Você está na página 1de 71

Doppler

Princípios Físicos •

Prof. Dr. Marcelo Aquino
Prof. Dr. Manoel Sarno
• Prof. Rafael Leiróz
Ondas

• Conceito: é uma perturbação oscilante de alguma grandeza


física no espaço e periódica no tempo.
Ondas

• Classificação (quanto à natureza):

• Eletromagnética: não precisa de um


meio material para se propagar, ou seja,
também se propaga no vácuo.
• rádio
• televisão
• luz
• radar
• raios-X
• raios laser
• raios infravermelhos
Ondas

• Classificação (quanto à natureza):


• Mecânica: precisa de um meio
material para se propagar, ou seja, não
se propaga no vácuo.
• ondas em cordas
• em água
• em molas
• som
Ondas

GRÁFICO = SENOIDE
Ondas

GRÁFICO = SENOIDE

Comprimento de onda
Ondas

GRÁFICO = SENOIDE

Amplitude
Ondas

GRÁFICO = SENOIDE

Comprimento de onda

Amplitude

Período: duração de um ciclo completo (= um comprimento de onda)


Frequência: número de ciclos em uma unidade de tempo (em Hertz)

P : 1/F
Ondas

GRÁFICO = SENOIDE

Comprimento de onda

Amplitude

Período: duração de um ciclo completo (= um comprimento de onda)


Frequência: número de ciclos em uma unidade de tempo (em Hertz)
Velocidade: distância percorrida por unidade de tempo
Som

Produzido por VIBRAÇÃO


Som

Produzido por VIBRAÇÃO


Som

Produzido por VIBRAÇÃO


Som

Produzido por VIBRAÇÃO


Som

Produzido por VIBRAÇÃO


Som

Produzido por VIBRAÇÃO


Som
Ultrassom
Ultrassom
Formação da imagem
Formação da imagem
Princípios Físicos
Efeito Doppler
(1842)

• Definição
• Quando a fonte de uma onda está em movimento em relação ao
observador, a frequência de onda emitida pela fonte e a
percebida pelo observador apresentam uma diferença de
frequências:

• Quando a fonte se aproxima do observador, a frequência


percebida é maior que a emitida (som percebido mais
agudo)

• Quando a fonte se afasta do observador, a frequência


percebida é menor que a emitida (som percebido mais
grave)
Efeito Doppler
Efeito Doppler
Efeito Doppler

 frequência = agudo  frequência = grave


Efeito Doppler

• Efeito Doppler

• A diferença entre a frequência do som transmitido e a daquele


refletido é a chamada frequência Doppler (FD)
• se o fluxo sanguíneo for no sentido do transdutor, a FD será
positiva (o eco retornado terá uma frequência mais alta)
• se o fluxo sanguíneo for no sentido contrário ao transdutor,
a FD será negativa (o eco retornado terá uma frequência
mais baixa)
Efeito Doppler
Efeito Doppler

Frequência Doppler (velocidade relativa entre


os dois componentes do sistema em estudo)
=2 x ft x V x cos θ/c
ft = freqüência do transdutor
V = velocidade do sangue
θ = ângulo de insonação
c = velocidade do som no tecido
A frequência Doppler será tanto maior quanto:
•maior for a frequência do transdutor (ft)
•maior for a velocidade do sangue (V)
•menor for o ângulo de insonação (θ)
Efeito Doppler

• O efeito Doppler pode ser demonstrado de vários modos


• Modo Doppler pulsado ou espectral
• Modo Doppler colorido
• Modo Doppler de amplitude ou Power Doppler
Doppler colorido

• O efeito Doppler é codificado em cores na dependência do


sentido do movimento (vermelho ou azul)

• Dentro de um mesma cor, os fluxos de maior velocidade


são expressos por tonalidades mais claras

• Fluxos de turbulência são expressos em forma de mosaico


de cores diferentes
Doppler colorido
Doppler colorido
Doppler colorido
Doppler colorido
Doppler colorido
Doppler colorido

• PRF (frequência de repetição de


pulsos)
• frequência com a qual os
pulsos são emitidos
• determina a FD máxima
detectável pelo equipamento,
sem ambiguidades
(frequência Nyquist)
• se FD ultrapassa esse limite →
“aliasing”
Doppler espectral ou
pulsado

• O efeito Doppler é codificado em forma de gráfico (o eixo


horizontal representa o tempo decorrido e o eixo vertical,
a FD)
• O fluxo em direção ao transdutor fica disposto acima da
linha de base e o contrário a ele, abaixo
• Maiores informações acerca do fluxo de uma região menor
• Análise do formato da onda, cálculo do índice de
resistência, cálculo da velocidade de fluxo
Doppler espectral ou
pulsado

• Modo Doppler pulsado ou espectral

C PW
Doppler espectral ou
pulsado
Doppler espectral ou
pulsado
FD = 2 x ft x V x cos θ/c
Doppler espectral ou
pulsado
FD = 2 x ft x V x cos θ/c
Doppler espectral ou
pulsado
FD = 2 x ft x V x cos θ/c

Cos 0º? Cos 60º? Cos 90º?

1
0
Doppler espectral ou
pulsado
FD = 2 x ft x V x cos θ/c
Doppler espectral ou
pulsado

Gate ou volume de
Box amostra ou SV
Doppler espectral ou
pulsado

Gate ou volume de
amostra ou SV
PRF
(Frequência de
repetição de
pulsos)
Doppler espectral ou
pulsado

30º

Pico de
velocidade Velocidade
sistólica (PS) (cm/s)

Tempo (ms)

Velocidade
diastólica final
(ED)
Doppler espectral ou
pulsado
Doppler espectral ou
pulsado

IR: (50 – 10)/50 IP: (50 – 10)/25


IR: 0,80 IP: 1,60

IR: (50 – 10)/50 IP: (50 – 10)/15


IR: 0,80 IP: 2,35
Doppler colorido

• PRF (frequência de repetição de


pulsos)
• frequência com a qual os
pulsos são emitidos
• determina a FD máxima
detectável pelo equipamento,
sem ambiguidades
(frequência Nyquist)
• se FD ultrapassa esse limite →
“aliasing”
Artefatos

• “Aliasing”
• modo Doppler colorido
• frequências maiores com cores invertidas

NÃO é fluxo
turbilhonar!
Artefatos

• “Aliasing”
• modo Doppler pulsado ou espectral
• parte do espectro que está acima do limite superior fica
cortada e aparece erroneamente no lado oposto da
linha de base
Artefatos

• Como resolver?

PRF
Artefatos

• “Twinkling”
• Presença de imagem em mosaico de cores ao Doppler sob
superfície sólida e imóvel.
Doppler de amplitude
ou Power Doppler

• Modo Doppler colorido


– identificação da presença de fluxo
– determinação da direção do fluxo
– identificação dos vasos a serem
estudados
– correção do ângulo de insonação
• Power Doppler ou Doppler de
amplitude
– detecta fluxos de baixa velocidade
– não determina direção do fluxo
Doppler de amplitude
ou Power Doppler
Doppler de amplitude
ou Power Doppler
Manuseio do aparelho
Manuseio do aparelho
Manuseio do aparelho

• modo colorido
– ajustes: tamanho janela, movimentação janela, ganho
color, escala color, filtro
• modo espectral
– ajustes: tamanho amostra, movimentação amostra,
acionar amostra, linha de base, inversão sonograma,
escala, velocidade varredura, correção ângulo, cálculos
Manuseio do aparelho

• modo colorido
– ajustes: tamanho janela, movimentação janela, ganho
color, escala color, filtro
• modo espectral
– ajustes: tamanho amostra, movimentação amostra,
acionar amostra, linha de base, inversão sonograma,
escala, velocidade varredura, correção ângulo, cálculos
Manuseio do aparelho
Manuseio do aparelho

• modo colorido
– ajustes: tamanho janela, movimentação janela, ganho
color, escala color, filtro
• modo espectral
– ajustes: tamanho amostra, movimentação amostra,
acionar amostra, linha de base, inversão sonograma,
escala, velocidade varredura, correção ângulo, cálculos
Manuseio do aparelho
Manuseio do aparelho

• modo colorido
– ajustes: tamanho janela, movimentação janela, ganho
color, escala color, filtro
• modo espectral
– ajustes: tamanho amostra, movimentação amostra,
acionar amostra, linha de base, inversão sonograma,
escala, velocidade varredura, correção ângulo, cálculos
Manuseio do aparelho
Manuseio do aparelho

• modo colorido
– ajustes: tamanho janela, movimentação janela, ganho
color, escala color, filtro
• modo espectral
– ajustes: tamanho amostra, movimentação amostra,
acionar amostra, linha de base, inversão sonograma,
escala, velocidade varredura, correção ângulo, cálculos
Manuseio do aparelho
Manuseio do aparelho

• modo colorido
– ajustes: tamanho janela, movimentação janela, ganho
color, escala color
• modo espectral
– ajustes: tamanho amostra, movimentação amostra,
acionar amostra, linha de base, inversão sonograma,
escala, velocidade varredura, correção ângulo, cálculos
Manuseio do aparelho
Dúvidas?