Você está na página 1de 2

01 – ENTRADA I 05 - GLÓRIA I (CAPELLA)

Vinde vede e anunciai as maravilhas de Deus


Vosso Pai! A vida em comunhão comigo, tem Glóoooria, glóoooriaaaa, glóooooriaa,
força para anunciar! A vida em comunhão glóriaaa
comigo, tem força para anunciar! 1 - Gloria à Deus lá nas alturas / Paz na terra a seus
1 - Vinde todos à messe vos espera, as sementes amados À vós louvam Rei Celeste / Os que foram
aguardam plantação! Sois da igreja a nova libertados
primavera, sois os frutos da nova floração. 2 - Deus e Pai nós vos louvamos / Adoramos
2 - Do evangelho vós sois os operários, anunciando bendizemos Damos glória ao vosso nome / Vossos
meu reino a cada irmão. O batismo vos torna
dons agradecemos
missionários da palavra que traz libertação.
3 - Anunciai minha paz a terra inteira com ternura, 3 - Senhor nosso Jesus Cristo / Unigênito do Pai
com zelo fraternal. de ao mundo amando sem Vós de Deus cordeiro Santo / Nossas culpas
fronteiras: o cristão é irmão universal. perdoai
4 - Vós que estais junto do Pai / Como nosso
02 - ENTRADA II intercessor Acolhei nossos pedidos / Atendei
1 - No meu coração sinto o chamado fico inquieto: nosso clamor
preciso responder então pergunto: "Mestre, onde
5 - Vós somente sois o Santo / O altíssimo Senhor
moras?" e me respondes que preciso caminhar.
Seguindo teus passos, fazendo a história, Com espírito divino / De Deus Pai no esplendor.
construindo o novo no meio do povo (bis).
06 - GLÓRIA II (Reggae)
Mestre, onde moras? Mestre, onde estás?
no meio do povo. vem e verás. no meio do Ó ó Glória, Ó ó Glória, a Deus pai a Jesus Cristo
povo. Vem e verás. e ao espírito de amor
1 - Gloria à Deus nas alturas / Paz na terra a seus
2 - Te vejo em cada rosto das pessoas, tua imagem amados à vós louvam Rei Celeste / Os que foram
me anima e faz viver. No coração amigo que se libertados
doa, no sonho do teu reino acontecer. 2 - Deus e Pai nós vos louvamos / Adoramos
Teu reino é justiça, é paz, é missão.
bendizemos Damos glória ao vosso nome / Vossos
É a boa nova da libertação! (bis)
3 - Tua palavra abre novos horizontes, é convite de dons agradecemos
serviço aos irmãos. Me consagra, me envia a 3 - Senhor nosso Jesus Cristo / Unigênito do Pai
assumir Vós de Deus cordeiro Santo / Nossas culpas
teu projeto nesta vida, neste chão. perdoai
Meu "sim" é resposta, é meu jeito de amar, 4 - Vós que estais junto do Pai / Como nosso
estar com teu povo, contigo morar. (bis) intercessor acolhei nossos pedidos / Atendei
nosso clamor
03 - ATO PENITENCIAL I – (CAPELLA)
5 - Vós somente sois o Santo / O altíssimo Senhor
Senhor, que viestes ao mundo para nos salvar, tem Com espírito divino / De Deus Pai no esplendor.
piedade de nós
Kyrie, Kyrie, Kyrie Eleison (bis) 07 – ACLAMAÇÃO I
Ó Cristo, que continuais a nos visitar, tem piedade
de nós Aleluia, aleluia, aleluia (bis)
Christe, Christe, Christe Eleison (bis) A semente é a palavra de Deus, aleluia!
Senhor, que vireis um dia para nos julgar, tem O grão caído em terreno bom,
piedade de nós são aqueles que ouvem a Palavra (bis)
Kyrie, Kyrie, Kyrie Eleison (bis) e perseveram produzindo frutos, aleluia!

04- ATO PENITENCIAL II 08 - ACLAMAÇÃO II

1- Senhor, que sois o Caminho que nos leva ao Pai, Aleluia, aleluia, aleluia! (bis)
Kyrie eleison (4X)
2- Cristo, que sois a Verdade que ilumina os povos, Tua Palavra é como fogo
Christe eleison (4X) que faz arder o coração
trás a verdade e ilumina nossa vida! (bis)
3- Senhor, que sois a Vida que renova o mundo,
Kyrie eleison (4X)
09 - OFERTÓRIO I Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais,
sempre mais.
Trabalhar o pão, celebrar o pão,
oferecer e consagrar e comungar o pão (bis) 13 – COMUNHÃO II
1 - Fruto do suor e do trabalho, sacrifício que Jesus 1 - Ao recebermos, Senhor Tua presença sagrada
Pediu, Pão da Liberdade e da Justiça, Pão da Vida, Pão Pra confirmar teu amor faz de nós Tua morada
do Céu: te ofertamos porque tudo é Teu.
Surge um sincero louvor brota a semente plantada
2 - Fruto da esperança e da partilha, Santa Missa que nos
faz irmãos, Pão da Liberdade e da Justiça, Pão da Vida, Faz-nos seguir teu caminho Sempre trilhar tua
Pão do Céu: Pão Bendito de Libertação! estrada
Desamarrem as sandálias e descansem Este
10 - OFERTÓRIO II chão é terra santa, irmãos meus Venham, orem,
1 - É Teu o que somos e tudo que temos, ó Senhor pra comam, cantem Venham todos E renovem a
reconhecer que só tu és o Salvador. Pra retribuir e esperança no Senhor
ofertar com o pão e o vinho nossa vida em teu altar 2 - O filho de Deus com o Pai E o Espírito Santo
Recebe Senhor nossa vida, palavras e ações Nesta trindade um só ser Que pede a nós sermos
seguimos fazendo discípulos em todas as nações, santos
recebe Senhor nossa oferta é de coração
Dai-nos, Jesus, teu poder De se doar sem medidas
e com todo amor, somos Teus, ó Senhor
2 - Nós somos Teus, somos milhões de mil lugares jovens Deixa que compreendamos Que este é o sentido da
na igreja uma só fé nos corações, recebe nosso sim e vida
compromisso de fazer discípulos entre todas as nações 3 - Ao virmos te receber, nós te pedimos, ó Cristo
3 - A alegria nos nossos sonhos e atitudes toda energia Faz vibrar nosso ser, indo ao encontro ao Pai Santo
do nosso ser e nosso amor recebe nossa fé e Sem descuidar dos irmãos Mil faces da tua face,
juventude oferendas vivas do teu altar Senhor fazes que o coração sinta A força da caridade
11 – OFERTÓRIO III 14 - COMUNHÃO III
1 - O anseio de lançar as redes, queremos oferecer! O 1 - Vou cantar Teu amor, ser no mundo um farol. Eis-
medo das águas profundas, queremos oferecer! O me aqui Senhor, vem abrir as janelas do meu
esforço de nossas labutas, queremos oferecer! Os passos coração. e então falarei, imitando Tua voz. creio em
de nossas lutas, queremos oferecer!
Ti Senhor,
No pão e o vinho, no pão e o vinho, nossas vidas
oferecer nas águas bem mais profundas, transforma nas pegadas deixadas por ti vou andar.
nosso viver Vou falar do Teu coração, com ternura nas mãos
2 - A barca que ficou na praia, queremos oferecer! As e na voz proclamar que a vida é bem mais do que
redes jogadas no chão, queremos oferecer! O nosso aquilo que o mundo ensina e cantar. Cantar um
vacilante "sim", queremos oferecer! Mesmo que pareça canto ensinado por Deus, com poesia ensinar
em vão, queremos oferecer! nossa fé, plantar o chão, cultivar o amor, como
3 - Os peixes que nós pescamos, queremos oferecer! As poetas que querem sonhar. Pra realizar o que o
redes da tua graça, queremos oferecer! A força que nós Mestre ensinou, viemos cear, restaurar o
lançamos, queremos oferecer! Os frutos que alcançamos, coração,
queremos oferecer!
fonte de vida no altar a brotar, a nos alimentar.
12 - COMUNHÃO I 2 - Celebrar meu viver pra no mundo ser mais faz de
mim Senhor, aprendiz da verdade, justiça e da paz.
1 - Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão se Comungar Teu viver neste vinho, neste pão. quero
fecharem os poucos caminhos, mil trilhas nascerão. ser, Senhor, novo homem nascido do teu coração.
Muito tempo não dura a verdade, nestas margens
estreitas demais Deus criou o infinito pra vida ser sempre 15 – FINAL I
mais, sempre mais. Demos graças ao bom Deus demos graças ao Senhor
É Jesus esse Pão de igualdade viemos pra \Por esta celebração por este encontro de louvor e
comungar com a luta sofrida do povo que quer oração (BIS)
ter voz, ter vez, lugar. Comungar é tornar-se um Temos uma nova missão de levar a paz por onde
perigo viemos pra incomodar com a fé e união nossos formos
passos um dia vão chegar \De anunciar, evangelizar de viver a palavra do
2 - O Espírito é vento incessante, que nada há de Senhor (BIS)
prender Ele sopra até no absurdo, que a gente não quer
ver. Muito tempo não dura a verdade, nestas margens 16- FINAL II
estreitas demais Deus criou o infinito pra vida ser sempre 1 - Deus não quer nos condenar quer de nós uma
mais, sempre mais. decisão
3 - No banquete da festa de uns poucos, só rico se Para o nosso bem: Para nos salvar Pergunta hoje então:
sentou nosso Deus fica ao lado dos pobres, colhendo o A quem você quer servir?
que sobrou. Muito tempo não dura a verdade, nestas EU E MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR (BIS)
margens estreitas demais Deus criou o infinito pra vida 2 - O pecado quer nos dominar e Deus quer nos
ser sempre mais, sempre mais. Santificar È preciso decidir Ser de Deus não me enganar
4 - O poder tem raízes na areia o tempo faz cair união é a A quem você quer servir?
rocha que o povo usou pra construir. Muito tempo não
dura a verdade, nestas margens estreitas demais

Interesses relacionados