Você está na página 1de 24

Introdução

Você já deve ter ouvido falar várias vezes no que é Contabilidade, não? Mas você realmente
conseguiu entender o que ela significa e para que serve?
E tem mais! Você já pensou que pode aplicá-la para melhor controlar seu patrimônio?
Provavelmente, você deve ter ouvido também palavras esdrúxulas quando se fala em
Contabilidade, que à primeira vista podem tê-lo assustado, como, por exemplo, "Equação
Patrimonial", "Patrimônio Líquido", "Passivo a Descoberto", etc.
Agora, ao estudar este módulo, você verá que a coisa não é complicada como parece.
Neste módulo vamos mostrar quais os elementos que compõem um patrimônio, porque se diz
que o Ativo é sempre igual ao Passivo e quais as variações que podem ocorrer no patrimônio.

BOM ESTUDO!!!
Contabilidade e Patrimônio

objetivos
Conceituar Contabilidade
Distinguir bens, direitos e obrigações
Conceituar Patrimônio
Conceituar Patrimônio Líquido
Conhecer as finalidades e campos de atuação da contabilidade

Você deve estar curioso para saber o que é CONTABILIDADE e como estudá-la. Podemos
dizer que muita coisa da Contabilidade você já utiliza, mas não conhece com esse nome.
No momento em que recebe seu salário, você "faz as contas" para verificar o dinheiro
disponível (recursos) e os pagamentos a serem efetuados. Nesse exato momento você já
estará iniciando a aplicação da Contabilidade. A efetivação desse controle através das
anotações é o principal objetivo perseguido pela Contabilidade.
Veja agora quantos acontecimentos se verificam em sua vida, decorrentes da movimentação
provocada pelo recebimento e aplicação do seu salário.
Suponhamos que você tenha adquirido uma série de coisas, como a moto que você conserva
com carinho, o aparelho de som adquirido à prestação, a roupa que revela o seu bom gosto.
Agora não podemos deixar de lado aqueles compromissos inadiáveis, tais como a mensalidade
da escola, a manutenção de sua casa, gastos de alimentação, dinheiro para lazer dos fins de
semana, etc.
Mas não é só isso. Considere aquele empréstimo a um amigo, que ainda não lhe pagou. Você
pode ter, também, outros compromissos a pagar e que estão sob seu controle. Além disso,
pode ter programado a aquisição do seu apartamento, há muito sonhado.
Diante de todos esses acontecimentos, você tem certeza de que o seu salário será suficiente
para arcar com todos os gastos? E aquele dinheiro que você emprestou, você está certo do
valor e de quando o amigo deverá, devolver-lhe? Veja que se não fizer anotações, registrando
os acontecimentos, correrá o risco de não se lembrar corretamente de tudo o que aconteceu, o
que poderá trazer-lhe sérios transtornos e até mesmo prejuízos.
Note então que você já tem à mão o seu salário (recursos), tem contas a pagar (dívidas), tem
alguns bens adquiridos e dinheiro a receber.
A esse conjunto todo, ou seja, seu dinheiro, seus pertences, o que você tem a pagar e o que
tem a receber, damos o nome de PATRIMÔNIO.
Você já viu então que, para controlar os seus pequenos negócios, você faz uma contabilidade
simplificada.
Em uma empresa de médio ou grande porte, ou ainda, mega companhias como a Petrobrás,
Banco do Brasil, Votorantim entre outras, têm um volume de negócios muito maior que o seu.
Para controlar esses negócios, as sociedades (inclusive as sem fins lucrativos) tem a necessi-
dade de registrar todos os fatos deles decorrentes, utilizando para tanto a Contabilidade de
forma mais aperfeiçoada.
Visto isso, você já deve ter descoberto o que significa Contabilidade e para que serve. Mesmo
assim, vamos definir para você Contabilidade:

A Contabilidade é a ciência que visa registrar e controlar todos os


acontecimentos verificados no PATRIMÔNIO de uma empresa, gerando
informações úteis na tomada de decisão.

O que você possui, ou seja, o dinheiro, a moto, o aparelho de som - que são seus BENS (B) - e
o que você tem a receber, como o dinheiro que emprestou ao amigo - que representa seus
DIREITOS (D) - e ainda o que tem a pagar, como as prestações do som - que constituem suas
OBRIGAÇÕES (O) - tudo isso forma o seu PATRIMÔNIO.
Seus Bens, que são os valores materiais, físicos, etc., que integram seu PATRIMÔNIO, podem
ser assim representados (supõe ser esse seu patrimônio):
dinheiro $ 2.200,00
moto $ 4.000,00
aparelho de som $ 1.000,00
Total $ 7.200,00

Além dos Bens, você possui outro valor que se caracteriza como Direito, porque representa
quantia recebível num prazo determinado, ou seja, dinheiro emprestado ao amigo $ 800,00.
Note que a soma de tudo o que você possui está aplicado em bens e direitos que totalizam, no
seu caso, $ 8.000,00. Por outro lado, você também possui dívidas. Lembra-se? Você comprou
um aparelho de som a prazo cuja prestação você deverá pagar no vencimento!
Vamos "fazer as contas"? Você possui bens, direitos e tem obrigações (restante a pagar do
som = $ 250,00) que também integram seu patrimônio. Lembra-se do estudo anterior quando
foi conceituado patrimônio como sendo o conjunto de valores representados por Bens (B),
Direitos (D) e Obrigações (O)?
Pois bem, veja como está seu patrimônio:

Seus Bens e Direitos são:


dinheiro............................................ 2.200,00
moto................................................. 4.000,00
aparelho de som.............................. 1.000,00
empréstimo ao amigo ..................... 800,00
Suas Obrigações são:
Restante a pagar do som................. 250,00
Você já sabe o que é o PATRIMÔNIO e o que o integra. Se quiséssemos saber aquilo que
realmente lhe pertence, procederíamos da seguinte forma:

tomaríamos os valores que você possui: B+D= . 8.000,00


deduziríamos as Obrigações:.............................. (250,00)
teríamos como resultado:................................... 7.750,00

que é a sua Situação Líquida ou seu Patrimônio Líquido.

Observe que existe diferença entre Patrimônio e Patrimônio Líquido. Patrimônio é o


conjunto de B, D e O.
Patrimônio Líquido está representado pela seguinte expressão:

P a trim ô n io L íq u id o = DB- +O
Nas empresas em geral, como o Banco, ocorre o mesmo, ou seja, elas também têm o seu
PATRIMÔNIO formado por BENS, DIREITOS e OBRIGAÇÕES, e PATRIMÔNIO LÍQUIDO
ou SITUAÇÃO LÍQUIDA.
O PATRIMÔNIO LÍQUIDO das empresas também é calculado dessa mesma forma: BENS
+ DIREITOS - OBRIGAÇÕES = PATRIMÔNIO LÍQUIDO ou SITUAÇÃO LÍQUIDA.

Graficamente, podemos representar o Patrimônio, no caso o seu, da seguinte forma:

PATRIMÔNIO
BENS OBRIGAÇÕES
. Dinheiro 2.200,00 . Prestação do Som 250,00
. Moto 4.000,00
. Aparelho de Som 1.000,00 SITUAÇÃO LÍQUIDA OU 7.750,00
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
DIREITOS
. Dinheiro Emprestado 800,00

TOTAL 8.000,00 TOTAL 8.000,00

Como vimos no conceito, a contabilidade têm por finalidades:


• registrar e controlar o patrimônio; e
• gerar informações úteis na tomada de decisões.

Assim, ela permeia, de forma sistêmica, todas as operações das empresas em suas
diferentes atividades e em seus múltiplos segmentos operacionais e não operacionais. Nessa
abrangência destacam-se alguns campos de aplicação:
• Fiscal – Reporta-se ao processo de elaboração de informação para órgãos
fiscalizadores.
• Gerencial – informações decisoriais na própria empresa, objetivando otimizar os
fatores de produção.
• Financeira – elaboração e consolidação das demonstrações contábeis para fins
externos.
• Auditoria – avaliação sistemática da confiabilidade e legalidade das informações
de natureza operacional ou financeira produzidas na empresa.
• Perícia Contábil – elaboração de laudos contábeis periciais junto às organizações.
• Mercado Acionário - informações aos acionistas, investidores e analistas.

CONTABILIDADE

FISCAL GERENCIAL FINANCEIRO AUDITORIA PERÍCIA MERCADO


CONTÁBIL ACIONÁRIO
Equação Patrimonial
objetivos
 Distinguir Aplicações de Fontes de Recursos
 Conceituar Ativo e Passivo
 Conceituar Equação Patrimonial
 Identificar os Tipos de Patrimônio Líquido

Para a formação do patrimônio, verificamos que são necessários os recursos para que
possam ser adquiridos os bens e direitos.
E como uma empresa obtém esses recursos? A empresa consegue recursos através de
duas fontes:

1 - própria - uma empresa nasce quando uma ou mais pessoas decidem "montar uma
firma". Qual é a primeira condição necessária para que a ideia seja concretizada?
Logicamente, que o "proprietário" ou "os sócios" tenham dinheiro ou valores correspondentes
para que a "firma" passe a existir.
Esses valores, fornecidos pelo "proprietário" ou "sócios", são originados de fonte de
recursos própria, uma vez que não foi necessário recorrer-se a pessoas ou entidades fora da
"sociedade" para que fossem conseguidos.
Fácil, não?
E tem mais: quando uma empresa já se encontra em funcionamento, seu lucro se constitui
em fonte de recursos própria. Esses recursos são também denominados CAPITAL PRÓPRIO;
2 - de terceiros - suponhamos que a empresa esteja interessada em ampliar suas
instalações, mas não dispõe de recursos próprios. Ela procura uma entidade qualquer que
possa fazer-lhe um "empréstimo", arranjar-lhe o dinheiro.
"Sacou o macete"? Foi procurar quem pudesse "descolar o tutu". E achou! Esses recursos
são denominados CAPITAL DE TERCEIROS.
Estão aí as duas principais fontes de recursos que dão origem à formação do patrimônio de
uma empresa: CAPITAL PRÓPRIO E DE TERCEIROS.
Quando a empresa recebe recursos, ela se obriga a restituí-los, tanto aos "sócios" como a
"terceiros", dependendo da Fonte dos Recursos.

Veja bem:
As fontes de recursos são valores negativos do patrimônio, uma vez que a empresa
assume obrigação com sócios ou terceiros.
O conjunto de valores representativos das fontes de recursos de uma empresa recebe,
em Contabilidade, a denominação de PASSIVO.

Com o dinheiro na mão, a coisa fica mais fácil. E o dinheiro não pode ficar parado. A
empresa então aplica os recursos na aquisição de bens e direitos, para que possa desenvolver
suas atividades.

Os Bens e Direitos adquiridos indicam a aplicação dos recursos, representando os


valores positivos do patrimônio.
O conjunto de valores representativos da aplicação de uma empresa recebe,
em Contabilidade, a denominação de ATIVO.

Mais uma vez, vamos ver como está seu patrimônio:

PATRIMÔNIO

ATIVO PASSIVO

. Dinheiro 2.200,00 . Prestação do Som 250,00


. Moto 4.000,00
. Aparelho de Som 1.000,00 . Situação Líquida 7.750,00
. Dinheiro Emprestado 800,00

TOTAL 8.000,00 TOTAL 8.000,00

APLICAÇÕES FONTES DE RECURSOS

Pelo quadro acima podemos:

a) observar que:

- no Ativo encontram-se registrados os Bens e Direitos (APLICAÇÕES);


- no Passivo estão registrados as Obrigações e Patrimônio Líquido (FONTES DE
RECURSOS);
- para os valores das Aplicações existem valores correspondentes em Fontes de Recursos;

b) concluir que:

- há uma igualdade entre os valores do Ativo e Passivo, ou seja, a soma do Ativo (Bens +
Direitos) é sempre igual à soma do Passivo (Obrigações + Patrimônio Líquido).

Podermos dizer que:

B + D = O + PL

A essa igualdade damos o nome de EQUAÇÃO PATRIMONIAL


Entretanto, para estabelecer a Equação Patrimonial, temos que determinar a Situação
Líquida ou Patrimônio Líquido.
Lembra-se? Quando falamos deste assunto vimos que:
Patrimônio Líquido (ou Situação Líquida) PL = B + D - O
O Patrimônio Líquido de uma empresa pode apresentar-se de três formas:

a) o total de Bens + Direitos é igual às Obrigações para com terceiros:

B+D = O

Se B + D = O + PL e B + D =O , então PL é nulo ou compensado.

Neste caso, inexiste Patrimônio Líquido. A situação patrimonial líquida é nula, pois os bens
e direitos estão comprometidos com terceiros;

b) o total de Bens + Direitos é maior que as Obrigações para com terceiros:

B + D >O

Se B + D = O + PL e B + D > O , então existe PL positivo.

Neste caso, dizemos que a situação patrimonial é positiva, favorável ou superavitária;


c) o total de Bens + Direitos é menor que as Obrigações para com terceiros:

B + D <O

Se B + D = O + PL e B + D < O , então existe PL negativo.

Veja que a firma se encontra com déficit, pois seus bens e direitos são insuficientes para
cumprir suas obrigações.

Neste caso, dizemos que a situação patrimonial é negativa, deficitária ou desfavorável.


A firma encontra-se com seu passivo a descoberto, pois não tem bens e direitos suficientes
para cobrir as obrigações.

Teste, agora, seus conhecimentos, identificando BENS, DIREITOS, OBRIGAÇÕES e como


se apresenta as três SITUAÇÕES LÍQUIDAS.

Exercícios Resolvidos:

1) Classifique os elementos abaixo como BENS (B), DIREITOS (D) ou como OBRIGAÇÕES
(O) e calcule o valor do PATRIMÔNIO LÍQUIDO:

( ) Dinheiro em Caixa = $ 1.500,00


( ) Valores a Receber = $ 500,00
( ) Veículo = $ 6.000,00
( ) Contas a Pagar = $ 10.000,00
( ) Imóveis = $ 5.000,00
( ) Imposto a Recolher = $ 900,00

Se sua resposta foi: B, D, B, O, B, O você acertou. Agrupando e somando os elementos


teremos:

Total de Bens B = $ 12.500,00


Total de Direitos D=$ 500,00
Total de Obrigações O = $ 10.900,00

Sabemos pela EQUAÇÃO PATRIMONIAL que: B + D = O + PL, ou seja:


12.500,00 + 500,00 = 10.900,00 + PL
PL = 12.500,00 + 500,00 – 10.900,00 Onde concluímos:

PL = $ 2.100,00

2) De acordo com a estrutura abaixo calcule o PL e classifique a Situação Líquida da empresa


no período.

ATIVO PASSIVO
Dinheiro 1.200,00 Contas a Pagar 4.100,00
Contas a Receber 1.000,00 Impostos a 3.000,00
Recolher
Veículo 4.500,00 PL ?

Na estrutura patçrimonial apresentada temos:

Total de Bens B = $ 5.700,00


Total de Direitos D = $ 1.000,00
Total de Obrigações O = $ 7.100,00

Usando a EQUAÇÃO PATRIMONIAL (B + D = O + PL):


5.700,00 + 1.000,00 = 7.100,00 + PL => PL = -400,00 (Negativo)

Como vimos, quando o PL é negativo (B+D < O) temos uma Situação Líquida DEFICITÁRIA,
NEGATIVA ou DESFAVORÁVEL. Nesse caso dizemos que o PL está a descoberto.

3) Marque nas hipóteses abaixo como se apresenta a SITUAÇÃO LÍQUIDA:

a) Dinheiro em Caixa = $ 1.500,00


Valores a Receber = $ 500,00
Veículo = $ 6.000,00
Contas a Pagar = $ 10.000,00
Imóveis = $ 5.000,00
Imposto a Recolher = $ 900,00

( ) Nula ou compensada
( ) Positiva, favorável ou superavitária
( ) Negativa, desfavorável ou deficitária (passivo a descoberto)

Se sua resposta foi: Positiva, favorável ou superavitária, você acertou. Agrupando e


somando os elementos teremos:
Total de Bens B = $ 12.500,00
Total de Direitos D=$ 500,00
Total de Obrigações O = $ 10.900,00

Pela EQUAÇÃO PATRIMONIAL (B + D = O + PL):

12.500,00 + 500,00 = 10.900,00 + PL


PL = 12.500,00 + 500,00 – 10.900,00
PL = $ 2.100,00 (POSITIVO)

b) Dinheiro em Caixa = $ 1.500,00


Valores a Receber = $ 500,00
Contas a Pagar = $ 1.500,00
Imóveis = $ 1.000,00
Imposto a Recolher = $ 1.500,00

( ) Nula ou compensada
( ) Positiva, favorável ou superavitária
( ) Negativa, desfavorável ou deficitária (passivo a descoberto)

Se sua resposta foi: Nula ou compensada, você acertou. Agrupando e somando os


elementos teremos:

Total de Bens B = $ 2.500,00


Total de Direitos D = $ 500,00
Total de Obrigações O = $ 3.000,00

Pela EQUAÇÃO PATRIMONIAL (B + D = O + PL):

2.500,00 + 500,00 = 3.000,00 + PL


PL = 2.500,00 + 500,00 – 3.000,00
PL = $ 0,00 (NULO)

c) Dinheiro em Caixa = $ 1.500,00


Contas a Pagar = $ 10.000,00
Imóveis = $ 5.000,00
Imposto a Recolher = $ 900,00

( ) Nula ou compensada
( ) Positiva, favorável ou superavitária
( ) Negativa, desfavorável ou deficitária (passivo a descoberto)

Se sua resposta foi: Negativa, desfavorável ou deficitária, você acertou. Agrupando e


somando os elementos teremos:

Total de Bens B = $ 6.500,00


Total de Direitos D=$ 0,00
Total de Obrigações O = $ 10.900,00

Pela EQUAÇÃO PATRIMONIAL (B + D = O + PL):

6.500,00 + 0,00 = 10.900,00 + PL


PL = 6.500,00 + 0,00 – 10.900,00
PL = $ -4.400,00 (NEGATIVO)
Neste caso temos PASSIVO A DESCOBERTO.

Variações Patrimoniais
objetivos
 Conceituar Variação Patrimonial
 Identificar Fatos que Alteram ou não o Patrimônio Líquido
 Classificar as Variações Patrimoniais

As empresas, no seu dia-a-dia, registram contabilmente alguns fatos (acontecimentos)


verificados em suas transações. Toda vez que a empresa registra um fato, ocorre uma
alteração no Patrimônio. A essas alterações chamamos de VARIAÇÕES PATRIMONIAIS.

Existem três tipos de variações patrimoniais:


 PERMUTATIVA
 MODIFICATIVA
 MISTA

Vamos agora ao estudo de cada uma delas:

1 - VARIAÇÃO PERMUTATIVA:
Suponhamos um empresa que tenha o seguinte PATRIMÔNIO:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro 1.300,00 - Empréstimos Bancários 2.000,00
- Máquinas e móveis 1.000,00

DIREITOS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO:


- Empréstimos concedidos 1.000,00 - Capital 1.300,00

TOTAL 3.300,00 TOTAL 3.300,00

Digamos que esse empresa necessite comprar um arquivo que custa $ 500,00, ela vai retirar $
500,00 do seu dinheiro e, em compensação, vai aumentar $ 500,00 nos seus MÓVEIS. Haverá
uma troca, ou seja, uma permuta de dinheiro pelo arquivo de aço. A isso chamamos VA-
RIAÇÃO PERMUTATIVA , já que não há nem aumento nem diminuição do PATRIMÔNIO
LÍQUIDO. Somente há alteração quanto à natureza (dinheiro X móveis) dos elementos
componentes do Patrimônio. Há troca de qualidade de seus elementos.
Veja como fica o PATRIMÔNIO após a compra do arquivo:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro (1.300 – 500,00) 800,00 - Empréstimos Bancários 2.000,00
- Máquinas e móveis 1.500,00

DIREITOS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO:


- Empréstimos concedidos 1.000,00 - Capital 1.300,00

TOTAL 3.300,00 TOTAL 3.300,00

Agora passemos para outro caso de variação permutativa. Vamos supor que o banco exija
o pagamento de parte do dinheiro emprestado, no montante de $ 500,00, a empresa teria que
pegar seu dinheiro para liquidar parte da dívida com o banco. Veja como fica a situação da
companhia, após o pagamento do empréstimo:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro (800 – 500,00) 300,00 - Empréstimos Bancários 1.500,00
(2.000,00–500,00)
- Máquinas e móveis 1.500,00

DIREITOS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO:


- Empréstimos concedidos 1.000,00 - Capital 1.300,00

TOTAL 2.800,00 TOTAL 2.800,00

Verifique que houve uma diminuição nos bens de $ 500,00 referente à saída de dinheiro
mas, em compensação, houve uma diminuição das obrigações da companhia pelo mesmo
valor. Nesse caso, também se caracteriza uma variação patrimonial permutativa.
Podemos acrescentar, ainda, uma tomada de recurso emprestado de um outro banco para
quitar o empréstimo com o banco que emprestou o dinheiro que estava contido no patrimônio
acima.

2 - VARIAÇÃO MODIFICATIVA:
Tem esse nome devido ao fato de provocar uma modificação na quantidade do
PATRIMÔNIO LÍQUIDO. Essa variação, alterando a quantidade do PATRIMÔNIO LÍQUIDO,
pode ser para mais (aumentativa), ou para menos (diminutiva).
Vejamos os exemplos:

a) situação inicial de um patrimônio de uma instituição financeira:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro 10.000,00 - Aquisição de bens 12.000,00
- Prédios 20.000,00 - Depósitos de clientes 20.000,00

DIREITOS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO:


- Empréstimos concedidos 5.000,00 - Capital 3.000,00

TOTAL 35.000,00 TOTAL 35.000,00

Digamos que o banco possui no patrimônio acima um imóvel que não está sendo usado e o
aluga a $ 2.500,00 por mês, livre de qualquer despesa.

Veja como fica a situação após o recebimento do aluguel:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro 12.500,00 - Aquisição de bens 12.000,00
(10.000,00 + 2.500,00)
- Prédios 20.000,00 - Depósitos de clientes 20.000,00

PATRIMÔNIO LÍQUIDO:
DIREITOS: - Capital
- Empréstimos concedidos 5.000,00
- Ganho com Aluguel 3.000,00
(Variação Patrimonial positiva)
TOTAL 37.500,00 TOTAL 2.500,00

Note que o patrimônio líquido do banco aumentou. A modificação que houve foi PARA MAIS.
Trata-se, pois, de Variação Modificativa AUMENTATIVA.

b) situação inicial de um patrimônio:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro 10.000,00 - Aquisição de bens 12.000,00
- Prédios 20.000,00 - Depósitos de clientes 20.000,00

DIREITOS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO:


- Empréstimos concedidos 5.000,00 - Capital 3.000,00
TOTAL 35.000,00 TOTAL 35.000,00

Digamos que o banco pagou a conta de consumo de energia elétrica, no valor de $ 1.300,00.
Veja como fica a situação após o pagamento dessa despesa.
ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro 8.700,00 - Aquisição de bens 12.000,00
(10.000,00 – 1.300,00) - Depósitos de clientes 20.000,00
- Prédios 20.000,00
PATRIMÔNIO LÍQUIDO:
- Capital 3.000,00
- Despesa de luz (1.300,00)*
DIREITOS: Variação Patrimonial negativa
- Empréstimos concedidos 5.000,00

TOTAL 33.700,00 TOTAL 33.700,00


* OBSERVAÇÃ0: em contabilidade, os valores negativos podem ser apresentados entre
parênteses.

Note que o patrimônio líquido do banco diminuiu. A variação que houve foi PARA MENOS.
Chamamos então de Variação Modificativa DIMINUTIVA.

3 - Dá-se a VARIAÇÃO MISTA guando ocorrem, simultaneamente, uma variação permutativa


(troca) e uma variação modificativa (que pode ser PARA MAIS ou PARA MENOS).

Vamos aos exemplos:


a) Situação inicial de um patrimônio de uma Cia de vendas:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro 50.000,00 - Aquisição de bens 10.000,00
- Automóveis 30.000,00 - Contas a pagar 60.000,00

DIREITOS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO:


- Vendas a Receber de Clientes 20.000,00 - Capital 30.000,00

TOTAL 100.000,00 TOTAL 100.000,00

A Cia recebe da venda, no valor de $ 20.000,00, acrescido de juros no valor de $ 1.200,00.


Veja como fica a situação do patrimônio após esse recebimento:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro 71.200,00 - Aquisição de bens 10.000,00
(50.000,00 + 20.000,00 + 1.200,00)
- Automóveis 30.000,00 - Contas a Pagar 60.000,00

PATRIMÔNIO LÍQUIDO:
- Capital 30.000,00
DIREITOS: - Ganhos de juros 1.200,00
- Vendas a Receber de Clientes 0,00 (Variação Patrimonial positiva)

TOTAL 101.200,00 TOTAL 101.200,00


Observe que aconteceram, simultaneamente, duas variações:

I) troca do direito (empréstimo concedido) por dinheiro, ocorrendo uma permuta de valores do
ATIVO;
II) o ingresso de juros, resultando no aumento do Patrimônio Líquido.

Da conjugação desses dois fatos temos uma Variação Mista Aumentativa.

b) Veja a situação inicial de um patrimônio de um banco:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro 50.000,00 - Aquisição de bens 10.000,00
- Automóveis 30.000,00 - Depósitos de clientes 60.000,00

PATRIMÔNIO LÍQUIDO:
DIREITOS: - Capital 30.000,00
- Empréstimos concedidos 20.000,00

TOTAL 100.000,00 TOTAL 100.000,00

Suponhamos que o banco tenha vendido seu automóvel por $ 28.400,00. Observe que a venda
do veículo acarretou um prejuízo de $ 1.600,00. Veja como ficou a situação patrimonial após a
ocorrência:

ATIVO PASSIVO
BENS: OBRIGAÇÕES:
- Dinheiro 78.400,00 - Aquisição de bens 10.000,00
(50.000,00 + 28.400,00)

- Automóveis 0,00 - Depósitos de clientes 60.000,00


(30.000,00 – 30.000,00)

PATRIMÔNIO LÍQUIDO:
- Capital 30.000,00
DIREITOS: - Prejuízo venda automóvel (1.600,00)*

- Empréstimos concedidos 20.000,00

TOTAL 98.400,00 TOTAL 98.400,00


* OBSERVAÇÃ0: em contabilidade, os valores negativos podem ser apresentados entre
parênteses.

Note que também aqui ocorreram duas variações ao mesmo tempo:

l) troca do bem (automóvel) por dinheiro, ocorrendo uma permuta de valores do ATIVO;
II) o prejuízo resultando em diminuição do Patrimônio Líquido.
Da conjugação desses dois fatos temos uma Variação Mista Diminutiva.

Agora, teste os seus conhecimentos, identificando nas ocorrências a seguir as diversas


formas em que pode variar o Patrimônio. Coloque nos parênteses o número correspondente às
variações indicadas:

Exercícios Resolvidos:

( 1 ) VARIAÇÃO PERMUTATIVA
( 2 ) VARIAÇÃO MODIFICATIVA DIMINUTIVA
( 3 ) VARIAÇÃO MODIFICATIVA AUMENTATIVA
( 4 ) VARIAÇÃO MISTA DIMINUTIVA
( 5 ) VARIAÇÃO MISTA AUMENTATIVA

a - ( ) Pagamento de uma dívida em dinheiro


b - ( ) Pagamento de aluguel com multa em dinheiro
c - ( ) Recebimento de uma dívida com juros - em dinheiro
d - ( ) Depósitos efetuados em caderneta de poupança
e - ( ) Compra de um carro à vista
f - ( ) Pagamento de Imposto com cheque
g - ( ) "Juros" de sua caderneta de poupança
h - ( ) Venda de um imóvel com prejuízo
Agora vejamos se você respondeu corretamente a todos os quesitos:

- Letra a - note que, ao pagar uma dívida, a alteração ocorrida no seu patrimônio foi na
qualidade dos elementos. Você trocou o dinheiro pela obrigação, isto é, fez uma permuta; logo,
trata-se de uma variação permutativa.

- Letra b - Veja que somente o pagamento de aluguel já determina uma diminuição do


Patrimônio Líquido. A multa funcionou como uma elevação do valor do aluguel e o raciocínio é
o mesmo. A ocorrência determinou uma alteração na quantidade do Patrimônio Líquido
motivada por uma perda. Trata-se de uma variação modificativa diminutiva.

- Letra c - observe que houve alteração simultânea na qualidade e na quantidade do


Patrimônio. O recebimento da dívida que era um direito caracteriza uma permuta de direito por
dinheiro, ao passo que o recebimento dos juros implica alteração na quantidade, motivada
pelo aumento no Patrimônio Líquido em consequência de um ganho. Então, é uma variação
mista aumentativa.

- Letra d - aí também houve uma permuta. Um bem (dinheiro) foi troado por um direito (o
depósito na caderneta de poupança). É uma variação permutativa.

- Letra e - trata-se de uma permuta de carro por dinheiro. Portanto, é uma variação
permutativa.

- Letra f - veja que ocorreu uma redução no Patrimônio Líquido em consequência de uma
perda com alteração na quantidade de um direito, que é o valor constante de sua conta
bancária; logo, é uma variação modificativa diminutiva.

- Letra g - ocorreu um aumento do Patrimônio Líquido, motivado por um ganho que alterou a
quantidade do patrimônio. Conclui-se que é uma variação modificativa aumentativa.

- Letra h - houve uma troca de imóvel por dinheiro realizado em determinada empresa,
ocorrendo uma redução no Patrimônio Líquido em consequência do prejuízo apurado. Conclui-
se que trata-se de uma variação mista diminutiva.

Verifique as respostas:
a 1
b 2
c 5
d 1
e 1
f 2
g 3
h 4
Tendo em vista as operações normais do Banco do Brasil, classifique os fatos abaixo,
preenchendo os parênteses de acordo com as opções:

a - MODIFICATIVA AUMENTATIVA
b - MODIFICATIVA DIMINUTIVA
c - PERMUTATIVA
d - MISTA AUMENTATIVA
e - MISTA DIMINUTIVA

1-( ) Compra de um veículo à vista


2-( ) Pagamento de ordenado
3-( ) Recebimento de empréstimos com simultânea cobrança de juros
4-( ) Contabilização de juros devidos por cliente

Para que as suas respostas estejam corretas, você deverá ter obedecido aos seguintes
raciocínios:

1 - Na compra de um veículo à vista, houve uma permuta de bens - troca de dinheiro por
veículo. Resposta c.
2 - O fato de pagar ordenado implica redução do patrimônio líquido, pois sai dinheiro e não
entra bem nenhum. Resposta b.
3 - Recebimento de empréstimos com simultânea cobrança de juros implica duas variações;
permutativa, porque você permuta o empréstimo pelo dinheiro, e modificativa porque, com
a entrada dos juros, vai alterar o Patrimônio Líquido. Por isso mesmo é chamada de
variação mista aumentativa. Resposta d.
4 - O simples fato de você contabilizar juros devidos por cliente, já implica um aumento do Pa-
trimônio Líquido. Resposta a.
Exercício de Fixação

1) A Contabilidade é a ciência que visa a ________ e ____todos os acontecimentos verificados


no patrimônio de uma empresa, auxiliando no processo decisório.

a) registrar e planejar
b) registrar e acumular
c) captar e controlar
d) identificar e registrar
e) registrar e controlar

2) Patrimônio Líquido é o conjunto:

a) de bens e direitos menos obrigações


b) de bens, direitos e obrigações
c) das obrigações menos os bens e direitos
d) das obrigações e dos bens menos os direitos
e) dos direitos e das obrigações menos os bens

3) Indica Situação Deficitária:

a) B + D > O
b) B + D = O
c) B + D + O = PL
d) B + D < O
e) B + D < O + PL

4) a equação B + D = O indica situação patrimonial líquida:

a) positiva ou favorável, porque há uma igualdade entre o ativo e o passivo


b) compensada, porque o Patrimônio Líquido é igual a zero
c) nula, porque a soma dos direitos é igual à soma das obrigações
d) positiva ou favorável, porque a soma dos bens é igual à soma das obrigações
e) negativa, porque não há Patrimônio Líquido

5) Correlacione os exemplos de variações patrimoniais com os tipos de variações:

( 1 ) Variação Permutativa
( 2 ) Variação Modificativa Aumentativa
( 3 ) Variação Modificativa Diminutiva
( 4 ) Variação Mista Aumentativa
( 5 ) Variação Mista Diminutiva
( ) venda de um bem a prazo, pelo valor de compra
( ) recebimento de aluguel
( ) recebimento de juros relativos a títulos descontados
( ) pagamento de um título com juros de mora
( ) pagamento de conta de luz com multa
( ) pagamento com cheque pela compra de um bem
( ) recebimento de um empréstimo com juros
( ) compra de um veículo, a prazo
( ) pagamento de salários
( ) recebimento de empréstimo com atraso

A sequência correta é:

a) 2-1-2-3-3-3-4-1-3-1
b) 2-1-2-5-5-1-2-1-3-1
c) 1-2-4-5-5-1-4-1-3-1
d) 1-2-2-5-3-1-4-1-3-1
e) 1-2-2-5-3-1-4-1-1-2

6) Correlacione a coluna de exemplos de Bens, Direitos, Obrigações e Patrimônio Líquido com


ATIVO e PASSIVO:

( 1 )ATIVO
( 2 ) PASSIVO

( ) bicicleta
( ) dinheiro
( ) ações de outra empresa
( ) empréstimos a receber
( ) recursos próprios
( ) contribuições a recolher
( ) terrenos
( ) recursos de terceiros

A sequência correta é:

a) 1-1-1-1-1-2-1-2
b) 1-1-2-2-2-2-1-2
c) 1-1-1-1-1-2-1-1
d) 1-2-1-1-2-1-1-2
e) 1-1-1-1-2-2-1-2
7 ) Os recursos obtidos de terceiros provocam a seguinte modificação no patrimônio:

a) aumento do Ativo e diminuição do Passivo


b) aumento do Ativo e diminuição do Patrimônio Líquido
c) diminuição do Ativo e aumento do Patrimônio Líquido
d) aumento do Ativo e aumento do Passivo
e) aumento do Passivo e aumento do Patrimônio Líquido

8) Correlacione a coluna referente a exemplos de bens, direitos e obrigações com a dos com-
ponentes do Patrimônio:

(1) Bens
(2) Direitos
(3) Obrigações

( ) valores a receber de terceiros


( ) automóvel
( ) dinheiro em seu poder
( ) dinheiro em banco
( ) imposto a recolher
( ) empréstimos a receber
( ) máquinas

A sequência correta é:

a) 3-1-1-2-2-2-1
b) 2-1-1-2-3-2-1
c) 2-1-2-2-3-2-1
d) 2-1-1-1-3-2-1
e) 3-1-2-1-2-3-1

9) Indica situação superavitária:

a) B+D<O
b) B+D=O
c) B+D>O
d) B + D>O + PL
e) B + D<O + PL

10) Aquisição de um veículo a prazo acarreta:

a) aumento do Ativo e aumento do Passivo


b) aumento do Ativo e diminuição do Passivo
c) aumento do Ativo e aumento do Patrimônio Líquido
d) aumento do Ativo e diminuição do Patrimônio Líquido
e) aumento do Patrimônio Líquido e aumento do Passivo

11) Equação Patrimonial é:

a) B + D + O = PL
b) B = D - O
c) B + O = D + PL
d) B + D = O - PL
e) PL + O = D + B

12) A expressão O > B + D indica situação patrimonial líquida:

a) nula, porque absorve o capital próprio e o de terceiros


b) positiva, porque as obrigações são superiores ao ati-vo patrimonial
c) positiva, porque os direitos são menores do que as obrigações
d) negativa, porque a soma do ativo é superior à soma do passivo
e) negativa, porque a soma das obrigações é superior à soma dos bens e direitos

13) A expressão B + D > O indica situação patrimonial líquida:

a) positiva, porque existe um excesso do Ativo em relação às obrigações


b) negativa, porque a soma dos direitos é superior à soma das obrigações
c) negativa, porque a soma das obrigações é inferior à soma do Ativo
d) nula, porque o Passivo é inferior ao Ativo
e) positiva, porque os bens excedem o valor dos direitos e das obrigações

14) Sob o ponto de vista de uma empresa comercial, classifique os acontecimentos abaixo, co-
locando nos parênteses "F" quando se tratar de Fonte e "A" quando de Aplicação:

( ) compra de ações de outras empresas


( ) lucro
( ) empréstimos em bancos
( ) depósitos em bancos
( ) adiantamentos a fornecedores a longo prazo

A sequência correta é:

a) FFFAA
b) AFAAA
c) AFFAA
d) AAFFA
e) AFAAF
15) A SL Compensada apresenta a seguinte equação:

a) B + D = PL
b) B+D=O
c) B-D=O
d) D-O=B
e) D+O=B

Chave de Correção:

1 e
2 a
3 d
4 b
5 d
6 e
7 d
8 b
9 c
10 a
11 e
12 e
13 a
14 c
15 b