteiros”).
cessionária Autorizada Honda o quanto Substitua a lâmpada queimada o mais rá-
antes. Dirija em baixa velocidade e evite pido possível, pois os outros motoristas não
aceleração total. podem ver que você está sinalizando.

Se a luz de advertência se acender com Quando o sinalizador de advertência é


freqüência, mesmo que tenha efetuado os acionado, ambas as setas indicadoras de
procedimentos descritos, dirija-se a uma direção piscam no painel de instrumentos.
Concessionária Autorizada Honda para Todas as luzes indicadoras de direção ex-
efetuar uma inspeção no sistema. ternas do veículo também piscam.

(Para maiores informações consulte a Se- Luz indicadora do


ção 9 “Em caso de Emergência”) farol alto
Esta luz se acenderá quando os
fachos altos dos faróis estiverem acesos
ou quando o lampejador do farol for acio­
nado.

3-7
Instrumentos e Controles

Indicador de Luz indicadora do sistema


luzes acesas da direção eletricamente
Luz indicadora do sistema de segurança
Este indicador alerta que as luzes externas assistido
estão ligadas. O indicador acende quando Esta luz acende quando a ignição é ligada
o interruptor das luzes estiver na posição “ e apaga quando é dada a partida no motor.
” ou “ ”. Se a ignição for colocada Se ela acender em qualquer outro momen-
na posição I (acessórios) ou 0 (trava) sem to, indica problema no sistema da direção
que as luzes sejam desligadas, o indicador elétrica. Se isto acontecer, pare o veículo
permanecerá aceso. Um alerta sonoro tam- em um local seguro e desligue o motor.
bém será acionado se a porta do motorista Zere o sistema dando a partida novamente
for aberta e a chave removida da ignição. no motor. A luz indicadora não apagará
imediatamente, desta forma conduza o
Indicador do farol de neblina veículo por alguns quilômetros e olhe a
dianteiro* luz EPS. Se ela não apagar ou se voltar a
Luz indicadora do sistema de segurança acender com o veículo em movimento, leve
Este indicador acende quando o
Esta luz piscará quando o sistema de se- o veículo a uma Concessionária Autorizada
farol de neblina é ligado.
gurança estiver acionado. Honda para ser inspecionado. Com a luz
ligada, o sistema da direção elétrica está
Luz indicadora de controle (Para maiores informações consulte a Se- desligado, deixando o veículo mais difícil
das luzes* ção 4 “Sistema de Segurança”) de ser dirigido.
Esta luz indicadora normalmente
acende por alguns segundos quando você
coloca o interruptor de ignição na posição II
(Ligada). Se ela acender em qualquer outra
ocasião, existe um problema com o sistema
de controle automático de iluminação (con-
sulte nesta Seção “Alavanca combinada de
controle das luzes e sinalizadores de dire-
ção”). Leve o veículo o mais rápido possível
para inspeção em uma Concessionária
Autorizada Honda.

* Se equipado

3-8
Instrumentos e Controles

Indicador do sistema de Indicador de ativação do VSA* Indicador do lembrete de uso


assistência à estabilidade do do cinto de segurança
veículo (VSA)* Este indicador acende quando o motor é
Esta luz tem três funções:
Normalmente esta luz acende por alguns ligado. Ele é um lembrete para o motorista
segundos quando o interruptor de ignição 1. Ela acende como um lembrete de que o colocar o cinto de segurança.
é colocado na posição II (ligada). sistema de assistência à estabilidade do
Um alerta sonoro será ouvido, se o cinto de
veículo (VSA) foi desligado.
Se ela acender e permanecer acesa em segurança não for colocado.
qualquer outro momento, ou não acender 2. Ela pisca quando o VSA está ativo (con-
Se o motor é ligado antes que o motorista
quando o interruptor de ignição é colocado sulte na seção 6 “Sistema de assistência
coloque o cinto de segurança, o alerta
na posição II (ligada), existe um problema à estabilidade do veículo (VSA)”).
sonoro será acionado e a luz indicadora
no sistema VSA. Leve o veículo para ins- 3. Ela acende junto com a luz do sistema piscará. Se o cinto de segurança não for
peção em uma Concessionária Autorizada VSA se existir um problema no sistema colocado antes do alerta sonoro parar, o
Honda. Sem o VSA, seu veículo ainda tem VSA. indicador para de piscar, porém permanece
condição normal de condução, porém sem aceso.
o controle de tração VSA e a melhoria da Normalmente esta luz acende por al-
estabilidade. Consulte na seção 6 “Sistema guns segundos quando o interruptor Se o motorista não estiver usando o cinto
de assistência à estabilidade do veículo de ignição é colocado na posição II de segurança com o veículo em movi-
(VSA)” para maiores informações sobre o (ligada). Consulte na seção 6 “Sistema mento, o alerta sonoro será acionado e o
sistema VSA. de assistência à estabilidade do veículo indicador piscará novamente em intervalos
(VSA)” para maiores informações sobre regulares.
o sistema VSA.

* Se equipado

3-9
Instrumentos e Controles

Indicador principal do Indicador do controle do


controle de cruzeiro cruzeiro
Este indicador acende quando o sistema Este indicador acende quando o controle
de controle de cruzeiro é ligado através do de cruzeiro é ativado.
botão CRUISE. (Para maiores informações consulte na
seção 4 “Controle de Cruzeiro”).

3-10
Instrumentos e Controles

Velocímetro
A velocidade é indicada em km/h.
A desativação do velocímetro através do
Consumo atual desligamento de seu cabeamento elétrico,
de combustível mesmo que temporária, poderá provo-
Indicador da
temperatura externa car sérias avarias na transmissão de seu
Computador de bordo Honda, além de não permitir o controle da
Velocímetro
Consumo médio velocidade do veículo, infringindo o Código
Tacômetro Hodômetro/Autonomia
de combustível de combustível
de Trânsito Brasileiro.
Com o velocímetro desativado, a unidade
eletrônica de controle do veículo estará
interpretando que o veículo poderá estar
parado, permitindo eventualmente que a
marcha à ré seja selecionada, mesmo com
o veículo se deslocando à frente em alta
velocidade. Se isso ocorrer, há grande risco
de acidentes e inevitável comprometimento
da transmissão.
Caso seja constatado o desligamento do
velocímetro, a garantia do veículo será
automaticamente cancelada.
Tacômetro
Indica a velocidade do motor em rotações
Hodômetro parcial
por minuto (rpm). A leitura correta é feita
multiplicando-se o número indicado por
Indicador de Indicador de Botão de 1000.
combustível temperatura seleção/reajuste Para evitar danos ao motor, nunca conduza
o veículo com o ponteiro do tacômetro na
zona vermelha.

3-11
Instrumentos e Controles

Consumo atual de combustível

Computador de bordo Consumo atual de combustível


O computador de bordo consiste de 3 segmentos. O segmento superior indica o consu- O mostrador indica o consumo atual, ou
mo atual de combustível, o segundo segmento indica o hodômetro, o consumo médio de instantâneo, de combustível.
combustível e a autonomia do veículo, e o terceiro segmento indica o hodômetro parcial. Ele indica o número de quilômetros/litro.
Para alterar o mostrador, pressione o botão de seleção/reajuste repetidamente. O último
modo selecionado será indicado quando o interruptor de ignição for colocado na posição
II (ligada).

3-12
Instrumentos e Controles

Hodômetro Autonomia de combustível Hodômetro parcial


O hodômetro registra a distância total per- (Distância estimada) O hodômetro parcial registra a distância
corrida em quilômetros. Esta função indica a distância estimada percorrida pelo veículo em um determinado
que pode ser percorrida com o combustível trajeto.
Consumo médio de combustível
remanescente no tanque. Existem dois hodômetros parciais: A e B.
Quando um dos hodômetros parciais
A distância é estimada com base na Para selecionar um dos hodômetros, pres-
(A ou B) for selecionado, o consumo médio
economia de combustível alcançada nos sione o botão de seleção/reajuste repetida-
de combustível, desde a última vez que o
últimos quilômetros e, portanto, poderá mente. Os hodômetros parciais funcionam
hodômetro parcial foi zerado, poderá ser
variar de acordo com mudanças na veloci- de forma independente, portanto poderão
indicado no computador de bordo (km/litro).
dade, condições do tráfego etc. ser monitorados dois trajetos diferentes.
Esse número é atualizado uma vez a cada
10 segundos. Para visualizar o consumo Quando o interruptor de ignição for ligado
médio de combustível, pressio­ne e solte o (posição II), será apresentado o mostrador
botão de seleção/reajuste repetidamente. selecionado por último.
Quando o hodômetro parcial é zerado, o Para zerar o hodômetro parcial, selecione-o
consumo médio de combustível para esse e, a seguir, pressione e mantenha pressio-
hodômetro parcial também é zerado. nado o botão de seleção/reajuste até o
número “0.0” ser indicado.

3-13
Instrumentos e Controles

O sensor atrasa a atualização do mostrador


até atingir a temperatura externa correta.
Isso pode levar alguns minutos.
Se a temperatura externa for indicada de
forma incorreta, você poderá ajustá-la em
até 3°C para mais ou menos.

! ATENÇÃO
A temperatura deve estar estabili-
zada antes de efetuar este proce-
dimento.
Indicador da temperatura externa

Indicador de temperatura externa Para ajustar o mostrador da temperatura


Este indicador mostra a temperatura exter- externa, pressione o botão de seleção/
na em graus Celsius. Para ver a temperatura reajuste por 10 segundos. O mostrador
externa, pressione e solte o botão SEL/ será alterado conforme mostrado acima.
RESET até a temperatura ser indicada no Selecione o indicador da temperatura ex-
display. terna girando o botão de seleção/reajuste.
Quando o mostrador começar a piscar,
O sensor de temperatura externa está loca- pressione o mesmo botão para iniciar o
lizado no para-choque dianteiro. Portanto, ajuste e então gire-o para regular a tempe-
a leitura da temperatura pode ser afetada ratura. A seguinte sequência será indicada:
pelo reflexo quente da superfície da rodovia 0, 1, 2, 3, -3, -2, -1, 0.
e pela exaustão do tráfego ao redor. Isto
pode causar uma leitura incorreta quando
o veículo estiver em velocidade inferior a
30 km/h.

3-14
Instrumentos e Controles

Quando atingir o valor desejado, pressione Indicador de combustível Indicador de temperatura


o botão de seleção/reajuste para finalizar Indica a quantidade de combustível no Este medidor indica a temperatura do lí-
o ajuste. A nova temperatura deverá ser tanque. Pode haver uma pequena variação quido de arrefecimento do motor. Durante
indicada. entre a quantidade indicada e a real. o funcionamento normal, o indicador deve
Em determinadas condições do tempo, a estar no meio do medidor. Em condições
indicação de leituras próximas a tempera- ! ATENÇÃO severas de condução, o indicador pode
turas de congelamento (0°C) pode apon­tar ficar próximo da marca vermelha. Se o
para a formação de gelo na superfície das Evite dirigir quando o nível do com- indicador ficar dentro da marca vermelha,
pistas. bustível estiver excessivamente pare o veículo em local seguro e desligue o
baixo. A falta de combustível poderá motor. Espere o motor esfriar e verifique o
causar falha do motor, danificando o nível do líquido de arrefecimento no reser-
catalisador. vatório. (Consulte a seção 5 “Inspeção do
nível do líquido de arrefecimento”).

3-15
Instrumentos e Controles

Controles e dispositivos

Alavanca dos limpadores/


Botão de controle lavador do para-brisa
da luminosidade do painel
Faróis/Sinalizadores de de instrumentos
direção/Farol de neblina*2 Interruptor do sinalizador de advertência

Interruptor de desativação Botões do controle de cruzeiro


do sistema VSA*2
Entrada auxiliar (modelo LX)

Interruptor do desembaçador
do vidro traseiro
Controle dos espelhos retrovisores

Controle remoto do
sistema de áudio*2
Buzina*1

Alavanca de ajuste da posição


do volante de direção

Pedal do freio de
estacionamento Soquete de alimentação
para acessórios
Entrada auxiliar
(modelo EXL)

*1: Para usar a buzina, pressione o centro do volante de direção.


*2 Se equipado

3-16
Instrumentos e Controles

Sinalizadores de direção Farol alto e farol baixo


Movimente a alavanca para baixo ou para Empurre a alavanca do controle das luzes
cima para sinalizar uma curva. Para sinalizar para a frente, até ouvir um “clic” para ligar
a mudança de pista, pressione levemente os faróis altos. O indicador azul de farol alto
a alavanca para a direção apropriada e acenderá no painel de instrumentos. Puxe
mantenha-a nesta posição. A alavanca a alavanca do controle das luzes para trás
retornará para o centro quando for liberada para retornar para o farol baixo.
ou completar a curva. Para um lampejo de farol alto, puxe a ala-
Faróis vanca levemente para trás e libere-a em
Coloque o controle giratório na posição seguida. O farol alto permanecerá aceso
“ ” para ligar as lanternas, as luzes durante todo o tempo em que a alavanca
traseiras, a luz do painel de instrumentos e permanecer puxada para trás.
MPCBR0281
a luz da placa de licença traseira.
ALAVANCA COMBINADA DE Coloque o controle giratório na posição
CONTROLE DAS LUZES e “ ” para ligar os faróis.
sinalizadores de direção
Quando o controle giratório está na posi-
1. Sinalizador de direção ção “ ” ou “ ”, o indicador de luzes
2. OFF (desligado) ligadas acende como um lembrete.
3. Lanternas e luzes internas O indicador de luzes ligadas permanece
aceso se as luzes estiverem acesas e a
4. AUTO* ignição estiver na posição I (Acessórios)
5. Farol ou 0 (Trava).
6. Farol alto Se a chave for removida da ignição com as
luzes ligadas, será ouvido um alerta sonoro
7. Lampejador do farol alto
quando a porta do motorista for aberta.

* Se equipado

3-17
Instrumentos e Controles

AUTO* - A função iluminação automática Mesmo com a função iluminação automáti-


acende os faróis, todas as outras luzes ca ligada, recomendamos que você acenda Sensor de iluminação*
externas e as luzes do painel de instrumen- as luzes manualmente ao dirigir à noite ou
tos quando ela percebe uma luz ambiental em uma neblina muito espessa, ou ao entrar
fraca. em áreas escuras tais como túneis longos
Para ligar a iluminação automática, coloque ou estacionamentos.
o interruptor das luzes na posição AUTO Não deixe o interruptor das luzes na posição
a qualquer momento. As luzes acenderão AUTO se você não for dirigir o veículo por
automaticamente quando o nível externo de um período longo (uma semana ou mais).
iluminação ficar fraco (ao anoitecer, por exem- Você também deve desligar as luzes se
plo). O indicador de luzes acesas se acende pretender deixar o motor em marcha lenta
como lembrete. As luzes e a luz indicadora ou desligado por um longo período.
apagam automaticamente quando o sistema Se existir um problema com o sistema de
percebe uma luz ambiental alta. iluminação automática, a luz indicadora de
A função de iluminação automática é
As luzes apagam automaticamente quando controle das luzes acende (consulte nesta
controlada por um sensor localizado no
você colocar o interruptor de ignição na Seção “Luzes indicadoras e de advertên-
para-brisa, perto do retrovisor interno. Não
posição 0 (Trava). Para ligar novamente co- cia”). Leve o veículo o mais rápido possível
cubra esse sensor nem espirre líquidos
loque o interruptor de ignição na posição II para inspeção em uma Concessionária
sobre ele.
(Ligada), ou coloque o interruptor das luzes Autorizada Honda.
na posição .

* Se equipado

3-18
Instrumentos e Controles

Interruptor do farol
de neblina dianteiro Botão de controle da luminosidade do
MPCBR0282 painel de instrumentos

Farol de neblina dianteiro* CONTROLE DA Luminosidade do A luminosidade é indicada em seis níveis no


O interruptor do farol de neblina dianteiro painel de instrumentos mostrador. Ao girar o botão, o mostrador
está localizado próximo ao interruptor dos A luminosidade do painel de instrumen- do hodômetro mudará para círculos que
faróis. O farol de neblina dianteiro pode ser tos somente poderá ser mudada com o indicam o nível atual. Um bipe soará quando
ligado quando o interruptor de controle das interruptor de ignição ligado (posição II) a luminosidade atingir o nível máximo ou
luzes estiver na posição ou . e o interruptor do farol acionado. mínimo. O mostrador retor­nará ao modo
do hodômetro 5 segundos após terminar o
Para ligar o farol de neblina dianteiro, gire Gire o botão na parte inferior do painel de ajuste da luminosidade.
o interruptor para cima, a partir da posição instrumentos para ajustar a luminosidade.
OFF (desligado). Para reduzir a luminosidade à noite, a ilumi-
nação do painel de instrumentos é reduzida
O indicador , no painel de instrumentos, quando o interruptor do farol é colocado na
acende para indicar que o farol de neblina posição ou os faróis são acesos. Girar
está ligado. o botão de seleção/reajuste totalmente à
direita até ouvir um bipe cancelará a lumi-
nosidade reduzida.

* Se equipado

3-19
Instrumentos e Controles

Empurre a alavanca para cima ou para baixo LO – Os limpadores funcionam em


para selecionar a posição. velocidade baixa.
MIST – Os limpadores funcionam em HI – Os limpadores funcionam em
velocidade alta até a alavanca ser velocidade alta.
liberada.
Lavador do para-brisa
OFF – Limpadores desligados.
INT – Os limpadores funcionam de Puxe a alavanca de controle do limpador em
modo intermitente. sua direção e mantenha-o nesta posição.
O lavador funcionará até a alavanca ser
Para variar o tempo dos intervalos,
liberada. Os limpadores funcionarão em
gire o anel ADJ*, localizado no
interruptor do limpador/lavador velocidade baixa, após completar um ou
Anel de ajuste*
do para-brisa. mais ciclos de limpeza, depois da alavanca
ser liberada.
Se o veículo exceder a velocidade
de 20 km/h e o anel ADJ estiver
Limpadores do para-brisa ajustado no intervalo mínimo
1. MIST (posição ), o funcionamento
dos limpadores mudará de inter-
2. OFF (desligado) mitente para contínuo em baixa
3. INT – Intermitente (AUTO*) velocidade.
4. LO – Velocidade baixa
5. HI – Velocidade alta
6. Lavador do para-brisa

* Se equipado

3-20
Instrumentos e Controles

Quando a alavanca do limpador está na


posição “LO” (velocidade baixa) ou “HI” (ve-
locidade alta), os limpadores do para-brisa
funcionam naquela velocidade. A detecção
automática é cancelada.

Anel de ajuste*

Limpadores Intermitentes Automáticos Para variar o tempo dos intervalos, gire


(AUTO)* o anel ADJ, localizado no interruptor do
O sistema de limpadores intermitentes au- limpador/lavador do para-brisa.
tomáticos detecta a chuva e liga automati-
camente os limpadores do para-brisa. Para
permitir essa detecção, empurre a alavanca
para baixo e selecione AUTO.
Quando o sistema detecta a chuva, ele liga
os limpadores do para-brisa e regula a ve-
locidade (intermitente, velocidade baixa ou
alta), dependendo da intensidade da chuva.
Somente o funcionamento intermitente está
disponível quando a velocidade do veículo
é inferior a 10 km/h.

* Se equipado

3-21
Instrumentos e Controles

4. O interruptor também pode ser girado


Sensor de chuva* no sentido anti-horário para acionar o
lavador e ligar o limpador.
Quando a transmissão é colocada em
mar­cha à  ré com o limpador do para-brisa
ligado, o limpador do vidro traseiro fun-
cionará automaticamente mesmo que o
interruptor do limpador do vidro traseiro
esteja desligado.
Quando a alavanca dos limpadores diantei-
ros é colocada na posição INT, o limpador
traseiro funciona intermitentemente. Quan-
Anel de ajuste*
do a alavanca dos limpadores dianteiros é
colocada na posição LO ou HI, o limpador
O sensor de chuva está localizado no Limpador e lavador do vidro
traseiro funciona continuamente.
para-brisa, perto do retrovisor interno. Se traseiro
o sensor estiver coberto por lama, óleo, O lavador do vidro traseiro usa o mesmo
1. OFF
poeira etc., os limpadores podem não fun- fluido do reservatório do lavador do para-
Quando o interruptor do limpador for
cionar adequadamente ou ser acionados brisa.
colocado na posição OFF, o limpador
inesperadamente. retornará para a posição de descanso.
! Atenção 2. Gire o interruptor no sentido horário
para ligar o limpador do vidro traseiro.
Não posicione a alavanca do limpador
O limpador entrará em funcionamento.
em AUTO ao dirigir o veículo em um
lava-rápido. Desligue o sistema quan- 3. Gire e mantenha o interruptor uma po-
do não estiver sendo usado. sição à frente da posição ON para que
o limpador efetue alguns movimentos
e o lavador esguiche água no vidro
traseiro.

* Se equipado

3-22
Instrumentos e Controles

Interruptor do sinalizador de advertência

Sinalizador de advertência Desembaçador do vidro Ajuste do volante DE DIREÇÃO


Pressione o interruptor vermelho para acio­ traseiro 1. Empurre totalmente para baixo a ala-
nar os sinalizadores de advertência. Isso O desembaçador do vidro traseiro elimina a vanca, localizada abaixo da coluna de
fará piscar todos os sinalizadores de dire- névoa no vidro. Pressione o interruptor para direção.
ção externos e as duas luzes indi­ca­doras ligar ou desligar o desembaçador do vidro
traseiro. A luz indicadora no interruptor per- 2. Mova o volante de direção para cima ou
no painel de instrumentos. para baixo e para a frente ou para trás,
manecerá acesa durante o funcionamento
do desembaçador. além de aproximá-lo ou afastá-lo do pai-
! ATENÇÃO nel. Verifique se, na posição ajustada, é
Quando a ignição for desligada, o desem-
possível ver os medidores e indicadores
O sinalizador de advertência de­ve­rá baçador será desativado. O desembaça­dor
no painel de instrumentos.
ser usado somente em caso de emer- deverá ser ligado novamente quando o
gência e com o veículo parado. motor entrar em funcionamento.
Certifique-se de que o vidro traseiro esteja
desembaçado e que a visibilidade seja ade-
quada antes de conduzir o veículo.
Os filamentos do desembaçador estão
localizados na parte interna do vidro. Seja
cuidadoso para não danificá-los durante a
limpeza do vidro.
3-23
Instrumentos e Controles

3. Empurre a alavanca para cima para tra-


! CUIDADO
var o volante na posição selecionada. Plaqueta
com o
4. Verifique se o volante está firmemente Ajustar a posição do volante de dire- código da
travado, tentando movê-lo para cima e ção, durante a condução, poderá re- chave Chave com
sultar em perda de controle do veículo transmissor
para baixo e para dentro e para fora do
painel. e ferimentos graves.
Ajuste o volante de direção somente
com o veículo parado.

Chaves
Duas chaves de ignição acompanham seu
veículo. Guarde uma em local seguro, longe
do veículo, como sobressalente. As chaves
são utilizadas para ignição e todas as travas
do veículo:
• Ignição;
• Portas;
• Porta-luvas.

3-24
Instrumentos e Controles

A etiqueta com o número, fornecida com As chaves estão equipadas com circuitos Sistema imobilizador
a chave de ignição, é necessária para uma eletrônicos que são ativados pelo sistema O sistema imobilizador protege o veículo de
possível reposição da chave, em caso de imobilizador. Se os circuitos estiverem furto. Se uma chave codificada incorreta-
perda. Esta reposição somente deve ser danificados não será possível dar partida mente (ou outro instrumento) for usada, o
feita em uma Concessionária Autorizada no motor. sistema de combustível é desabilitado.
Honda.
• Proteja as chaves da luz direta do sol, Ao girar a ignição para a posição II (ligada),
temperatura alta e umidade alta. o indicador do sistema imobilizador acende
• Evite derrubar as chaves ou colocá-las brevemente, depois apaga. Se o indicador
sobre objetos duros. começar a piscar, indica que o sistema
não está reconhecendo a codificação da
• Mantenha as chaves longe de líquidos.
chave. Gire a chave para a posição 0 (tra-
Se elas caírem na água, seque-as ime- va), remova a chave, insira a chave e gire a
diatamente com um pano macio. chave na ignição para a posição II (ligada)
novamente.

3-25
Instrumentos e Controles

O sistema pode não reconhecer a codifica-


! ATENÇÃO
ção da chave se uma outra chave codifica-
da ou um objeto de metal estiver próximo Para os veículos equipados com
da ignição quando a chave for inserida na transmissão automática poderá ocor-
ignição. rer o aquecimento moderado da chave
Se o sistema não reconhecer a chave co- de ignição. Este aquecimento é abso-
dificada do veículo repetidas vezes, entre lutamente normal e não caracteriza
em contato com uma Concessionária Au- irregularidades no sistema.
torizada Honda. O aquecimento ocorre devido ao fluxo
Não tente alterar o sistema ou acrescentar magnético gerado nesta região para
outros instrumentos a ele. Isto poderá re- reter a chave no interruptor de ignição,
sultar em problemas elétricos. caso a alavanca seletora não esteja na
posição “P” (estacionamento).
Em caso de perda da chave, entre em con-
tato com o sua Concessionária Autorizada Este sistema antifurto é homologado pela
Honda. Agência Nacional de Telecomunicações
(ANATEL), sob o código 1107.06.3333.

3-26
Instrumentos e Controles

1. Posição 0 (trava do volante) 2. Posição I (Acessórios)


A chave somente pode ser inserida ou Nesta posição você pode utilizar o siste-
removida nesta posição. ma de áudio e o soquete de alimentação
Para passar para a posição I, a partir da para acessórios.
posição 0, gire a chave, pressionando-a 3. Posição II (Ligada)
levemente, como se fosse ligar a ignição. Esta é a posição normal da chave com
Se o seu veículo está equipado com o veículo em movimento. Todas as fun-
transmissão automática, a alavanca ções e acessórios do veículo podem ser
seletora deve estar na posição P (esta- usados.
cionamento). A trava antifurto irá travar
a coluna da direção quando a chave for Algumas luzes no painel de instrumen-
removida. tos acendem, como uma verificação,
quando a ignição passa da posição I
Se as rodas dianteiras estiverem total- (acessórios) para II (ligada).
Interruptor da ignição mente giradas para um lado, a trava
antifurto pode, algumas vezes, dificultar
A ignição tem 4 posições:
o movimento da chave da posição 0 para
0 = Trava do volante I. Gire firmemente o volante de direção
I = Acessórios para a esquerda ou para a direita, en-
quanto gira a chave.
II = Ignição ligada
III = Partida do motor

3-27
Instrumentos e Controles

4. Posição III (Partida do motor) Todas as portas podem ser travadas e


Use esta posição somente para dar
Travar destravadas através do controle remoto.
partida no motor. A ignição retorna para
! ATENÇÃO
a posição II (ligada) quando você solta
a chave. Destravar a porta do motorista com
Se a chave é deixada na ignição, na po- a chave dispara o sistema de segu-
sição 0 (trava) ou posição I (acessórios), rança. Certifique-se de destravar
e a porta do motorista é aberta será sempre as portas com o controle
ouvido um alerta sonoro para lembrar remoto.
de remover a chave da ignição. O sistema de segurança só pode ser
Ao remover a chave da ignição o alerta Destravar cancelado com o controle remoto.
Indicador vermelho
sonoro é desligado e o símbolo de ad- Destravar a porta do motorista com
vertência apaga. a chave não cancela o sistema de
Se o veículo é equipado com transmissão Portas segurança.
automática, a alavanca seletora deve ser O sistema de segurança é ativado
Trava elétricas das portas
colocada na posição P (estacionamento) após travar as portas com o botão
antes de remover a chave da ignição. Todas as portas possuem um botão-trava trava da porta do motorista ou o
acima da maçaneta interna da porta. Para interruptor de travamento principal
! CUIDADO travar ou destravar uma porta, empurre seu da porta.
botão-trava para a frente ou para trás.
Remover a chave da ignição com o
veículo em movimento trava o volante Quando a porta estiver destravada, é
de direção. Isto causará a perda de pos­sível ver o indicador vermelho sobre o
controle do veículo. botão-trava.

Somente remova a chave da ignição Para travar as portas dos passageiros ao


com o veículo totalmente parado. sair do veículo, puxe o botão-trava para
trás e feche a porta. Para travar a porta do
motorista, remova a chave da ignição, puxe
e segure a maçaneta externa da porta e
puxe o botão-trava para trás. Em seguida,
feche a porta.

3-28
Instrumentos e Controles

Prevenção de travamento Travamento e destravamento


Travar Com qualquer porta ou a tampa traseira automático das portas
Destravar
aberta e a chave na ignição, o travamento O veículo está equipado com ajustes perso-
através do interruptor principal das travas nalizados para travar e destravar as portas
das portas fica desativado. O botão-trava e a tampa traseira automaticamente. Existe
na porta do motorista não fica desativado um ajuste padrão para cada uma dessas
se a porta do motorista estiver fechada. O funções. O ajuste pode ser desligado ou
botão-trava em cada uma das portas trava alterado para as funções, conforme descrito
e destrava aquela porta. Pressionando o a seguir.
botão-trava na porta do motorista, todas Para personalizar o ajuste, o veículo deve
as portas são travadas. estar estacionado em lugar seguro, o mo-
Interruptor principal das travas das portas Para travar qualquer uma das portas do tor desligado e o freio de estacionamento
passageiro, pelo lado de fora, pressione acionado. Os ajustes somente podem
o botão-trava, posição travado, e feche ser feitos antes de colocar o veículo em
Para travar as portas e a tampa traseira, movimento.
a porta. Para travar a porta do motorista,
empurre a parte superior do interruptor
puxe e segure a maçaneta externa da porta, Travamento automático das portas
principal das travas das portas, localizado
depois pressione o botão-trava, posição
em ambas as portas dianteiras, puxe o A função trava automática das portas
travado. Solte a maçaneta e, em seguida,
botão-trava para trás na porta do motorista, possui três ajustes possíveis:
feche a porta.
ou use a chave na fechadura externa da
porta do motorista. • O travamento automático da porta está
desativado.
Ao travar as portas com o controle remoto,
com a chave ou o botão trava, todos os • As portas travam automaticamente
sinalizadores de direção externos e ambos sempre que a alavanca seletora é movi-
os indicadores do painel de instrumentos da da posição P (estacionamento) para
piscam três vezes, para verificar se as por- outra posição (veículos com transmissão
tas e a tampa traseira estão travadas e se o automática).
sistema de segurança foi ajustado (consulte • As portas travam quando o veículo
na seção 4 “Sistema de Segurança”). alcança a velocidade de 15 km/h.
Este é o ajuste padrão.

3-29
Instrumentos e Controles

4. Pressione e mantenha pressionada a


parte superior do interruptor principal
das travas das portas na porta do mo-
torista. Um clique será ouvido e após
5 segundos será ouvido um outro
clique.
5. Solte o interruptor principal e gire o
interruptor de ignição para a posição I
(acessórios) em 5 segundos.

Para programar o modo de travamento Para desligar o modo de travamento


automático com a alavanca seletora automático das portas:
fora da posição P 1. Certifique-se que a alavanca seletora
Trava todas as portas e a porta tampa esteja na posição P (estacionamento) e
quando a alavanca seletora é deslocada abra a porta do motorista.
da posição P (estacionamento). 2. Gire a chave na ignição para a posição
1. Certifique-se de que a alavanca seletora II (ligada).
esteja na posição P (estacionamento) e 3. Acione o freio de estacionamento.
feche a porta do motorista.
4. Pressione e mantenha pressionado o
2. Gire o interruptor de ignição para a po- lado superior do interruptor principal da
sição II (ligada). trava da porta, localizado na porta do
3. Acione o freio de estacionamento. motorista. Será ouvido um clique após
5 segundos.
5. Solte o interruptor e gire a chave na igni-
ção para a posição I (acessórios), dentro
de 5 segundos.

3-30
Instrumentos e Controles

4. Pressione e mantenha pressionado o Destravamento automático das portas


pedal do freio e, em seguida, desloque A função de destravamento automático das
a alavanca seletora da posição P (esta- portas possui cinco ajustes possíveis:
cionamento)
• A porta do motorista destrava ao mover
5. Pressione e mantenha pressionada a a alavanca seletora para a posição P (es-
parte superior do interruptor principal tacionamento). Este é o ajuste padrão.
das travas das portas na porta do
motorista. Um clique será ouvido e • Todas as portas e a tampa traseira des-
após 5 segundos será ouvido um outro travam toda vez que a alavanca seletora
clique. é movida para a posição P (estacio­
namento).
6. Solte o interruptor principal, gire o in-
terruptor de ignição para a posição I • A porta do motorista destrava toda vez
(acessórios) em 5 segundos e mova que o interruptor de ignição é girado para
a alavanca seletora para a posição P a posição I (acessórios).
Para programar o modo de travamento
(estacio­namento). • Todas as portas e a tampa traseira
automático com a velocidade do
veículo: destravam sempre que o interruptor de
ignição é girado para a posição I (aces-
Trava todas as portas e a tampa traseira sórios).
quando a velocidade do veículo atinge
15 km/h. • O destravamento automático das portas
é desativado a qualquer momento.
1. Certifique-se de que a alavanca seletora
esteja na posição P (estacionamento) e
feche a porta do motorista.
2. Gire o interruptor de ignição para a po-
sição II (ligado).
3. Acione o freio de estacionamento.

3-31
Instrumentos e Controles

5. Pressione e mantenha pressionada a


parte inferior do interruptor principal das
travas das portas na porta do motorista.
Um clique será ouvido. Continue pres-
sionando o interruptor:
Até ouvir um segundo clique (após apro-
ximadamente 5 segundos) para ativar a
função de destravamento da porta do
motorista.
Ou até ouvir um terceiro clique (após
aproximadamente 10 segundos) para
ativar a função de destravamento de
todas as portas e tampa traseira.
Para programar o modo de 6. Solte o interruptor principal, gire o Para desligar os modos de
destravamento automático das portas interruptor de ignição para a posição destravamento automático das portas
com a ignição na posição II: I (acessórios) em 5 segundos e mova
1. Certifique-se de que a alavanca sele­tora
a alavanca seletora para a posição P
Destrava a porta do motorista, ou todas as esteja na posição P (estacionamento) e
(estacionamento).
portas e a tampa traseira, quando o inter- abra a porta do motorista.
ruptor de ignição é deslocado da posição 2. Gire o interruptor de ignição para a po-
II (ligada). sição II (ligada).
1. Certifique-se de que a alavanca seletora 3. Acione o freio de estacionamento.
esteja na posição P (estacionamento) e
feche a porta do motorista. 4. Pressione e mantenha pressionada a
parte inferior do interruptor principal
2. Gire o interruptor de ignição para a po- das travas das portas na porta do mo-
sição II (ligado). torista. Um clique será ouvido e após
3. Acione o freio de estacionamento. 5 segundos será ouvido um outro
4. Pressione e mantenha pressionado o clique.
pedal do freio e, em seguida, desloque 5. Solte o interruptor principal e gire o
a alavanca seletora da posição P (esta- interruptor de ignição para a posição I
cionamento). (acessórios) em 5 segundos.

3-32
Instrumentos e Controles

3. Pressione e mantenha pressionada a


parte inferior do interruptor principal das Alavanca
travas das portas na porta do motorista.
Um clique será ouvido. Continue pres-
sionando o interruptor:
Até ouvir um segundo clique (após apro-
Destravar
ximadamente 5 segundos) para ativar a
função de destravamento da porta do
motorista.
Ou até ouvir um terceiro clique (após
aproximadamente 10 segundos) para Travar
ativar a função de destravamento de
todas as portas e tampa traseira.
Para programar o modo de 4. Solte o interruptor principal e gire o Travas de segurança para crianças
destravamento automático das portas interruptor de ignição para a posição I
As travas de segurança evitam que crianças
na posição P (acessórios) em 5 segundos.
sentadas no banco traseiro abram aci-
Destrava a porta do motorista ou todas as dentalmente as portas traseiras. As travas
portas e a tampa traseira, quando a ala- estão localizadas em cada uma das portas
vanca seletora é movida para a posição P traseiras (veja ilustração). Com a alavanca
(estacionamento). na posição travada, a porta não poderá ser
1. Certifique-se de que a alavanca sele­tora aberta pelo lado interno, independente da
esteja na posição P (estacionamento) e posição do botão-trava da porta. A porta
feche a porta do motorista. somente poderá ser aberta pelo lado de
fora através da maçaneta externa.
2. Gire o interruptor de ignição para a po-
sição II (ligada).

3-33
Instrumentos e Controles

taMPA traseira
A tampa traseira trava quando a porta do Alça interna
motorista é travada com a chave, controle Maçaneta
remoto, interruptor principal das travas
das portas ou o botão-trava da porta do
motorista.
Para destravar a tampa traseira, pressione
a parte inferior do interruptor principal das
travas das portas ou pressione o botão
“DESTRAVAR” duas vezes no controle
remoto.

Para abrir a tampa traseira, empurre a Mantenha sempre a tampa traseira fechada
maçaneta e levante-a. Para fechá-la, use a durante a condução, para evitar danificá-la
alça interna para puxá-la para baixo e, em e impedir a entrada de gases de escapa-
seguida, pressio­ne a borda traseira. mento no interior do veículo. Consulte na
seção 2 “Cuidado com os gases de esca-
pamento”.

3-34
Instrumentos e Controles

Alavanca de liberação

Travar

Destravar
Destravar
Botão
PANIC
(pânico)

Abertura manual da tampa traseira Empurre a alavanca de liberação para a Controle remoto
Abra a tampa traseira manualmente se o direita e para baixo, conforme mostrado. As portas podem ser travadas e destravadas
sistema das travas elétricas das portas Se for necessário abrir a tampa traseira através do controle remoto. Ao pressionar
não conseguir destravá-la. Neste caso, manualmente, isso indica que há um o botão “TRAVAR”, todas as portas serão
não é possível abrir a tampa traseira com problema com essa tampa. Procure sua travadas. As lanternas dianteiras e traseiras
a maçaneta. Concessionária Autorizada Honda para piscarão três vezes.
Para abrir a tampa traseira, acesse a ala- verificar o veí­culo. Quando o botão “DESTRAVAR” for pres-
vanca de liberação da porta no interior do sionado uma vez, somente a porta do
veículo. motorista será destravada e as lanternas
Coloque um pano na borda superior da dianteiras e traseiras piscarão uma vez. As
cobertura e, em seguida, utilize uma chave outras portas serão destravadas quando o
de fenda pequena para remover a cobertura botão for novamente pressionado.
na parte traseira da tampa.

3-35
Instrumentos e Controles

A luz do teto, com seu interruptor na posi- Modo “Pânico” Cuidados com o controle remoto
ção central, se acenderá quando o botão O modo “pânico” permite que o sistema de • Evite deixar cair ou arremessar o controle
“DESTRAVAR” for pressionado. Se nenhu- alarme do veículo seja ativado para chamar remoto.
ma das portas for aberta, a luz permanecerá a atenção. Quando ativado, a buzina será
acesa por cerca de 30 segundos. Se as • Proteja o controle remoto de temperatu-
acionada e as luzes exteriores se acenderão
portas forem novamente travadas com o ras extremas.
durante 30 segundos. Para ativar o modo
controle remoto antes de 30 segundos, a “pânico”, pressione o botão PANIC durante • Não mergulhe o controle remoto em
luz se apagará imediatamente. dois segundos. qualquer tipo de líquido.
Se utilizar a função DESTRAVAR do controle Para cancelá-lo antes dos 30 segundos, • Em caso de perda, a substituição do
remoto e alguma porta não for aberta den- pressione qualquer botão no controle re- controle remoto deve ser reprograma-
tro de 30 segundos, todas as portas serão moto ou gire o interruptor de ignição para da numa Concessionária Autorizada
automaticamente travadas. a posição II (ignição ligada). Honda.
Nenhuma das portas poderá ser travada
com o controle remoto se alguma porta Substituição da bateria do controle
estiver aberta ou se a chave estiver na remoto
ignição. Se for necessário pressionar o botão várias
Você não pode destravar as portas com vezes para travar ou destravar todas as por-
o controle remoto se a chave estiver no tas e a tampa traseira, substitua a bateria o
interruptor de ignição. mais rápido possível.
Tipo de bateria: CR1616

3-36
Instrumentos e Controles

Moeda

Bateria

Parafuso

Para substituir a bateria: 3. Dentro do controle remoto, separe a 4. Remova a bateria usada do interior
1. Remova o parafuso na base do controle cobertura interna dos botões, abrindo da cobertura interna e introduza a ba-
remoto com uma chave tipo Philips pe- cuidadosamente a borda com uma teria nova com o lado + orientado para
quena. moeda. baixo.

2. Com uma pequena chave de fenda, faça 5. Instale os componentes do controle


uma alavanca através do vinco para remoto na ordem inversa da abertura.
separar o controle remoto da chave.
! ATENÇÃO
O descarte inapropriado das baterias
usadas pode causar danos ao meio
ambiente e à saúde humana.
Descarte as baterias usadas de acor-
do com a legislação do local.

3-37
Instrumentos e Controles

Alavanca de ajuste
de inclinação do
encosto do banco

Este sistema é homologado pela Agência Bancos Ajuste dos encostos dos bancos
Nacional de Telecomunicações (ANATEL), Faça todos os ajustes do banco antes de dianteiros
sob o código 1108.06.3333. começar a dirigir. Para alterar o ângulo do encosto do banco,
gire o controle localizado na parte inferior
Ajuste da posição dos bancos da lateral externa do banco.
dianteiros
Quando o banco estiver ajustado corretamente,
Para ajustar o banco para a frente e para empurre-o para trás e para a frente para se
trás, puxe para cima a barra, localizada sob certificar que ele está travado na posição.
a parte da frente do banco. Movimente o
banco para a posição desejada e solte a ! ATENÇÃO
barra. Tente movimentar o banco para cer-
A eficiência dos cintos de segurança
tificar-se que ele está travado na posição.
será reduzida, em caso de colisão,
se os encostos dos bancos estive-
! ATENÇÃO rem excessivamente reclinados. Os
cintos de segurança funcionam com
Jamais efetue ajustes, principal-
maior eficiência quando o motorista
mente no banco do motorista, com
e o passageiro estiverem sentados na
o veículo em movimento. posição vertical.

3-38
Instrumentos e Controles

Bancos dianteiros

MPCBR0386 Botão de liberação

Ajuste da altura do banco do motorista Encostos de cabeça Ajuste da altura do encosto de cabeça
A altura do banco do motorista é ajustável. Seu veículo está equipado com encosto de Você precisará das duas mãos para ajustar
Para levantar o banco, puxe para cima repe- cabeça ajustável nos bancos dianteiros e no o encosto de cabeça. Não tente ajustá-lo
tidamente a alavanca, localizada na lateral banco traseiro, inclusive na posição central enquanto estiver dirigindo. Para levantá-lo,
externa do banco, até alcançar a posição do banco traseiro. puxe-o para cima. Para abaixar o encosto
desejada. Para abaixar o banco, pressione O encosto de cabeça ajuda a proteger de cabeça, pressione o botão de liberação
para baixo repetidamente a alavanca, até os passageiros de movimentos bruscos lateral e empurre o encosto de cabeça
alcançar a posição desejada. da cabeça e outros ferimentos. Eles são para baixo.
Faça todos os ajustes antes de colocar o mais eficazes quando são ajustados de
veículo em movimento. forma que a parte de trás da cabeça do
passageiro encoste no centro do encosto
de cabeça. As pessoas mais altas devem
ajustar o encosto de cabeça na posição
mais alta possível.

3-39
Instrumentos e Controles

Banco traseiro, Banco traseiro,


posição central posições externas

Botão de liberação Botão de liberação

Quando um passageiro viajar na posição Ao reinstalar o encosto de cabeça, coloque Descansa-braço dianteiro
central do banco traseiro, verifique se o as hastes de volta no lugar. Depois ajuste a Em cada banco dianteiro há um descansa-
encosto de cabeça está ajustado para a altura, pressionando o botão de liberação. braço na lateral do encosto. Para usá-lo,
posição mais alta. Tenha a certeza de travar o encosto de ca- incline-o para baixo.
Para remover o encosto de cabeça para beça na posição correta ao recolocá-lo.
limpeza ou reparo, puxe-o para cima, até o Sempre reinstale os encostos de cabeça
máximo que ele puder ir. Pressione o botão quando retornar os encostos do banco
de liberação e remova o encosto de cabeça traseiro para a posição original.
para fora do encosto do banco.

! Cuidado
Falha na reinstalação do encosto de
cabeça pode resultar em ferimentos
graves em caso de um acidente.
Sempre recoloque o encosto de ca-
beça, antes de colocar o veículo em
movimento.

3-40
Instrumentos e Controles

Traseiro

MPCBR0103

O descansa-braço do banco traseiro está Passagem para área de bagagem Banco traseiro
no centro do banco traseiro. Puxe-o para O ângulo de inclinação dos encostos do
Para usar a passagem para área de baga-
baixo para usar. banco traseiro pode ser ajustado separa-
gem, puxe a alavanca de liberação na parte
Um porta-bebidas está localizado no superior do encosto da posição central do damente. Para ajustar o ângulo do encosto,
descansa-braço. banco e dobre o encosto para baixo. puxe a alavanca de liberação na parte
superior do encosto do banco. Mova o
Não use o tampão duplo da área de baga- encosto até a posição desejada e solte a
gem quando um dos encostos do banco alavanca. Certifique-se de que o encosto
traseiro estiver escamoteado. Objetos colo- esteja travado na posição correta.
cados no tampão podem ser arremessados Para usar a posição central do banco tra-
para a frente e ferir os ocupantes durante seiro, ajuste os lados direito e esquerdo do
uma frenagem brusca ou colisão. Para mais banco na mesma posição.
informações, consulte nesta seção “Tam-
pão duplo da área de bagagem”.

3-41
Instrumentos e Controles

! CUIDADO
A eficiência dos cintos de segurança
será reduzida; em caso de colisão,
se os encostos dos bancos estive-
rem excessivamente reclinados. Os
cintos de segurança funcionam com
maior eficiência quando o motorista
Barra deslizante
e o passageiro estiverem sentados
Alavanca de ajuste de
na posição vertical. inclinação do encosto
do banco

Reclinação dos bancos dianteiros 1. Ajuste o banco traseiro o máximo pos-


É possível reclinar os encostos dos bancos sível para trás.
dianteiros totalmente, até que estejam ni- 2. Remova os encostos de cabeça dos
velados com o assento do banco traseiro, bancos dianteiros (consulte nesta seção
a fim de aumentar a área de estofamento. “Encostos de cabeça”) e guarde-os cor-
Para isto: retamente.

3-42
Instrumentos e Controles

3. Ajuste os bancos dianteiros o máximo Escamoteação dos encostos do banco


possível para a frente. Puxe a alavanca traseiro
de ajuste de inclinação do encosto para Cada encosto do banco traseiro pode ser
cima e incline o encosto para trás até escamoteado separadamente para aumen-
que esteja nivelado com o assento do tar a área de bagagem. Se apenas um dos
banco traseiro. encostos das posições externas for esca-
4. Ajuste o encosto do banco traseiro à moteado, ainda é possível transportar um
posição desejada. passageiro no banco traseiro. Se apenas o
encosto da posição central for escamote-
Siga esses procedimentos na ordem
ado, é possível usar um dos encostos das
inversa, para retornar os encostos dos
posições externas.
bancos à posição vertical. Antes de dirigir, Fivela
certifique-se de que os encostos de cabeça É possível escamotear separadamente os
estejam instalados e os bancos firmemente encostos dos lados esquerdo e direito do
travados. banco traseiro, a fim de obter mais espaço
Certifique-se de que não haja nenhum
para a bagagem (consulte nesta seção
Ao retornar o encosto do banco à posição objeto no assoalho do compartimento
“Escamoteação do banco traseiro”).
vertical, segure-o para evitar que levante de passageiros antes de escamotear os
rapidamente. Remova quaisquer objetos do banco antes encostos.
de escamotear os encostos.
1. Guarde as fivelas dos cintos de segu-
! CUIDADO rança no alojamento do assento do
banco.
Antes de dirigir, certifique-se de que o
encosto esteja firmemente travado.

3-43
Instrumentos e Controles

Siga esses procedimentos na ordem inver-


sa, para retornar o encosto do banco à po-
sição vertical. Antes de dirigir, certifique-se
de que o banco esteja travado firmemente
e verifique se o cinto de segurança foi
recolocado sobre o assento, assim que
reposicionar o encosto.
Certifique-se de que a ancoragem removível
do cinto de segurança da posição central
do banco traseiro esteja travada firme-
mente. (Consulte nesta seção “Ancoragem
Alavanca removível”.)
Lingueta de engate de liberação

Ao escamotear o encosto da posição 2. Abaixe o encosto de cabeça o máximo ! CUIDADO


central do banco traseiro, use a lingueta possível. Antes de dirigir, certifique-se de que o
de engate para soltar o cinto de segurança 3. Puxe a alavanca de liberação na parte encosto esteja firmemente travado.
central da ancoragem removível. (Consulte superior do encosto do banco.
nesta seção “Ancoragem removível”.)
4. Dobre o encosto do banco para a frente.
Permita que o cinto de segurança se retraia
no suporte do teto e guarde a fivela. Não coloque objetos pesados sobre o en-
costo do banco escamoteado.

3-44
Instrumentos e Controles

Não use o tampão duplo da área de baga- 1. Puxe para cima a barra deslizante sob o
gem quando um dos encostos do banco assento e deslize o banco traseiro para
traseiro estiver escamoteado. trás. Não é possível escamotear o banco
traseiro a menos que esteja totalmente
Certifique-se de que os objetos coloca-
deslocado para trás.
dos na área de bagagem estejam pre­sos
firmemente, a fim de evitar que sejam 2. Siga as etapas 1 a 4 de “Escamoteação
arremessados em caso de frenagem severa. dos encostos do banco traseiro” con-
Para mais informações, consulte na seção tidas nesta seção para escamotear os
5 “Carga”. encostos.
Abaixe o encosto da posição central antes
! CUIDADO de escamotear o banco do lado do pas-
Barra deslizante sageiro.
Certifique-se de que todos os objetos
localizados na área de bagagem ou
na abertura de acesso à área de ba- Escamoteação do banco traseiro
gagem estejam devidamente presos. É possível escamotear separadamente
Objetos soltos podem ser arremessa- os lados esquerdo e direito do banco tra-
dos no interior de veículo no caso de seiro, a fim de obter mais espaço para a
frenagem brusca. bagagem.
Não conduza seu veículo com o Remova quaisquer objetos do banco antes
encosto traseiro escamoteado e a de escamoteá-lo.
tampa traseira aberta, pois os gases
de escapamento podem penetrar no
compartimento de passageiros.

3-45
Instrumentos e Controles

Ancoragem Cinta de fixação Ancoragem

Gancho

Cinta de fixação

Cinta de destravamento Gancho

3. Solte o banco do assoalho, puxando a 4. Puxe a cinta de fixação para fora da 5. Empurre para baixo a cinta de fixação,
cinta de destravamento localizada sob abertura no encosto do banco. Em se- localizada na ancoragem, a fim de en-
a extremidade traseira do assento e, em guida, prenda a ancoragem, localizada caixar firmemente a parte superior da
seguida, levante a extremidade traseira na cinta de fixação, no gancho localizado ancoragem no gancho. Certifique-se de
do banco. na coluna central. que o banco esteja travado.
Não é possível escamotear o banco
traseiro a menos que esteja totalmente
deslocado para trás e firmemente tra-
vado.

3-46
Instrumentos e Controles

Siga esses procedimentos na ordem inver- Verifique se os cintos de segurança das Ancoragem removível
sa, para retornar o encosto do banco à posi- posições externas do banco traseiro foram O cinto de segurança da posição central
ção vertical. Antes de dirigir, certifique-se de recolocados na lateral do banco, assim que do banco traseiro está equipado com uma
que o banco esteja firmemente travado. reposicionar o encosto. ancoragem removível.
Quando a cinta de fixação não estiver sendo Certifique-se de que a ancoragem remo- Isso permite que o cinto de segurança cen-
usada, enrole-a e guarde-a no alojamento vível da posição central do banco traseiro tral seja destravado quando o encosto da
no encosto do banco traseiro. esteja travada firmemente antes de usar o posição central ou o lado direito do banco
cinto de segurança. (Consulte nesta seção traseiro for escamoteado.
“Ancoragem removível”.)
! CUIDADO
Certifique-se de que os objetos coloca- ! CUIDADO
Antes de dirigir, certifique-se de que o dos na área de bagagem estejam presos
encosto esteja firmemente travado. firmemente, a fim de evitar que sejam ar- Usar o cinto de segurança com a
remessados em caso de frenagem severa. ancoragem removível destravada
(Consulte na seção 5 “Carga”.) aumenta o risco de ferimentos graves
Não use o tampão duplo da área de baga- ou fatais numa colisão.
gem, quando o banco traseiro ou encostos Antes de usar o cinto, certifique-se
estiverem escamoteados. de que a ancoragem removível esteja
corretamente travada.

3-47
Instrumentos e Controles

Lingueta de engate pequena Fivela da ancoragem

Setas

Lingueta de engate Fivela da ancoragem Lingueta de engate

Puxe a lingueta de engate pequena e a lin- Alinhe as setas na lingueta de engate peque- Para destravar a ancoragem removível antes
gueta de engate para fora de cada fenda de na e na fivela da ancoragem quando prender de escamotear o encosto do banco, insira a
fixação no teto, e puxe o cinto de segurança novamente o cinto e a fivela. lingueta de engate na fenda, localizada na
para estendê-lo. Puxe o cinto de segurança para verificar lateral da fivela da ancoragem, e deixe o
se a ancoragem removível está travada cinto de segurança se retrair. Guarde a an-
firmemente. Certifique-se de que o cinto coragem removível e as linguetas de engate
não esteja torcido. do cinto no alojamento do retrator.

3-48
Instrumentos e Controles

Cobertura da área de bagagem* Uso da parte dianteira da cobertura* Uso da parte traseira da cobertura*
Esta cobertura pode ser usada para escon- Para estender cada seção da parte dianteira Para estender a parte traseira da cobertura,
der seus objetos e protegê-los da incidência da cobertura, puxe as presilhas da cobertu- puxe a borda final da cobertura e então
direta da luz solar. ra e prenda-as nos suportes dos encostos prenda as hastes de fixação nos ganchos,
A cobertura pode ser estendida para a de cabeça traseiros. localizados em ambos os lados da abertura
frente e para trás separadamente. Para retrair cada seção da parte dianteira da tampa traseira.

As seções esquerda, central e direita da da cobertura, destrave as presilhas e guie Para retrair a parte traseira da cobertura,
parte dianteira da cobertura podem ser a cobertura de modo que ela deslize total- deslize as hastes para fora dos ganchos e
usadas separadamente. mente para trás em seu alojamento. guie a cobertura de modo que ela deslize
totalmente para trás em seu alojamento.
Não coloque pacotes sobre a cobertura.
Ela pode quebrar se um objeto pesado for
colocado sobre ela.

* Se equipado

3-49
Instrumentos e Controles

Armazenamento do alojamento da 3. Abaixe a extremidade direita do aloja- 4. Enquanto empurra a extremidade direita
cobertura da área de bagagem* mento e introduza-a no suporte locali- do alojamento em direção ao suporte
O alojamento da cobertura pode ser guar- zado no painel lateral direito. direito, abaixe a extremidade esquerda
dado no assoalho da área de bagagem para através da abertura do painel lateral
conseguir mais espaço. esquerdo.

1. Retraia totalmente todas as partes da


cobertura para dentro do alojamento.
2. Libere cada lado do alojamento da co-
bertura da área de bagagem empurrando
a extremidade esquerda do alojamento
em direção à extremidade direita e
puxando-a para cima.

* Se equipado

3-50
Instrumentos e Controles

5. Enquanto empurra a extremidade es- Para remover o alojamento da cobertura Tampão duplo da área
querda, instale o lado direito do aloja- da área de bagagem do veículo, siga a de bagagem
mento no suporte localizado na parte etapa 3 e, em seguida, retire o alojamento
Este tampão divide a área de bagagem em
inferior do painel lateral direito. empurrando sua extremidade direita. Não
dois compartimentos. No compartimento
Certifique-se de que o alojamento esteja o remova com força.
superior pode-se guardar objetos peque-
firmemente colocado, para não se soltar Não coloque objetos pesados sobre o alo- nos e leves. Deve-se colocar os objetos
durante a condução. jamento da cobertura da área de bagagem pesados no compartimento inferior. É pos-
Siga esses procedimentos na ordem inversa para não danificá-lo. sível remover o tampão duplo da área de
para reinstalar o alojamento da cobertura da bagagem e guardá-lo no assoalho da área
área de bagagem. de bagagem, para aumentar o espaço
disponível.

3-51
Instrumentos e Controles

Certifique-se de usar o tampão duplo da Para guardar o tampão, levante uma de Pode-se colocar o tampão duplo da área
área de bagagem totalmente aberto e preso suas laterais e, em seguida, desloque-o de bagagem sobre o assoalho, conforme
firmemente. conforme ilustrado. ilustrado.
Para remover o tampão, dobre a metade Coloque o tampão sobre o assoalho o mais Siga esses procedimentos na ordem inver-
posterior do tampão sobre a metade dian­ próximo possível do encosto do banco tra- sa, para reinstalar o tampão. Certifique-se
teira, empurre para cima os dois lados e, em seiro e, em seguida, deslize-o para a frente, que tampão esteja preso firmemente.
seguida, puxe-o em sua direção. desdobrando sua metade superior.
! CUIDADO
Não use este tampão se o banco tra-
seiro estiver escamoteado.
Os objetos colocados sobre o tampão
podem ser arremessados para a fren-
te durante um acidente ou fre­nagens
severas e machucar os ocupantes.

3-52
Instrumentos e Controles

Quando uma das posições do banco tra-


Interruptor do vidro do motorista
seiro estiver escamoteada, não coloque
nenhum objeto sobre o tampão duplo da
área de bagagem. Certifique-se de guardar
o tampão no assoalho da área de bagagem.
Ele pode se soltar em caso de colisão.
O peso máximo permitido sobre o tampão
duplo da área de bagagem é de 10 kg. Esse
valor é indicado na etiqueta localizada do
lado esquerdo do tampão (Consulte nesta
seção “Tampão duplo da área de baga-
gem”). Não exceda o peso máximo para
Interruptor principal
evitar danos ao tampão.
Certifique-se de que todos os objetos na Esta etiqueta está fixada no tampão da Vidros elétricos
área de bagagem estejam firmemente área de bagagem, para lembrá-lo de ler as
presos. Objetos soltos podem ser arre- Os quatro vidros são controlados eletri-
informações sobre seu uso. camente com o interruptor de ignição na
messados para a frente e causar lesões em
freadas bruscas. Para mais informações, posição II (ligada).
consulte na seção 5 “Carga”. O interruptor de cada um dos vidros está
localizado na porta correspondente. Para
! ATENÇÃO abrir o vidro, pressione o interruptor e man-
tenha-o pressionado. Ao liberar o controle,
Não coloque peso acima de 10 kg o vidro para nesta posição. Para fechar
sobre o tampão para não danificá-lo. o vidro, puxe o interruptor e mantenha-o
acio­nado até fechar o vidro totalmente ou
até alcançar a posição desejada.

3-53
Instrumentos e Controles

Sistema de Segurança dos Vidros AUTO – Para abrir totalmente o vidro do


! CUIDADO
Elétricos dos Passageiros motorista, pressione o interruptor firme-
Antes de fechar o vidro, verifique O interruptor principal bloqueia a função mente e solte-o. O vidro abre automati-
se nenhum passageiro se encontra dos interruptores dos vidros dos passa- camente até o final. Para interromper esta
com a mão na área de fechamento geiros. Quando o interruptor principal é função, puxe o interruptor.
do vidro. pressionado, os vidros dos passageiros não Para fechar totalmente o vidro do motorista,
Prender a mão ou dedos de alguém poderão ser abertos ou fechados nem mes- puxe para trás o interruptor do vidro com
no fechamento do vidro resultará em mo pelo motorista. O interruptor principal firmeza e então libere-o. O vidro sobe auto-
ferimento sério. não bloqueia o interruptor do vidro do mo- maticamente até o final. Para impedir que o
torista. Para cancelar a função de bloqueio, vidro suba até o final, pressione para baixo
Sempre retire a chave da ignição ao pressione novamente o interruptor principal rapidamente o interruptor do vidro.
deixar o veículo estacionado com ou- e ele voltará à sua posição original.
tros passageiros no seu interior. Para abrir ou fechar parcialmente o vidro
Esta função é muito útil quando transportar da porta do motorista, pressione ou puxe
Os interruptores na porta do motorista crianças sozinhas no banco traseiro. Evita- o interruptor levemente. Ao liberar o inter-
podem ser usados para acionar qualquer rá que a criança se machuque acionando ruptor o vidro para.
um dos vidros. Um vidro pode ser aberto inadvertidamente os interruptores dos
ou fechado acionando-se o interruptor vidros traseiros.
correspondente.
Para abrir qualquer um dos vidros dos
passageiros, pressione o interruptor corres-
pondente e mantenha-o pressionado, até
o vidro alcançar a posição desejada. Para
fechar, puxe o interruptor correspondente e
mantenha-o acionado, até o fechamento total
ou até a posição desejada.
Os indicadores nos interruptores se acen-
dem quando o interruptor de ignição é
ligado (posição II).

* Se equipado

3-54
Instrumentos e Controles

AUTO REVERSE (Função auto-reverso) Para levantar a parte traseira do teto solar,
– Se durante o fechamento automático do Interruptor do teto solar pressione o centro do interruptor do teto so-
vidro do motorista, o sistema perceber qual- lar. Para interromper o levantamento do teto
quer obstáculo, a direção de fechamento do solar, pressione brevemente o interruptor.
vidro é revertida e depois para. Para fechar Abrir
Para abrir o teto solar, puxe levemente o
o vidro, remova o obstáculo, depois acione interruptor para trás e mantenha-o nesta
o botão do vidro novamente. posição até atingir a abertura desejada.
A função auto-reverso é desativada quan- Empurre levemente o interruptor para a
do o vidro está quase fechado. Verifique frente e mantenha-o nesta posição até
sempre se todos os passageiros e objetos Levantar fechar o teto solar. Solte o interruptor para
estão fora da área de fechamento do vidro, interromper a operação.
antes de fechá-lo. Fechar
! CUIDADO

Teto solar Se o teto solar for aberto ou fechado


! ATENÇÃO com as mãos ou dedos dos passagei-
Modelo EXL
Somente no vidro da porta do motoris- ros sobre os trilhos, poderão ocorrer
ta, a função auto-reverso é desativada O teto solar pode ser levantado para ven- ferimentos graves.
quando o botão é continuamente tilação ou deslizado para trás. Para operar
Antes de abrir ou fechar o teto solar,
acionado. o teto solar, ligue o interruptor de ignição
certifique-se de que nenhum passa-
(posição II) e use o interruptor no teto do
geiro esteja próximo a ele.
veículo.

3-55
Instrumentos e Controles

AUTO: Para abrir totalmente o teto solar, O teto solar apresenta um dispositivo de
puxe firmemente o interruptor para trás, retardo que possibilita sua abertura ou fe-
soltando-o em seguida. O teto solar será chamento até 45 segundos após a ignição Alavanca
aberto automaticamente. Para interromper ser desligada. Esse dispositivo é desati­
o movimento do teto solar, pressione bre- vado quando uma das portas dianteiras
vemente o interruptor. é aberta.
Para fechar totalmente o teto solar, empurre
firmemente o interruptor para a frente e ! ATENÇÃO
solte-o. O teto solar será fechado automa- Se o teto solar for aberto quando a
ticamente. Para interromper o movimento temperatura externa estiver muito
do teto solar, pressione brevemente o baixa, ou quando ele estiver coberto
interruptor. com neve, o painel ou motor do teto
solar pode ser danificado.
AUTO-REVERSE: Caso o teto solar en-
contre algum obstáculo enquanto estiver Espelhos retrovisores
sendo fechado através da função AUTO, o ! CUIDADO Mantenha os espelhos retrovisores interno
movimento do teto solar será interrompido.
Sempre retire a chave da ignição caso e externos sempre limpos e ajustados para
Para fechar o teto solar, remova o obstá-
algum passageiro permaneça no veí- a melhor visibilidade.
culo e acione novamente o interruptor do
teto solar. culo estacionado. Ajuste os espelhos retrovisores antes de
colocar o veículo em movimento.
Essa função é cancelada quando o teto
solar está quase fechado. Certifique-se ! CUIDADO O espelho retrovisor interno tem duas po-
sempre de que todos os passageiros e sições, dia e noite. A posição noite reduz
objetos estejam afastados do teto solar Colocar a cabeça, braços ou outras a claridade dos faróis dos veículos que
antes de fechá-lo. partes do corpo para fora do teto trafegam atrás.
solar, durante a condução do veículo,
pode causar ferimentos graves ou Movimente a alavanca localizada na extre-
fatais. midade inferior do espelho para selecionar
a posição dia ou noite.

3-56
Instrumentos e Controles

3. Pressione a extremidade correspondente


Seletor do botão de ajuste para mover o espelho
para a direita, para a esquerda, para
cima, para baixo.
4. Ao terminar o ajuste, mova o botão
seletor para a posição central (nulo).
Nesta posição, o espelho não poderá ser
movido para fora da posição ajustada,
em caso de um toque acidental no botão
de ajuste.

Interruptor de ajuste Pedal do freio de estacionamento

Ajuste dos espelhos retrovisores Freio de estacionamento


externos com regulagem elétrica Para acionar o freio de estacionamento,
1. Ligue a ignição, posição II (ligada). pressione o pedal. Para soltá-lo, pressio­ne
novamente o pedal.
2. Mova o botão seletor para L (espelho re-
trovisor externo esquerdo) ou R (espelho A luz de advertência no painel de instrumen-
retrovisor externo direito). tos apagará quando o freio de estaciona-
mento estiver totalmente solto. Para mais
informações,consulte nesta seção “Luz de
advertência do sistema de freio e freio de
estacionamento”.

! ATENÇÃO
Conduzir o veículo com o freio de
estacionamento acionado pode da-
nificar os freios traseiros e eixos. Um
alarme soará se o veículo for condu-
zido com o freio de estacionamento
acionado.
3-57
Instrumentos e Controles

Itens internos de comodidade

Soquete de alimentação Gancho para


para acessórios casaco Porta-copos na porta
Cobertura da área Porta-óculos/Espelho para crianças
de bagagem* Para-sol
Espelho de cortesia

Porta-luvas
superior

Entrada auxiliar
(modelo LX)

Tampão duplo da
área de bagagem Porta-luvas
Console central com
Porta-copos no inferior
porta-copos
descansa-braço
traseiro Entrada auxiliar Soquete de alimentação Compartimento central
(modelo EXL) para acessórios

* Se equipado

3-58
Instrumentos e Controles

Borda

Para
travar Para-sol
Alavanca

Porta-luvas Superior Para-sol


Inferior Abra o porta-luvas superior pressionando Para usar o para-sol puxe-o para baixo.
Abra o porta-luvas inferior, puxando a parte para cima a alavanca. Para fechar, pressio- O para-sol também pode ser levado para
inferior da maçaneta. Para fechar, pressione ne a tampa para baixo. a lateral. Solte a haste de suporte e leve o
a tampa firmemente. Trave e destrave o para-sol em direção ao vidro lateral.
porta-luvas com a chave. Para mais informa- Verifique se de que o para-sol está em sua
ções, consulte nesta seção “Chaves”. ! CUIDADO
posição original quando estiver entrando
A luz do porta-luvas se acende somente O porta-luvas aberto pode causar ou saindo do veículo.
quando as lanternas dianteiras estiverem sérios ferimentos ao passageiro
acesas. dianteiro em caso de acidente, mes-
mo que ele esteja usando o cinto de
segurança.
Com o veículo em movimento, man-
tenha a tampa do porta-luvas sem-
pre fechada.

3-59
Instrumentos e Controles

Console central

Porta-copos
Porta-copos

Espelho de cortesia Porta-copos O porta-copos traseiro está localizado


Para utilizar este espelho, abaixe o para-sol O porta-copos dianteiro está localizado no no descansa-braço traseiro. Para usá-lo,
e abra a tampa do espelho. console central. abaixe o descansa-braço.

A luz do espelho acende quando a tampa ! ATENÇÃO


é levantada.
Tenha cuidado quando estiver usan-
do o porta-copos. Em caso de der-
ramamento de líquido, os estofados,
tapetes e componentes elétricos
poderão ser danificados.

3-60
Instrumentos e Controles

Pressione

Porta-óculos

Porta-óculos Alguns óculos de modelo maior podem não Espelho para crianças
Para abrir o porta-óculos, pressione a parte caber no porta-óculos. O porta-óculos possui um espelho convexo
saliente. O porta-óculos irá destravar e Pequenos objetos também podem ser guar- em seu painel inferior. É possível ver todos
abaixar. Para fechá-lo, empurre até travar. dados nesse compartimento. Certifique-se os passageiros do veículo através desse es-
Mantenha o porta-óculos fechado enquanto de que os objetos sejam pequenos o sufi- pelho. Para usar o espelho, abra totalmente
estiver dirigindo. ciente para fechar e travar o compartimento o porta-óculos, empurre-o até o primeiro
e que não sejam muito pesados. Caso batente e solte-o.
contrário, o porta-óculos poderá abrir-se Para usar novamente o porta-óculos, feche o
acidentalmente durante a condução do espelho e então abra o porta-óculos.
veículo.

3-61
Instrumentos e Controles

Compartimento traseiro do console central Dianteiro


Gancho para
casaco

Compartimento lateral do console central

Compartimentos do console central Gancho para casaco Soquete de alimentação para


Para usar o compartimento lateral do con- Para usar o gancho para casaco, desli­ze-o acessórios
sole, levante a tampa para abrir. ligeiramente para fora e então puxe-o para Para usar o soquete, abra a tampa. A igni-
Para abrir o compartimento traseiro do baixo. ção deve estar na posição I (acessórios) ou
console aperte o botão e deslize a tampa Certifique-se de que o gancho seja recolo- na posição II (ligada).
para trás. cado em sua posição original quando não Este soquete fornece energia para acessó-
estiver sendo usado. Esse gancho não foi rios de até 12 volts que tenham 120 W ou
projetado para itens grandes ou pesados. menos (10 A).
Este soquete não alimenta um elemento do
tipo acendedor de cigarros automotivo.
Ele é recomendado para uso como soquete
para acessórios originais Honda.
Após o uso, certifique-se de fechar a tampa
para evitar a entrada de elementos estra-
nhos no soquete.
Se usado com o motor desligado, a bateria
pode descarregar rapidamente.
3-62
Instrumentos e Controles

No console central Na parte traseira


Ativada pela porta

Acesa

Apagada

Luz interna do teto


! ATENÇÃO
A luz interna tem três posições. Na posição
Recomendamos que esse soquete Desligada (OFF), a luz interna permanece
seja utilizado somente com acessó- sempre apagada. Na posição central, a luz
rios originais Honda. interna acende quando uma das portas é
aberta. Quando todas as portas estiverem
completamente fechadas, a luz apaga. Na
posição Ligada (ON), a luz interna perma-
nece sempre acesa.

3-63
Instrumentos e Controles

A luz interna (na posição central) acende Modelo LX Modelo EXL


quando:
Luz de cortesia
• Qualquer uma das portas é aberta. Luz de cortesia

• A chave é retirada da ignição. Se nenhu-


ma porta é aberta, a luz interna reduz a
luminosidade até apagar completamen-
te, em aproximadamente 30 segundos.
• Quando a porta do motorista é destrava-
da com o botão principal de travamento Pressione Pressione
da porta, com o botão trava, com a Pressione
Pressione
chave ou com o controle remoto.
Após o fechamento completo de todas as
portas, a luz escurece levemente, depois
reduz a luminosidade até apagar em 30 Luzes individuais de leitura
segundos. A luz desliga antes de transcor- Para ligar a luz de leitura individual, pressio-
rerem 30 segundos se a chave for colocada ne a lente. Para desligar, pressione a lente
novamente na ignição. novamente. A luz de leitura individual pode
Se for deixada qualquer porta aberta, sem ser utilizada a qualquer hora.
a chave na ignição, a luz interna irá desligar
após aproximadamente 3 minutos.

3-64
Instrumentos e Controles

Modelo EXL Modelo LX

Luz de cortesia Luz de cortesia

Acesa

Apagada

Ativada pela tampa traseira

Luz da área de bagagem Luz de cortesia


A luz da área de bagagem possui um in- A luz de cortesia está localizada entre as
terruptor com três posições: ON (acesa o luzes de leitura. Ela se acende quando as
tempo todo), posição central (ativada pela lanternas dianteiras são ligadas. Para ajus-
tampa traseira) e OFF (apagada). tar sua intensidade, gire o botão de seleção/
reajuste no painel de instrumentos. Para
Luz da ignição mais detalhes, consulte nesta seção “Lumi-
A luz da ignição se acende quando a porta nosidade do painel de instrumentos”.
do motorista é aberta e apaga-se cerca
de 30 segundos após o fechamento da
porta.

3-65
Equipamentos de Conforto e Comodidade

4
Sistema manual Sistema automático
(Modelo LX) (Modelo EXL)

Equipamentos
de conforto
e comodidade

Funções do sistema de O sistema de ar-condicionado deve ser


ar-condicionado utilizado também para desembaçar os vi-
O uso correto do sistema proporciona maior dros. Embora seja uma função secundária,
conforto em qualquer condição climática. esta proporciona a remoção da umidade do
ar e a consequente secagem dos vidros,
A função básica é refrigerar o ambiente, eventualmente umedecidos pelo vapor
mantendo uma temperatura agradável no contido no ar. É esse vapor que causa o
interior do veículo. embaçamento nos dias chuvosos.
Em dias frios e úmidos, o ar-condicionado
deve ser utilizado simultaneamente com
o aquecedor. Isso mantém os vidros
desembaçados e a temperatura interna
agradável.

4-1
Equipamentos de Conforto e Comodidade

Modelo LX Botão de controle do Botão de controle do ar-condicionado


ventilador Botão de controle (A/C)
Botões de seleção
da temperatura
da distribuição do
fluxo de ar Este botão liga (ON) e desliga (OFF) o ar-
condicionado. O indicador no botão per-
manece aceso quando o ar-condicionado
está ligado.

Botões do modo ar fresco e


recirculador de ar
Esses dois botões controlam a origem do
ar que entra no sistema. No modo ar fresco
, entra ar externo no interior do veículo.
No modo recirculador , o ar interno é
reciclado pelo sistema.
Botão do ar-condicionado Botão do
modo ar ! Atenção
fresco
Botão do desembaçador Utilize o modo de recirculação so-
Botão do recirculador de ar do vidro traseiro mente durante a situação de res-
friamento mais rápido do interior do
veículo ou quando transitar por áreas
Botões de controle Controle da temperatura com muita fumaça e/ou poeira.
Para aumentar a temperatura interna do Em condições normais, mantenha
Ar-condicionado manual veículo, gire o controle no sentido horário. sempre ajustado em modo de ar
(Modelo LX) fresco, desta forma o ar externo será
Girando este botão no sentido horário au-
admitido no interior do veículo.
Controle do ventilador menta a temperatura do ar que flui quando
o ar-condicionado está ligado.
Para aumentar a velocidade do ventilador e,
consequentemente, a entrada do fluxo de
ar, gire o controle no sentido anti-horário.

4-2
Equipamentos de Conforto e Comodidade
As tomadas de ar externo, para os siste- Botão do desembaçador do vidro O fluxo de ar sai dos difusores
mas de resfriamento e aquecimento, estão traseiro direcionados para a região dos
localizadas na base do para-brisa. Man- Este botão liga e desliga o desembaçador pés.
tenha esta área limpa de folhas e outras do vidro traseiro. Consulte na seção 3 “De-
obstruções. sembaçador do vidro traseiro”. O fluxo de ar é direcionado para
O sistema deve ser deixado no modo ar a região dos pés e para o para-
Modo de distribuição do fluxo de ar brisa.
fresco em quase todas as condições. Man-
tendo o sistema no modo recirculador de Utilize estes botões para selecionar os
ar, principalmente com o ar-condicionado difusores de fluxo de ar. Uma quantidade O fluxo de ar é direcionado para
desligado, pode fazer com que os vidros reduzida de fluxo de ar sempre sairá dos o para-brisa.
fiquem embaçados. difusores laterais, localizados no painel de
instrumentos, em todos os modos.
Selecione o modo recirculador de ar quando Quando a posição ou a posição é
estiver conduzindo o veículo em condições selecionada, o sistema automaticamente
de muita fumaça ou pó, em seguida, retorne O fluxo de ar sai dos difusores cen- passa para o modo ar fresco e liga o A/C.
para o modo ar fresco. trais e laterais, localizados no painel Neste caso, o ar-condicionado não pode
de instrumentos. ser desligado.

O fluxo de ar sai dos difusores lo-


calizados no painel de instrumentos
e dos difusores direcionados para a
região dos pés.

4-3
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Ar-condicionado Para Desligar o Sistema
! Atenção
O ar-condicionado exige uma carga adi- Poderá ser observada a presença de Gire os botões de controle do ventilador e
cional do motor. Verifique regularmente uma névoa (“fumaça branca”) prove- de temperatura totalmente para a esquerda,
o medidor da temperatura do líquido de niente dos difusores de ar, quando o a fim de desligar o sistema temporaria-
arrefecimento do motor. Consulte a seção ar-condicionado é ligado. mente.
7 “Líquido de arrefecimento do motor”. Desligue o sistema completamente apenas
Se o medidor ficar muito próximo da área Esta condição é absolutamente
normal e não caracteriza irregulari- durante os primeiros minutos de condução
vermelha, desligue o A/C e aguarde até o do veículo em dias frios, até que o motor es-
medidor retornar para a posição normal. dades no sistema.
teja suficientemente aquecido para operar o
1. Ligue o ar-condicionado pressionando A névoa é causada pela condensação aquecedor. Mantenha o ventilador ligado o
o botão A/C. A luz indicadora no botão da umidade do ar ao ser resfriado tempo todo para evitar a formação de odor
acende quando a velocidade do ventila- pelo sistema de ar-condicionado. no interior do veículo.
dor é selecionada. O surgimento da névoa está dire-
2. Certifique-se que o botão de controle da tamente associado com a umidade ! Atenção
temperatura está ajustado para resfria- relativa do ar.
Ligue o ar-condicio­na­do­­ por aproxi-
mento máximo. madamente 10 minutos, pelo menos
Se o interior do veículo estiver muito quente,
3. Selecione a posição . a temperatura pode ser resfriada mais ra- uma vez por semana, mesmo durante
pidamente abrindo parcialmente os vidros, o inverno, a fim de lubrificar os ve­
4. Se o ar externo estiver úmido, selecione
ligando o ar-condicionado e ajustando o dadores e o interior do compressor e
o modo recirculador de ar. Se o ar ex-
ventilador para a velocidade máxima no pa­ra assegurar-se de que o sistema
terno estiver seco, selecione o modo ar
modo ar fresco. esteja fun­cionando corretamente.
fresco.
5. Ajuste o ventilador para a velocidade
desejada.

4-4
Equipamentos de Conforto e Comodidade

Sistema automático
Botão de controle da temperatura
Botão ar- Gire este botão no sentido horário para
Botão de controle condicionado Botão de aumentar a temperatura do fluxo de ar.
da temperatura Botão
seleção da Botão de controle
lado esquerdo desliga Botão de O motorista e o passageiro podem selecio­
Botão distribuição da temperatura
AUTO
controle do do fluxo de ar lado direito
nar ajustes de temperatura independentes.
ventilador Pressione o botão DUAL. Quando o indica-
dor no botão acender, gire o botão apro-
priado para ajustar a temperatura do lado
do motorista ou do passageiro. Quando o
indicador está apagado, os dois lados são
ajustados na mesma temperatura.
O sistema seleciona automaticamente a
mistura adequada do ar-condicionado e/ou
ar aquecido que irá, o mais rápido possível,
Botão DUAL Botão do Botão do aumentar ou diminuir a temperatura interna,
desembaçador desembaçador até a temperatura desejada.
Botão do do para-brisa do vidro traseiro
recirculador Quando a temperatura é ajustada para o li-
de ar mite inferior ( ) ou limite superior ( ), o
MPCBR0136 sistema funciona somente no resfriamento
máximo ou somente aquecimento máximo.
Ele não regula a temperatura interna.
Ar-condicionado automático 2. Ajuste a temperatura desejada com o
(Modelo EXL) botão de controle da temperatura. No Em temperatura fria, o ventilador não ligará
display do sistema aparecerá AUTO. automaticamente até o aquecedor iniciar a
Funcionamento automático produção de ar quente.
O sistema automático de controle da tem-
peratura ajusta a velocidade do ventilador
e os níveis do fluxo de ar para manter a
temperatura interna selecionada.
1. Pressione o botão AUTO.

4-5
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Funcionamento semi-automático Botão de controle do ventilador Botão do recirculador de ar
Várias funções do sistema de controle Selecione a velocidade do ventilador pres- A luz indicadora no botão de controle
da temperatura podem ser selecionadas sionando a barra lateral de controle de velo- acende quando todo o ar que circula no
manualmente, quando ele estiver no modo cidade do ventilador ( ou ). A velocidade interior do veículo é enviado novamente
totalmente automático. Todas as outras do ventilador é exibida nas barras verticais pelo sistema.
funções permanecem controladas auto- no mostrador. Quando a luz indicadora no botão de
maticamente. controle está apagada, indica a entrada
Botão do ar-condicionado (A/C)
Qualquer seleção manual apaga a palavra de ar externo, de fora do veículo (modo
AUTO no display. Este botão liga e desliga o ar-condicionado. ar fresco).
No display aparece A/C ON (A/C ligado) ou
A/C OFF (A/C desligado). As entradas de ar externo para o sistema
de aquecimento e ar-condicionado estão lo-
Ao desligar o ar-condicionado, o sistema calizadas na base do para-brisa. Mantenha
não pode regular a temperatura interna esta área livre de folhas e outros objetos.
se você ajustar a temperatura abaixo da
temperatura externa. O sistema deve ser deixado no modo ar
fresco, em quase todas as condições.
Manter o sistema no modo recirculador de
ar, principalmente com o ar-condicionado
desligado, pode fazer com que os vidros
embacem.

! Atenção
Utilize o modo de recirculação so-
mente durante a situação de res-
friamento mais rápido do interior do
veículo ou quando transitar por áreas
com muita fumaça e/ou poeira.
Em condições normais, mantenha
sempre ajustado em modo de ar
fresco, desta forma o ar externo será
admitido no interior do veículo.

4-6
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Botão do desembaçador Botão Mode Para desligar todo o sistema
do para‑brisa Use este botão para selecionar o difusor de Se você pressionar o botão OFF, o siste-
Pressione este botão (a luz indicadora acen- ar. Em qualquer modo selecionado, sempre ma de controle de climatização desliga
de). O ar flui dos difusores do desembaça- sairá uma quantidade pequena de ar dos totalmente.
dor, localizados na base do para-brisa. difusores laterais, localizados no painel.
• Mantenha o sistema completamente
Ao selecionar , o sistema muda auto- Cada vez que o botão MODE (modo) é desligado por pouco tempo.
maticamente para o modo ar fresco e liga o pressionado, no display aparece o modo
ar-condicionado. Para descongelar rapida- selecionado. • Para evitar mau cheiro e bolor, mantenha
mente, faça o ajuste manual do ventilador o ventilador sempre ligado.
em alta velocidade. Você também pode
aumentar o fluxo de ar para o para-brisa Fluxo de ar sai dos difusores ! Atenção
fechando os difusores laterais do painel de centrais e laterais, localizados
instrumentos. no painel. Ligue o ar-condicio­na­do­­ por aproxi-
O botão dirige o fluxo de ar principal para o madamente 10 minutos, pelo menos
para-brisa para desembaçar rapidamente. uma vez por semana, mesmo durante
Fluxo de ar sai dos difusores loca-
Ele também sobrepõe qualquer seleção de o inverno, a fim de lubrificar os ve­
lizados no painel e nos difusores
MODO que tenha sido feita. dadores e o interior do compressor e
direcionados para a região dos
pa­ra assegurar-se de que o sistema
Ao desligar a posição , pressionando pés.
esteja fun­cionando corretamente.
o botão novamente, o sistema retorna para
seu ajuste padrão. Fluxo de ar sai dos difusores dire-
Para maior segurança, certifique-se que cionados para a região dos pés.
deixar todos os vidros desembaçados
antes de dirigir. Fluxo de ar sai dos difusores
direcionados para a região dos
Botão do desembaçador do vidro pés e dos difusores do desem-
traseiro baçador, localizados na base do
para-brisa.
Este botão liga e desliga o desembaçador
do vidro traseiro.

4-7
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Botão DUAL
Pressione o botão DUAL para selecionar o
modo de controle de temperatura duplo.
Para mais informações, consulte nesta se-
ção “Controle de temperatura DUAL”.
É possível ajustar as temperaturas do lado
do motorista e do passageiro individual-
mente ao pressionar este botão (indicador
ligado). Quando o indicador no botão DUAL
estiver desligado, é possível ajustar os
Sensor de luz solar
dois lados na mesma temperatura com o
Sensor de temperatura
botão de controle de temperatura do lado
do motorista.
Sensores de luz solar e de
temperatura
O sistema de controle da temperatura tem
dois sensores. O sensor de luz solar está
localizado na parte superior do painel, pró-
ximo ao para-brisa, e o sensor de tempe-
ratura está localizado próximo à coluna da
direção. Não cubra os sensores ou derrame
líquido sobre eles.

4-8
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Controle de temperatura DUAL
As temperaturas tanto do lado do motorista
como do passageiro podem ser controladas
separadamente quando o indicador no
botão DUAL estiver aceso.
Lado do motorista Lado do passageiro
Para ajustar o lado do motorista, gire o
botão de controle de temperatura do lado
do motorista localizado no painel de con-
trole de climatização. Para ajustar o lado
do passageiro, gire o botão de controle de
temperatura do lado do passageiro.
Pressione AUTO ou . As temperaturas
selecionadas aparecem no mostrador.
Quando o indicador no botão DUAL está
apagado, é possível ajustar os dois lados
na mesma temperatura ajustando o botão
de controle de temperatura do lado do
motorista.
Para ajustar a temperatura do lado do
motorista numa temperatura diferente da
temperatura do lado do passageiro, pres-
sione o botão DUAL e, em seguida, gire o
botão de controle de temperatura no painel
de controle. Para ajustar o lado do passa-
geiro numa temperatura diferente da do
lado do motorista, gire o botão de controle
de temperatura do lado do passageiro. É
possível ajustar o lado do passageiro sem
primeiro apertar o botão DUAL.
As indicações ( ) ou ( ) aparecerão
no mostrador ao ajustar a temperatura no
seu limite mínimo ou máximo.
4-9
Equipamentos de Conforto e Comodidade

Difusores centrais Difusor do lado do motorista Difusor do lado do passageiro

Linguetas

Fechar Abrir

Para todos os modelos As saídas de ar laterais do painel de instru-


mentos podem ser abertas e fechadas com
Difusores e ajustes da direção do ar os botões existentes debaixo delas.
A direção do fluxo de ar, a partir dos
difusores de ar centrais e laterais do painel,
é ajustável.
Para ajustar a direção do fluxo de ar, em
cada um dos difusores, movimente a
alavanca para cima, para baixo, para a
esquerda ou para a direita.

4-10
Equipamentos de Conforto e Comodidade

4-11
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Ventilação Aquecimento Aquecimento e desumidificação
O Sistema de ventilação capta o ar direta- O aquecedor usa o líquido de arrefecimento através do ar-condicionado
mente do ar externo, circula-o no interior do motor para aquecer o ar. Se o motor O ar-condicionado, enquanto resfria, remo-
do veículo e libera-o pelos difusores tra- estiver frio, demora vários minutos até sentir ve a condensação do ar. Quando usado em
seiros, localizados próximos à tampa do o ar quente fluir do sistema. combinação com o aquecimento, ele torna
porta-malas. o interior do veículo quente e seco.
1. Selecione a posição e o modo
1. Gire o controle de temperatura totalmente entrada de ar fresco. 1. Acione o ventilador.
para a esquerda. 2. Ajuste o ventilador na posição deseja- 2. Ligue o ar-condicionado.
2. Certifique-se que o A/C esteja desliga- da.
3. Selecione a posição e o modo
do. 3. Ajuste o nível ideal de aquecimento do entrada de ar fresco.
3. Selecione a posição e o modo En- ar, girando o controle de temperatura.
4. Ajuste o controle de temperatura de
trada de ar fresco.
maneira que a mistura de ar quente e ar
4. Ajuste o ventilador na velocidade de- resfriado seja confortável.
sejada. Este ajuste é adequado para todas as
condições de condução, sempre que a
temperatura externa estiver acima de 0°C.

4-12
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Para Desembaçar Para refrigerar mais rapidamente o inte-
Para remover o embaçamento de dentro rior do veículo em dias quentes, após o
dos vidros: mesmo estar estacionado por um perí-
odo prolongado sob a luz solar, siga os
1. Coloque o ventilador na velocidade procedimentos abaixo:
desejada ou alta para desembaçar rapi-
damente. 1. Antes de entrar no carro, abra se pos-
sível, pelo menos uma porta de cada
2. Ligue o ar-condicionado. lado. Isso faz com que a massa de ar
3. Selecione e modo ar fresco. quente contida no veículo seja reno-
vada.
4. Ajuste a temperatura de modo que o
fluxo de ar fique quente. 2. Mantenha o botão de controle de ven-
Névoa tilação na posição OFF (desligado) e dê
5. Selecione para ajudar a limpar o vidro
a partida no motor.
traseiro.
! Atenção 3. Abra todas as janelas até o final e dire-
6. Para aumentar o fluxo de ar para o para-
cione a entrada de ar para o para-brisa
brisa, feche as saídas de ar laterais. Poderá ser observada a presença de .
uma névoa (“fumaça branca”) prove-
niente dos difusores de ar, quando o 4. Mantenha o botão de recirculação de
ar-condicionado é ligado. ar desligado para permitir a entrada
de ar externo.
Esta condição é absolutamente
normal e não caracteriza irregulari- 5. Ligue o botão de controle do ventilador
dades no sistema. do ar-condicionado com os difusores
laterais voltado para as janelas.
A névoa é causada pela condensação
da umidade do ar ao ser resfriado
pelo sistema de ar-condicionado.
O surgimento da névoa está dire-
tamente associado com a umidade
relativa do ar.

4-13
Equipamentos de Conforto e Comodidade
6. Pressione o botão do ar-condiciona- Recomendações sobre utilização do Odor proveniente do ar-condicionado
do “A/C”. sistema de Ventilação, Aquecimento e A sujeira acumulada no evaporador do
Esses procedimentos evitam que o ar Ar-condicionado ar-condicionado pode causar um odor de-
quente contido nas tubulações venha O motor precisa estar ligado para que o sagradável devido à umidade. Para evitar
a soprar na direção dos ocupantes dos ar frio ou quente saia pelos difusores de que isso aconteça, habitue-se a:
assentos dianteiros, causando descon- ar. O aquecedor utiliza o calor proveniente
forto. do líquido de arrefecimento do motor para • Não utilizar desodorizadores no interior
aquecer o ar. Se o motor estiver frio, o aque- do veículo;
7. Coloque o veículo em movimento e,
após cerca de 10 segundos, feche cimento do ar levará algum tempo para ser • Ajustar a entrada do sistema para ar
todos os vidros até aproximadamente efetuado. O ar-condicionado independe da fresco se alguém estiver fumando dentro
2 dedos do batente final. temperatura do motor. do veículo;
8. Selecione o modo de fluxo de ar para A melhor opção é sempre manter o sistema • Manter o ventilador ligado o tempo todo,
os difusores centrais e direcione o fluxo ajustado para a entrada de ar fresco. Os mesmo quando o botão do ar-condi-
para o local desejado (motorista e/ou vidros poderão ficar embaçados se o cionado estiver desligado e os vidros
passageiro). sistema for mantido no modo de recir- estiverem abertos. Neste caso, direcione
9. Acione o botão de controle do ven- culação. Mantenha o sistema nesse modo o fluxo de ar para um dos difusores de
tilador na posição máxima a fim de somente ao transitar por áreas com muita maneira que não interfira no conforto dos
aumentar o fluxo de ar. fumaça ou poeira, ajustando-o novamente passageiros;
no modo de ar fresco assim que as condi-
10. Quando o fluxo de ar proveniente dos • Manter o ar-condicionado ligado o tempo
ções do ar externo melhorarem.
difusores estiver fresco, acione o bo- todo para desumidificar o ar quando a
tão de recirculação e feche todos os O ar fresco penetra pela base externa do umidade estiver alta. Ajuste o sistema
vidros. para-brisa. Retire sempre folhas, flores e no modo de recirculação para evitar a
demais materiais que possam obstruir a entrada de ar com muita umidade. Se
11. Aguarde que a temperatura abaixe a
entrada de ar. necessário, ajuste a temperatura para
níveis confortáveis e faça os ajustes
necessários. Assim que for possível, obter maior conforto;
mantenha a entrada de ar externo aberta
para permitir a renovação do ar.

4-14
Equipamentos de Conforto e Comodidade
• Deixar o ventilador ligado para secar o Pequena poça d’água se forma
! Atenção
interior do veículo sempre que possível. embaixo do veículo, após o uso do ar-
Um pouco antes de chegar ao destino fi- Serviços executados no sistema de condicionado:
nal, desligue o botão do ar-condicionado ar-condicionado com a finalidade
É normal que se observe um “vazamento”
a fim de cessar a condensação. de evitar odor não são cobertos
de água embaixo do automóvel após a
pela garantia, visto se tratar de um
Caso o odor esteja muito forte, dirija-se a utilização do ar-condicionado.
inconveniente gerado por uma ação
uma Concessionária Autorizada Honda para O componente do sistema de ar-condicio­
da natureza e não por defeitos de
inspeção no sistema. nado responsável pelo resfriamento do ar,
fabricação ou montagem.
inevitavelmente condensa a umidade (vapor
Qualquer que seja o procedimento
d’água) existente no ar.
Para evitar o odor desagradável, siga adotado para reduzir o odor, não irá
os procedimentos abaixo: assegurar uma solução definitiva. Esse componente está localizado no interior
Quando estiver cerca de 3 a 5 minutos do do veículo, sob o painel, montado numa
local de destino: caixa especial.
A umidade condensada é drenada, através
1. Desligue o botão “A/C”. de um pequeno tubo plástico, da caixa para
2. Acione o botão de controle do ventilador fora do veículo.
na posição máxima.
3. Desligue o botão de recirculação.
Esses procedimentos eliminam, significati-
vamente, a umidade contida no componen-
te do sistema de ar-condicionado, evitando
a formação de fungos.
Além disso, a temperatura interna do veí-
culo irá se aproximando, gradualmente, da
externa, o que evitará o choque térmico ao
se abrir a porta.

4-15
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Desembaçamento dos vidros A luz de advertência do ar-condicionado Para remover gelo da parte externa
A umidade presente no ar penetra no não acende se o ar-condicionado estava dos vidros
interior do veículo em dias chuvosos, desligado ao dar a partida. 1. Selecione a posição .
assim como em dias quentes e úmidos. 3. Ajuste a temperatura para que o fluxo de O sistema muda automaticamente para o
Além disso, os próprios passageiros em ar fique morno. modo ar fresco e liga o ar-condicionado.
um veículo podem aumentar a umidade
4. Selecione para ajudar a limpar o vidro O ar-condicionado não ligará se estiver
através da respiração ou de roupas úmi-
traseiro. previamente desligado.
das. A umidade elevada dentro do veículo
se condensa nas superfícies internas das 5. Para aumentar o fluxo de ar ao para- 2. Selecione a posição .
janelas, provocando o embaçamento. brisa, feche os difusores laterais. 3. Ajuste os controles de temperatura e do
Isto ocorre porque, quando a umidade do Ao mudar para de ou , ventilador para o nível máximo.
ar entra em contato com a superfície dos o ar-condicionado permanece ligado. Para desembaçar os vidros rapidamente, fe-
vidros, que está mais fria que o ar, gotículas Isto ajuda a evitar que os vidros fiquem che os difusores laterais, girando o controle.
de umidade se condensam nesta superfície rapidamente embaçados quando o ar Este ajuste enviará uma quantidade maior
mais fria, provocando o embaçamento. é redirecionado do para-brisa. Se você de ar quente para os difusores localizados
desejar desligar o ar-condicionado, na base do para-brisa. O uso contínuo do
Para obter maior rapidez no desembaça-
pressione e libere duas vezes o botão do modo recirculador de ar poderá aumentar
mento dos vidros, principalmente do para-
ar-condicionado. A luz de advertência no a umidade do ar interno. Portanto, assim
brisa, opere o sistema de ar-condicionado
botão acende e então apaga. que os vidros estiverem limpos selecione
conforme segue:
Para melhorar a eficiência na operação o modo ar fresco, para evitar que os vidros
1. Ajuste o ventilador na velocidade deseja-
de desembaçamento, mantenha a parte fiquem embaçados.
da ou alta para desembaçar rapidamen-
interna dos vidros sempre limpa (desen- Para maior segurança, verifique se a visibi-
te.
gordurada). lidade é boa através de todos os vidros, an-
2. Selecione e o modo ar fresco. O
Para limpeza dos vidros utilize apenas tes de colocar o veículo em movimento.
sistema muda automaticamente para detergente neutro e água, não utilize pro-
o modo ar fresco e liga o ar-condicio- dutos à base de silicone para a limpeza
nado. das partes plásticas do interior do veículo,
pois o silicone se evapora quando exposto
ao sol, condensando-se sobre a superfície
interna dos vidros.

4-16
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Sistema de áudio
Sistema de áudio com AM/FM/CD Changer (Modelo EXL)
Leia as páginas seguintes desta seção para
colocar em funcionamento o sistema de
áudio instalado em seu veículo.
O dispositivo antifurto desativará o sistema
de áudio se o mesmo for desconectado da
bateria do veículo. Para reativar o sistema, é
necessário introduzir um código numérico.
Para reativar o sistema de áudio, consulte
nesta seção “Sistema antifurto do áudio”.

Sistema de áudio com AM/FM/CD Player (Modelo LX)

4-17
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Rádio
Controles

Modelo LX Modelo EXL

Indicador de carregamento
Botão Botão Botão
Aleatório Botão Título
Botão Abertura do Botão CD
Carregar comparti-
mento Botão Ejetor
de CD
Botão AM Botão FM

Botão Botão de
POWER/ sintonia/som
VOLUME
Barra auto- Botão
seleção/scan Repetição
(A.SEL)
Barra de busca Botões de memória
(SEEK/SKIP)

Botão Scan
Botão
Botão Busca
Busca
Botões de Botões de
memória memória
Botão Vol/Seleção
Botão Play

4-18
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Funcionamento do rádio Scan – A função SCAN mostra todas as AUTO SELECT (auto-seleção) – Quando
A ignição deve estar na posição I (aces- estações com sinal forte na faixa selecio- não for possível sintonizar as estações
sórios) ou posição II (ligada). Ligue o rádio nada. Para ativar, pressione e libere o botão armazenadas na memória por se encon-
pressionando o botão liga/desliga/volume. SCAN. No display aparecerá SCAN. O siste- trar fora da sua área, use a função AUTO
Ajuste o volume girando o mesmo botão. ma irá buscar uma estação com sinal forte. SELECT (auto-seleção) para sintonizar
Quando o sistema encontrar a estação, estações locais.
A faixa e a frequência que o rádio foi sinto- ele irá parar e sintonizará esta estação por
nizado pela última vez serão indicadas no Pressione o botão A. SEL. No display será
aproximadamente 10 segundos. indicado “A.SEL” e o sistema entrará no
display. Para mudar a faixa, pressione o
botão AM ou FM. Na faixa FM, no display Se durante este período de 10 segundos não modo de busca (SCAN) por alguns segun-
será indicado ST, se a estação estiver for feito nada, o sistema irá, então, buscar dos. O sistema armazenará seis estações
transmitindo em estéreo. A reprodução em pela próxima estação com sinal forte e no- AM e doze estações FM na barra de pré-
estéreo não está disponível na faixa AM. vamente a sintonizará por aproximadamente ajustes (memória).
10 segundos. Se desejar manter esta estação Será indicado no display “0” após pressio-
Para sintonizar uma estação sintonizada, pressione o botão SCAN nova- nar uma barra de pré-ajuste, se a função
mente, dentro do período de 10 segundos. AUTO-SELECT (auto seleção) não encon-
São cinco os métodos que podem ser
utilizados para sintonizar uma estação na Botões de memória – Existem seis botões trou uma estação de sinal forte para cada
faixa selecionada: TUNE, SEEK, SCAN, de memória. Cada botão armazena uma uma das barras de pré-ajuste.
as barras de PRESET (memória) e AUTO frequência na faixa AM e duas frequências Se as estações armazenadas pela função
SELECT (auto-seleção). na faixa FM. AUTO SELECT não são do seu agrado, ou-
Tune – Use o botão TUNE para sintonizar o 1. Selecione a faixa desejada, AM ou FM. tras estações podem ser armazenadas na
rádio na frequência desejada. Gire o botão FM1 e FM2 permitem armazenar doze barra de pré-ajustes (memória), conforme
para a direita para sintonizar as frequências estações. descrito anteriormente.
altas ou gire para a esquerda para sintonizar 2. Use as funções TUNE, SEEK ou SCAN Para desligar a função AUTO SELECT,
as frequências baixas. para sintonizar a estação desejada. pressione o botão A.SEL. Este procedi-
Seek – A função SEEK busca para cima e mento restaura os pré-ajustes selecionados
3. Escolha um número de pré-ajuste (1 - 6) originalmente.
para baixo, a partir da estação sintonizada, e mantenha-o pressionado até ouvir um
uma estação com sinal forte. Para ativar bipe.
esta função, pressione e libere o lado
ou o lado da barra de busca. 4. Repita os procedimentos de 1 a 3 para
armazenar um total de seis estações AM
e doze FM.

4-19
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Iluminação do sistema de áudio Balance/Fader – Esses dois modos ajus- Controle de volume sensível à velocidade
Os botões de controle da intensidade de tam a potência do som que sai de cada um (SVC) – O modo SVC controla o volume,
luz do painel de instrumentos podem ser dos alto-falantes. baseado na velocidade do veículo. Quando
utilizados para ajustar a iluminação do BALANCE ajusta a potência entre os alto- a velocidade do veículo aumenta, o volume
sistema de áudio. O sistema de áudio se falantes direitos e esquerdos, enquanto do áudio torna-se mais alto. E quando a
ilumina quando as lanternas são ligadas, FADER ajusta a potência dos alto-falantes velocidade do veículo reduz, o volume do
mesmo o rádio estando desligado. dianteiros e traseiros. áudio também reduz.

Ajuste do som Treble/Bass/Subwoofer* – Use os modos O SVC tem quatro modos; SVC OFF (desli-
TREBLE/BASS/SUBW* para ajustar a tona- gado), SVC LOW (baixo), SVC MID (médio)
Os controles Bass (graves), Treble (agudos), e SVC HIGH (alto). O ajuste padrão é o SVC
Balance (ajuste dos alto-falantes dianteiros lidade dos sons agudos e graves conforme
a sua preferência. MID (médio).
e traseiros), Fader (ajuste dos alto-falantes
direitos e esquerdos) e SVC (Controle de Quando o nível alcançar o centro será indi- Gire o botão SOUND (TUNE) para ajustar
Volume Sensível à Velocidade) são todos cado no display “ ”. de acordo com a sua preferência. Se sentir
ajustáveis. Cada vez que pressionar o que o som está muito alto, escolha LOW
O sistema retornará automaticamente o (baixo). Se sentir que o som está muito
botão TUNE (sintonia), os modos mudam display para o modo de áudio selecionado,
de BAS para TRE para BAL para FAD e re- baixo, escolha HIGH (alto).
aproximadamente 5 segundos após parar
tornam, em seguida, para o modo de áudio de ajustar um modo.
selecionado. Cada modo será indicado no
mostrador à medida que for alterado.
Cada modo é indicado no display assim
como as suas mudanças. Gire o botão
SOUND (TUNE) para fazer os ajustes, con-
forme a sua preferência.

* Se equipado

4-20
Equipamentos de Conforto e Comodidade
CD player
Modelo LX
Funcionamento
Com a ignição na posição I (acessórios) ou
II (ligada), insira um CD no compartimento
do CD quando o indicador de carregamento
estiver aceso (luz verde). O acionador pu-
xará o CD e iniciará a reprodução.
As funções do CD player são acionadas
com os mesmos controles do rádio. Para
selecionar a função CD, pressione o botão
Botão AM Botão FM
CD. No display aparece “CD” e o número
da faixa que está sendo reproduzida. O
sistema continuará reproduzindo o CD, con-
tinuamente, até que o modo seja alterado.
Botão POWER/ Botão de
VOLUME Execute somente discos com formato
sintonia/som
padrão.
Barra auto-
seleção/scan
Discos que apresentam formatos diferentes
(A.SEL) podem ficar presos dentro da unidade ou
causar outros tipos de problemas. Além
Barra de busca Botões de memória (PRESET)
(SEEK/SKIP)
disso, não insira discos quebrados ou
trincados.
Não utilize discos de karaokê, vídeo CD
(VCD) e DVD.
Não use discos com etiquetas adesivas.
A etiqueta pode enrolar e prender o disco
na unidade.

4-21
Equipamentos de Conforto e Comodidade
O CD player pode reproduzir CD-R (gra- As especificações da compatibilidade dos As especificações da compatibilidade dos
vável) e CD-RW (regravável) nos formatos arquivos MP3 são: arquivos WMA são:
comprimidos MP3 e WMA. • Frequência de amostragem: 32/ 44.1/ • Frequência de amostragem: 32/44,1/
Para melhores resultados ao utilizar discos 48 kHz (MPEG1), 24, 22.05, 16 KHz 48 kHz
CD-R ou CD-RW, use somente discos de (MPEG2) • Taxa de Bits: 48/64/80/96/112/128/160/
boa qualidade para uso em áudio. • Ta x a d e B i t s : 3 2 / 4 0 / 4 8 / 5 6 / 6 4 / 192 Kbps
Quando um disco no formato MP3 ou WMA 80/96/112/128/160/192/224/ • Compatível com taxa de bit variável e
é colocado no compartimento do CD, no 256/320 Kbps (MPGE1), 8/16/24/ multi-seção.
display aparece “MP3” ou “WMA”. As 32/40/48/56/64/80/96/112/128/
camadas máximas executáveis são 8 e as 160 kbps (MPEG2) • Máximo de camadas (incluindo ROOT):
pastas e os arquivos (faixas) executáveis 8 camadas.
• Compatível com taxa de bits variável e
são 255. multi-seção. Para ouvir o rádio quando um disco está
Se o disco possui uma estrutura muito • Máximo de camadas (incluindo ROOT): sendo reproduzido, pressione o botão AM
complexa, a unidade de CD pode demorar 8 camadas. ou FM.
algum tempo para ler o disco, antes de
iniciar a execução. Para voltar para o modo CD player, pres-
sione o botão CD novamente.

4-22
Equipamentos de Conforto e Comodidade
DISP (Função de identificação da Para mudar ou selecionar faixas/ SEEK/SKIP (busca/pula para outra fai-
música) arquivos xa) – Cada vez que o lado do botão for
Cada vez que o botão DISP é pressio- Use a barra SEEK/SKIP enquanto o disco pressionado e liberado, a reprodução pula
nado durante a execução de um disco estiver sendo reproduzido para selecionar para a frente para iniciar a reprodução da
MP3/WMA, as seguintes informações (se trechos e mudar de faixa (arquivos no modo próxima faixa. Pressione e libere o lado
existentes) são mostradas no display, na MP3/WMA). do botão para pular para o início da faixa
seguinte ordem: que está sendo reproduzida. Pressione-o
No modo MP3/WMA use o botão PASTA novamente para iniciar a reprodução da
– pasta (TUNE), para selecionar pastas em um faixa anterior.
– arquivo disco e use a barra SEEK/SKIP para mudar
de arquivo. Para passar rapidamente dentro de uma
– nome do artista faixa, pressione e mantenha pressionado
o lado do botão ou da barra SEEK/
– álbum SKIP.
– nome da faixa
No modo MP3/WMA
Em seguida, o display retorna ao normal.
Seleção de Pasta – Para selecionar
Se o título é muito longo, ele não será in-
uma pasta diferente gire o botão PASTA
dicado de uma vez só. Pressione o botão
(TUNE) no sentido horário para iniciar a
DISP e mantenha-o pressionado, e o res-
reprodução da próxima pasta. Gire o botão
tante do título será indicado.
no sentido anti-horário para voltar para o
início da reprodução da pasta atual. Gire-o
no sentido anti-horário novamente para
iniciar a reprodução da pasta anterior.

4-23
Equipamentos de Conforto e Comodidade
REPEAT (Repete uma faixa/arquivo) – Para RANDOM (Busca aleatória dentro de um No modo MP3/WMA
ouvir continuamente uma faixa (arquivo disco) – Esta função reproduz a faixa dentro BUSCA ALEATÓRIA NA PASTA – Esta fun-
no modo MP3/WMA), pressione e libere o de um disco em ordem aleatória. No modo ção, quando ativada, reproduz os arquivos
botão RPT. No display aparece RPT. Pres- MP3/WMA, esta função somente reproduz da pasta atual em ordem aleatória, ao invés
sione o botão novamente para desativar pastas dentro de um disco em ordem ale- da ordem em que foram comprimidos em
a função. atória. Para ativar a reprodução aleatória, MP3/WMA. Para ativar a reprodução alea-
pressione e libere o botão RDM. No modo tória da pasta, pressione o botão RDM. No
No modo MP3/WMA MP3/WMA, pressione o botão RDM duas display será indicado F-RDM. O sistema,
REPETIR PASTA – Esta função, quando vezes para selecionar a reprodução alea- então, selecionará e reproduzirá os arquivos
ativada, repete todos os arquivos selecio- tória dentro de um disco. No display será aleatoriamente. Para desativar esta função,
nados em uma pasta, na ordem em que eles indicado RDM. Pressione e libere o botão pressione e mantenha pressionado o botão
foram gravados em MP3/WMA. Para ativar RDM novamente para retornar à reprodução RDM.
o modo repetir de uma pasta, pressione o normal.
Cada vez que o botão RDM é pressionado
botão RPT repetidamente, até aparecer no
e liberado, o modo altera de reprodução
display F-RPT. O sistema repete continua-
aleatória da pasta para reprodução aleatória
mente a pasta que está sendo reproduzida.
dentro de um disco e depois para reprodu-
Para desativar a função, pressione e man-
ção normal.
tenha pressionado o botão RPT.
Cada vez que o botão RPT é pressionado
e liberado, a função altera-se de repetir
arquivo para repetir pasta e depois para
reprodução normal.

4-24
Equipamentos de Conforto e Comodidade
SCAN – A função SCAN dá uma amos- No modo MP3/WMA Para parar a reprodução de um disco
tragem de todas as faixas/arquivos de um F-SCAN – Esta função, quando ativada, Pressione o botão eject ( ) para retirar
disco, na ordem em que foram gravados. mostra o primeiro arquivo de cada pasta o CD. Se o CD for ejetado, mas não for
Para ativar a função scan, pressione o botão por 10 segundos. Para ativar a função scan removido do compartimento, o sistema
SCAN. No display será indicado SCAN. A da pasta, pressione o botão SCAN até ser recarregará o CD automaticamente, após
função fará uma amostragem de 10 segun- indicado F-SCAN no display. O nome da 10 segundos e permanecerá no modo
dos de cada uma das faixas existentes no pasta também é indicado no display. Para pausa. Para iniciar a reprodução, pressione
disco. No display será indicado também o ouvir o restante da pasta, pressione o botão o botão CD.
nome da faixa/arquivo. Para sair do siste- SCAN, dentro de 10 segundos. Se não for
ma e reproduzir a última faixa mostrada, Pressione o botão AM ou FM para acionar
feito nada, o sistema avança para a próxima o rádio, durante a reprodução de um CD.
pressione e mantenha pressionado o botão pasta, reproduz os primeiros 10 segundos
SCAN. Pressione o botão CD para reproduzir o
dela, e continua passando pelas outras CD.
pastas da mesma maneira.
Se o sistema de áudio for desligado durante
a reprodução de um CD, com o botão PWR/
VOL ou desligando a ignição, o disco per-
manecerá no interior do CD player. Quando
o sistema voltar a ser ligado, o disco co-
meçará a ser reproduzido a partir do ponto
onde ele foi desligado.

Cuidados com os discos


Para informações sobre como manusear e
proteger os discos compactos, veja nesta
seção “Cuidados com os discos”.

4-25
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Mensagens de erro do toca-discos Mensagem de Causa Solução
A tabela à direita explica as mensagens erro
de erro visualizadas no display enquanto o
CD FORMAT Faixa/Formato A faixa atual será pulada e a nova faixa ou
disco está sendo tocado.
de arquivo não arquivo suportado toca automaticamente.
Se aparecer uma mensagem de erro no suportado
display enquanto o disco está sendo toca-
BAD DISC Erro mecânico Pressione o botão EJECT (ejetar) e retire
do, pressione o botão ejetor. Após ejetar o
CHECK o disco. Verifique o disco quanto a dano
disco, verifique se ele está danificado ou
MANUAL grave, sinais de deformação, riscos
deformado. Se ele não estiver danificado,
CHECK DISK Erro no servo excessivos e/ou sujeira. Insira o disco
insira-o novamente.
novamente. Se o código não desaparecer
Consulte esta seção para informação adi- ou o disco não puder ser removido,
cional sobre discos danificados. consulte uma Concessionária Autorizada
O sistema de áudio tentará tocar o disco. Se Honda. Não tente retirar o disco à força.
ainda existir um problema, a mensagem de
O disco ejetado não será recarregado automaticamente.
erro reaparece. Pressione o botão ejetor e
retire o disco, inserindo um disco diferente.
Se o novo disco tocar, existe um problema
com o primeiro disco. Se a mensagem de
erro repetir e você não puder apagar, leve
o veículo a uma Concessionária Autorizada
Honda.

4-26
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Funcionamento do CD Changer
Modelo EXL
Este sistema de áudio possui um CD Chan-
ger com capacidade para até 6 discos,
Indicador de carregamento proporcionando algumas horas de entre-
Botão Botão tenimento. O CD Changer é acionado com
Botão
Aleatório Botão Título os mesmos controles do rádio.
Botão Abertura do Botão CD Para colocar CDs ou acionar o CD Changer,
comparti-
Carregar
mento Botão Ejetor a ignição deve estar na posição I (acessório)
de CD ou II (ligada).
Para mudar para o rádio, quando estiver
reproduzindo um disco, pressione o botão
AM ou FM. Para voltar para o CD Changer,
pressione novamente o botão CD.

Botão ! ATENÇÃO
Repetição
Não use discos com etiquetas adesi-
vas. A etiqueta pode enrolar e pren-
der o disco na unidade.

Botão Scan
Botão
Botão Busca
Busca
Botões de Botões de
memória memória
Botão Vol/Seleção
Botão Play

4-27
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Colocando CDs no CD Changer Se o carregamento de CDs parar antes Para ouvir um CD
Para carregar vários CDs em uma única das seis posições estarem carregadas, o Selecione o CD Changer, pressionando o
operação: sistema irá aguardar por 10 segundos, em botão CD. O sistema iniciará a reprodução
seguida para a operação de carregamento do último CD selecionado no CD Changer.
1. Pressione e mantenha pressionado o bo- e inicia a reprodução do primeiro disco
tão LOAD, até ouvir um bipe, em seguida Você verá no display os números do disco
carregado. e da faixa.
será indicado no display “LOAD”.
Para carregar um único CD: Para selecionar um CD diferente, pressione
Não tente inserir um disco, até que
apareça “LOAD” no display. A unidade 1. Pressione e libere o botão LOAD. o número correspondente nos botões da
de áudio poderá ficar danificada. 2. O indicador de carregamento de CD pis- memória.

2. Insira o disco no compartimento de CD, ca (luz vermelha). Em seguida, o indica- O CD Changer também reproduz CD-R (dis-
quando o indicador de carregamento de dor de carregamento de CD acende (luz co gravável) e CD-RW (disco regravável),
CD acender (luz verde). Insira o disco verde). Quando for indicado “LOAD” no nos formatos comprimidos MP3 e WMA.
somente até a metade, o acionador ter- display, insira o disco no compartimento As camadas máximas executáveis são 8 e
minará de puxar o restante do disco. No do CD. Insira somente até a metade; o as pastas e os arquivos (faixas) executáveis
display aparecerá “BUSY” (ocupado) e o acionador puxará o restante do CD. são 255.
indicador de carregamento piscará (luz Se o botão LOAD for pressionado enquanto Se o disco possui uma estrutura muito
vermelha) enquanto o CD é carregado. o CD estiver sendo reproduzido, o sistema complexa, a unidade de CD pode demorar
3. Quando o indicador de carregamento para a reprodução daquele CD e inicia o algum tempo para ler o disco, antes de
de CD acender (luz verde) e aparecer carregamento na sequência. Em seguida, iniciar a execução.
“LOAD” no display novamente, insira o reproduzirá exatamente o CD que foi car-
próximo disco no compartimento. regado.

4. Repita este procedimento até que as seis


posições estejam carregadas. O sistema,
então, iniciará a reprodução do primeiro
CD carregado.

4-28
Equipamentos de Conforto e Comodidade
As especificações da compatibilidade dos DISP (Função de identificação da SEEK/SKIP (busca/pula para outra faixa)
arquivos MP3 são: música) – Cada vez que o lado do botão for pres-
– Frequência de amostragem: 32/ 44,1/ Cada vez que o botão DISP é pressio- sionado e liberado, a reprodução pula para
48 kHz (MPEG1), 24, 22.05, 16 KHz nado durante a execução de um disco a frente para iniciar a reprodução da pró-
(MPEG2) MP3/WMA, as seguintes informações (se xima faixa (arquivos no modo MP3/WMA).
existentes) são mostradas no display, na Pressione e libere o lado do botão para
– Ta x a d e B i t s : 3 2 / 4 0 / 4 8 / 5 6 / 6 4 / pular para o início da faixa que está sendo
80/96/112/128/160/192/224/ seguinte ordem:
reproduzida. Pressione-o novamente para
256/320 Kbps (MPEG1), 8/16/ – pasta iniciar a reprodução da faixa anterior.
24/32/40/48/56/64/80/96/112/128/ – arquivo
160 kbps (MPEG2) Para passar rapidamente dentro de uma
– nome do artista faixa, pressione e mantenha pressionado
– Compatível com taxa de bits variável e o lado do botão ou da barra SEEK/
multi-sessão. – álbum SKIP.
– Máximo de camadas (incluindo ROOT): – nome da faixa
8 camadas No modo MP3/WMA
Em seguida, o display retorna ao normal.
Seleção de Pasta – Para selecionar
As especificações da compatibilidade dos Se o título é muito longo, ele não será in-
uma pasta diferente gire o botão PASTA
arquivos WMA são: dicado de uma vez só. Pressione o botão
(TUNE) no sentido horário para iniciar a
DISP e mantenha-o pressionado, e o res-
– Amostragem de Frequência: 32/44,1/ reprodução da próxima pasta. Gire o botão
tante do título será indicado.
48 kHz no sentido anti-horário para voltar para o
início da reprodução da pasta atual. Gire-o
– Taxa de Bits: 48/64/80/96/112/128/160/ Para mudar ou selecionar faixas/
no sentido anti-horário novamente para
192 Kbps arquivos
iniciar a reprodução da pasta anterior.
– Compatível com taxa de bits variável e Use a barra SEEK/SKIP enquanto o disco
multiss<essão. estiver sendo reproduzido para selecionar
trechos e mudar de faixa (arquivos no modo
– Máximo de camadas (incluindo ROOT): MP3/WMA).
8 camadas
No modo MP3/WMA use o botão PASTA
(TUNE), para selecionar pastas em um
disco e use a barra SEEK/SKIP para mudar
de arquivo.

4-29
Equipamentos de Conforto e Comodidade
REPEAT (Repete uma faixa/arquivo) REPEAT DISC (Repete um disco) – Para RANDOM (Execução Aleatória Dentro
– Para ouvir continuamente uma faixa ouvir continuamente um disco (arquivos no de uma Pasta) – Esta função, quando
(arquivo no modo MP3/WMA), pressione modo MP3/WMA), pressione e mantenha ativada, executa todos os arquivos dentro
e mantenha pressionado o botão TUNE pressionado o botão TUNE (SOM). No de uma pasta em ordem aleatória e não na
(SOM). No display aparecem as funções display aparecem as funções disponíveis. ordem em que foram gravados na pasta.
disponíveis. Gire o botão até a função Gire o botão até a função “DISC REPEAT” Para ativar Random dentro de uma pasta,
“TRACK REPEAT” e pressione-o para ativar e pressione-o para ativar a função RE- pressione e mantenha pressionado o botão
a função REPEAT. Como lembrete, aparece PEAT DISC. Como lembrete, aparece no TUNE (SOM). No display aparecem as fun-
no mostrador a função RPT. Para desativar mostrador a função D-RPT. Para desativar ções disponíveis. Gire o botão até a função
a função, pressione o botão TUNE (SOM) a função, pressione o botão TUNE (SOM) “RANDOM IN FOLDER” e pressione-o para
novamente e selecione a opção “NORMAL novamente e selecione a opção “NORMAL ativar a função RANDOM IN FOLDER.
PLAY”. PLAY”. Como lembrete, aparece no mostrador a
função F-RDM. Para desativar a função,
No modo MP3/WMA pressione o botão TUNE (SOM) novamente
REPEAT FOLDER (Repete uma pasta) e selecione a opção “NORMAL PLAY”.
– Para ouvir continuamente uma pasta RANDOM DISC (Execução Aleatória Den-
(arquivos no modo MP3/WMA), pressione tro de um Disco) – Esta função, quando
e mantenha pressionado o botão TUNE ativada, executa todas as pastas e arquivos
(SOM). No display aparecem as funções dentro de um disco em ordem aleatória e
disponíveis. Gire o botão até a função não na ordem em que foram gravados no
“FOLDER REPEAT” e pressione-o para disco. Para ativar Random dentro de um
ativar a função REPEAT FOLDER. Como disco, pressione e mantenha pressionado
lembrete, aparece no mostrador a função o botão TUNE (SOM). No display aparecem
F-RPT. Para desativar a função, pressione o as funções disponíveis. Gire o botão até a
botão TUNE (SOM) novamente e selecione função “RANDOM IN DISC” e pressione-o
a opção “NORMAL PLAY”. para ativar a função RANDOM IN DISC.
Como lembrete, aparece no mostrador
a função RDM. Para desativar a função,
pressione o botão TUNE (SOM) novamente
e selecione a opção “NORMAL PLAY”.

4-30
Equipamentos de Conforto e Comodidade
SCAN – A função SCAN dá uma amos- No modo MP3/WMA SCAN DISCO – Para ativar a função de
tragem de todas as faixas/arquivos de um F-SCAN – Esta função, quando ativada, busca no disco, pressione o botão SCAN
disco, na ordem em que foram gravados. mostra o primeiro arquivo de cada pasta repetidamente até a indicação D-SCAN
Para ativar a função scan, pressione o botão por 10 segundos. Para ativar a função scan aparecer no display. A função busca no
SCAN. No display será indicado SCAN. A da pasta, pressione o botão SCAN até disco reproduz a primeira faixa do disco
função fará uma amostragem de 10 segun- ser indicado F-SCAN no display. O nome que está sendo reproduzido, por aproxi-
dos de cada uma das faixas existentes no da pasta também é indicado no display. madamente 10 segundos. Se nada for feito,
disco. No display será indicado também o Para ouvir o restante da pasta, pressione o sistema avança para o próximo disco e
nome da faixa/arquivo. Para sair do siste- o botão SCAN, dentro de 10 segundos. Se reproduz por aproximadamente 10 segun-
ma e reproduzir a última faixa mostrada, não for feito nada, o sistema avança para dos, e continua o mesmo procedimento nos
pressione e mantenha pressionado o botão a próxima pasta, reproduz os primeiros 10 demais CDs. Quando o sistema alcança o
SCAN. segundos dela, e continua passando pelas último disco, a busca no disco é cancelada
Cada vez que o botão SCAN é pressionado outras pastas da mesma maneira. Quando o e o CD é reproduzido normalmente.
e liberado, o modo altera de scan para scan sistema mostra o primeiro arquivo de todas
do disco, depois para reprodução normal, as pastas, F-SCAN é cancelado e o disco
quando estiver reproduzindo um CD. reproduz normalmente.
No modo MP3/WMA, cada vez que o botão
SCAN é pressionado e liberado, o modo
altera de scan, para scan da pasta, para
scan do disco, depois para reprodução
normal.

4-31
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Para parar a reprodução de um disco Retirando os discos Para retirar um outro CD do CD Changer,
Pressione o botão AM ou FM para acionar Para retirar um CD que está sendo repro- primeiro selecione-o, pressionando o nú-
o rádio, durante a reprodução de um CD. duzido no momento, pressione o botão mero correspondente na barra de memória.
Pressione o botão CD para reproduzir o ( ). No display será indicado “EJECT”. Quando iniciar a reprodução daquele CD,
CD. pressione o botão EJECT (ejetar).
Sempre que um CD é retirado do compar-
Se o sistema de áudio for desligado durante timento do CD, o sistema inicia automati- Se o botão EJECT for pressionado enquan-
a reprodução de um CD, com o botão PWR/ camente a sequência de carregamento, de to estiver ouvindo o rádio ou com o sistema
VOL ou desligando a ignição, o disco per- maneira que outro CD possa ser colocado de áudio desligado, o disco que foi selecio-
manecerá no interior do CD player. Quando naquela posição. Se nenhum CD for colo- nado pela última vez será ejetado.
o sistema voltar a ser ligado, o disco co- cado, o sistema seleciona o modo anterior Após aquele disco ser ejetado, pressione
meçará a ser reproduzido a partir do ponto (AM, FM1 ou FM2). o botão EJECT novamente para ejetar o
onde ele foi desligado. Se nenhum CD for retirado do compar- próximo disco em ordem numérica. Fa-
timento, o sistema fará o carregamento zendo isso seis vezes, todos os discos são
novamente do CD, após 10 segundos, e retirados do CD Changer.
colocará o CD Changer no modo pausa. Os discos podem ser ejetados quando a
Para iniciar a reprodução do CD, pressione ignição estiver ligada ou desligada:
o botão CD. Para ejetar um disco, pressione e libere o
botão EJECT.
Para ejetar todos os discos, pressione e
mantenha pressionado o botão EJECT, até
ouvir um bipe.

4-32
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Mensagens de erro no CD player Mensagem de erro Causa Solução
A tabela à direita explica as mensagens UNSUPPORTED O formato da faixa/ • O sistema pulará a faixa atual.
de erro que podem ser vistas no display FORMAT arquivo é incompatível • A próxima faixa ou arquivo compatível
enquanto um disco é executado. (formato incompatível) será reproduzido normalmente)
Caso alguma mensagem de erro seja in- Bad disc - Erro Mecânico • Pressione o botão ejetor e retire o(s)
dicada enquanto um disco é executado, Please check disco(s).
pressione o botão ejetar. Após ejetar o Owners manuals • Inspecione o disco quanto a danos,
disco, verifique se ele está danificado ou PUSH - EJECT sinais de deformação, riscos excessivos
deformado. Se não existir dano, insira o (CD danificado – e/ou sujeira.
disco novamente. Favor consultar o • Insira o disco novamente.
O sistema de áudio tentará tocar o disco. manual do proprietário • Se o código não desaparecer, ou o(s)
Se ainda existir problema, a mensagem Pressione – eject) disco(s) não puder(em) ser removido(s),
de erro aparece novamente. Pressione o Bad disc – Erro auxiliar consulte uma Concessionária Autorizada
botão ejetar e retire o disco. Insira um disco please check Honda.
diferente. Se esse disco tocar, o problema owners manual • Não tente forçar a saída do CD.
é com o primeiro disco. Se o ciclo da men- (CD danificado –
sagem de erro se repetir e não for possível Favor consultar o
apagar, leve o veículo à Concessionária manual do proprietário)
Autorizada Honda.
O disco ejetado não será recarregado automaticamente.

4-33
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Cuidados com os discos Proteção dos discos
Quando não estiver usando um disco,
Informações gerais guarde-o em seu estojo, para protegê-lo
• Use somente discos CD-R e CD-RW de do pó e outras contaminações. Para evitar
alta qualidade, específicos para sistemas empenamento, mantenha os discos fora da
de áudio. luz solar direta e calor extremo.
• Na gravação de um CD-R ou CD-RW Para limpar um disco, use um pano macio e
a gravação deve ser fechada para ser limpo. Limpe o disco de dentro para fora.
usada pelo sistema. Discos novos podem apresentar bordas
• Reproduza somente CDs de formato internas e externas irregulares. Os pedaços
padrão. Outro tipo de disco pode ficar pequenos de plástico que causam essas
preso no interior do CD player ou causar irregularidades podem se soltar e cair na su- MPCBR0146

outros problemas. perfície de reprodução, fazendo com que o


disco pule ou apresente outros problemas. Manuseie um disco pelas bordas; nunca
• Manuseie os CDs adequadamente para Remova essas irregularidades passando a toque a superfície. Nunca coloque anéis es-
evitar danos e que fiquem pulando. lateral de um lápis ou caneta. tabilizadores ou etiquetas sobre o disco.
! Atenção Nunca insira objetos estranhos no compar- Essas possíveis contaminações, prove-
timento do CD ou no CD Changer. nientes do toque com os dedos, respingos
Não use discos com etiquetas adesi- de líquidos, marcações com canetas etc.,
vas. A etiqueta adesiva pode dobrar podem fazer com que o disco não reprodu-
e travar o disco na unidade. za adequadamente ou que fique preso no
Danos causados por agente externo interior do CD player.
não são cobertos pela garantia.

4-34
Equipamentos de Conforto e Comodidade

Recepção do rádio Dirigir muito perto do transmissor de uma A recepção do rádio pode ser afetada
Uma boa recepção de rádio depende estação que esteja transmitindo numa fre- também pelas condições atmosféricas, tais
de vários fatores, tais como a distância quência próxima àquela da estação que como temporais e alta umidade. Pode-se
existente entre o rádio e o transmissor da estiver sintonizada também pode afetar receber o sinal de uma estação de rádio
estação, aproximação de objetos grandes a recepção do rádio. Ambas as estações distante em um dia e não recebê-lo no
e condições atmosféricas. serão ouvidas ao mesmo tempo ou so- dia seguinte. Isto se deve à mudança das
mente a estação cujo transmissor estiver condições climáticas.
O sinal da estação de rádio enfraquece mais próximo.
à medida que a distância do transmissor A interferência elétrica proveniente da
aumenta. Se estiver ouvindo uma estação Os sinais de rádio, especialmente na faixa passagem de outro veículo ou fontes esta-
AM, notará que o volume do som diminui FM, são desviados por objetos grandes, cionárias podem ser a causa de problemas
e a estação entra e sai de sintonia. Se es- tais como prédios e colinas. O rádio recebe temporários de recepção.
tiver ouvindo uma estação FM, perceberá então ambos os sinais, o direto da estação
que o indicador de estéreo piscará com o transmissora e o sinal desviado. Isto causa
enfraquecimento do sinal. O indicador de uma distorção do som, que é a principal
estéreo irá apagar-se e o som dissipar-se-á causa de recepções fracas ao trafegar na
por completo ao sair do alcance do sinal cidade.
da estação.

4-35
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Para conectar um iPod

Modelo EXL

Indicador do iPod
Botão Botão
Botão
Auxiliar
Indicador do USB
Botão Título

Botão Botão
Aleatório Repetição
Botão Busca (-) Botão Busca (+)

Botão Vol/Seleção
Botão Play

4-36
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Este sistema de áudio funciona com arqui- A seguir a lista dos modelos iPod com- Use somente iPods compatíveis com o
vos do iPod usando os mesmos controles patíveis com o sistema de áudio do seu programa mais atual. iPods que não estive-
usados para ouvir um CD. Para ouvir um veículo. rem compatíveis não funcionarão com este
iPod, conecte-o ao cabo adaptador USB, sistema de áudio. Para mais informações,
que está no porta-luvas superior, usando Modelo Programa* consulte uma Concessionária Autorizada
o seu conector, depois pressione o botão iPod classic 1.0 ou superior Honda.
AUX ou CD/AUX. A ignição deve estar na
iPod com vídeo 1.2 ou superior
posição I (acessório) ou II (ligada). Nestas ! Atenção
(iPod 5ª geração)
posições o iPod também pode ser recar-
regado. iPod nano 1.2 ou superior • Não conecte o iPod usando um
hub.
O sistema de áudio lê e reproduz os arqui- iPod nano 1.1.2 ou superior
2ª geração • Não mantenha o iPod no interior do
vos de som existentes no iPod. O sistema
veículo. Sol direto e alta temperatu-
não opera o iPod como um dispositivo que iPod nano 1.0 ou superior ra podem danificá-lo.
armazena mídia de massa. O sistema so- 3ª geração
mente irá reproduzir músicas armazenadas • Não utilize uma extensão entre o
no iPod com o iTunes. iPod nano 1.0.2 ou superior cabo do adaptador USB do seu
4ª geração veículo e o conector do seu equi-
iPod e iTunes são marcas registradas de
iPod touch 1.1.1 ou superior pamento.
propriedade da Apple Inc.
iPod touch 2.1.1 ou superior • Recomendamos fazer uma cópia de
2ª geração segurança antes de conectá-lo.
• Alguns equipamentos podem não
*: Programa mais atual ser acionados ou carregados atra-
vés do adaptador USB. Neste caso,
use o adaptador acessório para
acionar o equipamento

4-37
Equipamentos de Conforto e Comodidade

Botão de liberação Se o indicador do iPod não aparecer no


Cabo adaptador USB display do áudio, verifique as conexões e
tente reconectar o iPod algumas vezes.
Se o sistema de áudio ainda não reconhecer
Cabo adaptador USB o iPod, talvez o iPod precise ser reinicializa-
do. Siga as instruções do iPod ou procure
as instruções de reinicialização online em
www.apple.com/ipod.

Conector da base

Para conectar o iPod 3. Conecte o conector do seu iPod corre-


1. Abra o porta-luvas superior. tamente e com firmeza.
2. Pressione o botão de liberação para 4. Instale o conector da base ao cabo
liberar o cabo adaptador USB. adaptador USB firmemente.

4-38
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Função display de dados de texto Para alterar ou selecionar arquivos SKIP – Cada vez que o lado SEEK        do botão
Cada vez que o botão Title é pressionado o Use o botão SKIP enquanto a música estiver SEEK/SKIP é pressionado e liberado,
modo display alterna entre nome do álbum, sendo reproduzida no iPod para selecionar a reprodução pula para a frente para
nome da música, nome do artista ou nome trechos e trocar de músicas. iniciar a próxima música. Pressione e
desligado (que desliga o display de texto). solte    SEEK     p ara voltar a reprodução ao
Você também pode selecionar listas de mú-
início da música atual. Pressione nova-
O display mostra até 16 caracteres do dado sicas, artistas, álbuns ou músicas da lista
mente para pular para o início da música
selecionado (nome do álbum, nome da mú- usando os botões Select e Volume. Pres-
anterior.
sica etc.). Se o dado de texto selecionado sione o botão selecionado para mudar o
tiver mais que 16 caracteres, o display in- display para a lista mostrada, girando então Para movimentar rapidamente dentro
dicará os 15 primeiros caracteres e o sinal o botão Volume para selecionar o assunto de uma música, pressione e segure
. Pressione e mantenha pressionado o desejado. Pressione o botão (/Play) para ( SEEK ou SEEK ) do botão SKIP.
botão Title até que os 16 caracteres sejam iniciar a reprodução da música.
mostrados. Pressione o botão selecionado para mudar
o display para a lista de músicas e então
gire o mesmo botão para selecionar uma
música. Pressione o botão selecionado
(/Play) para ajustar sua seleção.

4-39
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Para selecionar um arquivo a partir do Para selecionar o modo Repete ou SHUFFLE ALBUM – esta função reproduz
menu do iPod Aleatório: aleatoriamente todos os álbuns disponíveis
Também pode ser selecionado um arquivo Você pode selecionar qualquer tipo dos em uma lista selecionada (listas de repro-
de qualquer lista no menu do iPod: playlists, modos repete ou aleatório usando o botão duções, cantores, álbuns ou músicas). Os
artistas, álbuns e música, usando o botão TUNE/SOUND. arquivos de cada álbum são reproduzidos
TUNE/SOUND. Pressione o botão TUNE/ na ordem gravada.
REPEAT – esta função reproduz continua-
SOUND para mudar o display para um mente um arquivo. Para ativar a função álbum aleatório,
menu iPod, em seguida gire o botão TUNE/ pressione e segure o botão TUNE/SOUND
SOUND para selecionar a lista desejada. Para ativar a função repetir, pressione e por cerca de 2 segundos, girando então o
segure o botão TUNE/SOUND por cerca de mesmo botão para selecionar “RANDOM
Se você pressionar repetidamente o botão 2 segundos, girando então o mesmo botão
TUNE/SOUND, este modo de seleção é IN FOLDER) (Aleatório na pasta) no display.
para selecionar “TRACK REPEAT” (Repete a Pressione e libere o botão TUNE/SOUND
cancelado e muda para o modo de ajuste faixa) no display. Pressione e libere o botão
do som. para iniciar o ajuste e aparece F-RDM no
TUNE/SOUND para iniciar o ajuste. Aparece display.
Após a seleção, aguarde alguns segundos RPT no display.
até que o display retorne à tela anterior. O SHUFFLE ALL – esta função reproduz ale- ! ATENÇÃO
menu do iPod é ajustado. Pressionando o atoriamente todos os arquivos disponíveis
botão TUNE/SOUND este modo de ajuste na lista selecionada (listas de reproduções, As funções operacionais disponíveis
é cancelado antes de retornar ao display cantores, álbuns ou músicas). variam de acordo com os modelos e
normal. as versões. Algumas funções podem
Para ativar a função tudo aleatório, pressio- não estar disponíveis no sistema de
Gire o botão TUNE/SOUND para selecionar ne e segure o botão TUNE/SOUND por cer-
um item. Após a seleção, aguarde alguns áudio do veículo.
ca de 2 segundos, girando então o mesmo
segundos até que o display retorne à tela botão para selecionar “RANDOM IN DISC”
anterior. O sistema então reproduz o primei- (Aleatório no disco) no display. Pressione e
ro arquivo do item selecionado. libere o botão TUNE/SOUND para iniciar o
Se você selecionar “ALL” (todos) na lista ajuste e aparece RDM no display.
de cantores ou álbuns, todos os arquivos
disponíveis da lista selecionada serão
executados.

4-40
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Para interromper a reprodução Para desconectar o iPod Ao desconectar o iPod enquanto ele está
do seu iPod Você pode desconectar o iPod a qualquer tocando, o display mostra “USB NO DATA”
Para ligar o rádio, pressione o botão AM ou momento em que aparecer a mensagem* (Sem dados da USB).
FM. Pressione o botão CD/AUX para mudar “OK to disconnect” (Pronto para desco- Se o mesmo iPod for reconectado, o sis-
o modo áudio entre disco e iPod. nectar) no display do iPod. Certifique-se tema de som poderá iniciar do ponto em
sempre que apareça a mensagem “OK to que foi desligado, dependendo da especi-
disconnect” (Pronto para desconectar) no ficação do iPod.
display antes de desconectar. Certifique-
se de seguir as instruções do iPod sobre
desconexão da base do cabo adaptador
USB.
*: A mensagem mostrada pode variar de
acordo com os modelos e as versões.
Em alguns modelos, não existe mensa-
gem para desconectar.

4-41
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Mensagens de erro do iPod Mensagem de Causa Solução
Se houver problema com o iPod, será exibi- erro
da uma mensagem de erro. A tabela nesta
USB Error Erro USB ROM Existe um problema com o adaptador USB.
página lista as mensagens que podem ser
(Erro USB)
vistas. Desconecte o iPod e conecte-o
novamente. Se o problema persistir, a men- BAD USB DEVICE Fonte de Aparece quando a função de proteção
sagem de erro é exibida novamente. Neste (Dispositivo alimentação de excesso de corrente do sistema deixa
caso, vá a uma Concessionária Autorizada USB ruim) anormal de fornecer força para o USB devido à
Honda para verificação. conexão de um dispositivo incompatível.
Desconecte o dispositivo. Em seguida,
desligue o sistema de áudio e ligue-o
novamente. Não volte a conectar o
dispositivo que causou o erro.
no song Nenhum arquivo Aparece quando o iPod está vazio.
(Nenhuma música) no iPod Armazene alguns arquivos no iPod.
unsupported Uso de um Aparece quando o dispositivo não
(Não Suportado) dispositivo não suportado é conectado. Desconecte o
suportado dispositivo.
unsupported Uso de um iPod Aparece quando um iPod não suportado
ver. não suportado é conectado. Se esta mensagem aparecer
(Versão não quando um iPod suportado é conectado,
suportada) atualize o programa do iPod para uma
versão mais nova.
connect Falha no Aparece quando o sistema não reconhece
retry (Conectar reconhecimento do o iPod. Conecte o iPod novamente.
novamente) iPod

4-42
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Usando um dispositivo de memória flash USB

Modelo EXL

Botão Botão

Botão
Indicador do USB Auxiliar
Botão Título

Botão SCAN
Botão Aleatório Botão Repetição

Botão Busca (-) Botão Busca (+)

Botão Vol/Seleção

Botão Play

4-43
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Para ouvir um dispositivo de memória Alguns dispositivos de memória flash USB As especificações da compatibilidade dos
flash USB (do tipo com trava de segurança) não fun- arquivos MP3 são:
Este sistema de áudio funciona com arqui- cionarão neste sistema de áudio. Para mais
informações consulte uma Concessionária – Frequência de amostragem:
vos de áudio de um dispositivo de memória
Autorizada Honda. 32/ 44,1/48 kHz (MPEG1)
flash USB usando os mesmos controles
usados para ouvir um CD. Para ouvir o 16/22,05/24 kHz (MPEG2)
dispositivo de áudio de memória flash USB, ! Atenção – Taxa de Bits:
conecte-o ao cabo adaptador USB, depois 32/40/48/56/64/80/96/112/128/160/192
• Não use dispositivos do tipo cartão
pressione o botão auxiliar (CD/AUX). A /224/256/320/VBR kbps (MPEG1)
de leitura ou drive rígido, pois o
ignição deve estar na posição I (acessório)
dispositivo ou os arquivos serão – Padrão suportado:
ou II (ligada).
danificados.
O sistema de áudio lê e reproduz os ar- MPEG1 Audio Layer3
• Não use um hub para conectar um MPEG2 Audio Layer3
quivos de som existentes no dispositivo dispositivo de memória flash USB.
de memória flash USB nos formatos MP3, – Partição:
WMA ou AAC*. Dependendo do formato, o • N ã o u t i l i z e u m a e x t e n s ã o a o
cabo do adaptador USB do seu Somente partição superior
display mostra MP3, WMA ou ACC quando
o dispositivo de memória flash USB estiver veículo. – Máximo de camadas: 8
em uso. O dispositivo de memória flash • Não mantenha o iPod no interior do As especificações da compatibilidade dos
USB está limitado a até 700 pastas ou até veículo. Sol direto e alta temperatu- arquivos WMA são:
65535 arquivos. ra podem danificá-lo.
• Recomendamos fazer uma cópia de – Frequência de amostragem:
*: Arquivos no formato AAC somente serão
segurança antes de conectá-lo. 32/ 44,1/48 kHz
reproduzidos neste sistema de áudio se
gravados com o iTunes. • Dependendo do tipo e número de – Taxa de Bits:
O dispositivo de memória flash USB reco- arquivos, ele pode levar algum tempo 48 – 320 /VBR Kbps (Máx 384)
mendado é de 256 Mbyte ou superior. Al- antes de iniciar a reprodução.
– Padrão suportado:
guns dispositivos digitais de áudio também • Dependendo do software em que
WMA versão 7/8/9
podem ser compatíveis. os arquivos foram gravados, pode
não ser possível reproduzir alguns – Partição:
arquivos ou indicar alguns dados de Somente partição superior
texto.
– Máximo de camadas: 8

4-44
Equipamentos de Conforto e Comodidade
As especificações da compatibilidade dos Botão de liberação
arquivos AAC são: Cabo adaptador USB
– Frequência de amostragem:
8/11,025/12/16/22,05/24/32/44,1/48 kHz
– Taxa de Bits:
48 – 320 Kbps
– Padrão suportado:
MPEG4/AAC LC
MPEG4/AAC LC
– Partição: Cabo adaptador USB
MPCBR0455
Somente partição superior
– Máximo de camadas: 8
Para conectar um dispositivo de 3. Conecte o conector do dispositivo de
Mesmo sendo gravado no formato MP3, memória flash USB memória flash USB ao cabo adaptador
WMA ou AAC um arquivo na versão NÃO 1. Abra o porta-luvas superior. USB corretamente e com firmeza.
SUPORTADA não poderá ser reproduzido. Quando o dispositivo de memória flash
Se o sistema encontrar um arquivo nesta 2. Pressione o botão de liberação para
liberar o cabo adaptador USB. USB está conectado, o indicador USB é
condição, o sistema de áudio indicará no mostrado no display.
display UNSUPPORTED (NÃO SUPORTA-
DO) e pulará para o próximo arquivo. O dispositivo de memória flash USB pode
ser desconectado a qualquer hora, mesmo
Nos formatos WMA ou AAC, arquivos se o modo USB estiver selecionado no sis-
DRM (gerenciamento de direito digital) não tema de áudio. Ao removê-lo, certifique-se
podem ser reproduzidos. Se o sistema de seguir as instruções do dispositivo de
encontrar um arquivo DRM, será indicado memória flash USB.
no display UNPLAYABLE FILE (ARQUIVO
INCOMPATÍVEL) e passará para o próximo
arquivo.

4-45
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Função display de dados de texto FOLDER SELECTION – Para selecionar Para alterar ou selecionar arquivos
Cada vez que o botão Title é pressionado o uma pasta diferente, pressione o botão Use o botão SKIP enquanto a música es-
modo display alterna entre nome do álbum, ou /PLAY. Pressione o botão tiver sendo reproduzida no dispositivo de
nome da música, nome do artista ou nome para pular para a próxima pasta memória flash USB para selecionar trechos
desligado (que desliga o display de texto). e o botão /PLAY para pular para a pasta e trocar de arquivos MP3, WMA ou AAC.
anterior.
O display mostra até 16 caracteres do dado
selecionado (nome do álbum, nome da mú- SKIP – Cada vez que o botão SEEK
sica etc.). Se o dado de texto selecionado é pressionado e liberado, a reprodução
tiver mais que 16 caracteres, o display in- pula para a frente para iniciar o próximo
dicará os 15 primeiros caracteres e o sinal arquivo MP3, WMA ou AAC. Pressione e
. Pressione e mantenha pressionado o solte o botão para voltar a reprodução
botão Title até que os 16 caracteres sejam e iniciar o arquivo que está sendo repro-
mostrados. duzido. Pressione novamente para pular
para o início do arquivo anterior.
Para movimentar rapidamente dentro de
uma faixa, pressione e segure o botão
ou .

4-46
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Para selecionar um arquivo a partir das Para selecionar o modo Repeat, RANDOM – Esta função reproduz todos os
listas de pastas e arquivos Random ou Scan: arquivos em ordem aleatória. Para ativar a
Você pode selecionar qualquer modo repe- reprodução aleatória de faixa, pressione
Você também pode selecionar uma pasta
te, aleatório ou procura usando os botões o botão RDM. Aparece RDM no display.
ou arquivo usando o botão VOL/SELECT.
RPT, RDM ou SCAN. Para desligar, pressione e segure o botão
Pressione o botão VOL/SELECT para mudar
RDM.
o display para a lista de pasta ou arquivo, Repeat – Esta função reproduz continu-
e então gire o botão VOL/SELECT para amente um arquivo MP3, WMA ou AAC, FOLDER RANDOM – Esta função reproduz
selecionar uma pasta ou arquivo. Pressio- pressionando e liberando o botão RPT. Você todos os arquivos da pasta selecionada na
ne o botão VOL/SELECT para ajustar sua verá RPT no display. Pressione e segure ordem aleatória. Para ativar a função pasta
seleção. o botão RPT para retornar à reprodução aleatória, pressione repetidamente o botão
volta ao normal. RDM. Para desligar, pressione e segure o
Pressionando o botão
display anterior e pressionando o botão botão RDM.
FOLDER REPEAT – Esta função reproduz
TITLE cancela este modo de ajuste. novamente todos os arquivos da pasta A cada vez que você pressionar o botão
selecionada na ordem em que foram ar- RDM, o modo muda de execução da faixa
mazenados. aleatória para reprodução aleatória da pasta
e então para a reprodução normal
Para ativar o modo repetir a pasta, pres-
sione repetidamente o botão RPT. Aparece
“F-RPT” no display. Para desligar, pressione
e segure o botão RPT.
A cada vez que você pressionar e liberar o
botão RPT, o modo muda de repetição do
arquivo para repetição da pasta e então
para a reprodução normal.

4-47
Equipamentos de Conforto e Comodidade
SCAN – Esta função mostra todos os FOLDER SCAN – Esta função mostra o pri- Para interromper a execução do
arquivos da pasta selecionada na ordem meiro arquivo de cada pasta na ordem em dispositivo de memória flash USB
em que foram armazenados. Para ativar a que foram gravados. Para ativar a função Para ligar o rádio quando um dispositivo
função busca, pressione o botão SCAN e busca de pasta, pressione repetidamente de memória flash USB estiver conectado,
aparece “SCAN” no display. Cada amostra o botão SCAN e aparece “F-SCAN” no pressione o botão AM ou FM. Se existir
de arquivo na pasta demora 10 segundos. display. O sistema reproduz então o primei- um disco na unidade de áudio, pressione o
Pressione e segure o botão SCAN para ro arquivo das pastas principais cerca de botão CD para reproduzir o disco.
sair do modo busca e reproduzir o último 10 segundos. Pressione e segure o botão
arquivo mostrado. SCAN para sair do modo de busca da pasta
e reproduzir o último arquivo mostrado. Desconectando um dispositivo de
A cada vez que você pressionar e liberar o memória flash USB
botão SCAN, o modo muda de busca do Desconecte o dispositivo de memória flash
arquivo para busca da pasta e então para USB. Em alguns dispositivos, siga as ins-
a reprodução normal. truções do fabricante.
Ao desconectar o dispositivo de memória
flash USB enquanto ele estiver reproduzin-
do, o display mostra “NO DATA”.
Se você reconectar o mesmo dispositivo
de memória flash USB, o sistema começa a
reproduzir do ponto em que foi desligado.

4-48
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Mensagens de Erro do dispositivo de Mensagem de Causa Solução
memória flash USB erro
Se ocorrer um problema com o disposi-
USB ERROR Erro USB ROM Existe um problema com o adaptador USB.
tivo de memória flash USB, aparece uma
(Erro USB)
mensagem de erro. Na tabela ao lado,
estão indicadas as mensagens de erro que BAD USB DEVICE Fonte de Aparece quando a função de proteção
podem aparecer. Desconecte o dispositivo (Dispositivo alimentação de excesso de corrente do sistema deixa
de memória flash USB e reconecte-o. Se USB ruim) anormal de fornecer força para o USB devido à
ainda existir o problema, a mensagem de conexão de um dispositivo incompatível.
erro voltará a aparecer. Leve o veículo a Desconecte o dispositivo. Em seguida,
uma Concessionária Autorizada Honda desligue o sistema de áudio e ligue-o
para verificação. novamente. Não volte a conectar o
dispositivo que causou o erro.
UNPLAYABLE FILE Uso de arquivos Aparece quando o dispositivo de memória
(Arquivo não suportados flash USB está em DRM ou em um formato
indisponível) não suportado. Esta mensagem de erro
aparece por aproximadamente 3 segundos,
depois reproduz a próxima música.
NO SONG Nenhum arquivo Aparece quando o dispositivo USB está
(Nenhuma música) no dispositivo de vazio ou não existe nenhum arquivo MP3,
memória flash USB WMA ou AAC. Grave alguns arquivos MP3,
WMA ou AAC no dispositivo USB.
UNSUPPORTED Uso de um Aparece quando um dispositivo USB não
(Não suportado) dispositivo USB suportado é conectado. Se esta mensagem
não suportado aparecer quando o dispositivo USB é
conectado, reconecte-o.

4-49
Equipamentos de Conforto e Comodidade

Modelo LX Modelo EXL Caso tenha errado o número, não tente


começar novamente nem tente corrigir o
erro. Complete a sequência de cinco dígitos
e, em seguida, armazene o código correto.
Este procedimento poderá ser repetido dez
vezes. Após as dez tentativas, será neces-
sário aguardar uma hora antes de reiniciar
a ativação do sistema.
Será necessário armazenar novamente suas
estações preferidas nos botões de memória
após a reativação do sistema. As estações
memorizadas anteriormente são apagadas
quando a alimentação é cortada.

Sistema Antifurto do Áudio Para isso, será necessário apresentar o


O sistema de áudio de seu veículo será número de série do equipamento.
desativado, caso a alimentação elétrica seja Se a bateria do veículo descarregar ou for
cortada. Para reativá-lo, será necessário desconectada, ou o fusível do rádio for
armazenar um código específico de cinco removido, o sistema de áudio será automa-
dígitos através dos botões de memória. ticamente desativado. Neste caso, a palavra
Como existem centenas de combinações “ENTER CODE” será indicada no mostrador
possíveis entre cinco dígitos, a reativação quando o sistema for novamente ligado.
do sistema sem o conhecimento do código Use os botões de memória para armaze-
correto é praticamente impossível. nar o código de cinco dígitos. Se o código
Um cartão que contém os números de có- estiver correto, o rádio será ligado.
digo e de série do sistema de áudio acom-
panha o veículo. Guarde esse cartão em
local seguro. Além disso, anote o número
de série do equipamento neste Manual do
Proprietário. Em caso de perda do cartão,
procure sua Concessionária Autorizada
Honda para obter o código correto.

4-50
Equipamentos de Conforto e Comodidade

Modelo EXL Modelo LX Modelo EXL


Botão CLOCK (AM)

Botão de hora Botão de reajuste


(memória 1) (memória 3)
Botão de minuto
(memória 2)

Entrada auxiliar Para sair do modo “AUX”, pressione o botão Ajuste do relógio
O seu veículo possui uma entrada auxiliar AM, FM, CD/AUX ou desconecte o cabo da Modelo EXL
para o sistema de áudio com conexão P2 entrada auxiliar.
Para ajustar a hora, pressione o botão CLO-
(estéreo), localizada ao lado do soquete de
CK (AM) até ouvir um bipe. A hora indicada
alimentação para acessórios no console
começará a piscar.
central (modelo EXL) ou sob o sistema de
áudio (modelo LX). Pressione e segure o botão H (memória
1) até atingir a hora desejada. Pressione e
O sistema de áudio passará automatica-
segure o botão M (memória 2) até atingir os
mente para o modo “AUX” ao conectar
minutos desejados.
equipamentos compatíveis à entrada
auxiliar. Pressione novamente o botão CLOCK para
finalizar o ajuste.

4-51
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Pode-se utilizar o botão R (memória 3 – mo- Botão VOL
Modelo LX Botão CLOCK (AM)
delo EXL, ou memória 6 – modelo LX) para Botão MODE
ajustar o relógio rapidamente para a hora
mais próxima. Se a indicação de minutos
estiver abaixo de 30, pressione e segure o
botão CLOCK e então pressione o botão R.
O relógio retornará para a hora anterior. Se a
indicação de minutos estiver acima de 30, o
relógio avançará para a próxima hora.
Botão de hora Botão de reajuste Por exemplo:
(memória 4) (memória 6)
• 1:06 retornará para 1:00
Botão de minuto
(memória 5) • 1:52 avançará para 2:00 Botão CH

Modelo LX Sistema de áudio com controle


Para ajustar a hora, pressione o botão remoto
CLOCK (A.SEL) até ouvir um bipe. A hora Modelo EXL
indicada começará a piscar. Três controles para o sistema de áudio
Pressione e segure o botão H (memória estão montados no cubo do volante de
4) até atingir a hora desejada. Pressione e direção. Eles permitem que as funções
segure o botão M (memória 5) até atingir os básicas sejam controladas sem tirar as
minutos desejados. mãos do volante.
Pressione novamente o botão CLOCK para O botão VOL ajusta o volume para cima
finalizar o ajuste. (­ ) ou para baixo ( ). Pressione a parte
superior ou inferior do botão e segure até
atingir o volume desejado, liberando o
botão a seguir.

4-52
Equipamentos de Conforto e Comodidade
O botão MODE altera o modo. Pressio- O número da faixa/arquivo e o tempo de
nando o botão repetidamente, seleciona- reprodução serão indicados no mostra-
se FM1, FM2, AM, CD (se houver um CD dor. Se o disco tiver dados de texto ou
carregado) ou AUX. for comprimido em MP3 ou WMA, será
Se estiver ouvindo o rádio, utilize o botão CH possível visualizar todas as informações
para mudar as estações. A cada vez que se (título da faixa, nome do arquivo, nome da
pressiona esse botão (+), o sistema avança pasta, etc.).
para a próxima estação da memória na faixa No modo MP3 ou WMA, você pode usar o
que você estiver ouvindo. Pressione e solte modo de busca para selecionar as pas­tas.
a parte inferior (–) do botão para retornar à Pressione e segure a parte superior (+) do
estação anterior. botão CH até ouvir um bipe, para avançar
Para ativar a função de busca, pressione para o próximo arquivo da próxima pasta.
Pressione a parte inferior (–) para retornar Luz indicadora do sistema de segurança
e segure a parte superior (+) ou inferior (–)
do botão CH até ouvir um bipe. O sistema à pasta anterior.
Sistema de segurança
busca estações em sintonias mais altas ou
mais baixas, a partir da estação atual, para O sistema de segurança ajuda a proteger
encontrar uma estação com sinal forte. o roubo do veículo. A buzina tocará e os
indicadores de direção piscarão se houver
Se estiver tocando um CD, o sistema avan- uma tentativa de entrada forçada em seu
çará para o início da próxima faixa (arquivo veículo. O alarme continua por 30 segundos
em MP3 ou WMA) a cada vez que você e depois reinicializa.
pressionar a parte superior (+) do botão
CH. Pressione a parte inferior (–) do botão Se a causa do alarme continuar, o alarme
para retornar ao início da faixa/arquivo repetirá várias vezes em intervalos de apro-
atual. Pressione-o duas vezes para re­tornar ximadamente 5 segundos.
ao início da faixa/arquivo anterior. Para desligar o sistema alarmado, antes de
passar 30 segundos, destrave a porta do
motorista com o controle remoto.

4-53
Equipamentos de Conforto e Comodidade
O sistema de segurança é ativado 15 se- O alarme também será disparado se o pas- O sistema de segurança não será ativado se
gundos após o travamento das portas, capô sageiro dentro do veículo, com o sistema de as portas, o capô ou a tampa traseira não
e tampa traseira. Para ativar o sistema, as segurança ativado, ligar a ignição. estiverem fechados totalmente. Se o sis-
portas e a tampa traseira devem ser trava- tema não for ativado, verifique o indicador
das pelo lado de fora com a chave ou com o ! Atenção de porta aberta, no painel de instrumentos,
controle remoto. O indicador do sistema de para ver se todas as portas e a tampa
segurança no painel de instrumentos come- O sistema de segurança não é dotado traseira estão fechadas corretamente. Ve-
çará a piscar imediatamente para mostrar de sensores de presença. Por esta rifique manualmente o capô, uma vez que
que o sistema está se ajustando. razão, não será ativado em caso de o indicador não mostra o capô.
arrombamento por quebra ou aber-
Quando as portas e a tampa traseira são tura do vidro. Não modifique nem acrescente outras fun-
travadas com o controle remoto, todos os ções a este sistema de segurança.
indicadores de direção e ambos indicadores
de direção no painel piscam três vezes para ! Atenção
confirmar que as portas, a tampa traseira
e o capô estão travados e o sistema de Destravar a porta do motorista com a
segurança ativado. Quando destravar, as chave dispara o sistema de seguran-
luzes piscam uma vez. ça. Certifique-se de destravar sempre
as portas e a tampa traseira com o
Uma vez que o sistema de segurança é controle remoto.
ativado, abrir qualquer porta ou a tampa
traseira (sem usar o controle remoto), ou O sistema de segurança só pode ser
capô, irá disparar o alarme. cancelado com o controle remoto.
Destravar a porta do motorista com
a chave não cancela o sistema de
segurança
O sistema de segurança é ativado
após travar as portas e a tampa trasei-
ra com o botão trava da porta do mo-
torista ou o interruptor de travamento
principal da porta.

4-54
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Controle de cruzeiro 3. Pressione e libere o botão SET/DECEL
Botão RES/ACCEL no volante de direção. O indicador
O controle de cruzeiro permite manter o
veículo em uma velocidade ajustada, aci- CRUISE CONTROL (controle de cruzei-
ma de 40 km/h, sem manter o acelerador ro) no painel de instrumentos acende
acionado. Este sistema deve ser usado para indicar que o sistema está ativa-
em estradas retas e com pouco trânsito. do.
Botão CRUISE
Não recomendado o uso deste sistema no O sistema de controle de cruzeiro pode não
transito da cidade, pistas molhadas, pistas manter uma velocidade ajustada quando
escorregadias, chuva forte e tempo ruim. estiver subindo ou descendo uma ladeira.
Se a velocidade do veículo aumentar quan-
! Atenção do estiver descendo uma ladeira, use o freio
para reduzir a velocidade. Este procedimen-
O uso inadequado do sistema con- Botão CANCEL Botão SET/DECEL to irá cancelar o controle de cruzeiro. Para
trole de cruzeiro pode levar a um
retomar a velocidade ajustada, pressione o
acidente. Para acionar o controle de cruzeiro botão RES/ACCEL. O indicador do controle
Use o sistema controle de cruzeiro 1. Pressione o botão CRUISE (cruzeiro), no de cruzeiro volta a acender no painel de
somente quando estiver em estradas volante de direção. O indicador CRUISE instrumentos.
retas e com tempo bom. MAIN (cruzeiro principal), acende no Quando estiver subindo uma ladeira, a
painel de instrumentos. transmissão automática pode engatar uma
2. Acelere para alcançar a velocidade de- velocidade baixa para manter a velocidade
sejada, acima de 40 km/h. ajustada.

4-55
Equipamentos de Conforto e Comodidade
Para mudar a velocidade ajustada • Para reduzir a velocidade gradativamen- Para retomar a velocidade ajustada
A velocidade ajustada pode ser aumentada, te, bata levemente no botão SET/DECEL. Quando o botão CANCEL é pressionado
procedendo da seguinte maneira: Cada vez que isso é feito, a velocidade ou o pedal do freio é tocado levemente, o
do veículo reduz aproximadamente 1,6 sistema irá lembrar da velocidade ajustada
• Pressione e segure o botão RES/ACCEL. km/h. anteriormente. Para retomar à aquela velo-
Quando alcançar a velocidade de cruzei- cidade, acelere até alcançar a velocidade
ro desejada solte o botão. • Pise no pedal do freio. O indicador do
acima de 40 km/h e, então, pressione e
controle de cruzeiro no painel de ins-
solte o botão RES/ACCEL. O indicador
• Pressione o pedal do acelerador até trumentos irá apagar. Quando o veículo
do controle de cruzeiro acende. O veículo
alcançar a velocidade de cruzeiro de- reduzir para a velocidade desejada,
irá acelerar para a mesma velocidade de
sejada, depois pressione o botão SET/ pressione o botão SET/DECEL.
cruzeiro ajustada antes.
DECEL. Mesmo com o controle de cruzeiro ligado,
Para desligar o sistema pressione o botão
o pedal do acelerador pode ser usado
• Para aumentar a velocidade gradativa- CRUISE e é zerada a velocidade de cruzeiro
para aumentar a velocidade numa ultra-
mente, bata levemente no botão RES/ anterior.
passagem. Após a ultrapassagem, tire o
ACCEL. Cada vez que isso é feito, a ve-
pé do acelerador. O veículo retorna para a ! ATENÇÃO
locidade do veículo aumenta 1,6 km/h.
velocidade de cruzeiro ajustada.
A velocidade ajustada pode ser reduzida, A velocidade do veículo, com o con-
Descansar o pé no pedal do acelerador
procedendo da seguinte maneira: trole de cruzeiro ativado, poderá
poderá cancelar o controle de cruzeiro.
variar tanto em aclives como em
! Atenção declives em função da inclinação da
Para cancelar o controle de cruzeiro via e outros fatores, especialmente
Se precisar reduzir a velocidade rapi- em descidas acentuadas ou prolon-
damente, use os freios, como usaria Para cancelar o controle de cruzeiro, pro- gadas. Esteja atento à velocidade
numa situação normal. ceda da seguinte maneira: regulamentada para não excedê-la.
• Toque no pedal do freio.
• Pressione e segure o botão SET/DECEL.
Quando alcançar a velocidade de cruzei- • Pressione o botão CANCEL no volante
ro desejada solte o botão. de direção.
• Pressione o botão CRUISE no volante
de direção.

4-56
Antes de Dirigir

5
Período de amaciamento
! ATENÇÃO
Durante os primeiros 1000 km de rodagem,
evite: A utilização de gasolina adulterada,
com chumbo ou outros combustí-
• Acelerações bruscas ao sair com o
veis não homologados para o uso
Antes de dirigir veículo;
automotivo (por exemplo, gasolina
• Durante os primeiros 300 km, evite frea- de aviação) poderá causar danos
das bruscas. O uso incorreto dos freios irreversíveis ao motor, estendendo-
durante este período comprometerá se aos sistemas de alimentação e
futuramente a eficiência da frenagem. escapamento do seu automóvel.
Substitua o óleo do motor nos períodos Estes danos não são cobertos pela
recomendados no plano de manutenção. garantia.

Ao trafegar por outros países, certifique-se


! ATENÇÃO
antes de abastecer que a gasolina não
Este procedimento de amaciamen- contenha chumbo, ou seja, verifique a
to aplica-se também para motores seguinte inscrição na bomba do posto de
substituídos ou retificados e quando abastecimento: “sin plomo”, para países de
os freios são substituídos. língua espanhola.

Combustível
Gasolina aditivada fornecida pelas
O motor do seu automóvel foi projetado para
distribuidoras*
funcionar com gasolina do tipo C – comum,
comercialmente disponível, em atendimento à A gasolina aditivada distingue-se da comum
Resolução CONAMA nº 18/86 – PROCONVE tipo C por receber aditivos com proprieda-
(Programa de Controle de Poluição do Ar des detergentes e dispersantes.
para Veículos Automotores) e à Resolução Desta forma, evita-se a formação de corro-
nº 71/98 da ANP. são e depósitos no sistema de alimentação
de seu automóvel, permitindo sempre um
bom fluxo de combustível ao longo do
tempo.

5-1
Antes de Dirigir

A decisão pelo uso da gasolina aditivada ABASTECIMENTO


cabe ao cliente, porém ressalta-se pri-
mordialmente o cuidado com sua proce- ! ATENÇÃO
dência, seja comum ou aditivada.
A gasolina é um combustível alta-
mente inflamável e explosivo. Ao
! ATENÇÃO manusear a gasolina ou abastecer
o veículo, tome as seguintes pre-
O uso de aditivos complementares, cauções:
ou seja, frascos de aditivos comer-
cialmente disponíveis em postos de • Desligue o motor;
abastecimento e lojas de autopeças, • Não fume;
comprometerá o desempenho do • Não utilize telefone celular; Tampa do bocal de abastecimento
motor, além de causar danos irre- • Mantenha chamas, fósforos e fa-
versíveis ao sistema de alimentação íscas afastadas da gasolina;
e escapamento. Estes danos não são Abastecimento do tanque de
• Não transporte gasolina no inte-
cobertos pela garantia. combustível
rior do veículo;
• Limpe imediatamente a gasolina 1. Estacione com o lado esquerdo do veí­
derramada; culo virado para a bomba de combustível
! ATENÇÃO
do posto de gasolina.
• Abasteça somente em local aberto.
Os motores Honda possuem injeto- 2. Abra a portinhola do bocal de abaste-
res de combustível com tecnologia cimento, puxando a alavanca situada
autolimpante, portanto A LIMPEZA sob o painel no lado esquerdo do mo-
PERIÓDICA DESTES COMPONEN- torista.
TES NÃO É NECESSÁRIA.

* Como a gasolina aditivada possui propriedades


detergentes, automóveis com alta quilometra-
gem poderão mudar para este tipo de combus-
tível gradualmente, evitando-se assim que os
eventuais resíduos removidos pelo combustível
venham a entupir o sistema de alimentação.

5-2
Antes de Dirigir

5. Encaixe a tampa e aperte-a até ouvir o Capô do motor


ruído característico de travamento pelo
menos uma vez. ! CUIDADO
6. Para fechar a portinhola do bocal de Antes de acionar a alavanca de
abastecimento, empurre-a até que esteja abertura do capô, desligue o motor.
travada. Inspeções e/ou ajustes no com-
partimento do motor com este em
! CUIDADO funcionamento são operações ar-
riscadas e só devem ser efetuadas
É muito importante o fechamento por um técnico especializado, visto
adequado da tampa do bocal do que correias e polias se encontram
reservatório de combustível, pois em movimento.
Alça
caso contrário poderão ocorrer
vazamentos de gases ou do próprio
3. Remova a tampa do bocal lentamente. combustível, gerando risco aos
Um ruído poderá ser ouvido conforme a ocupantes.
pressão residual do tanque de combus-
tível for aliviada. Pendure a tampa no
suporte da portinhola.
A tampa está presa à portinhola por
meio de uma alça para evitar que seja
perdida.
4. Abasteça o tanque de combustível até
a bomba desligar-se automaticamente.
Não encha o tanque excessiva­men­te.
Deve existir algum espaço no interior
do tanque para permitir a expansão de
combustível decorrente da mudança de
temperatura.

5-3
Antes de Dirigir

Alavanca de liberação do capô Trava Haste de


Protetor sustentação

Presilha

Abertura do Capô 2. Posicione-se em frente ao veículo, co- 3. Segurando a manopla, puxe a haste de
loque os dedos entre o capô e a grade sustentação para fora de sua presilha e
1. Acione o freio de estacionamento. Puxe
dianteira. A trava de segurança do capô insira-a no orifício, no local indicado pela
a alavanca de liberação, localizada no
está localizada logo acima do emblema seta.
lado esquerdo, logo abaixo do painel.
da Honda (“H”). Pressione esta trava
O capô destravará e ficará levemente para cima, até ela tocar no capô. Levante ! ATENÇÃO
aberto. o capô. Não se apóie nem aplique peso no
Se for possível abrir o capô sem levantar capô a fim de evitar danos. Antes de
a trava de segurança ou se o movimento fechá-lo, certifique-se de abaixar a
for difícil ou a mola não voltar para a haste de sustentação.
posição original, o mecanismo deve ser
limpo e lubrificado. Para fechar o capô, levante-o levemente para
soltar a haste de sustentação do seu orifício.
Encaixe novamente a haste de sustentação
em sua presilha. Abaixe o capô, até aproxima-
damente 30 cm do fechamento e solte-o, para
que ele feche e trave através da ação do seu
próprio peso. Após o fechamento do capô,
verifique se ele está seguramente travado.

5-4
Antes de Dirigir

Inspeção do nível do óleo do A quantidade de óleo consumida depende


motor de como o veículo é dirigido e das condi- Medidor de nível do
óleo do motor
Verifique o nível do óleo sempre que for ções do clima e das rodovias onde ele se
reabastecer o veículo. Aguarde alguns encontra. A média de consumo de óleo
minutos, após desligar o motor, antes de pode chegar até a 1 litro a cada 1.000 km. O
verificar o nível do óleo. consumo pode ser um pouco maior quando
o motor é novo.
Todo motor consome óleo como parte
de seu funcionamento normal, portanto, Aguarde alguns minutos, após desligar o
verifique o nível do óleo regularmente, por motor, antes de verificar o nível do óleo e
exemplo, quando reabastecer. Verifique o estacione o veículo em um local plano.
nível do óleo principalmente antes de uma
longa viagem.
Certifique-se de que o motor está aquecido
e estacionado em local plano. Desligue o 1. Remova a vareta medidora (alça laranja).
motor e aguarde aproximadamente 3 minu-
tos, antes de verificar o nível do óleo. Remova a vareta medidora cuidado-
samente, para que não derrame óleo.
! ATENÇÃO Óleo derramado pode danificar os
componentes no compartimento do
A leitura do nível de óleo do motor motor.
logo após seu desligamento pode
passar a impressão que o nível está
baixo. Caso o óleo seja completado
nestas circunstâncias, o nível do óleo
fica acima da marca “MAX.”, o que é
prejudicial ao motor.

5-5
Antes de Dirigir

Máx. Reservatório

Marca superior
Marca inferior

Mín.

2. Limpe a vareta medidora com um pano 4. Remova novamente a vareta medido- Inspeção do líquido de
limpo ou toalha de papel. ra e verifique o nível do óleo. O nível arrefecimento do motor
3. Insira-a novamente, até o fim. deve estar entre as marcas Superior e Verifique o nível do líquido de arrefecimento
Inferior. do motor no próprio reservatório. O nível
Se o nível estiver próximo ou abaixo da deve estar entre as marcas MAX e MIN. Se
marca Inferior, consulte a Seção 7 “Adição o nível estiver abaixo da marca MIN, con-
do óleo do motor”. sulte a Seção 7, “Para completar o líquido
de arrefecimento”, para informações sobre
o reabastecimento adequado do líquido de
arrefecimento.

5-6
Antes de Dirigir

Economia de combustível • Maneira de Dirigir Motores frios consomem mais combus-


As condições do veículo e o seu modo de Você pode melhorar a economia de tível do que motores aquecidos. Con-
dirigir são os principais fatores que influen- combustível conduzindo o veículo tudo, não é necessário deixar o motor
ciam no consumo de combustível. moderadamente. Acelerações rápidas, funcionando em marcha lenta por longo
curvas repentinas e frenagens severas tempo para aquecer o motor, você pode
• Condições do veículo consomem mais combustível. colocar o veículo em movimento em apro-
ximadamente 1 minuto, independente da
Mantenha o seu veículo de acordo com Sempre conduza o veículo na marcha temperatura externa. Desta maneira, o
o plano de manutenção. Desta forma, o mais alta, a qual permite funcionamento aquecimento do motor será mais rápido e
veículo se mantém em perfeitas condi- e aceleração do motor mais suave. a economia de combustível será melhor.
ções de funcionamento.
Dependendo das condições do tráfego, O ar-condicionado exige mais do motor
O principal item da manutenção é a tente manter uma velocidade constante. e consequentemente consome mais
manutenção feita por você mesmo. Por Cada vez que você reduz e aumenta a combustível. Desligue o ar-condiciona-
exemplo, pneu com pressão abaixo da velocidade, ocorre um consumo extra de do quando ele não for necessário. Use
recomendada causa maior resistência combustível. a ventilação quando a temperatura do
na rodagem e consequentemente maior ar externo for agradável.
consumo de combustível. Pressão baixa Use o controle de cruzeiro sempre que
também causa desgaste mais rápido dos possível.
pneus, portanto, verifique a pressão dos
pneus pelo menos uma vez por semana.

5-7
Antes de Dirigir

Descarga elétrica (carga Abaixo listamos algumas informações que


! ATENÇÃO
eletrostática) poderão minimizar tal efeito:
A carga eletrostática é um fenômeno fre- • Roupas de lã e/ou materiais sintéticos O fenômeno CARGA ELETROSTÁTI-
quente na natureza, resultado do atrito da geram maior carga elétrica do que ou- CA é oriundo de uma ação da natu-
carroçaria do veículo com o ar, em especial tros materiais, especialmente quando reza e não por defeitos de fabricação
quando a umidade é baixa. Da mesma combinadas com ar seco; e/ou montagem.
forma, o atrito entre a roupa e o tecido do As instruções relatadas acima têm
• Calçados em material isolante são mais
banco/forrações também pode acarretar caráter meramente orientativo e não
propícios ao acúmulo de carga elétrica
em acúmulo de carga eletrostática, princi- asseguram uma solução definitiva
pelos ocupantes em comparação com
palmente se forem roupas confeccionadas para este efeito.
outros materiais;
em lã e/ou materiais sintéticos, além do uso
de calçados de material isolante. • Para diminuir as chances de se sentir a
descarga elétrica ao entrar no veículo,
Sendo assim, tal fenômeno pode ser
disperse as eventuais cargas elétricas
percebido ao se tocar a carroçaria e/ou
segurando a parte metálica da chave
partes metálicas do veículo, ocorrendo uma
de ignição e encostando a chave na
pequena e instantânea descarga elétrica.
fechadura da porta;
Esta pequena descarga, de baixa intensi-
dade e duração, pode apresentar algum • Pulverize os bancos e carpete com
desconforto momentâneo para algumas shampoo neutro diluído em água para
pessoas, porém não oferece qualquer risco minimizar tais efeitos;
à saúde.

5-8
Antes de Dirigir

Acessórios e modificações Acessórios


! CUIDADO
A modificação ou instalação de acessórios Os acessórios originais que podem perso-
não recomendados pela Honda pode afetar nalizar o seu veículo estão disponíveis em Modificações ou acessórios inade-
a segurança do seu veículo. Antes de fazer sua Concessionária Autorizada Honda. Os quados podem afetar negativamente
qualquer modificação ou instalação de acessórios devem ser designados e apro- a dirigibilidade, a estabilidade e o de-
acessórios, consulte a sua Concessionária vados para o seu veículo. sempenho do seu veículo e provocar
Autorizada Honda. um acidente, no qual você pode so-
Acessórios não originais Honda normal-
frer ferimentos graves e até fatais.
mente são projetados para aplicação em
geral. Embora esses acessórios se encai- Siga as instruções deste Manual do
xem em seu veículo, muitas vezes eles não Proprietário, com referência a aces-
possuem certificado de fabricação e podem sórios e modificações.
afetar negativamente a estabilidade e a
dirigibilidade do seu veículo. (Consulte a Quando instalados adequadamente, te-
Seção 5 “Modificações”, para informações lefones celulares, alarmes e sistemas de
adicionais.) áudio não interferem com os sistemas
controlados pela unidade eletrônica, tais
como Sistema SRS e Sistema de freio
antitravante ABS.

5-9
Antes de Dirigir

Entretanto, se os acessórios eletrônicos Modificações Precauções adicionais de segurança


são instalados incorretamente ou excede- Não remova qualquer equipamento original • Não fixe ou coloque objetos sobre
rem a capacidade do sistema elétrico, eles ou modifique o seu veículo de maneira as coberturas dos airbags. Qualquer
podem interferir com o funcionamento do que possa alterar o seu estilo ou funcio- objeto fixado a ou colocado sobre a co-
veículo e até mesmo causar o acionamento namento. bertura com a inscrição “SRS AIRBAG”,
do airbag. Por exemplo, não faça qualquer modifica- no centro do volante de direção ou na
Antes de instalar qualquer acessório: ção que possa mudar a altura do veículo, parte superior do painel de instrumentos,
ou instale rodas e pneus diferentes dos lado do passageiro, pode interferir com o
• Não utilize acessórios que obstruam as
recomendados para o seu veículo. bom funcionamento dos airbags. Ou, em
luzes ou interfiram com o funcionamento
caso de acionamento do airbag, o objeto
e desempenho do veículo. Tais modificações podem afetar negati-
poderá ser arremessado e machucar
• Certifique-se que o acessório não irá vamente a dirigibilidade e interferir com
alguém dentro do veículo.
sobrecarregar o sistema elétrico do seu o funcionamento dos freios ABS e outros
veículo. sistemas.

• Consulte a sua Concessionária Autori- Além disso, qualquer modificação que dimi-
zada Honda antes de instalar qualquer nua o vão livre do solo aumenta a chance de
tipo de acessório em seu veículo. danos na parte inferior do veí­culo, devido a
impactos com o solo. Isto pode até causar
o acionamento inesperado do airbag.
Não modifique o volante de direção ou
qualquer peça do Sistema suplementar de
segurança (SRS). Modificações poderão
deixar o sistema inoperante.

5-10
Antes de Dirigir

BAGAGEM
Seu veículo possui vários locais para aco-
modar a bagagem de forma segura.
Cobertura da área Compartimentos O porta-luvas, os compartimentos do conso-
de bagagem* das portas le central, os compartimentos das portas, os
compartimentos dos encostos dos bancos
Área de bagagem Porta-luvas e o compartimento central foram projetados
superior para acomodar objetos pequenos e leves. A
área de bagagem deve ser utilizada para ar-
mazenar objetos maiores e mais pesados. A
área de bagagem pode ser aumentada com
a escamoteação do banco traseiro ou dividi-
da em dois compartimentos com o tampão
duplo (consulte na seção 3 “Escamoteação
do banco traseiro” e “Tampão duplo da área
de bagagem”).
Contudo, transportar carga excessiva no
porta-malas, ou armazenada incorreta-
mente, pode afetar negativamente a diri-
gibilidade, estabilidade e funcionamento
do veículo, tornando-o inseguro. Antes
de transportar qualquer tipo de bagagem,
Tampão duplo da área Compartimentos dos consulte as informações a seguir.
de bagagem encostos dos bancos
Porta-luvas
inferior
Compartimentos
do console central Compartimento
central

* Se equipado

5-11
Antes de Dirigir

Capacidade de carga Acomodação da Carga • Consulte na seção 3 “Escamoteação do


O peso máximo permitido, incluindo o peso No compartimento de passageiros banco traseiro”.
do veículo, peso total dos ocupantes, carga • Não use o tampão duplo da área de ba-
• Guarde ou segure objetos que possam
e acessórios é de 2.060 kg (modelo EXL) e gagem se uma das posições do banco
ser arremessados no interior do veículo
1.990 kg (modelo LX). traseiro estiver escamo­teada.
e machucar alguém.
Para calcular o peso permitido para trans-
• Certifique-se que os objetos colocados
porte:
no assoalho, atrás dos bancos diantei-
• Consulte o peso do veículo, conforme ros, não possam rolar por baixo do ban-
especificado na seção 10 “Informações co do motorista e, desta forma, impedir
técnicas” e subtraia esse valor do peso o acionamento dos pedais ou interferir
máximo permitido 2.060 kg (modelo EXL) com o funcionamento dos bancos.
e 1.990 kg (modelo LX). O valor resultan-
• Mantenha o porta-luvas fechado com
te é o peso permitido para transporte.
o veículo em movimento. Se a tampa
estiver aberta, em caso de colisão ou
Exemplo (modelo EXL) freada repentina, o passageiro dianteiro
Peso máximo permitido................2.060 kg poderá sofrer ferimentos.
Peso do veículo................................1.612 kg • Se o banco traseiro for escamoteado,
Peso permitido para transporte prenda todos os objetos que possam ser
(Passageiro + carga).......................448 kg arremessados no interior do veículo em
caso de batida ou parada repentina.
! ATENÇÃO
O excesso de carga ou cargas inade-
quadas podem afetar o manuseio e a
estabilidade do veículo, o que pode
causar um grave acidente. Siga os
limites de carga e as recomendações
especificadas neste manual.

5-12
Antes de Dirigir

Na área de bagagem
Distribua a bagagem de forma uniforme no Ganchos
assoalho da área de bagagem. Coloque os
objetos mais pesados na parte inferior e o
mais à frente possível. Prenda os obje­tos
com uma corda ou elástico para que não
se desloquem durante o movimento do
veículo.
Não coloque objetos sobre a cobertura da
área de bagagem* nem empilhe os objetos a
uma altura superior a do encosto do banco.
Os objetos podem obstruir sua visão ou
ser arremessados em caso de batida ou
parada repentina.
No tampão duplo da área de bagagem Ganchos para bagagem
Os gases de escapamento poderão pene- Para prender a bagagem, use os quatro
Não coloque nenhum objeto sobre o
trar no compartimento de passageiros, caso ganchos na área de bagagem. Certifique-se
tampão duplo da área de bagagem que
sejam transportados objetos grandes que de que todos os objetos estejam firmemen-
possa bloquear a visão do motorista ou
impeçam o fechamento da tampa traseira. te presos antes de conduzir o veí­culo.
ser arremessado no interior do veículo em
Consulte na seção 2 “Cuidado com os
caso de colisão.
gases de escapamento”.
Não use o tampão duplo quando o banco
Se transportar objetos no bagageiro, certi-
traseiro estiver escamoteado.
fique-se de que o peso total do bagageiro
e dos objetos colocados nele não exceda Não exceda o limite de carga de 10 kg do
o peso máximo permitido. Procure uma tampão duplo da área de bagagem.
Concessionária Autorizada Honda para
mais informações.

* Se equipado

5-13
Condução do Veículo

6
Informações importantes sobre Entretanto, essas vantagens acarretam
a condução do veículo certas restrições. O centro de gravidade do
Seu veículo CR-V está equipado com um veículo é mais alto, já que a altura do próprio
sistema único de tração nas quatro rodas veículo e a altura em relação ao solo são
(4WD) (modelo EXL). Normalmente, aplica- maiores. Isso significa que o veí­culo pode
Condução se tração somente nas rodas dianteiras.
Quando o sistema percebe uma perda de
capotar ou tombar mais facilmente ao fazer
curvas acentuadas, em velocidades não
do veículo tração nestas rodas, transfere-a automa-
ticamente para as rodas traseiras. Isso
compatíveis ao local.
Para evitar que isso aconteça, observe as
proporciona maior mobilidade. instruções descritas abaixo:
Como esse sistema fornece maior tração • Faça curvas somente em baixa veloci-
sobre superfícies escorregadias, é necessá- dade;
rio ser mais cuidadoso ao acelerar, esterçar
• Sempre que possível, evite curvas acen-
e frear do que quando estiver conduzindo
tuadas e manobras bruscas;
um veículo somente com tração nas rodas
dianteiras. • Não modifique o veículo de forma a
alterar seu centro de gravidade;
A altura mínima do solo do CR-V é maior
que a dos veículos projetados somente para • Não transporte objetos pesados no teto
a condução sobre superfícies pavimenta- do veículo.
das. Essa característica apresenta muitas Para mais informações sobre a condução
vantagens para a condução em vias não pa- em vias não pavimentadas, consulte na
vimentadas. Além disso, qualquer problema seção 11 “Informações gerais”.
pode ser notado com mais antecedência
devido à maior visibilidade.

6-1
Condução do Veículo
Antes de conduzir o veículo 9. Coloque o cinto de segurança. Verifi- Partida do motor
Efetue as seguintes inspeções e ajustes que se os passageiros também estão 1. Acione o freio de estacionamento.
antes de conduzir seu veículo: usando os cintos de segurança.
2. Se a temperatura externa estiver muito
1. Certifique-se de que todos os vidros, es- 10. Gire o interruptor de ignição para a baixa, desligue todos os acessórios elé-
pelhos e­luzes externas estejam limpos posição II (ligado). Verifique o funciona- tricos.
e desobs­truí­dos. mento das luzes indicadoras e de ad-
vertência do painel de instrumentos. 3. Certifique-se de que a alavanca seletora
2. Certifique-se de que o capô do motor e esteja na posição P (estacionamento).
a tampa traseira estejam completamente 11. Ligue o motor. Pressione o pedal do freio.
fechados. 12. Verifique o funcionamento dos indica- 4. Sem acionar o pedal do acelerador, dê
3. Verifique a pressão dos pneus e ajuste-a, dores e das luzes do painel de instru- a partida no motor, posição III (partida
se necessário. mentos. do motor). Não mantenha a ignição na
4. Certifique-se de que todos os objetos no posição III (partida do motor) por mais
interior do veículo estejam seguramente de 15 segundos. Entre as tentativas
fixados. para dar a partida, faça uma pausa de
aproximadamente 10 segundos.
5. Verifique o ajuste do banco.
6. Verifique o ajuste dos espelhos retro­vi­
sores interno e externos.
7. Verifique o ajuste do volante de dire-
ção.
8. Certifique-se de que todas as portas
estejam fechadas e travadas.

6-2
Condução do Veículo
Procedimento de partida em locais
! ATENÇÃO com altitude acima de 2.400 m e
O sistema do imobilizador protege seu baixas temperaturas
veículo de roubos. Se uma chave ina- A partida do motor é mais difícil no frio. O
dequadamente codificada (ou outro ar rarefeito em locais com altitude acima
equipamento) for usada, o sistema de de 2.400 metros dificulta ainda mais a
combustível do motor é desativado. partida.
Consulte na seção 3 “Sistema Imo-
bilizador”. Siga os procedimentos abaixo:
O motor demora mais a funcionar 1. Desligue todos os acessórios elétricos;
em temperaturas baixas. Também o 2. Pressione o pedal do acelerador até
ar rarefeito em altitudes superiores aproximadamente a metade de seu
a 2.400 metros contribui para este curso e acione o motor de partida. Não
problema. acio­ne o motor de partida por mais de 15
segundos. Após a partida, solte o pedal Transmissão automática
do acelerador gradativamente; Indicadores de posição da alavanca
seletora
3. Se o motor não entrar em funcionamen-
to, pressione totalmente o pedal do ace- Este indicador no painel de instrumentos
lerador e acione o motor de partida. Se mostra qual a marcha selecionada.
o motor não entrar em funcionamento,
repita o procedimento 2.
Se a temperatura externa estiver abaixo do
ponto de congelamento, ou se o veículo
tiver permanecido estacionado durante
vários dias, aqueça o motor durante alguns
minutos antes de dirigir.

6-3
Condução do Veículo
O indicador D acende por alguns segundos, Para engatar
quando a ignição é ligada. Se ele piscar Proceda assim:
de:
com o veículo em movimento (em qualquer
marcha), indica um possível problema na Pressione o pedal do
transmissão. Evite aceleração rápida e leve freio e pressione o
P para R
o veículo a uma Concessionária Autoriza- botão de liberação da
da Honda para inspeção, o mais rápido alavanca seletora.
possível. R para P
Pressione o botão de
Botão de N para R
liberação liberação da alavanca
D para 2
seletora.
2 para 1
Alavanca seletora 1 para 2
2 para D
Mova a alavanca se-
D para N
Posições da alavanca seletora letora.
N para D
Para engatar a partir da posição P (estacio- R para N
namento), pressione firmemente o pedal do
freio e pressione o botão de liberação, em D3 para D
Pressione o botão D3.
seguida puxe a alavanca seletora. D para D3

Não é possível sair da posição P (esta-


cionamento) quando a ignição estiver na
posição 0 (trava do volante) ou posição I
(acessórios).

6-4
Condução do Veículo
P (Estacionamento) R (Marcha à ré)
Esta posição trava mecanicamente a trans- Pressione o pedal do freio e o botão de libe-
missão. Coloque sempre na posição P ração da alavanca seletora, para engatar da
quando for desligar ou dar partida no motor. posição P para a posição R. Para engatar
Para mover a alavanca da posição P para da posição R para N (neutro), o veículo deve
outra posição, pressione o pedal do freio e estar completamente parado. Pressione o
o botão de liberação da alavanca seletora, botão de liberação da alavanca seletora
sem pressionar o pedal do acelerador. para engatar da posição N para R.
Caso tenha seguido todas as instruções
mencionadas acima e ainda não tenha N (Neutro)
conseguido mudar a alavanca seletora da
posição P, consulte nesta seção “Desblo- Use a posição N se for necessário dar
Interruptor D3
queador da trava da alavanca seletora”. nova partida no motor ou se precisar parar
rapidamente e permanecer com o motor
O botão de liberação da alavanca seletora funcionando. Se precisar deixar o veículo D3 (Condução)
também deve ser pressionado quando for por qualquer razão, engate a posição P.
engatar de outra posição para a P. Para Pressione o interruptor D3 no lado da ala-
Pressione o pedal do freio quando estiver vanca seletora para ativar e desativar este
evitar danos à transmissão, pare com- movendo a alavanca seletora da posição N
pletamente o veículo antes de engatar a modo. O indicador de modo D3 se acenderá
para qualquer outra marcha. toda vez que o modo D3 for selecionado.
posição P. A alavanca seletora deve estar
na posição P antes da chave ser removida
da ignição. D (Condução da 1ª à 5ª marchas)
Use esta posição para condução normal na
cidade ou em vias expressas.
A transmissão selecionará automaticamen-
te a marcha apropriada de acordo com a
velocidade e aceleração.
Mudanças para uma marcha mais alta po-
dem ocorrer quando o motor estiver frio, a
fim de auxiliar seu aquecimento.

6-5
Condução do Veículo
2 (2ª marcha) 1 (1ª marcha)
Para engatar a 2ª marcha, pressione o bo- Para engatar da segunda para a primeira,
tão de liberação da alavanca. Esta posição pressione o botão de liberação da alavanca
trava a transmissão na 2ª marcha. seletora. Com a alavanca seletora nesta
posição, a transmissão trava na primeira
A posição 2 poderá ser utilizada para
marcha. Através das trocas das marchas
obter o auxílio do freio-motor em declives
para cima e para baixo diretamente entre
acentuados. Essa posição também deve
a 1ª, 2ª, D3 e D, a transmissão pode ser
ser utilizada para saídas em estradas es- operada igualmente a uma transmissão
corregadias, em locais com lama ou areia, manual, sem o pedal da embreagem.
onde a 1ª marcha proporciona alta tração,
fazendo com que as rodas patinem.
Indicador de modo D3

! Cuidado
Esta posição é semelhante à posição D,
exceto que só são selecionadas as três Nunca utilize a posição 2 para “redu-
primeiras marchas. Use a posição D3 para zir a marcha” quando se está dirigin-
ter mais freio motor quando descer ladei- do em condições normais. Isso pode
ras muito inclinadas. A posição D3 evita causar uma forte desaceleração, ge-
também mudanças constantes entre a 3ª rando riscos de derrapagem e perda
e 4ª marchas em condições de trânsito de controle do veículo.
intenso.

6-6
Condução do Veículo
Desbloqueador da trava da alavanca Botão de liberação
Cobertura
seletora
Este dispositivo permite mover a alavanca
seletora da posição P em caso de defeito
na operação normal (pressionar o pedal do
freio e o botão de liberação da alavanca
seletora). Para isso, siga os procedimentos
descritos abaixo.
1. Acione o freio de estacionamento.
2. Remova a chave da ignição.
Abertura do desbloqueador da
trava da alavanca seletora

3. Coloque um pedaço de pano na borda 4. Insira a chave no compartimento do des-


da cobertura do desbloqueador da trava bloqueador da trava da alavanca seletora.
da alavanca seletora. Use uma chave 5. Empurre para baixo a chave, enquan-
de fenda pequena para remover a co- to pressiona o botão de liberação da
bertura. Levante a borda da cobertura alavanca seletora e mova a alavanca
cuidadosamente. seletora da posição P (estacionamento)
para a posição N (neutro).
6. Remova a chave do compartimento do
desbloqueador da trava da alavanca
seletora, em seguida recoloque a tampa.
Certifique-se que o entalhe da trava está
do lado da alavanca seletora. Pressione
o pedal do freio e dê a partida no motor.
Se for necessário usar o desbloqueador da
trava da alavanca seletora, significa que o
veículo está apresentando um problema.
Leve o veículo a uma Concessionária Au-
torizada Honda para verificação.
6-7
Condução do Veículo
Estacionamento Dicas de Estacionamento • Certifique-se de que o freio de estacio-
Sempre acione o freio de estacionamento • Certifique-se de que todos os vidros namento esteja totalmente desaplicado
ao estacionar o veículo. A luz indicadora no estejam fechados. antes de sair com o veículo. Se o veículo
painel de instrumentos mostra que o freio for dirigido com o freio de estaciona-
• Desligue todas as luzes. mento parcialmente aplicado, poderão
de estacionamento não está totalmente
solto; entretanto, não indica que esteja • Coloque pacotes e outros itens no com- ocorrer danos aos freios traseiros ou seu
firmemente acionado. Certifique-se de que partimento da área de bagagem. superaquecimento.
o freio de estacionamento esteja totalmente • Trave as portas com a chave. • Ao estacionar o veículo em uma ladeira
acionado, para evitar que o veículo se mo- com a frente voltada para cima, gire as
vimente quando estacionado em um local rodas dianteiras para fora do meio fio.
inclinado. ! ATENÇÃO
• Ao estacionar o veículo em uma ladeira,
Acione o freio de estacionamento antes de Nunca estacione sobre folhas secas, com a frente voltada para baixo, gire as
posicionar a transmissão automática em P. grama ou outros materiais inflamáveis. rodas dianteiras de encontro ao meio
Isso evitará que o veículo se movimente e O catalisador de três vias esquenta fio.
que seja aplicada pressão no mecanismo bastante, podendo incendiar esses
de estacionamento da transmissão, facili- materiais.
tando a mudança de marcha na saída do
veículo. • Não encoste as rodas dianteiras na guia
ao estacionar em um aclive; encoste-as
somente se estacionar em declives.

6-8
Condução do Veículo
Sistema de Freios O acionamento constante dos freios, quan- Você pode ouvir ruídos característicos
Seu veículo Honda está equipado com do estiver descendo uma ladeira muito (clics) ao pressionar o pedal do freio. Isto é
freios a disco em todas as rodas. Um ser- longa, poderá aquecer e reduzir a eficiência normal: é o mecanismo de assistência do
vofreio ajuda a reduzir o esforço necessário do sistema de freios. Use o motor para sistema de freio ativando normalmente.
para acionar o pedal do freio. O freio ABS ajudá-lo a frear, engatando uma marcha
ajuda a manter o controle do veículo duran- baixa e retirando o pé do acelerador.
te freadas severas. Verifique o funcionamento dos freios após
Somente coloque o pé sobre o pedal do passar por água. Acione o freio modera-
freio quando realmente for acionar o freio. damente para sentir se está funcionando
Descansar o pé no pedal do freio mantém normalmente. Se não estiver, acione o freio
os freios levemente aplicados, causando suave e frequentemente até ele voltar a
aquecimento interno. Aquecimento inter- funcionar. Como existe a necessidade de
no pode reduzir a eficiência dos freios. uma longa distância para secar o sistema
Este procedimento também pode manter de freio, redobre o cuidado e a atenção na
as luzes de freio acesas, confundindo os condução do veículo.
motoristas que seguem logo atrás do seu
veículo.

6-9
Condução do Veículo
Indicador de desgaste nos freios
! ATENÇÃO
Os freios a disco estão equipados com
indicador de desgaste sonoro. Sempre que o sentido de desloca-
mento do veículo for alterado (exem-
Quando as pastilhas dos freios estão gastas
Frente plo: frente para ré e vice-versa), ao
e precisam ser substituídas, você ouvirá um
acionar o pedal de freio poderá ser
distinto som metálico quando acionar os
notado um pequeno “estalo”, que
freios. Se as pastilhas não forem substitu-
ocorre devido ao reposicionamento
ídas, este som metálico será ouvido todo
das pastilhas do freio. Este ruído é
o tempo.
normal e não afeta a eficiência de fre-
Algumas vezes, quando os freios são acio­ nagem ou dirigibilidade do veículo.
MPJZBR0170 nados levemente, pode-se ouvir um chiado.
Não confunda este som com o indicador
de desgaste nos freios. Ele faz um chiado
Circuito de Freio
muito mais audível.
O sistema hidráulico que aciona os freios
possui dois circuitos. Esses circuitos tra-
balham diagonalmente. O freio dianteiro
esquerdo está conectado ao freio traseiro
direito e vice-versa. Se um dos circuitos
apresentar problemas, os freios serão apli-
cados nas outras duas rodas.

6-10
Condução do Veículo
Sistema de freio antitravante (ABS) Você sentirá uma pulsação no pedal do freio Luz de advertência do ABS
Este sistema ajuda a manter o controle da quando o sistema ABS é ativado e poderá
direção durante a frenagem, evitando o tra- ainda ouvir algum ruído. Isto é normal, é o
O ABS está equipado com sistema de
vamento das rodas e permitindo o controle sistema ABS acionando rapidamente os
autoverificação. Se estiver com problema,
da direção. freios.
a luz indicadora do ABS acende no
Quando os pneus dianteiros derrapam, A ativação varia de acordo com a capaci- painel de instrumentos (consulte a Seção
ocorre perda de controle da direção; o dade de tração dos pneus. Em pavimento 3 “Luz de advertência do ABS”). Isto
veículo continua o movimento à frente seco, o pedal do freio deverá ser pressio- significa que a função antitravamento
mesmo que o volante seja movimentado. O nado com muita força antes de ativar o do freio não está ativada. O sistema
sistema ABS evita o travamento e mantém ABS. Entretanto, você perceberá a ação de freio continuará funcionando no
o controle da direção, aplicando os freios imediata do ABS ao frear em pista molhada modo convencional, sem a função
muito mais rapidamente do que qualquer ou escorregadia. antitravamento, com capacidade normal
pessoa seria capaz. de frenagem. Leve o veículo a uma
Concessionária Autorizada Honda,o mais
O sistema de distribuição eletrônica do rápido possível, se a luz permanecer
freio (EBD), que faz parte do ABS, também acesa após dar a partida no motor ou
equilibra a distribuição de frenagem entre acender com o veículo em movimento.
a dianteira e a traseira de acordo com a
carga do veículo. Se as luzes indicadoras do ABS e do siste-
ma de freio se acenderem ao mesmo tem-
Nunca bombeie o pedal do freio, isto po, e o freio de estacionamento estiver to-
anula a função do ABS. Deixe o sistema talmente liberado, o sistema de distribuição
ABS trabalhar por você, mantendo sempre de frenagem entre a dianteira e a traseira
uma pressão constante no pedal do freio ao (EBD) também pode estar desativado.
desviar de algum perigo. Isso muitas vezes
é chamado de “pise firme e desvie”. Teste os freios conforme instruções da
Seção 9 “Luz de advertência do sistema
de freio”. Se os freios estiverem normais,
conduza o veículo lentamente e dirija-se
a uma Concessionária Autorizada Honda
o mais rapidamente possível. Evite frena-
gens bruscas que poderiam travar as rodas
traseiras e provocar a perda de controle
do veículo.

6-11
Condução do Veículo
Dicas importantes de segurança O ABS não evita a perda de estabilidade.
! ATENÇÃO
O sistema ABS não reduz o tempo ou Movimente o volante moderadamente ao
a distância necessária para parar um aplicar os freios com muita força. Movi- O sistema ABS quando ativado pro-
veículo. Ele somente auxilia no controle mentos bruscos da direção podem causar voca uma vibração. Essas vibrações
da direção durante frenagens bruscas. perda de controle. são normais e ao senti-las, prossiga
Mantenha sempre uma distância segura de Um veículo equipado com ABS pode com o procedimento de frear normal-
outros veículos. necessitar de uma distância maior para mente. Não alivie a pressão no pedal
parar sobre superfícies irregulares do que caso sinta esta vibração, a menos que
O ABS não evita a derrapagem resul- tenha a intenção de reduzir ou mesmo
tante de uma mudança súbita de dire- um veículo equivalente sem ABS. O sistema
não pode compensar as condições da pista; abortar a frenagem.
ção, tal como ao fazer uma curva em alta
velocidade ou mudar de pista repentina- portanto, dirija a uma velocidade segura de
mente. Dirija sempre a uma velocidade acordo com as condições do tráfego e da
segura, de acordo com as condições da pista. Mantenha sempre uma margem de
pista e do tempo. segurança.

6-12
Condução do Veículo
Sistema de assistência à Se o sistema VSA estiver desligado e o Se o indicador não acender ao colocar a ig-
estabilidade do veículo (VSA) veículo for acelerado após uma parada, nição na posição II (ligado), pode existir um
Modelo EXL o veículo pode saltar para frente e exigir problema com o sistema VSA. Leve o mais
esforço extra para retornar o volante de rápido possível o veículo para inspeção na
O Sistema de assistência à estabilidade do direção ao centro. Concessionária Autorizada Honda.
veículo (VSA) ajuda a estabilizar o veículo
em curvas, se o veículo virar mais ou menos Indicador de ativação do Sem o sistema VSA, o veículo freará normal-
do que o desejado. Ele também ajuda a sistema VSA mente e manterá a capacidade nas curvas,
manter a tração enquanto acelera em pa- Quando o sistema VSA é ativado, vê-se o porém sem o melhoramento da tração e da
vimentos escorregadios. Ele atua regulando indicador de ativação piscar. estabilidade.
a saída do motor e aplicando os freios com A luz de advertência do sistema VSA acende
seletividade. junto com a luz de advertência do ABS.
Indicador do sistema VSA
Quando o sistema VSA é ativado, pode-
O indicador do sistema VSA acende e per-
se perceber que o motor não responde à
manece aceso quando existe um problema
aceleração da mesma forma que ocorre
com o sistema VSA. O indicador de ativação
normalmente. Pode-se ouvir também um
do sistema VSA também acende. Consulte
ruído anormal vindo do modulador e vê-se
a seção 3 “Indicador do sistema de assis-
o indicador de ativação do sistema VSA
tência à estabilidade do veículo (VSA)”.
piscar.
Se o indicador do sistema VSA acender
O sistema VSA não pode melhorar a esta-
durante a condução, estacione em local
bilidade direcional do veículo em todas as
seguro e desligue o motor. Reinicie o sis-
situações e não controla todo o sistema
tema dando novamente partida no motor.
de freio do veículo. Continua sendo sua
Se o indicador do sistema VSA permanece
responsabilidade dirigir e efetuar curvas
aceso ou acende novamente ao dirigir, leve
em velocidades razoáveis e deixar margem
o veículo para inspeção na Concessionária
suficiente para a segurança.
Autorizada Honda.

6-13
Condução do Veículo
Em certas condições incomuns, quando VSA e tamanhos de pneus
Interruptor de desligamento do VSA* o veículo fica preso em um lamaçal, pode Dirigir com pneus ou rodas de diferentes
ser mais fácil desatolar com o sistema tamanhos pode acarretar mau funciona-
VSA desligado temporariamente. Quando mento do sistema VSA. Ao substituir os
o sistema VSA está desligado, o sistema pneus, certifique-se que sejam de mesmo
de controle de tração também desliga. tamanho e tipo dos pneus originais. Para
Deve-se tentar desatolar o veículo com o maiores informações, consulte a seção
sistema VSA desativado somente quando 7 “Substituição dos pneus” e a seção 10
não conseguir desatolá-lo com o sistema “Rodas e pneus”.
VSA ligado.
Imediatamente após liberar o veículo,
certifique-se de ligar o sistema VSA nova-
mente. Não recomendamos dirigir o veículo
sem os sistemas VSA e controle de tração
Interruptor de Desligamento ligados.
do Sistema VSA
O sistema VSA é ligado toda vez que é
dada partida no motor, mesmo que tenha
Modelo EXL
sido desligado da última vez que o veículo
Este interruptor está localizado sob o orifí- foi dirigido.
cio de ventilação do motorista. Para ativar
e desativar o sistema VSA, pressione o
interruptor e mantenha pressionado até
ouvir um aviso sonoro.
Quando o sistema VSA está desligado,
o indicador de ativação acende, como
lembrete.

6-14
Condução do Veículo
Técnicas de condução Ter uma visão clara de todas as direções e
Conduza o veículo mais devagar do que ser visto por outros motoristas são fatores
conduziria em tempo seco. Ao dirigir so- importantes em quaisquer condições de
bre superfícies molhadas, reduza sempre tempo.
a velocidade, pois a reação do veículo A visibilidade diminui consideravelmente
será mais lenta, mesmo que a superfície em dias de chuva ou neblina. Neste caso,
pareça seca. Acione os controles suave e acenda os faróis baixos.
uniformemente. Movimentos repentinos ou
Inspecione frequentemente os limpadores
bruscos do volante de direção ou frenagens
e lavadores do para-brisa. Mantenha o
severas podem causar a perda do controle
reservatório do lavador abastecido com o
do veículo em pistas molhadas. Em dias
fluido adequado. Substitua os limpadores
de chuva, seja especialmente cuidadoso
do para-brisa caso comecem a marcar o
nos primeiros minutos de condução para
vidro e deixar áreas sem limpeza. Use o
melhor se adaptar às condições da pista,
desembaçador e o ar-condicionado para
Condução do veículo sob más principalmente quando estiver dirigindo
desembaçar os vidros (consulte a Seção 4
condições de tempo em pistas intercaladas por trechos secos
“Para desembaçar”).
Conduzir o veículo sob más condições e molhados.
de tempo, como chuva ou neblina, requer As primeiras chuvas trazem óleo à superfície
uma técnica diferente de pilotagem devido da pista, deixando-a muito escorregadia.
à redução da visibilidade e da aderência
Visibilidade
dos pneus.
Mantenha o veículo em condições perfeitas
de manutenção e redobre a atenção quando
for necessário dirigir sob más condições
de tempo.

! ATENÇÃO
O controle de cruzeiro não deve
ser utilizado sob más condições de
tempo.

6-15
Condução do Veículo
Aderência dos Pneus REBOQUE DE TRAILERS
Verifique frequentemente as condições dos
pneus quanto a desgaste e pressão correta. ! ATENÇÃO
Esses fatores são importantes para evitar
Este veículo não foi projetado para
“aquaplanagem” (perda de aderência sobre
rebocar trailers, lanchas ou qualquer
superfícies molhadas). Pneus em bom es-
tipo de carreta. Esse tipo de operação
tado melhoram a dirigibilidade em qualquer
pode comprometer o funcionamento
condição de estrada.
e a durabilidade do veículo.
As condições de direção são muito mais
difíceis quando a temperatura externa
está muito baixa. A superfície pode ficar
com trechos de poças de água e mudar
as condições de tração dos pneus sem
qualquer aviso.
Nas ultrapassagens ou quando for ultrapas-
Tenha cuidado ao reduzir as marchas. Se sado por outro veículo, tenha mais atenção.
os pneus tiverem pouca aderência, as rodas A água jogada por veículos grandes reduz
motoras poderão travar momentaneamen- a visibilidade e o deslocamento de ar pode
te, causando derrapagem. causar perda de controle.

6-16
Manutenção

7
Manutenção preventiva Precauções importantes de segurança
A realização de manutenções preventivas • Antes de iniciar qualquer serviço de ma-
no veículo é a melhor maneira de proteger nutenção, certifique-se de que o veí­culo
seu investimento. esteja estacionado sobre uma superfície
Uma manutenção correta é essencial para sua ou local plano e que o freio de estacio-
Manutenção segurança e a dos demais passageiros. Ela
também proporcionará maior economia de
namento esteja acionado.
• Durante o serviço, não ligue o motor, a
combustível e redução da poluição do ar. menos que especificado de outra ma-
Para mais informações sobre a Manutenção neira.
Preventiva de seu veículo, consulte o Manu- • Assegure-se de que exista ventilação
al de Manutenção, Garantia e Rede. suficiente ao efetuar reparos no motor.
• Espere o motor e o sistema de esca-
! ATENÇÃO pamento esfriarem antes de tocar em
qualquer componente.
Siga sempre as recomendações das • Leia atenciosamente os procedimentos
tabelas e revisões programadas ou descritos antes de iniciar qualquer servi-
manutenção preventiva contidas no ço. Certifique-se de utilizar as ferramen-
Manual de Manutenção e Garantia que tas adequadas e ter os conhecimentos
acompanha o veículo. necessários para efetuar os serviços.
• Para reduzir a possibilidade de incêndios
ou explosões, seja bastante cuidadoso
! CUIDADO ao efetuar serviços próximos a combus-
A manutenção incorreta do veículo ou tíveis ou baterias.
a falta de reparos necessários podem
causar acidentes graves.

7-1
Manutenção
• Utilize somente solventes não inflamá- Inspeções periódicas • Pneus: Verifique a pressão dos pneus
veis para limpar as peças. Os itens abaixo devem ser inspecionados semanalmente, incluindo o estepe (pneu
• Mantenha cigarros, faíscas e fósforos dentro dos intervalos especificados: reserva). A verificação deve ser feita com
afastados da bateria e de peças que es- os pneus frios. Examine o estado dos
• Nível de óleo do motor: Verifique o nível ao sulcos da banda de rodagem dos pneus
tejam em contato com o combustível. reabastecer o tanque de combustível; quanto a desgaste ou objetos presos;
• Utilize óculos de segurança e roupas • Nível do líquido de arrefe­ci­mento: Veri-
protetoras ao manusear a bateria ou • Bateria: Verifique mensalmente o estado
fique o nível no reservatório ao reabas- de carga e a corrosão nos terminais;
utilizar ar comprimido. tecer o tanque de combustível;
• Ar-condicionado: Verifique o funciona-
• Fluido do lavador do para-brisa: Verifique mento uma vez por semana;
! CUIDADO o nível no reservatório men­salmente. Se
o uso do lavador do ­para-brisa for fre- • Desembaçador do para-brisa: Ligue
Siga sempre os procedimentos e quente devido às­­ condições do tempo, o aquecedor e o ar-condicionado, e
precauções descritos no Manual do verifique o re­­servatório ao rea­bas­­ter o verifique mensalmente as saídas do
Proprie­tário. Caso contrário, poderão tanque de combustível; desembaçador;
ocorrer graves acidentes.
• Limpadores do para-brisa: Verifique • Luzes: Verifique mensalmente o funcio­­
as con­dições dos limpadores mensal- namento dos faróis, lanternas dianteiras,
mente; lanternas traseiras, brake light, luzes de
freio, sinalizadores de direção, luz de
• Transmissão automática: Verifique o nível marcha à ré e luz da placa de licença;
do fluido mensalmente;
• Portas: Verifique se todas as portas, in-
• Frei­os­: Verifique o nível do fluido­­ men- clusive a tampa traseira, fecham e abrem
salmente; suavemente, e se travam firmemente;
• Pedal do freio: Verifique se o pedal fun- • Buzina: Verifique o funcionamento.
ciona suavemente;
• Freio de estacionamento: Verifique se o
freio de estacionamento funciona sua-
vemente;

7-2
Manutenção
Localização dos fluidos e reservatórios

Tampa do bocal de
Reservatório do fluido
abastecimento de
de freio (tampa preta)
óleo do motor

Reservatório do
fluido do lavador
(tampa azul)

Medidor de nível do fluido


da transmissão automática
Medidor de nível (alça amarela)
do óleo do motor
(alça laranja)

Reservatório do líquido
de arrefecimento do motor

Tampa do radiador

7-3
Manutenção
Óleo do motor Aditivos
O óleo é o elemento que mais afeta o de- Seu veículo Honda não necessita de aditi-
sempenho e a vida útil do motor. O óleo e vos. O uso de aditivos não irá influenciar
o filtro de óleo coletam contaminantes que positivamente no desempenho.
podem danificar o motor se não forem re-
movidos regularmente. Assim sendo, o óleo
e o filtro devem ser substituídos de acordo
com os intervalos recomendados.

! ATENÇÃO

Óleo lubrificante recomendado:


Tampa do bocal de abastecimento
de óleo do motor Honda SAE 10W-30, API-SL

Óleo do motor
! ATENÇÃO
Adição do óleo do motor A Honda não recomenda o uso de
Se o nível estiver próximo ou abaixo da marca lubrificantes sintéticos.
inferior, adicione óleo até que o nível esteja A tecnologia empregada no projeto
entre as marcas superior e inferior. Gire a e construção de seu veículo Honda
tampa do bocal de abastecimento no sentido dispensa a utilização de qualquer lu-
anti-horário para removê-la. Adicione o óleo brificante especial e/ou aditivos.
recomendado lenta e cuidadosamente para
evitar derramamento. Limpe o óleo derrama- Siga rigorosamente o plano de ma-
do para evitar danos aos componentes do nutenção preventiva prescrito no
compartimento do motor. Reinstale a tampa. Manual de Manutenção e Garantia e
Espere alguns minutos e verifique novamente utilize sempre peças e lubrificantes
o nível de óleo. Genuínos Honda.

! ATENÇÃO
Não ultrapasse a marca de nível supe-
rior. Isso pode danificar o motor.

7-4
Manutenção
Utilize sempre o líquido de arrefecimento ge- Inspeção do nível do líquido de
MÁX Reservatório nuíno Honda All Season Antifreeze/Coolant arrefecimento no radiador
Type 2. Esse líquido é uma mistura de 50%
de água destilada e 50% de aditivo Honda. ! CUIDADO
Portanto, não é necessário adicionar água
para atingir a mistura recomendada. Ao retirar a tampa do radiador com o
motor quente, o líquido de arrefeci­
O sistema de arrefecimento apresenta mui- mento escaldante poderá ser expeli-
tos componentes de alumínio, que podem do, provocando queimaduras graves.
ser danificados se o líquido de arrefecimento Antes de retirar a tampa do radiador,
adequado não for utilizado. Alguns aditivos, certifique-se de que o motor e o radia­
apesar de estarem rotulados como seguros dor estejam frios.
MÍN para peças de alumínio, podem não ofere-
cer a proteção adequada.
Se o reservatório estiver completamente
Líquido de arrefecimento do
vazio, inspecione também o nível de líquido
motor
de arrefecimento no radiador.
Adição do líquido de arrefecimento no
reservatório
Se o nível estiver abaixo da marca MÍN. no
reservatório, adicione líquido de arrefeci­
mento até atingir a marca MÁX. Inspecio-
ne o sistema de arrefecimento quanto a
vazamentos.

! ATENÇÃO
Não adicione água destilada ao líquido
de arrefecimento Honda All Season
Antifreeze/Coolant Type 2, pois ele já
possui a mistura adequada para ser
adicionado ao reservatório do sistema
de arrefecimento do veículo.

7-5
Manutenção
4. O nível do líquido de arrefecimento
Tampa do radiador deve estar acima da base do gargalo Reservatório do líquido
de arrefecimento
de abastecimento. Adicione líquido de
arrefecimento se estiver abaixo.
Adicione o líquido de arrefecimento lenta
e cuidadosamente para evitar derrama-
mento. Limpe qualquer derramamento
imediatamente para evitar danos aos
componentes do motor.
5. Re­­instale a tampa do radiador. Certifi-
que-se de que a tampa esteja firmemen-
te instalada.

1. Verifique se o motor e o radia­dor es­tão 6. Em seguida, adicione líquido de arrefe­


frios. cimento no­ reservatório até que o nível
2. Gire a tampa do radiador no sentido anti- esteja en­­tre as marcas MÁX. e MÍN. Re­
horário. Não pressione a tampa. Isso irá instale a tampa no reservatório.­
aliviar toda a pressão remanescente.
3. Remova a tampa do radiador, pres­sio­­ ! ATENÇÃO
nando-a para baixo e girando-a nova- Não utilize nenhum outro aditivo no
mente no sentido anti-horário. sis­­te­­ma de arrefecimento do veículo.
Ele pode não ser compatível com o
lí­quido con­ti­do­ no­ ra­­dia­­dor ou com
os comp­o­nen­­­tes do mo­­­tor­.­

7-6
Manutenção
Fluido do lavador do para‑brisa Quando abastecer o reservatório, limpe
Verifique o nível do fluido do lavador do Indicador de nível as pa­lhe­tas dos limpadores com o fluido
para-brisa mensalmente. Se o lavador do lavador em um pano. Isso ajudará a
for utilizado frequentemente, verifique o preservar as condições das palhetas dos
nível sempre que reabastecer o tanque de limpadores.
combustível.
! ATENÇÃO
Não use líquido de arrefecimento
do motor ou uma solução de água/
vinagre no reservatório do lavador do
para-brisa.
O líquido de arrefecimento poderá
danificar a pintura do seu veículo,
Verifique o nível do fluido removendo a enquanto a solução de água/vinagre
tampa e olhando no indicador de nível poderá danificar a bomba do lavador
fixado à tampa. do para-brisa.
Abasteça o reservatório somente com Use somente fluido lavador para para-
água limpa ou fluidos comercialmente brisa disponível comercialmente.
disponíveis, para evitar a obstrução dos
injetores.

7-7
Manutenção
5. Se o nível estiver abaixo da marca infe-
Medidor de nível do fluido da rior, adicione fluido até o nível ficar entre
transmissão automática
as marcas inferior e superior.
Adicione fluido da transmissão lenta-
mente e cuidadosamente, de maneira
que não ocorra respingo. Se ocorrer,
limpe imediatamente, ele pode danificar
os componentes do compartimento do
motor.
Marca superior Use somente ATF-Z1 original Honda
Marca inferior (Fluido da Transmissão Automática).

! ATENÇÃO
Fluido da Transmissão 3. Insira a vareta medidora totalmente, Use somente ATF-Z1 original Honda
conforme indicado na ilustração. (fluido para transmissão automática).
Transmissão automática 4. Remova a vareta medidora e verifique o Não misture com outros fluidos de
O fluido da transmissão automática deve nível do fluido. Ele deve estar entre as transmissão.
ser­ inspecionado com o motor na tempe­ marcas superior e inferior.
O uso de outro fluido de transmis-
ra­tu­ra normal de funcionamento. são que não seja o ATF-Z1 original
1. Estacione o veículo em terreno plano. Honda pode causar deterioração no
Dê a partida no motor e mantenha-o funcionamento e na durabilidade da
em funcionamento até o ventilador do transmissão, e poderá resultar em
radia­dor ligar, então desligue o motor. danos à transmissão.
Para um resultado exato, aguarde apro-
Danos causados pelo uso de outro
ximadamente 60 segundos (mas não
fluido da transmissão e não o fluido
mais que 90 segundos) antes de passar
original Honda ATF-Z1, não são co-
para o próximo passo.
bertos pela garantia de veículo novo
2. Remova a vareta medidora (amarela)
Honda.
da transmissão e limpe-a com um pano
limpo.

7-8
Manutenção
6. Insira novamente a vareta medidora Óleo do diferencial Fluido de freio
totalmente, com firmeza, conforme in- Verifique mensalmente o nível do fluido
dicado na ilustração. no reservatório. O fluido de freio deve ser
A transmissão deve ser drenada e re- Modelo EXL
substituído de acordo com os intervalos
abastecida com fluido da transmissão O diferencial deve ser drenado e reabas- especificados na Tabela de Manutenção.
novo de acordo com o tempo e quilo- tecido com óleo novo, de acordo com os
metragem recomendados no plano de intervalos periódicos indicados na Tabela de
manutenção. Manutenção. Procure uma Concessionária ! Atenção
Se não se sentir seguro para fazer a Autorizada Honda para substituir o óleo do
diferencial. Use somente o fluido de freio origi-
adição de fluido, leve o veículo a uma
nal Honda DOT 3 ou DOT 4. O uso
Concessionária Autorizada Honda. Use somente o fluido recomendado, Honda de outros tipos de fluidos danificará
CVT-F. seria­mente o sistema.

7-9
Manutenção
Filtro de ar
MÁX. O elemento filtrante do filtro de ar deve Batente
Suporte
substituído no tempo e na quilometragem
recomendados no Manual de Manutenção
e Garantia.
O elemento do filtro de ar está dentro do
alojamento do filtro de ar, localizado no lado
direito do compartimento do motor.

Presilha
MÍN.

Inspeção do nível do fluido do Substituição


sistema de freio 1. Solte as três presilhas de retenção e
O nível do fluido deve estar entre as mar- remova a tampa da carcaça do filtro de
cas MIN e MAX, localizadas na lateral do ar.
reservatório. Certifique-se de liberar os dois batentes
Se o nível do fluido de freio está na marca da tampa de seus suportes.
MIN ou abaixo, o sistema de freio deve ser 2. Remova o elemento do filtro de ar usa-
inspecionado. do.
Leve o veículo a uma Concessionária
Autorizada Honda para inspeção quanto
a vazamento ou desgaste das pastilhas
de freio.

7-10
Manutenção
Filtro de combustível
! ATENÇÃO
O filtro de combustível deve ser substituído
de acordo com os intervalos recomendados A utilização de combustível inade-
no Manual de Manutenção e Garantia. quado obstrui o filtro de combustível
e danifica os sistemas de controles
Somente técnicos qualificados devem efe- de emissões do veículo.
tuar a substituição do filtro, pois o sistema Solicite a uma Concessionária Auto-
de combustível se encontra sob pressão e rizada Honda quando for necessário
pode causar sérios ferimentos. substituir o filtro de combustível.
Pode ser necessário substituir o filtro de Como o sistema de combustível está
combustível devido à qualidade do com- sob pressão, o combustível pode es-
bustível utilizado. pirrar e criar uma condição de perigo
Elemento do filtro de ar se todas as conexões da linha de
Procure sempre uma Concessionária Auto-
combustível não forem manuseadas
rizada Honda em caso de substituição de
3. Usando um pano úmido, limpe cuidado- corretamente.
filtro de combustível.
samente o interior da carcaça do filtro de
ar.
4. Instale o novo elemento na carcaça do
filtro de ar.
5. Reinstale a tampa da carcaça do filtro de
ar e encaixe as três presilhas de reten-
ção.
Certifique-se de que todos os batentes
estejam firmemente encaixados em seus
suportes.
!! Atenção
Nunca limpe o elemento do filtro
de ar, pois ele é do tipo úmido. Isto
poderá causar danos ao mesmo,
prejudicando o funcionamento do
motor.
7-11
Manutenção
Verifique se os terminais da bateria estão
Indicador de carga ! ATENÇÃO
corroídos. Isso pode ser notado através da
• As baterias produzem gás hidro- presença de um pó branco ou amarelado.
gênio altamente explosivo. Para eliminar a corrosão, cubra os termi-
nais, sem retirar os cabos, com uma solu-
• Mantenha faíscas, chamas ex-
ção de bicarbonato de sódio ou de potássio
postas e cigarros acesos afas-
e água. Com a aplicação dessa solução,
tados da bateria. Caso contrário,
surgirão algumas bolhas e o pó se tornará
poderá ocorrer uma forte explo-
marrom. Quando não existirem mais bolhas,
são, causando sérios ferimentos
lave a bateria com água. Seque-a com um
pessoais.
pano ou toalha de papel. Cubra os terminais
• Use óculos e roupas de proteção. com graxa para evitar corrosão.
Para maior se­gu­r­ança, os serviços
Se os terminais estiverem excessivamente
na bateria de­­­vem ser efetuados
corroídos, limpe-os com uma solução de
BATERIA por um técnico qualificado.
bicarbonato de sódio ou de potássio e
• A bateria contém ácido sulfúrico água. Em seguida, retire os cabos dos ter-
Inspeção da Bateria (eletrólito) altamente corrosivo e minais, utilizando uma chave. Sempre solte
Verifique as condições da bateria mensal- venenoso. primeiro o cabo negativo (–) da bateria e,
mente. Inspecione também o indicador • Se o eletrólito entrar em contato em seguida, o cabo positivo (+). Limpe os
de carga na bateria e as condições dos com a pele ou com os olhos, po- terminais da bateria com uma ferramenta
terminais. derão ocorrer sérias queimaduras. adequada ou escova de aço. Instale o
Verifique o estado de carga da bateria, Use óculos e roupas de proteção cabo positivo (+) e, em seguida, o cabo
observando a cor do indicador de carga. A ao efetuar serviços próximo à negativo (–). Cubra os terminais da bateria
etiqueta colocada sobre a bateria apresenta bateria. com graxa.
cada cor e seu significado. • Em caso de ingestão, procure as-
sistência médica imediatamente.
MANTENHA LONGE DO ALCANCE
DE CRIANÇAS.

7-12
Manutenção

! CUIDADO ! ATENÇÃO ! ATENÇÃO


Não carregue a bateria com os cabos A vida útil da bateria está diretamente A bateria está dimensionada para o
co­nec­­­ta­d­os. Caso contrário, os con­ relacionada às condições de utiliza- sistema elétrico original do veículo
tro­les eletrônicos do veículo poderão ção ou instalação de componentes/ e portanto, qualquer instalação de
ser seriamente danificados. Antes de acessórios eletrônicos. O ciclo de acessórios eletrônicos, com exce-
conectar a bateria em um carregador, vida é a sequência de descarga e ção dos genuínos Honda, pode exigir
desconecte seus cabos. recarga da bateria. Por isso, para um maior demanda de consumo do sis-
prolongamento do tempo de vida da tema elétrico, danificando a bateria.
bateria, recomendamos a permanên- Estes danos não são cobertos pela
! CUIDADO
cia de componentes ligados, como garantia.
Caso os terminais da bateria sejam rádio, luzes, ventilação, chave de
desconectados, alguns procedi- ignição, somente com o motor em
mentos precisarão ser executados, funcionamento.
como:
• Código do rádio.

7-13
Manutenção
Reciclagem da bateria Procedimentos de emergência em caso Relógio digital
As baterias contêm substâncias muito de acidente provocado pela bateria Se a bateria for desconectada ou descar-
perigosas e prejudiciais ao meio ambiente. Olhos: Em caso de contato, lave-os com regar, os ajustes do relógio no sistema de
Dirija-se a uma Concessionária Autorizada bastante água por, pelo menos, 15 minutos. áudio serão apagados.
Honda para substituição da bateria. Não use água sob pressão. Procure assis- O relógio deverá ser ajustado novamente.
Os estabelecimentos que comercializam tência médica imediatamente.
baterias devem aceitar a devolução das Pele: Em caso de contato, lave a área
unidades usadas, para que repassem atingida com bastante água. Troque de
aos fabricantes ou importadores, para roupa em caso de contaminação. Procure
que estes adotem os procedimentos de assistência médica imediatamente.
disposição final ambientalmente ade-
Ingestão: Em caso de ingestão, tome
quado. (Resolução Conama 257/99 de
bastante água ou leite. Procure assistência
30/06/99).
médica imediatamente.

7-14
Manutenção
Limpadores do para-brisa e
Para-brisa
do vidro traseiro
Verifique as condições das palhetas a cada Braços dos limpadores
seis meses.
Observe os sinais de desgaste na borracha
ou se existem áreas endurecidas.

Lingueta-trava

Para substituir palhetas do limpador do 2. Desconecte a palheta do braço do lim-


para-brisa: pador:
1. Levante os braços dos limpadores, • Pressione e segure a lingueta-
separando-os do para-brisa. Levante trava.
primeiro o limpador do para-brisa do • Mova o conjunto da palheta em
lado do motorista e depois o limpador direção ao braço do limpador até
do lado do passageiro. que ele fique liberado.

! ATENÇÃO Ao substituir uma palheta do limpador,


certifique-se de não deixar a palheta ou o
Não abra o capô do motor quando os braço do limpador cair sobre o para-brisa.
limpadores do para-brisa estiverem
levantados, senão o capô e os braços
dos limpadores ficarão danificados.

7-15
Manutenção

Reforço
Palheta Palheta

Topo

3. Remova a palheta de seu suporte se- 4. Examine as novas palhetas dos limpa- 5. Coloque o topo da palheta do limpador
gurando a extremidade ondulada da dores. Se elas não tiverem um reforço sobre a extremidade do conjunto da pa-
palheta. Puxe com firmeza até que as de plástico ou metal ao longo da borda lheta e deslize-a no conjunto, na direção
presilhas saiam do suporte. traseira, remova os reforços metálicos da indicada pela seta.
palheta usada e instale-os nas fendas ao Certifique-se que a lingueta no conjunto
longo da borda da palheta nova. da palheta encaixa no entalhe da palheta
Certifique-se que as três linguetas de do limpador e que a palheta está com-
borracha dentro da palheta encaixam pletamente instalada.
em cada entalhe do reforço, conforme 6. Deslize o conjunto da palheta do limpa-
mostrado. dor sobre o braço do limpador. Empurre
para baixo a lingueta-trava e certifique-
se que o conjunto da palheta do limpador
trava no lugar.
7. Abaixe o braço do limpador contra o
para-brisa, primeiro do lado do passa-
geiro e então no lado do motorista.

7-16
Manutenção
5. Deslize a nova a palheta no suporte.
Traseira
Certifique-se que ela está encaixada na
fenda em todo o comprimento.
Insira ambas as extremidades da palheta
no suporte. Certifique-se que ela está
bem presa.
6. Instale o conjunto do limpador no braço
do limpador. Certifique-se que ele trava
no lugar.
7. Abaixe o braço do limpador sobre o
vidro.

Para substituir uma palheta do limpador 3. Puxe uma extremidade da palheta para
traseiro: fora do suporte.
1. Levante o braço do limpador do vidro Deslize a palheta para fora do supor-
traseiro. te.
2. Desconecte o conjunto da palheta do 4. Examine as novas palhetas dos limpa-
braço do limpador movendo o conjunto dores. Se elas não tiverem um reforço
da palheta para cima. de plástico ou metal ao longo da borda
traseira, remova os reforços metálicos da
palheta usada e instale-os nas fendas ao
longo da borda da palheta nova.

7-17
Manutenção
Verifique periodicamente o radiador do Se o ar-condicionado não estiver funcionan-
motor e o condensador do ar-condicionado do corretamente, isso indica que o sistema
quanto ao acúmulo de sujeira, insetos ou está descarregado. Dirija-se a uma Conces-
outros objetos. Remova toda a sujeira sionária Autorizada Honda para inspecionar
cuidadosamente para obter rendimento o sistema e recarregar, se necessário.
máximo do sistema. O bloqueio do fluxo de
ar reduz a eficiência do resfria­mento. ! ATENÇÃO
Sempre que o sistema do ar-condi-
! ATENÇÃO
cionado estiver sendo reparado, cer-
As aletas do radiador e do conden- tifique-se de que a oficina apresente
sador são muito finas e podem ser um sistema de reciclagem do fluido
facilmente danificadas. Para limpá- refrigerante. Esse sistema captura o
Condensador do ar-condicionado
las, utilize somente água sob baixa fluido refrigerante para reutilizá-lo. A
pressão e uma escova macia. liberação desse fluido na atmosfera
Ar-condicionado pode prejudicar o meio ambiente.
O ar-condicionado de seu veículo é um Ligue o ar-condicionado pelo menos uma
sistema vedado. Qualquer serviço de vez por semana e deixe-o funcionando
manutenção deve ser executado em uma por aproximadamente 10 minutos, mesmo
Concessionária Autorizada Honda. nos meses de inverno. Este procedimento
Algumas providências podem ser tomadas lubrifica os vedadores e o interior do com-
para assegurar o funcionamento eficiente pressor, e assegura o bom funcio­namento
do ar-condicionado. do sistema.

7-18
Manutenção
Filtro do ar-condicionado
Presilhas
Este filtro retém uma parcela da poeira e do
pólen trazidos pelo sistema de ventilação,
Limitador
aquecimento e ar-condicionado.
Este filtro deve ser substituído de acordo
com os intervalos recomendados na Tabela
Empurre
de Manutenção Preventiva.
O filtro do ar-condicionado deve ser substi-
tuído em intervalos mais curtos se o veículo
for conduzido principalmente em áreas
urbanas com alta concentração de fuligem
no ar, expelida por indústrias e veículos.
Substitua-o antes do período recomendado
na Tabela de Manutenção Preventiva caso Substituição 4. Empurre o limitador do porta-luvas
perceba que o fluxo de ar do sistema de do lado do passageiro para liberar o
O filtro está localizado atrás do porta-luvas.
ventilação, aquecimento e ar-condicionado porta-luvas e então desencaixe as duas
é menor do que o habitual. Para substituir: presilhas pressionando em cada lado do
1. Para ter acesso ao filtro, abra a porta do painel.
passageiro dianteiro. 5. Puxe o porta-luvas até o final.
2. Abra o porta-luvas.
3. Pressione as laterais do porta-luvas para
liberar os limitadores do porta-luvas e
então desencaixá-lo.

7-19
Manutenção
9. Instale o alojamento. Certifique-se que
Presilha Filtro do ar-condicionado ambas as presilhas façam o ruído de
encaixe no lugar.
10. Mova o porta-luvas para cima para
colocar na posição. Instale de volta as
presilhas no lugar.
11. Instale o limitador do porta-luvas.
12. Feche o porta-luvas.
Se preferir, leve seu veículo a uma Con-
cessionária Autorizada Honda para efetuar
o serviço.

6. Pressione as presilhas nas laterais do 7. Remova o filtro do alojamento.


alojamento do filtro do ar-condicionado 8. Instale o novo filtro no alojamento. Cer-
e retire o alojamento. tifique-se que as setas com as marcas
“AIR FLOW” (fluxo de ar) no filtro estejam
voltadas para a direção do fluxo de ar
(para baixo).

7-20
Manutenção
Pneus Pressão dos pneus Ajuste a pressão dos pneus pelo menos
O funcionamento seguro do veículo depen- É essencial manter os pneus na pressão uma vez por semana. Verifique também a
de em parte de pneus de tipo e tamanho correta para obter maior conforto, melhor pressão do estepe.
adequados, em bom estado, com banda de dirigibilidade e maior vida útil das bandas Verifique a pressão somente com os pneus
rodagem perfeita e pressão correta. de rodagem. frios, ou seja, após o veículo estar parado
As páginas a seguir apresentam informa- • Pneus com pressão muito baixa so- por, pelo menos, 3 horas. Se for necessário
ções mais detalhadas sobre como e quando frem desgaste irregular, afetando a dirigir o veículo antes de verificar a pressão,
verificar a pressão, como inspecionar quan- dirigibilidade e aumentando o consumo os pneus ainda podem ser considerados
to a desgaste e danos e os procedimentos de combustível. frios quando tiverem rodado, no máximo,
para a substituição dos pneus. 1,6 km.
• Pneus com pressão muito alta afetam a
condução do veículo, tornando-a mais
! CUIDADO dura.
A utilização de pneus que estejam Além disso, os pneus ficam mais expostos
excessivamente gastos ou com a a danos causados por impactos e sofrem
pressão incorreta pode causar aci- desgaste irregular. Inspecione os pneus
dentes graves. semanalmente.
Siga todas as instruções descritas
neste Manual do Proprietário quanto à
pressão e manutenção dos pneus.

7-21
Manutenção
Pressão recomendada para os pneus Inspeção dos pneus Marcas de localização dos indicadores
As pressões recomendadas para os pneus Todas as vezes que a pressão for verifi-
frios estão indicadas na etiqueta fixada na cada, observe também se os pneus estão
coluna da porta do motorista. visivelmente danificados, desgastados ou
Os pneus sem câmara têm capacidade se existe algum objeto estranho preso na
parcial de autovedação quando furados. O banda de rodagem.
ar escapará muito lentamente e a pressão Inspecione os pneus quanto a:
começará a diminuir. Se a pressão diminuir • Deformações na banda de rodagem
com frequência, inspecione cuidadosamen- ou nas paredes dos pneus. Substitua o
te os pneus quanto à existência de furos. pneu, se necessário;
kPa kgf/cm2 PSI • Cortes, divisões ou rachaduras nas la-
Indicadores de desgaste dos
terais dos pneus. Substitua o pneu, se sulcos das bandas de rodagem
Dianteiro 210 2,1 30 necessário;
Traseiro 210 2,1 30 • Desgaste excessivo das bandas de ro- Os pneus de seu veículo possuem indicado-
dagem. res de desgaste nas bandas de rodagem.
Os indicadores tornam-se visíveis na forma
de faixas com aproximadamente 13 mm
de largura, quando a profundidade dos
sulcos da banda de rodagem é menor do
que 1,6 mm.
Pneus desgastados proporcionam pouca
tração e aderência em pistas molhadas.
Se os indicadores de desgaste forem ob-
servados em três ou mais locais, substitua
o pneu.

7-22
Manutenção
Manutenção dos pneus Substituição dos Pneus
Frente
Além da pressão, o alinhamento correto Os pneus instalados em seu Honda foram
das rodas ajuda a diminuir o desgaste dos projetados e escolhidos para adaptarem-se
pneus. Se o desgaste do pneu for desigual, às características do veículo, proporcionan-
procure uma Concessionária Autorizada do melhor dirigibilidade, maior conforto e
Honda para inspecionar o alinhamento maior vida útil. Substitua-os somente por
das rodas. pneus radiais com as mesmas caracterís-
Os pneus são balanceados corretamente ticas dos pneus originais.
na fábrica. Entretanto, podem necessitar Misturar pneus de diferentes tipos em seu
de novo balanceamento após um certo veículo reduz a capacidade de frenagem,
desgaste das bandas de rodagem. Procu- tração e a precisão do esterçamento, bem
re sua Concessionária Autorizada Honda, Para pneus Para pneus como comprometer o funcionamento do
não direcionais direcionais
caso sinta vibrações durante a condução sistema ABS e VSA*.
do veículo. Alguns pneus possuem um sentido de ro-
Rodízio dos pneus
Sempre que um pneu for retirado da roda, tação fixo. Neste caso, certifique-se de que
Para aumentar a vida útil dos pneus e dis-
deverá ser novamente balanceado. Esse estejam instalados corretamente.
tribuir o desgaste uniformemente, efetue o
procedimento torna a condução do veículo
rodízio dos pneus de acordo com o Manual
mais confortável e aumenta a vida útil do
de Manutenção e Garantia. Sempre que o
pneu.
rodízio for efetuado, troque a posição dos
pneus conforme mostrado na ilustração.
Ao efetuar a substituição dos pneus de seu
veículo, você notará que existem pneus
denominados “direcionais”. Isso significa
que eles foram projetados com um sentido
de rotação fixo. Portanto, se utilizar pneus
direcionais em seu veículo, lembre-se de
efetuar o rodízio somente dos pneus dian-
teiros pelos traseiros e vice-versa. Não faça
o rodízio trocando os pneus direitos pelos
esquerdos e vice-versa.
* Se equipado

7-23
Manutenção
O ideal é substituir os quatro pneus ao Se a roda tiver que ser substituída, utilize
mesmo tempo. Se isso não for possível, o mesmo tipo de roda original de fábrica. ! CUIDADO
substitua sempre os pneus dianteiros ou As Concessionárias Autorizadas Honda • O uso de pneus incorretos pode
traseiros em pares. A substituição de so- oferecem rodas de reposição. afetar a dirigibilidade e a estabi-
mente um pneu poderá afetar seriamente Para maiores informações sobre as di- lidade do veículo, aumentando os
a dirigibilidade do veículo. mensões dos pneus e das rodas. Consulte riscos de colisões.
a sua Concessionária Autorizada Honda, • Utilize somente pneus de tamanho e
! ATENÇÃO antes de substituir as rodas e pneus do tipo recomendados neste manual.
O sistema ABS fun­ciona através da seu veículo.
comparação da velocidade das rodas. Veja a etiqueta com as informações, fixada
Portanto, se os pneus forem substitu- na coluna da porta, lado do motorista ou
ídos por outros com dimensões dife- consulte a sua Concessionária Autorizada
rentes, o funcio­namento do sistema Honda para mais detalhes sobre o tamanho
ABS será comprometido. e tipo dos pneus do seu veículo.

7-24
Manutenção
Luzes
Verifique o funcionamento das luzes exter-
nas do veículo, pelo menos uma vez por
mês, pois uma lâmpada queimada pode
criar uma condição insegura. A visualização
e a sinalização do seu veículo em relação
aos outros veículos ficarão comprometi-
das.

Sinalizador de
direção dianteiro

Farol baixo

Farol alto

Lanterna dianteira

Farol de neblina*

* Se equipado

7-25
Manutenção
Verifique os seguintes itens:
• Faróis (alto e baixo)
• Lanternas dianteiras
• Lanternas traseiras
• Luzes de freio Brake light

• Sinalizadores de direção
Luzes da
• Luzes de marcha à ré placa de licença Lanterna traseira/
Luz de freio
• Funcionamento do sinalizador de ad-
vertência
• Luzes da placa de licença
• Brake light
• Faróis de neblina*
Se alguma lâmpada estiver queimada,
substitua-a imediatamente.

Sinalizador de
direção traseiro

Luz de marcha à ré

* Se equipado

7-26
Manutenção
Ajuste dos faróis Substituição de Lâmpadas
Os faróis foram originalmente ajustados
na fábrica. Será necessário reajustá-los Substituição da Lâmpada do Farol
se objetos pesados forem transportados
regularmente em seu veículo. O ajuste do Os faróis de seu veículo estão equipados
foco do farol deve ser efetuado por um téc- com lâmpadas de halogênio. Use luvas para
nico qualificado. Vá a uma Concessionária substituir a lâmpada. Não toque no bulbo da
Autorizada Honda lâmpada com a mão. As impressões digitais
deixadas na lâmpada criam pontos quentes
que podem causar queima prematura. Se
isso acontecer, limpe a lâmpada com um Cobertura
pano umedecido com álcool.

! Cuidado Farol alto


A lâmpada do farol, quando ligada, 1. Abra o capô do motor.
torna-se muito quente e permanece
quente durante algum tempo após 2. Remova a cobertura da parte traseira do
ser desligada. Deixe-a esfriar antes conjunto do farol girando-a no sentido
de manuseá-la. anti-horário.
3. Remova o conector elétrico da lâmpada,
pressionando a lingueta para soltá-lo.
Deslize o conector para fora da lâmpa-
da.

7-27
Manutenção

Cabo de controle 6. Pressione o conector elétrico na nova


Conector Conector lâmpada. Certifique-se que está conec-
tado com firmeza.
7. Reinstale a tampa na parte traseira do
conjunto do farol girando no sentido
horário para travar.
8. Acenda os faróis para testar a nova
lâmpada.

Lâmpada Lâmpada
Tampa

4. Remova a lâmpada girando-a aproxima- Farol baixo


damente um quarto de volta no sentido 1. Abra o capô.
anti-horário.
2. Remova a tampa da parte traseira do
5. Instale a lâmpada nova girando-a um conjunto do farol girando no sentido
quarto de volta no sentido horário para anti-horário.
travá-la no lugar.
3. Remova o conector elétrico da lâmpada
6. Encaixe o conector na lâmpada nova. puxando-o diretamente para trás.
Certifique-se de que o conector esteja
completamente encaixado. 4. Solte da fenda a extremidade do cabo
de controle.
7. Reinstale a cobertura na parte traseira
do conjunto do farol e gire-a no sentido 5. Insira a nova lâmpada no orifício, cer-
horário para travá-la no lugar. tificando-se que as linguetas estão em
suas fendas. Coloque de volta o cabo
8. Ligue o farol e verifique seu funciona- de controle e prenda a extremidade na
mento. fenda.

7-28
Manutenção

Cobertura

Soquete
Lâmpada Soquete
Lâmpada

Substituição da lâmpada do sinalizador Substituição da lâmpada da lanterna 3. Remova o soquete do conjunto do farol,
de direção dianteiro dianteira girando-o um quarto de volta no sentido
1. Abra o capô do motor. A lâmpada da lanterna dianteira está loca- anti-horário.
2. Remova o soquete do conjunto do farol, lizada embaixo da lâmpada do farol alto, 4. Puxe a lâmpada em linha reta para re­
girando-o um quarto de volta no sentido sob a cobertura. movê-la do soquete. Pressione a lâm-
anti-horário. 1. Abra o capô do motor. pada nova até encostar no soquete.
3. Puxe a lâmpada em linha reta para re­m­ 2. Remova a cobertura da parte traseira do 5. Insira o soquete no conjunto do farol e
ovê-la do soquete. Pressione a lâm­­­­pa­da conjunto do farol girando-a no sentido gire-o no sentido horário para travá-lo
nova até encostar no soquete. anti-horário. no lugar.
4. Insira o soquete no conjunto do farol. 6. Reinstale a cobertura na parte traseira
Gire-o no sentido horário para travá-lo do conjunto do farol e gire-a no sentido
no lugar. horário para travá-la no lugar.
5. Acenda as luzes para verificar se a lâm- 7. Ligue as luzes e verifique seu funciona-
pada está funcionando. mento.

7-29
Manutenção

Cobertura

Parafusos

Soquete

Lâmpada

Substituição das lâmpadas traseiras 2. Usando uma chave Phillips, remova 4. Identifique qual das lâmpadas está quei-
1. Abra a tampa traseira. Coloque um pano o parafuso de fixação do conjunto da mada: luz de freio/lanterna traseira, luz
sobre a borda da cobertura. Usando lanterna traseira sob cada cobertura. de marcha à ré, sinali­zador de direção.
uma chave de fenda pequena, remova 3. Retire o conjunto da lanterna da coluna 5. Remova o soquete, girando-o um quarto
a cobertura. traseira. de volta no sentido anti-horário.

7-30
Manutenção
6. Puxe a lâmpada em linha reta para re­
movê-la do soquete. Pressione a lâm-
pada nova em linha reta até encaixá-la
no soquete.
7. Reinstale o soquete no conjunto das
luzes, girando-o no sentido horário até
travá-lo.
8. Acenda as luzes para verificar se a lâm-
pada está funcionando.
9. Alinhe as presilhas no conjunto da lan-
terna traseira e os furos na carroçaria.
Em seguida, pressione o conjunto da
lanterna traseira no lugar. Aperte os
dois parafusos de fixação firmemente e Substituição da lâmpada do brake light 2. Coloque um pano sobre a borda lateral da
reinstale as coberturas. 1. Abra a tampa traseira. cobertura. Usando uma chave de fenda
pequena, remova a cobertura.
Solte a parte superior da cobertura
puxando-a com as mãos.

7-31
Manutenção

Lâmpada

Soquete

Lente
Lâmpada  Lente

3. Gire o soquete 1/4 de volta no sentido Substituição da lâmpada da luz da 2. Remova a lente pressionando a lingue-
anti-horário para removê-lo do conjunto placa de licença ta.
das luzes. 1. Abra a tampa traseira. Remova o conjunto 3. Puxe a lâmpada em linha reta para re­
4. Puxe a lâmpada em linha reta a fim de da luz da placa de licença empurrando movê-la do soquete. Instale a lâmpada
retirá-la do soquete. Instale a nova lâm- a borda esquerda da lente para o lado nova pressionando-a até encostá-la no
pada em linha reta até que encoste no direito e puxando o conjunto para fora. soquete.
soquete. 4. Acenda as lanternas dianteiras e veri-
5. Pressione o pedal do freio para verificar fique se a lâmpada nova está funcio­
se a lâmpada nova está funcionando nando.
corretamente. 5. Reinstale a lente no soquete até travá-
6. Reinstale o soquete no conjunto das luzes, la.
girando-o no sentido horário até travá- 6. Deslize o lado direito do conjunto da
lo. luz para dentro do orifício. Pressione o
7. Recoloque a cobertura no conjunto das lado esquerdo até travar o conjunto no
luzes. Pressione-a até travá-la. lugar.

7-32
Manutenção
Substituição da lâmpada do farol de Cobertura
neblina*
O seu veículo está equipado com lâmpadas
Lâmpada
halógenas. Ao substituir uma lâmpada,
manuseie-a pelo revestimento plástico e
proteja o vidro de contato com a pele ou
objetos rígidos. Se a lâmpada for tocada,
limpe-a com álcool desnaturado e um pano
limpo.

! ATENÇÃO
As lâmpadas halógenas esquentam Presilhas Parafuso
muito quando estão ligadas. Óleo,
transpiração ou um risco no vidro 1. Remova o parafuso de fixação com uma 3. Remova o conector da lâmpada pres-
podem causar superaquecimento e chave e retire as duas presilhas com uma sionando-o para destravar a lingueta e
quebra da lâmpada. chave de fenda. então deslize o conector para fora da
2. Puxe cuidadosamente a cobertura lâmpada.
Os faróis de neblina foram regulados cor- inferior para baixo para removê-la do 4. Remova a lâmpada girando-a cerca de
retamente na fábrica. Pode ser necessário para-choque. 1/4 de volta no sentido anti-horário.
regulá-los novamente caso transporte fre-
quentemente objetos pesados na área de
bagagem. A regulagem deve ser feita por
uma Concessionária Autorizada Honda ou
técnico qualificado.

* Se equipado

7-33
Manutenção
5. Insira a nova lâmpada no orifício e gire- Luzes de leitura Modelo LX
a 1/4 de volta no sentido horário para
Modelo EXL
travá-la no lugar.
6. Pressione o conector na nova lâmpada
e certifique-se de que esteja completa-
mente inserido.
7. Acenda os faróis de neblina para certi-
ficar-se de que a nova lâmpada esteja
funcionando.
8. Recoloque a cobertura inferior e reins­tale
as duas presilhas. Em seguida, aperte
firmemente os parafusos de fixação.

Substituição das lâmpadas internas


Embora o método para desmontagem da
luz do teto, luz da área de bagagem e luzes
de leitura seja o mesmo, as lâmpadas não
são iguais.
1. Retire a lente, forçando sua borda cuida-
dosamente com uma chave de fenda pe-
quena. Não force a borda do alojamento
ao redor da lente.

7-34
Manutenção
Conservação de veículos • Troque o óleo do motor e o filtro de
Luz do teto e da área de bagagem
inativos óleo.
Caso seja necessário deixar o veículo em • Lave e seque completamente a parte
inatividade por um longo período (mais externa do veículo.
de 1 mês), recomendamos que os pro-
• Limpe seu interior. Certifique-se de que
cedimentos abaixo sejam efetuados, a
os estofamentos, tapetes e carpetes
fim de evitar deteriorações e facilitar sua
estejam totalmente secos.
reutilização. Se possível, deixe o veículo
em local fechado.
• Abasteça o tanque de combustível par-
cialmente. A gasolina armazenada por
mais de 3 meses perde grande parte de
suas propriedades. Caso isto ocorra,
substitua todo o combustível.
Luzes de leitura:
Alavanque a borda interna das duas luzes
de leitura.
Luz do teto:
Alavanque a borda dianteira da lente, pró-
xima às laterais.
2. Puxe a lâmpada em linha reta para
removê-la do soquete.
3. Pressione a nova lâmpada no suporte
e reinstale a lente ou alojamento no
lugar.

7-35
Manutenção
• Não acione o freio de estacionamento. • Desconecte a bateria. • Cubra o veículo com uma lona de ma-
Coloque a alavanca seletora na posição • Apóie os braços dos limpadores do terial poroso. Os materiais não porosos,
P (estacionamento). para-brisa e do vidro traseiro com um tal como plástico, favorecem o acúmulo
• Coloque calços nas rodas traseiras. pano dobrado, para que não fiquem em de mofo que pode danificar a pintura.

• Se o veículo for ficar inativo por um contato com o vidro. • Se possível, ligue regularmente o motor
perío­do mais prolongado, suspenda-o • Para minimizar a aderência, aplique (de preferência uma vez por mês) até
através de cavaletes, para que os pneus spray de silicone nas vedações das atingir a temperatura normal de funcio-
não fiquem em contato com o solo. portas e da tampa traseira. Aplique cera namento.

• Deixe um dos vidros ligeiramente aberto em todas as superfícies que estão em • Se o veículo ficar inativo por mais de 12
(se o veículo estiver numa área fecha- contato com as vedações. meses, solicite a sua Concessionária
da). Autorizada Honda que efetue as revisões
correspondentes no Manual de Manu-
tenção e Garantia.

7-36
Cuidados com a Aparência

8
Lavagem Enxágue imediatamente o veículo para não
As lavagens frequentes ajudam a preservar danificar as peças de acabamento. Lembre-
a aparência de seu veículo. A su­jeira e a se de encerar e polir essas áreas, mesmo
areia podem riscar a pintura, enquanto que o restante da carroçaria não necessite
pingos de seiva de árvores, dejetos de de polimento.

Cuidados com a pássaros e agentes quími­cos de chaminés


prejudicam permanentemente a aparência
Após lavar e enxaguar toda a parte externa
da carroçaria, seque-a com um pano macio.
aparência do veículo. Se o veículo secar naturalmente ao ar livre,
surgirão pontos opacos e manchas de água
La­ve o veículo na sombra. Caso o veículo
esteja es­tacionado sob o sol, estacione-o na pintura.
na sombra. Espere até que a parte exter- Ao secar a carroçaria, inspecione se exis-
na da carroçaria esfrie antes de iniciar a tem riscos na pintura que possam causar
lavagem. corrosão.
Use somente os solventes e produtos de
limpeza recomendados neste manual. ! Atenção
Jogue água em abundância sobre toda • Solventes químicos e produtos
a carroçaria do veículo para remover a de limpeza abrasivos muito fortes
poeira. podem danificar a pintura, riscar
os vi­dros e corroer as peças me-
Lave o veículo utilizando uma solução de tálicas e plás­ticas do veículo.
água e shampoo neutro específico para • Recomendamos não lavar o mo-
veículos, e utilize uma esponja ou pano tor. Porém, em caso de extrema
macio. Comece pela parte superior até necessidade, dirija-se a uma Con-
chegar na parte inferior. Enxágue com cessionária Autorizada Honda.
bastante água. Produtos químicos, sol­ventes, de-
Inspecione a carroçaria quanto a manchas tergentes e sprays não devem ser
de óleo e asfalto, resíduos de tinta de sina- utilizados em hipótese alguma.
lização, pingos de seiva de árvores, dejetos
de pássaros, lama e sujeira acumuladas em
determinados locais. Retire essas manchas
com solventes apropriados.

8-1
Cuidados com a Aparência
Cera
! Atenção
Sempre lave e seque todo o veículo antes
• Não utilize produtos químicos, de encerá-lo. A aplicação de cera deve ser
tais como; solventes, detergentes, feita sempre que a água depositada sobre
sprays, anticorrosivos e nenhum a carroçaria formar poças grandes, e não
tipo de óleo para limpar a região
gotas pequenas.
inferior do veículo. Estes produ-
tos, quando aplicados, danificam Use sempre cera em pasta ou líquida de
coxins, buchas, mangueiras e de- alta qualidade. Faça a aplicação de acordo
mais componentes de borracha. com as instruções do fabricante.
A cera cobre o acabamento do veículo e
protege contra possíveis danos causados
pela exposição ao sol, poluição do ar, man-
chas de óleo e asfalto etc.
Antena de teto A remoção de piche, insetos etc., utilizando
Seu veículo está equipado com uma an- solventes, também retira a cera. Não se
tena no teto. Antes de lavar o veículo em esqueça de reaplicar cera nessas áreas
um lava-rápido, retire a antena do teto, mesmo que o restante da carroçaria não
desenroscando-a com a mão. necessite ser encerado.
Este procedimento evita que a antena seja
danificada. Polimento
Os polidores e as ceras de limpeza podem
restituir o brilho perdido à pintura. Em ge-
ral, os polidores contêm abrasivos suaves
e solventes que retiram a camada final da
pintura. Se após a aplicação de cera o aca-
bamento da pintura de seu veículo Honda
não apresentar o brilho original, utilize um
polidor.

8-2
Cuidados com a Aparência
Rodas de liga leve Limpeza interna tapetes
Limpe as rodas de alumínio da mesma for- Solventes químicos ou limpadores fortes Se remover o tapete, certifique-se de
ma que a carroçaria. Lave-as com a mesma podem causar descoloração ou manchas colocá-lo novamente.
solução e seque-as completamente. nos bancos ou em outras partes internas.
Se necessário substituir, use somente ta-
As rodas apresentam um revestimento Tenha cuidado na escolha do produto para
petes originais Honda, que são projetados
protetor que evita a corrosão e formação de a limpeza interna do seu veículo.
especialmente para o seu veículo.
manchas. A utilização de produtos quími-
cos, comercialmente disponíveis, incluindo Estofamento Não coloque tapetes adicionais sobre o
alguns limpadores para rodas, ou escovas Limpe os estofamentos frequentemente, tapete original. Caso contrário, este tapete
com cerdas duras podem danificar esse utilizando um aspirador de pó. Para limpeza poderá deslizar para baixo dos pedais.
revestimento. geral, use uma solução de sabão neutro e
água morna. Para remover manchas mais ! Atenção
Use somente detergente neutro e esponja
ou escova macia para lavar as rodas. difíceis, utilize um limpador, comercialmente Não utilize ar comprimido para lim-
disponível. Primeiro, aplique o produto peza interna. Faça-a sempre com
Retoque da pintura em uma parte oculta do estofamento e aspirador de pó somente.
Inspecione frequentemente o veículo quan- certifique-se de que não cause descolo-
to a riscos ou falhas na pintura. Repare-os ramento ou manchas. Siga as instruções
imediatamente para evitar que se corroa o do fabricante.
metal. Os danos deverão ser reparados em
uma Concessionária Autorizada Honda.

8-3
Cuidados com a Aparência
Tecido Couro*
Faça a limpeza dos tecidos frequentemente Os revestimentos em couro são formados Fivela
com um aspirador de pó. por couro natural e/ou ecológico (couro
Para a limpeza pesada, use uma solução sintético).
de água morna com sabão neutro e deixe Aspire o pó do couro regularmente. Tenha
secar ao ar livre. um cuidado especial com as dobras e
Para a limpeza de manchas impregnadas, costuras.
use um produto de limpeza específico, Limpe o couro com um pano umedecido em
disponível no mercado. água limpa, depois seque-o completamente
Antes de utilizá-lo, teste o produto em uma com um pano limpo. Se necessário uma
pequena área escondida do tecido, para limpeza mais profunda, use um produto
verificar se não ocorre descoloração ou especial para couro. Aplique o produto com
mancha no tecido. um pano macio e limpo.
Cintos de segurança
Siga as instruções do fabricante do pro-
duto. Para a limpeza dos cintos de segurança use
uma escova macia e uma solução de água
Painel morna e sabão neutro. Não use branquea-
dores, corantes ou solventes de limpeza.
Remova o pó e a sujeira, utilizando um
aspirador de pó. Limpe o vinil com um Esses produtos podem enfraquecer o teci-
pano macio umedecido em uma solução do do cinto de segurança.
de sabão neutro e água. Após a limpeza, espere os cintos de segu-
rança secarem, antes de usar o veículo.
Se a fivela estiver suja, pode fazer o cinto
de segurança retornar lentamente. Para
a limpeza da fivela, use um pano macio
umedecido em água morna.

* Se equipado

8-4
Cuidados com a Aparência
Vidros Proteção anticorrosiva • Verifique se a cobertura do assoalho
Limpe os vidros interna e externamente, Existem dois fatores que provocam a cor- fi­ca úmida. Os estofamentos, tapetes
utilizando um produto de limpeza comer- rosão do veículo: e carpetes do assoalho podem per­
cialmente disponível. Também é possível ma­ne­­cer úmidos durante muito tempo,
1. A sujeira acumulada em cavidades da especialmente no inverno. Essa umi­da­de
utilizar uma solução com uma parte de carroçaria.
vinagre branco em dez partes de água. pode causar corrosão nos pai­néis­ do
Isso removerá a opacidade acumulada nos 2. A remoção de partes da pintura, bem assoalho;
vidros. Para a limpeza de todos os vidros e como camadas protetoras externas e • Use sempre um pulverizador de alta
superfícies plásticas, utilize um pano macio parte inferior do veículo. pressão para limpar a parte inferior do
ou toalhas de papel. Os veículos Honda dispõem de várias veículo. Veículos equipados com o sis-
medidas preventivas contra a corrosão. tema ABS possuem um sensor e uma
! ATENÇÃO O proprietário pode contribuir para evitar fiação em cada roda. Cuidado para não
a corrosão efetuando uma manutenção danificá-los;
Os filamentos do de­sembaçador do periódica simples:
vidro traseiro estão embutidos no vi- • Mande inspecionar e reparar periodica-
dro. Ao esfregar com força no sentido • Repare pequenos riscos e arranhões na mente as camadas de proteção contra
vertical, esses filamentos podem ser pintura assim que descobri-los; corrosão da parte inferior do veículo.
desalojados e rompidos. Ao limpar o • Inspecione e limpe os orifícios de dre-
vidro traseiro, esfregue horizontal- nagem da parte inferior das portas e da
mente de maneira suave. carroçaria;

8-5
Cuidados com a Aparência
Reparos na carroçaria Carroçaria Assim, estes componentes irão se deformar
Os serviços de reparos da carroçaria afetam O seu veículo Honda foi projetado para com maior facilidade caso venham a sofrer
a resis­tên­cia à corrosão. Existem peças me- atender aos mais atuais conceitos de solicitações estruturais adversas, como
tálicas da carroçaria no mercado paralelo segurança e, portanto, a carroçaria do apoio do corpo, pressão manual, impacto
que imitam as peças originais Honda, mas seu veículo possui alta resistência às de objetos ou chuva de granizo*.
que na realidade são bastante inferiores solicitações mecânicas a que o veículo é * Dependendo da intensidade, se o seu
em qualidade, ajuste e acabamento. Uma submetido durante a sua utilização, além de veículo for exposto a uma chuva de
vez instaladas, não proporcionam o mesmo componentes que se deformam em caso de granizo, irá sofrer avarias nas superfícies
aspecto de alta qualidade nem o mesmo colisão, absorvendo parte da energia cau- expostas da carroçaria.
nível de resistência à corrosão. sada pelo impacto, proporcionando maior
proteção aos seus ocupantes.

! Atenção Outro fator importante é que os para-lamas


dianteiros e o capô possuem esta caracte-
Ao notificar sua empresa seguradora rística de deformação mais acentuada em
sobre uma colisão, exija que o veículo relação às demais peças da carroçaria, a
seja reparado em uma Concessioná- fim de promover uma maior proteção aos
ria Autorizada Honda. Dessa forma, pedestres em caso de atropelamento.
seu veículo estará sendo reparado
com peças originais Honda e por
técnicos qualificados.

8-6
Em Caso de Emergência

9
! Atenção
Não dirija o veículo com um pneu
que tenha perdido a pressão. Caso
contrário, poderão ocorrer danos
irreversíveis ao pneu.
Em caso de O estepe foi projetado para ajustar-
emergência se ao seu veículo. Não o utilize em
outros veículos, a menos que seja da
mesma marca e modelo.

! Atenção

Estepe Não dirija o veículo com os pneus,


mesmo o estepe, em desacordo com
O estepe está localizado no porta-malas, as pressões especificadas. Caso
sob a cobertura do assoalho. Utilize-o contrário, poderão ocorrer danos
quando for necessário substituir um pneu irreversíveis aos pneus.
avariado ou que tenha perdido a pressão.
A pressão do pneu do estepe deve ser ve- Substitua o pneu quando os indicadores de
rificada sempre que a pressão dos demais desgaste ficarem visíveis. O pneu deve ser
pneus for verificada. Consulte as especifi- substituído por outro de mesmo tamanho
cações e pressão recomendada na Seção e tipo, montado na mesma roda.
10 “Rodas e pneus”.

9-1
Em Caso de Emergência
Substituição dos pneus 1. Estacione o veículo sobre uma superfície Cobertura do assoalho
plana, firme e não escorregadia e longe Estepe
Se um pneu furar durante a condução do
veículo, pare em um local seguro para do tráfego. Desligue a ignição. Coloque
efetuar a troca. Parar na estrada ou no a alavanca seletora em P. Acione o freio
acostamento, quando existir muito tráfego, de estacionamento. Coloque o triângulo
é bastante perigoso. Dirija lentamente pelo a uma distância segura do veículo.
acostamento até uma saída ou zona de 2. Acione as luzes de advertência e
segurança afastada do tráfego. sinalize o local com o triângulo de
segurança.
! Atenção Todos os passageiros devem aguardar
fora do veículo a troca do pneu. Jogo de
Use o macaco que é fornecido junto ferramentas
com o veículo. Se você tentar levantar Macaco
outro veículo com este macaco ou
usar outro macaco para levantar o seu 3. Abra a tampa traseira. Levante a cober-
veículo, o macaco ou o veículo pode tura do assoalho da área de bagagem
ficar danificado. usando a alça.
4. Retire o jogo de ferramentas do compar-
timento do estepe.
! Cuidado
O veículo pode escorregar facilmente
do macaco, causando acidentes e
ferimentos pessoais.
Siga exatamente as orientações para
a troca de um pneu e nunca fique de-
baixo do veículo quando este estiver
apoiado somente sobre o macaco.

9-2
Em Caso de Emergência

Chave de roda

Macaco Encaixes da carroçaria

5. Retire o macaco. 8. Afrouxe cada porca da roda 1/2 volta 9. Coloque o macaco sob o encaixe da
Gire a extremidade do macaco no com a chave de roda. carroçaria mais próximo do pneu a ser
sentido anti-horário para soltá-lo. Em substituído. Gire a manivela do macaco
seguida, reti­re o macaco levantando- no sentido horário até que este entre em
o. contato com o encaixe. Certifique-se de
que o ponto do encaixe coincida com a
6. Desparafuse a porca-borboleta e retire ranhura da parte superior do macaco.
o estepe de seu compartimento.
7. Coloque calços na parte dianteira e tra-
seira da roda diagonalmente oposta ao
pneu a ser substituído.

9-3
Em Caso de Emergência

Extensão
Chave de roda Cubo da roda

10. Para levantar o veículo, utilize a exten- 13. Antes de instalar o estepe, limpe toda 16. Dê o aperto final nas porcas da roda
são e a chave de roda. Gire a chave de a sujeira da superfície de contato entre no torque recomendado, em sequência
roda, conforme mostrado, e suspenda a roda e o cubo com um pano limpo. cruzada.
o veículo até que a roda e o pneu­ não Limpe o cubo cuidadosamente, pois ele Torque recomendado:
toquem no solo. pode estar quente. 108 N.m (11 kgf.m)
11. Retire as porcas da roda. Manuseie com 14. Posicione o estepe. Instale as por­cas
cuidado as porcas da roda, pois elas da roda e aperte-as manualmente.
podem estar quentes devido à condução Utilizando a chave de roda, aperte as
do veículo. porcas em sequência cruzada, até que
12. Remova o pneu furado. Coloque-o no a roda fique fir­me no cubo. Não dê o
chão com a superfície externa voltada aper­­to final com a roda suspensa.
para cima. Caso contrário, a roda po- 15. Abaixe o veículo e retire o maca­co.­
derá ser riscada.

9-4
Em Caso de Emergência
19. Fixe o pneu furado com a porca-borbo-
leta.
20. Guarde o macaco em seu suporte. Gire
a manivela até que o macaco se fixe no
local. Guarde o jogo de ferramentas.

! CUIDADO
Objetos soltos podem ser arremes-
sados no interior do veículo, podendo
causar ferimentos graves nos ocu-
pantes.
Certifique-se de que o pneu, o macaco
17. Remova o espaçador central antes de 18. Coloque o pneu furado com a face vi- e as ferramentas estejam bem fixa-
guardar o pneu furado no compartimen- rada para baixo no compartimento do dos, antes de conduzir o veículo.
to do estepe. estepe.
21. Guarde o espaçador central no com-
partimento do estepe.Certifique-se de
que o espaçador não seja riscado ou
danificado.
22. Reinstale a cobertura do assoalho da
área de bagagem e feche a tampa tra-
seira.

9-5
Em Caso de Emergência
Partida do motor • Gire a ignição para a posição II (ligada). O Motor de Partida Funciona
Acenda os faróis e observe sua intensi- Normalmente, mas o Motor
O motor de partida não funciona dade. Se as luzes dos faróis estiverem não Dá a Partida
Faça o diagnóstico por que o motor de fracas ou não funcionarem, a bateria está Neste caso, quando o interruptor de igni-
partida não funciona, dependendo do que descarregada. Consulte nesta seção ção for colocado na posição III (partida do
você ouvir quando der a partida no motor “Partida com bateria auxiliar”. motor), o motor de partida produzirá o ruído
(posição III): • Gire a ignição para a posição III (partida normal, mas o motor não dará a partida.
• Você não ouve nada, ou ouve alguma do motor). Se as luzes dos faróis estive- • O procedimento de partida foi efetuado
coisa. O motor de partida não funciona rem funcionando normalmente, verifique corretamente? (consulte a seção 6 “Par-
no total, ou funciona muito lentamen- os fusíveis. Se os fusíveis estiverem em tida do motor”).
te. bom estado, provavelmente existirá um
problema no circuito elétrico da ignição • Verifique se a chave em uso está corre-
• Você pode ouvir o motor de partida fun- ou no motor de partida. Procure auxílio tamente codificada. Se a chave estiver
cionando normalmente ou som do motor em uma Concessionária Autorizada Hon- codificada incorretamente, o indicador
de partida semelhante a ele girando mais da. (Consulte nesta seção “Reboque do do sistema imobilizador no painel de
rápido que o normal, mas o motor não veículo”.) instrumentos piscará rapidamente.
dá partida e não funciona. • Há combustível suficiente? Gire o in-
Ao tentar dar a partida no veículo, se os
faróis ficarem muito fracos ou apagarem, terruptor de ignição para a posição II
Não acontece nada ou o motor de isso significa que a bateria está descarre- (ligada) e deixe-o nesta posição por
gada ou que as conexões estão corroí­das. um minuto. Observe o indicador de
partida funciona muito lentamente
Verifique o estado de carga da bateria e combustível. A luz de advertência do
Quando você dá a partida no motor (posi- nível de combustível pode não estar
os terminais quanto à corrosão (consulte
ção III), você não ouve o ruído normal do funcionando.
a Seção 7 “Bateria”). Neste caso, é possível
motor de partida tentando dar a partida.
tentar dar a partida no veículo com uma ba-
Você pode ouvir um estalido ou vários
teria auxiliar (consulte nesta seção “Partida
estalidos ou até não ouvir nada.
com bateria auxiliar”).
Verifique o seguinte:
• Se o seu veículo está equipado com
transmissão automática, verifique a
posição da alavanca seletora. Ela deve
estar na posição P ou N.

9-6
Em Caso de Emergência
• Pode existir um problema elétrico, por Partida com bateria auxiliar Procedimentos de partida com bateria
exemplo, que não transporte corrente Se a bateria do veículo descarregar, é­pos- auxiliar
para a bomba de combustível. Examine sível dar a partida no motor através de uma 1. Abra o capô do motor e verifique as
todos os fusíveis (consulte nesta seção bateria auxiliar. Apesar de pa­re­­cer simples, condições físicas da bateria (consulte
“Fusíveis”). vários cuidados devem se­r­­tomados. na seção 7 “Inspeção da bateria”). Se a
Se nenhuma anormalidade for encontrada, temperatura ambiente estiver muito bai-
solicite a ajuda de uma Concessionária xa, a solução da bateria pode ficar muito
! CUIDADO
Autorizada Honda para localizar o proble- densa. Nesse caso, não dê a partida até
ma (consulte nesta seção “Reboque de Se o procedimento correto não for que a solução volte à condição normal.
emergência”). se­­­gui­do, a bateria poderá explodir e
cau­sar ferimentos graves. Mantenha ! ATENÇÃO
chamas, faíscas e cigarros acesos
afastados da bateria. Se a bateria estiver em temperatura
extremamente baixa, o eletrólito pode
estar congelado. Cuidado, pois a par-
! ATENÇÃO tida auxiliar com uma bateria nessa
condição pode causar a sua ruptura.
Nunca empurre nem reboque o veículo
equipado com transmissão automáti-
ca para dar a partida. 2. Desligue todas as luzes, ar-condicionado,
aquecedor e acessórios elétricos. Em se-
guida, acione o freio de estacionamento
e coloque a alavanca seletora na posição
P (estacionamento).

9-7
Em Caso de Emergência
5. Se a bateria auxiliar estiver instalada em
outro veículo, dê a partida e deixe o mo-
tor funcionando um pouco acelerado.
6. Dê a partida. Se o motor de partida ainda
não funcionar normalmente, verifique
todos os cabos auxiliares, para garantir
um contato perfeito.
7. Após o motor entrar em funcionamento,
desconecte o cabo negativo (–) do ponto
terra e, em seguida, da bateria auxiliar.
Somente então, desconecte o cabo po-
Bateria auxiliar sitivo (+) da bateria descarrega­da e da
bateria auxiliar.
Os números na ilustração indicam a sequên- 4. Conecte outro cabo no terminal negativo Mantenha as extremidades dos cabos
cia de conexão dos cabos auxiliares. (–) da bateria auxiliar. Conecte a outra auxiliares distantes umas das outras e de
extremidade desse cabo no prisioneiro qualquer parte metálica do veículo, até des-
3. Com um cabo auxiliar, conecte os termi-
na lateral do motor (ponto terra), confor- conectar todos os cabos. Caso contrário,
nais positivos (+) das baterias.
me mostrado na ilustração. Não conecte poderá haver curtocircuito.
esse cabo em qualquer outra peça do
motor.

9-8
Em Caso de Emergência
Superaquecimento do motor Em caso de superaquecimento 6. Se não houver sinais de vazamentos,
A leitura do indicador de temperatura deve 1. Estacione imediatamente o veículo verifique o nível do líquido de arrefe­
permanecer na faixa interme­diá­ria durante em local seguro. Coloque a alavanca cimento no reservatório (consulte na
a condução do veículo. Ela pode subir um seletora na posição P e acione o freio seção 5 “Inspeção do nível do líquido
pouco, se o veículo estiver sendo dirigido de estacionamento. Desligue todos os de arrefecimento”). Se o nível estiver
em um aclive acentuado e longo. Se a acessórios e ligue o sinalizador de ad- abaixo da marca MÍN, adicione líquido
leitura atingir a faixa vermelha, verifique vertência. de arrefecimento.
a causa. 2. Desligue o motor, se estiver saindo va- 7. Se o reservatório estiver vazio, adicione
por do compartimento. Antes de abrir o líquido de arrefecimento também no
! ATENÇÃO capô, observe se não existem mais sinais radiador. Deixe o motor esfriar, antes de
de vapor. verificar o nível no radiador.
Conduzir o veículo com o indicador de
temperatura na faixa vermelha pode 3. Se não houver vapor, deixe o motor em
causar danos ao motor. ! CUIDADO
funcionamento e verifique o indicador de
O motor pode superaquecer por temperatura. Se o superaquecimento for Se a tampa do radiador for removida
vários motivos, tais como falta de causado por uma sobrecarga, a tempe- com o motor quente, o líquido escal­
líquido de arrefecimento ou proble- ratura do motor deverá abaixar quase dante poderá ser expelido, causando
mas mecânicos. A indicação de um que imediatamente. Se isso ocorrer, graves queimaduras.
superaquecimento pode ser percebi- espere até que a leitura do indicador de
Sempre deixe o motor e o radiador
da pela subida da leitura do indicador temperatura retorne à faixa intermediá-
esfriarem, antes de remover a tampa
de temperatura para a faixa vermelha ria.
do radia­dor.
ou saída de vapor pelo compartimento 4. Se a leitura do indicador de tempe-ratura
do motor. permanecer na faixa vermelha, desligue 8. Use luvas ou um pano grosso para
o motor. remover a tampa do radiador. Gire a
5. Verifique se há vazamentos de líquido tampa no sentido anti-horário, sem
! CUIDADO
de arrefecimento como, por exemplo, pressioná-la, até o primeiro batente. Isso
O vapor de um motor superaquecido através de uma ruptura na mangueira irá aliviar qualquer pressão remanescen-
pode provocar graves queimaduras. do radiador. Se algum vazamento for te no sistema de arrefecimento. Após
Não abra o capô se estiver saindo encontrado, providencie seu reparo aliviar a pressão, pressione a tampa e
vapor do compartimento do motor. antes de conduzir o veículo novamente. gire-a até soltá-la.
(Consulte nesta seção “Reboque de
emergência”.)

9-9
Em Caso de Emergência
9. Dê a partida no motor e coloque o botão Luz de advertência da 1. Estacione o veículo em local seguro
de controle de temperatura na posição pressão do óleo e desligue o motor. Ligue as luzes de
máxima (controle de climatiza­ção para Esta luz de advertência deve acender quan- advertência.
AUTO em “ ”). Adicione líquido de do a ignição é ligada e apagar quando o 2. Espere alguns minutos. Abra o capô do
arrefecimento no radiador, até a base motor entra em funcionamento. Ela nunca motor e verifique o nível do óleo (consulte
do gargalo do bocal. Se a mistura deve acender com o motor em funciona- a Seção 5 “Óleo do motor”). Embora o
apropriada de líquido não estiver dis- mento. nível e a pressão do óleo não estejam
ponível, pode-se adicionar somente diretamente relacionados, um veículo
água. Assim que possível, o sistema de Se a luz de advertência começar a piscar,
isso significa que a pressão do óleo do com o nível do óleo baixo pode perder
arrefe­cimento deverá ser drenado e re- pressão, ao fazer uma curva ou outras
abastecido com a mistura apropriada. motor chegou a um nível muito baixo mo-
mentaneamente e logo retornou ao normal. manobras.
10. Reinstale a tampa do radiador firme- Se a luz permanecer acesa enquanto o 3. Se necessário, adicione óleo até alcançar
mente. Acione o motor e verifique o motor estiver funcionando, isso significa a marca superior da vareta medidora do
indicador de temperatura. Se a leitura que houve uma queda de pressão de óleo, nível de óleo (consulte a Seção 5 “Óleo
ainda estiver na faixa vermelha, procure podendo ocorrer graves danos ao motor. do motor”).
uma Concessionária Autorizada Honda. Em qualquer uma das situa­ções acima, siga
(Consulte nesta seção “Reboque de 4. Dê a partida no motor e verifique a luz
imediatamente os procedimentos descritos
emergência”.) indicadora da pressão do óleo. Se a luz
a seguir.
não se apagar dentro de dez segundos,
11. Se a temperatura estiver normal, verifi- desligue o motor. Provavelmente existe
que o nível do líquido de arrefeci­mento ! Atenção
algum problema mecânico que deve ser
no reservatório. Se o nível estiver baixo, O motor será seriamente danificado reparado antes de conduzir o veículo
adicione líquido de arrefeci­mento até se permanecer em funcionamento novamente. Procure sua Concessionária
atingir a marca MÁX. Reins­tale a tampa com o óleo sob baixa pressão. Des- Autorizada Honda.
e aperte-a firmemente. ligue o motor, assim que for possível
parar em um lugar seguro.

9-10
Em Caso de Emergência
Luz de advertência de Luz de advertência de ! Atenção
carga da bateria mau funcionamento
Se a condução do veículo for mantida
Esta luz deverá se acender quando o inter- Esta luz acende por alguns segundos quan-
com a luz indicadora de mau funciona-
ruptor de ignição for colocado na posição do a ignição é ligada. Se a luz acender em
mento acesa, o motor e o sistema de
II (ligado) e apagar-se após a partida do qualquer outro momento, indica que o sis-
controle de emissões do veículo serão
motor. Se a luz se acender quando o motor tema de controle de emissão do motor pode
danificados. Esses reparos não são
estiver funcionando, o alternador não estará estar com problema. Mesmo que você não
cobertos pela garantia do veículo.
carregando a bateria. sinta nenhuma diferença no desempenho
Desligue imediatamente todos os aces- do veículo, isto pode aumentar o consumo
sórios elétricos. Não use outros controles de combustível e causar emissão excessiva
acionados eletricamente, como os vidros de gases.
elétricos. Se a luz de advertência de mau funciona-
Mantenha o motor funcionando e seja mento acender, pare o veículo em um local
bastante cuidadoso para não deixá-lo seguro e desligue o motor. Dê a partida
desligar. A partida do motor descarregará novamente no motor e observe a luz de
rapidamente a bateria. advertência. Se ela permanecer acesa, leve
o veículo a uma Concessionária Autorizada
Dirija-se a uma Concessionária Autorizada Honda para ser inspecionado, o mais rápido
Honda o mais rápido possível para efetuar possível. Conduza o veículo moderada-
uma inspeção no sistema. mente, até chegar na Concessionária. Evite
aceleração total e velocidade alta.
O veículo deve ser inspecionado também
se a luz de advertência acender com fre-
quência, mesmo que ela apague depois do
procedimento descrito acima.
Esta luz indicadora de mau funcionamento
pode acender com o indicador “D”.

9-11
Em Caso de Emergência
Luz de advertência do Se a luz de advertência do sistema ABS se
! CUIDADO
sistema de freio acender junto com a luz de advertência do
A luz de advertência do sistema de freio tem Seja bastante cuidadoso, caso o pedal sistema de freio, dirija-se imediatamente a
a função de lembrá-lo de verificar o freio de do freio não esteja funcionando nor- uma Concessionária Autorizada Honda para
estacionamento. malmente. Apesar do sistema apre- efetuar uma inspeção no veí­culo.
sentar circuitos independentes que
Esta luz acende quando a ignição é li- possibilitam a aplicação dos freios
gada. em duas rodas, em caso de falha a
A luz de advertência acende e permanece distância necessária para parar o
acesa quando o freio de estacionamento veículo será maior. A falha no circuito
não é liberado totalmente. poderá ser notada imediatamente, já
que a força necessária para a aplica-
Se a luz de advertência acender em qual-
ção do pedal, assim como seu curso,
quer outro momento, isto indica um proble-
serão maiores.
ma no sistema de freio do veículo. Muitas
vezes, o problema é nível baixo do fluido Nesse caso, diminua imediatamente
de freio no reservatório. a velocidade, reduzindo as marchas
e retirando o pé do acelerador. Pare
Pressione levemente o pedal do freio para
o veículo assim que possível. Como
sentir se está normal. Se estiver, verifique o
nível do fluido do freio o mais breve possível essa falha é bastante perigosa, não
(consulte a Seção 7 “Inspeção do nível do tente dirigir o veículo. Reboque-o e
fluido do sistema de freio”). Se o nível do corrija o problema o mais rapidamen-
fluido estiver baixo, leve o veículo a uma te possível. Procure uma Concessio-
Concessionária Autorizada Honda para nária Autorizada Honda para efetuar
inspeção do sistema de freio quanto a va- os reparos necessários no sistema de
zamentos ou pastilhas do freio gastas. freio. (Consulte nesta seção “Reboque
de emergência”.)
Caso seja necessário conduzir o veí-
culo por um curto percurso nessas
condições, dirija lenta e cuidadosa-
mente.

9-12
Em Caso de Emergência
Verificação e substituição de fusíveis
Interior Compartimento do motor
Lingueta Se algum acessório ou equipamento elétri-
co parar de funcionar, verifique primeiro se
existe algum fusível queimado.
Determine o fusível a ser substituído con-
sultando a tabela fixada na tampa da caixa
de fusíveis.
Verifique primeiro o fusível relacionado com
o circuito que apresenta o problema. Não
se esqueça de verificar também os outros
Etiqueta de fusíveis. Substitua o fusível queimado e ve-
fusíveis rifique o funcionamento do equipamento.
Fusível

Fusíveis A caixa de fusíveis no compartimento do Procedimentos de substituição


motor está localizada no lado esquerdo, dos fusíveis
Localização dos Fusíveis próxima ao reservatório do fluido de freio. 1. Coloque o interruptor de ignição na po-
Todos os circuitos elétricos do veículo estão Para abri-la, puxe as lingüetas, conforme sição 0 (trava) e desligue todos os outros
protegidos contra curto circuito e sobre- indicado na ilustração. interruptores e acessórios.
cargas através de fusíveis. Esses fusíveis 2. Remova a tampa da caixa de fusíveis.
estão localizados em duas caixas, uma no
interior do veículo e outra no compartimento
do motor.
A caixa de fusíveis interna está localizada
logo abaixo do painel de instrumentos, do
lado do motorista.
A etiqueta de fusíveis está fixada sob a
coluna de direção.

9-13
Em Caso de Emergência

Fusível
Queimado

Extrator
Queimado
de fusíveis

3. Verifique os fusíveis maiores da caixa de 4. Verifique os fusíveis menores da caixa


fusíveis do compartimento do motor e de fusíveis do compartimento do motor
observe os filamentos. Para remover es- e todos os fusíveis da caixa de fusíveis
ses fusíveis, utilize uma chave Philips. do interior do veículo. Remova-os com
o extrator de fusíveis, localizado na
caixa de fusíveis do compartimento do
motor.

9-14
Em Caso de Emergência
Seu veículo possui fusíveis de reserva na
Fusível Fusíveis reservas
parte traseira da tampa da caixa de fusíveis
no compartimento do motor.
Se o fusível de algum circuito importante
que influa na condução do veículo não
estiver disponível, utilize um outro fusível
de capacidade igual ou menor de um cir-
cuito de necessidade secundária (como os
circuitos do rádio ou do soquete de alimen-
tação para acessórios). Não se esqueça
de repor o fusível removido e os fusíveis
de reserva. Extrator de fusíveis
Queimado
Se um fusível queimado for substituído
por outro de amperagem menor, este
5. Verifique se o filamento está rompido. Se 6. Se o fusível novo queimar rapidamente,
poderá queimar. Isso não indica nenhuma
estiver, substitua o fusível por um novo a causa deve ser diagnosticada e corri-
anormalidade. Porém, não se esqueça de
de mesma amperagem. gida por um técnico qualificado em uma
substituí-lo por um fusível de amperagem
Concessionária Autorizada Honda.
correta assim que possível.

! Atenção Sistema antifurto do áudio


Se o fusível do rádio for removido, o sistema
A substituição de um fusível por outro
de áudio será automaticamente desativado.
de amperagem maior pode danificar
Na próxima vez que o rádio for ligado, a pa-
todo o sistema elétrico, em caso de
lavra “ENTER CODE” aparecerá no mostrador.
sobrecarga. Caso não possua um
Utilize os botões de memória para digitar o
fusível de amperagem adequada para
código de cinco dígitos. (Consulte a seção
o circuito, sempre instale um fusível
4 “Sistema antifurto”).
de amperagem menor.
Quando o sistema de áudio é desativado,
o ajuste do relógio nesse sistema é can-
celado. O relógio deverá ser reajustado
de acordo com as instruções do sistema
de áudio.

9-15
Em Caso de Emergência
Caixa de fusíveis do compartimento do motor Caixa de fusíveis do compartimento do motor
Os fusíveis contidos na caixa de fusíveis do compartimento do motor podem apresentar
pequenas variações, dependendo do modelo do veículo. Consulte a tabela abaixo para
verificar os fusíveis utilizados no seu veículo.
Nº Capacidade Circuitos protegidos
1 100 A Bateria
70 A EPS
2 80 A Fusível principal (farol de neblina*/soquete de alimentação para acessórios)
50 A Fusível principal do interruptor de ignição
3 40 A ABS / VSA*
20A Motor do ABS / VSA*
4 50 A Fusível principal do farol
40 A Fusível principal do vidro elétrico
5 – Não utilizado
Etiqueta da caixa de fusíveis 6 20 A Motor da ventoinha do A/C
do compartimento do motor
7 20 A Motor da ventoinha do radiador
8 30 A Desembaçador traseiro
9 40 A Motor do ventilador
10 15 A Sinalizador de advertência
11 15 A Sensor A/F
12 15 A Luz de freio / Buzina
13 – Não utilizado
14 – Não utilizado
15 7,5 A Relé da ventoinha do condensador do A/C e nível de óleo
16 – Não utilizado
17 15 A Sistema de áudio
18 15 A Bobina de ignição
19 15 A Unidade de controle eletrônico
20 7,5 A Embreagem do compressor do A/C
21 15 A ECM / PCM (através do relé de controle eletrônico da aceleração)
22 7,5 A Luzes internas
* Se equipado 23 10 A Luz de marcha à ré

9-16
Em Caso de Emergência

Caixa de fusíveis do interior do veículo Caixa de fusíveis do interior do veículo


Os fusíveis contidos na caixa de fusíveis no interior do veículo variam ligeiramente, de-
pendendo do modelo. A localização dos fusíveis é mostrada com símbolos na etiqueta do
fusível. Consulte a tabela abaixo quanto aos fusíveis do seu veículo.
Capaci- Capaci-
Nº Circuitos protegidos Nº Circuitos protegidos
dade dade
1 7,5 A Relé do vidro elétrico 20 – Não utilizado
2 15 A Bomba de combustível 21 20 A Fusível principal do farol baixo
3 10 A Alternador 22 7,5A Não utilizado
4 7,5 A ABS / VSA* 23 – Não utilizado
5 – Não utilizado 24 20 A Teto solar*
6 20 A Farol de neblina* 25 20 A Relé das travas das portas
7 – Não utilizado 26 20 A Vidro elétrico, lado do motorista
8 10 A Limpador e lavador do vidro traseiro 27 – Não utilizado
Etiqueta da caixa de fusíveis 9 7,5 A OPDS (Sistema de detecção de 28 15 A Soquete de alimentação traseiro
do interior do veículo
ocupante)* 29 15 A Soquete de alimentação dianteiro
10 7,5 A Painel de instrumentos 30 20 A Vidro elétrico, lado do passageiro
11 10 A SRS (airbag) 31 15 A Soquete de alimentação central
12 10 A Farol alto direito 32 20 A Vidro elétrico, traseiro direito
13 10 A Farol alto esquerdo 33 20 A Vidro elétrico, traseiro esquerdo
14 7,5 A Iluminação interna 34 7,5 A Sistema de áudio
15 7,5 A Lanternas, placa de licença 35 7,5 A Travas elétricas
16 10 A Farol baixo direito 36 10 A Sistema de climatização*, espelhos
17 10 A Farol baixo esquerdo retrovisores
18 20 A Fusível principal do farol alto 37 – Não utilizado
19 15 A Fusível principal da iluminação 38 30 A Limpador/lavador do para-brisa
interna

* Se equipado

9-17
Em Caso de Emergência
Reboque do veículo
Quando for necessário rebocar o veículo,
chame o serviço de guincho.
Não reboque o veículo somente com uma
corda ou corrente. Esse procedimento é
muito perigoso e pode causar danos ao
veículo. Reboque direto Reboque sobre plataforma

! ATENÇÃO
Seu Honda é um veículo com sistema
de tração nas 4 rodas (modelo EXL).
Portanto, ao rebocá-lo, o veículo não
deve ser levantado pelas rodas dian-
teiras nem pelas traseiras. Reboque de emergência
! ATENÇÃO
Há três métodos comuns de reboque:
Reboque o veículo somente através
1. Guincho com plataforma de um guincho com plataforma.
O operador transporta o veículo sobre Caso contrário, poderão ocorrer
a plataforma do caminhão. Esta é a sérios danos ao sistema de tração
melhor maneira para rebocar seu veí­ nas 4 rodas (modelo EXL).
culo Honda. Qualquer outro método de
reboque poderá danificar o sistema do
motor/transmissão.

9-18
Em Caso de Emergência
2. Guincho para levantamento da roda 3. Guincho com ganchos
! ATENÇÃO
O caminhão de guincho usa dois bra- O caminhão de guincho usa cabos de me-
ços articulados sob as rodas dianteiras tal com ganchos na extremidade. Esses • Um procedimento incorreto de
para levantá-las. As outras duas rodas ganchos prendem as peças do chassi ou reboque danificará a transmissão.
permane­c em no solo. Não reboque da suspensão, e os cabos suspendem a Siga rigorosamente as recomen-
seu veículo (4WD)* com esse tipo de extremidade do veículo. A suspensão e dações anteriores.
guincho. a carroçaria de seu veículo podem ser • Suspender ou rebocar o veículo
seriamente danificadas. Esse método através do para-choque causará
de reboque não deve ser utilizado em sérios danos. O para-choque não
seu Honda. foi projetado para suportar o peso
do veículo.
• Não reboque o veículo com velo-
cidade superior a 55 km/h e a uma
distância superior a 80 km.
• O sistema de direção poderá ser
danificado, caso o volante esteja
travado. Gire o interruptor de igni-
ção para a posição I (acessórios)
e certifique-se de que o volante
gire livremente antes de rebocar
o veículo.

* Se equipado

9-19
Informações Técnicas

10
Informações
técnicas Número do motor

Número da transmissão

Números de identificação 2. O número da transmissão está em


O seu veículo tem vários números de uma etiqueta, fixada na parte superior
identificação, localizados em diferentes da transmissão.
lugares. Não confunda o número da transmissão
1. O número do motor está estampado no com o número do motor.
bloco do motor.

10-1
Informações Técnicas

O Número de Identificação do Veículo


(VIN) ou o número do chassi está gravado
no anteparo do compartimento do motor.
Para ter acesso a esse número, abaixe a
tampa na parte traseira do compartimento
do motor, conforme mostrado na ilustração.
Certifique-se de fechá-la antes de fechar
o capô.

Número de identificação do
veículo (VIN)

10-2
Informações Técnicas

(A)

(B) (E) (B)

(C) (D)

Especificações

Dimensões do veículo (mm)


EXL LX
A – Altura 1.680 1.680
B – Bitola Dianteira 1.565 1.565
Traseira 1.565 1.565
C – Largura 1.820 1.820
D – Comprimento 4.575 4.575
E – Distância entre eixos 2.620 2.620

Peso (kg)
EXL LX
Transmissão automática 1.612 1.544

10-3
Informações Técnicas

Motor
EXL LX
Tipo 4 cilindros em linha, SOHC i-VTEC 4 cilindros em linha, SOHC i-VTEC

Cilindrada (cm3) 1997 1997

Diâmetro x curso (mm) 81,0 x 96,9 81,0 x 96,9

Taxa de compressão 10,5:1 10,5:1

Potência (cv x rpm) 150 x 6.200 150 x 6.200

Torque (kgf.m x rpm) 19,4 x 4.200 19,4 x 4.200

Rotação de marcha lenta (rpm) 650 ± 50 650 ± 50

Folga das válvulas (mm)


Admissão 0,18 – 0,22 0,18 – 0,22
Escape 0,23 – 0,27 0,23 – 0,27

Avanço da ignição 8 ± 2° APMS 8 ± 2° APMS

10-4
Informações Técnicas

Transmissão
EXL LX
1ª 2,785 2,785
2ª 1,684 1,684
Transmissão 3ª 1,128 1,128
automática 4ª 0,772 0,772
5ª 0,592 0,592
Ré 2,000 2,000

Diferencial 4,500:1 4,500:1

10-5
Informações Técnicas

Rodas e pneus
EXL LX

Rodas 17 x 6,5 17 x 6,5

Material Liga leve Liga leve

Pneus 225/65 R17 102T 225/65 R17 102T

Estepe
Roda 17 x 6,5 17 x 6,5
Material Liga leve Liga leve
Pneu 225/65 R17 102T 225/65 R17 102T

Pressão dos pneus


kPa (kgf/cm2) psi 210 (2.1) 30 210 (2.1) 30
Dianteiro
Traseiro
Estepe

10-6
Informações Técnicas

Geometria da direção
EXL LX
Câmber Dianteiro 0° 00’ ± 45’ 0° 00’ ± 45’
Traseiro – 1° 00’ ± 45’ – 1° 00’ ± 45’

Cáster 3° 02’ ± 1° 3° 02’ ± 1°


Convergência Dianteira 0 ± 2 mm 0 ± 2 mm
Traseira 2 +– 12 mm 2 +– 12 mm

Suspensão
EXL LX

Dianteira Independente nas quatro rodas - McPherson Independente nas quatro rodas - McPherson

Traseira Independente nas quatro rodas - Double wishbone Independente nas quatro rodas - Double wishbone

10-7
Informações Técnicas

Freios
EXL LX
Dianteiro Disco ventilado Disco ventilado
Traseiro Disco sólido Disco sólido
ABS 4 canais 4 canais

Sistema elétrico
EXL LX
Bateria 12V 36Ah / 5h 12V 36Ah / 5h

Alternador 13,5V 105A 13,5V 105A

Velas de ignição
NGK IZFR6K-11S IZFR6K-11S
DENSO SKJ20DR-M11S SKJ20DR-M11S

Folga das velas 1,0 – 1,1 mm 1,0 – 1,1 mm

10-8
Informações Técnicas

Lâmpadas
EXL LX
Farol alto 12V – 60W 12V – 60W

Farol baixo 12V – 51W 12V – 51W

Farol de neblina 12V – 55W —

Lanterna dianteira 12V – 5W 12V – 5W

Sinalizador de direção dianteiro 12V – 21W 12V – 21W

Sinalizador de direção traseiro 12V – 21W 12V – 21W

Luz de freio e lanterna traseira 12V – 21/5W 12V – 21/5W

Luz de marcha à ré 12V – 21W 12V – 21W

Luz da placa de licença 12V – 5W 12V – 5W

Brake light 12V – 21W 12V – 21W

Luz do teto 12V – 8W 12V – 8W

Luz da área de bagagem 12V – 8W 12V – 8W

Luz de leitura 12V – 8W 12V – 8W

10-9
Informações Técnicas

Capacidades de lubrificantes e fluidos


EXL LX

Motor
Troca com filtro 3,7 l 3,7 l
Troca sem filtro 3,5 l 3,5 l

Transmissão automática
Troca 2,5 l 2,6 l
Total 7,2 l 7,0 l

Sistema de arrefecimento
Troca* 6,1 l 6,1 l
Total 7,4 l 7,4 l

Tanque de combustível 58 l (aprox.) 58 l (aprox.)

Lavador do para-brisa 2,5 l 2,5 l

Óleo do diferencial traseiro


Troca 1,2 l —
Total 1,4 l —
*: Incluindo o líquido de arrefecimento no reservatório e o remanescente no motor.
Capacidade do reservatório: 0,6 l

10-10
Informações Técnicas

Tabela de lubrificantes recomendados

Componente Especificação Intervalo de troca

Motor Honda SAE 10W-30 API-SL 10.000 km ou 12 meses (o que primeiro ocorrer)

Transmissão automática Honda 01-ATF 80.000 km ou 48 meses (o que primeiro ocorrer)

Diferencial traseiro* Honda CVT-F 20.000 km (primeira troca), depois a cada 80.000 km

Freios Honda BF DOT 3/DOT 4 A cada 36 meses, independentemente da


quilometragem

Sistema de arrefecimento Honda All Season Antifreeze/ 200.000 km ou 120 meses, depois a cada
Coolant Type 2 100.000 km ou 60 meses
(o que primeiro ocorrer)

Sistema de ar-condicionado Gás R 134a


Óleo SP-10 Não necessita troca
NOTA: A integridade e o rendimento de seu veículo Honda dependem, em grande parte, da qualidade dos lubrificantes utilizados. Assim sendo, utilize somente
Óleos Lubrificantes Genuínos Honda.

* Se equipado

10-11
Informações Técnicas

Dimensões dos pneus Designação das dimensões da roda Classificação de velocidade do pneu
O flanco do pneu está marcado com a As rodas também possuem informações A tabela abaixo apresenta as classificações
es-pecificação de sua dimensão. Essa in- importantes e necessárias para sua substi- de velocidades normalmente utilizadas para
formação será necessária para selecionar tuição. A seguir, são apresentados os signi- os pneus de veículos de passeio.
os pneus de reposição. As explicações a ficados das letras e números que compõem O código de classificação de velocidade
seguir apresentam o significado de cada a designação das dimensões da roda. é um elemento da designação das dimen-
letra e número que compõem a designação sões do pneu, marcada em seu flanco.
da dimensão do pneu. Exemplo de designação das dimensões da
roda: 15x6JJ Es­se código corresponde à velocidade má­
Exemplo de designação das dimensões do xima para uma condução segura.
pneu: 205/70R15 95S 15 Diâmetro do aro em polegadas
Código de
6 Largura do aro em polegadas
205 Largura do pneu em mm. classificação Velocidade máxima
JJ Designação do contorno do aro de velocidade
70 Relação entre as dimensões. A altura
da seção do pneu como porcentagem Q 160 km/h
de sua largura.
S 180 km/h
R Código de fabricação do pneu (Ra-
dial). T 190 km/h

15 Diâmetro do aro em polegadas. H 210 km/h


95 Índice de carga. Índice numérico V 240 km/h
associado à carga máxima que o pneu W 270 km/h
pode transportar.
ZR acima de 270 km/h
S Símbolo de classificação de veloci-
da­de. Para mais informações, con­-
sulte a tabela nesta seção.

10-12
Informações Técnicas

Controles de emissões Sistema de controle de emissão Recuperação de vapores de


A combustão da gasolina produz gases evaporativa reabastecimento a Bordo
poluentes que contaminam a atmosfera. Os vapores de combustível do tanque são O sistema de recuperação de vapores de
O monóxido de carbono (CO), óxido de direcionados para o interior do cânister reabastecimento a bordo (ORVR) captura
nitrogênio (NOx) e hidrocarbonetos (HC) são onde são absorvidos e armazenados, os vapores de combustível durante o rea-
alguns deles. A gasolina que evapora do enquanto o motor estiver desligado ou em bastecimento. Os vapores são absorvidos
tanque de combustível também contamina marcha lenta. Quando o motor aquecer em um cânister que contém carvão ativado.
a atmosfera. O controle de emissões de novamente, os vapores serão levados para Durante a condução, os vapores de com-
gases poluentes é de extrema importância seu interior através do corpo do acelerador bustível são direcionados para o motor para
para a preservação do meio ambiente. e do coletor de admissão para serem quei- serem queimados.
mados durante a condução normal.
Em determinadas condições de luz solar
e clima, o NOx e o HC reagem em forma Sistema PGM-FI
de “fumaça” fotoquímica. O monóxido de Injeção de combustível programada
Controle de emissão dos gases de
carbono não contribui para a geração desta escapamento do motor O sistema PGM-FI é composto por três
fumaça, mas é um gás venenoso. subsistemas independentes, que são: Ad-
O controle de emissão dos gases de es- missão de Ar, Controle do Motor e Con-trole
capamento inclui três sistemas: PGM-FI, de Combustível.
Sistema de controle de emissão de Controle do Ponto de Ignição e Catalisador
de Três Vias. O Módulo de Controle do Motor (ECM) ou
gases do cárter do motor
o Módulo de Controle da Transmissão e do
Seu veículo está equipado com um sis-tema Esses três sistemas trabalham em conjunto Motor (PCM – somente para veículos equi-
de ventilação positiva do cárter. Ele evita para controlar a combustão do motor e pados com transmissão automática) usa
que os gases do motor sejam lançados na minimizar a quantidade de HC, CO e NOx vários sensores para detectar a quantidade
atmosfera. A válvula de ventilação positiva que sai do escapamento. Os sistemas de de ar aspirada nos cilindros e determina a
direciona os gases de retorno para o coletor controle de emissão dos gases de escapa- quantidade de combustível a ser injetada.
de admissão. A partir desse ponto, os gases mento são separados dos sistemas de con- Isso proporciona uma mistura ideal de ar/
entram no motor e ocorre a combustão. trole de emissão evaporativa e do controle combustível para todas as condições de
de emissão de gases do cárter. funcionamento do motor.

10-13
Informações Técnicas

Sistema de controle do ponto de O catalisador de três vias deve funcionar


ignição em altas temperaturas, a fim de que as
Este sistema ajusta constantemente o pon- reações químicas ocorram. Qualquer ma-
to de ignição para reduzir a quantidade de terial combustível que estiver próximo a ele
HC, CO e NOx produzida. poderá se incendiar. Estacione o veículo em
locais onde não haja grama, folhas secas
ou outros materiais inflamáveis.
Sistema de recirculação dos gases de
escapamento (EGR) Para permanecer efetivo, o catalisador de
três vias não­ deve ser contaminado por
O sistema de recirculação dos gases de
gasolina com­chumbo.
escapamento (EGR) retira uma parte dos
gases de escapamento para encaminhá-los O catalisador de três vias pode supera-
novamente para o coletor de admissão. A Catalisador de três vias quecer e ser danificado, se for alimentado
adição de gases de escapamento à mistura com muita mistura de combustível não
de ar/combustível reduz a quantidade de queimada pelo motor. Para que isso não
Catalisador de Três Vias
NOx produzida quando o combustível é aconteça, siga os procedimentos descritos
queimado. O catalisador de três vias é usado para con- abaixo:
verter os hidrocarbonetos (HC), monóxido
• Não empurre ou reboque o veículo para
de carbono (CO) e óxido de nitrogênio (NOx)
dar a partida. Se a bateria estiver des-
dos gases de escapamento em dióxido de
carregada, utilize uma bateria auxiliar
carbono (CO2), dinitrogênio (N2) e vapor
para ligar o motor;
de água.
• Não altere o ponto de ignição ou remova
O catalisador de três vias apresenta me-
qualquer peça do sistema de controle de
tais preciosos que agem como agentes
emissões;
catalisadores, os quais promovem rea-
ções químicas para converter os gases de • Use somente as velas de ignição es­pe­­
escapamento sem afetar os metais. Esse ci­ficadas.
dispositivo é conhecido como catalisador
de três vias, pois age sobre o HC, CO e NOx.
Utilize somente peças originais Honda ou
equivalentes ao substituí-lo.

10-14
Informações Técnicas

• Use sempre gasolina sem chumbo. Contribuindo com o Ruídos veiculares


A gasolina com chumbo, mesmo em meio ambiente Este veículo está em conformidade com a
pequena quantidade, pode contaminar Este veículo está equipado com um dis­ legislação vigente de controle da poluição
os metais do catalisador, tornando inefi­ posi­ti­­vo antipoluente, visando atender à sonora para veículos automotores.
cien­te o conversor. ­re­s olução n o 18/86 do CONAMA. Esse
Resolução no 01/93 do CONAMA
• Mantenha o motor regulado. sis­­­tema controla os níve­is­ ­d e emissão
eva­porativa e dos gases do­es­capamento. Limite máximo de ruído para fiscalização de
• Se o motor do veículo apresentar falhas,
Portanto, a ma­nu­tenção correta e a utili- veículo em circulação (veículo parado):
retroignição, desligamento repentino
zação de PEÇAS ORIGINAIS são impres-
ou outros sintomas de funcionamento 83,3 dB (A)
cindíveis pa­ra­o funcionamento correto do
incorreto, providencie o diagnóstico e
siste­ma.­­ ­Siga rigorosamente o plano de É importante que todo serviço de manu-
os reparos.
ma­­­nutenção prescrito no Manual de Ma- tenção seja executado de acordo com
nutenção e Garantia, re­­­correndo sempre a a Tabela de Manutenção, para que o
uma Concessio­ná­­ria Autorizada Honda. veículo permaneça dentro dos padrões
Observe rigorosamente as especificações antipoluentes.
técnicas contidas neste Manual,­po­­is dessa
forma, além de estar usu­fru­­i­ndo sempre do
melhor desem­pe­nho­­ do seu Honda, você
estará contribuin­do­também para a preser-
vação do Meio Am­bi­­en­te.
Índice de CO na marcha lenta: 0,1%

10-15
Condução em Vias Não Pavimentadas

11
Informações gerais
! CUIDADO
Seu veículo CR-V foi projetado para a
condução em vias pavimentadas. Porém, O manuseio incorreto deste veículo,
seu sistema de tração nas 4 rodas* permite independentemente do tipo de via,
conduzi-lo ocasionalmente em estradas poderá provocar um acidente ou
capotamento, em que os ocupantes
Condução de terra ou localizações mais afastadas.
Entretanto, ele não foi projetado para podem sofrer ferimentos graves ou
fatais.
em vias não percursos em trilhas, montanhas ou
outras atividades mais radicais. Siga todas as recomendações e pre-
pavimentadas A necessidade de habilidades diferentes cauções descritas neste Manual do
Proprietário.
será rapidamente sentida ao conduzir o
veí­culo em uma via não pavimentada. O Mantenha sempre uma velocidade
próprio manuseio do CR-V será um pouco segura e dirija de acordo com as
diferente. Assim sendo, leia atenciosamente condições locais.
este Manual do Proprietário, observe cuida-
dosamente as precauções descritas nessa
seção e familiarize-se com o veículo, antes
de dirigi-lo em vias não pavimentadas.
Muitos países proíbem a condução em
vias não pavimentadas. Verifique as leis
e regulamentações locais quanto a essa
atividade.

* Se equipado

11-1
Condução em Vias Não Pavimentadas

Precauções relativas à segurança Inspeção do veículo Controle da velocidade


Para evitar perda de controle ou capota­ Antes de dirigir em vias não pavimentadas, Ao conduzir o veículo em vias não pavimen-
mento, certifique-se de seguir todas as verifique se os procedimentos de manuten- tadas, dirija sempre em baixa velocidade. O
precauções e recomendações descritas ção e todas as revisões foram efetuados. tempo necessário para avaliar as condições
nesta seção. Não se esqueça de inspecionar as condi- locais e tomar as decisões corretas será
• Certifique-se de acomodar a bagagem ções dos pneus e verificar se as pressões bem menor, caso o veículo seja dirigido em
corretamente e não exceda os limites são as recomendadas. alta velocidade. A probabilidade de uma
de carga do veículo (Consulte na seção Após conduzir o veículo em vias não pavi- derrapagem será muito maior durante frena-
5 “Capacidade de carga”). mentadas, inspecione-o para certificar-se gens ou mudanças de direção em estradas
de que não existem danos que possam molhadas ou pedregosas.
• Sempre que dirigir, certifique-se de que
você e todos os passageiros estejam torná-lo inseguro. Verifique novamente os Aceleração e frenagem
sempre usando devidamente os cintos pneus quanto a danos e pressão correta.
Para obter maior tração em todos os tipos
de segurança. Não se esqueça de superfícies, acelere gradativamente e
• Dirija em baixa velocidade e não vá mais Tanto as estradas como o motorista e o veí- aumente a velocidade pouco a pouco. O
rápido do que as condições permitem. culo apresentam certos limites na condução veículo poderá atolar, caso tente sair em alta
• É sua responsabilidade avaliar continu- em vias não pavimentadas. Esses limites velocidade sobre superfícies molhadas ou
amente a situação e dirigir dentro dos vão desde caminhos que podem ser muito lamacentas, devido à redução da tração.
limites. difíceis de subir até a redução na tração e Lembre-se de que o tempo e a distância
estabilidade do veículo. necessários para parar o veículo serão
Dirigir em vias não pavimentadas pode geralmente maiores do que sobre super­fí­
ser perigoso se você não reconhecer tais cies pavimentadas. Evite freadas bruscas.
limitações, para que as devidas precauções Não "bombeie" o pedal do freio; deixe que
sejam tomadas. o sistema ABS faça isso por você.

11-2
Condução em Vias Não Pavimentadas

Evitando obstáculos Condução em aclives e declives Em caso de atolamento


Fragmentos na estrada podem danificar a Caso não possa ver claramente as condi- Evite dirigir sobre superfícies arenosas ou
suspensão ou outros componentes. Além ções da estrada (tração, presença de obstá- lamacentas, para evitar que o veículo fique
disso, como o veículo apresenta um centro culos ou buracos, etc.), faça o percurso a pé atolado. Se isso acontecer, aja cuidado-
de gravidade mais alto, dirigi-lo sobre um antes de passar com o veículo. Se houver samente.
obstáculo grande ou deixar a roda cair em quaisquer dúvidas a respeito da segurança, Não utilize o macaco para tentar desatolar o
um buraco poderá fazer com que ele capote não continue. Vá por outro caminho. veículo. O macaco somente funciona sobre
ou tombe. Caso esteja subindo um aclive e perceba superfícies firmes e planas. Além disso, o
Curvas que não será possível continuar, não tente veículo poderá escorregar do macaco e
manobrar o veículo, pois poderá ocorrer um causar ferimentos.
A técnica mais apropriada para fazer curvas capotamento. Dê marcha à ré lentamente,
em vias não pavimentadas é dirigir em baixa seguindo o mesmo caminho da subida. Tração nas 4 rodas*
velocidade. Esterce gradativamente, de Os componentes do sistema de tração nas
acordo com as condições da superfície. Cruzando riachos e córregos 4 rodas poderão superaquecer, caso as ro-
Não existirão problemas ao fazer curvas Evite dirigir o veículo através de águas das patinem excessivamente. Se isso acon-
acentuadas sobre uma superfície plana, profundas. Caso encontre um riacho ou tecer, o sistema será desativado e somente
se a velocidade for baixa. Como o centro córrego, avalie a situação cuidadosamente as rodas dianteiras serão tracionadas. Nes-
de gravidade de seu CR-V é mais alto, o antes de passar com o veículo. Certifique- se caso, pare e aguarde até que o sistema
veículo poderá capotar ou tombar mais se de que o riacho seja raso, sem correnteza esfrie. Assim que a temperatura diminuir, o
facilmente. e com leito firme. Se não estiver certo sobre sistema será novamente ativado.
sua profundidade, não prossiga. Volte e
encontre outro caminho.
Dirigir através de águas profundas também
poderá danificar o veículo. Poderá ocorrer
penetração de água na transmissão e no
diferencial*, diluindo o fluido e causando
uma eventual falha. A água poderá ainda re-
mover a graxa dos rolamentos das rodas.

Os veículos Honda estão em conformidade com o Proconve


* Se equipado (Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores)

11-3
Índice Alfabético

12
A B
ABS Bancos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-38
Luz de advertência do ABS . . . . . . . 6-11 Ajuste da altura do banco
Sistema de freio antitravante. . . . . . 6-11 do motorista. . . . . . . . . . . . . . . 3-39
Acessórios e modificações. . . . . . . . . . 5-9 Ajuste dos encostos dos bancos
ÍNDICE ALFABÉTICO Airbag dianteiros. . . . . . . . . . . . . . . . . 3-38
Como funcionam os Banco traseiro . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-41
airbags laterais. . . . . . . . . . . . . 2-14 Descansa-braço. . . . . . . . . . . . . . . . 3-40
Precauções Importantes . . . . . . . . . 2-17 Passagem para área
Sistema de Desligamento do de bagagem. . . . . . . . . . . . . . . 3-41
Airbag Lateral. . . . . . . . . . . . . . 2-15 Posição dos encostos dos bancos. 2-18
Airbag (Sistema Suplementar de Barras de proteção lateral. . . . . . . . . . 2-26
Segurança – SRS) . . . . . . . . . . 2-10 Bateria. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-12
Airbag de cortina*. . . . . . . . . . . . . . . 2-15 Botão do desembaçador do
Luz indicadora de desativação do vidro traseiro . . . . . . . . . . . 4-3, 4-7
airbag lateral*. . . . . . . . . . . . . . 2-16
Álcool e drogas. . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-26 C
Amaciamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5-1 Capô do motor . . . . . . . . . . . . . . . 5-3, 5-4
Antena de teto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-2 Carga
Antes de conduzir o veículo . . . . . . . . . 6-2 Acomodação da carga. . . . . . . . . . . 5-12
Antes de dirigir . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5-1 Capacidade de carga. . . . . . . . . . . . 5-12
Ar-condicionado . . . . . . . . . . . . . 4-1, 7-18 Carroçaria. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-6
Filtro do ar-condicionado. . . . . . . . . 7-19 Catalisador de três vias. . . . . . . . . . . 10-14
Funcionamento semi-automático. . . . 4-6 CD Changer. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-27
CD player. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-21
Chaves . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-24
Cintos de segurança. . . . . . . . . . . . . . . 2-3

12-1
Índice Alfabético

Tensionadores automáticos dos Cuidados com a aparência. . . . . . . . . . 8-1 F


cintos de segurança. . . . . . . . . . 2-8 Cintos de segurança . . . . . . . . . . . . . 8-4 Faróis 3-17
Cobertura da área de bagagem*. . . . . 3-49 Couro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-4 Farol de neblina dianteiro*. . . . . . . . 3-19
Combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5-1 Estofamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-3 Filtro de ar. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-10
Economia de combustível . . . . . . . . . 5-7 Lavagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-1 Freio de estacionamento. . . . . . . . . . . 3-57
Filtro de combustível . . . . . . . . . . . . 7-11 Painel . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-4 Freios
Computador de bordo. . . . . . . . . . . . . 3-12 Vidros. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-5 Fluido de freio. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-9
Autonomia de combustível Fusíveis. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-13
(Distância estimada). . . . . . . . . 3-13 D
Consumo atual de combustível. . . . 3-12 Descarga elétrica (carga eletrostática). 5-8 G
Indicador de temperatura externa . . 3-14 Desembaçador do vidro traseiro. . . . . 3-23 Gancho para casaco. . . . . . . . . . . . . . 3-62
Condução do veículo . . . . . . . . . . . . . . 6-1 Dispositivo de corte de injeção de Ganchos para bagagem. . . . . . . . . . . 5-13
Condução do veículo sob más combustível. . . . . . . . . . . . . . . 2-26
condições de tempo . . . . . . . . 6-15 Dispositivos de segurança H
Condução em vias não do veículo. . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-2 Hodômetro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-13
pavimentadas. . . . . . . . . . . . . . 11-1
Conservação de veículos inativos. . . . 7-35 E I
Console central. . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-62 Em caso de emergência. . . . . . . . . . . . 9-1 Ignição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-27
Contribuindo com o Encostos de cabeça. . . . . . . . . . . . . . 3-39 Indicador de combustível. . . . . . . . . . 3-15
meio ambiente. . . . . . . . . . . . 10-15 Entrada auxiliar. . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-51 Indicador de temperatura. . . . . . . . . . 3-15
Controle de cruzeiro Equipamentos de conforto e Informações importantes sobre a
Para acionar o controle comodidade. . . . . . . . . . . . . . . . 4-1 condução do veículo. . . . . . . . . 6-1
de cruzeiro. . . . . . . . . . . . . . . . 4-55 Especificações . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10-3 Informações técnicas . . . . . . . . . . . . . 10-1
Controle de cruzeiro*. . . . . . . . . . . . . . 4-55 Espelho de cortesia. . . . . . . . . . . . . . . 3-60 Inspeções periódicas . . . . . . . . . . . . . . 7-2
Controle remoto . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-35 Espelho para crianças. . . . . . . . . . . . . 3-61 Instrumentos e controles. . . . . . . . . . . . 3-1
Controles de emissões. . . . . . . . . . . 10-13 Espelhos retrovisores . . . . . . . . . . . . . 3-56 iPod* . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-36
Controles e dispositivos . . . . . . . . . . . 3-16 Estacionamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-8 Itens internos de comodidade. . . . . . 3-58
Cuidado com os gases Estepe . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-1
de escapamento . . . . . . . . . . . 2-25 Etiquetas de segurança. . . . . . . . . . . . 2-27
Extintor de incêndio . . . . . . . . . . . . . . 2-26
12-2
Índice Alfabético

L Indicador do sistema de Indicador do sistema de injeção


Lavador do para-brisa. . . . . . . . . . . . . 3-20 assistência à estabilidade eletrônica. . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-7
do veículo (VSA)*. . . . . . . . . . . . 3-9 Indicador do sistema imobilizador. . . 3-6
Fluido do lavador do para‑brisa. . . . . 7-7
Luz de advertência da pressão Indicador do sistema suplementar
Limpadores do para-brisa e
do óleo. . . . . . . . . . . . . . . 3-5, 9-10 de segurança – SRS. . . . . . . . . . 3-4
do vidro traseiro. . . . . . . . . . . . 7-15
Luz de advertência de mau Indicador do sistema VSA . . . . . . . . 6-13
Limpador e lavador do
funcionamento. . . . . . . . . . . . . 9-11 Indicador principal do controle
vidro traseiro . . . . . . . . . . . . . . 3-22
Luz de advertência do ABS*. . . . . . . . 3-5 de cruzeiro. . . . . . . . . . . . . . . . 3-10
Limpadores do para-brisa. . . . . . . . . . 3-20
Luz de advertência do freio de
Líquido de arrefecimento do motor. . . . 7-5
estacionamento e do M
Inspeção do nível do líquido de sistema de freio. . . . . . . . . . . . . 3-6 Manutenção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-1
arrefecimento. . . . . . . . . . . . . . . 5-6
Luz de advertência do Manutenção preventiva. . . . . . . . . . . . . 7-1
Localização dos fluidos, óleo do motor, sistema de carga. . . . . . . . . . . 9-11
líquido de arrefecimento e Motor
Luzes indicadoras dos sinalizadores Superaquecimento do motor. . . . . . . 9-9
reservatórios. . . . . . . . . . . . . . . . 7-3
de direção e do sinalizador de
Luz da área de bagagem. . . . . . . . . . . 3-65
Luz da ignição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-65
advertência. . . . . . . . . . . . . . . . . 3-7 N
Luz indicadora do farol alto . . . . . . . . 3-7 Números de identificação. . . . . . . . . . 10-1
Luz de cortesia . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-65 Luz indicadora do sistema antifurto. . . 3-8
Luz do teto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-63 Luz indicadora do sistema da direção O
Luzes eletricamente assistido . . . . . . . 3-8 Óleo do diferencial*. . . . . . . . . . . . . . . . 7-9
Substituição de lâmpadas. . . . . . . . 7-27 Luzes Indicadoras e de Advertência. . . 3-4 Óleo do motor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-4
Luzes de leitura. . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-64 Indicador de ativação do
Luzes indicadoras e de advertência sistema VSA. . . . . . . . . . . . . . . 6-13 P
Indicador de ativação do VSA*. . . . . . 3-9 Indicador de nível baixo do tanque de Painel de instrumentos. . . . . . . . . 3-2, 3-3
Indicador de luzes acesas . . . . . . . . . 3-8 combustível. . . . . . . . . . . . . . . . 3-6 Luminosidade do painel de
Indicador do farol de Indicador de porta aberta. . . . . . . . . . 3-7 instrumentos . . . . . . . . . . . . . . 3-19
neblina dianteiro. . . . . . . . . . . . . 3-8 Indicador do controle do cruzeiro. . . . 3-10 Para-brisa
Indicador do lembrete de uso do cinto Indicador do sistema de Limpadores Intermitentes
de segurança. . . . . . . . . . . . . . . 3-9 carga (Bateria) . . . . . . . . . . . . . . 3-4 Automáticos (AUTO)*. . . . . . . . 3-21
Para-sol. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-59

12-3
Índice Alfabético

Partida com bateria auxiliar. . . . . . . . . . 9-7 Segurança de crianças. . . . . . . . . . . . 2-22 Transmissão automática. . . . . . . . . . . . 6-3
Partida do motor. . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-2 Acomodação de Crianças . . . . . . . . 2-23 Fluido da transmissão automática. . . 7-8
Pneus . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-21 Considerações sobre a Travamento e destravamento
Manutenção dos pneus. . . . . . . . . . 7-23 Segurança de Crianças. . . . . . 2-22 automático das portas. . . . . . . 3-29
Rodízio dos pneus. . . . . . . . . . . . . . 7-23 Sinalizador de advertência . . . . . . . . . 3-23 Triângulo de segurança. . . . . . . . . . . . 2-26
Porta-copos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-60 Sinalizadores de direção. . . . . . . . . . . 3-17
Porta-luvas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-59 Sistema de assistência à estabilidade U
Porta-óculos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-61 do veículo (VSA). . . . . . . . . . . . 6-13 USB* . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-43
Portas 3-28 Interruptor de Desligamento. . . . . . . 6-14
VSA e tamanhos de pneus. . . . . . . . 6-14 V
Travas das portas. . . . . . . . . . . . . . . 2-20
Sistema de áudio. . . . . . . . . . . . . . . . . 4-17 Velocímetro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-11
Travas de segurança
Sistema antifurto do áudio. . . . . . . . 4-50 Ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-12
para crianças. . . . . . . . . . . . . . 2-21
Sistema de áudio com Vidros elétricos. . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-53
Portas 1. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-20
controle remoto*. . . . . . . . . . . . 4-52 Visão geral do seu veículo. . . . . . . . . . . 1-1
R Sistema de Freios. . . . . . . . . . . . . . . . . 6-9 Volante de direção
Reboque. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-16 Sistema de segurança. . . . . . . . . . . . . 4-53 Ajuste. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-19
Reboque do veículo . . . . . . . . . . . . . . 9-18 Sistema imobilizador. . . . . . . . . . . . . . 3-26 Ajuste da posição do
Recepção do rádio. . . . . . . . . . . . . . . 4-35 Soquete de alimentação volante de direção. . . . . . . . . . 3-23
Relógio . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-51 para acessórios. . . . . . . . . . . . 3-62
Rodas de liga leve. . . . . . . . . . . . . . . . . 8-3
Ruídos veiculares . . . . . . . . . . . . . . . 10-15 T
Tabela de lubrificantes
S recomendados. . . . . . . . . . . . 10-11
Segurança. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-1 Tacômetro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-11
Tampão duplo da área
de bagagem. . . . . . . . . . . . . . . 3-51
Teto solar*. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-55
Tração nas 4 rodas*. . . . . . . . . . . . . . . 11-3

12-4
Anotações
Anotações
Anotações
Anotações