Você está na página 1de 9

Ministério da Educação

Universidade Tecnológica Federal do Paraná


Campus Campo Mourão
Wellington José Corrêa

4a¯ Lista de Cálculo Numérico


DAMAT, 2018
Nome:
Na maioria dos exercı́cios desta lista, o aluno terá que verificar suas respostas fazendo uso do software WxMa-
xima usando o arquivo “interpolation.wxm” carregando o pacote “interpolation.mac”.

1 Prove o seguinte resultado:

Teorema 1 (Existência e Unicidade) Seja f (x) definida em x0 , x1 , . . . , xn , (n + 1) pontos distintos de um


intervalo [a, b]. Então, existe um único polinômio P (x) de grau menor ou igual a n tal que P (xi ) = f (xi ) = yi , i =
1, 2, . . . , n.

Sugestão: Considere o polinômio de grau n

P (x) = a0 + a1 x + a2 x2 + . . . an xn

tal que P (xi ) = f (xi ) = yi , i = 1, 2, . . . , n. Substituindo x = xi , i = 1, 2, . . . n em P (x) obteremos um sistema


linear A · X = B. Por fim, mostre que a solução deste sistema é única e conclua a existência e unicidade de
P (x).

Fórmula de Lagrange

2 A integral elı́ptica completa é definida por


Z π
2 dx
K(κ) = √ .
0 1 − κ2 sen2 x
Por uma tabela de valores dessa integral, encontramos:

κ 1 2 3
K(κ) 1,5708 1,5719 1,5739

Determine K(2, 5) recorrendo ao polinômio interpolador na forma de Lagrange.

3 Usando a fórmula de interpolação de Lagrange sobre os pontos x0 = 9, x1 = 16 e x2 = 25 para a função



f (x) = x.

(a) Determine o polinômio interpolador.



(b) Estime 17 pelo polinômio interpolador.

(c) Avalie a precisão da estimativa, usando um limitante para o erro da interpolação .



(d) Utilize o valor de 17 dado pela sua calculadora e compare com o valor estimado pela interpolação.

Fórmula de Newton

1
4 A função Gama foi definida por Euler por meio da integral
Z ∞
Γ(x) = tx−1 e−t dt.
0

Com respeito a função Gama, temos a tabela:

x 1 1,02 1,04
Γ(x) 1,0000 0,9888 0,9784

Usando a fórmula de Newton, calcule Γ(1, 01) e Γ(1, 03)

5 Denominamos interpolação inversa quando conhecidos os valores de uma função f (x) definida em (n + 1)
pontos distintos xi , i = 0, . . . , n necessitamos calcular o valor numérico da variável x̄ correspondente a um valor
ȳ = f (x̄) conhecido inicialmente. Considere a seguinte função f (x) tabelada:

xi 0 1 2
f (xi ) 1,31 3,51 3,78

Faça uso da interpolação inversa pela fórmula de Newton de grau 2, determine x̄ tal que f (x̄) = 3, 63.
Sugestão: Use um polinômio interpolador que interpola a função h(y) = f −1 (y) nos pontos y0 = 1, 31, y1 = 3, 51
e y2 = 3, 78.

6 Conhecendo-se o diâmetro e a resistividade de um fio cilı́ndrico, verificou-se a resistência do fio de acordo com
o comprimento. Os dados obtidos estão indicados a seguir:

Comp.(m) 500 1000 1500 2000 2500 3000 3500 4000


Res.(Ohms) 2,74 5,48 7,90 11 13,93 16,43 20,24 23,52

Determine quais serão as prováveis resistências deste fio para comprimentos de:

(a) 1730 m (b) 3200 m

usando a fórmula de Newton com um polinômio de grau 2.

7 Use a porção dada a seguir de uma tabela de vapor d’água superaquecido em 200 MPa para encontrar:

v, m3 /kg 0,10377 0,11144 0,12547


s, KJ/(kg K) 6,4147 6,5453 6,7664

(a) a entropia correspondente s para um volume especı́fico v de 0,118 com interpolação linear;

(b) a mesma entropia correspondente utilizando interpolação quadrática;

(c) o volume correspondente a uma entropia de 6,45 utilizando interpolação inversa.

Fórmula de Newton - Grégory

2
8 Um veı́culo de fabricação nacional, após vários testes, apresentou os resultados a seguir, quando analisou-se
o consumo de combustı́vel de acordo com a velocidade média imposta ao veı́culo. Os testes foram realizados em
rodovia em operação normal de tráfego, numa distância de 72 km, conforme tabela a seguir:

Velocidade (km/h) 55 70 85 100 115 130


Consumo (km/l) 14,08 13,56 13,28 12,27 11,30 10,40

Verifique o consumo apropriado para o caso de ser desenvolvida a velocidade de 105 km/h pela fórmula de Newton
- Gregory de grau 3.

9 Um projétil foi lançado de um ponto tomado como origem e fez-se as seguintes observações:

f (x)
7,89

5,67

V0

α x
0 8 16

Observando o gráfico vemos que este possui o comportamento de uma parábola, podemos assim obter aproximada-
mente valores para a altitude do projétil em diversos momentos usando interpolação, donde é possı́vel comparar
posteriormente com a equação teórica da trajetória dada por
1 x2
y = x tg α − g 2
2 v0 cos2 (α)

onde α é o ângulo com a horizontal, v0 é a velocidade inicial e g = 9, 86m/s2 .


(a) Determine o polinômio interpolador.

(b) Avalie o valor da altitude do projétil a 12,5 metros do lançamento.

10 Dada a tabela

x 0 1 2 3 4 5 6
f (x) -1 α 5 β 7 γ 13

calcule α, β e γ, sabendo-se que ela corresponde a um polinômio de grau 3.

Método dos Mı́nimos Quadrados

11 Em um experimento foram obtidos os seguintes valores

xi 0 1 2 3 4
f (xi ) 0,98 -3,01 -6,99 -11,01 -15

3
Usando o método dos mı́nimos quadrados, determine dentre todas as retas g(x) = α1 + α2 x e calcule o erro.

12 Aproxime a função f (x) = 4 x3 por uma reta no intervalo [0, 1].

Splines Cúbicas
13 Aproximar a função y = f (x) definida pela tabela a seguir, por uma função spline cúbica natural interpoladora.

x -2 -1 0 1 2
f (x) 2 1 0 1 2

14 Construa a função spline cúbica natural dada pela seguinte função f (x) tabelada:

x 0,1 0,2 0,3 0,4


f (x) -0,62049958 -0,28398668 0,00660095 0,2484244

15 Interpole f (x) = x4 no intervalo [−1, 1] usando uma spline cúbica natural correspondentes aos nós
x0 = −1, x1 = 0 e x2 = 1.

16 Complete os detalhes da dedução das fórmulas de Splines cúbicas naturais apresentadas em sala.
(a) Sejam hi = xi+1 − xi e µi = p00i (x). Dada a fórmula
1 
p00i (x) = µi (xi+1 − x) + µi+1 (x − xi ) ,
hi
por meio de integração sobre p00i (x), prove que
" # " #
0 µi (xi+1 − x)2 µi+1 (x − xi )2
pi (x) = − + ci + + di
2 hi 2 hi
e " # " #
µi (xi+1 − x)3 µi+1 (x − xi )3
pi (x) = − ci (xi+1 − x) + + di (x − xi ) + ei ,
6 hi 6 hi
onde ci , di e ei são constantes de integração.
(b) Tendo em mente o fato que pi (x) é um polinômio interpolador, isto é, yi = pi (xi ) e yi+1 = pi (xi+1 ), mostre
que
yi µi hi ei
ci = − + +
hi 6 hi
e
yi+1 µi+1 hi ei
di = − − .
hi 6 hi
(c) Fazendo uso dos itens anteriores e o fato que
p0i (xi ) = p0i−1 (xi ),
deduza o seguinte sistema linear:
 
yi+1 − yi yi − yi−1
hi−1 µi−1 + 2(hi−1 + hi ) µi + hi µi+1 = 6 − , i = 1, 2, . . . , n − 1 .
hi hi−1

4
17 A função p(x) representa uma spline cúbica natural descreve a quantidade de um nutriente na corrente
sanguı́nea na primeira hora (0 < t < 1) após a administração de um complexo vitamı́nico entre a segunda e a
quinta hora (1 < t < 5):
(
p1 (t) = a t3 + 2, 9 t + 1, 0<t<1
p(t) = 3 2
p2 (t) = −0, 025 t + b t + 2, 525 t + 1, 125, 1 < t < 5

Calcule os valores de a e b para os quais a spline natural se aproxime de uma função nos pontos t = 0, 1 e 5.

Sugestão: basta usar os conceitos de spline natural, a saber:


00
• µ0 = p000 (0) = 0, µ2 = p2 (5) = 0;

• A spline cúbica é contı́nua até a derivada de ordem 2: p0 (1) = p1 (1); p00 (1) = p01 (1); p000 (1) = p001 (1);

Obtendo estas relações, encontram-se os valores de a e b.


Os seguintes exercı́cios devem ser resolvidos somente no software WxMaxima.

18 Suspeita-se que grande quantidade de tanino em folhas maduras de carvalho inibam o crescimento das larvas
da mariposa de inverno (Operophtera bromata L., Geometridae), as quais danificam muito essas árvores em
determinados anos. A tabela a seguir, relaciona o peso médio de duas amostras de larvas em certos momentos
nos primeiros 28 dias após o nascimento. A primeira amostra foi criada em folhas novas de carvalho, enquanto
a segunda amostra foi criada em folhas maduras da mesma árvore.

Dia 0 6 10 13 17 20 28
Peso médio da amostra 1 (mg) 6,67 17,33 42,67 37,33 30,10 29,31 28,74
Peso médio da amostra 2 (mg) 6,67 16,11 18,89 15,00 10,56 9,44 8,89

(a) Use a interpolação de Lagrange para aproximar a curva de peso médio para cada amostra.

(b) Use uma função spline cúbica natural para aproximar a curva de peso médio para cada amostra.

19 Após serem efetuadas medições num gerador de corrente contı́nua, foram obtidos os seguintes valores indicados
por um voltı́metro e um amperı́metro.

I(Carga(A)) 1,58 2,15 4,8 4,9 3,12 3,01


V (v) 210 180 150 120 60 30

(a) Usando o método dos mı́nimos quadrados, ajuste os dados da tabela por um polinômio de grau 4.

(b) Estime o valor a ser obtido no voltı́metro quando o amperı́metro estiver marcando 3,05 A.

20 Aproxime a função f (x) = sen x por um polinômio de grau 3 no intervalo [0, 2 π].

21 As funções de Bessel aparecem com frequência em análises avançadas de engenharia tais como o estudo de
campos elétricos. Essas funções geralmente não são passı́veis de avaliação simples e, portanto, são frequentemente
compiladas em tabelas matemáticas padrões. Por exemplo,

5
x 1,8 2 2,2 2,4 2,6
J1 (x) 0,5815 0,5767 0,556 0,5202 0,4708

Estime J1 (2, 1):


(i) Utilizando um polinômio interpolador por qualquer dos métodos estudados.

(ii) Utilizando splines cúbicas naturais.

(iii) Tendo em mente que o valor exato de J1 (2, 1) é 0,5683, calcule o erros relativo dos itens anteriores.

(iv) Recorrendo ao arquivo intro.wxm, plote o gráfico das funções obtidas nos itens (i) e (ii).

22 Quando a spline g(x) não é natural, isto é, quando µ0 , µn 6= 0, a função spline é chamada fixada ou restrita.
Neste caso, g 0 (x0 ) = f 0 (x0 ) e g 0 (xn ) = f 0 (xn ).
Sendo assim, ajuste os dados do exercı́cio 12 com uma spline cúbica fixada com f 0 (0.1) = 3, 58502082 e
0
ef (0.4) = 2.16529366.
Observação: para este exercı́cio,use os seguintes comandos do Wxmaxima:
load(interpol)$
cspline(dados,d1=3.58502082,dn=2.16529366);

23 A parte superior do desenho deste gracioso cão deve ser aproximada utilizando splines interpoladores cúbicas
naturais. A curva é desenhada em um reticulado a partir do qual a tabela abaixo é construı́da. Sendo assim, é
necessário construir três splines cúbicas naturais.

Do exposto, obtenha as três splines dadas pelas tabelas 1, 2 e 3 dadas a seguir e plote seus respectivos gráficos.

6
xi 1 2 5 6 7 8 10 13 17
f (xi ) 3,0 3,7 3,9 4,2 5,7 6,6 7,1 6,7 4,5

Tabela 1: Curva 1 (Curve 1)

xi 17 20 23 24 25 27 27,7
f (xi ) 4,5 7,0 6,1 5,6 5,8 5,2 4,1

Tabela 2: Curva 2 (Curve 2)

xi 27,7 28 29 30
f (xi ) 4,1 4,3 4,1 3,0

Tabela 3: Curva 3 (Curve 3)

24 A figura 1 mostra um pato em pleno voo:

Figura 1: Pato em pleno voo.

Para aproximar o perfil superior do pato, são escolhidos pontos ao longo da curva pelos quais se deseja que
a curva de aproximação passe. A tabela 4 lista as coordenadas de 21 pontos dados em relação ao sistema de
coordenadas superposto mostrado na figura 2. Observe que mais pontos são utilizados quando a curva está variando
rapidamente do que quando ela varia mais lentamente.

x 0,9 1,3 1,9 2,1 2,6 3,0 3,9 4,4 4,7 5,0 6,0 7,0 8,0 9,2 10,5 11,3 11,6 12,0 12,6 13,0 13,3
f (x) 1,3 1,5 1,85 2,1 2,6 2,7 2,4 2,15 2,05 2,1 2,25 2,3 2,25 1,95 1,4 0,9 0,7 0,6 0,5 0,4 0,25

Tabela 4: Tabela contendo 21 pontos

Do exposto, para os dados da tabela, faça o que se pede:

(a) Obtenha o polinômio interpolador P (x) pelo método de Lagrange. Plote o gráfico de P (x).

(b) Gere uma spline cúbica natural e plote seu gráfico e compare com a figura 2.

7
Figura 2: 21 pontos sobre o perfil superior do pato.

25 A figura 3 exibe a curva de secção transversal do Santuário do Livro em Jerusalém, que tem a forma circular:

Figura 3: Santuário do Livro em Jerusalém (arquitetos F. Kissler e A. M. Bartus)

8
Considere a tabela dada por treze pontos distribuı́dos de forma aproximadamente igual ao longo do contorno
(e não ao longo do eixo x), fornecendo os seguintes números:

x -5,8 -5,0 -4,0 -2,5 -1,5 -0,8 0 0,8 1,5 2,5 4,0 5,0 5,8
f (x) 0 1,5 1,8 2,2 2,7 3,5 3,9 3,5 2,7 2,2 1,8 1,5 0

Tabela 5: Tabela contendo 13 pontos

(a) Encontre uma aproximação por uma spline cúbica natural e uma aproximação polinomial (fórmula de Newton)
para os pontos dados na tabela 5.

(b) Plote os gráficos da spline cúbica e do polinômio interpolador. Quais destes tem melhor resultado?

Sucesso!!!

Você também pode gostar