Você está na página 1de 6

X ETAPA I – AV1 - 5,0 PONTOS

X ETAPA I – AV2 - 30 PONTOS

X ETAPA II – AV3 - 15 PONTOS

ETAPA II – AV3 - 30,0 PONTOS

INFORMAÇÕES DOCENTE
CURSO: M T N
DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PERÍODO/SALA
TURNO
DIREITO X 8P

PROFESSOR (A): ALEXANDRE AUAD

INFORMAÇÕES DISCENTE

ALUNO (A): Júlio de Oliveira Mendes

ALUNO (A): Yohanno Campos

DATA: 30/05/2017 NOTA:


INSTRUÇÕES:
1. Este estudo dirigido deverá ser realizado em dupla, como meio de estudo e preparação para a última atividade
avaliativa, cuja data será oportunamente designada pela coordenação de curso;
2. O presente estudo dirigido deverá ser entregue impreterivelmente na data de 30/05/2017;
3. O presente estudo dirigido será insubstituível, de modo que, o aluno que não entregar na data aprazada, sofrerá
a perda dos pontos correspondentes;
4. O presente estudo dirigido deverá ser respondido com caneta esferográfica preta ou azul;
5. É imperiosa a transcrição de todas as perguntas na folha de respostas;
6. Ao responder as questões, sempre que possível, o aluno deverá indicar o dispositivo legal;
7. Ao redigir, fique atento (a) à escrita, à coesão, à coerência textual e à norma culta da Língua Portuguesa.
8. As questões valem 1 (um) ponto, salvo no caso das questões 1 e 10, que valem 2 (dois) pontos.

Bom estudo!
ESTUDO DIRIGIDO

1 – As provas no Processo Penal são regidas por vários princípios, destacando-se dentre
eles: a) a presunção de inocência; b) o in dubio pro reo; c) o nemo tenetur se detegere; d) a
verdade real ou substancial e d) a identidade física do juiz. Desse modo, conceitue e indique
a repercussão jurídica de cada um deles no campo das provas? V. 2 pts.

2 – Indique o que deverá ser objeto de prova no Processo Penal?

3 – Indique e conceitue os principais sistemas de avaliação das provas?


4 – Quais as diferenças jurídicas entre elementos informativos e provas, tomando por base o
que dispõe o artigo 155, do CPP?

5 – Conceitue provas cautelares, não repetíveis e antecipadas?


6 – Conceitue provas emprestadas e indique os requisitos para sua admissão no processo
crime?

7 – Como se dá a distribuição do ônus da prova no processo penal, tomando por base o que
dispõe o artigo 156, do CPP? (especificar as matérias que deverão ser objeto de
comprovação pela acusação e pela defesa no processo penal)

8 – Conceitue prova ilícita, a partir das considerações doutrinárias acerca do artigo 157, do
CPP?
9 – Conceitue prova ilícita por derivação, a partir das considerações doutrinárias acerca do
artigo 157, § 1º, do CPP e da teoria dos frutos da árvore envenenada?

10 – A prova ilícita por derivação, em regra, é inadmissível no processo. Sendo assim,


aponte as situações jurídicas em que uma prova ilícita por derivação não será admitida no
processo, tomando por base o disposto no artigo 157, § 1º, segunda parte do CPP? 2 pts

11– Aponte e disserte sobre as teorias acerca da admissibilidade da prova ilícita?


12 – Conceitue prova ilegítima?

13 – Quais as consequências jurídicas aplicáveis no caso de reconhecimento judicial de uma


prova como ilícita?