Você está na página 1de 31

15/07/2019

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA


Curso de Engenharia de Alimentos

Disciplina:
Ciências do ambiente e Desenvolvimento sustentável

GESTÃO AMBIENTAL

Elaine R. Santos

INTRODUÇÃO
TRIPÉ DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
(Relatório de Brundtland):
 Limitação do crescimento populacional;
 Garantia de recursos básicos (água,
alimentos, energia) em longo prazo;
 Preservação da biodiversidade e dos
ecossistemas;
 Diminuição do consumo de energia e
desenvolvimento de tecnologias com uso
de fontes energéticas renováveis;

1
15/07/2019

INTRODUÇÃO
TRIPÉ DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
(Relatório de Brundtland):
 Atendimento das necessidades básicas
(saúde, escola, moradia);
 Aumento da produção industrial nos
países não industrializados com base em
tecnologias ecologicamente adaptadas;
 Controle da urbanização desordenada e
integração maior entre campo e cidades.

AGENDA 21 (Conferência Rio-92)


Os temas fundamentais da Agenda 21 estão tratados em 41 capítulos
organizados em um preâmbulo e quatro seções:

I - Dimensões sociais e econômicas – aborda os problemas ambientais


sobre o ponto de vista social, isto é, relacionados ao modelo de
produção e consumo, considerando o crescimento populacional, as
formas de uso e ocupação do solo e as consequências na saúde humana
do modelo predatório adotado.
II - Conservação e gestão dos recursos para o desenvolvimento – enfoca
os recursos naturais (ar, florestas, água, solo e biodiversidade)
apontado a necessidade de definição de critérios para a sua utilização,
de forma a assegurar sua preservação para as gerações futuras.

2
15/07/2019

AGENDA 21 (Conferência Rio-92)


III – Fortalecimento do papel dos principais grupos sociais – conceito de
grupos em desvantagem e suas estratégias de sobrevivência,
ressaltando o papel dos governos locais, universidades e institutos de
pesquisa como parceiros indispensáveis para o processo de
empoderamento desses grupos.
IV – Meios de implementação – indicam recursos materiais, humanos e
mecanismos de financiamento existentes a serem criados, com ênfase
à cooperação entre nações, instituições e diferentes segmentos
sociais.

AGENDA 21 LOCAL

Os princípios da Agenda 21 local são:


 Participação e cidadania.
 Respeito às comunidades e diferenças culturais.
 Integração.
 Melhoria do padrão de vida das comunidades.
 Diminuição das desigualdades sociais.
 Mudanças de mentalidade.

3
15/07/2019

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
EMPRESARIAL
 O conceito de DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL deve ser
assimilado pelas LIDERANÇAS DE UMA EMPRESA como uma nova
forma de produzir sem degradar o meio ambiente, estendendo
essa CULTURA a todos os níveis da organização.

 Deve-se formalizar um processo de identificação do impacto


da produção da empresa no meio ambiente resultando em um
PROJETO QUE ALIA PRODUÇÃO E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL,
com uso de tecnologia adaptada a esse preceito.

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL EMPRESARIAL

AS MEDIDAS PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM PROGRAMA MINIMAMENTE ADEQUADO DE


DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL SÃO:
 Uso de novos materiais na construção;
 Reestruturação da distribuição de zonas residenciais e industriais;
 Aproveitamento e consumo de fontes alternativas de energia, como a solar, a
eólica e a geotérmica;
 Reciclagem de materiais reaproveitáveis;
 Consumo racional de água e de alimentos;
 Redução do uso de produtos químicos prejudiciais à saúde na produção de
alimentos.

4
15/07/2019

GESTÃO AMBIENTAL E RESPONSABILIDADE


SOCIO EMPRESARIAL
 Sistema de gestão ambiental: ”é portanto o conjunto de atividades
administrativas e operacionais inter-relacionadas para abordar os problema
ambientais atuais ou para evitar o seu surgimento.”

 Observação: “a realização de ações ambientais pontuais, episódicas ou


isoladas não configura um sistema de gestão ambiental, mesmo quando estas
exigem recursos vultuosos. Ex. Instalação e manutenção de equipamento para
controle de emissões hídricas.” Fonte: ( BARBIERI, José Carlos, p.137: 2004)

Gestão ambiental empresarial

 Requisitos de um SGA – Sistema de Gestão


Ambiental requer para ser formulado:
a. Diretrizes ( conjunto de procedimentos )
b. Definição de objetivos ( e metas )
c. Coordenação de atividades
d. Avaliação de resultados
e. Envolvimento dos diversos setores da organização para tratar das
questões ambientais, através do comprometimento.
Fonte: ( BARBIERI, José Carlos, p.137: 2004)

5
15/07/2019

Gestão ambiental

 “Entende-se por gestão ambiental empresarial as


diferentes atividades administrativas e operacionais
realizadas pela empresa para abordar problemas
ambientais decorrentes da sua atuação ou para
evitar que eles ocorram no futuro.”
Fonte: ( BARBIERI, José Carlos, p.137: 2004)

Gestão ambiental - CERTIFICAÇÕES


Falar de certificações ambientais é algo complexo. Há inúmeros selos e
certificações no mercado, cada um visando um público.

 A certificação ambiental mais conhecida e difundida é a ISO 14.000


 A família ISO 14000 aborda vários aspectos da gestão ambiental.
 As primeiras duas normas, ISO 14001:2004 e ISO 14004:2004 lida com Sistemas
de Gestão Ambiental (SGA).
 ISO 14001:2004 fornece os requisitos para um SGA.
 ISO 14004:2004 fornece orientações gerais para um SGA.

6
15/07/2019

Gestão ambiental - CERTIFICAÇÕES


A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) restabeleceu o programa
Selo Verde, uma certificação que atesta quais produtos e serviços são mais
ambientalmente amigáveis, por meio de uma marca colocada no produto

Empresas, produtos, eventos, serviços e pessoas físicas podem aderir ao programa


Carbon Free ao contabilizar e compensar suas emissões de Gases de Efeito Estufa
(GEE) por meio da Iniciativa Verde (http://www.iniciativaverde.org.br)

A certificação é um processo voluntário em que é realizada uma avaliação de


um empreendimento florestal, por uma organização independente, a
certificadora, e verificado os cumprimentos de questões ambientais,
econômicas e sociais que fazem parte dos Princípios e Critérios do FSC.

O Selo verde do CNDA é a ecoetiqueta que atesta a qualidade ecológica, socioambiental,


do produto ou serviço que tem o apoio da sociedade civil.

 A série ISO 14000 auxilia a organização no que


é necessário para desenvolver um novo
sistema de gestão ambiental ou melhorar o já
existente.
 A melhoria contínua é o processo de
aperfeiçoar o sistema de gestão ambiental
para alcançar melhorias no desempenho
ambiental total em alinhamento com as
políticas da organização.

7
15/07/2019

Gestão ambiental - CERTIFICAÇÕES


Certifica produtos orgânicos e Eco-produtos : Cosméticos Orgânicos e Naturais;
Comércio Justo (ESR Brasil); Selos Vegetarianos (SVB); Bem Estar Animal (Humane
Certified Brasil); Certificação Sócio Ambiental; Atestado de Insumo.

O IBD atua em todo o Brasil e América do Sul. Tem seus fundamentos em


princípios humanistas, segue a legislação trabalhista, incentivando o
comprometimento social dos projetos certificados, e a legislação ambiental,
promovendo a recuperação e a conservação do meio ambiente.

Na área de construção civil, destacam-se as seguintes certificações ambientais: Aqua (Alta


qualidade Ambiental), Leed (Leadership in Energy and Environmental Design) e Procel Edifica.
O Processo AQUA é um Processo de Gestão Total do Projeto para obter a Alta Qualidade Ambiental
do seu Empreendimento de Construção.
O comitê LEED® esta dividido em cinco subcomitês temáticos, que abordam os cinco critérios de
avaliação da ferramenta LEED: Materiais e Recursos (MR), Energia e Atmosfera (EA), Espaço
Sustentável - Site (SS), Qualidade Ambiental Interna (EQ) e o Uso Racional da Água (WE).
O PROCEL promove o uso racional da energia elétrica em edificações desde sua fundação, sendo
que, com a criação do PROCEL EDIFICA, as ações foram ampliadas e organizadas com o objetivo de
incentivar a conservação e o uso eficiente dos recursos naturais (água, luz, ventilação etc.) nas
edificações, reduzindo os desperdícios e os impactos sobre o meio ambiente.

Resumo das estatísticas de


certificações das
principais normas de
sistemas de gestão da ISO,
referentes aos dados de
dez/16. No site
da ISO podem ser
consultados os dados mais
detalhados das certificações
acumuladas e novas por ano,
região, país e setor
industrial.

8
15/07/2019

Gestão ambiental
Número de empresas certificadas em 2003 no mundo.

No mundo/ por Continente Total de Certificados

AMÉRICA CENTRAL 130


ÁFRICA 309
AMÉRICA DO SUL 3699
AMÉRICA DO NORTE 7119
ÁSIA 13410
EUROPA 21929
OCEÂNIA 1422
Total 48018
*Figura 23 - Fonte: Site da ISO http://www.iso.ch/iso/en/prods-
services/otherpubs/pdf/survey13thcycle.pdf - Dados coletados até 31/12/2018

FIGURA 1 – NÚMERO DE CERTIFICAÇÕES ISO POR REGIÃO/PAÍS (2016)

9
15/07/2019

FIGURA 2 – % DE CERTIFICAÇÕES ISO POR REGIÃO/PAÍS (2016)

Gestão ambiental
Número de empresas certificadas até 2000 na América Latina, de acordo
com o site do INMETRO em 2007

10
15/07/2019

Gestão ambiental
Número de empresas certificadas até 2000 no mundo, de
acordo com a ISO em 2007

*Figura 25 - Fonte: http://www.crq4.org.br/informativo/abril_2002/figura02.jpg

FIGURA 3 – % DE CERTIFICAÇÕES ISO POR SETOR DE ATIVIDADE (2016)

11
15/07/2019

Gestão ambiental
 Número de empresas certificadas no Brasil, de acordo com
o site do INMETRO, 2007

Total Apurado por Quantidade

Certificados com Padrão Normativo


870
ISO14001:2004

Total de Certificados ISO 14001 870

*Figura 25 - Fonte: Site da ISO http://www.iso.ch/iso/en/prods-services/otherpubs/pdf/survey13thcycle.pdf

FIGURA 3 – 10 PAÍSES COM MAIOR NÚMERO DE CERTIFICAÇÕES ISO (2016)

12
15/07/2019

Sistema de Gestão Ambiental

Figura 23 – Perda da Biodiversidade


Fonte: www.defesabiogaucha.org/terror/sant07.gif acessado em 12.11.2007

Gestão ambiental

Objetivos de acordo com a ISO14001:2004


 Assegurar a conformidade com a política
ambiental;
 Demonstrar esta conformidade a outras partes

Requisitos de desempenho da ISO14001:2004


 Melhoria contínua do desempenho ambiental
 Atendimento a legislação ambiental aplicável

13
15/07/2019

Gestão ambiental
A norma ISO14001:2004 requer:
 Compromisso com a melhoria contínua;
 Compromisso com à prevenção a Poluição;
 Compromisso com o cumprimento da
legislação ambiental;
 Não exige a adoção da melhor tecnologia
disponível.

Gestão ambiental – evolução dos conceitos


Filosofia Controle Planejamento Gestão

Princípios de controle Controle final Reciclagem/ minimização Prevenção da poluição

A função meio ambiente Atividades e seg. ind. Assessorias Comitês meio ambiente SGA’S
Dept. de meio ambiente Meio ambiente

Poluição do ar, águas Contaminação dos solos Camada de ozônio


Preocupações
Recursos não renováveis Acidentes Aquecimento global
Desenvolvimento Transporte Biodiversidade
Econômico

Abrangência dos
Emissões Emissões Desenvolvimento Sustentável
impactos ambientais
Líquidas/Gasosas Resíduos Desenvolvimento Sustentável
Meio físico e biológico Ciclo de vida
Meio antrópico Riscos
Passivo

Profissionais envolvidos Engenheiros Biólogos Advogados


Políticos Geógrafos Economistas
Ecólogos Administradores

14
15/07/2019

Gestão ambiental empresarial


A gestão ambiental empresarial e as influências

Governo

Empresa

Sociedade Mercado

( Fonte: BARBIERI, José Carlos , 2004)

Gestão ambiental empresarial: abordagens

Prevenção da
Características Controle da poluição Estratégica
poluição
Corretivas,
Corretiva e
Ações típicas Corretiva preventivas e
preventiva
antecipatórias
Antecipação de
Tecnologias de
Conservação e problemas e captura
remediação e de controle
substituição de de oportunidades
no final do processo ( end
insumos utilizando soluções de
of pipe)
médio e longo prazos.

Aplicação de normas de Uso de tecnologias Uso de tecnologias


segurança limpas limpas

( Fonte: BARBIERI, José Carlos , 2004)

15
15/07/2019

Gestão ambiental empresarial: abordagens


Controle da
Características Prevenção da poluição Estratégica
poluição

Percepção dos Redução de custos e


Custo adicional Vantagens competitivas
empresários aumento da produção

Envolvimento da
Esporádico Periódico Permanente e sistemático
alta administração

As principais ações Atividades ambientais


ambientais continuam disseminadas pela
Ações ambientais
confinadas nas áreas organização ampliação
Áreas envolvidas confinadas nas
produtivas, mas há das ações ambientais
áreas produtivas
crescente envolvimento para toda a cadeia
de outras áreas produtiva

( Fonte: BARBIERI, José Carlos , 2004)

Gestão ambiental empresarial: Ciclo do PDCA

O ciclo PDCA evita que a empresa tenha um ciclo produtivo baseado no


processo do serrote.
Perda da melhoria por falta
de sistematização dos
procedimentos (rotina)

TEMPO

16
15/07/2019

Gestão ambiental empresarial: Ciclo do PDCA


P – Plan (Planejar); D - Do (fazer); C – Check (verificar); A – Act (Agir / melhorar)

“Act” “Plan”
Agir /melhorar Planejar
- Definir as metas
- Atenuar de
maneira corretiva - Definir os métodos
e preventiva que permitirão atingir
as metas propostas

- Verificar os
- Educar e treinar
resultados da tarefa
executada - Executar a tarefa
- Abandonar o que
“Check” deu errado (lições “Do”
aprendidas)
Avaliar Executar

Gestão ambiental empresarial: Ciclo do PDCA


É uma metodologia que se preocupa com a melhoria continua dos processos

ROTINA
A P
ROTINA C D

A P
ROTINA C D

A P
C D
Análise de processo e novo
padrão proposto

TEMPO

17
15/07/2019

Sistema de gestão ambiental:


Leitura e interpretação

4.1 – Requisitos Gerais:


 Diz o requisito “A organização deve estabelecer,
documentar, implementar, manter e continuamente
melhorar um sistema da gestão ambiental em conformidade
com os requisitos desta Norma e determinar como ela irá
atender a esses requisitos”.
 “ A organização deve definir e documentar o escopo de seu
sistema da gestão ambiental”.

Sistema de gestão ambiental: Leitura e interpretação


4.2 – Política Ambiental
 Diz o requisito “A alta administração deve definir a política ambiental da
organização e assegurar que, dentro do escopo definido de seu sistema de gestão, a
política.
 Seja apropriada a natureza, a escala e impactos ambientais de suas atividades,
produtos e serviços;
 Inclua um comprometimento com a melhoria contínua e com a prevenção de
poluição;
 Inclua um comprometimento em atender aos requisitos legais aplicáveis e outros
requisitos subscritos pela organização que se relacionem a seus aspectos
ambientais;
 Inclua um comprometimento com a melhoria contínua e com a prevenção de
poluição;
 Seja documentada, implementada e mantida;
 Seja comunicada a todos que trabalhem na organização ou que atuem em seu nome;
 Esteja disponível para o público.

18
15/07/2019

Sistema de gestão ambiental:Leitura e interpretação

Política pública ambiental - “ uma política ambiental é um


conjunto de princípios e metas fundamentais que ajudam uma
empresa a colocar em prática seu comprometimento ambiental.
É o fundamento sobre o qual a melhoria do desempenho
ambiental e um sistema de gestão ambiental ( SGA) podem ser
construídos. ”
( Fonte: FANG, L. e outros , 2001)

Sistema de gestão ambiental: Leitura e


interpretação
4.3 – Planejamento
 4.3.1 – Aspectos Ambientais
 4.3.2 – Requisitos legais e outros
 4.3.3 – Objetivos, metas e programa(s)

19
15/07/2019

Sistema de gestão ambiental:Leitura e


interpretação
4.4 – Implementação e operação
4.4.1 – Recursos, funções, responsabilidade e autoridade
4.4.2 – Competência, treinamento e conscientização
4.4.3 – Comunicação
4.4.4 – Documentação
4.4.5 – Controle de documentos
4.4.6 – Controle Operacional
4.4.7 – Preparação e resposta a emergência

Sistema de gestão ambiental: Leitura e


interpretação
4.5 – Verificação
4.5.1 – Monitoramento e medição
4.5.2 – Avaliação do atendimento a requisitos legais e
outros
4.5.3 – Não conformidade, ação corretiva e ação
preventiva
4.5.4 – Controle de registros
4.5.5 – Auditoria interna

20
15/07/2019

Sistema de gestão ambiental: Leitura e


interpretação
4.6 - Análise pela administração
“A alta administração da organização deve analisar o sistema de gestão
ambiental, em intervalos planejados, para assegurar sua contínua
adequação, pertinência e eficácia.

As análises devem incluir:


 a avaliação de oportunidades de melhoria
 e a necessidade de alterações no sistema de gestão ambiental,
 inclusive da política ambiental
 e dos objetivos e metas ambientais.
 Os registros das análises pela administração devem ser mantidos”

Sistema de gestão ambiental: Leitura e


interpretação
4.6 - Análise pela administração
“As entradas para análise pela administração devem incluir:
 Resultados das auditorias internas e das avaliações do atendimento
aos requisitos legais e outros subscritos pela organização;
 Comunicação(ões) proveniente(s) de partes interessadas externas,
incluindo reclamações;
 O desempenho ambiental da organização;
 Extensão na qual foram atendidos os objetivos e metas;
 Situação das ações corretivas e preventivas.

21
15/07/2019

Sistema de gestão ambiental: Leitura e


interpretação
4.6 - Análise pela administração
“As entradas para análise pela administração devem incluir:
 Ações de acompanhamento das análises anteriores,
 Mudança de circunstâncias, incluindo desenvolvimento em requisitos
legais e outros relacionados aos aspectos ambientais, e
 Recomendações de melhoria.
 As saídas da análise pela administração devem incluir quaisquer
decisões e ações relacionadas a possíveis mudanças na política
ambiental, nos objetivos, metas e em outros elementos do sistema de
gestão ambiental, consistentes com o comprometimento com a
melhoria contínua.

Implementar a ISO 14001:2004


 De acordo com a BS 7750
 Fonte: Barbieri, 2004, p.142)

Comprometimento
corporativo

Revisão inicial

Política ambiental

Revisões Organização e
pessoal

22
15/07/2019

Implementar a ISO 14001:2004


Política ambiental

Auditorias ambientais Organização e


pessoal

Revisões Levantamento da
Legislação ambiental

Registros Avaliação e registros


de efeitos

Controle Operacional Objetivos e metas

Manual de Manual de
gerenciamento gerenciamento
ambiental ambiental

Fonte: Barbieri, 2004, p.142)

Implementar a ISO 14001:2004


NBR ISO 9000:2000 NBR ISO 14001:2004

Introdução
Generalidades 0.1
Abordagem de processo 0.2
Introdução
Relação com a NBR 9004 0.3
Compatibilidade com outros sistemas 0.4
de gestão

Objetivo 1
Objetivo
Generalidades 1.1 1
Aplicação 1.2

Referência Normativa 2 2 Referência Normativa

Termos e Definições 3 3 Definições

Requisitos do Sistema da Gestão


Sistema de Gestão da Qualidade 4 4
Ambiental

23
15/07/2019

Implementar a ISO 14001:2004


NBR ISO 9000:2000 NBR ISO 14001:2004

Requisitos Gerais 4.1 4.1 Requisitos Gerais

Requisitos de Documentação 4.2


Generalidades 4.2.1 4.4.4 Doc. do sistema de Gestão Ambiental
Manual da Qualidade 4.2.2 4.4.4 Doc. do sistema de Gestão Ambiental
Controle de Documentos 4.2.3 4.4.5 Controle de Documentos
Controle de Registros 4.2.4 4.5.3 Registros

Responsabilidade da Direção 5 4.4.1 Estrutura e Responsabilidade

4.2 Política Ambiental


Comprometimento da Direção 5.1
4.4.1 Estrutura e Responsabilidade

Aspectos Ambientais
4.3.1
Foco no Cliente 5.2 Requisitos Legais e outros
4.3.2
requisitos.

Implementar a ISO 14001:2004

NBR ISO 9000:2000 NBR ISO 14001:2004

Política da Qualidade 5.4 4.3 Política Ambiental

Objetivos da Qualidade 5.4.1 4.3.3 Objetivos e Metas

Planejamento do Sistema de Gestão da


5.4.2 4.3.4 Programa(s) de gestão ambiental
Qualidade

Responsabilidade, autoridade e
5.5 4.1 Requisitos Gerais
comunicação

Responsabilidade e autoridade 5.5.1


4.4.1 Estrutura e Responsabilidade
Representante da Direção 5.5.2

24
15/07/2019

Implementar a ISO 14001:2004

NBR ISO 9000:2000 NBR ISO 14001:2004

Comunicação Interna 5.5.3 4.4.3 Comunicação

Análise Crítica pela direção 5.6


Generalidades 5.6.1
4.6 Análise Crítica pela administração
Entradas para análise crítica 5.6.2
Saída da análise crítica 5.6.3

Gestão de Recursos 6
Provisão de Recursos 6.1
4.4.1 Estrutura e Responsabilidade
Recursos Humanos 6.2
Generalidades 6.2.1

Competência, conscientização e Treinamento, Conscientização e


6.2.2 4.4.2
treinamento Competência

Implementar a ISO 14001:2004


NBR ISO 9000:2000 NBR ISO 14001:2004

Infra-estrutura 6.3
4.4.1 Estrutura e Responsabilidade
Ambiente de trabalho 6.4

4.4 Implementação e Operação


Realização do Produto 7
4.4.6 Controle Operacional

Planejamento da Realização do Produto 7.1


Processos relacionados ao cliente 4.4.6 Controle Operacional
7.2

4.3.1 Aspectos Ambientais


Determinação de requisitos relacionados
7.2.1 4.3.2 Requisitos Legais e outros requisitos
ao produto
4.3.3 Controle Operacional

25
15/07/2019

Implementar a ISO 14001:2004


NBR ISO 9000:2000 NBR ISO 14001:2004

Análise Crítica dos requisitos 4.4.6 Controle Operacional


7.2.2
relacionados ao produto 4.3.1 Aspectos Ambientais
Comunicação com o cliente 7.2.3 4.4.3 Comunicação
7.3
Projeto e desenvolvimento
7.3.1
Planej. do projeto e desenvolvimento 4.4.6 Controle Operacional
7.3.2
Entradas de projeto e desenvolvimento
Saidas de projeto e desenvolvimento 7.3.3
Análise Crítica de proj. Desenvolv. 7.3.4
Verificação de proj. Desenvolv. 7.3.5
Validação de proj. Desenvolv 7.3.6
Controle de Alterações de Proj. e Des 7.3.7
Aquisição
7.4
Processo de Aquisição
7.4.1 4.4.6 Controle Operacional
Informções de Aquisição
7.4.2
Verificação do Produto Adquirido
7.4.3

Implementar a ISO 14001:2004


NBR ISO 9000:2000 NBR ISO 14001:2004

Análise Crítica dos requisitos 4.4.6 Controle Operacional


7.2.2
relacionados ao produto 4.3.1 Aspectos Ambientais

Comunicação com o cliente 7.2.3 4.4.3 Comunicação

Produção e fornecimento de Serviço 7.5 4.4.6 Controle Operacional


Controle de Produção e Forn de Serv 7.5.1
Valid dos Proc de prod e forn e Serv 7.5.3
Identificação e Rastreabilidade
7.5.4
Propriedade do cliente
7.5.5
Preservação do Produto

26
15/07/2019

Sustentabilidade e Gestão Ambiental

Desenvolvimento Sustentado: “Implica na


melhoria da qualidade de vida humana´; mas ,
dentro da capacidade de suporte do ecossistema:
é uma estratégia de desenvolvimento que
administra todos os ativos, os recursos naturais e
os recursos humanos, assim como os ativos
financeiros e físicos, de forma compatível com o
crescimento da riqueza e do bem estar a longo
prazo ” (KLINK, C. A, 2001, p. 78).

Sustentabilidade e Gestão Ambiental

Desenvolvimento Sustentável: “É aquele que


faz face às necessidades da geração presente,
sem comprometer a capacidade das gerações
futuras de satisfazer suas próprias
necessidades” (BRUNDTLAND, apud,
BARTHOLO, 2001, p. 79)

27
15/07/2019

Qual o papel das Engenharias?


Qual o papel da Engenharia de Alimentos diante dos problemas ambientais?

Nova Consciência Ambiental  As Engenharias contribuem de maneira


Educação ambiental efetiva para a minimização da crise
ambiental através da subárea de
Nova ética Engenharia da Sustentabilidade.
ambiental Desenvolvimento Sustentável
 Refere-se ao planejamento da utilização
atual
eficiente dos recursos naturais nos
sistemas produtivos e das operações, da
Gestão Ambiental destinação e tratamentos dos resíduos e
afluentes destes sistemas, bem como da
implantação de sistemas de gestão
 Promover mudanças no processo produtivo ambiental e responsabilidade social nas
que resultem em menores impactos empresas.
ambientais e que favoreçam a busca do
desenvolvimento sustentável.

ÉTICA AMBIENTAL e a EMPRESA SUSTENTÁVEL


EMPRESA SUSTENTÁVEL:
 De acordo com Elkington (apud KEINERT,2007), um
empreendimento pode ser considerado
sustentável se contribuir para o
desenvolvimento sustentável proporcionando
simultaneamente benefícios econômicos,
sociais e ambientais.

28
15/07/2019

MODELOS DE GESTÃO AMBIENTAL

 Os modelos de gestão ambiental


são construções conceituais que
oriental as atividades
administrativas e operacionais
empresariais para alcançar
objetivos ambientais definidos.
(BARBIERI, 2016).

29
15/07/2019

Sustentabilidade e Gestão Ambiental

FOCO DO
CONSUMO SUSTENTÁVEL
Planejamento
TENDÊNCIAS
Ambiental

ECOLOGIA INDUSTRIAL

MODIFICAÇÃO DO PRODUTO

MODIFICAÇÃO DO PROCESSO

MELHORIA NA OPERAÇÃO
HOJE O FOCO
ESTÁ NA
RECICLAR NO PROCESSO
PREVENÇÃO

RECICLAR FORA DO PROCESSO

TRATAR
ANTERIORMENTE O
FOCO ESTAVA NO
DISPOR CONTTROLE
(Tecnologia de Fim de
Tubo)
REMEDIAR

Referenciais Bibliográficos
1. ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas.
 ABNT NBR ISO 14001 - Sistema da gestão ambiental – requisitos com
orientações para uso. 2ª edição, dezembro de 2004.
 NBT ISO 14004 – Sistema de gestão ambiental – Diretrizes gerais
sobre princípios, sistemas e técnicas de apoio. Outubro de 1996.
2. BARBIERI, José Carlos. Gestão ambiental empresarial: conceitos,
modelos e instrumentos. São Paulo, Ed. Saraiva, 2004.
3. FANG , Liping; BAPTISTA, Manuel Victor da Silva e BARDECKI, Michal.
Sistema de gestão ambiental. Brasilia, SENAI, 2001.

30
15/07/2019

Atividade Complementar

Por meio de uma revisão bibliográfica fazer a exploração dos seguintes


conteúdos:
 Modelos de Gestão Ambiental
 Ferramentas de Gestão Ambiental
 Instrumentos de Gestão Ambiental (ex.: Legislação, princípios e acordos)

Equipe de 03 (três) alunos


Entregar no dia da prova (29/07/19)

31