Você está na página 1de 3

Commented [1]: Preciso que vocês façam as devidas

Biometria edições no documento e encaminhem para o professor


ivson

Controle Biométrico de Digital

FSM - Faculdade São miguel - Controle de Acesso


Prof. Ivison
Miquéias Cardoso
Eneas Heleno
João Hortencio
1 - Introdução
Controlar o acesso a sistemas computacionais torna-se cada vez mais importante nos
dias de hoje, e o mecanismo mais conhecido e usual para garantir segurança em
sistemas de informação é através da autenticação do usuário por uma senha. Porém
este tipo de mecanismo é frágil pois existem usuários descuidados que comprometem a
segurança quando utilizam-se de senhas frágeis e de contexto normalmente familiar,
como por exemplo uma data de nascimento, nome de membros da família ou até mesmo
o contato de telefone pessoal. Por outro lado, o custo e a simplicidade deste tipo de
mecanismo clássico de segurança justifica sua adoção, e em várias situações
permanece como mecanismo principal ao lado de outras políticas de segurança.
A importância de elaborar sistemas mais complexos de segurança tem crescido devido
a valorização das informações, proteger sistemas de informação com uma simples senha
não tem sido favorável ao mercado, baseado nisso iremos apresentar neste documento
o sistema de segurança biométrica.

2 - Biometria
2.1 - Definição
Entre as definições citadas no dicionário, biometria é a ciência da aplicação de métodos
de estatística quantitativa a fatos biológicos ou análise matemática de dados biológicos
(PRIBERAM, 2004). A biometria é de grande interesse em áreas onde é realmente
importante verificar a identidade real do indivíduo. Através da biometria, uma pessoa
pode ser identificada por meio de suas características fisiológicas, tais como: as
impressões digitais, o formato da íris, a geometria da mão e a estrutura da face. A
determinação da identidade pode ser também comportamental pela representação de
atributos únicos dos indivíduos, por exemplo, a assinatura e as características da voz.

2.2 - Vantagens
As vantagens dos recursos biométricos é que estes não podem ser facilmente forjados
e não podem ser esquecidos como acontece com senhas, e isso obriga que a pessoa a
ser autenticada esteja fisicamente presente no ponto de autenticação, eliminando-se o
problema de roubo de senhas ou a transferência de senhas para outras pessoas.

3 - Biometria Digital
A identificação de indivíduos através de impressões digitais tem sido utilizada há muito
tempo. Os padrões formados pelas linhas da impressão digital são únicos, permitindo,
assim, que uma pessoa específica seja identificada. As impressões digitais de um
indivíduo são imutáveis desde seu nascimento até sua morte. Historicamente, os
sistemas de verificação biométrica, baseados em impressões digitais, são os que provém
melhores performances com os menores custos em relação a outros sistemas
biométricos como o reconhecimento de íris, face, geometria da mão, entre outros (JAIN
and KULKAMI, 1999). O método de identificação baseia-se na comparação de minúcias
que são características da impressão digital, tais como o formato e a orientação das
linhas, bifurcações, núcleos, deltas e outros padrões (CENTENO, 1994). A captura de
uma imagem de impressão digital é feita através de um dispositivo de entrada de dados
que pode ser um scanner. A imagem È adquirida no formato digital por um sistema,
utilizando algoritmos matemáticos.

4 - Conclusão
O sistema de controle de acesso biométrico através da digital vem sendo bastante
utilizado por conta da facilidade de implantação e custo em relação aos demais sistemas
de controle biométrico, além de fornecer a segurança da informação contida em sistemas
também tem como característica garantir a autenticação do usuário e integridade das
informações, em se tratar de segurança de dados, o uso de biometria digital é o mais
recomendável com relação custo benefício.