Você está na página 1de 2

Ficha Técnica

Lajes Mistas com Perfil Colaborante PC 65®


®
Perfil Colaborante PC65 :

Espessura [mm] Massa [kg/m2]

1,20* 13,40
*Material standard, disponível em galvanizado. Outros materiais sob consulta.

Dimensões:

Características dos materiais:


Chapa:
Galvanizada (processo Sendzimir modificado)
Aço estrutural [EN 10326] S320 GD+Z
Limite de Elasticidade (Re) …………………………………………………………320 N/mm2
Resistência à Tracção (Rm) …………………………………………………………390 N/mm2
Alongamento na rotura (A%) ……………………………………………………... 17%
Massa de revestimento de zinco…………………………………………………… 275 g/m2
Coeficiente parcial de segurança nos estados limite últimos…………….1,10

Betão:
Resistência à compressão……………………………………………………………20 N/mm2
Densidade…………………………………………………………………………………2400 kg/m3

Parque Industrial de Adaúfe – Rua dos Canteiros n.º17 - Tel.: 253300920/7 Fax.: 253300928/9
4710-571 BRAGA – Contribuinte PT N.º 506 586 391
E-mail: geral@colaborante.pt / tecnico@colaborante.pt / comercial@colaborante.pt
Web: www.colaborante.pt
PESO PRÓPRIO DA LAJE MISTA

Peso próprio chapa + betão [ kg/m2]

Espessura Total da Laje [cm] 12 14 16 18 20

Consumo de Betão [m3/m2] 0,08 0,102 0,124 0,145 0,167

Peso Chapa + Betão [kg/m2] 205,4 258,2 311,0 361,4 414,2

TABELAS DE DIMENSIONAMENTO
Espessura de chapa e=1.20 mm

Ensaios realizados no LABEST (Laboratório da Tecnologia do Betão e do Comportamento Estrutural - FEUP) Tabelas
retiradas do documento do apoio ao projectista elaborado pelo LABEST-FEUP como resultado dos ensaios realizados às lajes
mistas executadas com o Perfil Colaborante PC 65®

Observações:

- Para lajes contínuas, a contribuição da classe de betão é fundamental. Assim, foram elaboradas duas tabelas
correspondentes a duas classes de betão diferentes.

L – Distancias entre pisos [m]; Os valores presentes nas tabelas representam os valores característicos da totalidade das acções
H – Espessura total da laje [cm]; adicionais a aplicar, para alem do peso próprio da laje (qk) em kN/m2

Necessidade de escoramento: Factores que limitam o dimensionamento:

Necessidade de um prumo de escoramento - Esforço transverso vertical (VRdc)


Necessidade de dois prumos de escoramento - Esforço de corte longitudinal (VLRd)
Necessidade de três prumos de escoramento - Flecha em serviço (l/d)
- Momento negativo de continuidade no apoio central (MRd-)

Parque Industrial de Adaúfe – Rua dos Canteiros n.º17 – Tel.: 253300920/7 Fax.: 253300928/9
4710-571 BRAGA – Contribuinte PT N.º 506 586 391
E-mail: geral@colaborante.pt / tecnico@colaborante.pt / comercial@colaborante.pt
Web: www.colaborante.pt