Você está na página 1de 7

BC1519 – Circuitos Elétricos e Fotônica Lista 3

Circuitos Elétricos e Fotônica – Lista 3 – Exercícios

Capacitor e Circuito RC
Indutor e Circuito RL

Sempre que possível, confira seus resultados, utilizando o programa de simulação de circuitos
LTSpice (software livre disponível em : http://www.linear.com/designtools/software/)

1. No capacitor da Figura 1, determine a tensão v(t) sabendo-se que i = -5e -2t [μA,s] e v(0) =
100 V.

Figura 1

2. Determine as capacitâncias equivalentes CT dos circuitos representados na Figura 2.

Figura 2

3. Determine a tensão v(t) para t>0 nos terminais de uma associação série de um resistor de
10 com um capacitor de 10 mF. Sabe-se que a tensão no capacitor em t=0 é -25 V e a
corrente que atravessa o conjunto é dada por: i(t)= 5e-10t (A).

4. Para o circuito da Figura 3, pede-se:

a) Determine R, C e a energia inicial (em t=0), sabendo-se que v(t) = 8e-5t (V) e i(t) =20e-5t
(μA);
b) Calcule a percentagem da energia inicial que é dissipada no resistor para t >100 ms.
BC1519 – Circuitos Elétricos e Fotônica Lista 3
i

+
v C R
-

Figura 3

5. Determine a indutância da bobina representada na Figura 4, considerando:


a) Núcleo de ar
b) Núcleo de material ferromagnético com r=2000.
300 espiras

núcleo

Figura 4

6. Reduzir os circuitos da Figura 5 para o número mínimo de elementos.

Figura 5

7. Em um circuito RL série livre, com R e L variáveis, determine:

a) a tensão no indutor v(t), para t>0, sabendo-se que R=200 , L=40 mH e i(0) = 10 mA.
b) o valor de L, para o caso de R = 10 k e τ =10 μs.

c) o valor de R, para que a corrente num indutor de 0,01 H se reduza à metade a cada 100 μs.
BC1519 – Circuitos Elétricos e Fotônica Lista 3

8. Um circuito RL série contém um indutor de 1 H. Determine o valor de R para que a energia


armazenada no indutor se reduza à metade a cada 10 ms.

9. Determine os valores de V1 e I1 no circuito da Figura 6, conectado há muito tempo ao


gerador de tensão DC.

Figura 6

10. O circuito da Figura 7 encontra-se em regime permanente em t=0-.


Calcule i(t) e v(t) para t >0.

12  2H i
+
5A 4 4
t =0 v
-

Figura 7

Exercícios extraídos e adaptados das seguintes referências:

 Nilsson, J.W., Riedel, S. A. “Circuitos Elétricos”, 8ª Ed., Editora Pearson, 2009.


 Hayt Jr , W.H., Kemmerly, J.E., Durbin, S.M., “Análise de Circuitos em Engenharia”, Ed. Mc Graw Hill, 7ª.
Ed., 2008.
 Boylestad, R. L., “Introdução à Análise de Circuitos”, Pearson Prentice-Hall, 10ª Ed., 2004.
 Alexander, C.K.; Sadiku, M.N.O., “Fundamentos de Circuitos Elétricos”, Bookman, 3ª. Ed., 2008.
 Dorf, R.C.; Svoboda, J.A., “Introduction to Electric Circuits”, Wiley, 7ª. Ed., 2006.
BC1519 – Circuitos Elétricos e Fotônica Lista 3

Circuitos Elétricos e Fotônica – Lista 3 – Resolução

1)
1 t
i ( )d  v(t0 )
C�
v (t ) 
t0

i ( ) d  �
� 5.106.e2 d  2,5.10 6.e 2

Assim:
1
v (t )  �
2,5.106.e 2
9 �
t
� 100
5.10
0 �

v(t )  500 ��e 2  1�


� 100
v (t )  500.e 2t  400 [V,s]

2-a) =
CT=0,1956µF

b) =

C1=24p
CT=24p+20p
CT=44pF

3) v(t)= vR(t)+vC(t)

1 t
i ( )d  v(t0 )
C�
v(t )  Ri (t ) 
t0

1 t
10
v (t )  50.e10t  �5.e d  v(0)
10.103 0

1 � 5 10 �
v (t )  50.e10t  3 �
e t
0 � 25
10.10 � 10 �

v(t )  50.e10t  50.e 10t  50  25

v(t )  25 [V]

4-a)Para t=0
v(0)=8V
i(0)=20μA
BC1519 – Circuitos Elétricos e Fotônica Lista 3
Assim:

R= =4. Ω

-5t= - ; τ=R.C , assim:

-5= -
C=0,5 μF
w=
w=16μJ
b)para t>100ms
v=4,85V
w=
w=5,88.10-6 J
5,88
%w= x100
16
%w =36,79%

5-a)

L=
L=0,170mF

b) L=
L=0,339H

6-a)Leq= =0,01H

Ceq= =18 F
Assim o circuito irá ser um indutor de 0,01H em série com um capacitor de 18 F
b) Ceq=18 F
Leq=25mH
Assim o circuito irá ser um indutor de 25mH em série com um capacitor de 18 F

7-a)vL(t)=-R .i0. , τ=

vL(t)=-200.10m.
BC1519 – Circuitos Elétricos e Fotônica Lista 3

vL(t)=-2. [V]

b)L=10 .10k
L=0,1H
c) i(t)=i0. ,i(t)= , assim:

0,5=
R=69,315Ω

8) w= .L.i(t)²

i0 =

i(t)=i0.

w(t)=

. (elevando ao quadrado e substituindo os valores)

w0=2w0 .
R=34,657 Ω

9) Como o circuito é alimentado há muito tempo com o gerador de tensão DC, o


capacitor se comporta como um circuito aberto e o indutor como um curto circuito.
Assim temos:
I1= =2A
V1=20-4.2=12V

10) Para t=0-, a chave esta aberta, e como o regime é permanente, o indutor se
comporta como um curto circuito, assim por divisão de corrente, temos:
I0= =2,5A

Para t=0+ a chave fecha, fazendo a análise temos o indutor de 2H em série com uma
resistência de 7Ω, assim para i(t)=i0. , temos:
BC1519 – Circuitos Elétricos e Fotônica Lista 3

i(t)=2,5.
i(t)=2,5. [A,s]
Para calcular a corrente que passa sobre o resistor de 4 Ω, em paralelo ao resistor de
12 Ω, por divisor de corrente temos:

iv(t)= = 1,875. A
v(t)=-R.iv(t)
v(t)=-4. 1,875.
v(t)= -7,5. V
v(t)=-7,5.e-3,5t [V,s]