Você está na página 1de 5

Proposta trabalhar o Filme ILHA DAS FLORES

CICLO INTERMEDIÁRIO – 3ª OFERTA

Ficha para Planejamento/Acompanhamento

TV E Vídeo: Desenvolvendo Projetos audiovisuais

Turma: Lidiane de Almeida Pena Silva

Maria Auxiliadora dos Santos

Planejamento de trabalho com vídeo: ILHA DAS FLORES


Estabelecimento:

Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães


Série(s) a ser(em) trabalhada(s):

Ensino Médio 1º e 2º ano


Título do vídeo: Ilha das Flores

TV Escola ( ) Canal Futura ( x ) Outro. Qual? Porta Curtas - Petrobras

Ilha das Flores

Gênero Documentário, Experimental

Diretor Jorge Furtado

Elenco Ciça Reckziegel

Ano 1989

Duração 13 min

Cor Colorido

Bitola 35mm
País Brasil

Tipo: Curta-metragem

Sinopse: Considerado um dos melhores documentários em curta-metragem


do cinemabrasileiro, o filme fala sobre a pobreza do povo brasileiro de forma única e
irônica, através da Ilha das Flores, que serve como depósito de comida que a classe
média não consome e banquete para os necessitados.

Palavras-chave: pobreza

Objetivo(s) do vídeo:

 Entender o sistema capitalista, como sendo um processo excludente, em que


muitas pessoas não têm acesso aos direitos básicos da vida.
 Estabelecer uma relação entre as bases do capitalismo e a situação
apresentada pelo filme.
 Refletir sobre o atual modelo de sociedade.
 Oferecer situações para que os alunos possam ler e reler a realidade sob
diferentes aspectos e opiniões.
 Discutir sobre o consumismo e suas conseqüências;
 Contribuir para uma visão integrada da realidade social, desvendando as
interdependências entre a miséria e a política nacional e internacional.
 Reconhecer formas adequadas (aterro sanitário, usina de compostagem,
reutilização ou reciclagem de materiais) ou inadequadas (lixo a céu aberto) de
tratamento do lixo.
 Estabelecer relações entre qualidade de vida humana e condições saudáveis
do ambiente.
 Compreender que a saúde é produzida nas relações com o meio físico,
econômico e sociocultural, identificando fatores de risco à saúde presentes na
realidade em que vive, agindo com responsabilidade em relação à sua saúde e à
saúde coletiva

Motivação para o vídeo (sensibilizar a turma para o tema apresentado no vídeo):

Para iniciar a seção com o vídeo, é importante explicar aos alunos que se trata de um
documentário, isto é, de um filme que pretende discutir e denunciar um problema real
usando linguagem artística e cinematográfica. Além disso, os alunos devem saber que
o filme trata do problema do lixo examinando o funcionamento das sociedades de
consumo em que vivemos.
Disciplina(s) e conteúdo(s) a ser(em) trabalhado(s) enfocando a interdisciplinaridade.

História, Geografia e Sociologia:

 Questões éticas ambientais e sociais.


 Discriminação e preconceito.
 Cidadania – valores morais e éticos.
 Maio ambiente – valorização da natureza, saúde e educação
 Capitalismo e as desigualdades sociais.
 Exclusão social e má distribuição de renda.
 Mau aproveitamento e desperdício de alimentos.

Leitura de imagem e/ou sons (Este momento propicia vários propósitos: aguçar o
olhar do grupo para uma maior exploração e compreensão da cena texto; Estimular a
formação de um telespectador crítico;Levar o grupo a descrever, refletir e contextualizar
as imagens mostradas.)

O filme deve contribuir para mostra os reais pilares da sociedade atual (propriedade,
plantação, produção, industrialização, venda, dinheiro, lucro), tais palavras que na
pratica gera: subordinação, injustiça, problemas sociais (fome, desemprego,
insegurança), individualismo, egoísmo, consumismo, “valor material”, poluição em
todos os sentidos e como essa realidade se faz presente na nossa cidade.

Isso faz lembrar que a capacidade agrícola existente no mundo permite alimentar a
doze bilhões de pessoas, isto é, ao dobro da população mundial. Porém esses
alimentos estão pessimamente distribuídos. Anualmente se utiliza um quarto da
colheita mundial de cereais para alimentar o gado dos países ricos. A quantidade de
milho consumida pela metade dos recintos climatizados para gado da Califórnia é maior
do que todas as necessidades de um país que passa fome crônica, como o Zâmbia, na
África, comprovando a denúncia retratada no filme.

Possíveis questões para debate:

1. Qual é o caminho do tomate ao longo do vídeo e quais as pessoas que estiveram


envolvidas com o destino dado a ele?

2. Por que o filme insiste em definir os seres humanos como mamíferos que se distinguem
dos demais por serem dotados de telencéfalo altamente desenvolvido e polegar
opositor?
3. Por que os seres humanos da Ilha das Flores são marginalizados? O que pode ser feito
para que tenham acesso à alimentação, saúde e moradia?

4. O que pode ser feito para reduzir o desperdício de alimentos em nossa sociedade e
fazê-lo chegar àqueles que dele necessitam e não podem comprá-lo?

5. Quanto lixo é produzido em nossa cidade? Considere que cada pessoa produz, em
média, 750 gramas de lixo por dia. A partir desse dado (você considera esta uma boa
estimativa do lixo produzido em sua casa? como você pode conferir esse dado?) e
procure avaliar quantas toneladas por dia é produzida em sua cidade.

6. Investigue como nossa cidade resolve o problema do lixo.

7. Você considera adequada a destinação dada ao lixo em nossa cidade? O que você
sugere para resolver o problema?

8. No contexto do filme, considere a frase com que ele finaliza: “Liberdade é uma palavra
que o sonho humano alimenta, que não há ninguém que explique e ninguém que não
entenda.”

9. De acordo com a Constituição, quais são os direitos dos moradores


da Ilha das flores que estão sendo negligenciados?
10. Qual é a parcela da população brasileira que vive na miséria?
11. Quais são os indicadores analisados para avaliar o IDH de uma cidade
ou país ? Pesquise sobre o IDH de Alagoinhas nas ultimas duas décadas.
12. Qual a política atual voltada para a solução de problemas em relação
à miséria do provo brasileiro?
13. Na opinião dos alunos, quais seriam as medidas efetivas que
minimizariam essas questões?
14. Qual o papel da educação nesse processo?

AVALIAÇÃO
Pontos positivos do vídeo: Pontos negativos do vídeo:

O documentário Ilha das Flores , de Jorge Não encontrei pontos negativos.


Furtado produzido em 1989, é de uma
grandeza extraordinária, apesar de ter sido
feito a mais de vinte anos apresenta-se
atualíssimo. Faz uma demonstração da
mecânica da sociedade capitalista,
acompanhando a trajetória de um simples
tomate, desde a plantação até ser jogado
fora, o filme mostra o processo de geração
de riqueza e as desigualdades que surgem
nesse processo. A triste condição de vida
dos habitantes da Ilha das Flores deixa
qualquer pessoa perplexa. E expõe uma
realidade que acontece em muitos países (
e até na nossa cidade) - a
desvalorização e exploração do
homem pelo homem.
 Atividades Complementares:
 Produção de um vídeo demonstrando situações de vida semelhantes à do
filme em nossa cidade.
 Visita ao aterro sanitário da cidade
 Entrevista ao secretario de serviços públicos sobre a destinação do lixo na
nossa cidade
 Visitar espaços de aproveitamento do lixo - da coleta seletiva na
nossa cidade.
 Produzir enfeites natalinos utilizando garrafas pets, caixas e outros.
 Postar no blog da escola todo o material( entrevistas, textos, fotografias) que
foi produzido.

Fonte: adaptado de “Oficina: Metodologia de Vídeo (TV Escola e Canal Futura)”