Você está na página 1de 15

Testes:

Os testes psicológicos avaliam muitas características da personalidade


humana e determinam se os valores obtidos na correção das respostas
dadas estão dentro dos valores “normais” ou dos valores mais frequentes
tendo em conta diversos fatores.
Teste Atenção Concentrada (AC):
O teste AC – Teste Atenção Concentrada é um teste psicológico que avalia a
capacidade do sujeito de manter a atenção concentrada na atividade realizada sob
pressão do tempo. A folha de resposta do teste AC – Teste Atenção
Concentrada contém símbolos na forma de triângulos estilizados, espalhados pelo
espaço. A tarefa do candidato consiste em localizar e marcar, nas linhas que ocupam a
folha, os três estímulos modelo, posicionados dentro de um retângulo.

O teste AC – Teste Atenção Concentrada é um instrumento de avaliação consolidado


na psicologia há muitos anos. Pode ser aplicado de forma individual ou coletiva, em
adolescentes e adultos com escolaridade a partir do ensino fundamental. A correção é
simples e prática, feita pelo crivo. O teste AC – Teste Atenção Concentrada apresenta
tabelas normativas para diversas regiões do Brasil, por níveis de escolaridade, gênero e
idade.

A coleção do teste AC – Teste Atenção Concentrada é composta por três itens: 1 livro de
instruções do teste AC – Teste Atenção Concentrada, 2 livros de aplicação do teste AC – Teste
Atenção Concentrada e 1 crivo de correção do teste AC – Teste Atenção Concentrada O teste
AC – Teste Atenção Concentrada é aprovado pelo Conselho Federal de Psicologia.
O limite de tempo para aplicação é de cinco minutos.
Teste Pictórico de Memória (TEPIC M) O TEPIC-M:
Composição Kit
01 Manual
01 Cartão desenho para aplicação individual (reutilizável)
01 Transparência para aplicação coletiva (reutilizável)
01 Bloco com 25 folhas de aplicação
01 Crivo de correção
Objetivo
O Teste Pictórico de Memória – TEPIC tem como objetivo avaliar a capacidade do indivíduo de
recuperar uma informação num curto período de tempo.
Tempo
O tempo exato para a aplicação do instrumento é de 03 minutos. Em geral, todo o processo de
aplicação não ultrapassa 05 minutos.
Descrição
O Teste Pictórico de Memória – TEPIC-M oferece aos profissionais de psicologia a avaliação da
memória visual de pessoas por meio de estímulos figurais. A opção por teste pictórico se deveu
ao fato de esse tipo de estímulo ser particularmente adequado para uma gama bastante grande de
pessoas, como crianças, adolescentes e adultos, com ou sem problemas de deterioração
cognitiva.
O teste é composto por 1 cartão estímulo contendo itens diversos, os quais o sujeito deve observar e
memorizar. Após o período de memorização, o sujeito deve descrever os itens que lembrar, dentro
do tempo limite. A correção é realizada pelo total de acertos, avaliação quantitativa e qualitativa.
O teste é composto por 1 cartão estímulo contendo itens diversos, os
quais o sujeito deve observar e memorizar. Após o período de
memorização, o sujeito deve descrever os itens que lembrar, dentro do
tempo limite. A correção é realizada pelo total de acertos, avaliação
quantitativa e qualitativa.
Existem estudos de precisão, validade e tabelas em percentis para o
público-alvo de acordo com sua idade e sexo.

Teste Palográfico:
O teste palográfico avalia uma série de características comportamentais e de
personalidade de quem realiza. Algumas delas são:

 produtividade;
 ritmo de trabalho;
 iniciativa;
 agressividade;
 organização;
 relacionamentos;
 uso de álcool ou outras substâncias;
 aspectos emocionais;
 transtornos psicológicos.
Dar uma folha em branco. Nela voce vai fazer risquinhos. Tente fazer em um
padrão. Risquinhos em pé um do lado do outro, como se estivesse contando.
Primeiramente vou dar uma folha para fazer o teste.

Depois do teste, ai vou explicar que vai ter um devido momento que eu vou falar ou
STOP ou SINAL. Quando eu falar SINAL, você deve fazer um risquinho (de menos) ao
contrário aos outros. E logo continuar fazendo os risquinhos até eu falar para parar.
(Se o cliente estiver fazendo os tracinhos muito rápidos e de qualquer jeito pode
demonstrar Ansiedade. Não tem quantidade de pauzinhos. A pessoa pode fazer muito
e rápido, e aí pode demonstrar algumas coisas. O teste avalia serie de características
comportamentais e de personalidade.

As mais importantes: Ansiedade. Riscos excessivos. NÃO vou falar quanto é preciso, ou
se precisa fazer frente e verso. Você PODE usar. Mas não precisa usar. Fazer com
qualidade, mas tem que ter quantidade. Não precisou usar tudo, não é ansioso.

O que demonstra ansiedade no teste: Riscos excessivos, sem padrão de tamanho.

Precisa ter QUALIDADE e QUANTIDADE.

Uma ou duas é muito pouco também. Quando fala SINAL e não anota, isso conta
como falta de atenção.

Primeiro faz um teste e depois faz de verdade.

Trata-se de um teste projetivo (subjetivo) de grafismo que visa à


avaliação da personalidade.
É baseado na realização de traços (palos) pelo sujeito. Apresenta dados de
ritmo e qualidade de trabalho,
fatigabilidade, inibição, elação, depressão, temperamento, constituição
tipológica, inteligência, e etc.

Veja a correção do teste Palográfico considerando a análise quantitativa.


Análise Quantitativa
Na análise quantitativa são considerados: Produtividade - Ritmo - Gráfico do
Rendimento
Produtividade

É a quantidade total de riscos, somando-se os 5 tempos.


Candidatos (as) com escolaridade NÍVEL MÉDIO:
• Até 313: Inferior ou Lento - Indica uma produtividade muito abaixo da
média.
• De 314 a 423: Média Inferior ou Baixa - Este índice denota um
rendimento no trabalho abaixo da média.
• De 424 a 693: Média - Indica possuir produtividade mediana no trabalho.
• De 694 a 936: Média Superior ou Alta - Denota possuir produtividade
acima da média.
• A partir de 937: Superior ou Muito Alta - Este índice revela
produtividade acentuada no trabalho, indicando rendimento bastante acima
da média.
Candidatos (as) com escolaridade NÍVEL SUPERIOR:
• Até 396: Inferior ou Lento - Indica uma produtividade muito abaixo da
média.
• De 397 a 546: Média Inferior ou Baixa - Este índice denota um
rendimento no trabalho abaixo da média.
• De 547 a 830: Média - Indica possuir produtividade mediana no trabalho.
• De 831 a 1059: Média Superior ou Alta - Denota possuir produtividade
acima da média.
• A partir de 1060: Superior ou Muito Alta - Este índice revela produtividade
acentuada no trabalho, indicando rendimento bastante acima da média.
Ritmo

É a soma das diferenças na quantidade de palos entre cada um dos 5


tempos, proporcional à quantidade total de palos na soma dos 5 tempos.
Quanto mais baixo o nível de oscilação do ritmo, melhor. Também chamado
de NOR – Nível de Oscilação Rítmica. A fórmula é:
(diferença) x 100 = NOR (total de palos)
Ex.: Palos 107 / 103 / 115 / 110 / 109 = 544 (total de palos)
Diferença: 4 / 12 / 5 / 1 = 22 (soma das diferenças)
22 x 100 = 4 (NOR) 544 - 4 -
• NOR: 0,0 a 2,1: Muito Baixo - Indica rígida regularidade na execução das
tarefas, capaz de manter uma produtividade constante.
• NOR: 2,2 a 4,0: Baixo - Revela produtividade estável no trabalho, capaz
de manter rendimento constante.
• NOR: 4,1 a 8,7: Médio - Revela alguma instabilidade em sua
produtividade, porém sendo capaz de executar satisfatoriamente tarefas
repetitivas.
• NOR: 8,8 a 13,2: Alto - Indicativo de oscilações na produtividade e
rendimento irregular no trabalho.
• NOR: a partir de 13,3: Muito Alto – “Revela preocupante oscilação na
produtividade demonstrando rendimento bastante irregular.”
Gráfico do Rendimento
É a variação entre os 5 tempos, que poderia ser representada por um
gráfico.
• Horizontal Rígido - muito pouca variação entre os tempos: Reflete rigidez
na realização do trabalho caracterizando também sua personalidade.
Ex.: Tempo 1: 105 Tempo 2: 110 Tempo 3: 107 Tempo 4:
103 Tempo 5: 108
• Horizontal Equilibrado - pouca variação entre os tempos, de modo
alternado, progressivo ou regressivo: Indicativo de regularidade e
organização na realização das tarefas.
Ex.: Tempo 1: 103 Tempo 2: 110 Tempo 3: 104 Tempo 4:
111 Tempo 5: 102
Ex.: Tempo 1: 100 Tempo 2: 108 Tempo 3: 114 Tempo 4:
122 Tempo 5: 130
Ex.: Tempo 1: 120 Tempo 2: 112 Tempo 3: 105 Tempo 4:
99 Tempo 5: 93
• Irregular ou Oscilante - muita variação entre os tempos, de modo
alternado ou crescente: Acentuada irregularidade no ritmo de trabalho, pode
significar, além de stress e desmotivação, a interferência de fatores
emocionais durante a realização da tarefa.
Ex.: Tempo 1: 100 Tempo 2: 110 Tempo 3: 101 Tempo 4:
114 Tempo 5: 100
Ex.: Tempo 1: 143 Tempo 2: 154 Tempo 3: 147 Tempo 4:
164 Tempo 5: 177
• Decrescente - começa rápido, mas não consegue manter o ritmo: Indica
certa dificuldade em manter o rendimento no trabalho, possivelmente
causado por fadiga ou estresse.
Ex.: Tempo 1: 194 Tempo 2: 178 Tempo 3: 166 Tempo 4:
155 Tempo 5: 141
A aplicação é em DUAS etapas: A primeira durança é de DOIS minutos e
TRINTA segundos. Esta é um teste, NÃO é avaliada. O objetivo é.
Desaparecer as inibições naturais da testagem, é uma fase de adaptação. A
cada TRINTA segundos o sinal. Na SEGUNDA aplicação a duração é de
DOIS minutos e CINCO minutos. A cala UM minuto é dado o sinal.
Falar sinais apenas CINCO vezes.

Os aspectos observados vai ser o ESPAÇAMENTO, INCLINAÇÃO,


MARGENS, DISTÂNCIA ENTRE AS LINHAS, DIREÇÃO DAS LINHAS,
TAMANHO, DISTÂNCIA ENTRE OS PALOS, PRESSÃO, ORGANIZAÇÃO,
VELOCIDADE, RITMO E ARPÕES OU GANCHOS.

O teste e sua interpretação vão se apoiar principalmente no comportamento


expressivo e em dados de outras técnicas gráficas de avaliação da
personalidade.

CORREÇÃO:
Contar os palos (Pauzinhos ou palitinhos, ex: I-I-I).
Não é necessário contar a fase de adaptação.
Anotar o valor de cada intervalo (contar até o primeiro sinal)
Anotar nos quadrados (SUPERIOR DIREITO) os números de palos
(palitinhos) do primeiro intervalo (o primeiro sinal).
Contar o número de palos do segundo intervalo e anotar também no topo da
folha. Fazer isso até o quinto intervalo (quinto sinal).
Somar o total desses cinco tempos e anotar no local total =
PRODUTIVIDADE.
Calcular a diferença entre cada intervalo.
FORMULA PARA CALCULAR O NOR:
Soma das diferenças X 100: Número de palos
PRODUTIVIDADE: Se refere a quantidade de trabalho que o examinando é
capaz de fazer.
Utilizar tabela 2: Referente ao nivel de escolaridade do examinando.
Pág 57 = Interpretação.
RITMO: É avaliado pelo NOR = verifica a variabilidade da produtividade
barra flutuações.
Pág 60 = Interpretação.
Qualidade do rendimento no trabalho: Avaliar a propensão á fadiga =
gráficos e parábolas = Pág 63.
É possível fazer a comparação entre a primeira e a segunda parte do teste.
DISTÂNCIA ENTRE OS PALOS: Valia a eficiência no trabalho, distância da
linha em mm: Número de palos da linha. Calcula-se a média geral, tabela pag
70.
INCLINAÇÃO: Reflete em que medida o individuo sente necesidade de
contato com os outros. Exemplos pág 76.
TAMANHO DOS PALOS: Autoestima, grau de valorização ou depreciação de
si mesmo.
Palos maiores: 10 + 11 + + + = 5= Polos menores: + + + + = 5= Média + 2=
Interpretação: pag 80
DIREÇÃO DAS LINHAS OU ALINHAMENTO: Flutuação de ânimo, humor,
vontade. Passar uma linha horizontal no primeiro até o útimo palo: pág 86.
DISTÂNCIA ENTRE LINHAS: Simboliza o relacionamento interpessoal.
Mede as distâncias, calcula-se as médias: pág 95.
MARGENS: Organizações e adaptação.
Margem esquerda e direita: Medir a borda até o ponto médio do primeiro
palo.
Repete todas as linhas Calculara a média: pág 101.
Margem superior: Média entre o primeiro ultimo palo.

CORREÇÃO
PRODUTIVIDADE: Quantidade de trabalho, total de Palos realizados.
RITMO (N.O.R): Variabilidade de produtividade do trabalho nos diferentes
tempos de teste, reproduzindo possíveis flutuações de produtividade.
NOR = Soma das Diferenças x 100
Total de Palos.
GRÁFICO DE RENDIMENTO: Análise é qualitativa e feita observando-se o
tipo de curva obtida, que indica a regularidade ou irregularidade no ritmo de
trabalho e a tendência á fagida.
DISTÂNCIA ENTRE OS PALOS: É a distribuição dos Palos (por centímetro
quadrado) Calculada em dois sentidos: Horizontal (espaçamento entre
linhas) e vertical (altura dos traços). Medir do Primeiro ao Último palo, de
cada intervado, em milímetro a distância entre eles. Divide-se este valor pelo
número de palos deste intervalo de tempo, assim, encontra-se a média da
distância. A média de cada intervalo deve ser somada e dividida por 5, que
gera a Média Global da distância.
INCLINAÇÃO DOS PALOS: Mede-se em mílimetro, de cada intervalo de
tempo, o Maior e o Menor Palo. Calcula a Média dos maiores tamanhos
(somar os valores e dividir em 5) Calcular a Média dos menores tamanhos
(somar os valores e dividir por 5) Calcular a Média do tamanho dos Palos:
Somam-se as duas médias (do maior e do menor tamanho) e divide-se por 2.
DIREÇÃO DAS LINHAS OU ALINHAMENTO: Usar régua (sem riscar) na
linha reta horizontal, partindo do primeiro Palo da linha até o último palo da
mesma linha, que é referencial, medir o ângulo.
DISTÂNCIA ENTRE AS LINHAS: Mede-se a distância ente o ponto inferior
do primeiro Palo e do último Palo de uma linha até o ponto mais alto do Palo
corresponde da linha seguinte. Somam-se os valores e divide-se pelo número
de intervalo multiplicado por 2.
MARGEM ESQUERDA:Mede-se em milímetros a distância da borda
esquerda da folha até o ponto médio do primeiro Palo de cada linha. Somam-
se os valores e divide-se pelo número de linhas.
MARGEM DIREITA: O mesmo procedimento anterior, não sendo necessário
calcular a última linha.
MARGEM SUPERIOR: Medir em milímetros a distância da parte superior
do primeiro Palo da primeira linha, até a linha divisória entre a primeira e a
segunda partes do teste, fazendo-se os mesmo com o último Palo.
ANALISAR COM RIGOR: Pressão e Qualidade do Trabalho. Irregularidades
do Traçado (Tremor, ganchos) Organização ou Ordem, Emotividade,
Depressão e Impulsividade.

Você também pode gostar